Balanced. Scorecard para TI

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Balanced. Scorecard para TI"

Transcrição

1 Balanced Autor: Ivan Luizio R. G. Magalhães hotmail.com Scorecard para TI Alinhando a área de TI ao Negócio Balanced Scorecard para TI GU de Planejamento e Gestão Estratégica de TI SUCESU SP - Julho/2.007

2 Autor Ivan Luizio R. G. Magalhães Professor, Palestrante e Pesquisador na Área de Engenharia de Desempenho Professor dos cursos de extensão e MBA da FIPT (IPT - SP) e especialista em Arquitetura de Sistemas da Telecomunicações de São Paulo S. A. - TELESP, atuando nas áreas sistemas de negócio e sistemas de gerência para redes de telecomunicações. Atua na área de informática há 20 anos, possuindo especialização em redes de computadores e no desenvolvimento baseado em tecnologia OPEN SOURCE. Participou do desenvolvimento e implantação do Projeto de Outsourcing de Sistemas, atuando na área de Gestão de Indicadores de Desempenho e SLA, e na implementação da metodologia Balanced Scorecard em diversos segmentos de negócio. Atua como pesquisador na área de "Engenharia de Desempenho" desde 2.001, tendo produzido diversos trabalhos nos formatos de artigos, palestras e cursos. Co-autor do livro Gerenciamento de Serviços de TI na Prática - Uma abordagem com base na ITIL, editado pela NOVATEC Editora Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 2

3 Livro-Texto Gerenciamento de Serviços de TI na Prática Uma abordagem com base na ITIL Ivan Luizio Magalhães Walfrido Brito Pinheiro Informe o código promocional IVANLUIZIO no ato do pedido e obtenha 20 % de desconto sobre o preço de capa ao realizar a compra por meio do site da editora. ISBN: Novatec Editora Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 3

4 Avisos Por favor, telefones celulares em modo vibra call ; fiquem à vontade para atendê-los em áreas externas O material da palestra será disponibilizado a todos os participantes também via . Por favor, encaminhe solicitação ao meu ; assim que recebida, o arquivo será Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 4

5 Apresentação Esta palestra destina-se a apresentar uma proposta para criação e utilização de um Balanced Scorecard (BSC) para a área de TI, baseada na metodologia Strategic Activity System Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 5

6 O que é BSC? Será Bicho de Sete Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 6

7 Pensamento Uma doutrina só é boa se puder ser colocada em prática. Confúncio A. Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 7

8 Agenda 1 Alinhamento Estratégico 2 Balanced Scorecard 3 Projeto de um Balanced Scorecard 4 Contato 5 Livro-Texto 6 Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 8

9 Agenda Demonstrando Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 9

10 Como demonstrar valor para o Negócio? Você está aqui! O valor para o negócio está Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 10

11 Veremos uma série de temas... Familiarização com os processos-chave e as questões sobre organização relacionados com o gerenciamento de serviços de TI Implementação da Governança de TI Marketing da área de TI Gerenciamento de portfólio de projetos de TI Arquitetura Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 11

12 ... tendo em mente os seguintes objetivos: Oferecer serviços de TI de qualidade ao negócio Melhorar a satisfação dos usuários dos serviços de TI Otimizar o orçamento de TI, produzindo o máximo de valor para o Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 12

13 Por meio de uma escala de maturidade... Realizar uma mudança de comportamento Proativo Valor para o Negócio Serviço Bombeiro Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 13

14 @ Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide e apoiada em três pilares,... P E S S O A S P R O C E S S O T E C N O L O G I A G O V E R N O R E S U L T A D O

15 ... para que produza resultados para o negócio. Transformar a equipe da área de TI em um time Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 15

16 Time Campeão (Vídeo 1) Airton Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 16

17 Vamos dar a largada, tendo claro o objetivo... Alinhar as ações da área de TI às necessidades do negócio, enquanto se procura melhorar os níveis de serviço sob uma crescente pressão pela redução dos Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 17

18 ... de tornar a área de TI em uma parceira do negócio. Mais Orientação ao Cliente Ouvir mais o cliente Antecipar as suas necessidades Mais agilidade Mais integração Mais Liderança Mais orientada para fora Mais agressiva Mais eficaz Área de TI Parceira do Negócio Área de TI Prestadora de Serviços Mais enxuta Mais eficiente Mais simples Mais consistente Sem Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 18

19 Agenda Alinhamento Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 19

20 Revista Info Corporate A área de TI perdeu poder? ( ) Sim ( ) Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 20

21 Revista Info Corporate A área de TI perdeu poder? (X) Sim ( ) Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 21

22 TI sob ataque Data da Publicação: 1 de Maio de 2003 Autor: Nicholas G. Carr Periódico: Harvard Business Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 22

23 Será este o nosso Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 23

24 O que o negócio Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 24

25 Pergunta A área de TI de sua organização está alinhada com a Estratégia do Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 25

26 O que é Estratégia de Negócio? (Vídeo Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 26

27 Conseqüência do Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 27

28 Equação da Competitividade Velocidade Execução Alinhamento Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 28

29 O quê ganhamos com o alinhamento da área de TI? l Melhor informação para melhores decisões l Maior velocidade nas operações l Menor custo l Produtos de alto valor agregado e de elevada qualidade l Simplificação dos Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 29

30 Pergunta Por onde Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 30

31 Processo Objetivos Futuro Aonde queremos Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 31

32 Processo Recursos Objetivos Hoje Futuro Qual é o GAP? Onde Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 32

33 Processo Recursos Objetivos Hoje Estratégia Futuro Como Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 33

34 Processo Recursos Objetivos Hoje Estratégia Futuro Indicadores-Chave para o Sucesso Retorno Como estamos Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 34

35 Processo Recursos Objetivos Hoje Estratégia Futuro Indicadores-Chave para o Sucesso Painel de Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 35

36 Executive Dashboard O piloto já recebe o painel de instrumentos Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 36

37 Executive Dashboard O piloto já recebe o painel de instrumentos prontos. O gerente necessita construir o seu próprio painel de instrumentos (Executive Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 37

38 Implementação (Visão Vertical) Executive Dashboard Indicadores de Desempenho Processos de Medida Dados de Desempenho Empregados Relatórios Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 38

39 Metodologia Escolhida Strategic Activity System (SAS Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 39

40 Metodologia Strategic Activity System Gerencie por Objetivos Defina indicadores-chave de desempenho Estabeleça metas de desempenho Gerencie por Exceções Calcule o valor dos indicadores-chave de desempenho e compare com o planejado Notifique os tomadores de decisão das exceções Gerencie por Fatos Analise as exceções baseado em fatos Tome ações imediatas de correção do Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 40

41 Processo de Gerenciamento de Desempenho Metodologia Pessoas Processo Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 41

42 Metodologia Strategic Activity System Monitoramento Problema Tentativas de Solução Estratégia Executive Dashboard Eliminação dos Erros Comportamento Aprendizado Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 42

43 Executive Dashboard modelados por meio da Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 43

44 Executive Dashboard - Caso Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 44

45 Executive Dashboard - Caso Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 45

46 Aplicando a SAS - Definição da Estratégia de TI 1 Seleção da Estratégia Oferecer o melhor nível de serviço para as suas áreas usuárias e para os clientes finais da sua Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 46

47 Por que definir uma Estratégia de TI? Insanidade é fazer o que você sempre fez, mas esperando obter resultados diferentes. Albert Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 47

48 Pergunta A formulação de uma estratégia é uma atividade Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 48

49 Resposta A formulação de uma estratégia é uma atividade valiosa? Não, se a estratégia formulada não puder ser transformada em Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 49

50 Desafio Apenas 10 % das estratégias formalmente descritas, são realmente executadas. Na maioria das falhas, 70 %, o problema real não é o fato de serem as estratégias ruins e sim a sua execução. Fonte: Fortune Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 50

51 Barreiras Visão (5 % possuem conhecimento) Gerenciamento (85 % não dedicam mais do que uma hora mensal) Pessoas (25 % possuem a remuneração associada) Recursos (5 % do orçamento está Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 51

52 Pergunta Qual é a nossa Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 52

53 Resposta Qual é a nossa necessidade? Aprender a implementar a Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 53

54 Resultados Expressivos Boa Formulação da Estratégia Boa Execução + = da Estratégia Resultados Expressivos Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 54

55 Agenda Balanced Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 55

56 Motivação para adoção Pelo Negócio 1.Alinhamento da Estratégia de TI com a Estratégia de Negócio 2.Monitoramento do Nível de Serviço ao mesmo tempo que se executa a Redução de Custos 3.Demonstrar o Valor de TI para o Negócio Pela Área de TI 1.Prover uma Visão Holística da Operação de TI 2.Estabelecer o Desempenho de TI frente a Provedores Externos 3.Diminuir a interferência da política nas decisões sobre a Alocação de Recursos 4.Corrigir problemas crônicos de desempenho em Gerenciamento de Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 56

57 Balanced Scorecard É uma metodologia que visa focar a organização na implementação da estratégia. O seu objetivo é a obtenção de ganhos radicais de performance que conduzam a criação de Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 57

58 Balanced Scorecard O nome desta metodologia deriva de uma visão balanceada dos indicadores de desempenho Objetiva formalizar o processo de medição do desempenho, permitindo que todos na organização trabalhem com os mesmos objetivos e sob os mesmos processos de Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 58

59 Visão Balanceada Objetivos de curto e longo prazos Indicadores financeiros e nãofinanceiros Perspectiva interna e externa Indicadores de tendência e de Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 59

60 Origem Estudo denominado Measuring Performance in the Organization of the Future conduzido em por David Norton e Robert Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 60

61 Autores Robert Kaplan é professor de desenvolvimento e liderança da Harvard Business School. David Norton é co-fundador e presidente do Balanced Scorecard Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 61

62 Evolução Ferramenta de Comunicação Sistema de Gestão Estratégica Sistema de Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 62

63 Benefícios para a Estratégia Comunicação e alinhamento Planejamento e execução Pilotagem Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 63

64 Balanced Scorecard MISSÃO Para que existimos? VALORES O que é importante? VISÃO O que queremos ser? ESTRATÉGIA Qual é a forma de jogar? INICIATIVAS Quais são as Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 64

65 Balanced Scorecard MISSÃO Para que existimos? VALORES O que é importante? VISÃO O que queremos ser? ESTRATÉGIA Qual é a forma de jogar? INICIATIVAS Quais são as prioridades? Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 65

66 Dinâmica do Balanced Scorecard Estratégia Tradução Retorno Balanced Scorecard Comunicação Planejamento Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 66

67 Derivação Corporativo Unidade de Negócio Área de TI Equipe Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 67

68 Derivação - Exemplo Scorecard Corporativo Parceiros Unidades de Negócio Áreas de Apoio Outras Unidades Processos e Estrutura Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 68

69 Aplicando a SAS - Derivando o BSC 2 Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 69

70 Perspectivas em Análise Financeira Cliente Execução da Estratégia Processo Interno Aprendizado e Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 70

71 Conceitos Objetivos Estratégicos o que a estratégia define para ser alcançado em cada perspectiva Indicadores como será medido o progresso em um determinado objetivo estratégico Metas qual o valor deverá ser alcançado em cada indicador Iniciativas o que deverá ser feito para facilitar o alcance da meta estipulada para um determinado Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 71

72 Implementação (Visão Horizontal) Mapa Estratégico Indicador Meta Plano de Ação Índice de Rentabilidade Índice de Redução do Time-to- Market Cada Plano de Ação deve conter: Patrocinador Cronograma Recursos Orçamento Índice de Tempo destinado à Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 72

73 Por que várias perspectivas? Pilotar um Avião ou Gerenciar uma Organização Com apenas um instrumento (apenas uma perspectiva) Pode ser Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 73

74 Perguntas Como criamos valor para os nossos clientes? Como criamos valor para os nossos acionistas? Quanto estamos nos preparando para continuarmos a entregar valor no futuro? Quais são os nossos principais processos para a entrega de Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 74

75 Perspectiva Financeira Monitorar os resultados financeiros e maximizar o valor da Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 75

76 Perspectiva Cliente A proposição de valor para o cliente define o que precisa ser oferecido para atrair e reter os Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 76

77 Perspectiva Processos Internos Identificar os processos críticos nos quais a organização deve ter desempenho Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 77

78 Perspectiva Aprendizado e Crescimento A inovação e o crescimento estão estão focalizados nos colaboradores, instalações e Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 78

79 Exemplos de perspectivas Cia. X Acionista Mercado Operações Internas Garantindo o Futuro Cia. Y Resultados Clientes Processos Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 79

80 Como fazer? 1 TI 2 TI Igual Parceria Derivado Centro de Serviços 3 TI 4 TI Influência Transformação Estratégica Estratégico Negócio dentro do Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 80

81 Aplicando a SAS - Definição das Perspectivas 3 Perspectivas Contribuição para a Organização Orientação ao Cliente Qualidade Operacional Preparação para o Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 81

82 Aplicando a SAS - Executive Dashboard Estrutura de um Executive Dashboard Contribuição para a Organização Orientação para o Cliente Qualidade Operacional Preparação Alinhamentopara com o o Futuro Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 82

83 Objetivos do BSC Acionistas satisfeitos Clientes satisfeitos Processos eficientes e eficazes Força de trabalho motivada e Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 83

84 Mapa Estratégico Formulação da Hipótese Análise Ação Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 84

85 Mapa Estratégico Relação de Causa e Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 85

86 Dinâmica do Balanced Scorecard Resultados Financeiros Benefícios ao Cliente Processos Competências, Cultura Organizacional, Sistemas e Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 86

87 Mapa Estratégico - Componentes Temas Estratégicos título da estratégia Perspectivas quais as perspectivas definidas para o BSC Objetivos Estratégicos o que a estratégia define para ser alcançado em cada perspectiva Relações de Causa e Efeito sentido de influência de um objetivo estratégico em outro Hipótese conjunto de relações de causa e efeito a ser Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 87

88 Temas Estratégicos Eficiência operacional e financeira Rentabilidade do cliente Introdução de inovações tecnológicas Reconhecimento Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 88

89 Aplicando a SAS - Descrição de um Tema Estratégico 3 Tema Estratégico Eficiência operacional e Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 89

90 Objetivos Estratégicos - Exemplos Oferecer os melhores produtos e prestar os melhores serviços Fortalecer a imagem da área de TI Elevar a satisfação dos clientes Assegurar custos compatíveis com os do mercado Tornar eficientes e eficazes os processos da área de TI Gerenciar o relacionamento com os clientes Acompanhar a evolução tecnológica Garantir a continuidade dos serviços Elevar o grau de experiências bem sucedidas Compreender e prever as necessidades dos clientes Preservar e estimular o contínuo aperfeiçoamento da equipe Disponibilizar recursos de TI (hardware e software) compatíveis com as necessidades dos trabalhos Elevar o clima Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 90

91 Aplicando a SAS - Selecionando Objetivos Estratégicos 4 Objetivos Estratégicos Assegurar custos compatíveis com os do mercado (CO) Elevar a satisfação dos usuários (OC) Tornar eficientes e eficazes os processos de TI (QO) Garantir a continuidade dos serviços (QO) Disponibilizar recursos de TI (hardware e software) compatíveis com as necessidades dos trabalhos Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 91

92 Aplicando a SAS - Executive Dashboard Estrutura de um Executive Dashboard Contribuição para a Organização Assegurar custos compatíveis com o mercado Orientação para o Cliente Elevar a satisfação dos usuários Qualidade Operacional Tornar eficientes e eficazes os processos de TI Garantir a disponibilidade dos serviços Preparação Alinhamentopara com o o Futuro Regulatório Disponibilizar os recursos de Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 92

93 Aplicando a SAS - Construção de um Mapa Estratégico 5 Mapa Estratégico Definir as perspectivas Definir o tema estratégico Associar os objetivos estratégicos Adicionar as relações de causa e Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 93

94 Aplicando a SAS - Mapa Estratégico Eficiência Operacional e Financeira Contribuição para a Organização (CO) Orientação ao Cliente (OC) Qualidade Operacional (QO) Preparação para o Futuro Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 94

95 Aplicando a SAS - Mapa Estratégico Eficiência Operacional e Financeira Contribuição para a Organização (CO) Assegurar Custos Compatíveis com o Mercado Orientação ao Cliente (OC) Elevar a Satisfação dos Usuários Qualidade Operacional (QO) Tornanr eficientes e eficazes os processos de TI Garantir a continuidade dos serviços Preparação para o Futuro (PF) Disponibilizar recursos de Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 95

96 Aplicando a SAS - Mapa Estratégico Eficiência Operacional e Financeira Contribuição para a Organização (CO) Assegurar Custos Compatíveis com o Mercado Orientação ao Cliente (OC) Elevar a Satisfação dos Usuários Qualidade Operacional (QO) Tornanr eficientes e eficazes os processos de TI Garantir a continuidade dos serviços Preparação para o Futuro (PF) Disponibilizar recursos de Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 96

97 Cuidado! Eis nosso plano para executar a Estratégia do Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 97

98 A quanto estamos do desempenho esperado? Borda do Copo = Desempenho Esperado a = Diferença entre o Desempenho Atual e o Esperado b = Desempenho Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 98

99 Pensamento O que não se mede, não se administra; o que não é mensurável, faça-o Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 99 Galileu Galilei Físico e Astrônmo Italiano ( )

100 Definições INDICADOR Medida do grau em que um sistema, componente ou processo possui determinado atributo MEDIDA Dados brutos coletados num determinado instante MEDIÇÃO Processo de sucessivas coletas de uma determinada Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 100

101 Definições ÍNDICE É o valor numérico de um indicador em um determinado instante REFERENCIAL COMPARATIVO É um índice arbitrado ou convencionado como satisfatório para o indicador. META É o índice desejado para o indicador, a ser alcançado num determinado período de Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 101

102 Exemplo de Indicador NÃO CONFORMIDADE NC = Falhas do software em cumprir os requisitos descobertas ANTES da entrega para o usuário DEFEITO EFICIÊNCIA NA REMOÇÃO DE DEFEITOS D = Falhas do software em cumprir os requisitos descobertas DEPOIS da entrega para o usuário ( bugs ) NC ERD = x 100 ( NC + D Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 102

103 Medida ou Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 103

104 Indicadores de Ocorrência e Tendência Ocorrência (LAG) Verifica os objetivos e as associações Confirma se as iniciativas estão evoluindo dentro do planejado Retorno sobre os investimentos Vendas no fim do ano Participação no mercado Tendência (LEAD) Medem os processos intermediários, atividades e comportamentos Ajudam a predizer o desempenho futuro e a definir a estratégia Tempo com clientes Horas de treinamento Ciclo de desenvolvimento de Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 104

105 Escolha dos Indicadores Inventário de Indicadores Identificação dos Objetivos Classes de Equivalência CIAC Análise Detalhada Indicadores Selecionados Modelo Final Criação de novos Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 105

106 Aplicando a SAS - Seleção de Indicadores 6 Indicadores Índice do custo de TI em relação ao faturamento total Índice de retorno sobre investimento dos projetos de TI Índice de satisfação do usuário Índice de projetos entregues Índice de projetos entregues sem atrasos Índice de disponibilidade dos sistemas Índice de solicitações Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 106

107 Critérios de Nota Nota Descrição Significado 5 ESSENCIAL Vida ou Morte 4 CRÍTICO Necessário para Atingir os Objetivos 3 IMPORTANTE Necessário para Continuar 2 NECESSÁRIO Necessário para melhorar o desempenho 1 VALIOSO Deseja-se Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 107

108 Informações sobre o Indicador O que medir? Quem medirá? Quando será medido? Onde medir? Por quê medir? Como medir? Quanto custa medir? Quem paga? (WHAT) (WHO) (WHEN) (WHERE) (WHY) (HOW) (HOW MUCH) (WHO Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 108

109 Aplicando a SAS - Detalhamento dos Indicadores 7 Detalhamento dos Indicadores Índice de satisfação do usuário Índice de projetos entregues Índice de projetos entregues sem Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 109

110 Estabelecendo uma Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 110

111 Características de uma Meta Realista Exeqüível Desafiadora Comparável Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 111

112 Pensamento Metas são necessárias não apenas para nos motivar. Elas são essenciais para nos manter vivos.. Robert H. Schuller Escritor e líder social Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 112

113 Aplicando a SAS - Definição das Metas dos Indicadores 8 Estabelecimento de Metas Índice de satisfação do usuário (meta >= 85 %) Índice de projetos entregues (meta >= 95 %) Índice de projetos entregues sem atrasos (meta >= 98 Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 113

114 Análise do Valor de um Indicador TENDÊNCIA JANEIRO/ 05 FEVEREIRO/ 05 MARÇO/ 05 ABRIL/ 05 COMPORTAMENTO EM MAIO/05 MÉDIA META Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 114

115 Balanced Scorecard em uma Página STAKEHOLDERS MISSÃO VISÃO VALORES OBJETIVOS PERSPECTIVAS DE ANÁLISE ESTRATÉGIA TEMAS ESTRATÉGICOS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS MAPA ESTRATÉGICO RECURSOS PROCESSO PRODUTO INDICADORES RESULTADOS METAS INICIATIVAS ORÇAMENTO Fonte: Resumo by Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 115

116 Balanced Scorecard para TI Caso Prático Stakeholders PROCESSOS INTERNOS FORNECEDORES CLIENTES FORÇA DE TRABALHO SOCIEDADE ÓRGÃOS DO GOVERNO ACIONISTAS/ Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 116

117 Balanced Scorecard para TI Caso Prático Contribuição para a Organização + Controle das Despesas + Venda para Terceiros Qualidade Operacional + Eficiência no Desenvolvimento de Aplicações + Eficiência da Produção + Gerência de Problemas + Custo Interno Preparação para o Futuro + Atualização da Equipe + Capacitação da Equipe + Idade das Aplicações + Pesquisas de Novas Tecnologias + Clima Interno + Performance da Equipe + Lucratividade dos Projetos Novos + Valor para o Negócio Orientação ao Cliente + Parceria com os Clientes + Satisfação dos Clientes + Pontualidade + Nível de Serviço/Produto + Reputação Alinhamento com o Regulatório + Suporte + Aderência ao Processo Parceria com os Fornecedores + Excelência no Cumprimento dos Contratos + Gestão Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 117

118 Executive Dashboard Caso Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 118

119 Benefícios Tradução da estratégia da organização em parâmetros mensuráveis Comunicação da estratégia a todos os integrantes da organização Alinhamento dos objetivos individuais com os objetivos estratégicos da organização, uma vez que a metodologia Balanced Scorecard reconhece que os indicadores de desempenho selecionados influenciam o comportamento dos empregados Feedback dos resultados da implementação para o processo de planejamento Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 119

120 Agenda Projeto de um Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 120

121 Não se engane! O sucesso de um projeto de Balanced Scorecard inicia com o reconhecimento de que ele não é um projeto de indicadores, mas um processo de Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 121

122 Ciclo de Vida de um Balanced Scorecard para Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 122

123 Fatores Críticos para o Sucesso Medir o que deve ser apropriadamente medido e não o que pode ser facilmente medido Indicadores definidos claramente Realizar a venda para os clientes finais Levar em conta a importância da percepção e da satisfação dos clientes Entender a complexidade da tecnologia Simplificar a apresentação Associar à remuneração Copyright 2007 Ivan Luizio Magalhães Slide 123

Gerenciamento Estratégico e EHS Uma parceria que dá certo

Gerenciamento Estratégico e EHS Uma parceria que dá certo Gerenciamento Estratégico e EHS Uma parceria que dá certo INTRODUÇÃO O Balanced Scorecard (BSC) é uma metodologia desenvolvida para traduzir, em termos operacionais, a Visão e a Estratégia das organizações

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

Como tudo começou...

Como tudo começou... Gestão Estratégica 7 Implementação da Estratégica - BSC Prof. Dr. Marco Antonio Pereira pereira@marco.eng.br Como tudo começou... 1982 In Search of Excellence (Vencendo a Crise) vendeu 1.000.000 de livros

Leia mais

O que é Balanced Scorecard?

O que é Balanced Scorecard? O que é Balanced Scorecard? A evolução do BSC de um sistema de indicadores para um modelo de gestão estratégica Fábio Fontanela Moreira Luiz Gustavo M. Sedrani Roberto de Campos Lima O que é Balanced Scorecard?

Leia mais

Utilizando o CobiT e o Balanced Scorecard como instrumentos para o. Gerenciamento de Níveis de Serviço

Utilizando o CobiT e o Balanced Scorecard como instrumentos para o. Gerenciamento de Níveis de Serviço Utilizando o CobiT e o Balanced Scorecard como instrumentos para o Gerenciamento de Níveis de Serviço Win Van Grembergen, http://www/isaca.org Tradução de Fátima Pires (fatima@ccuec.unicamp.br) Na economia

Leia mais

ACERTE NOS INDICADORES DE DESEMPENHO SOB A ÓTICA DO BALANCED SCORECARD. BRUNO VALIM ITIL, COBIT, MCST, HDI-SCTL www.brunovalim.com.

ACERTE NOS INDICADORES DE DESEMPENHO SOB A ÓTICA DO BALANCED SCORECARD. BRUNO VALIM ITIL, COBIT, MCST, HDI-SCTL www.brunovalim.com. ACERTE NOS INDICADORES DE DESEMPENHO SOB A ÓTICA DO BALANCED SCORECARD BRUNO VALIM ITIL, COBIT, MCST, HDI-SCTL O que torna o homem diferente dos outros animais é a habilidade de OBSERVAR, MEDIR, ANALISAR

Leia mais

Qualider Consultoria e Treinamento Instrutor: José Roberto

Qualider Consultoria e Treinamento Instrutor: José Roberto BALANCED SCORECARD Qualider Consultoria e Treinamento Instrutor: José Roberto Por que a Implementação da Estratégia torna-se cada vez mais importante? Você conhece a Estratégia de sua Empresa? Muitos líderes

Leia mais

Ambientação nos conceitos

Ambientação nos conceitos Ambientação em Gestão de Projetos Maria Lúcia Almeida Ambientação nos conceitos Gestão de áreas funcionais e gestão de projetos Qualquer um pode ser gerente de projetos? Qual a contribuição da gestão de

Leia mais

Balanced Scorecard JAIME JOSÉ VELOSO

Balanced Scorecard JAIME JOSÉ VELOSO Balanced Scorecard JAIME JOSÉ VELOSO Wikipédia Balanced Scorecard (BSC) é uma metodologia de medição e gestão de desempenho desenvolvida pelos professores da Harvard Business School (HBS) Robert Kaplan

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras MBA Gestão em TI Disciplina: Administração de Suporte e Automação Gerenciamento de Suporte Professor: Fernando Zaidan Ago-2009 1 2 Contexto Área de TI lugar estratégico

Leia mais

Governança de TI. Focos: Altas doses de Negociação Educação dos dirigentes das áreas de negócios

Governança de TI. Focos: Altas doses de Negociação Educação dos dirigentes das áreas de negócios Governança de TI Parte 3 Modelo de Governança v2 Prof. Luís Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR Modelo de Governança de TI Modelo adaptação para qualquer tipo de organização Componentes do modelo construídos/adaptados

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI na Prática

Gerenciamento de Serviços de TI na Prática Gerenciamento de Serviços de TI na Prática Uma abordagem com base na ITIL Inclui ISO/IEC 20.000 e IT Flex Ivan Luizio Magalhães Walfrido Brito Pinheiro Novatec Sumário Agradecimentos... 19 Sobre os autores...

Leia mais

Balanced Scorecard. by Edmilson J. Rosa

Balanced Scorecard. by Edmilson J. Rosa Balanced Scorecard Balanced Scorecard O Balanced Scorecard, sistema de medição de desempenho das empresas, foi criado por Robert Kaplan e David Norton, professores da Harvard Business School. Tendo como

Leia mais

Administração Judiciária

Administração Judiciária Administração Judiciária Planejamento e Gestão Estratégica Claudio Oliveira Assessor de Planejamento e Gestão Estratégica Conselho Superior da Justiça do Trabalho Gestão Estratégica Comunicação da Estratégia

Leia mais

Administração de Ativos de TI. Prof. André Montevecchi

Administração de Ativos de TI. Prof. André Montevecchi Administração de Ativos de TI Prof. André Montevecchi Introdução a ITIL Em um mundo altamente competitivo, de mudanças constantes e inesperadas, é preciso ter flexibilidade e agilidade suficientes para

Leia mais

Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva

Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva Tempos de Mudança Mercados Tecnologia Pessoas Papel do Estado Escassez de Recursos Úteis no Longo Prazo Desdobramento dos Recursos 1 Missão Porque é que

Leia mais

Módulo 2. Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios

Módulo 2. Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios Módulo 2 Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios Origem do BSC Cenário Competitivos CONCORRENTE A CONCORRENTE C VISÃO DE FUTURO ESTRATÉGIA

Leia mais

Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation.

Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation. Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation. O SoftExpert PPM Suite é a solução mais robusta, funcional e fácil para priorizar, planejar, gerenciar e executar projetos, portfólios

Leia mais

Aplicando Pontos de Função na Definição de um Sistema de Indicadores BIT

Aplicando Pontos de Função na Definição de um Sistema de Indicadores BIT Aplicando Pontos de Função na Definição de um Sistema de Indicadores BIT Eduardo Alves de Oliveira eduaopec@yahoo.com.br SERPRO - Serviço Federal de Processamento de Dados Rua Pacheco Leão, 1235 - Fundos

Leia mais

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br COBIT Governança de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Sobre mim Juvenal Santana Gerente de Projetos PMP; Cobit Certified; ITIL Certified; OOAD Certified; 9+ anos de experiência em TI; Especialista

Leia mais

Balanced Scorecard. Resumo Metodológico

Balanced Scorecard. Resumo Metodológico Balanced Scorecard Resumo Metodológico Estratégia nunca foi foi tão tão importante Business Week Week Entretanto... Menos de de 10% 10% das das estratégias efetivamente formuladas são são eficientemente

Leia mais

PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES

PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES Fábio S. de Oliveira 1 Daniel Murara Barcia 2 RESUMO Gerenciar informações tem um sido um grande desafio para as empresas diante da competitividade

Leia mais

Gerenciamento de TI. Paulo César Rodrigues

Gerenciamento de TI. Paulo César Rodrigues Gerenciamento de TI Paulo César Rodrigues *Analista de Sistemas; *Tutor do curso de graduação em Tecnologia em Sistemas de Computação (UFF/Cederj); * Professor do curso Técnico em Informática da Prefeitura

Leia mais

Consultoria Estratégica. PMSolution Consultoria

Consultoria Estratégica. PMSolution Consultoria PMSolution Consultoria Nossa Atuação Cliente Governança Corporativa Governança de TI Áreas de Conhecimento Consultoria Estratégica Gerenciamento de Projetos e Portfólio Tecnologia Capacitação Confidencial

Leia mais

FERRAMENTAS DA QUALIDADE BALANCED SCORECARD

FERRAMENTAS DA QUALIDADE BALANCED SCORECARD FERRAMENTAS DA QUALIDADE BALANCED SCORECARD Histórico Desenvolvimento do Balanced Scorecard: 1987, o primeiro Balanced Scorecard desenvolvido por Arthur Schneiderman na Analog Devices, uma empresa de porte

Leia mais

ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA

ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA ITIL - Livros Estratégia de Serviços (Service Strategy): Esse livro

Leia mais

Gestão Estratégica e o Balanced Scorecard

Gestão Estratégica e o Balanced Scorecard Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região (http://www.trt23.jus.br) Gestão Estratégica e o Balanced Scorecard José Silva Barbosa Assessor de Planejamento e Gestão Setembro/2009 Objetivos Apresentar a

Leia mais

O Balanced Scorecard BSC e a gestão do desempenho estratégico nas organizações do terceiro setor.

O Balanced Scorecard BSC e a gestão do desempenho estratégico nas organizações do terceiro setor. 1 São Paulo, 06 de junho do 2003 O Balanced Scorecard BSC e a gestão do desempenho estratégico nas organizações do terceiro setor. Peter Drucker (2001 p.67), fez a seguinte afirmação ao se referir ao terceiro

Leia mais

ESTRATÉGIA E PLANEJAMENTO CORPORATIVO

ESTRATÉGIA E PLANEJAMENTO CORPORATIVO Estratégia e Planejamento Corporativo AULA 4 - BSC Abril 2015 Pauta Planejamento Estratégico; Cadeia de valor; BSC Balanced Scorecard; Mapa Estratégico; Indicadores de desempenho e metas; Plano de ações;

Leia mais

Governança de T.I. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com

Governança de T.I. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Governança de T.I Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Information Technology Infrastructure Library ITIL ITIL é um acrônimo de Information Technology Infraestruture Library. Criado em

Leia mais

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE ESTUDO DE BENCHMARKING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 2009 Brasil Uma realização dos Chapters Brasileiros do PMI - Project Management Institute PMI-SP PMI-RJ PMI-AM PMI-SC PMI-BA ANEXO 1 PMI-RS PMI PMI-CE

Leia mais

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit.

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 2 Regras e Instruções: Antes de começar a fazer a avaliação leia as instruções

Leia mais

INDICADORES DE DESEMPENHO

INDICADORES DE DESEMPENHO INDICADORES DE DESEMPENHO Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, não há sucesso no que não se gerencia. (E. Deming) Os indicadores são ferramentas

Leia mais

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com Conceito Com base nas definições podemos concluir que: Governança de de TI TI busca o compartilhamento de de decisões de de TI TI com os os demais dirigentes

Leia mais

METODOLOGIA HSM Centrada nos participantes com professores com experiência executiva, materiais especialmente desenvolvidos e infraestrutura tecnológica privilegiada. O conteúdo exclusivo dos especialistas

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Em conformidade com a metodologia PMI 1 Apresentações Paulo César Mei, MBA, PMP Especialista em planejamento, gestão e controle de projetos e portfólios, sempre aplicando as melhores

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 Líderes : Autores do Futuro Ser líder de um movimento de transformação organizacional é um projeto pessoal. Cada um de nós pode escolher ser... Espectador,

Leia mais

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS. 1 Prof. Martius v. Rodriguez y Rodriguez, pdsc.

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS. 1 Prof. Martius v. Rodriguez y Rodriguez, pdsc. MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1 Prof. Martius v. Rodriguez y Rodriguez, pdsc. PRINCÍPIOS ANÁLISE ESTRATÉGICA (FOfA) BALANCED SCORECARD (BSC) EVOLUÇÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. ESCOLAS DE PENSAMENTO

Leia mais

Integrando o PSM ao COBIT

Integrando o PSM ao COBIT Integrando o PSM ao COBIT Diana Baklizky, CFPS Qualified PSM Instructor ti MÉTRICAS Ltda www.metricas.com.br 1 Agenda Objetivo Governança de TI COBIT 4.1 Como o PSM pode ajudar Caso Prático Conclusão Referências

Leia mais

Melhores Práticas em TI

Melhores Práticas em TI Melhores Práticas em TI Referências Implantando a Governança de TI - Da Estratégia à Gestão de Processos e Serviços - 2ª Edição Edição - AGUINALDO ARAGON FERNANDES, VLADIMIR FERRAZ DE ABREU. An Introductory

Leia mais

BSC Balance Score Card

BSC Balance Score Card BSC (Balance Score Card) BSC Balance Score Card Prof. Gerson gerson.prando@fatec.sp.gov.br Uma das metodologias mais visadas na atualidade éobalanced ScoreCard, criada no início da década de 90 por Robert

Leia mais

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 Universo TOTVS Fundada em 1983 6ª maior empresa de software (ERP) do mundo Líder em Software no Brasil e

Leia mais

Governança de TI. Importância para as áreas de Auditoria e Compliance. Maio de 2011. IT Governance Discussion

Governança de TI. Importância para as áreas de Auditoria e Compliance. Maio de 2011. IT Governance Discussion Governança de TI Importância para as áreas de Auditoria e Compliance Maio de 2011 Page 1 É esperado de TI mais do que deixar o sistema no ar. Page 2 O que mudou o Papel de TI? Aumento de riscos e de expectativas

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais

Sistemas de Informações Gerenciais Sistemas de Informações Gerenciais 2 www.nbs.com.br Soluções eficazes em Gestão de Negócios. Nossa Visão Ser referência em consultoria de desenvolvimento e implementação de estratégias, governança, melhoria

Leia mais

CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar. Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso

CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar. Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso CobiT O que é? Um framework contendo boas práticas para

Leia mais

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Carlos Alberto Rovedder, Gustavo Zanini Kantorski Curso de Sistemas de Informação Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) Campus

Leia mais

EXECUTIVE GESTÃO ESTRATÉGICA. www.executivebc.com.br. 071 3341-4243 cursos@executivebc.com.br

EXECUTIVE GESTÃO ESTRATÉGICA. www.executivebc.com.br. 071 3341-4243 cursos@executivebc.com.br EXECUTIVE GESTÃO ESTRATÉGICA www.executivebc.com.br 071 3341-4243 cursos@executivebc.com.br GESTÃO ESTRATÉGICA O presente documento apresenta o modelo de implantação do sistema de gestão estratégica da

Leia mais

Ges tão Estra tégica: 3 - I m plantaç ão

Ges tão Estra tégica: 3 - I m plantaç ão Todos gostamos de belas palavras, porém poucos de nós as transformam em atos (Sun Tzu) INTRODUÇÃO Se oferecermos a um piloto de avião, duas aeronaves distintas para ele voar, qual delas escolheria? (i)

Leia mais

BALANCED SCORECARD. Balanced Scorecard

BALANCED SCORECARD. Balanced Scorecard Olá, pessoal! Hoje trago para vocês uma aula sobre um dos tópicos que será cobrado na prova de Analista do TCU 2008: o Balanced Scorecard BSC. Trata-se de um assunto afeto à área da Contabilidade Gerencial,

Leia mais

Oficina de Gestão de Portifólio

Oficina de Gestão de Portifólio Oficina de Gestão de Portifólio Alinhando ESTRATÉGIAS com PROJETOS através da GESTÃO DE PORTFÓLIO Gestão de portfólio de projetos pode ser definida como a arte e a ciência de aplicar um conjunto de conhecimentos,

Leia mais

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 Conhecimento em Tecnologia da Informação Alinhamento Estratégico A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 2010 Bridge Consulting Apresentação

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

Alinhamento entre Estratégia e Processos

Alinhamento entre Estratégia e Processos Fabíola Azevedo Grijó Superintendente Estratégia e Governança São Paulo, 05/06/13 Alinhamento entre Estratégia e Processos Agenda Seguros Unimed Modelo de Gestão Integrada Kaplan & Norton Sistema de Gestão

Leia mais

Curso Balanced Scorecard como ferramenta de Gestão por Indicadores

Curso Balanced Scorecard como ferramenta de Gestão por Indicadores Curso Balanced Scorecard como ferramenta de Gestão por Indicadores O Planejamento Estratégico deve ser visto como um meio empreendedor de gestão, onde são moldadas e inseridas decisões antecipadas no processo

Leia mais

CobIT. Eduardo Mayer Fagundes. Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações

CobIT. Eduardo Mayer Fagundes. Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações CobIT Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações Eduardo Mayer Fagundes Copyright(c)2008 por Eduardo Mayer Fagundes 1 Agenda 1. Princípio de Gestão Empresarial

Leia mais

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio?

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? A Tecnologia da Informação vem evoluindo constantemente, e as empresas seja qual for seu porte estão cada

Leia mais

Service Level Management SLM. Gerenciamento de Níveis de Serviço

Service Level Management SLM. Gerenciamento de Níveis de Serviço Service Level Management SLM Gerenciamento de Níveis de Serviço 1 É o balanço o entre... Qualidade dos serviços entregues Expectativa do cliente 2 Processo: Definições Service Level Management (SLM) Têm

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES DESENHO DE SERVIÇO Este estágio do ciclo de vida tem como foco o desenho e a criação de serviços de TI cujo propósito será realizar a estratégia concebida anteriormente. Através do uso das práticas, processos

Leia mais

Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP

Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP DARCI PRADO Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP Versão 2.0.0 Janeiro 2014 Extraído do Livro "Maturidade em Gerenciamento de Projetos" 3ª Edição (a publicar)

Leia mais

UM RESUMO EXECUTIVO. Organizado para empresas:construindo um modelo operacional contemporâneo de TI

UM RESUMO EXECUTIVO. Organizado para empresas:construindo um modelo operacional contemporâneo de TI UM RESUMO EXECUTIVO Organizado para empresas:construindo um modelo operacional contemporâneo de TI Ao longo da última década, a TI da EMC tem passado por uma transformação para se tornar uma parceira estrategicamente

Leia mais

Gerenciamento de portfolio de projetos alinhado aos objetivos estratégicos por meio do Balanced Scorecard

Gerenciamento de portfolio de projetos alinhado aos objetivos estratégicos por meio do Balanced Scorecard Gerenciamento de portfolio de projetos alinhado aos objetivos estratégicos por meio do Balanced Scorecard Alexandre Dias P. Cassiano 1 Farhad Abdollahyan 2 1- Pós-graduando MBA - FGV, MSc, Coordenador

Leia mais

GPAD Gestão de Projetos em Ambientes Digitais

GPAD Gestão de Projetos em Ambientes Digitais GPAD Gestão de Projetos em Ambientes Digitais Tecnologia e Mídias Digitais PUC SP Prof. Eduardo Savino Gomes 1 Afinal, o que vem a ser Gestão? 2 Gestão/Gerir/Gerenciar Gerenciar, administrar, coordenar

Leia mais

COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO

COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO GOVERNANÇA DE TI O QUE É GOVERNANÇA DE TI É um conjunto de estruturas e processos que visa garantir que a TI suporte e maximize adequadamente os objetivos e estratégias

Leia mais

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE ESTUDO DE BENCHMARKING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 2009 Brasil Uma realização dos Chapters Brasileiros do PMI - Project Management Institute PMI-SP PMI-RJ PMI-AM PMI-SC PMI-BA ANEXO 2 PMI-RS PMI PMI-CE

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI 1. PI06 TI 1.1. Processos a serem Atendidos pelos APLICATIVOS DESENVOLVIDOS Os seguintes processos do MACROPROCESSO

Leia mais

De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos

De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos O que você vai mudar em sua forma de atuação a partir do que viu hoje? Como Transformar o Conteúdo Aprendido Neste Seminário em Ação! O que debatemos

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE UM PROJETO DE BALANCED SCORECARD: ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA BRASILEIRA

CONSTRUÇÃO DE UM PROJETO DE BALANCED SCORECARD: ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA BRASILEIRA 1 CONSTRUÇÃO DE UM PROJETO DE BALANCED SCORECARD: ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA BRASILEIRA Resumo Vinicius Feltrin (ESIC) vinicius@horusinfo.com.br Antonio Raimundo dos Santos (ESIC) kondutta@yahoo.com.br

Leia mais

C O B I T Control Objectives for Information and related Technology

C O B I T Control Objectives for Information and related Technology C O B I T Control Objectives for Information and related Technology Goiânia, 05 de Janeiro de 2009. Agenda Evolução da TI Desafios da TI para o negócio O que é governança Escopo da governança Modelos de

Leia mais

Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros

Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros Uma evolução nos sistemas de controle gerencial e de planejamento estratégico Francisco Galiza Roteiro Básico 1 SUMÁRIO:

Leia mais

1 - Como definir o Balanced Scorecard (BSC)?

1 - Como definir o Balanced Scorecard (BSC)? 1 - Como definir o Balanced Scorecard (BSC)? Conceitualmente, o Balanced Scorecard, também conhecido como BSC, é um modelo de gestão que auxilia as organizações a traduzir a estratégia em objetivos operacionais

Leia mais

Trilhas Técnicas SBSI - 2014

Trilhas Técnicas SBSI - 2014 brunoronha@gmail.com, germanofenner@gmail.com, albertosampaio@ufc.br Brito (2012), os escritórios de gerenciamento de projetos são importantes para o fomento de mudanças, bem como para a melhoria da eficiência

Leia mais

Governança de TI UNICAMP 13/10/2014. Edson Roberto Gaseta

Governança de TI UNICAMP 13/10/2014. Edson Roberto Gaseta Governança de TI UNICAMP 13/10/2014 Edson Roberto Gaseta Fundação CPqD Instituição brasileira focada em inovação Experiência em projetos de TI e de negócios Desenvolvimento de tecnologia nacional Modelo

Leia mais

Unidade IV ESTRATÉGIA COMPETITIVA. Profa. Lérida Malagueta

Unidade IV ESTRATÉGIA COMPETITIVA. Profa. Lérida Malagueta Unidade IV ESTRATÉGIA COMPETITIVA Profa. Lérida Malagueta Estratégia competitiva Já conhecemos os conceitos sobre a teoria da decisão estratégica e de como competem e cooperam: Os decisores As empresas

Leia mais

MECANISMOS PARA GOVERNANÇA DE T.I. IMPLEMENTAÇÃO DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MECANISMOS PARA GOVERNANÇA DE T.I. IMPLEMENTAÇÃO DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MECANISMOS PARA IMPLEMENTAÇÃO DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza CICLO DA GOVERNANÇA DE TI O CICLO DA GOVERNANÇA DE TI O Ciclo da Governança de T.I. ALINHAMENTO

Leia mais

SIMPROS 2001. Experiência de implantação da norma ISO 9001:2000 a partir da utilização da ISO/IEC TR 15504 (SPICE) para Melhoria de Processos

SIMPROS 2001. Experiência de implantação da norma ISO 9001:2000 a partir da utilização da ISO/IEC TR 15504 (SPICE) para Melhoria de Processos Experiência de implantação da norma ISO 9001:2000 a partir da utilização da ISO/IEC TR 15504 (SPICE) para Melhoria de Processos Adilson Sérgio Nicoletti Blumenau, SC - setembro de 2001 Conteúdo Apresentação

Leia mais

I. Balanced Scorecard - BSC

I. Balanced Scorecard - BSC MBA em Controladoria e Gestão Financeira (Aula 3) Prof. Marcio Rodrigues Sanches marcio@mrsconsult.com.br I. Balanced Scorecard - BSC O que é o BSC? O Balanced Scorecard é uma ferramenta gerencial que

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO: CONCEITOS GERAIS E BSC. Antonieta E. M. Oliveira antonieta.oliveira@fgv.br

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO: CONCEITOS GERAIS E BSC. Antonieta E. M. Oliveira antonieta.oliveira@fgv.br AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO: CONCEITOS GERAIS E BSC Antonieta E. M. Oliveira antonieta.oliveira@fgv.br INTRODUÇÃO Histórico dos indicadores de desempenho BSC (e ferramentas semelhantes) BSC no setor sistema

Leia mais

Balanced Scorecard: Modernidade na Gestão dos Negócios

Balanced Scorecard: Modernidade na Gestão dos Negócios Workshop A Competitividade das Empresas & o Balanced Scorecard Balanced Scorecard: Modernidade na Gestão JAIME RAMOS GUERRA JLM CONSULTORES DE GESTÃO, SA () INSTITUTO POLITECNICO DE LEIRIA jaime.guerra@jlm.pt

Leia mais

Governança de TIC. CobiT 4.1

Governança de TIC. CobiT 4.1 Governança de TIC CobiT 4.1 Conceitos Governança: A expressão governar tem origem na expressão navegar... E o que quem navega faz? Ele faz um mapa, dá a direção, faz as regras de convivência. Tomáz de

Leia mais

CURSO EMBALAGENS FLEXÍVEIS. São Paulo/2014 Antonio Andrade de Paula

CURSO EMBALAGENS FLEXÍVEIS. São Paulo/2014 Antonio Andrade de Paula CURSO EMBALAGENS FLEXÍVEIS São Paulo/2014 Antonio Andrade de Paula SUMÁRIO GESTÃO A VISTA Objetivos RIs e KPIs definições Riscos & cuidados 8 lições básicas Gestão à vista: divulgação BSC (Balanced Scorecard)

Leia mais

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS IS/TI

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS IS/TI COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS IS/TI DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS APRENDIZ Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando assistência se necessário.

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO. Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br

GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO. Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br Guia de Estudo Vamos utilizar para a nossa disciplina de Modelagem de Processos com BPM o guia

Leia mais

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com Introdução Atualmente, é impossível imaginar uma empresa sem uma forte área de sistemas

Leia mais

PMO DE SUCESSO PRECISA TER FOCO! Uma proposta de modelo para Escritórios de Projetos

PMO DE SUCESSO PRECISA TER FOCO! Uma proposta de modelo para Escritórios de Projetos PMO DE SUCESSO PRECISA TER FOCO! Uma proposta de modelo para Escritórios de Projetos por Mario Trentim em http://blog.mundopm.com.br/2013/01/21/pmo-de-sucesso-precisa-terfoco/ Caro amigo leitor, que tal

Leia mais

Gestão de Valor e VMO. Cyrus Associados Apoio em Projetos

Gestão de Valor e VMO. Cyrus Associados Apoio em Projetos Gestão de Valor e VMO Cyrus Associados Como definimos sucesso de uma iniciativa temporária (projetos ou programas)? Agenda Cyrus Associados 1. VALOR como elo entre estratégia, portfolio de programas e

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão ERP Sistema Integrado de Gestão

Sistema Integrado de Gestão ERP Sistema Integrado de Gestão Sistema Integrado de Gestão ERP Sistema Integrado de Gestão ERP Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com Sistema ERP; Processos de Desenvolvimento, Seleção, Aquisição, Implantação de ERP; Aderência e divergência

Leia mais

Aplicação para a norma ISO 9001 e Balanced Scorecard

Aplicação para a norma ISO 9001 e Balanced Scorecard Curso e-learning Como criar e usar Indicadores de Desempenho Aplicação para a norma ISO 9001 e Balanced Scorecard Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v2 Livros ITIL v2 Cenário de TI nas organizações Aumento da dependência da TI para alcance

Leia mais

Módulo 6. Detalhamento do desenvolvimento de objetivos, metas e indicadores para o BSC, o Balanced Scorecard pessoal e exemplos

Módulo 6. Detalhamento do desenvolvimento de objetivos, metas e indicadores para o BSC, o Balanced Scorecard pessoal e exemplos Módulo 6 Detalhamento do desenvolvimento de objetivos, metas e indicadores para o BSC, o Balanced Scorecard pessoal e exemplos A organização traduzindo a missão em resultados Missão Por que existimos?

Leia mais

Gestão Estratégica da Informação

Gestão Estratégica da Informação Valorizando o Rio de Janeiro Gestão Estratégica da Informação Visão e Aplicações Palestrante: Prof.: Marcelo Almeida Magalhães "Many of us underestimated just how fast business process modeling would become

Leia mais

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People.

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. O SoftExpert BPM Suite é uma suíte abrangente de módulos e componentes perfeitamente integrados, projetados para gerenciar todo o ciclo de

Leia mais

MBA: Master in Project Management

MBA: Master in Project Management Desde 1968 MBA: Master in Project Management Projetos e Tecnologia da Informação FMU Professor: Marcos A.Cabral Agenda 1 Objetivos 2 Metodologia 3 4 Avaliação Dicas gerais 5 Conteúdo Projetos e Tecnologia

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA COLÉGIO SESI ENSINO MÉDIO

GESTÃO ESTRATÉGICA COLÉGIO SESI ENSINO MÉDIO GESTÃO ESTRATÉGICA COLÉGIO SESI ENSINO MÉDIO Resumo Denis Pereira Martins 1 - SESI-PR Grupo de Trabalho Políticas Públicas, Avaliação e Gestão da Educação Básica Agência Financiadora: SESI PR O Sesi Paraná

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO. MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO. MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias Coordenação Acadêmica: Maria Elizabeth Pupe Johann 1 OBJETIVOS: Objetivo Geral: - Promover o desenvolvimento

Leia mais

UTILIZANDO O BALANCED SCORECARD PARA GERENCIAR PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS. JOSÉILTON SILVEIRA DA ROCHA MS.c 1 PAULO MAURICIO SELIG Dr.

UTILIZANDO O BALANCED SCORECARD PARA GERENCIAR PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS. JOSÉILTON SILVEIRA DA ROCHA MS.c 1 PAULO MAURICIO SELIG Dr. UTILIZANDO O BALANCED SCORECARD PARA GERENCIAR PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS. JOSÉILTON SILVEIRA DA ROCHA MS.c 1 PAULO MAURICIO SELIG Dr. 1 UFBA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA JSROCHA@EPS.UFSC.BR UFSC UNIVERSIDADE

Leia mais

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MODELOS DE MELHORES PRÁTICAS DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MELHORES PRÁTICAS PARA T.I. MODELO DE MELHORES PRÁTICAS COBIT Control Objectives for Information

Leia mais

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Projeto Saber Contábil O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Alessandra Mercante Programa Apresentar a relação da Gestão de pessoas com as estratégias organizacionais,

Leia mais