Solução para emissores e receptores de facturas. Carlos César 24 de Junho de 2008

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Solução para emissores e receptores de facturas. Carlos César 24 de Junho de 2008"

Transcrição

1 Solução para emissores e receptores de facturas Carlos César 24 de Junho de

2 Agenda 36:,/7,20394/,,.9:7, , ,!%3, /0 3, $4 : 4!%5,7, $ 2

3 Agenda 36:,/7,20394/,,.9:7, , ,!%3, /0 3, $4 : 4!%5,7, $ 3

4 Enquadramento Legal DL de 15 de Maio Para agilizar e uniformizar a legalização da factura electrónica, Portugal adoptou as directivas comunitárias, como aliás se tem processado pela maioria dos países da comunidade europeia. 4

5 Enquadramento Legal Uma factura electrónica é um documento comercial semelhante ao convencional, mas reduzido a um formato electrónico, isto é, desmaterializado. A factura electrónica tem o mesmo valor que a factura em papel, desde que contenha as menções obrigatórias para qualquer factura e satisfaça as condições exigidas na lei. O conjunto formado pelo documento original e pela assinatura electrónica avançada constitui uma factura electrónica, e é à face da lei equivalente a uma factura tradicional em papel. 5

6 TRIÂNGULO DINAMIZADOR DA ADOPÇÃO FACTURA ELECTRÓNICA EFICIÊNCIA Redução de custos Ao adoptar sistemas de F.E. os Governos promovem a adopção de novas tecnologias pelo sector Privado ao mesmo tempo que reduzem custos operacionais e modernizam a Administração do Estado 6

7 Agenda 36:,/7,20394/,,.9:7, , ,!%3, /0 3, $4 : 4!%5,7, $ 7

8 Considerações Estratégicas Factura Electrónica da PT O projecto de 2004 Na sequência da Directiva Europeia sobre Factura Electrónica, a PT decidiu avançar com uma plataforma transversal ao Grupo. Para além dos ganhos directos considerados no Business Case, foi relevante para a decisão: A reafirmação do compromisso da PT com projectos centrados no Cliente. Estabelecimento de canal privilegiado de comunicação directa com o cliente (o sign-in identifica univocamente o cliente). Poupanças noutras áreas, como pedidos de informação de clientes. Dinamização do canal Internet como interface de comunicação, com o acesso, pelo menos uma vez por mês, ao Site da empresa. Dinamização dos pagamentos por transferência bancária ou electrónicos. 8

9 Factura Electrónica da PT O projecto de 2004 Factura Electrónica Envio da Factura por cumprindo os requisitos legais Assinatura & Envio Factura PDF SEEF Multicert CLIENTE PORTAL PT PORTAL TMN PORTAL PT Prime PORTAL PT Casa PORTAL TELEPAC Registo e Subscrição Conversão PDF Factura formato AFP Sistemas de Facturação BD FACTURA PDF FINISHING Actualização dos sistemas corporativos BACKOFFICE 9

10 Factura Electrónica da PT Funcionalidades exemplo com a Factura de notificação 10

11 Factura Electrónica da PT Funcionalidades exemplo Possibilidade de ordenação e filtragem Donwload do pdf gerado e assinado em real time Clientes empresariais Visualização das facturas dos últimos 6 meses 11

12 Agenda 36:,/7,20394/,,.9:7, , ,!%3, /0 3, $4 : 4!%5,7, $ 12

13 Factura Electrónica - O papel da Tecnologia Criação de Valor Potenciais drivers para a criação de valor - factura electrónica vs factura tradicional Muito elevado Elevado Médio Criação de Valor Reduzido Eficiência Segurança Poupança Rapidez de pagamento Complexidade de implementação Fiabilidade Facturação tradicional Facturação electrónica 13

14 Factura Electrónica - O papel da Tecnologia Criação de Valor O exemplo da Finlândia e a extrapolação de dados para o caso português Tempo de processamento por factura recebida Aprovação do pagamento Recepção Registo e processamento 26 min Tendo por base os resultados deste estudo, foram projectados os tempos (e custos) de processamento de facturas em Portugal Segundo a OCDE o índice de produtividade Finlandês era (em 2005) 1,66 vezes superior ao Português Validação Cópia e arquivo 5 88, % 3 min A aplicação directa deste rácio à tarefa de receber (e processar) facturas resulta numa duração de 43 minutos para o caso Português De modo a estimar os custos de processamento (por factura) considerou-se uma rate horária de 13,50 para serviços administrativos em Portugal 0 Factura Tradicional Factura Electrónica Para cada tarefa incluída no estudo original foram ajustados à realidade Nacional os níveis de poupança esperados Fonte: Pauli Vahtera and Heli Salmi, Internet and EDI in Effective Accounting 14

15 Factura Electrónica - O papel da Tecnologia Criação de Valor A aplicação ao caso português Exemplificativo e não exaustivo Tempo de processamento por factura recebida Aprovação do pagamento Recepção 43 min Registo e processamento Validação 56% 25 73% min Custo por factura Factura Tradicional Factura Electrónica 9,7 2,7 a 4, Cópia e arquivo 12 min Poupança de 5,5 a 7,0 por factura só em tempo de processamento 5 0 Factura Tradicional F.E. com Poupança * Mínima F.E. com Poupança * Máxima * Estudo CDN PT-SI: A poupança estimada para cada tarefa incluída no estudo original foi ajustada à realidade Portuguesa da seguinte forma: Aprovação do Pagamento 0%; Recepção 15 80%-100%; Registo e Processamento 80%-100%; Validação 10%-20%; Cópia e Arquivo 75%-95%; Adaptado de Pauli Vahtera and Heli Salmi, Internet and EDI in Effective Accounting

16 Principais Benefícios da Solução 16

17 Agenda 36:,/7,20394/,,.9:7, , ,!%3, /0 3, $4 : 4!%5,7, $ 17

18 18

19 A existência de um broker permite normalizar a interacção entre fornecedores e clientes e agilizar a adaptação às evoluções regulatórias, tecnológicas e processuais. Cada cliente/fornecedor apenas interage com uma entidade, num único formato, com um único protocolo. O SiFE assume a nova relação com clientes e fornecedores, simplificando a adopção da FE entre ambas. 19

20 Transacção de facturas electrónicas de forma simples e segura, utilizável por todo o mercado empresarial Gestão de utilizadores Mecanismo de gestão de subscrições Upload de ficheiros de facturas no Portal Visualização de facturas em diversos formatos e sua impressão e integração com sistemas de Gestão Documental Módulo de workflow que permite a aprovação e a gestão da circulação de documentos 20

21 Flexível UBL 2.0 Formato ERP XML proprietário UBL 2.0 SIC <xml-fragment xmlns:urn="urn:oasis:names:specification:ubl:schema:xsd:com monbasiccomponents-2" xmlns:urn1="urn:oasis:names:specification:ubl:schema:xsd:co mmonaggregatecomponents-2"> <urn:id>a </urn:id> <urn:copyindicator>false</urn:copyindicator> <urn:issuedate> :00</urn:issuedate> <urn:invoicetypecode>factura</urn:invoicetypecode> FACTURAEURO <urn:documentcurrencycode>euro</urn:documentcurrency Code> <urn:taxcurrencycode>euro</urn:taxcurrencycode> <urn:pricingcurrencycode>euro</urn:pricingcurrencycode> <urn1:accountingsupplierparty> <urn:customerassignedaccountid/> <urn1:party> <urn1:partyname> <urn:name>fornecedor A</urn:Name>

22 A integração nos sistemas do cliente é uma funcionalidade extra disponível no SiFE. SIC, SAP, Primavera, Dinamics Navision, FileNet, Documentum, Sharepoint 22

23 Prático Despachos, pareceres, alertas 23

24 Prático Envio para outro Departamento ou fase do processo 24

25 Prático Histórico dos Pareceres e dos Encaminhamentos 25

26 Os fornecedores têm templates próprios para que as suas facturas sejam visualizadas no portal de acordo com a sua imagem. Dados + Template = PDF 26

27 Resumo de vantagens Para o Emissor: - Sem necessidade de instalar sistemas - Aplicação local para gerar integração e certificação - Selecção dos clientes disponíveis - Opção de custódia das facturas - Mantém actual a imagem das facturas, pelo versionamento de templates - Geração de PDF, para leitura das facturas - Adesão simples Para o Receptor: - Sem necessidade de instalar software ou equipamentos - Personalizável com departamentos e utilizadores - Selecção dos fornecedores - Opção de custódia de facturas - Workflow de estados das facturas - Notificação aos utilizadores, por - Geração de PDF, para leitura das facturas - Facilidade de integrar com sistemas internos - Adesão simples e assistida Simples Fácil Completo Útil Forte redução de custos 27

28 Questões? Muito Obrigado Carlos César 24 de Junho de

E-FACTURA. Serena Cabrita Neto

E-FACTURA. Serena Cabrita Neto ECONOMIA DIGITAL E DIREITO E-FACTURA Serena Cabrita Neto Partilhamos a Experiência. Inovamos nas Soluções. 20 Novembro 2013 A Factura na era digital Adequação e adaptação da Factura aos novos meios digitais

Leia mais

Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation

Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation Desafios da Facturação Electrónica A facturação electrónica (e-invoicing) poderá fazer parte das iniciativas emblemáticas

Leia mais

Factura Electrónica no Sector do Turismo. Parceria COFIPOR / APAVT

Factura Electrónica no Sector do Turismo. Parceria COFIPOR / APAVT Factura Electrónica no Sector do Turismo Parceria COFIPOR / APAVT Princípios Gerais da Facturação Electrónica As facturas e documentos equivalentes podem ser transmitidos por via electrónica desde que

Leia mais

Agenda. Realidade actual Abordagem de resolução Implementação de sistemas de GD Objectivos a atingir

Agenda. Realidade actual Abordagem de resolução Implementação de sistemas de GD Objectivos a atingir Gestão de Arquivo e Circulação dedocumentos Agenda Realidade actual Abordagem de resolução Implementação de sistemas de GD Objectivos a atingir A realidadede muitas organizações Eu não sou desorganizada

Leia mais

YET - Your Electronic Transactions. Soluções globais de transações eletrónicas

YET - Your Electronic Transactions. Soluções globais de transações eletrónicas YET - Your Electronic Transactions Soluções globais de transações eletrónicas Conhecimento e experiência na desmaterialização de processos A YET Your Electronic Transactions é uma empresa especializada

Leia mais

Seminário sobre "Adopção da Factura Electrónica na Administração Pública" 6 de Novembro de 2006, Fórum Picoas

Seminário sobre Adopção da Factura Electrónica na Administração Pública 6 de Novembro de 2006, Fórum Picoas Seminário sobre "Adopção da Factura Electrónica na Administração Pública" 6 de Novembro de 2006, Fórum Picoas Agenda O Projecto FE do Grupo PT Situação actual do projecto PT parceiro do projecto FE da

Leia mais

Desafios Tecnológicos do Novo Código dos Contratos Públicos

Desafios Tecnológicos do Novo Código dos Contratos Públicos As Compras Como Fonte de Inovação e Valorização Impactos Apresentação da nova Corporativa legislação Confidencial Desafios Tecnológicos do Novo Código dos Contratos Públicos Miguel Sobral Administrador

Leia mais

A simplicidade do desafio do e.commerce nas PME s: Desmaterialização de Documentos via EDI. Nuno Miranda 04 de junho de 2015

A simplicidade do desafio do e.commerce nas PME s: Desmaterialização de Documentos via EDI. Nuno Miranda 04 de junho de 2015 A simplicidade do desafio do e.commerce nas PME s: Desmaterialização de Documentos via EDI Nuno Miranda 04 de junho de 2015 Apresentação GS1 2015 2 Iniciação ao EDI (Electronic Data Interchange) EDI -

Leia mais

O sucesso dos nossos clientes é o nosso sucesso

O sucesso dos nossos clientes é o nosso sucesso Na atitude está a nossa diferença O sucesso dos nossos clientes é o nosso sucesso Faturação Eletrónica Desmaterialização Documental Outsourcing TI Solução integrada para desmaterialização de documentos

Leia mais

Plataforma de. Sessões de Esclarecimento. Electrónica BizGov Porto, 30 de Abril de 2009

Plataforma de. Sessões de Esclarecimento. Electrónica BizGov Porto, 30 de Abril de 2009 Plataforma de Sessões de Esclarecimento Contratação Pública "Contratação Electrónica Electrónica BizGov Porto, 30 de Abril de 2009 Agenda 1 Introdução 2 Plataforma de Contratação Pública Electrónica BizGov

Leia mais

Ministério da Economia e da Inovação Secretaria-Geral

Ministério da Economia e da Inovação Secretaria-Geral Apresentação Data: 6 de Novembro de 2006 Organismos do MEI Organismos do MEI no projecto-piloto de Factura Electrónica: (integrando a prestação centralizada de serviços a 10 organismos do MEI) IAPMEI ICEP

Leia mais

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas Conceito As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas PÁG 02 Actualmente, face à crescente necessidade de integração dos processos de negócio, as empresas enfrentam o desafio de inovar e expandir

Leia mais

Projecto-PilotoPiloto

Projecto-PilotoPiloto Lisboa, 6 de Novembro de 2006 Factura Electrónica Projecto-PilotoPiloto Secretaria-Geral Presidência do Conselho de Ministros José M. Sousa Rego Presidência do Conselho de Ministros Lisboa, 6 de Novembro

Leia mais

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010 CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM - R EVOLUÇÃO ADMINISTRATIVA A Autarquia de Santarém, em parceria com a PT Prime, desenvolveu um sistema de soluções integradas e inter-operantes que lhe possibilitaram operacionalizar

Leia mais

Instrumento da Sociedade de Informação

Instrumento da Sociedade de Informação Apresentação Pública Estudo Factura Electrónica 8 de Outubro de 2008 Fundação Calouste Gulbenkian Instrumento da Sociedade de Informação João Catarino Tavares Patrocinadores Principais Patrocinadores Globais

Leia mais

1. A MULTICERT 2. A MULTICERT e ALFRESCO. 4. Contributo Especial 5. Iniciativas MULTICERT 6. Integração e Parcerias

1. A MULTICERT 2. A MULTICERT e ALFRESCO. 4. Contributo Especial 5. Iniciativas MULTICERT 6. Integração e Parcerias Serviços Partner Alfresco Prestação de Serviços Alfresco MULTICERT Sofia Neto Lisboa, 14 de Outubro 2009 Alfresco Meetup Lisboa 2009 Agenda 1. A MULTICERT 2. A MULTICERT e ALFRESCO 3. Prestação de Serviços

Leia mais

2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 1

2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 1 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 1 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 2 Agenda

Leia mais

DHL EXPRESS PORTUGAL Faturação Eletrónica

DHL EXPRESS PORTUGAL Faturação Eletrónica DHL EXPRESS PORTUGAL Faturação Eletrónica Faturação Eletrónica DHL O que é a Faturação Eletrónica? O serviço de faturação eletrónica da DHL é um método alternativo ao correio e ao fax de receber as suas

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES

PERGUNTAS FREQUENTES PERGUNTAS FREQUENTES Porque devemos utilizar a empresa Tungsten-Network para enviar as nossas facturas? Para além das vantagens indicadas anteriormente, a facturação electrónica é o método preferido pela

Leia mais

AUMENTE A SUA PRODUTIVIDADE COM O EDOCLINK APRESENTAÇÃO DE CASOS DE UTILIZAÇÃO

AUMENTE A SUA PRODUTIVIDADE COM O EDOCLINK APRESENTAÇÃO DE CASOS DE UTILIZAÇÃO AUMENTE A SUA PRODUTIVIDADE COM O EDOCLINK APRESENTAÇÃO DE CASOS DE UTILIZAÇÃO Apresentação / Demonstração 1) Visão Geral da Solução 2) Indexação de documentos 3) Tratamento de Tarefas Pendentes - integração

Leia mais

Fatura Eletrónica para Micro e PME

Fatura Eletrónica para Micro e PME Fatura Eletrónica para Micro e PME Serviço 560 e.invoice Nuno Miranda / Eduardo Bentes / Filipe Silva 04 de março de 2015 Apresentação 2 Implementação de um sistema de Faturação Eletrónica Análise e avaliação

Leia mais

A implementação do balcão único electrónico

A implementação do balcão único electrónico A implementação do balcão único electrónico Departamento de Portais, Serviços Integrados e Multicanal Ponte de Lima, 6 de Dezembro de 2011 A nossa agenda 1. A Directiva de Serviços 2. A iniciativa legislativa

Leia mais

Serviço a Pedido ( On Demand ) da CA - Termos e Política de Manutenção Em vigor a partir de 1 de Setembro de 2010

Serviço a Pedido ( On Demand ) da CA - Termos e Política de Manutenção Em vigor a partir de 1 de Setembro de 2010 Serviço a Pedido ( On Demand ) da CA - Termos e Política de Manutenção Em vigor a partir de 1 de Setembro de 2010 A Manutenção do Serviço a Pedido ( On Demand ) da CA consiste numa infra-estrutura de disponibilidade

Leia mais

1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento. 2. Estratégia para as Compras Públicas. 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas

1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento. 2. Estratégia para as Compras Públicas. 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas Agenda 1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento 2. Estratégia para as Compras Públicas 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas 4. Desafios para 2009 2 Propósito Estratégico: Agência Nacional

Leia mais

Seminário Lisboa 6 de Novembro de 2006. Adopção da. Factura Electrónica. na Administração Pública

Seminário Lisboa 6 de Novembro de 2006. Adopção da. Factura Electrónica. na Administração Pública Seminário Lisboa 6 de Novembro de 2006 Adopção da Factura Electrónica na Administração Pública Plano da Apresentação I. Introdução II. Acções desenvolvidas III. Resultados e conclusões Enquadramento RCM

Leia mais

Apresentação de Solução

Apresentação de Solução Apresentação de Solução Solução: Gestão de Altas Hospitalares Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros,

Leia mais

O seu correio em formato digital

O seu correio em formato digital Caixa Postal Electrónica Enquadrado nas iniciativas do Plano Tecnológico do Governo, foi decidida a criação de uma Caixa Postal Electrónica para facilitar a comunicação electrónica entre o Estado, Cidadãos

Leia mais

Apresentação da Solução. Divisão Área Saúde. Solução: Gestão de Camas

Apresentação da Solução. Divisão Área Saúde. Solução: Gestão de Camas Apresentação da Solução Solução: Gestão de Camas Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros, 82-A, 1500-060

Leia mais

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1 Copyright 2012 Efacec Todos os direitos reservados. Não é permitida qualquer cópia, reprodução, transmissão ou utilização deste documento sem a prévia autorização escrita da Efacec Sistemas de Gestão S.A.

Leia mais

Copyright mypartner HealthCare Software Solutions 2007. v1.0. 13 de Dezembro de 2007 Hotel Tivoli - Coimbra

Copyright mypartner HealthCare Software Solutions 2007. v1.0. 13 de Dezembro de 2007 Hotel Tivoli - Coimbra Copyright mypartner HealthCare Software Solutions 2007 v1.0 1 13 de Dezembro de 2007 Hotel Tivoli - Coimbra Agenda Simplificação Hospitalar. Para uma Saúde melhor. Agenda Soluções de gestão empresarial

Leia mais

Solução Base. Descrição do Serviço. A melhor solução de Internet e Voz para Profissionais e Empresas.

Solução Base. Descrição do Serviço. A melhor solução de Internet e Voz para Profissionais e Empresas. Solução Base Descrição do Serviço A melhor solução de Internet e Voz para Profissionais e Empresas. O acesso Internet Banda Larga que evolui com as suas necessidades. Características Solução adequada para:

Leia mais

Informática. Aula 7. Redes e Telecomunicações

Informática. Aula 7. Redes e Telecomunicações Informática Aula 7 Redes e Telecomunicações Comunicação Empresarial 2º Ano Ano lectivo 2003-2004 Introdução Para as empresas modernas funcionarem eficazmente, são vitais as ligações que conectam as suas

Leia mais

PONTDOC. Sistema de Gestão Documental. Dossier de Produto 02.01.2009 DP10.02. www.pontual.pt UGD 1 de 13

PONTDOC. Sistema de Gestão Documental. Dossier de Produto 02.01.2009 DP10.02. www.pontual.pt UGD 1 de 13 PONTDOC Sistema de Gestão Documental Dossier de Produto DP10.02 02.01.2009 www.pontual.pt UGD 1 de 13 PONTDoc Sistema de Gestão Documental A Pontual A Pontual é uma empresa de capitais 100% nacionais,

Leia mais

PURCHASE-TO-PAY SOLUTIONS

PURCHASE-TO-PAY SOLUTIONS PURCHASE-TO-PAY SOLUTIONS Nova Legislação dos Documentos Eletrónicos de Transporte COMO RESPONDER e TIRAR PROVEITO? Porto, 19 de Junho 2013 Pedro Bação Sales Director AGENDA 1. QUEM SOMOS 2. SAPHETYDRIVE

Leia mais

Projeto de intercâmbio eletrónico de documentos incluindo a fatura eletrónica com fornecedores do Grupo TAP. Documentação Fornecedores

Projeto de intercâmbio eletrónico de documentos incluindo a fatura eletrónica com fornecedores do Grupo TAP. Documentação Fornecedores Indra Unidade de Mercados Digitais Projeto de intercâmbio eletrónico de documentos incluindo a fatura eletrónica com fornecedores do Grupo TAP Documentação Fornecedores Guia de Implementação Versão 001

Leia mais

Concurso público para aquisição de plataforma de facturação electrónica. Resposta aos pedidos de esclarecimentos. Julho de 2009

Concurso público para aquisição de plataforma de facturação electrónica. Resposta aos pedidos de esclarecimentos. Julho de 2009 GLOBALGARVE COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO, SA Concurso público para aquisição de plataforma de facturação electrónica Resposta aos pedidos de esclarecimentos Julho de 2009 Página 1 de 7 No seguimento do

Leia mais

PURCHASE-TO-PAY SOLUTIONS

PURCHASE-TO-PAY SOLUTIONS PURCHASE-TO-PAY SOLUTIONS COMO RESPONDER e TIRAR PROVEITO? Novo Regime dos Bens em Circulação Sessão de Esclarecimento Lisboa, 24 de Julho 2013 Pedro Bação Sales Director AGENDA 1. QUEM SOMOS 2. SAPHETYDRIVE

Leia mais

FAQs Projecto Factura Electrónica Índice

FAQs Projecto Factura Electrónica Índice FAQs Projecto Factura Electrónica Índice 1) O que é a factura electrónica?... 2 2) O que significa a certificação legal nestas facturas?... 2 3) Como se obtém a assinatura digital e que garantias ela nos

Leia mais

geas www.sensocomum.pt

geas www.sensocomum.pt geas Como uma aplicação online pode facilitar a gestão da minha associação + fácil fichas de sócio online + rápido consulta de cotas + controlo histórico de alteração dados Com uma ferramenta disponível

Leia mais

Canal Direto. O banco no sistema da sua empresa!

Canal Direto. O banco no sistema da sua empresa! Canal Direto O banco no sistema da sua empresa! ÍNDICE 1. CARACTERIZAÇÃO DO SERVIÇO PÁG. 3 2. FUNCIONALIDADES ATUALMENTE DISPONÍVEIS PÁG. 4 3. VANTAGENS PÁG. 5 4. CUSTOS PÁG. 6 5. ADESÃO PÁG. 7 6. SUBSCRIÇÃO

Leia mais

Solução de Gestão de Contraordenações - STICO. Apresentação de Solução

Solução de Gestão de Contraordenações - STICO. Apresentação de Solução Solução de Gestão de Contraordenações - STICO Apresentação de Solução A Oferta dos CTT Expresso e encomendas Courrier Estafetagem Logística Serviços Financeiros Produtos Poupanças Seguros Soluções Pagamentos

Leia mais

SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais

SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais Derechos Quem Somos O Serviço de Utilização Comum dos Hospitais é uma associação privada sem fins lucrativos, organizada e posicionada para a oferta integrada de Serviços Partilhados para o sector da Saúde.

Leia mais

UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento

UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento PT-SI, empresa PT responsável pela integração, implementa plataforma para Pagamentos Electrónicos para a Administração Pública. Os principais benefícios são

Leia mais

Princalculo Contabilidade e Gestão

Princalculo Contabilidade e Gestão COMUNICAÇÃO EXTERNA Junho/2013 REGIME DOS BENS EM CIRCULAÇÃO A obrigação é a partir de quando? 1 de Julho de 2013 Quem está obrigado? Os que no ano anterior tiveram um volume de negócios superior a 100.000

Leia mais

Empresa Digital: Da quimera à sobrevivência. Nuno Queirós nuno.queiros@primaverasoft.pt

Empresa Digital: Da quimera à sobrevivência. Nuno Queirós nuno.queiros@primaverasoft.pt Empresa Digital: Da quimera à sobrevivência Nuno Queirós nuno.queiros@primaverasoft.pt Enquadramento tecnológico Democratização da tecnologia Presença a da PRIMAVERA Software MFrames 1950...70 O DOS O

Leia mais

Área de Empresa no sítio institucional do Banco de Portugal

Área de Empresa no sítio institucional do Banco de Portugal Luís Teles Apresentação A na internet é uma área reservada a que qualquer empresa a operar em Portugal poderá ter acesso, utilizando para tal as mesmas credenciais com que se autentica no Portal das Finanças

Leia mais

Iniciativa Formação para Empresários Programa de Candidatura

Iniciativa Formação para Empresários Programa de Candidatura Iniciativa Formação para Empresários Programa de Candidatura No âmbito do Contrato de Delegação de Competências do POPH na CCP 1. Enquadramento da Iniciativa A Iniciativa Formação para Empresários tem

Leia mais

Certificação de Software. Impacto nas operações das empresas

Certificação de Software. Impacto nas operações das empresas Certificação de Software Impacto nas operações das empresas Perguntas e respostas sobre o impacto da nova legislação relativa à certificação de software Page 2 of 5 Introdução A Portaria n.º 363/2010 de

Leia mais

Factura Electrónica. Diminua os custos do processo de facturação da empresa. Factura Electrónica. Página 1

Factura Electrónica. Diminua os custos do processo de facturação da empresa. Factura Electrónica. Página 1 Diminua os custos do processo de facturação da empresa Página 1 O software PHC é uma ferramenta imprescindível na gestão diária de uma empresa. Trata-se de um software cuidadosamente estudado por utilizadores

Leia mais

Descrição de Funcionalidades

Descrição de Funcionalidades Gestão Integrada de Documentos Descrição de Funcionalidades Registo de documentos externos e internos O registo de documentos (externos, internos ou saídos) pode ser efectuado de uma forma célere, através

Leia mais

Plataforma de Compras Electrónicas. Sessão de Apresentação do Projecto

Plataforma de Compras Electrónicas. Sessão de Apresentação do Projecto Plataforma de Compras Electrónicas Sessão de Apresentação do Projecto 16 de Abril de 2007 Dr.ª Rosário Fernandes Estatísticas do Projecto (Fevereiro e Março de 2007) Utilizadores Orgânicas Fornecedores

Leia mais

Facturação Electrónica Conheça as vantagens para a sua organização

Facturação Electrónica Conheça as vantagens para a sua organização Facturação Electrónica Conheça as vantagens para a sua organização O que é a factura electrónica? O que é a factura electrónica? Formatos não aceites Principais Benefícios Vantagens para o emissor Vantagens

Leia mais

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial 2 PRIMAVERA BSS Qpoint Rumo à Excelência Empresarial Numa era em que a competitividade entre as organizações é decisiva para o sucesso empresarial, a aposta na qualidade e na melhoria contínua da performance

Leia mais

Processo de declaração de conformidade de software PEM

Processo de declaração de conformidade de software PEM Processo de declaração de conformidade de software PEM Dezembro, 2012 Versão 1,0 Os direitos de autor deste trabalho pertencem à SPMS e a informação nele contida é confidencial. Este trabalho não pode

Leia mais

Impacto das Novas Tecnologias na Contabilidade. A. Domingues de Azevedo

Impacto das Novas Tecnologias na Contabilidade. A. Domingues de Azevedo Tecnologias na Contabilidade 1 SUMÁRIO 1. Introdução Impacto das Novas 2. Impacto das Novas Tecnologias na Economia e na Sociedade a) A Empresa na Hora b) A Empresa On-line c) A informação Empresarial

Leia mais

iportalmais Rua Passos Manuel, n.º 66 / 76 4000-381 Porto - Portugal Telefone: +351225 106 476 Fax: 225 189 722 mail@iportalmais.pt www.iportalmais.pt MULTICERT Estrada Casal de Canas, Lote 6 Alfragide

Leia mais

Business Process Management

Business Process Management 1 Business Process Management O imperativo da eficiência operacional Na constante busca pelo aumento da eficiência operacional e diminuição dos custos, as organizações procuram optimizar os seus processos

Leia mais

Vantagem Garantida PHC

Vantagem Garantida PHC Vantagem Garantida PHC O Vantagem Garantida PHC é um aliado para tirar maior partido das aplicações PHC A solução que permite à empresa rentabilizar o seu investimento, obtendo software actualizado, formação

Leia mais

Auditoria ao Processo de Mudança de Comercializador. A. Enquadramento e Objectivos. Síntese do Relatório de Auditoria

Auditoria ao Processo de Mudança de Comercializador. A. Enquadramento e Objectivos. Síntese do Relatório de Auditoria A. Enquadramento e Objectivos A EDP Distribuição - Energia, S.A. (EDP Distribuição), empresa que exerce a actividade de Operador de Rede de Distribuição (ORD) de Energia Eléctrica em Média Tensão (MT)

Leia mais

Serviço de Faturação Eletrónica

Serviço de Faturação Eletrónica E-Invoicing Serviço prestado em acordo de interoperabilidade com a: Nov.2013 Ref. 02.007.14353 ÍNDICE 1 O que é uma Fatura Eletrónica? 3 2 Porquê a Faturação Eletrónica? 4 3 Quais as Vantagens? 7 4 O papel

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA PROGRAMA EUROSTARS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ACOMPANHAMENTO FINANCEIRO COMPONENTES DO RELATÓRIO A verificação da execução financeira dos projectos EUROSTARS é suportada

Leia mais

Secretaria-Geral do MAOT

Secretaria-Geral do MAOT Secretaria-Geral do MAOT Paula Vieira 8 Outubro 2010 SIAP 2010 1 IMPLEMENTAÇÃO DE UMA INTRANET SIAP 2010 2 AGENDA Objectivos do projecto Arranque do projecto Implementação do projecto Resultados: - Conteúdos

Leia mais

modernização administrativa desmaterialização processual SIRJUE sistema de informação do regime jurídico da urbanização e edificação

modernização administrativa desmaterialização processual SIRJUE sistema de informação do regime jurídico da urbanização e edificação modernização administrativa desmaterialização processual SIRJUE sistema de informação do regime jurídico da urbanização e edificação síntese [temas]: diagnóstico; objetivo: plataforma tecnológica sistema

Leia mais

www.quidgest.com quidgest@quidgest.com Organização Inteligente da Informação

www.quidgest.com quidgest@quidgest.com Organização Inteligente da Informação Organização Inteligente da Informação O papel dos sistemas de gestão documental na organização da informação A realidade de muitas organizações Organização da Informação 01 Desmaterialização de documentos

Leia mais

GESTÃO DOCUMENTAL E FLUXOS DE TRABALHO

GESTÃO DOCUMENTAL E FLUXOS DE TRABALHO GESTÃO DOCUMENTAL E FLUXOS DE TRABALHO 2 GESTÃO DOCUMENTAL VANTAGENS Informação sempre acessível, acesso fácil e rápido Redução do espaço, custos de armazenamento e impressão Redução da duplicação de dados

Leia mais

Soluções de Mobilidade Empresarial

Soluções de Mobilidade Empresarial Soluções de Mobilidade Empresarial DC13001.01 - Março 2013 Pontual software solutions Solução Integrada de Mobilidade O MobileCrm é uma solução integrada de mobilidade a qual está desenhada para a plataforma

Leia mais

Retirado de: www.globaz.pt

Retirado de: www.globaz.pt Retirado de: www.globaz.pt Designação: Intranet de Comunicação Interna Cliente: Fólio - Edições e Publicidade, Lda Objectivos:. : Aumentar a eficácia das comunicações internas. : Baixar os custos de comunicação

Leia mais

Contratação Pública Electrónica Sessão Técnica

Contratação Pública Electrónica Sessão Técnica Contratação Pública Electrónica Sessão Técnica CONSTRULINK 30 de Abril de 2009 Construlink2008. All rights reserved Agenda 1 2 3 Sessão II.1 As Plataformas Electrónicas Meios necessários ao funcionamento

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

Principais Vantagens

Principais Vantagens dotlogic-cardio O dotlogic-cardio é um sistema de informação de cardiologia (CIS). Utiliza protocolos standard como HL7, DICOM ou GDT para comunicar com os diversos sistemas de informação e equipamentos

Leia mais

Simplificação nas PMEs

Simplificação nas PMEs Simplificação nas PMEs Aproveitamento das Novas Tecnologias DGITA Portal Declarações Electrónicas Dezembro 2007 Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 1 Agenda O que é a DGITA? Estratégia

Leia mais

O Sistema de Compras Electrónicas

O Sistema de Compras Electrónicas Seminário Novas Perspectivas na Contratação Pública Tribunal de Contas, INA, CCSCI 20-21 Nov 2006 O Sistema de Compras Electrónicas Luis Magalhães Programa Nacional de Compras Electrónicas (PNCE) Aprovado

Leia mais

X4D - IRISXtract TM for Documents

X4D - IRISXtract TM for Documents X4D - IRISXtract TM for Documents A Plataforma O portefólio de produtos da I.R.I.S. AG é caracterizado pelo mais elevado grau de flexibilidade, integração eficiência. A plataforma IRISXtract for Documents

Leia mais

ENQUADRAMENTO DO IGFIJ NA JUSTIÇA PORTUGUESA

ENQUADRAMENTO DO IGFIJ NA JUSTIÇA PORTUGUESA 1 Boas Práticas DESMATERIALIZAÇÃO PROCESSOS NA JUSTIÇA Instituto de Gestão Financeira e Infra-Estruturas da Justiça, I.P. 2 Boas Práticas GRAÇA NAMORA Coordenadora Gabinete Sistemas de Informação 29.10.2010

Leia mais

Índice. I O Sistema de Faturação Eletrónica ... Envio de faturas por email Integração direta das faturas no sistema de informação do Cliente ...

Índice. I O Sistema de Faturação Eletrónica ... Envio de faturas por email Integração direta das faturas no sistema de informação do Cliente ... Índice I O Sistema de Faturação Eletrónica.......................................................... Envio de faturas por email Integração direta das faturas no sistema de informação do Cliente...............

Leia mais

FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações

FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações 2º SEMINÁRIO EUROPAPER DIGITAL Impactos da Adopção da Factura Electrónica: Económicos, Sociais e Organizacionais Alexandre Nilo Fonseca Presidente Aliança Digital FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações

Leia mais

Gestão Documental. Informação para a Governação

Gestão Documental. Informação para a Governação Gestão Documental Desafios para a Administração Pública Informação para a Governação Informação para a governação 2015-07-10 1 AGENDA O CEGER Missão e atribuições Ring Serviços aplicacionais Gestão Documental

Leia mais

Câmara Municipal de Cascais é uma boa prática no relacionamento com os cidadãos

Câmara Municipal de Cascais é uma boa prática no relacionamento com os cidadãos 27 LEADERSHIP AGENDA a inovação na gestão do relacionamento compensa Câmara Municipal de Cascais é uma boa prática no relacionamento com os cidadãos A participação activa dos cidadãos é vital para a promoção

Leia mais

Alinhamento de dados com Sync PT Data Pool. Lisboa 2014-03-06

Alinhamento de dados com Sync PT Data Pool. Lisboa 2014-03-06 Alinhamento de dados com Sync PT Data Pool Lisboa 2014-03-06 3 O Alinhamento de dados com a plataforma SYNC PT Data Pool O PROJETO IMPLEMENTAÇÃO O PROCESSO 4 O Alinhamento de dados com a plataforma SYNC

Leia mais

PHC Workflow CS. O controlo e a automatização de processos internos

PHC Workflow CS. O controlo e a automatização de processos internos PHC Workflow CS O controlo e a automatização de processos internos A solução que permite que um conjunto de acções a executar siga uma ordem pré-definida, de acordo com as normas da empresa, aumentando

Leia mais

Entrega de Folhas de Férias

Entrega de Folhas de Férias Entrega de Folhas de Férias Questões mais frequentes FAQs Maio/2012 Versão 2.0 DDO É obrigatório adoptar o novo formato para envio da informação de Folhas de Férias estabelecido na legislação em vigor

Leia mais

Premier. Quando os últimos são os Primeiros

Premier. Quando os últimos são os Primeiros Premier Quando os últimos são os Primeiros Fundada em 1997 Especializada no desenvolvimento de soluções informáticas de apoio à Gestão e consultoria em Tecnologias de Informação. C3im tem como principais

Leia mais

Plano Estratégico de Sistemas de Informação 2009

Plano Estratégico de Sistemas de Informação 2009 v.1.6. Plano Estratégico de Sistemas de Informação 2009 Versão reduzida Hugo Sousa Departamento de Tecnologias PESI 2009 Calendário de Projectos Calendário Direcção de projectos para 2009Projecto Licenciamento

Leia mais

Comparação com o Sistema de Débitos Diretos nacional

Comparação com o Sistema de Débitos Diretos nacional 1 Sobre a SEPA A criação da Área Única de Pagamentos em Euros (SEPA Single Euro Payments Area) tem como objetivo principal o estabelecimento de um mercado único de pagamentos de retalho. Nesta Área, particulares,

Leia mais

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel.

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. Projecto A Oficina+ ANECRA é uma iniciativa criada em 1996, no âmbito da Padronização de Oficinas ANECRA. Este projecto visa reconhecer a qualidade

Leia mais

Em início de nova fase, forumb2b.com alarga a oferta

Em início de nova fase, forumb2b.com alarga a oferta Em início de nova fase, alarga a oferta Com o objectivo de ajudar as empresas a controlar e reduzir custos relacionados com transacções de bens e serviços, o adicionou à sua oferta um conjunto de aplicações

Leia mais

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação O GRUPO AITEC Breve Apresentação Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo empresas e ofertas criadoras de valor no mercado mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA Introdução Nesta edição do Catálogo de Serviços apresentamos os vários tipos de serviços que compõe a actual oferta da Primavera na área dos serviços de consultoria.

Leia mais

Código de Conduta Voluntário

Código de Conduta Voluntário O Banif, SA, ao formalizar a sua adesão ao Código de Conduta Voluntário do crédito à habitação, no âmbito da Federação Hipotecária Europeia, e de acordo com as recomendações da Comissão Europeia e do Banco

Leia mais

Solução de Tratamento de Documentos Contabilísticos. Apresentação de Solução

Solução de Tratamento de Documentos Contabilísticos. Apresentação de Solução Solução de Tratamento de Documentos Contabilísticos Apresentação de Solução Confidencialidade A informação contida neste documento é propriedade dos CTT e o seu conteúdo é confidencial, não podendo ser

Leia mais

INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 41/2013. Certificação de Programas de Faturação

INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 41/2013. Certificação de Programas de Faturação INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 41/2013 Certificação de Programas de Faturação A presente informação técnica substitui a informação n.º 6/2012 e a n.º 22/2010, introduzindolhe as atualizações resultantes da Portaria

Leia mais

Os serviços Online do INPI Pesquisas e Registos

Os serviços Online do INPI Pesquisas e Registos Os serviços Online do INPI Pesquisas e Registos Dina Pereira Responsável do Gabinete de Apoio a Projectos e Investigação Universidade da Beira Interior Agenda Adesão aos serviços on-line Vantagens Pesquisas

Leia mais

Comunicação de Documentos de Transporte à AT (portaria 161/2013)

Comunicação de Documentos de Transporte à AT (portaria 161/2013) Comunicação de Documentos de Transporte à AT (portaria 161/2013) Este documento pretende explicar de forma sucinta como fazer a parametrização do software Primavera para o envio dos Documentos de Transporte.

Leia mais

Aprend.e Sistema integrado de formação e aprendizagem

Aprend.e Sistema integrado de formação e aprendizagem Aprend.e Sistema integrado de formação e aprendizagem Pedro Beça 1, Miguel Oliveira 1 e A. Manuel de Oliveira Duarte 2 1 Escola Aveiro Norte, Universidade de Aveiro 2 Escola Aveiro Norte, Departamento

Leia mais

ADOPÇÃO DO SISTEMA KOHA: Perspectiva técnica. Bruno Guimarães Marçal. ISCTE Instituto Universitário de Lisboa

ADOPÇÃO DO SISTEMA KOHA: Perspectiva técnica. Bruno Guimarães Marçal. ISCTE Instituto Universitário de Lisboa ADOPÇÃO DO SISTEMA KOHA: Perspectiva técnica Bruno Guimarães Marçal ISCTE Instituto Universitário de Lisboa 20 de Abril de 2012 Equipas envolvidas Keep Solutions Serviços de Informática do ISCTE-IUL: o

Leia mais

Coimbra: 16 e 17 de Abril. Faro: 14 e 15 de Maio. Faro: 16 de Maio. Faro: 17 de Maio. Faro: 18 de Maio

Coimbra: 16 e 17 de Abril. Faro: 14 e 15 de Maio. Faro: 16 de Maio. Faro: 17 de Maio. Faro: 18 de Maio 27 de Fevereiro 19 e 20 de Março 16 e 17 de Abril 14 e 15 de Maio 18 e 19 de Junho 9 e 10 de Julho 28 de Fevereiro 21 de Março 18 de Abril 16 de Maio 20 de Junho 11 de Julho 1 de Março 22 de Março 19 de

Leia mais

Entendimento do ICP-ANACOM. Originação de chamadas nas redes móveis nacionais

Entendimento do ICP-ANACOM. Originação de chamadas nas redes móveis nacionais Entendimento do ICP-ANACOM Originação de chamadas nas redes móveis nacionais I. Enquadramento Os serviços de originação de chamadas prestados pelos operadores móveis nacionais são definidos como os serviços

Leia mais

Organização Inteligente da Informação: um factor decisivo na gestão de recursos

Organização Inteligente da Informação: um factor decisivo na gestão de recursos Organização Inteligente da Informação: um factor decisivo na gestão de recursos Agenda Organização Inteligente da Informação: 4 conceitos-chave Desmaterialização de documentos Assinatura electrónica e

Leia mais

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente Grupo Pestana suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O trabalho de consolidação de informação permitiu desde logo abrir novas possibilidades de segmentação, com base num melhor conhecimento

Leia mais

PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 255/IX RECOMENDA AO GOVERNO A TOMADA DE MEDIDAS COM VISTA AO DESENVOLVIMENTO DO SOFTWARE LIVRE EM PORTUGAL

PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 255/IX RECOMENDA AO GOVERNO A TOMADA DE MEDIDAS COM VISTA AO DESENVOLVIMENTO DO SOFTWARE LIVRE EM PORTUGAL PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 255/IX RECOMENDA AO GOVERNO A TOMADA DE MEDIDAS COM VISTA AO DESENVOLVIMENTO DO SOFTWARE LIVRE EM PORTUGAL 1 O software desempenha, cada vez mais, um papel fulcral nas actividades

Leia mais