Simplificação nas PMEs

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Simplificação nas PMEs"

Transcrição

1 Simplificação nas PMEs Aproveitamento das Novas Tecnologias DGITA Portal Declarações Electrónicas Dezembro 2007 Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 1

2 Agenda O que é a DGITA? Estratégia Evolução Resultados Factores Críticos de Sucesso Próximos Passos Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 2

3 O que é a DGITA? A DGITA: Missão Direcção-Geral do Ministério das Finanças Criada em 1998 com a fusão de 2 unidades independentes de TI Responsabilidades MISSÃO: A DGITA é uma entidade estatal que assume Apoiar a DGCI e a DGAIEC através do responsabilidades: desenvolvimento Simplificação de infra-estruturas dos processos recorrendo à tecnologia: Perante a Administração Pública - procura tecnológicas e No da Estado prestação de serviços de desenvolver a eficácia e eficiência dos processos qualidade necessários No Ministério para a das concretização Finanças administrativos minimizando os custos. dos objectivos Na estabelecidos DGCI para estas duas Direcções-Gerais, Na DGAIEC nomeadamente: Perante a Sociedade em Geral - procura No relacionamento entre contribuinteminimizar e operadores os custos com a de DGCI contexto, e DGAIEC para as pessoas Implementar e operar uma infra-estrutura e empresas, potenciando a competitividade partilhada de TI; externa das empresas. Gerir o portfólio de aplicações; Operar os canais electrónicos; Apoiar na concretização de oportunidades de inovação potenciadas pelo uso de TI. Simplificação de Processos nas empresas incluindo PMEs Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 3

4 Estratégia Estratégia de serviço centrada na Internet: Ponto de Acesso a informação fiscal relevante actualizada; Interacção completa e bidireccional. Capacidades de gestão multi-canal: Centro de contacto que fornece apoio telefónico para a correcta utilização dos serviços electrónicos; Resposta por a pedidos simples de esclarecimento; Envio por de mensagens de confirmação / notificação. Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 4

5 Estratégia Envolver activamente todos os intervenientes nos eventos fiscais (equipas da Administração Fiscal, parceiros, representantes, etc.), assim como outras entidades terceiras que possam contribuir para a entrega / validação de informação. Criar incentivos que enfatizem os factores de conveniência do serviço electrónico: Prazos de Entrega maiores Reembolsos mais céleres Maior disponibilidade do serviço (7x24) Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 5

6 Evolução Histórica 1997 Lançamento do serviço: Serviços Informáticos Modelos fiscais disponíveis para download 1998 Lançamento do serviço de entregas On-Line: Imposto sobre o Rendimento de Singulares (IRS) Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) 2002 Preenchimento electrónico de declarações aduaneiras 2003 Entrega on-line obrigatória para todas as grandes empresas (IRC e IVA) 2005 Entrega on-line obrigatória para todas as empresas (todos os impostos e obrigações declarativas) Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 6

7 Evolução Funcional Preparar o caminho para o preenchimento electrónico: Códigos Fiscais, directivas da Administração Fiscal e regulamentos públicos; Motores de busca; FAQs; Simplificação dos modelos declarativos; Promoção da utilização da Intranet nos serviços locais; Projecto piloto: preenchimento on-line do IRS. Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 7

8 Evolução Funcional Transformar relações: Preenchimento e envio pela Internet de declarações de IRS, IRC e IVA Consulta ao estado das declarações entregues Acesso a um help-desk (telefone e ) Disponibilização para download de todos os modelos fiscais e respectivas instruções de preenchimento Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 8

9 Evolução Funcional Colocar o foco no contribuinte: Nomeação de representantes Declaração de dados por entidades terceiras Pagamentos electrónicos (ATM, homebanking...) Alteração de morada Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 9

10 Evolução Funcional Alcançar o 100% on-line: Impostos patrimoniais e sobre veículos (entrega, consulta e pagamento on-line) Impostos especiais sobre o consumo Pré-preenchimento de declarações de rendimentos Submissão e gestão de reclamações on-line Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 10

11 Evolução Funcional (cont.) IES - Informação Empresarial Simplificada: Garantir Interoperabilidade Assegurar integração entre diferentes organismos Disponibilização de webservices para entrega da IES e Modelo 22 Sistema Cliente Declarações Electrónicas Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 11

12 Resultados Para a Administração Pública: Redução do volume e tipo de solicitações nos canais de atendimento presencial, para melhorar a qualidade e eficiência do serviço prestado e concentrar os esforços em actividades de maior valor acrescentado (como a Gestão do Cumprimento). Redução dos processos associados com documentação em papel e dos respectivos custos de recolha e tratamento da informação. Maior celeridade na recolha de receita. Aumento da percepção pública dos esforços da Administração Fiscal em melhorar a qualidade do serviço e reduzir os custos do cumprimento. Para os Contribuintes (PMEs): Minimização dos custos de contexto Incremento da competitividade externa Dinamização e modernização Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 12

13 Resultados A entrega do IRS por via electrónica tem vindo a registar um crescimento substancial, tendo mesmo em 2007 ultrapassado a entrega em papel Declarações de IRS entregues (Milhares/Ano) ? Internet Papel Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 13

14 Resultados Há uma forte adesão dos contribuinte relativamente aos serviços disponibilizados na Internet. Prova disso, é que de 2006 para 2007, os Pedidos de Certidões pela Internet, cresceram mais de 100% Pedidos Certidões (Milhares/Ano) 120,00 100,00 80,00 Aumento 174% 102,76 60,00 40,00 37,49 20,00 0, Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 14

15 Resultados O significativo número de sessões estabelecidas no portal, é um claro indicador da aceitação da filosofia de simplificação de serviços por parte dos contribuintes. Sessões Trabalho (Milhões/Ano) 80,00 75,31 70,00 60,00 50,00 40,00 30,00 20,00 19,87 28,01 38,19 10,00 0,00 0,23 0,70 1,13 2,94 5, Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 15

16 Resultados As Consultas efectuadas por via informática, têm registado nos últimos anos um relevante crescimento. Entre 2004 e 2007 este aumento foi de 70 milhões. Consultas Efectuadas (Milhões/Ano) 120,00 100,00 80,00 60,00 40,00 69,25 49,36 34,82 Aumento 209% 107,87 20,00 0,00 0,35 0,99 1,70 4,09 9, Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 16

17 Resultados O serviço de alteração de morada por via informática, foi disponibilizado em 2004 e desde essa altura, tendo vindo a registar um crescimento continuado. Alteração Morada (Milhares/Ano) 200,00 160,00 Aumento 60% 117,89 189,49 120,00 80,00 61,28 72,77 40,00 0, Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 17

18 Resultados Canais de Contacto Utilizados Frequente ou Muito Frequentemente 100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Internet Serviços de Finanças Telefone Correiol/Fax Fonte: Questionário Anual SIAC (2006) Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 18

19 Resultados Apreciação Global do Serviço Canal Internet 100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% TOCs Utentes Internet Notários Muito Boa Boa Razoável Má Fonte: Questionário Anual SIAC (2006) Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 19

20 Resultados 100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Apreciação Global do Serviço Evolução 2004/2005 Canal Internet TOCs Utentes Internet Melhorou Manteve-se Piorou Fonte: Questionário Anual SIAC (2006) Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 20

21 Factores Críticos de Sucesso Envolver os TOC em acções de formação e suporte especializado; Envolver empresas de desenvolvimento de software; Motivar empresas, organismos públicos, associações, etc., para fornecerem boas condições de acesso à Internet; Realizar periodicamente questionários para auferir a satisfação dos utentes e obter sugestões de melhoria. Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 21

22 Próximos Passos No futuro... Transparência dos Processos (entrada e situação); Pro-actividade (emissão de alertas personalizados, pré-preenchimento de declarações); Personalização de serviços por perfis de utente: Melhoria da usabilidade das aplicações; Redução da complexidade de utilização; Abordagem Os Meus Impostos. Normalização das interfaces automáticas de entrega de declarações ( system to system ): XBRL/SAF-T Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 22

23 Próximos Passos: Para além do preenchimento electrónico Interoperabilidade Cidadãos Administração Entidades Terceiras Empresas Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 23

24 Obrigado Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 24

Análise do Questionário aos Utentes Internet 2006/2007. Resumo

Análise do Questionário aos Utentes Internet 2006/2007. Resumo Análise do Questionário aos Utentes Internet 2006/2007 Resumo Nos três últimos anos a Administração Fiscal tem vindo a efectuar estudos qualitativos de periodicidade anual com o objectivo de conhecer o

Leia mais

Análise do Questionário aos Notários 2006/2007. Resumo

Análise do Questionário aos Notários 2006/2007. Resumo Análise do Questionário aos Notários 2006/2007 Resumo Nos três últimos anos a Administração Fiscal tem vindo a efectuar estudos qualitativos de periodicidade anual com o objectivo de conhecer o grau de

Leia mais

O e-gov em Portugal. Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008

O e-gov em Portugal. Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008 O e-gov em Portugal Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008 O Plano Tecnológico é uma estratégia de mudança da base competitiva através do conhecimento, tecnologia e inovação 2 Conhecimento

Leia mais

S I A T (SISTEMA DE INQUÉRITOS DA AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA) AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES 2011 (canal internet)

S I A T (SISTEMA DE INQUÉRITOS DA AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA) AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES 2011 (canal internet) S I A T (SISTEMA DE INQUÉRITOS DA AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA) AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES (canal internet) Março 2012 Índice 1 ENQUADRAMENTO...5 2 INTRODUÇÃO... 6 3 IDENTIFICAÇÃO E

Leia mais

Análise dos Questionários SIAC 2005/2006 Resumo

Análise dos Questionários SIAC 2005/2006 Resumo Análise dos Questionários SIAC 2005/2006 Resumo A Administração Fiscal iniciou em 2005 a realização de estudos qualitativos com periodicidade anual, com o objectivo de aferir a satisfação dos utentes,

Leia mais

Análise do Questionário 2008 NOTÁRIOS

Análise do Questionário 2008 NOTÁRIOS Análise do Questionário NOTÁRIOS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 3 2. NÍVEIS DE SERVIÇO PRESTADOS POR CANAL DE ACESSO 4 2.1. Serviço prestado no canal internet 4 2.1.1. Apreciação global do serviço 4 2.1.2. Qualidade

Leia mais

Análise do Questionário aos Utentes Internet 2005/2006 Resumo

Análise do Questionário aos Utentes Internet 2005/2006 Resumo Análise do Questionário aos Utentes Internet 2005/2006 Resumo À semelhança de 2005, a Administração Fiscal encontra-se a realizar um diagnóstico da sua relação com os utentes, cidadãos e empresas, com

Leia mais

TECNOLOGIA E CIDADANIA: A AP À DISTÂNCIA DE UM CLIQUE

TECNOLOGIA E CIDADANIA: A AP À DISTÂNCIA DE UM CLIQUE TECNOLOGIA E CIDADANIA: A AP À DISTÂNCIA DE UM CLIQUE SUMÁRIO ESTRATÉGIA (GOVERNO > AT) 1 COMO ESTAMOS A FACILITAR O CUMPRIMENTO DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS E ADUANEIRAS (DECLARATIVAS E DE PAGAMENTO) AOS CONTRIBUINTES

Leia mais

Impacto das Novas Tecnologias na Contabilidade. A. Domingues de Azevedo

Impacto das Novas Tecnologias na Contabilidade. A. Domingues de Azevedo Tecnologias na Contabilidade 1 SUMÁRIO 1. Introdução Impacto das Novas 2. Impacto das Novas Tecnologias na Economia e na Sociedade a) A Empresa na Hora b) A Empresa On-line c) A informação Empresarial

Leia mais

Análise do Questionário aos Utentes da Internet

Análise do Questionário aos Utentes da Internet Análise do Questionário aos Utentes da Internet Índice 1. INTRODUÇÃO 4 2. IDENTIFICAÇÃO DO UNIVERSO DE ANÁLISE 5 3. FORMAS DE CONTACTO COM A ADMINISTRAÇÃO FISCAL 8 3.1 Caracterização das Formas de Contacto

Leia mais

Medidas intersectoriais 2010/11

Medidas intersectoriais 2010/11 Medidas intersectoriais 2010/11 IS01 BALCÃO DO EMPREENDEDOR DISPONIBILIZAÇÃO DE SERVIÇOS Objectivos: Inventariar, introduzir e manter permanentemente actualizados no Balcão do Empreendedor vários serviços,

Leia mais

Vantagem Garantida PHC

Vantagem Garantida PHC Vantagem Garantida PHC O Vantagem Garantida PHC é um aliado para tirar maior partido das aplicações PHC A solução que permite à empresa rentabilizar o seu investimento, obtendo software actualizado, formação

Leia mais

A implementação do balcão único electrónico

A implementação do balcão único electrónico A implementação do balcão único electrónico Departamento de Portais, Serviços Integrados e Multicanal Ponte de Lima, 6 de Dezembro de 2011 A nossa agenda 1. A Directiva de Serviços 2. A iniciativa legislativa

Leia mais

Sucursal na Hora. Vida mais simples para as empresas

Sucursal na Hora. Vida mais simples para as empresas Sucursal na Hora Vida mais simples para as empresas Vida mais simples para as empresas A Justiça deve estar ao serviço do desenvolvimento económico e do investimento. Por isso, o Ministério da Justiça

Leia mais

Guia de Websites para a Administração Pública

Guia de Websites para a Administração Pública Guia de Websites para a Administração Pública Portugal precisa de um desafio de exigência e de conhecimento que nos eleve aos níveis de competência e de produtividade dos países mais desenvolvidos, de

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE. Rev.: 02. Data: 05-07-2013. Mod.41/00. pág. 1

MANUAL DA QUALIDADE. Rev.: 02. Data: 05-07-2013. Mod.41/00. pág. 1 MANUAL DA QUALIDADE Rev.: 02 Data: 05-07-2013 pág. 1 Designação Social: Dupliconta Sociedade de Contabilidade, Consultadoria e Gestão Lda. Morada: Caminho do Pilar, Conjunto Habitacional do Pilar, Lote

Leia mais

E-FACTURA. Serena Cabrita Neto

E-FACTURA. Serena Cabrita Neto ECONOMIA DIGITAL E DIREITO E-FACTURA Serena Cabrita Neto Partilhamos a Experiência. Inovamos nas Soluções. 20 Novembro 2013 A Factura na era digital Adequação e adaptação da Factura aos novos meios digitais

Leia mais

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010 CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM - R EVOLUÇÃO ADMINISTRATIVA A Autarquia de Santarém, em parceria com a PT Prime, desenvolveu um sistema de soluções integradas e inter-operantes que lhe possibilitaram operacionalizar

Leia mais

21º Congresso Quantificar o Futuro. Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL

21º Congresso Quantificar o Futuro. Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL 21º Congresso Quantificar o Futuro Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL Programa Data Hora Actividade 23/Nov. 11:30 Inauguração Oficial Innovation Lounge Visita efectuada ao Venture Lounge por Sua

Leia mais

A Estratégia de Lisboa. Plano Tecnológico. e o. Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008

A Estratégia de Lisboa. Plano Tecnológico. e o. Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008 A Estratégia de Lisboa e o Plano Tecnológico Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008 1. Estratégia de Lisboa Estratégia de Lisboa : uma resposta a novos desafios A Globalização e a emergência de novas potências

Leia mais

Comissão Interministerial para a Sociedade da Informação

Comissão Interministerial para a Sociedade da Informação Comissão Interministerial para a Sociedade da Informação ANEXO AO CADERNO DE ENCARGOS MÉTODO DE AVALIAÇÃO DOS WEB SITES DA ADMINISTRAÇÃO DIRECTA E INDIRECTA DO ESTADO Documento disponível em www.si.mct.pt

Leia mais

Se pretende entregar pelo portal das finanças deve previamente identificar 3 pontos:

Se pretende entregar pelo portal das finanças deve previamente identificar 3 pontos: O início do exercício de atividade, com a entrega/ submissão da respetiva declaração de início de atividade, é um momento de crucial importância para o estabelecimento de um clima de maior confiança entre

Leia mais

Início > Cidadãos > Entregar > Declarações > Atividade > Início de Atividade

Início > Cidadãos > Entregar > Declarações > Atividade > Início de Atividade O início do exercício de atividade, com a entrega/ submissão da respetiva declaração de início de atividade, é um momento de crucial importância para o estabelecimento de um clima de maior confiança entre

Leia mais

FAQ'S - Perguntas frequentes

FAQ'S - Perguntas frequentes 1 de 5 SOBRE O E-FATURA FAQS CONTACTOS FAQ'S - Perguntas frequentes CLIENTE / CONSUMIDOR FINAL Em que consiste o novo regime de faturação eletrónica? O novo regime de faturação eletrónica consiste na obrigatoriedade

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE Objectivos do Curso. No final deste os alunos deverão: Identificar os principais objectivos associados à implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade (SGQ) Compreender

Leia mais

egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão

egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão 01 02 03 Indra A Nossa Visão do Sector Público A Administração ao serviço do Cidadão Página 2 Quem Quiénes somos somos

Leia mais

Contabilística: cumprimento dos requisitos de informação contabilística em todos os normativos SNC, designadamente:

Contabilística: cumprimento dos requisitos de informação contabilística em todos os normativos SNC, designadamente: Parceiro Certificado DEFIR RESUMO FUNCIONALIDADES DO Nota Introdutória Características Preços PRESTAÇÃO DE CONTAS INFORMAÇÃO FISCAL ANÁLISE FINANCEIRA AF AVAN- ÇADA Elaboração Dem. Financeiras Relatório

Leia mais

MODELOS INTEGRADOS DE COMERCIALIZAÇÃO DA OFERTA: a Central de Reservas Portugal Rural

MODELOS INTEGRADOS DE COMERCIALIZAÇÃO DA OFERTA: a Central de Reservas Portugal Rural I Seminário sobre Turismo Rural e Natureza Diferenciar o Produto, Qualificar a Oferta, Internacionalizar o Sector MODELOS INTEGRADOS DE COMERCIALIZAÇÃO DA OFERTA: a Central de Reservas Portugal Rural TÂNIA

Leia mais

O papel da Administração Pública P Factura Electrónica

O papel da Administração Pública P Factura Electrónica Conferência: Impacto da Factura Electrónica na Redução do Deficit Público 30 de Junho de 2010 Auditório do Centro de Informação Urbana de Lisboa O papel da Administração Pública P na adopção da Factura

Leia mais

1) O QUE É A INFORMAÇÃO EMPRESARIAL SIMPLIFICADA (IES)?

1) O QUE É A INFORMAÇÃO EMPRESARIAL SIMPLIFICADA (IES)? Âmbito Geral 1) O QUE É A INFORMAÇÃO EMPRESARIAL SIMPLIFICADA (IES)? A IES, criada pelo Decreto-Lei n.º 8/2007, de 17 de janeiro, recentemente alterado pelo Decreto-lei n.º 10/2015, de 16 de janeiro, consiste

Leia mais

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1 Copyright 2012 Efacec Todos os direitos reservados. Não é permitida qualquer cópia, reprodução, transmissão ou utilização deste documento sem a prévia autorização escrita da Efacec Sistemas de Gestão S.A.

Leia mais

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação?

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Índice Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Como efectuar uma operação de confirmação de estimativas? Como aceder ao Serviço de Certificação

Leia mais

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA Introdução Nesta edição do Catálogo de Serviços apresentamos os vários tipos de serviços que compõe a actual oferta da Primavera na área dos serviços de consultoria.

Leia mais

Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projectos e Despesas TIC

Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projectos e Despesas TIC Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projectos e Despesas TIC Overview do Processo de Avaliação de Projectos e Despesas TIC www.ama.pt Índice 1. Enquadramento

Leia mais

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade Introdução Desenvolvido segundo um modelo de bases de dados relacionais, podem ser realizadas personalizações à medida de cada empresa, em conformidade com o Sistema de Informação existente e diversas

Leia mais

As Tecnologias de Informação e a Agenda Digital

As Tecnologias de Informação e a Agenda Digital As Tecnologias de Informação e a Agenda Digital Carlos Brazão Fernando Resina da Silva 28-06-2012 1 Quem somos? Uma plataforma das associações e players de referência das TIC, juntos por uma missão para

Leia mais

Coimbra: 16 e 17 de Abril. Faro: 14 e 15 de Maio. Faro: 16 de Maio. Faro: 17 de Maio. Faro: 18 de Maio

Coimbra: 16 e 17 de Abril. Faro: 14 e 15 de Maio. Faro: 16 de Maio. Faro: 17 de Maio. Faro: 18 de Maio 27 de Fevereiro 19 e 20 de Março 16 e 17 de Abril 14 e 15 de Maio 18 e 19 de Junho 9 e 10 de Julho 28 de Fevereiro 21 de Março 18 de Abril 16 de Maio 20 de Junho 11 de Julho 1 de Março 22 de Março 19 de

Leia mais

Registo Nacional de Pessoas Colectivas A Nova Classificação de Actividades Económicas (CAE Rev. 3)

Registo Nacional de Pessoas Colectivas A Nova Classificação de Actividades Económicas (CAE Rev. 3) Registo Nacional de Pessoas Colectivas A Nova Classificação de Actividades Económicas (CAE Rev. 3) Apresentado por: Ana Sommer Ribeiro 23.10.2007 Registo Nacional de Pessoas Colectivas Enquadramento O

Leia mais

AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES 2013 (canal internet)

AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES 2013 (canal internet) AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES 2013 Março 2014 AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES 2013 Autoridade Tributária e Aduaneira Ministério das Finanças Classificação: 010.10.01 Rua da Prata nº

Leia mais

PROTOCOLO SIMPLEX AUTÁRQUICO

PROTOCOLO SIMPLEX AUTÁRQUICO CONSIDERANDO QUE: PROTOCOLO SIMPLEX AUTÁRQUICO A simplificação administrativa e a administração electrónica são hoje reconhecidas como instrumentos fundamentais para a melhoria da competitividade e da

Leia mais

Plano de Sustentabilidade e Gestão da Segurança Social PSGSS

Plano de Sustentabilidade e Gestão da Segurança Social PSGSS Plano de Sustentabilidade e Gestão da Segurança Social PSGSS Manuel Moreira Coordenador do PSGSS Benguela, 22 e 23 de Maio Agenda Objetivos Gerais Objectivos Estratégicos Estrutura do Projecto Inciativas

Leia mais

Manual Planeamento de Campanha de E-Marketing

Manual Planeamento de Campanha de E-Marketing Manual Planeamento de Campanha de E-Marketing Planeamento de Campanha de E-Marketing Cada variável, a nível de marketing tem normas próprias, em função dos meios de comunicação através dos quais se veiculam

Leia mais

Certificação de Programas Informáticos de Facturação. Alterações:

Certificação de Programas Informáticos de Facturação. Alterações: Certificação de Programas Informáticos de Facturação Alterações: Lei nº 64 B/2011 de 30 de Dezembro (OE 2012) Portaria nº 22-A/2012 de 24 de Janeiro Ofício circulado nº 50.000/2012 de 26 de Janeiro 1 O

Leia mais

EoL Empresa Online. Criação da Empresa On-line. Manual de Procedimentos. Outubro 2006. Versão 2.0

EoL Empresa Online. Criação da Empresa On-line. Manual de Procedimentos. Outubro 2006. Versão 2.0 EoL Empresa Online Manual de Procedimentos Criação da Empresa On-line Outubro 2006 Versão 2.0 Procedimentos da Criação da Empresa On-line 3. Introduzir informação da empresa (pacto social livre) 5. Aderir

Leia mais

Balanço das Medidas do Domínio do Atendimento da Segurança Social e Satisfação ao Cidadão

Balanço das Medidas do Domínio do Atendimento da Segurança Social e Satisfação ao Cidadão Balanço das Medidas do Domínio do Atendimento da Segurança Social e Satisfação ao Cidadão Dr. Pedro Filipe ENAD. 31 de Agosto de 2015 AGENDA Contextualização Plano de Trabalho PSGSS Status Gestão Integrada

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão do Investimento Privado

Sistema Integrado de Gestão do Investimento Privado Conferência Internacional de Promoção de Investimentos Para a Província de Malanje Sistema Integrado de Gestão do Investimento Privado Painel I: Economia e Negócio em Angola Sistema Integrado de Gestão

Leia mais

PHC Contabilidade CS

PHC Contabilidade CS PHC Contabilidade CS A execução e o controlo de todas as tarefas contabilísticas da sua empresa ou organização O controlo total das necessidades contabilísticas nas vertentes geral, analítica e orçamental.

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR INFORMAÇÃO FISCAL PARA TRIBUNAIS

MANUAL DO UTILIZADOR INFORMAÇÃO FISCAL PARA TRIBUNAIS MANUAL DO UTILIZADOR INFORMAÇÃO FISCAL PARA TRIBUNAIS 29 de Outubro de 2009 Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. BOAS PRÁTICAS & RECOMENDAÇÕES... 4 3. INFORMAÇÃO FISCAL PARA TRIBUNAIS... 5 3.1. PRÉ-CONDIÇÃO DE

Leia mais

Implementação do conceito. Balcão Único na Administração Pública. Janeiro de 2008

Implementação do conceito. Balcão Único na Administração Pública. Janeiro de 2008 Implementação do conceito Balcão Único na Administração Pública Janeiro de 2008 Janeiro 2008 1 Índice 1. Enquadramento e Objectivos...3 1.1. Enquadramento...3 1.2. Objectivos...7 2. Conceitos...7 3. Recomendações

Leia mais

Saudade e Silva - Serviços de Contabilidade, Lda

Saudade e Silva - Serviços de Contabilidade, Lda Saudade e Silva - Serviços de Contabilidade, Lda Email: ssgeral@saudadeesilva.com NOVO REGIME DE FATURAÇÃO Alterações para 2013, em matéria de faturação e transporte de mercadorias. Legislação aplicável:

Leia mais

Simplificar as operações de reestruturação empresarial: ajudar as empresas a ultrapassar a crise internacional e a manter postos de trabalho

Simplificar as operações de reestruturação empresarial: ajudar as empresas a ultrapassar a crise internacional e a manter postos de trabalho Simplificar as operações de reestruturação empresarial: ajudar as empresas a ultrapassar a crise internacional e a manter postos de trabalho 14 de Maio de 2009 Perguntas e respostas 1. Quais os objectivos

Leia mais

CONTABILIDADE E PROCESSAMENTO SALARIAL

CONTABILIDADE E PROCESSAMENTO SALARIAL Contabilidade e Processamento Salarial A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã disponibiliza às empresas alemãs com sucursal ou estabelecimento estável em Portugal, o serviço de contabilidade organizada

Leia mais

INSTRUÇÕES DO SISTEMA DE EMISSÃO ELETRÓNICA DAS FATURAS-RECIBO

INSTRUÇÕES DO SISTEMA DE EMISSÃO ELETRÓNICA DAS FATURAS-RECIBO INSTRUÇÕES DO SISTEMA DE EMISSÃO ELETRÓNICA DAS FATURAS-RECIBO O sistema de preenchimento e emissão das faturas-recibo está disponível em www.portaldasfinancas.pt, nos SERVIÇOS, opção Obter e Consultar.

Leia mais

Os Sistemas de Informação Regionais das Cidades e Regiões Digitais na vertente Infraestrutural

Os Sistemas de Informação Regionais das Cidades e Regiões Digitais na vertente Infraestrutural Os Sistemas de Informação Regionais das na vertente Infraestrutural 1, 2 1 Instituto Politécnico de Tomar Tomar, Portugal 2 Centre of Human Language Tecnnology and Bioinformatics Universidade da Beira

Leia mais

RESUMO FUNCIONALIDADES

RESUMO FUNCIONALIDADES RESUMO FUNCIONALIDADES DO Nota Introdutória Características Preços PRESTAÇÃO DE CONTAS INFORMAÇÃO FISCAL ANÁLISE FINANCEIRA AF AVAN- ÇADA Elaboração Dem. Financeiras Relatório de gestão e ata da AG Apuramento

Leia mais

Siglas utilizadas. AF Administração Fiscal. CAE Código de Actividade Económica. CPA Código do Procedimento Administrativo

Siglas utilizadas. AF Administração Fiscal. CAE Código de Actividade Económica. CPA Código do Procedimento Administrativo Agradecimentos Ao longo de todos estes anos académicos, passamos por muitas coisas. Muitos nervos, muitas alegrias, algumas tristezas. Passamos por momentos de festa, momentos de alegria com os amigos.

Leia mais

RESUMO FUNCIONALIDADES

RESUMO FUNCIONALIDADES RESUMO FUNCIONALIDADES DO Nota Introdutória Características PRESTAÇÃO DE CONTAS INFORMAÇÃO FISCAL ANÁLISE FINANCEIRA AF AVAN- ÇADA Elaboração Dem. Financeiras Relatório de gestão e ata da AG Apuramento

Leia mais

Agenda Norte Região Digital: Diagnóstico, Estratégia e Plano de Acção

Agenda Norte Região Digital: Diagnóstico, Estratégia e Plano de Acção : Diagnóstico, Estratégia e Plano de Acção Mário Jorge Leitão INESC Porto / FEUP Sumário Enquadramento e-governo Local e Regional Cartão do Cidadão e Plataforma de Serviços Comuns da Administração Pública

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO DO AMBIENTE

SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO DO AMBIENTE SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO DO AMBIENTE SILiAmb Felisbina Quadrado (binaq@apambiente.pt) Manuel Lacerda (manuel.lacerda@apambiente.pt) XIII CONFERENCIA DE DIRECTORES IBEROAMERICANOS DEL AGUA Foz

Leia mais

INFORMAÇÃO PRI NCI PAL LE GISL AÇÃO D O PE RÍ ODO

INFORMAÇÃO PRI NCI PAL LE GISL AÇÃO D O PE RÍ ODO INFORMAÇÃO N.º 56 P E R Í O D O DE 23 A 30 D E D E Z E M B R O DE 2011 PRI NCI PAL LE GISL AÇÃO D O PE RÍ ODO Dec. Lei n.º 119/2011, de 26 de Dezembro Estabelece com carácter permanente o limite legal

Leia mais

MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLÍTICA

MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLÍTICA MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLÍTICA VISÃO Ser a empresa líder e o fornecedor de referência do mercado nacional (na área da transmissão de potência e controlo de movimento) de sistemas de accionamento electromecânicos

Leia mais

O Sistema de Compras Electrónicas

O Sistema de Compras Electrónicas Seminário Novas Perspectivas na Contratação Pública Tribunal de Contas, INA, CCSCI 20-21 Nov 2006 O Sistema de Compras Electrónicas Luis Magalhães Programa Nacional de Compras Electrónicas (PNCE) Aprovado

Leia mais

Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation

Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation Desafios da Facturação Electrónica A facturação electrónica (e-invoicing) poderá fazer parte das iniciativas emblemáticas

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

Decreto-Lei nº 463/79, de 30 de Novembro. Institui o número fiscal de contribuinte

Decreto-Lei nº 463/79, de 30 de Novembro. Institui o número fiscal de contribuinte Decreto-Lei nº 463/79, de 30 de Novembro Institui o número fiscal de contribuinte (com as alterações introduzidas por Decreto-Lei nº 240/84, de 13 de Julho, pelo Decreto-Lei nº 266/91, de 6 de Agosto,

Leia mais

EoL Empresa Online Manual de Utilização

EoL Empresa Online Manual de Utilização EoL Empresa Online Manual de Utilização Procedimentos da Empresa Online 1. Reservar o Nome da Empresa 2. Inserir informação da Empresa 3. Inserir informação da Empresa (Participantes da Sociedade) 4. Aderir

Leia mais

OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS - 2009

OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS - 2009 OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS - 2009 JANEIRO / 2009 Até ao dia 12 Entrega da Declaração Modelo 11, por transmissão electrónica de dados, pelos Notários, Até ao dia 20 - Entrega, pelas Instituições de Crédito

Leia mais

Obter Recibos Electrónicos

Obter Recibos Electrónicos Obter Recibos Electrónicos Início > Os seus serviços > Obter > Recibos verdes electrónicos>emitir Início > Os seus serviços > Obter > Recibos verdes electrónicos>emitir Recibo Acto isolado Início > Os

Leia mais

SIMPLEX AUTARQUICO DO VALE DO MINHO

SIMPLEX AUTARQUICO DO VALE DO MINHO SIMPLEX AUTARQUICO DO VALE DO MINHO 2009 2010 MEDIDAS INTERSECTORIAIS: LICENÇAS, AUTORIZAÇÕES PRÉVIAS E OUTROS CONDICIONAMENTOS ADMINISTR ATIVOS SIMILARES Identificar e inventariar todas as licenças, autorizações

Leia mais

SERVIÇOS PÚBLICOS ONLINE E PLANO TECNOLÓGICO

SERVIÇOS PÚBLICOS ONLINE E PLANO TECNOLÓGICO SERVIÇOS PÚBLICOS ONLINE E PLANO TECNOLÓGICO SÍNTESE DE RESULTADOS DO ESTUDO NOVEMBRO 2006 Sobre a Netsonda A Netsonda, em actividade desde Julho de 2000, é líder e pioneira em Portugal na recolha e análise

Leia mais

XXVIII. Qualidade do Novo Edifício Hospitalar ÍNDICE

XXVIII. Qualidade do Novo Edifício Hospitalar ÍNDICE XXVIII Qualidade do Novo Edifício Hospitalar ÍNDICE 1. Sistema de gestão de qualidade... 2 1.1 Objectivos do sistema... 2 1.2 Estrutura organizativa... 4 1.2.1 Organização interna... 4 1.2.2 Estrutura

Leia mais

Colóquio: As Empresas de Serviços Energéticos em Portugal

Colóquio: As Empresas de Serviços Energéticos em Portugal Colóquio: As Empresas de Serviços Energéticos em Portugal Lisboa, 30 de Dezembro Miguel Matias Presidente da APESE Vice-Presidente Self Energy A Eficiência Energética na Cidade oportunidade na Reabilitação

Leia mais

Permanente actualização tecnológica e de Recursos Humanos qualificados e motivados;

Permanente actualização tecnológica e de Recursos Humanos qualificados e motivados; VISÃO Ser a empresa líder e o fornecedor de referência do mercado nacional (na área da transmissão de potência e controlo de movimento) de sistemas de accionamento electromecânicos e electrónicos, oferecendo

Leia mais

PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2009

PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2009 PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2009 JANEIRO / 2009 Até ao dia 12: Pagamento do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), a efectuar nos balcões das correspondente ao imposto apurado na declaração respeitante

Leia mais

Informação Empresarial Simplificada

Informação Empresarial Simplificada «Informação Empresarial Simplificada Uma perspectiva regional «Angra do Heroísmo, 1 de Junho 2007 1 Índice Situação antes da IES Parceria para a IES Conteúdo da IES Informação contabilística Informação

Leia mais

DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO

DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO Segurança social Informação e preenchimento de impressos Inscrição de Empresas / Beneficiários Requerimento de Certidões / Benefícios Guias de pagamento e Folhas de Remuneração

Leia mais

Registo do utilizador no Portal IFAP. - Manual do Utilizador -

Registo do utilizador no Portal IFAP. - Manual do Utilizador - Registo do utilizador no Portal IFAP - Manual do Utilizador - Registo do beneficiário no Portal IFAP Manual do Utilizador 1. Introdução... 2 2. Pressupostos... 2 3. Informação necessária para o registo

Leia mais

Portaria n.º 1416-A/2006 de 19 de Dezembro

Portaria n.º 1416-A/2006 de 19 de Dezembro Portaria n.º 1416-A/2006 de 19 de Dezembro O Decreto-Lei n.º 76-A/2006, de 29 de Março, aprovou um vasto conjunto de medidas de simplificação da vida dos cidadãos e das empresas. Destas, destacam-se a

Leia mais

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador MATRÍCULA ELECTRÓNICA Manual do Utilizador ÍNDICE 1 PREÂMBULO... 2 2 UTILIZAÇÃO PELOS ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO... 3 2.1 Matrícula Electrónica - Acesso através do Portal das Escolas... 3 2.2 Registo de

Leia mais

VATWorld - Consultores Fiscais, S.A. Av. António Augusto de Aguiar, 130. 5º 1050-020 Lisboa. Portugal T. (+351) 213 104 040 F. (+351) 213 104 045 portugal@vatcompany.com vatcompany.com ESPECIALISTAS EM

Leia mais

Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia

Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia Manila, 18 a 22 de Março de 2013 1 Enquadramento: No âmbito do Acordo de Parceiros celebrado entre a AICEP e o GPEARI (Ministério

Leia mais

Portaria que regulamenta a tramitação electrónica de processos e CITIUS Entrega de peças processuais e de documentos por via electrónica

Portaria que regulamenta a tramitação electrónica de processos e CITIUS Entrega de peças processuais e de documentos por via electrónica 1 Portaria que regulamenta a tramitação electrónica de processos e CITIUS Entrega de peças processuais e de documentos por via electrónica 6 de Fevereiro de 2008 Perguntas & Respostas 1. O que é o CITIUS?

Leia mais

Missão: Melhorar a qualidade de vida dos munícipes e promover a modernização administrativa com vista à aproximação dos serviços aos cidadãos.

Missão: Melhorar a qualidade de vida dos munícipes e promover a modernização administrativa com vista à aproximação dos serviços aos cidadãos. OBJECTIVOS DAS UNIDADES ORGÂNICAS - 2011 MUNICÍPIO DA MARINHA GRANDE UNIDADE ORGÂNICA: Divisão de Cooperação, Comunicação e Modernização Missão: Melhorar a qualidade de vida dos munícipes e promover a

Leia mais

Uma Autarquia Sem Papel

Uma Autarquia Sem Papel Uma Autarquia Sem Papel Simplificar a Vida às Pessoas as motivações Visibilidade Capacidade Autarca Quem são os munícipes? Que recursos existem? Que desempenho? Como melhorar? Quem são os munícipes? Como

Leia mais

Sistematização das medidas previstas no Programa de Apoio Económico e Financeiro a Portugal até ao final de 2011

Sistematização das medidas previstas no Programa de Apoio Económico e Financeiro a Portugal até ao final de 2011 Sistematização das medidas previstas no Programa de Apoio Económico e Financeiro a Portugal até ao final de 2011 Do texto divulgado pelo Ministério das Finanças, "Sistematização das medidas do Programa

Leia mais

2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07

2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07 2011/07/07 NOTA: No caso de imprimir este documento, o mesmo passa automaticamente a Cópia Não Controlada ; a sua utilização implica a confirmação prévia de que corresponde à

Leia mais

CONVERSAS DE FIM DE TARDE

CONVERSAS DE FIM DE TARDE CONVERSAS DE FIM DE TARDE Rogério Correia A estrutura organizacional do Serviço Missão do SRS Promoção da Saúde Prestação de, Hospitalares e Continuados Prestação de actividades no âmbito da Saúde Pública

Leia mais

O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet eagenda? Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde. O que é o eagenda?

O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet eagenda? Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde. O que é o eagenda? O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde Pedir Receitas A de pela Internet, no âmbito do Programa Simplex, surge no seguimento do

Leia mais

Guia do Candidato. http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/

Guia do Candidato. http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/ http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/ Recomendações Gerais para Preenchimento do Formulário de Candidatura: Reunir informação: Para o correcto preenchimento do formulário de candidatura deverá ter consigo os

Leia mais

Software de Prestação de Contas Contabilístico e Fiscal

Software de Prestação de Contas Contabilístico e Fiscal Software de Prestação de Contas Contabilístico e Fiscal Versão 2011 Cumprimento dos requisitos de informação contabilística em todos os normativos SNC Cumprimento das obrigações fiscais para a generalidade

Leia mais

Registo do utilizador no Portal IFAP. - Manual do Utilizador -

Registo do utilizador no Portal IFAP. - Manual do Utilizador - Registo do utilizador no Portal IFAP - Manual do Utilizador - Registo do beneficiário no Portal IFAP Manual do Utilizador 1. Introdução... 2 2. Pressupostos... 2 3. Informação necessária para o registo

Leia mais

www.phc.pt/snc Software PHC preparado para o SNC Descritivo completo Prepare desde já a sua empresa para o SNC, de forma eficaz com o Software PHC.

www.phc.pt/snc Software PHC preparado para o SNC Descritivo completo Prepare desde já a sua empresa para o SNC, de forma eficaz com o Software PHC. Software PHC preparado para o SNC Descritivo completo Prepare desde já a sua empresa para o SNC, de forma eficaz com o Software PHC. Benefícios Capacidade de cumprir o prazo de transição para o SNC; Cumprimento

Leia mais

Câmaras Municipais 2004

Câmaras Municipais 2004 Câmaras Municipais 2004 Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação (Resultados Provisórios) Dezembro de 2004 BREVE NOTA METODOLÓGICA Universo de referência: Câmaras Municipais

Leia mais

Factor PME. Junho 2011

Factor PME. Junho 2011 Projecto Factor PME Junho 2011 Índice Âmbito e Objectivos 03 Condições de Elegibilidade _Entidade beneficiária 04 _Projecto 05 Investimentos Elegíveis _Componentes de financiamento 06 _Despesas elegíveis

Leia mais

SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft

SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft A solução MB DOX oferece uma vantagem competitiva às empresas, com a redução do custo de operação, e dá um impulso à factura

Leia mais

Zero Parte 1. Licenciamento

Zero Parte 1. Licenciamento Licenciamento Zero Parte 1 Departamento de Portais do Cidadão e da Empresa Sónia Lascasas Maio de 2011 O conteúdo desta apresentação é alvo de Direitos de Autor, não podendo ser utilizado fora das condições

Leia mais

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial 2 PRIMAVERA BSS Qpoint Rumo à Excelência Empresarial Numa era em que a competitividade entre as organizações é decisiva para o sucesso empresarial, a aposta na qualidade e na melhoria contínua da performance

Leia mais

Qualidade e Eficiência dos Serviços Públicos. Plano de Acção para o Governo Electrónico

Qualidade e Eficiência dos Serviços Públicos. Plano de Acção para o Governo Electrónico Qualidade e Eficiência dos Serviços Públicos Plano de Acção para o Governo Electrónico A visão do Governo Electrónico para Portugal consiste em colocar o sector público entre os melhores prestadores de

Leia mais

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Sumário País Portugal Sector Saúde Perfil do Cliente O Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho envolve

Leia mais

POLÍTICA DE PME's Debate promovido pela AIP. 11 Setembro 2007

POLÍTICA DE PME's Debate promovido pela AIP. 11 Setembro 2007 POLÍTICA DE PME's Debate promovido pela AIP 11 Setembro 2007 Durante o 1º trimestre de 2007, o PIB cresceu 2,0% Crescimento do PIB 2,5% 2,0% 1,5% 1,5% 1,7% 2,0% 1,0% 1,1% 1,0% 0,9% 0,5% 0,5% 0,5% 0,0%

Leia mais