Álgebra. SeM MiSTéRio

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Álgebra. SeM MiSTéRio"

Transcrição

1 Álgebra SeM MiSTéRio

2 Série SeM MiSTéRio Alemão Sem Mistério Álgebra Sem Mistério Cálculo Sem Mistério Conversação em Alemão Sem Mistério Conversação em Espanhol Sem Mistério Conversação em Francês Sem Mistério Conversação em Italiano Sem Mistério Espanhol Sem Mistério Francês Sem Mistério Geometria Sem Mistério Gramática Inglesa Sem Mistério Italiano Sem Mistério Pré-Álgebra Sem Mistério Pré-Cálculo Sem Mistério Química Orgânica Sem Mistério Química Sem Mistério

3 Álgebra SeM MiSTéRio Rhonda Huettenmueller Tradução da 2ª edição Rio de Janeiro, 2013

4 Sobre o Autor Rhonda Huettenmueller é PhD e leciona matemática em nível universitário há mais de 20 anos. Popular entre os alunos por sua habilidade de fazer com que a matemática avançada seja compreensível, e até mesmo agradável, a autora inclui muitas de suas técnicas de ensino neste livro. A professora doutora Huettenmueller é autora de vários livros bem sucedidos da série.

5

6 Sumário Como Usar Este Livro xi CAPÍTULO 1 Frações 1 Multiplicação de Fração 2 Multiplicando Frações e Números Inteiros 3 Divisão de Fração 5 Simplificando Frações 7 Máximo Divisor Comum (MDC) 9 Somando e Subtraindo Frações com Denominadores Comuns 12 Somando e Subtraindo Frações com Denominadores Diferentes 13 Mínimo Múltiplo Comum (MMC) 15 Determinando o MMC 16 Somando Mais de Duas Frações 19 Números Inteiros Operações Aritméticas com Frações 22 Frações Compostas 25 Números Mistos e Frações Impróprias 26 Frações e Divisão de Números Inteiros 28 Operações Matemáticas com Números Mistos 30 Multiplicando Números Mistos 31 Dividindo Números Mistos 32 Reconhecendo Elementos, Símbolos e Relações Matemáticas Conforme os Enunciados 34 Resumo 37 Teste Rápido 39 CAPÍTULO 2 Introdução a Variáveis 45 Simplificando Frações com Variáveis 46 Operações com Frações com Variáveis 49 Divisão de Fração e Frações Compostas 52 Somando e Subtraindo Frações com Variáveis 54 vii

7 viii ÁLGEBRA SeM MiSTéRio Variáveis na Conversão do Enunciado em Símbolos Matemáticos 56 Resumo 60 Teste Rápido 61 CAPÍTULO 3 Decimais 65 Somando e Subtraindo Números Decimais 67 Multiplicando Números Decimais 69 Frações com Decimais 70 Divisão com Decimais 72 Resumo 73 Teste Rápido 75 CAPÍTULO 4 Números Negativos 77 A Soma de um Número Positivo e um Número Negativo 78 Subtraindo um Número Maior de um Número Menor 79 Subtraindo um Número Positivo de um Negativo 81 Dupla Negatividade 82 Reescrevendo um Problema de Subtração como um Problema de Adição 82 Multiplicação e Divisão com Números Negativos 84 Variáveis Negativas 86 Frações e Sinais Negativos 87 Resumo 89 Teste Rápido 91 CAPÍTULO 5 Expoentes e Raízes 95 Propriedades da Função Exponencial e Expressões Algébricas 98 Somando/Subtraindo Frações 99 Multiplicando e Dividindo com Expoentes 109 Raízes 113 Simplificando Raízes 115 Raízes Expressas Como Expoentes 123 Simplificando Raízes Múltiplas 125 Resumo 127 Teste Rápido 128 CAPÍTULO 6 Fatoração e a Propriedade Distributiva 133 Propriedade Distributiva com Números Negativos 135 Combinando Termos Semelhantes 137 Somando/Subtraindo Frações 139 Fatoração 141 Fatoração com Números Negativos 143

8 Sumário ix Outros Tipos de Fatoração 145 Fatoração por Agrupamento 147 Fatoração para Simplificar Frações 148 A Propriedade Distributiva da Multiplicação de Polinômios 151 Fatoração de Polinômios de Segundo Grau 154 Fatoração da Diferença de Dois Quadrados 159 Outros Tipos de Fatoração de Polinômios de Segundo Grau 162 Expressões do Tipo Quadráticas 164 Fatorando para Simplificar um Maior Grupo de Frações 166 Somando/Subtraindo Frações 169 Resumo 175 Teste Rápido 177 CAPÍTULO 7 Equações Lineares 183 Resolvendo Equações Lineares 186 Uma Estratégia para Resolver Equações Lineares 189 Decimais 200 Fórmulas 204 Equações que Geram Equações Lineares 210 Resumo 220 Teste Rápido 221 CAPÍTULO 8 Aplicações Lineares 223 Porcentagem 224 Acréscimo e Decréscimo por um Percentual 225 Trabalhando com Fórmulas 233 O Sentido dos Números 241 Problemas com Três Incógnitas 248 Problemas Relacionados a Computação de Notas 251 Problemas Relacionados a Moedas 256 Problemas Relacionados a Investimentos 260 Problemas Relacionados a Concentração de Substâncias 262 Problemas Relacionados a Desempenho no Trabalho 271 Problemas Relacionados a Distância 286 Figuras Geométricas 301 Resumo 306 Teste Rápido 309 CAPÍTULO 9 Desigualdades Lineares 313 Desigualdades e a Reta Numérica 314 Resolvendo Desigualdades Lineares 316 Notação de Intervalo 320 Problemas de Aplicação 322 Intervalo Limitado 331

9 x ÁLGEBRA SeM MiSTéRio Resolvendo Desigualdades Duplas 332 Aplicações de Desigualdades Duplas 338 Resumo 344 Teste Rápido 347 CAPÍTULO 10 Equações de Segundo Grau 351 Resolvendo Equações de Segundo Grau por Fatoração 352 Extraindo Raízes 363 Resolvendo Equações de Segundo Grau com a Fórmula de Báskara 365 Equações Racionais que Levam a Equações de Segundo Grau 375 Resumo 384 Teste Rápido 385 CAPÍTULO 11 Aplicações de Segundo Grau 389 Problemas Algébricos 390 Problemas de Receita 393 Outros Problemas de Desempenho de Trabalho 402 A Altura de um Objeto em Queda 409 Problemas em Geometria 418 Problemas Relacionados a Distância 431 Problemas Relacionados a Viagens 444 Resumo 449 Teste Rápido 451 Teste Final 453 Respostas dos Testes e do Teste Final 467 Apêndice 471 Índice 477

10 C omo Usar Este Livro Ao longo deste livro, você desenvolverá as habilidades algébricas necessárias para fazer qualquer curso médio ou superior de Matemática. Este livro tem duas vantagens em relação aos outros. A primeira é que ele apresenta um conceito por vez, algo que permite que você domine, de forma gradual, todo o conteúdo. A segunda, é que as soluções para os problemas, nos exemplos e na parte prática, são completas. Normalmente, um passo é executado a cada vez, para que possa aprender de forma simples como solucionar o problema. Como frações e problemas de conversão do enunciado em símbolos matemáticos (também chamados de aplicabilidade) frustram os alunos, este livro abrange esses tópicos com um cuidado especial. Começamos com operações com frações bem simples e, lentamente, passamos para operações com frações mais complexas. Sempre que uma nova técnica algébrica é abordada, uma seção inteira é dedicada à forma como esta técnica afeta as frações. Embora dois capítulos inteiros sejam dedicados a problemas de conversão do enunciado em símbolos matemáticos, desenvolvemos imediatamente, uma das habilidades mais importantes para a solução desse tipo de problema. Nos Capítulos 1 e 2, aprendemos a traduzir sentenças em símbolos matemáticos. No Capítulo 8, o primeiro a abordar problemas desse tipo começamos pelos problemas mais fáceis para, depois, aprendermos a resolver muitos dos problemas padrão comuns em Álgebra. seção sem ter entendido como resolver todos os problemas práticos da seção anterior. Em geral, cada nova seção aprofunda o tópico da seção anterior. Uma vez terminada a última seção de um capítulo, revise o conteúdo antes de fazer o teste de múltipla escolha. Esse procedimento irá ajudá-lo a avaliar o quanto absorveu do conteúdo. E, ao terminar o último capítulo, revise todos os capítulos anteriores antes de fazer o teste Em vez disso, você pode fazê-lo como se fosse vários testes menores. Tente melhorar seus pontos com cada um desses mini-testes. Se for paciente e tiver calma para estudar todo o conteúdo, se sentirá confortável em relação à Álgebra e poderá achá-la até divertida! Rhonda Huettenmueller xi

11

12 Capítulo 1 Frações Ser capaz de efetuar operações aritméticas com frações é uma habilidade básica para o aprendizado da álgebra. Embora possamos pensar que o assunto deste capítulo não é necessário (a maioria das calculadoras faz esses cálculos para nós), os métodos desenvolvidos aqui nos ajudarão quando formos trabalhar com os tipos de frações frequentes em álgebra. Neste capítulo, você vai: multiplicar e dividir frações; simplificar frações; somar e subtrair frações com denominadores iguais; somar e subtrair frações com denominadores diferentes; transformar números mistos em frações impróprias; simplificar frações compostas; converter o enunciado em símbolos matemáticos. 1

13 2 ÁLGEBRA SeM MiSTéRio Multiplicação de Fração pizza. Por exemplo, representamos a fração pela região hachurada na Figura 1-1. Ou seja, é uma parte de três partes iguais. Vamos agora estabelecer a regra para a multiplicação de frações,. Usando esta regra, podemos calcular pela multiplicação dos numeradores 2 e 1 e dos denominadores 3 e 4. Fazendo isto, obtemos (mais tarde, no dois terços de um quarto. Começamos com um quarto representado pelo da Figura 1-2. Veremos agora o que acontece com a representação de um quarto se dividirmos Figura 1-3. Figura 1-1 Figura 1-2 Figura 1-3 Figura 1-4 terço de um quarto Agora, percebemos que a fração é o mesmo que. Podemos observar também que quando um quarto é dividido em três partes iguais, cada parte representa um doze avos, portanto, dois terços de, é igual a dois doze avos (veja a Figura 1-4). Por isso, é igual a. EXEMPLO Efetue a multiplicação com a regra. Segundo a regra, multiplicamos os numeradores 2 e 4 e os denominadores 3 e 5 para obtermos.

14 Capítulo 1 FRAÇÕES 3 PRÁTICA Efetue as multiplicações com a regra. SOLUÇÕES Multiplicando Frações e Números Inteiros Agora estabeleceremos uma regra para a multiplicação de um número inteiro e de uma fração. Para sabermos como multiplicar uma fração por um número inteiro, usamos para determinar o produto. A região hachurada na Figura 1-5 representa. Queremos um total de quatro destas regiões hachuradas. Veja a Figura 1-6. Como podemos observar, quatro de regiões nos dá um total de oito um nonos. Por isso,. Em geral, ao multiplicarmos (onde W é um número inteiro), temos W. a de frações. Dessa forma, temos então, a regra da multiplicação.

15 4 ÁLGEBRA SeM MiSTéRio Figura 1-5 Figura 1-6 Ou seja, o numerador de um produto é o número inteiro vezes o numerador da fração, e o denominador é o denominador da fração. Um método alternativo para determinar o produto de um número inteiro e uma fração é tratar o número inteiro como uma fração o número inteiro sobre 1 e, então, multiplicar como faríamos com quaisquer duas frações. Este método nos dá a mesma regra: EXEMPLO Determine o produto com cada um dos métodos descritos acima. PRÁTICA Determine os produtos com um dos dois métodos descritos acima.

16 Capítulo 1 FRAÇÕES 5 SOLUÇÕES Divisão de Fração Divisão de fração é tão fácil quanto multiplicação de fração. A regra para a divisão de fração é, ou seja, invertemos (trocamos o numerador e o denominador) a segunda fração, e um problema de divisão de fração passa a ser um problema de multiplicação de fração. Para entender o porquê disto, considere o cálculo Podemos resolver esse problema de divisão fazendo a seguinte pergunta: Quantas metades cabem em 3? Obviamente, a resposta é 6, resultado que está de acordo com a fórmula. EXEMPLO Efetue as divisões

17 6 ÁLGEBRA SeM MiSTéRio PRÁTICA Efetue as divisões SOLUÇÕES

18 Capítulo 1 FRAÇÕES 7 Simplificando Frações Ao trabalharmos com frações, normalmente nos pedem para reduzirmos a fração ao seu menor termo ou escrevermos a fração nos seus menores termos ou, nador não têm fatores comuns ( à exceção do 1). Por exemplo, está escrito nos seus menores termos, mas não está, pois 2 é um fator tanto de 4 quanto de 6. A aprenderemos um método mais rápido. Primeiro, escreva o numerador e o denominador como um produto de números primos (consulte o Apêndice se precisar rever como decompor um número em fatores primos). Depois, reúna os números primos comuns a ambos - numerador e denominador (se houver) - no início de cada fração. Divida cada fração em duas frações, a primeira com os números primos comuns. Assim, teremos a primeira fração representando 1 vez a outra fração. Esse recurso pode parecer desnecessário (e é, na verdade), mas trará melhor compreensão do fato de que os fatores comuns ao nu- frações pode ajudá-lo a evitar, futuramente, erros comuns em álgebra. EXEMPLO Simplifique as frações com o método descrito acima. SOLUÇÃO Começamos pela fatoração de 6 e 18. Agora escreva os fatores comuns como frações separadas. Como é 1, notamos que pode ser simplificado a.

19 8 ÁLGEBRA SeM MiSTéRio PRÁTICA Simplifique as frações SOLUÇÕES

20 Capítulo 1 FRAÇÕES 9 Máximo Divisor Comum (MDC) Felizmente, há uma forma menos enfadonha de escrever uma fração em seus menores termos. Determinamos o maior número que seja divisível pelo numerador e pelo denominador. Este número é chamado de Máximo Divisor Comum (MDC). Fatoramos o MDC do numerador e do denominador e reescrevemos a fração da seguinte forma: EXEMPLOS Identifique o MDC do numerador e do denominador e escreva as frações em seus menores termos.

21 10 ÁLGEBRA SeM MiSTéRio PRÁTICA Identifique o MDC do numerador e do denominador e escreva as frações em seus menores termos. SOLUÇÕES

Sumário 1.OPERAÇÕES COM NÚMEROS RACIONAIS...2. 1.1 Adição e Subtração de Números Racionais...2. 1.2 Multiplicação e Divisão de Números Racionais...

Sumário 1.OPERAÇÕES COM NÚMEROS RACIONAIS...2. 1.1 Adição e Subtração de Números Racionais...2. 1.2 Multiplicação e Divisão de Números Racionais... Sumário 1.OPERAÇÕES COM NÚMEROS RACIONAIS...2 1.1 Adição e Subtração de Números Racionais...2 1.2 Multiplicação e Divisão de Números Racionais...2 2.OPERAÇÕES COM NÚMEROS DECIMAIS...4 2.1 Adição e Subtração

Leia mais

Livro de álgebra para ensino fundamental 2 ( 6º ao 9º ano)

Livro de álgebra para ensino fundamental 2 ( 6º ao 9º ano) O ALGEBRISTA Autor: Laércio Vasconcelos www.laercio.com.br Livro de álgebra para ensino fundamental ( º ao º ano) Preparatório para Colégio Naval, EPCAr, Colégio Militar (ensino médio) Pré-IME, Pré-ITA,

Leia mais

Preparação para o teste intermédio de Matemática 8º ano

Preparação para o teste intermédio de Matemática 8º ano Preparação para o teste intermédio de Matemática 8º ano Conteúdos do 7º ano Conteúdos do 8º ano Conteúdos do 8º Ano Teorema de Pitágoras Funções Semelhança de triângulos Ainda os números Lugares geométricos

Leia mais

Conteúdo Programático Anual MATEMÁTICA

Conteúdo Programático Anual MATEMÁTICA MATEMÁTICA 1º BIMESTRE 5ª série (6º ano) CALCULANDO COM NÚMEROS NATURAIS 1. Idéias associadas à adição 2. Idéias associadas à subtração 3. Idéias associadas à multiplicação 4. Idéias associadas à divisão

Leia mais

Frações. Números Racionais

Frações. Números Racionais Frações Números Racionais Consideremos a operação 4:5 =? onde o dividendo não é múltiplo do divisor. Vemos que não é possível determinar o quociente dessa divisão no conjunto dos números porque não há

Leia mais

Planejamento Anual. Componente Curricular: Matemática Ano: 6º ano Ano Letivo: 2015 OBJETIVO GERAL

Planejamento Anual. Componente Curricular: Matemática Ano: 6º ano Ano Letivo: 2015 OBJETIVO GERAL Planejamento Anual Componente Curricular: Matemática Ano: 6º ano Ano Letivo: 2015 Professor(s): Eni e Patrícia OBJETIVO GERAL Desenvolver e aprimorar estruturas cognitivas de interpretação, análise, síntese,

Leia mais

Exercícios Teóricos Resolvidos

Exercícios Teóricos Resolvidos Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Exatas Departamento de Matemática Exercícios Teóricos Resolvidos O propósito deste texto é tentar mostrar aos alunos várias maneiras de raciocinar

Leia mais

Truques e Dicas. = 7 30 Para multiplicar fracções basta multiplicar os numeradores e os denominadores: 2 30 = 12 5

Truques e Dicas. = 7 30 Para multiplicar fracções basta multiplicar os numeradores e os denominadores: 2 30 = 12 5 Truques e Dicas O que se segue serve para esclarecer alguma questão que possa surgir ao resolver um exercício de matemática. Espero que lhe seja útil! Cap. I Fracções. Soma e Produto de Fracções Para somar

Leia mais

Fundamentos Tecnológicos

Fundamentos Tecnológicos 1 2 Potenciação Fundamentos Tecnológicos Potenciação, radiciação e operações algébricas básicas Prof. Flavio Fernandes Dados um número real positivo a e um número natural n diferente de zero, chama-se

Leia mais

Preparatório para Colégio Naval, EPCAr, Colégio Militar (ensino médio) e parcial (ver conteúdo abaixo) para Pré-IME, Pré-ITA, EsPCEx, EEAer, ENEM.

Preparatório para Colégio Naval, EPCAr, Colégio Militar (ensino médio) e parcial (ver conteúdo abaixo) para Pré-IME, Pré-ITA, EsPCEx, EEAer, ENEM. O ALGEBRISTA Autor: Laércio Vasconcelos www.laercio.com.br Livro de ÁLGEBRA do ensino fundamental (6º ao 9º ano) Preparatório para Colégio Naval, EPCAr, Colégio Militar (ensino médio) e parcial (ver conteúdo

Leia mais

O numerador e o denominador são os termos de uma fração: 2 numerador 3 denominador

O numerador e o denominador são os termos de uma fração: 2 numerador 3 denominador Prof. Danillo OBS!! O numerador e o denominador são os termos de uma fração: 2 numerador 3 denominador Este relógio marca meio dia e meia O denominador indica em quantas partes iguais uma unidade foi

Leia mais

Matemática Aplicada II

Matemática Aplicada II Matemática Aplicada II 010G Cópia não autorizada. Reservados todos os MATEMÁTICA direitos APLICADA autorais. II 5E Editora Aline Palhares Desenvolvimento de conteúdo, mediação pedagógica e design gráfico

Leia mais

Possibilitar ao candidato condições para que ele possa fazer uma breve revisão dos conteúdos no ensino fundamental.

Possibilitar ao candidato condições para que ele possa fazer uma breve revisão dos conteúdos no ensino fundamental. INTRODUÇÃO Esse trabalho abordará alguns conceitos importantes sobre a Matemática no Ensino Fundamental. Além desse material, indicamos que você leia livros, acesse sites relacionados à Matemática para

Leia mais

Aluno: Fatorar é transformar uma expressão num produto indicado, ou seja, numa multiplicação de dois ou mais fatores.

Aluno: Fatorar é transformar uma expressão num produto indicado, ou seja, numa multiplicação de dois ou mais fatores. 8º ANO LISTA 1 de fatoração AV 1 3º Bim. Escola adventista de Planaltina Professor: Celmo Xavier. Aluno: Fatorar é transformar uma expressão num produto indicado, ou seja, numa multiplicação de dois ou

Leia mais

Conceitos: A fração como coeficiente. A fração e a sua representação gráfica. Termos que compõem uma fração. Fração unidade. Fração de um número.

Conceitos: A fração como coeficiente. A fração e a sua representação gráfica. Termos que compõem uma fração. Fração unidade. Fração de um número. Unidade 1. As frações. Enquadramento Curricular em Espanha: Objetos de aprendizagem: 1.1. Conceito de fração Identificar os termos de uma fração. Escrever e ler frações. Comparar frações com igual denominador.

Leia mais

INSTITUTO TECNOLÓGICO

INSTITUTO TECNOLÓGICO PAC - PROGRAMA DE APRIMORAMENTO DE CONTEÚDOS. ATIVIDADES DE NIVELAMENTO BÁSICO. DISCIPLINAS: MATEMÁTICA & ESTATÍSTICA. PROFº.: PROF. DR. AUSTER RUZANTE 1ª SEMANA DE ATIVIDADES DOS CURSOS DE TECNOLOGIA

Leia mais

EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO- MATEMÁTICA 6º ANO-PROFA. M.LUISA-2º BIMESTRE MÚLTIPLOS, DIVISORES, FATORAÇÃO, MDC.MMC,PROBLEMAS

EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO- MATEMÁTICA 6º ANO-PROFA. M.LUISA-2º BIMESTRE MÚLTIPLOS, DIVISORES, FATORAÇÃO, MDC.MMC,PROBLEMAS EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO- MATEMÁTICA 6º ANO-PROFA. M.LUISA-2º BIMESTRE ALUNO: Nº TURMA: MÚLTIPLOS, DIVISORES, FATORAÇÃO, MDC.MMC,PROBLEMAS 1. Considere os números 2 000; 2 001; 2 002; 2 003; 2 004; 2

Leia mais

Notas de Cálculo Numérico

Notas de Cálculo Numérico Notas de Cálculo Numérico Túlio Carvalho 6 de novembro de 2002 2 Cálculo Numérico Capítulo 1 Elementos sobre erros numéricos Neste primeiro capítulo, vamos falar de uma limitação importante do cálculo

Leia mais

7º ano Teste de Sondagem. Língua Portuguesa. Matemática

7º ano Teste de Sondagem. Língua Portuguesa. Matemática 7º ano Teste de Sondagem Interpretação e produção de textos de gêneros variados: Carta, notícia, artigo de Opinião, relatos de viagem, tirinha, charge. Sistema de numeração decimal Conjunto dos números

Leia mais

PLANIFICAÇÃO POR UNIDADE TEMÁTICA MATEMÁTICA 5º ANO DISTRIBUIÇÃO ANUAL DAS UNIDADES TEMÁTICAS/ TEMPOS LETIVOS (AULAS DE 45 )

PLANIFICAÇÃO POR UNIDADE TEMÁTICA MATEMÁTICA 5º ANO DISTRIBUIÇÃO ANUAL DAS UNIDADES TEMÁTICAS/ TEMPOS LETIVOS (AULAS DE 45 ) Uma Escola de Cidadania Uma Escola de Qualidade Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches PLANIFICAÇÃO POR UNIDADE TEMÁTICA MATEMÁTICA 5º ANO DISTRIBUIÇÃO ANUAL DAS UNIDADES TEMÁTICAS/ TEMPOS LETIVOS

Leia mais

REPRESENTAÇÃO DE DADOS EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO AULA 03 Arquitetura de Computadores Gil Eduardo de Andrade

REPRESENTAÇÃO DE DADOS EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO AULA 03 Arquitetura de Computadores Gil Eduardo de Andrade REPRESENTAÇÃO DE DADOS EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO AULA 03 Arquitetura de Computadores Gil Eduardo de Andrade O conteúdo deste documento é baseado no livro Princípios Básicos de Arquitetura e Organização

Leia mais

Potenciação no Conjunto dos Números Inteiros - Z

Potenciação no Conjunto dos Números Inteiros - Z Rua Oto de Alencar nº 5-9, Maracanã/RJ - tel. 04-98/4-98 Potenciação no Conjunto dos Números Inteiros - Z Podemos epressar o produto de quatro fatores iguais a.... por meio de uma potência de base e epoente

Leia mais

Apresentação da Disciplina 4. Módulo I 6-64

Apresentação da Disciplina 4. Módulo I 6-64 π 1 2 Apresentação da Disciplina 4 Módulo I 6-64 3 Prezado aluno, O estudo da matemática sempre foi um dos grandes fascínios do ser humano. Não só por ela poder resolver problemas práticos do dia a dia,

Leia mais

QUESTÃO 11 Nas expressões numéricas que seguem dois números estão escondidos sobre as letra A e B, veja: 3. A 4 = 11 B : 4 + 12 = 28

QUESTÃO 11 Nas expressões numéricas que seguem dois números estão escondidos sobre as letra A e B, veja: 3. A 4 = 11 B : 4 + 12 = 28 Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 6 Ọ ANO EM 201 Disciplina: MateMática Prova: desafio nota: QUESTÃO 11 Nas expressões numéricas que seguem dois números estão escondidos

Leia mais

EMENTA 6 ANO - II TRIMESTRE Data Conteúdo Conteúdo das provas

EMENTA 6 ANO - II TRIMESTRE Data Conteúdo Conteúdo das provas EMENTA 6 ANO - II TRIMESTRE Data Conteúdo Conteúdo das provas 2-junho Reduzindo duas ou mais frações ao mesmo denominador Prova 1 3-junho Adição e subtração de frações - Números Primos 5-junho Adição e

Leia mais

Raciocínio Lógico Matemático Caderno 1

Raciocínio Lógico Matemático Caderno 1 Raciocínio Lógico Matemático Caderno 1 Índice Pg. Números Naturais... 02 Números Inteiros... 06 Números Racionais... 23 Números Decimais... - Dízimas Periódicas... - Expressões Numéricas... - Divisibilidade...

Leia mais

Gabarito de Matemática do 7º ano do E.F.

Gabarito de Matemática do 7º ano do E.F. Gabarito de Matemática do 7º ano do E.F. Lista de Exercícios (L10) a Colocarei aqui algumas explicações e exemplos de exercícios para que você possa fazer todos com segurança e tranquilidade, no entanto,

Leia mais

Análise de Arredondamento em Ponto Flutuante

Análise de Arredondamento em Ponto Flutuante Capítulo 2 Análise de Arredondamento em Ponto Flutuante 2.1 Introdução Neste capítulo, chamamos atenção para o fato de que o conjunto dos números representáveis em qualquer máquina é finito, e portanto

Leia mais

TEXTO DE REVISÃO: Uso da calculadora científica e potências de 10.

TEXTO DE REVISÃO: Uso da calculadora científica e potências de 10. TEXTO DE REVISÃO: Uso da calculadora científica e potências de 10. Caro aluno (a): No livro texto (Halliday) cap.01 - Medidas alguns conceitos muito importantes são apresentados. Por exemplo, é muito importante

Leia mais

MINICURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA NO DIA A DIA

MINICURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA NO DIA A DIA PORCENTAGEM MINICURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA NO DIA A DIA Quando é dito que 40% das pessoas entrevistadas votaram no candidato A, esta sendo afirmado que, em média, de cada pessoas, 40 votaram no candidato

Leia mais

Fração como porcentagem. Sexto Ano do Ensino Fundamental. Autor: Prof. Francisco Bruno Holanda Revisor: Prof. Antonio Caminha M.

Fração como porcentagem. Sexto Ano do Ensino Fundamental. Autor: Prof. Francisco Bruno Holanda Revisor: Prof. Antonio Caminha M. Material Teórico - Módulo de FRAÇÕES COMO PORCENTAGEM E PROBABILIDADE Fração como porcentagem Sexto Ano do Ensino Fundamental Autor: Prof. Francisco Bruno Holanda Revisor: Prof. Antonio Caminha M. Neto

Leia mais

Como foi visto no tópico anterior, existem duas formas básicas para representar uma função lógica qualquer:

Como foi visto no tópico anterior, existem duas formas básicas para representar uma função lógica qualquer: ELETRÔNI IGITl I FUNÇÕES LÓGIS Formas de representação de uma função lógica omo foi visto no tópico anterior, existem duas formas básicas para representar uma função lógica qualquer: Soma de Produtos Produtos

Leia mais

UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE AS DIFICULDADES DOS ALUNOS DAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO MÉDIO ENVOLVENDO FRAÇÕES

UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE AS DIFICULDADES DOS ALUNOS DAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO MÉDIO ENVOLVENDO FRAÇÕES UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE AS DIFICULDADES DOS ALUNOS DAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO MÉDIO ENVOLVENDO FRAÇÕES Taciany da Silva Pereira¹, Nora Olinda Cabrera Zúñiga² ¹Universidade Federal de Minas Gerais / Departamento

Leia mais

Expoentes fracionários

Expoentes fracionários A UUL AL A Expoentes fracionários Nesta aula faremos uma revisão de potências com expoente inteiro, particularmente quando o expoente é um número negativo. Estudaremos o significado de potências com expoentes

Leia mais

3 - CONJUNTO DOS NÚMEROS RACIONAIS

3 - CONJUNTO DOS NÚMEROS RACIONAIS 3 - CONJUNTO DOS NÚMEROS RACIONAIS Introdução É o conjunto de todos os números que estão ou podem ser colocados em forma de fração. Fração Quando dividimos um todo em partes iguais e queremos representar

Leia mais

Uma expressão matemática que apresenta números e letras ou somente letras, é denominada expressão algébrica

Uma expressão matemática que apresenta números e letras ou somente letras, é denominada expressão algébrica Trabalho de Reforço Matemática 8º ano A, 8º ano B e 8º ano C Ensino Fundamental Professor André Data de entrega: 05 de agosto de 2013. Exercícios de revisão de conteúdo Objetivo: fazer com que o aluno

Leia mais

APOSTILA DE MATEMÁTICA BÁSICA PARA E.J.A.

APOSTILA DE MATEMÁTICA BÁSICA PARA E.J.A. CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DE CURITIBA C.E.E.P CURITIBA APOSTILA DE MATEMÁTICA BÁSICA PARA E.J.A. Modalidades: Integrado Subseqüente Proeja Autor: Ronald Wykrota (wykrota@uol.com.br) Curitiba

Leia mais

Karine Nayara F. Valle. Métodos Numéricos de Euler e Runge-Kutta

Karine Nayara F. Valle. Métodos Numéricos de Euler e Runge-Kutta Karine Nayara F. Valle Métodos Numéricos de Euler e Runge-Kutta Professor Orientador: Alberto Berly Sarmiento Vera Belo Horizonte 2012 Karine Nayara F. Valle Métodos Numéricos de Euler e Runge-Kutta Monografia

Leia mais

Lista de Exercícios - Potenciação

Lista de Exercícios - Potenciação Nota: Os exercícios desta aula são referentes ao seguinte vídeo Matemática Zero 2.0 - Aula 14 - Potenciação ou Exponenciação - (parte 1 de 2) Endereço: https://www.youtube.com/watch?v=20lm2lx6r0g Gabaritos

Leia mais

Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Exatas. Departamento de Matemática

Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Exatas. Departamento de Matemática Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências Exatas Departamento de Matemática Oficina de Calculadora PIBID Matemática Grupo do Laboratório de Ensino de Matemática Curitiba Agosto de 2013 Duração:

Leia mais

TÓPICOS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS: COMBINATÓRIA

TÓPICOS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS: COMBINATÓRIA TÓPICOS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS: COMBINATÓRIA Heitor Achilles Dutra da Rosa CEFET RJ heitorachilles@aolcom Introdução Entendemos por Combinatória o ramo da Matemática que nos permite resolver problemas

Leia mais

MATEMÁTICA 7.º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL 2014 / 2015

MATEMÁTICA 7.º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL 2014 / 2015 GRUPO DISCIPLINAR DE MATEMÁTICA MATEMÁTICA 7.º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL 2014 / 2015 (Em conformidade com o Programa de Matemática homologado em 17 de junho de 2013 e com as de Matemática homologadas em 3

Leia mais

MATEMÁTICA - 5.º Ano

MATEMÁTICA - 5.º Ano Salesianos de Mogofores - 2015/2016 MATEMÁTICA - 5.º Ano Ana Soares ( amariasoares@gmail.com ) Catarina Coimbra ( catarinacoimbra@mail.ru ) Rota de aprendizage m por Projetos NÚMEROS NATURAIS Desenvolver

Leia mais

Capítulo 3 Modelos Estatísticos

Capítulo 3 Modelos Estatísticos Capítulo 3 Modelos Estatísticos Slide 1 Resenha Variáveis Aleatórias Distribuição Binomial Distribuição de Poisson Distribuição Normal Distribuição t de Student Distribuição Qui-quadrado Resenha Slide

Leia mais

CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI

CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI MATEMÁTICA ENSINO MÉDIO APOSTILA 03 Parabéns!!! Você já é um vencedor! Voltar a estudar é uma vitória que poucos podem dizer que conseguiram. É para você, caro aluno, que desenvolvemos

Leia mais

Unidade 5: Sistemas de Representação

Unidade 5: Sistemas de Representação Arquitetura e Organização de Computadores Atualização: 9/8/ Unidade 5: Sistemas de Representação Números de Ponto Flutuante IEEE 754/8 e Caracteres ASCII Prof. Daniel Caetano Objetivo: Compreender a representação

Leia mais

Métodos Quantitativos Prof. Ms. Osmar Pastore e Prof. Ms. Francisco Merlo. Funções Exponenciais e Logarítmicas Progressões Matemáticas

Métodos Quantitativos Prof. Ms. Osmar Pastore e Prof. Ms. Francisco Merlo. Funções Exponenciais e Logarítmicas Progressões Matemáticas Métodos Quantitativos Prof. Ms. Osmar Pastore e Prof. Ms. Francisco Merlo Funções Exponenciais e Logarítmicas Progressões Matemáticas Funções Exponenciais e Logarítmicas. Progressões Matemáticas Objetivos

Leia mais

Numa turma de 26 alunos, o número de raparigas excede em 4 o número de rapazes. Quantos rapazes há nesta turma?

Numa turma de 26 alunos, o número de raparigas excede em 4 o número de rapazes. Quantos rapazes há nesta turma? GUIÃO REVISÕES Equações e Inequações Equações Numa turma de 6 alunos, o número de raparigas ecede em 4 o número de rapazes. Quantos rapazes há nesta turma? O objectivo do problema é determinar o número

Leia mais

Disponibilizo a íntegra das 8 questões elaboradas para o Simulado, no qual foram aproveitadas 4 questões, com as respectivas resoluções comentadas.

Disponibilizo a íntegra das 8 questões elaboradas para o Simulado, no qual foram aproveitadas 4 questões, com as respectivas resoluções comentadas. Disponibilizo a íntegra das 8 questões elaboradas para o Simulado, no qual foram aproveitadas questões, com as respectivas resoluções comentadas. Amigos, para responder às questões deste Simulado, vamos

Leia mais

3º Ano do Ensino Médio. Aula nº10 Prof. Daniel Szente

3º Ano do Ensino Médio. Aula nº10 Prof. Daniel Szente Nome: Ano: º Ano do E.M. Escola: Data: / / 3º Ano do Ensino Médio Aula nº10 Prof. Daniel Szente Assunto: Função exponencial e logarítmica 1. Potenciação e suas propriedades Definição: Potenciação é a operação

Leia mais

Exemplo de Subtração Binária

Exemplo de Subtração Binária Exemplo de Subtração Binária Exercícios Converta para binário e efetue as seguintes operações: a) 37 10 30 10 b) 83 10 82 10 c) 63 8 34 8 d) 77 8 11 8 e) BB 16 AA 16 f) C43 16 195 16 3.5.3 Divisão binária:

Leia mais

MATERIAL MATEMÁTICA I

MATERIAL MATEMÁTICA I MATERIAL DE MATEMÁTICA I CAPÍTULO I REVISÃO Curso: Administração 1 1. Revisão 1.1 Potência de Epoente Inteiro Seja a um número real e m e n números inteiros positivos. Podemos observar as seguintes propriedades

Leia mais

FRAÇÕES DE UMA QUANTIDADE

FRAÇÕES DE UMA QUANTIDADE FRAÇÕES DE UMA QUANTIDADE FRAÇÕES DE UMA QUANTIDADE PREPARANDO O BOLO DICAS Helena comprou 4 ovos. Ela precisa de dessa quantidade para fazer o bolo de aniversário de Mariana. De quantos ovos Helena vai

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS MATEMÁTICA 7.º ANO PLANIFICAÇÃO GLOBAL Planificação 7º ano 2012/2013 Página 1 DOMÍNIO TEMÁTICO: NÚMEROS

Leia mais

NIVELAMENTO 2007/1 MATEMÁTICA BÁSICA. Núcleo Básico da Primeira Fase

NIVELAMENTO 2007/1 MATEMÁTICA BÁSICA. Núcleo Básico da Primeira Fase NIVELAMENTO 00/ MATEMÁTICA BÁSICA Núcleo Básico da Primeira Fase Instituto Superior Tupy Nivelamento de Matemática Básica ÍNDICE. Regras dos Sinais.... Operações com frações.... Adição e Subtração....

Leia mais

AV1 - MA 12-2012. (b) Se o comprador preferir efetuar o pagamento à vista, qual deverá ser o valor desse pagamento único? 1 1, 02 1 1 0, 788 1 0, 980

AV1 - MA 12-2012. (b) Se o comprador preferir efetuar o pagamento à vista, qual deverá ser o valor desse pagamento único? 1 1, 02 1 1 0, 788 1 0, 980 Questão 1. Uma venda imobiliária envolve o pagamento de 12 prestações mensais iguais a R$ 10.000,00, a primeira no ato da venda, acrescidas de uma parcela final de R$ 100.000,00, 12 meses após a venda.

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO INDIVIDUAL DE ESTUDO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2

ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO INDIVIDUAL DE ESTUDO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2 ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO INDIVIDUAL DE ESTUDO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012 ANO 2014 PROFESSOR (a) Elaine Cristina Francisco

Leia mais

Construção dos números racionais, Números fracionários e operações com frações

Construção dos números racionais, Números fracionários e operações com frações Construção dos números racionais, Números fracionários e operações com frações O número racional pode ser definido a partir da aritmética fechamento da operação de divisão entre inteiros ou partir da geometria

Leia mais

Base Nacional Comum Curricular 2016. Lemann Center at Stanford University

Base Nacional Comum Curricular 2016. Lemann Center at Stanford University Base Nacional Comum Curricular 2016 Lemann Center at Stanford University Parte II: Base Nacional Comum: Análise e Recomendações da Seção de Matemática Phil Daro Dezembro, 2015 BASE NACIONAL COMUM: ANÁLISE

Leia mais

Roteiro da aula. MA091 Matemática básica. Cálculo do mmc usando o mdc. Mínimo múltiplo comum. Aula 5 MMC e frações. Horas.

Roteiro da aula. MA091 Matemática básica. Cálculo do mmc usando o mdc. Mínimo múltiplo comum. Aula 5 MMC e frações. Horas. Roteiro da aula MA091 Matemática básica Aula 5 MMC e frações. Horas. Francisco A. M. Gomes UNICAMP - IMECC Março de 2015 1 2 3 4 Francisco A. M. Gomes (UNICAMP - IMECC) MA091 Matemática básica Março de

Leia mais

DICAS PARA CÁLCULOS MAIS RÁPIDOS ARTIGO 06

DICAS PARA CÁLCULOS MAIS RÁPIDOS ARTIGO 06 DICAS PARA CÁLCULOS MAIS RÁPIDOS ARTIGO 06 Este é o 6º artigo da série de dicas para facilitar / agilizar os cálculos matemáticos envolvidos em questões de Raciocínio Lógico, Matemática, Matemática Financeira

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA DE VISEU DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA DE VISEU DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA DE VISEU DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA Apontamentos: Curso de Conhecimentos Básicos de Matemática Cursos do Departamento de Gestão Maria Cristina

Leia mais

Universidade Federal Fluminense ICEx Volta Redonda Introdução a Matemática Superior Professora: Marina Sequeiros

Universidade Federal Fluminense ICEx Volta Redonda Introdução a Matemática Superior Professora: Marina Sequeiros . Conjuntos numéricos Objetivo: aprender sobre conjuntos numéricos, suas operações e propriedades..1 Conjunto dos números naturais (IN) O conjunto dos números naturais é representado por IN e IΝ{0;1;;;...}.

Leia mais

Revisando a Aritmética

Revisando a Aritmética Revisando a Aritmética 1.Revisando os sistemas decimais e convertendo números para outras bases. 2.Usando Maple para converter números binários e hexadecimais para outras bases. 3.Distinguindo frações

Leia mais

ATENÇÃO: Escreva a resolução COMPLETA de cada questão no espaço reservado para a mesma.

ATENÇÃO: Escreva a resolução COMPLETA de cada questão no espaço reservado para a mesma. 2ª Fase Matemática Introdução A prova de matemática da segunda fase é constituída de 12 questões, geralmente apresentadas em ordem crescente de dificuldade. As primeiras questões procuram avaliar habilidades

Leia mais

UNIDADE 3 MEDIDAS DE POSIÇÃO E DISPERSÃO OBJETIVOS ESPECÍFICOS DE APRENDIZAGEM

UNIDADE 3 MEDIDAS DE POSIÇÃO E DISPERSÃO OBJETIVOS ESPECÍFICOS DE APRENDIZAGEM Unidade 2 Distribuições de Frequências e Representação Gráfica UNIDADE 3 MEDIDAS DE POSIÇÃO E DISPERSÃO OBJETIVOS ESPECÍFICOS DE APRENDIZAGEM Ao finalizar esta Unidade, você deverá ser capaz de: Calcular

Leia mais

Cotagem de dimensões básicas

Cotagem de dimensões básicas Cotagem de dimensões básicas Introdução Observe as vistas ortográficas a seguir. Com toda certeza, você já sabe interpretar as formas da peça representada neste desenho. E, você já deve ser capaz de imaginar

Leia mais

QUESTÕES COMENTADAS E RESOLVIDAS

QUESTÕES COMENTADAS E RESOLVIDAS LENIMAR NUNES DE ANDRADE INTRODUÇÃO À ÁLGEBRA: QUESTÕES COMENTADAS E RESOLVIDAS 1 a edição ISBN 978-85-917238-0-5 João Pessoa Edição do Autor 2014 Prefácio Este texto foi elaborado para a disciplina Introdução

Leia mais

ESTUDO DE VIABILIDADE. Santander, Victor - Unioeste Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos

ESTUDO DE VIABILIDADE. Santander, Victor - Unioeste Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos ESTUDO DE VIABILIDADE Santander, Victor - Unioeste Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos Objetivos O que é um estudo de viabilidade? O que estudar e concluir? Benefícios e custos Análise de Custo/Benefício

Leia mais

Universidade Federal de São João Del Rei - UFSJ

Universidade Federal de São João Del Rei - UFSJ Universidade Federal de São João Del Rei - UFSJ Instituída pela Lei 0.45, de 9/04/00 - D.O.U. de /04/00 Pró-Reitoria de Ensino de Graduação - PROEN Disciplina: Cálculo Numérico Ano: 03 Prof: Natã Goulart

Leia mais

Resolverei neste artigo uma prova da fundação VUNESP realizada em 2010.

Resolverei neste artigo uma prova da fundação VUNESP realizada em 2010. Olá pessoal! Resolverei neste artigo uma prova da fundação VUNESP realizada em 2010. 01. (Fundação CASA 2010/VUNESP) Em um jogo de basquete, um dos times, muito mais forte, fez 62 pontos a mais que o seu

Leia mais

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros 2º ciclo PCA - 6º ano Planificação Anual 2013-2014 MATEMÁTICA METAS CURRICULARES

Leia mais

Título : B2 Matemática Financeira. Conteúdo :

Título : B2 Matemática Financeira. Conteúdo : Título : B2 Matemática Financeira Conteúdo : A maioria das questões financeiras é construída por algumas fórmulas padrão e estratégias de negócio. Por exemplo, os investimentos tendem a crescer quando

Leia mais

Módulo Frações, o Primeiro Contato. 6 o ano/e.f.

Módulo Frações, o Primeiro Contato. 6 o ano/e.f. Módulo Frações, o Primeiro Contato Frações e suas Operações. o ano/e.f. Frações, o Primeiro Contato Frações e suas Operações. Exercícios Introdutórios Exercício. Simplifique as frações abaixo até obter

Leia mais

1 ELEMENTOS DA CIRCUNFERÊNCIA

1 ELEMENTOS DA CIRCUNFERÊNCIA Matemática 2 Pedro Paulo GEOMETRIA PLANA II 1 ELEMENTOS DA CIRCUNFERÊNCIA Circunferência é o conjunto de pontos que está a uma mesma distância (chamaremos essa distância de raio) de um ponto fixo (chamaremos

Leia mais

Material Teórico - Aplicações das Técnicas Desenvolvidas. Exercícios e Tópicos Relacionados a Combinatória. Segundo Ano do Ensino Médio

Material Teórico - Aplicações das Técnicas Desenvolvidas. Exercícios e Tópicos Relacionados a Combinatória. Segundo Ano do Ensino Médio Material Teórico - Aplicações das Técnicas Desenvolvidas Exercícios e Tópicos Relacionados a Combinatória Segundo Ano do Ensino Médio Prof Cícero Thiago Bernardino Magalhães Prof Antonio Caminha Muniz

Leia mais

CAPÍTULO 1 MATEMÁTICA

CAPÍTULO 1 MATEMÁTICA CAPÍTULO MATEMÁTICA INTRODUÇÃO O uso da matemática está tão presente em todos os setores da vida quotidiana; que, raramente, se é que acontece, alguém percebe por completo quão desamparados estaríamos

Leia mais

por séries de potências

por séries de potências Seção 23: Resolução de equações diferenciais por séries de potências Até este ponto, quando resolvemos equações diferenciais ordinárias, nosso objetivo foi sempre encontrar as soluções expressas por meio

Leia mais

O sinal de menos ( ) colocado antes de um número indica o oposto desse número. Assim: 11 é o oposto de 11.

O sinal de menos ( ) colocado antes de um número indica o oposto desse número. Assim: 11 é o oposto de 11. EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO 7º ANO º BIMESTRE MATEMÁTICA PROFº PAULO 1. Dois números de sinais contrários são opostos? Justifique. O sinal de menos ( ) colocado antes de um número indica o oposto desse número.

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE A PRODUÇÃO DE SIGNIFICADO NA MATEMÁTICA ESCOLAR

REFLEXÕES SOBRE A PRODUÇÃO DE SIGNIFICADO NA MATEMÁTICA ESCOLAR REFLEXÕES SOBRE A PRODUÇÃO DE SIGNIFICADO NA MATEMÁTICA ESCOLAR Patrícia Lima da Silva¹ Brunna Sordi Stock² RESUMO No segundo semestre do ano de 2009, em uma das disciplinas obrigatórias do currículo de

Leia mais

Prog A B C A e B A e C B e C A,B e C Nenhum Pref 100 150 200 20 30 40 10 130

Prog A B C A e B A e C B e C A,B e C Nenhum Pref 100 150 200 20 30 40 10 130 Polos Olímpicos de Treinamento Curso de Combinatória - Nível 2 Prof. Bruno Holanda Aula 2 Lógica II Quando lemos um problema de matemática imediatamente podemos ver que ele está dividido em duas partes:

Leia mais

Operações com números racionais decimais

Operações com números racionais decimais Divisão 1º: Divisão exata Operações com números racionais decimais Considere a seguinte divisão: 1,4 : 0,05 Transformando em frações decimais, temos: Método prático 1º) Igualamos o números de casas decimais,

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA 3 DOMÍNIOS OBJETIVOS ATIVIDADES

PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA 3 DOMÍNIOS OBJETIVOS ATIVIDADES PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA 3 DOMÍNIOS OBJETIVOS ATIVIDADES Números naturais Conhecer os numerais ordinais Utilizar corretamente os numerais ordinais até centésimo. Contar até um milhão Estender as regras

Leia mais

Como Passar em Química Geral*

Como Passar em Química Geral* 1 Como Passar em Química Geral* por Dra. Brenna E. Lorenz Division of Natural Sciences University of Guam * traduzido livremente por: Eder João Lenardão; acesse o original em : http://www.heptune.com/passchem.html

Leia mais

CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA

CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 6ºANO CONTEÚDOS-1º TRIMESTRE Números naturais; Diferença entre número e algarismos; Posição relativa do algarismo dentro do número; Leitura do número; Sucessor e antecessor;

Leia mais

Material Teórico - Módulo de Divisibilidade. MDC e MMC - Parte 1. Sexto Ano. Prof. Angelo Papa Neto

Material Teórico - Módulo de Divisibilidade. MDC e MMC - Parte 1. Sexto Ano. Prof. Angelo Papa Neto Material Teórico - Módulo de Divisibilidade MDC e MMC - Parte 1 Sexto Ano Prof. Angelo Papa Neto 1 Máximo divisor comum Nesta aula, definiremos e estudaremos métodos para calcular o máximo divisor comum

Leia mais

Resolução de sistemas lineares

Resolução de sistemas lineares Resolução de sistemas lineares J M Martínez A Friedlander 1 Alguns exemplos Comecemos mostrando alguns exemplos de sistemas lineares: 3x + 2y = 5 x 2y = 1 (1) 045x 1 2x 2 + 6x 3 x 4 = 10 x 2 x 5 = 0 (2)

Leia mais

Programação Funcional. Aula 5. Funções Recursivas. José Romildo Malaquias. Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011.

Programação Funcional. Aula 5. Funções Recursivas. José Romildo Malaquias. Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011. Programação Funcional Aula 5 Funções Recursivas José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011.2 1/39 1 Funções recursivas 2 Recursividade mútua 3 Recursividade

Leia mais

Número de aulas previstas 206

Número de aulas previstas 206 Período 2º Unidade didática Nº DE TEMPOS PREVISTOS Apresentação. 1 Atividades de diagnóstico 2 Números e operações (NO5) ( não negativos) 20 1- Efetuar operações com números racionais não negativos Geometria

Leia mais

fx-82ms fx-83ms fx-85ms fx-270ms fx-300ms fx-350ms

fx-82ms fx-83ms fx-85ms fx-270ms fx-300ms fx-350ms O uso da Calculadora Científica (Casio fx) fx-82ms fx-83ms fx-85ms fx-270ms fx-300ms fx-350ms Prof. Ms. Renato Francisco Merli 2013 1 Sumário 1. Antes de Começar... 2 2. Cálculos Básicos... 8 3. Cálculos

Leia mais

COLISÕES UNIDIMENSIONAIS

COLISÕES UNIDIMENSIONAIS ACIDENTES DE TRÂNSITO: COLISÕES UNIDIMENSIONAIS Copyright 2014: Sérgio Gustavo de Miranda I- INTRODUÇÃO: Acesse www.sgmiranda.com.br/forensics/unidim_collisions.html para utilizar a planilha eletrônica

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Centro De Ciências Exatas e da Terra. Departamento de Física Teórica e Experimental

Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Centro De Ciências Exatas e da Terra. Departamento de Física Teórica e Experimental Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro De Ciências Exatas e da Terra Departamento de Física Teórica e Experimental Programa de Educação Tutorial Curso de Nivelamento: Pré-Cálculo PET DE FÍSICA:

Leia mais

COMO ENSINEI MATEMÁTICA

COMO ENSINEI MATEMÁTICA COMO ENSINEI MATEMÁTICA Mário Maturo Coutinho COMO ENSINEI MATEMÁTICA.ª edição 511 9 AGRADECIMENTOS À Deus À minha família Aos mestres da matemática do C.E.Visconde de Cairu APRESENTAÇÃO O objetivo deste

Leia mais

Curvas em coordenadas polares

Curvas em coordenadas polares 1 Curvas em coordenadas polares As coordenadas polares nos dão uma maneira alternativa de localizar pontos no plano e são especialmente adequadas para expressar certas situações, como veremos a seguir.

Leia mais

Agrupamento de Escolas António Feijó. Ano Letivo de 2014/2015. PLANIFICAÇÃO A MÉDIO PRAZO DE MATEMÁTICA 7º Ano 1.º PERÍODO.

Agrupamento de Escolas António Feijó. Ano Letivo de 2014/2015. PLANIFICAÇÃO A MÉDIO PRAZO DE MATEMÁTICA 7º Ano 1.º PERÍODO. Agrupamento de Escolas António Feijó Ano Letivo de 2014/2015 PLANIFICAÇÃO A MÉDIO PRAZO DE MATEMÁTICA 7º Ano 1.º PERÍODO Unidade 1 Números racionais. Números primos e números compostos.. Máximo divisor

Leia mais

JUROS SIMPLES. Onde: n é o número de períodos (number of periods) ou prazo em dias; i é o índice da taxa de juros (index) anual;

JUROS SIMPLES. Onde: n é o número de períodos (number of periods) ou prazo em dias; i é o índice da taxa de juros (index) anual; curso completo de CALCULADORA HP-12C - 3 JUROS SIMPLES Além dos registradores X (visor), Y, Z e W, discutidos no capítulo anterior, vimos também que a calculadora HP-12C apresenta os registradores financeiros,

Leia mais

Quando um dos controladores apresentar estágio função de demanda (geralmente botoeira de pedestre), a união não deverá ser efetivada.

Quando um dos controladores apresentar estágio função de demanda (geralmente botoeira de pedestre), a união não deverá ser efetivada. SP 01/11/91 NT 134/91 Metodologia para Agrupar Cruzamentos Semco em um Único controlador Núcleo de Estudos de Tráfego Eng.º Luís Molist Vilanova (NET) Considerações Básicas No sistema Semco tem-se freqüentemente

Leia mais

Prof. Msc. Edmundo Tork Matemática Básica. + % a b

Prof. Msc. Edmundo Tork Matemática Básica. + % a b Prof. Msc. Edmundo Tork Matemática Básica π n x α φ + % a b χ β Sumário Números Inteiros... 0 Números Naturais... 0 Operações Fundamentais com Números Naturais... 0 Exercícios... 0 Mínimo Múltiplo Comum...

Leia mais

Acadêmico: Projeto de Ensino: Curso de Matemática Básica

Acadêmico: Projeto de Ensino: Curso de Matemática Básica O gênio é composto por % de talento e de 8% de perseverante aplicação (Ludwing Van Beethoven) Acadêmico: Projeto de Ensino: Curso de Matemática Básica SUMÁRIO NÚMEROS E OPERAÇÕES Introdução Conjunto dos

Leia mais