AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº. 004/2014. Respostas às Dúvidas e Sugestões

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº. 004/2014. Respostas às Dúvidas e Sugestões"

Transcrição

1 AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº. 004/2014 Respostas às Dúvidas e Sugestões Referência: Considerações apresentadas pela empresa xxx 1) Questões do Lote 01: Dúvidas Haja vista a lista apresentada no Catálogo de Sistemas e as diferentes tecnologias utilizadas por esta administração, existe alguma intenção de se padronizar a plataforma de desenvolvimento para JAVA ou Net? Ou seja, existe uma definição da plataforma na qual serão desenvolvidos os novos sistemas? Resposta: As principais plataformas para desenvolvimento de novos sistemas são: Java, Aplicações de Dispositivos Móveis (WindowsPhone, iosapple e Android), Geoprocessamento, Python e MS Sharepoint, mas em situações específicas, a critério da ECT, poderão ser adotadas outras tecnologias dentre as relacionadas no subitem da especificação técnica Conforme item 9.2. da Especificação Técnica da Fábrica de Software a critério da CONTRATANTE, os serviços poderão ser executados nas dependências da CONTRATANTE, na Administração Central, em Brasília/DF e/ou Diretoria Regional de São Paulo Metropolitana, em São Paulo/SP. Questionamos devido ao disposto no item 9.3. Em situações específicas e em comum acordo entre as partes, técnicos da CONTRATADA poderão prestar serviços nas instalações da CONTRATANTE em localidades diferentes das citadas no subitem 9.2 desta Especificação Técnica. Quais seriam as outras localidades? E qual o histórico atual de deslocamento dos últimos 12 meses? Resposta: O subitem 9.3 da especificação técnica será reavaliado Para o item A CONTRATADA deverá disponibilizar a qualquer tempo, conforme seja demandado pela CONTRATANTE, acesso às suas dependências/instalações para que sejam efetuadas análises e auditorias técnica e/ou de segurança. Entendemos que esta atividade, quando ocorrer, será previamente planejada e agendada. Está correto o nosso entendimento? Resposta: Sim. As atividades de análise e auditoria nas dependências/instalações da Contratada serão previamente agendadas Para o item TRANSIÇÃO DOS SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO REFERENTES AOS SISTEMAS DO AMBIENTE DA CONTRATANTE e seus subitens a CONTRATADA não estará sujeita aos acordos de níveis de serviço nesta fase de transição. Está correto o nosso entendimento? Para melhor análise, informar o backlog de demandas de Manutenção Perfectiva Funcional (Modificativa e Aditiva), Manutenção Corretiva, Manutenção Perfectiva Não Funcional e Manutenção Adaptativa.

2 Qual o volume de chamados dos sistemas em nível 1, 2 e 3 atendidos e em aberto dos últimos 12 meses? Resposta: A fase transição dos sistemas será composta de duas etapas. A primeira etapa, a ser executada no prazo de 60 (sessenta) dias corridos após assinatura do contrato, conforme subitem da especificação técnica, visa somente a elaboração do plano de transição dos sistemas relacionados no Anexo I (Catálogo de Sistemas). O não atendimento desse prazo sujeitará a Contratada à penalidade prevista na alínea a.8, do subitem (Multa de mora) das Condições Gerais da Contratação. A segunda etapa refere-se à execução do plano de transição, a ser realizada após o prazo citado no subitem da especificação técnica. Os serviços porventura contratados para serem executados durante a transição, quais sejam: (a) pré-atividades de manutenção ( Engenharia Reversa e Redocumentação do Software e/ou Projetar e Implementar Testes Automatizados para Todo o Sistema ) do Processo Tradicional e (b) Consolidação de Artefatos de Suporte ao Software ( Consolidação de Documentação e/ou Consolidação de Testes ) do Processo Expresso, serão monitorados conforme os indicadores de Níveis Mínimos de Serviço definidos no item 19 da especificação Técnica. Durante a execução do plano de transição não serão demandados serviços de manutenção. Informações adicionais dos sistemas àquelas que constam no Anexo I (Catálogo de Sistemas), tais como o volume de backlog e de chamados, poderão ser obtidas durante a Vistoria Técnica, conforme item 4 da especificação técnica Dando continuidade ao item de transição, qual a documentação existente (artefatos) dos sistemas descritos no Catálogo de Sistemas (Anexo I), e qual o nível de atualização das mesmas. Esta informação direcionará a correta elaboração e apresentação do plano de trabalho bem como definir se o período de transição proposto é compatível com a necessidade apresentada. Resposta: A situação da documentação dos sistemas será fornecida durante a Vistoria Técnica, conforme item 4 da especificação técnica Para o item O pagamento da Autorização de Serviço está condicionado à aprovação e assinatura, pela CONTRATANTE, do Relatório de Serviços Prestados (RSP). Qual o prazo máximo para esta administração realizar a aprovação e emissão do Relatório de Serviços Prestados? Resposta: A emissão do Relatório de Serviços Prestados (RSP) é de responsabilidade da Contratada. O prazo para realizar a aprovação e assinatura do RSP pela ECT será acordado entre as partes de acordo com a característica da demanda O pagamento dos serviços após aprovação e emissão do Relatório de Serviços Prestados será realizado em quantos dias? Resposta: O desembolso dos serviços prestados será realizado conforme as condições definidas no item 6 (DO PAGAMENTO) das Condições Gerais da Contratação.

3 1.2 - Sugestão de Habilitação para o LOTE Atestado de Capacidade Técnica, fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado, em documento timbrado comprovando a experiência em projetos de desenvolvimento e manutenção baseado no framework Scrum que totalizem, no período de 1 (um) ano ininterrupto, (oito mil) Pontos de Função, em regime de fábrica de software. Resposta: Encontra-se sob análise a necessidade da apresentação do Atestado de Capacidade Técnica comprovando experiência em Métodos Ágeis Atestado de Capacidade Técnica, fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado, em documento timbrado comprovando a experiência da licitante em projetos de desenvolvimento de software de mesma natureza e porte para a Web (Internet ou Intranet) nas etapas de Requisitos de Sistema, Análise, Projeto e Implementação, Teste, Homologação, Implantação, Gestão do Projeto, Gerência de Configuração de Software que utilizaram a linguagem de programação Microsoft C# e o Banco de dados Microsoft SQL 2008 ou superior, totalizando, no mínimo, (cinco mil) Pontos de Função no período de 1 (um) ano ininterrupto. Resposta: Não acolhida. Será exigida a comprovação da prestação de serviços nas tecnologias Java, Python e ColdFusion visto que as mesmas representarão maior volume de demandas Atestado de Capacidade Técnica, fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado, em documento timbrado comprovando a experiência da licitante em projetos de desenvolvimento de software de mesma natureza e porte para a Web (Internet ou Intranet) nas etapas de Requisitos de Sistema, Análise, Projeto e Implementação, Teste, Homologação, Implantação, Gestão do Projeto, Gerência de Configuração de Software que utilizaram a linguagem de programação JAVA e o Banco de dados Oracle 10g ou superior, totalizando, no mínimo, (cinco mil) Pontos de Função no período de 1 (um) ano ininterrupto. Resposta: Não acolhida. Serão mantidas as condições estabelecidas na alínea b.1, subitem das Condições Gerais da Contratação Atestado de Capacidade Técnica, fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado, em documento timbrado comprovando a experiência em gerenciamento de projetos segundo processos estabelecidos pelo Project Management Institute PMI, no Project Management BodyofKnowledge PMBOK, que totalizem, no período de 1 (um) ano ininterrupto, (oito mil) Pontos de Função, em regime de fábrica de software. Resposta: Encontra-se sob análise a necessidade da comprovação de experiência em gerenciamento de projetos Atestado de Capacidade Técnica, fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado, em documento timbrado comprovando a experiência da licitante em contagem

4 baseada na técnica de Análise de Ponto de Função do International Function Point Users Group (IFPUG), realizada por especialista(s) certificado em Ponto de Função (Certified Function Point Especialist CPFS) pelo IFPUG em projetos que totalizem, no mínimo, (oito mil) Pontos de Função no período ininterrupto de 1 (um) ano, em regime de fábrica de software. Resposta: Não acolhida. Serão mantidas as condições estabelecidas na alínea a, subitem das Condições Gerais da Contratação Atestado de Capacidade Técnica, fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado, em documento timbrado comprovando a experiência na utilização de sistema para controle das demandas de desenvolvimento ou manutenção de software, em período ininterrupto de 1 (um) ano, e com o registro de, pelo menos, 100 (cem) registros diferentes de Ordens de Serviço ou Solicitações de Mudança na sua base de dados; Resposta: Não acolhida. Esta exigência não é imprescindível para atestar a aptidão da licitante para desempenho de atividade pertinente e compatível em características, quantidades e prazos com o objeto da licitação Declaração pela licitante de que possui os recursos humanos e ferramentas necessários para cada tipo de serviço objeto deste processo licitatório que conste do memorial descritivo, em especial os itens a do referido memorial descritivo. Resposta: Não acolhida. Não se deve exigir como condição de qualificação técnica na fase de habilitação, que os licitantes possuam em seu quadro permanente profissionais certificados. 1.3 Contratação do LOTE 1 A adjudicatária obriga-se a apresentar, como condição para a assinatura do contrato, no prazo de 5 (cinco) dias, a documentação abaixo relacionada: profissionaiscertificados Microsoft Certified Technology Specialist - NET Framework 4, Web Applications profissionalcertificado Microsoft Certified Solutions Developer - Web Applications profissional certificado Microsoft Certified Professional Developer - Web Developer profissionaiscertificados Microsoft Certified Technology Specialist - SQL Server 2008, Implementation and Maintenance profissionaiscertificados Java Sun Certified Enterprise Architect for the Java 2 Platform, ou Oracle Certified Master, Java EE 5 Enterprise Architect ou superior profissionaiscertificados SUN Certified Business Component Developer, Enterprise Edition ou Oracle Certified Business Component Developer profissionais certificados Oracle Database 10g Administrator Certified Professional profissionais com certificação oficial Scrum Master reconhecido pela Scrum Alliance ou pela Scrum. Org. Resposta: Não Acolhida. As exigências quanto à alocação de profissionais certificados estão definidas no item 10 da especificação técnica. Estes profissionais atuarão como prepostos da Contratada.

5 Ademais, os serviços serão prestados nas instalações da Contratada, não havendo ingerência por parte da ECT sob os recursos humanos alocados na prestação dos serviços Certificado de Maturidade de Processos CapabiltyMaturityModel (CMM) nível 3, CapabilityMaturityModelIntegrator (CMMI) nível 3, em vigência, reconhecido pelo SEI (Software EngineeringInstitute), ESI (European Software Institute) ou CRIM (Centre de RechercheInformatique de Montreal) ou certificado do Programa de Melhoria de Processo do Software Brasileiro (MPS-BR) nível C vigente e expedido por instituição qualificada e autorizada para este fim. Esse documento deverá ser entregue na fase de habilitação do processo licitatório Não será aceita documentação que indique encontrar-se a Proponente em vias de obtenção da certificação, ou que se encontre em processo de auditoria para tanto, ou com prazo de validade expirado, ou que de qualquer outra maneira não comprove encontrar-se com certificação definitiva e em vigência. Nos casos em que a Certificação possui prazo de validade e este não estiver explicitado no documento, deverá ser juntada prova documental de que a certificação está vigente. Resposta: As exigências acerca dos modelos de maturidade de processos na fase de habilitação técnica serão reavaliadas Prova documental de que a PROPONENTE possui parceria oficial com a Microsoft de nível Gold ou Silver nas competências relacionadas a desenvolvimento de software; Resposta: Não acolhida. Não é uma condição técnica imprescindível para prestação dos serviços Prova documental de que a PROPONENTE possui Parceria oficial com a Oracle Oracle CertifiedPartner. Resposta: Não acolhida. Não é uma condição técnica imprescindível para prestação dos serviços. 2) Questões do Lote 02: 2.1 Dúvidas: Por favor, informar o volume histórico de serviços de Manutenção e Evolução de solução de DW/BI nos últimos 12 meses? Volume de Manutenção Adaptativa? Volume de Manutenção Corretiva? Resposta: Estas informações poderão ser obtidas durante a Vistoria Técnica, conforme item 4 da especificação técnica Consta do item 9.2 Especificação Técnica - Manutenção do BI (Lote 02) que A critério da CONTRATANTE, os serviços poderão ser executados nas dependências da CONTRATANTE, na Administração Central, em Brasília/DF. Para o lote 02 os serviços serão executados somente em Brasília/DF?

6 Resposta: Sim Sugestão de Habilitação para o LOTE Atestado(s) de Capacidade Técnica, fornecidos por pessoa jurídica de direito privado ou órgãos ou entidades da administração pública, que comprove que a LICITANTE executou ou executa serviços de Desenvolvimento de Sistemas de Business Intelligence (BI) de mesma natureza ou similares aos da presente LICITAÇÃO, em quantidades e prazos compatíveis com o objeto do presente EDITAL, em um período de 12 meses ininterruptos. Resposta: Não acolhida. Serão mantidas as condições estabelecidas na alínea a, subitem das Condições Gerais da Contratação. 2.3 Contratação do LOTE 2 A adjudicatária obriga-se a apresentar, como condição para a assinatura do contrato, no prazo de 5 (cinco) dias, a documentação abaixo relacionada: Prova documental de que a PROPONENTE possui Parceria oficial com a Oracle Oracle CertifiedPartner. Resposta: Não acolhida. Não é uma condição técnica imprescindível para prestação dos serviços. 3) Questões do Lote 03: 3.1 Dúvidas: Para o item Para cálculo da remuneração e definição do prazo de execução do serviço será(ão) considerada(s) a(s) atividade(s) efetivamente executada(s) pela CONTRATADA. Qual a literatura/ referência utilizada para se definir o Quadro 7 Distribuição dos Esforços das Atividades de Qualificação do Software e o Quadro 8 Distribuição dos Esforços das Atividades de Qualificação do Sistema? Resposta: Os percentuais de distribuição dos esforços referentes às atividades de teste de qualificação de software e de sistema foram baseados nos dados históricos da ECT Sugestão de Habilitação para o LOTE 3: Atestado(s) de Capacidade Técnica, fornecidos por pessoa jurídica de direito privado ou órgãos ou entidades da administração pública, que comprove que a LICITANTE executou ou executa serviços de Fábrica de Testes incluindo teste gerenciado pelo negócio, engenharia de testes funcionais, não-funcionais, automação de testes e testes de vulnerabilidade baseados em práticas de segurança da informação. Resposta: Não acolhida. Serão mantidas as condições estabelecidas no subitem das Condições Gerais da Contratação.

7 Declaração pela licitante de que possui os recursos humanos e ferramentas necessários para cada tipo de serviço objeto deste processo licitatório que conste do memorial descritivo, em especial ao iten 3.3 do referido memorial descritivo. Resposta: Não acolhida. Não se deve exigir como condição de qualificação técnica na fase de habilitação, que os licitantes possuam em seu quadro permanente profissionais certificados. 3.3 Contratação do LOTE 3 A adjudicatária obriga-se a apresentar, como condição para a assinatura do contrato, no prazo de 5 (cinco) dias, ao menos 04 profissionais com uma das certificações abaixo relacionada: Certificação CSQA Certified Software QualityAnalyst; Emitida pela QAI QualityAssuranceInstitute; ou CSTE - Certified Software Tester; Emitida pela QAI QualityAssuranceInstitute; ou CBTS - Certificação Brasileira de Teste de Software; Emitida pela ALATS - Associação Latino Americana de Teste de Software; ou CTFL - ISTQB Certified Tester; Emitidapela BSTQB Brazilian Software Testing Qualifications Board Resposta: Não Acolhida. As condições quanto à alocação de profissionais certificados estão definidas no item 10 da especificação técnica. Estes profissionais atuarão como prepostos da Contratada. Ademais, os serviços serão prestados nas instalações da Contratada, não havendo ingerência por parte da ECT sob os recursos humanos alocados na prestação dos serviços.

SEÇÃO V SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01. Especificação de Perfis Profissionais

SEÇÃO V SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01. Especificação de Perfis Profissionais SEÇÃO V SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 Especificação de Perfis Profissionais SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 1 CONTEÚDO 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. EQUIPE GERENCIAL E

Leia mais

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 235/2013

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 235/2013 MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 235/2013 NOME DA INSTITUIÇÃO: Stefanini Consultoria e Assessoria em Informática S.A. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL ATO REGULATÓRIO:

Leia mais

Ref: Edital da Concorrência nº. 01/2009. termos do edital, pelas razões a seguir: 1º PEDIDO DE ESCLARECIMENTO:

Ref: Edital da Concorrência nº. 01/2009. termos do edital, pelas razões a seguir: 1º PEDIDO DE ESCLARECIMENTO: Ref: Edital da Concorrência nº. 01/2009 Empresa interessada no certame solicitou PEDIDO DE ESCLLARECI IMENTTO,, aos termos do edital, pelas razões a seguir: 1º PEDIDO DE ESCLARECIMENTO: 1) Com relação

Leia mais

ANEXO 2 CONDIÇÕES PARA HABILITAÇÃO

ANEXO 2 CONDIÇÕES PARA HABILITAÇÃO 1 1 INSTRUÇÕES GERAIS ANEXO 2 CONDIÇÕES PARA HABILITAÇÃO 1.1 A habilitação do licitante classificado em primeiro lugar será verificada on line, durante a sessão pública, no Sistema de Cadastro Unificado

Leia mais

Respostas às Contribuições à Consulta Pública. Contratação de Serviços Especializados na Área de TI

Respostas às Contribuições à Consulta Pública. Contratação de Serviços Especializados na Área de TI TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DIRETORIA GERAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE SISTEMAS Respostas às Contribuições à Consulta Pública Contratação de Serviços Especializados

Leia mais

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica 491 ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica Nº Processo 0801428311 Licitação Nº EDITAL DA CONCORRÊNCIA DEMAP Nº 09/2008 [Razão ou denominação social do licitante] [CNPJ] A. Fatores de Pontuação Técnica:

Leia mais

ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica

ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica 449 ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica A. Fatores de Pontuação Técnica: Critérios Pontos Peso Pontos Ponderados (A) (B) (C) = (A)x(B) 1. Qualidade 115 1 115 2. Compatibilidade 227 681.

Leia mais

MONTREAL / RIO DE JANEIRO

MONTREAL / RIO DE JANEIRO QUESTIONAMENTOS CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/14 MONTREAL / RIO DE JANEIRO 1 Quanto às certificações solicitadas nos itens 2.3, 2.4, e 2.5 da página 136 do Edital, perguntamos: Dado que a Norma ABNT NBR

Leia mais

PROPOSTA TÉCNICA/PLANILHA DE AVALIAÇÃO (com Alteração 01)

PROPOSTA TÉCNICA/PLANILHA DE AVALIAÇÃO (com Alteração 01) CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC Nº 001/2010 ANEXO II 1 PROPOSTA TÉCNICA/PLANILHA DE AVALIAÇÃO (com Alteração 01) I - Atestados, certidões e comprovantes I.1 Todos os documentos, atestados e certificados deverão

Leia mais

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 74/2014

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 74/2014 Edital COP Fábrica de Sites 2014 EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 74/2014 A PROCERGS COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, torna público que, conforme autorização contida

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA - ESCLARECIMENTOS DAS CONTRIBUIÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO REGISTRO DE PREÇOS

CONSULTA PÚBLICA - ESCLARECIMENTOS DAS CONTRIBUIÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO REGISTRO DE PREÇOS CONSULTA PÚBLICA - ESCLARECIMENTOS DAS CONTRIBUIÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO REGISTRO DE PREÇOS Em reposta a Consulta Pública abaixo indicada, prestamos os seguintes esclarecimentos às contribuições apresentadas:

Leia mais

ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À CONSULTA PÚBLICA Nº 010/2015

ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À CONSULTA PÚBLICA Nº 010/2015 ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À CONSULTA PÚBLICA Nº 010/2015 NOME DA INSTITUIÇÃO: Hepta Tecnologia em Informática Ltda. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL EMENTA: OBJETO: Obter contribuições

Leia mais

Carreira e Certificação em Teste de Software

Carreira e Certificação em Teste de Software Qualidade não é um destino, é uma jornada Carreira e Certificação em Teste de Software Centro de Treinamento Oficial Centro de Treinamento Exclusivamente Dedicado a Teste de Software e Garantia da Qualidade

Leia mais

Carreira e Certificação em Teste de Software TDC2012 :: José Correia

Carreira e Certificação em Teste de Software TDC2012 :: José Correia Qualidade não é um destino, é uma jornada :: Líder pela Qualidade Edward Deming Carreira e Certificação em Teste de Software TDC2012 :: José Correia Coordenador José Correia Fundador da Iterasys, Consultor

Leia mais

ANEXO III DO EDITAL FAO 001/2008 CRITÉRIOS E PARÂMETROS DE PONTUAÇÃO TÉCNICA

ANEXO III DO EDITAL FAO 001/2008 CRITÉRIOS E PARÂMETROS DE PONTUAÇÃO TÉCNICA ANEXO III DO EDITAL FAO 001/2008 CRITÉRIOS E PARÂMETROS DE PONTUAÇÃO TÉCNICA 1. FATOR DESEMPENHO A nota técnica deste quesito será atribuída à licitante que possuir melhor desempenho na prestação de serviços

Leia mais

ANEXO V CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO

ANEXO V CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC Nº 008/2008 1 1- PLANILHA DE PONTUAÇÃO TÉCNICA FATOR QUALIDADE ANEXO V CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO Item Descrição Peso 2 1.1 A licitante será pontuada pela comprovação de parceria com

Leia mais

ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS

ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS As qualificações técnicas exigidas para os profissionais que executarão os serviços contratados deverão ser comprovados por meio dos diplomas, certificados, registros

Leia mais

SUPLEMENTO Nº 02. O presente Suplemento tem por finalidade proceder as alterações do edital do Pregão PE.DAQ.G.00031.2011, conforme abaixo:

SUPLEMENTO Nº 02. O presente Suplemento tem por finalidade proceder as alterações do edital do Pregão PE.DAQ.G.00031.2011, conforme abaixo: PE.DAQ.G.00031.2011 1/7 SUPLEMENTO Nº 02 O presente Suplemento tem por finalidade proceder as alterações do edital do Pregão PE.DAQ.G.00031.2011, conforme abaixo: 1) Na Seção III, subitem 3.3 Documentação

Leia mais

DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011

DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011 DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011... RESPOSTAS AOS QUESTIONAMENTOS FEITOS PELA EMPRESA AVANSYS TECNOLOGIA LTDA, CNPJ MF sob nº 04.181.950/0001-10,

Leia mais

Gestão de contratos de Fábrica de Software. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Gestão de contratos de Fábrica de Software. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Gestão de contratos de Fábrica de Software Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Agenda Diretriz (Método Ágil); Objeto de contratação; Volume de serviços estimado; Plataformas de Desenvolvimento;

Leia mais

EDITAL CONCORRÊNCIA N.º 283/2009

EDITAL CONCORRÊNCIA N.º 283/2009 EDITAL CONCORRÊNCIA N.º 283/2009 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NO DESENVOLVIMENTO DE SOLUÇÕES INFORMATIZADAS PARA ELABORAÇÃO DO SISTEMA DENOMINADO CENTRAL DE ATENDIMENTO DO SESI-SP NORMAS ESPECÍFICAS

Leia mais

EDITAL. Superintendência de Gestão Gerência de Licitações e Contratos. PREGÃO - ELETRÔNICO Nº. 29/2014 Processo número 50500.026362/2014-71 OBJETO

EDITAL. Superintendência de Gestão Gerência de Licitações e Contratos. PREGÃO - ELETRÔNICO Nº. 29/2014 Processo número 50500.026362/2014-71 OBJETO Superintendência de Gestão Gerência de Licitações e Contratos PREGÃO - ELETRÔNICO Nº. 29/2014 Processo número 50500.026362/2014-71 EDITAL OBJETO Registro de Preços para eventual contratação de empresa

Leia mais

2.2 - Prestação de Serviços de Suporte Técnico Assistido

2.2 - Prestação de Serviços de Suporte Técnico Assistido Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2011 1 DO OBJETO 1.1 - Contratação de empresa para o fornecimento de licenças de uso de software SAP, BusinessObjects Enterprise - BOE, com manutenção

Leia mais

Esclarecimentos aos questionamentos sobre a consulta pública do projeto GRP Minas

Esclarecimentos aos questionamentos sobre a consulta pública do projeto GRP Minas Esclarecimentos aos questionamentos sobre a consulta pública do projeto GRP Minas 1. Produtos. a. Não foram encontradas referencias aos artefatos de fábrica de software que devem ser entregues, somente

Leia mais

Comissão Especial de Licitação Concorrência nº 397/2010 Verificador Independente RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011

Comissão Especial de Licitação Concorrência nº 397/2010 Verificador Independente RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011 RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011 EDITAL DE LICITAÇÃO 1. É dito no item 9.6.3 que os atestados de capacitação técnica a que se refere o item 9.6.1 (I a III) deverão ser fornecidos por

Leia mais

Programa 04/12/2008 05/12/2008. 1. Relato de experiência Integração de modelos CMMI, MPS.BR e ISO 9000 na 7COMm Sergio Esmério (7COMm)

Programa 04/12/2008 05/12/2008. 1. Relato de experiência Integração de modelos CMMI, MPS.BR e ISO 9000 na 7COMm Sergio Esmério (7COMm) 04/12/2008 05/12/2008 1. Relato de experiência Integração de modelos CMMI, MPS.BR e ISO 9000 na 7COMm Sergio Esmério (7COMm) 2. A importância do fator humano no desenvolvimento de software Daniel Dystyler

Leia mais

ANEXO IV CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO

ANEXO IV CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC Nº 007/2008 1 1 - PLANILHA DE PONTUAÇÃO TÉCNICA FATOR QUALIDADE Item Descrição Peso 3 1.1 A licitante será pontuada pela comprovação de parceria com fabricante de produtos de TI.

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROCESSO Nº 1931-09.00/14-0

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROCESSO Nº 1931-09.00/14-0 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROCESSO Nº 1931-09.00/14-0 Contrato AJDG Nº 064/2014 Das Partes: CONTRATANTE: O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da, órgão administrativo do MINISTÉRIO PÚBLICO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 014/2014

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 014/2014 1 OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 014/2014 Anexo I 1.1 Registro de Preços RP, por 12 (doze) meses, de produtos e serviços SAP Business Objects (BO) e SAP Sybase, a saber: Lote 1 - Licenças

Leia mais

Fundada em 2005, a Cedro tem como objetivo transformar o mundo através de pessoas e tecnologias, com atuação global e sustentável.

Fundada em 2005, a Cedro tem como objetivo transformar o mundo através de pessoas e tecnologias, com atuação global e sustentável. Resumo Executivo Fundada em 2005, a Cedro tem como objetivo transformar o mundo através de pessoas e tecnologias, com atuação global e sustentável. Hoje a Cedro conta com mais de 100 Cedrenses (como são

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 03/2010 - BNDES ANEXO III PROJETO BÁSICO: FATORES DE PONTUAÇÃO TÉCNICA

CONCORRÊNCIA AA Nº 03/2010 - BNDES ANEXO III PROJETO BÁSICO: FATORES DE PONTUAÇÃO TÉCNICA CONCORRÊNCIA AA Nº 03/2010 - BNDES ANEXO III PROJETO BÁSICO: FATORES DE PONTUAÇÃO TÉCNICA 1. INTRODUÇÃO Em virtude da intelectualidade manifesta dos serviços a serem licitados será adotado o tipo de licitação

Leia mais

Banco do Brasil Diretoria de Tecnologia. Fábrica de Projetos - Projeto Básico. Anexo A - Especificação Técnica

Banco do Brasil Diretoria de Tecnologia. Fábrica de Projetos - Projeto Básico. Anexo A - Especificação Técnica Banco do Brasil Diretoria de Tecnologia Fábrica de Projetos - Projeto Básico Anexo A - Especificação Técnica 1. Objeto Contratação de empresa ou consórcio de empresas para a prestação de serviços técnicos

Leia mais

1º LOTE DE QUESTIONAMENTOS. Respostas a pedidos de esclarecimento

1º LOTE DE QUESTIONAMENTOS. Respostas a pedidos de esclarecimento EDITAL DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 1501122000167/2012 TIPO: TÉCNICA E PREÇO REGIME DE EXECUÇÃO: EMPREITADA POR PREÇO GLOBAL PROCESSO DE COMPRA N.º: 1501122000167/2012 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Anexo I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

TERMO DE REFERÊNCIA Anexo I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA TERMO DE REFERÊNCIA Anexo I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE DISTRIBUIÇÃO, LICENCIAMENTO, ATUALIZAÇÃO E TREINAMENTO DE PRODUTOS MICROSOFT. 1 1 - OBJETO Registro de Preços para contratação

Leia mais

Testes Direcionados aos Resultados do Negócio TMap Next TDC2012 :: José Correia

Testes Direcionados aos Resultados do Negócio TMap Next TDC2012 :: José Correia Qualidade não é um destino, é uma jornada :: Líder pela Qualidade Edward Deming Testes Direcionados aos Resultados do Negócio TMap Next TDC2012 :: José Correia Coordenador José Correia Fundador da Iterasys,

Leia mais

Sou um especialista em SQL Server em todas as funções existentes: DBA, programação T SQL, BI, SSAS, SSIS

Sou um especialista em SQL Server em todas as funções existentes: DBA, programação T SQL, BI, SSAS, SSIS CV de Nuno Teixeira Resumo Olá, Sou um especialista em SQL Server em todas as funções existentes: DBA, programação T SQL, BI, SSAS, SSIS e SSRS. Tenho tido muita experiência hands on com o SQL Server,

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA Referência: CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 - BNDES Data: / / Licitante: CNPJ:

Leia mais

ANEXO VII ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 025/2013 PROCESSO Nº 22101.09451/12-06 SEFAZ

ANEXO VII ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 025/2013 PROCESSO Nº 22101.09451/12-06 SEFAZ ANEXO VII ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 025/2013 PROCESSO Nº 22101.09451/12-06 SEFAZ Aos 07 (sete) dias do mês de junho de 2013, na DO GOVERNO DO ESTADO DE RORAIMA CPL/RR, localizada na

Leia mais

ADENDO N.º 02 CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 20130001/SEPLAG/CCC

ADENDO N.º 02 CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 20130001/SEPLAG/CCC ADENDO N.º 02 CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 20130001/SEPLAG/CCC OBJETO: LICITAÇÃO DO TIPO TÉCNICA E PREÇO PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE IMPLANTAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO

Leia mais

Trabalho para a disciplina de Seminários I do curso de Gerência de Projetos de Software para a PUC-Rio.

Trabalho para a disciplina de Seminários I do curso de Gerência de Projetos de Software para a PUC-Rio. Fábrica de Software Trabalho de Seminários I 07 Fábrica de Software Trabalho para a disciplina de Seminários I do curso de Gerência de Projetos de Software para a PUC-Rio. Alam Braga 072.069.003 Bruno

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO BRASIL CAU/BR

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO BRASIL CAU/BR ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO BRASIL CAU/BR CAST INFORMÁTICA S.A., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 03.143.181/0001-01, com sede

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE MEDIÇÕES EM PONTOS DE FUNÇÃO

TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE MEDIÇÕES EM PONTOS DE FUNÇÃO Termo de Referência TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE MEDIÇÕES EM PONTOS DE FUNÇÃO Agosto 2014 Página 2 de 14 1. OBJETO...

Leia mais

COMUNICADO DE ABERTURA

COMUNICADO DE ABERTURA COMUNICADO DE ABERTURA Processo Seletivo - Prazo Determinado nº 004/2014, de 13/07/2014 Convênio 076/2010 MDIC/ABDI SICONV N 751776/2010 1. VAGAS OFERECIDAS Cargo Cargo I ADI NS Especialista Analista de

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº 06/2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS

CONCORRÊNCIA Nº 06/2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS CONCORRÊNCIA Nº 06/2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS Pergunta 1: Com relação a qualificação econômico-financeira, o item 3.8.3.2 requer um capital social integralizado não inferior a R$ 800.000,00. Esse valor

Leia mais

Termo de Referência. Prestação de Serviços de Treinamento na área de Gerenciamento de Projetos

Termo de Referência. Prestação de Serviços de Treinamento na área de Gerenciamento de Projetos Termo de Referência Prestação de Serviços de Treinamento na área de Gerenciamento de Projetos Maio/2012 Índice 1. OBJETO... 3 2. ESCOPO... 3 3. PRAZO... 7 4. LOCAL DE TREINAMENTO... 7 5. HORÁRIO DE TREINAMENTO...

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA TERMO DE REFERÊNCIA Registro de Preços para prestação de serviço de atualização de licenças de uso do produto Citrix Xenapp, aquisição de novas licenças, subscrição e suporte ao software Citrix e suporte

Leia mais

Patrícia Salazar, PMP, MBA, ITIL, COBIT, CTFL, GREEN IT Gestora do PMO na Benner Sistemas patricia.miranda@benner.com.br

Patrícia Salazar, PMP, MBA, ITIL, COBIT, CTFL, GREEN IT Gestora do PMO na Benner Sistemas patricia.miranda@benner.com.br Patrícia Salazar, PMP, MBA, ITIL, COBIT, CTFL, GREEN IT Gestora do PMO na Benner Sistemas patricia.miranda@benner.com.br Resumo Possuo 14 anos de forte experiência na área de TI liderando diversas áreas

Leia mais

Qualificar pessoas pra produzir resultados diferenciados

Qualificar pessoas pra produzir resultados diferenciados Qualificar pessoas pra produzir resultados diferenciados (61) 3024-0532 www.dissemine.com.br SCRN 702/703 bl. C Loja 50 - Asa Norte - Brasília - DF - CEP: 70.720-630 SOBRE A DISSEMINE TREINAMENTOS EM TI

Leia mais

EDITAL. Superintendência de Gestão Gerência de Licitações e Contratos. Processo número 50500.026362/2014-71 OBJETO

EDITAL. Superintendência de Gestão Gerência de Licitações e Contratos. Processo número 50500.026362/2014-71 OBJETO Superintendência de Gestão Gerência de Licitações e Contratos PREGÃO - ELETRÔNICO Nº. 40/2014 Processo número 50500.026362/2014-71 EDITAL OBJETO Registro de Preços para eventual contratação de empresa

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ASSESSORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ASSESSORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANALISE DA PROPOSTA TÉCNICA DOS PARA EDITAL 0001/010 Profissional: Administrador de Sistemas Alcançada Classificação Habilidades e capacitação Num. De Certificados Pontos a) Descrição do cargo: Atuar como

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA REALIZAÇÃO DE CONSULTORIA EM AUDITORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA REALIZAÇÃO DE CONSULTORIA EM AUDITORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA REALIZAÇÃO DE CONSULTORIA EM AUDITORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TERMOS DE REFERÊNCIA 1.OBJETO Contratação de Serviço de Consultoria especializada em AUDITORIA

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Fábrica de Software Código e Teste

TERMO DE REFERÊNCIA. Fábrica de Software Código e Teste TERMO DE REFERÊNCIA Fábrica de Software Código e Teste 1. Objeto Os serviços de codificação e testes para o desenvolvimento e/ou manutenção de sistemas de informação, de acordo com a metodologia, especificações,

Leia mais

COMUNICADO DE ABERTURA

COMUNICADO DE ABERTURA COMUNICADO DE ABERTURA Processo Seletivo - Prazo Determinado nº 002/2013, de 27/01/2013 1. VAGAS OFERECIDAS Item Cargo Formação Exigida CARGO I CARGO II ADI NS Sênior - Governança de TI ADI NS Sênior -

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DE SOFTWARES

TERMO DE REFERÊNCIA INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DE SOFTWARES TERMO DE REFERÊNCIA INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DE SOFTWARES 1. Objeto 1.1 Implantação de ferramenta para Solução Integrada de Gerenciamento de Portfólio e Projetos, em regime de empreitada integral, que

Leia mais

Empresa tem 1,5 mil vagas de emprego em TI

Empresa tem 1,5 mil vagas de emprego em TI Empresa tem 1,5 mil vagas de emprego em TI Rogerio Jovaneli, de INFO Online Segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011-15h51 SÃO PAULO - A Cast, fornecedora de soluções e serviços em TI, revela dispor de 1,5

Leia mais

Questão: Entendemos que apenas um atestado atende as duas solicitações. Está correto nosso entendimento?

Questão: Entendemos que apenas um atestado atende as duas solicitações. Está correto nosso entendimento? ILMA. SRA. PREGOEIRA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2009

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA GERENCIA EXECUTIVA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 RELAÇÃO DE ITENS ASSUNTOS 1. OBJETIVO... 1 2. DO OBJETO... 2 3. DA MOTIVAÇÃO... 2 4. DA JUSTIFICATIVA DO OBJETO... 3 5. DOS RESULTADOS A SEREM ALCANÇADOS...

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 44/2015 ESCLARECIMENTO N. 5

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 44/2015 ESCLARECIMENTO N. 5 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento 5 Referência: Pregão Eletrônico n. 44/2015 Data: 23/12/2015 Objeto: Contratação de serviços técnicos especializados na área de Tecnologia da Informação (TI), compreendendo

Leia mais

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD CONCORRÊNCIA PÚBLICA INTERNACIONAL Nº 02430/2008

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD CONCORRÊNCIA PÚBLICA INTERNACIONAL Nº 02430/2008 Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD CONCORRÊNCIA PÚBLICA INTERNACIONAL Contratação de empresa especializada em tecnologia da informação para o desenvolvimento de Sistema Nacional de

Leia mais

Edital. A notícia completa pode ser lida no link a seguir: http://idag.jusbrasil.com.br/noticias/2611942/pregao-eletronico-robos-

Edital. A notícia completa pode ser lida no link a seguir: http://idag.jusbrasil.com.br/noticias/2611942/pregao-eletronico-robos- RESPOSTA AS SUGESTÕES ENVIADAS DA MINUTA DE EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS NA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, COMPREENDENDO ASSESSORIA TÉCNICA NA ÁREA DE TI;

Leia mais

ANEXO I Proposta. Lote 1 - Serviços de consultadoria funcional. Identificação do Concorrente. Denominação Social:

ANEXO I Proposta. Lote 1 - Serviços de consultadoria funcional. Identificação do Concorrente. Denominação Social: Lote 1 - Serviços de consultadoria funcional Lote 1 Serviços de consultadoria funcional Preço hora do PERFIL GESTÃO DOCUMENTAL 15% Preço hora do PERFIL GESTOR DE PROJETO 10% Preço hora do PERFIL CONSULTOR

Leia mais

ANEXO I AO EDITAL N.º MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO I AO EDITAL N.º MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I AO EDITAL N.º MEMORIAL DESCRITIVO MODALIDADE DE LICITAÇÃO: CONCORRÊNCIA TIPO DE LICITAÇÃO: TÉCNICA E PREÇO CRITÉRIO DE JULGAMENTO: 70% TÉCNICA E 30% PREÇO Sumário ANEXO I AO EDITAL N.º... 1 MEMORIAL

Leia mais

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES SF/CPL PROCESSO nº 2013-0.119.771-4 PREGÃO ELETRÔNICO SF/CPL 10/2013

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES SF/CPL PROCESSO nº 2013-0.119.771-4 PREGÃO ELETRÔNICO SF/CPL 10/2013 PROCESSO nº 2013-0.119.771-4 PREGÃO ELETRÔNICO SF/CPL 10/2013 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SF/CPL 10/2013 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2013-0.119.771-4 MODALIDADE: PREGÃO ELETRÔNICO CRITÉRIO DE JULGAMENTO:

Leia mais

Nº Questionamento na íntegra Resposta

Nº Questionamento na íntegra Resposta Ref.: LPI 001/2014 - Fábrica de Software Respostas aos questionamentos Nº Questionamento na íntegra Resposta 1 No Edital em questão, no item 6.1 d Não serão aceitas joint venture, Seção VIII - Condições

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO. PREGÃO PRESENCIAL N o 03/2010 TIPO "MENOR PREÇO"

EDITAL DE LICITAÇÃO. PREGÃO PRESENCIAL N o 03/2010 TIPO MENOR PREÇO 1 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL N o 03/2010 TIPO "MENOR PREÇO" O Presidente do CONTRATANTE, no uso de suas atribuições legais, por delegação de poderes nos termos do Decreto 11.512 de 02 de janeiro

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI 1. OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada para executar serviços de manutenção evolutiva, corretiva, adaptativa e normativa

Leia mais

VALEC: Desenvolvimento Sustentável para o Cerrado Brasileiro 1ª ERRATA EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 008/2008

VALEC: Desenvolvimento Sustentável para o Cerrado Brasileiro 1ª ERRATA EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 008/2008 1ª ERRATA EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 008/2008 1) INSTRUÇÕES ÀS LICITANTES ITEM 6.2.4 QUALIFICAÇÃO TÉCNICA Onde se lê: 6.2.4 Qualificação Técnica a) Registro/Certidão de inscrição no CREA e/ou CRA, da empresa

Leia mais

ANEXO 7 MODELOS DE ATESTADOS E DECLARAÇÕES

ANEXO 7 MODELOS DE ATESTADOS E DECLARAÇÕES 467 ANEXO 7 MODELOS DE ATESTADOS E DECLARAÇÕES 1. Disposições Gerais A) As declarações devem estar em papel timbrado da licitante, contendo o nome, cargo ou função, dados de identificação (CPF e identidade),

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM DO COOPERATIVISMO SESCOOP UNIDADE NACIONAL

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM DO COOPERATIVISMO SESCOOP UNIDADE NACIONAL SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM DO COOPERATIVISMO SESCOOP UNIDADE NACIONAL EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 23/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO Data: 04/02/2015 Horário: 09h 30min Local: SAUS QD 04, Bloco

Leia mais

Ferramenta Web para Gerência de Requisitos e de Projetos em Conformidade com o Modelo de Referência do MPS.BR

Ferramenta Web para Gerência de Requisitos e de Projetos em Conformidade com o Modelo de Referência do MPS.BR Ferramenta Web para Gerência de Requisitos e de Projetos em Conformidade com o Modelo de Referência do MPS.BR Instituto Centro-Oeste de Desenvolvimento de Software Cristiano Lehrer cristiano@icodes.org.br

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, CSPO, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP Especializações Certificações Mestre em Informática

Leia mais

DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO - DAD COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS CGADM COORDENAÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA COINF SERVIÇO DE LICITAÇÃO - SELIC

DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO - DAD COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS CGADM COORDENAÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA COINF SERVIÇO DE LICITAÇÃO - SELIC DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO - DAD COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS CGADM COORDENAÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA COINF SERVIÇO DE LICITAÇÃO - SELIC Of. n.º 319/2009 Brasília, 11 de maio de 2009. Ref.:

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação TERMO DE REFERÊNCIA 1. Objeto 1.1. Contratação de empresa especializada em auditoria de tecnologia da informação e comunicações, com foco em segurança da informação na análise de quatro domínios: Processos

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

Análise de Ponto de Função APF. Aula 08

Análise de Ponto de Função APF. Aula 08 Análise de Ponto de Função APF Aula 08 Agenda Parte 01 Introdução a Métricas de Software Parte 02 A Técnica de APF Técnicas de Contagem Verificação de Requisitos Estimativas (Modelos e Ferramentas) Gerenciamento

Leia mais

Modelo V e a Qualidade de Software Wall Street institute

Modelo V e a Qualidade de Software Wall Street institute :: Líder pela Qualidade Modelo V e a Qualidade de Software Wall Street institute Centro de Treinamento Oficial v. 1.0.0 Centro de Treinamento Exclusivamente Dedicado a Teste de Software e Garantia da Qualidade

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 005/2014 PROCESSO Nº: 015.937/2013 PREÂMBULO

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 005/2014 PROCESSO Nº: 015.937/2013 PREÂMBULO Página 1 de 65 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 005/2014 PROCESSO Nº: PREÂMBULO Oferta de Compra nº 162301160572014OC00010 Endereço Eletrônico: www.bec.sp.gov.br ou www.bec.fazenda.sp.gov.br Data do Início

Leia mais

A Nota do Fator Suporte de Serviços NS será atribuída com os seguintes critérios:

A Nota do Fator Suporte de Serviços NS será atribuída com os seguintes critérios: ANEXO XIII PONTUAÇÃO TÉCNICA/PREÇO 1 Fatores de Avaliação e Respectivas Pontuações Fator de Avaliação - FA Nota Nota Máxima Peso Pontuação Ponderada Máxima S: Suporte NS 40 3 120 Q: Qualidade NQ 30 2 60

Leia mais

CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013

CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013 CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013 CONCESSÃO ADMINISTRATIVA PARA DESENVOLVIMENTO, IMPLANTAÇÃO, OPERAÇÃO, MANUTENÇÃO E GERENCIAMENTO DA SOLUÇÃO GRP DO MUNICÍPIO

Leia mais

2. Usuários Cadastrados para Contribuições na Consulta Pública:

2. Usuários Cadastrados para Contribuições na Consulta Pública: 1. Publicação da Consulta Pública: 2. Usuários Cadastrados para Contribuições na Consulta Pública: Usuário Data de cadastramento E-mail jeduardo 31-07-2012 eduardo.santos@skipgroup.com.br jussara 31-07-2012

Leia mais

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 200-3-18/2011 1 DA MODALIDADE DE LICITAÇÃO

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 200-3-18/2011 1 DA MODALIDADE DE LICITAÇÃO EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 200-3-18/2011 1 DA MODALIDADE DE LICITAÇÃO 1.1 O Sistema FIERGS, por meio da s do Sistema FIERGS, torna público através do presente EDITAL, a realização da licitação, na modalidade

Leia mais

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 1: ITEM 2. CMMI for DEV Intermediate V. 1.3 TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A COMPONENTE DE FORMAÇÃO

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 1: ITEM 2. CMMI for DEV Intermediate V. 1.3 TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A COMPONENTE DE FORMAÇÃO República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008 CENTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008 Anexo II 1 DO OBJETO 1.1 - Prestação de serviços de suporte técnico assistido

Leia mais

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia P ORTFÓ FÓLIO Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia versão 1.1 ÍNDICE 1. A EMPRESA... 3 2. BI (BUSINESS INTELLIGENCE)... 5 3. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS... 6 3.1. PRODUTOS

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Pregão Presencial nº 001/2008. 2.1 Reposição de partes e de peças de produtos em uso no PRODERJ:

TERMO DE REFERÊNCIA Pregão Presencial nº 001/2008. 2.1 Reposição de partes e de peças de produtos em uso no PRODERJ: ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA Pregão Presencial nº 001/2008 1 DO OBJETO 1.1 Prestação de serviços de suporte especializado destinado ao gerenciamento da infra-estrutura de TIC da Rede Governo (INFOVIA.RJ),

Leia mais

BANCO DE DADOS EVER SANTORO

BANCO DE DADOS EVER SANTORO BANCO DE DADOS EVER SANTORO EVER SANTORO DBA Oracle e desenvolvedor Java Processamento de dados MBA em Gestão Empresarial Mestrando em Engenharia da Produção DBA Oracle desde 2001 Sun Certified Associate

Leia mais

A empresa Linknet Tecnologia & Telecomunicação Ltda. apresentou impugnação datada de 15 de junho de 2009, ao edital do Pregão Eletrônico nº 71/2008.

A empresa Linknet Tecnologia & Telecomunicação Ltda. apresentou impugnação datada de 15 de junho de 2009, ao edital do Pregão Eletrônico nº 71/2008. Decisão de Pregoeiro n 0021/2009-SLC/ANEEL Em 22 de junho de 2009. Processo nº: 48500.003566/2008-44 Licitação: Pregão Eletrônico nº 71/2008 Assunto: Análise da IMPUGNAÇÃO AO EDITAL apresentada pela empresa

Leia mais

Aluna: Vanessa de Mello Orientador: Everaldo Artur Grahl

Aluna: Vanessa de Mello Orientador: Everaldo Artur Grahl Ferramenta web para gerenciamento de projetos de software baseado no Scrum Aluna: Vanessa de Mello Orientador: Everaldo Artur Grahl Introdução Roteiro da apresentação Objetivos do trabalho Fundamentação

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA - ESCLARECIMENTOS DAS CONTRIBUIÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO REGISTRO DE PREÇOS

CONSULTA PÚBLICA - ESCLARECIMENTOS DAS CONTRIBUIÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO REGISTRO DE PREÇOS CONSULTA PÚBLICA - ESCLARECIMENTOS DAS CONTRIBUIÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO REGISTRO DE PREÇOS Em reposta a Consulta Pública abaixo indicada, prestamos os seguintes esclarecimentos às contribuições apresentadas:

Leia mais

1 de 8 16/03/2011 14:37

1 de 8 16/03/2011 14:37 1 de 8 16/03/2011 14:37 250005.1542010.6875.4170.227813965884.108 MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria Executiva/MS Subsecretaria de Assuntos Administrativos Departamento de Logística Ata de Realização do Pregão

Leia mais

SENADO FEDERAL Secretaria Especial de Informática PRODASEN

SENADO FEDERAL Secretaria Especial de Informática PRODASEN Processo nº 411/02-7 CONTRATO Nº 007/2004 Que entre si celebram, de um lado, a Secretaria Especial de Informática do Senado Federal - PRODASEN e, do outro, COMP LINE INFORMÁTICA LTDA., objetivando a prestação

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DA CASA CIVIL

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DA CASA CIVIL PREGÃO ELETRÔNICO CASA CIVIL/RJ nº PE003//14 NOTA DE ESCLARECIMENTOS DE 25/04/2014 Questão de 25 de maio de 2014, 10h29 1- A empresa MC Engenharia e Treinamentos LTDA foi fundada neste ano e ganhando esta

Leia mais

Boas práticas, vedações e orientações para contratação de serviços de desenvolvimento e manutenção de software (Fábrica de Software)

Boas práticas, vedações e orientações para contratação de serviços de desenvolvimento e manutenção de software (Fábrica de Software) MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Secretaria de Tecnologia da Informação Departamento de Infraestrutura e Serviços de Tecnologia da Informação Departamento de Governança e Sistemas de Informação

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS 01/2014

PESQUISA DE PREÇOS 01/2014 PESQUISA DE PREÇOS 01/2014 Considerando a necessidade de aquisição de software integrado de gestão, para atender as necessidades desta Prefeitura Municipal de Porto Alegre, solicitamos que as empresas

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PARA REGISTRO DE PREÇO MODALIDADE CONCORRÊNCIA PROCESSO DE LICITAÇÃO 5000/001/2011 CONCORRÊNCIA Nº001/2011

EDITAL DE LICITAÇÃO PARA REGISTRO DE PREÇO MODALIDADE CONCORRÊNCIA PROCESSO DE LICITAÇÃO 5000/001/2011 CONCORRÊNCIA Nº001/2011 EDITAL DE LICITAÇÃO PARA REGISTRO DE PREÇO MODALIDADE CONCORRÊNCIA PROCESSO DE LICITAÇÃO 5000/001/2011 CONCORRÊNCIA Nº001/2011 OBJETO CONSISTE NA FORMAÇÃO DE REGISTRO DE PREÇO PARA FUTURA E EVENTUAL CONTRATAÇÃO

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM TESTE DE SOFTWARE A DISTÂNCIA 4ª Turma

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM TESTE DE SOFTWARE A DISTÂNCIA 4ª Turma CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM TESTE DE SOFTWARE A DISTÂNCIA 4ª Turma PARCERIA COM O PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE DO DISTRITO FEDERAL (PMI DF). PERÍODO: INÍCIO PREVISTO DO CURSO: 15 DE FEVEREIRO

Leia mais

GOVERNANÇA DE TIC. IST Instituto Senai de Tecnologia Londrina. Ademir Morgenstern Padilha

GOVERNANÇA DE TIC. IST Instituto Senai de Tecnologia Londrina. Ademir Morgenstern Padilha GOVERNANÇA DE TIC IST Instituto Senai de Tecnologia Londrina Ademir Morgenstern Padilha IST Instituto Senai de Tecnologia O IST Instituto Senai de Tecnologia, é uma plataforma de Tecnologia da Informação

Leia mais

Gerenciamento de Aquisições em. Projetos. Germano Fenner, PMP. Introdução

Gerenciamento de Aquisições em. Projetos. Germano Fenner, PMP. Introdução Germano Fenner, PMP Introdução Apresentação Apresentação Apresentação Germano Fenner, COBIT, CSM, ITIL, MBA, MSc, PMP, especialista em planejamento e gestão de projetos, é certificado PMP (Project Management

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL DIRETORIA-GERAL DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO Nº 28/2008

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL DIRETORIA-GERAL DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO Nº 28/2008 Tribunal de Contas do Distrito Federal Pág. 1 de 24 TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL DIRETORIA-GERAL DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO Nº 28/2008 TIPO: Menor Preço REGIME: Empreitada por Preço Global REGIDO

Leia mais

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Coordenadoria de Apoio Logístico Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Coordenadoria de Apoio Logístico Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA Processo n.º E-04/. /2012. Contratação de empresa para fornecimento e instalação de sistema de gerenciamento de tráfego para elevadores do prédio da SEFAZ, localizado na Avenida Presidente Vargas, 670

Leia mais