MONTREAL / RIO DE JANEIRO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MONTREAL / RIO DE JANEIRO"

Transcrição

1 QUESTIONAMENTOS CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/14 MONTREAL / RIO DE JANEIRO 1 Quanto às certificações solicitadas nos itens 2.3, 2.4, e 2.5 da página 136 do Edital, perguntamos: Dado que a Norma ABNT NBR ISO 9001:2008, válida a partir de 28/12/2008, atualiza a anterior 9001:2000, serão aceitas as certificações obtidas com base na norma atualizada? Resposta: Sim, tanto a ISO 9001:2000 como a ISO 9001:2008 são um conjunto de normas técnicas que estabelecem um modelo de gestão de qualidade para organizações em geral, tendo como diferença entre elas, uma atualização elevando os requisitos desta, o que não descaracteriza a versão mais nova. 2 Quanto à certificação CBTS Certificação Brasileira de Teste de Software solicitada no item 1.5 da página 135 do Edital, perguntamos: A certificação CTFL Certification Tester Foundation Level, emitida pela Brazilian Software Testing Qualification Board BSTQB será aceita para o atendimento do requerido no item? Resposta: Sim, a certificação CTFL possui o mesmo objetivo porém com reconhecimento internacional. A CAST INFORMÁTICA S.A 1-4. Referente ao item 4.1. PONTUAÇÃO TÉCNICA do edital, o subitem 1.5 do FATOR 1 - SUPORTE DE SERVIÇOS exige que o Licitante apresente profissional certificado em CBTS Certificação Brasileira de Testes de Software, para fins de pontuação técnica. Por se tratar de equivalência de certificações, entendemos que o

2 Licitante que dispor de profissional certificado CTFL Certified Tester, Foundation Level do BSTQB - Brazilian Software Testing Qualifications Board estará obtendo a pontuação máxima para este requisito, uma vez que as duas certificações atendem aos mesmos requisitos. Está correto nosso entendimento? Resposta: Sim, a certificação CTFL possui o mesmo objetivo, porém com reconhecimento internacional. 2 - A primeira versão do edital referente à concorrência 01/2014 não previa a possibilidade de formação de consórcio. Diante da alteração para a permissão, não foi possível encontrar as regras impostas por esse órgão para a formação do mesmo. Gostaríamos de saber quando serão publicadas as regras para formação de consórcio? R: A uma errata disponível nos site do e com as informações solicitadas. 3 - Para a comprovação do subitem 6.6 da Qualificação Técnica do edital nos Documentos de Habilitação, entendemos que apenas uma das empresas consorciadas deverá apresentar o atestado de capacidade técnica solicitado, não sendo necessário que as 2 (duas) empresas em consórcio comprovem a mesma atividade. Está correto nosso entendimento? RESPOSTA: Sim, não é necessário que todas as empresas que fazem parte do consórcio apresentem os mesmos certificados, ate porque este modelo de gestão permite que empresas de especialidades distintas, se unam para atender as qualificações exigidas no Projeto Básico deste edital. 4 - O item 19 Obrigações da Contratada, Anexo 7 do Projeto Básico, determina que: A CONTRATADA deverá colocar à disposição do CONTRATANTE um suporte telefônico (Help-desk) através de uma linha 0800 com atendimento 24x7 das 07:00 às 20:00, para abertura de chamados e esclarecimento de quaisquer dúvidas a

3 respeito das tecnologias previstas na cobertura do contrato, com atendimento na língua portuguesa, contendo um endereço eletrônico ( ) de suporte e página Web; A CONTRATADA deverá estender o suporte telefônico e Help-desk aos domingos, no caso em que exista o funcionamento das unidades em caráter excepcional. Perguntamos: Qual o horário deve ser o de atendimento? 24x7? De 7 às 20 de segunda a sábado? De 7 às 20 de segunda a domingo? Ou domingo apenas em casos excepcionais? Caso seja o último caso, com que frequência acontece o trabalho aos domingos? RESPOSTA: O regime de funcionamento aos Domingos será apenas nos casos excepcionais, sendo assim, não temos como dimensionar sua frequência. EMPRESA OPUSTRAN 1 - Qual o vínculo empregatício dos profissionais com as certificações exigidas? (PMP,CDIA, SGBD, ITIL, CBTS, MCSE); Os profissionais deverão possuir vínculo formal com a empresa que irá prestar o serviço Licitado. 2 - Esses profissionais terão que trabalhar exclusivamente nesse projeto? RESPOSTA: Sim, profissionais que serão alocados nos Postos de Serviços. 3 - A certificação CMMI exigida pode ser substituída pelo MPS.BR? RESPOSTA: Sim 4 - A certificação MPS foi justamente criada para ser equivalente ao CMMI e por ser brasileira, ser incluída nos editais de licitação? RESPOSTA: Pode ser utilizada com o Nível de equivalência a CMMI 5 - A certificação CMMI / MPS pode estar em curso ou a empresa já deve ter o certificado? O processo de implantação de cada nível leva pelo menos 1 ano.

4 RESPOSTA: A Empresa deverá apresentar a Certificação no Ato da Licitação. 6 - Sobre a certificação ISO-9001 em sistemas de informação, ao que exatamente o edital se refere? Ao processo de desenvolvimento de software? RESPOSTA: O Edital se refere em relação a ISO-9001 quanto aos padrões de Gestão de Qualidade, principalmente em relação aos processos de desenvolvimento e manutenção de sistemas. 7 - Qual empresa pode nos atestar quanto a nossa experiência em TI e no segmente de trânsito? RESPOSTA: A Empresa na qual a Licitante já prestou Serviço de Tecnologia semelhante ao Objeto da Licitação. O Atestado poderá ser verificado pelo DETRAN RJ José Pinheiro Filho Diretor Geral TIC. DBA ENGENHARIA DE SISTEMAS LTDA 1 - A data de realização da Concorrência em epígrafe foi alterada, através de errata, de 15/05/2014 às 15:00horas para 19/05/2014 às 15:00horas. No entanto o edital acessível através do site indica a data de abertura 16/06/2014 às 15:00horas. Nossa empresa entende que a data de 16/06/2014 às 15:00horas é a válida. Está correto este entendimento? RESPOSTA: Sim 2 - A Cláusula Oitava, Parágrafo Segundo, item (a) da Minuta do Contrato (ANEXO I) estabelece a obrigatoriedade da contratada pagar horas extras aos seus empregados. Entretanto, o edital não estabelece a estimativa de horas extras a serem executadas, impedindo que se faça a correta precificação da proposta. Entendemos que o Edital

5 deverá ser retificado com a estimativa de horas extras ou com a exclusão deste item da Minuta do Contrato. Nosso entendimento está correto? RESPOSTA: Este projeto é de prestação de serviço, e as obrigações constante da cláusula citada trata da relação empregado e empregador, sendo de inteira responsabilidade da contratada os custos com os funcionários na realização dos serviços descritos no Projeto Básico deste Edital. 3 - No ANEXO VII (Projeto Básico), item (19) consta a obrigatoriedade da contratada em realizar atualização da solução em relação aos componentes do software. Não há o estabelecimento de prazo para esta garantia. Entendemos que esta garantia expirará com o encerramento da vigência do contrato. Está correto nosso entendimento? RESPOSTA: Sim. IBERBRAS COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO LTDA 1 - Em relação à concorrência supra referenciada, vimos por meio deste solicitar-lhes o seguinte esclarecimento: No item 5.2 do Edital (pág. 03), afirma a não permissão da participação de consórcio de empresas.no anexo 8 do Edital (MODELO DE DECLARAÇÃO DE ELABORAÇÃO INDEPENDENTE DE PROPOSTA pg. 124), em dois momentos menciona o termo consórcio abrindo dúvida quanto a possibilidade ou não desta condição. Gostaríamos de saber se será ou não permitida a participação das empresas em forma de consórcio. RESPOSTA: Será permitida a participação de consorcio de empresas conforme ERRATA nº01/14.

6 COHIDRO, CONSULTORIA, ESTUDOS E PROJETOS LTDA 1 - Devido a complexidade, importância e expertise que o objeto da Concorrência 0001/2014 DETRAN-RJ exige, levando-se ainda em conta a exigência de armazenamento sigilosos, não deveria haver a exigência da comprovação e certificação de CPD Centro de Processamento de Dados? É o que se observa e suscitamos para que seja esse ponto de real relevância, até mesmo para segurança da Administração Pública contratante, certificando com isso a excelência de quem está participando do certame e vier ser vencedora; RESPOSTA: O objeto do edital trata da contratação de serviço, sendo assim é de total responsabilidade da empresa vencedora da licitação, prover serviços dentro das condições exigidas no edital, incluindo segurança da informação. O DETRAN-RJ norteia suas licitações referenciada a lei 8666, onde somos impedidos de exigirmos características que impeça a livre competitividade do mercado, além do que, o histórico de vários outros serviços semelhantes contratados pelo DETRAN-RJ, não demonstra esta necessidade, portanto não se justifica qualquer alteração no presente edital. 2 - Outro ponto de extrema necessidade para melhor assegurar a Administração Pública é a exigência da certificação da ISO , tendo em vista que sem tal certificação coloca em risco a qualidade e excelência de licitantes ao Órgão Público; RESPOSTAS: O objeto do edital trata da contratação de serviço, sendo assim é de total responsabilidade da empresa vencedora da licitação, prover serviços dentro das condições exigidas no edital, incluindo segurança da informação. O DETRAN-RJ norteia suas licitações referenciada a lei 8666, onde somos impedidos de exigirmos características que impeça a livre competitividade do mercado, além do que, o histórico de vários outros serviços semelhantes contratados pelo DETRAN-RJ, não demonstra esta necessidade, portanto não se justifica qualquer alteração no presente edital.

7 3 - Finalmente, no que tange ao subitem 2.2 do Fator 2 CAPACITAÇÃO o mesmo não se coaduna com o objeto licitado, ou seja,...contratação de empresa para fornecimento e instalação de um sistema integrado de identificação e monitoramento de veículos que comparecem nas unidades do DETRAN-RJ (...), pois a exigência contida no referido subitem, qual seja a comprovação de fábrica de software com certificação CMMI Nível 2, Nível 3, Nível 4 ou Nível 5, diverge do objeto licitado, pois é de fornecimento de prestação de monitoramento, instalação e fornecimento de sistema integrado e não fabricação. RESPOSTA: O subitem referenciado não é eliminatório e nem restritivo, e sua comprovação, esta relacionado a necessidade de desenvolvimento de software para integração de produtos e módulos diversos (compõem o objeto deste edital), aos sistemas internos exclusivos do DETRAN-RJ. Portanto, não se justifica qualquer alteração no presente edital. REAL CONSTRUTORA E SERVIÇOS LTDA 1 - Na forma do disposto no Decreto Estadual nº , de 18/09/2003, o licitante vencedor deverá apresentar, como condição para assinatura do contrato, declaração (Anexo 5) de que preenche, em seus quadros, o percentual mínimo de empregados beneficiários da Previdência Social reabilitados ou de pessoas portadoras de deficiência habilitada, observando a seguinte proporção: I de cem a duzentos empregados, 2% (dois por cento); II de duzentos e um a quinhentos empregados, 3% (três por cento); III de quinhentos e um a mil empregados, 4% (quatro por cento); IV mais de mil empregados, 5% (cinco por cento). Depreende-se da leitura do item supramencionado que há 4 categorias de empresas de acordo com a quantidade de empregados. No caso de a empresa possuir menos de cem

8 empregados, tendo em vista que o decreto não abrange este grupo, entendemos que não há necessidade de atender ao percentual citado. É correto o nosso entendimento? RESPOSTA: O licitante deverá atender ao exigido no decreto de 18/09/ No item 8.9 do Anexo 7 o Edital menciona: 8.9 SUBSISTEMA DE SOFTWARE (...) Licença de Sistema Gerenciador de Bancos de Dados (SGBD) Oracle ou Microsoft SQL que deverão ser fornecidos pela empresa contratada. (...) Na etapa do plano detalhado de implantação, deverá ser validada toda a especificação lógica do sistema, em termos de requisitos e regras de negócio, com a aprovação da área usuária do DETRAN-RJ, para a construção do software. Neste item há exigência de que as licenças de SGBD sejam Oracle ou Microsoft SQL. Entendemos que esta exigência provoca uma restrição à competitividade, na medida em que o uso do SGBD de marca IBM DB2 ou outros, incluindo software livre, como exemplo o My SQL, atendem às necessidades do serviço, devendo portanto serem também aceitas, em respeito à livre concorrência entre os licitantes e ao princípio da competitividade. Nesse sentido, este item do edital precisa ser alterado para que haja inclusão dos outros banco de dados. RESPOSTA: O ambiente do DETRAN-RJ não esta restrito a um único fabricante, e seu universo e expertise de SGBD esta composto por ADABAS, Oracle e Microsoft SQL e sua escolha esta sustentada por este tripé. Os fabricantes dos produtos selecionados para o projeto estão disponíveis no mercado para qualquer empresa, pelas redes de representantes comerciais e distribuidores, portanto o principio da livre concorrência esta preservado, não havendo razão para alteração no edital. 3 - Há citação ainda, de que...deverá ser validada toda a especificação lógica do sistema... para a construção do software. Neste caso, o nosso entendimento é de que este item será necessário no caso de o vencedor necessitar desenvolver o software em questão, e portanto, estará dispensado, caso o software já exista, seja de prateleira e

9 atenda as necessidades do projeto. É correto o nosso entendimento? Há necessidade de esclarecimento deste item do Edital, já que mostra-se obscuro e pairam dúvidas a respeito do texto publicado. RESPOSTA: O universo do DETRAN-RJ e amplo e complexo, e para integração dos produtos considerados padrão de prateleira com o ambiente operacional do DETRAN- RJ, poderá haver a necessidade de desenvolvimento de software de integração, estando claramente evidenciado no texto que trata deste assunto no edital. Portanto não existe razão para alteração do edital. 4 - No item do anexo 7 Página 79 são quantificados 2 servidores em alta disponibilidade e estes servidores são compostos de 2 processadores de 4 núcleos. Cada sistema de software tem requisitos diferentes e esta quantificação pode ser excessiva e/ou insuficiente. O nosso entendimento é o de que deverão ser disponibilizados a quantidade de servidores necessária para a operação em regime de alta disponibilidade no modo ativo-passivo, contendo no mínimo 2 processadores Intel de 4 núcleos. É correto o nosso entendimento? Há necessidade de esclarecimento deste item do Edital, já que mostra-se obscuro. RESPOSTA: Por varias vezes nos subitens que descrevem as características técnicas do equipamento, é mencionada de forma clara a condição mínima exigida, sendo assim, e por se tratar de prestação de serviço, a licitante esta livre para caso queira ou achar necessário ao atendimento da qualidade do serviço especificada nesta edital, prover equipamentos de maior performance. Portanto não existe razão para alteração do edital. 5 - No item 14 do anexo 7 Paginas 98, 99 e 100 são definidos profissionais que serão disponibilizados nas fases de implementação e pós implementação, no entanto não são definidos os horários e datas necessárias. Nesse sentido é que gostaríamos de entender, e de que esta informação esteja contida nos termos do Edital, qual será o regime de horários deverá ser atendido, quais os horários do dia e a quantidade de dias

10 na semana. Este item do Edital está obscuro e precisa ser retificado para que determine a carga horária necessária dos profissionais e que seja incluída essa informação no Edital. RESPOSTA: O objeto deste edital trata sobre a contratação de empresa para fornecimento e instalação de um sistema integrado de identificação e monitoramento de veículos que comparecem nas unidades do DETRAN/RJ, ou seja, nos postos de vistoria, sendo assim fica condicionado que o regime de horário para a prestação do serviço é igual aos destas unidades de atendimento ao publico. 6 - No item 19 Página 118 É solicitado suporte telefônico com atendimento 24x7 das 07:00 às 20:00. Adicionalmente solicitasse a eventual extensão de suporte aos domingos em casos excepcionais. Para efeito de clarificação o suporte deverá ser 24x7 (vinte e quatro horas por dia / sete dias por semana) ou De segunda a sábado das 7:00 às 20:00 com eventual extensão do serviço aos domingos quando solicitado? Este item do Edital está controverso, pois estabelece determinações distintas, e precisa ser retificado, de maneira a definir qual é a carga horária do atendimento do suporte telefônico. RESPOSTA: O regime de funcionamento aos Domingos será apenas nos casos excepcionais e informado com antecedência para a licitante vencedora, sendo assim, não temos como dimensionar sua frequência e período de funcionamento, já para os demais dias o período está claramente especificado no item do edital. Portanto não existe razão para alteração do edital. 7 - Além disso, no item 5.3 o Edital menciona: Não será permitida a participação na licitação de mais de uma empresa sob o controle de um mesmo grupo de pessoas, físicas ou jurídicas. Gostaríamos de confirmar o entendimento de que será possível utilizar atestados de capacidade técnica de empresas sob o controle de um mesmo grupo de pessoas, físicas ou jurídicas, sem que estas estejam participando da licitação. RESPOSTA: Não.

11 8 - No item 9.2.1, página 64 do edital é solicitado o cabeamento estruturado e a infraestrutura de rede. Esta infraestrutura deverá ser considerada para todos os 59 portos ou apenas naqueles marcados como convencionais? Há necessidade de esclarecimento deste item do Edital, já que mostra-se obscuro. RESPOSTA: Sim, não há distinção do tipo de Posto (Convencional ou Eletrônico) no item especificado, cabendo a Licitante considerar para todos os Postos de Serviços. Portanto não existe razão para alteração do edital. 9 - Ademais, importante é a informação referente ao tipo de piso entre os escritórios dos postos e as linhas. Qual material este piso é feito em cada posto, asfalto, concreto, brita etc? Há necessidade de esclarecimento deste item e/ou inclusão desta informação, já que não consta no corpo do Edital. RESPOSTA: Estes dados poderão ser levantados com a ASSENG na realização da Visita técnica O projeto prevê um cronograma de entrega distribuído em 12 (doze) meses sendo que são definidas as quantidades de linhas a serem entregues por mês. A distribuição de linhas segue uma sequência de postos já definida ou ficará a critério do fornecedor definir a sequência de postos a entregar para operação? Caso a sequência de postos já estiver definida pelo órgão, qual será esta sequência? Há necessidade de esclarecimento deste item do Edital, já que mostra-se obscuro. RESPOSTA: Conforme item 10, Deverá ser feita uma análise técnica de cada Posto de Vistoria, criando-se um documento contendo um cronograma de implantação com um prazo de 12 meses para adequação e operacionalização destes, observando as características individuais de cada Posto de Vistoria como: carga elétrica, adequações estruturais, disponibilização dos recursos dentre outros, visando adequar a infraestrutura local de cada Posto ao Projeto. Este cronograma será realizado com a participação do Licitante Vencedor e representantes do DETRAN-RJ

12 11 - No ato da visita técnica definida no item 6.6 do edital, página 7, entendemos que serão disponibilizadas as plantas baixas de cada um dos postos e centrais citados neste edital. É correto o nosso entendimento? RESPOSTA: Sim, e conforme consta no item 10 Os Postos de vistoria do DETRAN/RJ não possuem uma planta padrão, contendo peculiaridades específicas por unidade. Com o objetivo de dar transparência ao processo e visando munir de informações às empresas participantes deste certame, no ato da Visita Técnica será disponibilizado as plantas baixas de todos os Postos de Vistoria, caso a seja de interesse da Licitante.

DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO - DAD COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS CGADM COORDENAÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA COINF SERVIÇO DE LICITAÇÃO - SELIC

DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO - DAD COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS CGADM COORDENAÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA COINF SERVIÇO DE LICITAÇÃO - SELIC DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO - DAD COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS CGADM COORDENAÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA COINF SERVIÇO DE LICITAÇÃO - SELIC Of. n.º 319/2009 Brasília, 11 de maio de 2009. Ref.:

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.493/2012 PE 0101/2013

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.493/2012 PE 0101/2013 EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.493/2012 PE 0101/2013 1 - No ANEXO II, TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS, Notebooks

Leia mais

10 - Para atendimento ao item 8.10.1.1, o evento internacional deverá ter ocorrido fora do Brasil?

10 - Para atendimento ao item 8.10.1.1, o evento internacional deverá ter ocorrido fora do Brasil? Pedidos de esclarecimento PE 10/2016 até 23/05/2016 Os questionamentos foram organizados em ordem cronológica ganhando cada um uma numeração de 1 a 38. 1 A empresa concorrente a este pregão poderá participar

Leia mais

ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica

ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica EDITAL DA CONCORRÊNCIA DEMAP Nº 04/008 ANEXO PT. 08014905 ANEXO Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica A. Fatores de Pontuação Técnica: Critérios Pontos Peso Pontos Ponderados (A) (B) (C) = (A)x(B)

Leia mais

CIRCULAR 20/2012 Brasília, 23 de julho de 2012.

CIRCULAR 20/2012 Brasília, 23 de julho de 2012. CIRCULAR 20/2012 Brasília, 23 de julho de 2012. Prezados Senhores, Em atenção ao pedido de esclarecimento formulado por licitantes ao Pregão Eletrônico nº 05/2012, informamos o que se segue: QUESTIONAMENTO

Leia mais

Ref: Edital da Concorrência nº. 01/2009. termos do edital, pelas razões a seguir: 1º PEDIDO DE ESCLARECIMENTO:

Ref: Edital da Concorrência nº. 01/2009. termos do edital, pelas razões a seguir: 1º PEDIDO DE ESCLARECIMENTO: Ref: Edital da Concorrência nº. 01/2009 Empresa interessada no certame solicitou PEDIDO DE ESCLLARECI IMENTTO,, aos termos do edital, pelas razões a seguir: 1º PEDIDO DE ESCLARECIMENTO: 1) Com relação

Leia mais

DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL

DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO S.R.P N.º 073/2013 PROCESSO N.º 000147_2013 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPOS ENTERAIS E PARENTERAIS, COM CESSÃO EM REGIME DE COMODATO DE 380 BOMBAS DE INFUSÃO VOLUMÉTRICA. DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº. 004/2014. Respostas às Dúvidas e Sugestões

AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº. 004/2014. Respostas às Dúvidas e Sugestões AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº. 004/2014 Respostas às Dúvidas e Sugestões Referência: Considerações apresentadas pela empresa xxx 1) Questões do Lote 01: 1.1 - Dúvidas 1.1.1 - Haja vista a lista apresentada no Catálogo

Leia mais

MINISTÉRIO DO TURISMO SECRETARIA-EXECUTIVA DIRETORIA DE GESTÃO INTERNA COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS Comissão Especial de Licitação

MINISTÉRIO DO TURISMO SECRETARIA-EXECUTIVA DIRETORIA DE GESTÃO INTERNA COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS Comissão Especial de Licitação MINISTÉRIO DO TURISMO SECRETARIA-EXECUTIVA DIRETORIA DE GESTÃO INTERNA COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS Comissão Especial de Licitação Processo nº 72030.00000099/2011-64 Assunto: Respostas aos

Leia mais

CENTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESCLARECIMENTOS DE PRETENSOS LICITANTES

CENTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESCLARECIMENTOS DE PRETENSOS LICITANTES ESCLARECIMENTOS DE PRETENSOS LICITANTES Referência: Pregão Eletrônico nº 009/2011, para Registro de Preços RP, por 12 meses, para locação de microcomputadores e notebooks. Assunto: Esclarecimentos ao Edital

Leia mais

EDITAL N 04/2015 SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS DE NÍVEL SUPERIOR E MÉDIO

EDITAL N 04/2015 SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS DE NÍVEL SUPERIOR E MÉDIO EDITAL N 04/2015 SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS DE NÍVEL SUPERIOR E MÉDIO A Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos - FINATEC, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, por meio

Leia mais

Minuta de Termo de Referência

Minuta de Termo de Referência Minuta de Termo de Referência Contratação de serviço para elaboração do mapeamento, análise, propostas e implantação de melhorias nos processos de trabalho da Coordenadoria Geral de Licenciamento Ambiental

Leia mais

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO PE 052/2012

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO PE 052/2012 QUESTIONAMENTOS ACERCA DO PE 052/2012 1) Conforme determinação das normas fiscais, a Certisign está obrigada a fornecer notas fiscais separadas, uma para certificado digital, uma vez que a emissão dessas

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PROCEDIMENTO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE Nº 001/CISCEA/2015

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PROCEDIMENTO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE Nº 001/CISCEA/2015 1 MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PROCEDIMENTO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE Nº 001/CISCEA/2015 PMI - GESTÃO DA REDE DE COMUNICAÇÕES INTEGRADA DO COMAER (GRCIC)

Leia mais

ESCLARECIMENTO 2. 3) Qual o prazo para a Telebrás informar a empresa sobre sua qualificação ou desqualificação?

ESCLARECIMENTO 2. 3) Qual o prazo para a Telebrás informar a empresa sobre sua qualificação ou desqualificação? ESCLARECIMENTO 2 1) De acordo com o item 1.2 do Termo de Referência 002 3800/2015, emitido no dia 05 de Junho de 2015, e publicado com o Edital de Pré Qualificação no site da Telebrás, no dia 10 de Agosto

Leia mais

Luiz A. Paranhos Velloso Junior Presidente da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro ID. 1919046-8

Luiz A. Paranhos Velloso Junior Presidente da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro ID. 1919046-8 PORTARIA JUCERJA N.º 1.408, DE 25 DE AGOSTO DE 2015. APROVA REGULAMENTO DE CREDENCIAMENTO DE PERITOS GRAFOTÉCNICOS, NO ÂMBITO DA JUCERJA. O PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, no

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 22/2013 ESCLARECIMENTO N. 2

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 22/2013 ESCLARECIMENTO N. 2 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento n. 2 Referência: Pregão Eletrônico n. 22/2013 Data: 23/4/2013 Objeto: Contratação de serviços técnicos especializados de atendimento remoto e presencial a usuários de Tecnologia

Leia mais

QUESTIONAMENTOS PE 017/12

QUESTIONAMENTOS PE 017/12 QUESTIONAMENTOS PE 017/12 QUESTIONAMENTO COMERCIAL LICITAÇÕES Não localizei no edital do pregão em referência, solicitação de vistoria como requisito de habilitação, não será necessária realização de vistoria

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008. Dispõe sobre o processo de contratação de serviços de Tecnologia da Informação pela Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional. O SECRETÁRIO

Leia mais

ESCLARECIMENTO V PREGÃO 31/2015

ESCLARECIMENTO V PREGÃO 31/2015 MEC Ministério da Educação Uasg 150002 ESCLARECIMENTO V PREGÃO 31/2015 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 31/2015 Processo nº 23000.010097/2015-59 PERGUNTA 1: Conforme o item 2 do edital o mesmo cita que o Ministério

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Processo: E-08/005.017/2009 Data: 10/07/2009 Rubrica: Fls.

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Processo: E-08/005.017/2009 Data: 10/07/2009 Rubrica: Fls. Trata-se de impugnações apresentadas pelas sociedades empresárias ECCO ENGENHARIA CLINICA CONSULTORIA LTDA, INNOVAMED MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS LTDA ME, MEDSYSTEM COMÉRCIO, MANUTENÇÃO E SERVIÇOS

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 03/2010 - BNDES ANEXO III PROJETO BÁSICO: FATORES DE PONTUAÇÃO TÉCNICA

CONCORRÊNCIA AA Nº 03/2010 - BNDES ANEXO III PROJETO BÁSICO: FATORES DE PONTUAÇÃO TÉCNICA CONCORRÊNCIA AA Nº 03/2010 - BNDES ANEXO III PROJETO BÁSICO: FATORES DE PONTUAÇÃO TÉCNICA 1. INTRODUÇÃO Em virtude da intelectualidade manifesta dos serviços a serem licitados será adotado o tipo de licitação

Leia mais

Segue abaixo respostas aos questionamentos efetuados: Para fins de definição dos serviços de migração, gentileza nos informar:

Segue abaixo respostas aos questionamentos efetuados: Para fins de definição dos serviços de migração, gentileza nos informar: Prezada Zilene, Segue abaixo respostas aos questionamentos efetuados: Questionamento 01 O edital solicita: O fornecimento dos produtos integrantes do do LOTE 3 compreende os serviços de migração dos dados

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS Esclarecimento I PERGUNTA 1: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS 7.5.3. documentação técnica do fabricante dos componentes cotados, incluindo partes de manuais e catálogos, que comprovem o atendimento

Leia mais

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO 1. LICENCIAMENTO 1.1. Todos os componentes da solução devem estar licenciados em nome da CONTRATANTE pelo período de 36 (trinta e seis) meses; 1.2. A solução deve prover suporte técnico 8 (oito) horas

Leia mais

PERGUNTA 1: RESPOSTA 1: ESCLARECIMENTO IV. PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 6/2013 Processo nº. 23000.014204/2012-75

PERGUNTA 1: RESPOSTA 1: ESCLARECIMENTO IV. PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 6/2013 Processo nº. 23000.014204/2012-75 MEC Ministério da Educação Esplanada dos Ministérios, Bloco L, Anexo I, sala 313 CEP 70047-900 Brasília-DF Telefone (61) 2022-7034 Fax (61) 2022-7041 PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 6/2013 Processo nº. 23000.014204/2012-75

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças TERMO DE REFERÊNCIA

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA Código de Classificação: 13.02.01.15 1 DO OBJETO: A presente licitação tem por objeto a contratação de empresa para prestação dos serviços de cobertura securitária (seguro) para assegurar

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO (PIBIC-EM/CNPq) EDITAL Nº 005/2015 PROPPG, de 17 de março de 2015

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO (PIBIC-EM/CNPq) EDITAL Nº 005/2015 PROPPG, de 17 de março de 2015 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO (PIBIC-EM/CNPq) EDITAL Nº 005/2015 PROPPG, de 17 de março de 2015 A Reitoria do, por meio da (PROPPG/IFG), torna público o processo

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DE ALAGOAS COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DE ALAGOAS COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS DA UNITECH 1) No item 5.2 dos critérios de qualidade, entendemos que não será aceita declaração, desacompanhada do certificado de qualidade. É correto o nosso entendimento?

Leia mais

Pregão Eletrônico 51/12 1. SOFTWARE ONE: Questionamento 1 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 2 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 3 - Duvida: RESPOSTA

Pregão Eletrônico 51/12 1. SOFTWARE ONE: Questionamento 1 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 2 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 3 - Duvida: RESPOSTA Disponibilizamos, para o conhecimento das interessadas, a resposta da área técnica deste TRT, acerca dos questionamentos aos termos do Edital do Pregão Eletrônico 51/12, formulados pelas seguintes empresas:

Leia mais

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 010/2015

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 010/2015 MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 010/2015 NOME DA INSTITUIÇÃO: Cast Informática S.A AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL EMENTA: obter contribuições para a especificação

Leia mais

FAQ CHAMADA PÚBLICA R.: Entendimento correto.

FAQ CHAMADA PÚBLICA R.: Entendimento correto. FAQ CHAMADA PÚBLICA 1. Conforme o item 8.1.6 do edital da Chamada Pública REE 002/2015 para as propostas de projetos que contemplarem a inclusão de geração de energia elétrica a partir de Fonte Incentivada

Leia mais

Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412

Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412 Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412 Às Licitantes do Pregão Demap nº 184/2011 - Presencial Prezados Senhores, Referimo-nos ao Edital do Pregão Demap nº 184/2011 -

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA Referência: CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 - BNDES Data: / / Licitante: CNPJ:

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 02 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL Nº 20130012/CIDADES/CCC

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 02 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL Nº 20130012/CIDADES/CCC NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 02 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL Nº 20130012/CIDADES/CCC OBJETO: LICITAÇÃO DO TIPO TÉCNICA E PREÇO PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA ELABORAÇÃO DO PLANO URBANÍSTICO

Leia mais

MODELO DE PROJETO BÁSICO AUDITORIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO DO IFAM [Subtítulo do documento]

MODELO DE PROJETO BÁSICO AUDITORIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO DO IFAM [Subtítulo do documento] Página: 1 de X Objeto: Elaborado por: Equipe X Y Z Aprovado por: Unidade Requisitante Autoridade máxima do órgão Página: 2 de X 1. Definição do Objeto Indicação do que se está pretendendo licitar com a

Leia mais

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO Este documento descreve os serviços que devem ser realizados para a Implantação da Solução de CRM (Customer Relationship Management), doravante chamada SOLUÇÃO, nos ambientes computacionais de testes,

Leia mais

TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 769/CIENTEC/2013

TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 769/CIENTEC/2013 TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 769/CIENTEC/2013 1. DO TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 1.1 A Fundação de Ciência e Tecnologia, torna público o presente Termo de Dispensa de Licitação, autorizada no expediente

Leia mais

VALEC: Desenvolvimento Sustentável para o Cerrado Brasileiro 1º CADERNO DE PERGUNSTAS E RESPOSTAS EDITAL PREGÃO N.º 007/07

VALEC: Desenvolvimento Sustentável para o Cerrado Brasileiro 1º CADERNO DE PERGUNSTAS E RESPOSTAS EDITAL PREGÃO N.º 007/07 1º CADERNO DE PERGUNSTAS E RESPOSTAS EDITAL PREGÃO N.º 007/07 1) O ITEM 10.2.5, DO EDITAL, EXIGE DECLARAÇÃO DE VISTORIA A SER FEITA PELA LICITANTE, INFORMANDO NO MESMO ITEM O ENDEREÇO. A VISTORIA SERÁ

Leia mais

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO PROCESSO N.º 006/2011 (RETIFICADO) PREGÃO PRESENCIAL N.º 006/2011

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO PROCESSO N.º 006/2011 (RETIFICADO) PREGÃO PRESENCIAL N.º 006/2011 RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO PROCESSO N.º 006/2011 (RETIFICADO) PREGÃO PRESENCIAL N.º 006/2011 A empresa Serttel Ltda., interessada em participar da licitação indicada em epígrafe, apresentou impugnação ao instrumento

Leia mais

É o relatório. II-FUNDAMENTAÇÃO

É o relatório. II-FUNDAMENTAÇÃO 0980595 08012.000149/2015-56 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Nota Técnica nº 12/2015/CGARI/GAB SENACON/SENACON PROCESSO Nº 08012.000149/2015-56 INTERESSADO: GABINETE DA SECRETARIA NACIONAL DO CONSUMIDOR, COORDENAÇÃO

Leia mais

ANEXO V CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO

ANEXO V CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC Nº 008/2008 1 1- PLANILHA DE PONTUAÇÃO TÉCNICA FATOR QUALIDADE ANEXO V CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO Item Descrição Peso 2 1.1 A licitante será pontuada pela comprovação de parceria com

Leia mais

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº /200X. NOME DA INSTITUIÇÃO: Ernst & Young Terco (BRADLEI RICARDO MORETTI)

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº /200X. NOME DA INSTITUIÇÃO: Ernst & Young Terco (BRADLEI RICARDO MORETTI) MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº /200X NOME DA INSTITUIÇÃO: Ernst & Young Terco (BRADLEI RICARDO MORETTI) AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL ATO REGULATÓRIO:

Leia mais

ANEXO IV CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO

ANEXO IV CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC Nº 007/2008 1 1 - PLANILHA DE PONTUAÇÃO TÉCNICA FATOR QUALIDADE Item Descrição Peso 3 1.1 A licitante será pontuada pela comprovação de parceria com fabricante de produtos de TI.

Leia mais

ANEXO III DO EDITAL FAO 001/2008 CRITÉRIOS E PARÂMETROS DE PONTUAÇÃO TÉCNICA

ANEXO III DO EDITAL FAO 001/2008 CRITÉRIOS E PARÂMETROS DE PONTUAÇÃO TÉCNICA ANEXO III DO EDITAL FAO 001/2008 CRITÉRIOS E PARÂMETROS DE PONTUAÇÃO TÉCNICA 1. FATOR DESEMPENHO A nota técnica deste quesito será atribuída à licitante que possuir melhor desempenho na prestação de serviços

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA GERENCIA EXECUTIVA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 RELAÇÃO DE ITENS ASSUNTOS 1. OBJETIVO... 1 2. DO OBJETO... 2 3. DA JUSTIFICATIVA DO OBJETO... 2 4. DAS ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS... 2 5. DA PRESTAÇÃO

Leia mais

Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade

Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Empresa Municipal de Informática S.A. - IplanRio Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade

Leia mais

192 É objetivo da política da informação assegurar a interoperabilidade entre os sistemas de segurança da informação.

192 É objetivo da política da informação assegurar a interoperabilidade entre os sistemas de segurança da informação. Bateria Licitações e Contratos Prof. Walter Cunha http://www.waltercunha.com/blog http://twitter.com/timasters http://br.groups.yahoo.com/group/timasters/ CESPE/TCU2007 A necessidade de implementação de

Leia mais

SECRETARIA EXECUTIVA DEPARTAMENTO NACIONAL DE TRÂNSITO PORTARIA No- 431, DE 21 DE JULHO DE 2010 Estabelece procedimentos para a prestação de serviços

SECRETARIA EXECUTIVA DEPARTAMENTO NACIONAL DE TRÂNSITO PORTARIA No- 431, DE 21 DE JULHO DE 2010 Estabelece procedimentos para a prestação de serviços SECRETARIA EXECUTIVA DEPARTAMENTO NACIONAL DE TRÂNSITO PORTARIA No- 431, DE 21 DE JULHO DE 2010 Estabelece procedimentos para a prestação de serviços por Empresas Credenciadas para Vistoria - ECV, para

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015. ÁREA DE ESTUDO REGIME DE TRABALHO VAGAS 1- Biologia 40h 01

EDITAL Nº 01/2015. ÁREA DE ESTUDO REGIME DE TRABALHO VAGAS 1- Biologia 40h 01 EDITAL Nº 01/2015 O DIRETOR GERAL DO CAMPUS ARACRUZ DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESPÍRITO SANTO, torna pública a abertura de inscrições para o Processo Seletivo Simplificado,

Leia mais

QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 019/2013

QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 019/2013 QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 019/2013 A Contratante poderá estabelecer junto a Contratada um cronograma para execução do objeto, ou seja, poderá haver um planejamento para que o atendimento seja feito

Leia mais

EDITAL N.º 009/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

EDITAL N.º 009/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, considerando o Decreto nº 7.485, de 18 de maio de 21,

Leia mais

MQ-1 Revisão: 06 Data: 20/04/2007 Página 1

MQ-1 Revisão: 06 Data: 20/04/2007 Página 1 MQ-1 Revisão: 06 Data: 20/04/2007 Página 1 I. APROVAÇÃO Emitente: Função: Análise crítica e aprovação: Função: Liliane Alves Ribeiro da Silva Gerente Administrativa Roberto José da Silva Gerente Geral

Leia mais

Perfil das Empresas Brasileiras de TI envolvidas em Compras Públicas com base no Censo do Setor de TI Edição 2013

Perfil das Empresas Brasileiras de TI envolvidas em Compras Públicas com base no Censo do Setor de TI Edição 2013 Perfil das Empresas eiras de TI envolvidas em com base no Censo do Setor de TI Edição 2013 3 de novembro de 2014 Rio de Janeiro (RJ) O Censo do Setor de TI Breve Histórico Processo iniciado em 2010 Planejamento

Leia mais

Divulgação do Edital: 15/03/2016

Divulgação do Edital: 15/03/2016 DIRETORIA DE GESTÃO CORPORATIVA DG Superintendência de Suprimento de Material e Serviços GSS Gerência de Aquisição de Material e Serviços Corporativos GSSC Objeto: Credenciamento de pessoas físicas instrutores,

Leia mais

Ass.: Programa BNDES de Apoio a Instituições de Saúde BNDES Saúde Subprograma Atendimento SUS

Ass.: Programa BNDES de Apoio a Instituições de Saúde BNDES Saúde Subprograma Atendimento SUS Classificação: Documento Ostensivo Unidade Gestora: AOI CIRCULAR SUP/AOI Nº 49/2014-BNDES Rio de Janeiro, 27 de novembro de 2014 Ref.: Produto BNDES Automático Ass.: Programa BNDES de Apoio a Instituições

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2015. Desenvolvimento, produção e realização da 20ª Festa do Imigrante.

CARTA CONVITE Nº 003/2015. Desenvolvimento, produção e realização da 20ª Festa do Imigrante. São Paulo, 24 de fevereiro de 2015. CARTA CONVITE Nº 003/2015 Desenvolvimento, produção e realização da 20ª Festa do Imigrante. O (INCI), Organização Social gestora do Museu da Imigração, de acordo com

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças 1. DO OBJETO: Governo do Estado do Rio de Janeiro Código de Classificação: 13.02.01.15 TERMO DE REFERÊNCIA Outorga de permissão de uso, com encargos, de área localizada no prédio sede da, situado na Avenida

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 011/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 0104/2012 OBJETO: Formação de Sistema de Registro de Preços para eventual aquisição de Hardwares para atender a demanda de Tecnologia da Informação

Leia mais

ATA Nº. 237/2008 PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 067/7086-2087 PROCESSO 7086.01.0192.0/2008.

ATA Nº. 237/2008 PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 067/7086-2087 PROCESSO 7086.01.0192.0/2008. ATA Nº. 237/2008 PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 067/7086-2087 PROCESSO 7086.01.0192.0/2008. Aos vinte e seis dias do mês de novembro de dois mil e oito, às dez horas, o Tadeu Landin de Castro, constante(s) da portaria

Leia mais

Pergunta 01 No item 01 Desktops, está sendo solicitado o seguinte:

Pergunta 01 No item 01 Desktops, está sendo solicitado o seguinte: QUESTIONAMENTOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 002/2012 Pergunta 01 No item 01 Desktops, está sendo solicitado o seguinte: 1) Brilho: 250 cd/m2;interface: RF, D-sub, CVBS, S-Video no mínimo; Tendo em vista que as

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Item Descrição Unidade

TERMO DE REFERÊNCIA. Item Descrição Unidade TERMO DE REFERÊNCIA 1 OBJETO 1.1 Descrição: Renovação de subscrição do software Citrix XenApp (360 licenças) 1.2 Detalhamento dos Bens e Serviços que compõem a Solução: Item Descrição Unidade 1 2 3 4 5

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC)

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC) PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NAS AÇÕES AFIRMATIVAS (PIBIC-Af) EDITAL Nº 004/2015-PROPPG,

Leia mais

PARA SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, COMPREENDENDO O ESTUDO DE PREVALÊNCIA DE INCAPACIDADES NO MUNICÍPIO DE RESENDE - RJ.

PARA SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, COMPREENDENDO O ESTUDO DE PREVALÊNCIA DE INCAPACIDADES NO MUNICÍPIO DE RESENDE - RJ. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015 PARA SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, COMPREENDENDO O ESTUDO DE PREVALÊNCIA DE INCAPACIDADES NO MUNICÍPIO DE RESENDE - RJ. A AFR ASSOCIAÇÃO

Leia mais

Ref.: Consulta Pública Solução Educacional

Ref.: Consulta Pública Solução Educacional Belo Horizonte, 11 de junho de 2013 À Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais Rod. Pref. Américo Gianetti, Serra Verde - Prédio Minas, 11º andar 31.630-900 Belo Horizonte Minas Gerais Ref.: Consulta

Leia mais

BANCO: 001 AGÊNCIA: 3477-0 CONTA CORRENTE: 421.600-8 Brasília, 15 de outubro de 2009.

BANCO: 001 AGÊNCIA: 3477-0 CONTA CORRENTE: 421.600-8 Brasília, 15 de outubro de 2009. PROPOSTA DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 059/2009. Senhora Chefe da CMP., Considerando a solicitação constante do Memo nº 059- SP às fls. 02, o Termo de Referência às fls. 03 a 07 e o encaminhamento de Vossa

Leia mais

Caderno de Perguntas e Respostas referentes à Concorrência nº 001/2013 (atualizado em 06/08/2013)

Caderno de Perguntas e Respostas referentes à Concorrência nº 001/2013 (atualizado em 06/08/2013) Caderno de Perguntas e Respostas referentes à Concorrência nº 001/2013 (atualizado em 06/08/2013) Objeto: Contratação de Escritório de Advocacia especializado em Direito Empresarial - com ênfase em Direito

Leia mais

TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LTDA ME

TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LTDA ME ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO MARCOS RODRIGO LIMA DO NASCIMENTO GOMES DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2015 DO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2014 TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 1 SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ 1. DA CONVOCAÇÃO: CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ENCONTRO DE ENCERRAMENTO DO CURSO CICLO DE COMPRAS FUNDAP UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PESQUISA DE MERCADO ESPECIFICAÇÃO DO OBJETO DEFINIÇÃO DA MODALIDADE ELABORAÇÃO DO EDITAL PESQUISA

Leia mais

SLEA SISTEMA DE LICENCIAMENTO ELETRÔNICO DE ATIVIDADES DA PREFEITURA DE SÃO PAULO

SLEA SISTEMA DE LICENCIAMENTO ELETRÔNICO DE ATIVIDADES DA PREFEITURA DE SÃO PAULO SLEA SISTEMA DE LICENCIAMENTO ELETRÔNICO DE ATIVIDADES DA PREFEITURA DE SÃO PAULO Manual passo-a-passo para obtenção do Auto de Licença de Funcionamento/ Auto de Licença de Funcionamento Condicionado Eletrônico

Leia mais

Ministério da Fazenda SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS

Ministério da Fazenda SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROJETO BÁSICO GESER Nº 04/07 FISCALIZAÇÃO DA OBRA DE IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO 1. OBJETO Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de fiscalização

Leia mais

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda:

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda: 1 DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009 Regulamenta, no âmbito da Administração pública municipal, o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, e

Leia mais

CENTRO DE CONVENÇÕES DE FOZ DO IGUAÇU S/A PROCEDIMENTO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE (PMI) Nº 01/2014

CENTRO DE CONVENÇÕES DE FOZ DO IGUAÇU S/A PROCEDIMENTO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE (PMI) Nº 01/2014 CENTRO DE CONVENÇÕES DE FOZ DO IGUAÇU S/A PROCEDIMENTO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE (PMI) Nº 01/2014 PROCEDIMENTO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE (PMI) PARA CONCESSÃO DE USO DO CENTRO DE CONVENÇÕES DE FOZ

Leia mais

MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO-GERAL - CAMPUS JOÃO PESSOA EDITAL N 08/2015

MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO-GERAL - CAMPUS JOÃO PESSOA EDITAL N 08/2015 MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO-GERAL - CAMPUS JOÃO PESSOA EDITAL N 08/2015 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DO IFPB CAMPUS JOÃO PESSOA PROGRAMA

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO 1 ATENÇÃO As empresas interessadas em participar deste Convite, deverão passar um fax para a Coordenadoria Geral de Licitação (24) 3339-9038/3339-9071, confirmando a retirada deste edital pela internet.

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO GOVERNADORIA COMISSÃO CENTRAL PERMANENTE DE LICITAÇÃO CCL ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA

ESTADO DO MARANHÃO GOVERNADORIA COMISSÃO CENTRAL PERMANENTE DE LICITAÇÃO CCL ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 53389/2015 CAEMA REFERÊNCIA Pedido de Esclarecimento ao Edital da Concorrência nº. 008/2015, o qual tem por objeto a contratação

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Processo 50618.000923/2008-47 1. OBJETO 01.01. Contratação de empresa para fornecimento de combustível para abastecimento dos veículos a serviço da Superintendência Regional

Leia mais

PRÊMIO ASSESPRO-RJ MELHORES EMPRESAS EDIÇÃO 2015 EDITAL DE RETIFICAÇÃO

PRÊMIO ASSESPRO-RJ MELHORES EMPRESAS EDIÇÃO 2015 EDITAL DE RETIFICAÇÃO PRÊMIO ASSESPRO-RJ MELHORES EMPRESAS EDIÇÃO 2015 EDITAL DE RETIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 31 de julho de 2015. www.assespro-rj.org.br/premioempresas Praça Pio X, 55/ 9º andar - Centro 20.070-900 Rio de Janeiro,

Leia mais

Questionamento 5 Quais os documentos devem ser entregues pelo fornecedor da solução?

Questionamento 5 Quais os documentos devem ser entregues pelo fornecedor da solução? DEFINIÇÕES E RESPOSTAS ÀS SUGESTÕES APRESENTADAS PELAS EMPRESAS PARTICIPANTES DA CONSULTA PÚBLICA REALIZADA NO DIA 09/08/2010, VISANDO DISCUSSÃO DA MINUTA DO EDITAL - PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA

Leia mais

Interessante que o próprio Projeto Básico informa em seus subitens 6.1.1 e 6.1.2 a estrutura necessária para a prestação dos serviços.

Interessante que o próprio Projeto Básico informa em seus subitens 6.1.1 e 6.1.2 a estrutura necessária para a prestação dos serviços. ILUSTRÍSSIMO SR. DIRETOR RENATO DEPONTI DA EMPRESA GESTORA DE ATIVOS EMGEA, SR. PRESIDENTE DA COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO CEL e SR. PRESIDENTE e COMISSÃO DA AUDIÊNCIA PÚBLICA instituída pela EMGEA.

Leia mais

Fundação de Apoio à Capacitação em Tecnologia da Informação - Facti PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PROCEDIMENTO DE AQUISIÇÃO DE SUPRIMENTOS E SERVIÇOS

Fundação de Apoio à Capacitação em Tecnologia da Informação - Facti PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PROCEDIMENTO DE AQUISIÇÃO DE SUPRIMENTOS E SERVIÇOS Fundação de Apoio à Capacitação em Tecnologia da Informação - Facti PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PROCEDIMENTO DE AQUISIÇÃO DE SUPRIMENTOS E SERVIÇOS Código Revisão Confidencialidade Data Página PQ-0002 Rev.

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA EXPEDIENTE DE 21/10/2015

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA EXPEDIENTE DE 21/10/2015 PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA EXPEDIENTE DE 21/10/2015 PROCESSO: 12/000.413/2015 CONCORRÊNCIA PÚBLICA SMC CO Nº 001/2015 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE SOCIEDADE CIVIL

Leia mais

SECRETARIA DA FAZENDA SUPERVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIVISÃO DE SISTEMAS E TECNOLOGIA

SECRETARIA DA FAZENDA SUPERVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIVISÃO DE SISTEMAS E TECNOLOGIA LICITAÇÃO PÚBLICA INTERNACIONAL - LPI N 0 001/CELIC/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO N 0 0122073-14.00/12-0 RESPOSTAS DO CONTRATANTE Respostas aos questionamentos enviados pela empresa STEFANINI ASSESSORIA

Leia mais

P4-MPS.BR - Prova de Conhecimento do Processo de Aquisição do MPS.BR

P4-MPS.BR - Prova de Conhecimento do Processo de Aquisição do MPS.BR Data: 6 de Dezembro de 2011 Horário: 13:00 às 17:00 horas (hora de Brasília) Nome: e-mail: Nota: INSTRUÇÕES Você deve responder a todas as questões. O total máximo de pontos da prova é de 100 pontos (100%),

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 6. PERGUNTA 1: Os itens 15 e 16 do termo de referência, referentes aos treinamentos, trazem as seguintes determinações:

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 6. PERGUNTA 1: Os itens 15 e 16 do termo de referência, referentes aos treinamentos, trazem as seguintes determinações: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Assessoria Especial para Modernização da Gestão Central de Compras e Contratações NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 6 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 4/2015 PROCESSO Nº 04300.003546/2014-01

Leia mais

SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS

SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS NÍVEL SUPERIOR REALIZAÇÃO: Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas U F S C a r EDITAL Nº 013/2016 O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas da Universidade

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 031/2011 (Procedimento Administrativo nº 116/2011 SADP nº 17833/2011)

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 031/2011 (Procedimento Administrativo nº 116/2011 SADP nº 17833/2011) PREGÃO ELETRÔNICO Nº 031/2011 (Procedimento Administrativo nº 116/2011 SADP nº 17833/2011) ASSUNTO: IMPUGNAÇÃO AO EDITAL I - RELATÓRIO A empresa INFORMASTER COMERCIO DE PRODUTOS DE INFORMATICA LTDA, inscrita

Leia mais

CONCORRÊNCIA CONJUNTA Nº 22/2009 PERGUNTAS E RESPOSTAS

CONCORRÊNCIA CONJUNTA Nº 22/2009 PERGUNTAS E RESPOSTAS CONCORRÊNCIA CONJUNTA Nº 22/2009 PERGUNTAS E RESPOSTAS 1. O item 3.4.1 do Edital pede que a licitante apresente o Ato constitutivo da sociedade, devidamente registrado/averbado na Ordem dos Advogados do

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 003/2014 SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS 4. CRONOGRAMA

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 003/2014 SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS 4. CRONOGRAMA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 003/2014 SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS 4. CRONOGRAMA ATIVIDADES DATAS Lançamento do Edital 28 de fevereiro de 2014 Limite para postagem das propostas (conforme item

Leia mais

Processo nº 50608.002622/2012-53

Processo nº 50608.002622/2012-53 Processo nº 50608.002622/2012-53 EXAME DA HABILITAÇÃO JURÍDICA, FISCAL E ECONÔMICO-FINANCEIRA EDITAL Nº 0336/2014-08. Objeto: Elaboração de Projeto Executivo Detalhado para a Reforma e Ampliação da Unidade

Leia mais

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Nº 003/2013 SECRETARIA DA FAZENDA DO ESTADO DO TOCANTINS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Nº 003/2013 SECRETARIA DA FAZENDA DO ESTADO DO TOCANTINS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Nº 003/2013 SECRETARIA DA FAZENDA DO ESTADO DO TOCANTINS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO Referência: Pregão Eletrônico n 001/2013 Processo Administrativo n : 2012/2508/0000017 1.

Leia mais

EDITAL Nº 001 / 2015

EDITAL Nº 001 / 2015 EDITAL Nº 001 / 2015 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CADASTRO DE ARTISTAS E PROFISSIONAIS DE ARTE E CULTURA DE MOGI DAS CRUZES PARA FOMENTO À CULTURA MUNICIPAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS 1. A Prefeitura

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO PREGÃO ELETRÔNICO nº 19/2015 OBJETO: Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de manutenção preventiva e corretiva, com reposição integral de peças, de aparelhos de ar condicionado

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 052/2010 ESCLARECIMENTO 4

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 052/2010 ESCLARECIMENTO 4 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento 4 Referência: Pregão Eletrônico n. 052/2010 Data: 19/11/2010 Objeto: Contratação de serviços técnicos especializados de atendimento remoto e presencial a usuários de tecnologia

Leia mais

SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS

SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS NÍVEL SUPERIOR REALIZAÇÃO: SECRETARIA GERAL DE RECURSOS HUMANOS U F S C a r EDITAL Nº 011/2010 O Secretário Geral de Recursos Humanos da Universidade

Leia mais

GOVERNANÇA DE TIC. IST Instituto Senai de Tecnologia Londrina. Ademir Morgenstern Padilha

GOVERNANÇA DE TIC. IST Instituto Senai de Tecnologia Londrina. Ademir Morgenstern Padilha GOVERNANÇA DE TIC IST Instituto Senai de Tecnologia Londrina Ademir Morgenstern Padilha IST Instituto Senai de Tecnologia O IST Instituto Senai de Tecnologia, é uma plataforma de Tecnologia da Informação

Leia mais

PROCEDIMENTO GERAL PARA ROTULAGEM AMBIENTAL FALCÃO BAUER ECOLABEL BRASIL

PROCEDIMENTO GERAL PARA ROTULAGEM AMBIENTAL FALCÃO BAUER ECOLABEL BRASIL 1. Introdução O Falcão Bauer Ecolabel é um programa de rotulagem ambiental voluntário que visa demonstrar o desempenho ambiental de produtos e serviços através da avaliação da conformidade do produto com

Leia mais

DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011

DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011 DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011... RESPOSTAS AOS QUESTIONAMENTOS FEITOS PELA EMPRESA AVANSYS TECNOLOGIA LTDA, CNPJ MF sob nº 04.181.950/0001-10,

Leia mais

Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 -

Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 - Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 - A Diretoria da PRACATUM Escola de Música e Tecnologias, no uso de suas atribuições e demais disposições

Leia mais