O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital"

Transcrição

1 Tipos de GED: Document imaging Document management Document Imaging / Document Management O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital Mundo analógico Criação Revisão Processamento Arquivo Mundo digital As quatro operações (criação, revisão, processamento, arquivo) são realizadas tanto no mundo digital quanto no analógico. No entanto podem existir situações híbridas, como as apresentadas a seguir: 1

2 O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital Mundo analógico Criação Revisão Processamento Arquivo Mundo digital Um documento pode ser criado e revisado no computador e depois impresso, sendo processado e arquivado em papel; Um documento pode ser criado e revisado em papel e depois ser digitalizado, sendo processado e arquivado em meio digital O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital Document Management Document Imaging Mundo analógico Criação Revisão Processamento Arquivo Mundo digital Um sistema Document Imaging direciona esforços para o gerenciamento de documentos concluídos, independente se a origem deles é analógica ou digital; 2

3 Document Imaging Document Imaging Os objetivos de um sistema de Document Imaging são: Capturar/digitalizar documentos; Armazená-los em ambiente seguro; Recuperar esses documentos quando necessário; Permitir manipular esses documentos de acordo com os processos da empresa. 3

4 Componentes Document Imaging Interface de pesquisa, visualização e indexação; Banco de dados para armazenar os índices; Visualizador para as imagens; Recursos de customização; Recursos de programação; Segurança; Interfaces de pesquisa, visualização e indexação Um software GED pode ter sua interface configurável; É comum um software GED possuir: Comandos de auxílio à pesquisa por meio de índices; Áreas para apresentar resultados de pesquisa; Comandos que permitem indexação e importação de novos documentos; 4

5 Interfaces de pesquisa, visualização e indexação Interfaces de pesquisa, visualização e indexação Alguns softwares possuem interfaces que apresentam os documentos numa estrutura de pastas e arquivos semelhantes ao Windows Explorer, tornando mais intuitiva a localização de documentos; Dependendo do software, essa estrutura pode ser variável, podendo apresentar dos documentos e pastas em uma determinada ordem, escolhida pelo usuário; 5

6 Interfaces de pesquisa, visualização e indexação Interfaces de pesquisa, visualização e indexação Tendência à utilização de interfaces WEB, mesmo quando não serão publicados documentos na Internet; Alguns programas possuem duas interfaces (desktop e WEB) acessando a mesma base de dados; 6

7 Banco de dados para armazenar índices Um índice é uma informação que permite localizar um documento. Exemplo: Nota fiscal CNPJ, data, valor, nº da nota; Recursos humanos matrícula do empregado, tipo de documento, data; Financeiro centro de custo, valor, objeto da despesa, data; Secretaria tipo documental de acordo com o Plano de Arquivo, data setor, origem. Banco de dados para armazenar índices Grande volume de documentos implica em volume e tamanho reduzido de índices; Tendência na utilização de banco de dados do mercado, de uso na empresa: Oracle, SQL Server. Porém existem softwares GED que possuem seu próprio banco de dados (proprietários); A escolha de um software de banco de dados deve levar em consideração o volume de documentos que será armazenado; 7

8 Visualizador de imagens de documentos Pode ser necessário a instalação de programas para a visualização de imagens de documentos sofisticados, como desenhos híbridos de CAD e imagens digitalizadas; Tais visualizadores geralmente possuem as seguintes funções: Zoom; Deslocamento; Rotação; Anexar anotações; Marcações e traços; Marca-texto Bloqueio de áreas para proteger dados sigilosos; Recursos de Personalização É bem provável que duas empresas distintas organizem seus documentos usando critérios diferentes. Um ambiente GED deve se adaptar à necessidade e a forma de trabalhar das empresas (usuários); Personalizar é aquilo que pode ser feito para deixar o ambiente de acordo com suas necessidades, sem ser necessário alterar programas do sistema; Muitas vezes ao perguntar se o produto é customizável (personalizável), o fornecedor dirá que sim. Mas devese questionar como essa personalização é feita. 8

9 Recursos de Programação Para fazer algumas adaptações necessárias, pode ser importante que a ferramenta seja programável. Exemplo: Permitir preenchimento automático de campos por meio de regras preestabelecidas; Integrar as demais aplicações da empresa; Integrar tecnologias que necessitam imagem: Workflow, ERP, CRM, etc. De preferência, a linguagem de programação usada deve ser comum do mercado, pois será mais fácil achar um profissional que saiba utilizá-la. Segurança Toda informação dos ambientes GED é sigilosa, o que varia é o nível de sigilo: Todos os funcionários da empresa podem ter acesso aos documentos do tipo Y; Somente funcionários com senha especial no GED terão acesso aos documentos do tipo X; Somente o Marketing e a Presidência terão acesso a documentos de lançamento de novo produto. Mesmo que um funcionário tenha acesso a um documento, não quer dizer que ele tenha controle total sobre ele. Pode haver níveis diferenciado de acesso, como restrição de apagar documentos, controle e relatório de acesso de cada usuário, etc. 9

10 Modos de pesquisa a documentos O propósito maior de um sistema GED é localizar e visualizar documentos. Para isso é necessário alguns recursos de busca: Buscas booleanas; Busca por pedaços de palavras; Recurso de refinamento de pesquisas anteriores; Suportar o uso de curingas nos campos de pesquisa; Possibilidade de pesquisa via WEB; Permitir combinar em uma mesma pesquisa nome do arquivo, campos de índice, características do documento, etc; Permitir pesquisa por qualquer índice, parte de índice ou combinação deles; Document Management 10

11 O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital Document Management Document Imaging Mundo analógico Criação Revisão Processamento Arquivo Mundo digital Document Management Permite gerenciar um documento durante todo o seu ciclo de vida; Ambiente mais propício à pessoas que trabalham intensamente em computadores; Além das funções de Document Imaging, o Document Management inclui alguma funções: Controle de versões dos documentos; Uso de modelos de documentos predefinidos ou formulários eletrônicos; Integração com programas geradores de novos documentos; Gerenciamento de documentos em construção; Fluxos documentais; Suporte a diversos tipos documentais; 11

12 Controle de versões de documentos O controle de versões de documentos implica em: Publicar somente a versão mais recente do documento em uso e não permitir que acidentalmente as versões antigas sejam usadas; Permitir que somente pessoas autorizadas vejam versões anteriores; Permitir acessar as versões para efetuar comparações; Bloquear versões anteriores de modo que não possam ser alteradas; Aplicações Controle de normas de qualidade; Documento de projetos; Desenhos de manutenção de plantas; Criação de processos de compra ou outros documentos que precisem ser revisados freqüentemente; Documentação de sistemas de informática; Uso de modelos de documentos predefinidos ou formulários eletrônicos Modelos de documentos predefinidos (templates) agiliza muito a criação de novos documentos e facilita a padronização de documentos; Se for preciso criar um memorando, por exemplo, um modelo definido pela empresa será apresentado ao usuário/funcionário; Implica em padronizar inicialmente um grupo de documentos. A empresa vai criando novos padrões quando necessário O conjunto de templates passa a ser único para toda a empresa, armazenados em um único local e facilmente usados por qualquer funcionário que tenha acesso ao sistema ; A tecnologia XML permite que além de criar documentos de maneira padronizada, tais documentos podem interagir com banco de dados; 12

13 Integração com programas geradores de novos documentos Interagir dados entre o ambiente GED e os programas geradores de documentos (editores de texto, planilhas, etc). Integração com programas geradores de novos documentos Os dados indexados no Sistema Document Management são automaticamente transferidos para o template do documento ao abrir o software de edição de textos; Esse procedimento permite garantir que os dados necessários para criar o documento realmente aparecerão no documento; 13

14 Integração com programas geradores de novos relatórios Essa integração permite que o usuário inicie a criação de um documento com ele já cadastrado no GED e com o modelo predefinido, padronizado pela empresa e com a garantia de que os dados de identificação do documento estarão cadastrados; Estas interações podem também ser no nível de consulta; Gerenciamento de documentos em construção Implica em alguns itens de controle, como por exemplo: Permitir a identificação clara de que o documento está em construção; Identificar quem é o responsável pela alteração naquele momento; Não permitir que outros tenham acesso a essa versão em construção, para evitar que decisões sejam tomadas em função de um documento incompleto; Estar integrado com o controle de versões. 14

15 Fluxos documentais Objetivo: transferir documentos de acordo com roteiros definidos, encaminhado-os de acordo com o fluxo que eles deveriam ter quando em um mundo físico. Algumas possibilidades: Notificações para verificar documentos podem sem integradas a sistemas de permitindo que um funcionário/usuário saiba que existe uma tarefa pendente a ser feita; Criação de grupos de trabalho para fins específicos, fazendo com que documentos de um grupo tenham tratamento diferenciado; Fluxos documentais 15

16 Suporte a diversos tipos de documentos Fala-se em armazenar tudo: Pequenos banco de dados; Apresentações de slides; Páginas da Web (HTML); Cronogramas de execução de obras; Vídeos; Sons; Etc; O visualizador nativo do GED pode não ser suficiente para visualizar todos os tipos de documentos que estiver armazenado; Pode-se até gerenciar documentos que não possam ser visualizados diretamente; 16

Gerenciamento do ciclo de vida de um documento Simone de Abreu

Gerenciamento do ciclo de vida de um documento Simone de Abreu Gerenciamento do ciclo de vida de um documento Simone de Abreu É o gerenciamento do ciclo de vida de todos os registros, em todos os tipos de mídia, desde a criação até a destruição ou arquivo permanente.

Leia mais

Manual do Usuário. Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural. dezembro de 13

Manual do Usuário. Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural. dezembro de 13 Manual do Usuário Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural dezembro de 13 Este documento foi produzido por Praça dos Açorianos, s/n CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (51) 3210-3100

Leia mais

Módulo NF-e. Manual de Utilização

Módulo NF-e. Manual de Utilização Módulo NF-e Manual de Utilização 1 Conteúdo Passo-a-passo para emissão de NF-e... 3 1. Obtendo seu Certificado Digital... 3 2. Registrando-se na Secretaria da Fazenda para Homologação (testes)... 4 3.

Leia mais

Como usar HTML em seus anúncios no MercadoLivre. MercadoLivre Brasil

Como usar HTML em seus anúncios no MercadoLivre. MercadoLivre Brasil Como usar HTML em seus anúncios no MercadoLivre 1 Conteúdo Apresentação Como editar os novos templates O que é necessário para editar os novos templates sem usar o Mercado Livre. Como salvar uma imagem

Leia mais

Processamento, arquivamento e recuperação de documentos (Document Imaging) Simone de Abreu

Processamento, arquivamento e recuperação de documentos (Document Imaging) Simone de Abreu Processamento, arquivamento e recuperação de documentos (Document Imaging) Simone de Abreu Estamos vivendo o que muitos especialistas e a mídia chamam de Sociedade do Conhecimento, conhecimento este distribuído

Leia mais

DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR

DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR Fortaleza - CE Introdução ao ambiente de desenvolvimento delphi e preparação da interface basíca O ambiente delphi foi criado pela Borland Software

Leia mais

Manual das planilhas de Obras v2.5

Manual das planilhas de Obras v2.5 Manual das planilhas de Obras v2.5 Detalhamento dos principais tópicos para uso das planilhas de obra Elaborado pela Equipe Planilhas de Obra.com Conteúdo 1. Gerando previsão de custos da obra (Módulo

Leia mais

Treinamento de Administrador. Zoho CRM

Treinamento de Administrador. Zoho CRM Treinamento de Administrador Zoho CRM Objetivos Apresentar os principais recursos do CRM a fim de propiciar ao administrador do sistema autonomia para: Criar e alterar campos; Acrescentar, renomear e customizar

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

GED CRIAÇÃO DE NOVO DOCUMENTO E OBJETO AUTOMÁTICO

GED CRIAÇÃO DE NOVO DOCUMENTO E OBJETO AUTOMÁTICO GED CRIAÇÃO DE NOVO DOCUMENTO E OBJETO AUTOMÁTICO Documentos Atualmente, com a crescente disponibilidade de documentos em mídias digitais é fundamental a aplicação de técnicas de GED (Gerenciamento Eletrônico

Leia mais

COM O BROFFICE IMPRESS

COM O BROFFICE IMPRESS Unidade Unidade 5 4 Preparando Compondo suas planilhas apresentações eletrônicas com com o BrOffice o BrOffice Impress Calc UNIDADE 5 PREPARANDO SUAS APRESENTAÇÕES COM O BROFFICE IMPRESS OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Leia mais

IBM CONTENT MANAGER MANUAL DE PESQUISA E-CLIENT (GERENCIAMENTO ELETRONICO DE DOCUMENTOS)

IBM CONTENT MANAGER MANUAL DE PESQUISA E-CLIENT (GERENCIAMENTO ELETRONICO DE DOCUMENTOS) IBM CONTENT MANAGER MANUAL DE PESQUISA E-CLIENT (GERENCIAMENTO ELETRONICO DE DOCUMENTOS) 1 O IBM Content Manager foi à solução adquirida pela Secretaria do Estado da Educação de Santa Catarina para gerenciar

Leia mais

Sociedade do Conhecimento

Sociedade do Conhecimento Gerenciamento (Gestão) Eletrônico de Documentos GED Introdução Gerenciamento Eletrônico de Documentos - GED Sociedade do Conhecimento Nunca se produziu tanto documento e se precisou de tanta velocidade

Leia mais

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 16.1.1 1

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 16.1.1 1 Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 16.1.1 1 1 - INTRODUÇÃO NEXCODE NOTE, também conhecido como NEXNOTE, é um conjunto de soluções de software desenvolvidas pelas Nexcode Systems

Leia mais

O que é GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED)

O que é GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED) Automação em Arquivos GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED) O que é GED GED é a tecnologia que provê um meio de facilmente armazenar, localizar e recuperar informações existentes em documentos e

Leia mais

Manual do Usuário Sistema Podológico 2007 AFA Assessoria e Informática Ltda. www.afa.inf.br

Manual do Usuário Sistema Podológico 2007 AFA Assessoria e Informática Ltda. www.afa.inf.br AFA Assessoria e Informática Ltda. www.afa.inf.br Índice INTRODUCAO SISTEMA PODOLOGICO 2007... 4 REQUISITOS DE HARDWARE E SOFTWARE... 5 MSDE vs. SQL SERVER... 5 PADRÕES E CARACTERISTICAS NAS TELAS DO SISTEMA...

Leia mais

SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR

SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR SAW SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL Versão 1.0 ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR 2015 Este miniguia

Leia mais

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Sistemas Operacionais Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Conteúdo Programático CONTAS DE E GRUPOS DE O Microsoft Management Console - MMC Permissões de Segurança de um Console Contas de Usuários

Leia mais

Professor. Thiago Miranda Material: www.thiagomiranda.net. Email: mirandathiago@gmail.com

Professor. Thiago Miranda Material: www.thiagomiranda.net. Email: mirandathiago@gmail.com Microsoft Windows 1 Professor Thiago Miranda Material: www.thiagomiranda.net Email: mirandathiago@gmail.com Conceitos básicos de SO O que é um sistema operacional? É um programa ou conjunto de programas

Leia mais

Índice. Índice... 1. Apresentando o Nextsite... 3. Recursos... 4. Recursos Opcionais... 6. Componentes externos... 7. Gerenciando sua conta...

Índice. Índice... 1. Apresentando o Nextsite... 3. Recursos... 4. Recursos Opcionais... 6. Componentes externos... 7. Gerenciando sua conta... Índice Índice... 1 Apresentando o Nextsite... 3 Recursos... 4 Recursos Opcionais... 6 Componentes externos... 7 Gerenciando sua conta... 8 Visualização Geral... 9 Central de mensagens... 12 Minha conta...

Leia mais

Roteiro elaborado com o objetivo de auxiliar os convenentes no registro das prestações de contas no SIGPC Contas Online.

Roteiro elaborado com o objetivo de auxiliar os convenentes no registro das prestações de contas no SIGPC Contas Online. FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO FNDE Roteiro de orientações ao convenente para prestação de contas do Programa Caminho da Escola no SiGPC Contas Online Roteiro elaborado com o objetivo de

Leia mais

GUIA RÁPIDO - Bulletino Administrador -

GUIA RÁPIDO - Bulletino Administrador - GUIA RÁPIDO - - versão 1.0 Introdução A Dzign-e orgulhosamente apresenta o Bulletino, um sistema desenvolvido com o objetivo de facilitar a comunicação entre Organização e seus membros. O Sistema Bulletino

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATANTE: Aqui designado apenas como a empresa que fez o cadastro pelo sistema de vendas online no site www.netflexfidelidade.com.br CONTRATADA: Openhaus Soluções Tecnológicas

Leia mais

Aplicativo para Gerenciamento Eletrônico de Documentos

Aplicativo para Gerenciamento Eletrônico de Documentos Aplicativo para Gerenciamento Eletrônico de Documentos Trabalho de Conclusão de Curso Vera Lúcia Kamiroski Orientador: Paulo Roberto Dias 13/12/2004 1 Roteiro Introdução Objetivos do Trabalho Arquivística

Leia mais

Sumário. 1 Introdução ao Excel 2013 1

Sumário. 1 Introdução ao Excel 2013 1 Sumário Introdução...xiii A quem se destina este livro... xiii Como este livro está organizado... xiii Como baixar os arquivos de prática... xiv Suporte técnico... xvii 1 Introdução ao Excel 2013 1 Identificação

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

POLÍTICA DE PRIVACIDADE POLÍTICA DE PRIVACIDADE Veja como protegemos suas informações. 1. DA ABRANGÊNCIA DESTA POLÍTICA DE PRIVACIDADE a. Como a Advisenet usa informações pessoais? Este documento explicita a forma pela qual a

Leia mais

Tecnologias de GED Simone de Abreu

Tecnologias de GED Simone de Abreu Tecnologias de GED Simone de Abreu A rapidez na localização da informação contida no documento é hoje a prioridade das empresas e organizações, já que 95% das informações relevantes para o processo de

Leia mais

UNIDADE III Sistemas Operacionais WINDOWS

UNIDADE III Sistemas Operacionais WINDOWS UNIDADE III Sistemas Operacionais WINDOWS Objetivo da unidade Objetivo Geral Apontar as noções básicas do Windows Praticar o aprendizado sobre o Sistema Operacional Objetivos Específicos Entender como

Leia mais

Manual de Operação. Copyright 2011 - Todos os direitos reservados.

Manual de Operação. Copyright 2011 - Todos os direitos reservados. Manual de Operação Copyright 2011 - Todos os direitos reservados. SUMÁRIO 1. Informações Gerais...7 1.1 EasyPass... 7 1.2 Observações... 8 2. Conceitos Básicos...10 2.1 Captura de Imagem...10 2.2 Crop...10

Leia mais

SIGA Manual -1ª - Edição

SIGA Manual -1ª - Edição SIGA Manual -1ª - Edição ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. MÓDULO DE PROCESSOS 4 3. ACESSO AO SISTEMA 4 3.1 Acessando o Sistema 4 3.2 Primeiro Acesso 5 3.3 Login do Fornecedor 5 o Teclado Virtual 5 o Máquina Virtual

Leia mais

Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6

Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6 Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6 Instalação, configuração e primeiros passos para uso das planilhas de obra Elaborado pela Equipe Planilhas de Obra.com Conteúdo 1. Preparar inicialização das

Leia mais

Gestão inteligente de documentos eletrônicos

Gestão inteligente de documentos eletrônicos Gestão inteligente de documentos eletrônicos MANUAL DE UTILIZAÇÃO VISÃO DE EMPRESAS VISÃO EMPRESAS - USUÁRIOS (OVERVIEW) No ELDOC, o perfil de EMPRESA refere-se aos usuários com papel operacional. São

Leia mais

MULTIACERVO Implementações da versão 20-1

MULTIACERVO Implementações da versão 20-1 Data: Janeiro / 2015 Recurso pop-up O pop-up é um recurso que abre uma nova janela sem sair da tela original. Isto é interessante pois permite complementar uma informação e permanecer no ponto original,

Leia mais

OFICINA DE POWER POINT

OFICINA DE POWER POINT OFICINA DE POWER POINT Barra de Ferramentas Padrão Barra de Ferramentas Formatação Barra de Menus Modos de Visualização Painéis de Tarefas Barra de Ferramentas Desenho Profª. Maria Adelina Raupp Sganzerla

Leia mais

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 -

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 - Guia do Usuário idocs Content Server v.2.0-1 - 2013 BBPaper_Ds - 2 - Sumário Introdução... 4 Inicializando a aplicação... 6 Ambiente... 7 Alterando o ambiente... 8 Senhas... 10 Alterando senhas... 10 Elementos

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO VERSÃO 2014 Junho de 2014 SIGFIS-Sistema Integrado

Leia mais

www.profpimentel.com.br

www.profpimentel.com.br CENTRAL DE CURSOS PROF. PIMENTEL 12/03/2016 SIMULADO - INFORMÁTICA TURMA - INSS - TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL Você recebeu sua folha de respostas e este caderno contendo 30 questões objetivas. Leia cuidadosamente

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Versão para atualização do Gerpos Retaguarda

Versão para atualização do Gerpos Retaguarda Versão para atualização do Gerpos Retaguarda A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível.

Leia mais

LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 269 TELEFONE: (11) 2823-8800 SÃO CAETANO DO SUL SÃO PAULO CEP: 09530-250

LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 269 TELEFONE: (11) 2823-8800 SÃO CAETANO DO SUL SÃO PAULO CEP: 09530-250 LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 269 TELEFONE: (11) 2823-8800 SÃO CAETANO DO SUL SÃO PAULO CEP: 09530-250 1 SOFTWARE HCS 2005 - VERSÃO 4.5 (Compatível com Guarita Vr4.03 ou superior) Recomendações Iniciais Para

Leia mais

Manual do Usuário. Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação - DeSTDA

Manual do Usuário. Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação - DeSTDA Livro Super Simples Manual do Usuário Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação - DeSTDA Secretarias de Fazenda Estaduais, do Distrito Federal e Comitê Gestor do Simples

Leia mais

Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a)

Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a) Arttez Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a) O Sistema Arttez. Arttez é o software de gerenciamento para estúdios de tatuagem que objetiva manter o controle

Leia mais

Manual de Utilização do PDV Klavix

Manual de Utilização do PDV Klavix Manual de Utilização do PDV Klavix Página 1/20 Instalando a partir do CD Se você recebeu um CD de instalação, rode o programa Instalador que se encontra no raiz do seu CD. Ele vai criar a pasta c:\loureiro

Leia mais

Professor Paulo Lorini Najar

Professor Paulo Lorini Najar Microsoft PowerPoint O Microsoft PowerPoint é uma ferramenta ou gerador de apresentações, palestras, workshops, campanhas publicitárias, utilizados por vários profissionais, entre eles executivos, publicitários,

Leia mais

1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e?

1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar,

Leia mais

Questões de Informática Banca CESPE - Ano: 2010 Caderno 2 Fontes: Provas da Banca CESPE

Questões de Informática Banca CESPE - Ano: 2010 Caderno 2 Fontes: Provas da Banca CESPE 1. ( ) Um computador pode ser protegido contra vírus por meio da instalação de software específicos como, por exemplo, Norton Anti-virus, McAfee Security Center e AVG, que identificam e eliminam os vírus.

Leia mais

Sumário. Sobre este livro 1. Direto ao assunto 7

Sumário. Sobre este livro 1. Direto ao assunto 7 Sumário 1 2 Sobre este livro 1 Sem informatiquês!........................................................... 1 Uma breve visão geral.......................................................... 2 O que há

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL MAC OS

SISTEMA OPERACIONAL MAC OS MANUAL PROTECT Versão R15 SISTEMA OPERACIONAL MAC OS Copyright GVT 2015 www.gvtprotect.com.br 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 GVT PROTECT... 3 2.1 Requisitos Mínimos De Sistema... 3 2.2 Sistemas Operacionais

Leia mais

paradigma WBC Public - compra direta Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.0

paradigma WBC Public - compra direta Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.0 paradigma WBC Public - compra direta Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.0 agosto de 2007 As informações contidas neste documento, incluíndo quaisquer URLs e outras possíveis referências a

Leia mais

Objetivos Específico

Objetivos Específico Banco de Dados Ementa (DBA) Conceitos Gerais sobre Banco de Dados Instalação e configuração da Ferramenta de Banco de Dados. Elaboração de projeto de Banco de Dados. Implementação do projeto de Banco de

Leia mais

GERENCIADOR ELETRÔNICO

GERENCIADOR ELETRÔNICO MANUAL DO USUÁRIO GERENCIADOR ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS Sumário Menu Arquivos Empresas Usuárias... 04 Ativar Empresas... 04 Cadastro (Assunto/Documento)... 05 Sair... 07 Menu Digitalização Normal... 08

Leia mais

Manual de instalação, configuração e utilização do Enviador XML

Manual de instalação, configuração e utilização do Enviador XML Manual de instalação, configuração e utilização do Enviador XML 1. Conceitos e termos importantes XML Empresarial: é um sistema web (roda em um servidor remoto) de armazenamento e distribuição de documentos

Leia mais

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier isupplier Revisão 01 Setembro 2011 Sumário 1 Acesso ao portal isupplier... 03 2 Home Funções da Tela Inicial... 05 3 Ordens de Compra Consultar Ordens de Compra... 07 4 Entregas Consultar Entregas... 13

Leia mais

Usar FTK Imager para gerar evidências, exportar arquivos de evidências, criar imagens forenses e converter imagens existentes.

Usar FTK Imager para gerar evidências, exportar arquivos de evidências, criar imagens forenses e converter imagens existentes. AccessData BootCamp Forensic Toolkit, FTK Imager, Password Recovery Toolkit and Registry Viewer O curso AccessData BootCamp fornece conhecimento e habilidade necessária para instalar, configurar e o uso

Leia mais

GED: Gestão Eletrônica de Documentos

GED: Gestão Eletrônica de Documentos GED: Gestão Eletrônica de Documentos Profº Yogui,R YOGUI,R - MIPS - 2012 Direito Autoral YOGUI,R - MIPS - 2012 Direito Autoral Consideração Inicial O objetivo desta sessão é prover conhecimento básico

Leia mais

MANUAL SICCL SQL SRTVS 701 Bloco O Ed. MultiEmpresarial Sala 804 Brasília/DF CEP 70340-000 Fone/Fax: (061) 3212-6700 E-mail: implanta@conselhos.com.

MANUAL SICCL SQL SRTVS 701 Bloco O Ed. MultiEmpresarial Sala 804 Brasília/DF CEP 70340-000 Fone/Fax: (061) 3212-6700 E-mail: implanta@conselhos.com. MANUAL SICCL SQL ÍNDICE ACESSANDO O SISTEMA SG - COMPRAS E CONTRATOS... 3 ATENDENDO SOLICITAÇÕES DE ITENS E SERVIÇOS... 5 VERIFICANDO A DISPONIBILIDADE DE RECURSOS... 7 ATENDER SOLICITAÇÕES COM PROCESSO

Leia mais

Aplicações de GED. Aplicações de GED. Document imaging. Document imaging

Aplicações de GED. Aplicações de GED. Document imaging. Document imaging Aplicações de GED Processamento, arquivamento e recuperação de documentos (Document Imaging) Gerenciamento de documentos (Document Management) Sistema de Gerenciamento de documentos técnicos (engineering

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Constitui objeto da presente licitação o registro de preços para implantação de sistema de telefonia digital (PABX) baseado em servidor IP, com fornecimento

Leia mais

Image Enable: conceito

Image Enable: conceito Image Enable Gestão Eletrônica de Documentos - GED Image Enable: conceito Empresas possuem diversos sistemas para controlar suas operações Sistemas integrados de gestão; Sistemas de Recursos humanos, Contabilidade,

Leia mais

CONSULTA PROCESSUAL WEB PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO CONSULTA PROCESSUAL WEB. 1ª e 2ª INSTÂNCIAS MANUAL DO USUÁRIO

CONSULTA PROCESSUAL WEB PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO CONSULTA PROCESSUAL WEB. 1ª e 2ª INSTÂNCIAS MANUAL DO USUÁRIO PODER JUDICIÁRIO CONSULTA PROCESSUAL WEB 1ª e 2ª INSTÂNCIAS MANUAL DO USUÁRIO Brasília - DF 2014 LISTA DE ILUSTRAÇÕES Figura 1 - Página inicial do sítio do TRF1... 7 Figura 2 - Tela inicial do sistema...

Leia mais

Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia. Estudo de Caso (Benefícios do GED) Demonstração Prática de Uso de GED (SAPROD)

Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia. Estudo de Caso (Benefícios do GED) Demonstração Prática de Uso de GED (SAPROD) Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia Estudo de Caso (Benefícios do GED) Demonstração Prática de Uso de GED (SAPROD) Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia Estudo de Caso (Benefícios

Leia mais

Aula 1: Noção Básica e Criação de Tabelas.

Aula 1: Noção Básica e Criação de Tabelas. Aula 1: Noção Básica e Criação de Tabelas. Introdução Olá! Seja bem-vindo a apostila de Microsoft Access 2010. Access 2010 é um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados da Microsoft, distribuído no pacote

Leia mais

C C P SUPORTE TÉCNICO EBS

C C P SUPORTE TÉCNICO EBS C C P SUPORTE TÉCNICO EBS Horário de atendimento: Das 08h30min às 18h, de Segunda a Sexta-feira. Formas de atendimento: E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. Suporte On-Line

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

CENTRAL GERENCIADORA DE BOLICHE PS 2009

CENTRAL GERENCIADORA DE BOLICHE PS 2009 CENTRAL GERENCIADORA DE BOLICHE PS 2009 MANUAL DE INSTRUÇÕES VERSÃO 1.10 Prezado Cliente, Preparamos este manual para que você possa conhecer cada detalhe deste produto, e assim utilizá-lo de maneira correta

Leia mais

Capítulo 13 Pastas e Arquivos

Capítulo 13 Pastas e Arquivos Capítulo 13 Pastas e Arquivos À medida que a tecnologia avança, os dispositivos móveis vão ganhando cada vez mais funções e características que antes só pertenciam aos computadores pessoais. Com a expansão

Leia mais

Manual do Usuário Publicador

Manual do Usuário Publicador Manual do Usuário Publicador Portal STN SERPRO Superintendência de Desenvolvimento SUPDE Setor de Desenvolvimento de Sítios e Portais DEDS2 Versão 1.1 Fevereiro 2014 Sumário Sobre o Manual... 3 Objetivo...

Leia mais

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB!

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! 7 a e 8 a SÉRIES / ENSINO MÉDIO 15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! Sua home page para publicar na Internet SOFTWARES NECESSÁRIOS: MICROSOFT WORD 2000 MICROSOFT PUBLISHER 2000 SOFTWARE OPCIONAL: INTERNET EXPLORER

Leia mais

Pró-Reitoria de Administração - PRAd Assessoria de Informática - AI SISTEMA DE PUBLICAÇÃO DE LICITAÇÕES. Manual de Procedimentos

Pró-Reitoria de Administração - PRAd Assessoria de Informática - AI SISTEMA DE PUBLICAÇÃO DE LICITAÇÕES. Manual de Procedimentos Pró-Reitoria de Administração - PRAd Assessoria de Informática - AI SISTEMA DE PUBLICAÇÃO DE LICITAÇÕES Manual de Procedimentos 2004 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. OBJETIVOS...3 3. ÂMBITO DE APLICAÇÃO...3

Leia mais

Compartilhando Arquivos com o Grupo Doméstico

Compartilhando Arquivos com o Grupo Doméstico com o Grupo Doméstico Novo no Windows 7? Mesmo que ele tenha muito em comum com a versão do Windows que você usava antes, você ainda pode precisar de uma ajuda para fazer tudo direitinho. Este guia contém

Leia mais

Manual de Instruções. Programa para Baixar e Transmitir Arquivos XML XML CONQUER MÓDULO TRANSMISSOR

Manual de Instruções. Programa para Baixar e Transmitir Arquivos XML XML CONQUER MÓDULO TRANSMISSOR 1 Manual de Instruções Programa para Baixar e Transmitir Arquivos XML XML CONQUER MÓDULO TRANSMISSOR Sumário Apresentação... 2 Instalação... 3 Utilização... 4 Menu Cadastro... 5 XML NFE Notas Emitidas

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

Manual do Usuário - Cliente Externo

Manual do Usuário - Cliente Externo Versão 3.0 SGCL - Sistema de Gestão de Conteúdo Local SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Referências... 4 2. COMO ESTÁ ORGANIZADO O MANUAL... 4 3. FUNCIONALIDADES GERAIS DO SISTEMA... 5 3.1. Acessar a Central

Leia mais

Introdução ao GED Simone de Abreu

Introdução ao GED Simone de Abreu Introdução ao GED Simone de Abreu GED O que é isso? O conhecimento teve, ao longo da história, diferentes significados e funções. No tempo das cavernas nossos antepassados transmitiam aos seus descendentes

Leia mais

UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO BACHARELADO

UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO BACHARELADO UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO BACHARELADO SISTEMA PARA O GERENCIAMENTO DE CONDOMÍNIOS OSMAR CARLOS RADTKE FILHO Prof. Orientador:

Leia mais

Gerenciamento de cor. 7.2 Calibração do scanner utilizando a calibração IT8 de SilverFast

Gerenciamento de cor. 7.2 Calibração do scanner utilizando a calibração IT8 de SilverFast Botão para a abertura do diálogo de calibração IT8 colorido: A calibração IT8 está ativa cinza: A calibração IT8 está desativada O botão IT8 somente está visível, se a função estiver liberada!.2 Calibração

Leia mais

Descomplicando Tecnologia

Descomplicando Tecnologia Descomplicando Tecnologia PROPÓSITO DESTE EBOOK Notamos que muitas pessoas tem sofrido com situações de fácil solução, envolvendo a lentidão e segurança de seus computadores e smartphones, a idéia deste

Leia mais

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software.

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software. 1 - Sumário 1 - Sumário... 2 2 O Easy Chat... 3 3 Conceitos... 3 3.1 Perfil... 3 3.2 Categoria... 4 3.3 Ícone Específico... 4 3.4 Janela Específica... 4 3.5 Ícone Geral... 4 3.6 Janela Geral... 4 4 Instalação...

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Atendente Comercial / Carteiro / Op. Triagem e Transbordo CORREIOS - Concurso Público 2015 2º CADERNO. Índice

Apostilas OBJETIVA Atendente Comercial / Carteiro / Op. Triagem e Transbordo CORREIOS - Concurso Público 2015 2º CADERNO. Índice 2º CADERNO Índice Pg. Microsoft Office: Excel 2010... Exercícios pertinentes... 02 63 Microsoft Office: Power Point 2010... Exercícios pertinentes... 104 146 Internet e Intranet. Conceitos básicos, navegadores

Leia mais

Manual de Utilizador. Caderno. Recursos da Unidade Curricular. Gabinete de Ensino à Distância do IPP. http://eweb.ipportalegre.pt. ged@ipportalegre.

Manual de Utilizador. Caderno. Recursos da Unidade Curricular. Gabinete de Ensino à Distância do IPP. http://eweb.ipportalegre.pt. ged@ipportalegre. Manual de Utilizador Caderno Recursos da Unidade Curricular Gabinete de Ensino à Distância do IPP http://eweb.ipportalegre.pt ged@ipportalegre.pt Índice RECURSOS... 1 ADICIONAR E CONFIGURAR RECURSOS...

Leia mais

DIRETO. Manual do Usuário. PROCERGS Divisão 7

DIRETO. Manual do Usuário. PROCERGS Divisão 7 DIRETO Manual do Usuário PROCERGS Divisão 7 Este documento foi produzido pela PROCERGS Praça dos Açorianos, s/n - CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (051) 210-3100 http:\\www.procergs.com.br Sumário Sobre

Leia mais

Metadados. 1. Introdução. 2. O que são Metadados? 3. O Valor dos Metadados

Metadados. 1. Introdução. 2. O que são Metadados? 3. O Valor dos Metadados 1. Introdução O governo é um dos maiores detentores de recursos da informação. Consequentemente, tem sido o responsável por assegurar que tais recursos estejam agregando valor para os cidadãos, as empresas,

Leia mais

MENDELEY. Prof. Sidney Sára Zanetti. Universidade Federal do Espírito Santo CCA / Depto. de Ciências Florestais e da Madeira

MENDELEY. Prof. Sidney Sára Zanetti. Universidade Federal do Espírito Santo CCA / Depto. de Ciências Florestais e da Madeira MENDELEY Prof. Sidney Sára Zanetti Universidade Federal do Espírito Santo CCA / Depto. de Ciências Florestais e da Madeira O Mendeley é um sistema gratuito criado, em 2008, por estudantes de doutorado

Leia mais

Auditoria Pós - Programação

Auditoria Pós - Programação Auditoria Pós - Programação Julho - 2014 Índice 1. Introdução... 3 2. Visão do Processo... 3 3. Serviço... 4 4. Dataset... 6 5. Formulário Principal AuditoriaPos... 8 6. Arquitetura do Formulário HTML

Leia mais

SUGESTÃO DE PLANO DE APRENDIZAGEM. Curso de Formação Inicial e Continuada. EXCEL 2010 Avançado SAC 9411362-0

SUGESTÃO DE PLANO DE APRENDIZAGEM. Curso de Formação Inicial e Continuada. EXCEL 2010 Avançado SAC 9411362-0 SUGESTÃO DE PLANO DE APRENDIZAGEM Curso de Formação Inicial e Continuada EXCEL 2010 Avançado SAC 9411362-0 Área: Tecnologia da Informação Subárea: Aplicativos Duração: 39 horas Gerência de Desenvolvimento

Leia mais

Guia do Fornecedor. WBC Public Pregão eletrônico

Guia do Fornecedor. WBC Public Pregão eletrônico Guia do Fornecedor WBC Public Pregão eletrônico As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas a mudança sem aviso prévio.

Leia mais

DESENVOLVIMENTODE APLICAÇÕESPARAINTERNET:PHP. VitorFariasCoreia

DESENVOLVIMENTODE APLICAÇÕESPARAINTERNET:PHP. VitorFariasCoreia DESENVOLVIMENTODE APLICAÇÕESPARAINTERNET:PHP VitorFariasCoreia INFORMAÇÃOECOMUNICAÇÃO Autor Vitor Farias Correia Graduado em Sistemas de Informação pela FACITEC e especialista em desenvolvimento de jogos

Leia mais

Engenharia. Principal Gerenc. Eletrônico de Doc. de Engenharia Digitalização de Doc. Técnica Manuais e relatórios pesquisáveis

Engenharia. Principal Gerenc. Eletrônico de Doc. de Engenharia Digitalização de Doc. Técnica Manuais e relatórios pesquisáveis Índice Engenharia Principal Gerenc. Eletrônico de Doc. de Engenharia Digitalização de Doc. Técnica Manuais e relatórios pesquisáveis Migração de Base de Dados IntelliCAD Customização e rotinas para AutoCAD

Leia mais

Paginas em Branco: O sistema possui a possibilidade de configuração, que remove automaticamente as páginas em branco.

Paginas em Branco: O sistema possui a possibilidade de configuração, que remove automaticamente as páginas em branco. GERENCIAMENTO ARQUIVÍSTICA DE DOCUMENTOS. Disponibiliza rotinas para armazenar e gerenciar (incluindo, alterando, excluindo e pesquisando) a documentação física e eletrônica (digitalizada, importada de

Leia mais

Manual Rápido de Registro e Configuração do DJPDV

Manual Rápido de Registro e Configuração do DJPDV Página 1 Manual Rápido de Registro e Configuração do DJPDV Juliana Rodrigues Prado Tamizou www.djsystem.com.br (15) 3324-3333 Rua Coronel Aureliano de Camargo,973 Centro - Tatuí SP - 18270-170 Revisado

Leia mais

Leitora Perto Smart. Guia de Instalação. Leitora Perto Smart Guia de Instalação. Janeiro/2010. Instalação da leitora Perto Smart.

Leitora Perto Smart. Guia de Instalação. Leitora Perto Smart Guia de Instalação. Janeiro/2010. Instalação da leitora Perto Smart. Leitora Perto Smart Guia de Instalação Página 1 de 14 Pré Requisitos para a instalação Dispositivos de Certificação Digital (Leitora Perto) Para que o processo de instalação tenha sucesso, é necessário

Leia mais

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML Observação: O arquivo XML da nota fiscal deve estar salvo em seu computador. Se o seu fornecedor não enviou o arquivo por e-mail, você pode obter o arquivo pela internet,

Leia mais

Como usar HTML em seus anúncios. ncios no MercadoLivre

Como usar HTML em seus anúncios. ncios no MercadoLivre Como usar HTML em seus anúncios ncios no MercadoLivre Conteúdo Apresentação Como editar os novos templates O que é necessário para editar os novos templates sem usar o MercadoLivre Como salvar uma imagem

Leia mais

Gerencial Software MANUAL DO USUÁRIO 1

Gerencial Software MANUAL DO USUÁRIO 1 MANUAL DO USUÁRIO 1 SUMÁRIO Tela de Login... 3 Telas de Atualização e Informação... 3 Cadastro de Clientes... 7 Cadastro de Grupos... 7 Cadastro de Subgrupos... 8 Cadastro de Fornecedores... 8 Cadastro

Leia mais

Sumário. Exclusão de Cookies... 2 O que são Cookies?... 2. Qual a Finalidade de um Cookie?... 2. Por que Excluir um Cookie?... 2

Sumário. Exclusão de Cookies... 2 O que são Cookies?... 2. Qual a Finalidade de um Cookie?... 2. Por que Excluir um Cookie?... 2 Sumário Exclusão de Cookies... 2 O que são Cookies?... 2 Qual a Finalidade de um Cookie?... 2 Por que Excluir um Cookie?... 2 Como excluir um Cookie?... 2 Configurações do Navegador... 6 Qual a finalidade

Leia mais

Agendador de Rotinas

Agendador de Rotinas Agendador de Rotinas Agendamento para Importação de Notas Fiscais É possível parametrizar o agendamento para importação de notas fiscais de entrada, saída e conhecimento de transporte, para todas as empresas

Leia mais

Introdução ao MS PowerPoint

Introdução ao MS PowerPoint Introdução ao MS PowerPoint Pré-requisitos: Windows e Word Software utilizado: Windows xp, PowerPoint 2003 O PowerPoint é um software utilizado para criar apresentações multimédia sobre vários temas ou

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1 Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente Versão 1.1 Sumário Sistema de Relacionamento com Cliente 3 1 Introdução... ao Ambiente do Sistema 4 Acessando... o Sistema 4 Sobre a Tela... do Sistema

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1

2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais