O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital"

Transcrição

1 Tipos de GED: Document imaging Document management Document Imaging / Document Management O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital Mundo analógico Criação Revisão Processamento Arquivo Mundo digital As quatro operações (criação, revisão, processamento, arquivo) são realizadas tanto no mundo digital quanto no analógico. No entanto podem existir situações híbridas, como as apresentadas a seguir: 1

2 O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital Mundo analógico Criação Revisão Processamento Arquivo Mundo digital Um documento pode ser criado e revisado no computador e depois impresso, sendo processado e arquivado em papel; Um documento pode ser criado e revisado em papel e depois ser digitalizado, sendo processado e arquivado em meio digital O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital Document Management Document Imaging Mundo analógico Criação Revisão Processamento Arquivo Mundo digital Um sistema Document Imaging direciona esforços para o gerenciamento de documentos concluídos, independente se a origem deles é analógica ou digital; 2

3 Document Imaging Document Imaging Os objetivos de um sistema de Document Imaging são: Capturar/digitalizar documentos; Armazená-los em ambiente seguro; Recuperar esses documentos quando necessário; Permitir manipular esses documentos de acordo com os processos da empresa. 3

4 Componentes Document Imaging Interface de pesquisa, visualização e indexação; Banco de dados para armazenar os índices; Visualizador para as imagens; Recursos de customização; Recursos de programação; Segurança; Interfaces de pesquisa, visualização e indexação Um software GED pode ter sua interface configurável; É comum um software GED possuir: Comandos de auxílio à pesquisa por meio de índices; Áreas para apresentar resultados de pesquisa; Comandos que permitem indexação e importação de novos documentos; 4

5 Interfaces de pesquisa, visualização e indexação Interfaces de pesquisa, visualização e indexação Alguns softwares possuem interfaces que apresentam os documentos numa estrutura de pastas e arquivos semelhantes ao Windows Explorer, tornando mais intuitiva a localização de documentos; Dependendo do software, essa estrutura pode ser variável, podendo apresentar dos documentos e pastas em uma determinada ordem, escolhida pelo usuário; 5

6 Interfaces de pesquisa, visualização e indexação Interfaces de pesquisa, visualização e indexação Tendência à utilização de interfaces WEB, mesmo quando não serão publicados documentos na Internet; Alguns programas possuem duas interfaces (desktop e WEB) acessando a mesma base de dados; 6

7 Banco de dados para armazenar índices Um índice é uma informação que permite localizar um documento. Exemplo: Nota fiscal CNPJ, data, valor, nº da nota; Recursos humanos matrícula do empregado, tipo de documento, data; Financeiro centro de custo, valor, objeto da despesa, data; Secretaria tipo documental de acordo com o Plano de Arquivo, data setor, origem. Banco de dados para armazenar índices Grande volume de documentos implica em volume e tamanho reduzido de índices; Tendência na utilização de banco de dados do mercado, de uso na empresa: Oracle, SQL Server. Porém existem softwares GED que possuem seu próprio banco de dados (proprietários); A escolha de um software de banco de dados deve levar em consideração o volume de documentos que será armazenado; 7

8 Visualizador de imagens de documentos Pode ser necessário a instalação de programas para a visualização de imagens de documentos sofisticados, como desenhos híbridos de CAD e imagens digitalizadas; Tais visualizadores geralmente possuem as seguintes funções: Zoom; Deslocamento; Rotação; Anexar anotações; Marcações e traços; Marca-texto Bloqueio de áreas para proteger dados sigilosos; Recursos de Personalização É bem provável que duas empresas distintas organizem seus documentos usando critérios diferentes. Um ambiente GED deve se adaptar à necessidade e a forma de trabalhar das empresas (usuários); Personalizar é aquilo que pode ser feito para deixar o ambiente de acordo com suas necessidades, sem ser necessário alterar programas do sistema; Muitas vezes ao perguntar se o produto é customizável (personalizável), o fornecedor dirá que sim. Mas devese questionar como essa personalização é feita. 8

9 Recursos de Programação Para fazer algumas adaptações necessárias, pode ser importante que a ferramenta seja programável. Exemplo: Permitir preenchimento automático de campos por meio de regras preestabelecidas; Integrar as demais aplicações da empresa; Integrar tecnologias que necessitam imagem: Workflow, ERP, CRM, etc. De preferência, a linguagem de programação usada deve ser comum do mercado, pois será mais fácil achar um profissional que saiba utilizá-la. Segurança Toda informação dos ambientes GED é sigilosa, o que varia é o nível de sigilo: Todos os funcionários da empresa podem ter acesso aos documentos do tipo Y; Somente funcionários com senha especial no GED terão acesso aos documentos do tipo X; Somente o Marketing e a Presidência terão acesso a documentos de lançamento de novo produto. Mesmo que um funcionário tenha acesso a um documento, não quer dizer que ele tenha controle total sobre ele. Pode haver níveis diferenciado de acesso, como restrição de apagar documentos, controle e relatório de acesso de cada usuário, etc. 9

10 Modos de pesquisa a documentos O propósito maior de um sistema GED é localizar e visualizar documentos. Para isso é necessário alguns recursos de busca: Buscas booleanas; Busca por pedaços de palavras; Recurso de refinamento de pesquisas anteriores; Suportar o uso de curingas nos campos de pesquisa; Possibilidade de pesquisa via WEB; Permitir combinar em uma mesma pesquisa nome do arquivo, campos de índice, características do documento, etc; Permitir pesquisa por qualquer índice, parte de índice ou combinação deles; Document Management 10

11 O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital Document Management Document Imaging Mundo analógico Criação Revisão Processamento Arquivo Mundo digital Document Management Permite gerenciar um documento durante todo o seu ciclo de vida; Ambiente mais propício à pessoas que trabalham intensamente em computadores; Além das funções de Document Imaging, o Document Management inclui alguma funções: Controle de versões dos documentos; Uso de modelos de documentos predefinidos ou formulários eletrônicos; Integração com programas geradores de novos documentos; Gerenciamento de documentos em construção; Fluxos documentais; Suporte a diversos tipos documentais; 11

12 Controle de versões de documentos O controle de versões de documentos implica em: Publicar somente a versão mais recente do documento em uso e não permitir que acidentalmente as versões antigas sejam usadas; Permitir que somente pessoas autorizadas vejam versões anteriores; Permitir acessar as versões para efetuar comparações; Bloquear versões anteriores de modo que não possam ser alteradas; Aplicações Controle de normas de qualidade; Documento de projetos; Desenhos de manutenção de plantas; Criação de processos de compra ou outros documentos que precisem ser revisados freqüentemente; Documentação de sistemas de informática; Uso de modelos de documentos predefinidos ou formulários eletrônicos Modelos de documentos predefinidos (templates) agiliza muito a criação de novos documentos e facilita a padronização de documentos; Se for preciso criar um memorando, por exemplo, um modelo definido pela empresa será apresentado ao usuário/funcionário; Implica em padronizar inicialmente um grupo de documentos. A empresa vai criando novos padrões quando necessário O conjunto de templates passa a ser único para toda a empresa, armazenados em um único local e facilmente usados por qualquer funcionário que tenha acesso ao sistema ; A tecnologia XML permite que além de criar documentos de maneira padronizada, tais documentos podem interagir com banco de dados; 12

13 Integração com programas geradores de novos documentos Interagir dados entre o ambiente GED e os programas geradores de documentos (editores de texto, planilhas, etc). Integração com programas geradores de novos documentos Os dados indexados no Sistema Document Management são automaticamente transferidos para o template do documento ao abrir o software de edição de textos; Esse procedimento permite garantir que os dados necessários para criar o documento realmente aparecerão no documento; 13

14 Integração com programas geradores de novos relatórios Essa integração permite que o usuário inicie a criação de um documento com ele já cadastrado no GED e com o modelo predefinido, padronizado pela empresa e com a garantia de que os dados de identificação do documento estarão cadastrados; Estas interações podem também ser no nível de consulta; Gerenciamento de documentos em construção Implica em alguns itens de controle, como por exemplo: Permitir a identificação clara de que o documento está em construção; Identificar quem é o responsável pela alteração naquele momento; Não permitir que outros tenham acesso a essa versão em construção, para evitar que decisões sejam tomadas em função de um documento incompleto; Estar integrado com o controle de versões. 14

15 Fluxos documentais Objetivo: transferir documentos de acordo com roteiros definidos, encaminhado-os de acordo com o fluxo que eles deveriam ter quando em um mundo físico. Algumas possibilidades: Notificações para verificar documentos podem sem integradas a sistemas de permitindo que um funcionário/usuário saiba que existe uma tarefa pendente a ser feita; Criação de grupos de trabalho para fins específicos, fazendo com que documentos de um grupo tenham tratamento diferenciado; Fluxos documentais 15

16 Suporte a diversos tipos de documentos Fala-se em armazenar tudo: Pequenos banco de dados; Apresentações de slides; Páginas da Web (HTML); Cronogramas de execução de obras; Vídeos; Sons; Etc; O visualizador nativo do GED pode não ser suficiente para visualizar todos os tipos de documentos que estiver armazenado; Pode-se até gerenciar documentos que não possam ser visualizados diretamente; 16

Gerenciamento do ciclo de vida de um documento Simone de Abreu

Gerenciamento do ciclo de vida de um documento Simone de Abreu Gerenciamento do ciclo de vida de um documento Simone de Abreu É o gerenciamento do ciclo de vida de todos os registros, em todos os tipos de mídia, desde a criação até a destruição ou arquivo permanente.

Leia mais

Manual do Usuário. Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural. dezembro de 13

Manual do Usuário. Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural. dezembro de 13 Manual do Usuário Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural dezembro de 13 Este documento foi produzido por Praça dos Açorianos, s/n CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (51) 3210-3100

Leia mais

Manual das planilhas de Obras v2.5

Manual das planilhas de Obras v2.5 Manual das planilhas de Obras v2.5 Detalhamento dos principais tópicos para uso das planilhas de obra Elaborado pela Equipe Planilhas de Obra.com Conteúdo 1. Gerando previsão de custos da obra (Módulo

Leia mais

Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6

Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6 Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6 Instalação, configuração e primeiros passos para uso das planilhas de obra Elaborado pela Equipe Planilhas de Obra.com Conteúdo 1. Preparar inicialização das

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Manual de Utilização do PDV Klavix

Manual de Utilização do PDV Klavix Manual de Utilização do PDV Klavix Página 1/20 Instalando a partir do CD Se você recebeu um CD de instalação, rode o programa Instalador que se encontra no raiz do seu CD. Ele vai criar a pasta c:\loureiro

Leia mais

Versão para atualização do Gerpos Retaguarda

Versão para atualização do Gerpos Retaguarda Versão para atualização do Gerpos Retaguarda A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível.

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

POLÍTICA DE PRIVACIDADE POLÍTICA DE PRIVACIDADE Veja como protegemos suas informações. 1. DA ABRANGÊNCIA DESTA POLÍTICA DE PRIVACIDADE a. Como a Advisenet usa informações pessoais? Este documento explicita a forma pela qual a

Leia mais

Manual do Usuário. Protocolo

Manual do Usuário. Protocolo Manual do Usuário Protocolo Índice de capítulos Parte I - Processos............................... 01 1 - Buscar................................ 01 2 - Listar................................ 02 3 - Abertura..............................

Leia mais

MANUAL - CONTABILIDADE

MANUAL - CONTABILIDADE MANUAL - CONTABILIDADE MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. MÓDULO CONTABILIDADE...4 2.1. PLANO CONTÁBIL...4 2.2. BOLETIM CONTÁBIL...4 2.2.1. Lançamentos Contábeis...5

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

MÓDULO 3 Cadastros básicos

MÓDULO 3 Cadastros básicos MÓDULO 3 Cadastros básicos Agora que você já conhece o SCAWEB, demonstraremos como realizar os cadastros básicos do HÓRUS. Inicialmente, você precisará acessar o HÓRUS com o email e senha cadastrados no

Leia mais

BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO

BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO BAURU 2015 2 BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO Manual do usuário apresentado para auxiliar no uso do sistema SisPon. BAURU 2015 3 SUMÁRIO 1 Instalação... 5 1.1 Sispon...

Leia mais

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 -

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 - Guia do Usuário idocs Content Server v.2.0-1 - 2013 BBPaper_Ds - 2 - Sumário Introdução... 4 Inicializando a aplicação... 6 Ambiente... 7 Alterando o ambiente... 8 Senhas... 10 Alterando senhas... 10 Elementos

Leia mais

LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 269 TELEFONE: (11) 2823-8800 SÃO CAETANO DO SUL SÃO PAULO CEP: 09530-250

LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 269 TELEFONE: (11) 2823-8800 SÃO CAETANO DO SUL SÃO PAULO CEP: 09530-250 LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 269 TELEFONE: (11) 2823-8800 SÃO CAETANO DO SUL SÃO PAULO CEP: 09530-250 1 SOFTWARE HCS 2005 - VERSÃO 4.5 (Compatível com Guarita Vr4.03 ou superior) Recomendações Iniciais Para

Leia mais

Pró-Reitoria de Administração - PRAd Assessoria de Informática - AI SISTEMA DE PUBLICAÇÃO DE LICITAÇÕES. Manual de Procedimentos

Pró-Reitoria de Administração - PRAd Assessoria de Informática - AI SISTEMA DE PUBLICAÇÃO DE LICITAÇÕES. Manual de Procedimentos Pró-Reitoria de Administração - PRAd Assessoria de Informática - AI SISTEMA DE PUBLICAÇÃO DE LICITAÇÕES Manual de Procedimentos 2004 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. OBJETIVOS...3 3. ÂMBITO DE APLICAÇÃO...3

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Atendente Comercial / Carteiro / Op. Triagem e Transbordo CORREIOS - Concurso Público 2015 2º CADERNO. Índice

Apostilas OBJETIVA Atendente Comercial / Carteiro / Op. Triagem e Transbordo CORREIOS - Concurso Público 2015 2º CADERNO. Índice 2º CADERNO Índice Pg. Microsoft Office: Excel 2010... Exercícios pertinentes... 02 63 Microsoft Office: Power Point 2010... Exercícios pertinentes... 104 146 Internet e Intranet. Conceitos básicos, navegadores

Leia mais

Capítulo 13 Pastas e Arquivos

Capítulo 13 Pastas e Arquivos Capítulo 13 Pastas e Arquivos À medida que a tecnologia avança, os dispositivos móveis vão ganhando cada vez mais funções e características que antes só pertenciam aos computadores pessoais. Com a expansão

Leia mais

Implementando uma Classe e Criando Objetos a partir dela

Implementando uma Classe e Criando Objetos a partir dela Análise e Desenvolvimento de Sistemas ADS Programação Orientada a Obejeto POO 3º Semestre AULA 04 - INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO (POO) Parte: 2 Prof. Cristóvão Cunha Implementando uma Classe

Leia mais

Bem-vindo ao tópico sobre administração de listas de preços.

Bem-vindo ao tópico sobre administração de listas de preços. Bem-vindo ao tópico sobre administração de listas de preços. Nesse tópico, você aprenderá a administrar listas de preços no SAP Business One. Sua empresa atualiza múltiplas listas de preços para fornecer

Leia mais

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SANTA MARIA FATECIENS 2008 Este manual tem por finalidade apresentar as especificações detalhadas da aplicação de Cadastro de Funcionários,

Leia mais

Como usar HTML em seus anúncios no MercadoLivre. MercadoLivre Brasil

Como usar HTML em seus anúncios no MercadoLivre. MercadoLivre Brasil Como usar HTML em seus anúncios no MercadoLivre 1 Conteúdo Apresentação Como editar os novos templates O que é necessário para editar os novos templates sem usar o Mercado Livre. Como salvar uma imagem

Leia mais

CADERNOS DE INFORMÁTICA Nº 1. Fundamentos de Informática I - Word 2010. Sumário

CADERNOS DE INFORMÁTICA Nº 1. Fundamentos de Informática I - Word 2010. Sumário CADERNO DE INFORMÁTICA FACITA Faculdade de Itápolis Aplicativos Editores de Texto WORD 2007/2010 Sumário Editor de texto... 3 Iniciando Microsoft Word... 4 Fichários:... 4 Atalhos... 5 Área de Trabalho:

Leia mais

DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR

DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR Fortaleza - CE Introdução ao ambiente de desenvolvimento delphi e preparação da interface basíca O ambiente delphi foi criado pela Borland Software

Leia mais

CED. Manual do Usuário

CED. Manual do Usuário CED Manual do Usuário Definições Este documento possui alguns termos específicos, por isso faremos uma breve descrição dos conceitos atribuídos a eles: Usuário Administrador: usuário responsável pelo gerenciamento

Leia mais

Oportunidades GIFE. Como divulgar vagas na Comunidade

Oportunidades GIFE. Como divulgar vagas na Comunidade Oportunidades GIFE Como divulgar vagas na Comunidade Página de Acesso de Empresas Para quem já possui cadastro, basta preencher a identificação da empresa, a identificação do usuário e a senha de acesso

Leia mais

IBM CONTENT MANAGER MANUAL DE PESQUISA E-CLIENT (GERENCIAMENTO ELETRONICO DE DOCUMENTOS)

IBM CONTENT MANAGER MANUAL DE PESQUISA E-CLIENT (GERENCIAMENTO ELETRONICO DE DOCUMENTOS) IBM CONTENT MANAGER MANUAL DE PESQUISA E-CLIENT (GERENCIAMENTO ELETRONICO DE DOCUMENTOS) 1 O IBM Content Manager foi à solução adquirida pela Secretaria do Estado da Educação de Santa Catarina para gerenciar

Leia mais

Manual de Operação. Copyright 2011 - Todos os direitos reservados.

Manual de Operação. Copyright 2011 - Todos os direitos reservados. Manual de Operação Copyright 2011 - Todos os direitos reservados. SUMÁRIO 1. Informações Gerais...7 1.1 EasyPass... 7 1.2 Observações... 8 2. Conceitos Básicos...10 2.1 Captura de Imagem...10 2.2 Crop...10

Leia mais

Portal do Projeto Tempo de Ser

Portal do Projeto Tempo de Ser Sumário Portal do Projeto Tempo de Ser O que é um Wiki?...2 Documentos...2 Localizando documentos...3 Links...3 Criando um Documento...4 Criando um link...4 Editando um Documento...5 Sintaxe Básica...5

Leia mais

COM O BROFFICE IMPRESS

COM O BROFFICE IMPRESS Unidade Unidade 5 4 Preparando Compondo suas planilhas apresentações eletrônicas com com o BrOffice o BrOffice Impress Calc UNIDADE 5 PREPARANDO SUAS APRESENTAÇÕES COM O BROFFICE IMPRESS OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Leia mais

MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA

MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO Janeiro 2012 Conteúdo Elaboração do projeto... 3 1. Acesso ao Sistema... 4 2. Tipo de Certificado... 4 2.1. Navegador padrão para acessar

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOMINIO ATENDIMENTO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOMINIO ATENDIMENTO Rua Afonso Arrechea, 240, Santo Ant. do Sudoeste - PR Tel 46 3563-1518 Fax 46 3563-3780 contato@diferencialcontabil.cnt.br www.diferencialcontabil.cnt.br MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOMINIO ATENDIMENTO VERSÃO

Leia mais

MANUAL MÓDULO CIELO QUERY COMMERCE (VERSÃO 1.6.1) QUERY COMMERCE

MANUAL MÓDULO CIELO QUERY COMMERCE (VERSÃO 1.6.1) QUERY COMMERCE MANUAL MÓDULO CIELO QUERY COMMERCE (VERSÃO 1.6.1) QUERY COMMERCE Introdução Esse manual fornecerá as informações necessárias para a realização da integração de sua loja em Magento com o sistema de pagamento

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Versão 3.10 Sumário 1 Funções do Emissor... 3 1.1 Aba Inicial... 4 1.2 Aba Sistema... 5 1.2.1 Mensagem Sistema... 5 1.2.2 Extras... 6 1.2.3 Contingência... 6 1.2.4 Execução... 7 1.3

Leia mais

paradigma WBC Public - compra direta Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.0

paradigma WBC Public - compra direta Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.0 paradigma WBC Public - compra direta Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.0 agosto de 2007 As informações contidas neste documento, incluíndo quaisquer URLs e outras possíveis referências a

Leia mais

O Sistema foi inteiramente desenvolvido em PHP+Javascript com banco de dados em MySQL.

O Sistema foi inteiramente desenvolvido em PHP+Javascript com banco de dados em MySQL. Nome do Software: Gerenciador de Projetos Versão do Software: Gerenciador de Projetos 1.0.0 1. Visão Geral Este Manual de Utilização do Programa Gerenciador de Projetos via Web, tem por finalidade facilitar

Leia mais

Metadados. 1. Introdução. 2. O que são Metadados? 3. O Valor dos Metadados

Metadados. 1. Introdução. 2. O que são Metadados? 3. O Valor dos Metadados 1. Introdução O governo é um dos maiores detentores de recursos da informação. Consequentemente, tem sido o responsável por assegurar que tais recursos estejam agregando valor para os cidadãos, as empresas,

Leia mais

COMUNICADO SIAD 019 /2007 ASSUNTO: Frota Abastecimento no Posto Orgânico Coletivo de Combustível - POC

COMUNICADO SIAD 019 /2007 ASSUNTO: Frota Abastecimento no Posto Orgânico Coletivo de Combustível - POC Órgão/Setor SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Rua Bernardo Guimarães, 2731. Tel.: (31) 3290-4600 CEP: 30.180-140 Belo Horizonte Minas Gerais Brasil CGC: 18.715.607 / 0001-13 Inscrição Estadual:

Leia mais

Configurando o Controle dos Pais no Windows Vista

Configurando o Controle dos Pais no Windows Vista Autor: Bruno Leonardo MCP, MCDST, MCSA http://brunoleonardoleal.spaces.live.com 24/06/2007 Configurando o Controle dos Pais no Windows Vista Página 1 de 16 O Controle dos Pais está disponível nas versões

Leia mais

Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia. Estudo de Caso (Benefícios do GED) Demonstração Prática de Uso de GED (SAPROD)

Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia. Estudo de Caso (Benefícios do GED) Demonstração Prática de Uso de GED (SAPROD) Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia Estudo de Caso (Benefícios do GED) Demonstração Prática de Uso de GED (SAPROD) Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia Estudo de Caso (Benefícios

Leia mais

MULTIACERVO Implementações da versão 20-1

MULTIACERVO Implementações da versão 20-1 Data: Janeiro / 2015 Recurso pop-up O pop-up é um recurso que abre uma nova janela sem sair da tela original. Isto é interessante pois permite complementar uma informação e permanecer no ponto original,

Leia mais

Para o OpenOffice Impress, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides.

Para o OpenOffice Impress, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. OPENOFFICE IMPRESS 1. O QUE É UMA APRESENTAÇÃO Para o OpenOffice Impress, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. Em cada slide podemos ter vários elementos

Leia mais

OFICINA DE POWER POINT

OFICINA DE POWER POINT OFICINA DE POWER POINT Barra de Ferramentas Padrão Barra de Ferramentas Formatação Barra de Menus Modos de Visualização Painéis de Tarefas Barra de Ferramentas Desenho Profª. Maria Adelina Raupp Sganzerla

Leia mais

Manual do Instar Mail v2.0

Manual do Instar Mail v2.0 Manual do Instar Mail v2.0 Sumário Conteúdo Menu Principal... 2 Menu Cliente... 3 Pagina Categorias do Instar-Mail... 4 Importação... 4 Campanhas... 8 Cadastramento de campanhas do Instar-Mail... 9 Ações

Leia mais

Para o PowerPoint, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides.

Para o PowerPoint, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. POWERPOINT 1. O QUE É UMA APRESENTAÇÃO Para o PowerPoint, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. Em cada slide podemos ter vários elementos ou objetos

Leia mais

Professor Paulo Lorini Najar

Professor Paulo Lorini Najar Microsoft PowerPoint O Microsoft PowerPoint é uma ferramenta ou gerador de apresentações, palestras, workshops, campanhas publicitárias, utilizados por vários profissionais, entre eles executivos, publicitários,

Leia mais

GUIA RÁPIDO - Bulletino Administrador -

GUIA RÁPIDO - Bulletino Administrador - GUIA RÁPIDO - - versão 1.0 Introdução A Dzign-e orgulhosamente apresenta o Bulletino, um sistema desenvolvido com o objetivo de facilitar a comunicação entre Organização e seus membros. O Sistema Bulletino

Leia mais

Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a)

Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a) Arttez Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a) O Sistema Arttez. Arttez é o software de gerenciamento para estúdios de tatuagem que objetiva manter o controle

Leia mais

MANUAL MOODLE - PROFESSORES

MANUAL MOODLE - PROFESSORES MANUAL MOODLE - PROFESSORES VERSÃO 2.5 Faculdades Projeção FACULDADE PROJEÇÃO Prof. Oswaldo Luiz Saenger Presidente Prof.ª Catarina Fontoura Costa Diretora Geral das Unidades Educacionais Prof. José Sérgio

Leia mais

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 16.1.1 1

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 16.1.1 1 Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 16.1.1 1 1 - INTRODUÇÃO NEXCODE NOTE, também conhecido como NEXNOTE, é um conjunto de soluções de software desenvolvidas pelas Nexcode Systems

Leia mais

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Sistemas Operacionais Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Conteúdo Programático CONTAS DE E GRUPOS DE O Microsoft Management Console - MMC Permissões de Segurança de um Console Contas de Usuários

Leia mais

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos. Versão 1.0.1.0

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos. Versão 1.0.1.0 Padrão ix Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos Versão 1.0.1.0 Copyright 2000-2013 Padrão ix Sistemas Abertos Ltda. Todos os direitos reservados. As informações contidas

Leia mais

REGISTRO DE PROJETOS

REGISTRO DE PROJETOS REGISTRO DE PROJETOS 1. REGISTRO DE PROJETOS Esta aplicação tem o objetivo de realizar o Registro de Projetos da Instituição. É possível, incluir, alterar ou excluir essas informações. 1.1. Acessando a

Leia mais

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier isupplier Revisão 01 Setembro 2011 Sumário 1 Acesso ao portal isupplier... 03 2 Home Funções da Tela Inicial... 05 3 Ordens de Compra Consultar Ordens de Compra... 07 4 Entregas Consultar Entregas... 13

Leia mais

Gerenciamento de cor. 7.2 Calibração do scanner utilizando a calibração IT8 de SilverFast

Gerenciamento de cor. 7.2 Calibração do scanner utilizando a calibração IT8 de SilverFast Botão para a abertura do diálogo de calibração IT8 colorido: A calibração IT8 está ativa cinza: A calibração IT8 está desativada O botão IT8 somente está visível, se a função estiver liberada!.2 Calibração

Leia mais

APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo)

APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 Índice Aula 1...3 Introdução... 3 Formatações de tabela... 4 Função HOJE... 6 Função SE... 6 Exercícios... 7 Exercício de Fixação...

Leia mais

Manual de Utilizador. Caderno. Recursos da Unidade Curricular. Gabinete de Ensino à Distância do IPP. http://eweb.ipportalegre.pt. ged@ipportalegre.

Manual de Utilizador. Caderno. Recursos da Unidade Curricular. Gabinete de Ensino à Distância do IPP. http://eweb.ipportalegre.pt. ged@ipportalegre. Manual de Utilizador Caderno Recursos da Unidade Curricular Gabinete de Ensino à Distância do IPP http://eweb.ipportalegre.pt ged@ipportalegre.pt Índice RECURSOS... 1 ADICIONAR E CONFIGURAR RECURSOS...

Leia mais

1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e?

1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar,

Leia mais

Manual de orientação do Sistema de Requisição de Recibos Eleitorais SRE

Manual de orientação do Sistema de Requisição de Recibos Eleitorais SRE TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL - TSE Manual de orientação do Sistema de Requisição de Recibos Eleitorais SRE Julho/2014 Apresentação do sistema: Este manual tem o intuito de orientar os candidatos e partidos/comitês

Leia mais

1. Criar uma nova apresentação

1. Criar uma nova apresentação MANUAL DO Baixa da Banheira, 2006 1. Criar uma nova apresentação Para iniciar uma sessão de trabalho no PowerPoint é necessário criar uma nova apresentação para depois trabalhar a mesma. Ao iniciar uma

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL MAC OS

SISTEMA OPERACIONAL MAC OS MANUAL PROTECT Versão R15 SISTEMA OPERACIONAL MAC OS Copyright GVT 2015 www.gvtprotect.com.br 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 GVT PROTECT... 3 2.1 Requisitos Mínimos De Sistema... 3 2.2 Sistemas Operacionais

Leia mais

RGF SISTEMAS DE INFORMÁTICA LTDA SISARQ SISTEMA DE CONTROLE DE ARQUIVO DESLIZANTE PARAÍSO DO TOCANTINS-TO

RGF SISTEMAS DE INFORMÁTICA LTDA SISARQ SISTEMA DE CONTROLE DE ARQUIVO DESLIZANTE PARAÍSO DO TOCANTINS-TO RGF SISTEMAS DE INFORMÁTICA LTDA SISARQ SISTEMA DE CONTROLE DE ARQUIVO DESLIZANTE PARAÍSO DO TOCANTINS-TO 2 SUMÁRIO LISTA DE FIGURAS... 3 1 ESTRUTURA DE ARQUIVOS DESLIZANTES... 5 1.1 Módulos... 8 1.2 Face...

Leia mais

COORDENAÇÃO DE EAD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO. Versão 1.0

COORDENAÇÃO DE EAD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO. Versão 1.0 COORDENAÇÃO DE EAD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2015 SUMÁRIO 1. O MOODLE 3 2. Acesso à Plataforma 3 2.1. Cadastrar-se em uma disciplina 4 2.2. Página Inicial do Curso 5 3.

Leia mais

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA SISTEMA ISS WEB Sil Tecnologia LTDA Sumário INTRODUÇÃO 3 1. ACESSO AO SISTEMA 4 2. AUTORIZAR USUÁRIO 5 3. TELA PRINCIPAL 6 4. ALTERAR SENHA 7 5. TOMADORES DE SERVIÇO 7 5.1 Lista de Declarações de Serviços

Leia mais

Tutorial de Acesso ao AVA - Ambiente Virtual de Aprendizagem e-learning Consinco. Agosto 2015, versão 1

Tutorial de Acesso ao AVA - Ambiente Virtual de Aprendizagem e-learning Consinco. Agosto 2015, versão 1 Tutorial de Acesso ao AVA - Ambiente Virtual de Aprendizagem e-learning Consinco Agosto 2015, versão 1 Consinco e-learning O Que é? Como Acessar? O Consinco e-learning é o portal de Ensino a Distância

Leia mais

Simulado Informática Concurso Correios - IDEAL INFO

Simulado Informática Concurso Correios - IDEAL INFO Simulado Informática Concurso Correios - IDEAL INFO Esta prova de informática é composta por 20 (vinte) questões de múltipla escolha seguindo o molde adotado pela UnB/CESPE. O tempo para a realização deste

Leia mais

Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu

Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu Pré requisitos: Elaboração de questionário Formulário multimídia Publicação na internet Uso de senhas na Web Visualização condicionada ao perfil A

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS. Manual do Usuário

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS. Manual do Usuário SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS Manual do Usuário Acesso Rápido Apresentação 2 Consulta ao Catálogo do SiBIFRS 3 Pesquisa geral 5 Opções de consulta 7 Detalhamento da obra 8 Detalhamento da obra Guia Exemplares

Leia mais

Carrera Pessoal 2015. Guia de uso

Carrera Pessoal 2015. Guia de uso Carrera Pessoal 2015 Guia de uso Bem vindo ao Carrera Pessoal 2015, o gerenciador financeiro ideal. Utilizando o Carrera Pessoal você poderá administrar com facilidade as suas finanças e/ou da sua família.

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO Utilitário ConfigXpress no CA IdentityMinder a minha solução de gerenciamento de identidades pode se adaptar rapidamente aos requisitos e processos de negócio em constante mudança? agility

Leia mais

Manual do usuário Neo Protocolo Free

Manual do usuário Neo Protocolo Free O Neo Protocolo Free, é um sistema para criar e gerenciar protocolos de entrega e recebimento de documentos, desenvolvido e distribuído gratuitamente pela Neo Solutions. O software pode funcionar de forma

Leia mais

MANUAL PARA USO DO SISTEMA

MANUAL PARA USO DO SISTEMA Clínicas Odontológicas MANUAL PARA USO DO SISTEMA (GCO) GERENCIADOR CLÍNICO ODONTOLÓGICO SmilePrev Versão 1.0 SmilePrev Clínicas Odontológicas www.smilepev.com 2008 REQUISITOS BÁSICOS DO SISTEMA HARDWARE

Leia mais

Início Rápido: Registar para o Centro de Negócios da Microsoft

Início Rápido: Registar para o Centro de Negócios da Microsoft Guia do Cliente O Centro de Negócios da Microsoft permite que as pessoas em sua organização exibam com segurança contratos de compras, exibam pedidos de licenciamento por volume, efetuem o download do

Leia mais

Personalizações do mysuite

Personalizações do mysuite Personalizações do mysuite 1. mysuite... 2 2. Customização de campos... 3 3. Importação de dados... 3 4. Integração de sistemas... 3 5. Personalização do Atendimento Online... 4 5.1. Imagens de online

Leia mais

Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá. LibreOffice Impress Editor de Apresentação

Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá. LibreOffice Impress Editor de Apresentação Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá LibreOffice Impress Editor de Apresentação Iniciando o Impress no Linux Educacional 4 1. Clique no botão 'LE' no

Leia mais

Tutorial de uso do Subversion com RapidSVN

Tutorial de uso do Subversion com RapidSVN Universidade Federal de São Carlos Departamento de Computação Tutorial de uso do Subversion com RapidSVN João Celso Santos de Oliveira Orientação: Prof.ª Dra. Marilde T. P. Santos - São Carlos - Agosto

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

Manual Rápido de Registro e Configuração do DJPDV

Manual Rápido de Registro e Configuração do DJPDV Página 1 Manual Rápido de Registro e Configuração do DJPDV Juliana Rodrigues Prado Tamizou www.djsystem.com.br (15) 3324-3333 Rua Coronel Aureliano de Camargo,973 Centro - Tatuí SP - 18270-170 Revisado

Leia mais

Tutorial 7 Fóruns no Moodle

Tutorial 7 Fóruns no Moodle Tutorial 7 Fóruns no Moodle O Fórum é uma atividade do Moodle que permite uma comunicação assíncrona entre os participantes de uma comunidade virtual. A comunicação assíncrona estabelecida em fóruns acontece

Leia mais

Q-Acadêmico. Módulo CIEE - Estágio. Revisão 01

Q-Acadêmico. Módulo CIEE - Estágio. Revisão 01 Q-Acadêmico Módulo CIEE - Estágio Revisão 01 SUMÁRIO 1. VISÃO GERAL DO MÓDULO... 2 1.1 PRÉ-REQUISITOS... 2 2. ORDEM DE CADASTROS PARA UTILIZAÇÃO DO MÓDULO CIEE... 3 2.1 CADASTRANDO EMPRESAS... 3 2.1.1

Leia mais

gerenciamento de portais e websites corporativos interface simples e amigável, ágil e funcional não dependendo mais de um profissional especializado

gerenciamento de portais e websites corporativos interface simples e amigável, ágil e funcional não dependendo mais de um profissional especializado O NetPublisher é um sistema de gerenciamento de portais e websites corporativos (intranets ou extranets), apropriado para pequenas, médias e grandes empresas. O conteúdo do website pode ser atualizado

Leia mais

CADASTRO DE OBRAS E PROJETOS DE ENGENHARIA

CADASTRO DE OBRAS E PROJETOS DE ENGENHARIA CADASTRO DE OBRAS E PROJETOS DE ENGENHARIA SET 2014 2 INTRODUÇÃO Este manual objetiva orientar os servidores no processo do cadastro de projetos no Sistema Channel para viabilizar o acompanhamento físico-financeiro

Leia mais

Manual do Emissor RPS

Manual do Emissor RPS Manual do Emissor RPS Fly E-Nota 1/14 Índice 1.Instalação...3 1.1.Pré-requisitos da instalação...3 1.2.Baixar e instalar do Emissor RPS...3 1.3.Carregar as configurações do prestador...4 1.4.Instalação

Leia mais

Gestão de Entrada ESTE DOCUMENTO APRESENTA UMA VISÃO GERAL SOBRE A SOLUÇÃO GESTÃO DE ENTRADA.

Gestão de Entrada ESTE DOCUMENTO APRESENTA UMA VISÃO GERAL SOBRE A SOLUÇÃO GESTÃO DE ENTRADA. Gestão de Entrada ESTE DOCUMENTO APRESENTA UMA VISÃO GERAL SOBRE A SOLUÇÃO GESTÃO DE ENTRADA. NECESSIDADE PERCEBIDA As empresas, sejam elas de grande, médio ou pequeno porte, necessitam ter o controle

Leia mais

Manual. O líder global na abordagem do plágio e no fornecimento de comentários enriquecedores.

Manual. O líder global na abordagem do plágio e no fornecimento de comentários enriquecedores. Manual O líder global na abordagem do plágio e no fornecimento de comentários enriquecedores. 1 SUMÁRIO 1. CADASTRO DE NOVO USUÁRIO... 2 2. INCLUSÃO DE AULA E TRABALHO... 2 3. ENVIO DE DOCUMENTOS (TRABALHOS)...

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS Manual do Usuário: SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS Em 2013 foi adquirido o Sistema de Gerenciamento de Bibliotecas Pergamum para todas Bibliotecas do IFRS. A implantação está sendo feita de acordo com as

Leia mais

Sistema de Digitalização e Gerenciamento de Arquivos On-Line

Sistema de Digitalização e Gerenciamento de Arquivos On-Line Sistema de Digitalização e Gerenciamento de Arquivos On-Line O aplicativo Aplicativo com quase 3 anos de mercado, onde gerencia atualmente mais de 500.000 arquivos sendo eles entre digitalizados ou anexados

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

Gerencial Software MANUAL DO USUÁRIO 1

Gerencial Software MANUAL DO USUÁRIO 1 MANUAL DO USUÁRIO 1 SUMÁRIO Tela de Login... 3 Telas de Atualização e Informação... 3 Cadastro de Clientes... 7 Cadastro de Grupos... 7 Cadastro de Subgrupos... 8 Cadastro de Fornecedores... 8 Cadastro

Leia mais

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SETOR DE ESTÚDIO E SUPORTE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL DA FTC EAD

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SETOR DE ESTÚDIO E SUPORTE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL DA FTC EAD DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SETOR DE ESTÚDIO E SUPORTE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL DA FTC EAD Salvador Bahia Março/2010 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL Este manual contém a descrição das

Leia mais

CONSULTA PROCESSUAL WEB PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO CONSULTA PROCESSUAL WEB. 1ª e 2ª INSTÂNCIAS MANUAL DO USUÁRIO

CONSULTA PROCESSUAL WEB PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO CONSULTA PROCESSUAL WEB. 1ª e 2ª INSTÂNCIAS MANUAL DO USUÁRIO PODER JUDICIÁRIO CONSULTA PROCESSUAL WEB 1ª e 2ª INSTÂNCIAS MANUAL DO USUÁRIO Brasília - DF 2014 LISTA DE ILUSTRAÇÕES Figura 1 - Página inicial do sítio do TRF1... 7 Figura 2 - Tela inicial do sistema...

Leia mais

Atualização, Backup e Recuperação de Software. Número de Peça: 405533-201

Atualização, Backup e Recuperação de Software. Número de Peça: 405533-201 Atualização, Backup e Recuperação de Software Número de Peça: 405533-201 Janeiro de 2006 Sumário 1 Atualizações de Software Recebimento Automático de Atualizações de Software HP...................................

Leia mais

Manual de Rotinas para Usuários. Advogados da União. Procuradoria da União no Estado do Ceará PU/CE SAPIENS. Sistema da AGU de Inteligência Jurídica

Manual de Rotinas para Usuários. Advogados da União. Procuradoria da União no Estado do Ceará PU/CE SAPIENS. Sistema da AGU de Inteligência Jurídica Manual de Rotinas para Usuários Advogados da União Procuradoria da União no Estado do Ceará PU/CE SAPIENS Sistema da AGU de Inteligência Jurídica Versão 1.0 2015 1 INTRODUÇÃO 3 1.1 O QUE É O SAPIENS? 3

Leia mais

Manual do Visualizador NF e KEY BEST

Manual do Visualizador NF e KEY BEST Manual do Visualizador NF e KEY BEST Versão 1.0 Maio/2011 INDICE SOBRE O VISUALIZADOR...................................................... 02 RISCOS POSSÍVEIS PARA O EMITENTE DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA.................

Leia mais

Nº Nome Telefone e-mail. É necessário está conectado com um usuário e senha que tenha permissão para acessar as opções abaixo descritas.

Nº Nome Telefone e-mail. É necessário está conectado com um usuário e senha que tenha permissão para acessar as opções abaixo descritas. PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO - POP Nº 1511.0008 DIRECTA SISTEMAS INTELIGENTES SISTEMA APLWEB DEPARTAMENTO(S) ALMOXARIFADO/EXPEDIÇÂO/DPA MÓDULO/MENU PRODUTOS/SERVIÇOS Versão do Documento Nº 1.0 Data

Leia mais

Manual do Usuário. Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação - DeSTDA

Manual do Usuário. Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação - DeSTDA Livro Super Simples Manual do Usuário Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação - DeSTDA Secretarias de Fazenda Estaduais, do Distrito Federal e Comitê Gestor do Simples

Leia mais

Diretrizes de Qualidade de Projetos

Diretrizes de Qualidade de Projetos Diretrizes de Qualidade de Projetos Versão 1.5 MAPA/SE/SPOA/CGTI, 2012 Página 1 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 15/01/2012 1.0 Criação do Artefato Pérsio Mairon 10/03/2012 1.1 Inclusão

Leia mais

1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes

1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes 1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes Janelas são estruturas do software que guardam todo o conteúdo exibido de um programa, cada vez que um aplicativo é solicitado à janela do sistema

Leia mais

PowerPoint 2010 para o Office 365 para empresas

PowerPoint 2010 para o Office 365 para empresas PowerPoint 2010 para o Office 365 para empresas Faça a migração O Microsoft PowerPoint 2013 tem uma aparência diferente das versões anteriores. Assim, veja a seguir uma visão geral dos novos recursos e

Leia mais