QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 019/2013

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 019/2013"

Transcrição

1 QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 019/2013 A Contratante poderá estabelecer junto a Contratada um cronograma para execução do objeto, ou seja, poderá haver um planejamento para que o atendimento seja feito considerando um volume de validações/dia para que o tempo seja otimizado? Caso ocorra a invalidação, revogação em decorrência da utilização indevida do certificado por parte do usuário as despesas de nova emissão de certificado digital será de responsabilidade da Contratante? As validações dos certificados serão nas dependências da Contratante? Caso as autoridades e/ou servidores não comparecerem para realizar a emissão dos certificados digitais na data agendada entre a Contratada e à Contratante, entendemos que será computado como visita realizada. É esse o entendimento que prevalece? Os servidores que não comparecerem na data agendada, poderão se deslocar a um ponto de atendimento da Contratada mediante agendamento para a realização da emissão. Caso os certificados sejam emitidos nas dependências da Contratante, perguntamos se a estrutura que a Contratante disponibilizará a contratada para as emissões dos certificados, contempla impressora, scanner, telefone e internet para que os atendimentos sejam executados com eficiência? Conforme o item é solicitado no ato da entrega (validação) do produto, é solicitado o respectivo certificado de garantia. Afirmamos que no momento da validação, é entregue ao cliente uma via do termo de titularidade e de responsabilidade do produto, o produto certificado digital não tem certificado de garantia. O certificado servidor a ser adquirido é de raiz internacional?

2 A Contratada deve obrigatoriamente ser uma Autoridade Certificadora (AC) credenciada pela ICP-Brasil? Será permitida a participação de Autoridade de Registro (AR)? A CONTRATADA deve fornecer o item conforme descrição no projeto básico. De acordo com o item n 3 valor estimado da licitação, verificamos que o objeto da licitação é incompatível com o preço praticado no mercado. Observamos que o preço estimado para o item 01 é inexequível. Gostaríamos de saber se estes valores estão corretos. O valor está correto e passou pelo crivo da Assessoria de Controle da Economicidade do MPRJ. Caso o valor estimado da licitação esteja correto, gostaríamos de saber se a licitante ofertar o valor inicial acima do valor estimado, será motivo de desclassificação da licitante? O valor inicial pode ser superior, mas após a fase de lances as propostas que se mantiverem acima são passíveis de desclassificação. A Serasa S.A. está considerando para efeito desta prestação de serviços, que a CONTRATANTE concordará em estabelecer previamente um CRONOGRAMA para a prestação dos serviços em comum acordo com a CONTRATADA para todos os itens constantes no Edital, justificado pelo zelo na qualidade de atendimento na prestação deste tipo de serviços. Está correto o nosso entendimento? No caso de qualquer atraso que impossibilite o cumprimento do cronograma firmado entre as partes, por culpa da Contratante ou dos usuários para os quais serão emitidos os certificados, os custos previstos para nova emissão serão de responsabilidade do Contratante. Está correto nosso entendimento? Referente ao item 13, subitem , do edital, solicitamos o esclarecimento se os manuais e prospectos poderão ser apresentados em formato de arquivo digital através do website da Contratada e disponível 24 horas por 07 dias na semana por 365 dias no ano? Está correto nosso entendimento? Na hipótese de revogação, invalidação, mau uso dos certificados digitais WEB especificados no Edital 019/2013 do MP RJ ou mesmo em casos do esquecimento de senhas pessoais e/ou de revogação por culpa dos usuários titulares dos certificados digitais, os custos de emissão de um novo certificado digital WEB, bem como dos serviços de validação presencial (visitas locais) para conferência da documentação do titular serão de responsabilidade SOMENTE da CONTRATANTE. Está correto o nosso entendimento?

3 Referente ao pagamento item 14, do edital, é de conhecimento da contratante que a SERASA S.A. é uma prestadora de serviços, isenta de Inscrição Estadual e, portanto, sua condição fiscal e tributária assim como sua forma de faturamento será mediante apresentação de Notas Fiscais Eletrônicas de Serviços (ISS). Está correto o nosso entendimento? R: O MPRJ adequar-se-á, na medida do possível, à condição fiscal e tributária da contratada para fins de efetuar os pagamentos. Solicitamos saber se na hipótese do não comparecimento da pessoa titular do certificado na data e dia previamente agendados em acordo de ambas as partes, será da responsabilidade SOMENTE DO CONTRATANTE e do usuário titular o novo agendamento, uma vez que este ato poderá implicar em novo deslocamento, e, portanto, outra despesa de visita? Solicitamos saber se a Contratada, prestadora dos serviços poderá utilizar-se também da sua rede credenciada de Autoridades de Registro vinculadas à sua Autoridade Certificadora, sob as regras rígidas da ICP-BRASIL, aumentando assim a sua capacidade de atendimento? Informa-se que a utilização de Autoridades de Registros que estejam vinculadas à Autoridade Certificadora não se caracteriza subcontratação, pois a AC será responsável pela prestação dos serviços e também serão mantidas todas as condições contratuais. No que concerne ao item 13, do edital, em consonância com a condição fiscal tributária da Serasa, exposta no questionamento de nº 2 retro, é possível, desconsiderar todos os subitens que exigem ou estabelecem que os certificados digitais e/ou suas mídias serão entregues separadamente, uma vez que a Serasa como prestadora dos serviços de emissão de certificados digitais não pode entregar os certificados ou suas mídias separadamente da prestação de serviços de validação. Por esta razão solicita o estabelecimento de cronograma específico a fim de emitir os certificados a medida que forem solicitados? Esclarece-se que esta é apenas uma condição tributária fiscal que em nada afeta a qualidade, a capacidade técnica e a compatibilidade da emissão dos certificados da Serasa Experian, no que concerne às regras ICP Brasil. Ela está autorizada pelo ITI a emitir certificados digitais, sendo uma AC, tendo completa e adequada capacidade técnica para fazê-lo, estaria impedida em razão de uma questão fiscal, pois não pode fornecer materiais e entregar as mídias em separado dos serviços de validação presencial. É uma prestadora de serviços. Para a Serasa, a emissão dos certificados digitais é um serviço, para o qual são necessários o uso de kits compostos do certificado, e eventual mídia criptográfica e a validação presencial necessária. Portanto, solicitamos respeitosamente que este MP/RJ reconsidere as exigências previstas nos itens citados, de entregar dos bens em apartado da emissão dos

4 certificados e considere a emissão de Nota Fiscal de Serviços para a entrega do Kit de Certificação Digital WEB. Caso contrário, estará alijando esta SERASA S.A. de participar deste Pregão Eletrônico, prejudicada a concorrência sadia de preços e uma possível melhor oferta para o objeto deste Edital. Entende-se que o mercado de certificação digital é pequeno, poucas empresas estão autorizadas a emitir os certificados, sendo certo que estará privilegiando a aplicação do Princípio da Competitividade ao permitir que mais empresas participem desta licitação. Na hipótese de reconsideração, os itens citado deverão ser alterados, constando que haverá emissão dos certificados e não apenas as entregas de mídias. Da mesma forma, deverão ser alteradas as cláusulas do contrato que dizem respeito a esses itens do edital. Resposta: Não está correto o entendimento Referente os procedimentos que estabelecem a formalização e convocação para assinatura DA ATA DE REGISTRO DE PREÇO item 17.1, do Edital, (ou instrumentos equivalentes), depois de homologado e adjudicado todo o processo licitatório da empresa vencedora deste certame, solicitamos saber se os tais instrumentos jurídicos poderão ser remetidos por meio eletrônico ou pelos Correios para posterior devolução pela Contratada também por Correios, considerando no prazo estipulado para o retorno do instrumento assinado, a distância existente entre o Rio de Janeiro e a sede da contratada, e, respeitando o prazo máximo estabelecido no Edital e liberando a presença física dos representantes legais da empresa Contratada, que se encontram fisicamente em São Paulo-SP, até as dependências do MP RJ em Rio de Janeiro/RJ? Está correto nosso entendimento? R: Correto o entendimento. Esse já é o procedimento aditado pelo MPRJ A informação disponibilizada no Anexo I, item 2 Do Objeto, está em contradição em relação ao descritivo constante do anexo Relação de Itens da Licitação, item 1 CONTROLADOR ACESSO, entendemos que será desconsiderado a informação de Tipo USB, Capacidade 72, Certificado Digital Tipo A3. Está correto nosso entendimento? Podemos entender que o item descrito no Anexo I, item 2 DO OBJETO e Descrição Detalhada na Relação de Itens, trata-se de Certificado Digital para servidor WEB A1 Resposta: Não entendemos o questionamento. Nas especificações Técnicas não especifica se o certificado é PADRÃO ICP-BRASIL. Caso seja padrão ICP_BRASIL não tem como sua validade ser 2 anos. Qual o prazo de execução para fornecimento contado a partir do recebimento da nota de empenho: Imediato 5 dias, entendimento correto?

5 É necessário a empresa arrematante ter ponto de atendimento no RJ uma vez que os certificados serão emitidos na Diretoria de Tecnologia da Informação do MP? Quantas emissões serão efetuadas por dia, ou será tudo em um único pedido? Resposta: As emissões deverão atender as solicitações realizadas a CONTRATADA obedecendo aos prazos descritos no projeto básico. A informação disponibilizada no Anexo I, item 2 Do Objeto, referencia Certificados Digitais para Servidores Web. Esse tipo de Certificado é comumente utilizado no formato A1, conforme a Política de Certificação ICP- Brasil. Além disso, existe a possibilidade de utilização de hardware homologado (HSM) para esse tipo de Certificado, só que no formato A3. O objeto referenciado nesse edital é um Certificado Digital Servidor Web A1 para instalação em hardware (equipamento servidor do MP RJ)? A informação disponibilizada no Anexo I, item 1 do objeto, referencia Relação de Itens da Licitação, Descrição Detalhada, item 1 CONTROLADOR ACESSO. Entendemos que O certificado digital solicitado é do tipo A3 e será utilizado por um usuário (Pessoa Física ou Jurídica em seu respectivo equipamento) e não pelo servidor. O objeto referenciado nesse edital é um Certificado Digital A3 para instalação em hardware (Token) utilizado por um usuário (Pessoa Física ou Jurídica em seu respectivo equipamento)? Entendemos que os Certificados Digitais solicitados, são abaixo das cadeias da ICP- Brasil. Está correto nosso entendimento?

RESPOSTA A PEDIDO DE ESCLARECIMENTO OBJETO: REGISTRO DE PREÇO PARA FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO DE CERTIFICADO DIGITAL E-CPF EM CARTÃO MAIS LEITORA

RESPOSTA A PEDIDO DE ESCLARECIMENTO OBJETO: REGISTRO DE PREÇO PARA FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO DE CERTIFICADO DIGITAL E-CPF EM CARTÃO MAIS LEITORA RESPOSTA A PEDIDO DE ESCLARECIMENTO PROCESSO LICITATÓRIO N 151/2015 PREGÃO ELETRÔNICO N 088/2015 OBJETO: REGISTRO DE PREÇO PARA FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO DE CERTIFICADO DIGITAL E-CPF EM CARTÃO MAIS LEITORA

Leia mais

(SECURE SOCKET LAYER) E CERTIFICAÇÃO DIGITAL e-cpf PARA A CÂMARA DE VEREADORES DE JOINVILLE, NO EXERCÍCIO DE 2013.

(SECURE SOCKET LAYER) E CERTIFICAÇÃO DIGITAL e-cpf PARA A CÂMARA DE VEREADORES DE JOINVILLE, NO EXERCÍCIO DE 2013. RESPOSTA AOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO EDITAL: PREGÃO PRESENCIAL Nº 72/2013 OBJETO: FORNECIMENTO DE LICENÇA DE SOFTWARE, CERTIFICADO SSL (SECURE SOCKET LAYER) E CERTIFICAÇÃO DIGITAL e-cpf PARA A CÂMARA

Leia mais

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO PE 052/2012

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO PE 052/2012 QUESTIONAMENTOS ACERCA DO PE 052/2012 1) Conforme determinação das normas fiscais, a Certisign está obrigada a fornecer notas fiscais separadas, uma para certificado digital, uma vez que a emissão dessas

Leia mais

Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014

Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014 Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014 (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001). A União, por intermédio do Instituto Nacional de Câncer José Alencar

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS INSTRUÇÃO SUSEP N.º 79, DE 28 DE MARÇO DE 2016.

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS INSTRUÇÃO SUSEP N.º 79, DE 28 DE MARÇO DE 2016. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS INSTRUÇÃO SUSEP N.º 79, DE 28 DE MARÇO DE 2016. Dispõe sobre o uso do certificado digital no âmbito da Superintendência de Seguros Privados Susep. O SUPERINTENDENTE

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA COTAÇÃO ELETRÔNICA 150/2015. (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001).

INSTRUÇÕES PARA COTAÇÃO ELETRÔNICA 150/2015. (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001). Fl. Rub. INSTRUÇÕES PARA COTAÇÃO ELETRÔNICA 150/2015 (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001). A União, por intermédio do Instituto Nacional de Câncer José

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 64/2008 ESCLARECIMENTO 4

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 64/2008 ESCLARECIMENTO 4 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento 4 Referência: Pregão Eletrônico n. 64/2008 Data: 17/11/2008 Objeto: Aquisição de certificado digital, na hierarquia da ICP-Brasil, do tipo A3 para pessoa física (e-cpf)

Leia mais

PODER EXECUTIVO. Publicado no D.O de 18.02.2010 DECRETO Nº 42.301 DE 12 DE FEVEREIRO DE 2010

PODER EXECUTIVO. Publicado no D.O de 18.02.2010 DECRETO Nº 42.301 DE 12 DE FEVEREIRO DE 2010 Publicado no D.O de 18.02.2010 DECRETO Nº 42.301 DE 12 DE FEVEREIRO DE 2010 REGULAMENTA O SISTEMA DE SUPRIMENTOS NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O GOVERNADOR

Leia mais

Instruções para Cotação Eletrônica 224/2012

Instruções para Cotação Eletrônica 224/2012 Instruções para Cotação Eletrônica 224/2012 (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001) A União, por intermédio do Instituto Nacional de Câncer José Alencar

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.493/2012 PE 0101/2013

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.493/2012 PE 0101/2013 EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.493/2012 PE 0101/2013 1 - No ANEXO II, TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS, Notebooks

Leia mais

Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul.

Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul. LEI Nº 13.179, DE 10 DE JUNHO DE 2009 Business Online Comunicação de Dados Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Faço

Leia mais

DECRETO Nº. 4.562/ 2008

DECRETO Nº. 4.562/ 2008 DECRETO Nº. 4.562/ 2008 REGULAMENTA A LEI COMPLEMENTAR N 012, DE 06 DE DEZEMBRO DE 2006, DISPÕE SOBRE A NOTA FISCAL DIGITAL, O COMPONENTE DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL DIGITAL, O RECIBO TEMPORÁRIO E DÁ OUTRAS

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO 1.1. Registro de preço, POR LOTES, para eventual aquisição de adesivos e recipientes (lixeiras) para acondicionamento de materiais recicláveis e materiais não recicláveis

Leia mais

10 - Para atendimento ao item 8.10.1.1, o evento internacional deverá ter ocorrido fora do Brasil?

10 - Para atendimento ao item 8.10.1.1, o evento internacional deverá ter ocorrido fora do Brasil? Pedidos de esclarecimento PE 10/2016 até 23/05/2016 Os questionamentos foram organizados em ordem cronológica ganhando cada um uma numeração de 1 a 38. 1 A empresa concorrente a este pregão poderá participar

Leia mais

URBES. Esclarecimento nº 02

URBES. Esclarecimento nº 02 1 PREGÃO PRESENCIAL Nº 001/15 PROCESSO CPL 2292/14 LICITAÇÃO DO TIPO MENOR PREÇO PARA REGISTRO DE PREÇOS PARA AQUISIÇÃO DE MATERIAL DE SINALIZAÇÃO SEMAFÓRICA. Esclarecimento nº 02 A -, através de sua Pregoeira,

Leia mais

PORTARIA TC Nº 382, DE 29 DE SETEMBRO DE 2014. CAPÍTULO I

PORTARIA TC Nº 382, DE 29 DE SETEMBRO DE 2014. CAPÍTULO I PORTARIA TC Nº 382, DE 29 DE SETEMBRO DE 2014. Disciplina a utilização dos certificados digitais no âmbito interno, pelos funcionários do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco TCE-PE e demais usuários

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA N 108/2014 CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO Processo n.º 23370.000471.2014-19

COTAÇÃO ELETRÔNICA N 108/2014 CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO Processo n.º 23370.000471.2014-19 COTAÇÃO ELETRÔNICA N 108/2014 CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO Processo n.º 23370.000471.2014-19 1 - OBJETO: Cotação Eletrônica para Aquisição de Mesas de Xadrez para a Direção de Extensão do do IFRS. 2

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA N.º 130/2014 CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO (Termo de Referência) Processo n.º 23371.000645.2014-33

COTAÇÃO ELETRÔNICA N.º 130/2014 CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO (Termo de Referência) Processo n.º 23371.000645.2014-33 COTAÇÃO ELETRÔNICA N.º 130/2014 CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO (Termo de Referência) Processo n.º 23371.000645.2014-33 1. OBJETO: Cotação Eletrônica para Aquisição de Manta Magnética e Pallets para o

Leia mais

PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 612, DE 16 DE MARÇO DE 2007. Dispõe sobre a implantação do Sistema de Registro de Preços nas compras, obras e serviços contratados pelos órgãos da

Leia mais

DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005.

DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005. DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no artigo 15, 3º da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e artigo 11 da Lei Federal nº 10.520, de 17 de julho

Leia mais

Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412

Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412 Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412 Às Licitantes do Pregão Demap nº 184/2011 - Presencial Prezados Senhores, Referimo-nos ao Edital do Pregão Demap nº 184/2011 -

Leia mais

Dispõe sobre as instruções de implantação e uso do Crachá Digital no âmbito da Secretaria da Fazenda.

Dispõe sobre as instruções de implantação e uso do Crachá Digital no âmbito da Secretaria da Fazenda. Portaria Conjunta CGA/CPM - 1, de 27-11-2012 Dispõe sobre as instruções de implantação e uso do Crachá Digital no âmbito da Secretaria da Fazenda. Os Coordenadores da Coordenadoria Geral de Administração

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO

CONTRATO ADMINISTRATIVO CONTRATO ADMINISTRATIVO Contrato n. 078/2015 Contratante: Município de Marema Contratado: Airton Kerbes-ME Contrato administrativo que fazem entre si, de um lado o Município de Marema, Estado de Santa

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2016 ESCLARECIMENTO Nº 03

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2016 ESCLARECIMENTO Nº 03 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento nº 03 Referência: Pregão Eletrônico nº 04/2016 Data: 4/4/2016 Objeto: Contratação de serviços de assistência médica ambulatorial de emergência/urgência em saúde, medicina

Leia mais

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região EDITAL DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE CONTADOR PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS CONTÁBEIS E DE ASSESSORIA CONTÁBIL PARA O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 21ª REGIÃO PARAÍBA CONVITE Nº 002/2016

Leia mais

PROJETO BÁSICO AQUISIÇÃO DE NOBREAKS

PROJETO BÁSICO AQUISIÇÃO DE NOBREAKS PROJETO BÁSICO AQUISIÇÃO DE NOBREAKS 1 FUNDAMENTO LEGAL 1.1 A contratação será realizada por meio do Sistema de Cotação Eletrônica de Preços, visto que os bens a serem adquiridos enquadram-se como bens

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE COMPRAS

PROCEDIMENTOS DE COMPRAS PROCEDIMENTOS DE COMPRAS Estas instruções têm como objetivo a padronização dos procedimentos para a realização das compras de materiais de consumo, bens permanentes e prestações de serviços necessários

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 529, DE 23 DE MAIO DE 2016 Documento nº 00000.029651/2016-57

RESOLUÇÃO Nº 529, DE 23 DE MAIO DE 2016 Documento nº 00000.029651/2016-57 RESOLUÇÃO Nº 529, DE 23 DE MAIO DE 2016 Documento nº 00000.029651/2016-57 Dispõe sobre o uso de Certificado Digital no âmbito da Agência Nacional de Águas ANA. O DIRETOR-PRESIDENTE DA AGÊNCIA DE ÁGUAS-ANA,

Leia mais

DECRETO Nº 11.319, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2004

DECRETO Nº 11.319, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2004 DECRETO Nº 11.319, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2004 PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL Nº 032, DE 17-02-2004 Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP, previsto no art. 15, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de

Leia mais

COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 13/2011

COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 13/2011 SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Rodovia Prefeito Américo Gianetti, s/n Edifício Gerais - Bairro Serra Verde CEP: 31630-901 - Belo Horizonte - MG COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 13/2011

Leia mais

LICITAÇÃO BASEADO NAS LEIS 8.666/93 E 10.520/02

LICITAÇÃO BASEADO NAS LEIS 8.666/93 E 10.520/02 LICITAÇÃO BASEADO NAS LEIS 8.666/93 E 10.520/02 TODA COMPRA POR MEIO DE ÓRGÃO PÚBLICO TEM QUE SER EFETUADA PELO PROCESSO DE LICITAÇÃO OS EDITAIS TÊM QUE SER PUBLICADOS EM JORNAL DE GRANDE CIRCULAÇÃO, ESTAR

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 01/2012

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 01/2012 TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 01/2012 PREÂMBULO O Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente - CONPAM sito à Rua Osvaldo Cruz, 2366 Dionísio Torres Fortaleza-CE, torna público este Termo de Participação,

Leia mais

CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE MIMOSO DO SUL ESTADO DO ESPÍRITO SANTO E A EMPRESA J.A. GALITO ME, PARA OS FINS QUE SE ESPECIFICA.

CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE MIMOSO DO SUL ESTADO DO ESPÍRITO SANTO E A EMPRESA J.A. GALITO ME, PARA OS FINS QUE SE ESPECIFICA. CONTRATO Nº478/2015. PROCESSO Nº 500/2015. PREGÃO PRESENCIAL Nº 038/2015. ATA REGISTRO DE PREÇOS Nº085/2015. CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE MIMOSO DO SUL ESTADO DO ESPÍRITO SANTO E A EMPRESA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDIRÁ C.N.P.J./MF 76.235.761/0001-94 Rua Mauro Cardoso de Oliveira, 190 Fone: 0**-43-3538-8100 www.andira.pr.gov.

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDIRÁ C.N.P.J./MF 76.235.761/0001-94 Rua Mauro Cardoso de Oliveira, 190 Fone: 0**-43-3538-8100 www.andira.pr.gov. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 034/2015 No dia 01 do mês de Dezembro de 2015, na Prefeitura Municipal de Andirá Pr, situada na Rua Mauro Cardoso de Oliveira, n. 190, Sede - Andirá PR, C ep: 86.380-000, o

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA TERMO DE REFERÊNCIA

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO DA CONTRATAÇÃO SERVIÇO: Aquisição de Certificado Digital apropriado para clientes do Poder Judiciário Certificado JUS Institucional. O objetivo da contratação é para uso exclusivo

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N o 003/2015

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N o 003/2015 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N o 003/2015 O Município de Três de Maio comunica aos interessados que está procedendo à CHAMADA PÚBLICA, para fins de habilitação e recebimento das propostas de gêneros alimentícios

Leia mais

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO Data: A partir do dia 22/06/2011 Local: FAPEU SETOR DE LICITAÇÃO (Campus Universitário s/nº, Trindade,

Leia mais

CADERNO DE COMPRAS E LICITAÇÕES

CADERNO DE COMPRAS E LICITAÇÕES 2010 PREFEITURA MUNICIPAL DE CONTAGEM SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DIRETORIA DE COMPRAS E LICITAÇÕES CADERNO DE COMPRAS E LICITAÇÕES 1. OBJETIVO Este manual tem por objetivo esclarecer as questões

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 32/14

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 32/14 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 32/14 Processo n o. 89/14. Pregão 48/14. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE SANTA ROSA DE VITERBO E A EMPRESA AIR LIQUIDE BRASIL LTDA. Aos 27 (vinte

Leia mais

1º DIA FASE INTERNA DA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS

1º DIA FASE INTERNA DA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS 1º DIA FASE INTERNA DA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS 1. Qual a legislação básica que regula a prestação de serviços terceirizados? R. Constituição Federal, artigo 37, Decreto Lei 200/67, Decreto

Leia mais

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO 1. LICENCIAMENTO 1.1. Todos os componentes da solução devem estar licenciados em nome da CONTRATANTE pelo período de 36 (trinta e seis) meses; 1.2. A solução deve prover suporte técnico 8 (oito) horas

Leia mais

CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO - CT-e CONHECIMENTODE TRANSPORTE ELETRÔNICO - CT-e Informações Gerais 1. O que é o Conhecimento de Transporte Eletrônico CT-e? O Conhecimento de Transporte Eletrônico

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA PREÇO, PAGAMENTO E DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA:

CLÁUSULA SEGUNDA PREÇO, PAGAMENTO E DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: CONTRATO Nº 197/2015, FIRMADO ENTRE A PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO E A EMPRESA INK QUALITY COMÉRCIO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA LTDA, OBJETIVANDO A AQUISIÇÃO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC- Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DERUS- Departamento de Relacionamento com o

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC- Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DERUS- Departamento de Relacionamento com o DERUS- Departamento de Relacionamento com o Usuário DERUS- Departamento de Relacionamento com o Usuário Sumário: Gerando um arquivo PDF 3 Como assinar digitalmente um documento PDF 17 O Assinador Livre

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 018/2016 PREGÃO PRESENCIAL N 007/2016 PROC. ADM. MC/ RN Nº 1602020002

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 018/2016 PREGÃO PRESENCIAL N 007/2016 PROC. ADM. MC/ RN Nº 1602020002 O, inscrito no CNPJ nº 08.106.510/0001-50, com sede na Praça João de Góes, nº 167, centro, Cruzeta/ RN, CEP: 59.375-000, neste ato representado pelo Prefeito Municipal, Sr. Erivanaldo Aquino Dantas, doravante

Leia mais

TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 769/CIENTEC/2013

TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 769/CIENTEC/2013 TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 769/CIENTEC/2013 1. DO TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 1.1 A Fundação de Ciência e Tecnologia, torna público o presente Termo de Dispensa de Licitação, autorizada no expediente

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20145151 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20145151 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20145151 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação,

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO. SP - Tributos Estaduais - Domicílio Eletrônico do Contribuinte e Programa Cartão Empresa

BOLETIM INFORMATIVO. SP - Tributos Estaduais - Domicílio Eletrônico do Contribuinte e Programa Cartão Empresa BOLETIM INFORMATIVO SP - Tributos Estaduais - Domicílio Eletrônico do Contribuinte e Programa Cartão Empresa Por meio da Resolução n 141/2010, foi instituída a obrigatoriedade de credenciamento ao Domicílio

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso QUESTIONAMENTO 01 BRUNA APARECIDA SOUZA AO SR. PREGOEIRO RESPONSÁVEL PELO CERTAME DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO, PREGÃO ELETRÔNICO Nº 100/2015 - SRP, MANUTENÇÃO DE VEÍCULOS. Prezados, bom dia! A

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Disciplina: Tópicos Avançados II 5º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 3: Políticas e Declaração de

Leia mais

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL Agosto / 2015 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 IMPORTANTE ANTES DE SOLICITAR O CERTIFICADO DIGITAL... 3 SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL... 4 APRESENTAÇÃO DOS

Leia mais

EDITAL Nº 02/2016/DG/IFCE/CRATEÚS

EDITAL Nº 02/2016/DG/IFCE/CRATEÚS EDITAL Nº 02/2016/DG/IFCE/CRATEÚS Dispõe sobre os procedimentos para seleção de propostas para participação em eventos científicos (com apresentação de trabalhos) e/ou cursos de capacitação, que orientarão

Leia mais

Pregão Eletrônico 51/12 1. SOFTWARE ONE: Questionamento 1 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 2 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 3 - Duvida: RESPOSTA

Pregão Eletrônico 51/12 1. SOFTWARE ONE: Questionamento 1 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 2 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 3 - Duvida: RESPOSTA Disponibilizamos, para o conhecimento das interessadas, a resposta da área técnica deste TRT, acerca dos questionamentos aos termos do Edital do Pregão Eletrônico 51/12, formulados pelas seguintes empresas:

Leia mais

PROCESSO N.º : 2015/00056

PROCESSO N.º : 2015/00056 Goiânia, 19 de maio de 2016. AO, CONSELHO DA TIÇA FEDERAL. REFERENTE: PREGÃO ELETRONICO N.º: 07/2016 TIPO DE LICITAÇÃO: MENOR PREÇO GLOBAL PROCESSO N.º : 2015/00056 DATA DA ABERTURA: 19.05.2016 ÀS 14h30

Leia mais

MINUTA-PARÂMETRO DE CONTRATO PARA AQUISIÇÃO DE BENS DE INFORMÁTICA E AUTOMAÇÃO, DECORRENTE DE PREGÃO ELETRÔNICO. Anexo nº...

MINUTA-PARÂMETRO DE CONTRATO PARA AQUISIÇÃO DE BENS DE INFORMÁTICA E AUTOMAÇÃO, DECORRENTE DE PREGÃO ELETRÔNICO. Anexo nº... MINUTA-PARÂMETRO DE CONTRATO PARA AQUISIÇÃO DE BENS DE INFORMÁTICA E AUTOMAÇÃO, DECORRENTE DE PREGÃO ELETRÔNICO. Anexo nº... Minuta Contratual CONTRATO Nº.../... QUE FIRMAM A UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 031/2011 (Procedimento Administrativo nº 116/2011 SADP nº 17833/2011)

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 031/2011 (Procedimento Administrativo nº 116/2011 SADP nº 17833/2011) PREGÃO ELETRÔNICO Nº 031/2011 (Procedimento Administrativo nº 116/2011 SADP nº 17833/2011) ASSUNTO: IMPUGNAÇÃO AO EDITAL I - RELATÓRIO A empresa INFORMASTER COMERCIO DE PRODUTOS DE INFORMATICA LTDA, inscrita

Leia mais

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO Autarquia Municipal Lei de criação Nº792 de 30-03-1967 CNPJ: 27.998.368/0001-47

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO Autarquia Municipal Lei de criação Nº792 de 30-03-1967 CNPJ: 27.998.368/0001-47 EDITAL PROCEDIMENTO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PMI 000001/2014 PROCESSO Nº 001179/2014 O Serviço Autônomo de Água e Esgoto, do município de São Mateus estado do Espírito Santo, FAZ SABER que se encontra

Leia mais

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda:

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda: 1 DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009 Regulamenta, no âmbito da Administração pública municipal, o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, e

Leia mais

EDITAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO DE AUTORES BRASILEIROS NO EXTERIOR

EDITAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO DE AUTORES BRASILEIROS NO EXTERIOR EDITAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO DE AUTORES BRASILEIROS NO EXTERIOR A Fundação Biblioteca Nacional torna público que oferecerá apoio financeiro a editoras estrangeiras com o objetivo de promover a participação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO V S ALBANO-ME, CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA A REALIZAÇÃO DE CURSOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO V S ALBANO-ME, CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA A REALIZAÇÃO DE CURSOS CONTRATO Nº 239/2015, FIRMADO ENTRE A PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO E A EMPRESA V S ALBANO-ME, OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA A REALIZAÇÃO DE CURSOS PARA SECRETARIA MUNICIPAL

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 011/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 0104/2012 OBJETO: Formação de Sistema de Registro de Preços para eventual aquisição de Hardwares para atender a demanda de Tecnologia da Informação

Leia mais

Brasília-DF., 10 de setembro de 2010-09-10 REFERÊNCIA: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 114/2010. Prezada Senhora, Seguem os esclarecimentos solicitados,

Brasília-DF., 10 de setembro de 2010-09-10 REFERÊNCIA: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 114/2010. Prezada Senhora, Seguem os esclarecimentos solicitados, Brasília-DF., 10 de setembro de 2010-09-10 À REFERÊNCIA: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 114/2010 Prezada Senhora, Seguem os esclarecimentos solicitados, 1) Poderá haver prorrogação do prazo previsto para assinatura

Leia mais

Programa de Fortalecimento das Cadeias e Arranjos Produtivos Locais - APLs

Programa de Fortalecimento das Cadeias e Arranjos Produtivos Locais - APLs Programa de Fortalecimento das Cadeias e Arranjos Produtivos Locais - APLs Realização de Convênios Convênios São acordos firmados por entidades públicas, ou entre estas e organizações particulares para

Leia mais

TERMO DE HOMOLOGAÇÃO

TERMO DE HOMOLOGAÇÃO TERMO DE HOMOLOGAÇÃO Processo nº.: 0011605 Modalidade: Pregão Edital nº.: 18/2016 Tipo: Menor Preço Por Item Objeto: Referente a aquisição de materiais elétricos para as diversas Secretarias do município

Leia mais

AGENDA DO DIA. Audiência Pública do Projeto SAT-RP-e

AGENDA DO DIA. Audiência Pública do Projeto SAT-RP-e Audiência Pública do Projeto AGENDA DO DIA 10:00 às 12:00 Apresentações da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo: Regras da Audiência Pública; Antecedentes e Premissas; Projeto : Objetivos, Metodologia,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1.1. Gestões a serem auditadas: Contábil, Financeira, Patrimonial, Administrativa.

TERMO DE REFERÊNCIA. 1.1. Gestões a serem auditadas: Contábil, Financeira, Patrimonial, Administrativa. GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO FUNDAÇÃO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TERMO DE REFERÊNCIA 1 DO OBJETO 1.1. Contratação de empresa

Leia mais

ANEXO VI ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DIRAT/DESEG-200./..., OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS PARA USO EM MARCENARIA.

ANEXO VI ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DIRAT/DESEG-200./..., OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS PARA USO EM MARCENARIA. PREGÃO Nº 011/2007 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DIRAT/DESEG-200./..., OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS PARA USO EM MARCENARIA. Processo nº 041.000.045/2007. VALIDADE: 12

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia - FATEC, por meio de sua pregoeira, Claudia Pippi Lorenzoni torna público

Leia mais

RESUMO DAS ATIVIDADES DE ACOMPANHAMENTO DOS CONTRATOS. Responsável Seqüência Etapa do processo

RESUMO DAS ATIVIDADES DE ACOMPANHAMENTO DOS CONTRATOS. Responsável Seqüência Etapa do processo Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Planejamento e Administração PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ RESUMO DAS ATIVIDADES DE ACOMPANHAMENTO DOS

Leia mais

Certificação Profissional FEBRABAN REGULAMENTO

Certificação Profissional FEBRABAN REGULAMENTO Certificação Profissional FEBRABAN REGULAMENTO Janeiro de 2014 Versão 1.3 1. INTRODUÇÃO O presente Regulamento é fundamental para reger as operações-chave do programa de Certificação Profissional FEBRABAN.

Leia mais

Sistema Serviço de Valet

Sistema Serviço de Valet Sistema Serviço de Valet Manual do Usuário Página 1 Sistema Serviço de Valet Manual do Usuário Versão 1.0.0 Sistema Serviço de Valet Manual do Usuário Página 2 Índice 1. Informações gerais... 3 2. Passo-a-passo...

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO MPT/PG 75/2014 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO ELETRÔNICO MPT/PG 75/2014 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO ELETRÔNICO MPT/PG 75/2014 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO, JUSTIFICATIVA E CONCEITOS 1.1 OBJETO Registro de preços para contratação de empresa especializada no fornecimento de subscrições

Leia mais

ESCLARECIMENTO V PREGÃO 31/2015

ESCLARECIMENTO V PREGÃO 31/2015 MEC Ministério da Educação Uasg 150002 ESCLARECIMENTO V PREGÃO 31/2015 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 31/2015 Processo nº 23000.010097/2015-59 PERGUNTA 1: Conforme o item 2 do edital o mesmo cita que o Ministério

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008. Dispõe sobre o processo de contratação de serviços de Tecnologia da Informação pela Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional. O SECRETÁRIO

Leia mais

Apresentação. Documentos de diversas modalidades que formalizam atividades de cooperação entre a UFRGS e outras instituições.

Apresentação. Documentos de diversas modalidades que formalizam atividades de cooperação entre a UFRGS e outras instituições. Apresentação A Universidade Federal do Rio Grande do Sul interage com instituições públicas ou privadas, nacionais ou internacionais, em conformidade com as leis federais, estatuto e regimento, resoluções,

Leia mais

Faculdade de Tecnologia de Barueri Padre Danilo José de Oliveira Ohl. Portaria nº 05/2014

Faculdade de Tecnologia de Barueri Padre Danilo José de Oliveira Ohl. Portaria nº 05/2014 Página 1 de 9 Portaria nº 05/2014 Estabelece e Regulamenta a Política de Uso dos Computadores, Laboratórios de Informática e Equipamentos Eletrônicos da Faculdade de Tecnologia de Barueri. O Diretor da

Leia mais

SICAP - MÓDULO CARDUG. CAPÍTULO CARDUG Cadastro de Responsáveis das Unidades Gestoras

SICAP - MÓDULO CARDUG. CAPÍTULO CARDUG Cadastro de Responsáveis das Unidades Gestoras SICAP - MÓDULO CARDUG CAPÍTULO CARDUG Cadastro de Responsáveis das Unidades Gestoras Apresentação Caro Aluno, Confeccionamos este capítulo para servir de apoio a você, aos gestores e responsáveis das unidades

Leia mais

IPI TABELAS PRÁTICAS ICMS - PA ANO XXI - 2010-4ª SEMANA DE AGOSTO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 35/2010

IPI TABELAS PRÁTICAS ICMS - PA ANO XXI - 2010-4ª SEMANA DE AGOSTO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 35/2010 IPI ANO XXI - 2010-4ª SEMANA DE AGOSTO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 35/2010 DIF PAPEL IMUNE - ANO-BASE 2010 - NOVAS DISPOSIÇÕES Introdução - Obrigatoriedade - Apresentação - Prazos - Retificação - Penalidades

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. ANEXO l

TERMO DE REFERÊNCIA. ANEXO l TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO l 1. OBJETO Aquisição de certificados digitais para pessoa física e jurídica, para servidores WEB, incluindo opcionalmente serviços de validação on site, leitoras, cartões inteligentes

Leia mais

MINUTA... CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº /2006

MINUTA... CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº /2006 MINUTA... CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº /2006 CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA, ATRAVÉS DE REGISTRO DE PREÇOS, QUE ENTRE SI FAZEM A JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU NO ESPÍRITO SANTO SEÇÃO

Leia mais

SISTEMA/MÓDULO: SYSMO S1 IMPLANTAÇÃO DO SERVIDOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NF-E) VERSÃO: 1.03 DATA: 14/08/2009

SISTEMA/MÓDULO: SYSMO S1 IMPLANTAÇÃO DO SERVIDOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NF-E) VERSÃO: 1.03 DATA: 14/08/2009 SISTEMA/MÓDULO: SYSMO S1 ASSUNTO: IMPLANTAÇÃO DO SERVIDOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NF-E) VERSÃO: 1.03 DATA: 14/08/2009 1 DESCRIÇÃO Este documento tem por objetivo mostrar os requisitos e procedimentos

Leia mais

ANEXO (Portaria Interministerial MCT/MDIC nº 291, de 07.05.2008)

ANEXO (Portaria Interministerial MCT/MDIC nº 291, de 07.05.2008) ANEXO (Portaria Interministerial MCT/MDIC nº 291, de 07.05.2008) ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS DE PROJETO LEI Nº 11.484/2007 CAPÍTULO II PATVD I INTRODUÇÃO O presente roteiro orienta a elaboração

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 008/2016 PROCESSO LICITATORIO Nº 028/2016 PREGÃO PRESENCIAL Nº 008/2016.

ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 008/2016 PROCESSO LICITATORIO Nº 028/2016 PREGÃO PRESENCIAL Nº 008/2016. ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 008/2016 PROCESSO LICITATORIO Nº 028/2016 PREGÃO PRESENCIAL Nº 008/2016. VALIDADE: 12 meses Aos dezoito dias do mês de março de 2016, na sala de reuniões da Prefeitura Municipal,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS/CONTRATO Nº004-B/2016 PROCESSO LICITATÓRIO Nº018/2016 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL N 006/2016 VALIDADE: 12 (doze) meses O Município de Jaguaraçu, neste ato representado por seu

Leia mais

CONCORRÊNCIA SESC/MA Nº 14/0018-CC REGISTRO DE PREÇOS ANEXO III MINUTA DO TERMO DE REGISTRO DE PREÇOS

CONCORRÊNCIA SESC/MA Nº 14/0018-CC REGISTRO DE PREÇOS ANEXO III MINUTA DO TERMO DE REGISTRO DE PREÇOS CONCORRÊNCIA SESC/MA Nº 14/0018-CC REGISTRO DE PREÇOS ANEXO III MINUTA DO TERMO DE REGISTRO DE PREÇOS O Serviço Social do Comércio Sesc-MA, localizado na Av. Gomes de Castro, nº 132 Centro, em São Luís-MA,

Leia mais

VALIDADE: 12 (DOZE) MESES, contados a partir da data de sua publicação no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso.

VALIDADE: 12 (DOZE) MESES, contados a partir da data de sua publicação no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 01/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS: N 01/2015/ PREGÃO: Nº. 001/2015/ REGISTRO DE PREÇOS VALIDADE: 12 (DOZE) MESES, contados a partir da data de sua publicação no Diário Oficial

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 18/2009 TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS GRÁFICOS ANEXO I - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 2 1 OBJETO Contratação

Leia mais

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS COMPRADORES E FORNECEDORES FUNDAÇÃO DE APOIO À UNIFESP

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS COMPRADORES E FORNECEDORES FUNDAÇÃO DE APOIO À UNIFESP MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS COMPRADORES E FORNECEDORES FUNDAÇÃO DE APOIO À UNIFESP 2015 ÍNDICE 1. Introdução... 2 2. Dos Objetivos Específicos... 2 3. Dos Envolvidos

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 001/2013 REFERENTE AO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 037/2013

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 001/2013 REFERENTE AO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 037/2013 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 001/2013 REFERENTE AO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 037/2013 Pelo presente instrumento, a SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, órgão gerenciador do Registro de Preços, localizada na

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA nº 20123340 TERMO DE PARTICIPAÇÃO

COTAÇÃO ELETRÔNICA nº 20123340 TERMO DE PARTICIPAÇÃO COTAÇÃO ELETRÔNICA nº 20123340 TERMO DE PARTICIPAÇÃO PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais

Compras por Meios Eletrônicos

Compras por Meios Eletrônicos Compras por Meios Eletrônicos rio de COMPRAS POR MEIOS ELETRÔNICOS O Banco Interamericano de Desenvolvimento, em conjunto com o Banco Mundial, analisou o Sistema de Pregão Eletrônico do COMPRASNET do Governo

Leia mais

JUSTIÇA DO TRABALHO DIVISÃO DE DOCUMENTO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA

JUSTIÇA DO TRABALHO DIVISÃO DE DOCUMENTO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA DIVISÃO DE DOCUMENTO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA Objeto: Contratação de empresa para prestação do serviço de agenciamento de viagens (emissão, remarcação e cancelamento de passagens aéreas nacionais

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO MARANHÃO

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO MARANHÃO 1 1. DA SEDE, PERÍODO E OBJETIVOS 1.1 A programação Pastor do Menino Jesus é uma das ações da Atividade Trabalho com Grupos Trabalho Social com Idosos, que ao longo de 20 anos caracteriza manifestação

Leia mais

SEGUNDA ATUALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº.006/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº.008/2015. VALIDADE: 01/04/2016

SEGUNDA ATUALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº.006/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº.008/2015. VALIDADE: 01/04/2016 SEGUNDA ATUALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº.006/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº.008/2015. VALIDADE: 01/04/2016 Aos três dias do mês de junho de 2015, o Município de Santo Antônio da Patrulha/RS, neste

Leia mais

Para a aquisição do certificado digital são exigidas 2 cópias legíveis e os originais dos seguintes documentos:

Para a aquisição do certificado digital são exigidas 2 cópias legíveis e os originais dos seguintes documentos: CERTIFICADO DIGITAL Certificado digital é um documento eletrônico que identifica pessoas e empresas no mundo digital, provando sua identidade e permitindo acessar serviços on-line com a garantia de autenticidade,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Item Descrição Unidade

TERMO DE REFERÊNCIA. Item Descrição Unidade TERMO DE REFERÊNCIA 1 OBJETO 1.1 Descrição: Renovação de subscrição do software Citrix XenApp (360 licenças) 1.2 Detalhamento dos Bens e Serviços que compõem a Solução: Item Descrição Unidade 1 2 3 4 5

Leia mais

CONTRATO Nº 082/2013 DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SITE INTERATIVO

CONTRATO Nº 082/2013 DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SITE INTERATIVO CONTRATO Nº 082/2013 DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SITE INTERATIVO Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, a. de um lado, PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO XINGU, pessoa jurídica de direito público

Leia mais