NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 6. PERGUNTA 1: Os itens 15 e 16 do termo de referência, referentes aos treinamentos, trazem as seguintes determinações:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 6. PERGUNTA 1: Os itens 15 e 16 do termo de referência, referentes aos treinamentos, trazem as seguintes determinações:"

Transcrição

1 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Assessoria Especial para Modernização da Gestão Central de Compras e Contratações NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 6 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 4/2015 PROCESSO Nº / OBJETO: Registro de preços para a contratação de empresa para fornecimento e instalação de Ativos de Rede, com vigência de 12 (doze) meses, e garantia onsite, pelo período de 60 (sessenta) meses, visando atender as demandas dos órgãos e entidades integrantes deste registro nas condições e forma descritas no instrumento convocatório e seus anexos. Os questionamentos de natureza técnica foram submetidos à SLTI/MP que se manifestou conforme abaixo. PERGUNTA 1: Os itens 15 e 16 do termo de referência, referentes aos treinamentos, trazem as seguintes determinações: 1. Os treinamentos deverão ser realizados no Brasil, em português, em local fornecido pela CONTRATADA, em qualquer uma das capitais das Unidades da Federação a ser indicada pela CONTRATANTE. O local de treinamento deverá possuir todas as facilidades para um perfeito desempenho das atividades incluindo os recursos áudio visuais e laboratórios necessários, sem ônus algum para a CONTRATANTE. 4. A carga horária mínima do treinamento não poderá ser inferior a 40 horas, a turma conterá 5 pessoas e a ementa deverá contemplar, no mínimo: 4.1 Instalação e Administração Básica e Avançada do equipamento; 4.2 Administração Avançada, protocolos suportados de rede (IP) e roteamento dinâmico (OSPF); 4.3 Command Line; 4.4 Configuração de serviços; 6. Os cursos referentes a equipamentos e softwares que façam parte do objeto deverão usar o material oficial de treinamento do respectivo fabricante por meio de qualquer um dos seus respectivos centros autorizados de treinamento. Questionamento: Como o conteúdo programático está sendo definido pela contratante e que inclusive abrange recursos de protocolos não exigidos para

2 os equipamentos do presente certame, caso do roteamento dinâmico OSPF, entendemos que os cursos oferecidos deverão ser customizados com base no material oficial do fabricante, e que este material deverá ser gerado pelo próprio fabricante ou por meio de seus centros autorizados de treinamento. Entendemos também que o treinamento poderá ser ministrado por instrutor da contratada devidamente qualificado, em instalações providas pela contratada em qualquer uma das capitais das unidades da federação. Está correto nosso entendimento? RESPOSTA 1: O entendimento está parcialmente correto, pois o treinamento deverá ser realizado em instalações providas pela CONTRATADA na capital da unidade da federação indicada pela CONTRATANTE, conforme subitem 1 da descrição dos treinamentos para 5 ou 10 pessoas nos itens 15 e 16 do Anexo I Termo de Referência. Além disso, o instrutor deverá comprovar a devida qualificação com a respectiva certificação do fabricante. PERGUNTA 2: Estabelece o item 10.9 do Edital que: O percentual de redução do preço proposto, decorrente dos lances, bem como do preço proposto quando do exercício do direito de preferência, deve incidir, de forma linear, sobre os preços unitários propostos na forma deste Edital. Considerando que o conjunto de itens que compõe o objeto licitado abrange distintas origens, vez trata de equipamentos ativos (switches), conversores e interfaces opticas, racks (bastidoes) e acessórios de conexão do cabeamento horizontal com os elementos ativos, concentradores opticos para conexão do cabeamento vertical com os elementos ativos, serviços de instalação, manutenção e suporte para todos estes itens, inclusos nos valores dos bens, além da atividade de treinamento; Considerando que inexiste a obrigação de que tais itens sejam fabricados por uma única empesa; Considerando que cada empresa fornecedora (fabricante ou distribuidora) dos bens possui política própria em relação a seus preços; Considerando que o tratamento tributário dado a cada um destes elementos é distinto entre si, entendemos que a linearidade referida no item 10.9 restringese a aplicação do percentual de redução do preço somente sobre a totalidade daquele item que recebeu o desconto, uma vez que a não linearidade não compromete o elemento competitivo do certame. Está correto nosso entendimento?(grifo nosso) RESPOSTA 2: Não. Conforme item 10.9, a redução do preço proposto deve ser aplicado linearmente em todos os preços unitários dos itens cotados. PERGUNTA 3: No Anexo I Termo de Referência, item 8, subitem, 8.1 Projeto de Instalação, é solicitado que: No PPI deverá constar a prévia de projeto de instalação, contendo, no mínimo, a relação de materiais e serviços

3 que comporão a entrega, croquis e plantas de instalação, topologia física e lógica, detalhamento da configuração do equipamento, relatório de vistoria, planos de migração e ativação e plano de retorno. Ainda no mesmo subitem também é solicitado que: A CONTRATADA será responsável por elaborar e entregar o PPI dos equipamentos em até 10 (dez) dias corridos, contados a partir da solicitação da CONTRATANTE, constante no item 7.2, ou seja, da emissão da OSE. Entendemos que será de responsabilidade do órgão que está aderindo aos itens constantes deste edital, informar a CONTRATADA, no ato do pedido de adesão, a compatibilidade da infraestrutura de rede atual aos equipamentos e demais itens aderidos, evitando-se assim possíveis riscos de incompatibilidade entre o ambiente existente, mais especificamente tipos de fibra óptica, e os equipamentos que estarão sendo fornecidos, pois conforme descreve os itens acima, a CONTRATADA terá acesso as informações da infraestrutura de rede do órgão somente após a emissão da OSE.Está correto o nosso entendimento? RESPOSTA 3: O entendimento está correto parcialmente. A CONTRATANTE deve repassar dados técnicos de sua rede necessários e suficientes à CONTRATADA para elaboração do PPI. Entretanto, conforme item 8.1.2, cabe à CONTRATADA certificar-se de que as informações repassadas estão corretas e são necessárias e suficientes para emissão da OSE e elaboração de PPI, a fim de evitar o risco de incompatibilidade dos equipamentos novos com o ambiente existente. Isso deve ocorrer nos encontros prévios à emissão da OSE e da elaboração do PPI, uma vez que, diferentemente do que foi afirmado, não existe no edital e em seus anexos qualquer proibição de acesso às informações da rede da CONTRATANTE necessárias à emissão da OSE, da elaboração do PPI e da emissão da OSI. PERGUNTA 4: No Anexo I Termo de Referência, item 8, subitem, 8.2 Da Instalação, é solicitado que: Os equipamentos, módulos, racks, DIOs e patch-pannels descritos no ANEXO A, quando adquiridos conjunta ou isoladamente, deverão ser entregues instalados e operacionais, incluindo todos os acessórios necessários para o seu pleno funcionamento, no prazo do item 7.5 deste termo de referência. Entendemos que a inserção e conectorização do cabeamento existente nas localidades, tanto o cabeamento metálico para os Patch Panels quanto o cabeamento óptico para os DIO s descritos no Anexo A serão de responsabilidade da CONTRATANTE.Está correto o nosso entendimento? RESPOSTA 4: O entendimento está incorreto. Caso haja a aquisição de racks e DIOs, a responsabilidade tanto pelo fornecimento quanto pela conectorização será da CONTRATADA. Assim, para o fornecimento de patch panel e DIO's, mesmo que adquiridos isoladamente, devem ser acompanhados dos respectivos

4 cabeamentos (patch cords, cordões ópticos) verticais, intra-rack e inter-racks, conforme estabelecido no item 8.3 Escopo do Serviço de Instalação do ANEXO I - Termo de Referência do Edital. Tal responsabilidade será da CONTRATADA. PERGUNTA 5: No Anexo I Termo de Referência, item 8, subitem, 8.2 Da Instalação, é solicitado que:, A CONTRATADA deverá fornecer todos os materiais necessários à instalação física completa, à configuração e ao perfeito funcionamento da totalidade dos itens adquiridos. Entendemos que o fornecimento de materiais necessários à instalação física completa, refere-se apenas aos materiais que serão necessários para compor a completa instalação dos itens listados neste edital, tais como equipamentos, módulos, racks, DIOs e patch-pannels, não fazendo parte destes fornecimentos quaisquer outros materiais que não estejam diretamente relacionados aos itens adquiridos, tais como cabo UTP para cabeamento horizontal, cabo óptico para cabeamento vertical, tomadas de terminação em estação de trabalho, infraestrutura para lançamento de cabos, circuitos ou tomadas elétricas e demais acessórios. Está correto o nosso entendimento? Caso contrário, favor especificar todos os componentes que devem fazer parte do fornecimento. RESPOSTA 5: O entendimento está incorreto. Os materiais, quando da aquisição de DIOs e Patch Pannel, adquiridos em conjunto com ativos de rede ou isoladamente, restringem-se aos cabeamentos (patch cords, cordões ópticos) verticais, intra-rack e inter-racks, conforme estabelecido no item 8.3 Escopo do Serviço de Instalação do ANEXO I - Termo de Referência do Edital. Tal responsabilidade será da CONTRATADA. Não faz parte deste fornecimento materiais que não estejam relacionados aos itens adquiridos e especificados no Edital e seus anexos, a exemplo de tomadas de terminação em estação de trabalho, infraestrutura para lançamento de cabos e circuitos ou tomadas elétricas. PERGUNTA 6: No Anexo I Termo de Referência, item 8, subitem 8.4 Quanto ao Cabeamento Óptico, é solicitado que: Cordão óptico duplex monomodo SC/APC, SM, pré-conectorizado e testado em fábrica, ou cordão óptico duplex multimodo SC/APC, MM e testado em fábrica, de acordo com a necessidade da CONTRATANTE. Opcionalmente, poderá a CONTRATANTE solicitar adequações conforme padrões por ela adotados. Entendemos que como estão sendo adquiridos vários tipos de Transceivers, os cordões e pig-tails ópticos fornecidos deverão ser entregues de acordo com as especificações técnicas exigidas para o perfeito funcionamento de cada um dos modelos de transceivers. Está correto nosso entendimento? RESPOSTA 6: Está correto o entendimento.

5 PERGUNTA 7: No Anexo I Termo de Referência, item 8, subitem 8.4 Quanto ao Cabeamento Óptico, é solicitado que: Cordão óptico duplex monomodo SC/APC, SM, pré-conectorizado e testado em fábrica, ou cordão óptico duplex multimodo SC/APC, MM e testado em fábrica, de acordo com a necessidade da CONTRATANTE. Opcionalmente, poderá a CONTRATANTE solicitar adequações conforme padrões por ela adotados. Entendemos que será de responsabilidade da CONTRATANTE, informar no ato do pedido de adesão, qual o padrão do cabeamento óptico existente na localidade, tendo em vista que cada tipo de Transceiver funciona apenas em determinados tipos de cabeamento óptico. Exemplo: Para aquisição de interfaces do tipo Transceiver 10 Gigabit Ethernet, distância entre 300m e 10km (10GBASELR), deverá a CONTRATANTE, garantir que seu cabeamento óptico seja do tipo Monomodo, sob pena do Transceiver não funcionar caso o cabeamento óptico não atenda a esta especificação, que na verdade é uma limitação técnica do conjunto cabeamento óptico + tranceiver. Está correto o nosso entendimento? RESPOSTA 7: O entendimento está correto parcialmente. A CONTRATANTE deve repassar dados técnicos de sua rede necessários e suficientes à CONTRATADA. Entretanto, conforme item 8.1.2, cabe à CONTRATADA certificar-se de que as informações repassadas estão corretas e são necessárias e suficientes para emissão da OSE pela CONTRATANTE, a fim de evitar o risco de incompatibilidade dos equipamentos novos com o ambiente existente. No exemplo citado, caberia à CONTRATADA verificar e indicar à CONTRATANTE a incompatibilidade entre o transceiver e a fibra utilizada na rede da CONTRATANTE antes da emissão da OSE. PERGUNTA 8: No Anexo I Termo de Referência, item 8, subitem 8.3 Escopo do Serviço de Instalação, é solicitado que: A CONTRATADA deverá executar todas as atividades (física e lógica) de migração dos serviços que se encontrem em operação, incluindo a elaboração do De/Para de portas e a configuração dos equipamentos. A CONTRATANTE deverá disponibilizar a topologia de rede existente para que estas atividades sejam efetuadas. Entendemos que o fornecimento dos serviços que compõe as atividades de migração dos serviços que se encontram em operação, refere-se apenas aos serviços necessários para instalação e ativação dos itens objeto deste edital, não estando inclusos quaisquer serviços relacionados ao cabeamento vertical (backbone) e cabeamento horizontal (distribuição) para interconexão dos novos dispositivos à rede de dados existente na localidade. Está correto o nosso entendimento?

6 RESPOSTA 8: Este questionamento já foi respondido anteriormente em outro esclarecimento solicitado pela empresa. Mantem-se a mesma resposta, ou seja, está correto o entendimento. Entretanto, caso haja fornecimento de DIO e Patch Pannel, o cabeamento vertical intra-rack e o cabeamento inter-racks para racks adjacentes deve ser fornecido e instalado, conforme estabelecido no item 8.3 Escopo do Serviço de Instalação no ANEXO I, Termo de Referência do Edital. PERGUNTA 9: No Anexo I Termo de Referência, item 8, subitem 8.3 Escopo do Serviço de Instalação, é solicitado que: Fornecimento de cabos de energia. Entendemos que o fornecimento de cabos de energia estão limitados aos cabos necessários à ativação dos equipamentos e das réguas de tomadas elétricas solicitadas no Rack. Entendemos ainda que as adaptações da rede elétrica existente no local para o novo padrão brasileiro e tomadas especificado na NBR , bem como adequações da cablagem para o as novas correntes demandadas será de responsabilidade de órgão. Está correto o nosso entendimento? RESPOSTA 9: O entendimento está parcialmente correto, pois o fornecimento de cabos de energia inclui os cabos necessários à ativação dos equipamentos e das réguas de tomadas elétricas solicitadas no Rack. Entretanto, cabe à CONTRATADA entregar os equipamentos conforme previsto no item no item do Anexo I Termo de Referência. Projeto de Instalação. PERGUNTA 10: No Anexo B Termo de Referência, Item 12 Rack 19 polegadas, 20 U subitem é solicitado que: possuir no mínimo 4 tomadas internas fixadas ao rack, distribuída em 2 conjuntos separados de no mínimo 2 tomadas em cada lado. Entendemos que será fornecido pela CONTRATANTE 2 tomadas elétricas, provenientes de circuitos elétricos distintos, próximos ao local de instalação do rack, segundo NBR para a conexão dos conjuntos de tomadas. Está correto o nosso entendimento? RESPOSTA 10: O entendimento está incorreto, a CONTRATADA deverá observar e atender ao explicitado no item do Anexo I Termo de Referência. Projeto de Instalação. PERGUNTA 11: No Anexo I Termo de Referência, item 8, subitem 8.5 Quanto ao cabeamento UTP categoria 6, é solicitado que: Garantia de ZERO BIT ERROR em Fast, Gigabit e 10 Gigabit Ethernet Entendemos que por se tratar do fornecimento de Cabeamento UPT Cat.6, a garantia de ZERO BIT ERROR, deva ser garantida apenas para as velocidades de Fast e Gigabit Ethernet, pois para o padrão de 10 Gigabit Ethernet, o

7 produto especificado neste edital não atende a tal requisito. Está correto o nosso entendimento? RESPOSTA 11: Questionamento já respondido em dúvida recente do fornecedor. Segue resposta anterior, ou seja, o entendimento está correto. PERGUNTA 12: Preveem os itens: Das especificações técnicas dos itens 4 subitem 7 e item 6 subitem Implementar o padrão IEEE 802.3af (Power over Ethernet PoE) nas 48 portas exigidas no item 6 sem necessidade de fonte externa para alimentar todas as portas na potência de 15,4 W. Entendemos que os equipamentos a serem entregues devem suportar o fornecimento de 15,4Watts para as 48 portas simultaneamente, atendendo o padrão 802.3af, apenas com fonte de alimentação interna.nosso entendimento está correto? RESPOSTA 12: O entendimento está correto. PERGUNTA 13: Preveem os itens: Das especificações técnicas do item 2 subitem Implementar o padrão IEEE 802.3af (Power over Ethernet PoE) nas 24 portas exigidas no item 6 sem necessidade de fonte externa para alimentar todas as portas na potência de 15,4 W. Entendemos que os equipamentos a serem entregues devem suportar o fornecimento de 15,4Watts para as 24 portas simultaneamente, atendendo o padrão 802.3af, apenas com fonte de alimentação interna. Nosso entendimento está correto? RESPOSTA 13: O entendimento está correto. Brasília, 31 de março de Irene soares dos Santos Pregoeira Central de Compras e Contratações

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 8

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 8 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Assessoria Especial para Modernização da Gestão Central de Compras e Contratações NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 8 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 4/2015 PROCESSO Nº 04300.003546/2014-01

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 2.2 Mecanismo de Compras Conjuntas pelo Sistema de Registro de Preços

TERMO DE REFERÊNCIA. 2.2 Mecanismo de Compras Conjuntas pelo Sistema de Registro de Preços TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1.1. Contratação de empresa para fornecimento de Ativos de Rede, abrangendo a instalação e a garantia on-site, pelo período de 60 (sessenta) meses, visando atender as demandas

Leia mais

A empresa CLEMAR ENGENHARIA LTDA., solicita os seguintes esclarecimentos:

A empresa CLEMAR ENGENHARIA LTDA., solicita os seguintes esclarecimentos: COP-148/2009 Processo nº 000578-14.89/09-2 Assunto: Esclarecimento A empresa CLEMAR ENGENHARIA LTDA., solicita os seguintes esclarecimentos: Questionamento 1: CABEAMENTO ESTRUTURADO: Utilizando os diagramas

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº 001/2015. De posso do edital de Licitação Concorrência 001/2015, a Companhia da Obra, vem questionar o disposto no edital.

CONCORRÊNCIA Nº 001/2015. De posso do edital de Licitação Concorrência 001/2015, a Companhia da Obra, vem questionar o disposto no edital. 1 Questionamento empresa Companhia da Obra Prezados, De posso do edital de Licitação Concorrência 001/2015, a Companhia da Obra, vem questionar o disposto no edital. No item Relação dos documentos que

Leia mais

RESPOSTA AOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO

RESPOSTA AOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO Referência: PA Nº 4419AD/2015 CONCORRÊNCIA Nº 03/2015 Interessado: Procuradoria-Geral de Justiça do Maranhão Assunto: Parecer acerca de esclarecimentos ao Edital da Concorrência nº 03/2015 Objeto: A presente

Leia mais

Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412

Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412 Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412 Às Licitantes do Pregão Demap nº 184/2011 - Presencial Prezados Senhores, Referimo-nos ao Edital do Pregão Demap nº 184/2011 -

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. ELETROBRAS AVISO DE ESCLARECIMENTO Nº 04 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO DAC Nº 26/2015

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. ELETROBRAS AVISO DE ESCLARECIMENTO Nº 04 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO DAC Nº 26/2015 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. ELETROBRAS AVISO DE ESCLARECIMENTO Nº 04 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO DAC Nº 26/2015 A Centrais Elétricas Brasileiras S.A. ELETROBRAS, por

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 45/2014 ESCLARECIMENTO N. 2

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 45/2014 ESCLARECIMENTO N. 2 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento Referência: Pregão Eletrônico n. 45/2014 Data: 06/3/2015 Objeto: Registro de Preços para fornecimento de equipamentos, componentes de solução de rede local, incluindo instalação

Leia mais

P ODER J U D I C I Á R I O JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO

P ODER J U D I C I Á R I O JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO ESCLARECIMENTO 2 Referência: PREGÃO ELETRÔNICO 82/2011 Objeto: Registro de preços para aquisição de solução de biblioteca de fitas robotizadas (Tape Library) para o sistema de cópias de segurança (backup)

Leia mais

Documentação Técnica Empresa SA. PR049_10

Documentação Técnica Empresa SA. PR049_10 AS BUILT Documentação Técnica Documentação Técnica serviço de cabeamento lógico, realizado na Empresa SA. Serviço realizado após aprovação da proposta PR049_10, sendo todo projeto acompanhado pelo Sr.

Leia mais

1.14 Permitir empilhamento de até oito equipamentos e gerência através de um único endereço IP;

1.14 Permitir empilhamento de até oito equipamentos e gerência através de um único endereço IP; Processo: PREGÃO ELETRÔNICO N.º 070/2010 Objeto: Assunto: REGISTRO DE PREÇOS PARA AQUISIÇÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI, COMPOSTA DE HARDWARE, SOFTWARE E SERVIÇOS PARA MODERNIZAÇÃO DE ARMAZENAMENTO DE DADOS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Ofício nº 138/2003/CPL/SAA/SE/MEC Brasília, 04 de dezembro de 2003. REFERÊNCIA: Tomada de Preços nº 01/2003

Leia mais

Camada Física Camada Física Camada Física Função: A camada Física OSI fornece os requisitos para transportar pelo meio físico de rede os bits que formam o quadro da camada de Enlace de Dados. O objetivo

Leia mais

Anexo V: Solução de Pontos de rede local

Anexo V: Solução de Pontos de rede local Anexo V: Solução de Pontos de rede local 1. Objetivo: 1.1. Contratação de solução de Pontos de Rede de telecomunicação para conexão de diversos tipos de equipamentos eletrônicos como computadores, impressoras,

Leia mais

PROJETO LÓGICO DA REDE LOCAL DE COMPUTADORES DA REITORIA

PROJETO LÓGICO DA REDE LOCAL DE COMPUTADORES DA REITORIA PROJETO LÓGICO DA REDE LOCAL DE COMPUTADORES DA REITORIA COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) JUNHO/2011 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email: cotec@ifbaiano.edu.br

Leia mais

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento APRENDIZAGEM INDUSTRIAL UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento O cabeamento horizontal Compreende os segmentos de cabos que são lançados horizontalmente entre as áreas de trabalho e as salas de telecomunicações

Leia mais

Infra-estrutura tecnológica

Infra-estrutura tecnológica Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação ATTI Supervisão de Infra-estrutura Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Infra-estrutura tecnológica Rede Lógica

Leia mais

ANEXO II DO EDITAL MODELO DE PROPOSTA COMERCIAL (EM PAPEL TIMBRADO DA EMPRESA) AO: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO A/C: Srª Pregoeira

ANEXO II DO EDITAL MODELO DE PROPOSTA COMERCIAL (EM PAPEL TIMBRADO DA EMPRESA) AO: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO A/C: Srª Pregoeira ANEXO II DO EDITAL MODELO DE PROPOSTA COMERCIAL (EM PAPEL TIMBRADO DA EMPRESA) AO: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO A/C: Srª Pregoeira PREGÃO ELETRÔNICO POR SRP Nº 03/2014 PROCESSO Nº 04300.002982/2013-73

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO O cabeamento vertical, ou cabeamento de backbone integra todas as conexões entre o backbone do centro administrativo e os racks departamentais,

Leia mais

Disciplina: Cabeamento de Redes Profª Érica Barcelos

Disciplina: Cabeamento de Redes Profª Érica Barcelos Disciplina: Cabeamento de Redes Profª Érica Barcelos CAPÍTULO 4 4. CABEAMENTO ESTRUTURADO- PARTE II Cada nível do subsistema estudado no capítulo anterior foi regulamentado por normas que visam padronizar

Leia mais

Projeto da rede de dados para o Núcleo de Tecnologias para Educação e Gestão - NUTEG

Projeto da rede de dados para o Núcleo de Tecnologias para Educação e Gestão - NUTEG Projeto da rede de dados para o Núcleo de Tecnologias para Educação e Gestão - NUTEG Diretoria de Suporte à Informática Local: Núcleo de Tecnologias para Educação e Gestão NUTEG Endereço: Av. BPS, 1303

Leia mais

Aula 4b Elementos da Infraestrutura

Aula 4b Elementos da Infraestrutura Aula 4b Elementos da Infraestrutura Prof. José Maurício S. Pinheiro 2010 1 Elementos de Infra-estrutura São utilizados em projetos de sistemas de cabeamento para estabelecer o tráfego de voz, dados e imagens,

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 01

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 01 NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 01 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL N o 20120001/SEINFRA/CCC OBJETO: LICITAÇÃO DO TIPO MENOR PREÇO PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE TRANSPORTE DE MINÉRIOS (CORREIAS

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 031/2011 (Procedimento Administrativo nº 116/2011 SADP nº 17833/2011)

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 031/2011 (Procedimento Administrativo nº 116/2011 SADP nº 17833/2011) PREGÃO ELETRÔNICO Nº 031/2011 (Procedimento Administrativo nº 116/2011 SADP nº 17833/2011) ASSUNTO: IMPUGNAÇÃO AO EDITAL I - RELATÓRIO A empresa INFORMASTER COMERCIO DE PRODUTOS DE INFORMATICA LTDA, inscrita

Leia mais

Pregão Eletrônico 51/12 1. SOFTWARE ONE: Questionamento 1 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 2 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 3 - Duvida: RESPOSTA

Pregão Eletrônico 51/12 1. SOFTWARE ONE: Questionamento 1 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 2 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 3 - Duvida: RESPOSTA Disponibilizamos, para o conhecimento das interessadas, a resposta da área técnica deste TRT, acerca dos questionamentos aos termos do Edital do Pregão Eletrônico 51/12, formulados pelas seguintes empresas:

Leia mais

MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES SECRETARIA-EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS

MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES SECRETARIA-EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES SECRETARIA-EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N2 28 /2015-MC O MINISTÉRIO

Leia mais

detalhadas no Termo de Referência, constante do Anexo I, deste Edital.

detalhadas no Termo de Referência, constante do Anexo I, deste Edital. Manaus, 24 de fevereiro de 2014. Aos interessados. Assunto: PREGÃO PRESENCIAL SRP 02/2014 Impugnação a Termos do Edital Objeto: Contratação eventual de serviços técnicos especializados em instalação e

Leia mais

Comando Militar do Nordeste SRP nº 09/2013

Comando Militar do Nordeste SRP nº 09/2013 2013 Comando Militar do Nordeste SRP nº 09/2013 B2IT Serviços de Multimídia e Telecom LTDA 18/10/2013 Aos Órgãos da Administração Pública Ref.: Ata de Registro de Preços conforme preceitua o Decreto Nº

Leia mais

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO 1. LICENCIAMENTO 1.1. Todos os componentes da solução devem estar licenciados em nome da CONTRATANTE pelo período de 36 (trinta e seis) meses; 1.2. A solução deve prover suporte técnico 8 (oito) horas

Leia mais

MONTREAL / RIO DE JANEIRO

MONTREAL / RIO DE JANEIRO QUESTIONAMENTOS CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/14 MONTREAL / RIO DE JANEIRO 1 Quanto às certificações solicitadas nos itens 2.3, 2.4, e 2.5 da página 136 do Edital, perguntamos: Dado que a Norma ABNT NBR

Leia mais

ATA DA CONSULTA PÚBLICA N

ATA DA CONSULTA PÚBLICA N ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 07/2014 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO DOS SEGUINTES EQUIPAMENTOS: ITEM I SERVIDORES DE MISSÃO CRÍTICA, ITEM II

Leia mais

PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE

PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE São Paulo, 29 de julho de 2010 PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE 1. Informações e recomendações importantes O projeto foi solicitado pela Unidade para a implantação de rede local para o prédio GETS, sendo

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO. NR-10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade. 1. Introdução. 2. Porque da importância da NR-10

BOLETIM TÉCNICO. NR-10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade. 1. Introdução. 2. Porque da importância da NR-10 NR-10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade 1. Introdução A Norma Regulamentadora n 10 é um documento que descreve um conjunto de procedimentos e requisitos para as atividades que envolvem

Leia mais

PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE

PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE São Paulo, 21 de maio de 2010 PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE 1 Informações e recomendações importantes O projeto foi solicitado pela Unidade para a implantação de rede local para o prédio MAC- IBIRAPUERA

Leia mais

Em atenção ao pedido de esclarecimento formulado por licitante à Concorrência nº 01/2015, informamos o que se segue:

Em atenção ao pedido de esclarecimento formulado por licitante à Concorrência nº 01/2015, informamos o que se segue: CIRCULAR Nº 28/2015 CEL Brasília, 28 de dezembro de 2015. Prezados Senhores, Em atenção ao pedido de esclarecimento formulado por licitante à Concorrência nº 01/2015, informamos o que se segue: QUESTIONAMENTO

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.493/2012 PE 0101/2013

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.493/2012 PE 0101/2013 EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.493/2012 PE 0101/2013 1 - No ANEXO II, TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS, Notebooks

Leia mais

Comando Militar da Amazônia

Comando Militar da Amazônia Comando Militar da Amazônia SRP nº 11/2015 Dados para Adesão Cliente Comando Militar da Amazônia Serviços de instalação, manutenção e configuração de estruturas para redes de comunicação de dados, voz

Leia mais

Guia de instalação SF 802 AF

Guia de instalação SF 802 AF Guia de instalação SF 802 AF SF 802 AF Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O switch SF 802 AF possui 8 portas Fast Ethernet com suporte a função PoE, cada

Leia mais

Questionamento 5 Quais os documentos devem ser entregues pelo fornecedor da solução?

Questionamento 5 Quais os documentos devem ser entregues pelo fornecedor da solução? DEFINIÇÕES E RESPOSTAS ÀS SUGESTÕES APRESENTADAS PELAS EMPRESAS PARTICIPANTES DA CONSULTA PÚBLICA REALIZADA NO DIA 09/08/2010, VISANDO DISCUSSÃO DA MINUTA DO EDITAL - PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO AA 47/2015 - BNDES QUESTIONAMENTO 01

PREGÃO ELETRÔNICO AA 47/2015 - BNDES QUESTIONAMENTO 01 PREGÃO ELETRÔNICO AA 47/2015 - BNDES QUESTIONAMENTO 01 Pergunta 1: 5.1. A Contratada prestará um treinamento para 5 ( cinco) Analistas de Sistemas do BNDES, em 1 (uma) única turma, com carga horária total

Leia mais

A Contratada deverá recuperar os serviços e/ou circuitos contratados em um prazo máximo de até 04 (quatro) horas.

A Contratada deverá recuperar os serviços e/ou circuitos contratados em um prazo máximo de até 04 (quatro) horas. Brasília, 17 de Outubro de 2014 À ABGF Ilmo. Sr. Pregoeiro da ABGF Referência: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2014 QUESTIONAMENTO 1 DÚVIDAS RELACIONADAS COMERCIAIS AOS ITENS TÉCNICO- O ITEM 4.1.3.22 DO TERMO

Leia mais

PIM. Tecnologia em Redes de Computadores. Projeto Integrado Multidisciplinar 2009/02 2º SEM UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO

PIM. Tecnologia em Redes de Computadores. Projeto Integrado Multidisciplinar 2009/02 2º SEM UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO Tecnologia em Redes de Computadores PIM Projeto Integrado Multidisciplinar 2009/02 2º SEM PIM - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR 1. Produto: A partir das informações fornecidas

Leia mais

CABEAMENTO ESTRUTURADO NORMAS AMERICANAS EIA/TIA

CABEAMENTO ESTRUTURADO NORMAS AMERICANAS EIA/TIA CABEAMENTO ESTRUTURADO NORMAS AMERICANAS EIA/TIA NORMAS AMERICANAS EIA/TIA EIA/TIA 568-B: Commercial Building Telecomunications Cabling Standard Essa norma de 2001 é a revisão da norma EIA/TIA 568-A de

Leia mais

Ref.: Avaliação das Propostas Técnicas ref. à Concorrência 002/2004

Ref.: Avaliação das Propostas Técnicas ref. à Concorrência 002/2004 Memorando nº 060-2004 / SESUH/COSUI Brasília (DF), 31 de agosto de 2004. À Presidente da Comissão Especial de Licitação MARIA DE LOURDES CYRINO DAMAZIO Ref.: Avaliação das Propostas Técnicas ref. à Concorrência

Leia mais

Redes de Computadores. Sistemas de cablagem

Redes de Computadores. Sistemas de cablagem Redes de Computadores Sistemas de cablagem Sumário! Sistemas de cablagem: Normalização Estrutura Tipos de cablagem e comprimentos Dimensionamento Componentes 2 Sistemas de cablagem! Devem ser instalados

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2014-EMAP

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2014-EMAP PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2014-EMAP O Pregoeiro da Empresa Maranhense de Administração Portuária - EMAP, designado pela Portaria nº 149/2013-PRE, de 29 de agosto de 2013, em razão de solicitação da empresa

Leia mais

3º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2014

3º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2014 3º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2014 PERGUNTA 01: O ANEXO D.9 Saúde e Segurança (pag. 99) do ANEXO D SERVIÇOS RELATIVOS AO ATENDIMENTO AMBENTAL do ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA AS CÂMARAS MUNICIPAIS INTEGRANTES DA REDE LEGISLATIVA DE RÁDIO E TV

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA AS CÂMARAS MUNICIPAIS INTEGRANTES DA REDE LEGISLATIVA DE RÁDIO E TV ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA AS CÂMARAS MUNICIPAIS INTEGRANTES DA REDE LEGISLATIVA DE RÁDIO E TV 1. Nova configuração de transmissão via Satélite A Câmara dos Deputados irá adotar uma nova configuração de

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO Contratação de empresa para prestação de serviços de suporte técnico para os ativos de rede da SEEDUC (switches), listados no item 1.1, da marca CISCO, com suporte e manutenção

Leia mais

Ref.: PE 74/2014 RP Nº. 052/2014 - CONTRARRAZÕES

Ref.: PE 74/2014 RP Nº. 052/2014 - CONTRARRAZÕES À PREFEITURA MUNICIPAL DE ALVORADA Secretaria de Administração Setor de Licitações A/C Sra. Pregoeira: Amanda Vanessa Lamb Finger Ref.: PE 74/2014 RP Nº. 052/2014 - CONTRARRAZÕES TECHDEC INFORMÁTICA LTDA,

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 07.002.351/2015 PE 0398/2015

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 07.002.351/2015 PE 0398/2015 EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 07.002.351/2015 PE 0398/2015 1) No termo de referência Especificação Técnica, 6. Obrigações da Contratada,

Leia mais

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1 ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EDITAL DO PREGÃO AMPLO Nº 008/2010-ER05-Anatel PROCESSO Nº 53528.001004/2010 Projeto Executivo e Estudos de Adequação da nova Sala de Servidores da rede de

Leia mais

QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 019/2013

QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 019/2013 QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 019/2013 A Contratante poderá estabelecer junto a Contratada um cronograma para execução do objeto, ou seja, poderá haver um planejamento para que o atendimento seja feito

Leia mais

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Nº 003/2013 SECRETARIA DA FAZENDA DO ESTADO DO TOCANTINS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Nº 003/2013 SECRETARIA DA FAZENDA DO ESTADO DO TOCANTINS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Nº 003/2013 SECRETARIA DA FAZENDA DO ESTADO DO TOCANTINS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO Referência: Pregão Eletrônico n 001/2013 Processo Administrativo n : 2012/2508/0000017 1.

Leia mais

ABNT NBR 14.565 Cabeamento Estruturado Cabeamento Estruturado para Edifícios Comerciais e Data Centers Parte 2/2

ABNT NBR 14.565 Cabeamento Estruturado Cabeamento Estruturado para Edifícios Comerciais e Data Centers Parte 2/2 ABNT NBR 14.565 Cabeamento Estruturado Cabeamento Estruturado para Edifícios Comerciais e Data Centers Parte 2/2 ALUNO: REDES DE COMP. TURMA: RDN2 DATA: 12/11/2013 Av. Vitória, 950 Forte São João 29017-950

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12 TERMO DE REFERÊNCIA I DEFINIÇÃO DO OBJETO O presente Projeto Básico tem por objeto a aquisição de equipamentos para implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE 1 Switch

Leia mais

Especificação técnica do Video Wall do Tipo I (5m²)

Especificação técnica do Video Wall do Tipo I (5m²) Especificação técnica do Video Wall do Tipo I (5m²) 1. Esta Especificação destina-se a orientar as linhas gerais para o fornecimento de equipamentos. Devido às especificidades de cada central e de cada

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 8

REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 8 REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 8 Índice 1. Cabeamento estruturado...3 2 1. CABEAMENTO ESTRUTURADO Montar uma rede doméstica é bem diferente de montar uma rede local de 100 pontos em uma

Leia mais

COMUNICADO PREGÃO Nº 027/2007

COMUNICADO PREGÃO Nº 027/2007 COMUNICADO PREGÃO Nº 027/2007 OBJETO: Fornecimento, instalação, testes, certificação e assistência técnica, durante o período de garantia, de infra-estruturas físicas internas de ótico e metálico, para

Leia mais

Cabeamento Estruturado. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Cabeamento Estruturado. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Cabeamento Estruturado Prof. Marciano dos Santos Dionizio Norma ANSI/EIA/TIA 568B Divide um sistema de cabeamento em subsistemas: 1. Facilidades de Entrada (pela NBR14565: Sala de Entrada de Telecomunicações

Leia mais

NOTA DE ALTERAÇÃO/PRORROGAÇÃO

NOTA DE ALTERAÇÃO/PRORROGAÇÃO NOTA DE ALTERAÇÃO/PRORROGAÇÃO O MUNICÍPIO DE MARINGÁ informa aos interessados em participar do procedimento licitatório denominado PROCESSO nº. 2310/14-PMM, cujo objeto é o REGISTRO DE PREÇOS para futuras

Leia mais

Segue abaixo respostas aos questionamentos sobre o Pregão Eletrônico n 78/2014-SRP

Segue abaixo respostas aos questionamentos sobre o Pregão Eletrônico n 78/2014-SRP Prezada Pregoeira, PODER JUDICIÁRIO Segue abaixo respostas aos questionamentos sobre o Pregão Eletrônico n 78/2014-SRP 1. Item 8.7 do Termo de Referencia: 8.7 O monitoramento remoto de alarme deverá ser

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS SECRETARIA DE GESTÃO DA POLITICA DE DIREITOS HUMANOS

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS SECRETARIA DE GESTÃO DA POLITICA DE DIREITOS HUMANOS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS SECRETARIA DE GESTÃO DA POLITICA DE DIREITOS HUMANOS ESCLARECIMENTOS REFERENTES AO PREGÃO SRP Nº 18/2013 Pergunta 01. No edital não consta os locais

Leia mais

RDC PRESENCIAL 2014/07383 (4905) Respostas aos Questionamentos 18 a 21.

RDC PRESENCIAL 2014/07383 (4905) Respostas aos Questionamentos 18 a 21. RDC PRESENCIAL 2014/07383 (4905) Respostas aos Questionamentos 18 a 21. Questionamento 18: Nos itens lógicos tipo Patch Panel, organizador de cabo, régua de tomada e outros como no projeto de cabeamento

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com RESUMO 1 COMUTAÇÃO DE CIRCUITOS Reservados fim-a-fim; Recursos são dedicados; Estabelecimento

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 005/2015

CONSULTA PÚBLICA Nº 005/2015 CONSULTA PÚBLICA Nº 005/2015 TI SERVIDORES ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS APRESENTADOS PELAS EMPRESAS INTERESSADAS País: BRASIL Nome do Projeto: PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA

Leia mais

Pedido de Impugnação nº 01 Pregão Eletrônico nº 07/2013

Pedido de Impugnação nº 01 Pregão Eletrônico nº 07/2013 Pedido de Impugnação nº 01 Pregão Eletrônico nº 07/2013 Solicitação: ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO EDITAL DE PREGÃO

Leia mais

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A PREGÃO PRESENCIAL N. 2010/169 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE ARMAZENAMENTO EXTERNO - STORAGE E TAPE LIBRARY. Ref.: Esclarecimentos A unidade de Tape Library será instalada em servidor dedicado a

Leia mais

A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14:

A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14: Senhores, A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14: Questionamento 1: 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMCAS No que diz respeito ao subitem 2.1.2, temos a seguinte

Leia mais

Sistemas de Informação Tópicos Avançados em informática I Cabeamento Lógico Estruturado. 7º Período / Carga Horária: 72 horas

Sistemas de Informação Tópicos Avançados em informática I Cabeamento Lógico Estruturado. 7º Período / Carga Horária: 72 horas Sistemas de Informação Tópicos Avançados em informática I Cabeamento Lógico Estruturado 7º Período / Carga Horária: 72 horas EMENTA: Componentes e equipamentos de um sistema de cabeamento. Normas internacionais

Leia mais

Cabeamento Estruturado. Definição. Definição. Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br Redes de Computadores - UDESC

Cabeamento Estruturado. Definição. Definição. Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br Redes de Computadores - UDESC Cabeamento Estruturado Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br Redes de Computadores - UDESC Definição Entende-se por rede interna estruturada aquela que é projetada de modo a prover uma infra-estrutura

Leia mais

BACK BONE DE FIBRA ÓPTICA

BACK BONE DE FIBRA ÓPTICA MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO RUA JOÃO POLITI, 1589 ITAJUBÁ MG BACK BONE DE FIBRA ÓPTICA Responsável Técnico: Airton Leandro Seidel 1 INDICE GERAL DO MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBJETIVO DO PROJETO 03 2. ESCOPO

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO. Adaptador Ethernet PoE+ Coaxial AXIS T8640 PORTUGUÊS

GUIA DO USUÁRIO. Adaptador Ethernet PoE+ Coaxial AXIS T8640 PORTUGUÊS GUIA DO USUÁRIO Adaptador Ethernet PoE+ Coaxial AXIS T8640 PORTUGUÊS Compatibilidade eletromagnética (EMC) Este equipamento gera, usa e pode irradiar energia de radiofrequência e, caso não seja instalado

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Curso Tecnológico de Redes de Computadores Disciplina: Infraestrutura de Redes de Computadores - 1º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 01 Conceitos

Leia mais

Redes de Computadores. Cabeamento Estruturado

Redes de Computadores. Cabeamento Estruturado Redes de Computadores Ano 2002 Profª. Vívian Bastos Dias Aula 4 Propriedades desejadas de um sistema de cabeamento estruturado: Máxima independência na tecnologia de acessos a redes. Maior adequação à

Leia mais

EM 1991 a EIA (Eletronic Industries Association) publicou um padrão para cabeamento de telecomunicações

EM 1991 a EIA (Eletronic Industries Association) publicou um padrão para cabeamento de telecomunicações Laboratório de Redes. Cabeamento Estruturado Pedroso 4 de março de 2009 1 Introdução EM 1991 a EIA (Eletronic Industries Association) publicou um padrão para cabeamento de telecomunicações de edifícios

Leia mais

Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE

Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE Especificações Técnicas Mínimas: 1. O equipamento deve ter gabinete único para montagem

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Ofício nº 76/2003/CPL/SAA/SE/MEC Brasília, 16 de junho de 2003. REFERÊNCIA: Edital de Pregão nº 09/2003

Leia mais

JUGEND CONTROLE PREDIAL. PROJETO: Memorial Descritivo do Sistema de Cabeamento Estruturado. Obra: Shopping Metropolitano

JUGEND CONTROLE PREDIAL. PROJETO: Memorial Descritivo do Sistema de Cabeamento Estruturado. Obra: Shopping Metropolitano PROJETO: Memorial Descritivo do Sistema de Cabeamento Estruturado CLIENTE: CYRELA COMMERCIAL PROPERTIES Pasta: cyrella_metropolitano-pro-ec-2-1-2012.doc DATA: 05/04/2012 1 Revisão de Escopo Devido Compatibilização

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 011/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 0104/2012 OBJETO: Formação de Sistema de Registro de Preços para eventual aquisição de Hardwares para atender a demanda de Tecnologia da Informação

Leia mais

Meios Físicos de Comunicação

Meios Físicos de Comunicação Meios Físicos de Comunicação Aula 3 Equipamentos de Conectividade e Organização Meios Físicos de Comunicação - Equipamentos de Conectividade e Organização 1 Conteúdo Elementos de Infraestrutura Estrutura

Leia mais

Ofício Circ. n o 97 /2008-ADADM-Anatel Brasília/DF, 18 de julho de 2008.

Ofício Circ. n o 97 /2008-ADADM-Anatel Brasília/DF, 18 de julho de 2008. SAUS Quadra 6 Bloco H Brasília/DF CEP: 70070-940 (61) 2312-2000 e (Fax 2312-2002) http//www.anatel.gov.br Ofício Circ. n o 97 /2008-ADADM-Anatel Brasília/DF, 18 de julho de 2008. Às empresas interessadas

Leia mais

PREGÃO 020/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROCESSO Nº 26-14

PREGÃO 020/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROCESSO Nº 26-14 PREGÃO 020/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROCESSO Nº 26-14 1. OBJETO Contratação da aquisição de 01 (um) guindaste veicular, novo, completo, fabricado no ano vigente, não inferior à 2014, com acessórios

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 02 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL Nº 20130012/CIDADES/CCC

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 02 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL Nº 20130012/CIDADES/CCC NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 02 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL Nº 20130012/CIDADES/CCC OBJETO: LICITAÇÃO DO TIPO TÉCNICA E PREÇO PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA ELABORAÇÃO DO PLANO URBANÍSTICO

Leia mais

10 - Para atendimento ao item 8.10.1.1, o evento internacional deverá ter ocorrido fora do Brasil?

10 - Para atendimento ao item 8.10.1.1, o evento internacional deverá ter ocorrido fora do Brasil? Pedidos de esclarecimento PE 10/2016 até 23/05/2016 Os questionamentos foram organizados em ordem cronológica ganhando cada um uma numeração de 1 a 38. 1 A empresa concorrente a este pregão poderá participar

Leia mais

Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional PRODIST. Módulo 4 Procedimentos Operativos do Sistema de Distribuição

Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional PRODIST. Módulo 4 Procedimentos Operativos do Sistema de Distribuição Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional PRODIST Módulo 4 Procedimentos Operativos do Sistema de Distribuição Revisão 0

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 06 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL Nº 20140001/METROFOR/CCC

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 06 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL Nº 20140001/METROFOR/CCC NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 06 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL Nº 20140001/METROFOR/CCC OBJETO: LICITAÇÃO DO TIPO TÉCNICA E PREÇO PARA CONTRATAÇÃO DE FORNECIMENTO E SERVIÇOS DE PROJETO, INSTALAÇÃO E MONTAGEM

Leia mais

CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA IFB

CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA IFB CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA IFB Control Teleinformática Ltda SRTV/Sul Qd. 701 Conj. L Bloco 1, 38 Sobreloja sala 24 Pag. 1 de 10 Brasília, agosto de 2013

Leia mais

ESCLARECIMENTO 2. 3) Qual o prazo para a Telebrás informar a empresa sobre sua qualificação ou desqualificação?

ESCLARECIMENTO 2. 3) Qual o prazo para a Telebrás informar a empresa sobre sua qualificação ou desqualificação? ESCLARECIMENTO 2 1) De acordo com o item 1.2 do Termo de Referência 002 3800/2015, emitido no dia 05 de Junho de 2015, e publicado com o Edital de Pré Qualificação no site da Telebrás, no dia 10 de Agosto

Leia mais

1 de 6 25/08/2015 10:22

1 de 6 25/08/2015 10:22 1 de 6 25/08/2015 10:22 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria Executiva Subsecretaria de Planejamento e Orçamento Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano Termo de Adjudicação

Leia mais

Módulo 7 Tecnologia da Ethernet

Módulo 7 Tecnologia da Ethernet CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Módulo 7 Tecnologia da Ethernet Ethernet a 10 e 100 Mbps Tipos de Ethernet Todas as verões da Ethernet têm: Endereçamento MAC. Formato das tramas idêntico. Utilizam o

Leia mais

1. QUANTO AOS ASPECTOS TÉCNICOS / COMERCIAIS

1. QUANTO AOS ASPECTOS TÉCNICOS / COMERCIAIS 1. QUANTO AOS ASPECTOS TÉCNICOS / COMERCIAIS Conforme descrito no Anexo 01, item 3.7 Pontos Centrais de Processamento de Dados: O Banco do Brasil possui atualmente 2 pontos centrais de processamento de

Leia mais

ANEXO VI CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS. Definição de Fatores para Atribuição de Notas para os Itens do Edital.

ANEXO VI CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS. Definição de Fatores para Atribuição de Notas para os Itens do Edital. REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES 3ª UNIDADE DE INFRA-ESTRUTURA TERRESTRE CONVITE N.º.../2004 ANEXO VI CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 03

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 03 NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 03 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL N o 20130007/SEINFRA/CCC OBJETO: LICITAÇÃO DO TIPO MENOR PREÇO PARA FORNECIMENTO, INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE USINAS TERMELÉTRICAS (UTE)

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 446/95 - Plenário - Ata 40/95 Processo nº TC 020.528/94-9 Interessado: Representante da empresa Lynch Representações e Participações Ltda. Entidade:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ESTUDO TÉCNICO PRELIMINAR DA CONTRATAÇÃO 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Aquisição de equipamentos para infraestrutura de redes de todo o IFRO 2. DEFINIÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS

Leia mais

Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP.

Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP. Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP. VANTAGENS DAS SOLUÇÕES DE VIGILÂNCIA DIGITAL IP É verdade que o custo de aquisição das câmeras digitais IP, é maior que o custo de aquisição das câmeras

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES, QUANTITATIVOS E CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES, QUANTITATIVOS E CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ANEXO II ESPECIFICAÇÕES, QUANTITATIVOS E CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 1. FINALIDADE 1.1. As informações contidas neste Anexo descrevem os requisitos gerais, especificações, quantitativos e características

Leia mais

A. LUMINÁRIAS LED UTILIZADAS NA PPP DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

A. LUMINÁRIAS LED UTILIZADAS NA PPP DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO Metodologia para Credenciamento e Apuração de Conteúdo Local de Luminárias LED no Credenciamento de Fabricantes Informatizado CFI do BNDES para apoio financeiro a PPP de Iluminação Pública de São Paulo

Leia mais