Especificação Técnica Sistema ABS TEM+

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Especificação Técnica Sistema ABS TEM+"

Transcrição

1 Especificação Técnica Sistema ABS TEM+ A solução ABS TEM+ desenvolvida pela Vergence é baseada no conceito de TEM (Telecom Expenses Management), o qual visa a aplicação de melhoras em relação à tecnologia, processos, políticas e pessoas relacionados com os recursos de telecomunicação. Essas melhorias permitem a otimização a utilização desses recursos, ocasionado a redução dos custos empresariais com telecomunicações. A solução completa do ABS TEM+ é composta por um portal WEB quer permite aos administradores enxergarem o seu cenário de telefonia de forma estratégica, seja ela concisa ou detalhada utilizando relatórios e gráficos que permitem ao administrador entender o cenário e tomar as decisões certas para a mudança do cenário de TEM, permite ainda enxergar o rateio de conta, possibilitando que as mesmas visões de modo global sejam aplicadas à determinados centros de custo. O ABS TEM+ conta ainda com um completo portfólio de relatórios gerenciais que disponibilizam de forma simples e rápida as informações para consulta, através dos dashboards do Portal Web. A centralização e importação das informações das contas e contratos para o sistema ABS TEM+ permitem análises automatizadas, como por exemplo, o apontamento de valores e recursos divergentes cobrados indevidamente. O ABS TEM+ oferece ainda a possibilidade de customização e criação de novos relatórios e consultas ou o desenvolvimento de novas funcionalidades, de acordo com a necessidade do cliente. 1. Atividades do ABS TEM Definição de Requisitos A primeira atividade a ser realização para a implantação do ABS TEM+ é a definição dos requisitos do projeto. Nessa etapa o cliente deve preencher um Documento de Requisitos contendo informações básicas sobre as necessidades e características do projeto. Através da análise desse documento, a Vergence ira propor uma customização adequada do ABS TEM+ que melhor atenda às necessidades do cliente. Eventualmente, pode ser necessária a realização de Reunião de Alinhamento com o responsável pelo projeto do cliente para o alinhamento das informações constantes no documento Monitoramento dos Serviços A Vergence realiza o monitoramento das funcionalidades vitais do sistema, status das Centrais e coletores e disponibilidades de relatórios periodicamente. Os resultados desse monitoramento são enviados por para o responsável indicado pelo cliente e também são disponibilizados utilizando-se o protocolo SNMP, possibilitando que o cliente possa visualizar essas informações em seu próprio ambiente de monitoramento.

2 1.3. Coleta de Bilhetes O ABS TEM+ conta com um robô coletor que acessa os dados dos bilhetes de telefonia diretamente das centrais IP. No caso de centrais não IP, existe a possibilidade de utilização de aparelhos coletores homologados que disponibilizam a informação diretamente no repositório do servidor Recebimento de Faturas de Telefonia Fixa e Móvel É de responsabilidade do cliente a disponibilização das mídias digitais de todas as faturas, tanto da telefonia fixa quanto móvel. Essas informações são inseridas no sistema para fins de geração de relatórios e contestação de faturas. O ABS TEM+ é pré-configurado para a importação de contas nos formatos FEBRABAN (V1, V2 e V3) e VIVO. Para demais formatos é necessário a realização de uma customização adicional do sistema Input de Dados e Manutenção dos Cadastros da Empresa É de responsabilidade do cliente o envio mensal de relatório contendo as alterações realizadas nos cadastros empresariais (ramais, usuários, troncos, etc...) para o reprocessamento das ligações e geração dos relatórios de fechamento mensal. A entrega dos relatórios de fechamento fica vinculada à disponibilização dessas informações. Para os clientes que utilizem controle de acesso baseado em um protocolo LDAP, o ABS TEM+ pode realizar a importação dos dados dos usuários do sistema de telefonia diretamente da base LDAP. Para os clientes que possuam um sistema de RH, a Vergence pode customizar o ABS TEM+ para que ele se integre com esse sistema, realizando a importação automática dos dados. Essa integração é considerada como uma customização adicional do sistema Envio de Relatórios por O ABS TEM+ pode ser configurado para enviar periodicamente quaisquer relatórios acessíveis pelo Portal Web por . As informações necessárias para geração dos relatórios, tais como referência, centrais, entre outras, devem ser previamente definidas Envio de Relatórios sob Demanda A qualquer momento o cliente pode solicitar à equipe de suporte do ABS TEM+ a geração de relatórios do sistema. Esses relatórios são gerados e encaminhados por e- mail conforme os termos do SLA de suporte, caso seja relatórios disponíveis no Portal Web, ou conforme análise, caso contrário.

3 2. Fases de Implantação do ABS TEM Planejamento Com base nas informações identificadas tanto no Documento de Requisitos quanto na Reunião de Alinhamento, é realizado um planejamento e definido um cronograma de implantação do sistema. Esse cronograma considera que toda a infraestrutura de rede, hardware e softwares de terceiros a serem utilizados pelo cliente no projeto estejam adequadamente instalados e configurados, bem como que todas as premissas gerais e específicas de cada etapa do cronograma tenham sido atendidas pelo cliente. Uma vez estipulado o cronograma, esse é enviado ao cliente para que possa ser aprovado. Mediante a aprovação do cronograma é dado início a fase de implantação do sistema Dimensionamento Nessa fase são analisados os recursos de hardware necessários para o correto funcionamento do ABS TEM+. São valores determinantes para essa mensuração: Número de ramais Número de usuários Número de acessos simultâneos Tempo de Reposta do sistema web A configuração padrão do ABS TEM+ são: até (quinze mil) ramais ou usuários, até 200 acessos simultâneos e tempo de resposta de até 2 minutos do sistema web. Para valores acima desses é necessário a análise e o dimensionamento do hardware Implantação A etapa de implantação do ABS TEM+ consiste da configuração dos recursos de hardware e software para a execução da solução. Durante essa etapa é necessário o recebimento das informações referentes aos cadastros de centrais telefônicas, troncos, ramais, usuários, linhas de celulares coorporativos, centros de custos e tarifas. Também é necessária nessa etapa a análise de modelos de bilhetes dos PABX s da empresa, pois pode ser necessária a realização de customizações nos processos de importação dos bilhetes dependendo do modelo e formato de CDR utilizado pela versão do PABX. Após a instalação, configuração e alimentação do sistema, é implantado e testado o acesso remoto aos servidores, para realização de manutenção, e a disponibilidade do acesso web, para gestão dos administradores. Finalmente são produzidos os relatórios de entrega, para que os administradores possam validar o acesso ao sistema e atestar a finalização da etapa.

4 2.4. Treinamento Depois de concluída a implantação, é realizado um treinamento de até 8 (oito) horas no qual é apresentado como utilizar as funcionalidades e recursos do sistema ABS TEM+. Devem participar desse treinamento os responsáveis técnicos do cliente pela administração do sistema Customização Durante a atividade do sistema poderão ser desenvolvidos relatórios e funcionalidades adicionais ao sistema ABS TEM+, de acordo com as solicitações do cliente e os pontos identificados no Documento de Requisitos e na Reunião de Alinhamento, de forma a melhor adequar a solução às necessidades do cliente. A relação completa dessas customizações é apresentada no de cronograma de implantação Administração O ABS TEM+ disponibiliza de 4 (quatro) à 50 (cinquenta) licenças de Administrador para gestão da ferramenta. Essas licenças tem total aceso à ferramenta podendo: criar, configurar, gerar e salvar relatórios; configurar tarifas; importar relação de ramais; agendar tarefas e acessar todas as demais funcionalidades disponíveis para os usuários não-administradores. A Vergence poderá também disponibilizar, de acordo com a necessidade do cliente, horas de suporte para a realização das atividades de monitoramente, gestão, geração de relatórios e suporte em geral. Essas horas são utilizadas durante o horário comercial (das 9:00 às 18:00 de segunda à sexta-feira) e não são cumulativas.

5 3. Características do ABS TEM Portal Web O portal desenvolvido em Oracle BI, permite aos administradores a navegação das informações de forma rápida e hierárquica, é possível ainda a partir de uma visão gerencial, descer o nível e alcançar as ligações propriamente ditas o que permite ao usuário entendimento total do cenário. Chama-se ainda atenção que caso haja necessidade, essas visões podem ser customizadas com o apoio da equipe técnica Suporte ao Cliente A Vergence disponibiliza suporte telefônico e por em horário comercial (segunda-feira à sexta-feira, das 9hs às 18hs) com tempo de resposta inicial dos chamados recebidos de até 2 horas e tempo de resolução de problemas de até 48 horas mais tempo de deslocamento até o cliente se necessário. Além disso, todas as atualizações genéricas implementadas no Sistema ABS TEM+ são disponibilizadas sem custo adicional mediante a aprovação por parte do cliente do cronograma de atualização do sistema Segurança Com o intuito de preservar a base de informações do cliente e de atendimento dos SLA s de suporte, a Vergence realiza diariamente cópias de segurança do sistema, como forma de garantir uma rápida recuperação das informações em caso de necessidade. A disponibilização de recursos de armazenamento dessas cópias bem como a sua manutenção e gerenciamento é de responsabilidade única e exclusivamente do cliente Oracle BI O ABS TEM+ se baseia em tecnologias Oracle, mais precisamente da suíte de produtos BI, que, através da combinação de ferramentas, é capaz de carregar grande quantidade de dados em uma base relacional, disponibilizando as informações processadas e devidamente distribuídas de acordo com as regras de negócio, estabelecida para nossos clientes. O acesso à informação é disponibilizado através de Dashboards, que agrupam consultas diversas em painéis e quadros de consulta, permitindo que o usuário tenha à sua disposição as várias informações necessárias para o bom gerenciamento das informações do ambiente de Telecom. Todo o sistema é personalizado e construído com o know-how da equipe técnica, tudo para garantir a eficiência nas tratativas de informações para o cliente.

6 3.5. Acesso Web Todo acesso ao sistema ABS TEM+ é realizado através de interfaces web configuráveis, possibilitando um acesso rápido em qualquer local sem a necessidade de instalação de softwares adicionais de visualização de dados. O acesso às interfaces Web é realizado mediante a utilização de um login e senha, possibilitando que os usuários sejam identificados e possam interagir com a ferramenta de acordo com o seu nível de acesso. O ABS TEM+ é homologado para os navegadores Internet Explorer 7 e 8 e Mozilla Firefox Regras de Tarifação O ABS TEM+ utiliza regras de tarifação baseadas no conceito de contratos. Os diferentes tipos de contratos podem prever tarifas diferenciadas dependendo do volume, horário ou destino das ligações. As tarifas praticadas nos contratos do cliente são configuradas no sistema, permitindo a correta associação de valores às ligações. O ABS TEM+ permite ainda a vinculação de um tipo específico de contrato, incluindo as tarifas praticas nele, a grupos particulares de tronco, possibilitando a correta aplicação das tarifas às ligações realizadas Comparação de Tarifas O ABS TEM+ permite a geração de relatórios comparativos simulando os custos das ligações quando se utilizando outros tipos de contratos e tarifas praticadas no mercado. Esse tipo de relatório possibilita aos administradores terem uma visão geral dos custos do sistema e auxilia na toma de decisão quanto à mudança ou contratação de um novo plano de tarifas Exportação de Relatórios Todos os relatórios disponibilizados na interface web podem ser salvos para consultas futuras ou então exportados para os formatos HTML, CSV (Excel), PDF ou para texto simples.

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO Este documento descreve os serviços que devem ser realizados para a Implantação da Solução de CRM (Customer Relationship Management), doravante chamada SOLUÇÃO, nos ambientes computacionais de testes,

Leia mais

VISÃO Ser a melhor empresa danossa região em gestão e consultoria em telecomunicações.

VISÃO Ser a melhor empresa danossa região em gestão e consultoria em telecomunicações. kkk A EMPRESA A Ayusso Telecom - Consultoria em Telefonia Corporativa oferece ao mercado um avançado sistema voltado à Gestão contínua de telefonia fixa, móvel e dados. Com experiência a mais de 10 anos

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Constitui objeto da presente licitação o registro de preços para implantação de sistema de telefonia digital (PABX) baseado em servidor IP, com fornecimento

Leia mais

Há 17 anos no mercado, a PREMIUN Tecnologia desenvolve soluções para o gerenciamento e controle de gastos em telefonia.

Há 17 anos no mercado, a PREMIUN Tecnologia desenvolve soluções para o gerenciamento e controle de gastos em telefonia. Há 17 anos no mercado, a desenvolve soluções para o gerenciamento e controle de gastos em telefonia. Uma empresa de desenvolvimento de software, como a nossa, jamais seria bem sucedida ao longo de mais

Leia mais

Manual de Usuário INDICE

Manual de Usuário INDICE Manual de Usuário INDICE Características do Sistema... 02 Características Operacionais... 03 Realizando o Login... 04 Menu Tarifador... 05 Menu Relatórios... 06 Menu Ferramentas... 27 Menu Monitor... 30

Leia mais

Rua Minas Gerais, 190 Higienópolis 01244-010 São Paulo/SP Brasil Fone (11) 3017.3600 Fax: (11) 3017.3633 www.abnt.org.br

Rua Minas Gerais, 190 Higienópolis 01244-010 São Paulo/SP Brasil Fone (11) 3017.3600 Fax: (11) 3017.3633 www.abnt.org.br GUIA DO VISUALIZADOR SUA EMPRESA ONLINE NO MUNDO DA NORMALIZAÇÃO SUMÁRIO 1 O QUE É ABNTCOLEÇÃO...3 1.1 CONFIGURAÇÕES MINIMAS DESEJAVEL...3 1.1.2 SEGURANÇADE REDE...3 2 COMO ACESSAR A SUA COLEÇÃO...4 2.1

Leia mais

APÓS A INSTALAÇÃO, MÃOS À OBRA. E AO TECLADO. MANUAL DE INSTALAÇÃO

APÓS A INSTALAÇÃO, MÃOS À OBRA. E AO TECLADO. MANUAL DE INSTALAÇÃO APÓS A INSTALAÇÃO, MÃOS À OBRA. E AO TECLADO. MANUAL DE INSTALAÇÃO 1 SEJA BEM-VINDO AO SIENGE. PARABÉNS! A partir de agora a sua empresa irá contar com os benefícios do Sienge. Conte conosco para ajudá-lo

Leia mais

7 DIFERENÇAS ENTRE PABX e PABX IP. Comparativo de recursos e benefícios telefônicos para sua empresa

7 DIFERENÇAS ENTRE PABX e PABX IP. Comparativo de recursos e benefícios telefônicos para sua empresa 7 DIFERENÇAS ENTRE PABX e PABX IP Comparativo de recursos e benefícios telefônicos para sua empresa ÍNDICE Definição de PABX e PABX-IP 1ª - Gravação de Chamadas 2ª - URA 3ª - Fila de Atendimento 4ª - Ramal

Leia mais

Novell ZENworks 10 Asset Management SP2

Novell ZENworks 10 Asset Management SP2 Guia de Introdução do Novell ZENworks 10 Asset Management SP2 10.2 27 de maio de 2009 www.novell.com Guia de Introdução do ZENworks 10 Asset Management Informações Legais A Novell, Inc. não faz representações

Leia mais

Sistema de Gestão de Telefonia Celular - Cooperativas e Associações

Sistema de Gestão de Telefonia Celular - Cooperativas e Associações Sistema de Gestão de Telefonia Celular - Cooperativas e Associações O que é SGTC? O SGTC - Sistema de Gestão de Telefonia Celular > Primeiro sistema desenvolvido com inteligência em telecomunicações e

Leia mais

4 Desenvolvimento da ferramenta

4 Desenvolvimento da ferramenta direcionados por comportamento 38 4 Desenvolvimento da ferramenta Visando facilitar a tarefa de documentar requisitos funcionais e de gerar testes automáticos em uma única ferramenta para proporcionar

Leia mais

Treinamento. Speed Dome IP

Treinamento. Speed Dome IP Treinamento Speed Dome IP Indice 1 Introdução 2 Partes de um Speed Dome IP 3 Instalação do Speed Dome IP 4 Configuração 5 Utilização 1 Introdução O que é um Speed Dome IP? Speed Dome IP, é um equipamento

Leia mais

1.1. Sistema Sumus Tarifador for Windows BI (Business Intelligence)

1.1. Sistema Sumus Tarifador for Windows BI (Business Intelligence) 1. Descrição dos produtos e serviços da solução 1.1. Sistema Sumus Tarifador for Windows BI (Business Intelligence) É um sistema Sumus de tarifação indicado para médias empresas. Ele realiza desde a coleta

Leia mais

GUIA COMERCIAL PCMULTITEF+

GUIA COMERCIAL PCMULTITEF+ GUIA COMERCIAL PCMULTITEF+ DATAREGIS S. A. FORM-7.2-037r00 Página 1 de 6 ÍNDICE 1. Definição do produto PCMULTITEF+ 2. Normas de comercialização do produto PCMULTITEF+ 3. Responsabilidades do Integrador

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ENVIO DE MENSAGENS CURTAS DE TEXTO (SMS)

TERMO DE REFERÊNCIA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ENVIO DE MENSAGENS CURTAS DE TEXTO (SMS) TERMO DE REFERÊNCIA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ENVIO DE MENSAGENS CURTAS DE TEXTO (SMS) Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo PRODAM-SP S/A Avenida Francisco Matarazzo,

Leia mais

Serviço HP Proactive Care

Serviço HP Proactive Care Serviço HP Proactive Care HP Technology Services O Serviço HP Proactive Care (Proactive Care) oferece um conjunto integrado de serviços proativos e reativos, desenvolvido para ajudar você a melhorar a

Leia mais

SUMÁRIO VISÃO GERAL RECURSOS ESPECIFICAÇÕES DESIGN ALERTAS FUNÇÕES ESPECIAIS. Benefícios Características Gerais

SUMÁRIO VISÃO GERAL RECURSOS ESPECIFICAÇÕES DESIGN ALERTAS FUNÇÕES ESPECIAIS. Benefícios Características Gerais 1 SUMÁRIO 4 5 VISÃO GERAL Benefícios Características Gerais 5 RECURSOS Controle de PAS IP Controle em tempo real 6 7 8 9 10 11 12 13 14 14 15 ESPECIFICAÇÕES Capacidade Alertas Novo Design Funções Especiais

Leia mais

Sistema de Gestão de Telecomunicações - Corporativo

Sistema de Gestão de Telecomunicações - Corporativo Sistema de Gestão de Telecomunicações - Corporativo O que é SGTC? O SGTC - Sistema de Gestão de Telecomunicações > Software 100% próprio, desenvolvido pela equipe da TeleGestão que possibilita o gerenciamento

Leia mais

Ano IV - Número 19. Versões 5.0.1 e 5.1

Ano IV - Número 19. Versões 5.0.1 e 5.1 Versões 5.0.1 e 5.1 Quarta-feira, 07 de janeiro de 2009 ÍNDICE 3 EDITORIAL 4 VERSÃO 5.1 4 Dashboard 5 Plano de Comunicação 6 Configurações Pessoais 6 Priorização de Demandas 7 Agendamento de Demandas 8

Leia mais

CoIPe Telefonia com Tecnologia

CoIPe Telefonia com Tecnologia CoIPe Telefonia com Tecnologia A proposta Oferecer sistema de telefonia digital com tecnologia que possibilita inúmeras maneiras de comunicação por voz e dados, integrações, recursos e abertura para customizações.

Leia mais

CONTRATO Nº 010/2015

CONTRATO Nº 010/2015 Página 1 de 6 CONTRATO Nº 010/2015 CONTRATO EMERGENCIAL DE LOCAÇÃO MENSAL DO SISTEMA TRANSPARÊNCIA FLY QUE ENTRE SI CELEBRAM A CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE PALHOÇA E A EMPRESA BETHA SISTEMAS LTDA.

Leia mais

Prefeitura de Belo Horizonte. Sistema de Controle de Protocolo

Prefeitura de Belo Horizonte. Sistema de Controle de Protocolo Prefeitura de Belo Horizonte Sistema de Controle de Protocolo Relatório apresentado para concorrer ao 2º Prêmio Inovar BH conforme Edital SMARH nº 001/2014 Belo Horizonte Julho de 2014 Resumo Sendo grande

Leia mais

Guia Rápido. Sistema de Cobrança - Beneficiário

Guia Rápido. Sistema de Cobrança - Beneficiário GuiaRápido SistemadeCobrança-Beneficiário GR SistemadeCobrança Beneficiário Índice 1 Introdução... 4 2 Público Alvo... 4 3 Pré-Requisitos... 4 4 Acessando o Sistema de Cobrança... 5 5 Cadastro... 6 5.1

Leia mais

ITIL. Conteúdo. 1. Introdução. 2. Suporte de Serviços. 3. Entrega de Serviços. 4. CobIT X ITIL. 5. Considerações Finais

ITIL. Conteúdo. 1. Introdução. 2. Suporte de Serviços. 3. Entrega de Serviços. 4. CobIT X ITIL. 5. Considerações Finais ITIL Conteúdo 1. Introdução 2. Suporte de Serviços 3. Entrega de Serviços 4. CobIT X ITIL 5. Considerações Finais Introdução Introdução Information Technology Infrastructure Library O ITIL foi desenvolvido,

Leia mais

Política de uso: serviço fone@rnp. DAGSer Diretoria Adjunta de Gestão de Serviços

Política de uso: serviço fone@rnp. DAGSer Diretoria Adjunta de Gestão de Serviços Política de uso: serviço fone@rnp DAGSer Diretoria Adjunta de Gestão de Serviços Sumário 1. Apresentação... 3 2. Glossário... 3 3. Público alvo... 3 4. Agendamento... 4 5. Requisitos... 4 6. Termo de uso...

Leia mais

Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise

Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise Índice Introdução 2 Interface administrativa 2 Status 2 Minha conta 3 Opções 3 Equipes de suporte 4 Jumpoint 5 Jump Clients 6 Bomgar Button 6 Mensagens

Leia mais

GERENCIAMENTO E MONITORAMENTO DE AMBIENTES DE TI UTILIZANDO ZENOSS. Cássio Duarte Melgaço*

GERENCIAMENTO E MONITORAMENTO DE AMBIENTES DE TI UTILIZANDO ZENOSS. Cássio Duarte Melgaço* GERENCIAMENTO E MONITORAMENTO DE AMBIENTES DE TI UTILIZANDO ZENOSS Cássio Duarte Melgaço* Resumo Este artigo tem como objetivo analisar características no quesito gerenciamento e monitoramento de redes

Leia mais

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR PLANO DE TRABALHO PROVAB

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR PLANO DE TRABALHO PROVAB PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR PLANO DE TRABALHO PROVAB Brasília/DF, 14 março de 2016. 1 APRESENTAÇÃO Prezado(a) Coordenador(a) participante do PROVAB:

Leia mais

1. Serviços SAP Business Transformation and Plan Os serviços SAP Business Transformation and Plan atualmente incluem:

1. Serviços SAP Business Transformation and Plan Os serviços SAP Business Transformation and Plan atualmente incluem: Descrição de Serviços Serviços Business Transformation and Plan O SAP Business Transformation and Plan é um serviço de consultoria e prototipagem para promover a inovação e transformação da Licenciada

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008. Dispõe sobre o processo de contratação de serviços de Tecnologia da Informação pela Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional. O SECRETÁRIO

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA NÚCLEO DE EMPREENDIMENTOS EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ARTES NECTAR.

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA NÚCLEO DE EMPREENDIMENTOS EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ARTES NECTAR. ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA NÚCLEO DE EMPREENDIMENTOS EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ARTES NECTAR. OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA CONSTRUÇÃO DO PORTAL E AQUISIÇÃO DE SOFTWARE DE GESTÃO DE

Leia mais

Guia Canais de Distribuição PLANETFONE 2016

Guia Canais de Distribuição PLANETFONE 2016 Guia Canais de Distribuição PLANETFONE 2016 Av. Nossa Senhora do Carmo, 1.191, 3º andar, Sion, Belo Horizonte/MG - www.planetfone.com.br 1 SUMÁRIO 1. A PLANETFONE... 03 2. OBJETIVOS ESTRATÉGICOS... 04

Leia mais

SLA - Service Level Agreement (Acordo de Nível de Serviço) Gerenciamento de Estoque

SLA - Service Level Agreement (Acordo de Nível de Serviço) Gerenciamento de Estoque 1 / 7 SLA - Service Level Agreement (Acordo de Nível de Serviço) Gerenciamento de Estoque Código: : Data de Publicação: Cliente: Faculdade de Tecnologia SENAC-GO 2 / 7 Identificação e Histórico do Documento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP/CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS SAU - SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP/CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS SAU - SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP/CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS SAU - SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO Perfil Self-Service Gestão Livre de Parque de Informática

Leia mais

Dell Infrastructure Consulting Services

Dell Infrastructure Consulting Services Proposta de Serviços Profissionais Implementação do Dell OpenManage 1. Apresentação da proposta Esta proposta foi elaborada pela Dell com o objetivo de fornecer os serviços profissionais de implementação

Leia mais

CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0

CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0 CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0 2011 1 1. APRESENTAÇÃO No momento de sua concepção não haviam informações detalhadas e organizadas sobre os serviços de Tecnologia da

Leia mais

Oktiva Fila - Sistema de Atendimento

Oktiva Fila - Sistema de Atendimento Oktiva Fila - Sistema de Atendimento Objetivo da Solução A solução Oktiva Fila Sistema de Atendimento proporciona os recursos tecnológicos capazes de tornar o atendimento presencial confortável, rápido

Leia mais

Unidade de Ensino Superior Vale Do Iguaçu Normas para Utilização dos Recursos Tecnológicos Normas para Utilização dos Recursos Tecnológicos

Unidade de Ensino Superior Vale Do Iguaçu Normas para Utilização dos Recursos Tecnológicos Normas para Utilização dos Recursos Tecnológicos Normas para Utilização dos Recursos Tecnológicos UNIÃO DA VITÓRIA PR SUMÁRIO CAPÍTOLO I - Departamento de Informática e Laboratórios de Computação Dos Laboratórios de Computação e Seus Fins... 2 Da Estrutura

Leia mais

Seu manual do usuário KASPERSKY LAB ADMINISTRATION KIT 8.0 http://pt.yourpdfguides.com/dref/3741343

Seu manual do usuário KASPERSKY LAB ADMINISTRATION KIT 8.0 http://pt.yourpdfguides.com/dref/3741343 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para KASPERSKY LAB ADMINISTRATION KIT 8.0. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas

Leia mais

Estudo de Viabilidade. GMon Sistema de Gerenciamento de Monitores. Curso: Ciências da Computação Professora: Carla Silva

Estudo de Viabilidade. GMon Sistema de Gerenciamento de Monitores. Curso: Ciências da Computação Professora: Carla Silva Estudo de Viabilidade GMon Sistema de Gerenciamento de Monitores Curso: Ciências da Computação Professora: Carla Silva Recife, 20 de Janeiro de 2012 1 Sumário 1. Motivação... 3 2. Problema identificado...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE FORMAS DE ACESSO AO AMBIENTE EAD... 2 O AMBIENTE EAD... 3 TERMO DE COMPROMISSO... 4 CONHECENDO A HOME PAGE DO TREINAMENTO EAD... 4

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI Setembro de 2013 Objetivo: Esse manual, baseado no manual GLPI feito pela DTI, tem como objetivo principal instruir os usuários quanto à utilização do GLPI, sistema

Leia mais

VERSÃO: 1.3 TÍTULO: GUIA DE INÍCIO RÁPIDO CLIENTE: FUNCEF

VERSÃO: 1.3 TÍTULO: GUIA DE INÍCIO RÁPIDO CLIENTE: FUNCEF Objetivo: Esse guia tem por objetivo auxiliar a instalação e configuração dos dispositivos a serem utilizados para monitoramento com o Olho Digital. Os acessos poderão ser feitos de 3 maneiras: 1- Por

Leia mais

SUPLEMENTO Nº 02. O presente Suplemento tem por finalidade introduzir no Edital da Licitação as seguintes alterações:

SUPLEMENTO Nº 02. O presente Suplemento tem por finalidade introduzir no Edital da Licitação as seguintes alterações: SUPLEMENTO Nº 02 O presente Suplemento tem por finalidade introduzir no Edital da Licitação as seguintes alterações: 1. A data limite de acolhimento de propostas fica alterada para 19.02.2008. 2. A CLÁUSULA

Leia mais

RESERVAR MANUAL SISTEMA DE RESERVAS DE SALAS INFORMATIZADAS

RESERVAR MANUAL SISTEMA DE RESERVAS DE SALAS INFORMATIZADAS RESERVAR MANUAL SISTEMA DE RESERVAS DE SALAS INFORMATIZADAS Faculdades Integradas do Brasil www.unibrasil.com.br 1 Sumário 1 INTRODUÇÃO...3 2 ÁREA DE ACESSO PÚBLICO...4 2.1 VISUALIZAÇÃO E NAVEGAÇÃO POR

Leia mais

Manual de Instalação START PREMIUM V 3.2.14

Manual de Instalação START PREMIUM V 3.2.14 Manual de Instalação START PREMIUM V 3.2.14 1/48 Este documento possui 46 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Novembro de 2013. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas.

Leia mais

O TRAFip é uma poderosa ferramenta de coleta e caracterização de tráfego de rede IP, que vem resolver esse problema de forma definitiva.

O TRAFip é uma poderosa ferramenta de coleta e caracterização de tráfego de rede IP, que vem resolver esse problema de forma definitiva. Não há dúvida de que o ambiente de rede está cada vez mais complexo e que sua gestão é um grande desafio. Nesse cenário, saber o que está passando por essa importante infraestrutura é um ponto crítico

Leia mais

Projuris Enterprise Visão Geral da Arquitetura do Sistema

Projuris Enterprise Visão Geral da Arquitetura do Sistema Projuris Enterprise Visão Geral da Arquitetura do Sistema Março/2015 Página 1 de 17 Projuris Enterprise Projuris Enterprise é um sistema 100% Web, com foco na gestão de contencioso por empresas ou firmas

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA CÂMARA MUNICIPAL DE ARIQUEMES SECRETARIA GERAL PROJETO BÁSICO

ESTADO DE RONDÔNIA CÂMARA MUNICIPAL DE ARIQUEMES SECRETARIA GERAL PROJETO BÁSICO PROJETO BÁSICO 1. INTRODUÇÃO Em cumprimento ao que dispõe os incisos I e II do artigo 7º da LEI FEDERAL 8.666/93, alterada pelas leis nº 8.883/94, bem como as leis federais 131/2009, 12.527/2011, 9.755/98

Leia mais

MQ-1 Revisão: 06 Data: 20/04/2007 Página 1

MQ-1 Revisão: 06 Data: 20/04/2007 Página 1 MQ-1 Revisão: 06 Data: 20/04/2007 Página 1 I. APROVAÇÃO Emitente: Função: Análise crítica e aprovação: Função: Liliane Alves Ribeiro da Silva Gerente Administrativa Roberto José da Silva Gerente Geral

Leia mais

Termo de Abertura do Projeto

Termo de Abertura do Projeto Instituição Executora: MAXIMUS SOFTWARE LTDA Título do Projeto: FARMAINFOR - Modernização da Farmácia Cliente: Hospital Mater Day Termo de Abertura do Projeto Elaborado por: Prof. Carlos Roberto Porfírio

Leia mais

C o t a ç ã o E l e t r ô n i c a V i l l a r e s M e t a l s

C o t a ç ã o E l e t r ô n i c a V i l l a r e s M e t a l s C o t a ç ã o E l e t r ô n i c a V i l l a r e s M e t a l s M a n u a l d o F o r n e c e d o r Portal de Compras Página 1 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Informações importantes... 3 3. Acessando o portal...

Leia mais

APRESENTAÇÃO. questões que constantemente chegam ao Suporte de Informática do Órgão Central.

APRESENTAÇÃO. questões que constantemente chegam ao Suporte de Informática do Órgão Central. APRESENTAÇÃO O presente documento Aplicativos de E-mail / Webmail Nível Básico Perguntas e Respostas tem como principal objetivo disponibilizar aos servidores das Escolas Estaduais do Estado de Minas Gerais

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Ferramenta de Fidelização Eletrônica ÁGUA DOCE - SABORES DO BRASIL

MANUAL DO USUÁRIO. Ferramenta de Fidelização Eletrônica ÁGUA DOCE - SABORES DO BRASIL MANUAL DO USUÁRIO Ferramenta de Fidelização Eletrônica ÁGUA DOCE - SABORES DO BRASIL Interface de Controle Franqueado http://abf.e-deploy.com.br/controle/ Versão 1.0 Conteúdo Sobre a e-deploy... 3 Sobre

Leia mais

SIGA Manual -1ª - Edição

SIGA Manual -1ª - Edição SIGA Manual -1ª - Edição ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. MÓDULO DE PROCESSOS 4 3. ACESSO AO SISTEMA 4 3.1 Acessando o Sistema 4 3.2 Primeiro Acesso 5 3.3 Login do Fornecedor 5 o Teclado Virtual 5 o Máquina Virtual

Leia mais

Consultoria Auditoria Gestão Suporte Redução de Custos www.alditel.com.br

Consultoria Auditoria Gestão Suporte Redução de Custos www.alditel.com.br Consultoria Auditoria Gestão Suporte Redução de Custos www.alditel.com.br Índice A Empresa...03 Serviços Prestados......04 1 Auditoria de faturas...04 2 Elaboração de relatórios gerenciais para gestão

Leia mais

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO DESCRIÇÃO DO SIGAI O SIGAI (Sistema Integrado de Gestão do Acesso à Informação) é uma solução de software que foi desenvolvida para automatizar os processos administrativos e operacionais visando a atender

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GLPI

Manual de Utilização do Sistema GLPI Manual de Utilização do Sistema GLPI 1 Introdução Prezado servidor, o GLPI é um sistema de Service Desk composto por um conjunto de serviços para a administração de inventário de equipamentos de informática,

Leia mais

GlobalPhone - CallShop

GlobalPhone - CallShop CallShop Convidamos sua empresa a conhecer essa ótima oportunidade de ganho de lucros, onde oferecemos uma plataforma para controle de ligações telefônicas, que utilizam o sistema de telefonia VoIP, tornando

Leia mais

Prefeitura Municipal de Águas Lindas de Goiás GO ANEXO IV CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL E SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA

Prefeitura Municipal de Águas Lindas de Goiás GO ANEXO IV CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL E SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA ANEXO IV CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL E SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA ANEXO IV. CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL E SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRONICA CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL 1. INTRODUÇÃO - CCO

Leia mais

sentinela A plataforma completa para segurança corporativa LINHA Interceptação Monitoração Gravação Relatórios Gestão Tarifação

sentinela A plataforma completa para segurança corporativa LINHA Interceptação Monitoração Gravação Relatórios Gestão Tarifação LINHA sentinela Interceptação Monitoração Gravação Relatórios LINHA sentinela Gestão Tarifação A plataforma completa para segurança corporativa O Sentinela é uma plataforma de segurança voltada para telefonia

Leia mais

Capítulo XIII SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

Capítulo XIII SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Capítulo XIII SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO FINALIDADE A Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação, órgão de direção especializada, subordinada ao diretor-geral da Secretaria

Leia mais

TERMO DE SUBLICENCIAMENTO E AUTORIZAÇÃO DE USO DE SOFTWARE

TERMO DE SUBLICENCIAMENTO E AUTORIZAÇÃO DE USO DE SOFTWARE TERMO DE SUBLICENCIAMENTO E AUTORIZAÇÃO DE USO DE SOFTWARE GLOBAL VILLAGE TELECOM S.A., com sede na cidade de Maringá, estado do Paraná, na Rua João Paulino Vieira Filho, nº 752, 2º andar, Novo Centro,

Leia mais

Rua Minas Gerais, 190 Higienópolis 01244-010 São Paulo/SP Brasil Fone (11) 3017.3600 Fax: (11) 3017.3633 www.abnt.org.br

Rua Minas Gerais, 190 Higienópolis 01244-010 São Paulo/SP Brasil Fone (11) 3017.3600 Fax: (11) 3017.3633 www.abnt.org.br GUIA DO VISUALIZADOR SUA EMPRESA ONLINE NO MUNDO DA NORMALIZAÇÃO SUMÁRIO 1 O QUE É ABNTCOLEÇÃO...3 1.1 CONFIGURAÇÕES MINIMAS DESEJAVEL...3 1.1.2 SEGURANÇADE REDE...3 2 COMO ACESSAR A SUA COLEÇÃO...4 2.1

Leia mais

TERMOS DE USO DE SOFTWARE, PRIVACIDADE, TREINAMENTO E SUPORTE TÉCNICO

TERMOS DE USO DE SOFTWARE, PRIVACIDADE, TREINAMENTO E SUPORTE TÉCNICO 04/08/2015 07:47 1/6 TERMOS DE USO DE SOFTWARE, PRIVACIDADE, TREINAMENTO E SUPORTE TÉCNICO TERMOS DE USO DE SOFTWARE, PRIVACIDADE, TREINAMENTO E SUPORTE TÉCNICO 1. DO OBJETO Pelo presente TERMO DE USO,

Leia mais

Integração da Digitação de Eventos

Integração da Digitação de Eventos Integração da Digitação de Eventos Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 1.1. Primeiro Acesso... 1 1.2. Conhecendo a Plataforma... 3 1.2.1. Seleção da Empresa... 3 1.2.2. Sair do sistema/minhas Configurações...

Leia mais

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário Manual do Usuário Produto: EmiteNF-e Versão: 1.2 Índice 1. Introdução... 2 2. Acesso ao EmiteNF-e... 2 3. Configurações Gerais... 4 3.1 Gerenciamento de Usuários... 4 3.2 Verificação de Disponibilidade

Leia mais

Ref.: Consulta Pública Solução Educacional

Ref.: Consulta Pública Solução Educacional Belo Horizonte, 11 de junho de 2013 À Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais Rod. Pref. Américo Gianetti, Serra Verde - Prédio Minas, 11º andar 31.630-900 Belo Horizonte Minas Gerais Ref.: Consulta

Leia mais

Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Perfil Gestor Estadual Abril/2014 Versão 1.

Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Perfil Gestor Estadual Abril/2014 Versão 1. Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Perfil Gestor Estadual Abril/2014 Versão 1.0 SUMÁRIO Manual do SISC... 3 1. Finalidade do SISC... 3 2. Requisitos

Leia mais

O Sistema foi inteiramente desenvolvido em PHP+Javascript com banco de dados em MySQL.

O Sistema foi inteiramente desenvolvido em PHP+Javascript com banco de dados em MySQL. Nome do Software: Gerenciador de Projetos Versão do Software: Gerenciador de Projetos 1.0.0 1. Visão Geral Este Manual de Utilização do Programa Gerenciador de Projetos via Web, tem por finalidade facilitar

Leia mais

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView Sistema de Gerenciamento DmView O DmView é o Sistema de Gerência desenvolvido para supervisionar e configurar os equipamentos DATACOM, disponibilizando funções para gerência de supervisão, falhas, configuração,

Leia mais

Comunicação interligando vidas

Comunicação interligando vidas Comunicação interligando vidas APRESENTAÇÃO E PROPOSTA COMERCIAL 1. INTRODUÇÃO O presente documento contém o projeto técnico comercial para prestação dos serviços de locação, suporte, consultorias da área

Leia mais

Manual de Utilização do GLPI

Manual de Utilização do GLPI Manual de Utilização do GLPI Perfil Usuário Versão 1.0 NTI Campus Muzambinho 1 Introdução Prezado servidor, o GLPI é um sistema de Service Desk composto por um conjunto de serviços para a administração

Leia mais

Faculdade de Tecnologia de Barueri Padre Danilo José de Oliveira Ohl. Portaria nº 05/2014

Faculdade de Tecnologia de Barueri Padre Danilo José de Oliveira Ohl. Portaria nº 05/2014 Página 1 de 9 Portaria nº 05/2014 Estabelece e Regulamenta a Política de Uso dos Computadores, Laboratórios de Informática e Equipamentos Eletrônicos da Faculdade de Tecnologia de Barueri. O Diretor da

Leia mais

Manual de usuário Portal Cliente

Manual de usuário Portal Cliente Manual de usuário Portal Cliente ÍNDICE 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS... 3 1.1. Objetivo deste Manual... 3 1.2. Acesso ao Portal Cliente... 3 1.2.1. Página Inicial (Login)... 3 1.2.2. Home (Menu Principal)...

Leia mais

TERMO DE USO DE SERVIÇO DE VALOR ADICIONADO (SVA)

TERMO DE USO DE SERVIÇO DE VALOR ADICIONADO (SVA) TERMO DE USO DE SERVIÇO DE VALOR ADICIONADO (SVA) Código do Serviço: 3005001 Nome do Serviço: Data de Publicação: 30/04/2013 Entrada em Vigor: SAN AUTENTICAÇÃO 01/06/2013 Versão: 1.0000 Status: Publicado

Leia mais

Manual do Aluno para o Curso do SEER à Distância

Manual do Aluno para o Curso do SEER à Distância Manual do Aluno para o Curso do SEER à Distância Elaborado por: Alexandre Faria de Oliveira Consultor TI / Monitor Colaborador: Dr.Miguel Ángel Márdero Arellano Coordenador SEER - IBICT Brasília, 2011

Leia mais

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIANIA LTDA FACULDADE PADRÃO SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIANIA LTDA FACULDADE PADRÃO SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5 SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5 CAPÍTULO III 5 DA INFRAESTRUTURA 5 Seção I 6 Das Dependências 6 Seção II 6 Do Hardware e Software 6 Seção III 7 Das Manutenções 7

Leia mais

INFINITY TARIFADOR ALTIS. Mais que um Tarifador, é a evolução na gestão em telecomunicações.

INFINITY TARIFADOR ALTIS. Mais que um Tarifador, é a evolução na gestão em telecomunicações. TARIFADOR ALTIS INFINITY Mais que um Tarifador, é a evolução na gestão em telecomunicações. O Tarifador Altis Infinity foi desenvolvido para atender empresas de qualquer porte, podendo controlar uma ou

Leia mais

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.2. ExpressoMG

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.2. ExpressoMG Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge Manual do Usuário Versão 1.2 ExpressoMG 16/12/2015 Sumário 1. Apresentação... 4 1.1 Objetivos do Manual... 4 1.2 Público Alvo...

Leia mais

Secullum Clube.Net ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Secullum Clube.Net. Ficha Técnica. Serviço de Comunicação. Controle de Veículos.

Secullum Clube.Net ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Secullum Clube.Net. Ficha Técnica. Serviço de Comunicação. Controle de Veículos. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Serviço de Comunicação Secullum Clube.Net Controle de Veículos Gerencial Integração DVR/NVR Financeiro Boletos Automação Consumo Sistema Operacional: compatível com Windows XP ou

Leia mais

Infracontrol versão 1.0

Infracontrol versão 1.0 Infracontrol versão 1.0 ¹Rafael Victória Chevarria ¹Tecnologia em Redes de Computadores - Faculdade de Tecnologia SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) Rua Gonçalves Chaves 602-A Centro 96015-560

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL EDITAL DO TESTE PÚBLICO DE SEGURANÇA

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL EDITAL DO TESTE PÚBLICO DE SEGURANÇA TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL EDITAL DO TESTE PÚBLICO DE SEGURANÇA A Comissão Reguladora comunica aos interessados que, conforme estabelecido na Resolução TSE nº 23.444, de 30 de abril de 2015, será realizado

Leia mais

Manual do usuário. Viewer

Manual do usuário. Viewer Manual do usuário Viewer Outubro / 2010 Manual do Heron Viewer Índice Heron Viewer... 2 Instalação... 2 Configuração... 5 Configurando o servidor (Computador que acompanha o aparelho Heron)... 5 Configurando

Leia mais

Sistema de Automação Comercial Características

Sistema de Automação Comercial Características Sistema de Automação Comercial Características» Cadastro de clientes com foto» Abertura de comanda eletrônica» Agendamento rápido» Trabalha em rede com acesso remoto» Definição e visualização das telas

Leia mais

Manual do Usuário icom Web v1.0

Manual do Usuário icom Web v1.0 Manual do Usuário icom Web v1.0 Manual do Usuário icom Web Índice 1. Introdução 03 2. Funcionalidades 03 3. Configurações Obrigatórias 03 4. Acessando o icom Web 03 4.1 Primeiro acesso. Criação de Login

Leia mais

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS. RH Online

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS. RH Online Campus de Botucatu Sistema de Recursos Humanos SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS RH Online Faculdade de Medicina de Botucatu Seção Técnica de Desenv. Adm de RH / Serviço Técnico de Informática Distrito de Rubião

Leia mais

Monitor de Comercialização - Proponente MT-212-00056-2

Monitor de Comercialização - Proponente MT-212-00056-2 Monitor de Comercialização - Proponente MT-212-00056-2 Última Atualização: 08/01/2015 Índice I Como acessar um Leilão II Informações básicas III Anexos IV Painel de Lances V Envio de Lances VI Prorrogação

Leia mais

Wisurf - Central de Dominio 011 34611171 (www.wisurf.com.br)

Wisurf - Central de Dominio 011 34611171 (www.wisurf.com.br) Vários modelos de aplicação O sistema e controlado via WEB Sistema SLP WiSurf Internet controlada para locais públicos. O melhor sistema de controle de internet utilizado pelas grandes redes hoteleira

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Diretor

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Diretor MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Diretor SUMÁRIO Introdução... 2 Como acessar o sistema - DIRETOR... 3 Seleção de CHE Regular - DIRETOR... 4 Seleção de CHE Profissionalizante - DIRETOR... 7

Leia mais

MANUAL PARA USO DO SISTEMA

MANUAL PARA USO DO SISTEMA Clínicas Odontológicas MANUAL PARA USO DO SISTEMA (GCO) GERENCIADOR CLÍNICO ODONTOLÓGICO SmilePrev Versão 1.0 SmilePrev Clínicas Odontológicas www.smilepev.com 2008 REQUISITOS BÁSICOS DO SISTEMA HARDWARE

Leia mais

Portal de Chamados Softplan Guia prático para abertura de Chamados Perfil 2

Portal de Chamados Softplan Guia prático para abertura de Chamados Perfil 2 Portal de Chamados Softplan Guia prático para abertura de Chamados Perfil 2 Descrição: Guia prático para abertura Responsável: Jailson Martins Revisão: 1.0.1 de Chamados Detalhes: Detalhamento dos passos

Leia mais

1. Objetivos dos Laboratórios de Informática fixo e móveis; Os Laboratórios de Informática têm como objetivo atender às seguintes necessidades da IES:

1. Objetivos dos Laboratórios de Informática fixo e móveis; Os Laboratórios de Informática têm como objetivo atender às seguintes necessidades da IES: REGULAMENTO PARA USO DOS LABORATORIOS DE INFORMATICA E DA INTERNET NA FACULDADE REDENTOR POR PARTE DE PROFESSORES E ALUNOS 1. Objetivos dos Laboratórios de Informática fixo e móveis; Os Laboratórios de

Leia mais

CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Apontamento Web

CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Apontamento Web CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Apontamento Web Considerações iniciais Esse documento representa o investimento total para desenvolvimento do projeto em questão. Observe atentamente os requerimentos para que todas

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 001/2013-IPPLAN ANEXO 2 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 001/2013-IPPLAN ANEXO 2 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS PREFEITURA MUNICIPAL CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 001/2013-IPPLAN ANEXO 2 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS Cargo de Nível Médio Agente Administrativo Contribuir com o correto fluxo de atividades, informações e materiais

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO Contratação de empresa para prestação de serviços de suporte técnico para os ativos de rede da SEEDUC (switches), listados no item 1.1, da marca CISCO, com suporte e manutenção

Leia mais

C O M U N I C A D O E X T E R N O. Participantes dos Mercados da BM&FBOVESPA (BVMF) Segmentos BOVESPA e BM&F

C O M U N I C A D O E X T E R N O. Participantes dos Mercados da BM&FBOVESPA (BVMF) Segmentos BOVESPA e BM&F 03 de março de 2010 002/2010-DP C O M U N I C A D O E X T E R N O Participantes dos Mercados da BM&FBOVESPA (BVMF) Segmentos BOVESPA e BM&F Ref.: Lançamento do Sinacor+ em Março de 2010. Como é de conhecimento

Leia mais

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning www.pwi.com.br 1 Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado,

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE

ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE Introdução O administrador de redes geovanegriesang@ifsul.edu.br www.geovanegriesang.com Gerenciamento de redes Gerenciamento de rede é o ato de iniciar, monitorar e modificar

Leia mais