LEICHTMETALL-GETRIEBE MIT GLATTMOTOREN 0,37 1,1 kw

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LEICHTMETALL-GETRIEBE MIT GLATTMOTOREN 0,37 1,1 kw"

Transcrição

1 Itelliget Drivesystems, Worldwide Services Services LEICHTMETALL-GETRIEBE MIT GLATTMOTOREN 0,37 1,1 kw BR PT REDUTORES E MOTORES EM ALUMÍNIO

2 AS VANTAGENS DE REDUTORES DE LIGA LEVE Carcaça resistete à corrosão, em alumíio Redutores moderos devem ser robustos, compactos, ter alto desempeho, baixo custo e pricipalmete devem ser leves: Isso é uma vatagem, pois o peso gera custo, pricipalmete quado é ecessário trasportar o redutor juto os processos de movimetação. Por isso as ligas de alumíio são amplamete aceitáveis como material para carcaças de redutores em diversas áreas. A NORD DRIVESYSTEMS utiliza as diversas vatages que uma liga de alumíio otimizada pode oferecer para as carcaças dos redutores. O material da carcaça também tem uma proteção atural cotra corrosão e ão, ecessariamete, precisa ser pitado. E uma carcaça de alumíio, também, é um melhor codutor de calor do que uma carcaça de ferro fudido. Isso permite meores temperaturas de trabalho, que são favoráveis aos compoetes iteros do redutor e levam a uma maior vida útil. Vatages Na maioria das vezes, a pitura é desecessária Resistete à corrosão para muitas aplicações Melhor codutividade térmica (temperatura baixa) Limpeza fácil Características Peso reduzido Superfícies lisas Boa codutividade térmica As carcaças UNICASE (moobloco) de alumíio da NORD, leves e resistetes, são produzidas a fábrica de Gadebusch, pelos mais moderos métodos existetes. 2 Redutores e motores de alumíio

3 Carcaça UNICASE (moobloco) NORD, em liga de alumíio Peso reduzido Proteção atural cotra corrosão Boa codutividade térmica Uma melhoria das características aturais de proteção cotra corrosão é possível através da aplicação do (veja págia 12-13). Sealed Surface Coversio System Redutores e motores de alumíio 3

4 REDUTOR DE ENGRENAGENS CÔNICAS, DE 2 ESTÁGIOS As ovas lihas de redutores de egreages côicas de 2 estágios de potêcia otimizada, são um projeto iovador NORD, feito em liga de alumíio de alta resistêcia. Através da versão lavável, os ovos redutores de egreages côicas de dois estágios NORDBLOC.1 são especialmete adequados para aplicações a idústria alimetícia. Outras áreas de aplicação são, por exemplo, correias trasportadoras, equipametos de elevação e sistemas de armazeagem. Vatages Os redutores ão têm cavidades, câmaras ou âgulos de saída egativos. Isso assegura a fácil limpeza e o escorrimeto de sujeiras e líquidos. Em cojuto com um motor liso estes redutores são ideais para a aplicação a idústria alimetícia. A costrução rígida assegura a melhor itegração os equipametos existetes e tem simples motagem e desmotagem. A ampla faixa de relações de trasmissão (i=3.5 até 70) permite o ajuste ideal às codições do cliete em questão. Maior seguraça através da vedação dupla como padrão Dispoível a versão lavável aberta ou fechada, com aplicação sd tuph, que é resistete à soluções alcalias e ácidos. Características Resistete à corrosão devido à carcaça em alumíio Fácil limpeza, graças às superfícies lisas (os líquidos sempre escorrem) 60 % maior em relação a potêcia, em comparação ao modelo aterior Adequado para grades forças, devido aos macais reforçados do eixo de saída de alta capacidade de carga Opções de vedação como os duplos retetores os eixos, que oferecem uma alta seguraça de vedação para áreas de aplicação especiais. Meos agressivo ao meio ambiete, devido à redução do volume de lubrificate Aplicação flexível através da forma costrutiva compacta com o adaptador IEC meor, itegrado ao já comprovado sistema modular NORD Redutores de egreages côicas NORDBLOC.1, de 2 estágios (Catálogo G1014) 3 Até 97 % de redimeto 3 Fixação por eixo, pés ou flage 3 Eixo oco ou maciço 3 Carcaça UNICASE (moobloco) Tamahos 5 kw 0, Nm i 3,58: ,68:1 4 Redutores e motores de alumíio

5 Lavável Sem cavidades Superfícies lisas Sem tampas de ispeção Raios grades Superfícies icliadas Sealed Surface Coversio System Tratameto de superfícies Resistete à corrosão como o aço ioxidável Sem peetração da corrosão Sem descamação Redutor de egreages côicas, de 2 estágios (Liha SK93x72.1) Redutor de egreages côicas, de 2 estágios com adaptador IEC e flage (Liha SK92x72.1) Redutor de egreages côicas, de 2 estágios (Liha SK92x72.1) Desevolvido e costruído sob observação das ormas: EHEDG, ANSI / BISSC, ANSI / NSF Carcaça úica Especialmete adequado para aplicações as áreas: Elevada resistêcia, porém leve Reduzido uso de material Superfícies frias Idústria alimetícia Correias trasportadoras Equipametos de elevação Sistemas de armazeagem Redutores e motores de alumíio 5

6 REDUTORES DE ROSCA SEM FIM UNIVERSAL SI E SMI Os redutores de rosca sem fim UNIVERSAL SI e SMI da NORD oferecem uma elevada relação potêcia/peso, porém são extremamete compactos. Eles se caracterizam por uma trasmissão de torque sileciosa. Devido à costrução simples e mas eficaz surgiram vatages sigificativas de espaço em relação a outros tipos de redutores. Estão dispoíveis as versões SI e SMI (com superfície lisa e fechada). Vatages Com as diversas possibilidades de diâmetro do eixo o redutor oferece maior flexibilidade aos clietes. Para cada tamaho de redutor, os adaptadores IEC oferecem vários acoplametos padrão para motores. É possível a operação com redutores duplos, para reduções muito elevadas. A estrutura superficial melhorada os redutores de rosca sem fim SMI com meor rugosidade devido à fudição fia em coquilha oferece meos oportuidades à fixação de sujeira (efeito Lavável). Através da grade gama de compoetes do sistema modular os redutores podem ser ajustados de forma ideal às codições existetes. Tampa W (eixo de etrada livre) Pré-estágio H10 para grades relações de trasmissão Braço de torque Características Redutores SMI de alumíio fudido com superfícies lisas, especiais para aplicações a idústria alimetícia e de bebidas Egreages e eixos do já comprovado sistema modular Redutores SMI dispoíveis até o tamaho 75 E até 427 Nm Redutores de rosca sem fim SI UNIVERSAL (Catálogo G1035) 3 Modular 3 Possibilidades uiversais de fixação 3 Lubrificação permaete 3 Versão IEC Tamahos 5 kw 0,12 4,0 Nm i 5,00: ,00:1 Redutores de rosca sem fim SMI (Catálogo G1035) 3 Superfície lisa 3 Lubrificação permaete 3 Versão IEC Tamahos 5 kw 0,12 4,0 Nm i 5,00: ,00:1 6 Redutores e motores de alumíio

7 Modular e flexível Utilização de diferetes motores através do adaptador IEC Carcaça SMI com flage SMI combiado com todos os flages da liha SI Sistema modular otimizado de redutores NORD Iterfaces padrão IEC B5 / B14 para cada tamaho de redutor Sealed Surface Coversio System Tratameto a superfície Resistete à corrosão como o aço ioxidável Sem descamação Sem peetração da corrosão Redutores de rosca sem fim SMI a versão com flage Redutores de rosca sem fim SMI a versão com pés Redutores de rosca sem fim SI UNIVERSAL Múltiplas aplicações Carcaça de alumíio com efeito lavável Aplicável a área ATEX (atmosferas explosivas) Muitas possibilidades de diâmetros do eixo SMI até tamaho 75 Redutores e motores de alumíio 7

8 NORDBLOC.1 REDUTORES DE ENGRENAGENS HELICOIDAIS COAXIAL Um dos objetivos com o desevolvimeto do redutor NORDBLOC.1 era criar uma superfície lisa, a qual ão poderiam ser acumulados em materiais líquidos e em sólidos. Isto passa a ser uma vatagem ode se preza pela limpeza. Estes redutores iovadores e pateteados ão tem juções ou fissuras. Isto aumeta a resistêcia e cria, ao mesmo tempo, uma superfície mais lisa. VANTAGENS Ruído reduzido em fucioameto Elevado torque de saída Alta cofiabilidade, mauteção reduzida Limpeza fácil Rolametos de saída de grades dimesões No redutor NORDBLOC.1, o macal de saída é dimesioado sigificativamete maior do que o tamaho usual o mercado. Isso tora-se possível devido ao projeto iovador da assim chamada disposição deslocada dos macais. Pode suportar forças radiais maiores Pode suportar forças axiais maiores Maior vida útil dos rolametos Características Desig comum de mercado Superfícies lisas Sem juções ou fissuras Sem tampão de vedação NORDBLOC. 1- Redutores de egreages helicoidais (Catálogo G1012) 3 Modelo com pés ou flage Redutor NORDBLOC.1 3 Carcaça em alumíio fudido sob pressão (5 tamahos) 3 Carcaça UNICASE (moobloco) 3 Dimesões coforme padrão idustrial Tamahos 8 kw 0,12 37 Nm i 2,10:1 456,77:1 Carcaça moobloco NORD: UNICASE As carcaças UNICASE da NORD, são fabricadas coforme os mais altos padrões de qualidade e precisão. Reforços iteros melhoram a força e a rigidez. Todos os macais dos rolametos e das vedações estão icluídos o mesmo bloco fudido. Isso elimia as juções, que podem efraquecer a carcaça e propiciar vazametos de óleo. Furações e superfícies de motagem são feitas o mesmo processo de usiagem em uma úica etapa. Dessa forma podem ser matidas tolerâcias apertadas e assegurar uma maior vida útil de todos os compoetes. 8 Redutores e motores de alumíio

9 Motagem uiversal Modelo com pés Versão com flage B5 Versão com flage B14 Modelo com pés com flage B5 ou B14 Diversos compoetes de acioameto Motor itegrado (motoredutor) Adaptador com flage para o motor NEMA C Adaptador B5 e B14 para o motor IEC Eixo de etrada livre (tampa W) Motores lisos (opcioal com sd tuph) Adaptadores IEC e Nema C, B14 e B5 Projeto compacto com ecoomia de espaço Motagem simplificada Acoplameto do motor Maiores cargas o rolameto (loga vida útil) Peso reduzido Sealed Surface Coversio System Tratameto de superfície Resistete à corrosão como o aço ioxidável Sem descamação Sem peetração da corrosão Redutores e motores de alumíio 9

10 MOTORES DE ALTO RENDIMENTO MOTORES NORD COM ALETAS E LISOS A NORD DRIVESYSTEMS fabrica motores trifásicos de alto redimeto, para o mercado iteracioal, com e sem freio. A produção própria de motores garate que a NORD ão depeda dos prazos dos forecedores, tedo assim, prazos de etrega meores. Esta é uma vatagem decisiva para os ossos clietes. Os custos operacioais podem ser reduzidos através da utilização dos motores trifásicos de alto redimeto da NORD, com redimetos bem superiores. Motores trifásicos de alto redimeto NORD são forecidos coforme as ormas do EiSAct 2007, etre outras. Vatages Superfícies lisas especiais para a aplicação a idústria alimetícia e de bebidas Os motores IE2/IE3/IE4 dispõem de um redimeto maior do que os motores EFF2 ateriores Os motores IE2/IE3/IE4 geram meos calor dissipado Os motores IE2/IE3/IE4 dispõem de uma vida útil maior do que os motores ateriormete usuais Motores IE2/IE3/IE4 cotribuem para reduzir os custos operacioais Características Alumíio fudido (motores lisos) Motores IE2/IE3/IE4 da NORD têm uma faixa de operação ampliada, fazedo com que pouca ou ehuma reserva de seguraça teha que ser cosiderada o dimesioameto do acioameto 10 Redutores e motores de alumíio

11 Motores IE2/IE3 Elevado redimeto Ampla faixa de tesões Baixa irradiação de calor Elevada reserva de potêcia Loga vida útil A NORD forece motores de fabricação própria para todos os grades mercados do mudo. Esta capacidade gera uma grade idepedêcia de forecedores e garate aos ossos clietes alta qualidade e tempo de etrega rápida e cofiável. Sealed Surface Coversio System Tratameto de superfície Resistete à corrosão como o aço ioxidável Sem descamação Sem peetração da corrosão Redutores e motores de alumíio 11

12 A ALTERNATIVA AO AÇO INOXIDÁVEL TRATAMENTO SUPERFICIAL sd tuph Produtos dispoíveis com sd tuph: Redutores Coaxiais Redutores de egreages côicas Produtos tratados com sd tuph são ideais para codições ambietais extremas. Superfícies de fácil limpeza Resistete cotra ácidos e bases (ampla faixa de ph) Sem peetração da corrosão, mesmo quado há daos Não descama Resistete à corrosão e impede a corrosão por cotato Alterativa para aço ioxidável Coformidade à FDA Title 21 CFR Livre de cromos A solução completa para codições extremas Compoetes da carcaça com tratameto superficial Peças DIN e peças ormalizadas de aço ioxidável Carcaça lavável (redutor e motor) Eixos de aço ioxidável Aéis de vedação de eixos especiais Óleo compatível com alimetos Sealed Surface Coversio System sd tuph para codições extremas Idústria de bebidas e alimetícia Idústrias de laticíios Idústria farmacêutica Estações de tratameto de água e de esgoto Istalações para lavar carros Áreas o mar e áreas costeiras Limpeza com produtos químicos (lavável, toda a faixa de ph) Os testes realizados em compoetes com carcaça de alumíio com superfície beeficiada: Formação de bolhas ASTM D714 Corrosão ASTM D Riscameto ASTM D Teste de évoa salia ASTM B Teste batida de pedra ASTM D3170 Teste de évoa salia DIN EN ISO 9227 Teste de corte em grade DIN EN ISO 2409 Redutores de rosca sem fim UNIVERSAL SI e SMI Motor liso com sd tuph Motor liso (Smooth) Iversor de frequêcia SK 180E 12 Redutores e motores de alumíio

13 NORMA ECODESIGN EN50598 NOVA CLASSE DE EFICIÊNCIA PARA MOTORES A ova classe a qual defie o IE para iversores e IES para combiação de motor e iversor foi publicado o começo do ao de Agêcia Ambietal Federal: O objetivo da orma Ecodesig é o de miimizar o impacto ambietal dos produtos que são relevates para o cosumo de eergia ao logo de todo seu ciclo de vida. As soluções de acioametos da NORD DRIVESYSTEMS já cumprem os rigorosos requisitos da ova orma EN Novos termos e defiições para EN Produto extedido O sistema iteiro compreede o cotrole do acioameto, motor de trasmissão de potecia e a máquia de carga acioada. Equipameto Acioado A carga atual da maquia, icluido a trasmissão de eergia mecâica por redutores ou correias. Sistema Motor Motor mais Sistema de Cotrole de Motor A combiação de um cotrole e um motor icluido o cabo, idepedete da tecologia do motor. (PDS / Sistema de acioameto de potecia = CDM + Motor) Sistema de cotrole de motor CDM (Modulo completo do acioameto) ou Motorstarter CDM = iversor de frequêcia e todos os compoetes e equipametos auxiliares icluídos. EN (classes IE para iversor) IE0 IE1 IE2 IE1 = Referêcia +25 % Perda -25 % Perda EN (classes IES para iversor e motor) IES0 IES1 IES2 IE1 = Referêcia +20 % Perda -20 % Perda Redutores e motores de alumíio 13

14 SISTEMAS DE ACIONAMENTOS COMPLETOS A PARTIR DE UM SÓ EQUIPAMENTO DER ANTRIEB Seguro Flexível Global Redutor Rolametos Reforçados Silêcioso Elevada proteção cotra corrosão Motor Elevada eficiêcia Normas mudiais Todas as codições de uso Tecologia de acioametos Costrução compacta Fácil colocação em operação Classe de proteção até IP69K Ampla faixa de potêcias Soluções completas flexíveis Sistema com alta eficiêcia 14 Redutores e motores de alumíio

15 NORD DRIVESYSTEMS Group Sede e cetro tecológico próximo a Hamburgo Produtos mecâicos Produtos elétricos Produtos eletrôicos Redutores Motores Iversores e motor starter Soluções iovadoras em acioametos para mais de 100 segmetos idustriais Fabricação de redutores Fabricação de motores Fabricação de iversores 7 Locais de fabricação líderes em tecologia produzem redutores, motores, iversores, etc. também para sistemas de acioameto completos Filiais em 36 países, os 5 cotietes oferecem estoques locais, cetros de motagem, suporte técico e assistêcia técica Mais de fucioários em todo o mudo criam soluções idividuais para cada cliete Redutores e motores de alumíio 15

16 NORD DRIVESYSTEMS Group Sede e cetro tecológico próximo a Hamburgo Soluções iovadoras em acioametos para mais de 100 segmetos idustriais Produtos mecâicos Redutores de egreages helicoidais coaxiais, eixos paralelos, egreages côicas e de rosca sem-fim Produtos elétricos Motores IE 2/IE3/IE4 Produtos eletrôicos Iversores de frequêcia para paiéis e descetralizados, motor starters 7 Locais de produção líderes em tecologia para todos os tipos de acioametos Filiais em 36 países, os 5 cotietes oferecem estoques locais, cetros de motagem, suporte técico e Service Mais de fucioários em todo o mudo criam soluções idividuais para cada cliete. BR PT NORD DRIVESYSTEMS BRASIL LTDA. R. Dr. Moacyr Atôio de Moraes, 127, Pq. Sto. Agostiho, CEP Guarulhos - São Paulo, Brasil Tel , Fax , NORD DRIVESYSTEMS PTP, Lda. Zoa Idustrial de Oiã, lote 8, Oiã, Aveiro, Portugal Tel , Fax , Members of the NORD DRIVESYSTEMS Group F1400 Mat.-Nr / 1015

REDUTORES DE LIGA LEVE COM MOTORES LISOS 0.37 1,1 kw

REDUTORES DE LIGA LEVE COM MOTORES LISOS 0.37 1,1 kw Itelliget Drivesystems, Worldwide Services Services REDUTORES DE LIGA LEVE COM MOTORES LISOS 0.37 1,1 kw BR PT REDUTORES E MOTORES DE ALUMÍNIO AS VANTAGENS DE REDUTORES DE LIGA LEVE Carcaça resistete à

Leia mais

PT SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS PARA TRANSPORTADORES DE BAGAGENS

PT SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS PARA TRANSPORTADORES DE BAGAGENS INTELLIGENT DRIVESYSTEMS, WORLDWIDE SERVICES BR PT SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS PARA TRANSPORTADORES DE BAGAGENS NORD DRIVESYSTEMS Intelligent Drivesystems, Worldwide Services SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS NORD

Leia mais

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Redutores industriais DRIVESYSTEMS. Sistema modular para maior flexibilidade

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Redutores industriais DRIVESYSTEMS. Sistema modular para maior flexibilidade Intelligent Drivesystems, Worldwide Services BR PT Sistema modular para maior flexibilidade NORD Intelligent Drivesystems, Worldwide Services As vantagens dos redutores industriais NORD n Maior precisão

Leia mais

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Soluções em acionamentos para a indústria cimenteira DRIVESYSTEMS

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Soluções em acionamentos para a indústria cimenteira DRIVESYSTEMS Intelligent Drivesystems, Worldwide Services BR PT Soluções em acionamentos para a indústria cimenteira NORD Intelligent Drivesystems, Worldwide Services Parceiros em movimento Matéria-prima 2 Desmontagem

Leia mais

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services PROTEÇÃO SUPERFICIAL PARA SOLUÇÕES DE ACIONAMENTOS NORD

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services PROTEÇÃO SUPERFICIAL PARA SOLUÇÕES DE ACIONAMENTOS NORD Itelliget Drivesystems, Worldwide Services BR PROTEÇÃO SUPERFICIAL PARA SOLUÇÕES DE ACIONAMENTOS NORD TINTAS ALTAMENTE SÓLIDAS PRESERVAM O MEIO AMBIENTE Meos solvetes e mais ecoomia Usamos titas altamete

Leia mais

MOTOREDUTORES DE LIGA E LEVE

MOTOREDUTORES DE LIGA E LEVE Itelliget Drivesystems, Worldwide Services Services MOTOREDUTORES DE LIGA E LEVE INVERSORES COM MOTORES DE FREQUÊNCIA LISOS 0.37 1,1 kw BR PT SISTEMA COMPLETO DE ACIONAMENTOS DE UM SÓ FORNECEDOR SISTEMAS

Leia mais

Quando há necessidade de vedação máxima.

Quando há necessidade de vedação máxima. Quando há necessidade de vedação máxima. Intelligent Drivesystems, Worldwide Services BR PT Sistemas de vedação para todos os requisitos NORD Partners in motion Parceiros em movimento Quando há necessidade

Leia mais

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. PT Soluções em acionamentos para aplicações em guindastes DRIVESYSTEMS

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. PT Soluções em acionamentos para aplicações em guindastes DRIVESYSTEMS Intelligent Drivesystems, Worldwide Services BR PT Soluções em acionamentos para aplicações em guindastes NORD Intelligent Drivesystems, Worldwide Services Parceiros em movimento Eficiente e seguro Não

Leia mais

Proteção perfeita para o seu acionamento

Proteção perfeita para o seu acionamento Proteção perfeita para o seu acioameto Itelliget Drivesystems, Worldwide Services BR PT Proteção da superfície para o seu acioameto NORD DRIVESYSTEMS Itelliget Drivesystems, Worldwide Services Ideal em

Leia mais

LAYOUT CONSIDERAÇÕES GERAIS DEFINIÇÃO. Fabrício Quadros Borges*

LAYOUT CONSIDERAÇÕES GERAIS DEFINIÇÃO. Fabrício Quadros Borges* LAYOUT Fabrício Quadros Borges* RESUMO: O texto a seguir fala sobre os layouts que uma empresa pode usar para sua arrumação e por coseguite ajudar em solucioar problemas de produção, posicioameto de máquias,

Leia mais

AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL O QUE É AUTOMAÇÃO? O QUE É TELEMETRIA?

AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL O QUE É AUTOMAÇÃO? O QUE É TELEMETRIA? AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL O QUE É AUTOMAÇÃO? Desevolvemos soluções para automação idustrial em idustrias gerais, telecomado e telemetria para supervisão e cotrole remotos, com desevolvimeto e fabricação de

Leia mais

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Redutores industriais para transportadores de correia e elevadores de canecas DRIVESYSTEMS

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Redutores industriais para transportadores de correia e elevadores de canecas DRIVESYSTEMS Intelligent Drivesystems, Worldwide Services BR PT Redutores industriais para transportadores de correia e elevadores de canecas NORD Intelligent Drivesystems, Worldwide Services Parceiros em movimento

Leia mais

Artículo técnico CVM-NET4+ Cumpre com a normativa de Eficiência Energética. Novo analisador de redes e consumo multicanal Situação actual

Artículo técnico CVM-NET4+ Cumpre com a normativa de Eficiência Energética. Novo analisador de redes e consumo multicanal Situação actual 1 Artículo técico Joatha Azañó Departameto de Gestão Eergética e Qualidade de Rede CVM-ET4+ Cumpre com a ormativa de Eficiêcia Eergética ovo aalisador de redes e cosumo multicaal Situação actual As ormativas

Leia mais

Rev. 01 ARAMES TUBULARES. Produtividade, eficiência e alta qualidade Linha completa de ligas para união, reconstrução e revestimento

Rev. 01 ARAMES TUBULARES. Produtividade, eficiência e alta qualidade Linha completa de ligas para união, reconstrução e revestimento Rev. 01 ARAMES TUBULARES Produtividade, eficiêcia e alta qualidade Liha completa de ligas para uião, recostrução e revestimeto Alta taxa de deposição Elevado redimeto 2 2 2 2 Facilidade de aplicação Redução

Leia mais

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. PT Soluções em acionamentos para estações de tratamento de água DRIVESYSTEMS

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. PT Soluções em acionamentos para estações de tratamento de água DRIVESYSTEMS Intelligent Drivesystems, Worldwide Services BR PT Soluções em acionamentos para estações de tratamento de água NORD Intelligent Drivesystems, Worldwide Services Parceiros em movimento Eficiente e seguro

Leia mais

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Soluções em acionamentos para equipamentos de palco

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Soluções em acionamentos para equipamentos de palco Intelligent Drivesystems, Worldwide Services BR PT Soluções em acionamentos para equipamentos de palco NORD DRIVESYSTEMS Intelligent Drivesystems, Worldwide Services Parceiros em movimento Soluções em

Leia mais

nanotecnologia na nossa vida e na soldagem de revestimento E mais: Economia de Energia Automação Aplicativos Android Aplicações Industriais

nanotecnologia na nossa vida e na soldagem de revestimento E mais: Economia de Energia Automação Aplicativos Android Aplicações Industriais ovacao revista iformativa trimestral da Eutectic Castoli º 1-213 aotecologia a ossa vida e a soldagem de revestimeto E mais: Ecoomia de Eergia Automação Aplicativos Adroid Aplicações Idustriais editorial

Leia mais

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Soluções em acionamentos para a siderurgia DRIVESYSTEMS

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Soluções em acionamentos para a siderurgia DRIVESYSTEMS Intelligent Drivesystems, Worldwide Services BR PT Soluções em acionamentos para a siderurgia NORD Intelligent Drivesystems, Worldwide Services Parceiros em movimento Eficiente e seguro A NORD se sente

Leia mais

Motores Energia Automação Tintas. Motores Motores Elétricos

Motores Energia Automação Tintas. Motores Motores Elétricos Motores Eergia Automação Titas Motores Motores Elétricos O motor elétrico torou-se um dos mais otórios ivetos do homem ao logo de seu desevolvimeto tecológico. Máquia de costrução simples, custo reduzido,

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO

MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO A Empresa A Cozil produz equipametos para cozihas profissioais desde 1985. São aproximadamete três décadas de dedicação, seriedade e profissioalismo, ode costatemete vem iovado, aperfeiçoado e produzido

Leia mais

Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Econômica da Implantação de Sistemas Eólicos em Propriedades Rurais

Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Econômica da Implantação de Sistemas Eólicos em Propriedades Rurais Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Ecoômica da Implatação de Sistemas Eólicos em Propriedades Rurais Josiae Costa Durigo Uiversidade Regioal do Noroeste do Estado do Rio Grade do Sul - Departameto

Leia mais

PIM da Janela Única Logística Vertente funcional

PIM da Janela Única Logística Vertente funcional Workshop Stakeholders Lisboa PIM da Jaela Úica Logística Vertete fucioal Coceito e Pricípios de Fucioameto Bruo Cima Lisboa, 9 de Maio de 0 Ageda. A compoete BB do projecto MIELE. Equadrameto da compoete

Leia mais

Esta Norma estabelece o procedimento para calibração de medidas materializadas de volume, de construção metálica, pelo método gravimétrico.

Esta Norma estabelece o procedimento para calibração de medidas materializadas de volume, de construção metálica, pelo método gravimétrico. CALIBRAÇÃO DE MEDIDAS MATERIALIZADAS DE VOLUME PELO MÉTODO GRAVIMÉTRICO NORMA N o 045 APROVADA EM AGO/03 N o 01/06 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Resposabilidade 4 Documetos Complemetes 5 Siglas

Leia mais

VARIAÇÃO DE VELOCIDADE DE MOTORES ELÉCTRICOS

VARIAÇÃO DE VELOCIDADE DE MOTORES ELÉCTRICOS VARIAÇÃO DE VELOCIDADE DE OTORES ELÉCTRICOS ACCIONAENTOS A VELOCIDADE VARIÁVEL Rede Coversor de potecia otor Carga Dispositivo de cotrolo Parâmetros O coversor estático trasforma a eergia eléctrica de

Leia mais

Sistemas de medição por vídeo para medição e inspeção precisas

Sistemas de medição por vídeo para medição e inspeção precisas S W IFT-DUO SWIFT Sistemas de medição por vídeo para medição e ispeção precisas S W IFT-DUO Sistemas de medição por vídeo 2 eixos, ideais para medir recursos em 2D de peças pequeas e itricadas Variação

Leia mais

Sistemas de Visualização Estéreo. Uma superior qualidade de imagem para aplicação em todos os tipos de inspeção. Inclui NOVA opção

Sistemas de Visualização Estéreo. Uma superior qualidade de imagem para aplicação em todos os tipos de inspeção. Inclui NOVA opção Iclui NOVA opção de captura de imagem Sistemas de Visualização Estéreo Uma superior qualidade de imagem para aplicação em todos os tipos de ispeção. Tecologia ótica pateteada para visualização livre de

Leia mais

A durabilidade e a confiabilidade da Rubbermaid são incomparáveis. Feitos Para Durar

A durabilidade e a confiabilidade da Rubbermaid são incomparáveis. Feitos Para Durar A durabilidade e a cofiabilidade da Rubbermaid são icomparáveis. Feitos Para Durar Duráveis. Cofiáveis. Apresetado um ovo padrão de excelêcia em gereciameto de resíduos e trasporte de materiais. Desde

Leia mais

Soluções em Engenharia Civil

Soluções em Engenharia Civil ENGECRAM K Soluções em Egeharia Civil 35 aos A ENGECRAM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL LTDA foi costituída em 13 de dezembro de 1977, resultado de um ideal de prestar serviços a área de egeharia civil.

Leia mais

Motores Energia Automação Tintas. Motores Motores Elétricos

Motores Energia Automação Tintas. Motores Motores Elétricos Motores Eergia Automação Titas Motores Motores Elétricos O motor elétrico torou-se um dos mais otórios ivetos do homem ao logo de seu desevolvimeto tecológico. Máquia de costrução simples, custo reduzido,

Leia mais

C O M P O S I T I O N No-break. S é r i e P r e m i u m. No-Break. para Rack CM COMANDOS LINEARES CM COMANDOS LINEARES

C O M P O S I T I O N No-break. S é r i e P r e m i u m. No-Break. para Rack CM COMANDOS LINEARES CM COMANDOS LINEARES C O P O S I T I O N No-break S é r i e P r e m i u m No-Break para Rack C E Iovação, qualidade, tecologia e cofiabilidade. arcas das soluções C Comados Lieares A E P R E S A Com mais de 30 aos de atuação,

Leia mais

UM MODELO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO CONSIDERANDO FAMÍLIAS DE ITENS E MÚLTIPLOS RECURSOS UTILIZANDO UMA ADAPTAÇÃO DO MODELO DE TRANSPORTE

UM MODELO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO CONSIDERANDO FAMÍLIAS DE ITENS E MÚLTIPLOS RECURSOS UTILIZANDO UMA ADAPTAÇÃO DO MODELO DE TRANSPORTE UM MODELO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO CONSIDERANDO FAMÍLIAS DE ITENS E MÚLTIPLOS RECURSOS UTILIZANDO UMA ADAPTAÇÃO DO MODELO DE TRANSPORTE Debora Jaesch Programa de Pós-Graduação em Egeharia de Produção

Leia mais

O QUE NOS UNE NO TRANSPORTE É A SEGURANÇA

O QUE NOS UNE NO TRANSPORTE É A SEGURANÇA O QUE NOS UNE NO TRANSPORTE É A SEGURANÇA A SEGURANÇA FAZ PARTE DA ESSÊNCIA DA VOLVO Ao lado da qualidade e do respeito ao meio ambiete, a seguraça é um dos valores corporativos que orteiam todas as ações

Leia mais

O USO DA ENGENHARIA DE AUTOMAÇÃO NA REDUÇÃO DO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA EM UM SISTE-

O USO DA ENGENHARIA DE AUTOMAÇÃO NA REDUÇÃO DO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA EM UM SISTE- O USO DA ENGENHARIA DE AUTOMAÇÃO NA REDUÇÃO DO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA EM UM SISTE- MA DE IRRIGAÇÃO POR PIVÔ CENTRAL PAULO HENRIQUE C. PEREIRA 1, ALBERTO COLOMBO 2, GIOVANNI FRANCISCO RABELO 2. 1.

Leia mais

VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE UMA USINA DE RECICLAGEM DA CONSTRUÇÃO CIVIL NA CIDADE DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS/SP

VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE UMA USINA DE RECICLAGEM DA CONSTRUÇÃO CIVIL NA CIDADE DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS/SP VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE UMA USINA DE RECICLAGEM DA CONSTRUÇÃO CIVIL NA CIDADE DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS/SP Beedito Camilo Corrêa 1, Deivis Cursio 2, Prof. Gilbert Silva 3 1-2-3 UNIVAP/FEAU, Av. Shishima

Leia mais

LIVRETO. Armazenamento de Amostra, Manuseio e Gestão. Um armazenamento de amostra completo e rastreável para o seu laboratório

LIVRETO. Armazenamento de Amostra, Manuseio e Gestão. Um armazenamento de amostra completo e rastreável para o seu laboratório Um armazeameto de amostra completo e rastreável para o seu laboratório LIVRETO Armazeameto de Amostra, Mauseio e Gestão PRODUÇÃO NA HOLANDA E NOS ESTADOS UNIDOS MOLDE POR INJEÇÃO E MONTAGEM EM SALA LIMPA

Leia mais

VALORES por unidade (pu)

VALORES por unidade (pu) VALORES por uidade (pu) 13,8/230kV 230/69kV Como trabalhar um circuito com múltiplas tesões? As impedâcias deem ser referidas ao lado de alta ou baixa (o trafo)? Solução: ormalizar os alores para uma base

Leia mais

1.4- Técnicas de Amostragem

1.4- Técnicas de Amostragem 1.4- Técicas de Amostragem É a parte da Teoria Estatística que defie os procedimetos para os plaejametos amostrais e as técicas de estimação utilizadas. As técicas de amostragem, tal como o plaejameto

Leia mais

8 Informação Importante, Tabelas e Dimensionais

8 Informação Importante, Tabelas e Dimensionais Possíveis combinações.1 Possíveis combinações Estrutura das tabelas Estas tabelas mostram as possíveis combinações dos redutores e motores (freio) CA. Os dados a seguir são indicados para cada combinação,

Leia mais

- 6,5% de consumo de combustível

- 6,5% de consumo de combustível - 6,5% de cosumo de combustível MAN EfficietLie 2. Meos combustível e mais gahos. Campeões da eficiêcia: MAN EfficietLie 2 Ídice O EfficietLie 2 com Euro 6 é melhor para o ambiete e utiliza meos combustível

Leia mais

Pesquisa Operacional

Pesquisa Operacional Faculdade de Egeharia - Campus de Guaratiguetá esquisa Operacioal Livro: Itrodução à esquisa Operacioal Capítulo 6 Teoria de Filas Ferado Maris fmaris@feg.uesp.br Departameto de rodução umário Itrodução

Leia mais

I - FUNDAMENTOS DO CONCRETO ARMADO 1- INTRODUÇÃO GERAL. 1.1- Definição

I - FUNDAMENTOS DO CONCRETO ARMADO 1- INTRODUÇÃO GERAL. 1.1- Definição I - FUNDAMENTOS DO CONCRETO ARMADO - INTRODUÇÃO GERAL.- Defiição O cocreto armado é um material composto, costituído por cocreto simples e barras ou fios de aço. Os dois materiais costituites (cocreto

Leia mais

RECon Line. Conversores para Energias Renováveis

RECon Line. Conversores para Energias Renováveis RECo Lie Coversores para Eergias Reováveis Com ivestimetos cotíuos o sector da ivestigação e do desevolvimeto, a FRIEM FRIEM é líder as ovas tecologias aplicadas a coversores de alta potêcia a díodos,

Leia mais

PARABÉNS! ASSISTÊNCIA TÉCNICA DADOS DA EMPRESA. Assistência Técnica Autorizada Cozil MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO

PARABÉNS! ASSISTÊNCIA TÉCNICA DADOS DA EMPRESA. Assistência Técnica Autorizada Cozil MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO A Empresa A Cozil produz equipametos para cozihas profissioais desde 1985. São aproximadamete três décadas de dedicação, seriedade e profissioalismo, ode costatemete vem iovado, aperfeiçoado e produzido

Leia mais

CAPÍTULO 8 - Noções de técnicas de amostragem

CAPÍTULO 8 - Noções de técnicas de amostragem INF 6 Estatística I JIRibeiro Júior CAPÍTULO 8 - Noções de técicas de amostragem Itrodução A Estatística costitui-se uma excelete ferrameta quado existem problemas de variabilidade a produção É uma ciêcia

Leia mais

Universidade Federal do Maranhão Centro de Ciências Exatas e Tecnologia Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Física

Universidade Federal do Maranhão Centro de Ciências Exatas e Tecnologia Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Física Uiversidade Federal do Marahão Cetro de Ciêcias Exatas e Tecologia Coordeação do Programa de Pós-Graduação em Física Exame de Seleção para Igresso o 1º. Semestre de 2011 Disciplia: Mecâica Clássica 1.

Leia mais

Redutores de Velocidade

Redutores de Velocidade elcabral@usp.br PMR560 Robótica Redutores de Velocidade Eduardo L. L. Cabral elcabral@usp.br elcabral@usp.br Objetivos Redutores de velocidade. Características. Problemas pricipais: Tamaho; Rigidez; Folga.

Leia mais

RESISTORES E RESISTÊNCIAS

RESISTORES E RESISTÊNCIAS ELETICIDADE CAPÍTULO ESISTOES E ESISTÊNCIAS No Capítulo estudamos, detre outras coisas, o coceito de resistêcia elétrica. Vimos que tal costitui a capacidade de um corpo qualquer se opôr a passagem de

Leia mais

CAPÍTULO 2 2 - NORMAS RELATIVAS A FATOR DE POTÊNCIA E DISTORÇÃO HARMÔNICA

CAPÍTULO 2 2 - NORMAS RELATIVAS A FATOR DE POTÊNCIA E DISTORÇÃO HARMÔNICA FASCÍCULO / harmôicos Este texto foi preparado como um curso de extesão: Ifluêcia dos Harmôicos as Istalações Elétricas Idustriais. Trata-se de um curso voltado para profissioais atuates o setor elétrico

Leia mais

INTEGRAÇÃO DAS CADEIAS DE SUPRIMENTOS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL COM BASE NA SELEÇÃO DE FORNECEDORES

INTEGRAÇÃO DAS CADEIAS DE SUPRIMENTOS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL COM BASE NA SELEÇÃO DE FORNECEDORES INTEGRAÇÃO DAS CADEIAS DE SUPRIMENTOS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL COM BASE NA SELEÇÃO DE FORNECEDORES Margaret Souza Schmidt Jobim (); Helvio Jobim Filho (); Valdeci Maciel (3) () Uiversidade Federal

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DA OPERAÇÃO DE TORRES DE RESFRIAMENTO

OTIMIZAÇÃO DA OPERAÇÃO DE TORRES DE RESFRIAMENTO OTIMIZAÇÃO DA OPERAÇÃO DE TORRES DE RESFRIAMENTO Kelle Roberta de Souza (1) Egeheira Química pela UNIMEP, Especialista em Gestão Ambietal pela UFSCar, Mestre em Egeharia e Tecologia Ambietal pela Uiversidad

Leia mais

Iluminação para ambientes exigentes

Iluminação para ambientes exigentes E2 Iluminação para ambientes exigentes 2 ETAP Luminárias com elevado fator de proteção E2 Em espaços húmidos e/ou altamente sujos, vai precisar de luminárias fechadas. Com a E2, a ETAP fornece uma solução

Leia mais

Tipo SF4B - F 111. Altura de proteção

Tipo SF4B - F 111. Altura de proteção CORTINAS DE LUZ CORTINAS DE LUZ Modelos para proteção de dedos, mãos e braços. Altura de proteção desde 0 mm até 90 mm. Distâcia de operação até 9 m. Modelo - Cortia de Luz Tipo F - proteção para os dedos

Leia mais

Tópicos em Otimização. Otimização Linear - Aplicações

Tópicos em Otimização. Otimização Linear - Aplicações Tópicos em Otimização Otimização Liear - Aplicações Problemas tratados por otimização liear Problema da Mistura: Combiar materiais obtidos a atureza (ou restos de outros á combiados) para gerar ovos materiais

Leia mais

Uma Metodologia de Busca Otimizada de Transformadores de Distribuição Eficiente para qualquer Demanda

Uma Metodologia de Busca Otimizada de Transformadores de Distribuição Eficiente para qualquer Demanda 1 Uma Metodologia de Busca Otimizada de Trasformadores de Distribuição Eficiete para qualquer Demada A.F.Picaço (1), M.L.B.Martiez (), P.C.Rosa (), E.G. Costa (1), E.W.T.Neto () (1) Uiversidade Federal

Leia mais

Modelagem e Aplicação do Programa ATP para Estudos de Paralelismo nas Redes de Distribuição Atendidas por Subestações de Diferentes Fontes

Modelagem e Aplicação do Programa ATP para Estudos de Paralelismo nas Redes de Distribuição Atendidas por Subestações de Diferentes Fontes a 5 de Agosto de 006 Belo Horizote - MG Modelagem e Aplicação do Programa ATP para Estudos de Paralelismo as Redes de Distribuição Atedidas por Subestações de Diferetes Fotes M.Sc. Daiel P. Berardo AES

Leia mais

Inspeção e medição em Full HD Excelente sistema de inspeção de vídeo digital, projetado para captura de imagens, documentação e medição fáceis

Inspeção e medição em Full HD Excelente sistema de inspeção de vídeo digital, projetado para captura de imagens, documentação e medição fáceis Ispeção e medição em Full HD Excelete sistema de ispeção de vídeo digital, projetado para captura de images, documetação e medição fáceis Realize ispeções, ampliações e medições em Full HD com o Makrolite

Leia mais

defi departamento de física www.defi.isep.ipp.pt

defi departamento de física www.defi.isep.ipp.pt defi departameto de física Laboratórios de Física www.defi.isep.ipp.pt stituto Superior de Egeharia do Porto- Departameto de Física Rua Dr. Atóio Berardio de Almeida, 431 4200-072 Porto. T 228 340 500.

Leia mais

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração. Granulação

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração. Granulação PT Customers. The core of our innovation Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração Granulação Tecnologias Piovan para Refrigeração: Chillers com compressores scroll

Leia mais

MAN TeleMatics. O caminho para uma frota eficiente.

MAN TeleMatics. O caminho para uma frota eficiente. Dowloadig % 99 SYSTEM Dowloadig % 71 % 25 Dowloadig % 25 % 16 % 88 START % 29 % 06 Dowloadig % 34 Dowloadig % 23 % 16 % 48 % 65 Dowloadig % 75 Dowloadig % 23 MAN TeleMatics. O camiho para uma frota eficiete.

Leia mais

Megabloc Manual Técnico

Megabloc Manual Técnico Bomba Padronizada Monobloco Manual Técnico Ficha técnica Manual Técnico Todos os direitos reservados. Os conteúdos não podem ser divulgados, reproduzidos, editados nem transmitidos a terceiros sem autorização

Leia mais

SOLUÇÃO EM ISOLAMENTO TÉRMICO

SOLUÇÃO EM ISOLAMENTO TÉRMICO XPS - POLIESTIRENO EXTRUDADO SOLUÇÃO EM ISOLAMENTO TÉRMICO RESISTÊNCIA TÉRMICA ECONOMIA DE ENERGIA DURABILIDADE RESISTÊNCIA MECÂNICA SUSTENTABILIDADE SPUMAPAC INOVAÇÃO SEMPRE Fudada em 1970, a Spumapac

Leia mais

SIME Sistema de Incentivos à Modernização Empresarial

SIME Sistema de Incentivos à Modernização Empresarial SIME Sistema de Icetivos à Moderização Empresarial O presete documeto pretede fazer um resumo da Portaria.º 687/2000 de 31 de Agosto com as alterações itroduzidas pela Portaria.º 865-A/2002 de 22 de Julho,

Leia mais

NCP ULTRANORMA BOMBA CENTRÍFUGA HORIZONTAL. Características construtivas: Principais aplicações

NCP ULTRANORMA BOMBA CENTRÍFUGA HORIZONTAL. Características construtivas: Principais aplicações BOMBA CETRÍFUGA ORIZOTAL CP ULTRAORMA Características construtivas: - Construída conforme as normas DI e ISO * - Altura de recalque de a mca - Rotação e trabalho - / rpm - Sistema de desmontagem "back-pull-out"

Leia mais

MAK 3003 Sampling Stand Alone

MAK 3003 Sampling Stand Alone MAK 3003 Samplig Stad Aloe Service maual SA 121108 BARTEC BENKE GmbH Schulstraße 30 D-94239 Gotteszell Telefoe +49(0)9929)-301-0 Fax +49(0)9929)-301-112 E-mail: gotteszell@bartec-beke.de Iteret: www.bartec-beke.de

Leia mais

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp Selos diafragma Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp WIKA folha de dados DS 99.41 outras aprovações veja página 3 Aplicações

Leia mais

Visão geral do Guia de seleção do limitador de torque. Limitadores de torque Autogard Guia de seleção

Visão geral do Guia de seleção do limitador de torque. Limitadores de torque Autogard Guia de seleção Visão geral do Guia de seleção do limitador de torque Limitadores de torque Guia de seleção Limitadores de torque Há mais de 80 anos, a tem sido líder no setor de proteção contra sobrecargas em equipamentos,

Leia mais

LOCALIZAÇÃO ÓTIMA DE TRANSFORMADORES E OTIMIZAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM PROPRIEDADES RURAIS

LOCALIZAÇÃO ÓTIMA DE TRANSFORMADORES E OTIMIZAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM PROPRIEDADES RURAIS LOCALIZAÇÃO ÓTIMA E TRANSFORMAORES E OTIMIZAÇÃO E INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM PROPRIEAES RURAIS *ROGÉRIO SILVA A CUNHA (BSC) - JOSÉ ROBERTO CAMACHO (PH) SEBASTIÃO CAMARGO GUIMARÃES JR. (R.) *UNIVERSIAE FEERAL

Leia mais

Anexo VI Técnicas Básicas de Simulação do livro Apoio à Decisão em Manutenção na Gestão de Activos Físicos

Anexo VI Técnicas Básicas de Simulação do livro Apoio à Decisão em Manutenção na Gestão de Activos Físicos Aexo VI Técicas Básicas de Simulação do livro Apoio à Decisão em Mauteção a Gestão de Activos Físicos LIDEL, 1 Rui Assis rassis@rassis.com http://www.rassis.com ANEXO VI Técicas Básicas de Simulação Simular

Leia mais

INTRODUÇÃO. Exemplos. Comparar três lojas quanto ao volume médio de vendas. ...

INTRODUÇÃO. Exemplos. Comparar três lojas quanto ao volume médio de vendas. ... INTRODUÇÃO Exemplos Para curar uma certa doeça existem quatro tratametos possíveis: A, B, C e D. Pretede-se saber se existem difereças sigificativas os tratametos o que diz respeito ao tempo ecessário

Leia mais

Manutenção e reparos. Manutenção no local Reparos, revisões e atualizações Caixas de transmissão de substituição direta Gerenciamento de recursos

Manutenção e reparos. Manutenção no local Reparos, revisões e atualizações Caixas de transmissão de substituição direta Gerenciamento de recursos Gama de produtos Manutenção e reparos Os engenheiros de manutenção da Radicon estão preparados às 24 horas do dia, 365 dias por ano, para fornecer os seguintes serviços em qualquer momento e em qualquer

Leia mais

SOLUÇÕES DE ACIONAMENTOS PARA A INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA E DE BEBIDAS

SOLUÇÕES DE ACIONAMENTOS PARA A INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA E DE BEBIDAS INTELLIGENT DRIVESYSTEMS, WORLDWIDE SERVICES BR SOLUÇÕES DE ACIONAMENTOS PARA A INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA E DE BEBIDAS NORD DRIVESYSTEMS Intelligent Drivesystems, Worldwide Services SOLUÇÕES DE ACIONAMENTOS

Leia mais

Tecnologia Eletromecânica. Atuadores eletromecânicos

Tecnologia Eletromecânica. Atuadores eletromecânicos Tecnologia Eletromecânica Atuadores eletromecânicos 3 de junho de 2014 Parker Eletromecânica Entendendo as necessidades do cliente Gerenciamento do Projeto Analise do Sistema Aceite dos Parametros de teste

Leia mais

Atlas Copco. Arrefecedores finais, separadores de água e sistemas de purga COMPLETO, FÁCIL DE INSTALAR E MUITO ECONÓMICO

Atlas Copco. Arrefecedores finais, separadores de água e sistemas de purga COMPLETO, FÁCIL DE INSTALAR E MUITO ECONÓMICO Atlas Copco Arrefecedores finais, separadores de água e sistemas de purga COMPLETO, FÁCIL DE INSTALAR E MUITO ECONÓMICO Uma gama de arrefecedores finais efectivos e de separadores de água em conformidade

Leia mais

PUCRS FAMAT DEPTº DE ESTATÍSTICA Estimação e Teste de Hipótese- Prof. Sérgio Kato

PUCRS FAMAT DEPTº DE ESTATÍSTICA Estimação e Teste de Hipótese- Prof. Sérgio Kato 1 PUCRS FAMAT DEPTº DE ESTATÍSTICA Estimação e Teste de Hipótese- Prof. Sérgio Kato 1. Estimação: O objetivo da iferêcia estatística é obter coclusões a respeito de populações através de uma amostra extraída

Leia mais

Detecção de Perdas com WaterGEMS usando AG - Case de Sucesso

Detecção de Perdas com WaterGEMS usando AG - Case de Sucesso Detecção de Perdas com WaterGEMS usado AG - Case de Sucesso Ego. Jua Carlos Gutiérrez, M.Sc. Regioal Egieer - Water ad Wastewater Solutios Jua.Gutierrez@Betley.com Problema Mudial: cotrole e redução de

Leia mais

MANUAL DE RECOMENDAÇÕES GERAIS

MANUAL DE RECOMENDAÇÕES GERAIS A Empresa A Cozil produz equipametos para cozihas profissioais desde 1985. São aproximadamete três décadas de dedicação, seriedade e profissioalismo, ode costatemete vem iovado, aperfeiçoado e produzido

Leia mais

Do ponto de vista técnico, o balanço é positivo

Do ponto de vista técnico, o balanço é positivo por ZÉLIA PINHEIRO Do poto de vista técico, o balaço é positivo A rede urbaa de frio e calor do Parque das Nações já tem oze aos e João Castaheira, director-geral da Climaespaço, faz o balaço. Garate que

Leia mais

QUALIDADE APLICADA EM LABORATÓRIO DE METROLOGIA: INCERTEZA DE MEDIÇÃO EM BLOCOS PADRÃO

QUALIDADE APLICADA EM LABORATÓRIO DE METROLOGIA: INCERTEZA DE MEDIÇÃO EM BLOCOS PADRÃO QUALIDADE APLICADA EM LABORATÓRIO DE METROLOGIA: INCERTEZA DE MEDIÇÃO EM BLOCOS PADRÃO Dr. Olívio Novaski Uiversidade Estadual de Campias - UNICAMP - DEF CP 6122 CEP 13083-970 CAMPINAS - SP - BRASIL MSc.

Leia mais

Linha Industrial. Soluções Rexnord ÍNDICE. Soluções em Acoplamentos. Acoplamentos Omega Acoplamentos Omega HSU. Correntes de Engenharia

Linha Industrial. Soluções Rexnord ÍNDICE. Soluções em Acoplamentos. Acoplamentos Omega Acoplamentos Omega HSU. Correntes de Engenharia www.rexnord.com.br vendassl@rexnord.com.br Soluções Rexnord Linha Industrial ÍNDICE Soluções em Acoplamentos Acoplamentos Omega Acoplamentos Omega HSU Correntes de Engenharia Pronto atendimento Rexnord:

Leia mais

Calendário de inspecções em Manutenção Preventiva Condicionada com base na Fiabilidade

Calendário de inspecções em Manutenção Preventiva Condicionada com base na Fiabilidade Caledário de ispecções em Mauteção Prevetiva Codicioada com base a Fiabilidade Rui Assis Faculdade de Egeharia da Uiversidade Católica Portuguesa Rio de Mouro, Portugal rassis@rassis.com http://www.rassis.com

Leia mais

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. NORD DRIVESYSTEMS A Empresa DRIVESYSTEMS. Soluções inteligentes em acionamentos, desde 1965

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. NORD DRIVESYSTEMS A Empresa DRIVESYSTEMS. Soluções inteligentes em acionamentos, desde 1965 Intelligent Drivesystems, Worldwide Services NORD A Empresa NORD Parceiros em Movimento Estratégias de Sucesso Como empresa familiar, pensamos a logo prazo e de maneira internacional. Uma extensa gama

Leia mais

DG BluePRO. Rotor vórtex recuado. eletrobombas submersíveis CATÁLOGO DE PRODUTOS 3/2010. Características gerais

DG BluePRO. Rotor vórtex recuado. eletrobombas submersíveis CATÁLOGO DE PRODUTOS 3/2010. Características gerais eletrobombas submersíveis AÁLOO DE PRODUOS /00 Rotor vórtex recuado aracterísticas gerais Rotor vórtex recuado Potência Polos Saída Vazão máx. Altura máx. 0,7,5 kw AS / - vertical max 50 mm.6 l/s 5. m

Leia mais

BASES DE DADOS I LTSI/2. Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2010/2011

BASES DE DADOS I LTSI/2. Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2010/2011 BASES DE DADOS I LTSI/2 Uiversidade da Beira Iterior, Departameto de Iformática Hugo Pedro Proeça, 200/20 Modelo Coceptual Modelo Coceptual de uma Base de Dados Esquematização dos dados ecessários para

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE CÂMARA MUNICIPAL VILA DO CONDE DE MATOSINHOS

CÂMARA MUNICIPAL DE CÂMARA MUNICIPAL VILA DO CONDE DE MATOSINHOS CÂMARA MUNICIPAL DE CÂMARA MUNICIPAL VILA DO CONDE DE MATOSINHOS CONCURSO PÚBLICO CONTRATAÇÃO DE VIATURA PESADA COM GRUA E AMPLIROLL EM REGIME DE ALUGUER OPERACIONAL 29 DE SETEMBRO DE 2015 Alíea C. poto

Leia mais

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E A SEGURANÇA DO ALIMENTO: UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA NA CADEIA EXPORTADORA DE CARNE SUÍNA

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E A SEGURANÇA DO ALIMENTO: UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA NA CADEIA EXPORTADORA DE CARNE SUÍNA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E A SEGURANÇA DO ALIMENTO: UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA NA CADEIA EXPORTADORA DE CARNE SUÍNA Edso Talamii CEPAN, Uiversidade Federal do Rio Grade do Sul, Av. João Pessoa, 3,

Leia mais

Sistema Computacional para Medidas de Posição - FATEST

Sistema Computacional para Medidas de Posição - FATEST Sistema Computacioal para Medidas de Posição - FATEST Deise Deolido Silva, Mauricio Duarte, Reata Ueo Sales, Guilherme Maia da Silva Faculdade de Tecologia de Garça FATEC deisedeolido@hotmail.com, maur.duarte@gmail.com,

Leia mais

BOMBA DE ENGRENAGENS EXTERNAS FBE

BOMBA DE ENGRENAGENS EXTERNAS FBE MANUAL TÉCNICO Série: FBE Aplicação Desenvolvida para trabalhar com fluidos viscosos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas, papel, polpa, siderúrgica, mineração, alimentícia,

Leia mais

Processo de Forjamento

Processo de Forjamento Processo de Forjamento Histórico A conformação foi o primeiro método para a obtenção de formas úteis. Fabricação artesanal de espadas por martelamento (forjamento). Histórico Observava-se que as lâminas

Leia mais

EQUIPAMENTOS Rod. Anhanguera, Km 33. Fone:(11) 3531.6199 Fax: (11) 3531.6198 email: hd@hd.ind.br site: www.hd.ind.br

EQUIPAMENTOS Rod. Anhanguera, Km 33. Fone:(11) 3531.6199 Fax: (11) 3531.6198 email: hd@hd.ind.br site: www.hd.ind.br RESFRIADOR A AR PARA FLUIDOS DRY COOLERS / AIR COOLERS Módulos de 5 a 250 Toneladas, aplicações de 2.000 ou mais toneladas para água, água e glicol, salmoura, óleo e outros fluidos. EQUIPAMENTOS Rod. Anhanguera,

Leia mais

06 a 10 de abril de 2016 Hotel Bourbon Cataratas Foz do Iguaçu - PR. REF: Exposição Paralela

06 a 10 de abril de 2016 Hotel Bourbon Cataratas Foz do Iguaçu - PR. REF: Exposição Paralela 2º CONGRESSO BRASILEIRO DE ONDAS DE CHOQUE 06 a 10 de abril de 2016 Hotel Bourbo Cataratas Foz do Iguaçu - PR REF: Exposição Paralela Motadora Oficial: Stads Solutios STTC Evetos e Turismo Telefoe: (45)

Leia mais

Mancais para rolamentos de fixação rápida. A competência é nossa A vantagem é sua

Mancais para rolamentos de fixação rápida. A competência é nossa A vantagem é sua Mancais para rolamentos de fixação rápida A competência é nossa A vantagem é sua A p l i c a ç õ e s Qualidade para todos casos: Rolamentos de fixação rápida na indústria Os rolamentos de fixação rápida

Leia mais

SOLUTION. No-Break. Série Premium. No-Break. Digital Signal Processor

SOLUTION. No-Break. Série Premium. No-Break. Digital Signal Processor SOLUTION No-Break Série Premium No-Break Digital Sigal Processor C E Iovação, qualidade, tecologia e cofiabilidade. arcas das soluções C Comados Lieares A E P R E S A Com mais de 27 aos de atuação, a C

Leia mais

Carteiras de Mínimo VAR ( Value at Risk ) no Brasil

Carteiras de Mínimo VAR ( Value at Risk ) no Brasil Carteiras de Míimo VAR ( Value at Risk ) o Brasil Março de 2006 Itrodução Este texto tem dois objetivos pricipais. Por um lado, ele visa apresetar os fudametos do cálculo do Value at Risk, a versão paramétrica

Leia mais

Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Econômica da Implantação de Biodigestores em Propriedades Rurais

Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Econômica da Implantação de Biodigestores em Propriedades Rurais Aais do CNMAC v.2 ISSN 1984-820X Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Ecoômica da Implatação de Biodigestores em Propriedades Rurais Eliaa Walker Depto de Física, Estatística e Matemática, DEFEM,

Leia mais

ESPECIALISTA EM EVENTOS E CONVENÇÕES

ESPECIALISTA EM EVENTOS E CONVENÇÕES ESPECIALISTA EM EVENTOS E CONVENÇÕES Bem-vido ao Almeat, um espaço ode tudo foi projetado especialmete para realizar desde pequeas reuiões e evetos até grades coveções, com coforto, praticidade e eficiêcia,

Leia mais

Dimensionamento de Perfis de Aço Formados a Frio via Método da Resistência Direta

Dimensionamento de Perfis de Aço Formados a Frio via Método da Resistência Direta Dimesioameto de Perfis de Aço Formados a Frio via Método da Resistêcia Direta Gladimir de Campos Grigoletti Dr. Grigoletti@uiritter.edu.br Resumo: A utilização de perfis formados a frio tem aumetado cosideravelmete

Leia mais

Transmissão de Movimento

Transmissão de Movimento Universidade Estadual do Norte Fluminense Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias Laboratório de Engenharia Agrícola EAG 03204 Mecânica Aplicada * Transmissão de Movimento 1. Introdução A transmissão

Leia mais

UM ESTUDO DO MODELO ARBITRAGE PRICING THEORY (APT) APLICADO NA DETERMINAÇÃO DA TAXA DE DESCONTOS

UM ESTUDO DO MODELO ARBITRAGE PRICING THEORY (APT) APLICADO NA DETERMINAÇÃO DA TAXA DE DESCONTOS UM ESTUDO DO MODELO ARBITRAGE PRICING THEORY (APT) APLICADO NA DETERMINAÇÃO DA TAXA DE DESCONTOS Viícius Atoio Motgomery de Mirada e-mail: vmotgomery@hotmail.com Edso Oliveira Pamploa e-mail: pamploa@iem.efei.rmg.br

Leia mais

BR 280 - KM 47 - GUARAMIRIM SC Fone 47 3373 8444 Fax 47 3373 8191 nitriondobrasil@terra.com.br www.nitrion.com

BR 280 - KM 47 - GUARAMIRIM SC Fone 47 3373 8444 Fax 47 3373 8191 nitriondobrasil@terra.com.br www.nitrion.com TÉCNICA DA NITRETAÇÃO A PLASMA BR 280 KM 47 GUARAMIRIM SC Fone 47 3373 8444 Fax 47 3373 8191 nitriondobrasil@terra.com.br www.nitrion.com A Nitrion do Brasil, presente no mercado brasileiro desde 2002,

Leia mais

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Industrial Madeireira ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 Dr. Alan Sulato de Andrade alansulato@ufpr.br INTRODUÇÃO: Nem sempre as unidades geradoras

Leia mais