AGRA anuncia Receita Líquida de R$ 45,5 MM, 13,3% superior ao mesmo período de 2006 Margem bruta alcança 34,1%, com R$ 15,4 MM

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AGRA anuncia Receita Líquida de R$ 45,5 MM, 13,3% superior ao mesmo período de 2006 Margem bruta alcança 34,1%, com R$ 15,4 MM"

Transcrição

1 AGRA anuncia Receita Líquida de R$ 45,5 MM, 13,3% superior ao mesmo período de 2006 Margem bruta alcança 34,1%, com R$ 15,4 MM São Paulo, 15 de maio de 2007 A AGRA (Bovespa: AGIN3), uma das maiores incorporadoras imobiliárias do país, anuncia hoje seus resultados financeiros para o primeiro trimestre de 2007 (1T07). As informações são apresentadas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, em Reais, de acordo com legislação societária. Os comentários refletem os resultados consolidados e as comparações referem-se ao primeiro trimestre de 2006 (1T06) pro forma, exceto quando explicitado o contrário. Reforçamos nossa estrutura nos últimos meses, aprimorando processos, introduzindo conceitos e contratando novos talentos para a Companhia, o que nos deixa muito otimistas para o ano de Recentemente completamos com grande êxito nosso processo de abertura de capital no qual ingressaram recursos líquidos de aproximadamente R$ 715 MM. Esse ano está sendo muito especial para nós, e nos deixa muito otimistas para concretização dos planos de lançamentos que nos propusemos, afirmou Luiz Roberto Horst Silveira Pinto, CEO da Companhia. Destaques Operacionais e estaques Financeiros Operacionais e Financeiros Teleconferência de Resultados 11h00 Brasília (Português) Tel.: +55 (11) Replay: +55 (11) h00 Brasília (Inglês) Tel.: +1 (973) Replay: +55 (11) Código: AGRA ou Contato de RI: Tel: +55 (011) No primeiro trimestre de 2007 adiantamos o lançamento do empreendimento Alphaville Salvador 3 - Natura, com um VGV Total de R$ 21,9 MM, R$ 8,8 MM (40%), referentes à nossa participação. Até o presente momento vendemos aproximadamente 90% das unidades disponíveis; Atingimos a marca de R$ 71,7 MM de Vendas Contratadas (parte Agra) no 1T07, dos quais 78% referem-se a projetos lançados no ano de 2006; A Receita Líquida no período atingiu R$ 45,5 MM, frente a R$ 40,1 MM no 1T06, apresentando um crescimento de 13,3%; O EBITDA do trimestre atingiu R$ 6,8 MM, com uma margem de 15%. Em igual período de 2006, o EBITDA havia atingido R$ 10,8 MM; O lucro líquido (ajustado pela operação de IPO) foi de (R$ 1,2 MM). No mesmo período de 2006, o lucro havia sido de R$ 8,4 MM; A Margem a apropriar (diferença entre receitas a apropriar e custos a apropriar) totalizou R$ 132,9 MM no 1T07, ou 34,6%; Em 26 de Abril, realizamos com sucesso nossa abertura de capital, com a obtenção de recursos líquidos de aproximadamente R$ 715 MM. 1

2 Eventos Recentes Em 26 de abril de 2007 concluímos com sucesso a Oferta Pública Inicial de Ações da Companhia (IPO), e nossas ações passaram a ser negociadas sob o código AGIN3 no Novo Mercado da Bolsa de Valores de São Paulo, segmento este marcado por elevados padrões e práticas de governança corporativa. Como resumo do processo de oferta, foram emitidas ações ordinárias, sendo 88,5 MM primárias e 3,9 MM secundárias. Através dessa emissão, obtivemos aproximadamente R$ 715 MM, valor este líquido de comissões e considerando o exercício de lote suplementar. Abaixo mostramos nossa composição acionária após a conclusão da oferta: Acionistas No. de ações % Partic. Agra Inc & Grantia* 38,077, % Cyrela 30,618, % Free Float 92,475, % Totais 161,171, % * Inclui pessoas físicas Pós IPO Estrutura acionária - Pré-IPO Estrutura acionária - Pós-IPO Agra Inc & Grantia* 23.6% Cyrela 42.1% Agra Inc & Grantia* 57.9% Free Float 57.4% Cyrela 19.0% Há duas semanas, realizamos com sucesso o lançamento do Porto Cidade em Santos, com um VGV de R$ 65,5 MM. Esse empreendimento está voltado para classe média-alta e tem como meta suprir as necessidades de produtos identificados naquela região. O Porto Cidade é um empreendimento composto de 3 torres com apartamentos de 111 m 2 No dia 18 de Maio, realizaremos o lançamento do Ahead, um empreendimento comercial localizado em Pinheiros. Identificamos a demanda pelas pequenas salas de consultórios/escritórios em localidades de alto padrão. O Ahead nasce com conceitos diferenciados de pay per use de serviços de concierge, motoboy e informática. Esse empreendimento terá VGV potencial de R$ 53,4MM 2

3 Destaques Financeiros e Operacionais Destaques Financeiros e Operacionais (R$ K exceto quando mencionado de outra forma) 1T07 1T06 % Número de Empreendimentos Lançados (unids) ,0% Lançamentos (unids) ,4% VGV Total ,6% VGV % Agra ,9% Vendas Contratadas % Vendas Contratadas % AGRA ,6% Lançamentos de na Lançamentos de ,9% Lançamento de anos anteriores ,2% VGV Potencial (Landbank) 100% VGV Potencial (Landbank) % AGRA Destaques Financeiros Receita Líquida de Vendas ,3% Lucro Bruto ,8% Margem Bruta (%) 34,1% 35,5% -4,0% EBITDA ,2% Margem EBITDA (%) 13,0% 27,0% -51,7% Despesas IPO EBITDA Ajustado* ,9% Margem EBITDA Ajustada (%) 15,0% 27,0% -44,4% Lucro Líquido na Margem Líquida (%) -4,7% 20,9% na Lucro Líquido Ajustado* na Margem Líquida Ajustada (%) -2,7% 20,9% na (*) Excluídas despesas iniciais com IPO (897K) no trimestre 3

4 Mensagem da Administração O ano de 2007 veio para marcar a história de nossa companhia. Em 26 de abril nossas ações passaram a ser negociadas no Novo Mercado, segmento da Bovespa onde se encontram as empresas com os mais elevados níveis de governança corporativa e transparência no relacionamento com o mercado. Reforçamos nossa estrutura, aprimorando processos, introduzindo conceitos e contratando novos talentos para a Companhia, o que nos deixa muito otimistas quanto à concretização de nossos planos de crescimento. O desempenho da Companhia no primeiro trimestre confirmou nossas expectativas e apresentou firmes resultados em relação à margem bruta, superior a 34%, e manteve a margem REF próxima a 34,6%. Como já era esperado, nossos resultados líquidos e Ebitda foram afetados pela adequação de nossa estrutura e contratações realizadas recentemente. Em nosso setor, possuímos um deslocamento entre algumas despesas incorridas e o efetivo reconhecimento de seus benefícios (o reconhecimento da receita só acontece de acordo com a evolução financeira da obra, já as despesas gerais e administrativas são incorridas desde o momento inicial). Por ser um trimestre tradicionalmente mais fraco para o setor, não lançamos nenhum empreendimento significativo. Esse cronograma já era sabido a partir do prospecto da empresa, e, portanto os lançamentos planejados mantêm-se inalterados e confirmamos nosso objetivo de lançarmos R$ 1,3 bilhão em VGV potencial nesse ano de Possuímos um dos maiores e mais diversificados landbanks do setor imobiliário no Brasil, que nos confere um VGV potencial de R$ 7,5 bilhões (nossa participação), dos quais 56% localizam-se na região Nordeste e R$ 3,0 bilhões serão lançados até o final de No campo econômico, fatores como a demanda reprimida por moradias, a queda da inflação, o nível decrescente das taxas de juros, a maior disponibilidade de financiamento imobiliário e o aumento da renda da população em geral, contribuem para impulsionar a procura por imóveis, indicando um grande crescimento para o mercado imobiliário. Assim, conjugando o reforço de nossa estrutura, a formação de nosso landbank, a experiência na indústria de incorporação imobiliária, perspectivas macroeconômicas positivas, e a recente realização de nosso IPO, acreditamos estar preparados para o forte crescimento que nos aguarda para os próximos anos. Estamos extremamente motivados a trabalhar para cada vez mais criar valor a nossos clientes, colaboradores e acionistas, através da realização de empreendimentos imobiliários diferenciados. Afinal, essa é a nossa missão. A Administração 4

5 Lançamentos Alphaville Salvador 3 - NATURA Em nosso prospecto de emissão de ações, havíamos informado que não teríamos quaisquer lançamentos no primeiro trimestre de Contudo, pudemos antecipar o lançamento do Alphaville Salvador 3, um empreendimento de VGV total de R$ 21,9 MM, sendo 40% a nossa parte. Esse empreendimento alcançou 71% de vendas até o final do trimestre, e atualmente já possui 90% de vendas concretizadas. Isso demonstra nossa capacidade de executar e implementar as mesmas técnicas comerciais que utilizamos no Sudeste. Vendas Contratadas As vendas contratadas somaram R$71,7 milhões no trimestre, redução de 10,6% em relação ao mesmo período de *O critério utilizado para a segmentação de renda é o preço de venda em reais por metro quadrado de área construída. Assim, Classe Alta: superior a R$ 3.500; Classe Média-Alta: de R$ a R$ 3.500; Classe Média: de R$ a R$ 2.600; Classe Média-Baixa: inferior a R$

6 Classe* Vendas Contratadas (R$K) - % Agra Vendas Contratadas (Unidades) - 100% Preço Médio de Venda (R$/ unidades) - 100% 1T07 1T06 % 1T07 1T06 % 1T07 1T06 % Alta ,7% ,1% ,3% Média-Alta ,2% ,9% ,3% Média ,6% ,6% ,2% Média-Baixa ,3% ,9% ,6% Lot es na 28 0 na 44 na na Comercial 0 0 na 0 0 na na na na TOTAL ,6% ,1% ,5% Região 1T07 1T06 % 1T07 1T06 % 1T07 1T06 % São Paulo ,4% ,0% ,7% SP Interior ,2% ,7% ,5% SP Litoral na 20 0 na 359 na na ABC ,2% ,0% na Nordeste ,1% ,4% ,3% 0 0 na TOTAL ,6% ,1% ,5% Ano de Lançamento 1T07 1T06 % 1T07 1T06 % 1T07 1T06 % na 80 0 na 149 na na ,9% ,3% ,7% ,5% ,7% ,8% ,2% ,6% ,6% 2003 e anteriores ,4% ,4% ,1% TOTAL ,6% ,1% ,4% *O critério utilizado para a segmentação de renda é o preço de venda em reais por metro quadrado de área construída. Assim, Classe Alta: superior a R$ 3.500; Classe Média-Alta: de R$ a R$ 3.500; Classe Média: de R$ a R$ 2.600; Classe Média-Baixa: inferior a R$ No primeiro trimestre de 2007, 92% de nossas vendas vieram de nossos principais segmentos: médio e médio-alto padrão. Em 1T 06, esses segmentos respondiam ainda por 95%. Essa grande participação evidencia o potencial ainda existente no segmento de maiores rendas, que igualmente se beneficiam da disponibilidade crescente de crédito imobiliário no país. Nesse período verificamos que a participação relativa de São Paulo foi reduzida de 78% no 1T06 para 49% em 1T07. Inversamente, a região Nordeste passou de 20% para 41% de participação nas vendas contratadas do período. Esse desempenho é devido ao sucesso do empreendimento Barra Porto (Salvador) lançado em Dezembro de As apostas na região Nordeste começam a compor nossos resultados e são parte importante de nossa estratégia de diversificação geográfica. Landbank Atualmente, nosso landbank total em termos de VGV potencial soma R$ 12,7 bilhões, R$ 7,5 bilhões referente à parte AGRA. O landbank é vital para uma empresa do setor de incorporações. Acreditamos possuir um dos melhores portfólios do mercado, com elevada diversificação geográfica e por segmentos. Nas principais metrópoles do país, verificamos uma maior competitividade para aquisição de terrenos, e uma crescente exigência de pagamentos a vista pelos terrenos. Contudo, através de pesquisas de potencial de mercado e desenvolvimento ativo de operações estruturadas somos capazes de identificar regiões de potencial ainda não exploradas e assim nos beneficiar de um modelo de pagamento mais atraente com menor desembolso de caixa. Atualmente 64% de nosso landbank foi formado através da modalidade de pagamento via permuta, reduzindo nossa exposição de caixa. Landbank - % AGRA Rio de Janeiro 1% Nordeste 56% São Paulo 23% SP Interior 5% ABC 10% SP Li t or al 5% Alto Médio- Médio Médio- Comercial LOT TT 6

7 Região VGV Potencial % AGRA - R$ bilhões Alto Médio-Alto Médio Médio-Baixo Comercial LOT Total % VGV adquirido em permuta São Paulo % SP Int erior % SP Lit oral % ABC % Nordeste % Rio de Janeiro % Total % Receita Operacional Bruta As Vendas Contratadas atingiram R$ 71,7 MM, 10,5% menores do que 1T06. Já as receitas brutas atingiram R$ 47,5 MM, 13,3% superiores ao mesmo período em Aproximadamente 78% das receitas contratadas estão concentradas em empreendimentos lançados em Já as receitas reconhecidas no período advêm principalmente de empreendimentos lançados em 2005 e 2004 que representam 65,6% do total, pois já se encontram em fases de construção (respeitando assim o critério Percentage of Completion Method ou PoC): (R$ K, exceto quando mencionado ao contrário) Segmentos* Vendas Contratadas 1T07 1T06 1T07 x 1T06 % Receitas Brutas Reconhecidas % Vendas Contratadas % Receitas Brutas Reconhecidas % Vendas Contratadas % Receitas Brutas Reconhecidas % Alta ,7% ,7% ,7% ,7% 23,7% 27,0% Média-Alta ,6% ,3% ,1% ,5% -25,2% -11,3% Média ,9% ,5% ,8% ,0% 18,6% 96,4% Média-Baixa ,9% ,3% ,4% ,8% 48,3% 20,0% Lotes 554 0,8% 58 0,1% % ,8% Comercial - 0,0% 13 0,0% % - -18,0% TOTAL ,0% ,0% ,0% ,0% -10,6% 13,2% Região São Paulo ,1% ,1% ,7% ,1% -43,4% -12,2% SP Int erior ,0% ,2% ,7% 427 1,0% 60,2% 473,6% SP Litoral ,0% ABC ,9% ,2% -1359,9% Nordeste ,6% ,8% ,3% ,0% 79,1% 75,1% TOTAL ,0% ,0% ,0% ,0% -10,6% 13,2% Ano de Lançamento ,6% ,9% ,0% ,2% ,2% ,5% -11,9% -39,4% ,7% ,9% ,0% ,0% -25,5% 119,2% ,7% ,8% ,8% ,9% -30,2% 801,3% 2003 em diante ,9% ,2% ,0% ,7% -45,4% -65,4% TOTAL ,0% ,0% ,0% ,0% -10,6% 13,2% 7

8 Lucro Bruto O lucro bruto do período atingiu R$ 15,4 MM, 8,8% superior ao 1T06. A margem bruta foi 34,1%, alinhada com a margem de 1T06 de 35,5%. Essa pequena variação está ligada a margens brutas menores no segmento médio-alto. Interessante verificar a concretização de margens atraentes no Nordeste, de 34,9%, compatíveis com as alcançadas na região metropolitana de São Paulo. Formação da Margem Bruta 1T07 Média- Bai xa 9% Por Segmento Al ta 15% ABC 10% Por Região NE 11% Média 32% Média- Al ta 44% SP Interior 10% São Paulo 69% 34,1% Por Ano de Lançamento 11,1% 10,5% 1,2% 7,0% 4,2% em diante TOTAL (R$ K, exceto quando mencionado ao contrário) Segmentos* Receita Líquida Reconhecida 1T07 Lucro Bruto Reconhecido Lucro Bruto/ RL % Contribuição em pp Receita Líquida Reconhecida 1T06 Lucro Bruto Reconhecido Lucro Bruto/ RL % Alta ,9% 5 pp ,7% Média-Alta ,5% 15 pp ,1% Média ,5% 11 pp ,8% Média-Baixa ,2% 3 pp ,5% Lotes ,9% ,1% Comercial ,2% ,5% TOTAL ,1% 34 pp ,5% Região São Paulo ,6% 23 pp ,8% SP Interior ,8% 3 pp ,3% SP Lit or al 0 0 0,0% ,0% ABC ,8% 3 pp ,1% Nordeste ,9% 4 pp ,2% 0,0% -- 0,0% TOTAL ,1% 34 pp ,5% Ano de Lançamento ,3% 1,2% 0 0 0,0% ,1% 7,0% ,1% ,0% 11,1% ,6% ,2% 10,5% ,7% 2003 em diante ,2% 4,2% ,6% TOTAL ,1% 34,1% ,5% 8

9 Despesas com Vendas, Gerais e Administrativas (SG&A) As despesas gerais e administrativas totalizaram R$ 5,0 MM, ou 11,0% das receitas líquidas, aumento de 155% em relação a igual período de Já as despesas comerciais somaram R$ 3,4 MM, ou 7,5% das receitas líquidas, aumento de 61,8% a 1T06. O aumento das despesas gerais e administrativas está ligado à preparação da estrutura da Companhia para um novo ambiente de crescimento. Essas despesas estão ligadas principalmente ao aumento de colaboradores, de 35 para 104, e melhoria de processos internos. Despesas com Vendas, Gerais & Administrativas. (R$ MM) Despesas com Vendas, Gerais & Administrativas Receita Líquida (%) G&A Comerciais T 06 1T 07 G&A Comerciais 0 18,5 10,1 11,0 4,9 5,2 7,5 1T 06 1T 07 O aumento dessas despesas está ligado ao descasamento entre os lançamentos dos empreendimentos e o efetivo reconhecimento de suas receitas. Nossas despesas atuais em G&A deveriam ser comparadas aos lançamentos planejados de R$ 1,3 bilhão para esse ano. EBITDA O EBITDA do trimestre, excluídas as despesas extraordinárias relacionadas à abertura de capital da empresa, IPO, totalizou R$ 6,8 MM, margem de 15% em relação à receita líquida. Já em 1T06, o EBITDA havia registrado R$ 10,8 MM, ou 27% da receita líquida. Devido ao descasamento entre reconhecimento das despesas gerais & administrativas, e as receitas do ponto de vista societário, nosso resultado em termos de EBITDA é altamente impactado, especialmente por que concentramos nossos lançamentos nos próximos trimestres, (como mencionado no prospecto de emissão de ações). Despesas com IPO Uma parte inicial das despesas com IPO já foram computadas no resultado operacional, representada pela cifra de R$ 897 mil. A maior parte dos gastos será contabilizada no próximo trimestre, quando a operação estiver efetivamente encerrada. Resultado Financeiro O Resultado financeiro líquido em 1T07 totalizou R$ 6,8 MM negativos, comparados a R$ 1,6 MM negativos de 1T06. Tal aumento decorre principalmente dos mútuos contraídos junto à Cyrela para ampliação de nosso landbank. Margem REF Lucro a apropriar Ao fim do 1T07 registramos o saldo de Margem Bruta a apropriar no valor R$ 132,9 MM. A receita de vendas a apropriar totalizou R$ 384,6 MM no 1T07, e os custos a apropriar registram R$ 251,7 MM no 1T07. 9

10 Demonstrativo REF (Em R$ MM) 1T07 Receita de Vendas a reconhecer 385 Custos das Vendas a Incorrer (252) Resultado a Apropriar 133 Margem Bruta a apropriar 34,6% Balanço Patrimonial Disponibilidades As nossas disponibilidades encerraram o 1T07 em R$ 31,8 MM, 115,24% superior ao saldo registrado no mesmo período de 2006 (R$ 14,8 MM). Contas a Receber Disponibilidades (R$ MM) 1T 07 Caixas e bancos 19,1 Aplicações Financeiras 12,7 Fundos de Investimentos - renda fixa 10,3 Certificados de depósito bancário 2,4 Total 31,8 Nosso saldo de contas a receber aumentou 52,35% no 1T07 quando comparado ao 1T06. O montante saltou de R$ 86,1 MM (sendo R$ 77,2 MM no curto prazo e R$ 8,9 MM no longo prazo) para R$ 131,2 MM (sendo R$ 102,2 MM no curto prazo e R$ 29,0 MM no longo prazo). Apesar de oferecermos financiamento a nossos clientes, nós os encorajamos a buscar financiamento junto a instituições financeiras. Também faz parte de nossa gestão financeira a utilização de operações voltadas à venda de recebíveis, o que nos proporciona maior liquidez para aproveitarmos novas oportunidades imobiliárias. Estoques Nosso saldo de estoques no 1T07 atingiu R$ 467,5 MM. Estes são representados pelo custo de formação de unidades imobiliárias, relativos às unidades disponíveis para vendas e pelos terrenos para futuras incorporações imobiliárias (esta representando 89,1% do saldo total de estoques, visto à preponderante formação de land bank da companhia). Estoques (R$ MM) 1T 07 Terrenos a comercializar 416,5 Imóveis em construção 34,2 Imóveis concluídos 16,8 Saldo Total Estoques 467,5 10

11 Posição líquida de Caixa A figura a seguir demonstra nosso endividamento líquido no 1T07, inclusive simulando seu cenário com a captação de recursos do IPO: 11

12 Anexos Abaixo elencamos quadro com a evolução dos empreendimentos da companhia, com os status em 1T07 e 1T06: Projeto Lançamento Evolução Financeira Acumulada (Em %) Percentual Vendido Acumulado (Em %) Receita Bruta Apropriada (R$ K) Receita Líquida Apropriada (R$ K) Lucro Bruto Apropriado (R$ K) 1T07 1T06 1T07 1T06 1T07 1T06 1T07 1T06 1T07 1T06 Colinas Altas mar Avantgarde out Palladio mar Domani Pinheiros nov Cosmopolitan mar Domani Moema mai Domani Parque mai La Dolce Vita Vila Romana set The Blue Loft out Mondial Vale nov Vintage mai Delight set Aquarelle set Fazenda Campo Verde nov Diogo mai Vila Imperial jun Patio Figueira ago Atmosfera set Carpe Diem dez Santiago abr Impression set Terra Bonita out La Dolce Vita Nuova Moóca nov La Dolce Vita Aclimação mai Iepê Golf jun Aromaz jun Vibe jun Trip ago Stupendo set Reserva Alphaville jan Poema Granja Julieta fev Porto da Ponta ago Collina out Laguna Alphaville nov Volare dez Espaço Raposo dez Barra Porto dez Phytus dez Alphaville 3 mar Total

13 Demonstrações Financeiras Agra Empreendimentos Imobiliários S/ A Demonstração do resultado Em R$ K Consolidado 1T07 1T06 Pró-Forma Receita Operacional Bruta Deduções de Vendas Receita Líquida de Vendas Custo dos Imóveis Vendidos Lucro bruto Despesas ( Receitas ) Operacionais Despesas Gerais e Administrativas Resultado Financeiro Despesas Financeiras Receitas Financeiras Outras Despesas e Receitas Despesas Comerciais Despesas com distribuição pública de ações Resultado Operacional Outras receitas não operacionais Impostos sobre o lucro Participação minoritária nos resultados Lucro (prejuízo) líquido do período EBITDA Informações adicionais Quantidade de Lançamentos 1 2 VGV Lançado (R$000) 100% VGV Lançado (R$000) % Agra Vendas Contratadas (R$000) 100% Vendas Contratadas (R$000) % Agra

14 Agra Empreendimentos Imobiliários S/ A Balanço Patrimonial Consolidado Em R$ K 1T07 1T06 Pró-Forma A.H. Ativo Ativo Circulante Disponibilidades ,2% Contas a receber ,3% Imóveis a Comercializar ,8% Partes Relacionadas ,9% Outros créditos a receber ,5% ,2% Ativo Não Circulante Realizável a longo prazo Contas a Receber ,4% Partes Relacionadas na Impostos diferidos ativos ,6% Outros créditos a receber ,0% Imóveis a Comercializar na ,4% Permanente Investimentos ,0% Imobilizado ,9% Diferido ,3% ,4% Total do ativo ,5% Passivo e Patrimônio Líquido Passivo Circulante Fornecedores ,7% Empréstimo e financiamentos ,4% Obrigações trabalhistas, tributárias e diferidas ,2% Partes Relacionadas ,2% Contas a pagar por aquisição de terrenos ,0% Adiantamento de Clientes ,3% Dividendos a pagar na Outras Contas a Pagar ,6% Créditos a pagar com acionistas controladores na ,7% Exigível a longo prazo Empréstimo e financiamentos ,2% Partes Relacionadas ,9% Contas a pagar por aquisição de terrenos ,4% Impostos Diferidos ,5% Outros Contas a Pagar ,0% ,3% Participação Minoritária em Controladas Consolidadas ,9% ,9% Parimônio líquido Capital social na Reserva de Capital na Reserva Legal na Retenção de Lucros na Patrimônio Líquido ,0% ,5% Total do passivo e patrimônio líquido ,5% 14

Resultados 2005 Resultados 2005

Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 1T06 Bovespa: RSID3 NYSE (ADR): RSR2Y Receita Líquida alcança R$ 85,2 milhões VGV totaliza R$ 94,3 milhões Vendas contratadas crescem 63% São Paulo, 11 de maio

Leia mais

Abertura e Destaques 4T09 e 2009

Abertura e Destaques 4T09 e 2009 25 de Março de 2010 Abertura e Destaques 4T09 e 2009 Comentário de Abertura CEO Ricardo Valadares Gontijo Breve Histórico IPO Mercado em 2009: Programa Minha Casa, Minha Vida Estratégia Crescimento da

Leia mais

DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09

DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09 Divulgação de Resultados 3T09 DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09 - VENDAS CONTRATADAS DE R$242,7 MILHÕES NO 3T09, COM VSO 45% - - EBITDA DE R$35,0 MILHÕES, COM 31,1% DE MARGEM EBITDA

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

Direcional Engenharia S.A.

Direcional Engenharia S.A. 1 Direcional Engenharia S.A. Relatório da Administração Exercício encerrado em 31 / 12 / 2007 Para a Direcional Engenharia S.A., o ano de 2007 foi marcado por recordes e fortes mudanças: registramos marcas

Leia mais

Divulgação de Resultados de 2007

Divulgação de Resultados de 2007 Divulgação de Resultados de 2007 Lançamentos totais de R$ 773,5 milhões em 2007 Rio de Janeiro, 12 de março de 2008 A CR2 Empreendimentos Imobiliários S.A. (Bovespa: CRDE3), anuncia os resultados do quarto

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Rio de Janeiro, 10 de março de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (Bovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação

Leia mais

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012 Teleconferência de Resultados e 2012 28 de fevereiro de 2013 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 AVISO Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 Desempenho Em ambiente de queda da atividade na indústria automobilística, a Iochpe-Maxion apresentou um crescimento de 8,4% nas vendas no terceiro

Leia mais

Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005. Praça Capital - Campinas

Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005. Praça Capital - Campinas Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005 Praça Capital - Campinas 1 Setor imobiliário Oportunidade de investimento Fator de Risco Crédito Renda Tendência Crescimento da oferta Crescimento

Leia mais

Teleconferência de Resultados. Data: 13 de março de 2008 Data: 13 de março de 2008

Teleconferência de Resultados. Data: 13 de março de 2008 Data: 13 de março de 2008 MRV ANUNCIA RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE E DO ANO DE 2007 RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA ATINGE R$128,9 MILHÕES NO 4T07 E R$384,1 MILHÕES NO ANO, UM CRESCIMENTO DE 173,8 % SOBRE O ANO ANTERIOR MARGEM BRUTA

Leia mais

Resultados do 1T06 Teleconferência

Resultados do 1T06 Teleconferência Resultados do 1T06 Teleconferência 0 Considerações Iniciais AVISO - INFORMAÇÕES E PROJEÇÕES O material exibido é uma apresentação de informações gerais de antecedentes da Rossi Residencial S.A. na data

Leia mais

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00 RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 156.512.000,00 Resultados do RESULTADOS São Paulo, 14 de maio de 2010 A BRADESPAR [BM&FBOVESPA: BRAP3 (ON), BRAP4 (PN); LATIBEX: XBRPO (ON), XBRPP (PN)]

Leia mais

Resultados 1T07 10 de maio de 2007

Resultados 1T07 10 de maio de 2007 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 102% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 32% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 1T07. As demonstrações financeiras da Companhia são elaboradas

Leia mais

CEO Conference Março 2009

CEO Conference Março 2009 CEO Conference Março 2009 Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações materiais

Leia mais

Apresentação dos Resultados de 2T07. 15 de agosto de 2007

Apresentação dos Resultados de 2T07. 15 de agosto de 2007 Apresentação dos Resultados de 2T07 15 de agosto de 2007 1 Equipe da Cyrela Brazil Realty Diretor Presidente Elie Horn Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Luis Largman Diretor de Controle

Leia mais

Demonstrações Financeiras UPCON SPE 17 Empreendimentos Imobiliários S.A.

Demonstrações Financeiras UPCON SPE 17 Empreendimentos Imobiliários S.A. Demonstrações Financeiras UPCON SPE 17 Empreendimentos Imobiliários S.A. 31 de dezembro de 2014 com o relatório dos auditores independentes Demonstrações financeiras Índice Relatório dos auditores independentes

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - TECNISA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - TECNISA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14

RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14 RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14 Contate RI: Adolpho Lindenberg Filho Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Telefone: +55 (11) 3041-2700 ri@lindenberg.com.br www.grupoldi.com.br/relacao DIVULGAÇÃO

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09. Agosto/2009

Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09. Agosto/2009 Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09 Agosto/2009 Destaques 2T09 & 1S09 DESTAQUES OPERACIONAIS 2T09 VENDAS CONTRATADAS LÍQUIDAS PRO RATA PDG REALTY DE R$710 MILHÕES, REPRESENTANDO UM CRESCIMENTO DE

Leia mais

Lucro Líquido Ajustado da EVEN atinge R$52,9 MM no ano de 2007.

Lucro Líquido Ajustado da EVEN atinge R$52,9 MM no ano de 2007. Lucro Líquido Ajustado da EVEN atinge R$52,9 MM no ano de 2007. Margem Bruta atinge 38,8%, crescendo 2,5 p.p. em relação a 2006. São Paulo, 10 de março de 2008 A Even Construtora e Incorporadora S.A. EVEN

Leia mais

Apresentação 4T11 & 2011. Abril, 2012

Apresentação 4T11 & 2011. Abril, 2012 Apresentação Resultados 4T11 & 2011 Abril, 2012 Destaques & Eventos Recentes Balanço do ano de 2011 Processo de integração da Agre: SAP; Revisão orçamentária; Processo contábil de combinação de negócios

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

Discussão dos Resultados 1T10. 07 de Maio de 2010

Discussão dos Resultados 1T10. 07 de Maio de 2010 Discussão dos Resultados 1T10 07 de Maio de 2010 0 Aviso Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Estas projeções

Leia mais

Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011. Agosto, 2011

Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011. Agosto, 2011 Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011 Agosto, 2011 2 Destaques Operacionais DESTAQUES OPERACIONAIS DO 2T11 & 1S11 2T11 LANÇAMENTOS PRO RATA PDG ALCANÇARAM R$2,05 BILHÕES NO 2T11, REPRESENTANDO

Leia mais

Divulgação de Resultados 2014

Divulgação de Resultados 2014 São Paulo - SP, 10 de Fevereiro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity

Leia mais

3T12 PRÉVIA OPERACIONAL COMUNICADO AO MERCADO DIRECIONAL ALCANÇA RECORDE DE R$ 543 MILHÕES DE LANÇAMENTOS E R$ 558 MILHÕES DE VENDAS NO 3T12.

3T12 PRÉVIA OPERACIONAL COMUNICADO AO MERCADO DIRECIONAL ALCANÇA RECORDE DE R$ 543 MILHÕES DE LANÇAMENTOS E R$ 558 MILHÕES DE VENDAS NO 3T12. Belo Horizonte, 02 de outubro de 2012 - A Direcional Engenharia S.A., uma das maiores incorporadoras e construtoras do Brasil, com foco no desenvolvimento de empreendimentos populares de grande porte e

Leia mais

Resultados 1º Trimestre 2015 13.05. Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015

Resultados 1º Trimestre 2015 13.05. Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015 Resultados 1º Trimestre 2015 13.05 Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015 RECEITA LÍQUIDA ATINGE R$ 68,5 MILHÕES NO 1T15, CRESCIMENTO DE 7,1% EM RELAÇÃO AO 1T14. EBITDA CONSOLIDADO ATINGE R$ 7,8 MILHÕES, QUEDA

Leia mais

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009 1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados 14 de Maio de 2009 Aviso Legal Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

Apresentação dos resultados do 4T09 & 2009. Março/2010

Apresentação dos resultados do 4T09 & 2009. Março/2010 Apresentação dos resultados do & Março/2010 Destaques & DESTAQUES OPERACIONAIS DO E VENDAS CONTRATADAS LÍQUIDAS ATINGIRAM R$753 MILHÕES NO E R$2,67 BILHÕES EM, REPRESENTANDO UM CRESCIMENTO DE 47% EM RELAÇÃO

Leia mais

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p.

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. No 1T15, a receita líquida totalizou R$ 5,388 bilhões, estável em relação ao 1T14 excluindo-se

Leia mais

GERDAU S.A. Informações consolidadas 1T09 07/05/09

GERDAU S.A. Informações consolidadas 1T09 07/05/09 Visão Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. Missão A Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que busca satisfazer as necessidades dos clientes e criar valor para os

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T11

Apresentação de Resultados 2T11 Apresentação de Resultados 2T11 Aviso Legal Aviso Legal Encontra-se em curso a distribuição pública inicial primária e secundária de certificados de depósitos de ações ( Units ) de emissão da Abril Educação

Leia mais

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados Resultados do 2T09 Teleconferência de Resultados Destaques do 2T09 2 Destaques do 2T09 em linha com a estratégia geral da Companhia Nossas conquistas do 2T09 são refletidas nos resultados da Companhia

Leia mais

Evolução do lucro líquido (em milhões de reais) - jan fev mar abr mai jun jul ago set

Evolução do lucro líquido (em milhões de reais) - jan fev mar abr mai jun jul ago set DISCUSSÃO E ANÁLISE PELA ADMINISTRAÇÃO DO RESULTADO NÃO CONSOLIDADO DAS OPERACÕES: PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2001 COMPARATIVO AO PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2000 (em milhões de reais, exceto

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T15

Divulgação de Resultados 1T15 São Paulo - SP, 06 de Maio de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Apresentação Institucional. Segundo Trimestre de 2007

Apresentação Institucional. Segundo Trimestre de 2007 Apresentação Institucional Segundo Trimestre de 2007 Aviso Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de

Leia mais

Análise Financeira de Balanço

Análise Financeira de Balanço UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Instituto de Engenharia de Produção e Gestão Contabilidade Gerencial EPR 30 Análise Financeira de Balanço Juliano Jun Tatsumi nº11462 Marina Carvalho Brandão nº11466 Itajubá,

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12 São Paulo, 15 de agosto de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do segundo

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais

Release de Resultados 4T06

Release de Resultados 4T06 Release de Resultados 4T06 Em 2006, Lançamentos aumentaram 118% e Vendas Contratadas subiram 69% O EBITDA Ajustado subiu 66% e o Lucro Líquido Ajustado aumentou 35% em 2006 Rio de Janeiro, 14 de Março

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 Americana SP, 23 de março de 2005 A VIVAX S.A. (Bovespa: VVAX11), ou Companhia, segunda maior operadora de TV a Cabo do Brasil, em número de assinantes, e uma das principais

Leia mais

EARNINGS RELEASE 1T12

EARNINGS RELEASE 1T12 São Paulo, 16 de maio de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do 1º trimestre

Leia mais

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009 Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008 www.unianhanguera.edu.br 4T08 Ricardo Scavazza Vice Presidente Operacional e Relações com Investidores

Leia mais

Resultados 2T13 e 1S13

Resultados 2T13 e 1S13 Resultados 2T13 e 1S13 Relações com Investidores RSID3: R$ 2,87 por ação OTC: RSRZY Total de ações: 428.473.420 Valor de mercado: R$ 1,3 bilhão Teleconferência 15 de Agosto de 2013 Em Português com Tradução

Leia mais

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 BRASIL BROKERS Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 2009 Brasil 2009 Brokers Brasil Todos Brokers os Direitos Todos os Reservados Direitos Reservados Esta apresentação não constitui uma oferta,

Leia mais

A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11.

A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11. A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11. O Lucro Líquido do 1T09 (sem ajustes) apresentou queda de 1,4%

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL. Outubro de 2010

Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL. Outubro de 2010 Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL Outubro de 2010 Aviso Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas refletem as metas e as expectativas

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A. LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A. Resultados 2T15 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 São Paulo, 22 de março de 2012 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T11

Teleconferência de Resultados 1T11 Teleconferência de Resultados 1T11 13 de Maio de 2011 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar

Leia mais

Entidades de Incorporação Imobiliária. ria- Tratamento contábil e fiscal das transações com unidades imobiliárias.

Entidades de Incorporação Imobiliária. ria- Tratamento contábil e fiscal das transações com unidades imobiliárias. Entidades de Incorporação Imobiliária ria- Tratamento contábil e fiscal das transações com unidades imobiliárias Agenda Atividades de compra e venda, loteamento, incorporação e construção de imóveis 1.Formação

Leia mais

LOJAS RENNER DIVULGA R$ 511,4 MILHÕES DE RECEITA LÍQUIDA TOTAL NO 3T08

LOJAS RENNER DIVULGA R$ 511,4 MILHÕES DE RECEITA LÍQUIDA TOTAL NO 3T08 LOJAS RENNER DIVULGA R$ 511,4 MILHÕES DE RECEITA LÍQUIDA TOTAL NO 3T08 Porto Alegre, 30 de outubro de 2008 LOJAS RENNER S.A. (Bovespa: LREN3), segunda maior rede de lojas de departamentos de vestuário

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

Agora, gostaríamos de passar a palavra ao Sr. Marcos Levy, Diretor Presidente, que iniciará a apresentação. Por favor, Sr. Levy, pode prosseguir.

Agora, gostaríamos de passar a palavra ao Sr. Marcos Levy, Diretor Presidente, que iniciará a apresentação. Por favor, Sr. Levy, pode prosseguir. Operadora: Bom dia e obrigada por aguardarem. Sejam bem vindos à teleconferência da Brascan para a discussão dos resultados referentes ao 1T07. Estão presentes hoje conosco o senhor Marcos Levy, Diretor

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T14

Divulgação de Resultados 1T14 Divulgação de Resultados 1T14 A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity ( Fundos

Leia mais

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO A QGEP Participações iniciou o ano de 2011 com uma sólida posição financeira. Concluímos com sucesso a nossa oferta pública inicial de ações em fevereiro, com uma captação líquida

Leia mais

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores Resultados 3T10 e 9M10 12/11/2010 > Relações com Investidores 1 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base e

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 31 de dezembro de

Leia mais

4T09. Release. Resultados. Cyrela tem lucro líquido de R$ 729 milhões em 2009, 2,6 vezes mais que em 2008. Destaques. Mensagem da Administração

4T09. Release. Resultados. Cyrela tem lucro líquido de R$ 729 milhões em 2009, 2,6 vezes mais que em 2008. Destaques. Mensagem da Administração Release 4T09 Resultados Cyrela tem lucro líquido de R$ 729 milhões em 2009, 2,6 vezes mais que em 2008 CYRE3 (25/03/2010) Nº. de Ações: 422.400.942 Valor de mercado: R$ 8.980,2 milhões US$ 4.964,2 milhões

Leia mais

RESULTADOS DO 1T11. Destaques do Resultado

RESULTADOS DO 1T11. Destaques do Resultado RESULTADOS DO 1T11 CAPTAÇÃO RECORDE com mais de 73 mil novos alunos (24% acima do 1T10) Aumento de 21% no EBITDA, que totalizou R$48 milhões, e ganho de 1,9 p.p. na Margem, que atingiu 17,4% no 1T11 Rio

Leia mais

Release de Resultados 2T14

Release de Resultados 2T14 Release de Resultados 1T14 Teleconferência de Resultados 2T14 11 de agosto de 2014 > 9:00 am US EST Em Inglês (tradução simultânea do Português) + 1-516-3001066 US EST Código: Gafisa > 10h00 Horário de

Leia mais

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ).

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 25 de Outubro de 2005. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). (Os

Leia mais

PDG Realty aumenta para 70% sua participação na CHL e adquire opção para a compra de adicionais 30% atingindo 100%

PDG Realty aumenta para 70% sua participação na CHL e adquire opção para a compra de adicionais 30% atingindo 100% PDG Realty aumenta para 70% sua participação na CHL e adquire opção para a compra adicionais 30% atingindo 100% Relações com Investidores: Michel Wurman Diretor Vice-Presinte Financeiro e RI João Mallet,

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

Reunião com Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais LOJAS RENNER S.A.

Reunião com Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais LOJAS RENNER S.A. Reunião com Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais LOJAS RENNER S.A. São Paulo, 8 de dezembro de 2005 1 Aviso Legal Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação,

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Spinelli Fundo de Investimento em Ações. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2011 - DIRECIONAL ENGENHARIA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2011 - DIRECIONAL ENGENHARIA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Fluxo de Caixa 5 Demonstração das Mutações

Leia mais

Resultados 2014 Fevereiro, 2015

Resultados 2014 Fevereiro, 2015 Resultados Fevereiro, 2015 Destaques do e Afluência na região SE/CO em de 69% da MLT 1 (vs. 102% em ) Hidrologia Nível de reservatórios das usinas da AES Tietê encerraram em 34,7% vs. 51,1% em Rebaixamento

Leia mais

A Cyrela Brazil Realty Anuncia crescimento de 99,7% nas Vendas Contratadas e 92,1% nos Lançamentos, em relação aos 9M05.

A Cyrela Brazil Realty Anuncia crescimento de 99,7% nas Vendas Contratadas e 92,1% nos Lançamentos, em relação aos 9M05. A Cyrela Brazil Realty Anuncia crescimento de 99,7% nas Vendas Contratadas e 92,1% nos Lançamentos, em relação aos 9M05. Lucro Líquido no período de R$ 161,7 milhões; Estoque de Terrenos totaliza 5,9 milhões

Leia mais

Transcrição Teleconferência Resultados 3T07 Trisul 14 de Novembro de 2007

Transcrição Teleconferência Resultados 3T07 Trisul 14 de Novembro de 2007 Boa tarde, senhoras e senhores. Sejam bem-vindos à teleconferência dos resultados referentes ao 3T07 da. Hoje nós temos a presença do Sr. Jorge Cury Neto, Diretor Presidente, Sr. Marco Antonio Cattini

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T09

Teleconferência de Resultados 4T09 Teleconferência de Resultados 4T09 Índice Comentários de Mercado Pág. 3 Qualidade da Carteira de Crédito Pág. 10 Liquidez Pág. 4 Índice de Eficiência Pág. 14 Funding e Carteira de Crédito Pág. 5 Rentabilidade

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 São Paulo, 25 de fevereiro de 2005 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia hoje seus

Leia mais

MBK Securitizadora S.A. Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de

MBK Securitizadora S.A. Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de MBK Securitizadora S.A. Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de dezembro de 2012 MBK Securitizadora S.A. Demonstrações Financeiras

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3T08

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3T08 Receita líquida cresce 71% frente ao registrado no 3T07 atingindo R$94,3 milhões. Vendas Contratadas atingem R$170,7 milhões com crescimento de 235% versus 3T07. São Paulo, 12 de novembro de 2008 - A TRISUL

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 Resultados 1T15 www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float,

Leia mais

REDE DE ENSINO LFG AGENTE E ESCRIVÃO PF Disciplina: Noções de Contabilidade Prof. Adelino Correia Aula nº09. Demonstração de Fluxo de Caixa

REDE DE ENSINO LFG AGENTE E ESCRIVÃO PF Disciplina: Noções de Contabilidade Prof. Adelino Correia Aula nº09. Demonstração de Fluxo de Caixa REDE DE ENSINO LFG AGENTE E ESCRIVÃO PF Disciplina: Noções de Contabilidade Prof. Adelino Correia Aula nº09 Demonstração de Fluxo de Caixa Demonstração de Fluxo de Caixa A partir de 28.12.2007 com a publicação

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Agenda Dinâmica do Setor Imobiliário Estrutura Societária Modelo de Negócio Diferenciado Diversificação Geográfica e de Mercado Histórico de Resultado Operacional Futuros Projetos

Leia mais

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012 Resultados 2T12 FLRY 3 Agosto / 2012 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos,

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 1º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 1º Trimestre de 2013 . São Paulo, 13 de maio de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga seus

Leia mais

Divulgação de de Resultados

Divulgação de de Resultados Divulgação de de Resultados 4T06 4T05 e e Ano OHL BRASIL ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$99,4 MILHÕES. EBITDA AJUSTADO DE R$277,5 MILHÕES, MARGEM DE 64,5% Francisco Leonardo Moura da Costa Diretor Adm. Financeiro

Leia mais

Resultados 3T06 8 de novembro de 2006

Resultados 3T06 8 de novembro de 2006 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 49% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 35% MARGEM DE EBITDA ATINGIU 29% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 3T06. As demonstrações financeiras

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009 Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009 Bom dia, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da Inpar para discussão dos resultados referentes

Leia mais

Apresentação de Resultados do 3º trimestre de 2011. Novembro, 2011

Apresentação de Resultados do 3º trimestre de 2011. Novembro, 2011 Apresentação de Resultados do 3º trimestre de 2011 Novembro, 2011 2 Destaques & Eventos Recentes PDG é eleita melhor empresa da América Latina no Institutional Investor Awards 2011; Extensão do contrato

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 17.488 25.888 Fornecedores e outras obrigações 17.561 5.153 Contas a receber

Leia mais

RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015

RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015 RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015 Aviso Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO 1. DESTAQUES O ano de 2016 começou com o cenário macroeconômico muito parecido de 2015, uma vez que o mercado continua com tendências negativas em relação a PIB, inflação e taxa de juros. Novamente a Ouro

Leia mais

Vendas Recrusul de Implementos Rodoviários (em unidades) 1T08 1T09 1T10 1T11 1T12

Vendas Recrusul de Implementos Rodoviários (em unidades) 1T08 1T09 1T10 1T11 1T12 Faturamos 53 unidades de implementos rodoviários no 1T12 Vendas Recrusul de Implementos Rodoviários (em unidades) 116 33 40 55 53 1T08 1T09 1T10 1T11 1T12 O mercado de implementos rodoviários mostrou-se

Leia mais

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 54 RELATÓRIO ANUAL GERDAU 2011 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RESUMIDAS Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 GERDAU S.A. e empresas controladas BALANÇOS PATRIMONIAIS CONSOLIDADOS

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VIDA FELIZ FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 07.660.310/0001-81 OUTUBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VIDA FELIZ FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 07.660.310/0001-81 OUTUBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Vida Feliz Fundo de Investimento em Ações. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

Fonte: AZ Investimentos / Andima. Fonte: AZ Investimentos / Andima

Fonte: AZ Investimentos / Andima. Fonte: AZ Investimentos / Andima ANÁLISE CAPTAÇÃO DE RECURSOS VIA OFERTAS PUBLICAS DE AÇÕES Por: Ricardo Zeno 55 21 3431 3831 27 de Fevereiro, 2008 Em 2007, o destaque foi para as emissões de Renda Variável, o volume total das ofertas

Leia mais

1T05. Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005. Resultado do 1 o trimestre de 2005. Principais Destaques

1T05. Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005. Resultado do 1 o trimestre de 2005. Principais Destaques Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005 Divulgação Imediata Cot. da Ação PNB CLSC6) em 31/03/05: R$ 0,90/ação Valoriz. No 1T05: -16% Valor de Mercado R$ : 694 milhões US$

Leia mais