Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012"

Transcrição

1 Teleconferência de Resultados e de fevereiro de 2013

2 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações materiais entre os resultados, performance e eventos futuros. Os resultados reais, desempenho e eventos podem diferir significativamente daqueles expressos ou implicados por essas afirmações, como um resultado de diversos fatores, tais como condições gerais e econômicas no Brasil e outros países, níveis de taxa de juros e de câmbio, renegociações futuras ou pré-pagamento de obrigações ou créditos denominados em moeda estrangeira, mudanças em leis e regulamentos e fatos competitivos gerais (em base global, regional ou nacional). 2

3 Destaques do e 2012 Terminamos 2012 com cerca de 8,7 mil quartos em operação, sendo aprox. 3,7 mil próprios, distribuídos em 49 hotéis (incluindo o Rio Palace Hotel), sendo 16 próprios, 26 de terceiros e 7 com participação mista, além de participação minoritária em outros 3 hotéis. Em setembro, anunciamos o lançamento do BHG MODAL FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES EM HOTELARIA, com a subscrição inicial de R$61 mm, ou 40,67% do capital do fundo. O montante mínimo para o funcionamento do fundo foi atingindo com R$ 150 mm, sendo o limite de subscrição do capital total de R$ 400 mm. Com a entrada de novos cotistas durante os próximos 5 anos, a participação da BHG deverá ser diluída até o percentual de 25%. Em dezembro, realizamos a emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações no valor total de R$ 70,0 mm, com vencimento em 17 de dezembro de Com a emissão, a BHG teve como objetivo a quitação de dívidas de curto prazo da Companhia e reforçar sua posição de caixa, em linha com a estratégia de alongamento do perfil de sua dívida de curto prazo, bem como redução do seu custo financeiro. Em relação as operações de M&A e assinatura de novos contratos, destacamos para 2012: i) a aquisição do Grupo Solare em Janeiro/12, que nos permite a administração de 15 hotéis no norte/ nordeste do país; ii) a conclusão da aquisição da participação em 4 hotéis em Belém (PA) do Grupo MB Capital; e iii) o início da operação de 2 hotéis em Uberlândia (Minas Gerais) e Goiânia (Goiás), inaugurando a prensença da BHG nesses estados. Incluindo estas e outras transações anunciadas ao longo de 2012, a BHG garantiu a adição de cerca de quartos até Considerando todos os hotéis em desenvolvimento, a Companhia atingirá a marca de aproximadamente quartos sob gestão ao final de 2015, distribuídos entre 69 hotéis, sendo 16 próprios (3.030 quartos), 42 de terceiros (9.137 quartos), 11 com participação mista (910 quartos), além de outros 3 hotéis através de participação minoritária. 3

4 Destaques Financeiros do e 2012 $ O EBITDA Consolidado totalizou R$ 61,1 mm em 2012, um aumento de 45,9% em relação a 2011, apresentando uma Margem EBITDA de 27,3%, superior em 3,6 p.ps se comparado ao ano passado. No o EBITDA Consolidado atingiu R$ 18,9 mm, um crescimento de 10,2% e 13,0% em relação ao 3T12 e, respectivamente. $ O EBITDA Hoteleiro atingiu R$ 74,9 mm em 2012, valor 28,7% superior a No, o EBITDA Hoteleiro foi de R$ 22,8 mm, apresentando um crescimento de 13,1% e 21,2% em relação ao 3T12 e ao, respectivamente. $ A Margem EBITDA Hoteleiro atingiu 33,4% no ano de 2012, 0,4 p.p. superior ao reportado em Na comparação entre os trimestres, a Margem EBITDA Hoteleiro do foi de 35,3%, inferior em 0,3 p.p. ao 3T12 e superior ao nos mesmos 0,3 p.p. $ A Receita Operacional Líquida hoteleira totalizou R$ 224,2 mm ao final de 2012, demonstrando um crescimento de 27,0% em relação ao ano passado. No, a ROL atingiu R$ 64,7 mm, sendo 14,1% e 20,3% superior ao apresentado no 3T12 e, respectivamente. $ Quanto aos indicadores hoteleiros, o RevPar da Companhia atingiu R$ 165,9 em 2012, um crescimento de 7,8% em relação aos R$ 153,8 apresentados em 2011, principalmente em função do aumento da Diária Média, que atingiu R$ 260,9 em 2012, 13,5% maior que o apresentado no ano passado. $ Em 2012, Companhia apresentou prejuízo líquido de R$ 6,3 milhões, em comparação ao lucro líquido de R$ 9,6 mm no ano de 2011, apesar do 2º semestre de 2012 ter apresentado um lucro de R$ 1,2 milhão, sendo R$ 2,2 milhões referentes ao. 4

5 Indicadores Hoteleiros / Financeiros Indicadores Hotelaria Receita Operacional Bruta Hoteleira por Tipo de Receita (R$ Milhões e Part. em %) Composição da Receita Bruta (R$ MM) 60,2 47,4 70,5 56,6 197,1 61,4 245,9 71,6% 72,9% 70,4% 72,3% 70,3% 70,5% 72,8% 25,3% 24,6% 23,9% 21,8% 23,5% 22,7% 25,3% 3,8% 8,9% 4,5% 5,6% 5,3% 4,2% 4,4% 3T11 2T12 3T12 Tx. Adm. A&B Hospedagem Em 2012, a diária média apresentou crescimento de 13,5% em relação a 2011, atingindo R$ 260,9, e impactou positivamente o RevPar, que cresceu 7,8% no mesmo período, mais que compensando a queda da taxa de ocupação média em 3,3 p.ps. Na comparação entre os trimestres, o crescimento do RevPar foi de 10,6%, com uma diária média no de R$ 267,5, 11,8% maior do que no. O aumento na diária média é consequencia dos investimentos em melhorias nos hotéis da BHG e ao melhor mix de vendas. Em 2012, a Receita Bruta totalizou R$ 245,9 mm, apresentando um crecimento de 24,8% em relação a No, a receita atingiu R$ 70,5 mm, 17,0% superior ao apresentado no. O aumento na Receita Bruta ano contra ano pode ser atribuido, principalmente, ao aumento sustentável do RevPar, com reajustes constantes na diária média, além da entrada do Royal Tulip Rio de Janeiro, que apresentou receita bruta de R$ 46,2 mm em 2012 contra R$ 11,8 mm em

6 Receita Operacional Líquida (R$ MM) Custos dos Serviços (R$ MM) e part. (%) sobre a ROL 53,8 64,7 176,6 224,2 29,9% 26,5% 30,5% 27,6% 61,8 16,1 17,2 53,9 Ao final de 2012, a Receita Líquida atingiu R$ 224,2 mm, com um crescimento de 27,0% em relação ao ano passado. Em relação ao, a ROL foi R$ 64,7 mm ou 20,3% superior ao. Em termos absolutos, a Receita Líquida aumentou em R$ 47,6 milhões em relação a 2011, refletindo principalmente a consolidação no ano da receita líquida do Royal Tulip Rio de Janeiro no montante de R$ 42,0 milhões. Os Custos dos Serviços prestados totalizaram R$ 61,8 mm em 2012, 14,6% superior ao apresentado em 2011, em função do aumento nos custos de pessoal, com maior peso para a entrada de operação do Royal Tulip RJ. A participação dos custos dos serviços em relação a ROL, entretanto, apresentou queda de 2,9 p.ps ano contra ano e 3,4 p.ps na comparação entre os trimestres. A constante redução proporcional dos Custos em relação a ROL é reflexo do ganho de escala dos nossos empreendimentos, maior geração de receita, e a constante busca por melhorias na operação. 6

7 Resultado das Atividades (R$ MM) EBITDA (R$ mm) e Margem EBITDA (%) Hoteleiro 35,0% 35,3% 33,0% 33,4% 47,5 162,4 22,8 74,9 37,7 122,7 18,8 58,2 O Resultado das Atividades totalizou R$ 162,4 mm em 2012, um crescimento de 32,4% em relação ao ano passado, devido principalmente a melhora operacional dos hotéis da base, com destaque para os empreendimentos do Norte e Sudeste do país. Em 2012, O EBITDA Hoteleiro totalizou R$ 74,9 mm, 28,7% superior ao registrado em A margem EBITDA atingiu 33,4% no ano, 0,4 p.p superior ao ano passado. No, o EBITDA atingiu R$ 22,8 mm, 21,2% superior ao, apresentando margem de 35,3%. O crescimento do EBITDA Hoteleiro e Margem estão associados à melhora na performace dos hotéis da base, com maiores receitas de hospedagem e A&B. Além disso, a redução da participação dos custos e serviços prestados em relação ao ROL contribuiu para a melhora da margem apresentada. 7

8 Receita Líquida por Região (%) EBITDA Hoteleiro por Região (%) As principais regiões que apresentaram maior participação sobre a ROL da Companhia foram as regiões Sudeste (56%), Nordeste (18%) e Sul (15%), totalizando R$ 210,5 mm em A região Norte, responsável por 8,7% da ROL da Companhia, apresentou crescimento de 81,2% em relação ao ano passado em virtude dos investimentos e das aquisições de participação em hotéis da região, realizados pela BHG durante o ano de No ano de 2012, os hotéis da região Sudeste foram responsáveis por 62,2% do EBITDA Hoteleiro do ano, que somaram R$ 47,6 mm, um crescimento de 50,7% em relação a A região Norte, que representou 10,2% do EBITDA Hoteleiro em 2012, totalizou R$ 7,8 mm, apresentando crescimento de 84,1% em relação ao ano passado. 8

9 Despesas Corp. (R$ MM) e part. (%) sobre a ROL Despesa Desenv. Imobiliário Líquida (R$ MM) 9,2% 7,8% 10,1% 8,8% 1,8 5,9 5,5 5,5 21,7 1,6 5,2 19,9 As Despesas Corporativas totalizaram R$ 21,7 mm em 2012, apresentando um aumento de 9,3% em relação a No, essas despesas foram de R$ 5,5 mm, em linha com os valores apresentados no. Apesar do crescimento das despesas, devido a maior base de funcionários e ao reajuste salarial, comparando-se esse indicador com a receita bruta, verificamos que, a participação das despesas sobre a receita se reduziu em 1,3 p.ps., atingindo 8,8% versus 10,1% em 2011, o que é fundamental para o crescimento da BHG, cuja estratégia contempla o controle de custos e despesas. No ano de 2012 e, o resultado das atividades de desenvolvimento imobiliário da Companhia totalizou um saldo negativo de R$ 5,2 milhões e R$ 1,8 milhão, apresentando uma redução de 11,5% e aumento de 14,9% em relação a 2011 e, respectivamente. Essa redução no ano é reflexo dos menores gastos de marketing com lançamento de terrenos. Já o aumento no pode ser explicado pelo maior gasto com despesas para obtenção de licenças ambientais. 9

10 EBITDA (R$ MM) e Margem EBITDA (%) BHG 27,3% 31,1% 23,7% 29,2% 18,9 61,1 16,7 41,9 3,7 Lucro Líquido (R$ MM) 2,2 9,6 (6,3) Em 2012, o EBITDA Consolidado atingiu R$ 61,1 mm, um aumento de 45,9% em relação ao ano passado. A margem EBITDA no período foi de 27,3%, 3,6 p.ps superior ao obtido em No, o EBITDA Consolidado foi de R$ 18,9 mm, 13,0% superior ao, e com margem de 29,2%, inferior em 1,9 p.p no mesmo período. O crescimento do EBITDA em 2012 é reflexo principalmente da (i) entrada em operação do Royal Tulip Rio de Janeiro, que acrescentou ao EBITDA R$ 13,1 mm no ano, e (ii) da gradual melhora na margem, reflexo da gestão de custos da Companhia. No ano de 2012, atingimos um prejuízo líquido de R$ 6,3 milhões, em comparação ao lucro de R$ 9,6 milhões no ano de 2011, apesar do 2º semestre de 2012 ter apresentado um lucro de R$ 1,2 milhão. Os principais fatores que contribuíram para o resultado no ano, foram: (i) aumento do saldo negativo do resultado financeiro em R$ 15,9 mm; (ii) aumento da depreciação em R$ 12,8 mm; e (iii) reconhecimento apenas parcial das receitas do Rio Palace Hotel, que totalizaram R$ 13,1 em

11 22,8 1,7 (1,0) Gestão de Caixa (5,5) 35,7 60,7 (1,8) (6,4) (16,0) 34,8 3,5 set-12 Geração Rec.Alienação dos Hotéis de invest. Capital de Giro Gastos Holding Gastos Resultado Fin. CAPEX+ Des. Imob. Greenfield Impostos Captação Liq. de Empr. A posição de caixa e disponibilidades financeiras ao final do 2012 foi R$ 60,7 milhões, apresentando um aumento de R$ 25,9 milhões, ou 70,4%, em relação à posição do 3T12. Esse acréscimo ocorreu principalmente pela captação de empréstimo de R$ 70,0 milhões, através da emissão de debêntures realizada em dezembro de Além disso, houve também a contribuição da geração de caixa dos hotéis, que se comparado a março de 2012, vem apresentando uma evolução no crescimento de 59,9% (CAGR) ou R$ 3,4 milhões, em média, por trimestre. No acumulado do ano de 2012 essa geração de caixa dos hotéis somou R$ 72,8 milhões. dez-12 11

12 Dados Trimestrais Endividamento vs. 3T12 Reconciliação do Caixa Líquido (R$ mil) 3T12 Δ% Δ% vs. (+) Disponibilidades ,8% 47,0% (+) Caixa/Bancos ,4% 508,5% (+) Aplicações Financeiras ,2% -90,4% (+) Recebíveis por Alienação de Investimento ,3% 15,8% (-) Empréstimos e Financiamentos ( ) ( ) ( ) 12,2% 32,3% (-) Empréstimos (Dívida Bruta)¹ ( ) ( ) ( ) 12,7% 32,2% (-) Contas a pagar por aquisição de investimentos² (11.498) (11.369) (8.543) 1,1% 34,6% Caixa Líquido (Dívida Líquida) ( ) ( ) ( ) 3,6% 31,5% ¹ Inclui gastos com comissões - Debentures ² Contas a pagar por aquisição de investimentos¹ = Empréstimos relacionados com a aquisição de hotéis, no qual o vendedor financia parte da venda ( seller financing). Terminamos 2012 com uma Dívida Líquida de R$262,4 mm em razão de: (i) financiamento associado a novos investimentos; e (ii) rolagem/alongamento de linhas de curto prazo, bem como capital de giro entre os períodos. A dívida bruta totalizou R$ mm no período, um aumento de 32.2% em relação a O custo médio da dívida ao final 2012, ficou em 10,1% a.a., apresentando uma redução de 0,6 p.p se comparado a setembro de 2012 (10,7% a.a.), devido à captação de empréstimos com taxas menores às praticadas anteriormente. O prazo médio da dívida (maturity) foi de 5,7 anos em dezembro de

13 Perguntas e Respostas Participantes da Teleconferência Ricardo Levy (CFO & IRO) Contatos de RI: Ricardo Levy (IRO) Deborah Nunes (Coordenadora de RI) Pedro Yagelovic (Analista de RI) Telefone: (21) /

Teleconferência de Resultados 1T11

Teleconferência de Resultados 1T11 Teleconferência de Resultados 1T11 13 de Maio de 2011 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar

Leia mais

Teleconferência de Resultados. 3º Trimestre de 2010

Teleconferência de Resultados. 3º Trimestre de 2010 Teleconferência de Resultados 3º Trimestre de 2010 11 de Novembro de 2010 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia

Leia mais

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009 1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados 14 de Maio de 2009 Aviso Legal Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

Resultados 1º Trimestre 2015 13.05. Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015

Resultados 1º Trimestre 2015 13.05. Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015 Resultados 1º Trimestre 2015 13.05 Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015 RECEITA LÍQUIDA ATINGE R$ 68,5 MILHÕES NO 1T15, CRESCIMENTO DE 7,1% EM RELAÇÃO AO 1T14. EBITDA CONSOLIDADO ATINGE R$ 7,8 MILHÕES, QUEDA

Leia mais

Resultado do Quarto Trimestre e do Ano de 2012 28/02/2013

Resultado do Quarto Trimestre e do Ano de 2012 28/02/2013 e do Ano de 2012 28/02/2013 BHG segue apresentando forte crescimento das margens operacionais, com EBITDA Hoteleiro atingindo R$ 74,9 milhões em 2012, um acréscimo de 28,7% em relação a 2011, e com margem

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

CEO Conference Março 2009

CEO Conference Março 2009 CEO Conference Março 2009 Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações materiais

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T15

Apresentação de Resultados 1T15 Apresentação de Resultados 1T15 1 Destaques do Período Início da operação comercial de quatro parques do LEN A-3 2011 Início da operação comercial: 04 de março de 2015 Os outros 5 parques serão conectados

Leia mais

RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex)

RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex) RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex) 17 de fevereiro de 2012 GRUPO PÃO DE AÇÚCAR - RESULTADOS 4T11 E 2011 Enéas Pestana, Presidente do Grupo Pão de Açúcar 2 Evolução operacional

Leia mais

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 AVISO Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

RESULTADOS 2T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 26 de julho de 2011

RESULTADOS 2T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 26 de julho de 2011 RESULTADOS 2T11 Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades 26 de julho de 2011 DESTAQUES DO 2T11 Impacto macroeconômico > IPCA 12 meses: +6,7% > Crescimento real GPA Alimentar: +2,3% > Aumento taxa Selic

Leia mais

EARNINGS RELEASE 3T12 13/11/2012

EARNINGS RELEASE 3T12 13/11/2012 13/11/2012 A BHG apresenta sólidas margens operacionais no 3T12, onde EBITDA Consolidado atingiu R$ 17,2 milhões, com crescimento de 62,7% em relação ao 3T11. A margem EBITDA foi de 30,3%, um crescimento

Leia mais

RESULTADOS 2T12. 24 de julho de 2012

RESULTADOS 2T12. 24 de julho de 2012 RESULTADOS 2T12 Grupo Pão de Açúcar 24 de julho de 2012 RESULTADO GPA CONSOLIDADO 2T12 Inclui empreendimentos imobiliários Exclui empreendimentos imobiliários Vendas Brutas Cresc. mesmas lojas vs 2T11

Leia mais

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Teleconferência Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Aviso Legal Este documento contém declarações futuras, que podem ser identificadas por palavras como espera, pretende, planeja, acredita, procura, estima

Leia mais

RESULTADOS 3T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 4 de novembro de 2011

RESULTADOS 3T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 4 de novembro de 2011 RESULTADOS 3T11 Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades 4 de novembro de 2011 ELETRO GPA ALIMENTAR AGENDA RESULTADOS Supermercados Proximidade Atacarejo Postos e Drogarias Hipermercado Lojas Especializadas

Leia mais

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A.

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. BRF RESULTADOS 2T14 Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. As declarações contidas neste relatório relativas à perspectiva dos negócios da Empresa,

Leia mais

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados Resultados do 2T09 Teleconferência de Resultados Destaques do 2T09 2 Destaques do 2T09 em linha com a estratégia geral da Companhia Nossas conquistas do 2T09 são refletidas nos resultados da Companhia

Leia mais

Resultados 2005 Resultados 2005

Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 1T06 Bovespa: RSID3 NYSE (ADR): RSR2Y Receita Líquida alcança R$ 85,2 milhões VGV totaliza R$ 94,3 milhões Vendas contratadas crescem 63% São Paulo, 11 de maio

Leia mais

4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados. 13 de Fevereiro de 2008

4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados. 13 de Fevereiro de 2008 4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados 13 de Fevereiro de 2008 Aviso Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T08. 19 de Maio de 2008

Apresentação de Resultados 1T08. 19 de Maio de 2008 Apresentação de Resultados 1T08 19 de Maio de 2008 Agenda A Companhia Resultados Operacionais Resultados Financeiros 2 Operação Virtual Canal Lojas A Companhia Globex S.A. Globex Utilidades S.A.: operadora

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação 3T08 Apresentação de Resultados José Carlos Aguilera (Diretor Presidente e de RI) Eduardo de Come (Diretor Financeiro) Marcos Leite (Gerente de RI) Destaques do Período Contexto de crise no

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de

Leia mais

Resultados 1T07 10 de maio de 2007

Resultados 1T07 10 de maio de 2007 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 102% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 32% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 1T07. As demonstrações financeiras da Companhia são elaboradas

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

Release de Resultados 4T06

Release de Resultados 4T06 Release de Resultados 4T06 Em 2006, Lançamentos aumentaram 118% e Vendas Contratadas subiram 69% O EBITDA Ajustado subiu 66% e o Lucro Líquido Ajustado aumentou 35% em 2006 Rio de Janeiro, 14 de Março

Leia mais

CORPO- RATIVO e M&A FINAN- CEIRO & RI. Para mais informações, acesse: www.bhg.net PARA DIVULGAÇÃO IMEDIATA

CORPO- RATIVO e M&A FINAN- CEIRO & RI. Para mais informações, acesse: www.bhg.net PARA DIVULGAÇÃO IMEDIATA PARA DIVULGAÇÃO IMEDIATA BHG - Resultados do Terceiro Trimestre de 2010 (3T10) BHG apresenta Receita Líquida de R$35,3MM e EBITDA do segmento hoteleiro recorde de R$10,8MM no 3T10 São Paulo, 10 de novembro

Leia mais

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012 Resultados 2T12 FLRY 3 Agosto / 2012 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos,

Leia mais

EARNINGS RELEASE 4T10 e 2010

EARNINGS RELEASE 4T10 e 2010 BHG termina 2010 com EBITDA Hoteleiro recorde de R$ 34,8 milhões, com crescimento de 80,3% em relação ao de 2009. Em 2010, o EBITDA Consolidado da BHG se torna positivo, atingindo a marca de R$ 10,7 milhões.

Leia mais

Resultado do 2 Trimestre de 2013 13/08/2013

Resultado do 2 Trimestre de 2013 13/08/2013 Resultado do 2 Trimestre de 2013 No 1º semestre a BHG atingiu uma receita líquida de R$ 112,9 milhões, um acréscimo de 9,3% e um EBITDA hoteleiro de R$ 36,4 milhões, uma alta de alta de 12,2%, em relação

Leia mais

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos.

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos. São Paulo, 13 de maio de 2013 - A Unidas S.A. ( Companhia ou Unidas ) anuncia os seus resultados do primeiro trimestre de 2012 (). As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto

Leia mais

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p.

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. No 1T15, a receita líquida totalizou R$ 5,388 bilhões, estável em relação ao 1T14 excluindo-se

Leia mais

LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2014

LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2014 Rio de Janeiro, 15 de maio de 2014. LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2014 Desempenho Operacional O total de venda, líquida da compra de energia, no primeiro trimestre de 2014 foi equivalente a 1.264,1

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS RECEITA LÍQUIDA 300,1 361,1 20,3% EBITDA AJUSTADO 56,5 68,7 21,6% MARGEM EBITDA AJUSTADO 1 17,9% 18,4% 0,5 p.p. LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Leia mais

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos.

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos. São Paulo, 14 de maio de 2012 - A Unidas S.A. anuncia os seus resultados do primeiro trimestre de 2012 (). As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto quando indicado o contrário.

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013(1T13)

RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013(1T13) LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014 Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2014 Destaques do Expressivo crescimento em vendas mesmas lojas (25,4%) com rentabilidade Crescimento da receita líquida total: 28,5% versus 1T13 R$2,3 bilhões

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T13 e 2013

Teleconferência de Resultados 4T13 e 2013 Teleconferência de Resultados 4T13 e 2013 14 de fevereiro de 2014 13h00 (Brasília) / 10h00 (US EST) Português: +55 (11) 2188-0155 Inglês: +1 (646) 843-6054 Código de Acesso: Marisa Nota de Ressalva E s

Leia mais

Resultados 4º Trimestre 2014 24.03. Rio de Janeiro, 24 de março de 2015

Resultados 4º Trimestre 2014 24.03. Rio de Janeiro, 24 de março de 2015 Resultados 4º Trimestre 2014 24.03 Rio de Janeiro, 24 de março de 2015 EBITDA CONSOLIDADO ATINGE R$ 22,2 MILHÕES NO 4T14, MARGEM DE 27,4% E CRESCIMENTO DE 10,9% EM RELAÇÃO AO 4T13. Em 2014, SOB FORTE INFLUÊNCIA

Leia mais

LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2013

LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2013 Rio de Janeiro, 10 de maio de 2013. LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2013 Desempenho Operacional LIGHT ENERGIA (GWh) 1T13 1T12 % Venda no Ambiente de Contratação Regulada 263,7 1.052,0-74,9% Venda no

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A. LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

Desempenho Econômico- Financeiro 1T15

Desempenho Econômico- Financeiro 1T15 Desempenho Econômico- Financeiro 1T15 Mensagem da Administração Senhores (as) Acionistas: Conforme mencionado no final do exercício de 2014, concluímos com pleno sucesso o processo que converteu em capital

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T11

Apresentação de Resultados 2T11 Apresentação de Resultados 2T11 Aviso Legal Aviso Legal Encontra-se em curso a distribuição pública inicial primária e secundária de certificados de depósitos de ações ( Units ) de emissão da Abril Educação

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS (R$ MILHÕES) 3T13 3T14 Var.% 9M13 9M14 Var.% RECEITA LÍQUIDA 315,8 342,8 8,5% 858,4 937,5 9,2% EBITDA AJUSTADO¹ 67,1 78,3 16,7% 157,5

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

Earnings Release 1T15

Earnings Release 1T15 Santo André, 05 de maio de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

Resultados do 2T10 28 de julho de 2010

Resultados do 2T10 28 de julho de 2010 Resultados do 2T10 28 de julho de 2010 Aviso Os comentários apresentados a seguir sobre o desempenho operacional e financeiro do Grupo Pão de Açúcar (GPA) referem-se aos seguintes números: (i) consolidados

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 Resultados 1T15 www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float,

Leia mais

Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011. Agosto, 2011

Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011. Agosto, 2011 Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011 Agosto, 2011 2 Destaques Operacionais DESTAQUES OPERACIONAIS DO 2T11 & 1S11 2T11 LANÇAMENTOS PRO RATA PDG ALCANÇARAM R$2,05 BILHÕES NO 2T11, REPRESENTANDO

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15 Santo André, 05 de Agosto de 2015: CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Rio de Janeiro, 10 de março de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (Bovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação

Leia mais

Resultados 2T10. Villa Flora Segmento Econômico

Resultados 2T10. Villa Flora Segmento Econômico Resultados 2T10 Villa Flora Segmento Econômico 1 Resultados 2T10 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base

Leia mais

Abertura e Destaques 4T09 e 2009

Abertura e Destaques 4T09 e 2009 25 de Março de 2010 Abertura e Destaques 4T09 e 2009 Comentário de Abertura CEO Ricardo Valadares Gontijo Breve Histórico IPO Mercado em 2009: Programa Minha Casa, Minha Vida Estratégia Crescimento da

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012 Apresentação de Resultados 4T11 1º de Março de 2012 Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Operação em 4 países: Brasil, Colômbia, Argentina e Peru Líder na América Latina em serviços de relacionamento com consumidores

Leia mais

Itautec S.A. Grupo Itautec. Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013

Itautec S.A. Grupo Itautec. Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013 Itautec S.A. Grupo Itautec Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013 Sumário Executivo a mudança no cenário macroeconômico do Brasil (desvalorização cambial, redução das taxas

Leia mais

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ).

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 25 de Outubro de 2005. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). (Os

Leia mais

Resultados do 1 Trimestre de 2007. GVT (Holding) S.A.

Resultados do 1 Trimestre de 2007. GVT (Holding) S.A. Resultados do 1 Trimestre de 2007 GVT (Holding) S.A. RECEITA LÍQUIDA DA GVT CRESCE 25,2% E EBITDA AJUSTADO ATINGE CRESCIMENTO DE 38,6% NO 1T07 Durante o 1T07 a GVT completou seu IPO que atingiu um acréscimo

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T14

Apresentação de Resultados 1T14 Apresentação de Resultados 1T14 15 de Maio de 2014 Destaques do 1T14 O aluguel nas mesmas lojas (SSR) continuou a reportar crescimento de dois dígitos no 1T14, aumento de 10,1% comparado ao 1T13 As vendas

Leia mais

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores Resultados 3T10 e 9M10 12/11/2010 > Relações com Investidores 1 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base e

Leia mais

Divulgação de Resultados do 4T13 e 2013

Divulgação de Resultados do 4T13 e 2013 R$ milhões R$ milhões R$ milhões R$ milhões Divulgação de Resultados do 4T13 e 2013 As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto quando indicado o contrário e, a partir de 2011,

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 30

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE 2009 E DO 4T09. 24 de Março 2010

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE 2009 E DO 4T09. 24 de Março 2010 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE 2009 E DO 4T09 24 de Março 2010 Destaques Financeiros e Operacionais de 2009 e do 4T09 As vendas nos Shopping Centers da Companhia tiveram um crescimento no ano de 14,1%; Taxa

Leia mais

POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15. 17 de agosto de 2015

POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15. 17 de agosto de 2015 POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15 17 de agosto de 2015 Seção I Destaques & Conjuntura Positivo Informática registra crescimento de 3,1% na receita líquida no varejo no 2T15 Mesmo em um trimestre de

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 3T15 10 de novembro de 2015 Magazine Luiza Destaques do 3T15 Vendas E-commerce Ganho de participação de mercado com aumento da margem bruta Receita bruta consolidada de R$2,4

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2012 - HOTEIS OTHON SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2012 - HOTEIS OTHON SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015

RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015 RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015 Aviso Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

Agora, gostaríamos de passar a palavra ao Sr. Marcos Levy, Diretor Presidente, que iniciará a apresentação. Por favor, Sr. Levy, pode prosseguir.

Agora, gostaríamos de passar a palavra ao Sr. Marcos Levy, Diretor Presidente, que iniciará a apresentação. Por favor, Sr. Levy, pode prosseguir. Operadora: Bom dia e obrigada por aguardarem. Sejam bem vindos à teleconferência da Brascan para a discussão dos resultados referentes ao 1T07. Estão presentes hoje conosco o senhor Marcos Levy, Diretor

Leia mais

CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX. Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009.

CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX. Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009. CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009. 1 DRE PRO-FORMA Com objetivo de haver comparabilidade na análise de resultados, os comentários de

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T05

Divulgação de Resultados 3T05 Localiza Anuncia EBITDA de R$70,8 milhões no 3T05 Receita Líquida cresce 49,1% e EBITDA cresce 31,1% Belo Horizonte, 8 de novembro de 2005 - A Localiza Rent A Car S.A. (Bovespa: RENT3), a maior rede de

Leia mais

Apresentação dos Resultados do 1T14

Apresentação dos Resultados do 1T14 Apresentação dos Resultados do 1T14 Destaques do 1T14 A Companhia registrou no 1T14 uma receita líquida de R$232,9 milhões, um crescimento de 3% comparado ao 1T13, quando a mesma totalizou R$225,9 milhões.

Leia mais

Apresentação dos Resultados 3T06

Apresentação dos Resultados 3T06 Apresentação dos Resultados 3T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados do 4T14 BHG (BHGR3 BZ) 27 de março de 2015. Luiz Felipe de Sá:

Transcrição da Teleconferência Resultados do 4T14 BHG (BHGR3 BZ) 27 de março de 2015. Luiz Felipe de Sá: Bom dia, senhoras e senhores. Sejam bem-vindos à teleconferência dos resultados referentes ao 4T14 da BHG S.A. Brazil Hospitality Group. Hoje temos a presença do Sr. Eduardo de Salles Bartolomeo, CEO,

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 São Paulo, 07 de Novembro de 2005 - O Submarino S.A. (Bovespa: SUBA3), empresa líder dentre aquelas que operam exclusivamente no varejo eletrônico

Leia mais

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009 Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008 www.unianhanguera.edu.br 4T08 Ricardo Scavazza Vice Presidente Operacional e Relações com Investidores

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Apresentação a Investidores. 4 de Dezembro de 2009

Apresentação a Investidores. 4 de Dezembro de 2009 Associação com Casa Bahia Apresentação a Investidores 4 de Dezembro de 2009 1 Considerações Iniciais Esta apresentação foi preparada para permitir uma melhor compreensão dos detalhes da operação pelo mercado.

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T06 / 2006

Apresentação de Resultados 4T06 / 2006 Apresentação de Resultados 4T06 / 2006 16 de Março de 2007 1 / 17 Visão Geral da São Carlos Rolando Mifano Presidente 2 / 17 Visão Geral da São Carlos A São Carlos é uma das principais empresas de investimentos

Leia mais

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO A QGEP Participações iniciou o ano de 2011 com uma sólida posição financeira. Concluímos com sucesso a nossa oferta pública inicial de ações em fevereiro, com uma captação líquida

Leia mais

REDE DE ENSINO LFG AGENTE E ESCRIVÃO PF Disciplina: Noções de Contabilidade Prof. Adelino Correia Aula nº09. Demonstração de Fluxo de Caixa

REDE DE ENSINO LFG AGENTE E ESCRIVÃO PF Disciplina: Noções de Contabilidade Prof. Adelino Correia Aula nº09. Demonstração de Fluxo de Caixa REDE DE ENSINO LFG AGENTE E ESCRIVÃO PF Disciplina: Noções de Contabilidade Prof. Adelino Correia Aula nº09 Demonstração de Fluxo de Caixa Demonstração de Fluxo de Caixa A partir de 28.12.2007 com a publicação

Leia mais

GERDAU S.A. Informações consolidadas 1T09 07/05/09

GERDAU S.A. Informações consolidadas 1T09 07/05/09 Visão Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. Missão A Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que busca satisfazer as necessidades dos clientes e criar valor para os

Leia mais

Destaques Financeiros e Operacionais Consolidados

Destaques Financeiros e Operacionais Consolidados nte São Paulo, 7 de maio de 2010 A General Shopping Brasil S/A [BM&FBovespa: GSHP3], empresa com expressiva participação no mercado de shoppings centers do Brasil, anuncia hoje seus resultados do primeiro

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A. Resultados 2T15 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação

Leia mais

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015 Resultados 1T15 08 de maio de 2015 2 Principais destaques do 1T15 Crescimento da receita líquida de 23%, sendo de 2 dígitos em todas unidades de negócio no comparativo ano vs. ano, favorecidas por 83%

Leia mais

Resultado 1T12. Resultados 2T12 / 1S12

Resultado 1T12. Resultados 2T12 / 1S12 Resultado 1T12 Resultados / 1S12 15 de agosto de 2012 Eventos Extraordinários Correção da Baixa de Inventário de Anos Anteriores (R$ 20,3 milhões) Destruição de Obsoletos (R$ 34,4 milhões) (+) (-) (-)

Leia mais

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 BRASIL BROKERS Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 2009 Brasil 2009 Brokers Brasil Todos Brokers os Direitos Todos os Reservados Direitos Reservados Esta apresentação não constitui uma oferta,

Leia mais

Teleconferência de Resultados. Desempenho do 4T 2013 e de 2013. MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 MAHLE

Teleconferência de Resultados. Desempenho do 4T 2013 e de 2013. MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 MAHLE Teleconferência de Resultados Desempenho do 4T 2013 e de 2013 MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 Destaques 2013 Receita Líquida de Vendas de R$ 2.393,8 milhões em 2013,

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Crise não afeta lucratividade dos principais bancos no Brasil 1 Lucro dos maiores bancos privados

Leia mais

Release de Resultados - 4T11 2011

Release de Resultados - 4T11 2011 Release de Resultados - 4T11 2011 Cyrela gera caixa operacional de R$ 130 milhões (1) no 4T11 São Paulo, 26 de março de 2012 - A Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações ( CBR ou Companhia

Leia mais

NUTRIPLANT ON (NUTR3M)

NUTRIPLANT ON (NUTR3M) NUTRIPLANT ON (NUTR3M) Cotação: R$ 1,79 (18/06/2014) Preço-Alvo (12m): R$ 2,10 Potencial de Valorização: 18% 4º. Relatório de Análise de Resultados (1T14) Recomendação: COMPRA P/L 14: 8,0 Min-Máx 52s:

Leia mais

RESULTADO OPERACIONAL RECORDE EM 2002

RESULTADO OPERACIONAL RECORDE EM 2002 Para mais informações, contatar: Luciana Paulo Ferreira CSN - Relações com Investidores 1 2586 1442 luferreira@csn.com.br www.csn.com.br RESULTADO OPERACIONAL RECORDE EM 20 (Rio de Janeiro, Brasil, 26

Leia mais

Earnings Release 1s14

Earnings Release 1s14 Earnings Release 1s14 1 Belo Horizonte, 26 de agosto de 2014 O Banco Bonsucesso S.A. ( Banco Bonsucesso, Bonsucesso ou Banco ), Banco múltiplo, de capital privado, com atuação em todo o território brasileiro

Leia mais

Apresentação dos resultados do 4T09 & 2009. Março/2010

Apresentação dos resultados do 4T09 & 2009. Março/2010 Apresentação dos resultados do & Março/2010 Destaques & DESTAQUES OPERACIONAIS DO E VENDAS CONTRATADAS LÍQUIDAS ATINGIRAM R$753 MILHÕES NO E R$2,67 BILHÕES EM, REPRESENTANDO UM CRESCIMENTO DE 47% EM RELAÇÃO

Leia mais

RESULTADOS BRASIL BROKERS

RESULTADOS BRASIL BROKERS RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2010 Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro instrumento financeiro,

Leia mais

Teleconferência 16/05/2011

Teleconferência 16/05/2011 Teleconferência Resultados 1T11 16/05/2011 2 PALESTRANTES IAN MONTEIRO DE ANDRADE Diretor de Finanças e Relações com Investidores MAURÍCIO TAVARES BARBOSA Diretor de Incorporação (Diretor Presidente interino)

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T13

Apresentação de Resultados 4T13 Apresentação de Resultados 4T13 27 de Fevereiro de 2014 Destaques de 2013 O lucro líquido foi de R$ 74,6 milhões no 4T13, aumento de 165% sobre 4T12. Em 2013, o lucro líquido totalizou R$ 226,0 milhões,

Leia mais