Deloitte CrCt Manual - Prestador v1.5

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Deloitte CrCt Manual - Prestador v1.5"

Transcrição

1 Deloitte CrCt Manual - Prestador v1.5 BR Tax COE

2 O objetivo deste manual, é orientar o usuário do perfil Prestador do sistema Deloitte CrCt, na correta utilização de todos os recursos disponíveis. Este perfil permite o gerenciamento dos seus contratos, carga de documentos, cadastro de funcionários que atuam nas dependências da Vale, bem como a avaliação mensal do cumprimento das obrigações trabalhistas e previdenciárias. A gestão dos contratos de terceiros é realizada pela Deloitte Touche Tohmatsu.

3 Conteúdo Controle de Acesso 2 Como entrar no sistema 2 Login 2 Ajuda 2 Recuperação de senha 2 Primeiro acesso 3 Dashboard 4 Gerenciando informações 4 Carregando o Dashboard 4 Carga de documentos 6 Carregando arquivos 6 Carregando arquivos da competência individualmente 6 Carregando arquivos da competência em lote 7 Carregando arquivos da competência em lote Classificando arquivos 8 Competência sem prestação de serviços 9 Enviando arquivos da competência para análise 10 Considerações sobre carga de arquivos 11 Pendências 13 Gerenciamento de pendências 13 Dashboard 13 Carga de documentos pendentes 13 Carga de documentos pendentes - Detalhes 14 Carga de documentos pendentes - Inconsistências 14 Carga de documentos pendentes Enviando arquivo 15 Funcionários 16 Gerenciando funcionários 16 Cadastrando funcionários individualmente 16 Cadastrando funcionários em lote 17 Editando informações dos funcionários 19 Suporte 22 Suporte ao sistema 22 1

4 Controle de Acesso Como entrar no sistema Login Para ter acesso ao sistema Deloitte CrCt, o usuário deverá ser cadastrado pelo Backoffice da Deloitte, logo que realizada a reunião inicial, onde são fornecidos todos os dados do Prestador de serviços e de seus representantes. Cada Prestador poderá ter até dois usuários do sistema, sendo um denominado Preposto, e o segundo opcional denominado Executor. Depois de cadastrado, o usuário receberá informando link de internet com endereço do sistema e senha temporária de acesso. Com os dados para acesso em mãos, o usuário utilizará o formulário abaixo: Usuário ( ) Ajuda Senha Ajuda O item Ajuda do sistema, permite ao usuário ter acesso aos recursos necessários à utilização do sistema, manual, apresentação, planilha de efetivos, book de documentos, modelo de declaração e ao recurso de alteração e recuperação de senha. Recuperação de senha Caso tenha esquecido a senha de acesso ao sistema, o usuário poderá ter acesso ao recurso de recuperação de senhas, acessando o menu Ajuda/Esqueci minha senha e seguir os procedimentos conforme modelo abaixo: Usuário ( ) Código numérico da imagem à direita 2

5 Primeiro acesso Se o usuário estiver utilizando o sistema pela primeira vez, será exibido o formulário abaixo, solicitando a troca de senha. Esta troca de senha é necessária por questões de segurança. Informe a nova senha e repita para confirmar Ainda no primeiro acesso, após a troca de senha, o usuário deverá preencher o Termo de Conclusão de Curso. Neste termo, o usuário assume estar apto para operar o sistema, sem que haja qualquer prejuízo ao processo de análise das suas obrigações perante a Vale. O usuário obtém aptidão para utilizar o sistema através de treinamento presencial, ou através do estudo deste manual e do apoio da apresentação do sistema (ambos disponíveis no menu Ajuda ). Ao preencher o termo, deve-se informar que tipo de treinamento teve, e em que data ocorreu. Após preencher o manual, o sistema ficará disponível para utilização. Tipo de treinamento Data em que realizou o treinamento Não tente operar o sistema sem que esteja devidamente preparado, você poderá comprometer o processo de análise de sua empresa. 3

6 Dashboard Gerenciando informações O formulário de Dashboard é uma área que permite o gerenciamento de todas as informações inerentes aos contratos, unidades do contrato e empresas vinculadas (o próprio Prestador e as subcontratadas se houverem). Perguntas Frequentes Dados do usuário conectado Filtros para consulta Check list da competência correspondente Quadro de Avisos Carregando o Dashboard Para visualizar a situação de determinado contrato, unidade e empresa, o usuário deve: 1. Informar o número do contrato correspondente e clicar na lupa para pesquisar, caso não saiba o número do contrato, poderá deixar o campo de contrato em branco e clicar na lupa de pesquisa, desta forma serão exibidos todos os contratos pertencente ao Prestador. Depois de listado(s) o(s) contrato(s) correspondente(s), deve-se clicar sobre o número do contrato para que sejam listadas as unidades atendidas por ele; Nº do Contrato Clique aqui para pesquisar Clique sobre o nº do contrato para selecioná-lo 4

7 2. Selecionar a unidade correspondente; Clique sobre a unidade 3. Selecionar a empresa correspondente Se prestador será exibido um P, se subcontratada, S Clique sobre a empresa Selecionadas estas informações, ao lado direito do formulário serão exibidos até dois painéis, Checklist da Competência e Pendências. O painel de checklist da competência listará todos os documentos em uma listagem única - que o prestador precisa carregar na competência em questão, inicial, mensal ou final. O painel de pendências somente será exibido se o prestador possuir documentos de competências anteriores que estão em atraso ou com algum tipo de não conformidade. Para ter acesso ao formulário que permite carregar documentos, basta clicar sobre o botão Ir para a página de envio dos documentos. Clique aqui para ir para a tela de carga de documentos Lista de documentos Sempre que exibido o ícone com o M, ao clicar será exibido o modelo do documento correspondente Para saber se o arquivo de um documento já foi carregado, o ícone com o clips estará verde Neste ícone é exibido o status do documento: Cinza não analisado; Verde analisado e conforme; Vermelho analisado e não conforme 5

8 Carga de documentos Carregando arquivos Carregando arquivos da competência individualmente Este formulário exibe todos os documentos que o prestador precisa submeter para análise, na competência correspondente. Serão exibidos documentos referentes às etapas inicial, mensal e/ou final quando for o caso, todos em uma lista única. Os documentos da etapa inicial serão exibidos sempre que for início de um contrato, e também quando qualquer destes documentos estiver com data de validade vencida. As validades dos documentos são atribuídas pela Deloitte, durante o processo de análise. Para os documentos que não se aplicam à empresa, deve-se clicar na opção de Não se aplica, do documento correspondente. Quando em determinada competência não houver prestação de serviço para a Vale, o prestador deverá selecionar o item Não houve prestação de serviços nas instalações da Vale, dentro da competência selecionada. Dados da empresa, contrato e unidade selecionados Exercício correspondente Lista de documentos para carregar Se não houver prestação de serviços na competência, clique aqui. Se o documento não se aplica, clique aqui e informe a justificativa no espaço correspondente No formulário acima, o usuário poderá enviar os arquivos individualmente para cada um dos documentos. Para isso, deverá clicar no botão Adicionar que está posicionado na linha do documento desejado, e selecionar o arquivo correspondente, conforme imagem abaixo. Carregados os arquivos desejados, deverá clicar no botão Gravar. 6

9 Ao gravar os arquivos que foram adicionados, será exibido o formulário abaixo, onde o usuário poderá gerenciar todos os documentos que já foram carregados até o momento, quais ainda faltam, ou simplesmente enviar para análise. Caso ainda não tenha efetuado a carga de todos os documentos, poderá clicar no botão Adicionar mais arquivos e retornar ao formulário de carga de documentos. É importante citar que ao clicar no botão Enviar para análise, será gerado protocolo correspondente em que o sistema armazenará internamente quais documentos foram enviados para análise. A partir deste momento, o usuário não poderá mais adicionar arquivos no período disponível (documentação da competência, pendências) e cadastrar/atualizar os dados dos funcionários. Clique em uma das abas para consultar os documentos por status Clique aqui para voltar à tela de carga de documentos Use estas opções para visualizar ou excluir os arquivos Para enviar para análise, clique aqui Carregando arquivos da competência em lote Este recurso permite ao usuário maior agilidade para a carga de documentos. Nele, o usuário poderá carregar vários arquivos simultaneamente (com uso de arquivo compactado), assim como permitir a classificação dos tipos de documento automaticamente pelo sistema, caso faça uso da regra de nomeação padrão de arquivos (será explicado no tópico Considerações sobre carga de arquivos ). Para ter acesso à carga de documentos em lote, o usuário deverá clicar na aba Envio de documentos em lote. Clique aqui para adicionar o arquivo compactado Carregado o arquivo, o usuário deverá clicar no botão Gravar, conforme imagem a seguir. 7

10 Arquivo carregado, pronto para gravar Para gravar o arquivo, clique aqui Carregando arquivos da competência em lote Classificando arquivos Após gravar o arquivo compactado da carga em lote, o usuário terá acesso à tela de classificação de arquivos. Nesta tela, serão exibidos todos os arquivos que foram identificados dentro do arquivo compactado gravado com o recurso acima (o sistema automaticamente descompacta o arquivo para identificar o conteúdo). Se o usuário já tiver nomeado o(s) arquivo(s) conforme nomenclatura padrão (será explicado no tópico Considerações sobre carga de arquivos ), o sistema automaticamente vincula o arquivo identificado ao documento correspondente. Caso contrário, os documentos que não foram identificados ficarão disponíveis na pasta Não identificado, neste caso o usuário precisará vincular manualmente ao documento correspondente através do recurso Mover para, localizado logo acima da lista de documentos do lado direito da tela. Após vincular todos os arquivos carregados, o usuário precisará clicar no botão Gravar para concluir o procedimento, é esta ação que garante que os arquivos ficarão fisicamente associados ao documento correspondente. Pastas de classificação de arquivos (não identificados e documentos) Para mover manualmente os arquivos não identificados, clique no arquivo e selecione o documento aqui Lista de arquivos na pasta selecionada Para confirmar a classificação efetuada, clique aqui 8

11 Após gravar o arquivo o usuário será direcionado para a tela seguinte onde poderá visualizar os documentos que carregou e enviá-los para análise. Clique aqui para enviar para análise. Competência sem prestação de serviços Nos meses em que não houver prestação de serviços nas dependências da Vale, as empresas deverão utilizar de recurso previsto na tela de carga para a devida justificativa. Deverá clicar na opção Não houve prestação de serviços nas dependências da Vale, dentro da competência selecionada e enviar declaração correspondente (esta declaração está disponível para download nesta mesma tela e também no menu Ajuda ). Para concluir o procedimento, deverá enviar para análise. Clicar aqui para indicar não prestação de serviços na competência Forneça a declaração correspondente Clique aqui para enviar para análise OBS: Utilize esse recurso somente se houver a cobrança de documentos mensais. Documentos iniciais e finais cobrados anualmente ou por vencimento devem ser obrigatoriamente entregues, não devendo ser utilizado esse recurso. 9

12 Enviando arquivos da competência para análise Ao submeter arquivos para análise, o usuário não poderá carregar novos arquivos até que um novo ciclo esteja disponível. Ao clicar nesta opção, e a atualização dos funcionários não tiver sido realizada, o usuário será direcionado para a próxima tela onde será alertado sobre a necessidade de atualizar o cadastro de funcionários antes de prosseguir com o envio dos documentos, nesta mesma tela há a possibilidade de optar por prosseguir com o envio de documentos sem atualizar o cadastro de empregados ou até mesmo manter as informações de empregados da competência anterior. Retornar ao cadastro de funcionários Manter as informações da competência anterior Não realizar a manutenção do cadastro Caso o usuário escolha a opção 1 (hum) será direcionado para a tela de cadastro de empregados, a opção 02 (Dois) basta clicar em enviar para analise e recebera a mensagem de que caso envie para analise não poderá mais manipular os dados do cadastro ou anexar mais documentos naquela competência, a opção 03 (três) permite prosseguir com o envio de documentos e aplica-se a diretiva N.I (Não Informado). Após clicar em Enviar para Analise o usuário receberá um alerta de que não será mais possível manipular o cadastro ou anexar documentos, conforme a imagem a seguir. Ao confirmar-se o envio será exibido protocolo correspondente (veja imagem). O mesmo número de protocolo também será enviado por ao usuário conectado. Protocolo de envio de documentos Somente utilize a opção Enviar para análise, depois de carregar todos os arquivos. Após clicar nesta opção, os recursos de carga ficarão desabilitados para a competência correspondente, pendências de competências anteriores e 10 atualização de empregados.

13 Considerações sobre carga de arquivos Este tópico aborda alguns pontos que auxiliarão o usuário a ter um melhor aproveitamento dos recursos disponíveis no sistema. Documentos x Arquivos No sistema, cada documento poderá ter um único arquivo associado no momento da carga, portanto, caso se trate de algum documento em que o usuário precise enviar vários arquivos, será necessário agrupar todos os arquivos em um único arquivo criptografado.zip. Tipos de arquivo É regra do sistema, que os arquivos sejam enviados somente com os formatos devidamente autorizados. Arquivos editáveis (Word (.doc), Texto (.txt), Excel(.xls) etc), por exemplo, não são permitidos. O sistema possui recurso para filtrar os formatos carregados, permitindo somente os prédeterminados. Durante a análise, se for identificado qualquer arquivo fora do padrão permitido (dentro de arquivos compactados, por exemplo), o analista automaticamente marcará o documento como Não conforme, invalidando o que foi enviado. Os formatos permitidos são: -.ZIP; -.PDF; -.GIF; -.JPG; -.JPEG; -.PNG; -.TIFF. Tamanho dos arquivos Para maior eficiência e rapidez no envio dos arquivos, sugere-se que os arquivos sejam sempre compactados. Além disso, no caso de envio de imagens, sugere-se que sejam feitas imagens sempre com baixa resolução e sempre compactadas antes do envio. O maior beneficiário no envio de arquivos pequenos é o próprio usuário, já que a carga será muito mais rápida. Organizando arquivos Como mencionado, a cada documento deve-se associar somente um único arquivo, neste caso, é necessário que o usuário sempre crie um único arquivo por tipo de documento. Por exemplo, em enviar as imagens de 3 carteiras de trabalho, será necessário criar um único arquivo CTPS.ZIP (por exemplo) contendo as 3 carteiras, e associar este arquivo ao documento correspondente. Nomenclatura Padrão No procedimento de carga de documentos em lote, o usuário conta com uma ferramenta muito importante que é a identificação automática de arquivos. Aqui, cada documento que estiver identificado com a nomenclatura padrão, será automaticamente relacionado ao documento correspondente. Por exemplo, na carga em lote, o usuário enviará um único arquivo compactado (JANEIRO.ZIP, por exemplo). Este arquivo contem outros 3 arquivos (13SAL.ZIP, CNPJ.ZIP e GPS.ZIP, por exemplo). Ao carregar o arquivo JANEIRO.ZIP, o sistema automaticamente irá descompactar este arquivo e carregará os arquivos 13SAL.ZIP, CNPJ.ZIP e GPS.ZIP nos documentos correspondentes, sem necessidade de associação manual. Este recurso só funciona se os arquivos estiverem nomeados (nome principal do arquivo) com a tabela padrão de nomenclatura a seguir: Documento Nomenclatura Padrão 13º SALÁRIO 13SAL ACORDO (COLETIVO, BANCO DE HORAS, TURNOS ININTERRUPTOS, ETC) / CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO COM HOMOLOGAÇÃO NA DRT OU QUANDO HOUVER ALTERAÇÃO) ACORDOCOL APÓLICE DO SEGURO DE VIDA EM GRUPO AVISO DE FÉRIAS, RECIBO COMPROVANTE DE PAGAMENTO BANCÁRIO CARTAO DE PONTO/FOLHA DE PONTO E SALDO DE BANCO DE HORAS CARTAO DO CNPJ CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITO COM O FGTS (CRF - CERTIDÃO DE REGULARIDADE FGTS) CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITO DA RECEITA FEDERAL (PARA FINS PREVIDENCIÁRIOS) SEGVIDA AVISORECFERIAS CARTAOPONTO CNPJ CERTNEGFGTS CERTNEGRF 11

14 CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRABALHISTAS - CNDT COMPROVAÇÃO DE PAGAMENTO DE SALÁRIOS (DEPÓSITO BANCÁRIO E/OU RELAÇÃO DETALHADA EMITADA PELO BANCO) CONTRATO PLANO DE SAÚDE E ALTERAÇÕES CÓPIA DA NOTA FISCAL DESMOBILIZADOS E/OU DEMITIDOS NO MÊS (CÓPIA DE RESCISÃO CONTRATUAL, ASO DEMISSIONAL, AVISO DE DISPENSA, CARTÃO DE PONTO, DEMONSTRATIVO DE RECOLHIMENTO EXTRATO DO FAP FOLHA DE PAGAMENTO ESPECÍFICA POR ESTABELECIMENTO, REFERENTE À VALE (TOMADOR/OBRA) E RESPECTIVO RESUMO GERAL DA FOLHA DE PAGAMENTO GFIP/SEFIP COMPLETA (REFERENTE A VALE - TOMADOR OBRA) E GRF (GUIA DE RECOLHIMENTO DO FGTS E COMPROVANTE DE PAGAMENTO) GPS (GUIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL - INSS) E MEMÓRIA DE CÁLCULO GUIA DARF CÓDIGOS 2985 OU 2991 REFERENTE A DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO, QUANDO APLICÁVEL CND trabalhista COMPPAGSAL CONTPLANSAUDE COPIANF DOCDEMES EXTRATOFAP FOLPAGESTAB GRFGFIP GPS GUIADARF INSCRIÇÃO NO INSS (CEI - APLICÁVEL PARA OBRAS CIVIS) MOBILIZADOS NO MÊS (CÓPIA DE ASO ADMISSIONAL OU PERIÓDICO E CTPS ATUALIZADA) PLANO DE SAUDE - PAGTOS MENSAIS E RELAÇÃO DE BENEFICIÁRIOS SEGURO DE VIDA EM GRUPO: PAGAMENTO MENSAL E RELAÇÃO DE BENEFICIÁRIOS TERMO DE ENCERRAMENTO DA INSCRIÇÃO NO INSS (CEI) E CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS VALE ALIMENTAÇÃO / CESTA BÁSICA (PAGAMENTO MENSAL E LISTA DE BENEFICIÁRIOS) VALE REFEIÇÃO: PAGAMENTO MENSAL E LISTA DE EFETIVOS VALE-TRANSPORTE: PAGAMENTO MENSAL E LISTA DE EFTIVOS INSCINSS DOCADMMES PLANSAUDEMENSAL SEGVIDAGRUPO TERMOENCINSS VALEALIM VALEALIMPAGTO VALETRANSPAGTO 12

15 Pendências Gerenciamento de pendências Dashboard O Dashboard de pendências, somente será exibido se a empresa em questão, considerando contrato e unidade, possuir alguma pendência de documento. Será exibido o formulário abaixo que contém a lista de todos os documentos pendentes, por ordem descendente de competência. Lista de documentos pendentes e competência correspondente Clique aqui salvar as pendências em arquivo Excel Clique aqui para enviar documento pendente Carga de documentos pendentes O formulário de carga de documentos pendentes (abaixo), permite ao usuário visualizar todas as pendências selecionando o exercício e todas as competências correspondentes. Para ter acesso aos detalhes, inconsistências identificadas, comentários do analista, ações corretivas e opções para enviar comentários e enviar novo arquivo, o usuário deve clicar no botão Detalhes.... Clique aqui para selecionar o exercício Clique no mês correspondente para mudar a competência Clique aqui para acesso aos detalhes 13

16 Carga de documentos pendentes - Detalhes O formulário de detalhes da pendência permite ao usuário ter acesso a todos os dados que explicam a não conformidade do documento correspondente. Neste formulário será possível ao usuário enviar algum tipo de comentário ao analista, assim como enviar um novo arquivo para nova análise. Nome do documento Descrição do documento Competência do documento Lista de inconsistências Clique aqui para visualizar modelo do documento Clique nesta aba para enviar arquivo Clique aqui para enviar para nova análise Carga de documentos pendentes - Inconsistências A imagem abaixo exibe o detalhe de contido nas inconsistências identificadas pelos analistas, comentários efetuados e as ações corretivas correspondentes. Inconsistência Ação corretiva Comentário do analista Recurso para envio de comentário 14

17 Carga de documentos pendentes Enviando arquivo A imagem abaixo exibe o recurso que permite o envio de documento para uma nova análise, da pendência correspondente. Recurso para envio de arquivo Clique aqui para reenviar para análise Ao clicar em enviar para análise, será emitido protocolo para a pendência correspondente. Neste caso, sempre será emitido um protocolo para cada pendência enviada para análise (conforme imagem). O mesmo número de protocolo também será enviado por ao usuário conectado. Protocolo correspondente 15

18 Funcionários Gerenciando funcionários Para gerenciamento das informações dos funcionários que serão alocados para a prestação de serviços na Vale, o sistema permite tanto a manutenção individual quanto em lote destes funcionários, conforme imagem abaixo (cadastro de empregados, cadastro em lote e editar empregado). Cadastrando funcionários individualmente Este recurso destina-se àquelas empresas que possuem poucos funcionários que precisam ser cadastrados, ou para cadastros eventuais, dispensando o uso da planilha de efetivos. Para cadastrar um novo funcionário, o usuário deve primeiramente identificar o contrato, a unidade e a empresa correspondente. Em seguida fornecer todos os dados solicitados pelo sistema, conforme imagem abaixo. Selecione o contrato Informe os dados do empregado Selecione a unidade Selecione a empresa 16

19 Feitos os devidos preenchimentos dos campos do respectivo funcionário, o prestador deverá confirmar o cadastro, clicando em Gravar. Clique aqui para gravar os registros Cadastrando funcionários em lote Para agilizar o processo de cadastro e atualização de funcionários, pode-se utilizar o cadastro de funcionários em lote. Este recurso se utiliza de uma planilha Excel denominada Planilha de Efetivos, onde o prestador deve inserir todos os dados de todos os funcionários que pertencerão a determinado contrato, unidade e empresa, e efetuar o upload do arquivo. Caso qualquer informação obrigatória não tenha sido fornecida, ou não estiver devidamente validado, o programa de importação alertará o usuário para que identifique facilmente os registros com problema e permita que sejam corrigidos para efetuar uma nova importação ou, se o usuário preferir, poderá dar prosseguimento à importação dos registros que estiverem corretos, desprezando os incorretos. O primeiro passo para a carga em lote, é identificar o contrato e a unidade para qual os funcionários que serão carregados trabalharão. 17

20 Em seguida, deve-se selecionar na máquina do usuário, o arquivo excel correspondente (o modelo padrão deste arquivo fica disponível no recurso Ajuda, do formulário de acesso). Não será aceita outra planilha que não a disponível no menu Ajuda. No processo de carga, os dados da planilha serão validados. Caso sejam identificados registros que possuem informações obrigatórias pendentes, ou dados cujo valor é inválido (CPF, por exemplo), o registro ficará marcado para identificar que é um registro com problema. Neste momento o usuário pode corrigir a planilha, voltar à etapa anterior e carregar o arquivo novamente. Caso queira prosseguir com a importação, mesmo com registros com problemas, estes serão desprezados durante a importação dos dados para o cadastro de funcionários. Registros com problemas identificados Feitos os devidos ajustes na planilha, o usuário deverá efetuar uma nova carga da planilha e efetuar a gravação. 18

21 Clique aqui para gravar os registros corretos Efetuada a gravação, o sistema emitirá protocolo correspondente para registro do procedimento. O mesmo número de protocolo também será enviado por ao usuário conectado. Protocolo Editando informações dos funcionários Para atualizar os dados de funcionários de forma unitária, funcionário por funcionário, pode-se utilizar a edição de empregados. Neste recurso o prestador atualiza os dados de cada funcionário que pertence a determinado contrato, unidade e empresa, onde deve-se inserir os dados que desejam ser atualizados na própria interface do sistema. Caso qualquer informação obrigatória não tenha sido fornecida, ou não estiver devidamente validado, o sistema alertará o usuário para que identifique facilmente os registros com problema e permita que seja feito novos ajustes para correção. O primeiro passo para a edição de funcionários, é identificar o registro referente ao funcionário que se deseja alterar e clicar em Editar. 19

22 Selecione o empregado Em seguida, será exibida a tela com os dados do respectivo funcionário no qual o prestador pode realizar a atualização, sendo os campos marcados com (*) sendo de preenchimento obrigatório. Informe os dados a serem atualizados Feitas as devidas atualizações no cadastro do funcionário, o prestador deverá confirmar e gravar as atualizações dos dados do funcionário, clicando em Atualizar. 20

23 Clique aqui para gravar as atualizações realizadas Efetuada a gravação, o sistema emitirá protocolo correspondente para registro do procedimento. O mesmo número de protocolo também será enviado por ao usuário conectado. Protocolo 21

24 Suporte Suporte ao sistema Em caso de dúvida, seja na operação do sistema, ou em relação ao processo de envio de documentos, o usuário deve acionar a Deloitte através deste endereço de Deloitte 100 anos de Brasil. A vida é feita de soluções 22

Deloitte CrCt Manual - Prestador v1.4

Deloitte CrCt Manual - Prestador v1.4 Deloitte CrCt Manual - Prestador v1.4 BR Tax COE O objetivo deste manual, é orientar o usuário do perfil Prestador do sistema Deloitte CrCt, na correta utilização de todos os recursos disponíveis. Este

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL. PTU Web

MANUAL OPERACIONAL. PTU Web MANUAL OPERACIONAL PTU Web Versão 8.0 24/08/2011 ÍNDICE Índice... 2 PTU Web... 4 O que é o PTU Web?... 4 Como acessar o PTU Web?... 4 Listagem de arquivos enviados e recebidos... 5 Unimeds disponíveis

Leia mais

Visão Empresa de Contabilidade. Versão 8.1A-13

Visão Empresa de Contabilidade. Versão 8.1A-13 Visão Empresa de Contabilidade Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse

Leia mais

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Manual de Utilização Perfil Beneficiário 1. 2. Objetivo do Manual... 2 Siglas e Abreviações... 2 3. Perfil do Usuário... 2 4. Descrição Geral do Sistema...

Leia mais

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação TUTORIAL Envio e Recebimento de arquivos de consignação Para acessar o Web Colaborador e transferir arquivos de consignação, entre com os dados de CNPJ, usuário e senha, nos campos correspondentes. Regras

Leia mais

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Página1 e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é MDF-e?... 03 2. Safeweb e-nota MDF-e... 04 3. Acesso e-nota

Leia mais

WorkFlow WEB Caberj v20150127.docx. Manual Atendimento Caberj

WorkFlow WEB Caberj v20150127.docx. Manual Atendimento Caberj Manual Atendimento Caberj ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO.... 3 ATENDIMENTO... 3 FATURAMENTO... 3 ACESSANDO O MEDLINK WEB... 4 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS... 5 CRIANDO UM NOVO USUÁRIO... 5 EDITANDO

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. SISTEMA CONTÁBIL WEB versão: GA2.0.5

MANUAL DO USUÁRIO. SISTEMA CONTÁBIL WEB versão: GA2.0.5 MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA CONTÁBIL WEB versão: GA2.0.5 Atualizado em: 30/01/2010 Planeta Contábil 2009 Todos os Direitos Reservados (www.planetacontabil.com.br) 1/25 CONSIDERAÇÕES: Este manual é destinado

Leia mais

Manual Treinamento para Fornecedor

Manual Treinamento para Fornecedor Manual Treinamento para Fornecedor Índice 1 Objetivo... 3 2 O Projeto e-suprir... 3 3 Introdução... 3 4 Informações Básicas... 4 4.1 Painel de Controle Vendas... 4 5 RFI (Request For Information)... 5

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Sistema Nota Fiscal Eletrônica. Sil Tecnologia LTDA

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Sistema Nota Fiscal Eletrônica. Sil Tecnologia LTDA Sistema Nota Fiscal Eletrônica Sil Tecnologia LTDA SUMÁRIO INTRODUÇÃO 4 1. CONHECENDO OS COMANDOS DO SISTEMA 5 1.1 Tela Inicial do Sistema 5 1.2 Navegador de registros 6 1.3 Filtro de Registros 6 2. TELA

Leia mais

Sistema de Prestação de Contas Siprec

Sistema de Prestação de Contas Siprec Sistema de Prestação de Contas Siprec Manual de Utilização Perfil Beneficiário Versão 1.3.4 Agosto de 2013 1 SUMÁRIO Manual do Usuário... 3 1. Objetivo do manual... 3 2. Sobre o sistema... 3 3. Quem deve

Leia mais

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE Guia do Usuário ÍNDICE ÍNDICE Setembro /2009 www.4rsistemas.com.br 15 3262 8444 IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 3 Sou localizado no município... 4 Não sou localizado no município... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 Tela

Leia mais

Manual de Treinamento. Site de Sistema de Gestão de Crédito Pessoal

Manual de Treinamento. Site de Sistema de Gestão de Crédito Pessoal Manual de Treinamento Site de Sistema de Gestão de Crédito Pessoal Sumário Introdução...3 Nova Proposta...9 Propostas Existentes...40 Configurações do Usuário...43 Histórico Consolidado do Cliente...47

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014

MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014 MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014 ÍNDICE Apresentação Principais Botões Login Usúario Resultado Método Quantum Preencher Método Quantum Extrato On-Line Engenharia de Função Grupos

Leia mais

jfinanç as Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015

jfinanç as Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015 jfinanças Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 1 2 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INICIAL DO JFINANÇAS PESSOAL... 2 2.1 Download... 3 2.2 Instalação do jfinanças Pessoal...

Leia mais

Ambiente de Pagamentos

Ambiente de Pagamentos GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃOTRIBUTÁRIA DIRETORIA DE INFORMAÇÕES Ambiente de Pagamentos Manual do Contribuinte Versão 26/09/2011 Índice Analítico 1.

Leia mais

MANUAL LOJA VIRTUAL - PORTAL PHARMA LINK

MANUAL LOJA VIRTUAL - PORTAL PHARMA LINK Data: Abril de 2014 MANUAL LOJA VIRTUAL - PORTAL PHARMA LINK ÍNDICE Objetivo:... 2 Premissas:... 2 1 CADASTRO NA LOJA VIRTUAL... 3 1.1 Acesso...3 1.2. Cadastrar Loja...3 1.3 Ativação de Cadastro...6 1.3.1

Leia mais

manual Sistema de Gestão de Contribuições

manual Sistema de Gestão de Contribuições manual Sistema de Gestão de Contribuições Conteúdo 1. Login 4 2. Home 5 3. Informações básicas 3.1. Menus 6 3.2. Números e status 7 3.3. Ações 8 4. Ambientes da ferramenta 4.1. Sindicato 13 4.2. Empresas

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

Faturamento Eletrônico - CASSEMS

Faturamento Eletrônico - CASSEMS 1 Conteúdo 1. Informações Iniciais... 3 1.1. Sobre o documento... 3 1.2. Organização deste Documento... 3 2. Orientações Básicas... 3 2.1. Sobre o Faturamento Digital... 3 3. Instalação do Sistema... 4

Leia mais

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes)

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) 1. Sobre o Microsoft Dynamics CRM - O Microsoft Dynamics CRM permite criar e manter facilmente uma visão clara dos clientes,

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 1 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA Documento de Arrecadação Estadual DAE Manual do Usuário Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 66.053-000 Av. Visconde de Souza Franco, 110 Reduto Belém PA Tel.:(091)

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Estamos definitivamente na era digital. Era da velocidade cada vez maior da informação. Era da otimização do tempo. O novo Sistema Integrado de Saúde Amil, SiSAmil, mostra toda a evolução da empresa nesse

Leia mais

Manual de Utilização Sisamil - Sistema Integrado de Saúde Amil Manual de Utilização 1 54

Manual de Utilização Sisamil - Sistema Integrado de Saúde Amil Manual de Utilização 1 54 Manual de Utilização 1 54 Estamos definitivamente na era digital. Era da velocidade cada vez maior da informação. Era da otimização do tempo. O novo Sistema Integrado de Saúde Amil, SiSAmil, mostra toda

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

Manual Cadastro Completo

Manual Cadastro Completo Manual Cadastro Completo Índice 1. Objetivo... 3 2. O Projeto e-suprir... 3 3. Fluxo do Processo de Cadastro... 3 4. Cadastro Simples... 4 5. Recebendo Usuário e Senha... 7 6. Cadastro Completo... 7 7.

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

APLICAÇÕES WEB GUIA DO USUÁRIO

APLICAÇÕES WEB GUIA DO USUÁRIO Parte:...................................... Gabarito Assunto:............................ Atualização: Original........................ Página: 1 SIA 7.5 - Sistema Integrado de Arrecadação APLICAÇÕES

Leia mais

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 MÓDULO CLIENTE Conteúdo 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 2.2 HOME 4 2.3 A VALECARD 5 2.4 PRODUTOS 6 2.5 REDE CREDENCIADA 7 2.6 ROTA 9 2.7 CONTATO 9 3. EMPRESAS 11 3.1. ACESSO

Leia mais

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E)

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E) Conteúdo Solicitação de Autorização...2 Numeração da NF-E...3 Emissão de NF-E...3 Pesquisa de NF-E emitida...5 Cancelamento de NF-E emitida...5 Carta de Correção...6 Envio de Arquivo de RPS...6 Número

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 3.1 3.2 3.2.1 3.2.2 Capítulo 4 4.1 4.2 4.2.1 4.2.2 4.3 Capítulo 5 5.1 5.1.1 5.1.2 5.2 5.2.1 5.3 5.3.1 5.3.

Sumário Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 3.1 3.2 3.2.1 3.2.2 Capítulo 4 4.1 4.2 4.2.1 4.2.2 4.3 Capítulo 5 5.1 5.1.1 5.1.2 5.2 5.2.1 5.3 5.3.1 5.3. Sumário Capítulo 1 Acessando ao Office 2 CRM----------------------------------------------------------3 Capítulo 2 Apresentando o Sistema----------------------------------------------------------------6

Leia mais

Procedimento Documentado. Sistema de Homologação de Cobrança. Versão 1.0. Departamento de Produtos e Serviços Página 1

Procedimento Documentado. Sistema de Homologação de Cobrança. Versão 1.0. Departamento de Produtos e Serviços Página 1 Procedimento Documentado Sistema de Homologação de Cobrança Versão 1.0 Departamento de Produtos e Serviços Página 1 Histórico Data Versão Descrição Responsável 14/03/2014 1.0 Criação do Procedimento Documentado

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão. Manual do Data: /07/00 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NFS-e NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NOTA NATALENSE ÍNDICE INFORMAÇÕES GERAIS...4 1. Acesso ao Portal do Sistema...7

Leia mais

Manual para Envio de Petição Inicial

Manual para Envio de Petição Inicial Manual para Envio de Petição Inicial 1. Após abrir a página do PROJUDI, digite seu usuário e senha 1.1. Para advogados o usuário é o cpf.adv (ex: 12345678900.adv) 1.2. Após digitar os dados (login e senha),

Leia mais

Inclusão e Envio de Propostas

Inclusão e Envio de Propostas MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios - SICONV Abertura Automática de contas

Leia mais

Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS

Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS 1 2 Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS Login é a área de autenticação do sistema. Por questões de segurança, é necessário que o usuário se identifique, impedindo a entrada de pessoas

Leia mais

Manual de utilização

Manual de utilização Manual de utilização 1 Índice Calendário... 3 Usuários... 4 Contato... 5 Alterar... 5 Excluir... 5 Incluir... 5 Feriados... 9 Nacionais... 9 Regionais... 9 Manutenção... 9 Obrigações... 9 Obrigações Legais...

Leia mais

TUTORIAL. COMO ACESSAR ÁREA EXCLUSIVA DO CLIENTE NO SITE www.qualicont.com.br

TUTORIAL. COMO ACESSAR ÁREA EXCLUSIVA DO CLIENTE NO SITE www.qualicont.com.br TUTORIAL COMO ACESSAR ÁREA EXCLUSIVA DO CLIENTE NO SITE www.qualicont.com.br O que você vai encontrar nesse Tutorial? Índice 1. Quais as principais funcionalidades da Área Exclusiva do Cliente... 2. Como

Leia mais

MANUAL DO PVP SUMÁRIO

MANUAL DO PVP SUMÁRIO Manual PVP - Professores SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 6 2 ACESSANDO O PVP... 8 3 TELA PRINCIPAL... 10 3.1 USUÁRIO... 10 3.2 INICIAL/PARAR... 10 3.3 RELATÓRIO... 10 3.4 INSTITUIÇÕES... 11 3.5 CONFIGURAR... 11

Leia mais

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas poderá ter

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

Clique aqui para começar. Cartilha do Empregador Doméstico para emissão da GRF Guia de Recolhimento do FGTS

Clique aqui para começar. Cartilha do Empregador Doméstico para emissão da GRF Guia de Recolhimento do FGTS Clique aqui para começar Cartilha do Empregador Doméstico para emissão da GRF Guia de Recolhimento do FGTS Informações adicionais Você poderá navegar livremente na cartilha utilizando os botões localizados

Leia mais

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Página1 e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é Nota Fiscal de Serviço eletrônica

Leia mais

SisLegis Sistema de Cadastro e Controle de Leis

SisLegis Sistema de Cadastro e Controle de Leis Sistema de Cadastro e Controle de Leis Desenvolvido por Fábrica de Software Coordenação de Tecnologia da Informação Pág 1/22 Módulo: 1 Responsável: Desenvolvimento Ti Data: 01/11/2012 Versão: 1.0 Empresa:

Leia mais

Controle de Estoque. Configuração e personalização do módulo

Controle de Estoque. Configuração e personalização do módulo Controle de Estoque O objetivo do módulo de Controle de Estoque á ajudar a controlar a quantidade de produtos no estoque da empresa, avisar sobre problemas com quantidades mínimas, lotes e validades vencendo.

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização WebEDI - Tumelero Manual de Utilização Pedidos de Compra Notas Fiscais Relação de Produtos 1. INTRODUÇÃO Esse documento descreve o novo processo de comunicação e troca de arquivos entre a TUMELERO e seus

Leia mais

Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado

Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado 1 SUMÁRIO 1. Objetivo... 3 2. Acesso ao Sistema... 3 3. Descrição das Funcionalidades Menu Guias Liberação On-line.... 4 3.1 Liberação

Leia mais

Manual do usuário. v1.0

Manual do usuário. v1.0 Manual do usuário v1.0 1 Iniciando com o Vivo Gestão 1. como fazer login a. 1º acesso b. como recuperar a senha c. escolher uma conta ou grupo (hierarquia de contas) 2. como consultar... de uma linha a.

Leia mais

NFS-e. Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual Operacional do Prestador de Serviços

NFS-e. Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual Operacional do Prestador de Serviços te 2013 NFS-e Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual Operacional do Prestador de Serviços Este manual tem como objetivo orientar os usuários, sobre os procedimentos relativos ao correto manuseio de

Leia mais

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET)

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVOS DO SISTEMA... 3 3. USUÁRIO GESTOR... 3 4. AMBIENTE DO SISTEMA - CANAL DE COMUNICAÇÃO INTERNET...

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR WEB

MANUAL DO PRESTADOR WEB MANUAL DO PRESTADOR WEB ÍNDICE ÍNDICE... 2 1) Apresentação... 3 2) Informações importantes... 3 3) Programas e configurações necessários... 4 3.a. Programas necessários.... 4 3.b. Configurações necessárias....

Leia mais

3 - Tela Principal. Itens importantes da página

3 - Tela Principal. Itens importantes da página SUMÁRIO 1 1 - Conceitos Gerais O CRQ é um sistema de controle de qualidade utilizado na etapa de recrutamento de estudos de natureza qualitativa. Ele é um banco de dados que tem como principal objetivo

Leia mais

Manual da Nota Fiscal Eletrônica

Manual da Nota Fiscal Eletrônica Manual da Nota Fiscal Eletrônica Memory Informática Tabela de Conteúdos Meu Usuário Meu Perfil --------------------------------------------------------- 4 Minha Empresa Configurar Minha Empresa -------------------------------------

Leia mais

Relatórios... 23 Documentos... 24 Simulador... 25 Quadrante 1... 28 Quadrante 2... 28 Quadrante 3... 28 Quadrante 4... 28 Alterar Senha...

Relatórios... 23 Documentos... 24 Simulador... 25 Quadrante 1... 28 Quadrante 2... 28 Quadrante 3... 28 Quadrante 4... 28 Alterar Senha... Sumário Objetivo... 3 Primeiro acesso (Cadastro de senha)... 4 Recuperação de senha... 5 Acessando a Área Restrita... 7 Sessão... 8 Painel do Participante... 8 Menu... 8 Atualizações... 9 Navegação e usabilidade...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA A Serveloja soluções empresariais é uma empresa de tecnologia, especialista em consultoria, serviços financeiros e softwares. Disponibilizamos diversas soluções de cobranças

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL TISS. Manual. Usuário. Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL TISS. Manual. Usuário. Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013 Manual do Usuário Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013 1. CONFIGURAÇÕES E ORIENTAÇÕES PARA ACESSO... 4 2 GUIAS... 11 2.1 DIGITANDO AS GUIAS... 11 2.2 SALVANDO GUIAS... 12 2.3 FINALIZANDO UMA GUIA... 13

Leia mais

Tutorial Administrativo (Backoffice)

Tutorial Administrativo (Backoffice) Manual - Software ENTRANDO NO SISTEMA BACKOFFICE Para entrar no sitema Backoffice, digite no seu navegador de internet o seguinte endereço: http://pesquisa.webbyapp.com/ Entre com o login e senha. Caso

Leia mais

Manual do Usuário - Plataforma Simulados

Manual do Usuário - Plataforma Simulados Manual do Usuário - Plataforma Simulados Indice 1. Acessando a plataforma 3 2. Realizando seu login 3 3. Alunos 4 3.1. Novo Aluno 4 3.2. Novo upload 4 3.3. Listagem de alunos 5 3.3.1.Editando ou removendo

Leia mais

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/AEB/FINEP/FNDCT Subvenção Econômica à Inovação Transferência de Tecnologia do SGDC 01/2015 Transferência de Tecnologia Espacial no Âmbito do Decreto nº 7.769 de 28/06/2012

Leia mais

Cadastro e Comercialização de Vale-Transporte Guia de Utilização

Cadastro e Comercialização de Vale-Transporte Guia de Utilização 1º PASSO: ACESSO À PAGINA PARA EMPREGADORES NÃO CADASTRADOS Acesse o site www.tripoa.com.br e selecione a opção Vale-transporte, ou então acesse www.trensurb.gov.br. Neste espaço você será informado sobre

Leia mais

Cadastramento de Proponente

Cadastramento de Proponente MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Cadastramento de Proponente

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE SUPORTE À GESTÃO DO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO Portal dos Convênios

Leia mais

WorkFlow WEB Volkswagen v20140826.docx. Manual de Atendimento Volkswagen

WorkFlow WEB Volkswagen v20140826.docx. Manual de Atendimento Volkswagen Manual de Atendimento Volkswagen ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO.... 3 ATENDIMENTO... 3 FATURAMENTO... 3 ACESSANDO O MEDLINK WEB... 4 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS... 5 CRIANDO UM NOVO USUÁRIO...

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA MEUSOFT MEI

MANUAL DO SISTEMA MEUSOFT MEI MANUAL DO SISTEMA MEUSOFT MEI www.meusoft.com.br Indice Item Descrição Pg 1. Objetivo e Principais Funcionalidades 3 2. Para acessar e instalar a aplicação 4 3. Conhecendo o MeuSoft MEI 6 3.0 Tela inicial

Leia mais

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO Departamento de Tecnologia da Informação tecnologia@unimeditabira.com.br 31 3839-771 3839-7713 Revisão 03 Itabira Setembro 2015 Sumário 1. Acessando

Leia mais

Módulo NF-e. Manual de Utilização

Módulo NF-e. Manual de Utilização Módulo NF-e Manual de Utilização 1 Conteúdo Passo-a-passo para emissão de NF-e... 3 1. Obtendo seu Certificado Digital... 3 2. Registrando-se na Secretaria da Fazenda para Homologação (testes)... 4 3.

Leia mais

Manual de utilização do sistema Office 2 CRM da Skala Auditoria e Assessoria Ltda em parceria com Sábios Serviços.

Manual de utilização do sistema Office 2 CRM da Skala Auditoria e Assessoria Ltda em parceria com Sábios Serviços. Manual de utilização do sistema Office 2 CRM da Skala Auditoria e Assessoria Ltda em parceria com Sábios Serviços. Sumário Capítulo 1 - Acessando ao Office 2 CRM-----------------------------------------------------------3

Leia mais

http://www.portalinovacao.mct.gov.br/sapi/

http://www.portalinovacao.mct.gov.br/sapi/ http://www.portalinovacao.mct.gov.br/sapi/ 1. Para registrar-se, na página principal do Portal SAPI clique no banner Registre-se, posicionado logo abaixo dos dados de login. O Sistema pergunta se a instituição

Leia mais

MOVIMENTAÇÕES PELO SITE UNIODONTO

MOVIMENTAÇÕES PELO SITE UNIODONTO MOVIMENTAÇÕES PELO SITE UNIODONTO Com o intuito de agilizar e facilitar as adesões, cancelamentos e al terações de usuários, estamos disponibilizando em nosso site o processo de movimentação bem como o

Leia mais

Manual Sistema Proac Editais. Dúvidas Frequentes

Manual Sistema Proac Editais. Dúvidas Frequentes Manual Sistema Proac Editais Dúvidas Frequentes Conteúdo 1. Acesso ao sistema... 3 1.1. Como efetuar Login... 3 1.2. Como recuperar a Senha... 3 1.3. Como fazer um Novo Cadastro de Proponente... 4 1.4.

Leia mais

Manual para Utilização Site DVA Express. Versão 2.0 para Parceiros.

Manual para Utilização Site DVA Express. Versão 2.0 para Parceiros. Manual para Utilização Site DVA Express Versão 2.0 para Parceiros. Introdução O presente manual tem por finalidade instruir os parceiros e representantes na utilização do site para consultas, rastreabilidade

Leia mais

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade DM003.0 Página 1 / 42 Índice 1 APRESENTAÇÃO... 4 DETALHAMENTO DOS LINKS DO TECBIZ ONLINE... 5 2 INICIAL... 5 3 ASSOCIADO... 5 3.1 SELECIONA ASSOCIADO... 5 3.2 ALTERAR

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS DIVULGAÇÃO DE COMPRAS COTAÇÃO ELETRÔNICA MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

Introdução. Sistema BPNET. Usuário Comum

Introdução. Sistema BPNET. Usuário Comum Introdução Esse d ocumento apresenta os processos do s istema BPNET, com o fluxo básico das funcionalidades atribuído para o perfil do usuário Comum, os pré - requisitos e as regras de negócios aplicadas

Leia mais

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) Versão 7 18/05/2009 Revisão Geral ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. OBJETIVOS DO SISTEMA...3 3. USUÁRIO GESTOR...3 4. AMBIENTE DO SISTEMA

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Sumário: Tópico: Página: 2 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento

Leia mais

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço VALPARAÍSO DE GOIÁS quarta-feira, 28 de outubro de 2014 Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço ÍNDICE Legislação Cadastrando A Senha Eletrônica Acessando O Sistema De Nfs- E Pela Primeira Vez

Leia mais

Sistema de Solicitação de Pagamento de Fornecedores

Sistema de Solicitação de Pagamento de Fornecedores 2014 Sistema de Solicitação Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 04/11/2014 Sumário 1- SPF Solicitação.... 3 1.1 Acesso ao sistema:... 3 1.2 Ferramentas do sistema:... 5 2- Abertura

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Julho -2012 Conteúdo Sumário... 2... 3 Consultar Registros... 4 Realizar Atendimento... 9 Adicionar Procedimento... 11 Não Atendimento... 15 Novo Atendimento... 16 Relatórios Dados Estatísticos...

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED Esta parte do sistema como descrito anteriormente neste manual permite que seus agentes tenham acesso á uma área exclusiva para acessar informações pessoais como: Meu Extrato

Leia mais

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR CAIXA SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) Versão 12-05/01/2015 1 ÍNDICE CAIXA CAIXA...1 CAIXA...2 CAIXA...2 1.Introdução... 2 2.Objetivo do Sistema...3 3.Usuário

Leia mais

Conhecimento de Transporte

Conhecimento de Transporte Página1 Conhecimento de Transporte No menu de navegação, este item é a opção para emissão e administração dos Conhecimentos de Transporte do sistema. Para acessar, posicione o mouse no local correspondente

Leia mais

cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP e CESDI) e servir como apoio nas ações diárias.

cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP e CESDI) e servir como apoio nas ações diárias. MANUAL DO USUÁRIO - CARTÓRIOS VERSÃO 1.0 Objetivo: Este documento tem como objetivo apresentar aos usuários dos cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP

Leia mais

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Sumário Objetivos do Blog... 2 Log-in... 3 Esqueci minha senha... 4 Utilizando o Blog... 5 Encontrando seu Blog... 5 Conhecendo o

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo V

Treinamento Sistema Condominium Módulo V Módulo V Prestação de Contas Condomínio> Prestação de Contas Em Prestação de Contas Serão impressos todos os relatórios que irão compor sua Pasta mensal. Estão disponíveis diversos modelos para balancete,

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

MÓDULO 1.0 Tela inicial do sistema, onde é identificado o usuário pelo próprio CRO sendo coerente com a senha, lhe é permitido o acesso via WEB ao sistema DENTAL GROUP. Quando carrego a tela de menu já

Leia mais