Representante do Ministério Público: MARIA ALZIRA FERREIRA;

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Representante do Ministério Público: MARIA ALZIRA FERREIRA;"

Transcrição

1 Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: MARIA ALZIRA FERREIRA; Dados Materiais: (Apenso: /96-8) Assunto: Recurso de Reconsideração. Acórdão: Vistos, relatados e discutidos estes autos, que tratam, nesta fase processual, de Recurso de Reconsideração interposto por Goyanyr Barbosa de Carvalho, ex-prefeito do Município de Almas/TO, contra o Acórdão n 437/98 - TCU- 2ª Câmara. Considerando que o recurso preenche os requisitos de admissibilidade; Considerando, no entanto, que os elementos, justificativas e argumentos apresentados pelo recorrente não são capazes de alterar o mérito da decisão recorrida, consoante demonstrado no parecer da Unidade Técnica, com o qual se manifestou de acordo o Ministério Público; ACORDAM os Ministros do Tribunal de Contas da União, reunidos em Sessão da 2ª Câmara, ante as razões expostas pelo Relator, em: a) com fundamento no inciso I do art. 32 e no art. 33 da Lei n 8.443/92, conhecer do presente Recurso de Reconsideração, para, no mérito, negar-lhe provimento, mantendo-se em seus exatos termos o Acórdão n 437/98 - TCU- 2ª Câmara; Colegiado: Segunda Câmara Classe: Classe I Sumário: Recurso de Reconsideração contra acórdão que julgou contas irregulares em razão de irregularidades na execução de convênio, tais como o pagamento integral de obra quando esta não havia sido concluída. Apresentação de documentos, justificativas e argumentos que não elidem as mencionadas irregularidades. Conhecimento e não-provimento. Ciência ao interessado.

2 Natureza: Recurso de Reconsideração. Data da Sessão: 30/08/2001 Relatório do Ministro Relator: Trata-se de Recurso de Reconsideração interposto por Goyanyr Barbosa de Carvalho, ex- Prefeito do Município de Almas/TO, contra o Acórdão n 437/98 - TCU- 2ª Câmara (fls. 424/425, do volume principal), por meio do qual o Tribunal julgou irregulares as contas do ora recorrente, condenando-o, solidariamente com Luis Guilherme Viana Lima e Reinan Batista Queiroz, respectivamente sócio e ex-sócio da firma A Nacional Construtora Ltda., ao pagamento do débito apurado no processo, no valor original de Cr$ ,232,20 (dezessete milhões, novecentos e doze mil, duzentos e trinta e dois cruzeiros e vinte centavos), correspondente a parte da quantia recebida pelo Município do FNDE, mediante o Convênio n 2.259/91, não aplicada no objeto conveniado, qual seja, a construção de uma escola agrícola com pré-qualificação agropecuária. Adoto como parte deste Relatório trechos da instrução elaborada pela Analista encarregada do exame dos autos no âmbito da então 10ª SECEX (atual SERUR): (...) 5. Inconformado com o decisum desta Corte, o ex-prefeito do Município de Almas, Goyanyr Barbosa de Carvalho, apresenta, a título de recurso, a peça anexa às fls. 01/07 do volume I, a qual consiste, na verdade, de reprodução xerográfica do recurso interposto, pelo nominado responsável, contra o Acórdão n 425/98 - TCU- 2ª Câmara exarado nos autos do TC n /95-0, referente à Tomada de Contas Especial instaurada em conseqüência das irregularidades cometidas na execução do Convênio n 4.656/91, instrumento este que, sucedendo o Convênio n 2.259/91, tinha por escopo alocar recursos para a conclusão das obras de construção da escola de 1 grau com pré-qualificação em agropecuária, no Município de Almas-TO. 6. Em que pese o fato dos convênios citados terem sido celebrados com o mesmo propósito, ou seja, a construção da escola agrícola no Município de Almas-TO, força se faz reconhecer que individualmente seus objetivos eram diferentes, uma vez que os respectivos Planos de Trabalho determinavam a realização de ações independentes (fl.372 do volume principal), razão pela qual as Tomadas de Contas Especiais em referência foram apreciadas, no âmbito deste Tribunal, separadamente.

3 II - DA ADMISSIBILIDADE DO RECURSO 7. Além de se encontrar satisfeito, na espécie, o quesito da tempestividade visto que o ex- Prefeito de Almas-TO teve ciência do Acórdão recorrido em (fl.427, do volume principal), protocolando o recurso em , verificamos encontrarem-se igualmente preenchidos os demais pressupostos de admissibilidade aplicáveis, o que nos leva a concluir pelo conhecimento da peça recursal, apresentada pelo ex-prefeito do Município de Almas, como recurso de reconsideração, nos termos do art. 32, inciso I c/c art. 33 da Lei n 8.443/92. IV- DO MÉRITO 8. Passamos, agora, à análise de mérito das razões que, na qualidade de recorrente, suscita o Sr. Goianyr Barbosa de Carvalho, ex-prefeito do Município de Almas, perante à Corte. Tendo em vista que a peça recursal em questão é idêntica à interposta nos autos do TC n /95-0, reportaremo-nos à análise empreendida naquele feito com as devidas adaptações e comentários adicionais que julgarmos cabíveis. 9. Alegação: O recorrente argumenta que, tão logo aprovado o plano de trabalho e liberado o valor financiado, foram iniciadas e, por fim, concretizadas as obras previstas no convênio. Atualmente, a escola se encontra em intenso processo de utilização, servindo tanto ao Município de Almas como às regiões vizinhas, conforme atestam as fotos anexas (fls. 05/07 do vol. I). 10. Na mesma linha, o recorrente afirma que o objeto do convênio foi cumprido, sem deixar de ressaltar que na perícia realizada in loco deixaram de mostrar, aliás, não foi registrada a pocilga (foto n 01) pertencente ao projeto e que foi construída um pouco afastada do recinto da escola. Desta forma deu-se por inacabada o que na verdade encontra-se consumada. Sendo assim as declarações prestadas de aceitação da obra são verídicas e cobertas de completa autenticidade. (grifo nosso) 11. Análise: O recorrente contesta assertiva alinhada como fundamento do Acórdão n 425/98 - TCU- 2ª Câmara exarado nos autos do TC n /95-0, no sentido de que as declarações de aceitação da obra, emitidas pelo responsável seriam inverídicas, uma vez que a escola se encontraria inacabada e sem utilização. 12. Analisando esta questão deixamos assente que o Tribunal, ao considerar a não veracidade das declarações referidas, levou em conta, principalmente, a contradição entre o Termo de Aceitação da Obra assinado pelo ex-prefeito, em (fl.43 do TC n /96-8), que atestava a efetiva conclusão das obras da escola agrícola e o documento

4 assinado em data posterior à edição do mencionado Termo ( ), mediante o qual a Nacional Construtora Ltda., empresa responsável pela construção da escola, tendo emitido declaração no sentido de que as obras se encontravam em fase final, comprometeu-se a entregá-la totalmente construída até , praticamente um mês depois da data afirmada pelo recorrente como de conclusão das obras. 13. Por outro lado, a equipe do FNDE fez consignar no seu Relatório, datado de (fls.165/169 do TC n /95-0), que além da escola não se encontrar totalmente construída, não haviam sido localizados os 02 aviários e a pocilga declarados como entregues na prestação de contas apresentada em Consta ainda do Relatório da equipe da Secex-TO, responsável pelos trabalhos de auditoria realizados no Município, no período de 04 a (TC n / fl.04, alínea j ), as seguintes informações a respeito do estado da obra à época, as quais nos permitimos transcrever, in verbis: J) No que tange à execução física das obras de construção da escola, objeto dos convênios, temos a relatar que: - efetivamente, foram realizadas as obras pertinentes à infra-estrutura da 1ª etapa, e aos prédios do laboratório/biblioteca, das salas de aula, do refeitório, da administração, dos vestiários e do aviário de corte com depósito. Mesmo assim tais construções não foram executadas totalmente, ao contrário do que afirma o ex-prefeito nos termos de aceitação da obra (fls.42 e 43), encontrando-se inacabadas em diferentes estágios de construção (fotos de fls.63 a 67). (omissis)... - não existem instalações hidráulicas e sanitárias na obra, o que impediria o funcionamento da escola mesmo que precariamente. 15. Para corroborar nossa linha de contestação, vale recorrer às considerações tecidas pela instrução de fls. 299/310 do volume principal, quando da análise das alegações de defesa apresentadas pelo responsável (fls. 240/242 do volume principal) em relação a irregularidades na execução do Convênio n 2.259/91, apuradas no curso da presente Tomada de Contas Especial, verbis: Não procedem estas alegações em face, inicialmente da declaração falsa emitida pelo responsável de que dentre as obras executadas completamente com estes recursos consta o pátio coberto, 80% da infra-estrutura prevista, prédio das salas de aula, refeitório, prédio

5 administrativo, laboratório/biblioteca e o remanescente 20% da infra-estrutura, dos quais, o pátio coberto na realidade não foi concluído, e no caso dos demais, conforme planilhas levantadas com os dados obtidos na inspeção realizada (fls. 09 a 22-TC n /96-2 e o detalhamento das planilhas orçamentárias devidamente avaliadas e aprovada pelo concedente como perfeitamente exeqüíveis e compatíveis com os preços praticados na região (item 5), a parcela efetivamente executada chega a apenas 53,38% do total previsto para a infra-estrutura, 63% do laboratório/biblioteca, 84,24% do prédio das salas de aula, 39,72% do refeitório e 79% do prédio administrativo (fls.09 a 17-TC n /96-2). (Grifos do original). 16. Outro dado importante, que vem infirmar o argumento em questão, diz respeito ao que restou apurado na Inspeção realizada pela Secex-TO e objeto de Representação junto a este Tribunal (TC n /96-2) cujo relatório faz menção aos outros convênios - n 4.656/91 e n 5160/95- firmados entre o FNDE e a Prefeitura Municipal de Almas-TO, em 1991 e 1995 respectivamente, visando a conclusão das obras da escola agrotécnica objeto do convênio (fl. 388 do volume. principal)), fato este que leva a deduzir que aquelas, até o ano 95, não se encontravam efetivamente conclusas. 17. Aliás poderíamos, inclusive, afirmar que até 1996 as obras se encontravam ainda inacabadas, visto que, como bem assinalou o Representante do Ministério Público junto a este Tribunal, no seu Parecer (fls.246/247 do volume principal), quando em ofício nos autos, as informações constantes da instrução da Secex/TO, datada de (fl.245 do vol. principal e fl.93 do TC n /95-0), davam conta de que a escola agrícola, objeto dos citados convênios, não se encontrava em funcionamento, havendo risco da ação do tempo destruir tudo o que fora construído. 18. Aliás, a Diretora da Cooperativa Agrotécnica do Município de Almas declara textualmente (fl.04, vol. I) que o Colégio Agropecuário de Almas iniciou suas atividades em 1997, período posterior, portanto, ao da gestão do recorrente (01/01/91 a 31/12/92 - informação à fl. 206 do volume principal). 19. As considerações acima tecidas servem ao propósito de demonstrar que, na época da assinatura do referido Termo de Aceitação, as obras de construção da escola agrotécnica do Município de Almas não se encontravam totalmente concluídas, decorrendo daí a ilação de que as informações prestadas em agosto de 92 não eram verídicas. Igualmente, não logrou o recorrente elidir as irregularidades advindas do não cumprimento da integralidade das metas previstas pelo Convênio 2.259/91, objeto da presente TCE. 20. Alegação: Em prol ainda da tese de que as obras da escola, objeto do convênio em alusão, foram concluídas, argüi o recorrente, que a desvalorização da moeda e

6 considerável aumento de preço dos materiais que seriam empregados no trabalho -, quadro já alegado em processo de TCE - e, para fazer os serviços com materiais de qualidade inferior, foi determinado, novamente fazer menos e duradouro, a fazer completo e sem resistência. Neste caso, buscando uma maior agilidade, conseguiu-se a realização total da obra. 21.Análise: Com efeito, a transcrita alegação foi trazida, pelo recorrente, à consideração deste Tribunal, como se antevê da peça de defesa anexa (fls. 240/242 do volume principal). 22. O recorrente não trouxe naquela oportunidade, nem traz agora, elementos probatórios hábeis a corroborar a tese de que a desvalorização monetária e eventual elevação dos custos de construção no período tenham constituído impedimento ao alcance pleno da meta pactuada no convênio. Por outro lado, não há nos autos evidências de quaisquer motivos de força maior ou caso fortuito que pudessem justificar retardamento na execução das obras, significativo o bastante, para ensejar o descumprimento, pelo gestor municipal, do Ajuste em questão. 23. Não podemos, também neste ponto, olvidar a assertiva, alicerçada nos elementos apurados pela auditoria da Secex-TO, no sentido de que a importância repassada, por intermédio do indigitado convênio, sem incluir a contrapartida obrigatória do órgão convenente, era mais do que suficiente para a execução do objeto conveniado (fl.409 do volume principal). Quanto à questão aqui ventilada, merecem, ainda, destaque as considerações, in verbis (fl.318, do volume principal): (...) Os recursos liberados pelo FNDE, somados à contrapartida da Prefeitura, eram suficientes para a execução do objeto conveniado, conforme demonstrado nas planilhas de fls.17 e 18, do Relatório de Inspeção. Naqueles cálculos foi corrigido o valor da proposta da empreiteira, apresentada em setembro de 1991, a partir de agosto/91, ou seja, desde o mês anterior ao da apresentação da proposta, que é o critério legalmente utilizado para cálculo de reajuste de preços na construção civil. Nem pode ser alegado que os recursos sofreram defasagem em função do processo inflacionário então existente visto que o pagamento dos serviços era realizado imediatamente após o repasse pelo FNDE. 24. À guisa de reforço final do nosso posicionamento, cabe aludir à observação do Sr. Analista, signatário da instrução de fls.299/310 do volume principal, no sentido de que...as alegações de que o atraso na liberação dos recursos e a inflação do período inviabilizaram a execução completa do objeto, estas não condizem com a realidade, visto que o contrato firmado com a empresa A Nacional Construtora Ltda. (fls. 141 a 143 -TC n /95-0) foi assinado em , data do crédito em conta corrente desta empresa, da primeira parcela liberada pelo FNDE (item 8),o qual previa como objeto, a construção integral dos 05

7 módulos da escola no prazo de 120 dias, conforme demonstrado no item 19. Tais assertivas são corroboradas pelos documentos acostados aos autos (fls. 186/187 do volume principal). 25. Quanto à questão da qualidade da obra, mais uma vez recorremos ao relatório da equipe da Secex-TO para contestar a alegação do recorrente, já que aquela, após verificar in loco o estado da construção objeto do convênio em tela, foi concludente no sentido de que o material empregado mostrou ser de qualidade inferior à exigida no memorial descritivo. 26. Alegação: Aguardou-se a suposta fiscalização que seria enviada para fazer o levantamento da obra, não tendo aquela comparecido. Deu-se, então, prosseguimento à construção da escola, na crença de que se estava agindo dentro dos moldes exigidos, posto que não houve, por parte da Fiscalização do Ministério da Educação, nem do FNDE, qualquer tipo de embargo à forma como a construção estava sendo conduzida. 27. Análise: Com efeito, segundo estabelecido na cláusula segunda, inciso II, alínea b do Convênio n 2.259/91 (fls. 164/169 do volume principal), ao FNDE competia acompanhar, avaliar e controlar a execução do objeto acordado, diretamente ou através de órgãos delegados. Verificamos que a primeira visita ao local da construção só veio a ocorrer em junho de 92 (cf. fls.117/121 do TC n /95-0), ou seja, vários meses depois da data prevista para a consecução da meta avençada no referido instrumento. 28. No próprio exame da prestação de contas do convênio em tela, a Delegacia do MEC não só reconhece que tal acompanhamento não chegou a ser realizado, como também justifica sua falta: indisponibilidade de recursos para efetuar a tarefa em questão (fl. 193 do volume principal). 29. Tal omissão, contudo, não tem o condão de afastar a responsabilidade do ora recorrente, pela execução parcial do objeto conveniado, pois, segundo cláusula segunda, item III, alínea b do instrumento firmado à época entre o MEC e o Município (fls.164/169 do volume principal), era obrigação do órgão convenente aplicar os recursos em conformidade com o Plano de Trabalho. Na espécie vertente, as auditorias realizadas no local comprovaram não só que as obras restavam inconclusas, como também que haviam sido executadas com material de qualidade inferior ao previsto no Memorial Descritivo anexo ao convênio. 30. Alegação: Em relação à assinatura do convênio pelo preposto da Construtora Nacional, o recorrente não vislumbra motivo a ensejar irregularidade ou para incriminar uma colaboração de terceiros que até então era desinteressada. Afirma que no momento em que se via a possibilidade de sair o convênio várias empresas de construção foram avisadas de tal possibilidade, artifício este com o fito precípuo de divulgar licitação futura e também

8 aproveitar o tempo que estava por demais breve entre a licitação e consumação do objeto. Com isso, mesmo não sabendo que seria vencedora do público processo de licitação, resolveu o referido preposto, sem intenções futuras, ajudar neste trâmite, haja vista não ter o Recorrente um auxiliar competente, digo, que conhecesse o procedimento. temendo cair em erros e ver sem a concessão da verba (o que teria sido bem melhor), a qual era imprescindível para o Município, sem objeções o auxílio foi aceito pelo Recorrente. 31. Análise: Aqui, cabe um esclarecimento importante: a irregularidade a que faz menção o recorrente diz respeito ao Convênio n 4.656/91 cujo instrumento foi assinado, não pelo ex- Prefeito, e sim pelo preposto da contratada. Neste sentido, permitimo-nos transpor litteris a análise por nós empreendida nos autos do TC n /95-0 alusivo à Tomada de Contas Especial instaurada em razão da execução irregular do Ajuste em referência: (omissis) 33. Alegação: Com relação ao fato das notas fiscais relativas à obra constarem datas de emissão anteriores à própria data de autorização de sua confecção, argüi, o autor do recurso que a sua condenação não pode advir de uma situação à qual estava completamente alheio. Neste sentido afirma que nem mesmo um homem coberto de todos os aparatos de desconfiança poderia duvidar de uma empresa que por tantas vez participou de trabalhos ligados à administração, sem embargos desta. 34. Análise: A alegação do autor do recurso no sentido de que não tinha conhecimento do fato em referência, além de muito simplista, não encontra suporte nas evidências dos autos que apontam para a tese contrária, uma vez que a Prefeitura, na gestão do recorrente e quando da execução do referido convênio, efetuou pagamentos à Nacional Construtora Ltda., sem a contra-apresentação das respectivas notas fiscais, conforme atestou a equipe de auditoria da Secex-TO, no seu Relatório, verbis (fls. 03/04 do TC n /96-2): h) Do exame procedido nas notas fiscais n 001,002,003, 004 e 006, todas de emissão da A Nacional Construtora Ltda. (fls.29 a 33/35), em conjunto com as relações de pagamento (fls.40 e 41), constatamos que os valores expressos nas notas fiscais, assim como as datas de emissão, diferem daquelas apresentadas nas referidas relações de pagamentos, conforme demonstrado a seguir: (omissis) j) observa-se no rodapé de todas as notas fiscais presentes no processo, que a autorização para impressão de notas fiscais, de n 11010, foi concedida pela Secretaria da Fazenda do GDF à A Nacional Construtora Ltda. somente em dezembro de Destarte, quando a P.M de Almas realizou os pagamentos nas datas de , , e , a referida empresa ainda não possuía notas fiscais. Daí as discrepâncias acima demonstradas quanto

9 às datas e valores das mesmas. CONCLUSÃO 35. Pelas razões expostas nos parágrafos precedentes, opinamos, nos termos do art. 32, inciso I c/c art. 33 da Lei n 8.443/92, pelo conhecimento do presente recurso de reconsideração, para no mérito, negar-lhe provimento, mantendo-se em seus exatos termos o Acórdão n 437/98 - TCU- 2ª Câmara, dando-se ciência ao recorrente da Decisão que afinal vier a ser proferida nos autos. [fim da transcrição]. O Diretor da 3ª Divisão Técnica da 10ª SECEX, o Titular daquela Secretaria e o representante do Ministério Público manifestaram-se de acordo com o parecer da Analista- Informante, acima transcrito parcialmente. Voto do Ministro Relator: Primeiramente, cabe informar que se trata de processo integrante da Lista de Unidades Jurisdicionadas atribuída ao Senhor Ministro Bento José Bugarin, que me cabe relatar com fundamento no art. 18 da Resolução nº 64/96-TCU e na Portaria/GP nº 167, de 30 de abril de Consoante restou demonstrado na instrução, o recorrente não trouxe aos autos elementos capazes de elidir as irregularidades constatadas pela equipe de inspeção da SECEX/TO relativamente à execução do Convênio n 2.259/91, firmado entre o Município de Almas/TO e o FNDE, quais sejam, em síntese: execução apenas parcial da obra, embora tenha sido o valor contratado integralmente pago à construtora; apresentação de notas fiscais com datas de emissão anteriores à data de autorização para sua confecção e declaração de aceitação da obra quando esta ainda não se encontrava concluída. Embora o ex-prefeito não possa ser responsabilizado pela emissão das notas fiscais com a irregularidade mencionada, o fato não o beneficia quanto ao mérito do recurso, haja vista as demais irregularidades que lhe são atribuídas. A declaração da Cooperativa Agrotécnica de Almas, datada de dezembro de 1988, e as fotografias juntadas aos autos pelo recorrente (fls. 5/8 do vol. I) não são suficientes para comprovar o funcionamento da escola, conforme pretendido, e mesmo que fossem, ainda restaria não elidido o fato de que a obra foi integralmente paga quando ainda não se encontrava concluída, conforme vistoria in loco realizada em 1996 (fls. 317/321 do vol. principal e fls. 1/8 do TC /1996-8, apenso). Seria necessário, portanto, se considerada a hipótese de funcionamento da escola, que o recorrente demonstrasse a origem dos recursos que permitiram a conclusão das obras, recursos que, com certeza, não

10 foram os do Convênio n 2.259/91, uma vez que estes foram integralmente repassados à construtora ainda em Assim, nada mais havendo a acrescentar à exaustiva análise feita pela 10ª SECEX, com a qual manifesto minha concordância, VOTO por que o Tribunal adote o Acórdão que ora submeto à apreciação da 2ª Câmara. Sala das Sessões Ministro Luciano Brandão Alves de Souza, em 30 de agosto de LINCOLN MAGALHÃES DA ROCHA Interessados: INTERESSADO: Goyanyr Barbosa de Carvalho, ex-prefeito. Grupo: Grupo I Indexação: Tomada de Contas Especial; Convênio; FNDE; Prefeitura Municipal; Almas TO; Recurso de Reconsideração; Pagamento Indevido; Inexecução de Obra ou Serviço; Execução Parcial de Obras e Serviços; Empresa; Apresentação; Documentação Fraudulenta; Declaração; Data da Aprovação: 13/09/2001 Unidade Técnica: SERUR - Secretaria de Recursos; Quorum: Ministros presentes: Valmir Campelo (Presidente), Adylson Motta, Ubiratan Aguiar e o Ministro-Substituto Lincoln Magalhães da Rocha (Relator). Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. FNDE. Prefeitura Municipal de Almas TO. Recurso de reconsideração contra acórdão que julgou as contas irregulares e em débito o responsável em razão do pagamento integral por obras não executadas. Ausência de fatos novos. Conhecimento. Negado provimento. Data DOU:

11 17/09/2001 Número da Ata: 31/2001 Entidade: Município de Almas/TO. Processo: / Ministro Relator: LINCOLN MAGALHÃES DA ROCHA;

Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA;

Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA; Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA; Assunto: Recurso de Reconsideração. Acórdão: VISTOS, relatados e discutidos estes autos de recurso de reconsideração

Leia mais

Ministro-Relator José Antonio Barreto de Macedo RELATÓRIO. Grupo II Classe II 1ª Câmara

Ministro-Relator José Antonio Barreto de Macedo RELATÓRIO. Grupo II Classe II 1ª Câmara MUNICÍPIO DE SANTOS DUMONT/MG - DOAÇÃO À ENTIDADE PÚBLICA DE DIREITO PRIVADO DE PRÉDIO CONSTRUÍDO COM RECURSOS FEDERAIS REPASSADOS A PREFEITURA MUNICIPAL MEDIANTE CONVÊNIOS Tomada de Contas Especial Grupo

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 56/96 - Plenário - Ata 16/96 Processo nº TC 279.153/93-7. Responsável: Manoel Enedino Gomes. Entidade: Associação Beneficente e Cultural de Caldeirão

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 506/97 - Segunda Câmara - Ata 26/97 Processo TC nº 350.348/95-2. Responsáveis: Álvaro Ferreira Nobre (ex-presidente) e Adalberto Pereira Lima (ex-secretário).

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 291/96 - Segunda Câmara - Ata 17/96 Processo nº TC 399.124/93-4 Responsável: Sebastião Fernandes Barbosa Entidade: Prefeitura Municipal de Minas Novas

Leia mais

INDEXAÇÃO Tomada de Contas Especial; CEF; Responsável em Débito; Ato Ilícito; Crime; Fraude;

INDEXAÇÃO Tomada de Contas Especial; CEF; Responsável em Débito; Ato Ilícito; Crime; Fraude; Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0664-44/00-2 Identidade do documento: Acórdão 664/2000 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. CEF. Prática de ilícitos em operações bancárias

Leia mais

INDEXAÇÃO Representação; MRE; Contrato; Pagamento Antecipado; Auditoria; Diárias; Passagem Aérea;

INDEXAÇÃO Representação; MRE; Contrato; Pagamento Antecipado; Auditoria; Diárias; Passagem Aérea; Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0245-12/00-P Identidade do documento: Decisão 245/2000 - Plenário Ementa: Representação formulada por Equipe de Auditoria do TCU. Possíveis irregularidades

Leia mais

Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS;

Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS; Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS; Dados Materiais: c/ 01 volume Assunto: Recurso de Reconsideração Acórdão: VISTOS, relatados e discutidos estes autos

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 307/98 - Plenário - Ata 19/98 Processo TC nº 014.188/97-0 Interessado: Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados. Entidade:

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 187/96 - Plenário - Ata 14/96 Processo nº TC 011.152/94-0 - Sigiloso Interessado: Deputado Estadual Wagner Siqueira, membro da Assembléia Legislativa

Leia mais

MODELO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL

MODELO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL Anexo IX MODELO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL (PARA TOMADAS DE CONTAS ESPECIAIS QUE NÃO TRATEM DE RECURSOS REPASSADOS POR CONVÊNIO OU INSTRUMENTOS CONGÊNERES) RELATÓRIO DE TCE Nº 999/20XX

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Dados Materiais: Apenso: TC-009.212/1999-0. Assunto: Representação. Colegiado: Plenário. Classe: Classe VII

Tribunal de Contas da União. Dados Materiais: Apenso: TC-009.212/1999-0. Assunto: Representação. Colegiado: Plenário. Classe: Classe VII Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Apenso: TC-009.212/1999-0 Assunto: Representação. Colegiado: Plenário Classe: Classe VII Sumário: Representação formulada pelo Ministério Público Federal. Inquérito

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0538-44/99-2. Identidade do documento: Acórdão 538/1999 - Segunda Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0538-44/99-2. Identidade do documento: Acórdão 538/1999 - Segunda Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0538-44/99-2 Identidade do documento: Acórdão 538/1999 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. MAS. Prefeitura Municipal de Jardim

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0317-18/01-2. Identidade do documento: Acórdão 317/2001 - Segunda Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0317-18/01-2. Identidade do documento: Acórdão 317/2001 - Segunda Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0317-18/01-2 Identidade do documento: Acórdão 317/2001 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Fundação Nacional de Saúde - Distrito Sanitário

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 41/98 - Plenário - Ata 11/98 Processo nº TC 011.640/95-2 Interessado: Identidade Preservada Entidade: Prefeitura Municipal de Quedas do Iguaçu/PR Relator:

Leia mais

b) da análise procedida na prestação de contas apresentada constatou-se: b.1) ausência da documentação fiscal de despesa (notas fiscais);

b) da análise procedida na prestação de contas apresentada constatou-se: b.1) ausência da documentação fiscal de despesa (notas fiscais); GRUPO: I - CLASSE IV - Plenário TC-017.273/2003-8 NATUREZA: Tomada de Contas Especial. ENTIDADE: Município de Socorro do Piauí/PI. RESPONSÁVEL: Manoel Dionísio Ribeiro Neto (ex-prefeito). SUMÁRIO: Tomada

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 262/95 - Segunda Câmara - Ata 30/95 Processo nº TC 019.207/94-8 Responsável: Sara de Fátima Carneiro Delpino CPF: 293.709.496-15 Entidade: Fundação

Leia mais

INDEXAÇÃO Representação; Licitação; INPI; Concorrência; Edital; Capacidade Técnica; Atestado; Prestação de Serviços; Assistência Médica;

INDEXAÇÃO Representação; Licitação; INPI; Concorrência; Edital; Capacidade Técnica; Atestado; Prestação de Serviços; Assistência Médica; Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-1027-47/00-P Identidade do documento: Decisão 1027/2000 - Plenário Ementa: Representação formulada por licitante. Possíveis irregularidades praticadas

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Assunto: Solicitação do Congresso Nacional. Colegiado: Plenário. Classe: Classe II

Tribunal de Contas da União. Assunto: Solicitação do Congresso Nacional. Colegiado: Plenário. Classe: Classe II Tribunal de Contas da União Assunto: Solicitação do Congresso Nacional. Colegiado: Plenário Classe: Classe II Sumário: Solicitação de Auditoria na Prefeitura Municipal de Cajuri - MG, para esclarecer questões

Leia mais

Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2004

Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2004 Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2004 IDENTIFICAÇÃO DA OBRA Caracterização da obra Processo: 3065/2004-1 Ano Orçamento: 2004 UF: MS Nome do PT: CONSTRUÇÃO DA ESCOLA AGROTÉCNICA FEDERAL

Leia mais

Interessados: Responsável: Francisco de Sousa Filho, ex-secretário Municipal de Turismo e Desporto

Interessados: Responsável: Francisco de Sousa Filho, ex-secretário Municipal de Turismo e Desporto Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0198-47/99-P Identidade do documento: Acórdão 198/1999 - Plenário Ementa: Tomada de Contas Especial. Prefeitura Municipal de Aquiraz CE. Desvio de recursos

Leia mais

Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA; WALTON ALENCAR RODRIGUES; CRISTINA MACHADO DA COSTA E SILVA;

Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA; WALTON ALENCAR RODRIGUES; CRISTINA MACHADO DA COSTA E SILVA; Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: JATIR BATISTA DA CUNHA; WALTON ALENCAR RODRIGUES; CRISTINA MACHADO DA COSTA E SILVA; Assunto: Tomada de Contas Especial Acórdão: VISTOS,

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: DC-0103-13/00-1. Identidade do documento: Decisão 103/2000 - Primeira Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: DC-0103-13/00-1. Identidade do documento: Decisão 103/2000 - Primeira Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0103-13/00-1 Identidade do documento: Decisão 103/2000 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Royalties. Prefeitura Municipal de Planalto

Leia mais

INDEXAÇÃO Tomada de Contas Especial; CEF; Adiantamento a Título de Empréstimo; Alegações de Defesa Rejeitadas; Prazo; Recolhimento; Débito;

INDEXAÇÃO Tomada de Contas Especial; CEF; Adiantamento a Título de Empréstimo; Alegações de Defesa Rejeitadas; Prazo; Recolhimento; Débito; Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0029-06/01-2 Identidade do documento: Decisão 29/2001 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. CEF. Concessão irregular de crédito e adiantamento

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0566-46/99-2. Identidade do documento: Acórdão 566/1999 - Segunda Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0566-46/99-2. Identidade do documento: Acórdão 566/1999 - Segunda Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0566-46/99-2 Identidade do documento: Acórdão 566/1999 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. MAS. Prefeitura Municipal de Mata

Leia mais

Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS

Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: UBALDO ALVES CALDAS Dados Materiais: (c/ 2 volumes). Assunto: Tomada de Contas Especial. Acórdão: Vistos, relatados e discutidos estes autos

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Assunto: Representação. Colegiado: Plenário. Classe: Classe VII

Tribunal de Contas da União. Assunto: Representação. Colegiado: Plenário. Classe: Classe VII Tribunal de Contas da União Assunto: Representação Colegiado: Plenário Classe: Classe VII Sumário: Representação formulada com base no art. 113 da Lei nº 8.666/93 contra possíveis irregularidades em convite.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 170/2012 TCE/TO Pleno

RESOLUÇÃO Nº 170/2012 TCE/TO Pleno RESOLUÇÃO Nº 170/2012 TCE/TO Pleno 1. Processo nº: 12505/2011 (1 vol.) 2. Classe/Assunto: 3. Consulta / 5. Consulta acerca da legalidade do pagamento de despesas com internação de urgência do senhor João

Leia mais

Entidade: Órgão de Origem: Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região/PB

Entidade: Órgão de Origem: Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região/PB Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0414-27/01-P Identidade do documento: Decisão 414/2001 - Plenário Ementa: Representação formulada pela Procuradoria Regional do Trabalho 13ª Região PB.

Leia mais

Poder Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região

Poder Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região AGRAVANTE(S): AGRAVADO(S): AGROPECUARIA NOVA TRES PONTAS LTDA. UNIAO FEDERAL (FAZENDA NACIONAL) EMENTA: AUTOS DE INFRAÇÃO LAVRADOS POR AUDITOR FISCAL DO TRABALHO. PRESUNÇÃO DE VERACIDADE. Os autos de infração,

Leia mais

TCE-RJ PROCESSO Nº 212.955-5/07 RUBRICA: FLS.:

TCE-RJ PROCESSO Nº 212.955-5/07 RUBRICA: FLS.: TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO GABINETE DO CONSELHEIRO JOSÉ MAURÍCIO DE LIMA NOLASCO VOTO GC-4 50201/2012 PROCESSO: TCE-RJ Nº 212.955-5/07 ORIGEM: FUNDAÇÃO TEATRO MUNICIPAL TRIANON DE CAMPOS

Leia mais

Representante do Ministério Público: MARINUS EDUARDO DE VRIES MARSICO

Representante do Ministério Público: MARINUS EDUARDO DE VRIES MARSICO Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: MARINUS EDUARDO DE VRIES MARSICO Assunto: Tomada de Contas Especial Acórdão: Vistos, relatados e discutidos estes autos de Tomada de Contas

Leia mais

Acórdão 8a Turma. V O T O CONHECIMENTO Conheço do recurso, eis que atendidos os requisitos de admissibilidade.

Acórdão 8a Turma. V O T O CONHECIMENTO Conheço do recurso, eis que atendidos os requisitos de admissibilidade. Acórdão 8a Turma PROCESSO: 0112000-70.2006.5.01.0521 RTOrd PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Edith Maria Correa Tourinho Av. Presidente Antonio

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0145-41/98-P. Identidade do documento: Acórdão 145/1998 - Plenário

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0145-41/98-P. Identidade do documento: Acórdão 145/1998 - Plenário Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0145-41/98-P Identidade do documento: Acórdão 145/1998 - Plenário Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. MINTER. Prefeitura Municipal de Cravolândia

Leia mais

Interessados: RESPONSÁVEIS: João Paulo Bastos Hildebrandt e Paulo Macedo de Carvalho Mesquita

Interessados: RESPONSÁVEIS: João Paulo Bastos Hildebrandt e Paulo Macedo de Carvalho Mesquita Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0054-06/99-1 Identidade do documento: Acórdão 54/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas. Centro Psiquiátrico Pedro II. Exercício de 1997. Garantias

Leia mais

Entidade: Sociedade de Proteção à Infância e Maternidade de Bom Jesus de Itabapoana - SPIM/RJ

Entidade: Sociedade de Proteção à Infância e Maternidade de Bom Jesus de Itabapoana - SPIM/RJ Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0376-36/99-1 Identidade do documento: Acórdão 376/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Subvenção Social. MBES. Sociedade de Proteção

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 111/97 - Plenário - Ata 09/97 Processo nº TC 0l5.766/96-9. Interessado: Identidade preservada. Entidade: Superintendência da Zona Franca de Manaus -

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Assunto: Representação. Colegiado: Plenário. Classe: Classe VII

Tribunal de Contas da União. Assunto: Representação. Colegiado: Plenário. Classe: Classe VII Tribunal de Contas da União Assunto: Representação. Colegiado: Plenário Classe: Classe VII Sumário: Representação de equipe de auditoria. Convênio firmado entre o governo do estado do Rio Grande do Norte

Leia mais

Assunto: Tomada de Contas Especial instaurada em razão da omissão no dever de prestar contas.

Assunto: Tomada de Contas Especial instaurada em razão da omissão no dever de prestar contas. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 309/96 - Primeira Câmara - Ata 31/96 Processo nº TC 450.133/95-8 Responsável: Raimundo Pereira Barbosa, Prefeito. Unidade: Prefeitura Municipal de Palestina

Leia mais

Entidade: Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - Ibama

Entidade: Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - Ibama Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0372-38/00-2 Identidade do documento: Decisão 372/2000 - Segunda Câmara Ementa: Representação formulada por Unidade Técnica do TCU. IBAMA. Possíveis

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 32/97 - Segunda Câmara - Ata 06/97 Processo TC 012.838/95-0 Responsável: Orlando do Prado Sobrinho Unidade: Caixa Econômica Federal - CEF Vinculação:

Leia mais

Interessados: INTERESSADA: ELESERVICE do Brasil - Componentes Eletrônicos Ltda.

Interessados: INTERESSADA: ELESERVICE do Brasil - Componentes Eletrônicos Ltda. Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0255-19/99-P Identidade do documento: Decisão 255/1999 - Plenário Ementa: Representação formulada por licitante. Possíveis irregularidades praticadas

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO PRIMEIRA CÂMARA SESSÃO DE 17/03/2015 ITEM 85

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO PRIMEIRA CÂMARA SESSÃO DE 17/03/2015 ITEM 85 PRIMEIRA CÂMARA SESSÃO DE 17/03/2015 ITEM 85 TC-001670/006/13 Contratante: Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto. Contratada: CODERP Companhia de Desenvolvimento Econômico de Ribeirão Preto. Autoridade

Leia mais

INDEXAÇÃO Levantamentos de Auditoria; CEFET; RJ; Obra Pública; Execução Parcial de Obras e Serviços; Pagamento Antecipado;

INDEXAÇÃO Levantamentos de Auditoria; CEFET; RJ; Obra Pública; Execução Parcial de Obras e Serviços; Pagamento Antecipado; Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0065-09/00-1 Identidade do documento: Decisão 65/2000 - Primeira Câmara Ementa: Levantamento de Auditoria. Centro Federal de Educação Tecnológica RJ.

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Assunto: Representação. Colegiado: Plenário. Classe: Classe VII

Tribunal de Contas da União. Assunto: Representação. Colegiado: Plenário. Classe: Classe VII Tribunal de Contas da União Assunto: Representação Colegiado: Plenário Classe: Classe VII Sumário: Representação formulada pelo Tribunal de Contas do Espado de Pernambuco versando sobre possíveis irregularidades

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 720/97 - Segunda Câmara - Ata 36/97 Processo TC nº 200.280/96-1. Unidade Jurisdicionada: Superintendência Estadual do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO TC 008.130/2009-5

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO TC 008.130/2009-5 GRUPO I CLASSE V Plenário TC-008.130/2009-5. Natureza: Levantamento de Auditoria. Entidade: Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Estado do Piauí. Interessado: Congresso Nacional. Advogado

Leia mais

Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2006

Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2006 Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2006 IDENTIFICAÇÃO DA OBRA Caracterização da obra Processo: 8478/2006-0 Ano Orçamento: 2005 UF: AP Nome do PT: Recuperação do Porto de Santana no Estado

Leia mais

Interessados: Interessada: CompuAdd do Brasil Importadora e Distribuidora Ltda.

Interessados: Interessada: CompuAdd do Brasil Importadora e Distribuidora Ltda. Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0152-09/00-P Identidade do documento: Decisão 152/2000 - Plenário Ementa: Representação formulada por licitante. Possíveis irregularidades praticadas

Leia mais

EMENTA CIVIL - DANOS MORAIS - NEGATIVA NA CONCESSÃO DE PASSE LIVRE EM VIAGEM INTERESTADUAL - TRANSPORTE IRREGULAR - INDENIZAÇÃO DEVIDA.

EMENTA CIVIL - DANOS MORAIS - NEGATIVA NA CONCESSÃO DE PASSE LIVRE EM VIAGEM INTERESTADUAL - TRANSPORTE IRREGULAR - INDENIZAÇÃO DEVIDA. Órgão: 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais Classe: ACJ Apelação Cível no Juizado Especial N. Processo: 2007.09.1.022383-7 Apelante:VIAÇÃO TRANSPIAUÍ SÃO RAIMUNDENSE LTDA Apelado:

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 374/94 - Plenário - Ata 24/94 Processo nº TC 014.243/93-8 Interessado: Laboratório Universal - Pesquisas e Análises Clínicas Ltda. Órgão: Secretaria

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 58/92 - Plenário - Ata 41/92 Processo nº TC 249.036/91-6. Responsável: Roraima Moreira da Rocha Unidade: Diretoria Regional da SUCAM. Relator: Auditor

Leia mais

Entidade: Superintendência Regional da Receita Federal da 10ª Região Fiscal

Entidade: Superintendência Regional da Receita Federal da 10ª Região Fiscal Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0285-19/01-P Identidade do documento: Decisão 285/2001 - Plenário Ementa: Acompanhamento. Outorga de permissão da Estação Aduaneira em Novo Hamburgo

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0407-23/01-1. Identidade do documento: Acórdão 407/2001 - Primeira Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0407-23/01-1. Identidade do documento: Acórdão 407/2001 - Primeira Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0407-23/01-1 Identidade do documento: Acórdão 407/2001 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Termo de Cooperação. Ministério da Saúde.

Leia mais

Assunto: Representação feita pela IRCE/SC, relativamente à ocorrência de irregularidades na LBA/SC.

Assunto: Representação feita pela IRCE/SC, relativamente à ocorrência de irregularidades na LBA/SC. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão Sigilosa 196/92 - Plenário - Ata 42/92 Processos nºs TCs 674.053/91-5 (principal) e 027.337/91-0 (anexo). Responsável: Célia Regina Ranzolin (Superintendente

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR-4919-70.2012.5.12.0028. A C Ó R D Ã O (8ª Turma) GMMEA/apm/lf

PROCESSO Nº TST-RR-4919-70.2012.5.12.0028. A C Ó R D Ã O (8ª Turma) GMMEA/apm/lf A C Ó R D Ã O (8ª Turma) GMMEA/apm/lf I - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA. PROCESSO ELETRÔNICO PORTADOR DE DEFICIÊNCIA. CONTRATAÇÃO DE OUTRO EMPREGADO NAS MESMAS CONDIÇÕES. AUSÊNCIA DE PROVA

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO Objeto: Prestação de Contas Relator: Conselheiro Substituto Antônio Gomes Vieira Filho Responsável: Presidente da Associação dos Trabalhadores Rurais do Projeto de Assentamento Nossa Senhorado Perpétuo

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: DC-0230-12/00-P. Identidade do documento: Decisão 230/2000 - Plenário

Tribunal de Contas da União. Número do documento: DC-0230-12/00-P. Identidade do documento: Decisão 230/2000 - Plenário Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0230-12/00-P Identidade do documento: Decisão 230/2000 - Plenário Ementa: Acompanhamento. Programa Nacional de Desestatização. Outorga de concessões

Leia mais

RELATÓRIO DE AUDITORIA CONTAS ANUAIS DE GESTÃO - 2011 INSTITUTO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS SERVIDORES DE

RELATÓRIO DE AUDITORIA CONTAS ANUAIS DE GESTÃO - 2011 INSTITUTO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS SERVIDORES DE Fls.:366 RELATÓRIO DE AUDITORIA CONTAS ANUAIS DE GESTÃO - 2011 INSTITUTO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS SERVIDORES DE PROCESSO N.º : 14248-4/2011 PRINCIPAL COTRIGUAÇU PREVI-COTRI MUNICÍPIO DE COTRIGUAÇU

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CONSULTORIA GERAL

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CONSULTORIA GERAL TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CONSULTORIA GERAL 018 PROCESSO Nº: REC-12/00060226 UNIDADE GESTORA: Polícia Militar do Estado de Santa Catarina RESPONSÁVEL: Alvir Antonio Schneider INTERESSADO:

Leia mais

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 24/2008

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 24/2008 Processo: A 08/376 Interessado: Gerência de Recursos Humanos Assunto: Contratação de Empresa Especializada em administração, gerenciamento, emissão, distribuição e fornecimento de documentos de legitimação,

Leia mais

A C Ó R D Ã O. Documento Assinado Eletronicamente SANDOVAL OLIVEIRA Relator GABINETE DO DESEMBARGADOR SANDOVAL OLIVEIRA 2

A C Ó R D Ã O. Documento Assinado Eletronicamente SANDOVAL OLIVEIRA Relator GABINETE DO DESEMBARGADOR SANDOVAL OLIVEIRA 2 Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Fls. Órgão : 5ª TURMA CÍVEL Classe : APELAÇÃO N. Processo : 20130111009823APC (0026373-45.2013.8.07.0001) Apelante(s)

Leia mais

TRIBUNAL PLENO SESSÃO: 19/03/14

TRIBUNAL PLENO SESSÃO: 19/03/14 TRIBUNAL PLENO SESSÃO: 19/03/14 33 TC-033393/026/07 Recorrente(s): Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A PROGUARU - Diretor Presidente - Artur Pereira Cunha. Assunto: Contrato entre Progresso e

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc...

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc... Processo nº 0019252008-3 Acórdão nº 011/2012 Recurso HIE/VOL/CRF-390/2010 1ª Recorrente: GERÊNCIA EXECUTIVA DE JULGAMENTO DE PROCESSOS FISCAIS 1º Recorrida: RAPIDÃO COMETA LOGISTICA E TRANSPORTE S/A. 2º

Leia mais

Assunto: Denúncia de irregularidades na concessão de financiamentos com recursos do FGTS.

Assunto: Denúncia de irregularidades na concessão de financiamentos com recursos do FGTS. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 130/94 - Plenário - Ata 08/94 Processo nº TC 013.218/92-1, com 8 Volumes e 1 Anexo (TC 700.585/93-1 - Relatório de Inspeção Ordinária). Interessados:

Leia mais

INDEXAÇÃO Tomada de Contas Especial; Convênio; FNDE; Prefeitura Municipal; Paço do Lumiar MA; Inexecução de Convênio; Material; Multa;

INDEXAÇÃO Tomada de Contas Especial; Convênio; FNDE; Prefeitura Municipal; Paço do Lumiar MA; Inexecução de Convênio; Material; Multa; Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0613-45/00-1 Identidade do documento: Acórdão 613/2000 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. FNDE. Prefeitura Municipal de Paço

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO SEGUNDA CÂMARA SESSÃO DE 24/08/2010 ITEM 20 TC-001857/026/07 Contratante: Secretaria de Estado da Saúde. Organização Social: SPDM Sociedade Paulista para o Desenvolvimento da Medicina. Entidade Gerenciada:

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL DA REPÚBLICA 5ª REGIÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL DA REPÚBLICA 5ª REGIÃO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR FEDERAL RELATOR E DEMAIS INTEGRANTES DA 1ª TURMA DO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO DVMF/MPF/PRR5/ /2016 Processo nº : 0006727-33.2011.4.05.8400 (ACR 13367 RN)

Leia mais

Entidade: Unidade: Fundação Legião Brasileira de Assistência - LBA (extinta).

Entidade: Unidade: Fundação Legião Brasileira de Assistência - LBA (extinta). Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0330-39/98-1 Identidade do documento: Decisão 330/1998 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. LBA. Malversação na guarda e distribuição

Leia mais

AÇÃO CRIMINAL Nº 231-PE (89.05.03003-3) APTE: JUSTIÇA PÚBLICA APDO: ANCILON GOMES FILHO RELATOR: DESEMBARGADOR FEDERAL ÉLIO SIQUEIRA (CONVOCADO)

AÇÃO CRIMINAL Nº 231-PE (89.05.03003-3) APTE: JUSTIÇA PÚBLICA APDO: ANCILON GOMES FILHO RELATOR: DESEMBARGADOR FEDERAL ÉLIO SIQUEIRA (CONVOCADO) AÇÃO CRIMINAL Nº 231-PE (89.05.03003-3) APTE: JUSTIÇA PÚBLICA APDO: ANCILON GOMES FILHO RELATOR: DESEMBARGADOR FEDERAL ÉLIO SIQUEIRA (CONVOCADO) RELATÓRIO O EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR FEDERAL

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0397-24/01-2. Identidade do documento: Acórdão 397/2001 - Segunda Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0397-24/01-2. Identidade do documento: Acórdão 397/2001 - Segunda Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0397-24/01-2 Identidade do documento: Acórdão 397/2001 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. CEF. Ilícito praticado por ex-servidor. Responsável

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO SEXTA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Agravo de Instrumento nº 0030022-85.2013.8.19.0000 Agravante: LUCIENE FERREIRA DA SILVA Agravado: LEASING PANAMÁ EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA Relatora: DES.

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DO TRABALHO CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

PROCURADORIA-GERAL DO TRABALHO CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO Origem: PRT 13ª REGIÃO JOÃO PESSOA/PB Órgão Oficiante: DR. PAULO GERMANO COSTA DE ARRUDA Interessado: ESCOLA DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA LTDA (FILIAL) NOME FANTASIA: FACENE - FAMENE Assuntos: MEIO AMBIENTE

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado do Pará. A C Ó R D Ã O Nº.44.000. (Processo nº.2002/50366-5)

Tribunal de Contas do Estado do Pará. A C Ó R D Ã O Nº.44.000. (Processo nº.2002/50366-5) A C Ó R D Ã O Nº.44.000. (Processo nº.2002/50366-5) Assunto: Prestação de Contas referente ao Convênio nº. 05/2001, celebrado entre a ASSOCIAÇÃO AMAZÔNICA EVANGÉLICA e a SEOP. Responsável: Sr. GILBERTO

Leia mais

PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO INTERNO (AC/RN: 0079391-19.2012.8.19.0021) AGRAVANTE: MUNICÍPIO DE DUQUE DE CAXIAS AGRAVADA: HOCHTIEF DO BRASIL S.A.

PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO INTERNO (AC/RN: 0079391-19.2012.8.19.0021) AGRAVANTE: MUNICÍPIO DE DUQUE DE CAXIAS AGRAVADA: HOCHTIEF DO BRASIL S.A. PODER JUDICIÁRIO PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO INTERNO (AC/RN: 0079391-19.2012.8.19.0021) AGRAVANTE: MUNICÍPIO DE DUQUE DE CAXIAS AGRAVADA: HOCHTIEF DO BRASIL S.A. R E L A T Ó R I O Trata-se de agravo interno

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO N. 0044606-60.2014.4.01.0000/GO (d) R E L A T Ó R I O

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO N. 0044606-60.2014.4.01.0000/GO (d) R E L A T Ó R I O 21 100 PODER JUDICIÁRIO R E L A T Ó R I O O Exmo. Sr. Desembargador Federal JIRAIR ARAM MEGUERIAN (Relator): Trata-se de agravo de instrumento interposto pela Associação Aparecidense de Educação, mantenedora

Leia mais

RELATÓRIO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO TC 019.020/2011-2

RELATÓRIO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO TC 019.020/2011-2 GRUPO I CLASSE V Plenário TC 019.020/2011-2 Natureza: Levantamento de Auditoria Interessado: Tribunal de Contas da União Entidade: Caixa Econômica Federal (Caixa) Advogado constituído nos autos: não há.

Leia mais

RECURSO- RECURSO VOLUNTÁRIO ACÓRDÃO 4ª JJF Nº 0044-04/03

RECURSO- RECURSO VOLUNTÁRIO ACÓRDÃO 4ª JJF Nº 0044-04/03 CONSELHO DE CONTRIBUINTES DA FAZENDA DO ESTADO DA BAHIA PROCESSO- A.I. Nº 09216960/01 RECORRENTE- MARCOS ANTONIO PEREIRA CAMPOS RECORRIDA- FAZENDA PÚBLICA ESTADUAL RECURSO- RECURSO VOLUNTÁRIO ACÓRDÃO 4ª

Leia mais

Assunto: Tomada de Contas Especial instaurada em decorrência da omissão no dever de prestar contas de recursos federais recebidos mediante convênio.

Assunto: Tomada de Contas Especial instaurada em decorrência da omissão no dever de prestar contas de recursos federais recebidos mediante convênio. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 130/96 - Primeira Câmara - Ata 21/96 Processo nº TC 499.074/92-0 Responsável: José Felix de Brito (ex-prefeito). Entidade: Prefeitura Municipal de Itapororoca/PB.

Leia mais

<CABBCCABADDACABCCBBACAABDCDAABCBACBAA DDADAAAD> EMENTA: TRIBUTÁRIO ANULAÇÃO DE AUTO DE INFRAÇÃO FISCAL ITCD DOAÇÃO DE COTAS SOCIAIS TRANSAÇÃO REALIZADA ENTRE PARTICULARES SEM QUALQUER PUBLICIDADE INOCORRÊNCIA

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado do Pará

Tribunal de Contas do Estado do Pará A C Ó R D Ã O Nº 43.099 (Processo nº 2005/53339-0) Assunto: Prestação de Contas relativa ao Convênio nº 027/2005, firmado entre a FEDERAÇÃO PARAENSE DE VOLEIBOL e a SEEL. Responsável: Sr. CARLOS GETÚLIO

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça

Conselho Nacional de Justiça Conselho Nacional de Justiça PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO Nº 200910000039388 RELATOR: REQUERENTE: REQUERIDO: CONSELHEIRO JOSÉ ADONIS CALLOU DE ARAÚJO SÁ JOSÉ FERREIRA LEITE, MARCELO SOUZA DE

Leia mais

Representante do Ministério Público: MARIA ALZIRA FERREIRA;

Representante do Ministério Público: MARIA ALZIRA FERREIRA; Tribunal de Contas da União Representante do Ministério Público: MARIA ALZIRA FERREIRA; Assunto: Consulta Colegiado: Plenário Classe: Classe III Sumário: Consulta formulada pela Presidência do Tribunal

Leia mais

Outros Representantes do Ministério Público: Dra. Maria Alzira Ferreira e Dr. Paulo Soares Bugarin.

Outros Representantes do Ministério Público: Dra. Maria Alzira Ferreira e Dr. Paulo Soares Bugarin. Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0569-42/00-1 Identidade do documento: Acórdão 569/2000 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. FNDE. Prefeitura Municipal de Bom

Leia mais

CONAB - QUEBRA DE ARMAZENAGEM PREVISTA CONTRATUALMENTE Tomada de Contas Especial

CONAB - QUEBRA DE ARMAZENAGEM PREVISTA CONTRATUALMENTE Tomada de Contas Especial CONAB - QUEBRA DE ARMAZENAGEM PREVISTA CONTRATUALMENTE Tomada de Contas Especial Grupo II - Classe IV - Plenário Ministro-Relator Adhemar Paladini Ghisi TC-926.638/1998-0 Natureza: Tomada de Contas Especial

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação. Sem restrição.

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação. Sem restrição. Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 8700.00063/201-1 Assunto: Restrição de acesso: Providências adicionais Ementa: Órgão ou entidade recorrido (a): Recurso contra

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 18/98 - Plenário - Ata 07/98 Processo nº TC 014.945/95-9 Interessados: Vânia Regina Soares Marques, Francisco Eduardo Pereira, Sérgio Eduardo Langkjer

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 271/97 - Segunda Câmara - Ata 16/97 Processo TC nº 012.895/94-6. Responsável: Júlio Maito Filho, Presidente. Entidade: Conselho Regional dos Representantes

Leia mais

2ª FASE OAB CIVIL Direito Processual Civil Prof. Renato Montans Aula online. EMBARGOS INFRINGENTES (Art. 530 534 do CPC)

2ª FASE OAB CIVIL Direito Processual Civil Prof. Renato Montans Aula online. EMBARGOS INFRINGENTES (Art. 530 534 do CPC) 2ª FASE OAB CIVIL Direito Processual Civil Prof. Renato Montans Aula online EMBARGOS INFRINGENTES (Art. 530 534 do CPC) Cabe de acórdão não unânime por 2x1 3 modalidades: a) Julgamento da apelação b) Julgamento

Leia mais

Assunto: Denúncia sobre possíveis irregularidades na doação de aparas de papel.

Assunto: Denúncia sobre possíveis irregularidades na doação de aparas de papel. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 74/97 - Plenário - Ata 06/97 Processo nº TC 016.626/94-0 (Sigiloso) Responsável: Ary Cícero de Moraes Ribeiro, ex-diretor-geral. Interessado: Antônio

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO TC 008.336/2015-6

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO TC 008.336/2015-6 GRUPO I CLASSE II Plenário TC 008.336/2015-6 Natureza: Solicitação do Congresso Nacional Entidade: Agência Nacional de Telecomunicações Representação legal: Daniel Andrade Fonseca e outros, representando

Leia mais

TOMADA DE CONTAS ESPECIAL

TOMADA DE CONTAS ESPECIAL TOMADA DE CONTAS ESPECIAL COMPARATIVO ENTRE A IN TCU Nº 13/1996 E A IN TCU Nº 56/2007 IN TCU Nº 13/1996 IN TCU Nº 56/2007 Art. 1º Diante da omissão no dever de prestar contas, da não comprovação da Aplicação

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO Substituto de Conselheiro Josué Romero Tribunal Pleno Sessão: 4/2/2015 46 TC-000598/010/10 - RECURSO ORDINÁRIO Recorrente(s): Prefeitura Municipal de Porto Ferreira e Maurício Sponton Rasi Prefeito à época.

Leia mais

Tribunal reforma decisão denegatória de registro de ato de aposentadoria

Tribunal reforma decisão denegatória de registro de ato de aposentadoria Tribunal reforma decisão denegatória de registro de ato de aposentadoria RECURSO DE REVISÃO N. 734.672 EMENTA: Recurso de revisão Autarquia estadual Servidor ocupante de função pública Registro de aposentadoria

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.740/12/1ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000167519-71 Recurso Inominado: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.740/12/1ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000167519-71 Recurso Inominado: 40. Acórdão: 20.740/12/1ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000167519-71 Recurso Inominado: 40.100131449-19 Recorrente: Recorrida: Proc. Recorrente: Origem: EMENTA Nova Era Silicon S/A IE: 447437112.00-77 Fazenda

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 146/93 - Plenário - Ata 15/93 Processo nº TC 014.317/92-3 Responsáveis: Lafaiete Coutinho Torres (Presidente da CEF) e o Superintendente da CEF no Estado

Leia mais

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de EMENTA RECURSO ORDINÁRIO, provenientes da CURITIBA - PR, sendo Recorrentes ADVOGADO ASSOCIADO - VÍNCULO DE EMPREGO - NÃO CONFIGURADO - Comprovado que a parte autora firmou "contrato de associação com advogado"

Leia mais

Entidade: Unidade: Coordenação de Serviços Gerais da Secretaria de Administração-Geral do Ministério da Educação e do Desporto

Entidade: Unidade: Coordenação de Serviços Gerais da Secretaria de Administração-Geral do Ministério da Educação e do Desporto Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0237-21/99-1 Identidade do documento: Acórdão 237/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas. Coordenação de Serviços Gerais da Secretaria de Administração-Geral

Leia mais

Interessados: Interessado: Ministério das Comunicações, Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Interessados: Interessado: Ministério das Comunicações, Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0483-30/01-P Identidade do documento: Decisão 483/2001 - Plenário Ementa: Acompanhamento. ANATEL. Licitação. Outorga de direito de concessão para a exploração

Leia mais

O Exmº. Sr. Desembargador Federal EDILSON PEREIRA NOBRE JÚNIOR (Relator):

O Exmº. Sr. Desembargador Federal EDILSON PEREIRA NOBRE JÚNIOR (Relator): PROCESSO Nº: 0802543-39.2013.4.05.8300 - APELAÇÃO APELANTE: ELIZABETH VIRGINIA MACHADO MOURA DE PAIVA (e outro) ADVOGADO: LOUISE MARIE BRUÈRE DE CARVALHO PAIVA (e outros) APELADO: CAIXA ECONOMICA FEDERAL

Leia mais