PREZADO REFERENCIADO. Esta mensagem traduz formalmente a nossa satisfação pelo seu ingresso na Rede Referenciada Golden Cross.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREZADO REFERENCIADO. Esta mensagem traduz formalmente a nossa satisfação pelo seu ingresso na Rede Referenciada Golden Cross."

Transcrição

1 PREZADO REFERENCIADO Esta mensagem traduz formalmente a nossa satisfação pelo seu ingresso na Rede Referenciada Golden Cross. Com o plano médico-hospitalar, nossa parceria será desenvolvida de forma simplificada, apoiada na credibilidade e confiança mútuas. Como empresa de assistência médica, a Golden Cross conquistou sua destacada credibilidade pela prestação de inestimáveis serviços e benefícios aos seus associados. Servir bem é o nosso objetivo, e para isso dedicamos os melhores recursos e capacidade de realização. Seja bem-vindo! 07-09

2 COMO IDENTIFICAR O ASSOCIADO GOLDEN CROSS Documentação exigida no atendimento: Carteira do Plano Carteira de Identidade Boleto de Pagamento (para planos individuais) Nos possuimos diversas redes de atendimento, é importante verificar qual rede foi negociada contratualmente com você!

3 MODELO DE CARTEIRAS: PLANOS INDIVIDUAIS E EMPRESARIAIS Modelo Carteira Individual: MARIA DAS GRAÇAS Matrícula Abrangência Nacional Rede Básica Acomodação Quarto Individual Segmentação Amb/Hosp Admissão 01/03/2008 CPT até 01/02/2010 Com carnê Abrangência: Nacional ou Regional (UF) Acomodação: Quarto Coletivo ou Individual CTP: Data Limite de cobertura Parcial Temporária. O associado passa a ter acesso a Procedimentos de Alta Complexibilidade (PAC), leitos de alta tecnologia e procedimentos cirúgicos A carteira do plano individual contém a informação com carnê, logo é obrigatório solicitar, além da carteira, a boleta do último pagamento. Modelo Carteira Empresarial: MARIA DAS GRAÇAS Empresa THE W. LTDA Matrícula Abrangência Nacional Rede Básica Acomodação Quarto Individual Segmentação Amb/Hosp Validade até 01/02/2010 Abrangência: Nacional ou Regional (UF) Acomodação: Quarto Coletivo ou Individual

4 PRODUTOS GOLDEN CROSS Planos Individuais - Pessoas Rede Básica Rede Essencial Rede Especial Rede Superior Supermed Golden Sampa Plus Golden Sampa Top Regional

5 Planos Coletivos - Empresas Rede Básica Rede Essencial Rede Especial Rede Superior Supermed Golden Care Golden Winner

6 PROCEDIMENTO DE AUTORIZAÇÃO PRÉVIA Quando da realização dos procedimentos médico-hospitalares, exames complementares e serviços auxiliares a seguir descritos, deve-se solicitar previamente à Golden Cross a informação da necessidade da liberação de senha. A autorização prévia somente será efetivada mediante avaliação das informações constantes na solicitação do médico assistente. Para análise adequada da autorização prévia, a Golden Cross reserva-se o direito de, sempre que julgar necessário, solicitar informações complementares a médicos, hospitais, clínicas e laboratórios. Os casos de urgência/emergência não necessitarão de autorização prévia de senha, mas deverão ser comunicados à Golden Cross em até 24 (vinte e quatro) horas do início do atendimento. A senha liberada tem prazo de 30 dias para a sua utilização, se não utilizada no prazo, deve-se solicitar nova senha.

7 1. PROCEDIMENTOS MÉDICO-HOSPITALARES E SERVIÇOS AUXILIARES 2. EXAMES COMPLEMENTARES Acupuntura Cirurgia Diálise Fisioterapia Hemoterapia Internação Litotripsia Psicoterapia Quimioterapia Radioterapia Remoção Transplantes Análises clínicas Anatomopatologia e citopatologia Angiografia Artroscopia Biopsia Densitometria óssea Ecocardiografia Eletrocardiografia dinâmica (Holter) Eletrococleografia Endoscopias digestiva, ginecológica, respiratória e urológica Exames decorrentes de doenças cardíacas, neurológicas e vasculares Exames genéticos Hemodinâmica (cineangiocoronariografia, cateterismo cardíaco) Laparoscopia Medicina nuclear Neurofisiologia Radiologia Ressonância magnética Tomografia computadorizada Ultra-sonografia Urodinâmica

8 CANAL DO REFERENCIADO São muitos os serviços que a Golden Cross oferece aos seus parceiros referenciados através da internet: Conheça, abaixo, o que você pode encontrar no Canal Médico: Manual TISS Solicitação Senhas para Procedimentos Eletivos Aviso de Crédito Senhas liberadas Extrato de Glosa Processos Provisionados Solicitação de Formulários Rede Médico-Hospitalar Envio de arquivos XML (TISS)

9 Guias de Consulta PROCEDIMENTO Guia de Consulta LEGENDA DA GUIA DE CONSULTA CAMPO 1: Registro da operadora na ANS CAMPO 2: Número da guia CAMPO 3: Data de emissão da guia DADOS DO BENEFICIÁRIO CAMPO 4: Número da carteira do benefi ciário CAMPO 5: Nome do plano do benefi ciário

10 CAMPO 6: Validade da carteira do beneficiário CAMPO 7: Nome do beneficiário CAMPO 8: Número do Cartão Nacional de Saúde beneficiário DADOS DO CONTRATADO CAMPO 9: Código na operadora ou CNPJ ou CPF do contratado CAMPO 10: Nome do contratado CAMPO 11: Código CNES do prestador contratado CAMPO 12 T.L: Tipo de Logradouro conforme tabela de domínio CAMPO : Logradouro Número Complemento do contratado CAMPO 16: Município do contratado CAMPO 17: UF CAMPO 18: Código IBGE do contratado CAMPO 19: CEP do contratado CAMPO 20: Nome do profissional executante (Obrigatório apenas quando o nome do contratado no campo 10 se referir à pessoa jurídica) CAMPO 21: Conselho profissional do executante conforme tabela de domínio CAMPO 22: Número no conselho do executante conforme tabela de domínio CAMPO 23: UF do Conselho Profissional do executante CAMPO 24: Código CBO-S (Código da especialidade do contratado conforme tabela de domínio) HIPÓTESE DIAGNOSTICA CAMPO 25: Código do Tipo de Doença: Aguda = A ou Crônica = C CAMPO 26: Tempo da doença referido pelo paciente e unidade de tempo: A =anos; M =meses; D =dias CAMPO 27: Indicação de Acidente: relacionada ao trabalho =0; acidente de trânsito =1; outros acidentes =2 CAMPO 28: Código CID10 do diagnóstico principal CAMPO 29: Código CID10 do segundo diagnóstico CAMPO 30: Código CID10 do terceiro diagnóstico CAMPO 31: Código CID10 do quarto diagnóstico DADOS DO ATENDIMENTO/ PROCEDIMENTO REALIZADO CAMPO 32: Data de realização do atendimento CAMPO 33: Código da Tabela utilizada para descrever os procedimentos conforme tabela de domínio CAMPO 34: Código do procedimento realizado CAMPO 35: Código do tipo de consulta: Primeira consulta= 1 ; Seguimento= 2 ; Pré-Natal= 3 CAMPO 36: Retorno = 1; Retorno com SADT = 2; Referência = 3; Internação = 4; Alta = 5 CAMPO 37: Observações CAMPO 38: Data e assinatura do médico CAMPO 39: Data e assinatura do beneficiário / responsável OBSERVAÇÃO: Os campos hachurados na guia representam campos de preenchimento não obrigatórios. Mesmo não sendo preenchidos os campos devem estar contidos dentro das guias.

11 Guia de Solicitação e de Realização de Serviço Profissional /Serviço Auxiliar Diagnóstico e Terapia (Sp/Sadt)

12 LEGENDA DA GUIA DE SOLICITAÇÃO E DE REALIZAÇÃO DE SERVIÇO PRO- FISSIONAL / SERVIÇO AUXILIAR DIAGNÓSTICO E TERAPIA (SP/SADT) CAMPO 1: Registro da operadora na ANS CAMPO 2: Número da guia CAMPO 3: Número da guia principal (Obrigatório quando se tratar de solicitação de SADT em paciente internado) CAMPO 4: Data da autorização CAMPO 5: Senha de autorização CAMPO 6: Data de validade da senha CAMPO 7: Data de emissão da guia DADOS DO BENEFICIÁRIO CAMPO 8: Número da carteira do beneficiário CAMPO 9: Nome do plano do beneficiário CAMPO 10: Validade da carteira do beneficiário CAMPO 11: Nome do beneficiário CAMPO 12: Número do Cartão Nacional de Saúde do beneficiário DADOS DO CONTRATADO SOLICITANTE CAMPO 13: Código na operadora ou CNPJ ou CPF do contratado solicitante CAMPO 14: Nome do contratado solicitante CAMPO 15: Código CNES do contratado solicitante CAMPO 16: Nome do profissional solicitante (Obrigatório apenas quando o campo 14 se referir à pessoa jurídica) CAMPO 17: Conselho profissional conforme tabela de domínio CAMPO 18: Número no conselho profissional CAMPO 19: UF do Conselho Profissional CAMPO 20: Código da especialidade conforme tabela de domínio DADOS DA SOLICITAÇÃO/PROCEDIMENTOS/EXAMES SOLICITADOS CAMPO 21: Data/ hora da solicitação CAMPO 22: Código do caráter da solicitação: Eletivo = E ; Urgência/Emergência = U ; CAMPO 23: Código CID10 do diagnóstico principal (Obrigatório se solicitação de pequena cirurgia, terapias, ou procedimentos em série) CAMPO 24: Indicação clínica: Deve ser preenchido pelo profissional solicitante (Obrigatório se pequena cirurgia, terapia, consulta de referência e alto custo) CAMPO 25: Código da tabela utilizada para descrever os procedimentos solicitados conforme tabela de domínio CAMPO 26: Código do procedimento solicitado CAMPO 27: Descrição do procedimento solicitado (Pelo menos um procedimento solicitado deve ser informado)

13 CAMPO 28: Quantidade solicitada de um mesmo serviço/procedimento CAMPO 29: Quantidade autorizada de um mesmo serviço/procedimento DADOS DO CONTRATADO EXECUTANTE CAMPO 30: Código na operadora ou CNPJ ou CPF do contratado executante CAMPO 31: Nome do contratado CAMPO 32: Tipo de Logradouro conforme tabela de domínio CAMPO : Logradouro Número Complemento do contratado executante CAMPO 36: Município do contratado executante CAMPO 37: UF do contratado executante CAMPO 38: Código IBGE do município do contratado executante CAMPO 39: CEP do contratado executante CAMPO 40: Código CNES do contratado executante (Obrigatório quando o contratado executante for hospital) CAMPO 40a: Código na Operadora / CPF do executante complementar (Este campo identifica o Profissional executante/complementar em qualquer procedimento não laboratorial) CAMPO 41: Nome do profissional executante / complementar (Este campo identifica o profissional executante/complementar em qualquer procedimento não laboratorial) CAMPO 42: Conselho profissional do executante conforme tabela de domínio (Obrigatório quando os campos 30/31 forem pessoa física ou quando os campos 40a /41 forem preenchidos) CAMPO 43: Número no conselho profissional do executante conforme tabela de domínio (Obrigatório quando os campos 30/31 forem pessoa física ou quando os campos 40a /41 forem preenchidos) CAMPO 44: UF do Conselho Profissional do executante (Obrigatório quando os campos 30/31 forem pessoa física ou quando os campos 40a /41 forem preenchidos) CAMPO 45: Código da especialidade do executante conforme tabela de domínio CAMPO 45a: Grau de participação do profissional na equipe médica de acordo com a tabela de domínio (Obrigatório quando houver procedimentos em equipe) DADOS DO ATENDIMENTO CAMPO 46: Código do tipo de atendimento da guia de SP/SADT: Remoção = 1; Pequena Cirurgia = 2; Terapia = 3; Consulta = 4; Exame = 5; Atendimento Domiciliar = 6; SADT Internado = 7; Quimioterapia = 8; Radioterapia = 9; TRS Terapia Renal Substitutiva = 10 (Selecionar uma das opções) CAMPO 47: Indicação de Acidente: relacionado ao trabalho = 0; trânsito = 1; outros = 2 CAMPO 48: Código do tipo de saída: Retorno = 1; Retorno com SADT = 2; Referência = 3; Internação = 4; Alta = 5; Óbito = 6 CONSULTA DE REFERÊNCIA CAMPO 49: Código do Tipo de Doença: Aguda = A ; Crônica = C CAMPO 50: Tempo de doença referida pelo paciente e unidade de tempo: A =anos; M =meses; D =dias

14 PROCEDIMENTOS E EXAMES REALIZADOS CAMPO 51: Data de realização do procedimento CAMPO 52: Hora inicial de realização do procedimento CAMPO 53: Hora final de realização do procedimento CAMPO 54: Código da tabela utilizada para descrever os procedimentos conforme tabela de domínio (Pelo menos um procedimento deve ser informado) CAMPO 55: Código do procedimento realizado (Pelo menos um procedimento deve ser informado) CAMPO 56: Descrição do procedimento realizado (Pelo menos um procedimento solicitado deve ser informado) CAMPO 57: Quantidade em cobrança de um mesmo serviço/procedimento realizado CAMPO 58: Código da via de acesso: Única = U ; Mesma via = M ; Diferentes vias = D CAMPO 59: Código da técnica utilizada: Convencional = C ; Vídeolaparoscopia = V CAMPO 60: % de redução/ acréscimo no caso de cirurgia múltipla/radiologia de múltiplas áreas CAMPO 61: Valor unitário em R$ do procedimento/serviço realizado CAMPO 62: Valor total em R$ dos procedimentos/serviços realizados CAMPO 63: Data e assinatura dos procedimentos em série CAMPO 64: Observações CAMPO 65: Valor em R$ de procedimentos CAMPO 66: Valor em R$ de taxas e aluguéis CAMPO 67: Valor em R$ de materiais CAMPO 68: Valor em R$ de medicamentos CAMPO 69: Valor em R$ de diárias CAMPO 70: Valor em R$ de gases medicinais CAMPO 71: Valor em R$ do total geral OPM solicitadas CAMPO 72: Código da Tabela de OPM conforme tabela de domínio CAMPO 73: Código da OPM solicitada CAMPO 74: Descrição OPM solicitada CAMPO 75: Quantidade de OPM solicitadas CAMPO 76: Nome do Fabricante da OPM solicitada CAMPO 77: Valor unitário em R$ da OPM utilizada CAMPO 78: Código da Tabela de OPM conforme tabela de domínio CAMPO 79: Código da OPM utilizada CAMPO 80: Descrição da OPM utilizada CAMPO 81: Quantidade utilizada de OPM CAMPO 82: Código de barra identificador da OPM utilizada CAMPO 83: Valor unitário em R$ da OPM utilizada CAMPO 84: Valor total em R$ da OPM utilizada CAMPO 85: Valor total de OPM em R$ CAMPO 86: Data e assinatura do solicitante CAMPO 87: Data e assinatura do responsável pela autorização CAMPO 88: Data e assinatura do beneficiário ou responsável CAMPO 89: Data e assinatura do prestador executante OBSERVAÇÃO: Os campos hachurados na guia representam campos de preenchimento não obrigatórios. Mesmo não sendo preenchidos os campos devem estar contidos dentro das guias.

15 Guia de Solicitação de Internação

16 LEGENDA DA GUIA DE SOLICITAÇÃO DE INTERNAÇÃO CAMPO 1: Registro da operadora na ANS CAMPO 2: Número da guia de solicitação CAMPO 3: Data que a autorização foi concedida CAMPO 4: Senha de autorização CAMPO 5: Data de validade da senha CAMPO 6: Data de emissão da guia DADOS DO BENEFICIÁRIO CAMPO 7: Número da carteira do beneficiário CAMPO 8: Nome do plano do beneficiário CAMPO 9: Validade da carteira do beneficiário CAMPO 10: Nome do beneficiário CAMPO 11: Número do Cartão Nacional de Saúde do beneficiário

17 DADOS DO CONTRATADO SOLICITANTE CAMPO 12: Código na operadora ou CNPJ ou CPF do contratado solicitante CAMPO 13: Nome do contratado solicitante CAMPO 14: Código CNES do contratado solicitante CAMPO 15: Nome do contratado solicitante. (Obrigatório apenas quando o nome do contratado no campo 13 se referir a pessoa jurídica) CAMPO 16: Sigla do conselho profissional CAMPO 17: Número no conselho profissional CAMPO 18: UF do Conselho Profissional CAMPO 19: Código da especialidade conforme tabela de domínio DADOS DO CONTRATADO SOLICITADO/ DADOS DA INTERNAÇÃO CAMPO 20: Código do contratado solicitado ou CNPJ do contratado solicitado CAMPO 21: Nome do contratado solicitado CAMPO 22: Caráter da internação: Eletiva = E ; Urgência/Emergência = U CAMPO 23: Código tipo de internação: Clínica=1; Cirúrgica=2; Obstétrica=3; Pediátrica=4; Psiquiátrica=5 CAMPO 24: Código regime de internação: Hospitalar=1; Hospital-dia=2 ; Domiciliar=3 CAMPO 25: Quantidade de diárias solicitadas CAMPO 26: Indicação clínicaw (Texto livre preenchido pelo profissional médico solicitante da internação) HIPÓTESES DIAGNÓSTICAS CAMPO 27: Código do Tipo de Doença: Aguda = A ; Crônica = C CAMPO 28: Quantidade e unidade de tempo de doença referida pelo paciente: A = anos; M = meses; D = dias CAMPO 29: Indicador de Acidente: relacionado ao trabalho = 0; trânsito = 1; outros = 2 CAMPO 30: Código CID10 do diagnóstico principal CAMPO 31: Código CID10 do segundo diagnóstico CAMPO 32: Código CID10 do terceiro diagnóstico CAMPO 33: Código CID10 do quarto diagnóstico PROCEDIMENTOS SOLICITADOS CAMPO 34: Código da Tabela utilizada para descrever os procedimentos solicitados conforme tabela de domínio CAMPO 35: Código do procedimento solicitado CAMPO 36: Descrição do procedimento (Pelo menos um procedimento solicitado deve ser informado) CAMPO 37: Quantidade de procedimentos solicitados (Pelo menos um procedimento deve ser informado) CAMPO 38: Quantidade de procedimentos autorizados pela operadora

18 OPM SOLICITADOS CAMPO 39: Código da Tabela de OPM conforme tabela de domínio CAMPO 40: Código da OPM solicitada CAMPO 41: Descrição OPM solicitada CAMPO 42: Quantidade solicitada de OPM CAMPO 43: Nome do Fabricante da OPM solicitada CAMPO 44: Valor unitário em R$ da OPM utilizada DADOS DA AUTORIZAÇÃO CAMPO 45: Data provável da admissão no hospital CAMPO 46: Número de dias autorizados para a internação CAMPO 47: Código do tipo da acomodação autorizada conforme tabela de domínio CAMPO 48: Código do prestador autorizado ou CNPJ do prestador autorizado CAMPO 49: Nome do prestador autorizado CAMPO 50: Código CNES do prestador autorizado CAMPO 51: Observações CAMPO 52: Data e assinatura do médico solicitante CAMPO 53: Data e assinatura do beneficiário ou responsável CAMPO 54: Data e assinatura do responsável pela autorização PRORROGAÇÕES CAMPO 55: Data da prorrogação CAMPO 56: Senha da prorrogação CAMPO 57: Nome do responsável pela prorrogação CAMPO 58: Tipo da acomodação autorizada conforme tabela de domínio CAMPO 59: Descrição da acomodação CAMPO 60: Quantidade autorizada CAMPO 61: Código da Tabela utilizada para descrever os procedimentos solicitados conforme tabela de domínio CAMPO 62: Código do procedimento solicitado CAMPO 63: Descrição do procedimento (Pelo menos um procedimento solicitado deve ser informado) CAMPO 64: Quantidade de procedimentos solicitados (Pelo menos um procedimento deve ser informado) CAMPO 65: Quantidade de procedimentos autorizados (Pelo menos um procedimento deve ser informado) CAMPO 66: Código da Tabela de OPM conforme tabela de domínio CAMPO 67: Código da OPM solicitada CAMPO 68: 8 Descrição da OPM Descrição da OPM solicitada CAMPO 69: Quantidade solicitada de OPM CAMPO 70: Nome do Fabricante da OPM solicitada CAMPO 71: Valor unitário em R$ da OPM utilizada OBSERVAÇÃO: Os campos hachurados na guia representam campos de preenchimento não obrigatórios. Mesmo não sendo preenchidos os campos devem estar contidos dentro das guias.

19 Guia de Resumo Internação

20 LEGENDA DA GUIA DE RESUMO INTERNAÇÃO CAMPO 1: Registro da operadora na ANS CAMPO 2: Número da guia CAMPO 3: Número da guia de solicitação CAMPO 4: Data de emissão da autorização CAMPO 5: Número da senha de autorização CAMPO 6: Data de validade da senha de autorização CAMPO 7: Data de emissão da referida guia DADOS DO BENEFICIÁRIO CAMPO 8: Número do cartão do beneficiário CAMPO 9: Nome do plano do beneficiário CAMPO 10: Validade da carteira do beneficiário CAMPO 11: Nome do beneficiário CAMPO 12: Número do Cartão Nacional de Saúde do beneficiário DADOS DO CONTRATADO EXECUTANTE CAMPO 13: Código na operadora ou CNPJ ou CPF do contratado executante CAMPO 14: Nome do contratado executante CAMPO 15: Código CNES do contratado executante CAMPO 16: Tipo do logradouro de acordo com a tabela de domínio CAMPO 17: Nome completo do logradouro CAMPO 18: Número do endereço CAMPO 19: Complemento do endereço CAMPO 20: Nome do município / localidade CAMPO 21: UF CAMPO 22: Código do município da Tabela do IBGE CAMPO 23: CEP do endereço do contratado executante DADOS DA INTERNAÇÃO CAMPO 24: Caráter da internação de acordo com a tabela de domínio: Eletivo = E ; Urgência/ Emergência= U CAMPO 25: Tipo de Acomodação autorizada para internação de acordo com tabela de domínio CAMPO 26: Data e hora do início da internação CAMPO 27: Data e hora da alta da internação CAMPO 28: Tipo da internação realizada de acordo com a tabela de domínio CAMPO 29: Regime da internação de acordo com tabela de domínio CAMPO 30: Internação Obstétrica - Campos (30 a 36) a serem preenchidos no caso de internação obstétrica

21 CAMPO 31: Condição da mulher em caso de óbito: 1 grávida; 2 até 42 dias após termino gestação; 3 de 43 dias a 12 meses após termino da gestação. CAMPO 32: Qtde óbito neonatal precoce ; Qtde óbito neonatal tardio CAMPO 33: Número da declaração de nascimento CAMPO 34: Quantidade de nascidos vivos e Termo CAMPO 35: Quantidade nascidos mortos CAMPO 36: Quantidade nascidos vivos prematuro DADOS DA SAÍDA DA INTERNAÇÃO CAMPO 37: CID-10 Principal - Código Internacional de doença principal responsável pela internação CAMPO 38: CID-10 (2) - Código Internacional de doença responsável pela internação CAMPO 39: CID-10 (3) - Código Internacional de doença responsável pela internação CAMPO 40: CID-10 (4) - Código Internacional de doença responsável pela internação CAMPO 41: Indicador de Acidente: relacionado ao trabalho = 0; trânsito = 1; outros = 2 CAMPO 42: Código do motivo da saída da internação de acordo com tabela de domínio CAMPO 43: Código Internacional de Doença responsável pelo óbito do paciente CAMPO 44: Número da declaração de óbito do paciente (apenas para o caso de óbito) PROCEDIMENTOS E EXAMES REALIZADOS CAMPO 45: Data de realização do procedimento CAMPO 46: Horário inicial da realização do procedimento CAMPO 47: Horário final da realização do procedimento CAMPO 48: Código da tabela de codificação dos procedimentos CAMPO 49: Código do procedimento realizado CAMPO 50: Descrição do procedimento realizado CAMPO 51: Quantidade realizada do procedimento apresentado CAMPO 52: Via de acesso de acordo com a tabela de domínio CAMPO 53: Técnica utilizada de acordo com a tabela de domínio CAMPO 54: Percentual de redução ou acréscimo sobre o valor do procedimento realizado CAMPO 55: Valor monetário de cada procedimento CAMPO 56: Valor monetário do procedimento levando-se em consideração a quantidade executada IDENTIFICAÇÃO DA EQUIPE CAMPO 57: Número seqüencial do procedimento que relaciona à equipe executante CAMPO 58: Grau de participação do profissional na equipe médica de acordo com a tabela de domínio CAMPO 59: Código do profissional na Operadora ou CPF do profissional CAMPO 60: Nome do profissional participante da equipe médica CAMPO 61: Código do conselho profissional CAMPO 62: Número da identificação no conselho profissional CAMPO 63: UF CAMPO 64: Número do CPF do profissional participante da equipe médica

22 OPM UTILIZADA CAMPO 65: Código da tabela de OPMs CAMPO 66: Código da OPM utilizada CAMPO 67: Descrição das OPMs CAMPO 68: Quantidade de OPMs utilizadas CAMPO 69: 69 Código de Barras Código de barra identificador da OPM utilizada CAMPO 70: Valor monetário de cada OPM CAMPO 71: Valor monetário da OPM levando-se em consideração a quantidade executada CAMPO 72: Valor total da guia incluindo todos os procedimentos executados CAMPO 73: Indica se o faturamento é do tipo parcial ou total segundo tabela de domínio CAMPO 74: Valor total dos procedimentos (Somatório de todos os itens de procedimentos levando em consideração a quantidade) CAMPO 75: Valor total das diárias (Somatório de todos os itens de diária levando em consideração a quantidade) CAMPO 76: Valor total das taxas/aluguéis (Somatório de todos os itens das taxas/aluguéis levando em consideração a quantidade) CAMPO 77: Valor total dos materiais (Somatório de todos os itens de materiais levando em consideração a quantidade) CAMPO 78: Valor total dos medicamentos (Somatório de todos os itens de medicamentos levando em consideração a quantidade) CAMPO 79: Valor total dos Gases Medicinais (Somatório de todos os itens de Gases Medicinais levando em consideração a quantidade) CAMPO 80: Somatório de todos os valores totais. Procedimento + Diárias + Taxas / Aluguéis + Materiais + Medicamentos + Gases Medicinais CAMPO 81: Observações CAMPO 82: Data e Assinatura do contratado CAMPO 83: Data e Assinatura do auditor da operadora OBSERVAÇÃO: Os campos hachurados na guia representam campos de preenchimento não obrigatórios. Mesmo não sendo preenchidos os campos devem estar contidos dentro das guias.

23 Guias de Honorário Individual LEGENDA DA GUIA DE HONORÁRIO INDIVIDUAL CAMPO 1: Registro da operadora na ANS CAMPO 2: Número da guia CAMPO 3: Número da guia de solicitação ou senha CAMPO 4: Data de emissão da guia DADOS DO BENEFICIÁRIO CAMPO 5: Número do cartão do beneficiário CAMPO 6: Nome do plano do beneficiário CAMPO 7: Validade da carteira do beneficiário CAMPO 8: Nome do beneficiário CAMPO 9: Número do Cartão Nacional de Saúde do beneficiário DADOS DO CONTRATADO (ONDE FOI EXECUTADO O PROCEDIMENTO) CAMPO 10: Código na operadora ou CNPJ ou CPF do contratado CAMPO 11: Nome do contratado CAMPO 12: Código CNES do contratado (Se o prestador executante for hospital)

24 DADOS DO CONTRATADO EXECUTANTE CAMPO 13: Código na operadora ou CNPJ ou CPF do contratado executante CAMPO 14: Nome do contratado executante CAMPO 15: Código CNES do contratado executante (Se o prestador executante for hospital) CAMPO 16: Tipo de acomodação conforme tabela de domínio. CAMPO 17: Grau de participação do profissional na equipe médica executante do serviço conforme tabela de domínio. CAMPO 18: Nome do profissional que executou o serviço (Obrigatório apenas quando o nome do contratado no campo 14 se referir a pessoa jurídica CAMPO 19: Sigla do conselho profissional do executante conforme tabela de domínio CAMPO 20: Número no conselho profissional do executante CAMPO 21: UF do Conselho Profissional do executante CAMPO 22: Número do CPF do profissional executante do serviço DADOS DO ATENDIMENTO/ PROCEDIMENTO REALIZADO CAMPO 23: Data de realização do procedimento CAMPO 24: Horário inicial da realização do procedimento CAMPO 25: Horário final da realização do procedimento CAMPO 26: Código da tabela de codificação dos procedimentos CAMPO 27: Código do procedimento realizado CAMPO 28: Descrição do procedimento realizado CAMPO 29: Quantidade realizada do procedimento apresentado CAMPO 30: Via de acesso conforme tabela de domínio CAMPO 31: Técnica utilizada conforme tabela de domínio CAMPO 32: Percentual de redução ou acréscimo sobre o valor do procedimento realizado CAMPO 33: Valor monetário de cada procedimento CAMPO 34: Valor monetário do procedimento considerando a quantidade executada CAMPO 35: Valor final do honorário médico considerando o somatório do campo valor total CAMPO 36: Observações CAMPO 37: Campos destinados para data completa e assinatura do prestador CAMPO 38: Campos destinados para data completa e assinatura do beneficiário / responsável OBSERVAÇÃO: Os campos hachurados na guia representam campos de preenchimento não obrigatórios. Mesmo não sendo preenchidos os campos devem estar contidos dentro das guias.

25 Guias de Outras Despesas LEGENDA DA GUIA DE OUTRAS DESPESAS CAMPO 1: Registro da operadora na ANS CAMPO 2: Número da guia referenciada às despesas adicionais. DADOS DO CONTRATADO EXECUTANTE CAMPO 3: Código na operadora ou CNPJ ou CPF do contratado executante CAMPO 4: Nome do contratado executante CAMPO 5: Código CNES do prestador executante (Se o prestador executante for hospital) CAMPO 6: Código da natureza da despesa: 1 - Gases Medicinais; 2 - Medicamento; 3 - Material; 4 - Taxas diversas; 5 - Diárias; 6 - Aluguéis CAMPO 7: Data de realização das despesas CAMPO 8: Horário inicial da realização das despesas CAMPO 9: Horário final da realização das despesas CAMPO 10: Código da tabela de codificação das despesas (Obrigatório quando o campo 16 não for preenchido) CAMPO 11: Código das despesas realizadas (Obrigatório quando o campo 16 não for preenchido) CAMPO 12: Quantidade realizada da despesa apresentada

26 CAMPO 13: Percentual de redução ou acréscimo sobre o valor da despesa realizada CAMPO 14: Valor monetário de cada despesa CAMPO 15: Valor monetário da despesa considerando a quantidade executada CAMPO 16: Descrição da despesa realizada (Obrigatório apenas quando os campos 10 e 11 não forem preenchidos) CAMPO 17: Valor final de gases medicinais considerando o somatório do campo valor total CAMPO 18: Valor final de medicamentos considerando o somatório do campo valor total CAMPO 19: Valor final de materiais considerando o somatório do campo valor total CAMPO 20: Valor final de taxas diversas considerando o somatório do campo valor total CAMPO 21: Valor final de diárias considerando o somatório do campo valor total CAMPO 22: Valor final de aluguéis considerando o somatório do campo valor total CAMPO 23: Valor final do honorário médico considerando o somatório do campo valor total OBSERVAÇÃO: Os campos hachurados na guia representam campos de preenchimento não obrigatórios. Mesmo não sendo preenchidos os campos devem estar contidos dentro das guias.

27 Envelope de Auto-Atendimento (Ambulatorial) Envelope de Auto-Atendimento (Internação)

28 CANAIS DE COMUNICAÇÃO Golden Internet Golden Fone Portal Golden Cross Pelo Portal, você utiliza os seguintes serviços: Consulta de Rede Referenciada; Informações a respeito de Planos; Informações a respeito de Reembolso. Golden Ouvidoria Um canal aberto de comunicação entre a Golden Cross e os clientes que eventualmente não conseguirem resolver suas questões por meio das nossas Centrais de Atendimento com o Cliente, ou pelo Portal Golden Cross, através do Canal do Associado. Para reclamações, sugestões ou elogios, entre em contato com a Ouvidoria, enviando um fax para (21) ou acesse o Portal Golden Cross Fale com a Golden Ouvidoria. Sua linha direta com a Golden Cross. Central de Atendimento à sua disposição 24 horas por dia, todos os dias do ano. Pelo Golden Fone você obtém: Informações a respeito de Planos; Informações a respeito de Reembolso; Informações a respeito de Rede Referenciada, entre outras. Golden Fone (SAC) (Capitais e Interior) Central Técnica (Regiões Metropolitanas do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília e São Luís) (Demais Localidades) Deficientes Auditivos (Capitais e Interior)

29 Doctor Fone Doctor Mail (regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Fortaleza e São Luiz) (Demais Localidades) Unidade: Recife Abrangência: PE, PB, RN, CE, PI, MA doctormail.fi Unidade: Salvador Abrangência: BA, AL, SE doctormail.fi Unidade: Belo Horizonte Abrangência: MG, ES doctormail.fi Locais e Prazo de Entrega dos Envelopes de Auto-Atendimento Médico Hospitalar: As faturas pelos atendimentos prestados, deverão ser encaminhadas, impreterivelmente, no prazo máximo de até 90 (noventa) dias após a respectiva prestação dos serviços. Através do correio para o endereço: Av. Jardim Primavera, Jardim Primavera - Duque de Caxias - RJ CEP: Ou nas agência do Banco Santander mais próxima (lista das agências no Canal do Referenciado). Unidade: Rio de Janeiro Abrangência: RJ doctormail.fi Unidade: São Paulo Abrangência: SP doctormail.fi Unidade: Porto Alegre Abrangência: RS, PR, SC doctormail.fi Unidade: Brasília Abrangência: AC, DF, MT, MS, GO, TO, AM, RR, RO doctormail.fi Unidade: Belém Abrangência: AP, PA doctormail.fi

ANEXO I ESTRUTURA FÍSICA DOS CAMPOS DAS GUIAS E DOS DEMONSTRATIVOS

ANEXO I ESTRUTURA FÍSICA DOS CAMPOS DAS GUIAS E DOS DEMONSTRATIVOS ANEXO I ESTRUTURA FÍSICA DOS CAMPOS DAS GUIAS E DOS DEMONSTRATIVOS 1. Documentos preenchidos pelos prestadores e encaminhados às operadoras 1.1. Guia de Consulta Padrão TISS versão 2.1 Página 2-94 1.1.1.

Leia mais

Legenda da Guia de solicitação e realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e terapia (SP / SADT)

Legenda da Guia de solicitação e realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e terapia (SP / SADT) Legenda da Guia de solicitação e realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e terapia (SP / SADT) Núm. do Nome do campo Descrição Campo Dados da autorização Registro da operadora

Leia mais

Legenda da guia de solicitação e de realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e Terapia (SP/SADT)

Legenda da guia de solicitação e de realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e Terapia (SP/SADT) Legenda da guia de solicitação e de realização de serviço / serviço auxiliar diagnóstico e Terapia (SP/SADT) Núm. do Dados da autorização 1 Registro ANS Registro da operadora na ANS String (6) 2 Número

Leia mais

Manual de Preenchimento da TISS (Troca de Informações em Saúde Suplementar)

Manual de Preenchimento da TISS (Troca de Informações em Saúde Suplementar) Manual de Preenchimento da TISS (Troca de Informações em Saúde Suplementar) 0 Última Atualização: 16/05/07 9:30h SUMÁRIO I Introdução Página 2 II - Formulários/ Legendas Página 5 II.1 Guias Página 5 2.1.1

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR VERSÃO 2

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR VERSÃO 2 MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR VERSÃO 2 1 Brasília/DF - 2007 1. Introdução A meta deste trabalho é estruturar e auxiliar no correto preenchimento das Guias

Leia mais

Número do Cartão Nacional de Saúde do beneficiário. Código na operadora ou CNPJ ou String (14)

Número do Cartão Nacional de Saúde do beneficiário. Código na operadora ou CNPJ ou String (14) Legenda da guia de resumo internação Núm. do 1 Registro ANS Registro da operadora na ANS String (6) 2 Número da guia Número da guia String (20) 3 Nº Guia Solicitação Número da guia de solicitação. String

Leia mais

Guia de SP/SADT Instrução de Preenchimento Manual

Guia de SP/SADT Instrução de Preenchimento Manual A Guia de Serviço Profissional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia SP/SADT deverá ser preenchida pelo profissional ou entidade de saúde que mantém compromisso de credenciamento especial firmado com

Leia mais

Manual de Orientação TISS

Manual de Orientação TISS Manual de Orientação TISS Prezado Prestador, De forma a atender a Resolução Normativa 114 de 26/10/05 publicada pela ANS - Agência Nacional de Saúde Suplementar, a Marítima Saúde Seguros S/A está disponibilizando

Leia mais

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC)

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC) Golden Fone (SAC) 0800-728-2001 (Capitais e Interior) Central Técnica 4004-2001 (Regiões Metropolitanas do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília e São Luís) 0800-729-2001

Leia mais

Nome do campo Descrição Obrigatório. Registro da operadora na ANS. Já consta na guia. Número da guia de solicitação.

Nome do campo Descrição Obrigatório. Registro da operadora na ANS. Já consta na guia. Número da guia de solicitação. Legenda da Guia de solicitação de internação Núm. do Campo Nome do campo Descrição 1 Registro ANS Registro da operadora na ANS. Já consta na guia. 2 Número da guia Número da guia de solicitação. Já consta

Leia mais

FORMULÁRIOS TISS SUMÁRIO

FORMULÁRIOS TISS SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Formulários Padrão TISS 2. Preenchimento das Guias Padrão TISS Guia de Consulta Guia de Serviço Profissional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia SP/SADT Guia de Solicitação de Internação

Leia mais

MANUAL Troca de Informações em Saúde Suplementar TISS

MANUAL Troca de Informações em Saúde Suplementar TISS MANUAL Troca de Informações em Saúde Suplementar TISS Plano de Auto-Gestão em Saúde da CERON - PAGSC Porto Velho ago/2007 1 APRESENTAÇÃO A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 43 - PADRÃO TISS

CONSULTA PÚBLICA Nº 43 - PADRÃO TISS CONSULTA PÚBLICA Nº 43 - PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA GUIAS, ANEXOS, DEMONSTRATIVOS E MONITORAMENTO DO PADRÃO TISS Indice Guia de Consulta 4 Legenda da Guia de Consulta 5 Guia Comprovante

Leia mais

TISS. Manual de Instruções. Manual de Instruções. Troca de Informação em Saúde Suplementar 1/40 ANS 36.825-3

TISS. Manual de Instruções. Manual de Instruções. Troca de Informação em Saúde Suplementar 1/40 ANS 36.825-3 TISS Manual de Instruções Manual de Instruções Troca de Informação em Saúde Suplementar 1/40 1. INTRODUÇÃO 2. ORIENTAÇÕES GERAIS 2.1 Entrega de guias SUMÁRIO......... 2.2 Numeração de guias Pacotes...

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções Manual de Instruções Junho/09 SUMÁRIO 1. Introdução 2. Orientações Gerais 2.1 Entrega de guias 2.2 Numeração de guias 2.3 Pacotes - Autorização e cobrança 3. Identificação do Beneficiário 3.1 Modelo do

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA GUIA DE RESUMO DE INTERNAÇÃO

INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA GUIA DE RESUMO DE INTERNAÇÃO INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA GUIA DE RESUMO DE INTERNAÇÃO NOME DO FORMULÁRIO: GUIA DE RESUMO DE INTERNAÇÃO CONCEITO: A GUIA DE RESUMO DE INTERNAÇÃO É O FORMULÁRIO PADRÃO A SER UTILIZADO PARA A FINALIZAÇÃO

Leia mais

APRESENTAÇÃO UNIHOSP SAÚDE S/A CNPJ: 01.445.199/0001-24 Rua Campos Sales, 517 Centro Santo André - SP MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO

APRESENTAÇÃO UNIHOSP SAÚDE S/A CNPJ: 01.445.199/0001-24 Rua Campos Sales, 517 Centro Santo André - SP MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO APRESENTAÇÃO UNIHOSP SAÚDE S/A CNPJ: 01.445.199/0001-24 Rua Campos Sales, 517 Centro Santo André - SP MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO Este manual visa esclarecer as regras e normas para o serviço

Leia mais

COMUNICADO. Autorização Prévia do Plano de Saúde ELETROBRAS/CEPEL/ELETROS Nova Lista Unificada e Novo Procedimento

COMUNICADO. Autorização Prévia do Plano de Saúde ELETROBRAS/CEPEL/ELETROS Nova Lista Unificada e Novo Procedimento COMUNICADO CARTA ES - 386/11 Autorização Prévia do Plano de Saúde ELETROBRAS/CEPEL/ELETROS Nova Lista Unificada e Novo Procedimento Prezados Credenciados, Com o intuito de adotar as melhores práticas,

Leia mais

TISS 3.02.00 CARTILHA. 1. Divulgação 3.02.00 Unimed Planalto Médio/ANS. 2. Material TISS 3.02.00 3. Componentes da TISS 3.02.00 VERSÃO 1.

TISS 3.02.00 CARTILHA. 1. Divulgação 3.02.00 Unimed Planalto Médio/ANS. 2. Material TISS 3.02.00 3. Componentes da TISS 3.02.00 VERSÃO 1. VERSÃO 1.0 CARTILHA TISS 3.02.00 1. Divulgação 3.02.00 Unimed Planalto Médio/ANS 2. Material TISS 3.02.00 3. Componentes da TISS 3.02.00 4. Rotina Operacional 5. Rotina Operacional Autorizações Contas

Leia mais

Manual de Instruções Maio 2007

Manual de Instruções Maio 2007 Manual de Instruções Maio 2007 SUMÁRIO 1. Introdução 03 2. Orientações Gerais 04 2.1 Entrega de guias 04 2.2 Numeração de guias 04 2.3 Pacotes Autorização e cobrança 04 3. Identificação do Beneficiário

Leia mais

Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde)

Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde) Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde) Demonstrativo de retorno: modelo formal de representação e descrição documental do padrão TISS sobre o pagamento dos eventos assistenciais realizados

Leia mais

RESUMO DO MANUAL DE PREENCHIMENTO DAS GUIAS TISS. Aqui você encontra instruções para preencher corretamente os principais campos das Guias TISS.

RESUMO DO MANUAL DE PREENCHIMENTO DAS GUIAS TISS. Aqui você encontra instruções para preencher corretamente os principais campos das Guias TISS. RESUMO DO MANUAL DE PREENCHIMENTO DAS GUIAS TISS Aqui você encontra instruções para preencher corretamente os principais campos das Guias TISS. Prezado(a) Referenciado(a), A mudança exigida pela ANS dos

Leia mais

ÍNDICE TISS versão 3.0 Implantação 31/05/2014

ÍNDICE TISS versão 3.0 Implantação 31/05/2014 1 ÍNDICE 1. Visão Geral 3 2. O que é a TISS 3 3. Histórico da evolução do modelo 3 4. O que faz parte da TISS 4 5. Guias e demonstrativos 4 6. Plano de contingência 4 7. Guia de consulta 5 8. Guia de SP/SADT

Leia mais

MANUAL DO CREDENCIADO

MANUAL DO CREDENCIADO MANUAL DO CREDENCIADO Í nicio Caro Credenciado, Seja bem vindo! Nós, da São Francisco Clínicas, estamos muito satisfeitos por tê-lo como parceiro. Pensando em auxiliá-lo nas tarefas diárias, criamos o

Leia mais

SERVMED SAÚDE MANUAL DE PREENCHIMENTO TISS

SERVMED SAÚDE MANUAL DE PREENCHIMENTO TISS SERVMED SAÚDE MANUAL DE PREENCHIMENTO TISS MAIO/2007 Blumenau-SC, 18 de maio de 2007. À Rede Credenciada Prezados Credenciados: Como é de conhecimento de todos, dia 31 de maio de 2007 é o prazo que a Agência

Leia mais

Padrão de Preenchimento de Guias - TISS. Manual de Preenchimento de Guias Padrão TISS

Padrão de Preenchimento de Guias - TISS. Manual de Preenchimento de Guias Padrão TISS Manual de Preenchimento de Guias Padrão TISS Este manual foi desenvolvido com o intuito de auxiliar o usuário no preenchimento das guias de consulta, SADT, Internação, Honorário Individual conforme regras

Leia mais

MANUAL DO CREDENCIADO

MANUAL DO CREDENCIADO MANUAL DO CREDENCIADO I nício Caro Credenciado, Seja bem vindo! Nós, da São Francisco Saúde, estamos muito satisfeitos por tê-lo como parceiro. Pensando em auxiliá-lo nas tarefas diárias, criamos o Manual

Leia mais

Manual de instruções para utilização e preenchimento das guias. Instruções gerais

Manual de instruções para utilização e preenchimento das guias. Instruções gerais Manual de instruções para utilização e preenchimento das guias Instruções gerais Este manual tem como finalidade instruir todos os prestadores de serviço no preenchimento uniforme das guias do padrão TISS

Leia mais

PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA. Formulários do Plano de Contingência

PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA. Formulários do Plano de Contingência PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA Formulários do Plano de Contingência Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 311 Logo da Empresa GUIA DE CONSULTA 2- Nº Guia no Prestador

Leia mais

TISS 3.01.00 CARTILHA. 1. Divulgação 3.01.00 - CNU/ANS. 2. Material TISS 3.01.00. 3. Componentes da TISS 3.01.00

TISS 3.01.00 CARTILHA. 1. Divulgação 3.01.00 - CNU/ANS. 2. Material TISS 3.01.00. 3. Componentes da TISS 3.01.00 1. Divulgação 3.01.00 - CNU/ANS CARTILHA TISS 3.01.00 2. Material TISS 3.01.00 3. Componentes da TISS 3.01.00 4. Rotina Operacional Central de Atendimento Autorização 5. Rotina Operacional Contas Médicas

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA A REDE DE PRESTADORES

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA A REDE DE PRESTADORES ORIENTAÇÕES GERAIS PARA A REDE DE PRESTADORES Teresina/2009 SUMÁRIO PAG I Objetivo do manual... 03 II - Orientações Gerais... 04 III - Anexo I Procedimentos que necessitam de autorização prévia... 08 IV

Leia mais

Manual do Prestador SEPACO. Autogestão. ANS - no 41.696-7

Manual do Prestador SEPACO. Autogestão. ANS - no 41.696-7 Manual do Prestador Autogestão ANS - no 41.696-7 SEPACO Prezado prestador, Este manual tem como objetivo formalizar a implantação das rotinas administrativas do Sepaco Autogestão, informando as características

Leia mais

Webplan Webplan Belo Horizonte 2014

Webplan Webplan Belo Horizonte 2014 Webplan Webplan Belo Horizonte 2014 Sumário Objetivo... 3 Funcionalidades... 3 Iniciando o Webplan... 3 Guia Rápido: Autorizando Procedimentos... 5 Guia de Consulta... 7 Descrição dos Campos... 8 Resumo

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO GUIAS TISS

MANUAL DE PREENCHIMENTO GUIAS TISS MANUAL DE PREENCHIMENTO GUIAS TISS Padrão TISS Atendendo à exigência da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a partir do dia 31 de Agosto do corrente ano, a Unimed Sobral se adequará ao padrão

Leia mais

Valor total do protocolo diferente do valor total das guias Protocolo 1199 Outros

Valor total do protocolo diferente do valor total das guias Protocolo 1199 Outros 1.1. Glosas, negativas e demais mensagens Grupo Descrição da Elegibilidade 1001 Número da carteira inválido Elegibilidade 1002 Número do Cartão Nacional de Saúde inválido Elegibilidade 1003 A admissão

Leia mais

Divulgação Novo TISS 3.02.00

Divulgação Novo TISS 3.02.00 Manual TISS 3.0.00 Índice Tema Introdução Conteúdo e Estrutura Guia de Consulta Legenda Guia de Consulta Guia SP SADT Legenda Guia SP SADT Guia Solicitação de Internação Legenda Guia Solicitação de Internação

Leia mais

Formulários do TISS. Instruções para Preenchimento. Manual de Preenchimento TISS

Formulários do TISS. Instruções para Preenchimento. Manual de Preenchimento TISS Formulários do TISS Instruções para Preenchimento Pag. 1 A Ameplan Assistência Médica Planejada preparou este manual para facilitar aos médicos credenciados e prestadores de serviços, o entendimento sobre

Leia mais

ORIENTAÇÕES DE ACESSO AOS SERVIÇOS PELOS BENEFICIÁRIOS E DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED

ORIENTAÇÕES DE ACESSO AOS SERVIÇOS PELOS BENEFICIÁRIOS E DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED ORIENTAÇÕES DE ACESSO AOS SERVIÇOS PELOS BENEFICIÁRIOS E DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED Senhor responsável, Considerando a assinatura do Termo de Credenciamento entre Vossa Senhoria e o Plano de Saúde

Leia mais

ÍNDICE. - 1 Guia Padrão TISS Versão 3.01.00

ÍNDICE. - 1 Guia Padrão TISS Versão 3.01.00 ÍNDICE TÓPICO PAG. 1 Apresentação... 2 2 Definição do Padrão TISS... 3 3 Objetivo do Padrão TISS... 3 4 Guias (formulários) do Padrão TISS... 3 5 Preenchimento das Guias do Padrão TISS... 4 Guia de Consulta...

Leia mais

Apresentação TISS 3.01.00. Obrigatoriedade 30/05/2014 RN 305 / 341 IN 51 (ANS)

Apresentação TISS 3.01.00. Obrigatoriedade 30/05/2014 RN 305 / 341 IN 51 (ANS) Apresentação TISS 3.01.00 Obrigatoriedade 30/05/2014 RN 305 / 341 IN 51 (ANS) 1 Apresentação TISS 3.01.00 Obrigatoriedade 30/05/2014 RN 305 / 341 IN 51 (ANS) Paulo Andrade (Gerente TI) Coordenador TISS

Leia mais

ÍNDICE. - 1 Guia Padrão TISS Versão 3.02.00

ÍNDICE. - 1 Guia Padrão TISS Versão 3.02.00 ÍNDICE TÓPICO PAG. 1 Apresentação... 2 2 Definição do Padrão TISS... 3 3 Objetivo do Padrão TISS... 3 4 Guias (formulários) do Padrão TISS... 3 5 Preenchimento das Guias do Padrão TISS... 4 Guia de Consulta...

Leia mais

Manual de utilização do Módulo Operacional

Manual de utilização do Módulo Operacional Manual de utilização do Módulo Operacional Consultório Online Rev. 00 O melhor plano de saúde é viver. O segundo melhor é Unimed. Índice Passo 1: Visão geral Passo 2: Como acessar o Consultório On-Line?

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA Recife/2007 SUMÁRIO PAG I Objetivos... 02 II Orientações Gerais... 04 III Instruções para preenchimento da Guia de Consulta... 06 IV Anexos......

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 AUTORIZADOR WEB 4. Pesquisar Beneficiário... 5. Elegibilidade Beneficiário... 6. Nova Guia Consulta Eletiva... 7. Nova Guia SP/SADT...

INTRODUÇÃO 2 AUTORIZADOR WEB 4. Pesquisar Beneficiário... 5. Elegibilidade Beneficiário... 6. Nova Guia Consulta Eletiva... 7. Nova Guia SP/SADT... INTRODUÇÃO 2 AUTORIZADOR WEB 4 Pesquisar Beneficiário... 5 Elegibilidade Beneficiário... 6 Nova Guia Consulta Eletiva... 7 Nova Guia SP/SADT... 10 Nova Guia Anexo de Radioterapia... 14 Nova Guia Anexo

Leia mais

Sistema MV Saúde. Manual do Prestador

Sistema MV Saúde. Manual do Prestador Sistema MV Saúde Manual do Prestador Indice: Como logar 3 COMO GERAR UMA GUIA DE CONSULTA 5 COMO GERAR UMA GUIA DE SP/SADT (PROCEDIMENTOS) 8 COMO GERAR UMA GUIA DE INTERNAÇÃO 12 2 Como logar Sistema MV

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

Manual Específico Unimed-Rio - TISS

Manual Específico Unimed-Rio - TISS UNIME D-RIO Manual Específico Unimed-Rio - TISS Área de Relacionamento com Hospitais Rio 2 PADRONIZAÇÃO DOS NOVOS FORMULÁRIOS QUE SERÃO UTILIZADOS PELOS PRESTADORES PARA ENVIO PARA A UNIMED-RIO. Estes documentos

Leia mais

Manual TISS Troca de Informaçõ

Manual TISS Troca de Informaçõ Manual TISS Troca de Informaçõ ções em Saúde Suplementar Versão o 1.1 Instruçõ ções para preenchimento das guias PREENCHER EXCLUSIVAMENTE COM CANETA PRETA OU AZUL GCES A Unimed Natal desenvolveu este manual

Leia mais

ORIENTAÇÕES DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED

ORIENTAÇÕES DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED Supremo Tribunal Federal Secretaria de Serviços Integrados de Saúde SIS Seção de Processamento de Despesas Médicas ORIENTAÇÕES DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED Senhor responsável, Considerando a assinatura

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal ORIENTAÇÕES DE ACESSO AOS SERVIÇOS PELOS BENEFICIÁRIOS E DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED Senhor responsável, Considerando a assinatura do Termo de Credenciamento entre Vossa Senhoria e o Plano de Assistência

Leia mais

BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO

BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO 1 Procedimento inicial para acessar o sistema na web No browser digitar: Para Homologação: http://treinamento.assiste.mpu.gov.br/homologacao Para Produção: http://assiste.mpu.gov.br/producao

Leia mais

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

TABELA DE MENSAGENS GLOSAS

TABELA DE MENSAGENS GLOSAS TABELA DE MENSAGENS GLOSAS Grupo Elegibilida 1001 Número da carteira inválido Elegibilida 1002 Número do Cartão Nacional Saú inválido Elegibilida 1003 A admissão do Beneficiário no prestador ocorreu antes

Leia mais

Índice. Fátima Saúde - Treinamento TISS

Índice. Fátima Saúde - Treinamento TISS Índice Introdução 3 O que é a TISS? 3 Implementação da TISS 3 Guias 4 Orientações Gerais 4 Legislação 4 Mais Informações 4 Preenchimento das Guias 5 Guia da Consulta 5 Guia de Solicitação de Serviços Profissionais/Serviços

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA PREENCHIMENTO DAS GUIAS VERSÃO TISS 3.02

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA PREENCHIMENTO DAS GUIAS VERSÃO TISS 3.02 MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA PREENCHIMENTO DAS GUIAS VERSÃO TISS 3.02 Tipos de Guias Guias Existentes Guia de Consulta; Guia SADT; Guia de Solicitação de Internação; Guia de Resumo de Internação; Guia de

Leia mais

HelpAndManual_unregistered_evaluation_copy. Manual de Instruções. versão 2.1.03

HelpAndManual_unregistered_evaluation_copy. Manual de Instruções. versão 2.1.03 HelpAndManual_unregistered_evaluation_copy Manual de Instruções versão 2.1.03 2 TISS 2.1 Sumário Manual TISS 1 Introdução... 4 O que é a TISS?... Como utilizar esse... manual Sobre esse manual... 2 Guias

Leia mais

UNIMED-BH. Instruções para geração dos arquivos de faturamento eletrônico

UNIMED-BH. Instruções para geração dos arquivos de faturamento eletrônico UNIMED-BH Instruções para geração dos arquivos de faturamento eletrônico Versão TISS 3.00.01 Maio/2013 Índice Pág. Instruções gerais sobre o leiaute de faturamento UNIMED-BH padrão TISS 3 Instruções Técnicas

Leia mais

Manual de Conteúdo e Estrutura

Manual de Conteúdo e Estrutura Manual de Conteú e Estrutura Instruções para preenchimento das guias em papel versão 2.1.10 2 TISS 2.1 Sumário Manual de conteú e estrutura 1 Introdução... 4 O que é a TISS?... Como utilizar esse... manual

Leia mais

CONVOCAÇÕES REALIZADAS ATÉ 01/01/2012

CONVOCAÇÕES REALIZADAS ATÉ 01/01/2012 SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS (SERPRO) CONCURSO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA OS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO EDITAL Nº 1 SERPRO, DE 08 DE OUTUBRO

Leia mais

Manual do Prestador SEPACO. Saúde. ANS - n 40.722-4

Manual do Prestador SEPACO. Saúde. ANS - n 40.722-4 Manual do Prestador Saúde o ANS - n 40.722-4 SEPACO Prezado prestador, Este manual tem como objetivo formalizar a implantação das rotinas administrativas do Sepaco Saúde, informando as características

Leia mais

Ações e Experiências de Operadoras na Gestão de suas Redes Assistenciais. Flávio Bitter

Ações e Experiências de Operadoras na Gestão de suas Redes Assistenciais. Flávio Bitter Ações e Experiências de Operadoras na Gestão de suas Redes Assistenciais Flávio Bitter outubro 2015 Destaques Presença Nacional Beneficiários (Mil) Operadora líder no mercado brasileiro de Saúde suplementar,

Leia mais

SAÚDE CONNECT 3.001 FATURAMENTO

SAÚDE CONNECT 3.001 FATURAMENTO SAÚDE CONNECT 3.001 FATURAMENTO FATURAMENTO - PRESTADOR... 3 1. DIGITAR GUIAS... 3 1.1 GUIA DE CONSULTA... 3 1.2 GUIA DE SP/SADT... 8 1.3 GUIA DE HONORÁRIOS... 17 1.4 RESUMO DE INTERNAÇÃO... 23 1.5 GUIA

Leia mais

PADRÃO TISS conteúdo & estrutura. novembro 2013

PADRÃO TISS conteúdo & estrutura. novembro 2013 PADRÃO TISS conteúdo & estrutura novembro 2013 Índice Parte I - Lista das mensagens padronizadas 5 Parte II - Mensagens entre operadoras de planos privados de assistência à saúde e prestadores de serviços

Leia mais

Treinamentos Siscomex Carga e Sistema Mercante

Treinamentos Siscomex Carga e Sistema Mercante Objetivo Treinar os participantes para o efetivo uso dos sistemas Siscomex Carga e Mercante. Público Alvo Profissionais que atuam nas seguintes áreas: - Agência Marítima; - Empresa de Navegação; - Agente

Leia mais

AP_CONTA WEB Portal de Digitação e envio do Faturamento

AP_CONTA WEB Portal de Digitação e envio do Faturamento [Digite texto] 2013 Portal de Digitação e envio do Faturamento O AP_Conta tem como objetivo permitir aos prestadores de serviços médicos digitarem as guias de faturamento em conformidade com o padrão TISS,

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

POLÍTICAS DE SAÚDE EM QUEIMADOS

POLÍTICAS DE SAÚDE EM QUEIMADOS MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO ESPECIALIZADA POLÍTICAS DE SAÚDE EM QUEIMADOS JUNHO - 2009 Diretrizes Tomando por base a necessidade de organizar à assistência

Leia mais

Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar

Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar Radar TISS Manual de Preenchimento 3ª Campanha Odontologia Referência Junho 2010 MINISTÉRIO DA SAÚDE Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS

Leia mais

Faça agora seu plano, ligue: (21) 2772-0852 - 3566-4862

Faça agora seu plano, ligue: (21) 2772-0852 - 3566-4862 Faça agora seu plano, ligue: (21) 2772-852 - 3566-4862 Faça agora seu plano, ligue: (21) 2772-852 - 3566-4862 *REDUÇÃO DE CARÊNCIA GRUPO DE BENEFÍCIOS CARÊNCIA CONTRATUAL 413 128 129 398 Carência - consulta

Leia mais

Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais. 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará

Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais. 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará IPECE Informe nº 38 Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará 1. INTRODUÇÃO O Neste documento serão analisados os aspectos educacionais da capital

Leia mais

Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 381

Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 381 Logo da Empresa ANEXO DE SOLICITAÇÃO DE RADIOTERAPIA 2- Nº Guia no Prestador 12345678901234567890 1 - Registro ANS 3 - Número da Guia Referenciada 4 -Senha 5 - Data da Autorização 6 - Número da Guia Atribuído

Leia mais

Padrão TISS - Troca de Informações em Saúde Suplementar

Padrão TISS - Troca de Informações em Saúde Suplementar Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar - Troca de Informações em Saúde Suplementar para preenchimento das Guias Odontológicas Índice O que é TISS 3 Como utilizar esse manual 4 Instruções

Leia mais

MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015

MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015 MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015 Situação da microcefalia no Brasil Até 21 de novembro, foram notificados 739 casos suspeitos de microcefalia, identificados em 160 municípios de nove

Leia mais

PADRÃO TISS conteúdo & estrutura. maio 2014

PADRÃO TISS conteúdo & estrutura. maio 2014 PADRÃO TISS conteúdo & estrutura maio 2014 Índice Parte I - Lista das mensagens padronizadas 5 Parte II - Mensagens entre operadoras de planos privados de assistência à saúde e prestadores de serviços

Leia mais

1 O que é a TISS 3.02.00?

1 O que é a TISS 3.02.00? 1 O que é a TISS 3.02.00? O Padrão TISS possui padrão obrigatório para trocas eletrônicas de dados de atenção à saúde dos beneficiários de planos, entre os agentes da Saúde Suplementar. Tem por finalidade

Leia mais

PROPOSTA DE PLANO DE SAÚDE ASSUFSM. Santa Maria, 06 de Junho de 2013.

PROPOSTA DE PLANO DE SAÚDE ASSUFSM. Santa Maria, 06 de Junho de 2013. PROPOSTA DE PLANO DE SAÚDE ASSUFSM Santa Maria, 06 de Junho de 2013. INTRODUÇÃO Trata-se de uma proposta de Plano de Saúde no sistema de pré-pagamento para atender os associados da ASSUFSM de Santa Maria/RS,

Leia mais

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa e Acidentes por Unidade Federativa - 2016 Data: 23/05/2017 FILTROS: Veículos: Todos, Caminhões, Ônibus Valores: Absolutos Estado: Todos BR: Todas Estados com maior número de mortes e acidentes - 2016 Este

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE DOS EMPREGADOS DA COPASA

ASSOCIAÇÃO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE DOS EMPREGADOS DA COPASA ASSOCIAÇÃO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE DOS EMPREGADOS DA COPASA MANUAL DE PREENCHIMENTO DE GUIAS PADRÃO TISS Belo Horizonte, Agosto de 2007. A COPASA Companhia de Saneamento de Minas Gerais e a AECO Associação

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Nível superior Cargo 1: Contador DF Brasília/Sede da Administração Central 35 1820 52,00 Nível médio Cargo 2: Agente Administrativo AC Rio Branco/Sede da SRTE 2 1496 748,00 Nível médio Cargo 2: Agente

Leia mais

Manual do Prestador Versão TISS 3.02

Manual do Prestador Versão TISS 3.02 Manual do Prestador Versão TISS 3.02 Caro(a) Prestador(a) Serviços, É com muito prazer e satisfação que aproveitamos esta página para demonstrar nosso agradecimento em relação à confiança depositada por

Leia mais

Padrão TISS RADAR TISS Operadoras Edição 2013

Padrão TISS RADAR TISS Operadoras Edição 2013 Padrão TISS RADAR TISS Operadoras Edição 2013 SUMÁRIO Questão 1 - Valor dos eventos de atenção à saúde, por grupo e origem... 4 Questão 2 Quantitativo e valor dos eventos de atenção à saúde por prestador...

Leia mais

Programa de Requalificação de UBS. Março/2015

Programa de Requalificação de UBS. Março/2015 Programa de Requalificação de UBS Março/2015 PROGRAMA DE REQUALIFICAÇÃO DE UBS Instituído no ano de 2011 OBJETIVOS: Criar incentivo financeiro para as UBS Contribuir para estruturação e o fortalecimento

Leia mais

Importação de Guias TIIS. Gestão de Plano de Saúde

Importação de Guias TIIS. Gestão de Plano de Saúde Gestão de Plano de Saúde Sumário Sumário... 2 1. Objetivo... 3 2. Introdução... 3 3. Tabela de Domínio TISS (versão 2.02.03)... 4 4. Como é feito o envio do Arquivo XML à Operadora de Saúde?... 5 5. Fluxo:

Leia mais

Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE

Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE AGOSTO/2014 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Orientações Gerais... 4 2.1 Entrega de guias... 4 2.2 Numeração de guias... 4 2.3 Pacotes - Autorização e cobrança...

Leia mais

REDE DE VENDAS E SERVIÇOS MARCOPOLO

REDE DE VENDAS E SERVIÇOS MARCOPOLO REDE DE VENDAS E SERVIÇOS MARCOPOLO * Área de Atuação BELÉM - PA (AP - MA)* Fone: 91 3039 1800 Fax: 91 3039 1807 vendas@marconorte.com.br BELO HORIZONTE - MG Fone: 31 3201 1971 Fax: 31 3201 1131 marcobus@marcobus.com.br

Leia mais

SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR

SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR SAW SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL Versão 1.0 ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR 2015 Este miniguia

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM Versão 01/2013 Consultório e SADT 11 IDENTIFICAÇÃO VOAM VOLVO ODONTOLOGIA E ASSISTÊNCIA MÉDICA. Razão Social: VOLVO DO BRASIL VEÍCULOS LTDA. CNPJ: 43.999.424/0001-14

Leia mais

MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ADVANCE MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DIGITAÇÃO CONTAS MÉDICAS VIA PORTAL OPS Portal Web Página 1 Acesso Para acessar o Portal é necessário abrir o navegador de Internet (Internet Explorer

Leia mais

Indenizações Pagas Quantidades

Indenizações Pagas Quantidades Natureza da Indenização Jan a Dez 2011 % Jan a Dez 2012 % Jan a Dez 2012 x Jan a Dez 2011 Morte 58.134 16% 60.752 12% 5% Invalidez Permanente 239.738 65% 352.495 69% 47% Despesas Médicas (DAMS) 68.484

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO LOGÍSTICO PORTARIA Nº 021 - D LOG, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2002

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO LOGÍSTICO PORTARIA Nº 021 - D LOG, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2002 MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO LOGÍSTICO PORTARIA Nº 021 - D LOG, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2002 Aprova as Normas Reguladoras da Aquisição, Venda, Registro, Cadastro e Transferência de

Leia mais

Anexo II A do Edital de Pregão Amplo nº 20/2008 - Planilha de Preços para o Lote A - Preço da Calibração

Anexo II A do Edital de Pregão Amplo nº 20/2008 - Planilha de Preços para o Lote A - Preço da Calibração Anexo II A do Edital de Pregão Amplo nº 20/2008 - Planilha de Preços para o Lote A - Preço da Calibração Lote Tipo Marca / Modelo Qtd Preço Médio Peso com Preço Unitário do Subtotal da Embalagem Serviço

Leia mais

O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE?

O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE? O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE? Instrumento que permite o financiamento, por meio de incentivos fiscais, de projetos esportivos aprovados pelo Ministério do Esporte. BASE LEGAL: Lei 11.438/06 -

Leia mais

SAÚDE CONNECT 03.010 AUTORIZAÇÃO

SAÚDE CONNECT 03.010 AUTORIZAÇÃO SAÚDE CONNECT 03.010 AUTORIZAÇÃO AUTORIZAÇÃO... 2 1. INFORMAÇÕES COMUNS DAS GUIAS AUTORIZAÇÃO.... 2 2. GUIA DE CONSULTA... 7 3. GUIA DE SP/SADT... 9 4. PRÉ-AUTORIZAÇÃO DE SP/SADT... 13 5. ANEXO SOLICITAÇÃO

Leia mais

Manual de Autorizações Médicas/ Hospitalares na Webplan

Manual de Autorizações Médicas/ Hospitalares na Webplan Manual de Autorizações Médicas/ Hospitalares na Webplan 1 Iniciando o Webplan - Acesso pelo portal: www.faceb.com.br (menu de acesso PRESTADORES, localizado na parte superior direita da página inicial).

Leia mais

Guia técnico do consultor. Plano de Saúde Coletivo por Adesão

Guia técnico do consultor. Plano de Saúde Coletivo por Adesão Guia técnico do consultor Plano de Saúde Coletivo por Adesão 1. Entidades titulares elegíveis documentos necessários Estas são as entidades para as quais a Qualicorp oferece, em condições especiais, planos

Leia mais

Padrão TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar Manual de utilização para preenchimento das Guias Odontológicas

Padrão TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar Manual de utilização para preenchimento das Guias Odontológicas Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar Troca de Informações em Saúde Suplementar para preenchimento das Guias Odontológicas Índice O que é TISS 3 Como utilizar esse manual 4 Instruções

Leia mais

Guia do Usuário Prosoft Analir versão 7.0. Introdução... 2. Liberação das licenças... 3

Guia do Usuário Prosoft Analir versão 7.0. Introdução... 2. Liberação das licenças... 3 Área Universidade Prosoft Autor Clécio Esteves Cavalcante Revisor Ricardo Sales Criação 26/02/2014 Publicação Edição 02-14/10/2014 Distribuição Franqueadora, Franquias e Clientes. Guia do Usuário Prosoft

Leia mais