Webplan Webplan Belo Horizonte 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Webplan Webplan Belo Horizonte 2014"

Transcrição

1 Webplan Webplan Belo Horizonte 2014

2 Sumário Objetivo... 3 Funcionalidades... 3 Iniciando o Webplan... 3 Guia Rápido: Autorizando Procedimentos... 5 Guia de Consulta... 7 Descrição dos Campos... 8 Resumo da Guia de Consulta Guia de SP/SADT Descrição dos Campos Resumo da Guia de SP/SADT Guia de Internação Descrição dos Campos Resumo da Guia de Internação Guia de Prorrogação Descrição dos Campos Resumo da Guia de Prorrogação Anexos Clínicos Anexos Clínicos Solicitação de Quimioterapia Descrição dos Campos Resumo do Anexo de Quimioterapia Anexos Clínicos Solicitação de Radioterapia Descrição dos Campos Resumo do Anexo de Radioterapia Anexos Clínicos Solicitação de OPME Descrição dos Campos Resumo do Anexo de Quimioterapia Página 2

3 Objetivo O objetivo é disponibilizar aos prestadores de saúde, uma funcionalidade para se realizar via web, a liberação para autorização de procedimentos, emissão de guias, emissão de relatórios de serviços, declação de IR, extratos, demostrativos de financeiros, faturamento e diversos outros processos operacionais. Funcionalidades 1 Iniciando o Webplan O usuário deverá selecionar o seu tipo de acesso. Tipo de acesso: Beneficiário; Médico; Hospital; Laboratório; Atendente; Vendedor; Usuário: Login de acesso fornecido aos beneficiários ou prestadores pela operadora. Página 3

4 Senha: A senha é fornecida aos usuários pela operadora; No primeiro acesso do prestador, o sistema irá solicitar alteração da senha automaticamente; A senha também poderá ser alterada clicando na opção Esqueci minha senha. Esta irá abrir a tela abaixo, basta informar o cadastrado junto a operadora. A alteração também poderá ser efetuada a partir do ícone, Trocar Senha localizado no menu do Webplan após login efetuado, visualizada na imagem abaixo: Página 4

5 2 Guia Rápido: Autorizando Procedimentos O objetivo deste guia é mostrar através de um fluxograma, como realizar uma liberação de procedimento. A forma de efetuar liberações é o mesmo para todos os tipos de guias existentes (Consulta, SP/SADT, Internação, etc). Veja abaixo: Autorização de procedimentos Webplan: Acessar o portal da operadora: A operadora de saúde deverá fornecer ao prestador de serviços a URL para acessar ao portal da operadora. Exemplo: Informar login e senha de acesso: Conforme descrito nas páginas 3 e 4 (Inciando o Webplan), a operadora de saúde fornece ao prestador de serviço o login e senha para acessar o portal. Selecionar o tipo de guia a ser solicitada: Após acesso efetuado, o prestador deverá selecionar o tipo de guia do qual irá solicitar autorização os tipos de guias são: Guia deconsulta, Guia de SP/SADT, Guia de Internação, Guia de Prorrogação, Anexos Clínicos. Para detalhamento de cada guia, consultar manual à partir da página 7 Preencher Informações do atendimento: Após selecionar o tipo de guia do qual irá solicitar autorização, prestador deverá preencher os campo da guia. Para detalhamento de cada campos, consultar manual à partir da página 7 Página 5

6 Solicitar liberação da operadora: Após preenchimento de cada campo da guia solicitada, prestador deverá clicar no botão Gravar, este irá enviar a solicitação para operadora. Receber resposta da solicitação: Após clicar no botão Gravar, portal irá mostrar de forma rápida na tela o retorno da solicitação, com informações da senha de liberação, número da guia, data da validade da liberação, ou então os status pendente ou negada. Respostas: Negado (Analisar mensagens de resposta da operadora) Pendente (Aguardar análise da operadora) Liberado (Emitir guia da autorização). Para respostas: Negado e Pendente, indica que o prestador deverá entrar em contato com a operadora de saúde. Para resposta: Liberado, indica que a guia foi liberada com sucesso e a mesma poderá ser emitida. Página 6

7 3 Guia de Consulta Página 7

8 3.1 - Descrição dos Campos: Campo de preenchimento obrigatório, consiste o registro da operadora de plano privado de assistência à saúde na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Campo de preenchimento obrigatório, consiste o número que identifica a guia no prestador de serviços. Número que identifica a guia atribuído pela operadora. O preenchimento deste campo é condicionado. Deve ser preenchido caso a operadora atribua outro número à guia, independente do número que a identifica no prestador. Campo de preenchimento obrigatório, identifica o beneficiário, pode-se realizar busca pelo número da carteira do beneficiário na operadora ou pelo nome. Página 8

9 Data da validade da carteira do beneficiário, seu preenchimento é automático, ao informar o nome ou número da carteira no campo 4.(Número da carteira do beneficiário). Indica se o paciente é um recém-nascido que está sendo atendido no contrato do responsável, nos termos do Art. 12, inciso III, alínea a, da Lei 9.656, de 03 de junho de O preenchimento é de ordem obrigatória. Deve ser informado: "S" - Sim - caso o atendimento seja do recém-nato e o beneficiário seja o responsável "N" - Não - quando o atendimento for do próprio beneficiário. O campo é preenchido automaticamente, ao informar o número da carteira ou nome do beneficiário no campo 4.(Número da carteira do beneficiário). O campo é editável, podendo ser alterado caso o preenchimento automático não atenda. Nome do beneficiário, seu preenchimento é obrigatório. O campo é preenchido automaticamente, ao informar o número da carteira ou nome do beneficiário no campo 4.(Número da carteira do beneficiário). Página 9

10 Número do Cartão Nacional de Saúde do beneficiário. O preenchimento é condicionado, deve ser preenchido caso o beneficiário possua o número do Cartão Nacional de Saúde. O campo é preenchido automaticamente, ao informar o número da carteira ou nome do beneficiário no campo 4.(Número da carteira do beneficiário). Campo é de preenchimento obrigatório, consiste o código identificador do prestador contratado executante junto a operadora. Pode se informar o código ou nome do prestador. Quando logado como 'Médico' ou 'Hospital' o campo vem preenchido automaticamente, com os dados do prestador logado. Campo é de preenchimento obrigatório, consiste a razão social, nome fantasia ou nome do prestador contratado da operadora que executou o procedimento. É preenchido automaticamente quando informado código ou nome do profissional no campo 9 (Código da Operadora). É preenchido automaticamente também quando logado como 'Médico' ou 'Hospital'. Página 10

11 Código do prestador executante no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde do Ministério da Saúde (CNES/MS). O seu preenchimento é de ordem obrigatória. Caso o prestador ainda não possua o código do CNES o campo deverá ser preenchido com Seu preenchimento é automático, mediante preenchimento do campo 9. (Código da Operadora). Nome do profissional que executou o procedimento, deve ser preenchido quando o prestador contratado referido no (campo 10 - Nome do Contratado), for pessoa jurídica. O seu preenchimento é automático quando logado como 'Médico' Pode-se preenche-lo com o nome do profissional ou com o código na operadora. Código do conselho profissional do executante do procedimento, campo é de preenchimento obrigatório. Seu preenchimento é automático mediante preenchimento do campo 12.(Profissional Executante). Página 11

12 Número de registro do profissional executante no respectivo campo 13 (Conselho Profissional), seu preenchimento é de ordem obrigatória. Seu preenchimento é automático, mediante preenchimento do campo 12 (Profissional Executante). Sigla da Unidade Federativa do Conselho Profissional do executante do procedimento, de ordem obrigatória. Seu preenchimento é automático, mediante preenchimento do campo 12.(Profissional Executante). Código na classificação brasileira de ocupações do profissional executante do procedimento, campo é de ordem obrigatória. Se o profissional informado possuir diversas especialidades CBOS, o campo irá exibir uma lupa, ao clicar, irá exibir uma lista de todas as especialidades do prestador executante, senão o campo será preenchido automaticamente com o único código CBOS cadastrado para a especialidade. Página 12

13 Indica se o atendimento foi devido a acidente ocorrido com o beneficiário ou doença relacionada, seu preenchimento é de ordem obrigatória. Data em que o atendimento/procedimento foi realizado, preenchimento de ordem obrigatória. Por padrão ele puxa a data em que a guia está sendo digitada, mas é editável. Código do tipo de consulta realizada, de ordem obrigatória. Código da tabela utilizada para identificar os procedimentos realizados ou itens assistenciais utilizados. O código é definido de acordo com tabela de domínio de (Relação das terminologias unificadas da saúde suplementar), padronizado pela ANS. Seu preenchimento é automático e obrigatório. Página 13

14 Código identificador do procedimento realizado pelo prestador, o preenchimento é obrigatório. O preenchimento é automático, de acordo com a consulta padrão estabelecida na tabela utilizada pela operadora. Valor unitário do procedimento realizado. Seu preenchimento é obrigatório. Nos casos em que esse valor não possa ser definido previamente por força contratual, o campo deve ser preenchido com valor zero. O preenchimento será automático tanto com valor quanto com valor zerado, mediante preenchimento do campo 21.(Código do Procedimento). Campo utilizado para adicionar quaisquer observações sobre o atendimento ou justificativas que julgue necessário, é de ordem opcional e manual. Página 14

15 Botão para gravar e gerar a liberação da guia de consulta, ao clicar, se status for Liberada, sistema irá apresentar imagem abaixo: Dados da Tela: Número da guia liberada; Número da senha de liberação; Validade da senha liberada; Data em que a guia foi liberada; Opção para imprimir a guia na tela no formato (.pdf). Página 15

16 Se status for Pendente ou Negada, o portal irá apresentar telas, abaixo: Página 16

17 3.2 - Resumo da Guia de Consulta: A guia de consulta apresentada está no padrão TISS , e está disponibilizada nos acessos: Médico; Hospital; Atendente; Os campos com preenchimento automático são: Campo 1 - Registro ANS; Campo 2 - Nº da guia no prestador; Campo 3 - Número da guia atribuído pela operadora; Campo 5 - Validade da carteira; Campo 6 - Atendimento a RN; Campo 7 Nome; Campo 8 - Cartão Nacional de Saúde; Campo 10 - Nome do contratado; Campo 11 - Código CNES; Campo 12 - Nome do profissional executante; Campo 13 - Conselho Profissional; Campo 14 - Número no conselho; Campo 15 - UF; Campo 16 - Código CBO (vide detalhes no item 3.1); Campo 18 - Data do Atendimento (vide detalhes no item 3.1); Campo 20 Tabela; Campo 22 - Valor do procedimento (vide detalhes no item 3.1); Página 17

18 4 Guia de SP/SADT Página 18

19 4.1 - Descrição dos Campos: Registro da operadora de plano privado de assistência à saúde na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Seu preenchimento é automático e obrigatório. Número que identifica a guia no prestador de serviços. O preenchimento é obrigatório e automático ao gravar a guia. Número da guia principal, o preenchimento do campo é condicionado. Deve ser preenchido com o número da guia principal no prestador quando se tratar de solicitação de SADT em paciente internado ou na cobrança de honorário médico em separado para procedimentos ambulatoriais O preenchimento é automático, ao gravar a guia. Campo é de preenchimento obrigatório, identifica o beneficiário, pode-se realizar busca pelo número da carteira do beneficiário na operadora ou pelo nome. Página 19

20 Data da validade da carteira do beneficiário, seu preenchimento é automático, ao informar o nome ou número da carteira no campo 4.(Número da Carteira). Nome do beneficiário, seu preenchimento é obrigatório. O campo é preenchido automaticamente, ao informar o número da carteira ou nome do beneficiário no campo 4.(Número da Carteira). Número do Cartão Nacional de Saúde do beneficiário. O preenchimento é condicionado, deve ser preenchido caso o beneficiário possua o número do Cartão Nacional de Saúde. O campo é preenchido automaticamente, ao informar o número da carteira ou nome do beneficiário no campo 4.(Número da Carteira). Indica se o paciente é um recém-nascido que está sendo atendido no contrato do responsável, nos termos do Art. 12, inciso III, alínea a, da Lei 9.656, de 03 de junho de O preenchimento é de ordem obrigatória. Deve ser informado: "S" - Sim - caso o atendimento seja do recém-nato e o beneficiário seja o responsável "N" - Não - quando o atendimento for do próprio beneficiário. O campo é preenchido automaticamente, ao informar o número da carteira ou nome do beneficiário no campo 4.(Número da carteira do). O campo é editável, podendo ser alterado caso o preenchimento automático não atenda. Página 20

21 Campo é de preenchimento obrigatório, consiste o código identificador do prestador solicitante junto a operadora. Pode se informar o código ou nome do prestador. Campo é de preenchimento obrigatório, consiste a razão social, nome fantasia ou nome do prestador contratado da operadora que está solicitando o procedimento. É preenchido automaticamente quando informado código ou nome do profissional no campo 13 (Código da Operadora). Nome do profissional que está solicitando o procedimento. O preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido quando o prestador contratado referido no campo 14 (Nome do Contratado) for pessoa jurídica. Preenchimento automático quando 13 (Código da Operadora). é informado. Código do conselho profissional do solicitante do procedimento ou item assistencial. Preenchimento do campo é obrigatório e automático mediante preenchimento do campo 13 (Código da Operadora). Número de registro do profissional solicitante no respectivo Conselho Profissional. Seu preenchimento é obrigatório e é automático, mediante preenchimento do campo 13 (Código da Operadora). Página 21

22 Sigla da Unidade Federativa do Conselho Profissional do executante do procedimento, de ordem obrigatória. Seu preenchimento é automático, mediante preenchimento do campo13 (Código da Operadora). Código na classificação brasileira de ocupações do profissional solicitante do procedimento ou item assistencial. Se o profissional informado possuir diversas especialidades CBOS, o campo irá exibir uma lupa; ao clicar, irá exibir uma lista de todas as especialidades do prestador solicitante, senão o campo será preenchido automaticamente com o único código CBOS cadastrado para a especialidade. Campo de preenchimento obrigatório, consiste no código do caráter do atendimento eletivo ou urgência/emergência. Data em que o profissional solicitou os procedimentos ou itens assistenciais, Deve ser preenchido em caso de autorização pela operadora. Indicação clínica do profissional embasando a solicitação. O preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido pelo solicitante no caso de pequena cirurgia, terapia, alta complexidade e procedimentos com diretriz de utilização. Página 22

23 Botões para adicionar um procedimento, editar e remover, nesta respectiva ordem. Botão para aprovar procedimento informado e botão para remover procedimento. Irá aparecer após clicar no botão para inserir um procedimento. Definição dos Campos: Tabela; Procedimento; Descrição; Quantidade; Valor; Inserção em lote. Tabela: Consiste o código da tabela utilizada para identificar os procedimentos ou itens assistenciais solicitados. O código é definido de acordo com tabela de domínio de (Relação das terminologias unificadas da saúde suplementar), padronizado pela ANS. Seu preenchimento é automático e obrigatório. Página 23

24 Procedimento: Consiste o código identificador do procedimento realizado pelo prestador, o preenchimento é obrigatório. Pode-se informar o código do procedimento (AMB/TUSS/CBHPM), ou informar apenas a descrição. Só é permitido preenchimento desse campo, se dados do contratante executante forem preenchidos. Descrição: Consiste a descrição do procedimento ou item assistencial solicitado pelo prestador, o preenchimento é obrigatório e é automático mediante preenchimento do campo procedimento. Quantidade: Quantidade do procedimento ou item assistencial solicitado pelo prestador. É preenchido automaticamente quando informado procedimento. Por padrão preenche com valor 1, mas pode ser editado com valor desejado. Valor: Valor unitário do procedimento realizado. Preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido sempre que houver procedimento realizado sendo informado. Nos casos em que esse valor não possa ser definido previamente por força contratual, o campo deve ser preenchido com zero É preenchido automaticamente quando informando procedimento. Página 24

25 Inserção em lote: Atalho para inserção de vários procedimentos; Deve-se inserir um procedimento por linha Para informar mais que uma unidade utilize a fórmula: [código*quantidade] - Exemplo: *3 Campo é de preenchimento obrigatório, consiste o código identificador do prestador contratado executante junto a operadora. Pode se informar o código ou nome do prestador. Quando logado como 'Médico' ou 'Hospital' o campo vem preenchido automaticamente, com os dados do prestador logado. Página 25

26 Campo é de preenchimento obrigatório, consiste na razão social, nome fantasia ou nome do prestador contratado da operadora que executou o procedimento. É preenchido automaticamente quando informado código ou nome do profissional no campo 29 (Código da Operadora). É preenchido automaticamente também quando logado como 'Médico' ou 'Hospital'. Código do prestador executante no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde do Ministério da Saúde (CNES/MS). O seu preenchimento é de ordem obrigatória. Caso o prestador ainda não possua o código do CNES o campo deverá ser preenchido com Seu preenchimento é automático, mediante preenchimento do campo 29. (Código da Operadora) ou logado como 'Médico' ou 'Hospital'. Descrição dos Campos: Seq: Seq; Grau de participação; Profissional Nome; Conselho; Num.Conselho Cód.CBO Sequencial dos profissionais informados. Grau de participação: Grau de participação do profissional na realização do procedimento; Página 26

27 Seu preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido sempre que houver honorários profissionais relativos aos procedimentos realizados e tratar-se de procedimento realizado por equipe. Profissional: Nome do profissional que executou o procedimento pode-se informar o código do profissional ou o nome. Campo de preenchimento obrigatório. Nome: Nome do profissional que executou o procedimento, é preenchido automaticamente quando informando profissional. Conselho e Num. Conselho: Código do conselho profissional do executante do procedimento, campo é de preenchimento obrigatório. Número de registro do profissional executante no respectivo campo conselho profissional, seu preenchimento é de ordem obrigatória. O preenchimento de ambos os campos é automático, mediante preenchimento do campo profissional. Cód.CBO: Código na classificação brasileira de ocupações do profissional executante do procedimento, campo é de ordem obrigatória. Se o profissional informado possuir diversas especialidades CBOS, o campo irá exibir uma lupa, ao clicar, irá exibir uma lista de todas as especialidades do prestador executante. O preenchimento desse campo é automático, mediante preenchimento do campo profissional. Campo utilizado para adicionar quaisquer observações sobre o atendimento ou justificativas que julgue necessário, é de ordem opcional e manual. Página 27

28 Clicando em uma das opções acima, é possível emitir guias de quimioterapia, radioterapia ou OPME, a partir da guia de SP/SADT Para maiores detalhes sobre os campos, vide item 7 - Anexos Clínicos. Botão para gravar e gerar a liberação da guia de consulta, ao clicar, se status for Liberada, sistema irá apresentar imagem abaixo: Dados da Tela: Número da guia liberada; Número da senha de liberação; Validade da senha liberada; Data em que a guia foi liberada; Opção para imprimir a guia. na tela no formato (.pdf) Página 28

29 Se status for Pendente ou Negada, o portal irá apresentar telas, abaixo: Página 29

30 4.2 - Resumo da Guia de SP/SADT: A guia de serviço profissional/serviço auxiliar de diagnóstico e terapia SP/SADT, apresentada está no padrão TISS , e está disponibilizada nos acessos: Médico; Hospital; Laboratório; Atendente; Os campos com preenchimento automático são: Campo 1 - Registro ANS; Campo 2 - Nº da guia no prestador; Campo 3 - Número da guia principal Campo 9 - Validade da carteira; Campo 10 Nome; Campo 11 - Cartão Nacional de Saúde; Campo 12 - Atendimento a RN; Campo 14 - Nome do contratado; Campo 15 - Nome do profissional solicitante Campo 16 - Conselho Profissional Campo 17 - Número no conselho; Campo 18 UF; Campo 19 - Código CBO (vide detalhes no item 4.1); Campo 22 Data da Solicitação; Campo Tabela; Campo Descrição; Campo Quantidade (vide detalhes no item 4.1); Campo Valor; Campo 30 - Nome do contratado; Campo 31 Código CNES Campo Nome; Campo Conselho; Campo Num. Conselho; Campo UF; Campo Cod. CBO (vide detalhes no item 4.1); Página 30

31 5 Guia de Internação Página 31

32 5.1 - Descrição dos Campos: Campo de preenchimento obrigatório, consiste o registro da operadora de plano privado de assistência saúde na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Campo de preenchimento obrigatório, consiste o número que identifica a guia no prestador de serviço. Campo de preenchimento obrigatório, identifica o beneficiário, pode-se realizar busca pelo número da carteira do beneficiário na operadora ou pelo nome. Data da validade da carteira do beneficiário, seu preenchimento é automático, ao informar o nome ou número da carteira no campo 7.(Número da carteira). Indica se o paciente é um recém-nascido que está sendo atendido no contrato do responsável, nos termos do Art. 12, inciso III, alínea a, da Lei 9.656, de 03 de junho de O preenchimento é de ordem obrigatória. Deve ser informado: "S" - Sim - caso o atendimento seja do recém-nato e o beneficiário seja o responsável "N" - Não - quando o atendimento for do próprio beneficiário. O campo é preenchido automaticamente, ao informar o número da carteira ou nome do beneficiário no campo 7.(Número da carteira). Página 32

33 Nome do beneficiário, seu preenchimento é obrigatório. O campo é preenchido automaticamente, ao informar o número da carteira ou nome do beneficiário no campo 7.(Número da carteira). Número do Cartão Nacional de Saúde do beneficiário. O preenchimento é condicionado, deve ser preenchido caso o beneficiário possua o número do Cartão Nacional de Saúde. O campo é preenchido automaticamente, ao informar o número da carteira ou nome do beneficiário no campo 7.(Número da carteira). Campo é de preenchimento obrigatório, consiste o código identificador do prestador solicitante junto a operadora. Pode se informar o código ou nome do prestador. Campo é de preenchimento obrigatório, consiste a razão social, nome fantasia ou nome do prestador contratado da operadora que está solicitando o procedimento. É preenchido automaticamente quando informado código ou nome do profissional no campo 12 (Código da Operadora) Nome do profissional que está solicitando o procedimento. Preenchido automaticamente quando campo 12 (Código da Operadora). é informado. Página 33

34 Código do conselho profissional do solicitante do procedimento ou item assistencial. Preenchimento do campo é obrigatório e automático mediante preenchimento do campo 12 (Código da Operadora). Número de registro do profissional solicitante no respectivo Conselho Profissional. Seu preenchimento é obrigatório e é automático, mediante preenchimento do campo 12 (Código da Operadora). Sigla da Unidade Federativa do Conselho Profissional do executante do procedimento, de ordem obrigatória. Seu preenchimento é automático, mediante preenchimento do campo12 (Código da Operadora). Código na classificação brasileira de ocupações do profissional solicitante do procedimento ou item assistencial. Se o profissional informado possuir diversas especialidades CBOS, o campo irá exibir uma lupa, ao clicar, irá exibir uma lista de todas as especialidades do prestador solicitante, senão o campo será preenchido automaticamente com o único código CBOS cadastrado para a especialidade. Página 34

35 Este campo é de preenchimento obrigatório e consiste no código do contratado do prestador onde está sendo solicitada a internação do beneficiário. Pode-se informar o código ou nome do contratado cadastrado na operadora. Quando logado como Hospital, o campo será preenchido automaticamente, com os dados do prestador logado. Campo de preenchimento obrigatório, consiste no nome do hospital / local para onde está sendo solicitada a internação do beneficiário. Será preenchido automaticamente quando informando referido código da operadora ou quando logado como Hospital. Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se a data sugerida pelo profissional solicitante para início da internação do paciente. Por padrão a data é automaticamente preenchida com a data em que a guia foi aberta, mas a mesma pode ser alterada. Campo de preenchimento obrigatório, consiste o código do caráter do atendimento eletivo ou urgência/emergência. Página 35

36 Campo de preenchimento obrigatório, consiste o tipo de internação: Clínica; Cirúrgica; Obstétrica; Pediátrica; Psiquiátrica; Campo de preenchimento obrigatório, consiste o regime de internação: Hospital; Hospitalar dia; Domiciliar Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se o número de dias de internação solicitadas pelo prestador Indica se há previsão de utilização de OPME na internação. O preenchimento é obrigatório. Deve ser informado: "SIM" caso haja previsão de utilização de órtese, prótese ou material especial durante a internação; "NÃO" - caso não haja previsão de uso destes materiais. Página 36

37 Indica se há previsão de utilização de medicamento quimioterápico na internação. O preenchimento é obrigatório. Deve ser informado: "SIM" - caso haja previsão de utilização de quimioterápico durante a internação. "NÃO" - caso não haja previsão de uso deste tipo de medicamento. Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se a indicação clínica do profissional embasando a solicitação. Código do diagnóstico principal de acordo com a Classificação Internacional de Doenças e de Problemas Relacionados a Saúde - 10ª revisão, seu preenchimento é opcional. Código do diagnóstico secundário de acordo com a Classificação Internacional de Doenças e de Problemas Relacionados a Saúde 10ª revisão, seu preenchimento é opcional. Código do diagnóstico terciário de acordo com a Classificação Internacional de Doenças e de Problemas Relacionados a Saúde - 10ª revisão, seu preenchimento é opcional. Código do quarto diagnóstico de acordo com a Classificação Internacional de Doenças e de Problemas Relacionados a Saúde - 10ª revisão, seu preenchimento é opcional. Página 37

38 Indica se o atendimento foi devido a acidente ocorrido com o beneficiário ou doença relacionada, seu preenchimento é de ordem obrigatória. Botões para adicionar um procedimento, editar e remover, nesta respectiva ordem Botões para aprovar e remover procedimentos informados, nesta respectiva ordem. Irá aparecer após clicar no botão para inserir um procedimento Definição dos Campos: Tabela; Procedimento; Descrição; Quantidade; Valor; Inserção em lote. Tabela: Consiste o código da tabela utilizada para identificar os procedimentos ou itens assistenciais solicitados. Página 38

39 O código é definido de acordo com tabela de domínio de (Relação das terminologias unificadas da saúde suplementar), padronizado pela ANS. Seu preenchimento é automático e obrigatório. Procedimento: Consiste o código identificador do procedimento realizado pelo prestador, o preenchimento é obrigatório. Pode-se informar o código do procedimento (AMB/TUSS/CBHPM), ou informar apenas a descrição. Descrição: Consiste a descrição do procedimento ou item assistencial solicitado pelo prestador, o preenchimento é obrigatório e automático, mediante preenchimento do campo procedimento. Quantidade: Quantidade do procedimento ou item assistencial solicitado pelo prestador. É preenchido automaticamente quando informado procedimento. Por padrão preenche com valor 1, mas pode ser editado com valor desejado. Valor: Valor unitário do procedimento realizado. Preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido sempre que houver procedimento realizado sendo informado. Nos casos em que esse valor não possa ser definido previamente por força contratual, o campo deve ser preenchido com zero O preenchimento é automático quando informando procedimento. Página 39

40 Inserção em lote: Atalho para inserir vários procedimentos; Deve-se inserir um procedimento por linha Para informar mais que uma unidade utilize a fórmula: [código*quantidade] - Exemplo: *3 Página 40

41 Campo utilizado para adicionar quaisquer observações sobre o atendimento ou justificativas que julgue necessário, seu preenchimento é opcional e manual. Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se a data em que o profissional solicitou os procedimentos ou itens assistenciais. Por padrão ele é preenchido com a data em que a guia foi aberta, a data pode ser editada. Clicando em uma das opções acima, é possível emitir guias de quimioterapia, radioterapia ou OPME, a partir da guia de internação. Para maiores detalhes sobre os campos, vide item 7 - Anexos Clínicos. Botão para gravar e gerar a liberação da guia de consulta, ao clicar, se status for Liberada, sistema irá apresentar imagem abaixo: Página 41

42 Dados da Tela: Número da guia liberada; Número da senha de liberação; Validade da senha liberada; Data em que a guia foi liberada; Opção para imprimir a guia. na tela no formato (.pdf) Se status for Pendente ou Negada, portal irá apresentar telas, abaixo: Página 42

43 5.2 - Resumo da Guia de Internação: A guia de solicitação de internação, apresentada está no padrão TISS , e está disponibilizada nos acessos: Hospital; Atendente; Os campos com preenchimento automático são: Campo 1 Registro ANS; Campo 2 Nº da guia no prestador; Campo 8 Validade da carteira; Campo 9 Atendimento a RN; Campo 10 Nome; Campo 11 - Cartão Nacional de Saúde; Campo 13 - Nome do contratado; Campo 14 - Nome do profissional solicitante Campo 15 - Conselho Profissional Campo 16 - Número no conselho; Campo 17 UF; Campo 18 - Código CBO (vide detalhes no item 5.1); Campo 19 Código na Operadora (vide detalhes no item 5.1); Campo 20 Nome do Hospital / Local Solicitado Campo 21 Data sugerida para internação Campo Tabela; Campo Descrição; Campo Quantidade (vide detalhes no item 5.1); Campo Valor; Campo 46 Data da Solicitação (vide detalhes no item 5.1) Página 43

44 6 Guia de Prorrogação Página 44

45 6.1 - Descrição dos Campos: Campo de preenchimento obrigatório, consiste o registro da operadora de plano privado de assistência saúde na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Campo de preenchimento obrigatório, consiste o número que identifica a guia no prestador de serviço. Campo de preenchimento obrigatório, consiste o número da guia inicial de solicitação de internação. Neste informar-se o número da guia de internação da qual irá solicitar a prorrogação. Campo é de preenchimento obrigatório, identifica o beneficiário, será preenchido automaticamente ao informar o número da guia de solicitação de internação. Nome do beneficiário, seu preenchimento é obrigatório. O campo é preenchido automaticamente, ao informar o número da guia de solicitação de internação. Página 45

46 Campo de preenchimento obrigatório, consiste no código identificador do prestador solicitante junto a operadora. Será preenchido automaticamente ao informar o número da guia de solicitação de internação. Campo de preenchimento obrigatório, consiste na razão social, nome fantasia ou nome do prestador contratado da operadora que está solicitando o procedimento. Será preenchido automaticamente ao informar o número da guia de solicitação de internação. Nome do profissional que está solicitando o procedimento. Será preenchido automaticamente ao informar o número da guia de solicitação de internação. Código do conselho profissional do solicitante do procedimento ou item assistencial. Preenchimento do campo é obrigatório, será preenchido automaticamente ao informar o número da guia de solicitação de internação. Página 46

47 Número de registro do profissional solicitante no respectivo Conselho Profissional. Será preenchido automaticamente ao informar o número da guia de solicitação de internação. Sigla da Unidade Federativa do Conselho Profissional do executante do procedimento, de ordem obrigatória. Será preenchido automaticamente ao informar o número da guia de solicitação de internação. Código na classificação brasileira de ocupações do profissional solicitante do procedimento ou item assistencial. Será preenchido automaticamente com os dados informados na guia a ser prorrogada, ao informar o número da guia de solicitação de internação. Campo de preenchimento concionado. Deve ser preenchido no caso de solicitação de aumento do número de diárias. Página 47

48 Campo de preenchimento condicionado. Deve ser preenchido no caso de solicitação de alteração do tipo de acomodação da internação. Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se a indicação clínica do profissional embasando a solicitação. Botões para adicionar um procedimento, editar e remover, nesta respectiva ordem Botões para aprovar e remover procedimentos informados, nesta respectiva ordem. Irá aparecer após clicar no botão para inserir um procedimento Página 48

49 Definição dos Campos: Tabela; Procedimento; Descrição; Quantidade; Inserção em lote. Tabela: Consiste o código da tabela utilizada para identificar os procedimentos ou itens assistenciais solicitados. O código é definido de acordo com tabela de domínio de (Relação das terminologias unificadas da saúde suplementar), padronizado pela ANS. Seu preenchimento é automático. O preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido caso haja procedimentos adicionais a serem solicitados. Procedimento: Consiste o código identificador do procedimento realizado pelo prestador, o preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido caso haja procedimentos adicionais a serem solicitados. Pode-se informar o código do procedimento (AMB/TUSS/CBHPM), ou informar apenas a descrição. Descrição: Consiste a descrição do procedimento ou item assistencial solicitado pelo prestador, o preenchimento é automático. O preenchimento deste campo é condicionado. Deve ser preenchido caso haja procedimentos adicionais a serem solicitados. Quantidade: Página 49

50 Quantidade do procedimento ou item assistencial solicitado pelo prestador. É preenchido automaticamente quando informado procedimento. Por padrão preenche com valor 1, mas pode ser editado com valor desejado. Inserção em lote: Atalho para inserir vários procedimentos; Deve-se inserir um procedimento por linha Para informar mais que uma unidade utilize a fórmula: [código*quantidade] - Exemplo: *3 Página 50

51 Campo utilizado para adicionar quaisquer observações sobre o atendimento ou justificativas que julgue necessário, seu preenchimento é opcional e manual. Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se a data em que o profissional está solicitando a prorrogação ou complementação do tratamento. Por padrão ele é preenchido com a data em que a guia foi aberta, a data pode ser editada. Clicando em uma das opções acima, é possível emitir guias de quimioterapia, radioterapia ou OPME, a partir da guia de solicitação de prorrogação de nternação. Para maiores detalhes sobre os campos, vide item 7 - Anexos Clínicos. Botão para gravar e gerar a liberação da guia de consulta, ao clicar, se status for Liberada, sistema irá apresentar imagem abaixo: Página 51

52 Dados da Tela: Número da guia liberada; Número da senha de liberação; Validade da senha liberada; Data em que a guia foi liberada; Opção para imprimir a guia. na tela no formato (.pdf) Se status for Pendente ou Negada, portal irá apresentar telas, abaixo: Página 52

53 6.2 - Resumo da Guia de Solicitação de Prorrogação A guia de solicitação de prorrogação de internação, apresentada está no padrão TISS , e está disponibilizada nos acessos: Hospital; Médico; Laboratório; Atendente; Os campos com preenchimento automático são: Campo 1 Registro ANS; Campo 2 Nº da guia no prestador; Campo 7 - Número da Carteira (vide detalhes no item 6.1) Campo 8 Nome; Campo 9 Código da Operadora (vide detalhes no item 6.1) Campo 10 - Nome do contratado; Campo 11 - Nome do profissional solicitante Campo 12 - Conselho Profissional Campo 13 - Número no conselho; Campo 14 UF; Campo 15 - Código CBO Campo Tabela; Campo Descrição; Campo Quantidade (vide detalhes no item 6.1); Campo 28 Data da Solicitação (vide detalhes no item 6.1) Página 53

54 7 Anexos Clínicos 7.1 Anexos Clínicos Solicitação de Quimioterapia Descrição dos Campos: Página 54

55 Campo é de preenchimento obrigatório, consiste o registro da operadora de plano privado de assistência à saúde na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Campo é de preenchimento obrigatório, consiste o número que identifica a guia no prestador de serviços. Campo é de preenchimento obrigatório, consiste o número da guia à qual o anexo está vinculado. Seu preenchimento é automático quando guia é anexo de uma das guia de SP/SADT, Internação ou Prorrogação. Campo é de preenchimento obrigatório, identifica o beneficiário, é preenchido automaticamente quando o número da guia referenciada é informado. Quando a guia é preenchida a partir de uma guia (SP/SADT, Internação ou Prorrogação), este campo vem preenchido automaticamente com os dados informados nestas guias. Página 55

56 Nome do beneficiário, seu preenchimento é obrigatório. O campo é preenchido automaticamente, ao informar o número da guia referenciada. Quando guia é preenchida a partir de uma guia (SP/SADT, Internação ou Prorrogação), este campo vem preenchido automaticamente com os dados informados nestas guias. Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se o peso do beneficiário em quilos. Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se a altura do beneficiário em centímetros. Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se a superfície corporal do beneficiário em metros quadrados. Página 56

57 Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se a idade do beneficiário. Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se o sexo do beneficiário. Campo é de preenchimento obrigatório, consiste o código identificador do prestador solicitante junto a operadora, campo é preenchido automaticamente quando número da guia referenciada é informado. Quando guia é preenchida a partir de uma guia (SP/SADT, Internação ou Prorrogação), este campo vem preenchido automaticamente com os dados informados nestas guias. Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se o número de telefone do profissional que está solicitando procedimento ou item assistencial. Endereço de do profissional que está solicitando o procedimento ou item assistencial. Campo de preenchimento condicionado. Deve ser preenchido caso o profissional solicitante possua endereço de para contato. Página 57

58 Data em que foi dado o diagnóstico da doença referente ao tratamento solicitado. O preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido caso o profissional solicitante tenha conhecimento da informação. Código do diagnóstico principal de acordo com a Classificação Internacional de Doenças e de Problemas Relacionados a Saúde - 10ª revisão, seu preenchimento é opcional. Código do diagnóstico secundário de acordo com a Classificação Internacional de Doenças e de Problemas Relacionados a Saúde 10ª revisão, seu preenchimento é opcional. Código do diagnóstico terciário de acordo com a Classificação Internacional de Doenças e de Problemas Relacionados a Saúde - 10ª revisão, seu preenchimento é opcional. Código do quarto diagnóstico de acordo com a Classificação Internacional de Doenças e de Problemas Relacionados a Saúde - 10ª revisão, seu preenchimento é opcional. Página 58

59 Campo de preenchimento obrigatório, consiste o estadiamento do tumor: I II III IV Não se aplica Campo de preenchimento obrigatório, consiste o código do tipo de quimioterapia solicitada: 1a linha 2a linha 3a linha Outras linhas Campo de preenchimento obrigatório, consiste no código da finalidade do tratamento: Curativa Neoadjuvante Adjuvante Paliativa Controle Página 59

60 Campo de preenchimento obrigatório, consiste na classificação internacional sobre capacidade funcional do paciente portador de doença oncológica: Totalmente ativo capaz de exercer, sem restrições, todas as atividades que exercia antes do diagnóstico. Não exerce atividade física extenuante, porém é capaz de realizar um trabalho leve em casa ou no escritório. Caminha é capaz de exercer as atividades de autocuidado, mas é incapaz de realizar qualquer atividade de trabalho. Permanece fora do leito mais de 50% das horas de vigília. Capacidade de autocuidado limitada. Permanece no leito ou cadeira mais de 50% das horas de vigília. Completamente dependente. Não é capaz de exercer qualquer atividade de autocuidado. Totalmente confinado à cama ou cadeira. Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se o plano terapêutico proposto pelo profissional solicitante. Descrição do diagnóstico citopatológico e histopatológico, preenchimento opcional. Página 60

61 Outras informações relevantes a serem fornecidas pelo profissional solicitante para esclarecimento do caso. Seu preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido caso haja informações relevantes que possam contribuir para o entendimento do caso e facilitação da autorização do procedimento. Botões para adicionar um medicamento, editar e remover, nesta respectiva ordem Botões para aprovar e remover medicamentos informados, nesta respectiva ordem. Irá aparecer após clicar no botão para inserir um medicamento. Definição dos Campos: Data Administração; Tabela; Medicamento; Descrição; Doses; Via. Adm; Frequência. Página 61

62 Data Administração: O preenchimento é obrigatório, consiste a data de administração do medicamento solicitado para o tratamento quimioterápico. Tabela: Consiste o código da tabela utilizada para identificar os procedimentos ou itens assistenciais solicitados. Medicamento: O preenchimento é obrigatório, consiste o medicamento solicitado pelo prestador. Descrição: Consiste a descrição do medicamento solicitado pelo prestador, o preenchimento é obrigatório e automático, mediante preenchimento do campo medicamento. Doses: O preenchimento é obrigatório, este consiste as doses do medicamento no tratamento quimioterápico. Via.Adm: Via de administração do medicamento, clique para selecionar, preenchimento obrigatório. Página 62

63 Frequência: Quantidade de doses do medicamento que foram aplicadas, preenchimento obrigatório. Descrição de procedimento cirúrgico, relativo à patologia atual, ao qual o beneficiário foi submetido anteriormente. Seu preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido em caso de cirurgia realizada anteriormente. Data em que o atendimento/procedimento foi realizado. Seu preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido em caso de cirurgia realizada anteriormente. Identificação da área irradiada em tratamento radioterápico anterior. Seu preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido em caso de tratamento radioterápico realizado anteriormente. Data em que foi realizada a radioterapia anterior. O preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido em caso de tratamento radioterápico anteriormente realizado. Página 63

64 Campo utilizado para adicionar quaisquer observações sobre o atendimento ou justificativas que julgue necessário, seu preenchimento é opcional e manual. O preenchimento é obrigatório, consiste o número de ciclos previstos de tratamento. O preenchimento é obrigatório, consiste o número do ciclo atual do tratamento quimioterápico. O preenchimento é obrigatório, consiste a quantidade de dias entre os ciclos de tratamento. O preenchimento é obrigatório, consiste a data em que o profissional solicitou os procedimentos ou itens assistenciais. Página 64

65 Botão para gravar e gerar a liberação da guia de consulta, ao clicar, se status for Liberada, sistema irá apresentar imagem abaixo: Dados da Tela: Número da guia liberada; Número da senha de liberação; Validade da senha liberada; Data em que a guia foi liberada; Opção para imprimir a guia. na tela no formato (.pdf). Se status for Pendente ou Negada, portal irá apresentar telas, abaixo: Página 65

66 7.2 - Resumo do Anexo de Quimioterapia A guia de quimioterapia, apresentada está no padrão TISS , e está disponibilizada como anexo clinico nas guias de SP/SADT, Internação e Prorrogação, nos acessos: Hospital; Médico; Laboratório; Atendente; Os campos com preenchimento automático são: Campo 1 Registro ANS; Campo 2 Nº da guia no prestador; Campo 3 N da guia referenciada (Vide detalhes na descrição dos campos); Campo 7 N da Carteira (Vide detalhes na descrição dos campos) Campo 8 Nome; Campo 14 - Nome do profissional solicitante Campo Tabela; Campo Descrição; Campo 44 Data da Solicitação (Vide detalhes na descrição dos campos) Página 66

67 7.3 - Anexos Clínicos Solicitação de Radioterapia Página 67

68 Descrição dos Campos: Campo é de preenchimento obrigatório, consiste o registro da operadora de plano privado de assistência à saúde na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Campo é de preenchimento obrigatório, consiste o número que identifica a guia no prestador de serviços. Campo é de preenchimento obrigatório, consiste o número da guia à qual o anexo está vinculado. Seu preenchimento é automático quando guia é anexo de uma das guia de SP/SADT, Internação ou Prorrogação. Campo é de preenchimento obrigatório, identifica o beneficiário, é preenchido automaticamente quando o número da guia referenciada é informado. Quando a guia é preenchida a partir de uma guia (SP/SADT, Internação ou Prorrogação), este campo vem preenchido automaticamente com os dados informados nestas guias. Página 68

69 Nome do beneficiário, seu preenchimento é obrigatório. O campo é preenchido automaticamente, ao informar o número da guia referenciada. Quando guia é preenchida a partir de uma guia (SP/SADT, Internação ou Prorrogação), este campo vem preenchido automaticamente com os dados informados nestas guias. Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se a idade do beneficiário. Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se o sexo do beneficiário. Campo é de preenchimento obrigatório, consiste o código identificador do prestador solicitante junto a operadora, campo é preenchido automaticamente quando número da guia referenciada é informado. Quando guia é preenchida a partir de uma guia (SP/SADT, Internação ou Prorrogação), este campo vem preenchido automaticamente com os dados informados nestas guias. Página 69

70 Campo de preenchimento obrigatório, neste informa-se o número de telefone do profissional que está solicitando procedimento ou item assistencial. Endereço de do profissional que está solicitando o procedimento ou item assistencial. Campo de preenchimento condicionado. Deve ser preenchido caso o profissional solicitante possua endereço de para contato. Data em que foi dado o diagnóstico da doença referente ao tratamento solicitado. O preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido caso o profissional solicitante tenha conhecimento da informação. Código do diagnóstico principal de acordo com a Classificação Internacional de Doenças e de Problemas Relacionados a Saúde - 10ª revisão, seu preenchimento é opcional. Código do diagnóstico secundário de acordo com a Classificação Internacional de Doenças e de Problemas Relacionados a Saúde 10ª revisão, seu preenchimento é opcional Página 70

71 Código do diagnóstico terciário de acordo com a Classificação Internacional de Doenças e de Problemas Relacionados a Saúde - 10ª revisão, seu preenchimento é opcional. Código do quarto diagnóstico de acordo com a Classificação Internacional de Doenças e de Problemas Relacionados a Saúde - 10ª revisão, seu preenchimento é opcional. Tecnologia utilizada para diagnóstico de imagem: Tomografia; Ressonância Magnética; Raios-X ; Outras; Ultrassonografia; PET O preenchimento desse campo é condicionado. Deve ser preenchido caso tenha sido utilizada alguma tecnologia por imagem no diagnóstico da patologia. Página 71

72 Campo de preenchimento obrigatório, consiste o estadiamento do tumor: I II III IV Não se aplica Campo de preenchimento obrigatório, consiste a classificação internacional sobre capacidade funcional do paciente portador de doença oncológica: Totalmente ativo capaz de exercer, sem restrições, todas as atividades que exercia antes do diagnóstico. Não exerce atividade física extenuante, porém é capaz de realizar um trabalho leve em casa ou no escritório. Caminha é capaz de exercer as atividades de autocuidado, mas é incapaz de realizar qualquer atividade de trabalho. Permanece fora do leito mais de 50% das horas de vigília. Capacidade de autocuidado limitada. Permanece no leito ou cadeira mais de 50% das horas de vigília. Completamente dependente. Não é capaz de exercer qualquer atividade de autocuidado. Totalmente confinado à cama ou cadeira. Página 72

73 Campo de preenchimento obrigatório, consiste o código da finalidade do tratamento: Curativa Neoadjuvante Adjuvante Paliativa Controle Descrição do diagnóstico citopatológico e histopatológico, preenchimento opcional. Outras informações relevantes a serem fornecidas pelo profissional solicitante para esclarecimento do caso. Seu preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido caso haja informações relevantes que possam contribuir para o entendimento do caso e facilitação da autorização do procedimento. Descrição de procedimento cirúrgico, relativo à patologia atual, ao qual o beneficiário foi submetido anteriormente. Seu preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido em caso de cirurgia realizada anteriormente. Data em que o atendimento/procedimento foi realizado. Seu preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido em caso de cirurgia realizada anteriormente. Página 73

74 Identificação de quimioterapia utilizada anteriormente, para a mesma patologia. Sei preenchimento é condicionado. Deve ser preenchido em caso de tratamento quimioterápico anteriormente realizado. Data em que foi realizada a quimioterapia anterior. Deve ser preenchido em caso de tratamento quimioterápico anteriormente realizado. Botões para adicionar um procedimento, editar e remover, nesta respectiva ordem. Botões para aprovar e remover procedimentos informados, nesta respectiva ordem. Irá aparecer após clicar no botão para inserir um procedimento Definição dos Campos: Data Prevista; Tabela; Procedimento; Descrição; Quantidade; Página 74

75 Data Prevista: O preenchimento é obrigatório, consiste a data prevista para administração da radioterapia. Tabela: Consiste o código da tabela utilizada para identificar os procedimentos ou itens assistenciais solicitados. O código é definido de acordo com tabela de domínio de (Relação das terminologias unificadas da saúde suplementar), padronizado pela ANS. Seu preenchimento é automático e obrigatório. Procedimento: Consiste o código identificador do procedimento realizado pelo prestador, o preenchimento é obrigatório. Pode-se informar o código do procedimento (AMB/TUSS/CBHPM), ou informar apenas a descrição. Descrição: Consiste a descrição do procedimento ou item assistencial solicitado pelo prestador, o preenchimento é obrigatório e automático, mediante preenchimento do campo procedimento. Quantidade: Quantidade do procedimento ou item assistencial solicitado pelo prestador. É preenchido automaticamente quando informado procedimento. Por padrão preenche com valor 1, mas pode ser editado com valor desejado. Página 75

76 Campo utilizado para adicionar quaisquer observações sobre o atendimento ou justificativas que julgue necessário, seu preenchimento é opcional e manual. O preenchimento deste campo é obrigatório, este consiste a data em que o profissional solicitou os procedimentos ou itens assistenciais. Campo de preenchimento obrigatório, consiste o número de campos de irradiação. Campo de preenchimento obrigatório, consiste a dose de radioterápico, expressa em Gy, por dia de tratamento. Dose total, expressa em Gy, a ser utilizada considerando o número de dias e dosagem diária, o preenchimento é obrigatório. Página 76

77 Número de dias de tratamento previstos pelo profissional solicitante, o preenchimento é obrigatório. Data prevista para início da administração da radioterapia, o preenchimento é obrigatório. Botão para gravar e gerar a liberação da guia de consulta, ao clicar, se status for Liberada, sistema irá apresentar imagem abaixo: Dados da Tela: Número da guia liberada; Número da senha de liberação; Validade da senha liberada; Data em que a guia foi liberada; Opção para imprimir a guia. na tela no formato (.pdf). Página 77

78 Se status for Pendente ou Negada, portal irá apresentar telas, abaixo: Página 78

79 7.4 - Resumo do Anexo de Radioterapia A guia de quimioterapia, apresentada está no padrão TISS , e está disponibilizada como anexo clinico nas guias de SP/SADT, Internação e Prorrogação, nos acessos: Hospital; Médico; Laboratório; Atendente; Os campos com preenchimento automático são: Campo 1 Registro ANS; Campo 2 Nº da guia no prestador; Campo 3 N da guia referenciada (Vide detalhes na descrição dos campos); Campo 7 N da Carteira (Vide detalhes na descrição dos campos) Campo 8 Nome; Campo 11 - Nome do profissional solicitante Campo Tabela; Campo Descrição; Página 79

80 7.5 - Anexos Clínicos Solicitação de OPME Página 80

TISS 3.02.00 CARTILHA. 1. Divulgação 3.02.00 Unimed Planalto Médio/ANS. 2. Material TISS 3.02.00 3. Componentes da TISS 3.02.00 VERSÃO 1.

TISS 3.02.00 CARTILHA. 1. Divulgação 3.02.00 Unimed Planalto Médio/ANS. 2. Material TISS 3.02.00 3. Componentes da TISS 3.02.00 VERSÃO 1. VERSÃO 1.0 CARTILHA TISS 3.02.00 1. Divulgação 3.02.00 Unimed Planalto Médio/ANS 2. Material TISS 3.02.00 3. Componentes da TISS 3.02.00 4. Rotina Operacional 5. Rotina Operacional Autorizações Contas

Leia mais

PADRÃO TISS conteúdo & estrutura. novembro 2013

PADRÃO TISS conteúdo & estrutura. novembro 2013 PADRÃO TISS conteúdo & estrutura novembro 2013 Índice Parte I - Lista das mensagens padronizadas 5 Parte II - Mensagens entre operadoras de planos privados de assistência à saúde e prestadores de serviços

Leia mais

PADRÃO TISS conteúdo & estrutura. maio 2014

PADRÃO TISS conteúdo & estrutura. maio 2014 PADRÃO TISS conteúdo & estrutura maio 2014 Índice Parte I - Lista das mensagens padronizadas 5 Parte II - Mensagens entre operadoras de planos privados de assistência à saúde e prestadores de serviços

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 AUTORIZADOR WEB 4. Pesquisar Beneficiário... 5. Elegibilidade Beneficiário... 6. Nova Guia Consulta Eletiva... 7. Nova Guia SP/SADT...

INTRODUÇÃO 2 AUTORIZADOR WEB 4. Pesquisar Beneficiário... 5. Elegibilidade Beneficiário... 6. Nova Guia Consulta Eletiva... 7. Nova Guia SP/SADT... INTRODUÇÃO 2 AUTORIZADOR WEB 4 Pesquisar Beneficiário... 5 Elegibilidade Beneficiário... 6 Nova Guia Consulta Eletiva... 7 Nova Guia SP/SADT... 10 Nova Guia Anexo de Radioterapia... 14 Nova Guia Anexo

Leia mais

P&F Manual Guia WEB TISS 3.0

P&F Manual Guia WEB TISS 3.0 A seguir será apresentado os passos para emissão de guia via internet, versão TISS 3.0. Essas guias foram desenvolvidas de acordo com o padrão estabelecido pelo órgão regulador do setor de saúde suplementar

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO GUIAS TISS

MANUAL DE PREENCHIMENTO GUIAS TISS MANUAL DE PREENCHIMENTO GUIAS TISS Padrão TISS Atendendo à exigência da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a partir do dia 31 de Agosto do corrente ano, a Unimed Sobral se adequará ao padrão

Leia mais

Manual de Autorizações Médicas/ Hospitalares na Webplan

Manual de Autorizações Médicas/ Hospitalares na Webplan Manual de Autorizações Médicas/ Hospitalares na Webplan 1 Iniciando o Webplan - Acesso pelo portal: www.faceb.com.br (menu de acesso PRESTADORES, localizado na parte superior direita da página inicial).

Leia mais

Divulgação Novo TISS 3.02.00

Divulgação Novo TISS 3.02.00 Manual TISS 3.0.00 Índice Tema Introdução Conteúdo e Estrutura Guia de Consulta Legenda Guia de Consulta Guia SP SADT Legenda Guia SP SADT Guia Solicitação de Internação Legenda Guia Solicitação de Internação

Leia mais

GUIA DE CONSULTA. 5 - Validade da Carteira / / 10 - Nome do Contratado. 14 - Número no Conselho. 13 - Conselho Profissional

GUIA DE CONSULTA. 5 - Validade da Carteira / / 10 - Nome do Contratado. 14 - Número no Conselho. 13 - Conselho Profissional Logo da Empresa GUIA DE CONSULTA 2- Nº Guia no Prestador 12345678901234567890 1 - Registro ANS Dados do Beneficiário 3 - Número da Guia Atribuído pela Operadora 4 - Número da Carteira 5 - Validade da Carteira

Leia mais

ÍNDICE TISS versão 3.0 Implantação 31/05/2014

ÍNDICE TISS versão 3.0 Implantação 31/05/2014 1 ÍNDICE 1. Visão Geral 3 2. O que é a TISS 3 3. Histórico da evolução do modelo 3 4. O que faz parte da TISS 4 5. Guias e demonstrativos 4 6. Plano de contingência 4 7. Guia de consulta 5 8. Guia de SP/SADT

Leia mais

PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA. Formulários do Plano de Contingência

PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA. Formulários do Plano de Contingência PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA Formulários do Plano de Contingência Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 311 Logo da Empresa GUIA DE CONSULTA 2- Nº Guia no Prestador

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 43 - PADRÃO TISS

CONSULTA PÚBLICA Nº 43 - PADRÃO TISS CONSULTA PÚBLICA Nº 43 - PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA GUIAS, ANEXOS, DEMONSTRATIVOS E MONITORAMENTO DO PADRÃO TISS Indice Guia de Consulta 4 Legenda da Guia de Consulta 5 Guia Comprovante

Leia mais

Legenda da Guia de Consulta

Legenda da Guia de Consulta PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA Formulário do Plano de Contingência Legenda da Guia de Consulta Registro ANS na Nº da no prestador 2 Número da atribuído pela operadora 1 3 Registro ANS String

Leia mais

TISS 3.01.00 CARTILHA. 1. Divulgação 3.01.00 - CNU/ANS. 2. Material TISS 3.01.00. 3. Componentes da TISS 3.01.00

TISS 3.01.00 CARTILHA. 1. Divulgação 3.01.00 - CNU/ANS. 2. Material TISS 3.01.00. 3. Componentes da TISS 3.01.00 1. Divulgação 3.01.00 - CNU/ANS CARTILHA TISS 3.01.00 2. Material TISS 3.01.00 3. Componentes da TISS 3.01.00 4. Rotina Operacional Central de Atendimento Autorização 5. Rotina Operacional Contas Médicas

Leia mais

SAÚDE CONNECT 03.010 AUTORIZAÇÃO

SAÚDE CONNECT 03.010 AUTORIZAÇÃO SAÚDE CONNECT 03.010 AUTORIZAÇÃO AUTORIZAÇÃO... 2 1. INFORMAÇÕES COMUNS DAS GUIAS AUTORIZAÇÃO.... 2 2. GUIA DE CONSULTA... 7 3. GUIA DE SP/SADT... 9 4. PRÉ-AUTORIZAÇÃO DE SP/SADT... 13 5. ANEXO SOLICITAÇÃO

Leia mais

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC)

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC) Golden Fone (SAC) 0800-728-2001 (Capitais e Interior) Central Técnica 4004-2001 (Regiões Metropolitanas do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília e São Luís) 0800-729-2001

Leia mais

Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 381

Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 381 Logo da Empresa ANEXO DE SOLICITAÇÃO DE RADIOTERAPIA 2- Nº Guia no Prestador 12345678901234567890 1 - Registro ANS 3 - Número da Guia Referenciada 4 -Senha 5 - Data da Autorização 6 - Número da Guia Atribuído

Leia mais

AP_CONTA WEB Portal de Digitação e envio do Faturamento

AP_CONTA WEB Portal de Digitação e envio do Faturamento [Digite texto] 2013 Portal de Digitação e envio do Faturamento O AP_Conta tem como objetivo permitir aos prestadores de serviços médicos digitarem as guias de faturamento em conformidade com o padrão TISS,

Leia mais

SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR

SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR SAW SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL Versão 1.0 ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR 2015 Este miniguia

Leia mais

MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ADVANCE MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DIGITAÇÃO CONTAS MÉDICAS VIA PORTAL OPS Portal Web Página 1 Acesso Para acessar o Portal é necessário abrir o navegador de Internet (Internet Explorer

Leia mais

Controle de Documento

Controle de Documento 1 Controle de Documento Revisor Versão Data Publicação Suelen Longoni 1.0 11/09/2009 2 Sumário Controle de Versão... 2 Índice de Figuras... 6 1. Informações Iniciais... 11 1.1. Sobre o documento... 11

Leia mais

SAÚDE CONNECT 3.001 FATURAMENTO

SAÚDE CONNECT 3.001 FATURAMENTO SAÚDE CONNECT 3.001 FATURAMENTO FATURAMENTO - PRESTADOR... 3 1. DIGITAR GUIAS... 3 1.1 GUIA DE CONSULTA... 3 1.2 GUIA DE SP/SADT... 8 1.3 GUIA DE HONORÁRIOS... 17 1.4 RESUMO DE INTERNAÇÃO... 23 1.5 GUIA

Leia mais

Importação de Guias TIIS. Gestão de Plano de Saúde

Importação de Guias TIIS. Gestão de Plano de Saúde Gestão de Plano de Saúde Sumário Sumário... 2 1. Objetivo... 3 2. Introdução... 3 3. Tabela de Domínio TISS (versão 2.02.03)... 4 4. Como é feito o envio do Arquivo XML à Operadora de Saúde?... 5 5. Fluxo:

Leia mais

MANUAL DE PROCESSO DIGITAÇÃO DE CONTAS MÉDICAS PORTAL WEB. Última atualização: 29/08/2014 1

MANUAL DE PROCESSO DIGITAÇÃO DE CONTAS MÉDICAS PORTAL WEB. Última atualização: 29/08/2014 1 MANUAL DE PROCESSO DIGITAÇÃO DE CONTAS MÉDICAS PORTAL WEB 1 Índice 1. Acesso ao Portal WEB... 2. Digitação de Contas Médicas... 2.1. Criação de Protocolo... 2.1.1. Digitação Contas... 2.1.1.1. Guia Consulta...

Leia mais

Sistema MV Saúde. Manual do Prestador

Sistema MV Saúde. Manual do Prestador Sistema MV Saúde Manual do Prestador Indice: Como logar 3 COMO GERAR UMA GUIA DE CONSULTA 5 COMO GERAR UMA GUIA DE SP/SADT (PROCEDIMENTOS) 8 COMO GERAR UMA GUIA DE INTERNAÇÃO 12 2 Como logar Sistema MV

Leia mais

Apresentação TISS 3.01.00. Obrigatoriedade 30/05/2014 RN 305 / 341 IN 51 (ANS)

Apresentação TISS 3.01.00. Obrigatoriedade 30/05/2014 RN 305 / 341 IN 51 (ANS) Apresentação TISS 3.01.00 Obrigatoriedade 30/05/2014 RN 305 / 341 IN 51 (ANS) 1 Apresentação TISS 3.01.00 Obrigatoriedade 30/05/2014 RN 305 / 341 IN 51 (ANS) Paulo Andrade (Gerente TI) Coordenador TISS

Leia mais

PORTAL SPA TISS. Manual do Credenciado. Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde.

PORTAL SPA TISS. Manual do Credenciado. Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde. PORTAL SPA TISS Manual do Credenciado Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde. Equipe de Treinamento de Desenvolvimento TIS SPA Saúde Sumário 1. Introdução... 3 2. Objetivo...

Leia mais

Versão 1.15. Portal StarTISS. Portal de Digitação e Envio do Faturamento. Manual de Utilização. Versão 1.15 (Agosto/2014)

Versão 1.15. Portal StarTISS. Portal de Digitação e Envio do Faturamento. Manual de Utilização. Versão 1.15 (Agosto/2014) Versão 1.15 Portal StarTISS Portal de Digitação e Envio do Faturamento Manual de Utilização Versão 1.15 (Agosto/2014) Conteúdo 1. CONTATOS... 1 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS... 1 3. ACESSANDO O PORTAL STARTISS...

Leia mais

SAÚDE CONNECT 3.001 AUTORIZAÇÃO

SAÚDE CONNECT 3.001 AUTORIZAÇÃO SAÚDE CONNECT 3.001 AUTORIZAÇÃO SUMÁRIO ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO... 2 1. GUIA DE CONSULTA... 2 2. GUIA DE SP/SADT... 10 3. ANEXO SOLICITAÇÃO OPME... 18 4. ANEXO DE QUIMIOTERAPIA... 22 5. ANEXO DE RADIOTERAPIA...

Leia mais

ÍNDICE. - 1 Guia Padrão TISS Versão 3.02.00

ÍNDICE. - 1 Guia Padrão TISS Versão 3.02.00 ÍNDICE TÓPICO PAG. 1 Apresentação... 2 2 Definição do Padrão TISS... 3 3 Objetivo do Padrão TISS... 3 4 Guias (formulários) do Padrão TISS... 3 5 Preenchimento das Guias do Padrão TISS... 4 Guia de Consulta...

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR WEB

MANUAL DO PRESTADOR WEB MANUAL DO PRESTADOR WEB Sumário 1. Guia de Consulta... 3 2. Guia de Procedimentos Ambulatoriais... 6 3. Guia de Solicitação de Internação... 8 4. Prorrogação de internação... 8 5. Confirmação de pedido

Leia mais

1º Passo. Página para acessar o FacWeb

1º Passo. Página para acessar o FacWeb Página para acessar o FacWeb 1º Passo O usuário deverá digitar no campo usuário/senha - o CPF e/ou CNPJ / no campo Acesso deve ser preenchido conforme tipo da Clínica, Laboratório e ou médico/ Logo em

Leia mais

Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE

Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE AGOSTO/2014 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Orientações Gerais... 4 2.1 Entrega de guias... 4 2.2 Numeração de guias... 4 2.3 Pacotes - Autorização e cobrança...

Leia mais

ÍNDICE. - 1 Guia Padrão TISS Versão 3.01.00

ÍNDICE. - 1 Guia Padrão TISS Versão 3.01.00 ÍNDICE TÓPICO PAG. 1 Apresentação... 2 2 Definição do Padrão TISS... 3 3 Objetivo do Padrão TISS... 3 4 Guias (formulários) do Padrão TISS... 3 5 Preenchimento das Guias do Padrão TISS... 4 Guia de Consulta...

Leia mais

BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO

BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO 1 Procedimento inicial para acessar o sistema na web No browser digitar: Para Homologação: http://treinamento.assiste.mpu.gov.br/homologacao Para Produção: http://assiste.mpu.gov.br/producao

Leia mais

Sistema de Autorização Unimed

Sistema de Autorização Unimed Diretoria de Gestão Estratégica Departamento de Tecnologia da Informação Divisão de Serviços em TI Sistema de Autorização Unimed MANUAL DO USUÁRIO DIVISÃO DE SERVIÇOS EM TI A Divisão de Serviços em TI

Leia mais

Autorizador Web Notredame

Autorizador Web Notredame 2013 Autorizador Web Notredame Portal para Autorização de Procedimentos Manual de Utilização Versão 1.13 ( Maio/2013) Tempro Software Conteúdo 1. CONTATOS... 1 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS... 2 3. ACESSANDO

Leia mais

ANEXO I ESTRUTURA FÍSICA DOS CAMPOS DAS GUIAS E DOS DEMONSTRATIVOS

ANEXO I ESTRUTURA FÍSICA DOS CAMPOS DAS GUIAS E DOS DEMONSTRATIVOS ANEXO I ESTRUTURA FÍSICA DOS CAMPOS DAS GUIAS E DOS DEMONSTRATIVOS 1. Documentos preenchidos pelos prestadores e encaminhados às operadoras 1.1. Guia de Consulta Padrão TISS versão 2.1 Página 2-94 1.1.1.

Leia mais

ANEXO DE OUTRAS DESPESAS (para Guia de SP/SADT e Resumo de Internação)

ANEXO DE OUTRAS DESPESAS (para Guia de SP/SADT e Resumo de Internação) Logo da Empresa ANEXO DE OUTRAS DESPESAS (para Guia de SP/SADT e Resumo de Internação) 1 - Registro ANS Dados do Contratado Executante 3 - Código na Operadora 2 Número da Guia Referenciada 4 - Nome do

Leia mais

ÍNDICE. 2.1. Funcionalidades... 5

ÍNDICE. 2.1. Funcionalidades... 5 ÍNDICE 1. PRIMEIRO ACESSO AO SITE... 3 2. MAPA DO SITE... 4 2.1. Funcionalidades... 5 3. ENVIO DE COBRANÇAS ELETRÔNICAS... 5 3.1. Solicitações... 7 3.1.1. Internação... 7 3.1.2. Prorrogação... 8 3.1.3.

Leia mais

UNIMED-BH. Instruções para geração dos arquivos de faturamento eletrônico

UNIMED-BH. Instruções para geração dos arquivos de faturamento eletrônico UNIMED-BH Instruções para geração dos arquivos de faturamento eletrônico Versão TISS 3.00.01 Maio/2013 Índice Pág. Instruções gerais sobre o leiaute de faturamento UNIMED-BH padrão TISS 3 Instruções Técnicas

Leia mais

Padrão de Preenchimento de Guias - TISS. Manual de Preenchimento de Guias Padrão TISS

Padrão de Preenchimento de Guias - TISS. Manual de Preenchimento de Guias Padrão TISS Manual de Preenchimento de Guias Padrão TISS Este manual foi desenvolvido com o intuito de auxiliar o usuário no preenchimento das guias de consulta, SADT, Internação, Honorário Individual conforme regras

Leia mais

GUIA DE RECURSO DE GLOSAS

GUIA DE RECURSO DE GLOSAS Logo da Empresa GUIA DE RECURSO DE GLOSAS 2- Nº Guia no Prestador 12345678901234567890 1 - Registro ANS 3 - Nome da Operadora 4 - Objeto do Recurso 5 - Número da Guia de Recurso de Glosas Atribuído pela

Leia mais

Portal Autorizador Intermédica

Portal Autorizador Intermédica Versão 1.14 Portal Autorizador Intermédica Portal para Autorização de Procedimentos Manual de Utilização Versão 1.14 (Junho/2014) Tempro Software Conteúdo 1. CONTATOS... 1 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS...

Leia mais

Legenda da Guia de Prorrogação de Internação ou Complementação do Tratamento

Legenda da Guia de Prorrogação de Internação ou Complementação do Tratamento Registro ANS Número da no prestador 1 2 Registro ANS Nº da no prestador String 6 0 Registro da operadora de plano privado de assistência à saúde na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) Número que

Leia mais

ANEXO DE SOLICITAÇÃO DE ÓRTESES, PRÓTESES E MATERIAIS ESPECIAIS - OPME

ANEXO DE SOLICITAÇÃO DE ÓRTESES, PRÓTESES E MATERIAIS ESPECIAIS - OPME Logo da Empresa ANEXO DE SOLICITAÇÃO DE ÓRTESES, PRÓTESES E MATERIAIS ESPECIAIS - OPME 2- Nº Guia no Prestador 12345678901234567890 1 - Registro ANS 3 - Número da Guia Referenciada 4 - Senha 5 - Data da

Leia mais

Legenda do Demonstrativo de Pagamento

Legenda do Demonstrativo de Pagamento Registro ANS na Número do demonstrativo 2 Nome da operadora 1 3 Registro ANS Nº Nome da operadora String 6 String 20 String 70 Registro da operadora de plano privado de assistência à saúde na Agência Nacional

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Novo Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador no atendimento aos beneficiários

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Produtos: Saúde Pró Faturamento Saúde Pró Upload. Versão: 20130408-01

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Produtos: Saúde Pró Faturamento Saúde Pró Upload. Versão: 20130408-01 Produtos: Saúde Pró Upload Versão: 20130408-01 Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 LOGIN... 4 3 VALIDADOR TISS... 7 4 CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... 10 4.1 DADOS CADASTRAIS MATRIZ E FILIAL... 11 4.2 CADASTRO DE

Leia mais

Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia

Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia 1 Acessar o endereço: http://facgtounafisco.facilinformatica.com.br 1.2 - Será exibida a página abaixo, selecionar o Tipo de acesso (Clínica (CNPJ) e/ou

Leia mais

Unimed Ponte Nova Cooperativa de Trabalho Médico Ltda Rua Hugo Saporetti, 48 Guarapiranga Ponte Nova MG CEP: 35430-202

Unimed Ponte Nova Cooperativa de Trabalho Médico Ltda Rua Hugo Saporetti, 48 Guarapiranga Ponte Nova MG CEP: 35430-202 1 Sumário 1 HILUM... 3 2 Identificação do Beneficiário... 4 3 Help OnLine... 6 4 Consulta... 7 4.1 Execução... 7 5 SADT... 13 5.1 Solicitação... 13 5.2 Solicitação / Execução... 21 5.3 Execução... 30 5.4

Leia mais

MANUAL TISS Versão 3.02.00

MANUAL TISS Versão 3.02.00 MANUAL TISS Versão 3.02.00 1 INTRODUÇÃO Esse manual tem como objetivo oferecer todas as informações na nova ferramenta SAP que será utilizada pelo prestador Mediplan, a mesma será responsável para atender

Leia mais

Cartilha de navegação Novo Portal AMS TISS

Cartilha de navegação Novo Portal AMS TISS Cartilha de navegação Novo Portal AMS TISS Sumário Introdução...04 Telaincial...05 Usuário e Senha...06 Menu incial...07 Beneficiário / Validação...08 Autorização / Solicitar...09 Autorização / Últimas

Leia mais

Manual Sistema Padrão TISS 3.02

Manual Sistema Padrão TISS 3.02 Unimed Caçapava Cooperativa de Trabalho Médico Manual Sistema Padrão TISS 3.02 Para uso interno/externo Departamento de Autorização Setembro/2014 MANUAL HILUM 4.0.1 2014 TISS 3.02 O Hilum teve algumas

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

WorkFlow WEB Caberj v20150127.docx. Manual Atendimento Caberj

WorkFlow WEB Caberj v20150127.docx. Manual Atendimento Caberj Manual Atendimento Caberj ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO.... 3 ATENDIMENTO... 3 FATURAMENTO... 3 ACESSANDO O MEDLINK WEB... 4 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS... 5 CRIANDO UM NOVO USUÁRIO... 5 EDITANDO

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA PREENCHIMENTO DAS GUIAS VERSÃO TISS 3.02

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA PREENCHIMENTO DAS GUIAS VERSÃO TISS 3.02 MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA PREENCHIMENTO DAS GUIAS VERSÃO TISS 3.02 Tipos de Guias Guias Existentes Guia de Consulta; Guia SADT; Guia de Solicitação de Internação; Guia de Resumo de Internação; Guia de

Leia mais

PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA. Formulário do Plano de Contingência

PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA. Formulário do Plano de Contingência PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA Formulário do Plano de Contingência Legenda do Anexo de Solicitação de Órteses, Próteses e Materiais Especiais - OPME Registro ANS Número da no prestador

Leia mais

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço Passo a Passo Gestor de Compras Como acessar Como Acessar O acesso ao Sistema se faz através da página da SEPLAG Clicando no Link destacado Como Acessar

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL 1 Índice Passo 1: Visão Geral... 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online?... 3 Passo 3: Recursos Disponíveis... 5 Guias Consulta / SADT (Solicitação, Execução

Leia mais

Hilum - Profissionais Paramédicos

Hilum - Profissionais Paramédicos Atualizado em 23/12/2015 Hilum - Profissionais Paramédicos O sistema Autorizador Hilum será utilizado para realização de transações para os profissionais paramédicos de forma a agilizar os atendimentos

Leia mais

Manual do Prestador Versão TISS 3.02

Manual do Prestador Versão TISS 3.02 Manual do Prestador Versão TISS 3.02 Caro(a) Prestador(a) Serviços, É com muito prazer e satisfação que aproveitamos esta página para demonstrar nosso agradecimento em relação à confiança depositada por

Leia mais

TOP SAÚDE SEPACO AUTOGESTÃO

TOP SAÚDE SEPACO AUTOGESTÃO TOP SAÚDE SEPACO AUTOGESTÃO Dezembro / 2014 Sumário 1. Apresentação e acesso ao sistema...3 2. Tela inicial do sistema...5 3. Autorização de Procedimento Via Prestador...6 3.1. Impressão Guia TISS...6

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

Manual do AP_Conta. Manual do AP_Conta. Aplicativo para digitação e envio de contas médicas no padrão TISS

Manual do AP_Conta. Manual do AP_Conta. Aplicativo para digitação e envio de contas médicas no padrão TISS 2014 Manual do AP_Conta Aplicativo para digitação e envio de contas médicas no padrão TISS 0 Sumário 1. Sobre esse manual... 3 2. Habilitando e Configurando o AP_Conta... 4 3. Habilitação e Licenciamento...

Leia mais

SERVMED SAÚDE MANUAL DE PREENCHIMENTO TISS

SERVMED SAÚDE MANUAL DE PREENCHIMENTO TISS SERVMED SAÚDE MANUAL DE PREENCHIMENTO TISS MAIO/2007 Blumenau-SC, 18 de maio de 2007. À Rede Credenciada Prezados Credenciados: Como é de conhecimento de todos, dia 31 de maio de 2007 é o prazo que a Agência

Leia mais

Manual de uso WEBPLAN/Facfatprest AGOSTO/2015 / para prestadores médicos (CPF) e Clinicas (CNPJ).

Manual de uso WEBPLAN/Facfatprest AGOSTO/2015 / para prestadores médicos (CPF) e Clinicas (CNPJ). Manual de uso WEBPLAN/Facfatprest AGOSTO/2015 / para prestadores médicos (CPF) e Clinicas (CNPJ). Para solicitar guias e/ou faturar o prestador deve seguir os seguintes passos. OBS: O novo portal Webplan

Leia mais

Manual de utilização do Sistema. Plano Tiss

Manual de utilização do Sistema. Plano Tiss Manual de utilização do sistema de lançamento de guias Planotiss 1 Manual de utilização do Sistema Plano Tiss Plano Tiss Após a instalação do Sistema Planotiss, será criada um atalho na Área de trabalho,

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO CONSULTAS, SOLICITAÇÕES E EXECUÇÕES DE EXAMES (SADT) HILUM 4.0.5 TISS 3.02.00

MANUAL DE UTILIZAÇÃO CONSULTAS, SOLICITAÇÕES E EXECUÇÕES DE EXAMES (SADT) HILUM 4.0.5 TISS 3.02.00 MANUAL DE UTILIZAÇÃO CONSULTAS, SOLICITAÇÕES E EXECUÇÕES DE EXAMES (SADT) HILUM 4.0.5 TISS 3.02.00 1 APRESENTAÇÃO A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro

Leia mais

Legenda da Guia de solicitação e realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e terapia (SP / SADT)

Legenda da Guia de solicitação e realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e terapia (SP / SADT) Legenda da Guia de solicitação e realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e terapia (SP / SADT) Núm. do Nome do campo Descrição Campo Dados da autorização Registro da operadora

Leia mais

MANUAL DO REFERENCIADO TISS

MANUAL DO REFERENCIADO TISS MANUAL DO REFERENCIADO TISS Prezado Referenciado, As instruções contidas neste Manual têm como principal objetivo, servir como guia para que os agentes integrantes do processo de faturamento e conciliação

Leia mais

VOLUME 1 2012 MANUAL. Sistema Autorizador. Laboratórios de Análises Clínicas

VOLUME 1 2012 MANUAL. Sistema Autorizador. Laboratórios de Análises Clínicas VOLUME 1 2012 MANUAL Sistema Autorizador Laboratórios de Análises Clínicas ÍNDICE 1 Introdução 1 Definições Gerais 2 Intraestrutura e Componentes 3 Acessando o Sistema 5 Tela Inicial 6 Execução de Procedimento

Leia mais

Consultório Online. Manual de Utilização do Módulo Operacional. índice. Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4

Consultório Online. Manual de Utilização do Módulo Operacional. índice. Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4 índice Passo 1: Visão geral 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online? 3 Passo 3: Recursos disponíveis 4 Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4 Pesquisa de histórico

Leia mais

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO Departamento de Tecnologia da Informação tecnologia@unimeditabira.com.br 31 3839-771 3839-7713 Revisão 03 Itabira Setembro 2015 Sumário 1. Acessando

Leia mais

AFPERGS Manual do Portal Web

AFPERGS Manual do Portal Web AFPERGS Manual do Portal Web Portal Web VERSÃO 1.1 DATA DA VERSÃO: 28/10/2010 Índice 1. APRESENTAÇÃO DO PORTAL WEB AFPERGS... 3 2. ACESSO AO PORTAL... 3 2.1. Acessando o Portal Web AFPERGS... 3 2.2. Entrada

Leia mais

Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar

Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar Radar TISS Manual de Preenchimento 3ª Campanha Odontologia Referência Junho 2010 MINISTÉRIO DA SAÚDE Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS

Leia mais

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento Manual de PRODUÇÃO ONLINE 2 APRESENTAÇÃO A Unimed-Rio desenvolveu seu sistema de Produção Online, criado para facilitar a rotina de atendimento de seus médicos cooperados. Este sistema é composto por dois

Leia mais

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução-

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução- Autorizador Plasc TISS Web - Manual de Instrução- A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro e intercâmbio de dados entre operadoras de planos privados

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

Manual de instruções para utilização e preenchimento das guias. Instruções gerais

Manual de instruções para utilização e preenchimento das guias. Instruções gerais Manual de instruções para utilização e preenchimento das guias Instruções gerais Este manual tem como finalidade instruir todos os prestadores de serviço no preenchimento uniforme das guias do padrão TISS

Leia mais

1 O que é a TISS 3.02.00?

1 O que é a TISS 3.02.00? 1 O que é a TISS 3.02.00? O Padrão TISS possui padrão obrigatório para trocas eletrônicas de dados de atenção à saúde dos beneficiários de planos, entre os agentes da Saúde Suplementar. Tem por finalidade

Leia mais

Manual de Utilização do Portal

Manual de Utilização do Portal Manual de Utilização do Portal Principal Pré Atendimento: Cadastro de Usuários ativos no Plano, através do número do cartão. Pacientes: Consulta de Usuários do Plano já cadastrados pelo Prestador. Atendimento:

Leia mais

Página: 1. Revisão: 16/12/2008. G:\TI\Negocios\Manuais_WebGuias\WebGuias 1.08.doc

Página: 1. Revisão: 16/12/2008. G:\TI\Negocios\Manuais_WebGuias\WebGuias 1.08.doc Página: 1 Página: 2 INDICE EMISSÃO DE GUIAS VIA INTERNET... 3 WEBGUIAS...4 1. Página Inicial...5 2. Alterando a senha padrão fornecida pela Santa Casa Saúde:...6 3. Mensagens WEB...7 4. Autorização de

Leia mais

Manual de Preenchimento da TISS (Troca de Informações em Saúde Suplementar)

Manual de Preenchimento da TISS (Troca de Informações em Saúde Suplementar) Manual de Preenchimento da TISS (Troca de Informações em Saúde Suplementar) 0 Última Atualização: 16/05/07 9:30h SUMÁRIO I Introdução Página 2 II - Formulários/ Legendas Página 5 II.1 Guias Página 5 2.1.1

Leia mais

Manual do Usuário. Portal TISS Versão 3.02.00

Manual do Usuário. Portal TISS Versão 3.02.00 Manual do Usuário Portal TISS Versão 3.02.00 1 canais de comunicação Departamento de Credenciamento (DECRE - Cadastro) Tel.: (21) 2126-7186 / 2126-7187 Email: decre@cac.org.br Entrega de Processo/ Cronograma

Leia mais

Manual do Prestador. Versão 1.0 Maio/2014. Manaus - Amazonas ANS Nº 38809-2 1

Manual do Prestador. Versão 1.0 Maio/2014. Manaus - Amazonas ANS Nº 38809-2 1 Manual do Prestador Versão 1.0 Maio/2014 Manaus - Amazonas 1 SUMÁRIO Apresentação... 3 1. Identificação do beneficiário...3 2. Atendimento ao beneficiário... 4 2.1. Requisitos para o atendimento... 4 2.2.

Leia mais

FORMULÁRIOS TISS SUMÁRIO

FORMULÁRIOS TISS SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Formulários Padrão TISS 2. Preenchimento das Guias Padrão TISS Guia de Consulta Guia de Serviço Profissional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia SP/SADT Guia de Solicitação de Internação

Leia mais

CeC. Cadastro Eletrônico de Contribuintes

CeC. Cadastro Eletrônico de Contribuintes CeC Cadastro Eletrônico de Contribuintes Versão 1.0 Usuário Externo Março/2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Objetivos... 3 3. Solicitação de CeC... 4 3.1. Cadastro de pessoas físicas... 5 3.1.1. Cadastro

Leia mais

Legenda da guia de solicitação e de realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e Terapia (SP/SADT)

Legenda da guia de solicitação e de realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e Terapia (SP/SADT) Legenda da guia de solicitação e de realização de serviço / serviço auxiliar diagnóstico e Terapia (SP/SADT) Núm. do Dados da autorização 1 Registro ANS Registro da operadora na ANS String (6) 2 Número

Leia mais

WorkFlow WEB Volkswagen v20140826.docx. Manual de Atendimento Volkswagen

WorkFlow WEB Volkswagen v20140826.docx. Manual de Atendimento Volkswagen Manual de Atendimento Volkswagen ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO.... 3 ATENDIMENTO... 3 FATURAMENTO... 3 ACESSANDO O MEDLINK WEB... 4 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS... 5 CRIANDO UM NOVO USUÁRIO...

Leia mais

Versão 1.0 MANUAL PRÁTICO TISS 3.02.00. 1. Divulgação 3.02.00 Unimed Taubaté/ANS. 2. Material TISS 3.02.00 3. Componentes da TISS 3.02.

Versão 1.0 MANUAL PRÁTICO TISS 3.02.00. 1. Divulgação 3.02.00 Unimed Taubaté/ANS. 2. Material TISS 3.02.00 3. Componentes da TISS 3.02. Versão 1.0 MANUAL PRÁTICO TISS 3.02.00 1. Divulgação 3.02.00 Unimed Taubaté/ANS 2. Material TISS 3.02.00 3. Componentes da TISS 3.02.00 SUMÁRIO 1. Divulgação 3.02.00 - Unimed Taubaté/ANS...2 3.2.1. Guias

Leia mais

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I.

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. MILI S.A. - D.T.I. Índice 1 ACESSANDO O PORTAL IPEDIDOS... 3 1.1 Login...5 1.2 Tela Principal, Mensagens e Atendimento On-line...6 2 CADASTRAR... 10 2.1 Pedido...10

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR ACESSANDO O PORTAL DO PROFESSOR Para acessar o portal do professor, acesse o endereço que você recebeu através da instituição de ensino ou acesse diretamente o endereço:

Leia mais

Formulários do TISS. Instruções para Preenchimento. Manual de Preenchimento TISS

Formulários do TISS. Instruções para Preenchimento. Manual de Preenchimento TISS Formulários do TISS Instruções para Preenchimento Pag. 1 A Ameplan Assistência Médica Planejada preparou este manual para facilitar aos médicos credenciados e prestadores de serviços, o entendimento sobre

Leia mais

SISTEMA HILUM HOSPITAIS

SISTEMA HILUM HOSPITAIS SISTEMA HILUM HOSPITAIS 2014 Tecnologia da Informação - TI Unimed Cascavel MANUAL HILUM 4.0 - HOSPITAIS A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro e intercâmbio

Leia mais

Novo layout de Telas Sistema Autorizador

Novo layout de Telas Sistema Autorizador Novo layout de Telas Sistema Autorizador A fim de proporcionar aos consultórios melhor desempenho do sistema Autorizador, as telas alimentadas pelo antigo sistema Authorize foram atualizadas. O novo layout

Leia mais

Manual TISS Troca de Informaçõ

Manual TISS Troca de Informaçõ Manual TISS Troca de Informaçõ ções em Saúde Suplementar Versão o 1.1 Instruçõ ções para preenchimento das guias PREENCHER EXCLUSIVAMENTE COM CANETA PRETA OU AZUL GCES A Unimed Natal desenvolveu este manual

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL TISS 3.02.00 Setembro 2015 - Versão 3 Índice Passo 1: Visão Geral... 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online?... 3 Passo 3: Quais são os Recursos Disponíveis...

Leia mais

Nome do campo Descrição Obrigatório. Registro da operadora na ANS. Já consta na guia. Número da guia de solicitação.

Nome do campo Descrição Obrigatório. Registro da operadora na ANS. Já consta na guia. Número da guia de solicitação. Legenda da Guia de solicitação de internação Núm. do Campo Nome do campo Descrição 1 Registro ANS Registro da operadora na ANS. Já consta na guia. 2 Número da guia Número da guia de solicitação. Já consta

Leia mais