Bens sujeitos à isenção completa ou isenção com direitos a dedução

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Bens sujeitos à isenção completa ou isenção com direitos a dedução"

Transcrição

1 Bens sujeitos à isenção completa ou isenção com direitos a dedução Designação Classificação Pautal 1 - Bens alimentares do n.º28 do artigo 9º 1.1 Carnes e miudezas comestíveis, das seguintes posições tarifárias: Da espécie bovina, frescas, refrigeradas ou congeladas a Da espécie suína, frescas refrigeradas ou congeladas a Da espécie bovina ou caprina, frescas refrigeradas ou a congeladas De aves de capoeira (galos, galinhas, patos, gansos, perus e pintadas ou galinhas d Angola das espécies domésticas) Toucinho sem partes magras, gorduras de porco e aves domésticas, não fundidas, frescos, refrigerados, congelados, salgados ou em salmoura, secos ou fumados Carnes e miudezas comestíveis, salgadas ou salmoura, da espécie bovina ou suína 1.2 Peixes das seguintes posições tarifárias: Dos seguintes peixes frescos, refrigerados ou congelados, exceto filetes de peixe, fígados, ovas e sémen a a a Atuns e bonitos a Arenques a Cavalas, cavalinha e sardas a Peixes defumados, mesmo em filetes, exceto salmões do a Pacífico e salmões do Danúbio Peixes secos, mesmo salgados mas não fumados exceto bacalhau Peixes salgados, não secos nem defumados, e peixes em a salmoura, exceto bacalhau, biqueirões ou anchovas Leite e lacticínios e ovos de aves das seguintes posições tarifárias: Leite e nata, não concentrados nem adicionais de açúcar a ou de outros edulcorantes, e em pó, grânulos ou outras formas sólidas a Leite e nata, concentrados ou adicionados de açúcar ou de outros edulcorantes Leitelho leite e nata coalhada, iogurte, quefir e outros leites ou natas fermentadas ou acidificados, mesmo concentrados ou adicionados de açúcar ou de outros

2 edulcorantes, ou aromatizados ou adicionados de frutas ou de cacau Manteiga e outras matérias gordas provenientes do leite a Queijos e requeijão a Ovos de aves, com casca, frescos, conservados ou cozidos, exceto ovos completos para incubação 1.4 Legumes e produtos hortícolas das seguintes posições tarifárias: Batatas frescas ou refrigeradas, exceto batata de semente Tomates, fresco ou refrigerados Cebolas, chalotas, alho comum, alho-porro e outros a produtos hortícolas aliáceos, fresco ou refrigerados Couves, couves-flor, repolho ou couve frisada, couverábano e produtos comestivas semelhantes do género Brássica, frescos ou refrigerados a Alface e chicórias, frescas ou refrigerados a Cenouras, nabos, beterrabas para saladas, cercefi, aiporábano, rabanetes e raízes comestíveis semelhantes, fresco ou refrigerados Pepinos e peninhinhos (cornichões) fresco ou refrigerados Legumes de vagem. Com o sem vagem, fresco ou a refrigerados Pimentos dos géneros Capiscam ou Pimenta Legumes de vagem, secos, em grão, mesmo pelados ou a partidos, exceto grão-de-bico Raízes de mandioca Batatas-doces Inhames Frutas Bananas frescas Goiabas, mangas e mangostões, frescos ou secos Citrinos, fresco ou secos a Uvas frescas Melões, melancias e papaias ou mamões, frescos a Maças, melancias e papaias ou mamões, fresco Damascos, cerejas, pêssegos (incluídas as nectarinas), ameixas e abrunhos, fresco a

3 Outras frutas frescas: - Morangos - Framboesas, amoras, incluídas as silvestres, e amorasframboesas - Groselhas, incluído o cássis - Airelas, mirtilos e outras frutas - Kiwis - Outras Cereais das seguintes posições tarifárias Trigo duro Trigo Centeio Cevada Aveia Sorgo de grão Trigo mourisco Painço Milho, exceto para sementeira e para pipocas Arroz a Farinha de trigo Farinha de centeio Farinha de milho De milho-miúdo ou de sogro De outros cereais Açúcares de cana ou de beterraba e sacarose, a quimicamente pura, no estado sólido Pão ordinário Gorduras e óleos gordos das seguintes posições tarifárias: Gorduras de porco (inclusive banha de porco) Óleo de soja e respetivas frações mesmo refinados, mas não quimicamente modificados, exceto em bruto Óleo de amendoim e respetivas frações, mesmo refiadas mas não quimicamente modificados, exceto em bruto Azeite de oliveira e respetivas frações, mesmo refinado, mas não quimicamente modificados: - Virgens; -Outros; - Acondicionado para venda a retalho em embalagens imediatas de conteúdo até 5 litros; - Outros Óleo de girassol ou de cártamo, e respetivas frações, mesmo refinados mas não quimicamente modificados, exceto em bruto a Margarita exceto a margarina líquida Bens do n.º 15 do artigo 9º

4 Designação Classificação pautal Livros, brochuras e impressos semelhantes, mesmo em a folhas soltas Jornais e publicações periódicas, impressos, mesmo ilustrados ou contendo publicidade Álbuns ou livros de ilustrações e álbuns para desenhar e colorir, para crianças Música manuscrita ou impressa, ilustrada ou não, mesmo encadernada Obras, cartográficas de qualquer espécie, incluídas as a cartas murais, as plantas topografadas e os globos, impressos 3 Bens do n.º 29 do artigo 9º Designação Classificação Provitaminas e Vitaminas, naturais ou sintéticos) incluídos ou concentrados naturais), bem como os sues derivados utilizados principalmente como vitaminas, misturados ou não entre si, mesmo em quaisquer soluções pautal a Medicamentos e produtos farmacêuticos a Chapas para Raio X Instrumentos e aparelhos para medicina, cirúrgica, odontologia e veterinária, incluídos os aparelhos de cintilografia e outros aparelhos electromédicos, bem como os aparelhos para testes visuais Aparelhos de mecanoterapia; aparelhos de massagem; aparelhos de psicotécnica; aparelhos de ozonoterapia, de oxigenoterapia, de aerossolterapia, aparelhos respiratórios de reanimação e outros aparelhos de terapia respiratória Artigos e aparelhos ortopédicos, incluídas as cintas e fundas médico-cirúrgicas e as muletas; talas, goteiras e outros artigos e aparelhos de prótese; aparelhos para facilitar a audição de surdos e outros aparelhos para compensar deficiências ou enfermidades, que se destinam a ser transportados a mão ou sobre as pessoas ou a ser implantados no organismo Aparelhos de Raio X e aparelhos utilizem as radiações alfa, beta ou gama, mesmo para usos médicos, cirúrgicos, odontológicos ou veterinários, incluídos os aparelhos de radiofotografia ou de radioterapia, os tubos de raio X e os outros dispositivos gerados de Raios X, os geradores de tensão, as mesma do comando, as telas de visualização, as mesas, poltronas e suportes semelhantes a e a a

5 para exame ou tratamento Termómetros e pirómetros, não combinados com outros instrumentos 4 Bens do n.º 32 e 33 do artigo 9º Designação a Classificação Pautal Ovos completos para incubação Batata de semente Milho para sementeira Bolbos, tubérculos, raízes tuberosas, rebentos e rizomas em repouso vegetativo, em vegetação ou em flor; mudas, plantas e raízes de chicória Outras plantas vivas (incluídas as suas raízes), estacas e enxertos; micélios de cogumelos Sementes de plantas Hortícolas Palhas e cascas de cereais, mesmo picadas, moídas, prensadas ou em pellets Rutabagas, beterrabas forrageiras, raízes forrageiras, feno, luzerna, trevo, sanfeno, couves forrageiras, tremoço, ervilhaca e produtos forrageiros semelhantes, mesmo em pellets Farinhas, Pó e Pallets, de peixes ou crustáceos, moluscos ou outros invertebrados Polpas de beterraba, bagos de cana-de-açúcar e outros desperdícios da indústria de açúcar Bagaços e outros resíduos sólidos, mesmo triturados ou em pallets, da extração de gorduras ou óleos Matérias vegetais e desperdícios vegetais, resíduos e subprodutos vegetais, mesmo em pallets, dos tipos utilizados na alimentação de animais a a Preparação dos tipos utilizados na alimentação de animais, exceto para cães e gatos Sal em blocos comprimidos para alimentação dos animais Adubos e fertilizantes a Inseticidas, fungicida, herbicidas, inibidores de a germinação e reguladores de crescimentos para plantas Pás, enxadões, picaretas, enxadas, forcados, ancinhos e a raspadeiras; machados, podões e ferramentas semelhantes com gumes; tesouras de podar de todos os tipos; foices e foicinhos, facas para feno ou palha, tesouras para sebes, cunhas e outras ferramentas manuais para agricultura, horticultura Elevadores de líquidos Máquinas e aparelhos de uso agrícola, hortícola ou a

6 florestal, para preparação ou trabalho do solo ou para cultura; rolos para relvados (gramados) ou para os campos de desporto Máquinas e aparelhos para colheita ou debulha de produtos agrícolas, incluídas as enfardadoras de palha ou forragem; cortadores de relva e ceifeiras a Chocadeira e criadeiras Motocultores Animais vivos das espécies cavalar, asinina e muar, a bovina, suína, ovina e caprina, galos, galinhas, patos, gansos, perus, peruas e pintadas ou galinhas d Angola das espécies domésticas Bens do n.º 35 do artigo 9º Redes confecionadas para a pesca Canas de pesca Anzóis, mesmo montados em Terminais Carretos (molinetes) de pesca Outros artigos de pesca

Capítulo 12. Sementes e frutos oleaginosos; grãos, sementes e frutos diversos; plantas industriais ou medicinais; palhas e forragens

Capítulo 12. Sementes e frutos oleaginosos; grãos, sementes e frutos diversos; plantas industriais ou medicinais; palhas e forragens Capítulo 12 Sementes e frutos oleaginosos; grãos, sementes e frutos diversos; plantas industriais ou medicinais; palhas e forragens Notas. 1. Consideram-se sementes oleaginosas, na acepção da posição 12.07,

Leia mais

Câmaras e Equipamentos Frigoríficos Refrigeração Aquecimento Umidade Relativa São Paulo/SP (11) 6636-5851

Câmaras e Equipamentos Frigoríficos Refrigeração Aquecimento Umidade Relativa São Paulo/SP (11) 6636-5851 www.tectermica.com.br Câmaras e Equipamentos Frigoríficos Refrigeração Aquecimento Relativa São Paulo/SP (11) 6636-5851 FRUTAS Produto Propriedades dos Alimentos Perecíveis Abacate 7,2 a 12,8 85 a 90 65,4-1

Leia mais

Objetivo: Produtos que tiveram maior crescimento no mercado francês entre 2013/2014

Objetivo: Produtos que tiveram maior crescimento no mercado francês entre 2013/2014 Objetivo: Produtos que tiveram maior crescimento no mercado francês entre 2013/2014 PRODUTOS Jan-Jun 2013 Jan-Jun 2014 Crescimento 2013/2014 Outras frutas de casca rija e outras sementes, preparadas ou

Leia mais

TABELA DE ph DOS ALIMENTOS

TABELA DE ph DOS ALIMENTOS TABELA DE ph DOS ALIMENTOS Esta tabela não representa o ph real dos alimentos (antes de serem consumidos), representa sim algo mais importante, que é a sua capacidade de produzir "resíduos" mais ou menos

Leia mais

9.5.2008 PT Jornal Oficial da União Europeia C 115/329 ANEXOS

9.5.2008 PT Jornal Oficial da União Europeia C 115/329 ANEXOS 9.5.2008 PT Jornal Oficial da União Europeia C 115/329 ANEXOS 9.5.2008 PT Jornal Oficial da União Europeia C 115/331 ANEXO I LISTA PREVISTA NO ARTIGO 38. o DO TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA

Leia mais

Gomas de mascar com ou sem açúcar. Bebidas prontas à base de mate ou chá. Preparações em pó para a elaboração de bebidas

Gomas de mascar com ou sem açúcar. Bebidas prontas à base de mate ou chá. Preparações em pó para a elaboração de bebidas Abrangência: operações interestaduais entre contribuintes situados em São Paulo e contribuintes situados em Sergipe. Produto: alimentícios. Conteúdo: relação de Margem de Valor Agregado. Base Legal: Protocolo

Leia mais

ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 1.1. Chocolate branco, em embalagens de conteúdo inferior ou igual a 1 kg

ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 1.1. Chocolate branco, em embalagens de conteúdo inferior ou igual a 1 kg I - CHOCOLATES 1.1 Chocolate branco, em embalagens de conteúdo inferior ou igual a 1 kg 1704.90.10 1.2 Chocolates contendo cacau, em embalagens de conteúdo inferior 1806.31.10 ou igual a 1kg 1806.31.20

Leia mais

ALIMENTOS DE ORIGEM ANIMAL. 1. Introdução

ALIMENTOS DE ORIGEM ANIMAL. 1. Introdução ALIMENTOS DE ORIGEM ANIMAL 1. Introdução A cadeia de alimentos de origem animal tem importante representação industrial no Brasil e no Paraná, bem como, tradição e respeito em nível internacional. Devido

Leia mais

LISTA DE SUBSTITUIÇÃO DOS ALIMENTOS

LISTA DE SUBSTITUIÇÃO DOS ALIMENTOS LISTA DE SUBSTITUIÇÃO DOS ALIMENTOS VEGETAIS FOLHOSOS CONSUMO À VONTADE Acelga, agrião, aipo, alface, alcachofra, almeirão, broto de bambu, cogumelo, couve, couve-de-bruxelas, escarola, mostarda, palmito,

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de DECISÃO DO CONSELHO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de DECISÃO DO CONSELHO COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 10.12.2002 COM(2002) 707 final 2002/0291 (ACC) Proposta de DECISÃO DO CONSELHO relativa à conclusão de um protocolo que adapta os aspectos comerciais do Acordo

Leia mais

Capítulo 2. Carnes e miudezas, comestíveis

Capítulo 2. Carnes e miudezas, comestíveis Capítulo 2 Carnes e miudezas, comestíveis Nota. 1.- O presente Capítulo não compreende: a) No que diz respeito às posições 02.01 a 02.08 e 02.10, os produtos impróprios para a alimentação humana; b) As

Leia mais

Ministério d DL 382/2008 2008.07.07

Ministério d DL 382/2008 2008.07.07 DL 382/2008 2008.07.07 A legislação comunitária relativa ao estabelecimento de limites máximos de resíduos de substâncias activas de produtos fitofarmacêuticos, carece de permanente actualização por questões

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de REGULAMENTO DO CONSELHO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de REGULAMENTO DO CONSELHO COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruelas, 21.06.2002 COM(2002) 335 final 2002/0129 (ACC) Proposta de REGULAMENTO DO CONSELHO que estabelece o regime aplicável aos produtos agrícolas e às mercadorias

Leia mais

Plano de alimentação para perder 3 KG por mês mas para alcançar esse objetivo tem que ser feito arrisca.

Plano de alimentação para perder 3 KG por mês mas para alcançar esse objetivo tem que ser feito arrisca. Plano de alimentação para perder 3 KG por mês mas para alcançar esse objetivo tem que ser feito arrisca. Exemplo: A hora é você que decide somente estou dando um exemplo de horário; Café da Manha 7h Antes

Leia mais

A PIRÂMIDE QUE SEGUE ABAIXO É A BRASILEIRA, ADAPTADA POR SÔNIA TUCUNDUVA PHILIPPI AOS NOSSOS HÁBITOS ALIMENTARES.

A PIRÂMIDE QUE SEGUE ABAIXO É A BRASILEIRA, ADAPTADA POR SÔNIA TUCUNDUVA PHILIPPI AOS NOSSOS HÁBITOS ALIMENTARES. PARA SABERMOS COMO A ALIMENTAÇÃO DEVE SER EQUILIBRADA, PRECISAMOS CONHECER A PIRÂMIDE ALIMENTAR, QUE É A REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS ALIMENTOS E SUAS QUANTIDADES QUE DEVEM ESTAR PRESENTES EM NOSSA DIETA

Leia mais

COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL?

COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL? COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL? O Ministério da Saúde está lançando a versão de bolso do Guia Alimentar para a População Brasileira, em formato de Dez Passos para uma Alimentação Saudável, com o objetivo

Leia mais

ANEXO 4.0 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANEXO 4.42.1. * REVOGADO PELO DECRETO Nº 26.695 de 6 de julho de 2010.

ANEXO 4.0 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANEXO 4.42.1. * REVOGADO PELO DECRETO Nº 26.695 de 6 de julho de 2010. ANEXO 4.0 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANEXO 4.42.1 * REVOGADO PELO DECRETO Nº 26.695 de 6 de julho de 2010. NAS OPERAÇÕES COM PRODUTOS ALIMENTÍCIOS Acrescentado pelo DECRETO nº 26.258 de 30.12.2009 DOE: 30.12.2009

Leia mais

SEÇÃO III GORDURAS E ÓLEOS ANIMAIS OU VEGETAIS; PRODUTOS DA SUA DISSOCIAÇÃO; GORDURAS ALIMENTARES ELABORADAS; CERAS DE ORIGEM ANIMAL OU VEGETAL

SEÇÃO III GORDURAS E ÓLEOS ANIMAIS OU VEGETAIS; PRODUTOS DA SUA DISSOCIAÇÃO; GORDURAS ALIMENTARES ELABORADAS; CERAS DE ORIGEM ANIMAL OU VEGETAL SEÇÃO III GORDURAS E ÓLEOS ANIMAIS OU VEGETAIS; PRODUTOS DA SUA DISSOCIAÇÃO; GORDURAS ALIMEARES ELABORADAS; CERAS DE ORIGEM ANIMAL OU VEGETAL Capítulo 5 Gorduras e óleos animais ou vegetais; produtos da

Leia mais

Nutrição. O alimento como aliado da sua saúde.

Nutrição. O alimento como aliado da sua saúde. Nutrição O alimento como aliado da sua saúde. alimentação saúdavel Alimentação saúdavel e cuidados nutricionais são importantes em todas as fases da vida e devem ser tratados com distinção em cada período.

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Crédito presumido dos insumos utilizados na produção de aves destinada à exportação ou alimentação humana /

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Crédito presumido dos insumos utilizados na produção de aves destinada à exportação ou alimentação humana / aves destinada à exportação ou alimentação humana / 03/11/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 2.1. Exemplo Prático... 3 2.2. Lei 12.350/2010... 3 2.3.

Leia mais

A diversificação não deve ser iniciada antes dos 4 meses nem depois dos 6 meses

A diversificação não deve ser iniciada antes dos 4 meses nem depois dos 6 meses Início da Diversificação A diversificação não deve ser iniciada antes dos 4 meses nem depois dos 6 meses Substituir uma refeição de leite por: Papa sem glúten ou sopa de legumes (antes dos 6 meses) Papa

Leia mais

Principais exportações para São Tomé e Príncipe de produtos agrícolas, florestais e das pescas (média 2004-2008)

Principais exportações para São Tomé e Príncipe de produtos agrícolas, florestais e das pescas (média 2004-2008) Principais exportações para São Tomé e Príncipe de produtos agrícolas, florestais e das pescas (média 2004-2008) 3 500 3 336 3 000 valores em milhares de euros 2 500 2 000 1 500 1 000 1 367 1 279 727 500

Leia mais

Proposta de DECISÃO DO CONSELHO

Proposta de DECISÃO DO CONSELHO COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 21.12.2011 COM(2011) 924 final 2011/0456 (NLE) Proposta de DECISÃO DO CONSELHO relativa à assinatura, em nome da União Europeia, do Acordo sob forma de troca de cartas entre

Leia mais

Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não

Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não especificados anteriormente 0116-4/99 Cultivo de outras

Leia mais

ANEXO I GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA RELAÇÃO DOS GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR E SUAS ESPECIFICAÇÕES. GÊNERO ALIMENTÍCIO

Leia mais

CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima

CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima Profª. Nensmorena Preza ALIMENTO Toda substância ou mistura de substâncias, no estado sólido, líquido, pastoso ou qualquer

Leia mais

Sugestão de Cardápio para o Jejum de 21 dias do MIESF12

Sugestão de Cardápio para o Jejum de 21 dias do MIESF12 ALMOÇO 1 Dia 2 Dia 3 Dia de ervas -Pão torrado -Mamão - fruta (melão) ou água de côco -Salada de folhas temperadas c/ azeite e orégano. -1 prato de sobremesa de legumes cozidos ou purê de batatas. - Arroz

Leia mais

PROTOCOLO ICMS 4, DE 30 DE MARÇO DE 2012

PROTOCOLO ICMS 4, DE 30 DE MARÇO DE 2012 PROTOCOLO ICMS 4, DE 30 DE MARÇO DE 2012 Publicado no DOU de 09.04.12 Altera o Protocolo ICMS 28/09, que dispõe sobre a substituição tributária nas operações com produtos alimentícios. Os Estados de Minas

Leia mais

Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO

Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO no 1º ano de vida INÍCIO DA DIVERSIFICAÇÃO A diversificação pode ser iniciada após os 4 meses. Substituir uma refeição de leite por: Papa sem glúten ou caldo de legumes (antes

Leia mais

ICMS INCIDENTE SOBRE ALIMENTOS

ICMS INCIDENTE SOBRE ALIMENTOS ICMS INCIDENTE SOBRE ALIMENTOS Cortesia: FARO CONTÁBIL (www.farocontabil.com.br) Autor: Roberto Ferreira de Freitas Data: 21/07/2009 MERCADORIAS SUJEITAS A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA (Art. 313-W do RICMS)

Leia mais

Receitas de Sucos. Sucos com Frutas. Suco de abacaxi e gengibre. Suco de laranja, amora e grapefruit. Batida de papaya e laranja

Receitas de Sucos. Sucos com Frutas. Suco de abacaxi e gengibre. Suco de laranja, amora e grapefruit. Batida de papaya e laranja Receitas de Sucos Sucos com Frutas Suco de abacaxi e gengibre 1 abacaxi médio bem maduro 1 colher de sopa de gengibre fresco picado 4 copos de água Lavar bem o abacaxi usando uma escova. Descascar com

Leia mais

CORTE O AÇÚCAR, ELIMINE GRÃOS E FARINHAS, NÃO CONSUMA NADA PROCESSADO E CORTE LATICÍNIOS.

CORTE O AÇÚCAR, ELIMINE GRÃOS E FARINHAS, NÃO CONSUMA NADA PROCESSADO E CORTE LATICÍNIOS. Desafio: Whole30 INTRODUÇÃO Seja bem-vindo ao seu novo programa de reeducação alimentar Whole30! A partir de hoje durante 30 dias você vai seguir essa dieta exatamente como está aqui. Cada vez que você

Leia mais

Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO

Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO no 1º ano de vida ALIMENTAÇÃO PADRÃO Este folheto foi elaborado para ajudar os pais na alimentação do bebé. Cumpra sempre os conselhos do enfermeiro e do médico do seu filho

Leia mais

Por uma vida mais saudável Ementas - Almoço - Município do Cadaval

Por uma vida mais saudável Ementas - Almoço - Município do Cadaval Por uma vida mais saudável Ementas - Almoço - Município do Cadaval Semana I Sopa: Creme de Abóbora (Batata, abóbora, alho Francês, cebola, cenoura, nabo, azeite, alho, sal) Prato: Bife de Porco de Tomatada

Leia mais

ANEXO C CAPITAÇÃO DOS ALIMENTOS TABELA 1 FRUTOS (diversas utilizações) PRODUTOS CAPITAÇÕES OBSERVAÇÕES

ANEXO C CAPITAÇÃO DOS ALIMENTOS TABELA 1 FRUTOS (diversas utilizações) PRODUTOS CAPITAÇÕES OBSERVAÇÕES ANEXO C CAPITAÇÃO DOS ALIMENTOS TABELA 1 FRUTOS (diversas utilizações) ALPERCE 150 gr Calibre mínimo 30 mm AMEIXA 150 gr Calibre mínimo 30 mm BANANA 150 gr 1 unidade CEREJA 150 gr Calibre mínimo 17 mm

Leia mais

Colégio Português Creche Semana de 22 a 26 de Junho de 2015 Almoço

Colégio Português Creche Semana de 22 a 26 de Junho de 2015 Almoço Semana de 22 a 26 de Junho de 2015 Sopa Creme de legumes com solha 4 199 47 0,6 0,1 7,4 0,7 2,9 0,2 Esparguete com salmão e legumes cozidos 1,3,4 958 229 12,8 2,4 17,2 1,2 10,6 0,5 Sobremesa Creme de maçã

Leia mais

Programa 5 ao Dia. Faz Crescer com Energia. O que conta como uma porção para o 5 ao Dia? Mercado Abastecedor da Região de Évora, S.A.

Programa 5 ao Dia. Faz Crescer com Energia. O que conta como uma porção para o 5 ao Dia? Mercado Abastecedor da Região de Évora, S.A. O que conta como uma porção para o 5 ao Dia? Programa 5 ao Dia Frutas ou Hortícolas Tamanho das peças de Frutas ou Hortícolas Equivalência em gramas Abacate 1/5 de um médio 30 Aipo 2 talos médios 110 Alface

Leia mais

Protoc. ICMS CONFAZ 110/10 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 110 de 09.07.2010

Protoc. ICMS CONFAZ 110/10 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 110 de 09.07.2010 Protoc. ICMS CONFAZ 110/10 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 110 de 09.07.010 D.O.U.: 10.08.010 Altera o Protocolo ICMS 8/09, que dispõe sobre a substituição

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL P. M. DE SAO JOSE DO HORTENCIO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL P. M. DE SAO JOSE DO HORTENCIO Licitação:PREGÃO PRESENCIAL Nro:6/2015 01a Via Pagina:1 Fornecedor: Data:07/07/2015 Endereço: Bairro: CNPJ: IE: Municipio: CEP: Telefone: Fax: 1 1,00 UN LOTE 01 - PÃES E PERECÍVEIS 2 1050,00 UN PÃO FRANCÊS

Leia mais

CARDÁPIO ESCOLAR 30/01/12 31/01/12 01/02/12 02/02/12 03/02/12 MELÃO

CARDÁPIO ESCOLAR 30/01/12 31/01/12 01/02/12 02/02/12 03/02/12 MELÃO 30/01/12 31/01/12 01/02/12 02/02/12 03/02/12 MELÃO PERA ARROZ, ESTROGONOFE, BATATA PALHA E SALADA DE TOMATE E ALFACE BOLO DE CENOURA COM CALDA DE CHOCOLATE FEIJÃO, CARNE ASSADA, FAROFA DE CENOURA E SALADA

Leia mais

Principais exportações para o Brasil de produtos agrícolas, florestais e das pescas (média 2004-2008)

Principais exportações para o Brasil de produtos agrícolas, florestais e das pescas (média 2004-2008) Principais exportações para o Brasil de produtos agrícolas, florestais e das pescas (média 2004-2008) 70 000 62 207 60 000 valores em milhares de euros 50 000 40 000 30 000 20 000 21 786 17 825 8 620 10

Leia mais

Aves SUÍNOS CAVALOS OVINOS E CAPRINOS

Aves SUÍNOS CAVALOS OVINOS E CAPRINOS Aves AVIDIACO ESPECIAL: Alimento Natural completo para: Frangos, Galinhas, Patos, Perus, etc. Administrar como alimento único a aves desde os 30 dias de idade, até ao abate ou em postura. AVIDIACO NORMAL:

Leia mais

Carbo- Fibra Número do Umidade Energia Proteína Lipídeos Colesterol idrato Alimentar Cinzas Cálcio Magnésio Alimento Descrição do Alimento (%) (kcal)

Carbo- Fibra Número do Umidade Energia Proteína Lipídeos Colesterol idrato Alimentar Cinzas Cálcio Magnésio Alimento Descrição do Alimento (%) (kcal) Carbo- Fibra Número do Umidade Energia Proteína Lipídeos Colesterol idrato Alimentar Cinzas Cálcio Magnésio Alimento Descrição do Alimento (%) (kcal) (kj) (g) (g) (mg) (g) (g) (g) (mg) (mg) &HUHDLVÃHÃGHULYDGRVÃ

Leia mais

Cantina Hora do Lanche CARDÁPIO NOVEMBRO 2015

Cantina Hora do Lanche CARDÁPIO NOVEMBRO 2015 Cantina Hora do Lanche CARDÁPIO NOVEMBRO 2015 1 a SEMANA: 03/11/2015 04/11/2015 05/11/2015 de Presunto e queijo Pão de Forma c/ queijo e tomate Manga picada Bolo de chocolate recheado Bolacha Salgada Salada

Leia mais

ANEXO 7 CONSTITUIÇÃO DAS REFEIÇÕES ESCOLAS A TEMPO INTEIRO

ANEXO 7 CONSTITUIÇÃO DAS REFEIÇÕES ESCOLAS A TEMPO INTEIRO ANEXO 7 CONSTITUIÇÃO DAS REFEIÇÕES ESCOLAS A TEMPO INTEIRO CARATERÍSTICAS DAS REFEIÇÕES: COMPOSIÇÃO E CAPITAÇÕES 1. O adjudicatário obriga-se a fornecer, durante o período previsto e diariamente, 2 lanches

Leia mais

GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS:

GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS: 1 GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS: 1) MODIFICAÇÃO NA INGESTÃO DE GORDURA: O consumo de menos gordura é um aspecto importante da orientação nutricional para comer de maneira mais saudável, para a protecção

Leia mais

Por uma vida mais saudável Ementas - Almoço - Município do Cadaval

Por uma vida mais saudável Ementas - Almoço - Município do Cadaval Por uma vida mais saudável Ementas - Almoço - Município do Cadaval Semana I Sopa: Creme de Abóbora (Batata, abóbora, alho Francês, cebola, cenoura, nabo, azeite, alho, sal) Prato: Bife de Porco de Tomatada

Leia mais

1. O adjudicatário obriga-se a fornecer, durante o período previsto e diariamente, 2 lanches

1. O adjudicatário obriga-se a fornecer, durante o período previsto e diariamente, 2 lanches ANEXO 8 CONSTITUIÇÃO DAS REFEIÇÕES ESTABELECIMENTOS DE INFÂNCIA CARATERÍSTICAS DAS REFEIÇÕES: COMPOSIÇÃO E CAPITAÇÕES 1. O adjudicatário obriga-se a fornecer, durante o período previsto e diariamente,

Leia mais

Rua Roque Petrella,1146 Brooklin-São Paulo SP CEP.04581-051-Telefone (11) 5533.1026

Rua Roque Petrella,1146 Brooklin-São Paulo SP CEP.04581-051-Telefone (11) 5533.1026 PRIMEIRO DIA Somente Frutas Suco de frutas + 1 fruta Ex. suco de laranja com morango + 1{ mamão papaia DA MANHÃ 1 copo 250 ml Suco de melão + 1 fruta (ex. 1 ameixa ) Ex. Folhas de rúcula a vontade + 4

Leia mais

ANEXO A.1 Formulário Dietético

ANEXO A.1 Formulário Dietético ANEXO A.1 Formulário Dietético I) As dietas abaixo referidas deverão cumprir com as especificações do anexo A.2 (Capitações dos alimentos de refeições confecionadas e preparações culinárias) e do anexo

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001 TERMO DE ADJUDICAÇÃO Às 11:33 horas do dia 23 de outubro de 2012, o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Travesseiro, designado pela portaria 034/2012 após analise da documentação do Pregão Presencial

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS-ST Redução de Base de Cálculo - MG

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS-ST Redução de Base de Cálculo - MG ICMS-ST Redução de Base de Cálculo - MG 22/08/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 5 3.1. Produtos Alimentícios sujeitos

Leia mais

Capítulo 20. Preparações de produtos hortícolas, de frutas ou de outras partes de plantas

Capítulo 20. Preparações de produtos hortícolas, de frutas ou de outras partes de plantas Capítulo 20 Preparações de produtos hortícolas, de frutas ou de outras partes de plantas Notas. 1. O presente Capítulo não compreende: a) os produtos hortícolas e frutas preparados ou conservados pelos

Leia mais

Dieta. Lanche da manhã. Almoço. Café da manha:

Dieta. Lanche da manhã. Almoço. Café da manha: Café da manha: Dieta opção 1 1 xíc. (chá) de café com leite desnatado 1 pão francês sem miolo na chapa com 1 col. (sopa) rasa de margarina ou 1 fatia de queijo fresco ½ xíc. (chá) de cereal 1 xíc. (chá)

Leia mais

ITENS DA MERENDA ESCOLAR 2015

ITENS DA MERENDA ESCOLAR 2015 ITENS DA MERENDA ESCOLAR 2015 Nº ITEM UNIDADE DE MEDIDA 1 ABACATE 2 ABACAXI 3 ABÓBORA 4 ACHOCOLATADO EM PÓ EMBALAGEM DE 800G FARDO COM 24 PCT DE 400G 5 ACHOCOLATADO EM PÓ DIET EMBALAGEM DE 210G 6 ACHOCOLATADO

Leia mais

Como eliminar o inchaço

Como eliminar o inchaço Como eliminar o inchaço Descubra quais alimentos ajudam você a acabar com o inchaço do corpo e perca até 5 kg em apenas 15 dias! por Belisa Rotondi Desinche, seguindo uma dieta rica em comidas anti-inflamatórias

Leia mais

Balança alimentar portuguesa evidencia desequilíbrio da roda dos alimentos. Figura 1

Balança alimentar portuguesa evidencia desequilíbrio da roda dos alimentos. Figura 1 BALANÇA ALIMENTAR PORTUGUESA 14 de Dezembro de 26 - CONSUMO DE PROTEÍNAS E GORDURAS EM PORTUGAL É TRÊS VEZES SUPERIOR AO RECOMENDADO CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS DIMINUI 16% EM 14 ANOS E É ULTRAPASSADO

Leia mais

MATÉRIA PRIMA. A boa qualidade de qualquer produto industrializado está condicionada à perfeição da matéria-prima utilizada.

MATÉRIA PRIMA. A boa qualidade de qualquer produto industrializado está condicionada à perfeição da matéria-prima utilizada. MATÉRIAS-PRIMAS ORIGENS TIPOS APROVEITAMENTO DIRETRIZES GERAIS PARA MELHOR OBTENÇÃO DA MATÉRIA-PRIMA - Planejamento para produção de matéria-prima: - Assessoramento técnico - Matéria-prima de fonte animal:

Leia mais

Sal Açúcar (g) (g) Sopa Creme de Legumes 1,3,5,6,7,8,9,12 461 110 3,0 0,5 17,4 2,9 1,2 1,6

Sal Açúcar (g) (g) Sopa Creme de Legumes 1,3,5,6,7,8,9,12 461 110 3,0 0,5 17,4 2,9 1,2 1,6 Semana de 16 a 18 de Setembro de 2015 Segunda Sopa Creme de Legumes 1,3,5,6,7,8,9,12 461 110 3,0 0,5 17,4 2,9 1,2 1,6 Almondegas de vaca com esparguete e salada de alface e cenoura ralada 1,2,3,4,5,6,7,9,10,11,12

Leia mais

Dieta do Mix de Fibras - 2 Kg em 4 Dias

Dieta do Mix de Fibras - 2 Kg em 4 Dias Dieta nas Festas Dieta nas Festas Selecionamos aqui três dietas eficazes para você se preparar antes das festas e uma dieta desintoxicante para recuperar seu corpo depois delas! Dieta do Mix de Fibras

Leia mais

www.500receitasparaemagrecer.com.br SUPER 9 DIETAS 500 Receitas para Emagrecer Dicas Dietas sobre Metabolismo

www.500receitasparaemagrecer.com.br SUPER 9 DIETAS 500 Receitas para Emagrecer Dicas Dietas sobre Metabolismo SUPER 9 DIETAS Esta dieta é baseada principalmente na ingestão de alimentos que aumentam a densidade nutricional e diminuir a densidade calórica. É uma das dietas mais equilibradas, uma vez que não se

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DESENVOLVIMENTO RURAL E PESCAS. N. o 195 19 de Agosto de 2004 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A 5405

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DESENVOLVIMENTO RURAL E PESCAS. N. o 195 19 de Agosto de 2004 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A 5405 N. o 195 19 de Agosto de 2004 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A 5405 4 (Anterior n. o 3.) 5 (Anterior n. o 4.) 6 (Anterior n. o 5.) Artigo 91. o Aplicação do Código Cooperativo às cooperativas existentes 1...

Leia mais

-./*0(1(21&1'#"0(31#*4(

-./*0(1(21&1'#0(31#*4( -./*0(1(21&1#"0(31#*4( 5/"6$17"(+1(8*$/"(0".+9:1;(!"#$%&"()*$+,*( ! "#$%&!!()*+,&!-+%.! /$,012,!3!4%1$,!&,#3567!!!!!! 8,+19)*,!:%13;%! ÍNDICE!"#$!%&%&(&)*+!%,&*$-% INTRODUÇÃO MODO DE EMPREGO SUMOS 1. Sumo

Leia mais

CARDÁPIO JUNHO 2015. Sopa: Caldo verde ( alho, fubá, carne, óleo de soja, cebola, couve manteiga, tomate molho e ervas naturais)

CARDÁPIO JUNHO 2015. Sopa: Caldo verde ( alho, fubá, carne, óleo de soja, cebola, couve manteiga, tomate molho e ervas naturais) EXTERNATO SANTO ANTÔNIO 1ª SEMANA 01/06 (segunda-feira) 02/06 (terça-feira) 03/06 (quarta-feira) 04/06 (quinta-feira) 05/06 (sexta-feira) Leite com achocolatado Leite fermentado Iogurte CARDÁPIO JUNHO

Leia mais

EMENTA DE 20 A 24 DE ABRIL DE 2015

EMENTA DE 20 A 24 DE ABRIL DE 2015 20 de abril de 2015 21 de abril de 2015 22 de abril de 2015 23 de abril de 2015 24 de abril de 2015 EMENTA DE 20 A 24 DE ABRIL DE 2015 Sopa de espinafres Empadão de atum com arroz Salada de alface verde,

Leia mais

No Brasil, as frutas e

No Brasil, as frutas e FRUTAS E HORTALIÇAS: FONTE DE PRAZER E SAÚDE No Brasil, as frutas e hortaliças frescas são produzidas, em diferentes épocas do ano, por milhares de pequenos produtores, distribuídos por todo o país. A

Leia mais

3122 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 116 18 de Maio de 2004

3122 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 116 18 de Maio de 2004 3122 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 116 18 de Maio de 2004 Portugal é Parte nesta Convenção, que foi aprovada, para ratificação, pelo Decreto do Governo n. o 29/87, conforme aviso tornado público no

Leia mais

APÊNDICE XXVII. CRÉDITO ADMITIDO (% sobre a Base de Cálculo) 1% UNIDADE DA FEDERAÇÃO DE ORIGEM ITEM MERCADORIA BENEFÍCIO

APÊNDICE XXVII. CRÉDITO ADMITIDO (% sobre a Base de Cálculo) 1% UNIDADE DA FEDERAÇÃO DE ORIGEM ITEM MERCADORIA BENEFÍCIO APÊNDICE XXVII MERCADORIAS ORIUNDAS DE OUTRAS UNIDADES DA FEDERAÇÃO BENEFICIADAS COM INCENTIVO OU FAVOR FISCAL OU FINANCEIRO-FISCAL EM DESACORDO COM A LEI COMPLEMENTAR Nº 24/75 UNIDADE DA FEDERAÇÃO DE

Leia mais

CARDÁPIO INFANTIL KIDS -AGOSTO 2015

CARDÁPIO INFANTIL KIDS -AGOSTO 2015 1 a SEMANA: CARDÁPIO INFANTIL KIDS -AGOSTO 2015 2 a 03/08/2015 Mini francês com margarina Banana picado Frango em Cubos com Legumes Abobrinha refogada Cenoura salteada no alho e manteiga Farofa Brasileira

Leia mais

Sorocaba,18 de março de 2012

Sorocaba,18 de março de 2012 Sorocaba,18 de março de 2012 Saúde: Acidez fal mal a saúde Prof. Jaime Paulino profjaime@terra.com.br Esp. em Acupuntura e Terapias Alternativas /Docência no Ensino Superior Profº de Educação Física (Centro

Leia mais

ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL IRMÃ CATARINA

ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL IRMÃ CATARINA 28/09 29/09 30/09 01/10 02/10 Leite com achocolatado Iogurte com polpa de Biscoito integral salgado Pão de leite com frutas Pão de forma com Pão integral com geleia com margarina requeijão Rosquinha de

Leia mais

Brincar e aprender com os alimentos

Brincar e aprender com os alimentos Brincar e aprender com os alimentos Introdução A Associação Portuguesa dos Nutricionistas, criou este conjunto de jogos didácticos, destinado a crianças, porque considera que a aprendizagem e modulação

Leia mais

Cardápio do Berçário I (4 Meses a 1 ano) 1ª Semana

Cardápio do Berçário I (4 Meses a 1 ano) 1ª Semana Cardápio do Berçário I (4 Meses a 1 ano) 1ª Semana Matinal Papinha de mamão Papinha de pêra Papinha de banana Papinha de manga Papinha de maçã Papinha de carne moída com, beterraba e couve Papinha de batata

Leia mais

CARDÁPIO ESCOLAR 2015

CARDÁPIO ESCOLAR 2015 Camila de O. G. Paiva 02/11/2015 03/11/2015 04/11/2015 05/11/2015 06/11/2015 COLAÇÃO - FRUTA Maçã Banana Melancia Melão ARROZ Arroz Integral Arroz Branco Arroz Integral ****** FEIJÃO Grão de Bico Feijão

Leia mais

Planejamento de Refeições Rápidas 1

Planejamento de Refeições Rápidas 1 Planejamento de Refeições Rápidas 1 Introdução O plano expresso de refeições para 14-dias é um ótimo ponto de partida que ajuda você a aprender rapidamente sobre os alimentos saudáveis e saborosos que

Leia mais

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV Alimentação: Sustentável NÚMERO 3 Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. Risoto de casca de Abóbora Cascas de 2kg de abóbora (ralada ) 3 xicaras de arroz cozido 1 cebola grande (picada)

Leia mais

CARDÁPIO SEMANAL - 7 a 14 anos 02 a 06 de NOVEMBRO. Lanche da Manhã Biscoito de aveia e mel Tostex (queijo e peito de peru) Pão de forma com margarina

CARDÁPIO SEMANAL - 7 a 14 anos 02 a 06 de NOVEMBRO. Lanche da Manhã Biscoito de aveia e mel Tostex (queijo e peito de peru) Pão de forma com margarina CARDÁPIO SEMANAL - 7 a 14 anos 02 a 06 de NOVEMBRO 02/11/2015 03/11/2015 04/11/2015 05/11/2015 06/11/2015 Biscoito de aveia e mel Tostex (queijo e peito de peru) Pão de forma com margarina Cereal Matinal

Leia mais

Lista completa dos Alimentos. Mini-blocos de proteínas (Equivale a 7 g de proteína).

Lista completa dos Alimentos. Mini-blocos de proteínas (Equivale a 7 g de proteína). Lista completa dos Alimentos Mini-blocos de proteínas (Equivale a 7 g de proteína). Fuentes favoráveis ( a melhor escolha) Carne fresca Cordeiro (coxa e costelas) 35 Veado 35 Vitela 35 Peru sem pele (peito)

Leia mais

Observação: crianças, adolescentes, gestantes e praticantes de atividades físicas intensas têm recomendações diferenciadas.

Observação: crianças, adolescentes, gestantes e praticantes de atividades físicas intensas têm recomendações diferenciadas. Atualizado em 15.01.2014 O Lanche Certo tem como objetivo orientar sobre escolhas alimentares adequadas de lanches no trabalho, o que possibilita a melhora de hábitos alimentares, além da promoção da saúde

Leia mais

CRONOGRAMA DE ENTREGA AABB

CRONOGRAMA DE ENTREGA AABB CRONOGRAMA DE ENTREGA AABB NÃO PERECIVEIS DATA DE ASSINATURA DO FORNECEDOR ASSINATURA DO RESPONSÁVEL ENTREGA ----------------------------------------------- ------------------------------------------------

Leia mais

Cardápio Escolar ALMOÇO 1º SEMANA DE SETEMBRO PERÍODO 01/09/10 A 03/09/10. Arroz, Feijão, Brócolis alho e óleo. Arroz, Feijão, Purê de Batata

Cardápio Escolar ALMOÇO 1º SEMANA DE SETEMBRO PERÍODO 01/09/10 A 03/09/10. Arroz, Feijão, Brócolis alho e óleo. Arroz, Feijão, Purê de Batata 1º SEMANA DE SETEMBRO PERÍODO 01/09/10 A 03/09/10 Acompanhamento Salada Sobremesa 01/09/10 Frango Assado com Creme de Cebola Brócolis alho e óleo Tomate Abacaxi 02/09/10 Bife a Role Purê de Batata cozida

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA UTENTES COM LITÍASE URINÁRIA

QUESTIONÁRIO PARA UTENTES COM LITÍASE URINÁRIA QUESTIONÁRIO PARA UTENTES COM LITÍASE URINÁRIA Código da doação A. Comportamentos Alimentares 1. Em média, quantos copos de leite bebe por dia? 00 Número de copos 02 Não sabe 01 Menos de um copo 03 Prefere

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de REGULAMENTO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de REGULAMENTO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Proposta de Bruxelas, 3.11.2006 COM(2006) 655 final 2006/0218 (COD) REGULAMENTO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO que estabelece uma nova classificação estatística

Leia mais

LINHA TRADICIONAL. Arroz, cenoura, cebola, presunto, vagem, passas, manteiga, óleo e sal. Feijão, bacon, cebola, óleo e sal.

LINHA TRADICIONAL. Arroz, cenoura, cebola, presunto, vagem, passas, manteiga, óleo e sal. Feijão, bacon, cebola, óleo e sal. LINHA TRADICIONAL ACOMPANHAMENTOS ARROZ À GREGA FEIJÃO FEIJÃO TROPEIRO PURÊ DE BATATA AVES FILÉ DE FRANGO À PARMEGIANA ESCONDIDINHO DE FRANGO STROGONOFF DE FRANGO FRANGO A MODA CAIPIRA FRANGO ASSADO FRANGO

Leia mais

Quadro - Colheitas seguráveis e períodos de cobertura seguro horizontal

Quadro - Colheitas seguráveis e períodos de cobertura seguro horizontal Quadro Colheitas seguráveis e períodos de cobertura seguro horizontal ABACATE ABÓBORA AGRIÃO AIPO ALFACE ALFARROBA ALGODÃO Geada e ALHO ALHO FRANCES ALPERCE plena floração ALPISTA emborrachamento AMEIXA

Leia mais

Cardápio de OUTUBRO 2015 PRÉ I e II - BARRA

Cardápio de OUTUBRO 2015 PRÉ I e II - BARRA 01/out 02/out Biscoito passatempo / Banana Alface lisa Vagem com champignon Berinjela com cebola e orégano Caldo verde Bife de panela Suco de goiaba Biscoito sal integral Maçã / Manga Maionese de legumes

Leia mais

4ª-feira DIA 1 Sopa de grão com legumes. Escalopes de peru estufados Massa tricolor Cenoura e couve roxa

4ª-feira DIA 1 Sopa de grão com legumes. Escalopes de peru estufados Massa tricolor Cenoura e couve roxa Semana de 29 de junho a 3 de julho de 2015 DIA 29 DIA 30 Sopa de feijão-verde Creme de courgette Pataniscas de e fiambre Arroz de feijão Peixe à lagareiro com batatas e brócolos DIA 1 Sopa de grão com

Leia mais

Colégio Sagrado Coração de Jesus Marília /SP

Colégio Sagrado Coração de Jesus Marília /SP Colégio Sagrado Coração de Jesus Marília /SP CARDÁPIO DO LANCHE DA MANHÃ/TARDE- Educação Infantil Mês de Janeiro e Fevereiro 2ª FEIRA 1 iogurte (beber) sabor morango 4 biscoitos cream cracker c/ manteiga

Leia mais

Tapioca. Delícia. sem gluten. Mais saude com. 5kg em 1 mês. Ideal para evitar o inchaço. Receitas nutritivas. Melhor do que pão? recheios.

Tapioca. Delícia. sem gluten. Mais saude com. 5kg em 1 mês. Ideal para evitar o inchaço. Receitas nutritivas. Melhor do que pão? recheios. Mais saude com consultoria de Tapioca R$ Queime 5kg em 1 mês incluindo tapioca no cardápio Todas as matérias com especialistas Mais Saúde com Tapioca Ano 1, nº 1-2015 4,99 Receitas nutritivas Sucos, cereais

Leia mais

CATÁLOGO SEMENTES SEMENTES MAISADOUR MILHO: FAO 200: BEBOP FAO 500: MAS 56 E FAO 300: MAS 33A F AO 600: MAS 58 M MAS 66 C

CATÁLOGO SEMENTES SEMENTES MAISADOUR MILHO: FAO 200: BEBOP FAO 500: MAS 56 E FAO 300: MAS 33A F AO 600: MAS 58 M MAS 66 C SEMENTES ERVA DO SUDÃO HAYKING FERTIFENO I (ACIDOS) SORGO HIBRIDO ROCKET FERTIREG 1 - PRADO PERM. REGADIO SPEEDMIX AC AZEVÉM ANUAL VALLIVERT SPEEDMIX NEUTRO AVEX I - ÁCIDOS TRITIMIX AVEX III - (NEUTROS)

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alcoutim

Agrupamento de Escolas de Alcoutim Semana de 05 a 09 de janeiro de 2015 Dia 05-01-2015 (2ª Feira) Sopa: Primavera (nabo, cebola, brócolos, bagos de ervilhas, frade e alface) Prato: Almondegas de aves com arroz de manteiga e legumes salteados

Leia mais

Classificação Nacional de Atividades Econômicas - SUBCLASSES Versão 2..2 Notas Explicativas. CNAE Subclasses 2.2 JANEIRO/2015

Classificação Nacional de Atividades Econômicas - SUBCLASSES Versão 2..2 Notas Explicativas. CNAE Subclasses 2.2 JANEIRO/2015 1 CNAE Subclasses 2.2 JANEIRO/2015 2 A AGRICULTURA, PECUÁRIA, PRODUÇÃO FLORESTAL, PESCA E AQUICULTURA Esta seção compreende a exploração ordenada dos recursos naturais vegetais e animais em ambiente natural

Leia mais

LOTES 01- PERECÍVEIS FRIOS

LOTES 01- PERECÍVEIS FRIOS LOTES 0- PERECÍVEIS FRIOS 3 4 5 Lingüiça, do tipo calabresa, resfriada, industrialmente embalada, com SIF, embalagem plástica transparente atóxica não reciclada, contendo informações sobre o fabricante

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO CONSULTA PÚBLICA Nº 06, DE 28 DE MARÇO DE 2014.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO CONSULTA PÚBLICA Nº 06, DE 28 DE MARÇO DE 2014. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO CONSULTA PÚBLICA Nº 06, DE 28 DE MARÇO DE 2014. A Secretária do Desenvolvimento da Produção do Ministério

Leia mais

CARDÁPIO DA SEMANA. 2ª Feira (29/09) 3ª Feira (30/09) 4ª Feira (01/10) 5ª Feira (02/10) 6ª Feira (03/10) LANCHES (PERÍODOS MATUTINO E VESPERTINO)

CARDÁPIO DA SEMANA. 2ª Feira (29/09) 3ª Feira (30/09) 4ª Feira (01/10) 5ª Feira (02/10) 6ª Feira (03/10) LANCHES (PERÍODOS MATUTINO E VESPERTINO) 2ª Feira (29/09) 3ª Feira (30/09) 4ª Feira (01/10) 5ª Feira (02/10) 6ª Feira (03/10) Feriado Feriado Barquinha de minipão francês integral com mussarela e orégano Suco de manga Mamão com granola Soft roll

Leia mais

Unidade de Saúde do Afonsoeiro DIVERSIFICAÇÃO ALIMENTAR

Unidade de Saúde do Afonsoeiro DIVERSIFICAÇÃO ALIMENTAR Unidade de Saúde do Afonsoeiro DIVERSIFICAÇÃO ALIMENTAR GRUPO A Batata Cenoura Abóbora Dente de alho Nabo Cebola 4 5 meses SOPA DE LEGUMES GRUPO B Alho Francês Alface Brócolos Nabiça Agrião Espinafres

Leia mais

A AGRICULTURA, PECUÁRIA, SILVICULTURA E EXPLORAÇÃO FLORESTAL A seção A abrange a exploração ordenada dos recursos naturais vegetais e animais em

A AGRICULTURA, PECUÁRIA, SILVICULTURA E EXPLORAÇÃO FLORESTAL A seção A abrange a exploração ordenada dos recursos naturais vegetais e animais em A AGRICULTURA, PECUÁRIA, SILVICULTURA E EXPLORAÇÃO FLORESTAL A seção A abrange a exploração ordenada dos recursos naturais vegetais e animais em ambiente natural e em ambiente protegido. Compreende as

Leia mais

Ementa Almoço (Creche - 2 anos / J.I. - 3 a 5 anos / A.T.L.)

Ementa Almoço (Creche - 2 anos / J.I. - 3 a 5 anos / A.T.L.) Segunda 01-06-2015 Piquenique 1,2,3,4,5,6,7,8,9,10,11,12,13,14 Terça 02-06-2015 Sopa Sopa de nabos 1,3,5,6,7,8,9,12 220 52 1,4 0,2 8,7 0,9 1,1 0,2 Ratatouille de frango com arroz branco 838 200 5,2 0,9

Leia mais

CARDÁPIO TO BE - JUNHO/2015

CARDÁPIO TO BE - JUNHO/2015 01/06 02/06 03/06 04/06 05/06 Manhã - Bebida Suco de laranja Suco de limão Achocolatado Pão de batata com requeijão Biscoito salgado com mel Bisnaguinha com margarina Sobremesa Maçã Banana Uva Prato principal

Leia mais