Objetivo: Produtos que tiveram maior crescimento no mercado francês entre 2013/2014

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Objetivo: Produtos que tiveram maior crescimento no mercado francês entre 2013/2014"

Transcrição

1 Objetivo: Produtos que tiveram maior crescimento no mercado francês entre 2013/2014 PRODUTOS Jan-Jun 2013 Jan-Jun 2014 Crescimento 2013/2014 Outras frutas de casca rija e outras sementes, preparadas ou conservadas ,71% Águas, incluídas as águas minerais e as águas gaseificadas, adicionadas de açúcar ou aromatizadas ,49% Outras bebidas não alcoólicas, exceto sucos de frutas ou de produtos hortícolas ,47% Enchidos e produtos semelhantes de carne, miudezas ou sangue; preparações alimentícias à base de tais produtos ,48% Outros chocolates e preparações alimentícias contendo cacau ,04% Gorduras e óleos vegetais e respectivas frações, parcial ou totalmente hidrogenados, interesterificados, reesterificados ou elaidinizados, mesmo refinados, mas não preparados de outro modo ,50% Outros vinhos; mostos de uvas, cuja fermentação tenha sido impedida por adição de álcool, em recipientes com capacidade <= 2 litros ,59%

2 Outros produtos hortícolas, frutas e outras partes comestíveis de plantas, preparados ou conservados em vinagre ou em ácido acético ,16% Preparações homogeneizadas de frutas, obtidas por cozimento ,62% Outras miudezas comestíveis de bovino, congeladas ,93% Cervejas de malte ,89% Geleias, doces, purês e marmelades, de outras frutas ,49% Raízes de ginseng, frescas ou secas, mesmo cortadas, trituradas ou em pó ,10% Palmitos preparados ou conservados ,37% Caquis (diospiros), frescos ,42% Produtos à base de cereais, obtidos por expansão ou por torrefação (por exemplo: flocos de milho) ,63% Outras frutas frescas ,04% Outros camarões, congelados ,34% Café torrado, não descafeinado ,49% Pêras e outras frutas secas ,06% Carnes de galos e galinhas da espécie doméstica não cortadas em pedaços, congeladas ,77% Limões e limas, frescos ou secos ,43% Outras frutas e partes de plantas, preparadas ou conservadas ,37% Outros produtos comestíveis de origem animal ,33% Abacates frescos ou secos ,28% Outras bebidas alcoólicas ,64%

3 Maionese e outros condimentos e temperos compostos ,42% Carnes de outros peixes, exceto filés, mesmo picadas, congeladas ,74% Leveduras mortas e outros microorganismos monocelulares mortos ,45% Mate ,12% Cacau inteiro ou partido, em bruto ou torrado ,61% Suco (sumo) de qualquer outra fruta ou produto hortícola ,77% Arroz semibranqueado ou branqueado, mesmo polido ou brunido (glaceado) ,53% Cachaça e caninha (rum e tafiá) ,36% Tripas, bexigas e estômagos de animais, exceto peixes, inteiros ou em pedaços, frescos, refrigerados, congelados, salgados, secos ou defumados ,44% Mamões (papaias) frescos ,12% Carnes de bovino, desossadas, frescas ou refrigeradas ,11% Outras frutas congeladas, não cozidas ou cozidas em água ou vapor, mesmo adicionadas de açúcar ou de outros edulcorantes ,43% Sucos e extratos de outros vegetais (mamão seco, semente de pomelo, ginkgo biloba seco) ,11% Carnes de bovino, desossadas, congeladas ,67% Figos frescos ou secos ,62% Outras gomas, resinas, gomas-resinas, oleorresinas, naturais ,79% Extratos, essências e concentrados de café ,56%

4 Pimenta (do gênero piper), seca, não triturada nem em pó ,28% Café não torrado, não descafeinado ,71% Matérias pécticas, pectinatos e pectatos ,17% Línguas de bovino, congeladas ,73% Outras gorduras e óleos vegetais fixos e respectivas frações, mesmo refinados, mas não quimicamente modificados ,92% Pedaços e miudezas comestíveis de galos e galinhas da espécie doméstica, congelados ,55% Ceras de abelhas ou de outros insetos e espermacete, mesmo refinados ou corados ,99% Cocos secos, mesmo sem casca ou ralados ,30% Outras preparações alimentícias ,62% Outros peixes das famílias bregmacerotidae, gadidae, etc ,85% Chocolate e outras preparações alimentícias com cacau, não recheadas, em tabletes, barras e paus ,43% Cacau em pó, sem adição de açúcar ou outros edulcorantes ,97% Espadarte (Xiphias gladius), frescos ou refrigerados ,19% Castanha de caju, fresca ou seca, sem casca ,26% Preparações alimentícias e conservas, de bovinos ,81% Maçãs frescas ,97% Outros peixes, exceto fígados, ovas e sêmen ,91% Filés de outros peixes, congelados ,24% Peixes ornamentais de água doce ,27%

5 Outros óleos de palmiste ou de babaçu e suas frações, mesmo refinados, mas não quimicamente modificados ,89% Goiabas, mangas e mangostões, frescos ou secos ,67% Bananas frescas ou secas, exceto bananas-da-terra ,57% Outros açúcares de cana, de beterraba e sacarose quimicamente pura, no estado sólido ,40% Outros açúcares de cana ,44% Amendoins preparados ou conservados Cravo-da-índia (frutos, flores e pedúnculo) não triturados nem em pó Outras especiarias Outros produtos de padaria, pastelaria ou da indústria de biscoitos, mesmo com adição de cacau Bolachas e biscoitos adicionados de edulcorantes Melões frescos Massas alimentícias, não cozidas nem recheadas, contendo ovos Vinhos espumantes e espumosos Outros produtos de confeitaria, sem cacau Batatas preparadas ou conservadas, exceto em vinagre ou ácido acético, não congeladas Produtos hortícolas, frutas e cascas, conservados em açúcar Feijão comum, seco, em grão, mesmo pelado ou partido

6 Preparações alimentícias obtidas de flocos de cereais e misturas Glicose, no estado sólido, e xarope de glicose, contendo, em peso, no estado seco, menos de 20% de frutose Outras preparações alimentícias de farinhas, sêmolas, amidos, féculas ou de extratos de malte sem cacau ou contendo menos de 40% de cacau em peso Sidra e outras bebidas fermentadas e misturas de bebidas fermentadas Grumos e sêmolas, de milho Açafrão Melancias frescas Gorduras e óleos animais ou vegetais, cozidos, oxidados, desidratados ou modificados quimicamente por qualquer outro processo Óleo de soja e respectivas frações, mesmo refinados, mas não quimicamente modificados Outros amidos e féculas Fécula de mandioca Outros óleos de coco (óleos de copra) e suas frações, mesmo refinados, mas não quimicamente modificados Waffles e wafers Sal (incluídos o sal de mesa e o sal desnaturado) e cloreto de sódio puro, mesmo em solução aquosa ou adicionados de agentes antiaglomerantes Águas minerais e águas gaseificadas 0 96

7 Outras águas, não adicionadas de açúcar nem aromatizadas; gelo e neve 0 93 Abacaxis frescos ou secos 0 44 Carnes de peruas e de perus, da espécie doméstica, em pedaços e miudezas comestíveis, congeladas Albacoras e atuns-de-barbatana-amarela, congelados, exceto fígado, ovas, sêmen, ou filés e outras carnes da posição Filés de outros peixes, frescos ou refrigerados 67 0 Filé de espadartes (Xiphias gladius), fresco ou refrigerado Mel natural Raízes de mandioca cassava, frescas ou secas, mesmo cortadas em pedaços ou em pellets Castanha-do-pará, fresca ou seca, com casca Castanha-do-pará, fresca ou seca, sem casca Castanha de caju, fresca ou seca, com casca Nozes frescas ou secas, com casca Misturas de frutas secas ou de frutas de casca rija Gengibre, não triturado nem em pó Açafrão-da-terra (curcuma) Outros cereais Farinha de milho Grãos de milho trabalhados (descascados, em pérolas, cortados ou partidos) Farinhas, sêmolas e pós, de sagu ou de raízes e tubérculos da posição Preparações alimentícias e conservas de galos e de galinhas

8 Outras preparações alimentícias com cacau, em blocos ou barras, com peso > 2 kg 98 0 Tapioca e seus sucedâneos preparados a partir de féculas, em flocos, grumos, grãos, pérolas ou formas semelhantes Doces, geleias, marmelades, purês e pastas de cítricos Misturas de outras frutas Sucos de laranja não congelados, não fermentados, com valor Brix <= Suco de outros cítricos, não fermentado, com valor Brix <= Suco de uvas (inclusive os mostos de uvas), não fermentado, com valor Brix <= Álcool etílico não desnaturado com volume de teor alcoólico => 80%

ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 1.1. Chocolate branco, em embalagens de conteúdo inferior ou igual a 1 kg

ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 1.1. Chocolate branco, em embalagens de conteúdo inferior ou igual a 1 kg I - CHOCOLATES 1.1 Chocolate branco, em embalagens de conteúdo inferior ou igual a 1 kg 1704.90.10 1.2 Chocolates contendo cacau, em embalagens de conteúdo inferior 1806.31.10 ou igual a 1kg 1806.31.20

Leia mais

ANEXO 4.0 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANEXO 4.42.1. * REVOGADO PELO DECRETO Nº 26.695 de 6 de julho de 2010.

ANEXO 4.0 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANEXO 4.42.1. * REVOGADO PELO DECRETO Nº 26.695 de 6 de julho de 2010. ANEXO 4.0 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANEXO 4.42.1 * REVOGADO PELO DECRETO Nº 26.695 de 6 de julho de 2010. NAS OPERAÇÕES COM PRODUTOS ALIMENTÍCIOS Acrescentado pelo DECRETO nº 26.258 de 30.12.2009 DOE: 30.12.2009

Leia mais

PROTOCOLO ICMS 4, DE 30 DE MARÇO DE 2012

PROTOCOLO ICMS 4, DE 30 DE MARÇO DE 2012 PROTOCOLO ICMS 4, DE 30 DE MARÇO DE 2012 Publicado no DOU de 09.04.12 Altera o Protocolo ICMS 28/09, que dispõe sobre a substituição tributária nas operações com produtos alimentícios. Os Estados de Minas

Leia mais

Capítulo 20. Preparações de produtos hortícolas, de frutas ou de outras partes de plantas

Capítulo 20. Preparações de produtos hortícolas, de frutas ou de outras partes de plantas Capítulo 20 Preparações de produtos hortícolas, de frutas ou de outras partes de plantas Notas. 1. O presente Capítulo não compreende: a) os produtos hortícolas e frutas preparados ou conservados pelos

Leia mais

Gomas de mascar com ou sem açúcar. Bebidas prontas à base de mate ou chá. Preparações em pó para a elaboração de bebidas

Gomas de mascar com ou sem açúcar. Bebidas prontas à base de mate ou chá. Preparações em pó para a elaboração de bebidas Abrangência: operações interestaduais entre contribuintes situados em São Paulo e contribuintes situados em Sergipe. Produto: alimentícios. Conteúdo: relação de Margem de Valor Agregado. Base Legal: Protocolo

Leia mais

Protoc. ICMS CONFAZ 110/10 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 110 de 09.07.2010

Protoc. ICMS CONFAZ 110/10 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 110 de 09.07.2010 Protoc. ICMS CONFAZ 110/10 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 110 de 09.07.010 D.O.U.: 10.08.010 Altera o Protocolo ICMS 8/09, que dispõe sobre a substituição

Leia mais

SEÇÃO III GORDURAS E ÓLEOS ANIMAIS OU VEGETAIS; PRODUTOS DA SUA DISSOCIAÇÃO; GORDURAS ALIMENTARES ELABORADAS; CERAS DE ORIGEM ANIMAL OU VEGETAL

SEÇÃO III GORDURAS E ÓLEOS ANIMAIS OU VEGETAIS; PRODUTOS DA SUA DISSOCIAÇÃO; GORDURAS ALIMENTARES ELABORADAS; CERAS DE ORIGEM ANIMAL OU VEGETAL SEÇÃO III GORDURAS E ÓLEOS ANIMAIS OU VEGETAIS; PRODUTOS DA SUA DISSOCIAÇÃO; GORDURAS ALIMEARES ELABORADAS; CERAS DE ORIGEM ANIMAL OU VEGETAL Capítulo 5 Gorduras e óleos animais ou vegetais; produtos da

Leia mais

Brasil: Balança Comercial Total e Agrícola. Argentina 2005 2009 Var. Média Anual (%) Total 28.688.638 40.293.388 8,9%

Brasil: Balança Comercial Total e Agrícola. Argentina 2005 2009 Var. Média Anual (%) Total 28.688.638 40.293.388 8,9% ARGENTINA Argentina Argentina: Brasil: Importação Capital: Buenos Aires População: 41,3 milhões de habitantes PIB (2010): US$ 351 bilhões PIB per capita (2010): US$ 8.490 PIB por setor: --Agricultura:

Leia mais

Brasil: IBGE. 5. Ministério da Fazenda. África do Sul 2008 2012 Var. Média Anual (%) Total 87.593.068 101.610.607 3,8%

Brasil: IBGE. 5. Ministério da Fazenda. África do Sul 2008 2012 Var. Média Anual (%) Total 87.593.068 101.610.607 3,8% África do Sul: Brasil: Capital: Pretória População 1 : 50,74 milhões de habitantes PIB (2012) 2 : US$ 384,32 bilhões PIB per capita (2012) 2 : US$ 7.506 PIB por setor 3 : Agricultura: 2,6% Indústria: 28,4%

Leia mais

SEÇÃO IV PRODUTOS DAS INDÚSTRIAS ALIMENTARES; BEBIDAS, LÍQUIDOS ALCOÓLICOS E VINAGRES; TABACO E SEUS SUCEDÂNEOS MANUFATURADOS

SEÇÃO IV PRODUTOS DAS INDÚSTRIAS ALIMENTARES; BEBIDAS, LÍQUIDOS ALCOÓLICOS E VINAGRES; TABACO E SEUS SUCEDÂNEOS MANUFATURADOS SEÇÃO IV PRODUTOS DAS INDÚSTRIAS ALIMEARES; BEBIDAS, LÍQUIDOS ALCOÓLICOS E VINAGRES; TABACO E SEUS SUCEDÂNEOS MANUFATURADOS Nota. 1.- Na presente Seção, o termo "pellets" designa os produtos apresentados

Leia mais

LISTA DOS PRODUTOS POR ORDEM DE CLASSES INDICAÇÃO DOS PRODUTOS

LISTA DOS PRODUTOS POR ORDEM DE CLASSES INDICAÇÃO DOS PRODUTOS LISTA DOS PRODUTOS POR ORDEM DE CLASSES Classe 30 Café, chá, cacau, açúcar, arroz, tapioca, sagu, sucedâneos do café; farinhas e preparações feitas de cereais, pão, pastelaria e confeitaria, gelados; mel,

Leia mais

Câmaras e Equipamentos Frigoríficos Refrigeração Aquecimento Umidade Relativa São Paulo/SP (11) 6636-5851

Câmaras e Equipamentos Frigoríficos Refrigeração Aquecimento Umidade Relativa São Paulo/SP (11) 6636-5851 www.tectermica.com.br Câmaras e Equipamentos Frigoríficos Refrigeração Aquecimento Relativa São Paulo/SP (11) 6636-5851 FRUTAS Produto Propriedades dos Alimentos Perecíveis Abacate 7,2 a 12,8 85 a 90 65,4-1

Leia mais

Limite máximo (g/100g ou g/100ml) Legislação. Mistela composta R 04/88

Limite máximo (g/100g ou g/100ml) Legislação. Mistela composta R 04/88 INS 100i CÚRCUMA, CURCUMINA Função: Corante Amargos e aperitivos Cereja em calda (para reconstituição da cor perdida durante processamento) Queijos (exclusivamente na crosta) Iogurtes aromatizados Leites

Leia mais

INFORMAÇÃO AO CONSUMIDOR ALERGÊNICOS E NUTRICIONAIS

INFORMAÇÃO AO CONSUMIDOR ALERGÊNICOS E NUTRICIONAIS INFORMAÇÃO AO CONSUMIDOR ALERGÊNICOS E NUTRICIONAIS PÃO DE QUEIJO MAXI Ingredientes: Amido de mandioca, queijo (leite pasteurizado, fermento lácteo, cloreto de sódio, cloreto de cálcio, coalho, corante

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS-ST Redução de Base de Cálculo - MG

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS-ST Redução de Base de Cálculo - MG ICMS-ST Redução de Base de Cálculo - MG 22/08/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 5 3.1. Produtos Alimentícios sujeitos

Leia mais

TABELA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS

TABELA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS TABELA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS TABELA DE PREÇOS DE MERCADO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO QUE SERVIRÁ COMO REFERÊNCIA PARA AS AQUISIÇÕES REALIZADAS PELOS DIVERSOS ÓRGÃOS

Leia mais

9.5.2008 PT Jornal Oficial da União Europeia C 115/329 ANEXOS

9.5.2008 PT Jornal Oficial da União Europeia C 115/329 ANEXOS 9.5.2008 PT Jornal Oficial da União Europeia C 115/329 ANEXOS 9.5.2008 PT Jornal Oficial da União Europeia C 115/331 ANEXO I LISTA PREVISTA NO ARTIGO 38. o DO TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA

Leia mais

ICMS INCIDENTE SOBRE ALIMENTOS

ICMS INCIDENTE SOBRE ALIMENTOS ICMS INCIDENTE SOBRE ALIMENTOS Cortesia: FARO CONTÁBIL (www.farocontabil.com.br) Autor: Roberto Ferreira de Freitas Data: 21/07/2009 MERCADORIAS SUJEITAS A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA (Art. 313-W do RICMS)

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SUBSTITUTIVA

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SUBSTITUTIVA INFORME JURÍDICO 2015 SETEMBRO ETEMBRO/ 201 CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SUBSTITUTIVA SOBRE A RECEITA BRUTA DESONERAÇÃO DA FOLHA DE SALÁRIOS REGIME OPTATIVO E MAJORAÇÃO DE ALÍQUOTAS. São Paulo, 01 de setembro

Leia mais

LOTES 01- PERECÍVEIS FRIOS

LOTES 01- PERECÍVEIS FRIOS LOTES 0- PERECÍVEIS FRIOS 3 4 5 Lingüiça, do tipo calabresa, resfriada, industrialmente embalada, com SIF, embalagem plástica transparente atóxica não reciclada, contendo informações sobre o fabricante

Leia mais

QUADRO DO SETOR ALIMENTAR EM SANTA CATARINA 1. PANORAMA DO SETOR DE ALIMENTOS EM SANTA CATARINA

QUADRO DO SETOR ALIMENTAR EM SANTA CATARINA 1. PANORAMA DO SETOR DE ALIMENTOS EM SANTA CATARINA Câmara Italiana de Comércio e Indústria de Santa Catarina (Órgão reconhecido pelo Governo Italiano Decreto Mise29/7/2009) Tel.: +55 48 3027 2710 / Fax: +55 48 3222 2898 www.brasileitalia.com.br info@brasileitalia.com.br

Leia mais

ITALAC UNID 3,49 SERTANEJO UNID 1,89 ASSUGRIN UNID 2,79 DURYEA UNID 4,99 FALMOLI KG CAÇAROLA UNID 2,59 SERIDÓ UNID 2,49 CAICÓ UNID 4,49

ITALAC UNID 3,49 SERTANEJO UNID 1,89 ASSUGRIN UNID 2,79 DURYEA UNID 4,99 FALMOLI KG CAÇAROLA UNID 2,59 SERIDÓ UNID 2,49 CAICÓ UNID 4,49 Item Especificação Marca Unid Preço Unit Registrado 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 ACHOCOLATADO PO, 400G AÇUCAR CRISTAL, PACOTE 1 ADOÇANTE ARTIFICIAL LIQUIDO 200ML AMIDO MILHO 500G APRESUNTADO

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL P. M. DE SAO JOSE DO HORTENCIO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL P. M. DE SAO JOSE DO HORTENCIO Licitação:PREGÃO PRESENCIAL Nro:6/2015 01a Via Pagina:1 Fornecedor: Data:07/07/2015 Endereço: Bairro: CNPJ: IE: Municipio: CEP: Telefone: Fax: 1 1,00 UN LOTE 01 - PÃES E PERECÍVEIS 2 1050,00 UN PÃO FRANCÊS

Leia mais

Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não

Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não especificados anteriormente 0116-4/99 Cultivo de outras

Leia mais

ANEXO REGULAMENTO TÉCNICO MERCOSUL SOBRE MIGRAÇÃO EM MATERIAIS, EMBALAGENS E EQUIPAMENTOS PLÁSTICOS DESTINADOS A ENTRAR

ANEXO REGULAMENTO TÉCNICO MERCOSUL SOBRE MIGRAÇÃO EM MATERIAIS, EMBALAGENS E EQUIPAMENTOS PLÁSTICOS DESTINADOS A ENTRAR ANEO REGULAMENTO TÉCNICO MERCOSUL SOBRE MIGRAÇÃO EM MATERIAIS, EMBALAGENS E EQUIPAMENTOS PLÁSTICOS DESTINADOS A ENTRAR 1 EM CONTATO COM ALIMENTOS 1. Alcance. O presente Regulamento Técnico estabelece os

Leia mais

PRODLIST-Indústria 2007

PRODLIST-Indústria 2007 -Indústria 2007 -Indústria 2007 CNAE 05.00-3: Extração de carvão mineral 0500.2010 Carvão mineral e outros combustíveis sólidos obtidos a partir da hulha (energético, metalúrgico, vapor, pré-lavado) t

Leia mais

PRODUTOS - 2003. 1000.0030 Hulhas aglomeradas (bolotas, briquetes, etc) kg 2701.2 11020

PRODUTOS - 2003. 1000.0030 Hulhas aglomeradas (bolotas, briquetes, etc) kg 2701.2 11020 PRODUTOS - 2003 IBAMA HISTÓRICO PRODLIST A DESCRIÇÃO PIM Unidade de Medida NCM 2003 CPC 10.00-6 Extração de carvão mineral 1000.0010 AD Carvão mineral e outros combustíveis sólidos obtidos a partir da

Leia mais

1 Uso reduzido de produtos industrializados.

1 Uso reduzido de produtos industrializados. Somos um EMPÓRIO e RESTAURANTE de alimentação saudável, orgânica, sem glúten, sem lactose, vegetariana e vegana. Optamos por não servir alimentos com carne por uma questão de respeito aos animais. Mas,

Leia mais

Angola. Balança Comercial Total e Agrícola. Angola 2007 2011 Var. Média Anual (%) Agrícola* 2.018.915 3.309.933 13,2% Part.

Angola. Balança Comercial Total e Agrícola. Angola 2007 2011 Var. Média Anual (%) Agrícola* 2.018.915 3.309.933 13,2% Part. Angola Capital: Luanda População 1 : 19,6 milhões de habitantes PIB (2011) 2 : US$ 100,95 bilhões PIB per capita (2011) 2 : US$ 5.144 PIB por setor 3 : Agricultura: 9,6% Indústria: 65,8% Serviços: 24,6%

Leia mais

Receitas de Bebidas, Coquetéis, Vitaminas, Drinks, Sucos Vol. 2

Receitas de Bebidas, Coquetéis, Vitaminas, Drinks, Sucos Vol. 2 Receitas de Bebidas, Coquetéis, Vitaminas, Drinks, Sucos Vol. 2 alvoradanegocios.com.br 1 Índice 3 -Egg nog standard 4 -Egg nog com abacaxi 5 -Coquetel de aveia 6 -Gemada 7 -Banana e leite 8 -Leite de

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001 TERMO DE ADJUDICAÇÃO Às 11:33 horas do dia 23 de outubro de 2012, o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Travesseiro, designado pela portaria 034/2012 após analise da documentação do Pregão Presencial

Leia mais

Cozinha para Diabéticos

Cozinha para Diabéticos Cozinha para Diabéticos ÁGUA AROMATIZADA Rendimento: 1 jarra 1 lima da pérsia 4 ramos de alecrim 4 rodelas de gengibre fresco Água mineral Gelo Cortar a lima em fatias finas deixando ½ para espremer o

Leia mais

Observação: crianças, adolescentes, gestantes e praticantes de atividades físicas intensas têm recomendações diferenciadas.

Observação: crianças, adolescentes, gestantes e praticantes de atividades físicas intensas têm recomendações diferenciadas. Atualizado em 15.01.2014 O Lanche Certo tem como objetivo orientar sobre escolhas alimentares adequadas de lanches no trabalho, o que possibilita a melhora de hábitos alimentares, além da promoção da saúde

Leia mais

Capítulo 2. Carnes e miudezas, comestíveis

Capítulo 2. Carnes e miudezas, comestíveis Capítulo 2 Carnes e miudezas, comestíveis Nota. 1.- O presente Capítulo não compreende: a) No que diz respeito às posições 02.01 a 02.08 e 02.10, os produtos impróprios para a alimentação humana; b) As

Leia mais

Cozinha Nestlé / Peter Michael. Livro de Receitas. Sabores regionais

Cozinha Nestlé / Peter Michael. Livro de Receitas. Sabores regionais Livro de Receitas Sabores regionais VIDA ATIVA SED SED SAPIEN AT EM QUALQUER IDADE ÍNDICE REGIÃO SUDESTE REGIÃO CENTRO-OESTE 2 Bem-estar e qualidade de vida do tamanho do Brasil Muito mais do que uma necessidade

Leia mais

Brasil: Israel 2003 2007 Var.Média Anual (%) Total 34.210.939 56.619.379 13,4% Agrícola* 2.177.944 3.452.842 12,2% Part.

Brasil: Israel 2003 2007 Var.Média Anual (%) Total 34.210.939 56.619.379 13,4% Agrícola* 2.177.944 3.452.842 12,2% Part. 284 Intercâmbio Comercial do Agronegócio 2009 ISRAEL ISRAEL Israel: Capital: Tel-Aviv População: 7,2 milhões de habitantes PIB (2008): US$ 188,7 bilhões PIB per capita (2008): US$ 26.208 PIB por setor:

Leia mais

Principais exportações para São Tomé e Príncipe de produtos agrícolas, florestais e das pescas (média 2004-2008)

Principais exportações para São Tomé e Príncipe de produtos agrícolas, florestais e das pescas (média 2004-2008) Principais exportações para São Tomé e Príncipe de produtos agrícolas, florestais e das pescas (média 2004-2008) 3 500 3 336 3 000 valores em milhares de euros 2 500 2 000 1 500 1 000 1 367 1 279 727 500

Leia mais

COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL?

COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL? COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL? O Ministério da Saúde está lançando a versão de bolso do Guia Alimentar para a População Brasileira, em formato de Dez Passos para uma Alimentação Saudável, com o objetivo

Leia mais

ANEXO. Regulamento Delegado da Comissão

ANEXO. Regulamento Delegado da Comissão COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 28.7.2015 C(2015) 5195 final ANNEX 1 PART 2/3 ANEXO do Regulamento Delegado da Comissão que complementa o Regulamento (UE) n.º 952/2013 do Parlamento Europeu e do Conselho com

Leia mais

Arrufada (Pão de Deus)

Arrufada (Pão de Deus) Catálogo Pastelaria Pastelaria Fina Arrufada (Pão de Deus) Arrufada de 90g (produto fresco) Produto completo para massas levedas com açúcar [Farinha (trigo, glúten e soja), gordura vegetal em pó (óleo

Leia mais

ALIMENTAÇÃO NO VERÃO

ALIMENTAÇÃO NO VERÃO ALIMENTAÇÃO NO VERÃO 1 - Quais os alimentos devem ser privilegiados no verão e quais devem ser evitados? Os alimentos que devem ser privilegiados no verão são as frutas, verduras e legumes, pois são ótimas

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS SLOW COW RELAX DRINK Slow Cow é uma bebida canadense, inovadora e premiada, referência mundial em relax drink. Refrescante e deliciosa, é ideal para ser consumida no trabalho, após

Leia mais

Sugestão de Cardápio para o Jejum de 21 dias do MIESF12

Sugestão de Cardápio para o Jejum de 21 dias do MIESF12 ALMOÇO 1 Dia 2 Dia 3 Dia de ervas -Pão torrado -Mamão - fruta (melão) ou água de côco -Salada de folhas temperadas c/ azeite e orégano. -1 prato de sobremesa de legumes cozidos ou purê de batatas. - Arroz

Leia mais

ITENS DA MERENDA ESCOLAR 2015

ITENS DA MERENDA ESCOLAR 2015 ITENS DA MERENDA ESCOLAR 2015 Nº ITEM UNIDADE DE MEDIDA 1 ABACATE 2 ABACAXI 3 ABÓBORA 4 ACHOCOLATADO EM PÓ EMBALAGEM DE 800G FARDO COM 24 PCT DE 400G 5 ACHOCOLATADO EM PÓ DIET EMBALAGEM DE 210G 6 ACHOCOLATADO

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001 TERMO DE ADJUDICAÇÃO Às 18:25 horas do dia 29 de agosto de 2012, o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Palmas, designado pela portaria 027/2012-GAB/SEFIN após analise da documentação do Pregão

Leia mais

Brasil: Balança Comercial Total e Agrícola. Chile 2005 2009 Var. Média Anual (%) Total 32.735.072 42.427.400 6,7% Agrícola* 1.995.743 3.246.

Brasil: Balança Comercial Total e Agrícola. Chile 2005 2009 Var. Média Anual (%) Total 32.735.072 42.427.400 6,7% Agrícola* 1.995.743 3.246. Chile Chile: Brasil: Importação Capital: Santiago População: 16,9 milhões de habitantes PIB (2010): US$ 199,2 bilhões PIB per capita (2010): US$ 11.795 PIB por setor: --Agricultura: 5,6% --Indústria: 40,5%

Leia mais

(EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) Alface. Inhame cozido Frango acebolado

(EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) Alface. Inhame cozido Frango acebolado CARDÁPIO EDUCAÇÃO INFANTIL (maiores de 2 anos) JUNHO/2015 Observações: A utilizada será sem lactose. Oferecer água durante todo dia. Não oferecer bebida durante o almoço ou jantar somente depois de no

Leia mais

CATÁLOGO DE CARNES, CONS. ORIGEM ANIMAL, CEREAIS, FARINÁCEOS, CONDIMENTOS, PEIXES

CATÁLOGO DE CARNES, CONS. ORIGEM ANIMAL, CEREAIS, FARINÁCEOS, CONDIMENTOS, PEIXES CATÁLOGO DE CARNES, CONS. ORIGEM ANIMAL, CEREAIS, FARINÁCEOS, CONDIMENTOS, PEIXES Descrição Bisteca suína Bisteca suína, congelada, com aproximadamente 250 gramas cada, embalada em camadas separadas por

Leia mais

CARDÁPIO ENSINO FUNDAMENTAL PARCIAL

CARDÁPIO ENSINO FUNDAMENTAL PARCIAL ABÓBORA Abóbora pertence ao grupo das hortaliças, que é composto pelas verduras e. Em sua composição nutricional você encontra carboidratos, proteína, pouquíssima gordura, cálcio, sódio, potássio, fósforo,

Leia mais

Plano de alimentação para perder 3 KG por mês mas para alcançar esse objetivo tem que ser feito arrisca.

Plano de alimentação para perder 3 KG por mês mas para alcançar esse objetivo tem que ser feito arrisca. Plano de alimentação para perder 3 KG por mês mas para alcançar esse objetivo tem que ser feito arrisca. Exemplo: A hora é você que decide somente estou dando um exemplo de horário; Café da Manha 7h Antes

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO NUTRICHEF CSD

EDITAL DO CONCURSO NUTRICHEF CSD EDITAL DO CONCURSO NUTRICHEF CSD 1. DO OBJETO O presente instrumento tem por objetivo selecionar receitas que priorizem a utilização de ingredientes naturais e nutritivos que assegurem pratos saudáveis,

Leia mais

Itens para futura aquisição de Merenda escolar. ANEXO I

Itens para futura aquisição de Merenda escolar. ANEXO I Itens para futura aquisição de Merenda escolar. ANEXO I ITEM QUANT UNI DESCRIÇÃO 1.200 KG Abacate, de 1ª qualidade, com médio grau de amadurecimento, com casca sã, sem rupturas 7.000 KG Abacaxi pérola,

Leia mais

10.02 Centeio. 1002.10.00 -Para semeadura NT 1002.90.00 -Outros NT

10.02 Centeio. 1002.10.00 -Para semeadura NT 1002.90.00 -Outros NT CAPÍTULO 10 CEREAIS 1.- A) Os produtos mencionados nos textos das posições do presente Capítulo só se incluem nessas posições quando se apresentem em grãos, mesmo nas espigas ou caules. B) O presente Capítulo

Leia mais

Principais exportações para o Brasil de produtos agrícolas, florestais e das pescas (média 2004-2008)

Principais exportações para o Brasil de produtos agrícolas, florestais e das pescas (média 2004-2008) Principais exportações para o Brasil de produtos agrícolas, florestais e das pescas (média 2004-2008) 70 000 62 207 60 000 valores em milhares de euros 50 000 40 000 30 000 20 000 21 786 17 825 8 620 10

Leia mais

Receitas sem Leite e sem Trigo

Receitas sem Leite e sem Trigo Receitas sem Leite e sem Trigo Panqueca: 1 colh. de sopa cheia de maisena 1 colh. de sopa rasa de fécula de batata 1 colh de sopa rasa de farelo de arroz 1 ovo Sal Água Misture todos os ingredientes secos.

Leia mais

ANEXO C SUPLEMENTOS ALIMENTARES. CAPITAÇÃO Quantidade Unidade Açúcar D.I. 8 g Açúcar Kg 1 kg Adoçante D.I. (s/ciclamatos, DESIGNAÇÃO

ANEXO C SUPLEMENTOS ALIMENTARES. CAPITAÇÃO Quantidade Unidade Açúcar D.I. 8 g Açúcar Kg 1 kg Adoçante D.I. (s/ciclamatos, DESIGNAÇÃO ANEXO C SUPLEMENTOS ALIMENTARES DESIGNAÇÃO CAPITAÇÃO Quantidade Unidade Açúcar 8 g Açúcar Kg 1 kg Adoçante (s/ciclamatos, 1 saqueta s/sacarina) Água de Arroz 500 ml Água Gaseificada 250 ml Água Natural

Leia mais

Receitas com farinhas e sucos de frutas

Receitas com farinhas e sucos de frutas Farofa de farinha de banana verde 150 g de farinha de mandioca 150g de farinha de banana verde 4 unidades de tomates picados em quadrados pequenos 1 unidade média de abobrinha verde picada em quadrados

Leia mais

Estabelecimentos e Equipamentos de Assistência e de Interesse à Saúde Tabela CNAE - Fiscal IBGE adaptada para a Vigilância Sanitária

Estabelecimentos e Equipamentos de Assistência e de Interesse à Saúde Tabela CNAE - Fiscal IBGE adaptada para a Vigilância Sanitária ANEXO I Estabelecimentos e Equipamentos de Assistência e de Interesse à Saúde Tabela CNAE - Fiscal IBGE adaptada para a Vigilância Sanitária As tabelas a seguir apresentam os estabelecimentos e equipamentos

Leia mais

Chile. Balança Comercial Total e Agrícola. Chile 2007 2011 Var. Média Anual (%) Agrícola* 3.294.601 5.767.861 15,0% Part.

Chile. Balança Comercial Total e Agrícola. Chile 2007 2011 Var. Média Anual (%) Agrícola* 3.294.601 5.767.861 15,0% Part. Chile Capital: Santiago População 1 : 17,2 milhões de habitantes PIB (2011) 2 : US$ 248,4 bilhões PIB per capita (2011) 2 : US$ 14.277 PIB por setor 3 : Agricultura: 13,2% Indústria: 23,0% Serviços: 63,9%

Leia mais

Estatísticas Agro-Industriais 1999-2001

Estatísticas Agro-Industriais 1999-2001 3 RESUMO A presente publicação divulga os principais resultados do Inquérito Anual à Produção Agro-Industrial (IAPI), para o período 1999-2001, apresentando ainda, uma análise sumária do sector relativa

Leia mais

Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim. Inclui receitas

Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim. Inclui receitas Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim Inclui receitas Ficha Técnica Título: Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim Concepção: Mariana Barbosa Corpo redactorial: Mariana Barbosa Revisão:

Leia mais

Brasil: Balança Comercial Total e Agrícola. África do Sul 2005 2009 Var. Média Anual (%) Total 55.032.640 63.766.056 3,8%

Brasil: Balança Comercial Total e Agrícola. África do Sul 2005 2009 Var. Média Anual (%) Total 55.032.640 63.766.056 3,8% África do Sul África do Sul: Brasil: Capital: Pretória População: 49 milhões de habitantes PIB (2010): US$ 354,4 bilhões PIB per capita (2010): US$ 7.232 PIB por setor: --Agricultura: 3% --Indústria: 31,2%

Leia mais

Publicado no D.O.C de 14/09/10 P. 93-94

Publicado no D.O.C de 14/09/10 P. 93-94 Publicado no D.O.C de 14/09/10 P. 93-94 SUBGERÊNCIA DE ALIMENTOS Processos Administrativos COMUNICAÇÃO DE INÍCIO DE FABRICAÇÃO DE PRODUTOS DISPENSADOS DE REGISTRO Proc.: 2009-0.192.797-6 1. Mistura em

Leia mais

Primeiro dia. Café da manhã. Pro lanche entre o café e o almoço. Para o almoço. Pro lanche entre o almoço e o jantar. Pro jantar. Segundo dia.

Primeiro dia. Café da manhã. Pro lanche entre o café e o almoço. Para o almoço. Pro lanche entre o almoço e o jantar. Pro jantar. Segundo dia. Dieta alimentar saudável com esta dieta você conseguira emagrecer ate 5 quilos em um mês sem prejudicar a saúde. Primeiro dia. 200 ml de leite desnatado, 1 colher de chá com azeite de oliva extra virgem,

Leia mais

CARDÁPIO SEMANAL - 7 a 14 anos 02 a 06 de NOVEMBRO. Lanche da Manhã Biscoito de aveia e mel Tostex (queijo e peito de peru) Pão de forma com margarina

CARDÁPIO SEMANAL - 7 a 14 anos 02 a 06 de NOVEMBRO. Lanche da Manhã Biscoito de aveia e mel Tostex (queijo e peito de peru) Pão de forma com margarina CARDÁPIO SEMANAL - 7 a 14 anos 02 a 06 de NOVEMBRO 02/11/2015 03/11/2015 04/11/2015 05/11/2015 06/11/2015 Biscoito de aveia e mel Tostex (queijo e peito de peru) Pão de forma com margarina Cereal Matinal

Leia mais

ÓLEOS & VINAGRES: COMO FAZER A ESCOLHA CERTA? Amanda Wanderley

ÓLEOS & VINAGRES: COMO FAZER A ESCOLHA CERTA? Amanda Wanderley & VINAGRES: COMO FAZER A ESCOLHA CERTA? Amanda Wanderley O óleo à base de milho é bastante comum, assim como o de soja. Mas será que eles são os tipos mais saudáveis?? Qual a diferença entre óleo e gordura?!?!

Leia mais

Ingredientes para a massa 1 xíc farinha de trigo integral 1 xíc farinha de trigo 1 col chá sal 1 col chá fermento 100 ml água

Ingredientes para a massa 1 xíc farinha de trigo integral 1 xíc farinha de trigo 1 col chá sal 1 col chá fermento 100 ml água Pastel de legumes 10 unidades 2 Ingredientes para o recheio 2 col sopa óleo 2 xic couve flor em buque ¼ xi pimentão vermelho em cubinhos 1/3 xíc milho verde ½ cebola 1 col chá curry Sal a gosto Ingredientes

Leia mais

PRÉ DETOX LISTA DE COMPRAS

PRÉ DETOX LISTA DE COMPRAS PRÉ DETOX LISTA DE COMPRAS SUPERMERCADOS E LOJAS: SÃO PAULO: Pão de Açúcar St. Marché Santa Luzia Mundo Verde Estação dos Grãos LOJAS VIRTUAIS: Casa de Saron Natue Estação dos Grãos Monama Organomix Zona

Leia mais

Capítulo 12. Sementes e frutos oleaginosos; grãos, sementes e frutos diversos; plantas industriais ou medicinais; palhas e forragens

Capítulo 12. Sementes e frutos oleaginosos; grãos, sementes e frutos diversos; plantas industriais ou medicinais; palhas e forragens Capítulo 12 Sementes e frutos oleaginosos; grãos, sementes e frutos diversos; plantas industriais ou medicinais; palhas e forragens Notas. 1. Consideram-se sementes oleaginosas, na acepção da posição 12.07,

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE FREQÜÊNCIA ALIMENTAR ADULTO

QUESTIONÁRIO DE FREQÜÊNCIA ALIMENTAR ADULTO Setor: N o. do quest QUESTIONÁRIO DE FREQÜÊNCIA ALIMENTAR ADULTO PARA TODAS AS PESSOAS COM 20 ANOS OU MAIS Data da entrevista / / Hora de início: Nome do entrevistador: Nº de identificação: Nome: Sexo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANA CNPJ N.º 14.043.574/0001-51

PREFEITURA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANA CNPJ N.º 14.043.574/0001-51 PREFEITURA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANA CNPJ N.º 14.043.574/0001-51 ADITIVO DA LICITAÇÃO Nº 162/2007 PREGÃO PRESENCIAL Nº 038/2007 A Pregoeira, nomeada através do Decreto nº 7.109/2006 de 13 de março

Leia mais

Regulamentação da Rotulagem de Alimentos Alergênicos. Consulta Pública 29/2014

Regulamentação da Rotulagem de Alimentos Alergênicos. Consulta Pública 29/2014 Regulamentação da Rotulagem de Alimentos Alergênicos Consulta Pública 29/2014 Histórico - contexto regulatório interno Revisão do regulamento de rotulagem geral no MERCOSUL: Solicitada pelo Brasil em 2009

Leia mais

Argélia. Balança Comercial Total e Agrícola. Argélia 2007 2011 Var. Média Anual (%) Agrícola* 5.548.971 10.785.529 18,1% Part.

Argélia. Balança Comercial Total e Agrícola. Argélia 2007 2011 Var. Média Anual (%) Agrícola* 5.548.971 10.785.529 18,1% Part. Argélia Argélia Capital: Argel População 1 : 36,0 milhões de habitantes PIB (2011) 2 : US$ 190,71 bilhões PIB per capita (2011) 2 : US$ 5.304 PIB por setor 3 : Agricultura: 12% Indústria: 56,5% Serviços:

Leia mais

Impacto do IMF e do sistema atual sobre os preços

Impacto do IMF e do sistema atual sobre os preços Arroz em casca 15,72 30,25 Milho em grão 15,21 32,16 Trigo em grão e outros cereais 15,70 32,66 Cana-de-açúcar 15,47 32,68 Soja em grão 15,83 33,01 Outros produtos e serviços da lavoura 14,10 31,31 Mandioca

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA SÃO PAULO E DISTRITO FEDERAL. Produtos Alimentícios. Vigência a partir de ANEXO ÚNICO

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA SÃO PAULO E DISTRITO FEDERAL. Produtos Alimentícios. Vigência a partir de ANEXO ÚNICO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA SÃO PAULO E DISTRITO FEDERAL Produtos Alimentícios Vigência a partir de 01-11-2015 ANEXO ÚNICO I - CHOCOLATES 1 1704.90.10 2 3 1806.31.10 1806.31.20 1806.32.10 1806.32.20 4 1806.90

Leia mais

CARDÁPIOS PARA VÉSPERA E ANTEVÉSPERA DA COLONOSCOPIA

CARDÁPIOS PARA VÉSPERA E ANTEVÉSPERA DA COLONOSCOPIA CARDÁPIOS PARA VÉSPERA E ANTEVÉSPERA DA COLONOSCOPIA CAMPO GRANDE MS JULHO DE 2008 Nutricionista Responsável: Dayane Belusso CRN 3 24696/P E-mail belussob@hotmail.com CARDÁPIO DA ANTEVÉSPERA DO EXAME DESJEJUM

Leia mais

Proposta de DECISÃO DO CONSELHO

Proposta de DECISÃO DO CONSELHO COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 21.12.2011 COM(2011) 924 final 2011/0456 (NLE) Proposta de DECISÃO DO CONSELHO relativa à assinatura, em nome da União Europeia, do Acordo sob forma de troca de cartas entre

Leia mais

Educação Integral OUTUBRO 2011

Educação Integral OUTUBRO 2011 03/10 Leite com doce de leite amanteigada Filé de frango com batatas Cenoura com vagem na manteiga Arroz doce Polenta ao molho Tiras refogada 04/10 Leite batido com gelatina Pão de forma integral com 05/10

Leia mais

sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 1

sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 1 sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 1 sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 2 2 sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 3 Sal Colecção: Princípios para uma Alimentação Saudável Edição: Direcção Geral da Saúde Alameda

Leia mais

Nutrição. O alimento como aliado da sua saúde.

Nutrição. O alimento como aliado da sua saúde. Nutrição O alimento como aliado da sua saúde. alimentação saúdavel Alimentação saúdavel e cuidados nutricionais são importantes em todas as fases da vida e devem ser tratados com distinção em cada período.

Leia mais

Sanduíches. de pão folha. Tapioca ecrepe Doce. Tapioca, Crepe e Omelete. Tradicionais. pão francês. Lanches

Sanduíches. de pão folha. Tapioca ecrepe Doce. Tapioca, Crepe e Omelete. Tradicionais. pão francês. Lanches Cardápio Tapioca, Crepe e Omelete Tapioca ecrepe Doce Tradicional - Presunto, queijo e tomate picado { R$15 } Pizza - Queijo, tomate picado e orégano { R$ 15 } Frango - Frango, pasta de ricota ou catupiry

Leia mais

PRODLIST-Indústria 2003

PRODLIST-Indústria 2003 -Indústria 2003 -Indústria 2003 23 IBGE CNAE 10.00-6: Extração carvão mineral 1000.0010 Carvão mineral e outros combustíveis sólidos obtidos a partir da hulha (energético, metalúrgico, vapor, pré-lavado)

Leia mais

Prefeitura do Município de Londrina Secretaria Municipal de Educação

Prefeitura do Município de Londrina Secretaria Municipal de Educação 30/05 Leite com Pão de forma com Mamão e banana com farinha láctea 31/05 Leite com café Pão de leite com 01/06 Omelete Batatas ao molho Salada de cenoura e beterraba cozidas Caqui Filé de frango grelhado

Leia mais

RECEITAS LIGHT. Angélica Nascimento. Como Cozinhar Sem gordura

RECEITAS LIGHT. Angélica Nascimento. Como Cozinhar Sem gordura 1 RECEITAS LIGHT Como Cozinhar Sem gordura Agora você não precisa mais deixar de comer todas as suas refeições prediletas. Este ebook contém receitas muito simples e fáceis que você pode fazer sem utilizar

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS-ST Redução de Base de Cálculo - RS

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS-ST Redução de Base de Cálculo - RS ICMS-ST Redução de Base de Cálculo - RS 04/12/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1. Produtos Alimentícios sujeitos

Leia mais

Nem bem acabaram as festas de fim de ano e lá vem ele com toda sua festa, sua agitação... Noites mal dormidas, alimentação fora do horário,!!!!

Nem bem acabaram as festas de fim de ano e lá vem ele com toda sua festa, sua agitação... Noites mal dormidas, alimentação fora do horário,!!!! Nem bem acabaram as festas de fim de ano e lá vem ele com toda sua festa, sua agitação... Noites mal dormidas, alimentação fora do horário,!!!! Excessos ou faltas que podem trazer uma dor de cabeça por

Leia mais

Colégio Sagrado Coração de Jesus Marília /SP

Colégio Sagrado Coração de Jesus Marília /SP Colégio Sagrado Coração de Jesus Marília /SP CARDÁPIO DO LANCHE DA MANHÃ/TARDE- Educação Infantil Mês de Janeiro e Fevereiro 2ª FEIRA 1 iogurte (beber) sabor morango 4 biscoitos cream cracker c/ manteiga

Leia mais

Nossa Linha de Produtos

Nossa Linha de Produtos Nossa Linha de Produtos PerSHAKE Chocolate e Baunilha Fonte de proteína de soja, vitaminas, minerais e fibras. 0% Gordura, 0% Açúcar e 0% Sódio. A alimentação equilibrada vai além do bom funcionamento

Leia mais

Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO

Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO no 1º ano de vida ALIMENTAÇÃO PADRÃO Este folheto foi elaborado para ajudar os pais na alimentação do bebé. Cumpra sempre os conselhos do enfermeiro e do médico do seu filho

Leia mais

Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições

Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições - I Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições DIRECTIVA DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO de 30 de Junho de 1994 relativa aos edulcorantes para utilização

Leia mais

INFORMAÇÕES PARA REGISTRO DE ESTABELECIMENTO

INFORMAÇÕES PARA REGISTRO DE ESTABELECIMENTO DTB MIAMI CORP. INFORMAÇÕES PARA REGISTRO DE ESTABELECIMENTO Data: (mês/dia/ano) SECTION 1 TIPO DE REGISTO 1a REGISTRO DOMESTICO REGISTRO ESTRANGEIRO 1b REGISTRO INICIAL ATUALIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES DE REGISTRO

Leia mais

Lípidios (g) (g) MODO DE PREPARO. Vitamina C (mg) Açúcar g 7 27,09 6,97 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 R$ 0,01

Lípidios (g) (g) MODO DE PREPARO. Vitamina C (mg) Açúcar g 7 27,09 6,97 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 R$ 0,01 Cardápio nº 2455 - BISCOITO CASEIRO DE NATA E SUCO DE POLPA DE FRUTA os C Ca Mg Fe Zn Custo Açúcar g 8 30,96 7,97 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 R$ 0,01 Açúcar (suco) g 10 38,70 9,96 0,00

Leia mais

Tapioca. Delícia. sem gluten. Mais saude com. 5kg em 1 mês. Ideal para evitar o inchaço. Receitas nutritivas. Melhor do que pão? recheios.

Tapioca. Delícia. sem gluten. Mais saude com. 5kg em 1 mês. Ideal para evitar o inchaço. Receitas nutritivas. Melhor do que pão? recheios. Mais saude com consultoria de Tapioca R$ Queime 5kg em 1 mês incluindo tapioca no cardápio Todas as matérias com especialistas Mais Saúde com Tapioca Ano 1, nº 1-2015 4,99 Receitas nutritivas Sucos, cereais

Leia mais

CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima

CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima Profª. Nensmorena Preza ALIMENTO Toda substância ou mistura de substâncias, no estado sólido, líquido, pastoso ou qualquer

Leia mais

continente REAPROVEITE MAIS, DESPERDICE MENOS SUGESTÕES DE RECEITAS PRÁTICAS

continente REAPROVEITE MAIS, DESPERDICE MENOS SUGESTÕES DE RECEITAS PRÁTICAS REAPROVEITE MAIS, DESPERDICE MENOS SUGESTÕES DE RECEITAS PRÁTICAS Índice 4 Introdução Entradas 6 Patê de Talos 7 Pasta de Beringela Sopa 8 Sopa de talos e folhas Prato de Carne 9 Tomates Recheados Prato

Leia mais

LISTA DE SUBSTITUIÇÃO DOS ALIMENTOS

LISTA DE SUBSTITUIÇÃO DOS ALIMENTOS LISTA DE SUBSTITUIÇÃO DOS ALIMENTOS VEGETAIS FOLHOSOS CONSUMO À VONTADE Acelga, agrião, aipo, alface, alcachofra, almeirão, broto de bambu, cogumelo, couve, couve-de-bruxelas, escarola, mostarda, palmito,

Leia mais

TABELA DE ph DOS ALIMENTOS

TABELA DE ph DOS ALIMENTOS TABELA DE ph DOS ALIMENTOS Esta tabela não representa o ph real dos alimentos (antes de serem consumidos), representa sim algo mais importante, que é a sua capacidade de produzir "resíduos" mais ou menos

Leia mais

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2013

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2013 Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2013 No ano de 2013, as exportações 1 do Estado de São Paulo somaram US$ 56,32 bilhões (23,3% do total nacional), e as importações 2,

Leia mais