MATEMÁTICA A - 11o Ano Geometria - Equações de retas e planos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MATEMÁTICA A - 11o Ano Geometria - Equações de retas e planos"

Transcrição

1 MTMÁTI - 11o no Geometria - quações de retas e planos ercícios de eames e testes intermédios 1. Na figura ao lado, está representado, num referencial o.n., um cilindro de revolução de altura 3 o ponto tem coordenadas (1,2,0) e é o centro da base inferior do cilindro, a qual está contida no plano o ponto tem coordenadas (1,3,0) e pertence à circunferência que delimita a base inferior do cilindro; o ponto é o centro da base superior do cilindro. etermine as coordenadas do ponto de intersecção da reta com o plano ame 2017, Ép. especial 2. Na figura ao lado, está representado, num referencial o.n., o cubo [F GH] H a face [] está contida no plano a aresta [] está contida no eio o ponto tem coordenadas (0,4,0) o plano G é definido pela equação + 6 = 0 erifique que o vértice tem abcissa igual a 2 F G ame 2017, 2 a Fase 3. Na figura ao lado, está representado, num referencial o.n., o prisma quadrangular regular [ QRST U ] a face [ QR] está contida no plano o vértice Q pertence ao eio e o vértice T pertence ao eio o plano ST U tem equação = 3 Uma equação do plano Q é + = 2 etermine uma condição cartesiana que defina a reta T Q T U R S Q ame 2017, 1 a Fase ágina 1 de 21

2 4. Na figura ao lado, está representado, num referencial o.n., o prisma quadrangular regular [F G] os pontos, e pertencem aos eios coordenados, e, respetivamente; o ponto tem coordenadas (0,2,0) o plano F é definido pela equação = 0 F G 4.1. etermine uma equação do plano paralelo ao plano F que passa no ponto 4.2. efina a reta por uma condição cartesiana. 5. onsidere, num referencial o.n., o plano α definido pela equação = 0 Seja o ponto de coordenadas (2,1,4) screva uma equação vetorial da reta perpendicular ao plano a que passa no ponto ame 2016, Ép. especial ame 2016, 2 a Fase 6. Na figura ao lado, está representada, num referencial o.n., uma pirâmide quadrangular regular a base [] da pirâmide é paralela ao plano o ponto tem coordenadas ( 1,1,1) o ponto tem coordenadas ( 3,3,1) o plano é definido pela equação = 0 etermine as coordenadas do ponto ame 2016, 1 a Fase 7. onsidere, num referencial o.n., o plano β definido pela condição = 0 onsidere o ponto ( 2,1,3a), sendo a um certo número real. Sabe-se que a reta é perpendicular ao plano β, sendo a origem do referencial. etermine o valor de a ame 2015, Ép. especial ágina 2 de 21

3 8. Na figura ao lado, está representado, num referencial o.n., o poliedro [N QRST U ] que se pode decompor num cubo e numa pirâmide quadrangular regular. o vértice pertence ao eio o vértice N pertence ao eio o vértice T pertence ao eio o vértice R tem coordenadas (2,2,2) T S o plano Q é definido pela equação = etermine as coordenadas do ponto 8.2. screva uma equação cartesiana do plano que passa no ponto e é perpendicular à reta R U R Q N ame 2015, 2 a Fase 9. onsidere, num referencial o.n., os pontos (0,0,2) e (4,0,0) onsidere o plano α de equação = 0 screva uma equação do plano que passa no ponto e é paralelo ao plano α ame 2015, 1 a Fase 10. Na figura ao lado, está representada, num referencial o.n., a pirâmide [] o ponto pertence ao semieio positivo os pontos e têm igual abcissa; o ponto pertence ao plano e tem ordenada 3 o ponto pertence ao semieio negativo o ponto pertence ao semieio positivo a reta é definida por 3 = 3 5 = 0 2 = 41 etermine as coordenadas de um vetor normal ao plano que contém a face [], recorrendo a métodos analíticos, sem utiliar a calculadora. ame 2014, Ép. especial 11. onsidere, num referencial o.n., o ponto, de coordenadas (2,0,3), e o plano α, definido por 2 = 3 Seja r a reta perpendicular ao plano a que passa pelo ponto Qual das condições seguintes pode definir a reta r? () + 2 = + 1 = 0 () + 5 = + 3 = () 1 2 = = 1 () 2 = = 3 ame 2014, Ép. especial ágina 3 de 21

4 12. onsidere, num referencial o.n., o ponto, de coordenadas (1, 0, 3), e o plano α, definido por = 0 Seja β um plano perpendicular ao plano α e que passa pelo ponto Qual das condições seguintes pode definir o plano β? () = 0 () = 0 () = 0 () = onsidere, num referencial o.n., o plano α, definido por = 0 Seja r uma reta perpendicular ao plano α Qual das condições seguintes pode definir a reta r? ame 2014, 2 a Fase () 4 = = 1 () = 4 = 1 () 3 = 4 = 0 () 3 4 = = Na figura ao lado, está representada, num referencial o.n., uma pirâmide quadrangular regular [ ], cuja base está contida no plano e cujo vértice tem cota positiva. ponto é o centro da base da pirâmide. ame 2014, 1 a Fase dmita que: = 10 o vértice pertence ao eio e tem abcissa igual a 6 o vértice tem abcissa e ordenada iguais a Mostre que o vértice tem cota igual a Seja M o ponto médio da aresta [ ] etermine uma condição cartesiana que defina a reta M etermine uma equação cartesiana do plano que passa no ponto e que é perpendicular à aresta Teste Intermédio 12 o ano Na figura ao lado, em cima, está representada, num referencial o.n., parte do plano, de equação = 12 Tal como a figura sugere,, e são os pontos de interseção deste plano com os eios coordenados etermine uma equação cartesiana do plano que passa no ponto (1,2,3) e é paralelo ao plano Seja M o ponto médio do segmento de reta [] etermine uma condição cartesiana da reta M Teste Intermédio 11 o ano ágina 4 de 21

5 = 16. onsidere, num referencial o.n., a reta definida por = 2 Qual das equações seguintes define um plano perpendicular a esta reta? () + = 5 () = 5 () = 5 () + = 5 Teste Intermédio 11 o ano Na figura seguinte, está representado, num referencial o.n., o cubo [F GH] (o ponto não está representado na figura). o ponto F tem coordenadas (1,3, 4) o vetor F tem coordenadas (2,3,6) screva uma condição cartesiana que defina cada um dos seguintes conjuntos de pontos lano F GH Reta F H Sabe-se ainda que a equação = 0 define o plano H etermine, sem recorrer à calculadora, as coordenadas do ponto (vértice do cubo, não representado na figura). G F Teste Intermédio 11 o ano Seja a um número real. onsidere, num referencial o.n., a reta s e o plano β definidos, respetivamente, por (,,) = ( 1,0,3) + k(1,1, 1), k R e a = 1 Sabe-se que a reta s é paralela ao plano β Qual é o valor de a? () 3 () 1 () 3 () 6 Teste Intermédio 11 o ano ágina 5 de 21

6 19. Na figura ao lado, está representada, num referencial o.n., a pirâmide quadrangular regular [] Seja F o centro da base da pirâmide. o ponto F tem coordenadas (2,1, 1) o vetor F tem coordenadas ( 1,2,2) a reta é definida pela condição (,,) = ( 3,3,1) + k(1, 5,1), k R F screva uma condição cartesiana que defina a reta Nota Não necessita de apresentar cálculos Mostre que o plano pode ser definido pela equação = 0 Teste Intermédio 11 o ano Na figura ao lado, está representada, num referencial o.n., uma pirâmide quadrangular regular [] cuja base está contida no plano o vértice tem coordenadas (1,0,0) o vértice tem coordenadas (0,1,0) o plano é perpendicular à reta definida pela condição 3 = 3 = etermine o volume da pirâmide Nota ode ser-lhe útil determinar uma equação do plano Teste Intermédio 11 o ano ágina 6 de 21

7 21. Na figura ao lado, está representado, em referencial o.n., o poliedro [ N QURST ], que se pode decompor num cubo e numa pirâmide quadrangular regular. a base da pirâmide coincide com a face superior do cubo e está contida no plano o ponto pertence ao eio o ponto U tem coordenadas (4, 4, 4) o plano QT é definido pela equação = 12 N ara cada um dos seguintes conjuntos de pontos, escreva uma condição cartesiana que o defina. Q lano paralelo ao plano QT e que passa na origem do referencial Reta perpendicular ao plano QT e que passa no ponto U R S etermine o volume do poliedro [ N QURST ] U T Teste Intermédio 11 o ano Na figura ao lado, está representada, num referencial o.n., parte de um plano ada um dos pontos, e pertence a um eio coordenado. plano é definido pela equação = 12 Seja r a reta que passa no ponto e é perpendicular ao plano etermine uma equação vetorial da reta r Teste Intermédio 11 o ano onsidere, num referencial o.n., a reta r e o plano α, definidos, respetivamente, por: r : = 2 = 3 α : 3 = 0 Qual é a intersecção da reta r com o plano α? () É o ponto (0,2,3) () É o ponto (0,0,0) () É o conjunto vaio () É a reta r Teste Intermédio 11 o ano ágina 7 de 21

8 24. Na figura seguinte, está representada, num referencial o.n., uma pirâmide quadrangular regular [ ] cuja base está contida no plano o ponto pertence ao eio o ponto tem coordenadas (5,3,0) o ponto pertence ao plano de equação = = 24 é uma equação do plano etermine o volume da pirâmide Seja S o ponto de coordenadas ( 1, 15,5) Seja r a reta que contém o ponto S e é perpendicular ao plano verigue se a reta r contém o ponto Teste Intermédio 11 o ano Na figura ao lado está representado um referencial o.n. ada um dos pontos, e pertence a um eio coordenado. ponto pertence ao plano. ponto desloca-se no plano, de tal modo que é sempre vértice de um prisma quadrangular regular, em que os restantes vértices pertencem aos planos coordenados. plano é definido pela equação = Seja a a abcissa do ponto (a ]0,3[) Mostre que o volume do prisma é dado, em função de a, por 3a 2 a Seja r a reta que contém o ponto e é perpendicular ao plano. etermine uma equação vetorial da reta r. Teste Intermédio 11 o ano ágina 8 de 21

9 26. Na figura seguinte está representado, em referencial o.n., um cone de revolução. a base do cone está contida no plano α de equação = 11 α o vértice do cone tem coordenadas (1,2,6) o ponto é o centro da base do cone etermine uma equação do plano γ que contém o vértice do cone e que é paralelo ao plano α Seja β o plano definido pela equação 2 + = 3 verigue se os planos α e β são perpendiculares. Teste Intermédio 11 o ano Na figura seguinte está representada, em referencial o.n., uma pirâmide quadrangular. dmita que o vértice se desloca no semieio positivo, entre a origem e o ponto de cota 6, nunca coincidindo com qualquer um destes dois pontos. (0,0,c) om o movimento do vértice, os outros quatro vértices da pirâmide deslocam-se no plano, de tal forma que: a pirâmide permanece sempre regular o vértice tem sempre abcissa igual à ordenada sendo a abcissa de e sendo c a cota de, tem-se sempre + c = 6 (,,0) dmita que = 1. Indique, para este caso, as coordenadas dos pontos, e e determine uma equação cartesiana do plano. Teste Intermédio 11 o ano Num referencial o. n., sejam α e β os planos definidos pelas equações: α : + = 1 e β : = 1 intersecção dos planos α e β é () o conjunto vaio () um ponto () uma reta () um plano Teste Intermédio 11 o ano ágina 9 de 21

10 29. Na figura ao lado está representado, em referencial o.n., um cubo [ QRST U ] de aresta 5 vértice do cubo coincide com a origem do referencial. S N s vértices, R e S do cubo pertencem aos semieios positivos, e, respetivamente. T M U triângulo escaleno [M N Q] é a secção produida no cubo pelo plano α de equação R = 125 screva uma condição que defina a reta que passa por U e é perpendicular ao plano α Q Teste Intermédio 11 o ano onsidere, em referencial o.n., o ponto (0,4,3) Seja α o plano que contém o ponto e é perpendicular à reta de equação vetorial (,,) = (0,1, 3) + k(1,0,2), k R etermine a área da secção produida pelo plano α na esfera definida pela condição ( + 2) 2 + ( 1) 2 + ( 4) 2 3 Sugere-se que: etermine uma equação do plano α. Mostre que o centro da esfera pertence ao plano α. tendendo ao ponto anterior, determine a área da secção. Teste Intermédio 11 o ano Na figura ao lado está representada, em referencial o.n., uma pirâmide regular. a base é um quadrado [RST U] de área 4 com centro na origem do referencial; a aresta [RS] é paralela ao eio ; o vértice tem coordenadas (0,0,2) Mostre que a reta definida pela condição = 0 = 2 é perpendicular ao plano ST e escreva uma equação deste plano. R U S T Teste Intermédio 11 o ano ágina 10 de 21

11 32. Na figura ao lado está representado, em referencial o.n., um sólido formado por um paralelepípedo retângulo [F GH] e uma pirâmide [ ]. base [F GH] do paralelepípedo está contida no plano e a base da pirâmide [] coincide com a face superior do paralelepípedo. aresta [GF ] está contida no eio. ponto tem coordenadas (1,1,1) e o ponto H tem coordenadas (1, 2,0) H G F Mostre que uma equação do plano GH é 3 +2 = onsidere duas retas distintas, r e s, perpendiculares a um mesmo plano. Qual das seguintes afirmações é verdadeira? ame 2001, rova de reserva (cód. 135) () r é perpendicular a s () r é paralela a s () r e s são concorrentes, mas não perpendiculares () r e s não são complanares 34. onsidere, num referencial o.n., um plano α de equação + 2 = 2 Seja β o plano que é paralelo a α e que contém o ponto (0,1,2) Qual das condições seguintes é uma equação do plano β? ame 2001, Ép. especial (cód. 135) () + 2 = 1 () + = 2 () 2 + = 0 () + = 1 ame 2001, 2 a fase (cód. 135) 35. Na figura ao lado está representado, em referencial o.n., um octaedro [F GH] o vértice tem coordenadas (1,0,1) o vértice tem coordenadas (0,1,1) o vértice F pertence ao plano o vértice tem coordenadas (1,1,2) Mostre que a reta definida pela condição = = é perpendicular ao plano F ame 2001, 2 a fase (cód. 135) ágina 11 de 21

12 36. ara um certo número real k as retas r e s, definidas, em referencial o.n., pelas condições r : 1 2 = 3 2 são coincidentes. Qual é o valor de k? = 3 () 1 () 2 () 3 () 4 e s : 3 2 = 5 2 = k 3 ame 2001, 1 a fase - 2 a chamada (cód. 135) 37. Na figura ao lado está representada, em referencial o.n., uma pirâmide quadrangular regular. base da pirâmide está contida no plano de equação = 4 vértice pertence ao eio vértice pertence ao plano vértice pertence ao plano vértice tem coordenadas (4,4,4) altura da pirâmide é Mostre que uma condição que define a reta é 4 = = etermine uma equação do plano que contém o ponto e é perpendicular à reta ame 2001, 1 a fase - 2 a chamada (cód. 135) 38. Na figura ao lado está representado, em referencial o.n., um cubo. vértice é a origem do referencial vértice pertence ao eio vértice G pertence ao eio vértice pertence ao eio H é o centro da face [GF ] Uma equação do plano que contém os pontos, e H é + = 10 Qual é a medida da aresta do cubo? H F G () 5 () 10 () 5 2 () onsidere, num referencial o.n., duas retas, r e s, de equações, respetivamente. 1 2 = Justifique que as retas r e s definem um plano. ame 2001, 1 a fase - 1 a chamada (cód. 135) = e (,,) = (1, 1,0) + k(2,1, 1), k R Mostre que o plano definido pelas retas r e s é paralelo ao plano de equação + = 10 ame 2001, 1 a fase - 1 a chamada (cód. 135) ágina 12 de 21

13 40. Na figura seguinte está representada, em referencial o.n., uma pirâmide quadrangular regular. vértice é a origem do referencial vértice pertence ao eio vértice R pertence ao plano vértice tem coordenadas ( 2,11,5) Uma equação vetorial da reta que contém a altura da pirâmide é (,,) = (7, 1,5) + k(6, 8,0), k R Q Mostre que a base da pirâmide está contida no plano de equação 3 4 = Justifique que o centro da base da pirâmide é o ponto de coordenadas (4,3,5) R ame 2001, rova Modelo (cód. 135) ame 2000, 2 a Fase (cód. 135) 41. Num referencial o.n., considere um paralelepípedo retângulo [ QRST U ] s pontos, R e pertencem aos semieios positivos, e, respetivamente. quadrilátero [] é a secção obtida no paralelepípedo pelo plano de equação 2+3+ = 22, que é perpendicular à reta T ponto R tem ordenada 6 S Q T U R Justifique que o ponto T tem coordenadas (4,6,2) etermine uma equação do plano que é paralelo ao plano e que contém o ponto Q 42. Num referencial o.n., considere os pontos (1,0,0), Q(0,1,0) e R(0,0,1) Qual das condições seguintes define uma reta perpendicular ao plano QR? () = 1 = 1 = 1 () = 1 = 1 () 1 = 2 = 3 () + + = Num referencial o.n., a condição define ( 1) 2 + ( 1) 2 + ( 1) 2 = 25 = ame 2000, rova 2 para Militares (cód. 135) ame 2000, rova para Militares (cód. 135) ame 2000, Ép. special (cód. 135) () uma circunferência () um segmento de reta () um ponto () o conjunto vaio ame 2000, rova para Militares (cód. 135) ame 2000, Ép. special (cód. 135) ágina 13 de 21

14 44. Na figura ao lado está representado em referencial o.n., um cone cuja base está contida no plano e cujo vértice pertence ao semieio positivo base tem raio 3 e centro em, origem do referencial. r reta r, de equação (,,) = (0,3,0) + k(3, 1,0), k R, contém uma geratri do cone. etermine uma equação do plano que contém o vértice do cone e é perpendicular à reta r 45. Num referencial o.n., considere as retas r e s, definidas por: r : 2 = 1 = 3 s : (,,) = (2,1,3) + k(1,0,1), k R Qual das afirmações seguintes é verdadeira? ame 2000, Ép. special (cód. 135) ame 2000, rova para Militares (cód. 135) () r e s e são concorrentes () r e s e são estritamente paralelas () r e s e são não complanares () r e s e são coincidentes ame 2000, Ép. special (setembro) (cód. 135) ame 1999, rova de reserva (cód. 135) (adaptado) 46. Na figura ao lado está representada, em referencial o.n., uma pirâmide quadrangular regular. base da pirâmide é paralela ao plano ponto tem coordenadas (8,8,7) ponto pertence ao plano ponto pertence ao eio ponto pertence ao plano ponto é o centro da base da pirâmide vértice da pirâmide pertence ao plano Seja α o plano que contém o ponto e que é paralelo ao plano Mostre que o eio está contido no plano α ame 2000, Ép. special (setembro) (cód. 135) ame 1999, rova de reserva (cód. 135) 47. Num referencial o.n., considere o plano α, de equação = Qual das seguintes pontos é o simétrico do ponto (1,0,0), em relação ao plano α? () ( 1,0,0) () (1, 1,0) () (1,0,1) () (0,1,0) ame 2000, 1 a fase - 2 a chamada (cód. 135) ágina 14 de 21

15 48. onsidere dois planos concorrentes α e β Sejam a e b vetores normais aos planos α e β, respetivamente. Seja r um vetor com a direção da reta de interseção dos planos α e β Qual das afirmações seguintes é verdadeira? () r é paralelo a a e r é paralelo a b () r é perpendicular a a e r é paralelo a b () r é paralelo a a e r é perpendicular a b () r é perpendicular a a e r é perpendicular a b 49. onsidere, num referencial o.n., dois planos concorrentes, de equações Seja r a reta de intersecção dos dois planos. Qual dos pontos seguintes pertence à reta r? + 3 = 1 e + 7 = 7 () (5,5,0) () (1,0,0) () (0,0, 1) () (4,3,0) ame 2000, 1 a fase - 2 a chamada (cód. 135) ame 1999, rova para Militares (cód. 135) 50. onsidere, num referencial o. n., os pontos (2,3,10) e (10,13,25) Um tiro é disparado de, de tal forma que o projétil passa pelo ponto retende-se atingir um alvo situado no ponto (98,123,190) e sabemos que, se o projétil seguir uma trajetória retilínea, o alvo é atingido. Justifique que eiste um e um só plano α que contém a origem do referencial e os pontos, e verigue se esse plano é perpendicular ao plano ame 1999, rova para Militares (cód. 135) 51. Na figura ao lado, está representado, num referencial o.n. [] é uma face do cubo [F GH] é a face oposta à face [] (o ponto H não está representado na figura) [], [F ], [G] e [H] são quatro arestas do cubo ponto tem coordenadas (3,5,3) ponto tem coordenadas ( 3,3,6) ponto tem coordenadas (1,2, 3) ponto é o ponto de intersecção do eio com a face [] etermine as coordenadas do ponto F G ame 1999, Época special (cód. 135) 52. Num referencial o.n., qual das seguintes condições define uma reta paralela ao eio? = 2 () () (,,) = (1,2,0) + k(1,1,0), k R () = 1 () 2 = 3 = = 1 ame 1999, 2 a fase (cód. 135) ágina 15 de 21

16 53. Sejam α e β dois planos perpendiculares. Qual das afirmações seguintes é verdadeira? () Qualquer reta paralela a α é paralela a β () Qualquer reta paralela à intersecção de α e β é paralela a β () Qualquer reta perpendicular a α é perpendicular a β () Qualquer reta perpendicular à intersecção de α e β é perpendicular a β ame 1999, 1 a fase - 2 a chamada (cód. 135) 54. Na figura ao lado está representado um cubo, em referencial o.n. S T a face [ QR] está contida no plano a face [S R] está contida no plano a face [ST ] está contida no plano uma equação do plano T Q é + + = Mostre que o volume do cubo é Seja α o plano que contém o ponto S e é paralelo ao plano T Q rove que a reta R está contida em α R U Q ame 1999, 1 a fase - 2 a chamada (cód. 135) 55. onsidere, num referencial o.n., o plano definido pela equação = 10 ara um certo número real m, a condição = 2 = define uma reta paralela ao referido plano. m Indique o valor de m () 2 () 1 () 2 () 1 ame 1999, 1 a fase - 1 a chamada (cód. 135) 56. Na figura seguinte está representado, em referencial o.n., um cone de revolução. base do cone está contida no plano e tem o seu centro na origem do referencial [] e [] são diâmetros da base ponto pertence ao semieio positivo ponto pertence ao semieio positivo vértice pertence ao semieio positivo Sabendo que uma equação do plano é = 12, mostre que o comprimento do raio da base é 3 e a altura do cone é 4 ame 1999, 1 a fase - 1 a chamada (cód. 135) ágina 16 de 21

17 57. Num referencial o.n., considere o plano α, de equação + = 4 plano α é () paralelo ao plano () paralelo ao eio () perpendicular ao plano () perpendicular ao eio ame 1999, rova Modelo (cód. 135) 58. onsidere, num referencial o.n. o ponto (10,0,0) o ponto (0,2,1) o ponto (0,5,0) a reta a reta Justifique que as retas e são complanares e mostre que o plano α por elas definido admite como equação = 10 ame 1999, rova Modelo (cód. 135) 59. figura ao lado representa uma pirâmide quadrangular regular, em referencial o.n. base da pirâmide é um quadrado contido no plano s pontos e pertencem ao eio s pontos e pertencem ao eio ponto pertence ao eio Sabendo que uma equação do plano é = 6, determine o volume da pirâmide Justifique que a reta definida pela condição 2 = 2 = é perpendicular ao plano e contém a origem do referencial. Formulário: olume da irâmide = 1 Área da ase ltura 3 ame 1998, rova para militares (cód. 135) 60. onsidere, num referencial o.n., a reta r definida por = 1 = 4 Qual das afirmações seguintes é verdadeira? () r é paralela ao plano () r contém o ponto (2,3,5) () r é paralela ao eio () r é concorrente com o eio ame 1998, rova de reserva (cód. 135) ágina 17 de 21

18 61. onsidere, num referencial o.n., uma pirâmide triangular não regular [ Q ] Tem-se que: vértice da pirâmide é a origem do referencial vértice tem coordenadas (0,4,2) vértice Q pertence ao plano Uma equação do plano Q é = 0 Uma equação do plano Q é + + = 6 Uma equação do plano é + 2 = 0 Q Mostre que o ponto tem coordenadas (2,2,2) e que o ponto Q tem coordenadas (3,3,0) Justifique que a reta é perpendicular ao plano Q ame 1998, rova de reserva (cód. 135) 62. onsidere, relativamente a um referencial o.n. : um plano α, definido pela equação 3 = 2 uma reta r, definida pela condição = 2 = 3 um ponto, de coordenadas (0,2,3) Qual das afirmações seguintes é verdadeira? () pertence a α () r é paralela a α () pertence a r () r é perpendicular a α ame 1998, 2 a fase (cód. 135) 63. onsidere, num referencial o.n., os pontos (5,0,0) e (0,3,1) Mostre que a reta está contida no plano de equação +2 = ame 1998, 2 a fase (cód. 135) 64. onsidere, num referencial o.n. : o plano α, de equação = 5 a reta r, definida pela condição = = Qual é a posição relativa da reta r e do plano α? () r é perpendicular a α () r é estritamente paralela a α () r e α são concorrentes, mas não perpendiculares () r está contida em α ame 1998, 1 a fase - 2 a chamada (cód. 135) ágina 18 de 21

19 65. Na figura abaio está representada, em referencial o.n., uma caia cilíndrica construída num material de espessura despreável. caia contém duas bolas encostadas uma à outra e às bases da caia cilíndrica. cilindro tem uma das bases no plano centro dessa base é o ponto de coordenadas (3,0,3) outra base está contida no plano de equação = 12 s bolas são esferas de raio igual a 3 s diâmetros das esferas e das bases do cilindro são iguais superfície esférica correspondente à bola mais afastada do plano tem centro no ponto (3,9,3) e o ponto (1,8,1) pertence a essa superfície esférica. screva uma equação do plano tangente, no ponto (1,8,1), à superfície esférica referida. Nota: um plano tangente a uma superfície esférica é perpendicular ao raio relativo ao ponto de tangência. ame 1998, 1 a fase - 2 a chamada (cód. 135) 66. Num referencial o.n., o ponto de intersecção da reta r : coordenadas: = 2 1 = 3 com o plano tem () ( 1,2,0) () (1,0,2) () (1,0,6) () (3,0,6) 67. ois planos α e β são estritamente paralelos. Qual das afirmações seguintes é verdadeira? () Qualquer reta contida em α é paralela a qualquer reta contida em β () Há retas contidas em α que intersetam β () Há retas perpendiculares a α que não são perpendiculares a β () ada uma reta contida em α eistem em β infinitas retas que lhe são paralelas ame 1998, rova Modelo (cód. 135) ame 1998, rova Modelo (cód. 135) 68. Na figura ao lado está representado um cubo, em referencial o.n. vértice coincide com a origem do referencial. vértice R pertence ao semieio positivo vértice pertence ao semieio positivo vértice S pertence ao semieio positivo abcissa do ponto R é 2 etermine uma equação cartesiana do plano U R S U Q T ame 1998, rova Modelo (cód. 135) ágina 19 de 21

20 69. Na figura ao lado estão representados em referencial o.n., um prisma quadrangular regular e uma pirâmide cuja base [F G] coincide com a do prisma e está assente no plano. vértice da pirâmide coincide com o centro da base superior do prisma. H ponto G tem coordenadas (4,4,0) e o ponto H tem coordenadas (2,2,6) F screva uma equação cartesiana do plano H G ame 1997, rova para militares (cód. 135) 70. Indique qual dos pares de equações seguintes define, num referencial o.n. um par de planos perpendiculares. () + = 3 e + = 0 () + = 1 e = 2 () = e = 0 () = 9 e 3 = Num referencial o.n. as retas e r são paralelas. vetor tem coordenadas ( 2,m,3) reta r é definida pela condição 1 = = 2 3 valor de m é: ame 1997, 2 a fase (cód. 135) () 1 3 () 1 () 0 () 1 ame 1997, 1 a fase - 2 a chamada (cód. 135) 72. onsidere, num referencial o.n., uma pirâmide regular de base quadrada (ver figura ao lado). vértice da pirâmide pertence ao semieio positivo e tem cota 6 base da pirâmide está contida no plano aresta [ Q] é paralela ao eio. ponto Q tem coordenadas (2,2,0) Mostre que o plano QR pode ser definido pela equação 3+ = etermine uma condição que defina a reta que passa na origem do referencial e é perpendicular ao plano QR S Q R ame 1997, 1 a fase - 2 a chamada (cód. 135) ágina 20 de 21

21 73. Num referencial o.n., o ponto de interseção da reta r : coordenadas () ( 1,2,0) () (1,0,2) () (1,0,6) () (3,0,6) = 2 1 = 3 com o plano tem ame 1997, 1 a fase - 1 a chamada (cód. 135) 74. Num referencial o.n., os planos α e β são definidos pelas equações: α : = 0 e β : = 0 2 s planos α e β são: () oincidentes () oncorrentes não perpendiculares () stritamente paralelos () erpendiculares ame 1997, 1 a fase - 1 a chamada (cód. 135) 75. onsidere, num referencial o.n., um cilindro de revolução como o representado na figura ao lado. base inferior do cilindro tem centro na origem do referencial e está contida no plano [] é um diâmetro da base inferior, contido no eio. ponto tem coordenadas (0, 5,0) ponto pertence à circunferência que limita a base inferior do cilindro e tem coordenadas (4,3,0) reta r passa no ponto e é paralela ao eio ponto pertence à reta r e à circunferência que limita a base superior do cilindro. Justifique que é um vetor perpendicular ao plano etermine uma equação deste plano. ame 1997, 1 a fase - 1 a chamada (cód. 135) ágina 21 de 21

MATEMÁTICA A - 10o Ano Geometria

MATEMÁTICA A - 10o Ano Geometria MTEMÁTI - 10o no Geometria Eercícios de eames e testes intermédios 1. Na figura ao lado, está representado, num referencial o.n., um cilindro de revolução de altura 3 o ponto tem coordenadas (1,2,0) e

Leia mais

MATEMÁTICA A - 11o Ano Geometria - Produto escalar

MATEMÁTICA A - 11o Ano Geometria - Produto escalar MMÁI - 11o no Geometria - roduto escalar ercícios de eames e testes intermédios 1. onsidere, num referencial o.n., dois pontos distintos, e eja o conjunto dos pontos desse plano que verificam a condição.

Leia mais

MATEMÁTICA A - 11o Ano Geometria - Produto escalar

MATEMÁTICA A - 11o Ano Geometria - Produto escalar MTMÁTI - o no Geometria - roduto escalar ercícios de eames e testes intermédios. s segmentos de reta [] e [] são lados consecutivos de um heágono regular de perímetro 2 ual é o valor do produto escalar.?

Leia mais

MATEMÁTICA A - 10o Ano Geometria Propostas de resolução

MATEMÁTICA A - 10o Ano Geometria Propostas de resolução MATEMÁTIA A - 10o Ano Geometria Propostas de resolução Eercícios de eames e testes intermédios 1. omo os pontos A, B e têm abcissa 1, todos pertencem ao plano de equação = 1. Assim a secção produida no

Leia mais

Ficha de Trabalho nº 6

Ficha de Trabalho nº 6 icha de Trabalho nº 6 Matemática A deembro 01 11º Ano Nome: Nº Turma: PART I - SLHA MÚLTIPLA 4 1. As retas r : 1 e s: 1 são: 4 6 (A) perpendiculares () concorrentes não perpendiculares (B) paralelas ()

Leia mais

MATEMÁTICA A - 11o Ano Geometria -Trigonometria

MATEMÁTICA A - 11o Ano Geometria -Trigonometria MTEMÁTI - 11o no Geometria -Trigonometria Eercícios de eames e testes intermédios 1. Na figura ao lado, está representada uma circunferência de centro no ponto e raio 1 os diâmetros [ e [ são perpendiculares;

Leia mais

Ficha de avaliação nº2 Versão A1

Ficha de avaliação nº2 Versão A1 st ireção-eral dos stabelecimentos scolares SRAI ireção de Serviços da Região Algarve ARUPAMNT SLAS JÚLI ANTAS LAS (145415) Matemática A- 10ºAN 1/11/013 Ano letivo 013/014 icha de avaliação nº Versão A1

Leia mais

Tarefa nº_ 2.2. (A) Um ponto (B) Uma reta (C) Um plano (D) Nenhuma das anteriores

Tarefa nº_ 2.2. (A) Um ponto (B) Uma reta (C) Um plano (D) Nenhuma das anteriores Tarefa nº_. MATEMÁTICA Geometria Nome: 11º Ano Data / / 1. Num referencial o.n. Oxyz, qual das seguintes condições define uma recta paralela ao eixo Oz? (A) x = y = 1 (C) z = 1 (B) (x, y, z) = (1,,0) +

Leia mais

Exercícios de testes intermédios

Exercícios de testes intermédios Exercícios de testes intermédios 1. Na figura abaixo, está representado, num referencial o.n. Oxyz, o cubo [OPQRSTUV] de aresta 2. Os pontos, P, R e T pertencem aos semieixos positivos. Numa das opções

Leia mais

3ª Ficha de Trabalho

3ª Ficha de Trabalho SOL SUNÁRI LRTO SMPIO 3ª icha de Trabalho MTMÁTI - 10º no 01/013 1ª. Parte : ( Questões Múltiplas ) 1. O perímetro do retângulo é igual a: ( ) 0 8 ( ) 10 8 ( ) 5 3 10 ( ) 100 15 15 75. diagonal de um quadrado

Leia mais

TURMAS:11.ºA/11.ºB. e é perpendicular à reta definida pela condição x 2 z 0.

TURMAS:11.ºA/11.ºB. e é perpendicular à reta definida pela condição x 2 z 0. FICHA DE TRABALHO N.º 3 (GEOMETRIA ANALÍTICA DO ESPAÇO) TURMAS:11.ºA/11.ºB 2017/2018 (JANEIRO DE 2018) No âmbito da Diferenciação Pedagógica (conjunto de exercícios com diferentes níveis de dificuldade:

Leia mais

MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Equações de retas e planos

MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Equações de retas e planos MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Equações de retas e planos 1 Seja um número real. Considere, num referencial o.n., a reta e o plano definidos, respetivamente, por e Sabe-se

Leia mais

RaizDoito. 1. Num referencial o.m. do plano, considere a reta r de equação x = -5.

RaizDoito. 1. Num referencial o.m. do plano, considere a reta r de equação x = -5. 1. Num referencial o.m. do plano, considere a reta r de equação x = -5. Qual dos seguintes pares de pontos define uma reta perpendicular à reta r? (A) (B) ( C) (D) 2. A condição que define o domínio plano

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I. 3º Teste de avaliação versão2.

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I. 3º Teste de avaliação versão2. Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º no de Matemática TEM 1 GEMETRI N PLN E N ESPÇ I 3º Teste de avaliação versão Grupo I s cinco questões deste grupo são de escolha mqaúltipla. Para cada uma delas

Leia mais

Proposta de Teste Intermédio Matemática A 11.º ano

Proposta de Teste Intermédio Matemática A 11.º ano Nome da Escola no letivo 20-20 Matemática 11.º ano Nome do luno Turma N.º Data Professor - - 20 GRUP I s cinco itens deste grupo são de escolha múltipla. Em cada um deles, são indicadas quatro opções,

Leia mais

Exercícios de testes intermédios

Exercícios de testes intermédios Exercícios de testes intermédios 1. Na figura abaixo, está representado um triângulo equilátero [ABC]. Seja a o comprimento de cada um dos lados do triângulo. Seja M o ponto médio do lado [BC]. Mostre

Leia mais

Matemática A. Versão 1. Na sua folha de respostas, indique de forma legível a versão do teste. Teste Intermédio de Matemática A.

Matemática A. Versão 1. Na sua folha de respostas, indique de forma legível a versão do teste. Teste Intermédio de Matemática A. Teste Intermédio de Matemática A Versão 1 Teste Intermédio Matemática A Versão 1 Duração do Teste: 90 minutos 16.03.01 10.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/004, de 6 de março Na sua folha de respostas,

Leia mais

Matemática A (métodos curriculares) 11.º ano Exercícios saídos em exames nacionais e em testes intermédios (desde 2006) GEOMETRIA ANALÍTICA

Matemática A (métodos curriculares) 11.º ano Exercícios saídos em exames nacionais e em testes intermédios (desde 2006) GEOMETRIA ANALÍTICA http://www.prof000.pt/users/roliveira0/ano11.htm Escola Secundária de Francisco Franco Matemática A (métodos curriculares) 11.º ano Exercícios saídos em exames nacionais e em testes intermédios (desde

Leia mais

FICHA DE TRABALHO N.º 7 MATEMÁTICA A - 10.º ANO CÁLCULO VECTORIAL NO ESPAÇO

FICHA DE TRABALHO N.º 7 MATEMÁTICA A - 10.º ANO CÁLCULO VECTORIAL NO ESPAÇO álculo Vectorial no spaço FIH TRLH N.º 7 MTMÁTI - 0.º N ÁLUL VTRIL N SPÇ onhece a Matemática e dominarás o Mundo. Galileu Galilei. Na figura estão representados oito cubos. GRUP I ITNS SLH MÚLTIPL é um

Leia mais

Preparação para o Teste de Maio 2012 (GEOMETRIA)

Preparação para o Teste de Maio 2012 (GEOMETRIA) Nº8 Matemática: ºA Preparação para o Teste de Maio (GEOMETIA) Grupo I. Num referencial o.n. Oy, considera um ponto A pertencente ao semieio positivo O e um ponto B pertencente ao semieio positivo Oy. Quais

Leia mais

MATEMÁTICA A - 11o Ano Geometria - Produto escalar Propostas de resolução

MATEMÁTICA A - 11o Ano Geometria - Produto escalar Propostas de resolução MTEMÁTI - 11o no Geometria - Produto escalar Propostas de resolução Eercícios de eames e testes intermédios 1. omo para qualquer ponto P da circunferência de diâmetro [RS] o ângulo RP Q é reto, então para

Leia mais

Teste de Avaliação. Nome N. o Turma Data / / Avaliação E. Educação Professor. Duração (Caderno 1 + Caderno 2): 90 minutos. MATEMÁTICA 9.

Teste de Avaliação. Nome N. o Turma Data / / Avaliação E. Educação Professor. Duração (Caderno 1 + Caderno 2): 90 minutos. MATEMÁTICA 9. Teste de Avaliação Nome N. o Turma Data / / Avaliação E. Educação Professor MATEMÁTICA 9. o ANO Duração (Caderno 1 + Caderno ): 90 minutos O teste é constituído por dois cadernos (Caderno 1 e Caderno ).

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano)

MATEMÁTICA - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano) MTMÁT - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano) xercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. onsidera o prisma hexagonal regular KL representado na figura seguinte. Relativamente

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I Escola Secundária com º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I TPC nº entregar no dia 25 02 201 1. Uma jovem, sentada num baloiço, é largada de uma certa altura.

Leia mais

MATEMÁTICA A - 11o Ano Geometria -Trigonometria Propostas de resolução

MATEMÁTICA A - 11o Ano Geometria -Trigonometria Propostas de resolução MTEMÁTI - o no Geometria -Trigonometria ropostas de resolução Eercícios de eames e testes intermédios. bservando que os ângulos e RQ têm a mesma amplitude porque são ângulos de lados paralelos), relativamente

Leia mais

) a sucessão de termo geral

) a sucessão de termo geral 43. Na figura está desenhada parte da representação R \. gráfica de uma função f, cujo domínio é { } As rectas de equações =, y = 1 e y = 0 são assímptotas do gráfico de f. Seja ( n ) a sucessão de termo

Leia mais

Escola Secundária/3 da Sé-Lamego Ficha de Trabalho de Matemática Ano Lectivo 2003/04 Geometria 2 - Revisões 11.º Ano

Escola Secundária/3 da Sé-Lamego Ficha de Trabalho de Matemática Ano Lectivo 2003/04 Geometria 2 - Revisões 11.º Ano Escola Secundária/ da Sé-Lamego Ficha de Trabalho de Matemática no Lectivo 00/0 Geometria - Revisões º no Nome: Nº: Turma: região do espaço definida, num referencial ortonormado, por + + = é: [] a circunferência

Leia mais

Matemática A. Versão 1. Na sua folha de respostas, indique de forma legível a versão do teste. Teste Intermédio de Matemática A.

Matemática A. Versão 1. Na sua folha de respostas, indique de forma legível a versão do teste. Teste Intermédio de Matemática A. Teste Intermédio de Matemática Versão Teste Intermédio Matemática Versão Duração do Teste: 90 minutos 09.0.0.º no de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/004, de 6 de março Na sua folha de respostas, indique

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano) Propostas de resolução

MATEMÁTICA - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano) Propostas de resolução MTMÁT - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano) Propostas de resolução xercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. s retas e não são complanares, porque os pontos, e pertencem à

Leia mais

Análise Combinatória. Cálculo de Probabilidades. (aplicações na Geometria)

Análise Combinatória. Cálculo de Probabilidades. (aplicações na Geometria) FIHA DE TRABALHO N.º 6 TURMA:.ºA 06/07 novembro de 06 Análise ombinatória. álculo de Probabilidades. (aplicações na Geometria). Escolhem-se aleatoriamente dois vértices distintos de um cubo. Qual é a probabilidade

Leia mais

Geometria Descritiva. Revisão: Polígonos regulares/irregulares. Linhas e Pontos pertencentes a Faces/Arestas de Poliedros

Geometria Descritiva. Revisão: Polígonos regulares/irregulares. Linhas e Pontos pertencentes a Faces/Arestas de Poliedros Geometria Descritiva Revisão: Polígonos regulares/irregulares Linhas e Pontos pertencentes a Faces/Arestas de Poliedros - Os Poliedros em estudo em GD podem ser: regulares (cujas fases são polígonos regulares,

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal MATEMÁTICA - 9o Ano

Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal MATEMÁTICA - 9o Ano Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal MATEMÁTICA - 9o Ano Teste de Avaliação 9 o D 30/05/017 Parte I - 30 minutos - É permitido o uso de calculadora Na resposta aos itens de escolha múltipla, seleciona

Leia mais

4. Considere a esfera definida pela condição. 5. O retângulo [ABCD] está dividido em seis quadrados iguais. Qual das igualdades seguintes é falsa?

4. Considere a esfera definida pela condição. 5. O retângulo [ABCD] está dividido em seis quadrados iguais. Qual das igualdades seguintes é falsa? Ficha de Trabalho n.º 6 página 2 4. Considere a esfera definida pela condição. 4.1. Sabendo que [ AB ] é diâmetro dessa esfera e que A tem de coordenadas (1, 1, 1), as coordenadas de B são: (A) (2, 4,

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano)

MATEMÁTICA - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano) MTMÁT - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano) xercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. Na figura ao lado, estão representados um cilindro e um prisma quadrangular regular [

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Isometrias (8 o ano)

MATEMÁTICA - 3o ciclo Isometrias (8 o ano) MTMÁTI - 3o ciclo Isometrias (8 o ano) ercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. Na figura ao lado, está representada uma circunferência de centro no ponto figura não está desenhada à escala.

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A. 5º Teste de avaliação versão2. Grupo I

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A. 5º Teste de avaliação versão2. Grupo I Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A 5º Teste de avaliação versão Grupo I As cinco questões deste grupo são de escolha múltipla. Para cada uma delas são indicadas quatro alternativas,

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Circunferência - ângulos e arcos (9 o ano)

MATEMÁTICA - 3o ciclo Circunferência - ângulos e arcos (9 o ano) MTMÁTI - 3o ciclo ircunferência - ângulos e arcos (9 o ano) xercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. Na figura ao lado, estão representados a circunferência de centro no ponto e diâmetro []

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Isometrias (8 o ano)

MATEMÁTICA - 3o ciclo Isometrias (8 o ano) MTMÁTI - 3o ciclo Isometrias (8 o ano) ercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. Na figura seguinte, está representado um esquema de parte de um pavimento que pode ser encontrado numa cidade

Leia mais

Exercícios de Matemática Geometria Analítica

Exercícios de Matemática Geometria Analítica Eercícios de Matemática Geometria Analítica. (UFRGS) Considere um sistema cartesiano ortogonal e o ponto P(. ) de intersecção das duas diagonais de um losango. Se a equação da reta que contém uma das diagonais

Leia mais

MATEMÁTICA A - 12o Ano N o s Complexos - Potências e raízes

MATEMÁTICA A - 12o Ano N o s Complexos - Potências e raízes MTMÁTI - 12o no N o s omplexos - Potências e raízes xercícios de exames e testes intermédios 1. m, conjunto dos números complexos, seja z = 2i 1 i + 2i23 etermine, sem recorrer à calculadora, os números

Leia mais

TESTE DE MATEMÁTICA 9.º ano

TESTE DE MATEMÁTICA 9.º ano Nome: Nº: Turma: Duração: 90 minutos Classificação: 1. O Tiago contabilizou o tempo, em segundos, que cada cliente teve de esperar até ser atendido pelo empregado de mesa de um café. A informação recolhida

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Circunferência (9 o ano)

MATEMÁTICA - 3o ciclo Circunferência (9 o ano) MTMÁTI - 3o ciclo ircunferência (9 o ano) xercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. Na figura seguinte, está representada uma semicircunferência de centro no ponto e diâmetro [] ponto pertence

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano)

MATEMÁTICA - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano) MTMÁT - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano) xercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. O centro geodésico de Portugal continental situa-se na Serra da Melriça, próximo de Vila

Leia mais

Geometria Descritiva 28/08/2012. Elementos Primitivos da Geometria

Geometria Descritiva 28/08/2012. Elementos Primitivos da Geometria Geometria Descritiva Prof. Luiz Antonio do Nascimento ladnascimento@gmail.com www.lnascimento.com.br A Geometria, como qualquer outra ciência, fundamenta-se em observações e experiências para estabelecer

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal MATEMÁTICA - 9o Ano

Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal MATEMÁTICA - 9o Ano Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal MATEMÁTICA - 9o Ano Teste de Avaliação 9 o A 24/05/2017 Parte I - 0 minutos - É permitido o uso de calculadora Na resposta aos itens de escolha múltipla, seleciona

Leia mais

MATEMÁTICA A - 12o Ano N o s Complexos - Potências e raízes

MATEMÁTICA A - 12o Ano N o s Complexos - Potências e raízes MTMÁTI - 12o no N o s omplexos - Potências e raízes xercícios de exames e testes intermédios 1. m, conjunto dos números complexos, seja z = 2i 1 i + 2i23 etermine, sem recorrer à calculadora, os números

Leia mais

Caderno 1: (É permitido o uso de calculadora.) Não é permitido o uso de corretor. Deves riscar aquilo que pretendes que não seja classificado.

Caderno 1: (É permitido o uso de calculadora.) Não é permitido o uso de corretor. Deves riscar aquilo que pretendes que não seja classificado. Nome: Ano / Turma: N.º: Data: - - Caderno 1: (É permitido o uso de calculadora.) O teste é constituído por dois cadernos (Caderno 1 e Caderno 2). Utiliza apenas caneta ou esferográfica, de tinta azul ou

Leia mais

MATEMÁTICA A - 12o Ano N o s Complexos - Conjuntos e condições

MATEMÁTICA A - 12o Ano N o s Complexos - Conjuntos e condições MATEMÁTICA A - 1o Ano N o s Complexos - Conjuntos e condições Exercícios de exames e testes intermédios 1. Na figura ao lado, está representado, no plano complexo, um quadrado cujo centro coincide com

Leia mais

(Teste intermédio e exames Nacionais 2012)

(Teste intermédio e exames Nacionais 2012) Mais eercícios de 1.º ano: www.prof000.pt/users/roliveira0/ano1.htm (Teste intermédio e eames Nacionais 01) 79. Relativamente à Figura Resolva os itens seguintes, recorrendo a métodos, sabe-se que: eclusivamente

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Trigonometria (9 o ano)

MATEMÁTICA - 3o ciclo Trigonometria (9 o ano) MTMÁTI - 3o ciclo Trigonometria (9 o ano) xercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. Na figura ao lado, estão representados uma circunferência de centro no ponto e os pontos T, P,, M e figura

Leia mais

MATEMÁTICA A - 12o Ano

MATEMÁTICA A - 12o Ano MTEMÁTI - 1o no Funções - Funções trigonométricas Eercícios de eames e testes intermédios 1. Seja f a função, de domínio 1 π, + [, definida por sen ( 1) se 1 π < < 1 f() = se = 1 e +4 + ln( 1) se > 1 Resolva

Leia mais

Caderno 1: (É permitido o uso de calculadora.) Não é permitido o uso de corretor. Deves riscar aquilo que pretendes que não seja classificado.

Caderno 1: (É permitido o uso de calculadora.) Não é permitido o uso de corretor. Deves riscar aquilo que pretendes que não seja classificado. Nome: Ano / Turma: N.º: Data: - - Caderno 1: (É permitido o uso de calculadora.) O teste é constituído por dois cadernos (Caderno 1 e Caderno ). Utiliza apenas caneta ou esferográfica, de tinta azul ou

Leia mais

Proposta de teste de avaliação

Proposta de teste de avaliação . Proposta de teste de avaliação Matemática 0. N E ESLRIE uração: 90 minutos ata: Grupo I Na resposta aos itens deste grupo, selecione a opção correta. Escreva, na folha de respostas, o número do item

Leia mais

FICHA de AVALIAÇÃO de MATEMÁTICA A 10.º Ano de escolaridade Versão 2

FICHA de AVALIAÇÃO de MATEMÁTICA A 10.º Ano de escolaridade Versão 2 FICHA de AVALIAÇÃO de MATEMÁTICA A 4.º Teste 0.º Ano de escolaridade Versão Nome: N.º Turma: Professor: José Tinoco 0/03/07 É permitido o uso de calculadora científica Apresente o seu raciocínio de forma

Leia mais

MATEMÁTICA A - 11.º Ano TRIGONOMETRIA

MATEMÁTICA A - 11.º Ano TRIGONOMETRIA MATEMÁTICA A - 11.º Ano TRIGONOMETRIA NOME: N.º 1. Na figura ao lado [ABCD] é um quadrado de lado 5 cm. O é o ponto de interseção das diagonais. Calcula: 1.1. AB BC 1.2. AB DC 1.3. AB BD 1.4. AO DC 2.

Leia mais

FICHA FORMATIVA. Represente, pelas suas projecções, a recta p, perpendicular ao plano alfa.

FICHA FORMATIVA. Represente, pelas suas projecções, a recta p, perpendicular ao plano alfa. Curso Cientifico- Humanístico de Ciências e Tecnologias Artes Visuais Geometria Descritiva A Ano Lectivo 2010/11 FICHA FORMATIVA Prof.Emilia Peixoto PARALELISMO DE RECTAS E PLANOS 1. Exame de 2008, 2ª

Leia mais

Teste de Matemática A 2015 / 2016

Teste de Matemática A 2015 / 2016 Teste de Matemática A 2015 / 2016 Teste N.º 5 Matemática A Duração do Teste: 90 minutos 10.º Ano de Escolaridade Nome do aluno: Turma: Grupo I Os cinco itens deste grupo são de escolha múltipla. Em cada

Leia mais

TESTE GLOBAL 11.º ANO

TESTE GLOBAL 11.º ANO TESTE GLOBAL º ANO NOME: Nº: TURMA: ANO LETIVO: / AVALIAÇÃO: PROFESSOR: ENC EDUCAÇÃO: DURAÇÃO DO TESTE: 90 MINUTOS O teste é constituído por dois grupos O Grupo I é constituído por itens de escolha múltipla

Leia mais

Prova Final de Matemática

Prova Final de Matemática PROVA FINAL DO 3.º CICLO do Ensino BÁSICO Decreto-Lei n.º 39/0, de 5 de julho Prova Final de Matemática 3.º Ciclo do Ensino Básico Prova 9/.ª Chamada 8 Páginas Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância:

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I. Grupo I

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I. Grupo I scola Secundária com º ciclo. inis 10º no de Matemática TM 1 OMTRI NO PLNO NO SPÇO I 1º Teste de avaliação versão rupo I s cinco questões deste grupo são de escolha múltipla. Para cada uma delas são indicadas

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis. 10º Ano de Matemática A. Geometria no Plano e no Espaço I

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis. 10º Ano de Matemática A. Geometria no Plano e no Espaço I Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A Geometria no Plano e no Espaço I Trabalho de casa nº 7 GRUPO I 1. Num certo prisma, cada uma das bases tem n vértices. Quantas faces e quantas

Leia mais

MATEMÁTICA A - 12o Ano

MATEMÁTICA A - 12o Ano MTEMÁTI - 1o no Funções - Funções trigonométricas Eercícios de eames e testes intermédios 1. Seja f a função, de domínio 1 π, + [, definida por sen ( 1) se 1 π < < 1 f() = se = 1 e +4 + ln( 1) se > 1 Resolva

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis. 10º Ano de Matemática A. Geometria no Plano e no Espaço I. Grupo I

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis. 10º Ano de Matemática A. Geometria no Plano e no Espaço I. Grupo I scola Secundária com º ciclo. inis 10º no de Matemática eometria no lano e no spaço I 1º Teste de avaliação rupo I s cinco questões deste grupo são de escolha múltipla. ara cada uma delas são indicadas

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano) Propostas de resolução

MATEMÁTICA - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano) Propostas de resolução MTMÁT - 3o ciclo Posição relativa de retas e planos (9 o ano) Propostas de resolução xercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. nalisando as quatro retas indicadas podemos ver que a reta é paralela

Leia mais

1.- Escrevendo como uma potência de base 2 cada um dos números : A= ( 2 3 ) 7 ; B = e C = escreva-os em ordem decrescente:

1.- Escrevendo como uma potência de base 2 cada um dos números : A= ( 2 3 ) 7 ; B = e C = escreva-os em ordem decrescente: EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE 2014 1ª. SÉRIE 1.- Escrevendo como uma potência de base 2 cada um dos números : A= ( 2 3 ) 7 ; B = e C = escreva-os em ordem decrescente: 2.-Ao fazer uma

Leia mais

cuja secção é um círculo com raio R, e uma sua ramificação, mais estreita, cuja secção é um círculo com raio r.

cuja secção é um círculo com raio R, e uma sua ramificação, mais estreita, cuja secção é um círculo com raio r. Trigonometria 6. Na circunferência trigonométrica da figura ao lado, considere o heptágono regular de lado 1 tal que: um dos lados do heptágono coincide com o raio da circunferência e encontra -se no semieio

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Figuras semelhantes (7 o ano)

MATEMÁTICA - 3o ciclo Figuras semelhantes (7 o ano) MTMÁTI - 3o ciclo Figuras semelhantes (7 o ano) xercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. Na figura seguinte, estão representadas duas semirretas, Ȯ e Ȯ, e duas retas paralelas, r e s. a reta

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I Escola Secundária com º ciclo D. Dinis 10º no de Matemática TEM 1 GEOMETRI NO PLNO E NO ESPÇO I TP nº entregar em 19-11-01 1. Na figura 7 estão representados uma esfera de centro O e raio e um sólido que

Leia mais

TEMA 3 GEOMETRIA FICHAS DE TRABALHO 10.º ANO COMPILAÇÃO TEMA 3 GEOMETRIA. Jorge Penalva José Carlos Pereira Vítor Pereira MathSuccess

TEMA 3 GEOMETRIA FICHAS DE TRABALHO 10.º ANO COMPILAÇÃO TEMA 3 GEOMETRIA. Jorge Penalva José Carlos Pereira Vítor Pereira MathSuccess FICHAS DE TRAALHO 10.º ANO COMPILAÇÃO TEMA 3 GEOMETRIA Site: http://www.mathsuccess.pt Facebook: https://www.facebook.com/mathsuccess TEMA 3 GEOMETRIA 016 017 Matemática A 10.º Ano Fichas de Trabalho Compilação

Leia mais

FICHA de AVALIAÇÃO de MATEMÁTICA A 10.º Ano de escolaridade Versão 1

FICHA de AVALIAÇÃO de MATEMÁTICA A 10.º Ano de escolaridade Versão 1 FICHA de AVALIAÇÃO de MATEMÁTICA A 4.º Teste 0.º Ano de escolaridade Versão Nome: N.º Turma: Professor: José Tinoco 0/03/07 É permitido o uso de calculadora científica Apresente o seu raciocínio de forma

Leia mais

4.4 Secções planas de superfícies e sólidos

4.4 Secções planas de superfícies e sólidos 4.4 Secções planas de superfícies e sólidos Geometria Descritiva 2006/2007 e sólidos Quando um plano intersecta uma superfície geométrica determina sobre ela uma linha plana que pertence à superfície A

Leia mais

GEOMETRIA MÉTRICA. As bases são polígonos congruentes. Os prismas são designados de acordo com o número de lados dos polígonos das bases.

GEOMETRIA MÉTRICA. As bases são polígonos congruentes. Os prismas são designados de acordo com o número de lados dos polígonos das bases. GEOMETRIA MÉTRICA 1- I- PRISMA 1- ELEMENTOS E CLASSIFICAÇÃO Considere o prisma: As bases são polígonos congruentes. Os prismas são designados de acordo com o número de lados dos polígonos das bases. BASES

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I. TPC nº 7 entregar no dia

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I. TPC nº 7 entregar no dia Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I TPC nº 7 entregar no dia 4 0 013 1. O cubo da figura tem as faces paralelas aos planos coordenados

Leia mais

FICHA de AVALIAÇÃO de MATEMÁTICA A 10.º Ano Versão 1

FICHA de AVALIAÇÃO de MATEMÁTICA A 10.º Ano Versão 1 FICHA de AVALIAÇÃO de MATEMÁTICA A 0.º Ano Versão Nome: N.º Turma: Apresente o seu raciocínio de forma clara, indicando todos os cálculos que tiver de efetuar e todas as justificações necessárias. Quando,

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Áreas e Volumes (9 o ano)

MATEMÁTICA - 3o ciclo Áreas e Volumes (9 o ano) MTMÁT - 3o ciclo Áreas e Volumes (9 o ano) xercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. O centro geodésico de Portugal continental situa-se na Serra da Melriça, próximo de Vila de Rei. Nesse local,

Leia mais

Matemática A. Abril de 2010

Matemática A. Abril de 2010 Matemática A Abril de 2010 Matemática A Itens 10.º Ano de Escolaridade No Teste intermédio, que se irá realizar no dia 5 de Maio de 2010, os itens de grau de dificuldade mais elevado poderão ser adaptações

Leia mais

Exercícios de exames e provas oficiais

Exercícios de exames e provas oficiais Exercícios de exames e provas oficiais 1. Na figura, está representada, num referencial ortogonal xoy, parte do gráfico da função g, segunda derivada de uma função g. Em qual das opções seguintes pode

Leia mais

1. Encontre a equação das circunferências abaixo:

1. Encontre a equação das circunferências abaixo: Nome: nº Professor(a): Série: 2ª EM. Turma: Data: / /2013 Nota: Sem limite para crescer Exercícios de Matemática II 2º Ano 2º Trimestre 1. Encontre a equação das circunferências abaixo: 2. Determine o

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO PROVA N.º 135/6 Págs. EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 12.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 286/89, de 29 de Agosto) Cursos de Carácter Geral e Cursos Tecnológicos Duração da prova: 120 minutos

Leia mais

FICHA de AVALIAÇÃO de MATEMÁTICA A 10.º Ano Versão 4

FICHA de AVALIAÇÃO de MATEMÁTICA A 10.º Ano Versão 4 FICHA de AVALIAÇÃO de MATEMÁTICA A 0.º Ano Versão Nome: N.º Turma: Apresente o seu raciocínio de forma clara, indicando todos os cálculos que tiver de efetuar e todas as justificações necessárias. Quando,

Leia mais

Matemática A. Versão 1. Na sua folha de respostas, indique de forma legível a versão do teste. Teste Intermédio de Matemática A.

Matemática A. Versão 1. Na sua folha de respostas, indique de forma legível a versão do teste. Teste Intermédio de Matemática A. Teste Intermédio de Matemática A Versão Teste Intermédio Matemática A Versão Duração do Teste: 90 minutos 24.05.20.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Na sua folha de respostas,

Leia mais

MATEMÁTICA A - 12o Ano

MATEMÁTICA A - 12o Ano MTEMÁTI - 1o no Funções - Funções trigonométricas Eercícios de eames e testes intermédios 1. onsidere, para um certo número real k, a função f, contínua em Qual é o valor de k? cos π f() = se π 4 < π k

Leia mais

Teste Intermédio 2012

Teste Intermédio 2012 Teste Intermédio 01 1. Uma escola básica tem duas turmas de 9. ano: a turma e a turma. Os alunos da turma distribuem-se, por idades, de acordo com o seguinte diagrama circular. Idades dos alunos da turma

Leia mais

Entrelinha 1,5. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Entrelinha 1,5. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Matemática Entrelinha 1,5 Teste Intermédio Matemática Entrelinha 1,5 (Versão única igual à Versão 1) Duração do Teste: 90 minutos 10.05.2012 9.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º

Leia mais

MATEMÁTICA MÓDULO 16 CONE E CILINDRO. Professor Haroldo Filho

MATEMÁTICA MÓDULO 16 CONE E CILINDRO. Professor Haroldo Filho MATEMÁTICA Professor Haroldo Filho MÓDULO 16 CONE E CILINDRO 1. CILINDRO CIRCULAR Considere dois planos paralelos, α e β, seja R um círculo no plano α, seja s uma reta secante aos dois planos que não intersecta

Leia mais

Versão 2. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Versão 2. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Matemática Versão Teste Intermédio Matemática Versão Duração do Teste: 90 minutos 10.05.01 9.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 6/001, de 18 de janeiro Identifica claramente, na

Leia mais

3. Achar a equação da esfera definida pelas seguintes condições: centro C( 4, 2, 3) e tangente ao plano π : x y 2z + 7 = 0.

3. Achar a equação da esfera definida pelas seguintes condições: centro C( 4, 2, 3) e tangente ao plano π : x y 2z + 7 = 0. Universidade Federal de Uerlândia Faculdade de Matemática Disciplina : Geometria Analítica (GMA00) Assunto: Superfícies, Quádricas, Curvas e Coordenadas Professor Sato 4 a Lista de exercícios. Determinar

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE

EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE 1ª. SÉRIE Exercícios de PA e PG 1. Determinar o 61º termo da PA ( 9,13,17,21,...) Resp. 249 2. Determinar a razão da PA ( a 1,a 2, a 3,...) em que o primeiro

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Teorema de Pitágoras (8 o ano)

MATEMÁTICA - 3o ciclo Teorema de Pitágoras (8 o ano) MTMÁTI - 3o ciclo Teorema de Pitágoras (8 o ano) xercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. Na figura ao lado, estão representados uma circunferência de centro no ponto e os pontos T, P,, M

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Teorema de Pitágoras (8 o ano)

MATEMÁTICA - 3o ciclo Teorema de Pitágoras (8 o ano) MTMÁTI - 3o ciclo Teorema de Pitágoras (8 o ano) xercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. Na figura ao lado, estão representados um cilindro e um prisma quadrangular regular [ ] de bases []

Leia mais

GEOMETRIA MÉTRICA ESPACIAL

GEOMETRIA MÉTRICA ESPACIAL GEOMETRIA MÉTRICA ESPACIAL .. PARALELEPÍPEDOS RETÂNGULOS Um paralelepípedo retângulo é um prisma reto cujas bases são retângulos. AB CD A' B' C' D' a BC AD B' C' A' D' b COMPRIMENTO LARGURA AA' BB' CC'

Leia mais

FICHA DE TRABALHO N.º 5 MATEMÁTICA A - 10.º ANO GEOMETRIA ANALÍTICA E CÁLCULO VECTORIAL NO PLANO

FICHA DE TRABALHO N.º 5 MATEMÁTICA A - 10.º ANO GEOMETRIA ANALÍTICA E CÁLCULO VECTORIAL NO PLANO Geometria nalítica e álculo Vectorial no Plano FIH E TRLH N.º 5 MTEMÁTI - 0.º N GEMETRI NLÍTI E ÁLUL VETRIL N PLN onhece a Matemática e dominarás o Mundo. Galileu Galilei GRUP I ITENS E ESLH MÚLTIPL. Num

Leia mais

Proposta de Teste Intermédio Matemática A 11.º ano

Proposta de Teste Intermédio Matemática A 11.º ano GRUPO I. Vamos calcular o valor da função objetivo, L, em cada um dos vértices da região admissível. Vértice L O 0 0 L = 0 + 0 = 0 0 L = + 0 = L = + = C L = + = D 0 L = 0 + = função objetivo atinge o máimo,

Leia mais

Provas de Acesso ao Ensino Superior Para Maiores de 23 Anos

Provas de Acesso ao Ensino Superior Para Maiores de 23 Anos Provas de Acesso ao Ensino Superior Para Maiores de 23 Anos Candidatura de 2015 PROVA MODELO DE MATEMÁTICA Tempo para realização da prova: 2 horas Tolerância: 30 minutos Material admitido: material de

Leia mais

Matemática A - 10 o Ano

Matemática A - 10 o Ano Matemática A - 10 o Ano Resolução da Prova Modelo Teste 4 1 Nuno Miguel Guerreiro I Chave da Escolha Múltipla CCDBA 1. Tem-se quanto à proposição p: F A + AO + }{{ OB } 1 DC A + AB 1 AB 5 }{{}}{{ 5 } AB

Leia mais

Proposta de teste de avaliação

Proposta de teste de avaliação Proposta de teste de avaliação Matemática A. O ANO DE ESCOLARIDADE Duração: 90 minutos Data: Grupo Na resposta aos itens deste grupo, selecione a opção correta. Escreva, na sua folha de respostas, o número

Leia mais

Escola Básica de Ribeirão (Sede) ANO LETIVO 2011/2012 Ficha de Trabalho Maio 2012 Nome: N.º: Turma: 9.º Ano Compilação de Exercícios de Exames Nacionais (EN) e de Testes Intermédios (TI) Tema: Espaço Outra

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I. Grupo I

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I. Grupo I scola Secundária com º ciclo. inis 10º no de Matemática TM 1 OMTRI NO PLNO NO SPÇO I 1º Teste de avaliação versão1 rupo I s cinco questões deste grupo são de escolha múltipla. Para cada uma delas são indicadas

Leia mais

MATEMÁTICA A - 12o Ano N o s Complexos - Equações e problemas

MATEMÁTICA A - 12o Ano N o s Complexos - Equações e problemas MATEMÁTICA A - 1o Ano N o s Complexos - Equações e problemas Exercícios de exames e testes intermédios 1. Em C, conjunto dos números complexos, sejam z 1 = 1 3i19 1 + i e z = 3k cis ( 3π, com k R + Sabe-se

Leia mais