Aula 5 Estrutura e função de proteínas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aula 5 Estrutura e função de proteínas"

Transcrição

1 Aula 5 Estrutura e função de proteínas

2 parte 1: aminoácidos Parte 2: estrutura

3 Proteínas As proteínas são os principais constituinte da célula Importantes na manutenção da vida Desempenham diversas funções Parte 3: função

4 Proteínas São polímeros de aminoácidos (AMINO +ÁCIDO) Amino = NH 3 + Ácido = Carboxila COO - Características comuns dos 20 aminoácidos: a -aminoácidos Cadeia lateral é o que difere os aa Cada aminoácido tem uma cadeia lateral com propriedade química distinta

5 Classificação dos aminoácidos pelo grupamento R

6 Propriedades gerais dos aminoácidos Os aminoácidos em ph neutro são íons dipolares ou zwitterions grupo amino protonado (íon amônio NH 3+ ) grupo carboxila dissociado (íon carboxilato COO - ) pk=2 pk=9-10 Carboxila doa prótons Amina recebe prótons

7 Identificação dos carbonos nos aminoácidos

8 Abreviaturas e símbolos de aminoácidos

9 Estereoisomeria

10 300 aminoácidos diferentes 20 aminoácidos proteinogênicos Aminoácidos proteinogênicos

11 Aminoácidos não-proteinogênicos Aminoácidos raros Aminas biogênicas

12 Ciclo da uréia Aminoácidos raros

13 Aminas biogênicas histamina, serotonina, epinefrina, norepinefrina, tiramina

14 Classificação dos aminoácidos pelo grupamento R

15 Aminoácidos com cadeia lateral contendo anéis aromáticos

16 Aminoácidos com cadeia lateral apolar

17 Aminoácidos com cadeia lateral polar

18 Aminoácidos com cadeia lateral positivamente carregadas pk=6,0

19 Aminoácidos com cadeia lateral negativamente carregadas

20

21

22 Ligação peptídica

23

24

25 Dipeptídeo 2 aminoácidos unidos por uma ligação peptídica Tripeptídeo. 3 aminoácidos unidos por duas ligações peptídicas. Oligopeptídeos.. Polipeptídeos- Massa molecular < Da.. Proteínas- Massa molecular Da

26 Chapinhas? Pontes de Dissulfeto

27 Estrutura de proteínas

28 O que determina a sequência de aminoácidos de uma proteína? DNA Genes Transcrição RNAm Tradução

29 Estrutura Primária A sequência de aminoácidos em uma proteína é denominada estrutura primária da proteína.

30 Estrutura Primária

31 Estrutura Secundária A estrutura secundária de uma proteína diz respeito ao arranjo local dos aminoácidos no espaço, isto é, como uma determinada seqüência se organiza no espaço. Exemplo: colar na mesa

32 Estrutura Secundária a-hélices

33 Estrutura Secundária Folhas

34 Estrutura Secundária Folhas antiparalela Paralela

35 Seda e teia da aranha

36 Estrutura Secundária Curvaturas (Rotação ) Prolina Glicina

37 Probabilidade relativa dos aminoácidos ocorrerem nos três tipos de estrutura secundária

38 Estrutura Terciária É o arranjo tridimensional total de todos os átomos na proteína A estrutura primária de uma proteína determina sua estrutura terciária

39 Estrutura Terciária

40

41 Estrutura terciária

42 Estrutura Quaternária Algumas proteínas são formadas por mais de uma cadeia polipeptídica separadas, ou subunidades, que podem ser idênticas ou diferentes. O arranjo das subunidades de uma proteína em complexos tridimensionais constitui a estrutura quaternária.

43 Estrutura Quaternária

44 Dobramento Protéico

45 Dobramento Protéico

46 Dobramento Protéico O dobramento ao longo da síntese evita competição

47 Chaperonas x dobramento protéico Hsp70 Se liga à resíduos hidrofóbicos evitando a agregação inapropriada

48 Chaperoninas x dobramento protéico Chaperoninas (Hsp60)

49

50 Doença da vaca louca Príon (PrP) As PrPs estão classificadas em dois grupos, de acordo com sua conformação. PrPc forma celular da proteína prion normal (fig. a). PrPsc forma scrapie com conformação diferente da proteína celular (fig. b). A proteína infecciosa é capaz de mudar a forma da proteína celular irreversivelmente. Encefalopatia espongiforme

51 Doença de Alzheimer Figura bioq ilustrada

52 Desnaturação Uma alteração drástica na estrutura tridimensional nativa de uma proteína e que corresponde a uma alteração de suas propriedades, notadamente a solubidade (causando precipitação) e a perda de atividade biológica. Agentes que podem causar desnaturação

53 Desnaturação x Calor Clara Albumina Calor Albumina desnaturada

54 Desnaturação x ph Caseína desnaturada Coalho

55 Desnaturação x Agentes Desnaturantes Detergente Uréia

56 Estocagem de medicamentos

57 Ingestão de medicamentos + Hormônios, antibióticos, antitumorais e antivirais em sua maioria são peptídios

58 Bioquímica do permanente Calor úmido Resfriamento -SH

59 Fim

60

61

Proteínas. Proteínas são polímeros de aminoácidos

Proteínas. Proteínas são polímeros de aminoácidos Proteínas Estrutura & Propriedades Proteínas são polímeros de aminoácidos Existem 20 tipos diferentes de aminoácidos Aminoácidos são ácidos fracos A carga elétrica do aminoácido varia de acordo com o ph

Leia mais

BIOQUÍMICA I 1º ano de Medicina Ensino teórico 2010/2011

BIOQUÍMICA I 1º ano de Medicina Ensino teórico 2010/2011 BIOQUÍMICA I 1º ano de Medicina Ensino teórico 2010/2011 7ª aula teórica 11 Outubro 2010 Proteínas estruturais e funcionais Organização estrutural das proteínas Estrutura e diferentes funções de proteínas

Leia mais

Macromolécula mais abundante nas células

Macromolécula mais abundante nas células PROTEÍNAS Origem grego (protos) primeira, mais importante A palavra proteína que eu proponho vem derivada de proteos, porque ela parece ser a substância primitiva ou principal da nutrição animal, as plantas

Leia mais

29/08/2015 QUÍMICA DE PROTEÍNAS. Medicina Veterinária IBGM - IBS. Medicina Veterinária IBGM - IBS

29/08/2015 QUÍMICA DE PROTEÍNAS.   Medicina Veterinária IBGM - IBS. Medicina Veterinária IBGM - IBS QUÍMICA DE PROTEÍNAS D i s c i p l i n a : b i o q u í m i c a, p r o f. D r. Va g n e O l i v e i ra E-mail: vagne_melo_oliveira@outlook.com Medicina Veterinária IBGM - IBS Medicina Veterinária IBGM -

Leia mais

Aula: 18 Temática: Estrutura dos aminoácidos e proteínas parte III

Aula: 18 Temática: Estrutura dos aminoácidos e proteínas parte III Aula: 18 Temática: Estrutura dos aminoácidos e proteínas parte III A maioria das cadeias polipeptídicas naturais contém entre 50 e 2.000 aminoácidos e são comumente referidas como proteínas. Peptídeos

Leia mais

AMINOÁCIDOS E PROTEÍNAS: ESTRUTURA E FUNÇÕES

AMINOÁCIDOS E PROTEÍNAS: ESTRUTURA E FUNÇÕES Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Faculdade de Odontologia de Araçatuba Departamento de Ciências Básicas AMINOÁCIDOS E PROTEÍNAS: ESTRUTURA E FUNÇÕES Professora Marcelle Danelon Tópicos

Leia mais

Proteínas são organizadas em níveis. Na aula passada... Cadeia polipetídica na conformação estendida

Proteínas são organizadas em níveis. Na aula passada... Cadeia polipetídica na conformação estendida Na aula passada... Proteínas são organizadas em níveis Proteínas adotam forma tridimensional característica sua forma nativa Uma cadeia polipetídica com uma certa sequência de aminoácidos sempre se dobra

Leia mais

Proteínas. Profa. Alana Cecília

Proteínas. Profa. Alana Cecília Proteínas Profa. Alana Cecília Proteínas Aminoácidos ligados formam uma cadeia proteica (polipeptídica). As unidades de repetição são planos de amida que contêm ligações peptídicas. Esses planos de amida

Leia mais

Composição e Estrutura Molecular dos Sistemas Biológicos

Composição e Estrutura Molecular dos Sistemas Biológicos Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Prof. Hugo Henrique Pádua M.Sc. Fundamentos de Biofísica Composição e Estrutura Molecular dos Sistemas Biológicos Átomos e Moléculas Hierarquia

Leia mais

ESTRUTURA DAS PROTEÍNAS

ESTRUTURA DAS PROTEÍNAS ESTRUTURA DAS PROTEÍNAS Como é a estrutura tridimensional das proteínas??? 4 níveis estruturais Estrutura primária, secundária, terciária e quaternária Mantidas por: ligações covalentes (ligação peptídica

Leia mais

Aminoácidos. Bioquímica Prof. Dr. Marcelo Soares

Aminoácidos. Bioquímica Prof. Dr. Marcelo Soares Aminoácidos Aminoácidos Nutrição Século XIX: produtos contendo Nitrogênio eram essenciais para a sobrevivência dos animais G. J. Mulder (1839): termo Proteínas Gr Proteios (Primário) Teoria: Proteínas

Leia mais

Aminoácidos e Proteínas

Aminoácidos e Proteínas Aminoácidos e Proteínas PROTEÍNAS As proteínas são as macromoléculas mais abundantes nas células vivas. Ocorrem em todas as células e em todas as partes das mesmas. FUNÇÕES DAS PROTEÍNAS Formam estruturas

Leia mais

Biomoléculas. * Este esquema não está a incluir as Vitaminas que são classificadas no grupo de moléculas orgânicas. Biomoléculas

Biomoléculas. * Este esquema não está a incluir as Vitaminas que são classificadas no grupo de moléculas orgânicas. Biomoléculas Biomoléculas Biomoléculas Inorgânicas Orgânicas Água Sais Minerais Glícidos Lípidos Prótidos Ácidos Nucléicos * Este esquema não está a incluir as Vitaminas que são classificadas no grupo de moléculas

Leia mais

Proteínas As proteínas são as macromoléculas mais abundantes nas células vivas. Elas são os instrumentos moleculares através dos quais a informação genética é expressa. O nome proteína vem do grego protos

Leia mais

PROTEÍNAS. Um polipeptídeo de dimensão macromolecular ou um conjunto de polipeptídeos associados entre si constituem proteínas.

PROTEÍNAS. Um polipeptídeo de dimensão macromolecular ou um conjunto de polipeptídeos associados entre si constituem proteínas. PROTEÍNAS PROTEÍNAS DEFINIÇÃO Compostos nitrogenados orgânicos complexos, presentes em todas as células vivas, formados fundamentalmente por C, H, O e N. Contêm ainda S, P, Cu, etc.. Os compostos nitrogenados

Leia mais

O QUE É UMA PROTEÍNA?

O QUE É UMA PROTEÍNA? PROTEÍNAS O QUE É UMA PROTEÍNA? Macromoléculas que agem em processos biológicos como: Mediação por catálise proteica, transporte de outras moléculas, controle de condições intra/extra celulares e transporte

Leia mais

Aminoácidos e Peptideos

Aminoácidos e Peptideos Aminoácidos e Peptideos O que são aminoácidos? Precursores de vários tipos de biomoléculas Compostos formados por : um grupo amina primário [ ] um grupo ácido carboxílico [ ] ambos ligados a um carbono

Leia mais

Profº Lásaro Henrique

Profº Lásaro Henrique Profº Lásaro Henrique Proteínas são macromoléculas complexas, compostas de aminoácidos. São os constituintes básicos da vida e necessárias para os processos químicos que ocorrem nos organismos vivos. Nos

Leia mais

CURSO: ENFERMAGEM DISCIPLINA: BIOQUÍMICA HUMANA PROF. WILLAME BEZERRA. Aminoácidos. Prof. Willame Bezerra

CURSO: ENFERMAGEM DISCIPLINA: BIOQUÍMICA HUMANA PROF. WILLAME BEZERRA. Aminoácidos. Prof. Willame Bezerra CURSO: ENFERMAGEM DISCIPLINA: BIOQUÍMICA HUMANA PROF. WILLAME BEZERRA Aminoácidos Prof. Willame Bezerra As proteínas são as biomoléculas mais abundantes nos seres vivos e exercem funções fundamentais em

Leia mais

BÁSICA EM IMAGENS. Aminoácidos, peptídeos e proteínas

BÁSICA EM IMAGENS. Aminoácidos, peptídeos e proteínas Universidade Federal de Pelotas Instituto de Química e Geociências Departamento de Bioquímica 04 BÁSICA EM IMAGENS - um guia para a sala de aula Aminoácidos, peptídeos e proteínas Generalidades AAs x Proteínas

Leia mais

Estrutura. Estrutura 29/10/2010. Visão Geral Existem 4 níveis de estrutura de proteínas:

Estrutura. Estrutura 29/10/2010. Visão Geral Existem 4 níveis de estrutura de proteínas: Definições importantes: - Por serem conceitos didáticos, frequentemente é difícil distinguir em uma proteína os níveis secundário e terciário de organização estrutural. - Para evitar tais ambiguidades

Leia mais

Estrutura Primária de Proteínas: Sequenciamento de Aminoácidos

Estrutura Primária de Proteínas: Sequenciamento de Aminoácidos UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO USP FARMÁCIA BIOQUÍMICA 015N Reatividade de Compostos Orgânicos II Estrutura Primária de Proteínas: Sequenciamento de Aminoácidos Beatriz In Soon Chang (9328183) João Gabriel

Leia mais

BIOENGENHARIA I UFPB CT DEQ Prof. Sharline Florentino de Melo Santos

BIOENGENHARIA I UFPB CT DEQ Prof. Sharline Florentino de Melo Santos BIOENGENHARIA I UFPB CT DEQ Prof. Sharline Florentino de Melo Santos As proteínas são compostos orgânicos de alto peso molecular formadas pelo encadeamento de aminoácidos. Representam cerca do 50 a 80%

Leia mais

Estrutura covalente de proteínas estrutura tridimensional. Proteina: estrutura covalente com muitas restrições conformacionais

Estrutura covalente de proteínas estrutura tridimensional. Proteina: estrutura covalente com muitas restrições conformacionais Estrutura covalente de proteínas estrutura tridimensional Proteina: estrutura covalente com muitas restrições conformacionais M. Teresa Machini IQ/USP Análise de sequência de aminoácidos Conteúdo de aminoácidos

Leia mais

ESTRUTURAS TRIDIMENSIONAIS E FUNÇÕES BIOLÓGICAS DAS PROTEÍNAS GLOBULARES

ESTRUTURAS TRIDIMENSIONAIS E FUNÇÕES BIOLÓGICAS DAS PROTEÍNAS GLOBULARES ESTRUTURAS TRIDIMENSIONAIS E FUNÇÕES BIOLÓGICAS DAS PROTEÍNAS GLOBULARES Aula 6 META Identificar as estruturas tridimensionais das proteínas globulares, relacionando-as com as funções biológicas que essas

Leia mais

13/03/2016. Profª. Drª. Andréa Fontes Garcia E -mail:

13/03/2016. Profª. Drª. Andréa Fontes Garcia E -mail: Profª. Drª. Andréa Fontes Garcia E -mail: andrea@salesiano-ata.br 1 Estrutura geral dos amionoácidos de ocorrência biológica Grupamento amino Grupamento carboxilato (ácido carboxílico) Hidrogênio Grupamento

Leia mais

Bioquímica: Componentes orgânicos e inorgânicos necessários à vida. Leandro Pereira Canuto

Bioquímica: Componentes orgânicos e inorgânicos necessários à vida. Leandro Pereira Canuto Bioquímica: orgânicos e inorgânicos necessários à vida Leandro Pereira Canuto Toda matéria viva: C H O N P S inorgânicos orgânicos Água Sais Minerais inorgânicos orgânicos Carboidratos Proteínas Lipídios

Leia mais

Dos genes às proteínas

Dos genes às proteínas Dos genes às proteínas - Estrutura e função Bioinformática aula 1 INTRODUÇÃO O Dogma Central O fluxo de informação nos organismos segue uma direção única: do DNA para o RNA, e do RNA para a proteína DNA

Leia mais

Profº André Montillo

Profº André Montillo Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É um polímero, ou seja, uma longa cadeia de nucleotídeos. Estrutura Molecular dos Nucleotídeos: Os nucleotídeos são constituídos por 3 unidades: Bases

Leia mais

Todos os seres vivos são constituídos por células unidade estrutural.

Todos os seres vivos são constituídos por células unidade estrutural. Prof. Ana Rita Rainho Biomoléculas Todos os seres vivos são constituídos por células unidade estrutural. Para além da unidade estrutural também existe uma unidade bioquímica todos os seres vivos são constituídos

Leia mais

Proteínas - I. (Estrutura) Bioquímica Prof. Dr. Marcelo Soares

Proteínas - I. (Estrutura) Bioquímica Prof. Dr. Marcelo Soares Proteínas - I (Estrutura) Proteínas São polímeros compostos por combinações entre os 20 aminoácidos-padrão Apresentam tamanho que vai desde 50 até 4000 aminoácidos, variando também nas proporções entre

Leia mais

Você deve desenhar o aminoácido com o grupo amino protonado (pka > 7) e o grupo carboxílico desprotonado (pka <7).

Você deve desenhar o aminoácido com o grupo amino protonado (pka > 7) e o grupo carboxílico desprotonado (pka <7). QBQ4010 Introdução à Bioquímica Exercícios sobre sistema tampão, aminoácidos e estrutura de proteínas 1. Você estagiário de um laboratório bioquímica, recebeu a função de preparar uma solução tamponada

Leia mais

BIOQUÍMICA PARA ODONTO

BIOQUÍMICA PARA ODONTO BIOQUÍMICA PARA ODONTO Aula 3: Autoria: Ligação peptídica Proteínas globulares: estrutura primária, secundária e terciária Luiza Higa Programa de Biologia Estrutural Instituto de Bioquímica Médica Universidade

Leia mais

Lista de Exercícios Aminoácidos e Proteínas

Lista de Exercícios Aminoácidos e Proteínas Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Ciências Tecnológicas CCT Departamento de Química BIO0001 - Bioquímica Lista de Exercícios Aminoácidos e Proteínas 1) Uma solução de 100 ml de glicina

Leia mais

Componentes fundamentais de todos os seres vivos, incluindo os vírus. Macromoléculas de elevado peso molecular.

Componentes fundamentais de todos os seres vivos, incluindo os vírus. Macromoléculas de elevado peso molecular. Componentes fundamentais de todos os seres vivos, incluindo os vírus. Macromoléculas de elevado peso molecular. Formadas pela união de dezenas a centenas de aminoácidos. Proteína = polipeptídeo formado

Leia mais

BIOQUÍMICA. Profº André Montillo

BIOQUÍMICA. Profº André Montillo BIOQUÍMICA Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É uma Molécula Orgânica que contém simultaneamente grupo funcionais amina (NH2) e carboxílico (COOH) É formado pelos seguintes Átomos: o Carbono

Leia mais

A massa de uma proteína é expressa em daltons

A massa de uma proteína é expressa em daltons Proteínas Globulares Apesar de proteínas fibrosas terem só um tipo de estrutura secundária, as proteínas globulares podem ter diversos tipos de estrutura secundária em uma mesma molécula. As proteínas

Leia mais

Aula: 16 Temática: Estrutura dos aminoácidos e proteínas parte I. Iremos iniciar o estudo da estrutura dos aminoácidos e proteínas.

Aula: 16 Temática: Estrutura dos aminoácidos e proteínas parte I. Iremos iniciar o estudo da estrutura dos aminoácidos e proteínas. Aula: 16 Temática: Estrutura dos aminoácidos e proteínas parte I Acompanhe! Iremos iniciar o estudo da estrutura dos aminoácidos e proteínas. Introdução: A proteína é o composto orgânico mais abundante

Leia mais

Chaperonas moleculares. Inicialmente em E.Coli São heat shock (Hsp) proteínas sensível ao calor

Chaperonas moleculares. Inicialmente em E.Coli São heat shock (Hsp) proteínas sensível ao calor Chaperonas moleculares Inicialmente em E.Coli São heat shock (Hsp) proteínas sensível ao calor Chaperonas São proteínas responsáveis pelo correto dobramento de outras proteínas sintetizadas e pela prevenção

Leia mais

1. Introdução. As proteínas exercerem uma grande variedade de funções na célula, estas podem ser divididas em dois grandes grupos:

1. Introdução. As proteínas exercerem uma grande variedade de funções na célula, estas podem ser divididas em dois grandes grupos: 1. Introdução As proteínas são polímeros de aminoácidos unidos por ligações, denominadas ligações peptídicas, uma ligação peptídica é a união do grupo amino (-NH 2 ) de um aminoácido com o grupo carboxila

Leia mais

MÓDULO 3 BIOLOGIA MOLECULAR

MÓDULO 3 BIOLOGIA MOLECULAR MÓDULO 3 BIOLOGIA MOLECULAR Aula 1 - Estrutura e Propriedades dos Ácidos Nucleicos Evidências de que o DNA constitui o material genético Experimento de Frederick Griffith (1928) Pneumococcus pneumoniae

Leia mais

INTRODUÇÃO À BIOQUÍMICA DA CÉLULA. Bioquímica Celular Prof. Júnior

INTRODUÇÃO À BIOQUÍMICA DA CÉLULA. Bioquímica Celular Prof. Júnior INTRODUÇÃO À BIOQUÍMICA DA CÉLULA Histórico INTRODUÇÃO 1665: Robert Hooke Compartimentos (Células) 1840: Theodor Schwann Teoria Celular 1. Todos os organismos são constituídos de uma ou mais células 2.

Leia mais

Faculdade Anhanguera Curso de Graduação em Educação Física

Faculdade Anhanguera Curso de Graduação em Educação Física Faculdade Anhanguera Curso de Graduação em Educação Física Profa. Dra. Amabile Vessoni Arias E-mail: Amabile.arias@anhanguera.com 2016-2 Mês de agosto Conteúdo 9 Unidade 1 16 Unidade 1 23 Unidade 1 30

Leia mais

ESTABILIDADE DE ENZIMAS

ESTABILIDADE DE ENZIMAS ESTABILIDADE DE ENZIMAS Estabilidade Enzimática X Atividade Enzimática Atividade Enzimática: É dada pela medição da velocidade inicial da reação sob uma faixa de condições determinadas. Establidade Enzimática:

Leia mais

Metabolismo de PROTEÍNAS

Metabolismo de PROTEÍNAS FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Departamento de Educação Física Metabolismo de PROTEÍNAS Disciplina Nutrição aplicada à Educação Física e ao Esporte Prof. Dr. Ismael Forte Freitas Júnior FORMAÇÃO DAS

Leia mais

AMINOÁCIDOS: ESTRUTURA E PROPRIEDADES

AMINOÁCIDOS: ESTRUTURA E PROPRIEDADES UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS REATIVIDADE DE COMPOSTOS ORGÂNICOS II E BIOMOLÉCULAS NOTURNO AMINOÁCIDOS: ESTRUTURA E PROPRIEDADES Cibele Rosalin Líria Domingues Luma Antonio

Leia mais

Composição química celular

Composição química celular Natália Paludetto Composição química celular Proteínas Enzimas Ácidos nucléicos Proteínas Substâncias sólidas; Componente orgânico mais abundante da célula. Podem fornecer energia quando oxidadas, mas

Leia mais

Dra. Maria Izabel Gallão. Síntese de proteínas

Dra. Maria Izabel Gallão. Síntese de proteínas Síntese de proteínas DNA RNAm proteína - citoplasma 20 aa formar uma pt RNAt específico subunidades do ribossomos precarregada com fatores protéicos auxiliares. a síntese protéica começa quando todos estes

Leia mais

PROTEÍNAS PROTEÍNAS PROTEÍNAS FUNÇÃO BIOLÓGICA DAS PROTEÍNAS FUNÇÃO BIOLÓGICA DAS PROTEÍNAS 06/04/15

PROTEÍNAS PROTEÍNAS PROTEÍNAS FUNÇÃO BIOLÓGICA DAS PROTEÍNAS FUNÇÃO BIOLÓGICA DAS PROTEÍNAS 06/04/15 Macromoléculas mais abundantes do organismo - 50% do peso seco celular Constituídas de L-aa, de número, composição e seqüência variada Citocromo C humano -104 resíduos de aa Apolipoproteína B - 4536 resíduos

Leia mais

Ciência que estuda a química da vida (características dos seres vivos)

Ciência que estuda a química da vida (características dos seres vivos) Ciência que estuda a química da vida (características dos seres vivos) Características dos seres vivos 1 - Complexidade química e organização microscópica Elementos químicos comuns C, O, N, H e P Grande

Leia mais

25/08/2016 UNIDADE I AMINOÁCIDOS E PEPTÍDEOS. Proteínas são as macromoléculas mais abundantes nas células vivas.

25/08/2016 UNIDADE I AMINOÁCIDOS E PEPTÍDEOS. Proteínas são as macromoléculas mais abundantes nas células vivas. PROFA. DRA. MARIA ISAURA PEREIRA DE OLIVEIRA Oliveira_mip@yahoo.com.br UNIDADE I AMINOÁCIDOS E PEPTÍDEOS - Estrutura dos aminoácidos - Classificação dos aminoácidos - Propriedades ácidos/básicas dos aminoácidos

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Bioquímica Metabólica ENZIMAS

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Bioquímica Metabólica ENZIMAS Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Bioquímica Metabólica ENZIMAS Origem das proteínas e de suas estruturas Níveis de Estrutura Protéica Estrutura das proteínas Conformação

Leia mais

FFI0750 Biologia Molecular Estrutural

FFI0750 Biologia Molecular Estrutural Objetivos FFI0750 Biologia Molecular Estrutural Prof. Rafael V. C. Guido rvcguido@ifsc.usp.br Estrutura de proteínas Estrutura primária Estrutura secundária Estrutura terciária Estrutura quaternária Aula

Leia mais

DEFINIÇÕES EM EPIDEMIOLOGIA MOLECULAR E CONCEITOS BÁSICOS EM BIOLOGIA MOLECULAR

DEFINIÇÕES EM EPIDEMIOLOGIA MOLECULAR E CONCEITOS BÁSICOS EM BIOLOGIA MOLECULAR DEFINIÇÕES EM E DEFINIÇÕES EM E CONCEITOS BÁSICOS EM BIOLOGIA PARA QUE SERVE ESTA AULA 1. DEFINIÇÕES EM CONCEITUAÇÃO DE DIFERENCIAÇÃO ENTRE, TAXONOMIA E FILOGENIA 2. CONCEITOS EM BIOLOGIA APRESENTAR (REVER)

Leia mais

A síntese proteica envolve várias fases, que culminam na síntese de proteínas nos ribossomas, tendo como base a informação genética do DNA. Classifica

A síntese proteica envolve várias fases, que culminam na síntese de proteínas nos ribossomas, tendo como base a informação genética do DNA. Classifica BG 11 EPM 14/15 A síntese proteica envolve várias fases, que culminam na síntese de proteínas nos ribossomas, tendo como base a informação genética do DNA. Classifica como Verdadeira (V) ou Falsa (F) cada

Leia mais

BIOQUÍMICA I 1º ANO MESTRADO INTEGRADO MEDICINA

BIOQUÍMICA I 1º ANO MESTRADO INTEGRADO MEDICINA BIOQUÍMICA I 1º ANO MESTRADO INTEGRADO MEDICINA 2009 2010 Seminário Orientado 2 Métodos de identificação de biomoléculas e análise de proteínas Autoria Amélia Fernandes Ana Caetano Ana Padilha Ana Martins

Leia mais

MANUAL DA DISCIPLINA DE BIOQUÍMICA CURSO DE FISIOTERAPIA MÓDULO 1 ESTRUTURA DE BIOMOLÉCULAS

MANUAL DA DISCIPLINA DE BIOQUÍMICA CURSO DE FISIOTERAPIA MÓDULO 1 ESTRUTURA DE BIOMOLÉCULAS MANUAL DA DISCIPLINA DE BIOQUÍMICA CURSO DE FISIOTERAPIA 2017 MÓDULO 1 ESTRUTURA DE BIOMOLÉCULAS NOTA: Agradecemos ao Professor Bayardo B. Torres pelas sugestões valiosas para a compilação deste manual

Leia mais

Introdução aos aminoácidos

Introdução aos aminoácidos MÓDULO 2 - AULA 8 Aminoácidos não essenciais Aminoácidos essenciais Glicina 11355 mg Lisina 1958 mg Prolina 6808 mg Leucina 1569 mg Hidroxiprolina 5789 mg Valina 1223 mg Ácido Glutâmico 5065 mg Fenilalanina

Leia mais

Bioquímica Celular. LIVRO CITOLOGIA Capítulo 02 Itens 1 a 3 págs. 19 a 30. 3ª Série Profª Priscila F Binatto Fev/2013

Bioquímica Celular. LIVRO CITOLOGIA Capítulo 02 Itens 1 a 3 págs. 19 a 30. 3ª Série Profª Priscila F Binatto Fev/2013 Bioquímica Celular LIVRO CITOLOGIA Capítulo 02 Itens 1 a 3 págs. 19 a 30 3ª Série Profª Priscila F Binatto Fev/2013 Constituintes Bioquímicos da Célula Água e Minerais Carboidratos Lipídios Proteínas Ácidos

Leia mais

Aminoácido: um composto que contém tanto um grupo amino como um grupo carboxila

Aminoácido: um composto que contém tanto um grupo amino como um grupo carboxila Aminoácidos e Peptídios 1 Aminoácidos Aminoácido: um composto que contém tanto um grupo amino como um grupo carboxila aaminoácido: têm um grupo carboxila e um grupo amino ligados ao mesmo átomo de carbono

Leia mais

Lista de exercícios. Biofísica.

Lista de exercícios. Biofísica. Lista de exercícios. Biofísica. 1) Desenhe a estrutura química dos tripeptídeos (a) Ala-Leu-Phe, (b) Ser-Pro- Asn., (c) Met-Trp-Gly. (a) Ala-Leu-Phe O O + N 3 C C N C C N C C O C 3 O - C C 3 C 3 (b) Ser-Pro-Asn

Leia mais

DNA: Replicação e Transcrição. Professora: MSc Monyke Lucena

DNA: Replicação e Transcrição. Professora: MSc Monyke Lucena EXTRA, EXTRA Se a mãe for (DD) e o pai (D), nenhum dos descendentes será daltónico nem portador. Se a mãe (DD) e o pai for (d), nenhum dos descendentes será daltônico, porém as filhas serão portadoras

Leia mais

CARBOIDRATOS Classificação: De acordo com o número de moléculas em sua constituição temos: I- MONOSSACARÍDEOS ( CH 2 O) n n= varia de 3 a 7 Frutose Ga

CARBOIDRATOS Classificação: De acordo com o número de moléculas em sua constituição temos: I- MONOSSACARÍDEOS ( CH 2 O) n n= varia de 3 a 7 Frutose Ga CARBOIDRATOS Os carboidratos são as biomoléculas mais abundantes na natureza. Para muitos carboidratos, a fórmula geral é: [C(H2O)]n, daí o nome "carboidrato", ou "hidratos de carbono" -São moléculas que

Leia mais

Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS

Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS Nucleotídeos É a unidade formadora dos ácidos nucléicos: DNA e RNA. É composto por um radical fosfato, uma pentose (ribose RNA e desoxirribose DNA) e uma base nitrogenada

Leia mais

Grupo 14 - Ácidos Nucléicos: Nucleotídeos, DNA e RNA.

Grupo 14 - Ácidos Nucléicos: Nucleotídeos, DNA e RNA. Grupo 14 - Ácidos Nucléicos: Nucleotídeos, DNA e RNA. Andrés M Gonçalves de Jesus; Danilo Badaró; Diego Oliveira; Erica Saemi Miyasato; Fernando Pereira; Rodolfo M. de Aquino Ácidos nucleicos são biopolímeros,

Leia mais

A QUÍMICA DOS AMINOÁCIDOS E PEPTÍDEOS

A QUÍMICA DOS AMINOÁCIDOS E PEPTÍDEOS A QUÍMICA DOS AMINOÁCIDOS E PEPTÍDEOS META Introduzir o estudo do conhecimento das estruturas e das propriedades químicas dos aminoácidos e peptídeos. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: reconhecer

Leia mais

Professor Antônio Ruas

Professor Antônio Ruas Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Componente curricular: BIOLOGIA GERAL Aula 4 Professor Antônio Ruas 1. Temas: Macromoléculas celulares Produção

Leia mais

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo.

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo. Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo katiasgrillo@uesc.br São de grande interesse na área médica, principalmente para endocrinologia. Muitos dos principais hormônios são peptídeos e podem ser administrados

Leia mais

Aminoácidos AMINOÁCIDOS, PEPTÍDEOS E PROTEÍNAS. Universidade Federal de Mato Grosso Disciplina de Bioquímica H2N C COOH

Aminoácidos AMINOÁCIDOS, PEPTÍDEOS E PROTEÍNAS. Universidade Federal de Mato Grosso Disciplina de Bioquímica H2N C COOH 1 2 Universidade Federal de Mato Grosso Disciplina de Bioquímica AMINOÁCIDOS, PEPTÍDEOS E PROTEÍNAS Vagalume (fireflies) Prof. Ms. Reginaldo Vicente Ribeiro Eritrócitos Luciferina Rinoceronte Queratina

Leia mais

Química da Vida. Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

Química da Vida. Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Química da Vida Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Propriedades Atômicas Elementos e Compostos químicos; Alguns símbolos são derivados do latim Por Exemplo: o símbolo do sódio é Na, da palavra

Leia mais

Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS. Telmo Giani Fonte: Internet

Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS. Telmo Giani Fonte: Internet Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS Telmo Giani Fonte: Internet OS ÁCIDOS NUCLEICOS DNA Ácido fosfórico Desoxirribose Bases Púricas: A e G Bases Pirimídicas: C e T Dupla fita RNA Ácido fosfórico Ribose

Leia mais

Macromoléculas. Biologia IV Aula 2 Bioquímica Proteínas

Macromoléculas. Biologia IV Aula 2 Bioquímica Proteínas Biologia IV Aula 2 Bioquímica Proteínas Carla Silva Martins 08 de agosto de 2016 Macromoléculas Água Carboidratos Aminoácidos (proteínas/enzimas) Lipídeos Ácidos nucléicos (Biologia Molecular) 1 Introdução

Leia mais

TRABALHO DE BIOLOGIA QUÍMICA DA VIDA

TRABALHO DE BIOLOGIA QUÍMICA DA VIDA TRABALHO DE BIOLOGIA QUÍMICA DA VIDA Água Sais minerais Vitaminas Carboidratos Lipídios Proteínas Enzimas Ácidos Núcleos Arthur Renan Doebber, Eduardo Grehs Água A água é uma substância química composta

Leia mais

AMINOÁCIDOS.! São biomoléculas que apresentam na sua constituição as funções amina primária e ácido carboxílico NH2 I R - C - C = 0O I I H OH

AMINOÁCIDOS.! São biomoléculas que apresentam na sua constituição as funções amina primária e ácido carboxílico NH2 I R - C - C = 0O I I H OH Aminoácidos AMNOÁCDOS! São biomoléculas que apresentam na sua constituição as funções amina primária e ácido carboxílico radical R C-alfa N2 R - C - C = 0O O amina primária ácido carboxílico Aminoácidos

Leia mais

Nucleotídeos e Ácidos Nucleicos. Maiara Paparele dos Santos

Nucleotídeos e Ácidos Nucleicos. Maiara Paparele dos Santos Nucleotídeos e Ácidos Nucleicos Maiara Paparele dos Santos Conceito Ácidos nucleicos sequência de nucleotídeos o moedas energéticas; o Componentes de cofatores enzimáticos o DNA (ácido desoxirribonucleico)

Leia mais

Vamos iniciar o estudo da unidade fundamental que constitui todos os organismos vivos: a célula.

Vamos iniciar o estudo da unidade fundamental que constitui todos os organismos vivos: a célula. Aula 01 Composição química de uma célula O que é uma célula? Vamos iniciar o estudo da unidade fundamental que constitui todos os organismos vivos: a célula. Toda célula possui a capacidade de crescer,

Leia mais

Bioquímica Celular (parte II) Lipídios Proteínas Vitaminas Ácidos Nucléicos

Bioquímica Celular (parte II) Lipídios Proteínas Vitaminas Ácidos Nucléicos Bioquímica Celular (parte II) Lipídios Proteínas Vitaminas Ácidos Nucléicos Lipídios Possuem função energética e estrutural. 2ª fonte de energia do organismo. Apresentam maior quantidade de energia que

Leia mais

Todos tem uma grande importância para o organismo.

Todos tem uma grande importância para o organismo. A Química da Vida ÁGUA A água é um composto químico formado por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio. Sua fórmula química é H2O. A água pura não possui cheiro nem cor. Ela pode ser transformada em

Leia mais

Enzimas. As enzimas são proteínas com exceção de um pequeno grupo de moléculas de RNA que tem ação catalítica.

Enzimas. As enzimas são proteínas com exceção de um pequeno grupo de moléculas de RNA que tem ação catalítica. Enzimas As enzimas são proteínas com exceção de um pequeno grupo de moléculas de RNA que tem ação catalítica. Diferem dos catalisadores comuns em vários aspectos Velocidades de reações catalisadas por

Leia mais

Estrutura Geral dos α-aminoácidos.

Estrutura Geral dos α-aminoácidos. Estrutura Geral dos α-aminoácidos. Os aminoácidos podem ser classificados pelos seus grupos R POLARES APOLARES Peptídios Os peptídios são polímeros de aminoácidos. Duas moléculas de aminoácidos podem

Leia mais

Professor Antônio Ruas

Professor Antônio Ruas Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Componente curricular: BIOLOGIA GERAL Aula 4 Professor Antônio Ruas 1. Temas: Macromoléculas celulares Produção

Leia mais

03/01/2016. Proteína INTRODUÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA RIO GRANDE DO NORTE CADEIA PROTÉICA FUNÇÕES FUNÇÕES BIOLÓGICAS

03/01/2016. Proteína INTRODUÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA RIO GRANDE DO NORTE CADEIA PROTÉICA FUNÇÕES FUNÇÕES BIOLÓGICAS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA RIO GRANDE DO NORTE Disciplina: Química e Bioquímica de Alimentos Componentes principais Proteína INTRODUÇÃO Proteínas Macromoléculas compostas de vários

Leia mais

O processo da Expressão Gênica

O processo da Expressão Gênica Coordenadoria de Educação e Difusão de Ciências Rua 9 de Julho, 1205 - São Carlos - São Paulo e-mail: cbme@if.sc.usp.br- Telefone: (16) 3373-9159 http://cbme.ifsc.usp.br http://cbme.usp.br O processo da

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS CADEIAS ORGÂNICAS

CLASSIFICAÇÃO DAS CADEIAS ORGÂNICAS Os compostos de carbono são centrais para a vida em nosso planeta, incluindo-se desde o DNA - as moléculas helicoidais gigantes que contêm toda a informação genética até o metano, que contém um único átomo

Leia mais

EXERCÍCIOS DE MONITORIA 2º PERÍODO AGOSTO BIOLOGIA RECUP. PARCIAL

EXERCÍCIOS DE MONITORIA 2º PERÍODO AGOSTO BIOLOGIA RECUP. PARCIAL 1ª série Ens. Médio 1. A figura a seguir refere-se à hereditariedade: a) EXERCÍCIOS DE MONITORIA 2º PERÍODO AGOSTO BIOLOGIA RECUP. PARCIAL b) Explique de que forma a molécula de DNA atua no fenômeno da

Leia mais

Estrutura e Função de proteínas. Continua...

Estrutura e Função de proteínas. Continua... Estrutura e Função de proteínas Continua... Estrutura Quaternária Descreve o número e as posições relativas das subunidades nas proteínas multiméricas; O nível + alto da estrutura são os arranjos macromoleculares...

Leia mais

RESPOSTAS DAS TAREFAS 2ª SÉRIE. Química - Setor A. Aulas 43 e 44. Aula 43. Aula 44 ENSINO MÉDIO 1. D 2. C

RESPOSTAS DAS TAREFAS 2ª SÉRIE. Química - Setor A. Aulas 43 e 44. Aula 43. Aula 44 ENSINO MÉDIO 1. D 2. C ESI MÉDI RESPSTAS DAS TAREFAS 2ª SÉRIE 16 Química - Setor A Aulas 43 e 44 Aula 43 1. D 2. 3. a) idrólise alcalina ou saponificação b) Sais de ácidos carboxílicos Aula 44 1. A interação intermolecular que

Leia mais

Química E Extensivo V. 5

Química E Extensivo V. 5 Química E Extensivo V. 5 Exercícios 01) a) b) 02) F V V F a) Errada. Existem séries homólogas em qualquer função. b) Certa. Na série homóloga, cada membro tem um CH 2 a mais. Massa molecular: 14µ. c) Certa.

Leia mais

Transporte através de membranas celulares. Tipos de transporte. Exemplos. Importância

Transporte através de membranas celulares. Tipos de transporte. Exemplos. Importância Transporte através de membranas celulares Tipos de transporte Exemplos Importância Transporte através de membranas celulares (32 D) (44 D) Bicamada lipídica é permeável a gases e moléculas apolares e polares

Leia mais

Membrana Celular (Membrana Plasmática)

Membrana Celular (Membrana Plasmática) Partes da Célula: Membrana Celular (Membrana Plasmática) Citoplasma - citosol - organelas (compartimentalização funcional) Núcleo A Membrana Plasmática: estrutura geral O Modelo do Mosaico Fluido A Membrana

Leia mais

Tradução. 3 tipos de RNA estao envolvidos no processo da traducao:

Tradução. 3 tipos de RNA estao envolvidos no processo da traducao: Tradução Tradução: refere-se a todo o processo pelo qual a sequência de bases de um mrna é usada como molde para unir aminoácidos para a formação de uma proteína. O DNA guarda as informações para a síntese

Leia mais

Como são os lipídios?

Como são os lipídios? Texto retirado na íntegra: http://www.sobiologia.com.br/conteudos/quimica_vida/quimica3.php Como são os lipídios? Os lipídios são compostos orgânicos insolúveis em água. Dissolvem-se bem em solventes orgânicos

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Curso: Nutrição Disciplina: Bioquímica DRT: Professor(es): José Alves Rocha Filho 1131860 Carga horária: 4 horas aula (2 teóricas 2 práticas)/semana

Leia mais

Figura 1. Exemplo da estrutura de um nucleotídeo

Figura 1. Exemplo da estrutura de um nucleotídeo 2 - ÁCIDOS NUCLÉICOS Na natureza há dois tipos de ácidos nucléicos: DNA ou ácido desoxirribonucléico e RNA ou ácido ribonucléico. Analogamente a um sistema de comunicação, essas informações são mantidas

Leia mais

Biomoléculas. Nota: Polímero macromolécula constituída por um grande número de unidades moleculares simples, baixo peso molecular (monómeros).

Biomoléculas. Nota: Polímero macromolécula constituída por um grande número de unidades moleculares simples, baixo peso molecular (monómeros). Biomoléculas Todos os seres vivos são constituídos por moléculas orgânicas de grandes dimensões macromoléculas. Estas são formadas por um número relativamente reduzido de elementos químicos, principalmente

Leia mais

Tipos de Dados Biológicos e Multimídia

Tipos de Dados Biológicos e Multimídia Tipos de Dados Biológicos e Multimídia Arthur Emanuel de O. Carosia Felipe Alves da Louza Luana Peixoto Annibal 1 Dados Biológicos São dados ou medidas coletadas a partir de fontes biológicas São geralmente

Leia mais

BIOQUÍMICA GERAL. Prof. Dr. Franciscleudo B. Costa UATA/CCTA/UFCG. Aula 4 Aminoácidos. Origem dos aminoácidos. Estrutura Química Geral

BIOQUÍMICA GERAL. Prof. Dr. Franciscleudo B. Costa UATA/CCTA/UFCG. Aula 4 Aminoácidos. Origem dos aminoácidos. Estrutura Química Geral Universidade Federal de Campina Grande Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar Unidade Acadêmica de Tecnologia de Alimentos BIOQUÍMICA GERAL FRANCISCLEUDO BEZERRA DA COSTA PROFESSOR Câmpus de Pombal

Leia mais

Pr P o r f o a f Al A essan a d n r d a r a B ar a o r n o e n

Pr P o r f o a f Al A essan a d n r d a r a B ar a o r n o e n Profa Alessandra Barone www.profbio.com.br Metabolismo Conjunto de reações realizadas a partir da transformação de substâncias com a finalidade de suprimento de energia, renovação de moléculas e manutenção

Leia mais

Aula 1 Enzimas são Proteínas Globulares

Aula 1 Enzimas são Proteínas Globulares Aula 1 Enzimas são Proteínas Globulares Já existem 4.725 enzimas conhecidas, distribuídas em grupos de acordo com suas características catalíticas, como veremos na aula 2. Apesar de bem conhecidas atualmente,

Leia mais

Introdução à Bioquímica

Introdução à Bioquímica Introdução à Bioquímica Nucleotídeos e Ácidos Nucléicos Dra. Fernanda Canduri Laboratório de Sistemas BioMoleculares. Departamento de Física.. UNESP São José do Rio Preto - SP. Tópicos! Estrutura e função

Leia mais