ENAIQ 2/12/2016. Petrobras e perspectivas para 2017

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENAIQ 2/12/2016. Petrobras e perspectivas para 2017"

Transcrição

1 ENAIQ 2/12/2016 Petrobras e perspectivas para 2017

2 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da companhia sobre condições futuras da economia, além do setor de atuação, do desempenho e dos resultados financeiros da companhia, dentre outros. Os termos antecipa", "acredita", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "projeta", "objetiva e "deverá", bem como outros similares, visam a identificar tais previsões, as quais, evidentemente, envolvem riscos e incertezas previstos ou não pela companhia e, consequentemente, não são garantias de resultados futuros da companhia. Portanto, os resultados futuros das operações da companhia podem diferir das atuais expectativas e o leitor não deve se basear, exclusivamente, nas informações aqui contidas. A companhia não se obriga a atualizar as apresentações e previsões à luz de novas informações ou de seus desdobramentos futuros. Os valores informados para de 2016 em diante são estimativas ou metas. Adicionalmente, esta apresentação contém alguns indicadores financeiros que não são reconhecidos pelo BR GAAP ou pelo IFRS. Esses indicadores não possuem significados padronizados e podem não ser comparáveis a indicadores com descrição similar utilizados por outras companhias. Nós fornecemos esses indicadores porque os utilizamos como medidas de performance da companhia. Eles não devem ser considerados de forma isolada ou como substitutos de outras métricas financeiras que tenham sido divulgadas em acordo com o BR GAAP ou o IFRS. Aviso aos investidores norte-americanos: A SEC somente permite que as companhias de óleo e gás incluam em seus relatórios arquivados reservas provadas comprovadas por produção ou testes de formação conclusivos viáveis econômica e legalmente nas condições econômicas e operacionais vigentes. Utilizamos alguns termos nesta apresentação, tais como descobertas, os quais as orientações da SEC nos proíbem de usar em nossos relatórios arquivados. 2

3 CONTEXTO DA INDÚSTRIA 3

4 Onde estamos Incertezas na economia mundial Eleição de Donald Trump e consequente alteração na política externa dos EUA Política monetária do FED Baixo crescimento econômico mundial Indústria do Petróleo Mudança no cenário competitivo: shale oil/gas Otimização de portfólio e adequação do efetivo Redução dos custos operacionais e dos investimentos Disciplina de capital e financeira 4

5 Contexto brasileiro Cenário econômico desafiante Desequilíbrio fiscal persistente Recessão profunda e prolongada Desemprego elevado Lava-jato Programa de Parcerias de Investimentos do governo federal 5

6 Contexto Petrobras Endividamento alto, com concentração de vencimentos Custos elevados de carregamento da dívida Marco regulatório desafiador Política de Conteúdo Local Mudanças frequentes de natureza estrutural (unificação de campos e criação/elevação de tributos) Disputas judiciais 6

7 Excesso de oferta suscitou a redução dos preços de petróleo Balanço Oferta e Demanda ( Mil bpd) Histórico do Brent ( ) (US$/bbl) Déficit Médio: 0.1 Mil bpd Superávit Médio: 1.4 Mil bpd 140 2, ,4 1,9 1,8 1,6 1,2 1, ,6 0,1 0,6 0,3 0,4 0,2 0,4 60-0,8-0,9-0,6-0,5-0, Q 2016 Source: U.S. Energy Information Administration Source: Bloomberg. Data as of 10/21/2016 7

8 US$ por barril produzido E forçou a indústria a se adaptar, diminuindo investimentos e custos $ B Investimentos Globais no E&P ( ) (US$ bilhões) -25% -24% Other Outras Expenses Despesas Production Despesas de Expenses Produção Exploration Custos de Exploração Costs Custos da Indústria (US$/boe) Tributos sem Imposto nos Taxes Other than Income lucros Custos de Development Costs Desenvolvimento Source: IEA - World Energy Investment 2016 Source: IHS Markit 8

9 A situação financeira da Petrobras reforça a necessidade de adaptação ao novo contexto Elevação do endividamento x geração operacional (US$ bilhões) Dívida líquida / EBITDA , Jan- Sep Q16 Geração Operacional Dívida Bruta 9

10 Ainda mais com juros e custos de captação tão altos Pagamento de juros Custo de captação em 5 anos Pagamento de juros (US$ bilhões) Custo de captação (% ao ano) 8,5% 8,6% 7 4,0% 3,6% 3,1% 4,9% 6, , , Grau especulativo Grau de investimento Grau especulativo 10

11 NOSSA VISÃO DE FUTURO (PE/PNG ) 11

12 NOSSA VISÃO Uma empresa integrada de energia com foco em óleo e gás que evolui com a sociedade, gera alto valor e tem capacidade técnica única 12

13 Principais métricas do Plano Estratégico (PE) e do Plano de Negócios e Gestão (PNG) SEGURANÇA FINANCEIRA Redução de 36% da Taxa de Acidentados Registráveis (TAR*) Redução da ALAVANCAGEM Dívida Líquida/EBITDA DE 2,2 em 2015 PARA 1,4 em 2018 DE 5,3 em 2015 PARA 2,5 até 2018 * TAR = Taxa de Acidentados Registráveis por milhão de homens-hora 13

14 Pilar da receita: nova política de preços de diesel e gasolina Paridade de Importação Margem e Risco Tributos (CIDE, PIS e COFINS, ICMS) Preço na Refinaria Nota: Grupo Executivo de Preço e Mercado formado pelo CEO, CFO e Diretor de Refino e Gás Natural

15 Pilar das Parcerias e Desinvestimentos Valor em US$ bilhões Benefícios das parcerias 15,1 19,5 Compartilhamento de riscos Desoneração de investimentos Aumento da capacidade de investimento na cadeia Intercâmbio tecnológico Fortalecimento da governança corporativa O programa de parcerias e desinvestimentos da Petrobras alavanca investimentos adicionais que podem superar US$ 40 bilhões* nos próximos 10 anos. Fonte: Petrobras *Não considera investimentos de fornecedores no aumento da capacidade produtiva 15

16 Pilar da eficiência dos gastos Gastos operacionais gerenciáveis (US$ bilhões) % 10% % 53% E&P RGN Demais áreas PNG Estimativa PNG Fonte: Petrobras 13

17 Pilar da otimização dos investimentos Comparativo de investimentos totais (US$ bilhões) -25% 98,4 100,00 90,00 80,00 70,00 60,00 50,00 40,00 30,00 20,00 10,00 0,00 2% 17% 81% PNG (revisão JAN 2016) 1% 17% 82% PNG ,1 Capex 2017 US$ 19,2 bilhões Exploração e Produção (E&P) Refino e Gás Natural (RGN) Demais áreas Fonte: Petrobras 17

18 Grandes temas das iniciativas 21 estratégias 72 iniciativas Fortalecimento da cultura de segurança Reforço à prevenção contra a corrupção Gestão de desempenho baseada em meritocracia Melhoria do processo decisório Implantação do Orçamento Base Zero Fortalecimento dos Controles Internos Aprimoramento da gestão de riscos 18

19 Estratégias na área de produtos químicos Otimizar o portfólio de negócios, saindo integralmente das atividades de produção de biocombustíveis, distribuição de GLP, produção de fertilizantes e das participações em petroquímica, preservando competências tecnológicas em áreas com potencial de desenvolvimento Uma empresa integrada de energia com foco em óleo e gás que evolui com a sociedade, gera alto valor e tem capacidade técnica única Garantir constante desenvolvimento de competências tecnológicas em áreas com potencial de desenvolvimento, fortalecendo o desempenho do negócio atual e abrindo opções para atuação competitiva em tecnologias de baixo carbono, energias renováveis e integração refino-petroquímica Diretriz para o futuro Buscaremos usos alternativos de maior valor agregado para o petróleo, incluindo a integração refinopetroquímica 19

20 Principais riscos* Mudanças relevantes nas condições do mercado Parceria e desinvestimento abaixo do previsto Os riscos contam com responsáveis e/ou iniciativas para mitigação Disputas judiciais Renegociação da Cessão Onerosa Impacto de Conteúdo Local nos custos e prazos dos projetos Atraso na construção de plataformas Custos dos investimentos acima do previsto *Estes riscos não são exaustivos

21 ENAIQ 2/12/2016 Petrobras e perspectivas para 2017

A mudança da regra de exploração do pré-sal e as perspectivas para a Indústria. 18 de outubro de 2016

A mudança da regra de exploração do pré-sal e as perspectivas para a Indústria. 18 de outubro de 2016 A mudança da regra de exploração do pré-sal e as perspectivas para a Indústria 18 de outubro de 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem

Leia mais

Petrobras, mercado de combustíveis e mudança climática Pedro Parente

Petrobras, mercado de combustíveis e mudança climática Pedro Parente Petrobras, mercado de combustíveis e mudança climática Pedro Parente Novembro 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre 2016 Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Teleconferência / Webcast 13 de Maio de 2016

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Teleconferência / Webcast 13 de Maio de 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre 2016 Teleconferência / Webcast 13 de Maio de 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1T17

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1T17 Clique para editar o título mestre Clique para editar o texto mestre DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS Clique para editar o texto mestre Teleconferência / Webcast 12 de Maio de 2017 Avisos Estas apresentações podem

Leia mais

mestre Clique para editar o texto Apresentação para Imprensa 29 de Junho de 2015 Clique para editar o texto mestre

mestre Clique para editar o texto Apresentação para Imprensa 29 de Junho de 2015 Clique para editar o texto mestre Clique Plano de para Negócios editar e o Gestão título mestre 2015-2019 Clique para editar o texto mestre Clique para editar o texto mestre Apresentação para Imprensa 29 de Junho de 2015 AVISOS Clique

Leia mais

Oportunidades de investimentos do setor no País. Isabela M. C. da Rocha Gerente Executiva de Relacionamento com Investidores da Petrobras

Oportunidades de investimentos do setor no País. Isabela M. C. da Rocha Gerente Executiva de Relacionamento com Investidores da Petrobras Oportunidades de investimentos do setor no País Isabela M. C. da Rocha Gerente Executiva de Relacionamento com Investidores da Petrobras Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º trimestre de Teleconferência / Webcast 18 de Maio de 2015

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º trimestre de Teleconferência / Webcast 18 de Maio de 2015 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º trimestre de 2015 Teleconferência / Webcast 18 de Maio de 2015 1 AVISOS Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas

Leia mais

Plano Estratégico e Plano de Negócios e Gestão

Plano Estratégico e Plano de Negócios e Gestão Plano Estratégico e Plano de Negócios e Gestão 2017-2021 Rio de Janeiro, 20 de setembro de 2016 Petróleo Brasileiro S.A. Petrobras informa que seu Conselho de Administração aprovou, em reunião realizada

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS Exercício de de Abril de 2015

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS Exercício de de Abril de 2015 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS Exercício de 2014 22 de Abril de 2015 AVISOS Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4º Trimestre 2015 e Exercício Apresentação para Imprensa 21 de Março de 2016

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4º Trimestre 2015 e Exercício Apresentação para Imprensa 21 de Março de 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4º Trimestre e Exercício Apresentação para Imprensa 21 de Março de 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas

Leia mais

José Sergio Gabrielli de Azevedo Diretor Financeiro e de Relacionamento com Investidores. Julho de 2004

José Sergio Gabrielli de Azevedo Diretor Financeiro e de Relacionamento com Investidores. Julho de 2004 José Sergio Gabrielli de Azevedo Diretor Financeiro e de Relacionamento com Investidores Julho de 2004 As apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas

Leia mais

Monitoramento Estratégico e Plano de Negócios e Gestão

Monitoramento Estratégico e Plano de Negócios e Gestão Monitoramento Estratégico e Plano de Negócios e Gestão 2018-2022 Rio de Janeiro, 21 de dezembro de 2017 Petróleo Brasileiro S.A. Petrobras informa que seu Conselho de Administração aprovou, em reunião

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T17

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T17 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS Clique para editar o título Clique para editar o texto Coletiva de Imprensa 10 de Agosto de 2017 Clique para editar o texto Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca

Leia mais

Plano de Negócios e Gestão de Agosto de 2012

Plano de Negócios e Gestão de Agosto de 2012 Plano de Negócios e Gestão 2012 2016 29 de Agosto de 2012 AVISO Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2016 / 4T Clique para editar o título mestre Clique para editar o texto mestre. Clique para editar o texto mestre

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2016 / 4T Clique para editar o título mestre Clique para editar o texto mestre. Clique para editar o texto mestre DIVULGAÇÃO Clique para editar o título mestre Clique para editar o texto mestre DE RESULTADOS / 4T Clique para editar o texto mestre Coletiva de Imprensa 21 de Março de 2017 Avisos Estas apresentações

Leia mais

Conferência Telefônica / Webcast. Modelo Regulatório de Exploração e Produção Pré-sal e áreas estratégicas. José Sergio Gabrielli Presidente

Conferência Telefônica / Webcast. Modelo Regulatório de Exploração e Produção Pré-sal e áreas estratégicas. José Sergio Gabrielli Presidente Conferência Telefônica / Webcast Modelo Regulatório de Exploração e Produção Pré-sal e áreas estratégicas José Sergio Gabrielli Presidente 1 AVISO As apresentações podem conter previsões acerca de eventos

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3T17

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3T17 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3T17 Clique para editar o título mestre Clique para editar o texto mestre Teleconferência / Webcast 14 de Novembro de 2017 Clique para editar o texto mestre Avisos Estas apresentações

Leia mais

Petrobras: perspectivas e desafios. Pedro Parente LIDE 26/06/2017

Petrobras: perspectivas e desafios. Pedro Parente LIDE 26/06/2017 Petrobras: perspectivas e desafios Pedro Parente LIDE 26/06/2017 Até 2015, houve crescimento da dívida, muito acima do nível da indústria Petrobras Dívida bruta e geração operacional de caixa (US$ bilhões)

Leia mais

O Sistema Tecnológico da PETROBRAS

O Sistema Tecnológico da PETROBRAS O Sistema Tecnológico da PETROBRAS José Roberto Fagundes Netto Gerente Geral de P&D em Geoengenharia e Engenharia de Poço do CENPES Rio de Janeiro, 29 de maio de 2014 Aviso As apresentações podem conter

Leia mais

O Sistema Tecnológico da PETROBRAS

O Sistema Tecnológico da PETROBRAS O Sistema Tecnológico da PETROBRAS José Roberto Fagundes Netto Gerente Geral de P&D em Geoengenharia e Engenharia de Poço do CENPES Rio de Janeiro, 29 de maio de 2014 Aviso As apresentações podem conter

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO PLANO DE NEGÓCIOS E GESTÃO Setembro 2016

PLANO ESTRATÉGICO PLANO DE NEGÓCIOS E GESTÃO Setembro 2016 PLANO ESTRATÉGICO PLANO DE NEGÓCIOS E GESTÃO 2017-2021 Setembro 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores

Leia mais

Desafios e Oportunidades do Setor de Petróleo e Gás Natural na próxima década

Desafios e Oportunidades do Setor de Petróleo e Gás Natural na próxima década Desafios e Oportunidades do Setor de Petróleo e Gás Natural na próxima década Roberto Gonçalves Gerente Executivo da Engenharia da Petrobras 8º Encontro Nacional do Prominp 23 de Novembro-São Luis, MA

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4º Trimestre 2015 e Exercício Teleconferência / Webcast 22 de Março de 2016

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4º Trimestre 2015 e Exercício Teleconferência / Webcast 22 de Março de 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4º Trimestre e Exercício Teleconferência / Webcast 22 de Março de 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas

Leia mais

Estratégia de Inovação e Tecnologia da Petrobras

Estratégia de Inovação e Tecnologia da Petrobras Estratégia de Inovação e Tecnologia da Petrobras Rio de Janeiro, 20 de abril de 2012 Carlos Tadeu da Costa Fraga Gerente Executivo de Pesquisas e Desenvolvimento Aviso As apresentações podem conter previsões

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA INDÚSTRIA DE REFINO NO BRASIL

PERSPECTIVAS PARA INDÚSTRIA DE REFINO NO BRASIL PERSPECTIVAS PARA INDÚSTRIA DE REFINO NO BRASIL Jorge Celestino Diretor Executivo de Refino e Gás Natural 24.10.2016 Transformações na indústria do petróleo mundial Mudança no cenário competitivo: shale

Leia mais

8º Encontro Nacional do PROMINP

8º Encontro Nacional do PROMINP 8º Encontro Nacional do PROMINP Demandas de Bens & Serviços para a operação dos projetos de Abastecimento PETROBRAS Abastecimento São Luís, 23/11/2011 1 AVISO As apresentações podem conter previsões acerca

Leia mais

Plano Estratégico Petrobras 2020 e Plano de Negócios

Plano Estratégico Petrobras 2020 e Plano de Negócios PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. PETROBRAS Companhia Aberta FATO RELEVANTE Plano Estratégico Petrobras 2020 e Plano de Negócios 2008 2012 Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2007 PETRÓLEO BRASILEIRO S/A PETROBRAS,

Leia mais

José Sergio Gabrielli Presidente. 24 de Agosto de 2011

José Sergio Gabrielli Presidente. 24 de Agosto de 2011 José Sergio Gabrielli Presidente 24 de Agosto de 2011 1 AVISO Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia

Leia mais

Petrobras (PETR4) Comprar: PETR4

Petrobras (PETR4) Comprar: PETR4 21 de setembro de 2016 Petrobras (PETR4) Comprar: PETR4 O Plano Estratégico e Plano de Negócios e Gestão 2017 2021 anunciado ontem veio em grande parte dentro da expectativa do mercado: (i) redução da

Leia mais

Divulgação de Resultados

Divulgação de Resultados Divulgação de Resultados 2º trimestre de 2010 (legislação societária) 13 de agosto de 2010 Conferência com a Imprensa Almir Guilherme Barbassa Diretor Financeiro e de Relações com Investidores 1 AVISO

Leia mais

A nova gestão na Petrobras Pedro Parente

A nova gestão na Petrobras Pedro Parente A nova gestão na Petrobras Pedro Parente Presidente da Petrobras Lição que aprendi com um CEO de uma grande empresa americana... Três coisas que um líder de qualquer organização deveria saber: 1) Onde

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3º Trimestre 2016

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3º Trimestre 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3º Trimestre 2016 Clique para editar o título Teleconferência / Webcast mestre 11 de Novembro de 2016 Clique para editar o texto mestre Clique para editar o texto mestre Avisos

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3º Trimestre 2016

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3º Trimestre 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3º Trimestre 2016 Clique para editar o título Coletiva de Imprensa mestre 10 de Novembro de 2016 Clique para editar o texto mestre Clique para editar o texto mestre Avisos Estas

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO PLANO DE NEGÓCIOS E GESTÃO Setembro 2016

PLANO ESTRATÉGICO PLANO DE NEGÓCIOS E GESTÃO Setembro 2016 PLANO ESTRATÉGICO PLANO DE NEGÓCIOS E GESTÃO 2017-2021 Setembro 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores

Leia mais

MEC SHOW 2017 Conferência panorama atual e expectativas reais do setor offshore no Brasil

MEC SHOW 2017 Conferência panorama atual e expectativas reais do setor offshore no Brasil MEC SHOW 2017 Conferência panorama atual e expectativas reais do setor offshore no Brasil Investimentos previstos pela Petrobras no segmento offshore 18/07/2017 AGENDA A Unidade de Operações de Exploração

Leia mais

Petrobras Café da Manhã com Analistas

Petrobras Café da Manhã com Analistas Petrobras Café da Manhã com Analistas São Paulo, 10 de Junho de 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores

Leia mais

Resultados Financeiros e Operacionais. 1º Trimestre de 2003

Resultados Financeiros e Operacionais. 1º Trimestre de 2003 Resultados Financeiros e Operacionais 1º Trimestre de 2003 Abril - 2003 Agenda Tendências Desafios Consórcio Brasil Celular Programa de Relacionamento Resultados Financeiros e Operacionais Amazônia Celular

Leia mais

ESTADO, PETROBRÁS E SETOR DE PETRÓLEO E GÁS NO BRASIL: diretrizes para reconstrução da soberania nacional

ESTADO, PETROBRÁS E SETOR DE PETRÓLEO E GÁS NO BRASIL: diretrizes para reconstrução da soberania nacional ESTADO, PETROBRÁS E SETOR DE PETRÓLEO E GÁS NO BRASIL: diretrizes para reconstrução da soberania nacional GEEP Grupo de Estudos Estratégicos e Propostas para o Setor de Óleo e Gás Rio de Janeiro, 19 de

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO PLANO DE NEGÓCIOS E GESTÃO Setembro 2016

PLANO ESTRATÉGICO PLANO DE NEGÓCIOS E GESTÃO Setembro 2016 PLANO ESTRATÉGICO PLANO DE NEGÓCIOS E GESTÃO 2017-2021 Setembro 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores

Leia mais

Petrobras: transformações e desafios. Pedro Parente 22/06/2017

Petrobras: transformações e desafios. Pedro Parente 22/06/2017 Petrobras: transformações e desafios Pedro Parente 22/06/2017 Até 2015, houve crescimento da dívida, muito acima do nível da indústria Petrobras Dívida bruta e geração operacional de caixa (US$ bilhões)

Leia mais

Petrobras Visão Geral

Petrobras Visão Geral Petrobras Visão Geral Fevereiro, 2017 PLANO ESTRATÉGICO PLANO DE NEGÓCIOS E GESTÃO 2017-2021 Fevereiro 2017 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2º Trimestre de Teleconferência / Webcast 11 de Agosto de 2014

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2º Trimestre de Teleconferência / Webcast 11 de Agosto de 2014 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2º Trimestre de 2014 Teleconferência / Webcast 11 de Agosto de 2014 AVISOS Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T09

Teleconferência de Resultados 2T09 Teleconferência de Resultados 2T09 Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas refletem as metas e as expectativas

Leia mais

Teleconferência Resultados 1T13. Relações com Investidores São Paulo, 13 de Maio de 2013

Teleconferência Resultados 1T13. Relações com Investidores São Paulo, 13 de Maio de 2013 Teleconferência Resultados 1T13 Relações com Investidores São Paulo, 13 de Maio de 2013 Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas

Leia mais

Os Investimentos da Petrobras e o Desenvolvimento Econômico

Os Investimentos da Petrobras e o Desenvolvimento Econômico Os Investimentos da Petrobras e o Desenvolvimento Econômico Seminário UM BRASIL QUE CRESCE JORNAL O DIA E PETROBRAS José Sergio Gabrielli de Azevedo Presidente 30 de janeiro de 2007 1 Aviso PETROBRAS As

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15

Teleconferência de Resultados 1T15 Teleconferência de Resultados 1T15 Relações com Investidores São Paulo, 08 de maio de 2015 Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T06 e José Carlos Grubisich Carlos Fadigas

Teleconferência de Resultados 4T06 e José Carlos Grubisich Carlos Fadigas Teleconferência de Resultados e 2006 José Carlos Grubisich Carlos Fadigas Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos,

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T17

Teleconferência de Resultados 1T17 Teleconferência de Resultados 1T17 André B. Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Harley Lorentz Scardoelli Vice-Presidente Executivo de Finanças (CFO) A joint venture Gerdau Summit inicia operações

Leia mais

Geopolítica do Petróleo, Petrobras e Pré Sal. Brasil aumenta a importância no Mundo

Geopolítica do Petróleo, Petrobras e Pré Sal. Brasil aumenta a importância no Mundo Geopolítica do Petróleo, Petrobras e Pré Sal Brasil aumenta a importância no Mundo Sumário Curto Prazo Preços do Petróleo Papel da OPEP Longo Prazo Papel do petróleo e gás Mudanças na Demanda Petrobras

Leia mais

Perspectiva sobre a precificação futura da Nafta. Novembro 2008

Perspectiva sobre a precificação futura da Nafta. Novembro 2008 Perspectiva sobre a precificação futura da Nafta Novembro 2008 Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas

Leia mais

1º Trimestre de 2016 Resultados Tupy

1º Trimestre de 2016 Resultados Tupy 1º Trimestre de 2016 Resultados Tupy São Paulo, 12 de maio de 2016 1 DISCLAIMER Esta Apresentação pode conter declarações prospectivas, as quais estão sujeitas a riscos e incertezas, pois foram baseadas

Leia mais

Lucro líquido do primeiro semestre alcançou R$ 16 bilhões 21 milhões

Lucro líquido do primeiro semestre alcançou R$ 16 bilhões 21 milhões Nota à Imprensa 13 de agosto de 2010 Lucro líquido do primeiro semestre alcançou R$ 16 bilhões 21 milhões Aumento foi de 11% sobre o 1º semestre de 2009, principalmente devido ao aumento da cotação do

Leia mais

A Financiabilidade do Plano de Negócios e Gestão da Petrobras. Almir Guilherme Barbassa Diretor Financeiro e de Relações com Investidores

A Financiabilidade do Plano de Negócios e Gestão da Petrobras. Almir Guilherme Barbassa Diretor Financeiro e de Relações com Investidores A Financiabilidade do Plano de Negócios e Gestão 2013-2017 da Petrobras Almir Guilherme Barbassa Diretor Financeiro e de Relações com Investidores 20 de Agosto de 2013 1 Aviso Estas apresentações podem

Leia mais

A indústria do petróleo: Possibilidades de maior contribuição da iniciativa privada para a exploração e produção de áreas do Pré-Sal

A indústria do petróleo: Possibilidades de maior contribuição da iniciativa privada para a exploração e produção de áreas do Pré-Sal A indústria do petróleo: Possibilidades de maior contribuição da iniciativa privada para a exploração e produção de áreas do Pré-Sal Prof. Edmar de Almeida Grupo de Economia de Energia Instituto de Economia

Leia mais

ULTRAPAR. ULTRAPAR Aquisição da Shell Gás - Ago/03

ULTRAPAR. ULTRAPAR Aquisição da Shell Gás - Ago/03 ULTRAPAR ULTRAPAR Aquisição da Shell Gás - Ago/03 Este documento pode conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia. Palavras

Leia mais

Excedentes da Cessão Onerosa

Excedentes da Cessão Onerosa Excedentes da Cessão Onerosa DESDOBRAMENTOS DA REUNIÃO DO CNPE Rio de Janeiro, 24 de junho de 2014 Informações preliminares Cessão Onerosa Através da Cessão Onerosa a Petrobras adquiriu os direitos para

Leia mais

Avisos. Aviso aos investidores norte-americanos

Avisos. Aviso aos investidores norte-americanos Avisos Esta apresentação pode conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da companhia sobre condições futuras da economia, além do setor

Leia mais

3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy

3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy 3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy São Paulo, 13 de novembro de 2015 1 DISCLAIMER Esta Apresentação pode conter declarações prospectivas, as quais estão sujeitas a riscos e incertezas, pois foram baseadas

Leia mais

A NOVA GOVERNANÇA A experiência da Petrobras. Pedro Parente Instituto Millenium 31/05/2017

A NOVA GOVERNANÇA A experiência da Petrobras. Pedro Parente Instituto Millenium 31/05/2017 A NOVA GOVERNANÇA A experiência da Petrobras Pedro Parente Instituto Millenium 31/05/2017 ÍNDICE 1 A agenda de transformação da Petrobras o PNG o Resultados 1T2017 2 Governança o Aprimoramento da governança

Leia mais

Divulgação de Resultados do 1T10 07 de maio de 2010

Divulgação de Resultados do 1T10 07 de maio de 2010 Divulgação de Resultados do 07 de maio de 2010 Divulgação de Resultados Comentários de abertura Rubens Menin 2 Divulgação de Resultados Destaques Crescimento com margens diferenciadas; Maior operação no

Leia mais

Nova Refinaria de Pernambuco

Nova Refinaria de Pernambuco Nova Refinaria de Pernambuco Introdução Mercado e Refino Investimentos em Refino Nova Refinaria Recursos Necessários Introdução Política e Diretrizes MISSÃO Atuar de forma segura e rentável, com responsabilidade

Leia mais

CENÁRIO E PERSPECTIVAS DO SETOR PETRÓLEO 4º CAMPETRO CAMPINAS OIL & GAS

CENÁRIO E PERSPECTIVAS DO SETOR PETRÓLEO 4º CAMPETRO CAMPINAS OIL & GAS CENÁRIO E PERSPECTIVAS DO SETOR PETRÓLEO 4º CAMPETRO CAMPINAS OIL & GAS Alfredo Renault Campinas, 11 de novembro de 2015 SUMÁRIO I. PETROBRAS PLANO DE NEGÓCIOS II. PRÉ-SAL III. PRIORIDADES E DESINVESTIMENTOS

Leia mais

Divulgação de Resultados do 4T11 e de março de 2011

Divulgação de Resultados do 4T11 e de março de 2011 do e 2011 8 de março de 2011 Comentários de abertura Rubens Menin 2 Destaques Concentração no segmento econômico e diversificação geográfica; Consistência Operacional e Financeira; Repasse de Clientes

Leia mais

Lucro líquido da Petrobras no 1º semestre de 2013 foi de R$ 13 bilhões e 894 milhões

Lucro líquido da Petrobras no 1º semestre de 2013 foi de R$ 13 bilhões e 894 milhões Lucro líquido da Petrobras no 1º semestre de 2013 foi de R$ 13 bilhões e 894 milhões Nota à Imprensa 9 de agosto de 2013 O lucro líquido no 1º semestre de 2013 subiu 77% em relação ao semestre anterior,

Leia mais

RELAÇÕES COM INVESTIDORES. 4º Trimestre de Resultados Tupy. Relações com Investidores Março / 2017

RELAÇÕES COM INVESTIDORES. 4º Trimestre de Resultados Tupy. Relações com Investidores Março / 2017 4º Trimestre de 2016 Resultados Tupy Relações com Investidores dri@tupy.com.br Março / 2017 1 DISCLAIMER Esta Apresentação pode conter declarações prospectivas, as quais estão sujeitas a riscos e incertezas,

Leia mais

Por que Estamos Importando Gasolina? Adriano Pires Agosto/2013

Por que Estamos Importando Gasolina? Adriano Pires Agosto/2013 Por que Estamos Importando Gasolina? Adriano Pires Agosto/2013 1 Agenda Oferta e Demanda de Gasolina Preços da Gasolina: Defasagem e Perdas Soluções do Governo Propostas 2 Oferta e Demanda de Gasolina

Leia mais

RESULTADOS 1T17 15 DE MAIO DE 2017

RESULTADOS 1T17 15 DE MAIO DE 2017 RESULTADOS 1T17 15 DE MAIO DE 2017 AVISO LEGAL Esta apresentação contém declarações acerca de eventos futuros. Todas as declarações exceto aquelas relativas a fatos históricos contidas nesta apresentação

Leia mais

ULTRAPAR ULTRAPAR. Governança Corporativa e o Mercado de Capitais Empresa de Controle Compartilhado

ULTRAPAR ULTRAPAR. Governança Corporativa e o Mercado de Capitais Empresa de Controle Compartilhado ULTRAPAR ULTRAPAR Governança Corporativa e o Mercado de Capitais Empresa de Controle Compartilhado Fábio Schvartsman Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Este documento pode conter previsões

Leia mais

Ultrapar Participações S.A.

Ultrapar Participações S.A. Ultrapar Participações S.A. 1 Previsões acerca de eventos futuros Este documento pode conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia.

Leia mais

RESULTADOS 3T14 04 de novembro de 2014

RESULTADOS 3T14 04 de novembro de 2014 RESULTADOS 3T14 04 de novembro de 2014 Aviso Esta apresentação pode conter certas declarações e informações referentes à Paranapanema S.A. (a Companhia ) que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

Petrobras tem lucro líquido de R$ milhões nos nove meses de 2015

Petrobras tem lucro líquido de R$ milhões nos nove meses de 2015 Nota à Imprensa 12 de novembro de 2015 Petrobras tem lucro líquido de R$ 2.102 milhões nos nove meses de 2015 No terceiro trimestre de 2015, a Companhia apresentou prejuízo de R$ 3.759 milhões O lucro

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T16

Teleconferência de Resultados 2T16 Teleconferência de Resultados 2T16 Relações com Investidores São Paulo, 5 de Agosto de 2016 RESSALVA SOBRE DECLARAÇÕES FUTURAS Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são

Leia mais

Mercado de petróleo e o Plano de Negócios e Gestão da Petrobras Pedro Parente

Mercado de petróleo e o Plano de Negócios e Gestão da Petrobras Pedro Parente Mercado de petróleo e o Plano de Negócios e Gestão da Petrobras Pedro Parente FGV 01/08/2017 1 Mercado de petróleo 2 O Mercado de petróleo passa por desafios do lado da oferta e da demanda Transformações

Leia mais

AVISO LEGAL A COMPANHIA FAZ DECLARAÇÕES SOBRE EVENTOS FUTUROS QUE ESTÃO SUJEITAS A RISCOS E INCERTEZAS

AVISO LEGAL A COMPANHIA FAZ DECLARAÇÕES SOBRE EVENTOS FUTUROS QUE ESTÃO SUJEITAS A RISCOS E INCERTEZAS A COMPANHIA FAZ DECLARAÇÕES SOBRE EVENTOS FUTUROS QUE ESTÃO SUJEITAS A RISCOS E INCERTEZAS Tais declarações têm como base crenças e suposições de nossa Administração tomadas dentro do nosso melhor conhecimento

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T17 12 DE MAIO DE 2017 RELAÇÕES COM INVESTIDORES

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T17 12 DE MAIO DE 2017 RELAÇÕES COM INVESTIDORES TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 12 DE MAIO DE 2017 RELAÇÕES COM INVESTIDORES Disclaimer Este material constitui uma apresentação de informações gerais sobre a Marfrig Global Foods S.A. e suas controladas

Leia mais

Cenário Atual do Setor de Petróleo & Gás e suas Perspectivas

Cenário Atual do Setor de Petróleo & Gás e suas Perspectivas Cenário Atual do Setor de Petróleo & Gás e suas Perspectivas Setembro 2014 07/10/2014 1 A Dinamus Somos uma empresa de consultoria e inteligência de mercado especializada no desenvolvimento de negócios

Leia mais

Rubens Menin Teixeira de Souza - Presidente

Rubens Menin Teixeira de Souza - Presidente Divulgação de Resultados do 2T07 Comentários do 2T07 Rubens Menin Teixeira de Souza - Presidente 2 Principais destaques Lançamentos cresceram 93% no 2T07 e 159% no 1S07, em relação a 2T06 e 1S06, respectivamente:

Leia mais

UM OLHAR SOBRE A MATRIZ ENERGÉTICA DO FUTURO. Pedro Parente Ethanol Summit 27/06/2017

UM OLHAR SOBRE A MATRIZ ENERGÉTICA DO FUTURO. Pedro Parente Ethanol Summit 27/06/2017 UM OLHAR SOBRE A MATRIZ ENERGÉTICA DO FUTURO Pedro Parente Ethanol Summit 27/06/2017 ROACE Indústria do petróleo estava em crise mesmo antes da queda dos preços dos últimos anos... Retorno médio sobre

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T de Novembro de 2016 Relações com Investidores

Teleconferência de Resultados 3T de Novembro de 2016 Relações com Investidores Teleconferência de Resultados 11 de Novembro de 2016 Relações com Investidores 1 Disclaimer Este material constitui uma apresentação de informações gerais sobre a Marfrig Global Foods S.A. e suas controladas

Leia mais

24 de Julho de 2014 RESULTADOS 2T14 E 1S14

24 de Julho de 2014 RESULTADOS 2T14 E 1S14 24 de Julho de 2014 RESULTADOS E 1S14 Consolidado: Destaques do Receita líquida avança 13,4%, com crescimento mesmas lojas de 9,5%: Crescimento impulsionado pelo desempenho do Alimentar e da Nova Pontocom;

Leia mais

Plano de Negócios

Plano de Negócios Plano de Negócios 2010-2014 A Petrobras comunica que seu Conselho de Administração aprovou no dia 18 de junho, o Plano de Negócios 2010-2014, com investimentos totalizando US$ 224 bilhões, representando

Leia mais

ALLIAR RESULTADO 2T17 ALLIAR RESULTADOS 1T17

ALLIAR RESULTADO 2T17 ALLIAR RESULTADOS 1T17 ALLIAR RESULTADO ALLIAR RESULTADOS 1T17 AVISO LEGAL Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Centro de Imagem Diagnósticos S.A. (Alliar) e suas controladas,

Leia mais

Hidrocarbonetos - O Pré-Sal - Dificuldades e Oportunidades. Adriano Pires Março de 2011

Hidrocarbonetos - O Pré-Sal - Dificuldades e Oportunidades. Adriano Pires Março de 2011 Hidrocarbonetos - O Pré-Sal - Dificuldades e Oportunidades Adriano Pires Março de 2011 1 Metas Nacionais de Produção e Reservas da Petrobras 7,4% a.a. 5.059 1.109 ia d / p e b il M 1.752 1.791 1.758 252

Leia mais

Avisos. Aviso aos Investidores Norte-Americanos:

Avisos. Aviso aos Investidores Norte-Americanos: Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia sobre condições futuras da economia, além do setor

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T14

Teleconferência de Resultados 4T14 Teleconferência de Resultados 4T14 André B. Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO André Pires de Oliveira Dias Vice-Presidente Executivo Finanças e Controladoria Sobre oferta mundial de aço segue

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2015

Teleconferência de Resultados 2015 Teleconferência de Resultados 2015 André B. Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Harley Lorentz Scardoelli Vice-Presidente Executivo de Finanças (CFO) Laminador de chapas grossas entrará em operação

Leia mais

Segundo o Relatório 2010 do EIA, no grupo que não integra a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), o Brasil, o Cazaquistão e a

Segundo o Relatório 2010 do EIA, no grupo que não integra a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), o Brasil, o Cazaquistão e a 1 Introdução Segundo a Lei nº 9.478, de 6/8/1997, também chamada Lei do Petróleo, o petróleo pode ser definido como todo e qualquer hidrocarboneto líquido em seu estado natural. Entende-se então que o

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T12

Apresentação de Resultados 3T12 Apresentação de Resultados 3T2 Aviso Geral Algumas afirmações nesta apresentação podem ser projeções ou afirmações sobre expectativas futuras. Tais afirmações estão sujeitas a riscos conhecidos e desconhecidos

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 4T de fevereiro de 2013

APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 4T de fevereiro de 2013 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 4T12 07 de fevereiro de 2013 AVISO LEGAL A Companhia faz declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e

Leia mais

PROPOSTAS DA ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DA PETROBRÁS (AEPET)

PROPOSTAS DA ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DA PETROBRÁS (AEPET) Seminário O petróleo, o pré-sal e a Petrobras NOVEMBRO - 2016 PROPOSTAS DA ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DA PETROBRÁS (AEPET) Por uma Petrobrás forte, integrada e a serviço da maioria Felipe Coutinho* *Presidente

Leia mais

Resultados 4T de Março de 2011

Resultados 4T de Março de 2011 Resultados 4T10 22 de Marçode 2011 1 AGENDA DESTAQUES Providência USA RESULTADOS PERSPECTIVAS 2 DESTAQUES Conclusão do projeto da primeira planta da Companhia nos Estados Unidos, com uma linha de produção

Leia mais

O desafio. energia. Plano Estratégico Plano de Negócios e Gestão Indicadores. 1,2% 1% 1% US$ 220,6 bilhões 0,4% 5% 4% 16% 12% 18% 20%

O desafio. energia. Plano Estratégico Plano de Negócios e Gestão Indicadores. 1,2% 1% 1% US$ 220,6 bilhões 0,4% 5% 4% 16% 12% 18% 20% PANORAMA O desafio é a nossa energia Criada em 1953, a Petrobras atua de forma integrada nas atividades de exploração e produção, refino, comercialização, transporte e petroquímica, distribuição de derivados,

Leia mais

Divulgação de Resultados do 4T12 e do ano de de março de 2013

Divulgação de Resultados do 4T12 e do ano de de março de 2013 do e do ano de 2012 15 de março de 2013 Comentários de abertura Rubens Menin 2 Destaques Fluxo de Caixa; Qualidade Operacional; Margem Bruta; RET; Subsidiárias: LOG e Urbamais Geração de Valor. 3 Fluxo

Leia mais

Lucro líquido da Petrobras foi de R$ 9 bilhões 214 milhões no 1º trimestre de 2012

Lucro líquido da Petrobras foi de R$ 9 bilhões 214 milhões no 1º trimestre de 2012 Lucro líquido da Petrobras foi de R$ 9 bilhões 214 milhões no 1º trimestre de 2012 Nota à Imprensa 15 de maio de 2012 O lucro líquido do trimestre aumentou 82% na comparação com o 4º trimestre de 2011

Leia mais

Ultrapar Participações S.A.

Ultrapar Participações S.A. Ultrapar Participações S.A. 3 rd Itaú BBA Commodities Conference Setembro 2011 1 > Previsões acerca de eventos futuros Este documento pode conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T12 e 2012

Teleconferência de Resultados 4T12 e 2012 Teleconferência de Resultados 4T12 e 2012 RESSALVA SOBRE DECLARAÇÕES FUTURAS Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais

Leia mais

RESULTADOS 1T16 13 DE MAIO DE 2016

RESULTADOS 1T16 13 DE MAIO DE 2016 RESULTADOS 1T16 13 DE MAIO DE 2016 AVISO LEGAL 2 Esta apresentação contém declarações acerca de eventos futuros. Todas as declarações exceto aquelas relativas a fatos históricos contidas nesta apresentação

Leia mais

INI Instituto Nacional de Investidores. 03 de abril de 2008

INI Instituto Nacional de Investidores. 03 de abril de 2008 INI Instituto Nacional de Investidores 03 de abril de 2008 1 a natura 1 nossa história Fundação Início da 1974 operação no 1983 Chile Início das operações na Argentina e no Peru 2001 IPO 2005 Início das

Leia mais

AGENDA. Braskem e Visão Inovação na Braskem

AGENDA. Braskem e Visão Inovação na Braskem Braskem Inovação e Tecnologia 20 de Abril de 2012 AGENDA Braskem e Visão 2020 Inovação na Braskem 2 INDÚSTRIA PETROQUÍMICA BRASILEIRA INTEGRAÇÃO COMPETITIVA NAFTA CONDENSADO GÁS ETANOL PE PP PVC PE VERDE

Leia mais