ANEXO XI ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REFERENTE AO EDITAL DE PREGÃO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 008/2011

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO XI ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REFERENTE AO EDITAL DE PREGÃO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 008/2011"

Transcrição

1 ANEXO XI ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REFERENTE AO EDITAL DE PREGÃO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 008/2011 OBJETO Prestação de serviços de organização arquivística, guarda física, digitalização e gerenciamento de documentos da DMED. DESCRIÇÃO DETALHADA DOS SERVIÇOS POR ITEM ITEM 1 IMPLANTAÇÃO Consiste na elaboração do Plano Geral de Arquivo e da Tabela de Temporalidade Documental, considerando que: A empresa CONTRATADA, juntamente com funcionários da DMED, deverá efetuar um levantamento e diagnóstico detalhado do acervo documental do arquivo, definindo o tratamento adequado aos documentos, de acordo com os procedimentos estabelecidos, elaborando um Plano Geral de Arquivo e uma Tabela de Temporalidade Documental de forma a padronizar e normatizar a Gestão Documental; A empresa CONTRATADA deverá elaborar um plano de ação que subsidiará a execução dos trabalhos e também levantará os dados necessários para a elaboração da Tabela de Temporalidade Documental, que deverá conter as seguintes informações: o Área; o Tipo do Documento; o Forma de Indexação; o Prazo de Guarda Permanente; o Forma de Transferência Corrente/ Permanente/ Destinação. ITEM 2 ORGANIZAÇÃO ARQUIVÍSTICA Consiste de: Triagem: De acordo com a Tabela de Temporalidade Documental, os documentos serão separados e os tidos como desnecessários serão relacionadas em um Termo de Eliminação (descarte), que deverá ser submetido ao Gestor do Contrato para posterior aprovação Página 1 de 6

2 possibilitando a eliminação do material. Os documentos tidos como necessários serão organizados, inventariados e acondicionados em embalagens adequadas. Todo o processo de gestão documental deverá ser gerenciado por um profissional em arquivologia. Organização e preparação dos documentos: submeter toda a documentação não descartada, a processos de higienização, limpeza, análise seletiva e indexação, objetivando a preservação de todo o acervo. A preparação inclui também outras atividades, como: o Desdobrar e planificar os documentos; o Eliminar ou marcar as duplicatas e outros materiais que não devem ser digitalizados; o Retirar clipes, grampos e outros prendedores; o Desencadernar itens com margem interna muito apertada; o Remover poeira, mofo, fitas adesivas e outras sujeiras que podem obscurecer o conteúdo informativo dos documentos; o Acondicionamento em caixas tipo Box; Obs,: O custo com materiais para organização, indexação e acondicionamento dos documentos dentro das caixas-box deverá ser incluído no valor dos serviços. Transporte: A contratada executará o transporte dos documentos, conforme o Plano de Transferência de Acervo, para o ambiente de armazenagem e gerenciamento por meio de veículos apropriados que garantam segurança e integridade dos documentos transportados. Treinamento: A contratada executará o treinamento das pessoas envolvidas nos processos de organização e arquivamento dos documentos. ITEM 3 DIGITALIZAÇÃO DOS DOCUMENTOS Após os documentos terem sido devidamente organizados e cadastrados no sistema de captura, serão separados por tipo e agrupados em lotes para digitalização. A contratada deverá prezar pela qualidade da digitalização. Documentos que depois de digitalizados permanecerem ilegíveis deverão ser novamente digitalizados, sem ônus para a CONTRATANTE. A digitalização dos documentos deverá ser executada em conformidade com as especificações abaixo: Coloração: Preto e branco (bitonal) ou escala de cinza (conforme critério definido pela Contratante para cada tipo de documento); Resolução: 200 DPI a 300 DPI. Formato do Arquivo de Imagem: TIFF ou PDF; Definições automáticas de brilho e contraste da imagem; Remoção de linhas horizontais e verticais; Reparo de caracteres; Eliminação/ limpeza de bordas pretas; Página 2 de 6

3 Reconhecimento ótico de caracteres (OCR); Descarte de imagens indesejáveis, tais como páginas separadoras e versos em branco. Após a digitalização, os documentos deverão ser submetidos a uma etapa de controle de qualidade, que consistirá na checagem dos resultados obtidos na etapa de digitalização dos documentos, avaliando a qualidade da imagem capturada, bem como a seqüência e integridade dos documentos digitalizados. Na identificação de imagem fora dos padrões mínimos de qualidade, deverá ser feita uma nova digitalização em substituição à imagem de baixa qualidade. Após a etapa de controle de qualidade, a cada imagem será associado um registro em banco de dados relacional, contendo informações descritivas do documento. Cada grupo de documento será indexado respeitando os seguintes limites de chaves de busca: Área Tipo de Documento Campo de indexação 01 Campo de indexação 02 Campo de indexação 03 Obs. O nome/tipo de cada campo acima será definido por tipo de documento; Os documentos digitalizados deverão ser disponibilizados através de processo de exportação para o servidor da CONTRATANTE, conforme software específico instalado, ou através de gravação de mídias. As imagens e a indexação deverão ser disponibilizadas em formato de domínio público. Todas as imagens e índices gerados durante a vigência do contrato serão de propriedade exclusiva da CONTRATANTE, devendo a contratada fornecer em sua plenitude as imagens e dados gerados ao longo do contrato. ITEM 4 DESCARTE DE DOCUMENTOS Consiste de descarte de documentos relacionados em Termo de Eliminação, considerando no mínimo: Utilização de fragmentadora para destruição do documento; Envio para reciclagem. A quantidade a descartar será medida e aprovada pelo representante da CONTRATANTE e entregue em caixas-box padrão cheias. ITEM 5 GUARDA FÍSICA DOS DOCUMENTOS Todas as caixas geradas deverão ser alocadas em área e mobiliário especializado situada em local livre de riscos e inundações. Tal ambiente deverá contar com os seguintes recursos: Área adequada para tratamento e guarda de documentos; Estrutura com estantes de metal; Página 3 de 6

4 Estantes proporcionais ao peso da documentação; Equipamentos/ mobiliários compatíveis com o serviço; Vigilância Eletrônica; Extintores de incêndio em quantidade, localização e especificação adequada segundo normas específicas; Manutenção periódica, com a realização dos reparos necessários ao bom andamento dos serviços e preservação do acervo; Higienização; Desinsetização contra insetos rasteiros e voadores; Desratização; Descupinização; Situada em local livre de riscos de alagamento e inundações; Área que circunda o local de armazenamento devidamente protegida (murada/cercada). ITEM 6 MOVIMENTAÇÃO DE DOCUMENTOS As movimentações das caixas de documentos serão realizadas mediante solicitações da DMED e deverão ser disponibilizadas mediante protocolo, de acordo com os prazos pré-estabelecidos. Solicitação normal (entrega em até 24h) Solicitação emergencial (entrega em até 6h) ITEM 7 TRANSPORTE DE DOCUMENTOS Os transportes de documentos poderão englobar uma ou mais movimentações e deverão ser acompanhadas de seus respectivos protocolos, respeitando os prazos conforme item 6. TABELA SERVIÇOS, QUANTITATIVOS ESTIMADOS E PERCENTUAIS PARA A EQUALIZAÇÃO DO VALOR FINAL DA PROPOSTA COMERCIAL, A SER CONSIDERADO PELA ADMINISTRAÇÃO Serviço Qtde. estimada Variação de percentual a ser pago Implantação 1 De 2 a 11% Organização Arquivística caixas-box De 35 a 45% Página 4 de 6

5 Digitalização de Documentos A4 e Ofício páginas De 28 a 30% Digitalização de Documentos A páginas Até 6% Digitalização de Documentos A0 e A páginas Até 3% Descarte de Documentos caixas-box De 2 a 9% Armazenagem caixas-box/ mês De 10 a 15% Movimentação normal 15 caixas-box/mês Até 1% Movimentação emergencial 5 caixas-box/mês Até 1% Transporte (Envio ou Retorno) 10 remessas/mês Até 1% Caixa-Box Padrão caixas-box Até 3% CRONOGRAMA O cronograma para execução dos serviços será divido em etapas de acordo com as diversas áreas da DMED, a saber: Área Implantação Secretariado / Gerência de Geração / DCH / Gerência de Distribuição Supervisão de Suprimentos / Licitações / Cadastro Assessoria Jurídica Assessoria de Meio Ambiente Assessoria de Comunicação Assessoria de Planejamento Técnico Superintendência Gerência Financeira Tempo Estimado 50 dias 60 dias 14 dias Página 5 de 6

6 Gerência de Tecnologia da Informação Contabilidade Comercial Laboratório Recursos Humanos Total 20 dias 306 dias Marcelo dos Reis Gerência de Tecnologia da Informação Página 6 de 6

PLANO DE OPERACIONALIZAÇÃO

PLANO DE OPERACIONALIZAÇÃO Página 1 de 21 PLANO DE OPERACIONALIZAÇÃO Página 2 de 21 SUMÁRIO 1 PROJETO DE GESTÃO DOCUMENTAL MODELO... 4 1.1 PROJETO GEDIC... 4 1.1.1 Levantamento das Necessidades do Cliente... 4 1.1.2 Elaboração do

Leia mais

O que é GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED)

O que é GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED) Automação em Arquivos GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED) O que é GED GED é a tecnologia que provê um meio de facilmente armazenar, localizar e recuperar informações existentes em documentos e

Leia mais

Gerenciamento Eletrônico de Documentos AMBIENTE GED. Preparação de documentos

Gerenciamento Eletrônico de Documentos AMBIENTE GED. Preparação de documentos Gerenciamento Eletrônico de Documentos AMBIENTE GED Preparação de documentos 1 Preparação de Documentos Quais documentos digitalizar? Eliminação: remoção e destruição de duplicatas, materiais sem importância

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA N 3, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011

PORTARIA NORMATIVA N 3, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011 PORTARIA NORMATIVA N 3, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011 Cria o Assentamento Funcional Digital - AFD e estabelece orientação aos órgãos e entidades integrantes do Sistema de Pessoal Civil da Administração Publica

Leia mais

QUEM SOMOS? www.imagelh.com.br Rua José Bonifácio, 466 Vila Planalto. Campo Grande/MS CEP 79009-010 Fone/Fax: (67)3324-6500

QUEM SOMOS? www.imagelh.com.br Rua José Bonifácio, 466 Vila Planalto. Campo Grande/MS CEP 79009-010 Fone/Fax: (67)3324-6500 QUEM SOMOS? "A Image LH é uma empresa prestadora de serviços com mais de quinze anos no mercado atendendo instituições financeiras, com sede em Campo Grande MS e filial em Porto Alegre RS. Atua no ramo

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Conceitualização O Projeto Assentamento Funcional Digital - AFD objetiva a criação de Dossiês, em mídia digital, que serão tratados como Fonte Primária de Informação de dados cadastrais de cada Servidor

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Página 1 de 9 1. OBJETIVO Estabelecer as diretrizes básicas pertinentes ao tratamento e manutenção de acervos arquivísticos ou bibliográficos, sejam administrativos, técnicos ou especializados nas instalações

Leia mais

RESPOSTAS A QUESTIONAMENTOS

RESPOSTAS A QUESTIONAMENTOS ASSUNTO: PROCESSO: nº 31464/2015-7 OBJETO: Prestação de serviços e aquisição de equipamentos para digitalização do acervo civil e criminal, laudos de criminalística e IML do Instituto Técnico-Científico

Leia mais

Software. Bem vindo ao mundo do GED e Tecnologias Digitais. Gerenciamento Eletrônico de Documentos, Softwares, e muito mais...

Software. Bem vindo ao mundo do GED e Tecnologias Digitais. Gerenciamento Eletrônico de Documentos, Softwares, e muito mais... Software www.imagecomnet.com.br Bem vindo ao mundo do GED e Tecnologias Digitais Gerenciamento Eletrônico de Documentos, Softwares, e muito mais... A Empresa A Imagecom, uma empresa conceituada no ramo

Leia mais

PROJETO PARA INSTALAÇÃO DE LABORATÓRIO DE DIGITALIZAÇÃO E GESTÃO DE REPOSITÓRIOS DE DOCUMENTOS ARQUIVÍSITCOS DIGITAIS AUTÊNTICOS

PROJETO PARA INSTALAÇÃO DE LABORATÓRIO DE DIGITALIZAÇÃO E GESTÃO DE REPOSITÓRIOS DE DOCUMENTOS ARQUIVÍSITCOS DIGITAIS AUTÊNTICOS ARQUIVO CENTRAL DO SISTEMA DE ARQUIVOS PROJETO PARA INSTALAÇÃO DE LABORATÓRIO DE DIGITALIZAÇÃO E GESTÃO DE REPOSITÓRIOS DE DOCUMENTOS ARQUIVÍSITCOS DIGITAIS AUTÊNTICOS 2011 PROJETO PARA INSTALAÇÃO DE LABORATÓRIO

Leia mais

Apresentação Comercial Gestão Documental

Apresentação Comercial Gestão Documental Apresentação Comercial Gestão Documental Gestão Documental Como é possível administrar sua empresa de forma eficiente? Quais os passos para tornar seu empreendimento mais competitivo? Como é possível saber

Leia mais

ANEXO V PROPOSTA COMERCIAL PADRONIZADA EDITAL DE PREGÃO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº. 008/2011 PREGÃO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº.

ANEXO V PROPOSTA COMERCIAL PADRONIZADA EDITAL DE PREGÃO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº. 008/2011 PREGÃO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº. À DME Distribuição S.A. - DMED PREGÃO PARA REGISTRO PREÇOS Nº. 008/2011 A empresa..., inscrita no CNPJ/MF sob o n..., estabelecida à Av./Rua..., n..., bairro..., na cidade de..., CEP..., telefone..., fax...,

Leia mais

Gestão de Acervos Municipais: Físico, Digitalizado e Memória

Gestão de Acervos Municipais: Físico, Digitalizado e Memória Gestão de Acervos Municipais: Físico, Digitalizado e Memória Erenilda Custódio dos Santos Amaral Salvador Objetivo; Motivação; Proposta; AGENDA O que se entende nesta proposta como Política de Gestão Documental;

Leia mais

Centros de documentação e informação para área de ENGENHARIA: como implantar e resultados esperados. Iza Saldanha

Centros de documentação e informação para área de ENGENHARIA: como implantar e resultados esperados. Iza Saldanha Centros de documentação e informação para área de ENGENHARIA: como implantar e resultados esperados Iza Saldanha Abordagem Conceitos Procedimentos/Ferramentas Benefícios esperados Estudo de caso Planave

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 004/2015. Objeto: FERRAMENTA DE MODELAGEM, DOCUMENTAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE BANCO DE DADOS

CONSULTA PÚBLICA Nº 004/2015. Objeto: FERRAMENTA DE MODELAGEM, DOCUMENTAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE BANCO DE DADOS CONSULTA PÚBLICA Nº 004/2015 TI SOLUÇÃO PARA DIGITALIZAÇÃO E GESTÃO DE PROCESSOS FISCAIS ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS APRESENTADOS PELAS EMPRESAS INTERESSADAS País: BRASIL Nome do Projeto: PLANO

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. ELETROBRÁS. EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO DAC Nº. 02/2010.

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. ELETROBRÁS. EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO DAC Nº. 02/2010. 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. ELETROBRÁS. EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 02/2010. ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 2 ESCOPO DO FORNECIMENTO 1. Constitui o objeto desta

Leia mais

Curso II. Portaria nº 1.224, 18.12.2013. Orientações sobre as normas de manutenção e guarda do acervo acadêmico das instituições de educação superior.

Curso II. Portaria nº 1.224, 18.12.2013. Orientações sobre as normas de manutenção e guarda do acervo acadêmico das instituições de educação superior. Curso II Portaria nº 1.224, 18.12.2013. Orientações sobre as normas de manutenção e guarda do acervo acadêmico das instituições de educação superior. KRÜGER, M.H. MAIO/2014. Portaria nº 1.224, 18.12.2013.

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Página 1 de 5 1. OBJETIVO Estabelecer as diretrizes básicas pertinentes ao Gerenciamento Acervo Documental Departamento de Estradas de Rodagem Esta Espírito Santo. 2. APLICAÇÃO Este procedimento aplica-se

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Página 1 de 10 1. OBJETIVO Estabelecer as diretrizes básicas pertinentes a Guarda de Documentos de Terceiros. 2. APLICAÇÃO Este procedimento aplica-se aos processos da guarda de documentos de terceiros,

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES BÁSICAS PARA AQUISIÇÃO DE SERVIÇO 9030557/6319 Serviço Especializados na Área de Biblioteconomia.

ESPECIFICAÇÕES BÁSICAS PARA AQUISIÇÃO DE SERVIÇO 9030557/6319 Serviço Especializados na Área de Biblioteconomia. ESPECIFICAÇÕES BÁSICAS PARA AQUISIÇÃO DE SERVIÇO 9030557/6319 Serviço Especializados na Área de Biblioteconomia. 1 - Justificativa da contratação: - Para atender a demanda da FUNED, na guarda de seus documentos

Leia mais

I Ciclo de Palestras sobre a Gestão Arquivística de Documentos no INPE A Organização da Gestão Documental do MCTI

I Ciclo de Palestras sobre a Gestão Arquivística de Documentos no INPE A Organização da Gestão Documental do MCTI I Ciclo de Palestras sobre a Gestão Arquivística de Documentos no INPE A Organização da Gestão Documental do MCTI Sonia Maria/Ronal Guedes Informações Iniciais Sobre o MCTI Criação e finalidade A unidade

Leia mais

Questionamento 3. Ano. Série. Nome do Aluno. Escola

Questionamento 3. Ano. Série. Nome do Aluno. Escola Questionamento 3 Pergunta 1: Conforme página 3 do TR existe a necessidade de cadastro em sistema de gestão documental informatizado, conforme requisitos abaixo listados: Ano Série Nome do Aluno Escola

Leia mais

SAUSP. Sistema de Arquivos da Universidade de São Paulo

SAUSP. Sistema de Arquivos da Universidade de São Paulo SAUSP Sistema de Arquivos da Universidade de São Paulo Comissão Setorial do Sistema de Arquivos da EEFEUSP Presidente: Camila N. Favero Membros: Telma Elisa A. V. Sanches Paulo Serson Ilza B. dos Santos

Leia mais

Para que um sistema de arquivos seja considerado completo é necessário que ele comporte três fases distintas definidas como:

Para que um sistema de arquivos seja considerado completo é necessário que ele comporte três fases distintas definidas como: Manual de Arquivo IINTRODUÇÃO A elaboração do presente manual de arquivo tem como objetivo disponibilizar um instrumento de auxílio aos usuários dos arquivos setoriais, intermediário e permanente que integram

Leia mais

GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, GESTÃO DA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS CORRELATAS.

GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, GESTÃO DA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS CORRELATAS. informacao tecnologia GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, GESTÃO DA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS CORRELATAS. edição 2009 2 Objetivo da apresentação O objetivo desta apresentação é transmitir a importância

Leia mais

DataDoc 4.0 Sistema de Gestão de Arquivos. Características do Sistema

DataDoc 4.0 Sistema de Gestão de Arquivos. Características do Sistema DataDoc 4.0 Sistema de Gestão de Arquivos O software DataDoc 4.0 tem como finalidade automatizar a gestão de acervos documentais, englobando todas as fases da documentação. Totalmente desenvolvido em plataforma

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO Segepres/ISC/Cedoc Serviço de Gestão Documental

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO Segepres/ISC/Cedoc Serviço de Gestão Documental TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO Segepres/ISC/Cedoc Serviço de Gestão Documental MANUAL DE TRATAMENTO E GUARDA DE DOCUMENTOS ESPECIAIS AVULSOS Setembro/2013 1 PROCEDIMENTOS DE RECEBIMENTO E GUARDA DE DOCUMENTOS

Leia mais

Envio de Caixas-Box ao Arquivo Geral (Relativos às peças digitalizadas para descarte)

Envio de Caixas-Box ao Arquivo Geral (Relativos às peças digitalizadas para descarte) PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO PTJAM 61 Envio de Caixas-Box ao Arquivo Geral (Relativos às peças digitalizadas

Leia mais

DESCRITIVO DA EMPRESA CÉLULA GESTAO DE DOCUMENTOS, ARQUIVOS E INFORMAÇÕES LTDA

DESCRITIVO DA EMPRESA CÉLULA GESTAO DE DOCUMENTOS, ARQUIVOS E INFORMAÇÕES LTDA DESCRITIVO DA EMPRESA CÉLULA GESTAO DE DOCUMENTOS, ARQUIVOS E INFORMAÇÕES LTDA A Célula está localizada na Rod Br 040, km 800, n 24, no Condomínio Empresarial Park Sul, município de Matias Barbosa, próximo

Leia mais

Definições. Órgãos de Documentação. Classificação dos Arquivos. Quanto à Abrangência

Definições. Órgãos de Documentação. Classificação dos Arquivos. Quanto à Abrangência Definições Informação: Produto de um documento. Documento: Tudo aquilo que pode transmitir uma idéia, pensamento ou acontecimento, ou seja, uma informação. Arquivo: Lugar onde se guardam os documentos

Leia mais

Aplicações de GED. Aplicações de GED. Document imaging. Document imaging

Aplicações de GED. Aplicações de GED. Document imaging. Document imaging Aplicações de GED Processamento, arquivamento e recuperação de documentos (Document Imaging) Gerenciamento de documentos (Document Management) Sistema de Gerenciamento de documentos técnicos (engineering

Leia mais

Formulário para Cadastro no Banco Nacional de Projetos do CNMP

Formulário para Cadastro no Banco Nacional de Projetos do CNMP Formulário para Cadastro no Banco Nacional de Projetos do CNMP Nome da Iniciativa/Projeto: Digitalização da Massa Documental do Ministério Público do Estado de Goiás Área Responsável: Departamento de Gestão

Leia mais

Escritório sem Papel Paperless Office

Escritório sem Papel Paperless Office EDOC 2012 - Fortaleza: ESTUDO DE CASOS Escritório sem Papel Paperless Office GED + ECM + BPM + KM + BI + BD (Big Data) + MS (Mídia Social) 40 = 1:30 = 17.10 DIAGNÓSTICO -LEVANTAMENTO PRELIMINAR DE DADOS

Leia mais

Gerenciamento Eletrônico de Documentos - GED

Gerenciamento Eletrônico de Documentos - GED Gerenciamento Eletrônico de Documentos - GED Programa de Tratamento Integrado de Acervos - PROPTIA Fundamentos Benefícios - Cases Fundamento de GED GED - Conjunto de tecnologias que permitem o gerenciamento

Leia mais

Para fins de entendimento deste manual, apresentam-se as seguintes definições:

Para fins de entendimento deste manual, apresentam-se as seguintes definições: Código: MAP-DIINF-001 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Gerência de Acervos Aprovado por: Diretoria de Informação Institucional 1 OBJETIVO Definir os procedimentos de arquivamento e

Leia mais

Gestão de Documentos e Registros. Elizete Pereira Sá - INFO CONTENT Lícia Guedes de Araújo Figueirêdo - BAHIAGÁS

Gestão de Documentos e Registros. Elizete Pereira Sá - INFO CONTENT Lícia Guedes de Araújo Figueirêdo - BAHIAGÁS Gestão de Documentos e Registros Elizete Pereira Sá - INFO CONTENT Lícia Guedes de Araújo Figueirêdo - BAHIAGÁS COMPANHIA DE GÁS DA BAHIA BAHIAGÁS Concessionária estadual dos serviços de distribuição de

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS AULA 11

LISTA DE EXERCÍCIOS AULA 11 LISTA DE EXERCÍCIOS AULA 11 1. (CESPE / TRE GO / 2009 - adaptada) A teoria das três idades é aquela que afirma que os documentos passam por diferentes fases, determinadas, por um lado, pela frequência

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00027/2015

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00027/2015 03/09/2015 COMPRASNET O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00027/2015 Às 11:01 horas do dia 03 de setembro de 2015, após

Leia mais

GLOSSÁRIO DE TERMOS ARQUIVÍSTICOS

GLOSSÁRIO DE TERMOS ARQUIVÍSTICOS GLOSSÁRIO DE TERMOS ARQUIVÍSTICOS ACERVO - Documentos de uma entidade produtora ou de uma entidade que possui sua guarda. ACESSIBILIDADE - Condição ou possibilidade de acesso a serviços de referência,

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA N 4, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011.

PORTARIA NORMATIVA N 4, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011. PORTARIA NORMATIVA N 4, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011. Estabelece orientação aos órgãos e entidades integrantes do Sistema de Pessoal Civil da Administração Publica Federal - SIPEC, quanto aos procedimentos

Leia mais

AULA 04 - TABELA DE TEMPORALIDADE

AULA 04 - TABELA DE TEMPORALIDADE AULA 04 - TABELA DE TEMPORALIDADE 4.1 - Tabela de Temporalidade Como é cediço todos os arquivos possuem um ciclo vital, composto pelas fases corrente, intermediária e permanente. Mas como saber quando

Leia mais

3. Definições: Procedimento (POP) Unidade Organizacional (UO) Código: POP-STGARQ-001. Revisão: 03. Páginas 06. Data 19/04/2010

3. Definições: Procedimento (POP) Unidade Organizacional (UO) Código: POP-STGARQ-001. Revisão: 03. Páginas 06. Data 19/04/2010 : 1. Objetivo: Padronizar os procedimentos relacionados aos pedidos de arquivamento e desarquivamento dos autos processuais findos oriundos das Unidades Organizacionais (UO s) do TJ/AM Área-Fim. 2. Campo

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR 1 Projeto Básico da contratação de serviços: 1.1 O presente Projeto Básico tem como objetivo a contratação de empresa para locação de impressoras, incluindo o fornecimento de

Leia mais

Sociedade do Conhecimento

Sociedade do Conhecimento Gerenciamento (Gestão) Eletrônico de Documentos GED Introdução Gerenciamento Eletrônico de Documentos - GED Sociedade do Conhecimento Nunca se produziu tanto documento e se precisou de tanta velocidade

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO Roteiro de Trabalho Provimento 12/2015 Corregedoria Geral da Justiça MANUAL DE DIGITALIZAÇÃO E CONSULTA DE PROCESSOS DO JEC Com o advento do Provimento

Leia mais

Luciano Rocha Diretor Técnico Enial Coord..de TI Sec. Geral Mesa da ALES www.al.es.gov.br - luciano@al.es.gov.br Tel.: 027 3382.

Luciano Rocha Diretor Técnico Enial Coord..de TI Sec. Geral Mesa da ALES www.al.es.gov.br - luciano@al.es.gov.br Tel.: 027 3382. Luciano Rocha Diretor Técnico Enial Coord..de TI Sec. Geral Mesa da ALES www.al.es.gov.br - luciano@al.es.gov.br Tel.: 027 3382.3858-99712845 GED - ECM Estatísticas: Gasta-se 400 horas por ano procurando

Leia mais

TERMO DE HOMOLOGAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2015 LICITANTE - AMC INFORMÁTICA LTDA

TERMO DE HOMOLOGAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2015 LICITANTE - AMC INFORMÁTICA LTDA TERMO DE HOMOLOGAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2015 LICITANTE - AMC INFORMÁTICA LTDA Brasília, 03 de julho de 2015. C. DITEC/SUPRO/GEMOL-2015/016 Brasília, 03 de julho de 2015. À SUSEG/GECON GERÊNCIA DE

Leia mais

Fundação para a Ciência e a Tecnologia, IP.

Fundação para a Ciência e a Tecnologia, IP. Fundação para a Ciência e a Tecnologia, IP. Jornada Gestão da informação arquivística numa Administração Pública renovada 20 de Outubro 2011 Projecto de tratamento e divulgação do arquivo da Fundação para

Leia mais

Orientações para Digitalização de Processos Físicos

Orientações para Digitalização de Processos Físicos ORIENTAÇÕES PARA DIGITALIZAÇÃO DE PROCESSOS JUDICIAIS O ano de 2015 representa um marco e um grande avanço no que diz respeito à modernização dos acervos processuais do TJBA. Inicia-se o processo de digitalização

Leia mais

Sistema CarOnline365 S I S T E M A D E O R Ç A M E N TA Ç Ã O E G E R E N C I A M E N T O PA R A O F I C I N A S E C O N C E S S I O N Á R I A S

Sistema CarOnline365 S I S T E M A D E O R Ç A M E N TA Ç Ã O E G E R E N C I A M E N T O PA R A O F I C I N A S E C O N C E S S I O N Á R I A S Sistema CarOnline365 S I S T E M A D E O R Ç A M E N TA Ç Ã O E G E R E N C I A M E N T O PA R A O F I C I N A S E C O N C E S S I O N Á R I A S Módulos do Sistema CarOnline365 Orçamentos Ordens de Serviço

Leia mais

TRANSQUALIT. Sistema de Gestão da Qualificação para Empresas de Transporte de Cargas PRODUTOS FARMACÊUTICOS

TRANSQUALIT. Sistema de Gestão da Qualificação para Empresas de Transporte de Cargas PRODUTOS FARMACÊUTICOS TRANSQUALIT Sistema de Gestão da Qualificação para Empresas de Transporte de Cargas PRODUTOS FARMACÊUTICOS Sumário Prefácio 1 Objetivo 2 Referência normativa 3 Definições 4 Sistema de qualificação 5 Responsabilidade

Leia mais

COMENTÁRIOS ANATEL 2014 COMENTÁTIRIOS DA PROVA DE ARQUIVOLOGIA DA ANATEL CARGO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO. www.grancursos.com.br

COMENTÁRIOS ANATEL 2014 COMENTÁTIRIOS DA PROVA DE ARQUIVOLOGIA DA ANATEL CARGO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO. www.grancursos.com.br COMENTÁTIRIOS DA PROVA DE ARQUIVOLOGIA DA ANATEL CARGO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO 91. Os mapas e as plantas encontrados nos arquivos da ANATEL pertencem ao gênero documental iconográfico, sendo classificado

Leia mais

Soluções Inteligentes

Soluções Inteligentes Soluções Inteligentes APRESENTAÇÃO A TOPO INTELLIGENCE iniciou suas atividades na cidade de Barreiras em 2008, oferecendo a mais completa solução em gerenciamento de informações para atender todos os segmentos.

Leia mais

ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO AO PREGÃO PRESENCIAL N.º 004/2012.

ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO AO PREGÃO PRESENCIAL N.º 004/2012. Brasília, 27 de julho de 2012. ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO AO PREGÃO PRESENCIAL N.º 004/2012. Prezados Senhores, Conforme Edital 04/2012, junto à área de interesse ao serviço presto-me a esclarecer

Leia mais

GESTÃO DE DOCUMENTOS: ASPECTOS LEGAIS E PRÁTICOS GESTÃO DE ARQUIVOS HOSPITALARES REPOSITÓRIOS DIGITAIS CONFIÁVEIS PARA DOCUMENTOS ARQUIVISTICOS

GESTÃO DE DOCUMENTOS: ASPECTOS LEGAIS E PRÁTICOS GESTÃO DE ARQUIVOS HOSPITALARES REPOSITÓRIOS DIGITAIS CONFIÁVEIS PARA DOCUMENTOS ARQUIVISTICOS GESTÃO DE DOCUMENTOS: ASPECTOS LEGAIS E PRÁTICOS GESTÃO DE ARQUIVOS HOSPITALARES INTRODUÇÃO AO MODELO DE REQUISITOS PARA SISTEMAS INFORMATIZADOS DE GESTÃO ARQUIVÍSTICA DE DOCUMENTOS E-ARQ BRASIL REPOSITÓRIOS

Leia mais

ARQUIVOLOGIA - TIPOLOGIAS DOCUMENTAIS E SUPORTES FÍSICOS. Prof. Antonio Victor Botão

ARQUIVOLOGIA - TIPOLOGIAS DOCUMENTAIS E SUPORTES FÍSICOS. Prof. Antonio Victor Botão ARQUIVOLOGIA - TIPOLOGIAS DOCUMENTAIS E SUPORTES FÍSICOS Prof. Antonio Victor Botão TÉCNICAS MODERNAS DE ARQUIVAMENTO Anteriormente tratamento somente de suporte papel em arquivos, os materiais especiais

Leia mais

Modernização da gestão da documentação pública do Estado do Rio de Janeiro e reestruturação do Arquivo Público.

Modernização da gestão da documentação pública do Estado do Rio de Janeiro e reestruturação do Arquivo Público. Modernização da gestão da documentação pública do Estado do Rio de Janeiro e reestruturação do Arquivo Público. BENEFICIADOS: Administração Estadual. Pesquisadores. Entidades científicas brasileiras. Demais

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO ELETRÔNICO N.º 13/2011 PROCESSO MPT/MS-PRT- 24ª REGIÃO N.º 08154.0000253/2011 1. DO OBJETO 1.1 Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de tratamento

Leia mais

ANEXO II - B CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 003 /2014 CRONOGRAMA FINANCEIRO DE PAGAMENTO

ANEXO II - B CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 003 /2014 CRONOGRAMA FINANCEIRO DE PAGAMENTO ANEXO II - B CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 003 /2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2014024970/2014 CRONOGRAMA FINANCEIRO DE PAGAMENTO Sabendo que o prazo do contrato será de 12 meses para fins de cronograma financeiro,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO REGIMENTO INTERNO DA COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS E INFORMAÇÃO DA UFRRJ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO REGIMENTO INTERNO DA COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS E INFORMAÇÃO DA UFRRJ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO REGIMENTO INTERNO DA COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS E INFORMAÇÃO DA UFRRJ Art. 1 O presente Regimento Interno estabelece diretrizes

Leia mais

ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO RONDONIA GERÊNCIA DO PROGRAMA LUZ PARA TODOS TERMO DE REFERÊNCIA

ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO RONDONIA GERÊNCIA DO PROGRAMA LUZ PARA TODOS TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM SERVIÇOS DE TRATAMENTO TÉCNICO E DIGITALIZAÇÃO DOS DOCUMENTOS DO PROGRAMA LUZ PARA TODOS Porto Velho, 10 de dezembro de 2012 Página 1 de 21 I.

Leia mais

cartilha noções básicas de arquivo

cartilha noções básicas de arquivo cartilha noções básicas de arquivo 1 cartilha noções básicas de arquivo Organização: Ana Lúcia da Silva do Carmo Júnia Terezinha Morais Ramos 2015 Você sabia que a Universidade Federal de Minas Gerais

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 61/2008 ESCLARECIMENTO 2

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 61/2008 ESCLARECIMENTO 2 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento 2 Referência: Pregão Eletrônico n. 61/2008 Data: 17/12/2008 Objeto: Contratação de empresa especializada para fornecimento de solução informatizada e integrada para o acompanhamento

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA CONSULTA PÚBLICA Nº 004/2015

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA CONSULTA PÚBLICA Nº 004/2015 1 CONSULTA PÚBLICA Nº 004/2015 A Secretaria de Estado da Fazenda - SEFAZ realizará oportunamente processo de licitação visando à aquisição solução para Digitalização e gestão de processos fiscais, composta

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. Item Unidade Qtd Objeto da proposta Valor máximo aceitável SCANNER TIPO PLANETÁRIO MARCA ZEUTCHEL MODELO OS 12002 C

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. Item Unidade Qtd Objeto da proposta Valor máximo aceitável SCANNER TIPO PLANETÁRIO MARCA ZEUTCHEL MODELO OS 12002 C ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Fornecimento de scanner para a Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul FABICO/UFRGS, situada na Rua Ramiro Barcelos n. 2705,

Leia mais

Paginas em Branco: O sistema possui a possibilidade de configuração, que remove automaticamente as páginas em branco.

Paginas em Branco: O sistema possui a possibilidade de configuração, que remove automaticamente as páginas em branco. GERENCIAMENTO ARQUIVÍSTICA DE DOCUMENTOS. Disponibiliza rotinas para armazenar e gerenciar (incluindo, alterando, excluindo e pesquisando) a documentação física e eletrônica (digitalizada, importada de

Leia mais

Revogado pela Instrução Normativa STJ/GDG n. 8 de 4 de maio de 2015

Revogado pela Instrução Normativa STJ/GDG n. 8 de 4 de maio de 2015 Revogado pela Instrução Normativa STJ/GDG n. 8 de 4 de maio de 2015 SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA ANEXO I ROTINAS E PROCEDIMENTOS DO PROGRAMA DE GESTÃO DOCUMENTAL CRIAÇÃO, CAPTURA E DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para gerenciar a execução de perícia de DNA no Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro (PJERJ).

Estabelecer critérios e procedimentos para gerenciar a execução de perícia de DNA no Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro (PJERJ). Proposto por: Analisado por: Aprovado por: Chefe do Serviço de Perícias Genéticas (SEGEN) Diretor do Departamento de Instrução Processual (DEINP) Diretor da Diretoria-Geral de Apoio aos Órgãos Jurisdicionais

Leia mais

O ciclo de vida Simone de Abreu

O ciclo de vida Simone de Abreu O ciclo de vida Simone de Abreu A documentação eletrônica em números: estimativas apontam para um mercado de aproximadamente US$ 600 milhões em Hardware, Software e Serviços, ou seja, mais de 12 bilhões

Leia mais

Manual de Descrição, Guarda e Destinação de Documentos da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

Manual de Descrição, Guarda e Destinação de Documentos da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro Manual de Descrição, Guarda e Destinação de Documentos da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro Rio de Janeiro 2014 FICHA TÉCNICA Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro Rua Amoroso Lima, 15, Cidade

Leia mais

FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE FORMAL REGIMENTO INTERNO N 010/12 PROCESSO N 0848/12 DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS ENVELOPES: 27/06/2012 até 17:00h

FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE FORMAL REGIMENTO INTERNO N 010/12 PROCESSO N 0848/12 DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS ENVELOPES: 27/06/2012 até 17:00h FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE FORMAL REGIMENTO INTERNO N 010/12 PROCESSO N 0848/12 DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS ENVELOPES: 27/06/2012 até 17:00h Condições Gerais para Apresentação de Proposta Comercial

Leia mais

Digitalizar Processos ou Documentos Físicos

Digitalizar Processos ou Documentos Físicos Sistema Eletrônico de Informações Digitalizar Processos ou Documentos Físicos Prepare os documentos para digitalização: Verificar todas as folhas do processo que serão digitalizadas. As folhas não podem

Leia mais

Pró-Reitoria de Administração - PRAd Assessoria de Informática - AI SISTEMA DE PUBLICAÇÃO DE LICITAÇÕES. Manual de Procedimentos

Pró-Reitoria de Administração - PRAd Assessoria de Informática - AI SISTEMA DE PUBLICAÇÃO DE LICITAÇÕES. Manual de Procedimentos Pró-Reitoria de Administração - PRAd Assessoria de Informática - AI SISTEMA DE PUBLICAÇÃO DE LICITAÇÕES Manual de Procedimentos 2004 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. OBJETIVOS...3 3. ÂMBITO DE APLICAÇÃO...3

Leia mais

ABB reduz custos operacionais e centraliza informações contábeis e fiscais com a implementação de solução de ECM/GED da SML Brasil

ABB reduz custos operacionais e centraliza informações contábeis e fiscais com a implementação de solução de ECM/GED da SML Brasil Indústria ABB reduz custos operacionais e centraliza informações contábeis e fiscais com a implementação de solução de ECM/GED da SML Brasil CLIENTE V I S Ã O G E R A L Asea Brown Boveri ABB Site: www.new.abb.com/br

Leia mais

TRATAMENTO E GESTÃO DOCUMENTAL DIARQ/CDA/CGLA/SPOA/SE/MDS

TRATAMENTO E GESTÃO DOCUMENTAL DIARQ/CDA/CGLA/SPOA/SE/MDS TRATAMENTO E GESTÃO DOCUMENTAL DIARQ/CDA/CGLA/SPOA/SE/MDS 1 Divisão de Arquivo está subordinada à Coordenação de Documentação e Arquivo Atividades Arquivar e desarquivar documentos/processos; Dar orientação

Leia mais

GLOSSÁRIO. 1 ACERVO Totalidade dos documentos sob custódia de um arquivo.

GLOSSÁRIO. 1 ACERVO Totalidade dos documentos sob custódia de um arquivo. 43 RECOMENDAÇÕES Após a homologação do Código de Classificação e da Tabela de Temporalidade pela Comissão de Homologação, através de um documento normatizador, estes deverão ser publicados. Uma cópia destes

Leia mais

A Empresa. Alguns Clientes que já utilizam nossa tecnologia.

A Empresa. Alguns Clientes que já utilizam nossa tecnologia. A Empresa A GDDoc é uma empresa especializada na gestão de documentos digitais e arquivos, auxilia as empresas a administrar através da tecnologia o uso de papel, para alcançar estes objetivos fazemos

Leia mais

Anexo D Divisão de Análises Clínicas HU/UFSC. Versão 01. Atribuições dos Cargos

Anexo D Divisão de Análises Clínicas HU/UFSC. Versão 01. Atribuições dos Cargos DOC MQB -02 MQB.pdf 1/5 Cargo: Assistente de Laboratório 1. Planejar o trabalho de apoio do laboratório: Interpretar ordens de serviços programadas, programar o suprimento de materiais, as etapas de trabalho,

Leia mais

Arquivo. Apresentação OBJETIVOS DO PROJETO

Arquivo. Apresentação OBJETIVOS DO PROJETO Arquivo Apresentação OBJETIVOS DO PROJETO Definir a metodologia composta pela combinação das atividades com seus respectivos documentos, desde a sua indexação até o descarte, resultando na organização

Leia mais

GERENCIAR ATENDIMENTO A EQUIPAMENTOS DE TI 1 OBJETIVO

GERENCIAR ATENDIMENTO A EQUIPAMENTOS DE TI 1 OBJETIVO Proposto por: Equipe da Divisão de Equipamentos de TI (DIETI) Analisado por: Departamento de Suporte e Atendimento (DEATE) Aprovado por: Diretor-Geral da Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação (DGTEC)

Leia mais

POP Organização de Documentos Administrativos;

POP Organização de Documentos Administrativos; PÁGINA: 1/18 ELABORADO POR: Luciana Lott de Almeida Cunha APROVADO POR: Luciana Lott A. Cunha 1 OBJETIVO DO DOCUMENTO: Este documento tem o objetivo de estabelecer a metodologia de a ser utilizada por

Leia mais

SIMARPE Sistema de Arquivo Permanente

SIMARPE Sistema de Arquivo Permanente SIMARPE Sistema de Arquivo Permanente Documentos formam a grande massa de conhecimentos de uma organização seja ela privada ou pública, esses documentos em sua maioria são parte do seu patrimônio. A Gestão

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 89/2009 ESCLARECIMENTO 1

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 89/2009 ESCLARECIMENTO 1 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento Referência: Pregão Eletrônico n. 89/2009 Data: 17/12/2009 Objeto: Contratação de organização física e lógica de processos e documentos, correção da instrução de processos,

Leia mais

SEGUNDA RETIFICAÇÃO DO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 003/2011.

SEGUNDA RETIFICAÇÃO DO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 003/2011. SEGUNDA RETIFICAÇÃO DO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 003/2011. Objeto: licitação visando o Registro de preços para futura e eventual contratação de serviços de gerenciamento de conteúdo, digitalização e

Leia mais

Scanner modelo: ScanSnap S1300i

Scanner modelo: ScanSnap S1300i Scanner modelo: ScanSnap S1300i Scanner ScanSnap Duplex Colorido A4 AAD Especificações Funcionais Velocidade de digitalização melhorada (12 páginas por minuto) Sincronize facilmente com dispositivos ipad/iphone

Leia mais

EQUIPE COORDENAÇÃO-GERAL DO GABINETE GABINETE DO MINISTRO

EQUIPE COORDENAÇÃO-GERAL DO GABINETE GABINETE DO MINISTRO EQUIPE COORDENAÇÃO-GERAL DO GABINETE GABINETE DO MINISTRO Comportamento Organizacional GABINETE DO MINISTRO - Exemplo Em 2007 recebi um convite para organizar e dinamizar uma área que estava há muitos

Leia mais

Câmara Municipal dos Barreiros

Câmara Municipal dos Barreiros Barreiros, 30 de Abril de 2010 SISTEMA DE CONTROLE INTERNO Ofício nº 006/2010 SCI EXMO. SR. JOSÉ GERALDO DE SOUZA LEÃO M.D. Presidente da Câmara de Vereadores dos Barreiros NESTA O Coordenador do Sistema

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de OCR com separação de código de correção no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se na

Leia mais

Perguntas para avaliar a efetividade do processo de segurança

Perguntas para avaliar a efetividade do processo de segurança Perguntas para avaliar a efetividade do processo de segurança Questionário básico de Segurança da Informação com o objetivo de ser um primeiro instrumento para você avaliar, em nível gerencial, a efetividade

Leia mais

PORTARIA Nº 412, DE 5 DE SETEMBRO DE 2012

PORTARIA Nº 412, DE 5 DE SETEMBRO DE 2012 PORTARIA Nº 412, DE 5 DE SETEMBRO DE 2012 Estabelece diretrizes para a implementação da política de Gestão da Informação Corporativa no âmbito do Ministério da Previdência Social e de suas entidades vinculadas

Leia mais

ELIMINAR DOCUMENTOS NO DEGEA 1 OBJETIVO

ELIMINAR DOCUMENTOS NO DEGEA 1 OBJETIVO Proposto por: Divisão de Operações (DIOPE) Analisado por: Diretor do Departamento de Gestão de Acervos Arquivísticos (DEGEA) Aprovado por: Diretor-Geral de Comunicação e de Difusão do Conhecimento (DGCOM)

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.821/07 (Publicada no D.O.U. de 23 nov. 2007, Seção I, pg. 252)

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.821/07 (Publicada no D.O.U. de 23 nov. 2007, Seção I, pg. 252) RESOLUÇÃO CFM Nº 1.821/07 (Publicada no D.O.U. de 23 nov. 2007, Seção I, pg. 252) Aprova as normas técnicas concernentes à digitalização e uso dos sistemas informatizados para a guarda e manuseio dos documentos

Leia mais

Importância do GED. Implantação de um Sistema de GED

Importância do GED. Implantação de um Sistema de GED Implantação de um Sistema de GED Gerenciamento Eletrônico de Documentos Importância do GED O GED tem uma importante contribuição na tarefa da gestão eficiente da informação; É a chave para a melhoria da

Leia mais

BIBLIOTECAS DIGITAIS: CONCEITOS E PLANEJAMENTO. Liliana Giusti Serra

BIBLIOTECAS DIGITAIS: CONCEITOS E PLANEJAMENTO. Liliana Giusti Serra BIBLIOTECAS DIGITAIS: CONCEITOS E PLANEJAMENTO Liliana Giusti Serra INFORMAÇÃO - NOVA ECONOMIA Ciência da Informação Ciência da Computação CONTEÚDO Tecnologia de Rede BIBLIOTECAS DIGITAIS Interoperabilidade

Leia mais

ANEXO II EXIGÊNCIAS DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE

ANEXO II EXIGÊNCIAS DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE ANEXO II EXIGÊNCIAS DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE 1. OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO Estas exigências definem os deveres e as responsabilidades da CONTRATADA e estabelecem as orientações, requisitos

Leia mais

Departamento de Arquivologia SIGAD. Sistemas Informatizados de Gestão Arquivística de Documentos SIGAD 1

Departamento de Arquivologia SIGAD. Sistemas Informatizados de Gestão Arquivística de Documentos SIGAD 1 Departamento de Arquivologia SIGAD Sistemas Informatizados de Gestão Arquivística de Documentos SIGAD 1 Agenda Introdução Conceitos Iniciais e-arq e SIGAD Para quem? Para quê? O que são? O que não são?

Leia mais

Sobre o questionamento dessa empresa informo o seguinte:

Sobre o questionamento dessa empresa informo o seguinte: PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Ofício nº 020/2011-PREG/PGR REF. Pregão 054 /2011 Brasília, 10 de junho de 2011 DO: Pregoeiro/Procuradoria Geral

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Com relação aos fundamentos da arquivologia e à terminologia arquivística, julgue os itens a seguir. 61 Informações orgânicas registradas, produzidas durante o exercício das funções de um órgão ou instituição,

Leia mais

EDUCAR E PESQUISAR HISTÓRICO. Data Revisão Descrição Elaborado por: Aprovado por:

EDUCAR E PESQUISAR HISTÓRICO. Data Revisão Descrição Elaborado por: Aprovado por: Ministério da Saúde FIOCRUZ Fundação Oswaldo Cruz EDUCAR E PESQUISAR HISTÓRICO Data Revisão Descrição Elaborado por: Aprovado por: 00 Emissão Inicial 10/03/2012 01 Alteração do Formato Ângela Maria Ribeiro

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO RESOLUÇÃO nº483/2009 Data da Norma: 04/03/2009 Órgão expedidor: ÓRGÃO ESPECIAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Fonte: DJE de 22/06/2009, p. 1-77 Ementa: Cria o Programa de Gestão de Documentos Arquivísticos do

Leia mais