Manual do Desenvolvedor

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Desenvolvedor"

Transcrição

1 Manual do Desenvolvedor Versão Data Descrição da alteração Histórico de Atualização do Manual /02/04 - Atualização do telefone de contato do Suporte Técnico do Komerci /04/04 - Alteração do tamanho do parâmetro CODVER /08/04 - Inclusão de alerta para programas bloqueadores de pop-ups /10/04 - Nova interface gráfica para telas da bandeira MasterCard - Inclusão do parâmetro TARGET na 1º etapa da transação - Alteração do método de envio da 3ª etapa da transação - Inclusão do idioma Espanhol para as telas da bandeira MasterCard - Mudanças nas regras de customização Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 1

2 Índice Introdução Configurações Fluxo de Transação Loja-virtual Redecard Código de Verificação Modelo de Código-fonte...11 Tela de captura Redecard Loja-virtual Tabela de Códigos e Mensagens de Retorno Loja-virtual Redecard Redecard Loja-virtual Loja-Virtual Redecard Comprovante de Venda Dicas de segurança Teste na Loja-Virtual Gerenciamento de Vendas Importante Anexo Guia de Edição Suporte Técnico Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 2

3 Introdução Este manual irá auxiliá-lo na configuração do acesso ao Komerci, bem como na utilização de todos os recursos e facilidades proporcionadas pelo produto. O estabelecimento deverá desenvolver uma rotina própria para a utilização do Komerci em sua loja-virtual, seguindo, entretanto, os padrões definidos neste documento. O conhecimento de versões anteriores do Komerci não desobriga a leitura deste documento. Configurações Configuração mínima de hardware e software - Processador 486 DX2-50 Mhz - 16 Mb de memória RAM - 32 Mb de espaço livre em disco rígido - Modem de bps - Mouse - Plataforma Windows 95/98/NT/2000, Linux, AIX, Sun Solaris, OS/390 ou AS/400.) Versões certificadas - Netscape Navigator 4.0, Internet Explorer 4.0 (ou versões superiores) e alguns outros browsers - JDK (ou versões superiores) Certificado necessário - SSL 128 bits Sugestão de fornecedores do Certificado SSL 128 bits É de inteira responsabilidade do estabelecimento a seleção e negociação com a empresa certificadora. A Redecard não possui nenhuma relação de empresas homologadas para a emissão do certificado digital. Os endereços citados acima são apenas sugestões. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 3

4 Fluxo de transação Check-out da Loja-Virtual: A ilustração abaixo é um modelo de loja virtual após a seleção dos itens desejados na compra: Recomenda-se que na forma de pagamento sejam exibidas as opções MasterCard e Diners, assim grafadas. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 4

5 Etapas do Fluxo: Estas são as etapas do fluxo de dados permutados entre a Redecard e a loja-virtual durante o processo de captura de uma transação. Cada uma das etapas será detalhada a seguir * Loja-Virtual Redecard Emissor * Esta etapa será enviada para o portador do cartão, por meio da loja -virtual. Descrição das Etapas: 1-) Loja-Virtual Redecard: Solicitação de Autorização 2-) Redecard Loja-Virtual: Retorno de Autorização 3-) Loja-Virtual Redecard: Solicitação de Confirmação 4-) Redecard Loja-Virtual: Retorno de Confirmação 5-) Loja-Virtual Redecard: Solicitação de Comprovante de Vendas 6-) Redecard Loja-Virtual: Exibição de Comprovante de Vendas para o portador Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 5

6 1. Loja-virtual Redecard A loja virtual deverá enviar os seguintes parâmetros para a Redecard, quando da chamada para a tela de captura do Komerci: NOME TAMANHO DESCRIÇÃO TOTAL 15 Valor total da compra TRANSACAO 2 Código do tipo de transação PARCELAS 2 Número de parcelas FILIACAO 9 Número de filiação do estabelecimento (fornecedor) DISTRIBUIDOR 9 Número de filiação do estabelecimento (distribuidor) BANDEIRA 10 Bandeira do cartão NUMPEDIDO 16 Número do pedido PAX1 26 Texto livre para digitação CODVER 25 Código de Verificação URLBACK 250 Endereço para retorno dos dados da transação URLCIMA 250 Endereço de URL da página ou imagem superior TARGET 40 Nome do frame para onde será retornado a URLBACK Todos os parâmetros citados nesta etapa do fluxo deverão ser enviados através do método POST, para: https://ecommerce.redecard.com.br/pos_virtual/form_card.asp 1 Não utilizar frames ou iframes na chamada do site https://ecommerce.redecard.com.br/pos_virtual. Esta prática causará interferências no funcionamento das páginas para determinadas configurações/versões de browsers. O Komerci oferece a opção de exibição de "banner" das lojas, vide página 8 deste manual (Utilização de parâmetro URLCIMA), ou contate nosso suporte técnico. TOTAL O parâmetro TOTAL deverá conter o valor da transação separado por. (ponto). Exemplo: É obrigatória a existência de duas casas decimais. TRANSAÇÃO O parâmetro TRANSACAO deverá conter o código do tipo de transação a ser processada, de acordo com a tabela a seguir: Tipo de Transação Código À vista 04 Parcelado Emissor 06 Parcelado Estabelecimento 08 1 Para solicitar a tela de captura do Komerci em outros idiomas, basta substituir este endereço por: INGLÊS: https://ecommerce.redecard.com.br/pos_virtual/form_card_eng.asp/ ESPANHOL: https://ecommerce.redecard.com.br/pos_virtual/form_card_spa.asp/ (Obs: a tela em espanhol só está disponível para a bandeira MasterCard inicialmente). Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 6

7 PARCELAS O parâmetro PARCELAS deverá conter o nº de parcelas da transação. Ele deverá ser preenchido com o valor 00 (zero zero) quando o parâmetro TRANSACAO for 04, isto é, à vista. FILIAÇÃO O parâmetro FILIACAO deverá conter o nº de filiação do estabelecimento cadastrado junto a Redecard. DISTRIBUIDOR O parâmetro DISTRIBUIDOR" deverá conter o nº de filiação do estabelecimento distribuidor. Este parâmetro só deverá ser preenchido se o estabelecimento do campo FILIACAO for um fornecedor. Em caso negativo, enviar este parâmetro, porém em branco. BANDEIRA O parâmetro BANDEIRA deverá conter a forma de pagamento solicitada pelo usuário, em caixa alta. As opções oferecidas pelo Komerci são: MASTERCARD e DINERS. Este parâmetro é utilizado apenas para apresentação da logomarca correta na tela de captura do Komerci. Se, porventura, o portador digitar os dados de um cartão de crédito MasterCard na tela de captura Diners, por exemplo, o Comprovante de Vendas será exibido de acordo com o nº do cartão digitado, no caso, MasterCard. NUMPEDIDO O parâmetro NUMPEDIDO deverá conter o nº do pedido referente ao produto / serviço solicitado pelo usuário. Este campo deverá ser preenchido de acordo com a política interna da loja-virtual. PAX1 O parâmetro PAX1 é de preenchimento opcional.caso o número de pedido ultrapasse as 16 posições permitidas para NUMPEDIDO, as demais posições poderão ser incluídas em PAX1. CODVER O parâmetro CODVER deverá conter o código de verificação gerado pelo aplicativo CodVer.class. A instrução para instalação do código está descrita no tópico a seguir. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 7

8 URLBACK O parâmetro URLBACK deverá conter o endereço e página para onde os dados da transação deverão ser retornados. Não ultrapasse as 250 posições permitidas. Não utilize símbolos, pontuações ou caracteres especiais, tais como # & * ^ /?). Como incremento de segurança, a loja-virtual poderá cadastrar previamente uma URLBACK através do portal da Redecard (www.redecard.com.br). Através deste cadastramento prévio, será possível suprimir o envio do parâmetro URLBACK, pois o Komerci sempre retornará os dados das transações para àquele endereço que foi cadastrado no portal. URLCIMA O parâmetro URLCIMA deverá conter o endereço da URL (em HTTPS) da página ou imagem a ser carregada na área superior da tela do Komerci (conforme indicado na ilustração abaixo): Seguem abaixo algumas restrições de utilização deste parâmetro: Não ultrapasse as 250 posições permitidas. Não utilize símbolos, pontuações ou caracteres especiais, tais como & * ^?). Caso o estabelecimento deixe de enviar estes parâmetros, ou os envie em branco, o sistema carregará a cor da tela de captura padrão. O tamanho da área que o parâmetro URLCIMA abrange é fixa em 120 X 780 pixels. Este parâmetro está disponível tanto para a bandeira MasterCard quanto para a bandeira Diners. No caso, da bandeira Diners, existem outros parâmetros de customização possíveis de serem editados. Vide tópico Anexo Guia de Edição neste documento. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 8

9 TARGET O parâmetro TARGET é opcional. Ele poderá conter o nome do frame para onde a Redecard retornará a URLBACK. Caso este parâmetro não seja enviado, a Redecard retornará a URLBACK no target top (target= _top ). Este parâmetro só será acatado para transações da bandeira MasterCard inicialmente. Recomenda-se a abertura da tela de captura do Komerci no próprio frame da loja-virtual para evitar problemas decorrentes da utilização de programas bloqueadores de pop-ups por parte dos portadores de cartão. Uma outra solução para evitar problema com estes programas é a exibição de um aviso, antes ou durante a transação, informando ao seu cliente sobre a necessidade de desabilitar ou desinstalar o programa bloqueador de pop-ups que ele eventualmente possua. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 9

10 Instruções para Instalação do Código de Verificação A loja-virtual será responsável por implementar uma rotina (na linguagem em que desejar) para chamar o utilitário Java (CodVer.class) que gera o Código de Verificação, seguindo, entretanto, as instruções aqui dispostas. Pré-requisito do Servidor do Lojista: Interpretador Java (JDK, por exemplo) versão (mínimo) instalado. Sintaxe para chamada do utilitário Java: # java CodVer <numfil> <total> <ip address> Onde: <numfil>: Número de filiação do lojista; <total>: Valor total da compra (formato ###.##) com até 12 caracteres; <ip address>: Endereço IP da máquina do COMPRADOR; Exemplos: # java CodVer # java CodVer A saída poderá ser direcionada para um arquivo: # java CodVer > codver.out O conteúdo deste arquivo será: Uma vez passado os argumentos corretos, será retornado o Código de Verificação. Caso seja digitado apenas: # java CodVer Sem nenhum parâmetro, será exibido um pequeno help. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 10

11 Sugestão para as lojas virtuais que operam com ASP A Redecard disponibiliza para download o arquivo Código de Verificação, a fim de auxiliar o desenvolvedor na integração de sua loja virtual com o ambiente Redecard. Este arquivo contém: - Página ASP integradora - Componente ActiveX para geração do código de verificação - Arquivos de suporte ao funcionamento do componente - Códigos fonte do componente - Instruções detalhadas O arquivo Código de Verificação está disponível para download no link "Manuais" do Portal Redecard (www.redecard.com.br). Todo e qualquer código fornecido é apenas uma sugestão para desenvolvimento, cabendo ao programador da loja virtual adequá-lo ao seu ambiente. Consulte o tópico Suporte Técnico para obter maiores informações. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 11

12 Modelo de Código Fonte Este é um modelo de código-fonte que a loja virtual poderá utilizar para fazer a chamada para a tela de captura do Komerci: <HTML> <HEAD> <TITLE>Esta é a sua página de compras</title> <META name="description" content=""> <META name="keywords" content=""> <META name="generator" content="xxxxhtml"> <Script language="javascript"> <!-- function Janela() { vpos=window.open('','vpos','toolbar=no,location=no,directories=no,status=no,menubar=no,scrollb ars=auto,resizable=no,copyhistory=no,width=780,height=460'); document.form_card.submit(); } //--> </Script> </HEAD> <BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#000000" VLINK="#000000"> <Center> <P><font face="arial" color="navy" size="4">nesta página estará a tabela com as mercadorias, custos, qtdes, frete, qtde parcelas, etc...</font></p> <P> </P> <P> </P> <P><font face="arial" color="bb0000" size="4"><a href="javascript:janela();">comprar</a></font></p> <form name="form_card" method="post" target="vpos" action="https://ecommerce.redecard.com.br/pos_virtual/form_card.asp"> <input type="hidden" name="total" value="17.50"> <input type="hidden" name="transacao" value="04"> <input type="hidden" name="parcelas" value="00"> <input type="hidden" name="filiacao" value=" "> <input type= hidden name= DISTRIBUIDOR value= > <input type= hidden name= BANDEIRA value= MASTERCARD > <input type="hidden" name="numpedido" value="123456"> <input type="hidden" name="pax1" value="xxxxxxx"> <input type="hidden" name="codver" value="xxxxxxxxxxxxxxxx-xxx"> <input type="hidden" name="urlback" value="https://www.loja.com.br/cgi-bin/retorna.cgi"> <input type="hidden" name="urlcima" value=" https://www.loja.com.br/imagem_cima.jpg"> <input type="hidden" name="target" value="_nometarget"> <center> <input type = "submit" name = "enviar" value = "Prosseguir"> </center></form> </center> </BODY> </HTML> Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 12

13 Tela de Captura As interfaces de pagamento serão exibidas de acordo com a solicitação que a loja-virtual fizer no parâmetro BANDEIRA, conforme diagrama abaixo: MASTERCARD Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 13

14 DINERS O Nome do Portador é o único parâmetro da tela de captura que não é validado junto ao emissor do cartão. Este dado é registrado no Relatório de Transações do estabelecimento conforme foi digitado pelo comprador na tela de captura. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 14

15 2. Redecard Loja-virtual 2 Transação Aprovada Se a transação for aprovada e bem sucedida, a Redecard retornará os seguintes parâmetros para a loja-virtual, em método GET, através de sua URLBACK (previamente cadastrada ou fornecida em parâmetro): NOME TAMANHO DESCRIÇÃO DATA 8 Data da transação NUMPEDIDO 16 Número do Pedido NR_CARTAO 16 Número do Cartão mascarado ORIGEM_BIN 3 Código de Nacionalidade do Emissor NUMAUTOR 6 Número de Autorização NUMCV 9 Número do Comprovante de Venda (NSU) NUMAUTENT 27 Número de Autenticação NUMSQN 12 Número seqüencial único DATA O parâmetro DATA retornará a data em que a transação foi efetuada (no formato aaaammdd). NUMPEDIDO O parâmetro NUMPEDIDO retornará o nº do pedido que foi informado pela loja-virtual na primeira etapa do fluxo. NR_CARTAO O parâmetro NR_CARTAO retornará o nº do cartão validado junto ao emissor, de forma mascarada, deixando visível apenas os 6 primeiros e 4 últimos dígitos do número. ORIGEM_BIN O parâmetro ORIGEM_BIN retornará o código de nacionalidade do emissor do cartão validado (ex:. BRA= Brasil) O estabelecimento poderá optar por rejeitar transações de emissores internacionais através do tratamento deste parâmetro. NUMAUTOR O parâmetro NUMAUTOR retornará o nº de autorização da transação. 2 É de inteira responsabilidade da loja-virtual fazer o tratamento de quaisquer informações retornadas pela Redecard. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 15

16 NUMCV O parâmetro NUMCV retornará o nº do comprovante de vendas da transação. NUMAUTENT O parâmetro NUMAUTENT retornará o nº de autenticação da transação. NUMSQN O parâmetro NUMSQN retornará o número seqüencial único da transação. Transação Não Aprovada NOME TAMANHO DESCRIÇÃO NUMPEDIDO 16 Número do Pedido CODRET 2 Código de erro MSGRET 200 Mensagem de erro NUMPEDIDO O parâmetro NUMPEDIDO retornará o nº do pedido que foi informado pela loja-virtual na primeira etapa do fluxo. Dependendo do código do erro, este parâmetro pode não retornar. CODRET O parâmetro CODRET retornará o código de erro se houver algum problema no processamento da transação ou se o emissor não autorizá-la por qualquer motivo. MSGRET O parâmetro MSGRET retornará a mensagem de erro correspondente ao código de erro CODRET se houver algum problema no processamento da transação ou se o emissor não autorizá-la por qualquer motivo. No caso de transações não aprovadas, o fluxo termina nesta etapa. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 16

17 Tabela de Códigos e Mensagens de Retorno: Código Mensagem 0 a 49 Transação Aprovada 50, 52, 54, 55, 57, 59, 61, 62, 64, 66, 67, 68, 70, 71, 73, 75, 78, 79, 80, 82, 83, 84, 85, 87, 89, 90, 91, 93, 94, 95, 97, 99 Transação não autorizada 51, 92, , 86 58, 63, 65, 69, 72, 77, 96 56, 60 Estabelecimento Inválido Por favor, entre em contato com o estabelecimento que está efetuando a venda. Transação Inválida Por favor, entre em contato com o estabelecimento que está efetuando a venda. Refaça a transação Sua transação não pode ser concluída. Por favor, tente novamente. Problemas com o cartão Por favor, verifique os dados de seu cartão. Caso o erro persista- entre em contato com a central de atendimento de seu cartão. Dado Inválido Por favor, ent re em contato com o estabelecimento que está efetuando a venda. 74 Instituição sem comunicação 81 Banco não pertence à rede Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 17

18 3. Loja-Virtual Redecard Caso a transação tenha sido aprovada pelo emissor, a loja-virtual deverá confirmá-la, retornando os seguintes parâmetros para o endereço: O tráfego destes dados não deverá ocorrer através do browser do usuário ou com sua interferência, ou seja, o webserver da loja-virtual deverá comunicar-se diretamente com o ambiente da Redecard. Pode-se, por exemplo, utilizar componentes, serviços, servlets, etc. Este procedimento garante a segurança do tráfego dos dados entre a Redecard e a sua lojavirtual. NOME TAMANHO DESCRIÇÃO DATA 8 Data da transação TRANSACAO 3 Código da transação de confirmação TRANSORIG 2 Código do tipo da transação original PARCELAS 2 Número de parcelas da transação FILIACAO 9 Filiação do estabelecimento (fornecedor) DISTRIBUIDOR 9 Filiação do estabelecimento (distribuidor) TOTAL 15 Valor da transação NUMPEDIDO 16 Número do pedido NUMAUTOR 6 Número da autorização NUMCV 9 Número do Comprovante de Vendas NUMSQN 12 Número seqüencial único DATA O parâmetro DATA deverá conter a data em que a transação foi efetuada (no formato aaaammdd). TRANSACAO O parâmetro TRANSACAO deverá conter o código de confirmação da transação: 203. TRANSORIG O parâmetro TRANSORIG deverá conter o código do tipo de transação que foi informado pela loja-virtual no campo TRANSACAO na primeira etapa do fluxo. PARCELAS O parâmetro PARCELAS deverá conter o nº de parcelas da transação que foi informado pela loja-virtual no campo PARCELAS na primeira etapa do fluxo. FILIAÇÃO O parâmetro FILIACAO deverá conter o nº de filiação do estabelecimento (cadastrado junto a Redecard), que foi informado pela loja-virtual no campo FILIACAO na primeira etapa do fluxo. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 18

19 DISTRIBUIDOR O parâmetro DISTRIBUIDOR" deverá conter o nº de filiação do estabelecimento distribuidor que foi informado pela loja-virtual no campo DISTRIBUIDOR na primeira etapa do fluxo. TOTAL O parâmetro TOTAL deverá conter o valor da transação que foi informado pela lojavirtual no campo TOTAL na primeira etapa do fluxo. NUMPEDIDO O parâmetro NUMPEDIDO deverá conter o nº do pedido que foi autorizado e retornado pela Redecard no campo NUMPEDIDO na segunda etapa do fluxo. NUMAUTOR O parâmetro NUMAUTOR deverá conter exatamente o mesmo nº de autorização da transação que foi retornado pela Redecard no campo NUMAUTOR na segunda etapa do fluxo. Por exemplo: Se foi retornado o nº , a loja-virtual deverá enviar o nº e não (suprimindo o valor 0 - zero). NUMCV O parâmetro NUMCV deverá conter o nº do comprovante de vendas da transação que foi informado pela Redecard no campo NUMCV na segunda etapa do fluxo. NUMSQN O parâmetro NUMSQN deverá conter o nº seqüencial único da transação que foi informado pela Redecard no campo NUMSQN na segunda etapa do fluxo. IMPORTANTE: LEIA COM ATENÇÃO OS ITENS ABAIXO. - Caso a loja-virtual decida não confirmar a transação, por motivo qualquer, basta que o estabelecimento não execute esta etapa do fluxo. Neste caso, a transação será automaticamente desfeita. - Após a autorização da transação e o retorno dos dados à URLBACK, a loja-virtual terá 02 (dois) minutos para efetuar a confirmação. Caso a transação não seja confirmada neste período, ela será automaticamente desfeita. - Os dados da confirmação devem ser enviados através do método GET, em conexão HTTP (e não HTTPS). Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 19

20 4. Redecard Loja-Virtual Efetuada a confirmação, a Redecard retornará os seguintes parâmetros para a loja-virtual: NOME TAMANHO DESCRIÇÃO CODRET 2 Código de retorno MSGRET 200 Mensagem de retorno CODRET O parâmetro CODRET retornará o código de retorno da transação. MSGRET O parâmetro MSGRET retornará a mensagem da transação referente ao código de retorno CODRET. Se a confirmação da transação for bem sucedida, este parâmetro retornará o Comprovante de Vendas para o portador do cartão. Estes parâmetros são retornados após a chamada para confirmação da transação. Não é retornado qualquer comando ou TAG HTML, mas somente uma única linha de texto. Ex:. CODRET=0&MSGRET=CONFIRMACAO+COM+SUCESSO. Desta forma, o tratamento do retorno através de componente (ou serviço, servlet, etc) fica mais fácil e rápido. Códigos e Mensagens de retorno: 0 = "CONFIRMACAO COM SUCESSO"; 1 = "JA CONFIRMADA"; (transação já confirmada anteriormente) 2 = "TRANSACAO NEGADA"; 3 = "TRANSACAO DESFEITA"; (ultrapassado o tempo disponível para confirmação) 4 = "TRANSACAO ESTORNADA"; 5 = "TRANSACAO ESTORNADA"; 8 = "DADOS NAO COINCIDEM"; 9 = "TRANSACAO NAO ENCONTRADA"; 88 = DADOS AUSENTES. TRANSAÇAO NAO PODE SER CONCLUIDA - A loja-virtual deverá tratar cada uma das mensagens de retorno e informar o portador dependendo da situação. - Caso nenhum dado seja retornado, o estabelecimento deverá enviar a confirmação novamente (repetir a terceira etapa do fluxo). Recomenda-se que, ao final desta etapa, a loja-virtual retorne para o usuário, o número do pedido, bem como os dados necessários para o acompanhamento da compra por parte do portador do cartão. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 20

21 5. Loja-Virtual Redecard Devidamente confirmada a transação, a loja-virtual deverá disparar a exibição do comprovante de venda, enviando os seguintes parâmetros (GET ou POST) preenchidos na URL: https://ecommerce.redecard.com.br/pos_virtual/cupom.asp NOME TAMANHO DESCRIÇÃO DATA 8 Data da transação TRANSACAO 3 Código 201 NUMAUTOR 6 Número da autorização NUMCV 9 Número do Comprovante de Vendas LANGUAGE 1 Idioma do comprovante de vendas DATA O parâmetro DATA deverá conter a data em que a transação foi efetuada (no formato aaaammdd), informado pela Redecard no campo DATA na segunda etapa do fluxo TRANSACAO O parâmetro TRANSACAO deverá conter o código de exibição do cupom: 201. NUMAUTOR O parâmetro NUMAUTOR deverá conter exatamente o mesmo nº de autorização da transação que foi retornado pela Redecard no campo NUMAUTOR na segunda etapa do fluxo. Por exemplo: Se foi retornado o nº , a loja-virtual deverá enviar o nº e não (suprimindo o valor 0 - zero). NUMCV O parâmetro NUMCV deverá conter o nº do comprovante de vendas da transação que foi informado pela Redecard no campo NUMCV na segunda etapa do fluxo. IMPORTANTE: LEIA COM ATENÇÃO OS ITENS ABAIXO. - Apesar de tratar-se de uma etapa independente do fluxo, é obrigação da lojavirtual exibir o comprovante de venda, preferencialmente em uma nova janela, de forma que o comprador consiga imprimir os dados. - A exibição do comprovante de venda pode ocorrer mais de uma vez, mas apenas o comprador poderá visualizá-lo. - Caso seja solicitada a exibição do comprovante de venda para uma transação não confirmada ou não aprovada, uma mensagem de erro será exibida. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 21

22 LANGUAGE O parâmetro LANGUAGE deverá conter o código correspondente ao idioma utilizado na 1ª etapa do fluxo de transação. Onde: Código E S Forma de Captura Inglês Espanhol* * O valor S referente ao idioma Espanhol só está disponível para transações da bandeira MasterCard inicialmente. Comprovante de Venda Os comprovantes de vendas (ilustrados abaixo) serão exibidos de acordo com a solicitação que a loja-virtual fez no parâmetro BANDEIRA, na primeira etapa do fluxo: MASTERCARD DINERS Atenção! Para exibir o comprovante de vendas neste mesmo formato (ilustrado acima), configure o pop-up para 280 X 440 pixels. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 22

23 Dicas de Segurança Estes são exemplos de fonte html que poderão ser gerados pelo desenvolvedor para garantir maior segurança nas transações eletrônicas da loja-virtual. O trecho a seguir contém uma rotina de Javascript para desabilitar o botão direito do mouse. <script language = "Javascript"> Function right(e) { if (navigator.appname == 'Netscape' && (e.which == 3 e.which == 2)) Return false; Else if (navigator.appname == 'Microsoft Internet Explorer' && (event.button == 2 event.button == 3)) { Alert("REDECARD ONLINE"); Return false; } Return true; } Document.onmousedown=right; Document.onmouseup=right; if (document.layers) window.captureevents(event.mousedown); if (document.layers) window.captureevents(event.mouseup); Window.onmousedown=right; Window.onmouseup=right; </script> O trecho a seguir contém uma rotina de Javascript para desabilitar o menu, a barra de rolagem e outros itens da página. <Script language="javascript"> <!-- Function Janela() { Vpos=window.open('','vpos','toolbar=no,location=no,directories=no,status=no,menubar= no,scrollbars=auto, Resizable=no,copyhistory=no,width=600,height=460'); document.form_pos.submit(); } //--> </Script> Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 23

24 Teste na Loja-Virtual Para efetuar os testes na plataforma do Komerci antes de implementá-la, a Redecard recomenda que o estabelecimento realize transações em ambiente produtivo, estornando-as no mesmo dia da venda, por meio do Gerenciador de Vendas, disponível no Portal Redecard. Gerenciamento de Vendas O Komerci possui uma série de funcionalidades para gerenciamento das transações processadas, tais como: Estorno de Transações: O Estorno permite que o estabelecimento possa cancelar transações on-line que foram realizadas através do Komerci. Este serviço só está disponível para transações realizadas no mesmo dia da venda (até às 23:59h do horário oficial de Brasília). Resumo de Vendas: O Resumo de Vendas é um documento que exibe a somatória diária de todas as transações confirmadas e faturadas. Ele fica disponível no sistema por 5 dias, de modo que se ele não for extraído durante este período, não será mais possível visualizá-lo. Por isso, recomenda-se a extração diária do mesmo. Relatório de Transações: O Relatório de Transações é uma ferramenta que disponibiliza por três meses a consulta de todos os dados pertinentes às transações efetuadas através do Komerci. Manuais: Esta função armazena a última versão dos manuais operacionais do Komerci para download. Estas funcionalidades estão disponíveis no Portal Redecard. Para utilizar o Portal Redecard, basta que o estabelecimento efetue cadastro no endereço: com sua filiação da tecnologia Komerci. Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 24

25 Importante Os procedimentos que confirmam a realização da compra pelo cliente, como o envio de e- mail, a confirmação por telefone e a consulta de banco de dados interno, são práticas complementares que devem ser realizadas pelo estabelecimento. Esses procedimentos podem reduzir o risco da transação comercial realizada via Internet, e já são práticas comuns adotadas pela maioria dos estabelecimentos, mas particularmente recomendadas quando o valor da compra for elevado. Atenção: É importante verificar o status da transação antes de iniciar o processo de entrega dos produtos adquiridos ou execução dos serviços contratados pelos consumidores. Apenas transações com o status de Confirmada (vide Relatório de Transações do Komerci) é que devem ser consideradas como bem sucedidas, exceto se tiverem sido canceladas posteriormente. A Redecard entende que a decisão final de efetivação da venda deve sempre ficar a cargo do estabelecimento, principalmente em se tratando da comparação de informações que são digitadas e, conseqüentemente, passíveis de erros. Lembrando que o estabelecimento que utiliza a Internet como canal de vendas, submete-se às regras de Marketing Direto e, assim sendo, ficará sujeito às cláusulas contratuais previstas para este tipo de comercialização, salvo algumas exceções (ex: Komerci SecureCode, acordos locais, etc). Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 25

26 Anexo Guia de Edição Este guia só está disponível para a bandeira Diners. Caso o estabelecimento popule estes parâmetros em transações da bandeira MasterCard, eles serão descartados. O único que será acatado é a URLCIMA, que já foi descrito anteriormente neste guia. Introdução Este guia irá auxiliá-lo na edição e personalização da interface de pagamento do Komerci, bem como na utilização de todos os recursos proporcionados pelo sistema. Programação Específica Para editar a tela de captura do Komerci, o estabelecimento deverá enviar dados adicionais na primeira etapa da transação. Fluxo de Transação Para editar a tela de captura do Komerci, o estabelecimento deverá enviar alguns dados adicionais na primeira etapa do fluxo, junto aos demais dados da transação, seguindo as instruções detalhadas em seguida: NOME TAMANHO DESCRIÇÃO URLCIMA 250 Endereço de URL da página ou imagem superior URLBAIXO 250 Endereço de URL da página ou imagem inferior CORBKG 6 Cor de fundo da tela de captura CORTOP1 6 Cor da fonte do título superior CORTOP2 6 Cor da fonte do sub-título superior CORLEFT1 6 Cor da fonte do título esquerdo CORLEFT2 6 Cor da fonte do texto esquerdo CORRIGHT1 6 Cor da fonte do título direito CORRIGHT2 6 Cor da fonte do formulário direito CORBTN1 6 Cor de fundo dos botões CORBTN2 6 Cor da fonte do texto dos botões CORPOPUP1 6 Cor de fundo do pop-up CORPOPUP2 6 Cor da fonte do título do popup CORPOPUP3 6 Cor da fonte do texto do popup Manual do Desenvolvedor (Versão 2.7) 26

Manual do Desenvolvedor Komerci Integrado

Manual do Desenvolvedor Komerci Integrado Manual do Desenvolvedor Komerci Integrado Histórico de Atualização do Manual Versão Data Descrição da alteração 2.5 09/02/04 - Atualização do telefone de contato do Suporte Técnico do Komerci 2.6 12/04/04

Leia mais

Manual de Desenvolvedor Komerci Integrado

Manual de Desenvolvedor Komerci Integrado Manual de Desenvolvedor Komerci Integrado 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 Apresentação 4 Credenciamento 5 Configurações 5 Suporte técnico Komerci 6 Fluxo de Transação Komerci 8 Autorização em um passo

Leia mais

Manual do Desenvolvedor Komerci Integrado

Manual do Desenvolvedor Komerci Integrado Apresentação 1 Parabéns! Ao adquirir o Komerci, você optou por ter em seu negócio muito mais facilidades e tecnologia em suas vendas. E para que você aproveite ao máximo todas as vantagens que o serviço

Leia mais

Manual de Captura e Gerenciamento WebService Komerci

Manual de Captura e Gerenciamento WebService Komerci Manual de Captura e Gerenciamento WebService Komerci Apresentação 1 A Redecard faz questão de oferecer muito mais do que produtos e serviços que facilitem sua vida. Queremos levar todas as informações

Leia mais

Manual de Captura WebService

Manual de Captura WebService Manual de Captura WebService Versão Data Descrição da alteração Histórico de Atualização do Manual 2.0 13/05/02 Extração dos parâmetros PAX5 e NUMDOC5. Inclusão de instrução sobre o tratamento para o recebimento

Leia mais

Manual de. Captura e Gerenciamento WebService Komerci

Manual de. Captura e Gerenciamento WebService Komerci Manual de Captura e Gerenciamento WebService Komerci 01 02 03 04 05 06 07 Apresentação 4 Credenciamento da tecnologia Komerci, produtos e serviços 5 Informações Importantes 6 Suporte técnico Komerci 6

Leia mais

GUIA DO PORTAL MAXIPAGO

GUIA DO PORTAL MAXIPAGO GUIA DO PORTAL MAXIPAGO Versão 1.1.1 Sumário 1. Introdução... 4 2. Glossário... 5 3. Acesso ao Portal... 6 4. Mudando o Idioma do Portal... 6 5. Utilizando as Credenciais de Teste para Acesso ao Portal...

Leia mais

Manual de Apoio à Assinatura Eletrônica DISO

Manual de Apoio à Assinatura Eletrônica DISO Manual de Apoio à Assinatura Eletrônica DISO Índice Hyperlinks Descanse o mouse na frase, aperte sem largar o botão Ctrl do seu teclado e click com o botão esquerdo do mouse para confirmar. Introdução

Leia mais

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174 Versão Liberada A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível. A atualização da versão

Leia mais

Tutorial do Lojista. www.cielo.com.br/ecommerce. Em caso de dúvidas, entre em contato com o nosso Suporte e-commerce (Atendimento 7 dias por

Tutorial do Lojista. www.cielo.com.br/ecommerce. Em caso de dúvidas, entre em contato com o nosso Suporte e-commerce (Atendimento 7 dias por Tutorial do Lojista Em caso de dúvidas, entre em contato com o nosso Suporte e-commerce (Atendimento 7 dias por semana, 24 horas por dia): E-mail: cieloecommerce@cielo.com.br Telefones: Capitais: 4002

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Solicitação de Manutenção de Veículo. Manual SRM

Solicitação de Manutenção de Veículo. Manual SRM Manual SRM 1 Índice 1. Requerimentos Técnicos para Utilização do Sistema... 4 1.1 Hardware... 4 1.2 Software... 5 1.3 Conexão à Internet... 9 2. Desabilitação do Bloqueio Automático de Pop-ups...10 3.

Leia mais

Realizando Vendas no site do Cartão BNDES

Realizando Vendas no site do Cartão BNDES Realizando Vendas no site do Cartão BNDES Fornecedor Atualizado em 16/07/2013 Pág.: 1/23 Introdução Este manual destina-se a orientar os fornecedores que irão registrar as vendas no site do Cartão BNDES,

Leia mais

1) Existem diferenças entre os painéis da loja virtual? 2) Quais são os tipos de Produtos da loja? 3) Como cadastrar um Produto Simples?

1) Existem diferenças entre os painéis da loja virtual? 2) Quais são os tipos de Produtos da loja? 3) Como cadastrar um Produto Simples? FAQ Loja Virtual 1) Existem diferenças entre os painéis da loja virtual? Sim, há diferenças entre os painéis da loja virtual. Abaixo segue uma imagem exemplificando as diferenças entre os painéis. 2) Quais

Leia mais

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E)

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E) Conteúdo Solicitação de Autorização...2 Numeração da NF-E...3 Emissão de NF-E...3 Pesquisa de NF-E emitida...5 Cancelamento de NF-E emitida...5 Carta de Correção...6 Envio de Arquivo de RPS...6 Número

Leia mais

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4.

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. 1 Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. Interface do sistema... 4 1.4.1. Janela Principal... 4 1.5.

Leia mais

Renovação Online de certificados digitais A1 (Voucher)

Renovação Online de certificados digitais A1 (Voucher) Renovação Online de certificados digitais A1 (Voucher) Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. 2012 página 1 de 18 Renovação Online Renovação Online de certificados digitais A1 (Voucher)

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Certificado Digital A1 Geração Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. - 2012 Página 1 de 41 Pré-requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL TISS. Manual. Usuário. Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL TISS. Manual. Usuário. Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013 Manual do Usuário Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013 1. CONFIGURAÇÕES E ORIENTAÇÕES PARA ACESSO... 4 2 GUIAS... 11 2.1 DIGITANDO AS GUIAS... 11 2.2 SALVANDO GUIAS... 12 2.3 FINALIZANDO UMA GUIA... 13

Leia mais

Aprova Fácil. Integração via STAC

Aprova Fácil. Integração via STAC Aprova Fácil Integração via STAC Aprova Fácil Integração Via STAC Versão 1.2.6.9.13 1 Prezado Cliente, Apresentamos a seguir o Manual de integração do Aprova Fácil Modo STAC. O modo STAC é uma forma de

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Abril/ Certificado Digital A1 Geração Página 1 de 32 Abril/ Pré requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo de instalação tenha sucesso, é necessário obedecer aos

Leia mais

Principais Característic

Principais Característic Principais Característic Características as Software para agendamento e controle de consultas e cadastros de pacientes. Oferece ainda, geração de etiquetas, modelos de correspondência e de cartões. Quando

Leia mais

G UIA DE I NSTALAÇÃO. Módulo ipagare para Magento - versão 3.3

G UIA DE I NSTALAÇÃO. Módulo ipagare para Magento - versão 3.3 G UIA DE I NSTALAÇÃO Módulo ipagare para Magento - versão 3.3 De 27/10/2011 ÍNDICE 1. PREFÁCIO... 3 Este documento... 3 Confidencialidade... 3 Histórico de atualizações... 3 2. APRESENTAÇÃO... 4 Novidades...

Leia mais

CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Manual do Usuário

CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Manual do Usuário Certificação Digital CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Manual do Usuário Guia CD-17 Público Índice 1. Pré-requisitos para a geração do certificado digital A1... 3 2. Glossário... 4 3. Configurando

Leia mais

Manual do Usuário DENATRAN

Manual do Usuário DENATRAN Manual do Usuário DENATRAN Confidencial Portal SISCSV - 2007 Página 1 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO 5 2. ACESSANDO O SISCSV 2.0 6 2.1 Configurando o Bloqueador de Pop-Ups 6 3. AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário Cadastramento de Computadores Manual do Usuário Setembro 2008 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 1.1 Conhecendo a solução...03 Segurança pela identificação da máquina...03 2. ADERINDO À SOLUÇÃO e CADASTRANDO COMPUTADORES

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

Manual Técnico. Gateway de Pagamentos HSBC Débito Online PUBLIC. Versão 2.3 Maio/2013

Manual Técnico. Gateway de Pagamentos HSBC Débito Online PUBLIC. Versão 2.3 Maio/2013 Manual Técnico Gateway de Pagamentos HSBC Débito Online Versão 2.3 Maio/2013 PUBLIC Sumário INTRODUÇÃO... 4 1. INICIANDO A INTEGRAÇÃO... 5 2. PROCESSO OPERACIONAL... 5 2.1. Pré Requisitos... 5 2.2. Glossário...

Leia mais

GUIA PARA AFILIAÇÕES

GUIA PARA AFILIAÇÕES GUIA PARA AFILIAÇÕES ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 REDE... 4 Gerando usuário e senha (tecnologia Komerci)... 5 Liberação dos IP s maxipago!... 6 Matriz de Responsabilidades e Prazos... 7 CIELO... 8 Pedindo o

Leia mais

Cappta Cartões Guia de Utilização

Cappta Cartões Guia de Utilização Cappta Cartões Guia de Utilização Bem-vindo! Obrigado por utilizar a solução Cappta Cartões, a maneira mais simples e rápida de aceitar todos os tipos de cartão no varejo. Este manual detalha as principais

Leia mais

Renovação Online de certificados digitais A3 (Voucher)

Renovação Online de certificados digitais A3 (Voucher) Renovação Online de certificados digitais A3 (Voucher) Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. 2012 página 1 de 19 Requisitos para a Renovação Certificados A3 Em Cartão/Token (Navegador

Leia mais

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7)

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7) SafeNet Authentication Client 8.2 SP1 (Para MAC OS 10.7) 2/28 Sumário 1 Introdução... 3 2 Pré-Requisitos Para Instalação... 3 3 Ambientes Homologados... 4 4 Tokens Homologados... 4 5 Instruções de Instalação...

Leia mais

Manual de Integração

Manual de Integração 1. Descrição Geral... 1 1.1. Benefícios... 1 1.2. Como Funciona... 1 1.3. Processo... 2 2. Integração... 3 2.1. Envio dos Pedidos... 3 2.2. Dados de Envio... 3 2.3. Método de Envio... 6 3. Frame... 8 4.

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Nota Fiscal Paulista Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) Versão 1.1 15/02/2008 Página 1 de 17 Índice Analítico 1. Considerações Iniciais 3 2. Instalação do

Leia mais

Manual do Cliente (TEF LOJA)

Manual do Cliente (TEF LOJA) Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli www.fcdl-sc.org.br 1 de

Leia mais

EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER

EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER Host On-Demand - HOD Versão 6.0 Fev/2002 Suporte Técnico: Central de Atendimento SERPRO CAS 0800-782323 Gilson.Pereira@serpro.gov.br Marcio.Nunes@serpro.gov.br O que é o serviço

Leia mais

Manual de Apoio SIBE Atestado Eletrônico. Emissão de Atestado Eletrônico pelo Site da Agência da Previdência Social

Manual de Apoio SIBE Atestado Eletrônico. Emissão de Atestado Eletrônico pelo Site da Agência da Previdência Social Manual de Apoio SIBE Atestado Eletrônico Emissão de Atestado Eletrônico pelo Site da Agência da Previdência Social Índice Hyperlinks Descanse o mouse na frase, aperte sem largar o botão Ctrl do seu teclado

Leia mais

MÓDULO MAGENTO. MANUAL DE INSTALAÇÃO v1.5

MÓDULO MAGENTO. MANUAL DE INSTALAÇÃO v1.5 MÓDULO MAGENTO MANUAL DE INSTALAÇÃO v1.5 Índice 1. Introdução... 3 2. Instalação... 4 2.1. Pré-requisitos... 4 2.2. Instalação do Loader do Ioncube... 4 2.3. Instalação do módulo maxipago!... 8 3. Configuração

Leia mais

Vincular Equipamento SAT

Vincular Equipamento SAT P á g i n a 1 Bem vindo ao Passo a Passo do Sistema de Gestão e Retaguarda do SAT-CF-e de SP para Vincular Equipamento SAT Atualizado em: 27/11/2014 Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais

Leia mais

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário Cadastramento de Computadores Manual do Usuário Agosto 2006 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 1.1 Conhecendo a solução...03 Segurança pela identificação da máquina...03 2. ADERINDO À SOLUÇÃO e CADASTRANDO COMPUTADORES

Leia mais

Manual de Utilização Chat Intercâmbio

Manual de Utilização Chat Intercâmbio Manual de Utilização Chat Intercâmbio 1 INDICE 1 Chat Intercâmbio... 6 1.1 Glossário de Termos Utilizados.... 6 1.2 Definições de uma Sala de Chat... 7 1.3 Como Acessar o Chat Intercâmbio... 8 1.4 Pré-requisitos

Leia mais

Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado

Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado INTERFACE E AMBIENTE Versão - 09/2007 OBJETIVO OBJETIVO O Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado foi elaborado para apoiar a integração de Aplicativos

Leia mais

Realizando Compras no Site do Cartão BNDES

Realizando Compras no Site do Cartão BNDES Realizando Compras no Site do Cartão BNDES Comprador Atualizado em 30/06/2014 Pág.: 1/17 Introdução Este manual destina-se a orientar os portadores do Cartão BNDES que irão realizar compras de produtos

Leia mais

Extrato Financeiro Manual de Usuário 02/05/2012 FAPESP

Extrato Financeiro Manual de Usuário 02/05/2012 FAPESP Extrato Financeiro Manual de Usuário FAPESP Conteúdo Introdução... 3 Acesso ao formulário para geração do extrato... 3 Como gerar o extrato financeiro... 5 Conteúdo do extrato... 9 Anexo I Dúvidas / problemas

Leia mais

II Torneio de Programação em LabVIEW

II Torneio de Programação em LabVIEW Desenvolvimento da Aplicação II Torneio de Programação em LabVIEW Seção I: Requisitos Gerais A aplicação submetida deverá atender, pelo menos, às exigências de funcionamento descritas na Seção II deste

Leia mais

Manual de. instalação. Certificado Digital A3 ou S3

Manual de. instalação. Certificado Digital A3 ou S3 Manual de instalação Certificado Digital A3 ou S3 Sumário O que é? 3 Aplicação 3 Preparando sua máquina 4 1ª configuração: Sistemas Homologados 4 2ª configuração: Perfil de usuário 4 3ª Execute o CD de

Leia mais

Manual de. instalação. Certificado Digital A3 ou S3

Manual de. instalação. Certificado Digital A3 ou S3 Manual de instalação Certificado Digital A3 ou S3 Sumário O que é? 3 Aplicação 3 Preparando sua máquina 4 1ª configuração: Sistemas Homologados 4 2ª configuração: Perfil de usuário 4 3ª configuração: Hierarquias

Leia mais

Manual de. instalação. Certificado Digital A1 ou S1

Manual de. instalação. Certificado Digital A1 ou S1 Manual de instalação Certificado Digital A1 ou S1 Sumário O que é? 3 Aplicação 3 Preparando sua máquina 4 1ª configuração: Sistemas Homologados 4 2ª configuração: Perfil de usuário 4 3ª configuração: Hierarquias

Leia mais

Sistema de Pagamento Seguro

Sistema de Pagamento Seguro INTEGRAÇÃO COM PAGAMENTO FÁCIL BRADESCO Sistema de Pagamento Seguro Guia para integração de lojas com o Pagamento Fácil Bradesco INDICE Cap. 1 - Introdução...02 Cap. 2 - Links de pagamento...03 Cap. 3

Leia mais

MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA

MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA MARKANTY INFORMÁTICA Sistemas para Automação Comercial Gestão Empresarial e Fábrica de Software (Específicos) Princípios de nossos Profissionais:

Leia mais

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI.

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI. Mostrar área de trabalho.scf Manual do Produto EDI. ÍNDICE MANUAL DO PRODUTO EDI....3 1. O QUE É O EDI?...3 1.1. VANTAGENS... 3 1.2. FUNCIONAMENTO... 3 1.3. CONFIGURAÇÃO NECESSÁRIA... 3 2. UTILIZANDO O

Leia mais

Atualizaça o do Playlist Digital

Atualizaça o do Playlist Digital Atualizaça o do Playlist Digital Prezados Clientes, Nós da Playlist Software Solutions empresa líder de mercado no desenvolvimento de software para automação de rádios - primamos pela qualidade de nossos

Leia mais

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional P á g i n a 1 SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Manual Operacional P á g i n a 2 1 SUMÁRIO 2 Orientações gerais... 3 2.1 Perfis de acesso... 4 2.2 Para acessar todas as funcionalidades

Leia mais

Manual de Integração Redirecionamento. Versão 1.3

Manual de Integração Redirecionamento. Versão 1.3 Manual de Integração Redirecionamento Versão 1.3 Janeiro de 2012 Histórico de versões Data Versão Descrição Responsável 28/10/11 1.0 Criação do documento Erivelton Oliveira 19/12/11 1.1 Adição dos campos

Leia mais

Manual de instrução Gerenciador de Certificados Digitais

Manual de instrução Gerenciador de Certificados Digitais Manual de instrução Gerenciador de Certificados Digitais Proibida a reprodução total ou parcial. Todos os direitos reservados 1 SUMÁRIO CONFIGURAÇÕES DO SISTEMA... 3 INSTALAÇÃO DO GERENCIADOR DE CERTIFICADOS

Leia mais

SUMÁRIO. Faculdade Católica do Tocantins www.catolica-to.edu.br

SUMÁRIO. Faculdade Católica do Tocantins www.catolica-to.edu.br MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO Passo a passo do Portal Acadêmico www.catolica-to.edu.br - suporterm@catolica-to.edu.br SUMÁRIO Objetivo Manual do Portal Acadêmico... 03 Navegadores... 03 Endereço Eletrônico

Leia mais

GUIA RÁPIDO D-TEF (Uso Interno CAC) CONEXÃO DO EQUIPAMENTO PINPAD

GUIA RÁPIDO D-TEF (Uso Interno CAC) CONEXÃO DO EQUIPAMENTO PINPAD (Uso Interno CAC) CONEXÃO DO EQUIPAMENTO PINPAD Índice 1. EQUIPAMENTOS 3 2. INTRODUÇÃO AO SISTEMA TEF DEDICADO DIREÇÃO 5 3. REALIZANDO VENDAS 7 4. REALIZANDO VENDA COM REDES 5 9 5. VISUALIZAÇÃO DE RELATÓRIOS

Leia mais

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Manual de utilização do sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Sistema integrado de controle médico Acesso... 3 Menu principal... 4 Cadastrar... 6 Cadastro de pacientes... 6 Convênios... 10

Leia mais

Instruções de Acesso. Portal de Cliente. Próximo

Instruções de Acesso. Portal de Cliente. Próximo Instruções de Acesso Portal de Cliente Primeiramente, confira a configuração de pop-up e versão do seu navegador, conforme instruções abaixo: Os navegadores e versões homologadas, são: Internet Explorer

Leia mais

Aprova Fácil. Integração via STAC

Aprova Fácil. Integração via STAC Aprova Fácil Integração via STAC Aprova Fácil Integração Via STAC Versão 1.2.12.1.10 1 Prezado Cliente, Apresentamos a seguir o Manual de integração do Aprova Fácil Modo STAC. O modo STAC é uma forma de

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

Manual de Utilização Portal Petronect MT-212-00061-3

Manual de Utilização Portal Petronect MT-212-00061-3 Manual de Utilização Portal Petronect MT-212-00061-3 Última Atualização 26/05/2015 Portal Petronect Objetivo: Este documento tem como objetivo disponibilizar informações ao fornecedor de modo a auxiliar

Leia mais

Manual de Consulta Web Service Consulta ao SCR para Instituições Financeiras

Manual de Consulta Web Service Consulta ao SCR para Instituições Financeiras Manual de Consulta Web Service Consulta ao SCR para Instituições Financeiras 1. Introdução O que é a Consulta ao SCR via Web Service? A consulta ao SCR via Web Service permite a consulta da posição consolidada

Leia mais

Certificado A1. Manual de Renovação online. Manual do Usuário. Produzido por: Informática Educativa. Página1

Certificado A1. Manual de Renovação online. Manual do Usuário. Produzido por: Informática Educativa. Página1 Certificado A1 Manual de Renovação online Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página1 Índice 1. Apresentação... 03 2. Requisitos... 04 3. Plug-ins e ActiveX... 05 4. Renovação... 07

Leia mais

PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP

PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP MANUAL DO USUÁRIO Portal de Relacionamento - Manual do usuário... 1 SUMÁRIO 1. Informações gerais... 3 2. Sobre este documento... 3 3. Suporte técnico... 3 4. Visão Geral

Leia mais

Versão 1.15. Portal StarTISS. Portal de Digitação e Envio do Faturamento. Manual de Utilização. Versão 1.15 (Agosto/2014)

Versão 1.15. Portal StarTISS. Portal de Digitação e Envio do Faturamento. Manual de Utilização. Versão 1.15 (Agosto/2014) Versão 1.15 Portal StarTISS Portal de Digitação e Envio do Faturamento Manual de Utilização Versão 1.15 (Agosto/2014) Conteúdo 1. CONTATOS... 1 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS... 1 3. ACESSANDO O PORTAL STARTISS...

Leia mais

Portal Petronect. Objetivo. Requisitos Mínimos - Hardware

Portal Petronect. Objetivo. Requisitos Mínimos - Hardware Requisitos Mínimos Objetivo Este documento tem como objetivo disponibilizar informações ao fornecedor de modo a auxiliar a utilização do Portal Petronect, tornando a Navegação mais rápida e eficiente Requisitos

Leia mais

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010.

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Manual de Configuração Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução

Leia mais

Documentação. Programa de Evolução Contínua Versão 1.80

Documentação. Programa de Evolução Contínua Versão 1.80 Documentação Programa de Evolução Contínua Versão 1.80 Sumário Resumo das Novidades... 3 Configuração das Novidades... 5 Sistema de Compra Recorrente... 5 Novo sistema de importação de Tabelas de Frete...

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

Documentação. Programa de Evolução Contínua Versão 1.74

Documentação. Programa de Evolução Contínua Versão 1.74 Documentação Programa de Evolução Contínua Versão 1.74 Sumário Resumo das Novidades... 3 Configuração das Novidades... 5 PagSeguro Transparente... 5 Integração PayU Latam... 6 Integração Marketplaces B2W...

Leia mais

MANU AL DO COMPRADOR

MANU AL DO COMPRADOR MANUAL DO COMPRADOR Conhecendo o Vale Transporte Eletrônico O que é o Vale Transporte Eletrônico? O vale-transporte é um benefício definido pela Lei Federal nº 7.418/85 e Lei Federal 7.619/87 oferecido

Leia mais

Módulo e-rede OSCommerce v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede OSCommerce v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede OSCommerce v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Instruções iniciais 4 4.2 Instalação

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line)

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Criamos, desenvolvemos e aperfeiçoamos ferramentas que tragam a nossos parceiros e clientes grandes oportunidades

Leia mais

PASSO A PASSO LOJA VIRTUAL. 1º Passo Acessar o site do Bom Jesus (www.bomjesus.br).

PASSO A PASSO LOJA VIRTUAL. 1º Passo Acessar o site do Bom Jesus (www.bomjesus.br). 1º Passo Acessar o site do Bom Jesus (www.bomjesus.br). Figura 1. Acessando site do Bom Jesus. 2º Passo Selecionar a opção Responsável On-line. Inserir Usuário e Senha e clicar no botão OK. Para realizar

Leia mais

NOVO COMPONENTE ASSINADOR ESEC

NOVO COMPONENTE ASSINADOR ESEC NOTAS FISCAIS DE SERVIÇO ELETRÔNICAS PREFEITURA DE JUIZ DE FORA COMPLEMENTO AO SUPORTE A ATENDIMENTO NÍVEL 1 1.0 Autor: Juiz de Fora, Fevereiro 2015. PÁGINA 1 DE 38 SUMÁRIO 1REQUISITOS MÍNIMOS CONFIGURAÇÕES

Leia mais

ÍNDICE. Operações com o Cartão Ticket Car...

ÍNDICE. Operações com o Cartão Ticket Car... ÍNDICE Operações com o Cartão Ticket Car... POS Ticket Car :... Funções... Mensagens... Terminal TEF: Ticket Car Novo... Funções... Mensagens... Transação de Venda Manual... Procedimento... Obter boleto...

Leia mais

www.aluminiocba.com.br Manual do Usuário Certificação

www.aluminiocba.com.br Manual do Usuário Certificação Manual do Usuário Certificação Manual do Usuário - Certificação Versão 1.0 Página 2 CBA Online Manual do Usuário Certificação Versão 1.1 19 de maio de 2004 Companhia Brasileira de Alumínio Departamento

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 2.1. Atualização... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 6 4.1. Tela Principal... 6 4.2.

Leia mais

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução SCIM 1.0 Guia Rápido Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal Introdução Nesta Edição O sistema de Controle Interno administra o questionário que será usado no chek-list

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL TISS 3.02.00 Setembro 2015 - Versão 3 Índice Passo 1: Visão Geral... 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online?... 3 Passo 3: Quais são os Recursos Disponíveis...

Leia mais

Guia Rápido de Uso. Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema HOT SMS. SUMÁRIO

Guia Rápido de Uso. Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema HOT SMS. SUMÁRIO 1 Guia Rápido de Uso Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema HOT SMS. SUMÁRIO 1 Acesso ao sistema...3 2 Entenda o Menu...4 3 Como enviar torpedos...6 3.1 Envio

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

Projeto SAT-CF-e Guia de Procedimentos para uso do SGR-SAT por Software Houses (Desenvolvedor)

Projeto SAT-CF-e Guia de Procedimentos para uso do SGR-SAT por Software Houses (Desenvolvedor) 1 Projeto SAT-CF-e Guia de Procedimentos para uso do SGR-SAT por Software Houses (Desenvolvedor) Índice 1. Introdução... 01 2. Uso do SGR-SAT... 01 2.1 Cadastramento da empresa junto à Sefaz... 02 2.2

Leia mais

Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado da Fazenda

Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado da Fazenda Manual do Usuário Sistema Notapará Programa Nota Fiscal Cidadã Objetivo: Estabelecer orientações aos usuários do sistema Notapará, tais como: usabilidade, funcionalidade e navegabilidade. Manual do Usuário

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 8 4.1. Tela Principal... 8 4.2. Tela de Pesquisa... 12

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS LOJISTA ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando o Nome

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR

MANUAL DO ADMINISTRADOR WinShare Proxy admin MANUAL DO ADMINISTRADOR Instalação do WinShare Índice 1. Instalação 2. Licenciamento 3. Atribuindo uma senha de acesso ao sistema. 4. Configurações de rede 5. Configurações do SMTP

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais

MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO - ALUNO

MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO - ALUNO MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO - ALUNO Passo a passo do Portal Acadêmico www.ucb.br - atende@ucb.br SUMÁRIO Objetivo Manual do Portal Acadêmico... 03 Navegadores... 03 Endereço Eletrônico (site)... 03 Bloqueador

Leia mais

GUIA DOS MEIOS DE PAGAMENTO VERSÃO 1.6

GUIA DOS MEIOS DE PAGAMENTO VERSÃO 1.6 GUIA DOS MEIOS DE PAGAMENTO VERSÃO 1.6 DETALHES DO DOCUMENTO Documento: Guia dos Meios de Pagamento Versão: 1.6 Data: 17/10/2011 Autores: Equipe Comercial CobreDireto PÚBLICO-ALVO O conteúdo desse manual

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes

FAQ Perguntas Frequentes FAQ Perguntas Frequentes 1. COMO ACESSO A PLATAFORMA DE ENSINO?... 2 2. NÃO CONSIGO REALIZAR O MEU CADASTRO NO AMBIENTE VIRTUAL DO MMA.... 4 3. FIZ MEU CADASTRO NO SITE E NÃO RECEBI O E-MAIL DE CONFIRMAÇÃO

Leia mais

e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais eletrônicos

e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais eletrônicos Página1 e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais eletrônicos Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é o e-nota R?... 03 2. Configurações e Requisitos...

Leia mais

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Tutorial O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Este tutorial explica como configurar o Trade Solution e realizar as principais atividades relacionadas à emissão e ao gerenciamento das Notas Fiscais Eletrônicas

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais