INDICE 1. INTRODUÇÃO CONFIGURAÇÃO MÍNIMA INSTALAÇÃO INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA ALGUNS RECURSOS SERVIDOR BAM...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM..."

Transcrição

1 1 de 30

2 INDICE 1. INTRODUÇÃO CONFIGURAÇÃO MÍNIMA INSTALAÇÃO ONDE SE DEVE INSTALAR O SERVIDOR BAM? ONDE SE DEVE INSTALAR O PROGRAMADOR REMOTO BAM? COMO FAZER PARA INSTALAR O SISTEMA EM UM ÚNICO COMPUTADOR? INSTALANDO O SERVIDOR BAM PARA INSTALAR O PROGRAMADOR REMOTO BAM INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA ALGUNS RECURSOS RELATÓRIO DE SOLDA GRÁFICO DE CORRENTE GRÁFICO DE CORRENTE COM ESTATÍSTICAS DE PONTOS MÍNIMO, MÁXIMO E MÉDIO GRÁFICO DE PRESSÃO GRÁFICO DE PRESSÃO COM ESTATÍSTICAS DE PONTOS MÍNIMO, MÁXIMO E MÉDIO GRÁFICO DE PEÇAS NÃO CONFORME CONSULTA A BASE DE DADOS SERVIDOR BAM BARRA DE FERRAMENTAS PRINCIPAL JANELA DE CONFIGURAÇÕES JANELA DE CONFIGURAÇÃO DO MODELO DE CADA CONTROLADOR JANELA DE VISUALIZAÇÃO DO STATUS DE COMUNICAÇÃO COM OS CONTROLADORES JANELA DE VISUALIZAÇÃO DO STATUS DE COMUNICAÇÃO COM OS PROGRAMADORES REMOTOS PROGRAMADOR REMOTO BAM BARRA DE FERRAMENTAS PRINCIPAL BARRA DE FERRAMENTAS DA CONSULTA DE DADOS PROGRAMADOR REMOTO BAM MAPA DE REDE JANELA DE VISUALIZAÇÃO DO STATUS DE COMUNICAÇÃO COM O SERVIDOR BAM PROCEDIMENTOS COMO IDENTIFICAR SE O SERVIDOR BAM ESTÁ SE COMUNICANDO CORRETAMENTE COM OS CONTROLADORES CONFIGURANDO A SENHA DE CONEXÃO AO SERVIDOR BAM COMO OBTER O ENDEREÇO IP DO MICRO SERVIDOR COMO CONFIGURAR O PROGRAMADOR REMOTO PARA SE CONECTAR COM O SERVIDOR BAM COMO ESTABELECER CONEXÃO DO PROGRAMADOR REMOTO BAM COM O SERVIDOR BAM COMO MONITORAR O DISPLAY DO CONTROLADOR COMO PROGRAMAR O CONTROLADOR COMO TRANSFERIR UM PROGRAMA DO PC PARA O CONTROLADOR COMO TRANSFERIR UM PROGRAMA DO CONTROLADOR PARA O PC COMO EMITIR UM RELATÓRIO DE PROGRAMA COMO GERAR UM RELATÓRIO DE SOLDA COMO GERAR E IMPRIMIR GRÁFICO DE CORRENTE COMO GERAR E IMPRIMIR GRÁFICO DE CORRENTE COM ESTATÍSTICAS DE PONTO MÁXIMO, MÍNIMO E MÉDIO COMO GERAR E IMPRIMIR GRÁFICO DE PRESSÃO COMO GERAR E IMPRIMIR GRÁFICO DE PRESSÃO COM ESTATÍSTICAS DE PONTO MÁXIMO, MÍNIMO E MÉDIO de 30

3 1. Introdução Este manual se refere ao software de programação dos controladores de solda BAM, que é composto de dois programas : Servidor BAM e Programador Remoto BAM. Para ver a função de cada um desses programas, veja o item 4. (Interligação do Sistema). Com o programador BAM é possível ao usuário fazer toda a programação da máquina de solda através de um PC conectado ao controlador como também coletar dados do processo de solda para geração de histórico, relatórios, gráficos. Esses recursos também se estendem para qualquer computador conectado a rede do computador conectado nos controladores. Há a possibilidade desse recursos serem feitos através de um acesso pela Internet. Para maiores detalhes veja o item 4 (Interligação do Sistema). Os recursos disponíveis no Programador BAM são: Programação dos parâmetros do controlador de solda. Monitoramento da Interface Homem Máquina do controlador. Armazenamento dos programas do controlador em arquivos no PC Envio dos programas armazenados no PC para o controlador. Emissão de relatório com os parâmetros de um programa do controlador. Armazenamento dos dados da solda. Consultas aos dados de solda armazenados com filtro. Emissão de relatório de soldas. Classificação das peças feitas por status. Gráfico com os valores de corrente das soldas. Gráfico com os valores de pressão das soldas. Gráfico de corrente com dados estatísticos de máximo, mínimo e média. Gráfico de pressão com dados estatísticos de máximo, mínimo e média. Gráfico de peças não conforme. 3 de 30

4 2. Configuração mínima O Programador BAM requer a seguinte configuração mínima de sistema: CPU Celeron 1066 MHz. 128 MB de Memória RAM. Microsoft Windows 98, 2000 ou XP. Porta Serial RS232 ou Porta USB com conversor para RS232. Conversor RS232 RS Instalação 3.1. Onde se deve instalar o Servidor BAM? No computador que fará a conexão com os controladores Onde se deve instalar o Programador Remoto BAM? Nos computadores que terão acesso ao sistema para programar, monitorar, emitir relatórios. No computador que já foi instalado o Servidor BAM também pode-se instalar o Programador Remoto BAM Como fazer para instalar o sistema em um único computador? Instale no mesmo computador o Servidor BAM e o Programador Remoto BAM e configure o Programador Remoto BAM com Endereço IP : Para maiores detalhes veja o item 8.4 (Como configurar o programador Remoto para se conectar com o Servidor BAM) 3.4. Instalando o Servidor BAM. Execute o arquivo Setup.exe, localizado na pasta Instalação Servidor BAM dentro do CD que acompanha este manual e a instalação ocorrerá de maneira automática. Será criado um ícone para o Servidor BAM na área principal do Windows Para instalar o Programador Remoto BAM. Execute o arquivo Setup.exe, localizado na pasta Instalação Programador Remoto BAM dentro do CD que acompanha este manual e a instalação ocorrerá de maneira automática. Será criado um ícone para o Programador Remoto BAM na área principal do Windows. 4 de 30

5 4. Interligação do Sistema O programador BAM permite que mais de um usuário tenha acesso aos recursos do sistema através de uma rede local ou pela Internet. Para possibilitar esse múltiplo acesso o sistema fica com a seguinte interligação: O programador BAM se divide em dois programas, que são : Servidor BAM: Programa que tem como função gerenciar todas as informações com a rede de controladores e centralizar o armazenamento dos dados. Deve ser instalado em um computador que se interligue diretamente com os controladores através de uma rede RS485. Programador Remoto: Tem como função disponibilizar ao usuário o acesso a todos os recursos do sistema, tais como monitoramento, programação, consulta a base de dados, emissão de relatórios, emissão de gráficos,..etc.. Este programa se comunica com o Servidor BAM através de uma rede TCP-IP. Deve ser instalado em um computador que esteja conectado ao computador que está instalado o programa Servidor através de uma rede local, ou pela Internet. Ele também pode ser instalado no mesmo computador em que está instalado o Servidor BAM e configurando o seu endereço IP para Para maiores detalhes veja o item 8.4 (Como configurar o programador Remoto para se conectar com o Servidor BAM) 5 de 30

6 5. Alguns recursos 5.1. Relatório de Solda 6 de 30

7 5.2. Gráfico de Corrente 7 de 30

8 5.3. Gráfico de corrente com Estatísticas de pontos mínimo, máximo e médio. 8 de 30

9 5.4. Gráfico de Pressão. 9 de 30

10 5.5. Gráfico de pressão com Estatísticas de pontos mínimo, máximo e médio. 10 de 30

11 5.6. Gráfico de peças não conforme 11 de 30

12 5.7. Consulta a base de Dados. Este recurso do sistema permite consultas à base de dados. A seguir apresenta-se um exemplo desta consultas : 12 de 30

13 6. Servidor BAM 6.1. Barra de Ferramentas principal Ícone Comando Configurações. Acessa janela que configura comunicação serial, mapa de rede e acesso pela Internet. Libera acesso temporário. Libera acesso ao usuário do programador remoto uma única vez Modelo do controlador. Configura o modelo de cada controlador conectado a rede RS485. Os modelos existentes são CMU9016 ou AG 80. Status da conexão com controladores. Este ícone pisca quando a comunicação com os controladores está ativa. Ao clicar nele é possível ver com detalhes o status da conexão. Status da conexão com Programadores remotos. Este ícone pisca quando a conexão com os programadores remotos está ativa. Saída. Saí do Servidor BAM Janela de Configurações. Permite configurações de parâmetros referente à comunicação serial, mapa de rede e acesso pela Internet. Porta de Comunicação: Número da porta serial pela qual o Servidor BAM estabelecerá a comunicação com os controladores. Quantidade de Controladores: Número de controladores que farão parte da rede de controladores. Número máximo: de 30

14 Leitura Corrente por Varredura: Configura quantas registros de soldas são lidas a cada vez que o Servidor BAM comunica com o controlador. Nome do Cliente: Este nome será impresso no relatório de solda. Senha de Internet - Habilita: Habilita ou desabilita o acesso definitivo ao Servidor por uma senha configurada. Senha de Internet Senha: Senha utilizada para o acesso definitivo ao Servidor. Obs.: Existe a possibilidade de permitir que um usuário remoto tenha um único acesso aos recursos do servidor. Veja item.xxx 6.3. Janela de configuração do modelo de cada controlador. É necessário definir nesta janela o modelo de cada controlador. Os modelos existentes são AG80 e CMU de 30

15 6.4. Janela de visualização do status de comunicação com os controladores. Esta janela mostra com maiores detalhes como está a comunicação com os controladores conectados à rede. Status: Conectado ou Desconectado. Duração: Tempo desde que a conexão foi estabelecida. Pacotes Enviados: Informa quantas pacotes de comunicação foram enviados do servidor BAM aos controladores. Quando a conexão está ativa este número deve crescer. Pacotes Recebidos: Informa quantos pacotes de comunicação que foram recebidos no servidor BAM dos controladores. Quando a conexão está ativa e os controladores estão conectados e respondendo corretamente este número deve crescer Janela de visualização do status de comunicação com os programadores remotos. Esta janela mostra com maiores detalhes como está a comunicação com os Programadores remotos conectados ao servidor 15 de 30

16 Status: Conectado ou Desconectado. Duração: Tempo desde que a conexão foi estabelecida. Pacotes Enviados: Informa quantas pacotes de comunicação foram enviados do servidor BAM aos Programadores Remotos. Quando a conexão está ativa este número deve crescer. Pacotes Recebidos: Informa quantos pacotes de comunicação que foram recebidos no servidor BAM dos Programadores Remotos. Quando a conexão está ativa e os Programadores Remotos estão conectados e respondendo corretamente este número deve crescer. 7. Programador Remoto BAM 7.1. Barra de Ferramentas Principal Ícone Comando Mapa de Rede. Visualiza o mapa de rede com o status de todos os controladores conectados a rede RS485. Monitora controlador. Permite visulizar na tela do PC a display do controlador desejado. Programa controlador. Permite a programação do controlador através de um teclado virtual na tela do PC. Transferência PC-Controlador. Envia um programa armazenado em arquivo no PC para o controlador. Transferência Controlador-PC. Puxa do controlador o programa que está armazenado nele e grava em um arquivo no PC. Relatório de Programa. Gera um relatório com os dados de um programa selecionado armazenado no PC. Relatório de Solda. Gera relatório com os dados de solda armazenados no PC. Configuração de IP. Configura o endereço IP do PC em que está instalado o Servidor BAM. Status de conexão com Servidor BAM. Este ícone pisca quando a comunicação com o Servidor BAM está ativa. Ao clicar nele se visualiza o status da conexão com o Servidor BAM com maiores detalhes. Conexão com Servidor BAM. Inicia conexão com o Servidor BAM mediante uma senha. Sai do Programador Remoto. 16 de 30

17 7.2. Barra de Ferramentas da Consulta de Dados Ícone Comando Imprime Relatório. Imprime relatório com os dados que foram carregados na consulta. Gráfico de Corrente. Gera um gráfico dos valores de corrente da última consulta. Gráfico de corrente com Estatísticas. Acrescenta ao gráfico de correntes os valores de pontos máximo, médio e mínimo. Gráfico de pressão. Gera um gráfico dos valores de pressão da última consulta. Gráfico de pressão com Estatísticas. Acrescenta ao gráfico de pressão os valores de pontos máximo, médio e mínimo. Gráfico de peças não conforme. Gera um gráfico com os valores das peças que tiveram problemas de acordo com o tipo de problema. Novo filtro. Executa um novo filtro nos dados do relatório gerado. Sair da janela de Relatório Programador Remoto BAM Mapa de Rede. Esta janela dá uma visão geral dos controladores conectados ao sistema. 17 de 30

18 Cada quadrado desse mapa corresponde à um controlador. As partes dele são descritas a seguir: O modelo de cada controlador é descrito através do tipo de imagem mostrado: O modelo AG80 - BAM é descrito através da imagem: O modelo CMU9016 é descrito através da imagem: 18 de 30

19 7.4. Janela de visualização do status de comunicação com o Servidor BAM Esta janela mostra com maiores detalhes como está a comunicação com Servidor BAM. Status: Conectado ou Desconectado. Duração: Tempo desde que a conexão foi estabelecida. Pacotes Enviados: Informa quantas pacotes de comunicação foram enviados ao servidor BAM Quando a conexão está ativa este número deve crescer. Pacotes Recebidos: Informa quantos pacotes de comunicação que foram recebidos do Servidor BAM. Quando a conexão está ativa este número deve crescer. 19 de 30

20 8. Procedimentos 8.1. Como identificar se o Servidor BAM está se comunicando corretamente com os controladores Quando a comunicação está ocorrendo corretamente entre o Servidor BAM e os controladores conectados à rede, o ícone piscando. (Status da conexão com os controladores) ficará Caso o ícone (Status da conexão com os controladores) não esteja piscando, de um duplo clique nele para ver maiores informações. Aparecerá uma janela como a seguir: Se o Status estiver indicando Conectado e o número de Pacotes Recebidos não estiver aumentando, pode estar ocorrendo dois problemas: 1. Há um problema externo ao computador que pode ser: falha no conversor RS232-RS485, falha na comunicação física com os controladores, controladores desligados. 2. Há um problema na configuração do modelo do controlador. Entre na Janela de configuração do modelo de Controlador e certifique-se de ela está configurada corretamente. Veja item 6.3 Se o Status estiver indicando Desconectado é necessário configurar a comunicação serial corretamente através da janela de configurações. Veja item de 30

21 8.2. Configurando a senha de conexão ao Servidor BAM Existem duas maneiras de se liberar senha de acesso ao Servidor BAM: 1-) Uma senha definitiva, onde o usuário do Programador remoto pode fazer inúmeros acessos com a senha enquanto ela estiver cadastrada 2-) Uma senha temporária onde o usuário do Programador remoto pode fazer apenas um acesso com a senha cadastrada. Para senha definitiva clique em (Configurações). Habilite uma senha com seis dígitos. Para senha temporária clique em (Acesso temporário). Digite uma senha com seis dígitos Como obter o endereço IP do micro Servidor. No micro em que estiver instalado Servidor BAM, clique no botão Iniciar. Clique no ícone Executar... e digite cmd. Aparecerá uma janela preta. Aparecerá uma janela preta. Digite Ipconfig. O endereço IP aparecera escrito à direita do nome: IP Address. Caso esse comando liste mais de uma conexão o IP correto é aquele que aparece listado na conexão que dará acesso aos programadores remotos. Ex.: Se os programadores remotos estarão na rede local, o IP correto é o da conexão com a rede local. Caso os programadores remotos estejam conectados através da Internet o IP correto é aquele da conexão com a Internet Como configurar o programador Remoto para se conectar com o Servidor BAM. A única configuração necessária é o Endereço IP do micro em que estiver rodando o Servidor BAM e para configurá-lo clique em (Configurar Endereço IP do Servidor) e digite o endereço obtido conforme o item 8.3. Caso o Programador Remoto Bam estiver instalado no mesmo computador do Servidor BAM configure o endereço de 30

22 8.5. Como estabelecer conexão do Programador Remoto BAM com o Servidor BAM. Certifique-se que o Endereço IP do micro do Servidor BAM está configurado corretamente de acordo com o item Uma vez configurado este IP ele é salvo e não precisa ser digitado novamente, a menos que o Endereço IP mude. Clique no ícone (Conectar-se ao Servidor BAM) e digite a senha de acesso. Após poderá ocorrer 3 coisas : 1-) A comunicação ser estabelecida, o que é identificado pelo ícone (Status de conexão com o ServidorBam ) ficar piscando. 2-) Aparecer uma mensagem : Senha Inválida. Deve-se verificar ou cadastrar corretamente a senha no Servidor BAM de acordo com o item ) Aparecer uma mensagem Falha de comunicação com o Servidor Bam. Pode ser que o Servidor BAM não esteja aberto ou que o endereço IP do Servidor não está correto e deve ser obtido novamente de acordo com os itens 8.3 e Como monitorar o display do controlador Existem 2 maneiras de se monitorar um controlador : 1ª Maneira: Clique no ícone (Monitorar Controlador) e selecione o número do controlador que se deseja monitorar. Caso o número do controlador desejado não esteja disponível é porque ele não está conectado à rede de controladores e deve-se verificar os motivos externos ao PC porque isso ocorre. 2ª Maneira: Abra o mapa de Rede clicando no ícone. Se o Status do controlador que se deseja monitorar não estivem em OffLine, clique com o botão direito do mouse no controlador que se deseja monitor e Selecione (Monitorar Controlador). 22 de 30

23 8.7. Como programar o controlador Existem 2 maneiras para se entrar na janela de programação do controlador 1ª Maneira: Clique no ícone (Programar Controlador) e selecione o número do controlador que se deseja programar. Caso o número do controlador desejado não esteja disponível para programação, é porque: 1-) Ele não está conectado a rede de controlador, o que pode ser verificado pelo seu status em OffLine. 2.) A rede de controladores está sendo usada por um outro usuário, o que impede o acesso a qualquer tarefa que se comunique com os controladores. 2ª Maneira: Abra o mapa de Rede clicando no ícone. Se o Status do controlador que se deseja monitorar não estivem em OffLine e a rede de comunicação RS485 não estiver ocupada, clique com o botão direito do mouse no controlador que se deseja programar e Selecione (Programar Controlador). O Programador remoto só permitirá o acesso à programação se as condições anteriores ocorrerem. Após a entrada em programação aparecerá uma janela semelhante à Interface do controlador: 23 de 30

24 A programação pode ser feita através do clique do mouse nos botões desejados da interface ou pelo teclado do computador nas seguintes teclas: Tecla Teclado do PC Shift Up Acima Esquerda Enter Para sair da programação clique em sair na parte inferior direita da janela Como transferir um programa do PC para o controlador Existem 2 maneiras para se iniciar a transferência : 1ª Maneira: Clique no ícone (Transferência PC > Controlador) e selecione o número do controlador para o qual se deseja transferir o programa. Caso o número do controlador desejado não esteja disponível para transferência, é porque: 1-) Ele não está conectado a rede de controlador, o que pode ser verificado pelo seu status em OffLine. 2.) A rede de controladores está sendo usada por um outro usuário, o que impede o acesso a qualquer tarefa que se comunique com os controladores. 24 de 30

25 2ª Maneira: Abra o mapa de Rede clicando no ícone. Se o Status do controlador que se deseja monitorar não estivem em OffLine e a rede de comunicação RS485 não estiver ocupada, clique com o botão direito do mouse no controlador para o qual se deseja transferir o programa e clique em (Transferência PC > Controlador). O Programador remoto só permitirá o acesso à transferência se as condições anteriores ocorrerem. Aparecerá uma janela como a seguinte: Selecione o programa que deseja transferir clicando com o mouse sobre o nome dele e clique em OK. A transferência será iniciada. 25 de 30

26 8.9. Como transferir um programa do Controlador para o PC Existem 2 maneiras para se iniciar a transferência : 1ª Maneira: Clique no ícone (Transferência Controlador > PC) e selecione o número do controlador do qual se deseja transferir o programa. Caso o número do controlador desejado não esteja disponível para transferência, é porque: 1-) O programa que está no controlador não está alterado, o que significa que o programa atual já foi transferido para o PC. 2-) Ele não está conectado a rede de controlador, o que pode ser verificado pelo seu status em OffLine. 3.) A rede de controladores está sendo usada por um outro usuário, o que impede o acesso a qualquer tarefa que se comunique com os controladores. 2ª Maneira: Abra o mapa de Rede clicando no ícone. Se o Status do controlador que se deseja monitorar não estivem em OffLine, a rede de comunicação RS485 não estiver ocupada e o programa no controlador tiver sido alterado, clique com o botão direito do mouse no controlador do qual se deseja transferir o programa e clique em (Transferência Controlador > PC). O Programador Remoto só permitirá o acesso à transferência se as condições anteriores ocorrerem. Aparecerá uma janela como a seguinte: 26 de 30

27 Para selecionar o nome que o programa a ser gravado receberá existem 2 opções : 1-) Colocar um novo nome clicando em Novo 2-) Gravando o programa com um nome de um arquivo já existente. Neste caso o a transferência sobrescrevera o programa anterior que tinha o mesmo nome Como emitir um relatório de programa. Existem 2 maneiras para se emitir um relatório de programa : 1ª Maneira: Clique no ícone (Relatório de Programa) e selecione o número do controlador do qual se deseja o relatório de programa. 2ª Maneira: Abra o mapa de Rede clicando no ícone. Clique no ícone (Relatório de Programa). Aparecerá a seguinte janela para a escolha do programa que se deseja imprimir : Selecione o programa e clique em OK. 27 de 30

28 8.11. Como gerar um relatório de solda. Existem 2 maneiras para se gerar um relatório de solda : 1ª Maneira: Clique no ícone (Relatório de Solda) e selecione o número do controlador do qual se deseja o relatório de Solda. 2ª Maneira: Abra o mapa de Rede clicando no ícone. Clique no ícone (Relatório de Solda). Aparecerá uma janela de seleção de filtro como a seguinte : Clique no tipo de filtro que deseja ou em completo para gerar um relatório com todos os dados. É possível combinar os tipos de filtro. Para isso após selecionar um filtro o programa voltará para esta janela e um novo tipo de filtro pode ser adicionado combinando com o anterior. Após selecionar os filtros desejados clique em OK e será gerado o relatório de solda. Será gerado um relatório como do item de 30

29 Após gerado um relatório, se houver a necessidade de um refinamento na pesquisa pelo acréscimo de um novo filtro, clique em ( Novo Filtro ) Para imprimir o relatório clique em. (Imprime Relatório) e será impresso um relatório no formato visto no item Como gerar e imprimir gráfico de corrente. Gere uma consulta com os dados que deseja gerar o gráfico seguindo o item Clique em ( Gráfico de Corrente ) e o gráfico aparecerá na tela. Para imprimi-lo clique em ( Imprimir ) na parte inferior da janela. Para selecionar uma parte do gráfico para ser exibida através do recurso Zoom, clique com o mouse, botão direito, na parte superior esquerda da área que deseja visualizar com zoom. Segure o mouse clicado, arraste-o até a parte inferior direita da área desejada e solte o mouse. Para sair do modo de exibição com zoom, clique o mouse, botão direito, em um ponto qualquer do gráfico. Segure o mouse e arraste-o para uma posição no sentido esquerda, superior e o gráfico voltará ao modo de exibição normal Como gerar e imprimir gráfico de corrente com Estatísticas de ponto máximo, mínimo e médio. Gere uma consulta com os dados que deseja gerar o gráfico seguindo o item Clique em ( Gráfico de Corrente com Estatística ) e o gráfico aparecerá na tela. Para imprimi-lo clique em ( Imprimir ) na parte inferior da janela. Para selecionar uma parte do gráfico para ser exibida através do recurso Zoom, clique com o mouse, botão direito, na parte superior esquerda da área que deseja visualizar com zoom. Segure o mouse clicado, arraste-o até a parte inferior direita da área desejada e solte o mouse. Para sair do modo de exibição com zoom, clique o mouse, botão direito, em um ponto qualquer do gráfico. Segure o mouse e arraste-o para uma posição no sentido esquerda, superior e o gráfico voltará ao modo de exibição normal. 29 de 30

30 8.14. Como gerar e imprimir gráfico de pressão. Gere uma consulta com os dados que deseja gerar o gráfico seguindo o item Clique em ( Gráfico de Pressão ) e o gráfico aparecerá na tela. Para imprimi-lo clique em ( Imprimir ) na parte inferior da janela. Para selecionar uma parte do gráfico para ser exibida através do recurso Zoom, clique com o mouse, botão direito, na parte superior esquerda da área que deseja visualizar com zoom. Segure o mouse clicado, arraste-o até a parte inferior direita da área desejada e solte o mouse. Para sair do modo de exibição com zoom, clique o mouse, botão direito, em um ponto qualquer do gráfico. Segure o mouse e arraste-o para uma posição no sentido esquerda, superior e o gráfico voltará ao modo de exibição normal Como gerar e imprimir gráfico de pressão com Estatísticas de ponto máximo, mínimo e médio. Gere uma consulta com os dados que deseja gerar o gráfico seguindo o item Clique em (Gráfico de Pressão com Estatísticas ) e o gráfico aparecerá na tela. Para imprimi-lo clique em ( Imprimir ) na parte inferior da janela. Para selecionar uma parte do gráfico para ser exibida através do recurso Zoom, clique com o mouse, botão direito, na parte superior esquerda da área que deseja visualizar com zoom. Segure o mouse clicado, arraste-o até a parte inferior direita da área desejada e solte o mouse. Para sair do modo de exibição com zoom, clique o mouse, botão direito, em um ponto qualquer do gráfico. Segure o mouse e arraste-o para uma posição no sentido esquerda, superior e o gráfico voltará ao modo de exibição normal. 30 de 30

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Manual Captura S_Line

Manual Captura S_Line Sumário 1. Introdução... 2 2. Configuração Inicial... 2 2.1. Requisitos... 2 2.2. Downloads... 2 2.3. Instalação/Abrir... 3 3. Sistema... 4 3.1. Abrir Usuário... 4 3.2. Nova Senha... 4 3.3. Propriedades

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

É o UniNorte facilitando a vida de nossos docentes e discentes.

É o UniNorte facilitando a vida de nossos docentes e discentes. ACESSO REMOTO Através do Acesso Remoto o aluno ou professor poderá utilizar em qualquer computador que tenha acesso a internet todos os programas, recursos de rede e arquivos acadêmicos utilizados nos

Leia mais

QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL

QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL BANCO DO BRASIL (Aplicação: 07/10/2001) CARGO: ESCRITURÁRIO 1 C 2 C ::::... QUESTÃO 33...:::: Outro modo de realizar a mesma operação com sucesso

Leia mais

Manual de uso PSIM Client 2010

Manual de uso PSIM Client 2010 MANUAL DE USO PSIM CLIENT VERSÃO 2010 ÍNDICE Manual de uso PSIM Client 2010 INSTALAÇÃO...2 INSTALAÇÃO LOCAL...2 INICIANDO O SISTEMA...13 UTILIZANDO O ÍCONE DA ÁREA DE TRABALHO...13 UTILIZANDO O MENU INICIAR...16

Leia mais

Instalação: permite baixar o pacote de instalação do agente de coleta do sistema.

Instalação: permite baixar o pacote de instalação do agente de coleta do sistema. O que é o projeto O PROINFODATA - programa de coleta de dados do projeto ProInfo/MEC de inclusão digital nas escolas públicas brasileiras tem como objetivo acompanhar o estado de funcionamento dos laboratórios

Leia mais

Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010.

Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010. Manual do Usuário Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução deste documento,

Leia mais

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL Documento: Tutorial Autor: Iuri Sonego Cardoso Data: 27/05/2005 E-mail: iuri@scripthome.cjb.net Home Page: http://www.scripthome.cjb.net ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

Leia mais

1 - O que é o Conectividade Social? 03. 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04

1 - O que é o Conectividade Social? 03. 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04 Conteúdo 1 - O que é o Conectividade Social? 03 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04 3 - O que é necessário para instalar o Conectividade Social?.... 05 4 - Como faço para executar

Leia mais

Instalação e Operação dos Aplicativos Serie 5000/6000

Instalação e Operação dos Aplicativos Serie 5000/6000 Instalação e Operação dos Aplicativos Serie 5000/6000 Requisitos mínimos de Hardware: Pentium 3 de 500 mhz ou Celeron de 700 mhz ou superior 128 MB de RAM 100 MB livres no disco rígido Requisitos de Software:

Leia mais

Laboratório - Exploração do FTP

Laboratório - Exploração do FTP Objetivos Parte 1: Usar o FTP em um prompt de comando Parte 2: Baixar um arquivo FTP usando WS_FTP LE Parte 3: Usar o FTP em um navegador Histórico/cenário O File Transfer Protocol (FTP) faz parte do conjunto

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup MANUAL DO USUÁRIO Software de Ferramenta de Backup Software Ferramenta de Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para

Leia mais

ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA CONFIGURAR UMA CONEXÃO VPN COM A BEMATECH

ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA CONFIGURAR UMA CONEXÃO VPN COM A BEMATECH ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA CONFIGURAR UMA CONEXÃO VPN COM A BEMATECH Introdução Procedimentos para configurar uma conexão VPN com a Bematech, para possibilitar Acesso Remoto para Suporte do ambiente

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 18 de fevereiro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é

Leia mais

1ª ETAPA IMPRIMIR LAUDO

1ª ETAPA IMPRIMIR LAUDO PROCEDIMENTOS PARA IMPRESSÃO DOS LAUDOS DE AVALIAÇÃO SÓCIO-ECONÔMICA COM FOTOS EM PDF PARA USO NO SISTEMA DO PROCESSO ELETRÔNICO. Inicialmente digite seu laudo de avaliação conforme modelo padronizado

Leia mais

Instruções de instalação do software de edição e conexão EmbroideryEditor. Exclusivo para máquina de bordar MC500E

Instruções de instalação do software de edição e conexão EmbroideryEditor. Exclusivo para máquina de bordar MC500E Instruções de instalação do software de edição e conexão EmbroideryEditor Exclusivo para máquina de bordar MC500E Instruções para instalar o EmbroideryEditor Requisitos do sistema no computador: * Sistema

Leia mais

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6 Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro Versão 3.6 O Gerenciador é um Software para ambiente Windows que trabalha em conjunto com o Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro, através de

Leia mais

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev P27070 - Rev. 0 1. RESTRIÇÕES DE FUNCIONAMENTO RECEPTOR IP ÍNDICE 1. Restrições de Funcionamento... 03 2. Receptor IP... 03 3. Inicialização do Software... 03 4. Aba Eventos... 04 4.1. Botão Contas...

Leia mais

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010.

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Manual de Configuração Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução

Leia mais

Inteligência Embarcada Módulo de Inteligência Embarcada

Inteligência Embarcada Módulo de Inteligência Embarcada Inteligência Embarcada Módulo de Inteligência Embarcada - Para acessar o módulo deve-se ir ao menu FERRAMENTAS, sub-menu INTELIGÊNCIA EMBARCADA. O menu, ilustrado abaixo, contém as seguintes opções: Configurando

Leia mais

CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3

CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3 CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3 1. INTRODUÇÃO Este software permite a configuração dos dispositivos de detecção manuais e ou automáticos do sistema digital de alarme de incêndio FP1. Pode-se, por intermédio

Leia mais

Comunicador Aurora. Ferramenta do monitor para Inversores Aurora. Manual do Usuário

Comunicador Aurora. Ferramenta do monitor para Inversores Aurora. Manual do Usuário Comunicador Aurora Ferramenta do monitor para Inversores Aurora Manual do Usuário Data versão autor obs. 22/11/10 2.4 Nocentini Lorenzo Obs. Para Windows Seven Este é um trabalho não publicado de direito

Leia mais

Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun

Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf ABB Automação Hartmann & Braun Índice 1. IBIS_BE_CNF - DEFINIÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1. PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13 1-13 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A

Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A Índice ANTES DE VOCÊ COMEÇAR... 4 PRÉ-REQUISITOS... 4 SCREEN SHOTS... 4 A QUEM SE DESTINA ESTE MANUAL... 4 COMO UTILIZAR ESTE MANUAL... 4 Introdução... 5 INSTALANDO

Leia mais

O que é conexão de área de trabalho remoto?

O que é conexão de área de trabalho remoto? O que é conexão de área de trabalho remoto? Conexão de Área de Trabalho Remota é uma tecnologia que permite sentar-se ao computador e conectar-se a um computador remoto em um local diferente. Por exemplo,

Leia mais

Megamídia ML Sistemas - VALID MANUAL DE ATUALIZAÇÃO CFC DIGITAL VERSÃO 10

Megamídia ML Sistemas - VALID MANUAL DE ATUALIZAÇÃO CFC DIGITAL VERSÃO 10 Megamídia ML Sistemas - VALID MANUAL DE ATUALIZAÇÃO CFC DIGITAL VERSÃO 10 Sumário PREPARAÇÃO PARA ATUALIZAÇÃO...03 DETALHES IMPORTANTES...03 ATUALIZAÇÃO UTIL_CFC...04 VERIFICANDO A VERSÃO DO UTIL_CFC...06

Leia mais

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4.

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. 1 Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. Interface do sistema... 4 1.4.1. Janela Principal... 4 1.5.

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

www.lojatotalseg.com.br

www.lojatotalseg.com.br Manual do Aplicativo de Configurações J INTRODUÇÃO Este manual visa explicar a utilização do software embarcado do equipamento Prisma. De fácil utilização e com suporte a navegadores de internet de todos

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC SUMÁRIO 1 - Tela de Login...03 2 - Caixa de Entrada...04 3 - Escrever Mensagem...06 4 - Preferências...07 4.1 - Configurações Gerais...07 4.2 - Trocar Senha...07 4.3

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções Manual de Instruções SISTEMA SUPERVISÓRIO ContempView Simple Versão 1.0 ContempView Simple Revisão 1.0 Pág. 1 de 47 Índice 1. - OBJETIVO... 4 2. - ESCOPO... 4 3. - DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 4 4. - BOTÕES

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

Tutorial de Instalação do Software das Carteiras Informatizadas Oppitz

Tutorial de Instalação do Software das Carteiras Informatizadas Oppitz P á g i n a 1 Estado de Santa Catarina Secretaria de Estado da Educação Diretoria de Organização, Controle e Avaliação Gerência de Recursos Humanos Tecnologia Administrativa Rua Antônio Luz, 111 Centro

Leia mais

Ambiente de Programação dos Painéis de Operação. Incon Eletrônica Ltda. Rua Alfeo Ambrogi, 735 CEP 13570-540 São Carlos SP

Ambiente de Programação dos Painéis de Operação. Incon Eletrônica Ltda. Rua Alfeo Ambrogi, 735 CEP 13570-540 São Carlos SP Ambiente de Programação dos Painéis de Operação Incon Eletrônica Ltda. Rua Alfeo Ambrogi, 735 CEP 13570-540 São Carlos SP Índice 1)Introdução...2 2)Instalação do Oppe...3 3)Descrição do OPPE...4 3.1 Selecionar

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Client

Manual do usuário. Mobile Client Manual do usuário Mobile Client Mobile Client Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz

Leia mais

TCI 322. Conversor de Interface USB para RS422/RS485. Manual de Instalação

TCI 322. Conversor de Interface USB para RS422/RS485. Manual de Instalação TCI 322 Conversor de Interface USB para RS422/RS485 Manual de Instalação O conversor de interface TCI 322 é um dispositivo versátil que permite a partir de uma porta USB do computador ter-se uma interface

Leia mais

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning www.pwi.com.br 1 Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado,

Leia mais

Manual QuotServ Todos os direitos reservados 2006/2007

Manual QuotServ Todos os direitos reservados 2006/2007 Todos os direitos reservados 2006/2007 Índice 1. Descrição 3 2. Instalação 3 3. Configurações 4 4. Usando arquivo texto delimitado 5 5. Usando arquivo texto com posições fixas 7 6. Usando uma conexão MySQL

Leia mais

Manual Software CMS. Introdução:

Manual Software CMS. Introdução: Introdução: O CMS é uma central de gerenciamento de DVRs, é responsável por integrar imagens de DVRs distintos, com ele é possível realizar comunicação bidirecional, vídeo conferência, função mapa eletrônico

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com. Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.br 1-15 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior,

Leia mais

Manual de uso PSIM Client 2010

Manual de uso PSIM Client 2010 MANUAL DE USO PSIM MESSENGER VERSÃO 2010 ÍNDICE Manual de uso PSIM Client 2010 INSTALAÇÃO...2 INSTALAÇÃO LOCAL...2 CONFIGURAÇÃO DE USUÁRIO NO PSIM CLIENT 2010...12 QUANDO O FUNCIONÁRIO JÁ ESTÁ CADASTRADO

Leia mais

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário Índice 1. Introdução...3 2. Requisitos Mínimos de Instalação...3 3. Instalação...3 4. Inicialização do Programa...5 5. Abas de Configuração...6 5.1 Aba Serial...6 5.2 Aba TCP...7 5.2.1 Opções Cliente /

Leia mais

Figura 2 - Menu "Config. Rede"

Figura 2 - Menu Config. Rede Produto: CL Titânio Assunto: Como acessar o CL Titânio remotamente via browser? Em primeiro lugar, deve-se realizar as configurações de rede do CL Titânio: Entre no menu Principal. clicando com o botão

Leia mais

Principais Característic

Principais Característic Principais Característic Características as Software para agendamento e controle de consultas e cadastros de pacientes. Oferece ainda, geração de etiquetas, modelos de correspondência e de cartões. Quando

Leia mais

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio.

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. 1) Logar no Kit Médias Empresas Clicar no ícone Tókio Marine Empresarial, que abrirá a tela de login, veja abaixo. Caso seja o primeiro acesso

Leia mais

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client?

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Assim que abrir o DVR Client, no canto superior direito há um grupo de opções denominado Login, preencha de acordo

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO LUZ DO SABER

MANUAL DE INSTALAÇÃO LUZ DO SABER MANUAL DE INSTALAÇÃO LUZ DO SABER Sumário Sumário...2 Instalação do Luz do Saber no Linux...3 1ª opção Utilizando um Instalador...3 2ª opção Utilizando comandos no Konsole...6 Observações Importantes...7

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL TISS. Manual. Usuário. Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL TISS. Manual. Usuário. Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013 Manual do Usuário Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013 1. CONFIGURAÇÕES E ORIENTAÇÕES PARA ACESSO... 4 2 GUIAS... 11 2.1 DIGITANDO AS GUIAS... 11 2.2 SALVANDO GUIAS... 12 2.3 FINALIZANDO UMA GUIA... 13

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice Manual B.P.S ATA 5xxx Índice 1. Conectando o Adaptador para Telefone Analógico (ATA)...02 2. Configurações básicas...05 2.1 Configuração dos parâmetros de usuário e senha para acessos de banda larga do

Leia mais

Í N D I C E A N A L Í T I C O

Í N D I C E A N A L Í T I C O EXTRATUS V1.09 PROGRAMA PARA IMPORTAÇÃO DE EXTRATOS BANCÁRIOS OFC, OFX, QIF E HTML E EXPORTAÇÃO DE LANÇAMENTOS CONTÁBEIS Stactus Informática Ltda Agosto / 2010 Í N D I C E A N A L Í T I C O 1 Introdução...1

Leia mais

Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0)

Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0) Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0) 1. Pré-requisitos para instalação do Virtual Lab Windows XP, Windows Vista ou Windows 7 Adobe AIR instalado. Disponível em: http://get.adobe.com/br/air/

Leia mais

Manual do Aplicativo de Configurações

Manual do Aplicativo de Configurações Registrador Eletrônico de Ponto Manual do Aplicativo de Configurações Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis Código Postal 83.322-010 Pinhais - Paraná

Leia mais

Em primeiro lugar, deve-se realizar as configurações de rede do CL Titânio:

Em primeiro lugar, deve-se realizar as configurações de rede do CL Titânio: Produto: CL Titânio Assunto: Como acessar o CL Titânio remotamente via browser? Em primeiro lugar, deve-se realizar as configurações de rede do CL Titânio: Entre no menu clicando com o botão direito do

Leia mais

Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR

Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR ÍNDICE DESCRIÇÃO................................................. PÁG. 1 - Configuração necessária para o bom funcionamento................... 03 2

Leia mais

Configurando o Sistema Operacional TC-OS

Configurando o Sistema Operacional TC-OS Configurando o Sistema Operacional TC-OS O TC-OS é o Sistema Operacional das soluções Thin Clients da ThinNetworks. Foi desenvolvido especialmente para servir a thin clients possibilitando-os se conectar

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. para tv TV101

MANUAL DO USUÁRIO. para tv TV101 MANUAL DO USUÁRIO adaptador android para tv TV101 Índice Exibição do Produto 03 Instruções para Uso 03 Menu Principal 04 Configurações de Wi-Fi 04 Navegando por Arquivo ou Pasta 05 Conexão USB 06 Instalando/

Leia mais

MANUAL. Objetivo: Descrever o procedimento de instalação e uso do equipamento e software.

MANUAL. Objetivo: Descrever o procedimento de instalação e uso do equipamento e software. MANUAL Objetivo: Descrever o procedimento de instalação e uso do equipamento e software. Público alvo: Instaladores, prestadores de serviços, técnicos de manutenção, TI e supervisores. Revisão D 09/02/2011

Leia mais

Sagômetro Digital. Manual de Instalação e Operação

Sagômetro Digital. Manual de Instalação e Operação Manual de Instalação e Operação MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO APRESENTAÇÃO: Esse instrumento foi especialmente desenvolvido para realizar medições de Ságitas em Blocos Oftálmicos onde através de software

Leia mais

1.1. Gerenciamento de usuários e permissões. Suporta vários níveis de gerenciamento, gerenciamento de usuários e configuração de permissões.

1.1. Gerenciamento de usuários e permissões. Suporta vários níveis de gerenciamento, gerenciamento de usuários e configuração de permissões. CAMERA IP SERIE AV O CMS é uma central de gerenciamento de DVRs, é responsável por integrar imagens de DVRs distintos, com ele é possível realizar comunicação bidirecional, vídeo conferência, função mapa

Leia mais

SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios Manual do Usuário

SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios Manual do Usuário MANUAL DO USUÁRIO 2 ÍNDICE 1. PRÉ REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO DO SIGEP WEB 04 2. PROCEDIMENTOS PARA DOWNLOAD DO SISTEMA 04 3. INSTALANDO O SIGEP WEB 07 4. CONFIGURAÇÕES DO SISTEMA 09 COMPARTILHANDO O BANCO

Leia mais

Manual de instalação e utilização para o celular

Manual de instalação e utilização para o celular Manual de instalação e utilização para o celular 1, definição de DVR-lado Acesso ao menu principal -> Network Settings> Serviços de Rede, dê um duplo clique na célula telefone monitorar> marque habilitado

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Gerenciamento. Controlador de Fator de Potência. Self Control

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Gerenciamento. Controlador de Fator de Potência. Self Control MANUAL DO USUÁRIO Software de Gerenciamento Controlador de Fator de Potência Self Control ÍNDICE 1.0 INTRODUÇÃO 4 1.1 Aplicações 4 2.0 CARACTERÍSTICAS 4 2.1 Compatibilidade 4 3.0 INSTALAÇÃO 4 4.0 INICIALIZAÇÃO

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração MG-Soft

Manual de Instalação e Configuração MG-Soft Manual de Instalação e Configuração MG-Soft V 1.5.3 www.pinaculo.com.br (51)3541-0700 Sumário Apresentação... 3 1. Instalando o MG-Soft Server... 3 1.1. Liberar as portas do Firewall... 3 1.2. Autorun...

Leia mais

LINEAR EQUIPAMENTOS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 6823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP 09530-250

LINEAR EQUIPAMENTOS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 6823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP 09530-250 LINEAR EQUIPAMENTOS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 6823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP 09530-250 Recomendações Iniciais SOFTWARE HCS 2005 - VERSÃO 4.2 (Compatível com Guarita Vr4.03 e Vr4.04) Para

Leia mais

Multimedidores Inteligentes IDM96 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun

Multimedidores Inteligentes IDM96 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun Multimedidores Inteligentes IDM96 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf ABB Automação Hartmann & Braun Índice 1. IBIS_BE_CNF - DEFINIÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1. PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3 3.

Leia mais

Manual de Instalação e Operação RECIP

Manual de Instalação e Operação RECIP Manual de Instalação e Operação RECIP AMNNIPC012.00 05/09 Índice 1. RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES...1 2. DESCRIÇÃO DO PRODUTO...1 3. INSTALAÇÃO...1 4. CONFIGURAÇÃO O RECIP...3 4.1 JANELA PRINCIPAL...3 4.2

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual

Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual Diário On-line Apresentação ----------------------------------------------------------------------------------------- 5 Requisitos Básicos

Leia mais

Passo a Passo da instalação da VPN

Passo a Passo da instalação da VPN Passo a Passo da instalação da VPN Dividiremos este passo a passo em 4 partes: Requisitos básicos e Instalação Configuração do Servidor e obtendo Certificados Configuração do cliente Testes para saber

Leia mais

CAPÍTULO 6 COMUNICAÇÃO SERIAL

CAPÍTULO 6 COMUNICAÇÃO SERIAL CAPÍTULO 6 COMUNICAÇÃO SERIAL DEIXADO INTENCIONALMENTE EM BRANCO ÌNDICE 1 COMUNICAÇÃO SERIAL... 5 1.1 - Enviar um arquivo do Proteo... 6 1.2 - Receber um arquivo No Proteo... 9 1.3 - Verificando resultados

Leia mais

6.3.2.7 Lab - Configurando uma placa de rede para usar DHCP no Windows 7

6.3.2.7 Lab - Configurando uma placa de rede para usar DHCP no Windows 7 5.0 6.3.2.7 Lab - Configurando uma placa de rede para usar DHCP no Windows 7 Introdução Imprima e preencha este laboratório. Neste laboratório, você irá configurar uma placa de rede Ethernet para usar

Leia mais

Security Shop MRS. Media Relay System. Manual do Usuário

Security Shop MRS. Media Relay System. Manual do Usuário Página 1 de 20 Security Shop MRS Media Relay System Manual do Usuário Página 2 de 20 Conteúdos: Conteúdos:... 2 Figuras:... 3 1. Introdução... 4 1.1 Âmbito do Documento... 4 1.2 Terminologia... 4 2. GERAL...

Leia mais

Acessando a Plataforma de Rastreamento

Acessando a Plataforma de Rastreamento Acessando a Plataforma de Rastreamento Para acessar a plataforma digite no seu navegador preferido o endereço: xxxxxxxx.mloc.com.br onde xxxxxxxx é o nome da sua empresa de rastreamento. Ex: rastreadora.mloc.com.br

Leia mais

INSTALANDO SOFTWARE Ifox irestaurantes

INSTALANDO SOFTWARE Ifox irestaurantes INSTALANDO SOFTWARE Ifox irestaurantes Antes de instalar qualquer programa do ifox irest, verificar: 1) Verifique se o Microsoft.Net Framework 4.5 está instalado, para isto, abrir o Painel de Controle

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

RICS. Remote Integrated Control System Release 2.76. Apresentação do Produto

RICS. Remote Integrated Control System Release 2.76. Apresentação do Produto RICS Remote Integrated Control System Release 2.76 Apresentação do Produto Índice Informações Principais Instalação do RICS Configuração do RICS Introdução Capítulo I Requisitos dos Instrumentos Requisitos

Leia mais

Bem-vindo ao Guia de Introdução - Utilitários

Bem-vindo ao Guia de Introdução - Utilitários Bem-vindo ao Guia de Introdução - Utilitários Table of Contents File Recover... 1 Introdução do File Recover... 1 Instalação... 1 Introdução... 2 iii File Recover Introdução do File Recover Instalação

Leia mais

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB.

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-300U deve ser conectado via cabo

Leia mais

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB.

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-301U deve ser conectado via cabo

Leia mais

Manual de Instalação e Operação do CondorUpload

Manual de Instalação e Operação do CondorUpload Manual de Instalação e Operação do CondorUpload 1. Introdução O programa CondorUpload foi desenvolvido para operar conjuntamente com o software de monitoramento CONDOR8i ou versões superiores. O CondorUpload

Leia mais

Aspectos Avançados. Conteúdo

Aspectos Avançados. Conteúdo Aspectos Avançados Conteúdo Vendo o que existe em seu computador Ambiente de Rede Lixeira Organizando arquivos e pastas Usando o Windows de maneira eficaz Trabalhando com documentos 34 Vendo o que existe

Leia mais

Manual Instalação Pedido Eletrônico

Manual Instalação Pedido Eletrônico Manual Instalação Pedido Eletrônico 1 Cliente que não utiliza o Boomerang, mas possui um sistema compatível. 1.1 Instalação do Boomerang Inserir o CD no drive do computador, clicar no botão INICIAR e em

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Microsoft Windows XP William S. Rodrigues APRESENTAÇÃO WINDOWS XP PROFISSIONAL O Windows XP, desenvolvido pela Microsoft, é o Sistema Operacional mais conhecido e utilizado

Leia mais

Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO. Versão: 1.0 Direitos reservados.

Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO. Versão: 1.0 Direitos reservados. Bem Vindo GDS TOUCH Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO O GDS Touch é um painel wireless touchscreen de controle residencial, com design totalmente 3D, interativo

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

VIPMON. VIPMON Software de monitoramento. 21.15.001_VIPMON_REV 04.doc 1

VIPMON. VIPMON Software de monitoramento. 21.15.001_VIPMON_REV 04.doc 1 Software de monitoramento 21.15.001 REV 04.doc 1 Tópicos da Ajuda 01. 03 02. INSTALAÇÃO 03 03. DESINSTALAÇÃO 05 04. INICIANDO O 08 05. CONFIGURAÇÃO DO TIPO DE COMUNICAÇÃO 09 06. E-MAIL 12 07. MENSAGENS

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View

Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View www.cali.com.br - Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View - Página 1 de 29 Índice INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO (FIREBIRD E

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 2.1. Atualização... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 6 4.1. Tela Principal... 6 4.2.

Leia mais