Manual de Integração do Esmeralda DOS com a S_Line

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de Integração do Esmeralda DOS com a S_Line"

Transcrição

1 O que configurar no Esmeralda DOS? 1. Endereço Internet do Laboratório Utilizar a opção L - Parametros/Internet para informar o endereço Internet do LABORATÓRIO, que será impresso no Comprovante de Coleta; 2. Mensagem de Status a enviar para Internet O LABORATÓRIO pode decidir enviar uma mensagem de aviso ao Paciente que seu exame já está sendo processado, evitando que o mesmo receba uma mensagem de "Documento Inexistente" ao consultar na Internet, para isto, utilize a opção L - Parametros/Msg Status escrevendo uma mensagem de sua preferência. Se não tiver mensagem gravada, não gera a Mensagem de Status para envio a Internet; 3. Layout do Comprovante de Coleta entregue ao Paciente Para registrar os dados para consulta de resultados na Internet (número de identificação e a senha) no comprovante de coleta, você deverá executar o seguinte procedimento: abrir no Edit do Dos (isso porque nos editores de texto do Windows alguns caracteres podem ser alterados) o arquivo [Drive]:\Esmerald\Recibo.cab e escrever a linha que insere estas informações na posição mais adequada de seu comprovante de coleta: IIF(SUBSTR(ml5->destino,1,8) = "INTERNET",IIF(SUBSTR(ml5->destino,10,1) <> "M", CHR(15)+"INTERNET: " + TRIM(parametr->internet) + " - Chave: "+ml5- >cod_term+ml5->val_term+" - Senha: "+STRZERO(ml5->chassi,5,0)," ")," ") Lembre-se que estes comandos só irão funcionar depois que o esmeralda for atualizado. Caso tenha dúvidas de como fazer a atualização do Esmeralda, entre em contato com a TCM. 4. Diretórios aonde serão gerados os arquivos a enviar para Internet Utilizar a opção L - Instalar/Rotas/Internet Exportação aonde será indicado o diretório "\ESMERALD\OUT". Caso não exista este diretório, deve-se criá-lo através do DOS ou Windows Explorer, mas se já existir, exclua todos arquivos existente no mesmo; 5. Layout do Resultado de Exames na Internet A Internet é considerada como uma impressora no Esmeralda, logo há necessidade de configurar o Drive Internet na opção L - Instalar/Cabeçalhos/Internet, sendo: CABEÇALHO: Configure o arquivo INTERNET.CAB com o que deseja sair no cabeçalho; FECHO: Configure o arquivo INTERNET.FCH com o que deseja que saia no final do Resultado de Exames, sendo recomendado: " " " " "Laudo conferido eletronicamente pelo Dr. Nomonomo Nomonomo CRM: nnn-xx"; RODAPÉ: O arquivo INTERNET.RDP deve ficar vazio, constando apenas o código " "; 6. Destino do Resultado de Exames na Internet Na recepção do Paciente, escolha a forma de entrega do Resultado de Exames (Destino), cuja configuração das opções de ENVIO VIA INTERNET se faz na opção J - Cadastros/Destino, sendo: INTERNET PESSOAL: Envia para o Paciente (Parâmetros="N" "0" "0"); INTERNET PESSOAL IMPRIME: Envia para o Paciente e imprime (Parâmetros = "S" "0" "0") INTERNET MEDICO: Envia para o Médico (Parâmetros="N" "0" "0"); INTERNET MEDICO IMPRIME: Envia para o Médico e Imprime (Parâmetros="S" "0" "0"); INTERNET CONSULTORIO: Envia para o Médico e Paciente (Parâmetros="N" "0" "0"); Página 1 / 14

2 INTERNET CONSULTORIO IMPRIME: Envia para o Médico, Paciente e imprime ( Parâmetros="S" "0" "0"). Para enviar resultados para convênios e postos de coleta não é necessário criar destinos específicos para os mesmos. 7. Formatação de Resultados Caso queira usar a formatação padrão S_Line para o corpo do laudo, utilize o arquivo INTERNET.PRN disponível nesta página (download aqui). Se optar por isto, altere a extensão do seu atual arquivo INTERNET.PRN para INTERNET.OLD que está no caminho [Drive]:\Esmerald\Internet.prn e faça download deste mesmo arquivo salvando-o neste mesmo diretório. Para corrigir problemas de presença de caracteres estranhos na visualização dos laudos na Internet deve-se ir na opção L/Instalar/Exames, em Resultados Ativar/Resultados Desativar e em Exames Ativar/Exames Desativar. Nestes controles aparecerão as letras E e F, as mesmas que aparecem no laudo. O correto é que nestes campos tenha uma sigla entre aspas, por exemplo "RsA","RsD", "ExA" e "ExD" respectivamente, e esta sigla, no driver da impressora, corresponda ao controle. 8. Novas funções e correções Para ter melhor qualidade no resultado da internet é importante que se façam os seguintes procedimentos. Eles irão implementar a QUEBRA DE PÁGINA, ASSINATURA DIGITAL, CHAVE DE CONVÊNIO/POSTO e RESOLVER PROBLEMAS DE IMPRESSÃO PARCIAL E MULTIGUIAS. 8.1) Vá ao diretório F:\Esmerald e renomeie os arquivos 1_1.exe; 4_1.exe; 10_1.exe e 17_1.exe mudando a terminação de ".exe" para ".ant"; 8.2) Salve o arquivo de assinatura "assint.cfg" (peça o arquivo à S_Line) dentro do diretório F:\Esmerald; 8.3) Faça o downloads dos arquivos do Esmeralda DOS, copiando e colando os links abaixo no seu navegador: ) Passos para atualizar o ML2 e ML6: 8.4.1) Acesse ) Execute o arquivo ou Salve este arquivo em qualquer diretório; 8.4.3) Certifique-se que não tem alguém com o Esmeralda DOS aberto; 8.4.4) Execute o programa atusline.exe (direto no download ou no arquivo salvo); 8.4.5) Irá pedir para escolher a pasta destino, então indique o diretório onde está instalado o Esm. DOS (normalmente f:\esmerald). ==> LEMBRE-SE: Ninguém pode estar usando o Esmeralda ao executar este arquivo. 8.5) Para implantar Assinatura Digital, envie para as figuras com a assinatura de cada médico responsável. As figuras devem ter extensão.gif, boa qualidade visual e o nome igual à sigla do usuário (médico responsável) que libera exames. Para validar a qualidade e dimensões das figuras, antes faça testes de impressão. Página 2 / 14

3 8.6) Caso ocorra algum problema no funcionamento da rotina do Esmeralda, basta excluir os arquivos enviados pela S_Line e retornar a terminação dos arquivos ".ant" (que são seus originais) para ".exe" (isto no diretório F:\Esmerald). Com esta nova versão de executáveis, você estará implantando as seguintes mudanças: 1- RESULTADO PARCIAL: Envio de todos exames da requisição para Internet, desde que já tenha um exame com resultado, seja para o Paciente, Médico ou Convênio, independente se já foi lançado todos e do Flag de impressão, logicamente se o destino for INTERNET, o Esmeralda vai gerar um arquivo com todos os resultados daquele atendimento, sendo que para os que NÃO tem resultado deve sair a seguinte msg ao final: "=== Exames em Processamento === " e "<Cod. e Nome do Exame: Previsto p/ dd/mm/aa hh:mm"; 2- MULTI-GUIAS: Pacientes que recebem mais de uma guia em seu atendimento e que tem o destino INTERNET, recebem o comprovante de coleta com uma senha diferente da senha gerada no arquivo enviado para a S_Line. Agora vai imprimir o comprovante com a mesma senha que envia para S_Line, independente do número de guias; 3- CHAVE DE CONVÊNIO: No [J] CADASTRO/CONVENIO, tecle [F9] e cadastre a Chave S_Line do Convênio, que todas as requisições deste convênio serão automaticamente enviadas, via Internet, para a chave do mesmo. 4- CHAVE DE POSTO DE COLETA: No [J] CADASTRO/COLETAS, tecle [F9] e cadastre a Chave S_Line do Posto de Coleta, que todas as requisições deste posto serão automaticamente enviadas, via Internet, para a chave do mesmo. 5- Foi bloqueado a impressão de Resultados no [C] Resultados. 6- QUEBRA DE PÁGINA: Distribui uniformemente o resultado pelas páginas sem que parte de um resultado seja impresso numa folha e outra parte em outra. Também repete o cabeçalho e o rodapé em todas as folhas. 7- ASSINATURA DIGITAL: Insere a imagem da assinatura do responsável ao fim de cada folha. O que deve configurar nos programas de envio de Exames para S_Line? 1. Configurar Diretório de Envio Indicar o diretório aonde serão armazenados os documentos disponíveis para enviar à S_Line, conforme definido no EsmeraldA (opção L - Instalar/Rotas/Internet Exportação). Sugere-se o diretório [Drive]:\ESMERALD\OUT, onde [Drive] deverá ser substituido pela letra do drive da rede aonde está instalado o EsmeraldA. Este diretório é o padrão no EsmeraldA, mas poderá ser alterado na opção L - Instalar/Rotas/Internet Exportação. 2. Configurar Tipo de Documento O EsmeraldA utiliza o padrão DOS Multi-Ligual (850); 3. Configurar Dados de Acesso à Internet É necessário especificar o tipo de conexão à Internet que será utilizado. Para conexão via Provedor de Acesso, informe: Número de tentativas de discagem, sendo de 1 a 9; Nome do Dial-Up do Provedor de Acesso, que é automaticamente localizado pelo sistema; Página 3 / 14

4 4. Configurar Horário de Execução Este serviço pode ser implantado a qualquer momento, basta solicitar a função "Configurar" e depois "Horários de Execução" da tela de Sistema de Resultado de Exames. A Programação de Horário visa propiciar ao cliente um ambiente automatizado para realização do trabalho de transferência de Documentos ou Arquivos, realizando a conexão, envio e recebimento nos horários pré estabelecidos. Como cadastrar uma Chave Permanente (Médico, Clínica, Etc.)? 1. Cadastre primeiramente na S_Line, sendo: Acesse o endereço e informe a chave e senha fornecida pela S_Line na seção Gerência do Cliente no canto inferior direito da página. Em seguida, escolha a opção de "Usuários Inclusão" (Inclusão de Usuários). Finalmente será aberto uma tela aonde deverá informar os dados da chave que deseja criar; 2. Cadastre no EsmeraldA, sendo: Entre na opção J - Cadastros/Medicos/Solicitante e informe a Chave Internet, conforme cadastrou na S_Line e altere o nome do Médico, incluindo ao final do nome "Alt + 254", limitando o nome a 29 caracteres. Esta marca no final do nome do Médico, permitirá que a recepção saiba os Médicos que tem Chave Internet. Nota: Se for uma chave de pessoa jurídica (clínica, hospital, etc.), todos médicos desta empresa deve ter cadastrado no EsmeraldA a mesma chave, pois possibilitará que os resultados de exames de todos pacientes deste médicos se dirijam à esta chave. Se for uma chave de convênio com outro laboratório, que não for interessante ter o nome do médico, basta criar no cadastro de médico solicitante o convênio, isto é, o médico terá o nome do convênio, possibilitando na digitação da requisição selecionar o "médico" (convênio). Como proceder com o Paciente na recepção? Situação para preenchimento do campo Destino, que pode resultar no envio do Resultado de Exames via Internet ou Impressão, conforme configurado na opção J - Cadastros/Destino. O LABORATÓRIO pode enviar Resultados de Exames, via Internet, para Médico ou Paciente, com as seguintes opções de envio: ENVIO AO MÉDICO (Profissional / Instituição de Saúde): M1: O Resultado de Exames sempre será enviado ao MÉDICO, via Internet, sendo o PACIENTE avisado sobre o fato; M2: O PACIENTE será questionado se deseja que o Resultado de Exames seja enviado ao MÉDICO, via Internet. ENVIO AO PACIENTE: P1: O Resultado de Exames sempre ficará disponível para o PACIENTE consultar via Internet, sendo que será avisado sobre o fato, e questionado se deseja buscá-lo no LABORATÓRIO; P2: O paciente será questionado se deseja receber o Resultado de Exames, via Internet. Como enviar Resultado de Exames e verificar se foi enviado corretamente? Página 4 / 14

5 1. Ao fazer a requisição (opção A - Requisição), se foi indicado, no Destino, a opção INTERNET PESSOAL ou INTERNET CONSULTÓRIO, será impresso no comprovante de coleta a SENHA, que em conjunto com a identificação do exame, será utilizada para consultar o exame via Internet. Caso o LABORATÓRIO tenha configurado a Mensagem de "Status", será gerado um arquivo para envio à S_Line, no diretório?:\esmerald\out, para posicionar o paciente os exames realizados e a data de entrega; 2. Ao solicitar a impressão do Resultado de Exames (opção D - Impressão), dentro do EsmeraldA, será automaticamente criado um arquivo para envio à S_Line, no diretório?:\esmerald\out, referente ao Resultado de Exames. 3. Executa-se o Sistema de Resultado de Exames, e verifica se tudo foi enviado corretamente, bastando acessar o selecionar a opção "Visualizar" e depois "Log de Execução". Para saber com detalhes os documentos que foram enviados, acesse "Visualizar" e "Log Documentos Transacionados"; 4. Acesse o site do laboratório e consulte o Resultado de Exames. O que deve ser feito para começar a funcionar? 1. Gerar logomarca do Laboratório em formato gif e enviar para S_Line, pois esta será apresentada nas telas do sistema, inclusive o Laudo será impresso com ela; 2. Se o Laboratório não tiver Home Page, a S_Line oferece um sub endereço, sem custo adicional, bastando gerar o layout da Home Page desejada (veja exemplo em e enviar para S_Line. Recomendamos que esta página tenha uma história do Laboratório ( introdução) e/ou descrição das atividades do Laboratório e/ou suas unidades. Enfim escreva o que quiser, e gere um documento no Word; 3. Se o Laboratório já tiver Home Page, pode optar por incluir a Autenticação e Senha no próprio site ou ter um link para abrir a página de Autenticação do Banco de Resultados; 4. Caso vá utilizar o recurso de envio de Resultado de Exames para Médicos, prepare algum "folder" explicando ao médico as vantagens de receber o Resultado via Internet; 5. Para envio de Resultado de Exames para Pacientes, além do "folder" explicando as vantagens de receber o Resultado via Internet, é interessante ter uma Faixa (banner) na recepção. 1. Tipo do Arquivo: DOS Página 5 / 14

6 2. Tipo de Resultado Gerado: RE (Texto com formatação com caracteres S_Line) 3. Cabeçalho do Resultado de Exames: RE: É uma imagem à parte que deve ser enviado à S_Line. 4. Rodapé do Resultado de Exames: RE: É uma imagem à parte que deve ser enviado à S_Line. 5. Marca D água (imagem de fundo): RE: É uma imagem à parte que deve ser enviado à S_Line. 6. Assinatura Digital no Resultado de Exames: RE: Envia a imagem da assinatura scaneada para S_Line colocar no ar. Lembrando que o nome deverá conter somente três caracteres. 7. Quebra de Página: RE: Distribui uniformemente o resultado pelas páginas sem que parte de um resultado seja impresso numa folha e outra parte em outra. Também repete o cabeçalho e o rodapé em todas as folhas. 8. Como é gerado o Código do Documento (a partir do Nº da Requisição, etc.) RE: Pelo código de Atendimento. 9. Como é gerado a Chave do Paciente (a partir do Nº da Requisição, Nº do Paciente, etc.) Se é temporária sempre; Permanente sempre ou configurável. RE: Sempre Temporária. Durante o atendimento deve-se escolher um dos destinos INTERNET PESSOAL, pois desejamos apenas enviar para o paciente. Página 6 / 14

7 Lançamos os resultados na opção C Resultados Página 7 / 14

8 Requisição Página 8 / 14

9 Se no seu laboratório tiver mais de um assinante e você quer que no laudo saia à assinatura de quem liberou o resultado, após a digitação do resultado, faz-se necessário a liberação do resultado pela opção Q Conferência Digitação dos resultados Página 9 / 14

10 Confere RST p/ Req. Manual de Integração do Localize o atendimento a ser liberado e pressione <ENTER>, note que abaixo de cada exame tem três pontos, isso é um flag que significa que o exame está lançado, mas não liberado e para liberar devemos conferir o resultado e estando correto pressionar a tecla <F10> e o sistema irá remover os ponto identificando assim o exame como liberado Página 10 / 14

11 A tela abaixo mostra os exames todos liberados Vamos agora à etapa de impressão do nosso laudo, entrando na opção D Impressão Página 11 / 14

12 Entre em Laudos Selecione o atendimento que deseja enviar ou imprimir e pressione ALT + I. Em nosso exemplo em que o destino é INTERNET PESSOAL vamos notar a mensagem instantânea Enviando dados para Internet. e veremos que nada será impresso, esse é o processo de geração do arquivo para envio do laudo para a Sline. Resumindo então, para se enviar um ou mais laudos para internet, o destino do laudo deve ser um dos destinos INTERNET e deve-se necessariamente fazer a impressão desse(s) laudo(s) pois é a rotina de impressão que faz a geração do arquivo a ser enviado pelo Conecta. Página 12 / 14

13 Finalizado o processo de impressão, os arquivos contendo as informações dos laudos a serem enviados foram gerados na pasta \ESMERALD\OUT conforme podemos ver na tela a seguir, sendo que serão criados um ou dois arquivos para cada atendimento. Agora basta acessar o programa Conecta da S_Line para realizar o envio dos laudos 10. Como é gerado a Senha do Paciente RE: Aleatório pelo LIS. 11. Envia para Médico / Como é gerado a Chave de Médico RE: Selecione na opção J - Cadastros/Destino, sendo: INTERNET MEDICO: Envia para o Médico. Nota: Para isso deve cadastra a chave do Médico dentro do Gerencia do Cliente na opção Usuários / Inclusão e depois cadastra a mesma dentro de J Cadastro/Requisitante. 12. Envia para Posto de Coleta / Como é gerado a Chave de Posto de Coleta RE: No [J] CADASTRO/COLETAS, tecle [F9] e cadastre a Chave S_Line do Posto de Coleta, que todas as requisições deste posto serão automaticamente enviadas, via Internet, para a chave do mesmo. 13. Envia para Convênio / Como é gerado a Chave de Convênio a) Resposta para a maioria dos casos: a opção [J] CADASTRO/CONVENIO não possui o campo para informar a chave S_Line do usuário. A alternativa é cadastrar o Convênio como um médico (conforme o item 11), e informar lá a chave criada no Gerência do Cliente. b) Resposta do Anderson TCM (não averiguada): No [J] CADASTRO/CONVENIO, tecle [F9] e cadastre a Chave S_Line do Convênio, que todas as requisições deste convênio serão automaticamente enviadas, via Internet, para a chave do mesmo. 14. Inibe Envio de alguns Exames para Internet RE: Não. Página 13 / 14

14 15. Inibe Envio de Resultados para Internet por algum motivo (exames particulares não quitados, etc) RE: Não. 16. Solicita autorização do Paciente para enviar ao Médico RE: O destino do laudo é quem dita a regra. 17. Quando o Resultado é enviado à S_Line (após qual procedimento? Liberação, Exportação, Impressão, etc.) RE: Após imprimir o exame o Esmeralda gera o arquivo. 18. Tem Integração com Operadora de Plano de Saúde RE: Não. 19. Gera Chave, Senha e Código Documento criptografado (sempre ou se marcado na configuração) RE: Não Gera chave e senha criptografada. 20. Trata Retorno de Rastreabilidade RE: Não. 21. Envia SMS (anexado ao Laudo e/ou separado) RE: Não envia SMS Página 14 / 14

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

Manual Captura S_Line

Manual Captura S_Line Sumário 1. Introdução... 2 2. Configuração Inicial... 2 2.1. Requisitos... 2 2.2. Downloads... 2 2.3. Instalação/Abrir... 3 3. Sistema... 4 3.1. Abrir Usuário... 4 3.2. Nova Senha... 4 3.3. Propriedades

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

Manual Comunica S_Line

Manual Comunica S_Line 1 Introdução O permite a comunicação de Arquivos padrão texto entre diferentes pontos, com segurança (dados criptografados e com autenticação) e rastreabilidade, isto é, um CLIENTE pode receber e enviar

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Manual Integra S_Line

Manual Integra S_Line 1 Introdução O é uma ferramenta que permite a transmissão Eletrônica de Resultado de Exames, possibilitando aos Prestadores de Serviços (Rede Credenciada), integrarem seus sistemas com os das Operadoras

Leia mais

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 2014 Manual Laboratório ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Acesso ao Sistema... 2 Menu Cadastros... 4 Cadastro de usuários... 4 Inclusão de Novo Usuário... 5 Alteração de usuários...

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA

Leia mais

Versão 3.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Controla Tudo. Manual do Controla Tudo

Versão 3.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Controla Tudo. Manual do Controla Tudo Versão 3.0 CARBON SYSTEM Manual do Software Controla Tudo Manual do Controla Tudo SOFTWARE PARA CONTROLE DE PONTO VIA IMPRESSÃO DIGITAL OU DÍGITOS Manual do Controla Tudo Versão 3.0 Carbon System Rua Coronel

Leia mais

EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM

EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM Bacharel em Ciência da Computação, especialista em Gerência de Projetos e em Criptografia e Segurança da Informação. Servidora Publica. Atua na área acadêmica em cursos de Graduação

Leia mais

Manual de utilização sistema Comtele SMS

Manual de utilização sistema Comtele SMS Manual de utilização sistema Comtele SMS Login... 3 Dashboard... 4 Envio instantâneo de mensagens SMS... 5 Requisições de envio instantâneo para contatos ou grupos.... 5 Agendamento de envio d e SMS...7

Leia mais

SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO

SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO BOA VISTA/RR NOVEMBRO DE 2011 Este manual tem por finalidade esclarecer o funcionamento do SPARK ao servidor interessado em usar este comunicador instantâneo.

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO Este Manual tem por finalidade orientar os procedimentos de preenchimento da Web Guia do CREDENCIADO no atendimento aos beneficiários

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA AGENDA

Leia mais

BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO

BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO Criação de Conta de Usuário...03 Edição da Conta de Usuário...10 Download do Backup Online Embratel...10 Descrição dos Conjuntos de Cópia de Segurança...19

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Manual de utilização do sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Sistema integrado de controle médico Acesso... 3 Menu principal... 4 Cadastrar... 6 Cadastro de pacientes... 6 Convênios... 10

Leia mais

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Dezembro/2012 2 Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Sumário de Informações do Documento Título do Documento: Resumo:

Leia mais

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL COTAÇAO WEB [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais Autor: Equipe

Leia mais

Gerencie a sala de espera e garanta a satisfação dos pacientes

Gerencie a sala de espera e garanta a satisfação dos pacientes Centralx Clinic O ciclo de trabalho completo em um só sistema. Para ambientes de alta produtividade, do agendamento à consulta, do faturamento ao rateio entre prestadores de serviço, o Centralx Clinic

Leia mais

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian Manual do Produto Índice Introdução - Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 1. Verificação de Ambiente 4 2. Instalação

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES 1.3

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES

Leia mais

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Página1 e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é Nota Fiscal de Serviço eletrônica

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

1ª ETAPA IMPRIMIR LAUDO

1ª ETAPA IMPRIMIR LAUDO PROCEDIMENTOS PARA IMPRESSÃO DOS LAUDOS DE AVALIAÇÃO SÓCIO-ECONÔMICA COM FOTOS EM PDF PARA USO NO SISTEMA DO PROCESSO ELETRÔNICO. Inicialmente digite seu laudo de avaliação conforme modelo padronizado

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com. Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.br 1-15 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior,

Leia mais

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio.

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. 1) Logar no Kit Médias Empresas Clicar no ícone Tókio Marine Empresarial, que abrirá a tela de login, veja abaixo. Caso seja o primeiro acesso

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. HELP SUPORTE e HELP - REMOTO (Versão de usuário: 2.0)

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. HELP SUPORTE e HELP - REMOTO (Versão de usuário: 2.0) MANUAL DE UTILIZAÇÃO HELP SUPORTE e HELP - REMOTO (Versão de usuário: 2.0) 1 Sumário 1 Introdução...3 2 O que é o HELP Suporte?...3 3 Cadastro no Help Suporte...3 4 Como Acessar e Utilizar o HELP SUPORTE...3

Leia mais

PROCEDIMENTO DE CONFIGURAÇÃO IMPRESSORA FISCAL PARA SAÍDA DE HORÁRIO DE VERÃO

PROCEDIMENTO DE CONFIGURAÇÃO IMPRESSORA FISCAL PARA SAÍDA DE HORÁRIO DE VERÃO PROCEDIMENTO DE CONFIGURAÇÃO IMPRESSORA FISCAL PARA SAÍDA DE HORÁRIO DE VERÃO As impressoras fiscais Bematech (modelos MP-2100 TH FI e MP-4000 TH FI) requerem a realização de um pequeno ajuste de configuração

Leia mais

Manual Administrador - Mídia System

Manual Administrador - Mídia System Manual Administrador - Mídia System Logo após cadastrarmos sua Empresa em nosso sistema, será enviado um e-mail confirmando as informações de acesso do Administrador do sistema. Obs: Caso não tenha recebido

Leia mais

Manual do Usuário. Minha Biblioteca

Manual do Usuário. Minha Biblioteca Manual do Usuário Minha Biblioteca Sumário Acesso a Minha Biblioteca... 3 Tela Principal... 3 Para que serve o ícone Minha Biblioteca?... 3 O que você encontra no campo Pesquisar?... 4 Quando utilizar

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição Configurando a Conexão com o Banco de Dados

SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição Configurando a Conexão com o Banco de Dados SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição 1 Configurando a Conexão com o Banco de Dados 2 Primeiro Acesso ao Sistema Manutenção de Usuários 3 Parametrizando o Sistema Configura

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Página1 e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é MDF-e?... 03 2. Safeweb e-nota MDF-e... 04 3. Acesso e-nota

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

SGCD 2.2. Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico

SGCD 2.2. Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Atualizado em 13/AGO/2012 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico No final de 2007, o Serviço Técnico de Informática da UNESP Marília, disponibilizou para a comunidade acadêmica e administrativa o Sistema

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes

FAQ Perguntas Frequentes FAQ Perguntas Frequentes 1. COMO ACESSO A PLATAFORMA DE ENSINO?... 2 2. NÃO CONSIGO REALIZAR O MEU CADASTRO NO AMBIENTE VIRTUAL DO MMA.... 4 3. FIZ MEU CADASTRO NO SITE E NÃO RECEBI O E-MAIL DE CONFIRMAÇÃO

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7)

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7) SafeNet Authentication Client 8.2 SP1 (Para MAC OS 10.7) 2/28 Sumário 1 Introdução... 3 2 Pré-Requisitos Para Instalação... 3 3 Ambientes Homologados... 4 4 Tokens Homologados... 4 5 Instruções de Instalação...

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13 1-13 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Guia de Inicialização para o Windows

Guia de Inicialização para o Windows Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para o Windows Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter

Leia mais

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral Índice 03 Capítulo 1: Visão Geral 04 Capítulo 2: Conta de Usuário 04 Criação 08 Edição 09 Grupo de Usuários 10 Informações da Conta 12 Capítulo 3: Download do Backup Online Embratel 16 Capítulo 4: Cópia

Leia mais

Menu Utilitários. Atualização do Banco de Dados Atualização e organização dos arquivos existentes

Menu Utilitários. Atualização do Banco de Dados Atualização e organização dos arquivos existentes Atualização do Banco de Dados Atualização e organização dos arquivos existentes Rotina responsável pelo rastreamento de possíveis arquivos não indexados, danificados ou inexistentes. Este processo poderá

Leia mais

SGCD 2.0 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico

SGCD 2.0 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Atualizado em 24/08/2011 No final de 2007, o Serviço Técnico de Informática da UNESP Marília, disponibilizou para a comunidade acadêmica e administrativa o Sistema

Leia mais

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização WebEDI - Tumelero Manual de Utilização Pedidos de Compra Notas Fiscais Relação de Produtos 1. INTRODUÇÃO Esse documento descreve o novo processo de comunicação e troca de arquivos entre a TUMELERO e seus

Leia mais

Aprovação da Ficha de Tratamento Beneficiários Correios.

Aprovação da Ficha de Tratamento Beneficiários Correios. Aprovação da Ficha de Tratamento Beneficiários Correios. Requisitos Para acessar o sistema de aprovação de Ficha de Tratamento Eletrônica Correios é preciso ter instalado no computador um (Navegadores

Leia mais

manual Sistema de Gestão de Contribuições

manual Sistema de Gestão de Contribuições manual Sistema de Gestão de Contribuições Conteúdo 1. Login 4 2. Home 5 3. Informações básicas 3.1. Menus 6 3.2. Números e status 7 3.3. Ações 8 4. Ambientes da ferramenta 4.1. Sindicato 13 4.2. Empresas

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição SSE 3.0 Guia Rápido Módulo Secretaria Nesta Edição 1 Acessando o Módulo Secretaria 2 Cadastros Auxiliares 3 Criação de Modelos Definindo o Layout do Modelo Alterando o Layout do Cabeçalho 4 Parametrização

Leia mais

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e O intuito deste tutorial é descrever com detalhes técnicos como

Leia mais

Follow-Up Acompanhamento Eletrônico de Processos (versão 3.0) Manual do Sistema. 1. Como acessar o sistema Requisitos mínimos e compatibilidade

Follow-Up Acompanhamento Eletrônico de Processos (versão 3.0) Manual do Sistema. 1. Como acessar o sistema Requisitos mínimos e compatibilidade do Sistema Índice Página 1. Como acessar o sistema 1.1 Requisitos mínimos e compatibilidade 03 2. Como configurar o Sistema 2.1 Painel de Controle 2.2 Informando o nome da Comissária 2.3 Escolhendo a Cor

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios Manual do Usuário

SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios Manual do Usuário MANUAL DO USUÁRIO 2 ÍNDICE 1. PRÉ REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO DO SIGEP WEB 04 2. PROCEDIMENTOS PARA DOWNLOAD DO SISTEMA 04 3. INSTALANDO O SIGEP WEB 07 4. CONFIGURAÇÕES DO SISTEMA 09 COMPARTILHANDO O BANCO

Leia mais

SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO

SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO Macaé, Outubro de 2010 SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO Página 1 de 38 Controle de Revisões Data Comentário Responsável 01/10/2010 Revisão e correção de texto Marcos Lemos 01/10/2010 Correção

Leia mais

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução SCIM 1.0 Guia Rápido Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal Introdução Nesta Edição O sistema de Controle Interno administra o questionário que será usado no chek-list

Leia mais

MANUAL VERSÃO 4.14 0

MANUAL VERSÃO 4.14 0 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 1. O QUE É O EOL?... 2 2. ACESSANDO O EOL... 2 3. TELA INICIAL... 3 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 8 7. EXAMES

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Índice 1 Introdução...2 2 Acesso ao Sistema...3 3 Funcionamento Básico do Sistema...3 4 Tela Principal...4 4.1 Menu Atendimento...4 4.2 Menu Cadastros...5 4.2.1 Cadastro de Médicos...5

Leia mais

Volpe Enterprise Resource Planning

Volpe Enterprise Resource Planning Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado, reproduzido, traduzido ou reduzido a qualquer mídia eletrônica ou máquina de leitura, sem a expressa

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular. Manual do sistema (Médico)

Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular. Manual do sistema (Médico) Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular Manual do sistema (Médico) ÍNDICE 1. O sistema... 1 2. Necessidades técnicas para acesso ao sistema... 1 3. Acessando o sistema...

Leia mais

Sistema de Automaçaõ de Vendas Manual Passo a Passo

Sistema de Automaçaõ de Vendas Manual Passo a Passo Sistema de Automaçaõ de Vendas Manual Passo a Passo Transmissão Antes de começar a trabalhar, vamos entender o item do menu transmissão, é nele que se faz atualização dos dados do moinho para o seu computador,

Leia mais

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Desenvolvido por Hamilton Dias (31) 8829.9195 Belo Horizonte hamilton-dias@ig.com.br www.h-dias.cjb.net ÍNDICE Introdução...3 Implantação...3 Instalação...3

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS

Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS 1 2 Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS Login é a área de autenticação do sistema. Por questões de segurança, é necessário que o usuário se identifique, impedindo a entrada de pessoas

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

Manual do IpêCMS. Autor: Everton R. Silva Data: 30.10.2008 Website: http://ipecms.tconibo.com

Manual do IpêCMS. Autor: Everton R. Silva Data: 30.10.2008 Website: http://ipecms.tconibo.com Manual do IpêCMS Autor: Everton R. Silva Data: 30.10.2008 Website: http://ipecms.tconibo.com INTRODUÇÃO Objetivo IpêCMS é um mini CMS open source distribuido atraves da licença GPL. É desenvolvido em linguagem

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema Financeiro e Caixa

Manual do Usuário. Sistema Financeiro e Caixa Manual do Usuário Sistema Financeiro e Caixa - Lançamento de receitas, despesas, gastos, depósitos. - Contas a pagar e receber. - Emissão de cheque e Autorização de pagamentos/recibos. - Controla um ou

Leia mais

Instalação, configuração e manual

Instalação, configuração e manual Cardápio Moura Instalação, configuração e manual Conteúdo Instalação... 4 Requisitos mínimos... 4 Windows 8... 5 Instalação do IIS no Windows 8... 5 Configuração do IIS no WINDOWS 8... 15 Windows 7...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento. Toledo PR. Versão 2.0 - Atualização 26/01/2009 Depto de TI - FASUL Página 1

MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento. Toledo PR. Versão 2.0 - Atualização 26/01/2009 Depto de TI - FASUL Página 1 MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento Toledo PR Página 1 INDICE 1. O QUE É O SORE...3 2. COMO ACESSAR O SORE... 4 2.1. Obtendo um Usuário e Senha... 4 2.2. Acessando o SORE pelo

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento do Imposto sobre

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

A Unimed Muriaé esta atualizando a o sistema autorizador (HILUM )

A Unimed Muriaé esta atualizando a o sistema autorizador (HILUM ) A Unimed Muriaé esta atualizando a o sistema autorizador (HILUM ) Houve mudanças em várias áreas do sistema, mas para simplificar ao usuário final estarei ativando só os campos que são obrigatórios para

Leia mais

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS 5. PARTICIPANTES DA DISCIPLINA 6. ENVIAR MENSAGENS 7. PARTICIPAÇÃO NO FÓRUM 8.

Leia mais

COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET

COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET Ao mesmo tempo em que hoje se tornou mais fácil falar a longa distância, pela multiplicidade de opções e operadoras de telefonia, também surgem as

Leia mais

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação TUTORIAL Envio e Recebimento de arquivos de consignação Para acessar o Web Colaborador e transferir arquivos de consignação, entre com os dados de CNPJ, usuário e senha, nos campos correspondentes. Regras

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

Usar o Office 365 no iphone ou ipad

Usar o Office 365 no iphone ou ipad Usar o Office 365 no iphone ou ipad Guia de Início Rápido Verificar o email Configure o seu iphone ou ipad para enviar e receber emails de sua conta do Office 365. Verificar o seu calendário onde quer

Leia mais

Manual de Instalação do Consultório Digital Versão 3.0.x

Manual de Instalação do Consultório Digital Versão 3.0.x Manual de Instalação do Consultório Digital Versão 3.0.x Após baixar o instalador no site http://www.consultoriodigital.com.br/ e executá-lo, a seguinte tela será exibida. Para continuar, clique em AVANÇAR.

Leia mais

PMAT. Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações. Manual. Desenvolvido pelo BNDES AS/DEGEP

PMAT. Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações. Manual. Desenvolvido pelo BNDES AS/DEGEP PMAT Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações Manual 1 Índice 1. O que é o Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações PMAT... 3 2. Acessando o sistema pela primeira vez Download... 3 3. Fluxogramas

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.13 1

MANUAL VERSÃO 2.13 1 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. O QUE É O EOL?... 3 2. ACESSANDO O EOL... 3 3. TELA INICIAL... 4 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 6 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 7 7. EXAMES

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Status das amostras 03 Relatório conferência de cadastro 25 Código de barras 03 Conferência de cadastro 27 Etiqueta de identificação do paciente 04

Status das amostras 03 Relatório conferência de cadastro 25 Código de barras 03 Conferência de cadastro 27 Etiqueta de identificação do paciente 04 1 Página Página Status das amostras 03 Relatório conferência de cadastro 25 Código de barras 03 Conferência de cadastro 27 Etiqueta de identificação do paciente 04 Cadastro de exames faltantes / nova coleta

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACERTO DE ESTOQUE...

Leia mais

Sumário. Tutorial: Editor de Exercícios Online para o professor

Sumário. Tutorial: Editor de Exercícios Online para o professor 1 Sumário Inserir Exercícios... 4 Minhas Avaliações... 5 Cadastrar perguntas... 7 Inserindo imagens... 10 Inserindo arquivos... 13 Inserindo vídeos... 15 Gerenciador de fórmulas e equações matemáticas...

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS CAIXA ECONÔMICA FEDERAL NO FINANCE Finance V10 New 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pela Caixa Econômica... 3 Como efetuar a Conciliação por Extrato

Leia mais

Procedimentos para Utilização do SAVI

Procedimentos para Utilização do SAVI Procedimentos para Utilização do SAVI 1. Acessando o sistema Para acessar o sistema é necessário ter instalado em seu sistema o navegador Firefox. Uma vez que ele esteja disponível acesse o link: HTTP://

Leia mais

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento Manual de PRODUÇÃO ONLINE 2 APRESENTAÇÃO A Unimed-Rio desenvolveu seu sistema de Produção Online, criado para facilitar a rotina de atendimento de seus médicos cooperados. Este sistema é composto por dois

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais