Unidade. Educação Artística 161. I- Limpeza e organização com os materiais são requisitos básicos nesta disciplina.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Unidade. Educação Artística 161. I- Limpeza e organização com os materiais são requisitos básicos nesta disciplina."

Transcrição

1 Unidade 1

2 2 Educação Artística 161 Unidade 1 I- Limpeza e organização com os materiais são requisitos básicos nesta disciplina. II- O lápis é o responsável direto pela boa qualidade do desenho. Classificamos os lápis de acordo com a grafite. Para as nossas construções podemos usar as grafites moles série B ou médias HB ou F. Se você usar lápis, este deverá estar bem apontado. Se for lapiseira, recomendamos as de grafites com diâmetros finos (0,5mm), porque dispensam o trabalho de serem apontadas. III- A borracha deve ser de preferência macia para que não borre os desenhos. IV- A régua é um instrumento usado para medir e traçar linhas retas. Deve ser graduada em cm e mm, de preferência de material acrílico transparente, por ser mais resistente. Quando ela estiver suja, lave-a com água fria. Para efetuar medidas, devemos ter como ponto de partida a marca 0 (zero). V- O transferidor é um instrumento usado para medir e construir ângulos, sendo o de material acrílico transparente o mais aconselhável. Possui dois modelos básicos: o de 180º e o de 360º.

3 Educação Artística VI- O compasso é um instrumento utilizado para traçar curvas e circunferências, construir ângulos e transportar medidas. Ele possui duas pontas: uma de metal, chamada de ponta seca, e outra de grafite, que devem estar sempre no mesmo nível. A grafite deve ser apontada em bisel com o auxílio de uma lixa de unha e ficar para o lado de fora, como mostra a figura. Para utilizá-lo, afaste as suas hastes com abertura correspondente ao raio desejado, apóie-o sobre a ponta seca e efetue o giro da ponta grafite até completar o traçado desejado. VII- O jogo de esquadros é composto de dois instrumentos no formato de triângulos retângulos. Os de melhor qualidade são os de acrílico e não apresentam o limbo graduado. São utilizados para o traçado de paralelas e perpendiculares e para a construção de ângulos. VIII- As linhas traçadas devem ser limpas, sem borrões, e obedecer à importância de cada uma delas. Para o esboço as linhas devem ser fracas; para a construção do desenho, linhas médias; e como resultado final, as linhas devem ser fortes. IX- Mantenha as folhas em que foram executados seus exercícios em ótimo estado de conservação, sem serem destacadas. Só o faça se assim for solicitado. Quando utilizar folhas soltas, não se esqueça de colocar seu nome, número e turma no seu canto superior, sem dobrá-las. X- Providencie também tesoura, cola e lápis de cor ou giz de cera.

4 4 Educação Artística 161 O ponto, a reta e o plano são três elementos básicos que compõem a geometria. São frutos da imaginação do homem, e não existe uma definição para esses elementos. A idéia que temos de um ponto é que ele é o encontro de duas linhas e não possui dimensão. Ele é indicado por letras maiúsculas do nosso alfabeto. Exemplo: Uma das finalidades do ponto é marcar um lugar: +A xb A reta é uma linha com uma única direção, infinita nos dois sentidos de crescimento, com infinitos pontos. Fazemos a sua representação por letras minúsculas do nosso alfabeto ou por duas letras maiúsculas quando tomamos dois de seus pontos. A reta tem que ser representada por um traço bem fino, pois ela não possui largura. O seu traçado deve ser feito sempre a lápis, num só sentido, sem voltar para trás. Posição absoluta de uma reta É a posição que uma só reta ocupa no plano e está relacionada com a linha do horizonte. São três as posições possíveis num plano: horizontal, vertical e inclinada.

5 O plano é infinito e pode ser representado assim: Educação Artística Identificamos os planos por letras minúsculas do alfabeto grego:, etc. Algumas propriedades do ponto e da reta l- Observando a figura a seguir, notamos que os pontos F e H pertencem à reta. Sabemos que a reta é infinita; portanto, se fizermos o prolongamento da reta, o ponto A também pertence a essa reta. ela. Um ponto pertence a uma reta se ele estiver representado sobre ll- Dado um ponto R qualquer, podemos traçar por ele tantas retas quanto quisermos, isto é, infinitas retas. Daí concluímos que o ponto R é comum a todas as retas que passarem por ele. lll- Quando dois ou mais pontos ocupam o mesmo lugar no espaço, dizemos que eles são coincidentes: Os pontos A e B são coincidentes ( símbolo de coincidência). Quando dois ou mais pontos ocupam lugares diferentes no espaço, são chamados de pontos distintos ( C e D). lv- Quando dois ou mais pontos pertencem a uma mesma reta, são chamados de pontos colineares. V- Para determinar uma reta são necessários e suficientes dois pontos distintos.

6 6 Educação Artística 161 Posições relativas de duas retas Paralelas Quando mantêm uma mesma distância entre si. Símbolo: // r // s ou reta AB // reta CD ou Concorrentes Quando possuem somente um ponto em comum, chamado ponto de intersecção. Podem ser perpendiculares ou oblíquas: Concorrentes perpendiculares Interceptam-se, formando quatro ângulos de 90º: Quadro l, de Piet Mondrian Concorrentes oblíquas Interceptam-se, formando quatro ângulos diferentes de 90º: Coincidentes Quando possuem todos os pontos em comum:

7 Educação Artística Hora de trabalhar e criar Quais são os entes geométricos fundamentais? 2. Quantas retas podemos traçar por um ponto? 3. Quais as posições absolutas de uma reta? Exemplifique cada uma delas. 4. Quais são as posições relativas de duas retas? 5. Que ente geométrico melhor se identifica nas afirmações seguintes? a) O encontro entre duas paredes; b) O piso da sala de aula: c) A marca deixada pela ponta do lápis sobre uma folha de papel: 6. Considerando a figura a seguir, dê a posição das retas: Quadro I, de Piet Mondrian 7. Represente o que se pede:

8 8 Educação Artística Quando duas retas formam quatro ângulos de 90º no seu ponto de intersecção, elas são chamadas de: Dados os pontos A, B, C e D, trace por eles todas as retas possíveis: Para definirmos uma semi-reta é necessário recordarmos que a reta é infinita nos dois sentidos de crescimento: Marquemos agora um ponto sobre a reta e observemos o que acontece: A reta r ficou dividida em duas partes a partir do ponto P. Essas partes têm sentidos opostos de crescimento e recebem o nome de semi-reta. A semi-reta também é infinita, mas somente num sentido de

9 Educação Artística crescimento. Fazemos a identificação das seguintes maneiras: Com as letras do ponto de origem e da reta, com uma seta sobre elas: lemos semi-reta r de origem P. Com a letra de origem e uma seta sobre ela: lemos semi-reta de origem P. Marcando um outro ponto na semi-reta distinto do ponto de origem, que lemos: semireta de origem P passando por A. Não nos esqueçamos de que a primeira letra é sempre a da origem, e a seta, vai sempre da esquerda para a direita. Segmento de reta Voltando a representar uma reta r e sobre ela marcando dois pontos distintos, P e Q: À parte compreendida entre os pontos P e Q chamamos de segmento de reta. O segmento de reta é finito, e fazemos a sua indicação por meio dos pontos destacados, que são suas extremidades, com um traço sobre eles. Exemplos:

10 10 Educação Artística 161 Mediatriz É uma reta perpendicular a um segmento de reta e que o divide, em dois segmentos de medidas congruentes. Como traçar a mediatriz de um segmento de reta? Trace a mediatriz do segmento de reta AB dado. - Centro do compasso em A e abertura qualquer maior que a metade de A e B: trace um arco. - Centro do compasso em B e mesmo raio: intercepte o arco inicial, determinando os pontos 1 e 2. - A reta que passa por 1 e 2 é a mediatriz procurada. Hora de trabalhar e criar Represente geometricamente o que se pede: a) horizontal c) a b b) = 4cm inclinado d) 2. Quando duas retas são paralelas entre si? O que são retas concorrentes oblíquas?......

11 4. Represente as semi-retas a seguir, utilizando os pontos dados. Educação Artística O que você entende por segmento de reta? Trace os segmentos de reta 7. Quando duas retas são coincidentes? Observe a figura e responda aos itens a seguir, de acordo com as posições relativas de duas retas. 9. Trace as mediatrizes dos segmentos de reta dados: a) As retas a e b são... b) As retas m e r são... c) As retas s e b são... d) As retas r e s são... e) As retas m e s são... f) As retas t e s são...

12 12 Educação Artística Construa o que se pede: a) Um segmento de reta RS = 5cm vertical, e a seguir b) trace sua mediatriz: Vimos na Unidade 1 que o par de esquadros é composto por dois instrumentos com forma de triângulos retângulos: um isósceles e um escaleno. O par de esquadros apresenta uma característica que é um lado comum: a hipotenusa do esquadro isósceles é igual ao cateto maior do esquadro escaleno.

13 Educação Artística As linhas podem ser traçadas combinando-se os dois esquadros ou um esquadro e uma régua: Para se conseguirem todos esses traçados, tanto as retas paralelas quanto as perpendiculares, observe que a régua ou o esquadro de apoio devem permanecer sempre fixos, e o esquadro, acompanhado das setas, é que faz o deslizamento. Como traçar perpendiculares a uma reta r dada?

14 14 Educação Artística 161 Hora de trabalhar e criar Trace, com o auxílio de esquadros, o que se pede: a) retas paralelas às retas dadas: b) retas perpendiculares: 2. Trace uma reta b perpendicular à reta r no ponto P: a) b)

15 3. Dados a reta t e os pontos M, N e Q, trace retas paralelas a t, passando pelos pontos dados. Educação Artística Trace pelo ponto Q uma reta t perpendicular à reta s: a) b) 5. Dada a reta c, trace uma reta d paralela a c a uma distância de 2,5cm: 6. Trace duas retas paralelas à reta r dada nos dois sentidos, a uma distância de 2,0cm de r:

16 16 Educação Artística Complete o quadrado com paralelas aos lados da figura pelos pontos das diagonais, de tal forma que elas se encontrem, como mostra o exemplo. Utilize os esquadros. 8. Construa um segmento de reta horizontal AB = 6,4cm e, a seguir, trace a sua mediatriz:

17 Educação Artística A figura a seguir representa uma piscina na qual deverá ser instalado um trampolim, que ficará situado no ponto médio do lado AB. Determine esse ponto traçando uma mediatriz. 10. Determine as mediatrizes dos lados da figura a seguir e, a partir daí, trace linhas paralelas de tal forma que elas se encontrem, como mostra o exemplo. Trabalhe com calma nos traçados e mantenha uma distância constante entre elas.

18 18 Educação Artística 161 Suprematismus, de Kasimir Malevitch

Unidade. Educação Artística 171. l- Limpeza e organização com os materiais são requisitos básicos nesta disciplina.

Unidade. Educação Artística 171. l- Limpeza e organização com os materiais são requisitos básicos nesta disciplina. 2 Educação Artística 171 Unidade 1 l- Limpeza e organização com os materiais são requisitos básicos nesta disciplina. ll- O lápis é o responsável direto pela boa qualidade do desenho e é classificado,

Leia mais

DESENHO. 1º Bimestre. AULA 1 Instrumentos de Desenho e Conceitos Básicos de Construções Geométricas Professor Luciano Nóbrega

DESENHO. 1º Bimestre. AULA 1 Instrumentos de Desenho e Conceitos Básicos de Construções Geométricas Professor Luciano Nóbrega DESENHO Felizes aqueles que se divertem com problemas Matemáticos que educam a alma e elevam o espírito. (Fraçois Fenelon Educador Francês) AULA 1 Instrumentos de Desenho e Conceitos Básicos de Construções

Leia mais

Tipos de Linhas, Legenda e Construção Geométricas Simples. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Tipos de Linhas, Legenda e Construção Geométricas Simples. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Tipos de Linhas, Legenda e Construção Geométricas Simples. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Linhas Norma ABNT NBR 8403 de 1994 As linhas são as formas de mostrar como objeto se caracteriza. Para cada

Leia mais

Conceitos Básicos de Desenho Técnico

Conceitos Básicos de Desenho Técnico Conceitos Básicos de Desenho Técnico 1. Conceitos Básicos de Desenho Técnico: exemplos e prática das Aulas 02 e 03 Esta aula tem por objetivos exercitar e aprimorar: Conhecimento de escalas numéricas;

Leia mais

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Módulo I Aula 02 Material de desenho técnico O conhecimento dos materiais utilizados em desenho técnico e os cuidados a serem tomados com ele são fundamentais

Leia mais

Sugestão: Use papel transparente para copiar as figuras e comparar os lados e os ângulos.

Sugestão: Use papel transparente para copiar as figuras e comparar os lados e os ângulos. Você se lembra dos triângulos e quadriláteros do final da Aula 28? Eles estão reproduzidos na figura abaixo. Observe que a forma de cada triângulo, por exemplo, varia conforme aumentamos ou diminuímos

Leia mais

DESENHO TÉCNICO ( AULA 02)

DESENHO TÉCNICO ( AULA 02) DESENHO TÉCNICO ( AULA 02) Posições da reta e do plano no espaço A geometria, ramo da Matemática que estuda as figuras geométricas, preocupa-se também com a posição que os objetos ocupam no espaço. A reta

Leia mais

Conceitos básicos de Geometria:

Conceitos básicos de Geometria: Conceitos básicos de Geometria: Os conceitos de ponto, reta e plano não são definidos. Compreendemos estes conceitos a partir de um entendimento comum utilizado cotidianamente dentro e fora do ambiente

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DESENHO TÉCNICO. Prof. Esp. Kevin Reiny Rocha Mota

INTRODUÇÃO AO DESENHO TÉCNICO. Prof. Esp. Kevin Reiny Rocha Mota INTRODUÇÃO AO DESENHO TÉCNICO Prof. Esp. Kevin Reiny Rocha Mota Apresentação e uso de instrumentos RÉGUA TÊ (cabeça fixa ou móvel): com 0,80 m A régua Tê serve principalmente para traçar linhas paralelas

Leia mais

Relação de materiais. Relação de materiais. Instrumentos. Jogo de esquadros 45º e 30º/60º, sem graduação. Papel formato A4 margeado

Relação de materiais. Relação de materiais. Instrumentos. Jogo de esquadros 45º e 30º/60º, sem graduação. Papel formato A4 margeado Instrumentos Janine Gomes da Silva, Arq. M.Sc Engenharia Civil Relação de materiais Jogo de esquadros 45º e 30º/60º, sem graduação Papel formato A4 margeado Lapiseira 0.7 HB; lapiseiras 0.5 grafite 2B

Leia mais

Elaborado pelos professores Marco Albano e Sheyla Serra Disciplina Expressão Gráfica para Engenharia (EGE) - EA, fev./2008.

Elaborado pelos professores Marco Albano e Sheyla Serra Disciplina Expressão Gráfica para Engenharia (EGE) - EA, fev./2008. Elaborado pelos professores Marco Albano e Sheyla Serra Disciplina Expressão Gráfica para Engenharia (EGE) - EA, fev./2008. A escolha de um bom instrumento de trabalho é primeiro passo para um bom desenho

Leia mais

Aula 09 (material didático produzido por Paula Rigo)

Aula 09 (material didático produzido por Paula Rigo) EMBAP ESCOLA DE MÚSICA E BELAS ARTES DO PARANÁ DISCIPLINA DE DESENHO GEOMÉTRICO E GEOMETRIA DESCRITIVA Profª Eliane Dumke e-mail: eliane.dumke@gmail.com Aula 09 (material didático produzido por Paula Rigo)

Leia mais

I - INTRODUÇÃO 1. POSTULADOS DO DESENHO GEOMÉTRICO

I - INTRODUÇÃO 1. POSTULADOS DO DESENHO GEOMÉTRICO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE EXPRESSÃO GRÁFICA Professora Deise Maria Bertholdi Costa Disciplina CD046 Expressão Gráfica I Curso Engenharia

Leia mais

Geometria Descritiva 28/08/2012. Elementos Primitivos da Geometria

Geometria Descritiva 28/08/2012. Elementos Primitivos da Geometria Geometria Descritiva Prof. Luiz Antonio do Nascimento ladnascimento@gmail.com www.lnascimento.com.br A Geometria, como qualquer outra ciência, fundamenta-se em observações e experiências para estabelecer

Leia mais

APOSTILA I DAC CRIADO POR DÉBORA M. BUENO FRANCO PROFESSORA DE DESENHO ASSISTIDO POR COMPUTADOR FACULDADE EDUCACIONAL DE ARAUCÁRIA - FACEAR

APOSTILA I DAC CRIADO POR DÉBORA M. BUENO FRANCO PROFESSORA DE DESENHO ASSISTIDO POR COMPUTADOR FACULDADE EDUCACIONAL DE ARAUCÁRIA - FACEAR APOSTILA I DAC Alunos O material aqui disponibilizado deve ser entendido como material de apoio às aulas de Desenho Assistido por Computador, não substituindo de qualquer forma o conteúdo da disciplina

Leia mais

Noções iniciais de Desenho Geométrico

Noções iniciais de Desenho Geométrico INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Noções iniciais de Desenho Geométrico Professor: João Carmo INTRODUÇÃO O desenho é a maneira de expressar graficamente a FORMA

Leia mais

CONSTRUÇÕES GEOMÉTRICAS FUNDAMENTAIS

CONSTRUÇÕES GEOMÉTRICAS FUNDAMENTAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE EXPRESSÃO GRÁFICA CONSTRUÇÕES GEOMÉTRICAS FUNDAMENTAIS 2 1 NOÇÕES DE GEOMETRIA PLANA 1.1 GEOMETRIA A necessidade de medir terras

Leia mais

Código da Disciplina CCE0985. Aula 3.

Código da Disciplina CCE0985. Aula 3. Código da Disciplina CCE0985 Aula 3 e-mail:clelia.monasterio@estacio.br http://cleliamonasterio.blogspot.com/ O que é geometria? Palavra de origem grega: GEO (terra) METRIA (medida). Há 5.000 anos, era

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS - RETAS

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS - RETAS 1 EXERCÍCIOS RESOLVIDOS - RETAS 1. CONSTRUIR A MEDIATRIZ DE UM SEGMENTO DADO AB = 7 CM: - Utilizando a régua trace o segmento AB de medida igual a 7 cm. - Com a ponta seca do compasso no ponto A, abra

Leia mais

GABARITO DA BATERÍA DE EXERCÍCIOS DE DESENHO GEOMÉTRICO - 7o ANO

GABARITO DA BATERÍA DE EXERCÍCIOS DE DESENHO GEOMÉTRICO - 7o ANO Escola de Educação Infantilr Ensino Fundamental e Médio General Osório. Campo Grande - M S, d e de 2017. Professora: Roberta Olarte Martins ANO. Aluno (a ): n. NOTA GABARITO DA BATERÍA DE EXERCÍCIOS DE

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Professor: João Carmo

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Professor: João Carmo INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Professor: João Carmo INTRODUÇÃO Os ângulos são formados por duas semi-retas que têm a mesma origem O. OBS.: o ângulo é denominado

Leia mais

5. Desenhos geométricos

5. Desenhos geométricos 17 Exercícios: 1. Na folha A4 impressa escreva o alfabeto com letras maiúsculas e minúsculas e a numeração de 0 a 9, com letras verticias. Faça ainda a legenda da folha 2. Na folha A4 impressa escreva

Leia mais

DESENHO GEOMÉTRICO AULA 3T EXERCÍCIOS RESOLVIDOS

DESENHO GEOMÉTRICO AULA 3T EXERCÍCIOS RESOLVIDOS 1 DESENHO GEOMÉTRICO AULA 3T EXERCÍCIOS RESOLVIDOS 1. SÃO DADOS 3 SEGMENTOS, a = 3 cm, b = 2 cm e c = 2,5 cm. PEDE-SE ENCONTRAR A QUARTA PROPORCIONAL ENTRE a, b e c : PROCESSO I - Consideremos os 3 segmentos

Leia mais

I. Para concordar um arco com uma reta é necessário que o ponto de concordância e o centro do arco, estejam ambos sobre uma mesma perpendicular.

I. Para concordar um arco com uma reta é necessário que o ponto de concordância e o centro do arco, estejam ambos sobre uma mesma perpendicular. 9.CONCORDÂNCIAS T A N G E N T E S Chama-se concordância de duas linhas curvas ou de uma reta com uma curva, a ligação entre elas, executada de tal forma, que se possa passar de uma para outra, sem ângulo,

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS TRIÂNGULOS

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS TRIÂNGULOS 1 EXERCÍCIOS RESOLVIDOS TRIÂNGULOS 1. CONSTRUIR UM TRIÂNGULO ESCALENO DE BASE 10 CM E ÂNGULOS ADJASCENTES À BASE DE 75 E 45. Sejam dados a base AB e os ângulos adjacentes à base. Primeiro transporte o

Leia mais

Desenho Geométrico e Concordâncias

Desenho Geométrico e Concordâncias UnB - FGA Desenho Geométrico e Concordâncias Disciplina: DIAC-1 Prof a Eneida González Valdés CONSTRUÇÕES GEOMÉTRICAS Todas as construções da geometria plana são importantes, há, entretanto algumas, que

Leia mais

O DESENHO COMO FORMA DE EXPRESSÃO

O DESENHO COMO FORMA DE EXPRESSÃO DESENHO TÉCNICO O DESENHO COMO FORMA DE EXPRESSÃO A transmissão de informações através do desenho existe desde a pré-história quando foram feitas as primeiras pinturas nas paredes das cavernas. Com o longo

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS TANGÊNCIA

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS TANGÊNCIA 1 Resumo. Maria Bernadete Barison apresenta exercícios e resoluções sobre TANGÊNCIA em Desenho Geométrico. Geométrica vol.1 n.6c. 2005. Desenhos construídos por: Enéias de A. Prado. EXERCÍCIOS RESOLVIDOS

Leia mais

GEOMETRIA. Esse quadradinho no ângulo O significa que é um ângulo reto e sua medida equivale a 90 graus.

GEOMETRIA. Esse quadradinho no ângulo O significa que é um ângulo reto e sua medida equivale a 90 graus. GEOMETRIA Ângulos É a abertura existente entre duas semi-retas que tem a mesma origem. Ângulo reto é formado por duas semi-retas perpendiculares, ou seja, uma horizontal e uma vertical sendo o ponto de

Leia mais

I - INTRODUÇÃO II LUGARES GEOMÉTRICOS, ÂNGULOS E SEGMENTOS 1. POSTULADOS DO DESENHO GEOMÉTRICO

I - INTRODUÇÃO II LUGARES GEOMÉTRICOS, ÂNGULOS E SEGMENTOS 1. POSTULADOS DO DESENHO GEOMÉTRICO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE EXPRESSÃO GRÁFICA Professores: Deise Maria Bertholdi Costa, Luzia Vidal de Souza, Paulo Henrique Siqueira,

Leia mais

Triângulos DEFINIÇÃO ELEMENTOS

Triângulos DEFINIÇÃO ELEMENTOS Triângulos DEFINIÇÃO Do latim - triangulu, é um polígono de três lados e três ângulos. Os três ângulos de um triângulo são designados por três letras maiúsculas, B e C e os lados opostos a eles, pelas

Leia mais

Polígonos PROFESSOR RANILDO LOPES 11.1

Polígonos PROFESSOR RANILDO LOPES 11.1 Polígonos PROFESSOR RANILDO LOPES 11.1 Polígonos Polígono é uma figura geométrica plana e fechada formada apenas por segmentos de reta que não se cruzam no mesmo plano. Exemplos 11.1 Elementos de um polígono

Leia mais

3) O ponto P(a, 2) é equidistante dos pontos A(3, 1) e B(2, 4). Calcular a abscissa a do ponto P.

3) O ponto P(a, 2) é equidistante dos pontos A(3, 1) e B(2, 4). Calcular a abscissa a do ponto P. Universidade Federal de Pelotas Cálculo com Geometria Analítica I Prof a : Msc. Merhy Heli Rodrigues Lista 2: Plano cartesiano, sistema de coordenadas: pontos e retas. 1) Represente no plano cartesiano

Leia mais

MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DA MATEMÁTICA DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO LIETH MARIA MAZIERO

MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DA MATEMÁTICA DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO LIETH MARIA MAZIERO MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DA MATEMÁTICA DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO LIETH MARIA MAZIERO Produto Final da Dissertação apresentada à Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Leia mais

Geometria Descritiva. Geometria Descritiva. Geometria Descritiva 14/08/2012. Definição:

Geometria Descritiva. Geometria Descritiva. Geometria Descritiva 14/08/2012. Definição: Prof. Luiz Antonio do Nascimento ladnascimento@gmail.com www.lnascimento.com.br Origem: Criada para fins militares (projeto de fortes militares) para Napoleão Bonaparte pelo matemático francês Gaspar Monge.

Leia mais

Prof. Breno Duarte Site:

Prof. Breno Duarte   Site: Prof. Breno Duarte Email: brenoldd@hotmail.com Site: www.fenemi.org.br/ifmec O desenho, para transmitir a ideia de três dimensões (3D - comprimento, largura e altura), precisa recorrer a um modo especial

Leia mais

Manual de. Geometria Descritiva. António Galrinho

Manual de. Geometria Descritiva. António Galrinho Manual de Geometria Descritiva António Galrinho FICHA TÉCNICA Título Manual de Geometria Descritiva Autor António Galrinho Grafismo Do autor Edição 2ª - 2012 APRESENTAÇÃO Este livro apresenta uma compilação

Leia mais

1 Construções geométricas fundamentais

1 Construções geométricas fundamentais UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências Exatas Departamento de Expressão Gráfica 1 Construções geométricas fundamentais Prof ª Drª Adriana Augusta Benigno dos Santos Luz Jheniffer Chinasso de

Leia mais

Toda informação inscrita num desenho, sejam algarismos ou outros caracteres, deve ser apresentada em escrita mormalizada.

Toda informação inscrita num desenho, sejam algarismos ou outros caracteres, deve ser apresentada em escrita mormalizada. ESCRITA TÉCNICA Toda informação inscrita num desenho, sejam algarismos ou outros caracteres, deve ser apresentada em escrita mormalizada. Seu objetivo é promover a uniformidade, legibilidade e a reprodução

Leia mais

DESENHO GEOMÉTRICO Matemática - Unioeste Definição 1. Poligonal é uma figura formada por uma sequência de pontos (vértices)

DESENHO GEOMÉTRICO Matemática - Unioeste Definição 1. Poligonal é uma figura formada por uma sequência de pontos (vértices) DESENHO GEOMÉTRICO Matemática - Unioeste - 2010 1 Polígonos Definição 1. Poligonal é uma figura formada por uma sequência de pontos (vértices) A 1, A 2,..., A n e pelos segmentos (lados) A 1 A 2, A 2 A

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS SEGMENTOS PROPORCIONAIS

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS SEGMENTOS PROPORCIONAIS 1 EXERCÍCIOS RESOLVIDOS SEGMENTOS PROPORCIONAIS 1. SÃO DADOS TRÊS SEGMENTOS, a = 3 cm, b = 2 cm e c = 2,5 cm. PEDE-SE ENCONTRAR A QUARTA PROPORCIONAL ENTRE a, b e c : PROCESSO I - Consideremos os três

Leia mais

MAT-230 Diurno 1ª Folha de Exercícios

MAT-230 Diurno 1ª Folha de Exercícios MAT-230 Diurno 1ª Folha de Exercícios Prof. Paulo F. Leite agosto de 2009 1 Problemas de Geometria 1. Num triângulo isósceles a mediana, a bissetriz e a altura relativas à base coincidem. 2. Sejam A e

Leia mais

d) Por dois pontos distintos passa uma única reta

d) Por dois pontos distintos passa uma única reta INTRODUÇÃO À GEOMETRIA Ponto, reta e plano Você já tem ideia intuitiva sobre ponto, reta e plano. Vejamos alguns exemplos: Um furo de agulha num papel dá ideia de ponto. Uma corda bem esticada dá ideia

Leia mais

Coordenadas Cartesianas

Coordenadas Cartesianas 1 Coordenadas Cartesianas 1.1 O produto cartesiano Para compreender algumas notações utilizadas ao longo deste texto, é necessário entender o conceito de produto cartesiano, um produto entre conjuntos

Leia mais

ATIVIDADE: METODOS DE DIVISÃO DE SEGMENTOS E DA CIRCUFERENCIA.

ATIVIDADE: METODOS DE DIVISÃO DE SEGMENTOS E DA CIRCUFERENCIA. ANEXO 7 Referente a Ação 7 5. ATIVIDADE DE PREPARAÇÃO DOS BOLSISTAS ALUNOS MINI-CURSO Construções Geométricas: Esta atividade foi desenvolvida na Universidade com o objetivo de habilitar os bolsistas em

Leia mais

Início da unidade de trabalho, pequena explicação aos alunos da mesma

Início da unidade de trabalho, pequena explicação aos alunos da mesma MASCARILHA DE CARNAVAL Ano Letivo: 2012/2013 DOMÍNIOS OBJETIVOS DESCRITORES ATIVIDADES MATERIAIS / RECURSOS CALENDARIZAÇÃO AVALIAÇÃO Técnica Produzir objectos plásticos explorando temas, ideias e situações

Leia mais

Conceitos Primitivos: são conceitos adotados sem definição.

Conceitos Primitivos: são conceitos adotados sem definição. Geometria Plana Geometria Espacial Conceitos Primitivos: são conceitos adotados sem definição. 1. Ponto P Características: Não possui dimensão Sua representação geométrica é indicada por letra maiúscula

Leia mais

1. Com o auxílio de régua graduada e transferidor, calcular sen 42, cos 42 e tg 42. Resolução Traçamos uma perpendicular a um dos lados desse ângulo:

1. Com o auxílio de régua graduada e transferidor, calcular sen 42, cos 42 e tg 42. Resolução Traçamos uma perpendicular a um dos lados desse ângulo: Atividades Complementares 1. Com o auxílio de régua graduada e transferidor, calcular sen 4, cos 4 e tg 4. Traçamos uma perpendicular a um dos lados desse ângulo: Medimos, com auxílio da régua, os lados

Leia mais

Plano de Recuperação 1º Semestre EF2

Plano de Recuperação 1º Semestre EF2 Professores: Cíntia / Pupo Ano: 9º Objetivos: Proporcionar ao aluno a oportunidade de resgatar os conteúdos trabalhados em Desenho Geométrico, nos quais apresentou defasagens e que lhe servirão como pré-requisitos

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS CURVAS CÔNICAS

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS CURVAS CÔNICAS 1 EXERCÍCIOS RESOLVIDOS CURVAS CÔNICAS 1. ENCONTRAR OS FOCOS DE UMA ELIPSE SENDO DADOS O EIXO MAIOR E O MENOR. Sejam os eixos AA' e BB' dados que se intersectam no ponto O (centro da elipse). Coloque a

Leia mais

Revisional 3 Bim - MARCELO

Revisional 3 Bim - MARCELO 6º Ano Revisional 3 Bim - MARCELO 1) Represente no papel quatro pontos distintos e, por eles, determine dois segmentos de reta distintos. 2) Observe os segmentos de reta na figura. Escreva quantos são

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS CIRCUNFERÊNCIA

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS CIRCUNFERÊNCIA 1 EXERCÍCIOS RESOLVIDOS CIRCUNFERÊNCIA 1. RECUPERAR O CENTRO DE UMA CIRCUNFERÊNCIA DADA. Seja uma circunferência de raio 3 cm. Marque na circunferência três pontos quaisquer A, B e C. Trace as cordas AB

Leia mais

D e s e n h o T é c n i c o

D e s e n h o T é c n i c o AULA 2 VIII. ESCALAS NBR 8196 refere-se ao emprego de escalas no desenho. A escala de um desenho é a relação entre as dimensões do mesmo e as dimensões da peça real que está sendo representada. Assim,

Leia mais

CONSTRUÇÕES GEOMÉTRICAS

CONSTRUÇÕES GEOMÉTRICAS CONSTRUÇÕES GEOMÉTRICAS 2014 ROF. CRISTIANO ARBEX INTRODUÇÃO Este material tem o objetivo de mostrar as principais construções geométricas utilizadas em Desenho Técnico. ara cada definição apresentada

Leia mais

Prof. Rafael Saraiva Campos CEFET/RJ UnED Nova Iguaçu 2011

Prof. Rafael Saraiva Campos CEFET/RJ UnED Nova Iguaçu 2011 Introdução à Geometria Descritiva Aula 01 Prof. Rafael Saraiva Campos CEFET/RJ UnED Nova Iguaçu 2011 Resumo O que é Geometria Descritiva? Projeção Ortogonal de um Ponto Método da Dupla Projeção de Monge

Leia mais

1- Traçar uma perpendicular ao meio de um segmento AB - Método Mediatriz.

1- Traçar uma perpendicular ao meio de um segmento AB - Método Mediatriz. 1- Traçar uma perpendicular ao meio de um segmento AB - Método Mediatriz. 1º - traçar uma reta A-B 2º - ponta seca em A (abertura do compasso um pouco maior que a metade), risca em cima e risca embaixo.

Leia mais

Desenho Técnico Página 11

Desenho Técnico Página 11 Exercício 16 Concordância Interna de Circunferências Dada uma circunferência de centro O 1 conhecido, determine a circunferência de centro O 2 de tal forma que sejam concordantes internamente. Marque o

Leia mais

GEOMETRIA ANALÍTICA CONTEÚDOS. Distância entre pontos Equação da reta Distância ponto reta Coeficientes Equação da circunferência.

GEOMETRIA ANALÍTICA CONTEÚDOS. Distância entre pontos Equação da reta Distância ponto reta Coeficientes Equação da circunferência. GEOMETRIA ANALÍTICA CONTEÚDOS Distância entre pontos Equação da reta Distância ponto reta Coeficientes Equação da circunferência. AMPLIANDO SEUS CONHECIMENTOS Neste capítulo, estudaremos a Geometria Analítica.

Leia mais

DESENHO TÉCNICO AULA 1: NORMAS PARA DESENHO TÉCNICO

DESENHO TÉCNICO AULA 1: NORMAS PARA DESENHO TÉCNICO AULA 1: NORMAS PARA Definição de Desenho Técnico Forma de expressão gráfica que tem por finalidade a representação de forma, dimensão e posição de objetos de acordo com as diferentes necessidades requeridas

Leia mais

Geometria Analítica. Geometria Analítica 28/08/2012

Geometria Analítica. Geometria Analítica 28/08/2012 Prof. Luiz Antonio do Nascimento luiz.anascimento@sp.senac.br www.lnascimento.com.br Conjuntos Propriedades das operações de adição e multiplicação: Propriedade comutativa: Adição a + b = b + a Multiplicação

Leia mais

Lista 5. Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados da seção 4.1, pág. 147 em diante.

Lista 5. Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados da seção 4.1, pág. 147 em diante. MA13 Exercícios das Unidades 8, 9 e 10 2014 Lista 5 Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados da seção 4.1, pág. 147 em diante. 1) As retas r, s e t são paralelas com s entre r e t. As transversais

Leia mais

Geometria Plana. Exterior do ângulo Ô:

Geometria Plana. Exterior do ângulo Ô: Geometria Plana Ângulo é a união de duas semiretas de mesma origem, não sendo colineares. Interior do ângulo Ô: Exterior do ângulo Ô: Dois ângulos são consecutivos se, e somente se, apresentarem um lado

Leia mais

Desenho Técnico. Aula 2 Prof. Daniel Cavalcanti Jeronymo. Introdução ao Desenho Técnico

Desenho Técnico. Aula 2 Prof. Daniel Cavalcanti Jeronymo. Introdução ao Desenho Técnico Desenho Técnico CP41F Introdução ao Desenho Técnico Aula 2 Prof. Daniel Cavalcanti Jeronymo Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) Engenharia de Computação 3º Período 2016.1 1/20 Desenho Técnico

Leia mais

A equação da circunferência

A equação da circunferência A UA UL LA A equação da circunferência Introdução Nas duas últimas aulas você estudou a equação da reta. Nesta aula, veremos que uma circunferência desenhada no plano cartesiano também pode ser representada

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Professor: João Carmo

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Professor: João Carmo INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Professor: João Carmo DEFINIÇÃO Triângulo ou trilátero é um polígono de três lados. Observações: a) O triângulo não possui diagonais;

Leia mais

Desenho Técnico. Desenho Mecânico. Eng. Agr. Prof. Dr. Cristiano Zerbato

Desenho Técnico. Desenho Mecânico. Eng. Agr. Prof. Dr. Cristiano Zerbato Desenho Técnico Desenho Mecânico Eng. Agr. Prof. Dr. Cristiano Zerbato Introdução O desenho, para transmitir o comprimento, largura e altura, precisa recorrer a um modo especial de representação gráfica:

Leia mais

1 Processos Aproximativos

1 Processos Aproximativos Desenho Geométrico Professora: Sandra Maria Tieppo 1 Processos Aproximativos Um processo é chamado aproximativo quando existe nele um erro teórico. Muitas vezes tais processos podem ser convenientes haja

Leia mais

DESENHO TÉCNICO. CURSO: Engenharia de Agrimensura e Cartográfica ALUNO (A): Prof. Luciano Aparecido Barbosa

DESENHO TÉCNICO. CURSO: Engenharia de Agrimensura e Cartográfica ALUNO (A): Prof. Luciano Aparecido Barbosa INSTITUTO FEDERL DE EDUCÇÃO, CIÊNCI E TECNOLOGI SUL DE MINS GERIS Câmpus Inconfidentes DESENHO TÉCNICO CURSO: Engenharia de grimensura e Cartográfica LUNO (): R: TURM: Prof. Luciano parecido arbosa 2016

Leia mais

Nome: Nº: Disciplina: Matemática. Professor: Sandro Dias Martins CONTEÚDO DE MATEMÁTICA (ÂNGULOS)

Nome: Nº: Disciplina: Matemática. Professor: Sandro Dias Martins CONTEÚDO DE MATEMÁTICA (ÂNGULOS) Nota: Nome: Nº: Disciplina: Matemática Professor: Sandro Dias Martins Turma: Data: / / 20 CONTEÚDO DE MATEMÁTICA (ÂNGULOS) O ÂNGULO E SEUS ELEMENTOS Duas semi-retas que não estejam contidas na mesma reta,

Leia mais

Quadrilátero convexo

Quadrilátero convexo EMBAP ESCOLA DE MÚSICA E BELAS ARTES DO PARANÁ DISCIPLINA DE DESENHO GEOMÉTRICO E GEOMETRIA DESCRITIVA Profª Eliane Dumke e-mail: eliane.dumke@gmail.com Aula 10 (material didático produzido por Paula Rigo)

Leia mais

Desenho Técnico e Geometria Descritiva Construções Geométricas. Construções Geométricas

Desenho Técnico e Geometria Descritiva Construções Geométricas. Construções Geométricas Desenho Técnico e Geometria Descritiva Prof. Luiz Antonio do Nascimento Engenharia Ambiental 2º Semestre Bissetriz - é a reta que divide um ângulo qualquer em dois ângulos iguais, partindo do vértice deste

Leia mais

Como usar os esquadros POR MARCELO RODRIGUES PROF. ORIENTADOR: RICARDO PEREIRA

Como usar os esquadros POR MARCELO RODRIGUES PROF. ORIENTADOR: RICARDO PEREIRA 1 Como usar os esquadros POR MARCELO RODRIGUES PROF. ORIENTADOR: RICARDO PEREIRA Sumário 2 1. Introdução...3 2. Esquadros...4 3. Paralelas e perpendiculares...9 4. Ângulos com esquadros...12 1. Introdução

Leia mais

Triângulos e quadriláteros - o triângulo, formado por três segmentos (3 lados); - o quadrilátero, formado por quatro segmentos (4 lados).

Triângulos e quadriláteros - o triângulo, formado por três segmentos (3 lados); - o quadrilátero, formado por quatro segmentos (4 lados). CONSTRUINDO O PENSAMENTO GEOMÉTRICO O plano e as figuras planas Muito do que está à nossa volta nos dá a idéia de plano, como a superfície de uma folha de papel ou de uma chapa de aço. Para resolver problemas

Leia mais

Escola E.B. 2,3 General Serpa Pinto Cinfães Proposta de resolução da ficha formativa nº /2013

Escola E.B. 2,3 General Serpa Pinto Cinfães Proposta de resolução da ficha formativa nº /2013 Escola E.B. 2,3 General Serpa Pinto Cinfães Proposta de resolução da ficha formativa nº 2-2012/2013 1. A figura ao lado representa o polígono da base de uma pirâmide. Indica, justificando: 1.1. o nome

Leia mais

À descoberta das retas, semirretas e segmentos de retas

À descoberta das retas, semirretas e segmentos de retas À descoberta das retas, semirretas e segmentos de retas RETAS NÃO TÊM PRINCIPIO NEM FIM Uma reta pode representar-se de duas formas: através de uma letra minúscula, s (reta s) através de duas letras maiúsculas,

Leia mais

MATEMÁTICA APLICADA À AGRIMENSURA PROF. JORGE WILSON

MATEMÁTICA APLICADA À AGRIMENSURA PROF. JORGE WILSON MATEMÁTICA APLICADA À AGRIMENSURA PROF. JORGE WILSON PROFJWPS@GMAIL.COM DEFINIÇÕES GEOMETRIA PLANA Ponto: Um elemento do espaço que define uma posição. Reta: Conjunto infinito de pontos. Dois pontos são

Leia mais

Lugares geométricos básicos I

Lugares geométricos básicos I Lugares geométricos básicos I M13 - Unidade 5 Resumo elaborado por Eduardo Wagner baseado no texto:. Caminha M. Neto. Geometria. Coleção PROFMT Definição Lugar Geométrico da propriedade P é o conjunto

Leia mais

Expressão Gráfica II EXPRESSÃOGRÁFICA. Departamento de. Unidade I - GEOMETRIA DESCRITIVA

Expressão Gráfica II EXPRESSÃOGRÁFICA. Departamento de. Unidade I - GEOMETRIA DESCRITIVA Expressão Gráfica II Unidade I - GEOMETRIA DESCRITIVA Departamento de EXPRESSÃOGRÁFICA Material elaborado por: Profª MSc.Andrea Faria Andrade Curitiba, PR / 2011 I Introdução A Geometria Descritiva (também

Leia mais

Conceito Indica a proporção de grandeza entre o tamanho do desenho (definido layout) e o tamanho do objeto real representado.

Conceito Indica a proporção de grandeza entre o tamanho do desenho (definido layout) e o tamanho do objeto real representado. 5.Escala: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Conceito Indica a proporção de grandeza entre o tamanho do desenho (definido pelo tamanho do layout) e o tamanho do objeto

Leia mais

Material de aula. Régua Compasso Par de esquadros (30 e 45 ) Borracha Lápis ou lapiseira Papel sulfite ou caderno de desenho

Material de aula. Régua Compasso Par de esquadros (30 e 45 ) Borracha Lápis ou lapiseira Papel sulfite ou caderno de desenho Desenho Técnico Material de aula Régua Compasso Par de esquadros (30 e 45 ) Borracha Lápis ou lapiseira Papel sulfite ou caderno de desenho Geometria Conversão de unidades Polígonos e sólidos Escala Desenho

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Módulo I Aula 04 TRIÂNGULOS Triângulo é um polígono de três lados. É o polígono que possui o menor número de lados. Talvez seja o polígono mais importante

Leia mais

Faculdade Pitágoras. Desenho Técnico. Engenharias. Prof.: Flaudilenio Eduardo Lima

Faculdade Pitágoras. Desenho Técnico. Engenharias. Prof.: Flaudilenio Eduardo Lima Faculdade Pitágoras Desenho Técnico Engenharias Prof.: Flaudilenio Eduardo Lima UNIDADE 1 LINHAS RETAS, CÍRCULOS E ARCOS Proposta do Curso Introdução Principais pontos Capacitar o aluno a se expressar

Leia mais

Geometria Plana - Aula 05

Geometria Plana - Aula 05 Geometria Plana - Aula 05 Elaine Pimentel Universidade Federal de Minas Gerais, Departamento de Matemática Geometria Plana Especialização 2008 - p. 1 Esquema da aula Quadrilátero - definição e. Quadriláteros

Leia mais

Técnicas de Esboço. Esboço. Esboço: qualidades desejáveis. É um desenho à mão livre

Técnicas de Esboço. Esboço. Esboço: qualidades desejáveis. É um desenho à mão livre Técnicas de Esboço Desenho Técnico e CAD Prof. Luiz Antonio do Nascimento Esboço 2/20 É um desenho à mão livre Esboço: qualidades desejáveis 3/20 Inteligibilidade: permitir a compreensão das idéias; Simplicidade:

Leia mais

Matemática - 3ª série Roteiro 04 Caderno do Aluno. Estudo da Reta

Matemática - 3ª série Roteiro 04 Caderno do Aluno. Estudo da Reta Matemática - 3ª série Roteiro 04 Caderno do Aluno Estudo da Reta I - Inclinação de uma reta () direção É a medida do ângulo que a reta forma com o semieixo das abscissas (positivo) no sentido anti-horário.

Leia mais

Desenho Técnico. Prof. Aline Fernandes de Oliveira, Arquiteta Urbanista 2010

Desenho Técnico. Prof. Aline Fernandes de Oliveira, Arquiteta Urbanista 2010 de Oliveira, Arquiteta Urbanista 2010 A elaboração de esboços, além favorecer a análise gráfica das projeções ortogonais, ajuda a desenvolver o sentido de proporcionalidade. Os materiais necessários para

Leia mais

Alguns Lugares Geométricos

Alguns Lugares Geométricos QUINT LIST DE EXERCÍCIOS Fundamentos da Matemática II MTEMÁTIC DCET UESC Humberto José ortolossi lguns Lugares Geométricos (Entregar todos os exercícios até o dia 18/05/2004) 1 Exercícios de revisão Um

Leia mais

RETAS. A marca de uma ponta de lápis bem fina no papel dá a idéia do que é um ponto. Toda figura geométrica é considerada um conjunto de pontos.

RETAS. A marca de uma ponta de lápis bem fina no papel dá a idéia do que é um ponto. Toda figura geométrica é considerada um conjunto de pontos. 1 RETAS PONTO: A Geometria é a Ciência da extensão. O espaço é extenso sem interrupção e sem limite. Um lugar concebido sem extensão no espaço chama-se Ponto. O ponto não tem dimensão. A marca de uma ponta

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Rio Grande do Sul Campus Rio Grande CAPÍTULO 4 GEOMETRIA ANALÍTICA

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Rio Grande do Sul Campus Rio Grande CAPÍTULO 4 GEOMETRIA ANALÍTICA Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Rio Grande do Sul Campus Rio Grande CAPÍTULO 4 GEOMETRIA ANALÍTICA 4. Geometria Analítica 4.1. Introdução Geometria Analítica é a parte da Matemática,

Leia mais

1ª Aula. Introdução à Geometria Plana GEOMETRIA. 3- Ângulos Consecutivos: 1- Conceitos Primitivos: a) Ponto A. b) Reta c) Semi-reta

1ª Aula. Introdução à Geometria Plana GEOMETRIA. 3- Ângulos Consecutivos: 1- Conceitos Primitivos: a) Ponto A. b) Reta c) Semi-reta 1ª Aula 3- Ângulos Consecutivos: Introdução à Geometria Plana 1- Conceitos Primitivos: a) Ponto A Na figura, os ângulos AÔB e BÔC são consecutivos, portanto AÔC=AÔB+AÔC b) Reta c) Semi-reta d) Segmento

Leia mais

A1R. Matemática - Linhas e ângulos. Matemática - Linhas e ângulos. 1. Define os conceitos de: Reta. Semirreta. Segmento de reta.

A1R. Matemática - Linhas e ângulos. Matemática - Linhas e ângulos. 1. Define os conceitos de: Reta. Semirreta. Segmento de reta. A1 Define os conceitos de: Reta Semirreta Segmento de reta A1R Reta É uma linha que não tem princípio nem fim. Semirreta É uma linha que tem princípio e não tem fim. Segmento de reta É uma linha que tem

Leia mais

Coordenadas e distância na reta e no plano

Coordenadas e distância na reta e no plano Capítulo 1 Coordenadas e distância na reta e no plano 1. Introdução A Geometria Analítica nos permite representar pontos da reta por números reais, pontos do plano por pares ordenados de números reais

Leia mais

RETAS E ARCOS Prof. Robson Naoto Shimizu

RETAS E ARCOS Prof. Robson Naoto Shimizu CONCORDÂNCIA ENTRE RETAS E ARCOS Prof. Robson Naoto Shimizu O QUE É? Concordar duas linhas, de mesma ou diferente espécie, é reuni-las de forma que nos pontos de contato se possa passar de uma para

Leia mais

Propriedades do ortocentro

Propriedades do ortocentro Programa límpico de Treinamento Curso de Geometria - Nível 3 Prof. Rodrigo ula 4 Propriedades do ortocentro ortocentro é o ponto de encontro das três alturas de um triângulo arbitrário. Se o triângulo

Leia mais

Aula 31.1 Conteúdo: Fundamentos da Geometria: Ponto, Reta e Plano. FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA MATEMÁTICA

Aula 31.1 Conteúdo: Fundamentos da Geometria: Ponto, Reta e Plano. FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA MATEMÁTICA CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 31.1 Conteúdo: Fundamentos da Geometria: Ponto, Reta e Plano. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Habilidades: Identificar

Leia mais

ATIVIDADES COM GEOPLANO ISOMÉTRICO

ATIVIDADES COM GEOPLANO ISOMÉTRICO ATIVIDADES COM GEOPLANO ISOMÉTRICO Observações. Os pinos ou pregos do geoplano isométrico são chamados de pontos. A menor distância entre dois pontos consecutivos é estabelecida como a unidade de comprimento

Leia mais

Normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) para Desenho Técnico

Normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) para Desenho Técnico Governo do Estado do Ceará Secretaria da Educação Básica SEDUC Escola Estadual de Educação Profissional Dr. José Alves da Silveira Normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) para Desenho

Leia mais

DESENHO BÁSICO AULA 03. Prática de traçado e desenho geométrico 14/08/2008

DESENHO BÁSICO AULA 03. Prática de traçado e desenho geométrico 14/08/2008 DESENHO BÁSICO AULA 03 Prática de traçado e desenho geométrico 14/08/2008 Polígonos inscritos e circunscritos polígono inscrito polígono circunscrito Divisão da Circunferência em n partes iguais n=2 n=4

Leia mais

Plano de Recuperação Final EF2

Plano de Recuperação Final EF2 Professor: Cíntia e Pupo Ano: 9º Objetivos: Proporcionar ao aluno a oportunidade de resgatar os conteúdos trabalhados em Desenho Geométrico, nos quais apresentou defasagens e que lhe servirão como pré-requisitos

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS De acordo com o comando a que cada um dos itens de 51 a 120 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com

Leia mais