TELEMARKETING. Cláudia Rosa David

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TELEMARKETING. Cláudia Rosa David"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO DIRETORIA DE PROJETOS ESPECIAIS PROJETO: A VEZ DO MESTRE TELEMARKETING Cláudia Rosa David Rio de Janeiro, abril de 2002

2 UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO DIRETORIA DE PROJETOS ESPECIAIS PROJETO: A VEZ DO MESTRE TELEMARKETING Cláudia Rosa David Monografia apresentada a Faculdade Cândido Mendes como requisito parcial a obtenção do título em Reengenharia e Gestão de Recursos Humanos, sob a orientação da Professora Maria Esther de Araujo. Rio de Janeiro, abril de 2002

3 DEDICATÓRIA Com especial carinho, dedico este trabalho aos meus pais Osito e Angelita pela dedicação e compreensão dispensados em toda a minha vida.

4 Tivéssemos todos a mesma crença, Deus e Justiça ante nossos olhos. Um só peso, medida e moeda; e o mundo sofreria menos aflições. Martinho Lutero

5 AGRADECIMENTOS À Deus, o grande orientador da minha vida. Aos mestres, que nos propiciaram a abertura de novos caminhos para o conhecimento. Ao colegas de turma, pelo carinho e agradável convivência durante todo o período do Curso.

6 RESUMO O serviço efetivo ao cliente é vital para qualquer empresa que deseja ser bem-sucedida. A execução de programas de auxílio ao cliente fazem-se cada vez mais presentes nas organizações. Estes programas preocupam-se em criar um canal aberto de comunicação com o mercado, onde, através dele, criam-se oportunidades para identificar, prospectar, vender, resolver, manter e ampliar seus clientes. Como uma solução que alia praticidade e baixo custo o telemarketing é uma forma de marketing direto que contribui efetivamente para que uma empresa torne-se cada vez mais competitiva e consiga converter consumidores em clientes potenciais. Com certeza, pode-se afirmar, que as empresas que tiverem esta visão ampla e futurista conseguirão alcançar novos mercados e perpetuar.

7 SUMÁRIO INTRODUÇÃO CAPÍTULOS 1 O TELEMARKETING Evolução Histórica Conceito de Telemarketing CANAL TELEMARKETING Aplicações do Telemarketing Utilização do Telemarketing: Cuidados e Vantagens Passos para a Implantação de um Programa de Telemarketing TELEMARKETING NO PROCESSO PUBLICITÁRIO Telemarketing Aplicado à Propaganda na TV Telemarketing e TV Interativa Telemarketing e o Rádio Telemarketing e Mala Direta Telemarketing e a Mídia Impressa Telemarketing e os Catálogos... 49

8 CONCLUSÃO BIBLIOGRAFIA ANEXOS... 52

9 INTRODUÇÃO O uso do telefone para realizar negócios não é novo. Verificamos que o telemarketing vem crescendo de forma espetacular, em um momento muito propício e as empresas aderiram e continuam a aderir a esta forma de marketing direto. Este trabalho tem o intuito de mostrar o que é, como é feito e os resultados geralmente alcançados com a implantação de um programa. Foi pesquisado mostrando passo a passo a realidade do telemarketing, tentando converter curiosidade em conhecimento real e aplicável, com experiências reais coletadas em organizações. Não se pretendeu porém criar uma verdade em si, e sim aguçar o estudo e o aprendizado sobre o telemarketing. Os capítulos que se seguem organizam conceitos, apresentam técnicas e experiências reais sobre telemarketing, que podem ser utilizados por qualquer pessoa que tenha interesse no assunto, seja administrador, estudante, gerente; realmente não importa a natureza de sua formação, pois a linguagem utilizada é de fácil entendimento. No primeiro capítulo foram abordados aspectos ligados à evolução histórica, integrando o leitor no assunto bem como seu conceito, procurando diferenciá-lo de televendas. Logo a seguir foi mostrada a utilização do telemarketing, com os cuidados e vantagens que se deve ter na implantação do programa. Foi descrito também neste capítulo, de forma ordenada e simples, os passos necessários para o alcance do sucesso na implantação do programa de telemarketing. No terceiro capítulo foram apresentadas as aplicações do telemarketing, como canal de comunicação com o mercado e como canal de vendas. Alem das técnicas para maximizar os resultados. No capítulo quatro, foi relacionado o telemarketing com todo o processo publicitário, incluímos neste capítulo a TV, a TV interativa, o rádio, a mala direta, a mídia impressa e os catálogos. Trata-se de uma abordagem atual em que o enfoque foi dado nas oportunidades que aparecem, quando utilizando com consciência o telemarketing inserido na mídia.

10 1 O TELEMARKETING

11 1.1 Evolução Histórica Em tempos de mudança, verificamos que a evolução da informática e de telecomunicações vem transformando completamente os antigos paradigmas. O que antes era supérfluo e de inacreditável utilização, hoje torna-se de necessidade imprescindível para todas as pessoas. O mundo parece que muda cada vez mais rápido e as pessoas tentam acompanhar esta mudança em ritmos aceleradíssimos. A comida que antes era feita à lenha, demorando horas e horas para ficar pronta, hoje é feita em minutos no forno de microondas; o que antes era comprado em lojinhas de bairro, hoje pode ser comprado em grandes redes de conveniência que além de oferecer uma gama de produtos muito maior ainda faz entrega à domicílio. O computador, o fax, a secretária eletrônica, a Internet, o jornal personalizado (você escolhe as matérias que vão compor o seu jornal) são realidades do nosso cotidiano, são novas formas de viver onde fica explícito que o homem quer cada vez mais aproveitar o seu tempo. Podemos considerar que após a Segunda Guerra Mundial tivemos uma mudança de 180º nos negócios, as empresas que antes eram meras capacidades produtivas hoje se transformaram em parceiros, aliados que buscam incondicionalmente atender as necessidades dos seus clientes, para que possa fidelizá-los. Tal desafio não é portanto algo de fácil atingimento, existe todo esforço organizacional para que estes objetivos sejam atingidos, pessoas são canalizadas e treinadas para atender o público e identificar o que eles querem. Tecnologia de informação é adotada pelas empresas para que o canal de comunicação com o mercado seja cada vez mais aberto e prático. A era da informação transformou horas de viagens em minutos, o recurso da telefonia possibilitou a integração de todo mundo. Podemos hoje no Brasil fechar um negócio em alguns minutos com os países Asiáticos, podemos nos informar sobre saldo bancário, previsão do tempo, cotação de moedas estrangeiras e até mesmo evitarmos uma guerra. As empresas atentas a este novo paradigma verificaram a importância de se investir em informação e comunicação. Estas variáveis atualmente se tornaram vantagens competitivas e aquelas empresas que desejam aumentar seus negócios e até mesmo se manterem no mercado terão que adotá-las.

12 Citaremos abaixo alguns pontos que irão confirmar a importância da informação e da comunicação na tomada de decisão, com intuito de se atender as necessidades dos clientes: Não se pode criar um produto, simplesmente porque a empresa acha que ele é bom; cliente sabe melhor quais são seus desejos do que a empresa; cliente não é mais conseqüência da produção e sim a causa; lucro não é apenas conseqüência das vendas é também conseqüência da satisfação dos clientes; cliente se sente mais aberto e seguro quando encontra um canal de fácil comunicação com a empresa; A empresa precisa saber onde estão, quem são, quantos são e o que querem seus clientes. Estes pontos descritos servem para ilustrar a importância de se adequar todo o processo produtivo de qualquer organização com vistas a atender as necessidades dos clientes, fazendo com que ele se sinta seguro em relação a empresa através de um relacionamento de confiança e abertura. O marketing cuida do conjunto de atividades que são exercidas dentro de uma organização para criar e levar a mercadoria do produtor ao consumidor final. É a criatividade total de comerciar. Estuda as tendências do mercado, as preferências do consumidor e a distribuição do produto. O marketing é algo que vem antes da mercadoria, compreende a mercadoria e vai além dela. A partir dos anos 70 uma nova forma de marketing direto, que para o consumidor é: comodidade, economia de tempo, processo de comparação de preço realizado em casa; foi adotada com maior intensidade, o telemarketing. O uso do telefone passou a ser usado maciçamente para estreitar a relação consumidor-empresa. Nesta época verificou-se um vácuo entre consumidor-empresa que podia ser preenchido com o uso do telefone. Atualmente acredita-se que o telemarketing está mais e mais integrado com a totalidade das estratégias de marketing e que as estratégias que usam o telefone serão planejadas com vistas a realçar a personalidade ou caráter geral de uma marca. A personalidade de uma marca a soma de substância dos sentimentos de um cliente em potencial quanto a ela é um forte instrumento de relacionamento com o cliente, se for administrado com consistência. Parte dessa administração baseia-se em coordenar cada variável da comunicação seja

13 em anúncios impressos, comerciais de TV ou conversa telefônica a fim de imprimir no cliente em potencial um sentimento consistente, positivo e pessoal quanto a marca, serviço ou empresa. O telemarketing atualmente significa: Para as empresas Para os consumidores Redução de custos divulgação/vendas x retorno; Estabelecimento de um relacionamento contínuo com os clientes; Maior seleção dos clientes; Melhor foco no mercado-alvo; Fácil medição de retorno; Maior privacidade de campanhas, face à concorrência; Capacidade de personalização das campanhas Comodidade; Privacidade; Economia de tempo; Processo de comparação de preços realizados em casa; Facilidade de pesquisa; Melhor aproveitamento do tempo para atividades esportivas, culturais, lazer ou reuniões familiares. Surgido da necessidade de soluções de baixo custo e alta competitividade, o telemarketing é o exemplo mais completo da mudança de paradigmas para marketing e vendas. 1.2 Conceito de Telemarketing Antes de entrar na aplicação do telemarketing, é preciso tratar primeiro de definir o que é telemarketing. O telemarketing compreende a aplicação integrada e sistemática de tecnologia de telecomunicações e processamento de dados, com sistemas administrativos, com o propósito de otimizar o mix das comunicações de marketing usado para atingir seus clientes. O telemarketing desenvolve a interação personalizada com o cliente enquanto, simultaneamente, tenta fazer face as necessidades dos clientes, e melhorar a eficiência dos custos.

14 Para melhor ser compreendida a abrangência do telemarketing e sanando a dúvida que existe entre telemarketing e televendas, será apresentado à seguir algumas diferenças básicas entre as duas modalidades de marketing que usam os recursos da telefonia. 1 Televendas Telemarketing É utilizado para: identificar; prospectar; vender. É utilizado para: identificar; prospectar; resolver; qualificar; divulgar; pesquisar; promover; entrevistar; vender; acompanhar a venda. Pode ser observado que trata-se basicamente de um universo onde o televendas está contido no telemarketing. É claro que o enfoque de cada modalidade se faz diferente. A própria nomenclatura mostra que o telemarketing é o próprio marketing, feito através do telefone; e o televendas faz a venda com a utilização do telefone, por isso no conceito de marketing o telemarketing se faz mais eficaz. 2 Aprofundando mais sobre o telemarketing, serão mostrados os dois grupos de telemarketing existentes: Telemarketing receptivo: 1 STORE, Bob; WYMAN, John. A Bíblia do Telemarketing. Vol. 1. São Paulo: Nobel, 1990, p Idem, p. 5.

15 Utiliza os mesmos princípios e orientações do ciclo de vendas: prospeção e identificação, qualificação e análise de necessidades. Adota uma postura passiva, aguardando a iniciativa do consumidor para estabelecer contato. Normalmente, interage com uma mala direta ou propaganda, que irão incentivar o consumidor e estabelecer contato. Telemarketing ativo: Apresenta uma postura ativa, tomando iniciativa em estabelecer contato com os consumidores, para prospeção ou efetivação de venda. Prospeção pois como a iniciativa é da empresa nem todos os consumidores contactados terão interesse em adquirir seus produtos. Aumenta a produtividade do corpo de vendas de uma empresa, pois ao identificar os prováveis consumidores, há uma redução significativa do tempo de efetivação de venda, já que os vendedores irão visitar os clientes já identificados como potenciais. 3 2 CANAL TELEMARKETING 2.1 Aplicações do Telemarketing Problemas são uma coisa certa na vida. O sucesso é um produto da sua capacidade de resolver os problemas dos clientes. Em muitos casos, a chave para a solução dos problemas é vê-lo de outros ângulos. Em seu livro A mágica do telefone assim se pronunciou H. Skip Weitzen: 3 Idem, pp. 6-7.

16 Telemarketing enfoca aplicações inovadoras das novas tecnologias do telefone. A criatividade demonstrada pelos empresários e empresas tem trazido recompensas inesperadas em relação aos riscos assumidos nessas oportunidades de alta tecnologia. O ponto inicial para integrar as tecnologias e técnicas inovadoras de telecomunicações ao seu negócio é descobrir um ponto de referência que determine a validade das novas idéias. O critério emergente da era da informação é fornecer um novo padrão gerencial. Sendo assim, uma vez que a técnica ou tecnologia esteja integrada, é possível realizar mais trabalho com menor custo, usando menos energia e requerendo menos mão-de-obra. A sua implementação deve aumentar a durabilidade e qualidade do seu produto ou serviço. 4 O critério secundário pode incluir uma série de questões de acompanhamento que podem medir o seu impacto. Por exemplo, a inovação em uma técnica ou a integração de uma tecnologia deve: aumentar a produção; aumentar a eficiência do pessoal; melhorar as operações; melhorar a segurança; reduzir desperdícios; eliminar trabalho desnecessário; reduzir custos; melhorar os métodos burocráticos; melhorar as condições de trabalho. 5 Mesmo que uma idéia obtenha somente um simples sim em único critério secundário, a idéia deve ser considerada construtiva e pesquisada posteriormente. O importante é se munir de informações para se obter um produto ou serviço melhor para mais pessoas a custo menor. A tecnologia de telecomunicações está criando novos meios para vendedores e compradores estabelecerem contato rápido, direto e integrado, 4 WEITZEN, H. Skip. A mágica do telefone. São Paulo: Mc Graw Hill, 1988, p Idem, p. 49.

17 independentemente do tempo e da distância. O desenvolvimento do marketing direto de negócio está se tornando o processo de marketing mais eficiente entre as indústrias primárias e as empresas e seus clientes. O marketing de resposta direta, negócio a negócio, junta a informação e o conhecimento às técnicas de persuasão com veículos que fornecem respostas imediatas ou diálogos mais relevantes. Para integrar as novas técnicas e tecnologias de telecomunicações ao mercado, as funções do dinheiro, mídia, comunicações e sistemas de informações estão sendo redefinidas. Essa integração está provocando o sucesso pelas seguintes razões: é eficiente em termos de custo. Usado na época certa, o telefone é a ferramenta de marketing disponível mais eficiente em termos de custo; ele significa atenção pessoal. A pessoa que recebe um telefonema fala com uma pessoa ou com um computador falante ; ele fornece respostas. Pode ser solicitada uma resposta ou esclarecimento especial; ele requer atenção imediata. Quando o telefone toca, todas as outras atividades são suspensas até que a chamada seja concluída; ele fornece envolvimento imediato tão logo o número seja discado; ele é flexível. Pode ser ligado, modificado e desligado com uma comunicação muito pequena; ele é testável. Todas as facetas de mercado podem ser mensuradas. Dados exatos e em cima da hora podem ser obtidos para afinar o programa. A comunicação com o mercado por meio do telefone Enquanto muitos dos recursos de telecomunicações e informática existentes ainda não estão disponíveis em nível comercial, o principal canal de comunicação com o mercado continua sendo mesmo o telefone. Por seu intermédio realizam-se grandes negócios, conhecem-se as opiniões dos clientes sobre as empresas, produtos e serviços, enfim, pode-se afirmar, sem grandes exageros, que ele ainda é (e vai continuar sendo por muito tempo), o filé das comunicações a distância. 6 6 Idem, p. 50.

18 Mas a comunicação telefônica não é assim tão simples como aparenta ser. Para que se estabeleça, é necessário que existam cinco elementos básicos: o emissor, o receptor, a mensagem, o código e o meio 7. Os 5 elementos básicos da comunicação: Elemento Definição Comunicação EMISSOR É aquele que dá a idéia, a ordem, a sensação, a opinião ou o conhecimento. É quem FAZ a ligação telefônica. RECEPTOR MENSAGEM CÓDIGO MEIO É aquele que recebe a idéia, a ordem, a sensação, a opinião ou o conhecimento. É a idéia, a ordem a sensação ou o conhecimento, quanto ao seu conteúdo. É a forma de expressa mensagem. É o processo ou fenômeno utilizado para veicular a mensagem. É quem RECEBE a ligação telefônica. É sobre o que se fala. É o código fonético no caso da FALA. É o APARELHO TELEFÔNICO e seu SISTEMA DE TRANSMISSÃO. Fonte: Telemarketing A chamada para o futuro Edmundo B. Dantas. Para que a comunicação se efetive, para que a mensagem seja corretamente compreendida. O emissor deve usar o código adequado, de conhecimento do receptor. Como se processa uma ligação telefônica: Emissor/Receptor Transmissão Receptor/Emissor Tenho um cubo branco de mensagem código meio Tenho um cubo branco com bolinhas pretas... bolinhas pretas A troca de informações por meio de perguntas e respostas dinâmicas e imediatas é o que destaca o telefone como meio de comunicação de grandes potencialidades. 8 7 DANTAS, Edmundo Brandão. Telemarketing A Chamada para o Futuro. 2. ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora, 1989, p Idem, p. 27.

19 Como falar corretamente O ato de falar parece uma coisa muito simples, se considerar a comunicação do dia-a-dia. Entretanto, muitas pessoas nem sempre estão cientes de pequenas deficiências que prejudicam sua comunicação através da fala. Ao se utilizar o telefone de modo a obter dele os melhores resultados, devem ser observadas algumas pequenas regras: a) Usar o Tom certo. Deve-se falar com um tom de voz suficiente para que o interlocutor escute sem que necessite ficar repetindo as palavras. Para que isto seja possível, basta posicionar o monofone corretamente. b) Procurar falar Pausadamente. Quando se fala muito rápido, a comunicação pode ser prejudicada, pois isto pode causar mal-entendidos e criar desconfiança. Deve-se procurar falar de forma pausada e sem correrias, tomando-se cuidado para não ser muito lento, já que assim pode-se gerar falta de entusiasmo e tornar a conversa enfadonha. Deve-se falar no mesmo ritmo do cliente. Há pessoas que raciocinam depressa, outras são lentas. Acompanhando o ritmo dos interlocutores, pode-se ser melhor ouvido e compreendido. Logo nas primeiras palavras trocadas é possível saber o ritmo do cliente. c) Usar uma variação de voz. As pessoas gostam de se comunicar com pessoas, não com máquinas. Através de entonações variadas, as palavras podem transmitir emoções diferentes ao ser pronunciadas. d) Procurar ter boa dicção. Fazer-se compreender é um desafio interessante. Muitas pessoas falam, mas ninguém entende o que elas dizem. É importante que se tenha boa dicção e que se fale com voz clara e expressiva. Ao falar, deve-se evitar colocar na boca objetos como lápis, caneta, palito, etc. Uma forma de desenvolver a dicção é fazer exercícios específicos que ajudarão na correta pronúncia das palavras. e) Usar as palavras corretamente.

20 Ao se contatar uma pessoa, devem ser usadas palavras e termos que ela conheça, ou se corre o risco de não se ter a mensagem entendida. Evitar siglas, códigos ou termos ligados à estrutura interna de determinada empresa costuma ser uma regra que funciona. f) Usar tratamento adequado. Não se pode esquecer que o relacionamento comercial exige tratamento adequado. Comercialmente, este tratamento é sempre O Senhor ou A Senhora. Há que se ter o cuidado de não ser excessivamente informal, ou excessivamente formal. O ideal é que haja um equilíbrio entre a formalidade e a informalidade. g) Criar boa imagem. Na comunicação com o mercado pelo telefone, não existe a comunicação visual. A voz de quem liga é que vai criar, na mente do interlocutor, a imagem da pessoa e da empresa que chama. Portanto, além do que se diz, é importante a maneira como se diz. As pessoas devem, na medida do possível, ser chamadas pelo nome. h) Procurar transmitir algo. Expor os argumentos e idéias e maneira lógica e fluente tem importância primordial numa chamada telefônica. O interlocutor deve ser envolvido pela fala de quem chama. Palavras soltas podem desviar sua atenção. 9 Como Ouvir Corretamente A exemplo do ato de falar, o ato de ouvir exige certa educação. Ouvir é diferente de escutar. Quantas vezes, numa conversa, as pessoas escutam o que as pessoas falam mas não ouvem. Ouvir exige uma atenção e uma atitude. Eis algumas dicas para se ouvir bem: a) Não interromper o interlocutor. 9 Idem, pp

21 Se duas pessoas falam ao mesmo tempo, uma não ouve corretamente o que a outra está falando e vice-versa. O cliente deve saber que há uma pessoa na outra ponta, sempre e ouvindo-o atentamente. Isto pode ser feito utilizando-se de colocações como: sim, pois não etc. b) Não perder a atenção. A atenção do operador de telemarketing deve ser concentrada no que o cliente está dizendo. Deve-se procurar não distrair, deixando de lado tudo que possa contribuir para que isto aconteça. c) Procurar entender tudo o que está sendo dito. Não se deve ficar inibido ao verificar que não entendeu bem a colocação do cliente. Se o operador de telemarketing não estiver certo de que entendeu tudo o que o cliente disse, deve fazer perguntas, ou pedir que ele repita, de forma a não deixar dúvidas na conversação. d) Ouvir. Como já foi dito, ouvir é mais do que escutar. Enquanto a pessoa fala, deve-se prestar atenção e não ficar pensando na resposta, que deve ser preparada antes, como bons argumentos. Deve-se evitar tirar conclusões precipitadas sobre o que o cliente está dizendo, pois assim é possível ouvi-los sem interrupções. e) Anotar Anotar é muito bom, desde que não prejudique o contato com o cliente. Ao se concentrar demais no que está anotando, o operador de telemarketing poderá se perder na conversação. Portanto, deve-se procurar anotar o estritamente necessário, mantendose sempre de antena ligada no interlocutor. 10 A comunicação é uma das mais utilizadas aplicações do telemarketing, esta pode ser segmentada em três outras: 1. Mídia de resposta para elaboração de um cadastro de clientes, ou para evidenciar as principais vantagens de um mesmo produto ou serviço, para maior divulgação de produtos ou serviços ou para confirmação de recebimento de mala-direta telemarketing como apoio ao Marketing Direto. 2. Prestação de serviços de orientação, opinião ou sugestão sobre produtos e serviços, sem objetivos diretos de venda. Os recursos telemáticos são

22 utilizados como formadores de opinião sobre a imagem corporativa de uma empresa O telemarketing como instrumento de fortalecimento da imagem corporativa. 3. Utilização de recursos telemáticos como mídia alternativa que possibilita atingimento específico do mercado a um custo por mensagem bastante menor, se comparado com os crescentes custos de veiculação nas médias convencionais o telemarketing como mídia alternativa. 11 As curvas do retorno do telemarketing A mala direta proporciona, nos primeiros momentos, retornos de, no máximo, 30%, estabilizando-se ao longo do tempo em um patamar que não ultrapassa os 10%, o telefone já oferece, em seu período zero, um retorno no mínimo de 50%, variando sazonalmente ao longo do tempo, no intervalo de 50% a 70%. Interessante é o uso da multimídia telefone + mala-direta: quando a mala-direta é enviada antes de ser feito o telefonema ao cliente, ao retorno vai crescendo gradativamente ao longo, estabilizando-se na faixa de 80%. Quando inicialmente é enviada uma mala-direta ao cliente e logo em seguida é feito um telefonema de contato seguido do envio de uma nova mala-direta, o comportamento é semelhante, porém com a vantagem de se obter um retorno bastante próximo dos 100%, o que configura uma excelente performance. Pesquisa de Mercado A eficiência das pesquisas depende de sua capacidade para contribuir com as estratégias de marketing e as de se fornecer suporte de decisões a baixo custo. O telefone está provando ser uma tecnologia valiosa para se conseguir essas metas. É uma ferramenta precisa e eficiente para se conseguir essas metas. É uma ferramenta precisa e eficiente para se obter dados administrativos e estatísticas atualizadas. Em qualquer local onde se localize uma parte interessada, dados de pesquisa podem ser conseguidos pelo telefone. informações de pesquisa: No mundo da pesquisa, existem basicamente três meios de se coletar 1) A entrevista por mala direta. Se o tempo não for problema e uma boa lista de mala direta estiver disponível, ela pode ser a rota de pesquisa 10 WEITZEN, H. Skip. Op. cit., p Idem, p. 55.

23 menos dispendiosa. Geralmente é preciso uma grande remessa para assegurar o número apropriado de respostas. 2) A entrevista pessoal. Esse é o método mais caro de todos. Quando são feitas perguntas de entrevista, as pessoas se dispõem mais a dar uma resposta precisa. 3) A entrevista telefônica. O telefone fornece amostras precisa de dados, validação rápida de dados, controles estreitos em chamadas de retorno e um meio efetivo para treinar o entrevistador e uma observação fácil da entrevista. 12 Como Canal de Vendas A aplicação do telemarketing como canal de vendas pode ser segmentada como: 1) Utilização dos recursos de telecomunicações e informática para fechamento de venda, obtenção de pedidos, acompanhamento pós-venda ou venda cruzada de mais de um produto. Telefonar, passar um fax comunicar-se micro a micro ou através de videotexto é mais prático e a resposta poderá ser obtida muito mais rapidamente por telefone, fax ou outros meios telemáticos, o que pode auxiliar o comprador em suas decisões de compra o telemarketing substituindo a mala-direta. 2) Recebimento de pedidos e oferta de produtos e serviços, através da utilização planejada de recursos telemáticos para efetuar venda ativa ou receptiva. Na venda ativa o vendedor procura o comprador. Na venda receptiva ou passiva o comprador procura o vendedor. Em ambos os casos, a utilização de telemarketing configura-se como fator de economia de tempo e dinheiro e facilidade de concretização das vendas, uma vez que não exige o deslocamento físico do vendedor, apenas uma boa argumentação deste para realizar uma venda. Outras vantagens pode ser apontadas na utilização do telemarketing como agente de vendas : A infra-estrutura básica é sempre a mesma o vendedor com seu material de consulta e os meios telemáticos à sua disposição; 12 POPE, Jeffrey. Telemarketing: comércio através do telefone. São Paulo: Maltese, 1989, p. 94.

24 Prospecção rapidez e dinamismo, permitindo maior número de contatos durante o período de trabalho; baixo investimento nas instalações no sistema de venda através de recursos telemáticos; baixo custo operacional. 3. Utilização dos recursos telemáticos para ampliar a cobertura do mercado, motivar a entrevista de venda, confirmar pedidos, agilizar entrega de material ou serviços comercializado, atendimento a filiais ou vendedores, efetuar cobranças, confirmação de novos pedidos ou, ainda, orientar o cliente quanto a medidas assistenciais de que ele necessite Telemarketing como suporte à força de vendas 13. As equipes de vendas estão começando a usar ferramentas de prospecção para introduzir bens e serviços tradicionais no mercado. A prospecção é uma pesquisa por clientes ou compradores em potencial. Essas ferramentas incluem telefones, computadores, videocassetes, discagem automática e muito mais. O pessoal de vendas está deixando em suas maletas de venda espaço para gravadores e vídeo disco ou computadores compactos portáteis para exibir os seus produtos. Muitos estão deixando de viajar para gastar 8 horas por dia no telefone para falar com consumidores em potencial. A força que está por trás das mudanças é a ênfase por maior produtividade. Os altos executivos estão pressionando os administradores de vendas de marketing para aumentar as vendas sem aumentar o pessoal. A prospecção eletrônica é eficiente em termos de custo por três razões: 1) Altas despesas O custo de se manter o pessoal de vendas rodando, atualmente, excede o salário do pessoal de vendas em muitos casos; 2) Tecnologia disponível O preço do uso da tecnologia de telemarketing, teleconferência e vendas computadorizadas caindo de maneira significativa. A tecnologia agora está acessível mesmo para pequenas empresas. 3) Técnicas inovadoras A própria competição está produzindo inovações nas técnicas de prospecção. As empresas estão pesquisando algo extra que fornecerá uma taxa maior de conclusões de vendas a partir das prospecções. 13 DANTAS,E dmundo Brandão. Op. cit., p. 27.

25 O telefone permanece como ferramenta mais confiável e menos dispendiosa para a prospecção negócio a negócio. Para um programa de prospecção ser bem sucedido, ele precisa ser conduzido dentro do seguinte contexto: Qual é o papel da prospecção no seu marketing? Quais são as opções das estratégias de prospecção? Qual é a responsabilidade da prospecção na estratégia gerencial? Qual será o custo do programa de prospecção e seu retorno em volume de vendas? Objetivos da Prospeção Qualificação de clientes em potencial. As três metas da estratégia da prospecção incluem: 1. Isolar que cliente em potencial precisa comprar o produto ou serviço; 2. dar ao cliente em potencial uma boa razão para comprar; 3. fechar a venda ajudando o cliente a ver como o produto ou serviço resolve o problema. Fazer com que o cliente em potencial dê o primeiro passo é o segredo da prospecção bem-sucedida. Uma vez disso, eles devem gastar mais tempo pensando, pesquisando e testando campanhas e técnicas que possam fazer com que os clientes em potencial respondam. Talvez a técnica mais produtiva usada atualmente no ambiente de prospecção seja apelas para os impulsos dos clientes em potencial, fornecendo-lhes acesso instantâneo. Isso é conseguido através de uma linha telefônica WATS. Um pequeno número de linhas Wide Area Telecommunications em Telemarketing. Quando os clientes em potencial pedem informações a respeito de um produto ou serviço, o representante determina o grau de interesse a se um vendedor deve ou não ligar para o novo cliente em potencial. Em caso positivo, as informações a respeito do cliente em potencial são passadas para o escritório de vendas. As técnicas de prospecção pelo telefone devem fornecer informações valiosas para ajudar a resolver os seguintes desafios: Como convencer os clientes em potencial; Como se aproximar dos clientes em potencial; O que fazer para chegar aos clientes em potencial; Como reconhecer as necessidades dos clientes em potencial;

TREINAMENTO OPERADOR DE TELEMARKETING

TREINAMENTO OPERADOR DE TELEMARKETING TREINAMENTO OPERADOR DE TELEMARKETING AULA 1 Treinamento em Operador de Telemarketing O que é Telemarketing? Será que TELEMARKETING é a mesma atividade de TELEVENDAS? Entendendo Marketing É um processo

Leia mais

TELEMARKETING: uma visão crítica 1

TELEMARKETING: uma visão crítica 1 TELEMARKETING: uma visão crítica 1 Claudia Regina Slongo 2 Magda Elisabete dos Santos 3 Resumo: O telemarketing é uma atividade que vem sendo muito difundida pelas empresas a fim de maximizar suas vendas.

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 1. Comercial e Marketing 1.1 Neurovendas Objetivo: Entender

Leia mais

ATENDIMENTO A CLIENTES

ATENDIMENTO A CLIENTES Introdução ATENDIMENTO A CLIENTES Nos dias de hoje o mercado é bastante competitivo, e as empresas precisam ser muito criativas para ter a preferência dos clientes. Um dos aspectos mais importantes, principalmente

Leia mais

Conceitos e técnicas. Devem ser contempladas algumas atividades típicas de vendas:

Conceitos e técnicas. Devem ser contempladas algumas atividades típicas de vendas: Administração da equipe de vendas (Neste texto de apoio: Conceitos e técnicas e Plano de ação de vendas) Conceitos e técnicas A correta administração da equipe de vendas é fundamental para o bom desempenho

Leia mais

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro.

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. PLANO DE MARKETING Andréa Monticelli Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. 1. CONCEITO Marketing é

Leia mais

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça?

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Caro amigo (a) Se sua empresa está sofrendo com a falta de clientes dispostos a comprar os

Leia mais

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online.

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online. Os segredos dos negócios online A Internet comercial está no Brasil há menos de 14 anos. É muito pouco tempo. Nesses poucos anos ela já mudou nossas vidas de muitas maneiras. Do programa de televisão que

Leia mais

MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas

MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas Página 1 de 6 MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas Carga Horária: 360 horas/ aulas presenciais + monografia orientada. Aulas: sábados: 8h30 às 18h, com intervalo para almoço. Valor: 16 parcelas

Leia mais

coisas que você PRECISA SABER antes de investir em marketing.

coisas que você PRECISA SABER antes de investir em marketing. 10 coisas que você PRECISA SABER antes de investir em marketing. Quem é o seu público? Para quem você quer vender? Parece óbvio, não? Mas muitos empreendedores engasgam para responder esta pergunta. Na

Leia mais

A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram

A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram Esquema de Palestra I. Por Que As Pessoas Compram A Abordagem da Caixa Preta A. Caixa preta os processos mentais internos que atravessamos ao tomar uma

Leia mais

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções.

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções. Uma publicação: Estratégias para aumentar a rentabilidade 04 Indicadores importantes 06 Controle a produção 08 Reduza filas 09 Trabalhe com promoções 10 Conclusões 11 Introdução Dinheiro em caixa. Em qualquer

Leia mais

Projeto CAPAZ Básico Introdução a Venda

Projeto CAPAZ Básico Introdução a Venda 1 Introdução Ao assistir à aula você teve acesso a técnicas de vendas, uma introdução simples ao processo de venda. Hoje, relembraremos e aprofundaremos os processos de abordagem, sondagem, apoio, fechamento

Leia mais

Introdução do módulo 7: Faça uma introdução sobre as vantagens e necessidade de se vender Valor e não Preço.

Introdução do módulo 7: Faça uma introdução sobre as vantagens e necessidade de se vender Valor e não Preço. Preparação do Instrutor Trazer para a reunião/encontro de vendas: DVD : Módulo 7 Aparelho de DVD e monitor de TV Flip chart e canetas ( pincel atômico) Canetas/lápis apontados Manuais dos participantes

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

Termo de Referência para Plano de Comunicação

Termo de Referência para Plano de Comunicação Termo de Referência para Plano de Comunicação Sumário 1. Introdução... 2 1.1. Conceitos... 2 2. Objetivo do Termo de Referência... 2 3. Definições gerais de comunicação... 2 4. Planejamento de comunicação...

Leia mais

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes Unidade IV Marketing Profª. Daniela Menezes Comunicação (Promoção) Mais do que ter uma ideia e desenvolver um produto com qualidade superior é preciso comunicar a seus clientes que o produto e/ ou serviço

Leia mais

Rentabilidade em Food Service

Rentabilidade em Food Service Rentabilidade 6 passos para tornar sua franquia mais lucrativa Seja bem-vindo ao e-book da Linx. Aqui estão reunidos os principais caminhos para o aumento da rentabilidade em operações de fast food. São

Leia mais

GERENCIAMENTO DE CLÍNICAS

GERENCIAMENTO DE CLÍNICAS GERENCIAMENTO DE CLÍNICAS A administração eficiente de qualquer negócio requer alguns requisitos básicos: domínio da tecnologia, uma equipe de trabalho competente, rigoroso controle de qualidade, sistema

Leia mais

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática 1 Sumário Introdução...04 O segredo Revelado...04 Outra maneira de estudar Inglês...05 Parte 1...06 Parte 2...07 Parte 3...08 Por que NÃO estudar Gramática...09 Aprender Gramática Aprender Inglês...09

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

Cover. Guia de Gestão de Contatos para Clínicas. Como converter novos contatos em agendamentos

Cover. Guia de Gestão de Contatos para Clínicas. Como converter novos contatos em agendamentos Cover Aprimorando o Atendimento ao Cliente para melhor Performance em Produtividade e Receita Text Guia de Gestão de Contatos para Clínicas Como converter novos contatos em agendamentos Gestão de contatos

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

Aula 03 Gestão de Marketing

Aula 03 Gestão de Marketing Aula 03 Gestão de Marketing Análise SWOT, Segmentação de Mercado e Mix de Marketing Prof. Marcopolo Marinho Prof. Esp. Marcopolo Marinho Segmentação é a identificação sistemática de conjuntos e subconjuntos

Leia mais

A BOA DIVULGAÇÃO DA SUA EMPRESA

A BOA DIVULGAÇÃO DA SUA EMPRESA A BOA DIVULGAÇÃO DA SUA EMPRESA Importância da divulgação Vivemos uma era de forte competição em todos os setores da economia. Jamais houve tanta oferta de produtos e serviços. Os consumidores, por sua

Leia mais

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA 4 E ÚLTIMO MÓDULO: Como Ganhar dinheiro com Mala Direta APRESENTAÇÃO PESSOAL Edileuza

Leia mais

Toda estratégia que visa melhorar vendas tem como objetivo final a retenção e fidelização de clientes. Por isso, conhecer em detalhes o público-alvo,

Toda estratégia que visa melhorar vendas tem como objetivo final a retenção e fidelização de clientes. Por isso, conhecer em detalhes o público-alvo, Toda estratégia que visa melhorar vendas tem como objetivo final a retenção e fidelização de clientes. Por isso, conhecer em detalhes o público-alvo, suas necessidades e preferências, é o primeiro passo

Leia mais

práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social

práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social Não há dúvidas de que as tecnologias sociais têm um impacto substancial no modo como as empresas funcionam atualmente.

Leia mais

OBJETIVO VISÃO GERAL SUAS ANOTAÇÕES

OBJETIVO VISÃO GERAL SUAS ANOTAÇÕES OBJETIVO Combinar peças de mala direta criativas, concisas e sistemáticas com telefonemas, como um meio de formular uma estratégia de exploração e qualificação de prospects (clientes potenciais) mais eficaz

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL (SIG) Conjunto integrado de pessoas, procedimentos, banco de dados e dispositivos que suprem os gerentes e os tomadores

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

Faça amizades no trabalho

Faça amizades no trabalho 1 Faça amizades no trabalho Amigos verdadeiros ajudam a melhorar a saúde, tornam a vida melhor e aumentam a satisfação profissional. Você tem um grande amigo no local em que trabalha? A resposta para essa

Leia mais

Como Eu Começo meu A3?

Como Eu Começo meu A3? Como Eu Começo meu A3? David Verble O pensamento A3 é um pensamento lento. Você está tendo problemas para começar seu A3? Quando ministro treinamentos sobre o pensamento, criação e uso do A3, este assunto

Leia mais

BENEFÍCIOS X CARACTERÍSITCAS DOS PRODUTOS

BENEFÍCIOS X CARACTERÍSITCAS DOS PRODUTOS BENEFÍCIOS X CARACTERÍSITCAS DOS PRODUTOS COMO CONQUISTAR O CORAÇÃO E A MENTE DOS CLIENTES Ter empatia com o cliente. Enxergar os benefícios da mesma maneira que o cliente. Tenha certeza de que o produto

Leia mais

Diagnosticando os problemas da sua empresa

Diagnosticando os problemas da sua empresa Diagnosticando os problemas da sua empresa O artigo que você vai começar a ler agora é a continuação da matéria de capa da edição de agosto de 2014 da revista VendaMais. O acesso é restrito a assinantes

Leia mais

10 Dicas para lucrar

10 Dicas para lucrar E-BOOK 10 Dicas para lucrar com Fotografia Infantil, Gestante e Casamentos Autor: Leo Castro www.marketingparafotografos.com.br E-BOOK Copyright 2015, Marketing para fotógrafos, Todos os direitos reservados

Leia mais

Sejam bem vindos! Convenção de Vendas Nilko. Facilitador: Adriano Lunardon adriano@univeb.com.br

Sejam bem vindos! Convenção de Vendas Nilko. Facilitador: Adriano Lunardon adriano@univeb.com.br Sejam bem vindos! Convenção de Vendas Nilko 2012 Facilitador: Adriano Lunardon adriano@univeb.com.br Adriano Lunardon Empresário, Diretor Fundador da UniveB Escola Superior de Vendas do Brasil Diretor

Leia mais

A importância de se formar bons auditores de qualidade Oceano Zacharias

A importância de se formar bons auditores de qualidade Oceano Zacharias A importância de se formar bons auditores de qualidade Oceano Zacharias Auditar conforme a norma ISO 9001 requer, dos auditores, obter um bom entendimento do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) das empresas

Leia mais

Atendimento Eficaz ao Cliente

Atendimento Eficaz ao Cliente Atendimento Eficaz ao Cliente Aquele que conhece os outros é inteligente, Aquele que conhece a si mesmo é sábio. (Lao-Tsé, filósofo chinês, séc. IV a. C.) Conhece-te a ti mesmo. (Sócrates, filósofo grego,

Leia mais

Promoção de vendas é a pressão de marketing de mídia ou não mídia exercida durante um período predeterminado e limitado de tempo ao nível de

Promoção de vendas é a pressão de marketing de mídia ou não mídia exercida durante um período predeterminado e limitado de tempo ao nível de Metas das Comunicações de Marketing: Criação de consciência informar os mercados sobre produtos, marcas, lojas ou organizações. Formação de imagens positivas desenvolver avaliações positivas nas mentes

Leia mais

O papel do CRM no sucesso comercial

O papel do CRM no sucesso comercial O papel do CRM no sucesso comercial Escrito por Gustavo Paulillo Você sabia que o relacionamento com clientes pode ajudar sua empresa a ter mais sucesso nas vendas? Ter uma equipe de vendas eficaz é o

Leia mais

Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais

Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita Federal. O incentivo

Leia mais

Aula 1 CONCEITO DE TELEMARKETING

Aula 1 CONCEITO DE TELEMARKETING O que é telemarketing: Aula 1 CONCEITO DE TELEMARKETING Telemarketing é toda e qualquer atividade desenvolvida através de sistemas de telemática e múltiplas mídias, objetivando ações padronizadas e contínuas

Leia mais

FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING. Professor: Arlindo Neto

FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING. Professor: Arlindo Neto FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING Professor: Arlindo Neto Competências a serem trabalhadas GESTÃO DE MARKETING PUBLICIDADE E PROPAGANDA GESTÃO COMERCIAL FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM

Leia mais

NO NEGÓCIO SAC TEXTO DE JULIANA KLEIN

NO NEGÓCIO SAC TEXTO DE JULIANA KLEIN NO NEGÓCIO SAC TEXTO DE JULIANA KLEIN 50 A ALMA DO NEGÓCIO Serviço de SAC eficiente é o que todos os clientes esperam e é no que todas as empresas deveriam investir. Especialistas afirmam: essa deve ser

Leia mais

Redes Sociais Em Apoio À Tomada De Decisão

Redes Sociais Em Apoio À Tomada De Decisão Redes Sociais Em Apoio À Tomada De Decisão Este assunto normalmente é tratado quando se aborda a coleta de dados no ciclo de Inteligência. No entanto, o fenômeno das redes sociais, atualmente, cresceu

Leia mais

Stage-Gate Uma ferramenta flexível para a otimização do portfólio de projetos

Stage-Gate Uma ferramenta flexível para a otimização do portfólio de projetos Uma ferramenta flexível para a otimização do portfólio de projetos Sumário Executivo... 2 Problema: Quando um projeto não deve ser executado... 32 Base conceitual: Processo estruturado de alocação de recursos...

Leia mais

1. É resiliente +3. 2. É motivado +1. 3. Organiza o trabalho com um senso de negócio +2. 4. Relaciona-se bem com os clientes OK

1. É resiliente +3. 2. É motivado +1. 3. Organiza o trabalho com um senso de negócio +2. 4. Relaciona-se bem com os clientes OK Avaliação de potencial 14.01.2005 A 1 Perfil Desen. Forças- Área Área Área Área Área -3-2 -1 OK +1 +2 +3 1. É resiliente +3 2. É motivado +1 3. Organiza o trabalho com um senso de negócio +2 4. Relaciona-se

Leia mais

Guia definitivo da pesquisa de mercado online

Guia definitivo da pesquisa de mercado online Guia definitivo da pesquisa de mercado online Noções básicas de pesquisa de mercado e um guia para usar o Opinion Box Índice Introdução 3 1. O que é pesquisa de mercado 4 2. Como fazer uma pesquisa de

Leia mais

Como contratar de forma eficaz

Como contratar de forma eficaz Como contratar de forma eficaz Todos nós, de uma forma ou de outra, somos imperfeitos. Mesmo assim, procuramos contratar as pessoas perfeitas. A Robert Half fornece profissionais altamente qualificados

Leia mais

APRESENTANDO A OPORTUNIDADE DE NEGÓCIOS AMWAY. Guia do participante

APRESENTANDO A OPORTUNIDADE DE NEGÓCIOS AMWAY. Guia do participante APRESENTANDO A OPORTUNIDADE DE NEGÓCIOS AMWAY Guia do participante Esta página foi deixada intencionalmente em branco. Sumário Introdução do curso i Como usar este Manual do participante ii Como o Manual

Leia mais

CLIENTE MAL ATENDIDO, DE QUEM É A CULPA?

CLIENTE MAL ATENDIDO, DE QUEM É A CULPA? CLIENTE MAL ATENDIDO, DE QUEM É A CULPA? Por: Roberto Pessoa Madruga Todos nós sabemos o quanto as empresas estão preocupadas em atender seus clientes de maneira mais profissional e prioritária. Na estrada

Leia mais

Preciso anunciar mais...

Preciso anunciar mais... Na maioria dos projetos que participamos, temos certeza de que quando o empreendedor inicia um trabalho de CRM, ele busca sempre é por uma vantagem competitiva: uma equipe de vendas mais eficiente, processos

Leia mais

A l e x a n d r a P a u l o

A l e x a n d r a P a u l o A l e x a n d r a P a u l o ESCOLA SECUNDÁRIA SERAFIM LEITE TRABALHO FINAL TÉCNICAS DE VENDA Alexandra Paulo 11ºI Nº 21160 Disciplina: Comercializar e vender Prof: João Mesquita 20-12-2012 2012-2013 1

Leia mais

O Contato com seus clientes é personalizado? Ferramenta de envio de mensagens pré-gravadas!

O Contato com seus clientes é personalizado? Ferramenta de envio de mensagens pré-gravadas! O Contato com seus clientes é personalizado? Ferramenta de envio de mensagens pré-gravadas! A Talktelecom Líder na América Latina em telefonia computadorizada Compete no mercado desde 1992 com soluções

Leia mais

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com 5Passos fundamentais para Conseguir realizar todos os seus SONHOS Autora: Ana Rosa www.novavitacoaching.com O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos! Eleanor Roosevelt CONSIDERA

Leia mais

A Qualidade Fundamental do Vendedor Altamente Eficaz

A Qualidade Fundamental do Vendedor Altamente Eficaz Em abril de 2.000 Jack Welch - o executivo do século foi entrevistado pela Executive Focus International. Essa entrevista foi coberta com exclusividade pela revista brasileira HSM Management, edição de

Leia mais

Manual Técnico MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO E-LEARNING MECÂNICA PARA MULHERES

Manual Técnico MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO E-LEARNING MECÂNICA PARA MULHERES Manual Técnico MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO E-LEARNING MECÂNICA PARA MULHERES Versão 1.0 Outubro de 2011 2 2 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 4 1.1 HISTÓRICO 1.2 DEFINIÇÃO 2 OBJETIVOS 5 2.1 - OBJETIVO GERAL 2.2

Leia mais

O desafio: A vantagem da Videojet:

O desafio: A vantagem da Videojet: Nota de aplicação Tinta Tintas coloridas para embalagens de ponto de venda O desafio: O ambiente de varejo é um mercado em constante evolução, com maior ênfase na embalagem, que não só protege os produtos

Leia mais

Perfil do Líder no Paraná

Perfil do Líder no Paraná Perfil do Líder no Paraná O importante é não parar nunca de questionar Albert Einstein Em 2006, a Caliper do Brasil, empresa multinacional de consultoria em gestão estratégica de talentos, buscando inovar,

Leia mais

GESTÃO DE RELACIONAMENTO COM O CLIENTE

GESTÃO DE RELACIONAMENTO COM O CLIENTE GESTÃO DE RELACIONAMENTO COM O CLIENTE Professor Wagner Luiz Aula - Como obter sucesso em uma implementação de CRM e o Processo da Comunicação. Março de 2014 São Paulo -SP Call Center & CRM 2007 CRM: do

Leia mais

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Introdução Planejamento Divulgando sua loja Como fechar as vendas Nota Fiscal

Leia mais

Coleção ajuda no sucesso profissional

Coleção ajuda no sucesso profissional COLEÇÃO Unic Josafá Vilarouca Renata Tomasetti (11) 5051-6639 josafa@unicbuilding.com.br renata@unicbuilding.com.br Coleção ajuda no sucesso profissional Série lançada pela Publifolha possui 36 títulos,

Leia mais

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE Por que se importar 3 O melhor representante de atendimento 4 SUMÁRIO Escrevendo um anúncio de vaga de emprego Carta de apresentação

Leia mais

Apresentaremos um diagrama de um processo de Vendas Consultivas que quando bem utilizado pode proporcionar :

Apresentaremos um diagrama de um processo de Vendas Consultivas que quando bem utilizado pode proporcionar : Pesquisa do professor Walter Brum Monteiro. Para conhecer nossos clientes e realizar negócios mais consistentes e duradouros, precisamos passar mais tempo interagindo e aproveitar o máximo possível deste

Leia mais

DVD TRAINING WORKSHOP

DVD TRAINING WORKSHOP DVD TRAINING WORKSHOP BOX - NEGOCIANDO PARA GANHAR Estilo: Negociação Formato: 5 DVD s com aproximadamente 150 min de duração Investimento: R$399,00 + frete Principais tópicos: Como ouvir melhor tudo pode

Leia mais

Uma Oportunidade Única de Negócio

Uma Oportunidade Única de Negócio Uma Oportunidade Única de Negócio no Setor de Ensino de Língua Ingles Por ser um empresário bem-sucedido, você certamente está em busca de novas oportunidades de ampliar seu negócio atual e maximizar o

Leia mais

Programas de Suporte a Força de Vendas

Programas de Suporte a Força de Vendas Prof. Edmundo W. Lobassi Hoje, abordaremos o tema Programas de suporte à força de vendas. Na aula passada, vimos os programas de incentivo como forma de aumentar a venda qualitativa (mix de produtos) e

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês seguinte,

Leia mais

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS 1. Sumário Executivo Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso 2. Sumário da Empresa 2.1 Composição da Sociedade Perfil Individual dos sócios, experiência, formação, responsabilidades

Leia mais

- Como utilizar essas medidas para analisar, melhorar e controlar o desempenho da cadeia de suprimentos?

- Como utilizar essas medidas para analisar, melhorar e controlar o desempenho da cadeia de suprimentos? Fascículo 5 A medição do desempenho na cadeia de suprimentos Com o surgimento das cadeias de suprimento (Supply Chain), a competição no mercado tende a ocorrer cada vez mais entre cadeias produtivas e

Leia mais

Centro de Ensino Profissionalizante Extensão [Telemarketing]

Centro de Ensino Profissionalizante Extensão [Telemarketing] NDICE Sinopse... 03 Apresentação... 04 Introdução... 06 Importância do Telemarketing : Conceito Técnicas de vendas Elaboração de script Roteiro Salário... 07 Supervisão... 08 Conceito em Marketing: Mala

Leia mais

RECURSOS HUMANOS PRODUÇÃO

RECURSOS HUMANOS PRODUÇÃO RECURSOS HUMANOS FINANCEIRO VENDAS PRODUÇÃO DEPARTAMENTO MERCADOLÓGICO Introduzir no mercado os produtos ou serviços finais de uma organização, para que sejam adquiridos por outras organizações ou por

Leia mais

AULA 20. Atendimento

AULA 20. Atendimento AULA 20 Atendimento Marketing em Serviços Marketing em serviços pode ser definido com o conjunto de atividades que objetivam a análise, o planejamento, a implementação e o controle de programas destinados

Leia mais

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores Sumário Liderança para potenciais e novos gestores conceito Conceito de Liderança Competências do Líder Estilos de Liderança Habilidades Básicas Equipe de alta performance Habilidade com Pessoas Autoestima

Leia mais

Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHC Mensagens SMS CS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS CS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso:

Leia mais

Este texto é de autoria da Diretora de Vendas Cláudia Leme, muito bom!!! Vale a pena conferir!!! O PRIMEIRO PEDIDO

Este texto é de autoria da Diretora de Vendas Cláudia Leme, muito bom!!! Vale a pena conferir!!! O PRIMEIRO PEDIDO Este texto é de autoria da Diretora de Vendas Cláudia Leme, muito bom!!! Vale a pena conferir!!! O PRIMEIRO PEDIDO A Sra Mary Kay já dizia: nada acontece enquanto você não vende alguma coisa. Se você está

Leia mais

Reinventando a gestão de vendas

Reinventando a gestão de vendas Reinventando a gestão de vendas Um bom vendedor é mais importante para a empresa do que o produto. Vender não é mais persuasão, mas compreensão. Esta é a proposta de Neil Rackham, expressa durante o Fórum

Leia mais

Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report

Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report Avaliação de: Sr. Mario Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report

Leia mais

Unidade II MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino

Unidade II MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino Unidade II MARKETING DE VAREJO E NEGOCIAÇÃO Profa. Cláudia Palladino Preço em varejo Preço Uma das variáveis mais impactantes em: Competitividade; Volume de vendas; Margens e Lucro; Muitas vezes é o mote

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL SIG. Diferença entre relatórios gerados pelo SPT e os gerados pelo SIG

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL SIG. Diferença entre relatórios gerados pelo SPT e os gerados pelo SIG Introdução SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL SIG A finalidade principal de um SIG é ajudar uma organização a atingir as suas metas, fornecendo aos administradores uma visão das operações regulares da empresa,

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS

PHC Mensagens SMS CS PHC Mensagens SMS CS O potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC O envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo. Uma comunicação com sucesso: ganhos de tempo e de dinheiro

Leia mais

Discutir liderança feminina em pleno século

Discutir liderança feminina em pleno século Liderança feminina Discutir liderança feminina em pleno século XXI parece ultrapassado, mas apenas agora as mulheres começam a ser reconhecidas como líderes eficazes. Somente neste século o reconhecimento

Leia mais

PARTE IV Consolidação do Profissional como Consultor. Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc.

PARTE IV Consolidação do Profissional como Consultor. Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc. FATERN Faculdade de Excelência Educacional do RN Coordenação Tecnológica de Redes e Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc.

Leia mais

Atividade Capitulo 6 - GABARITO

Atividade Capitulo 6 - GABARITO Atividade Capitulo 6 - GABARITO 1. A Internet é uma força motriz subjacente aos progressos em telecomunicações, redes e outras tecnologias da informação. Você concorda ou discorda? Por quê? Por todos os

Leia mais

Telemarketing TELEMARKETING TELEMARKETING -1-

Telemarketing TELEMARKETING TELEMARKETING -1- TELEMARKETING -1- ÍNDICE CAPÍTULO 1 ALGUNS CONCEITOS RELACIONADOS AO CALL CENTER...08 RELEVÂNCIA DE UM PROFISSIONAL DE CCC...09 A FUNÇÃO DO OPERADOR...10 OPERAÇÕES E PROCESSOS...11 CAPÍTULO 2 COMO SE COMPORTAR

Leia mais

E-learning: O novo paradigma da educação e suas questões de segurança

E-learning: O novo paradigma da educação e suas questões de segurança E-Learning MBA Gestão de Sistemas de Informação Segurança na Informação Professor: Ly Freitas Grupo: Ferdinan Lima Francisco Carlos Rodrigues Henrique Andrade Aragão Rael Frauzino Pereira Renata Macêdo

Leia mais

Planejamento Estratégico de Comunicação de Marketing

Planejamento Estratégico de Comunicação de Marketing Prof. Edmundo W. Lobassi O único objetivo da propaganda é vender, não há nenhuma outra justificativa que mereça ser mencionada. (Young & Rublican) Satisfazer a necessidade do consumidor. (David Ogilvy)...

Leia mais

O Cliente ao alcance do mouse!

O Cliente ao alcance do mouse! Capítulo 11 e-crc uma importante ferramenta de marketing A minha vivência, como consultor, pôs a descoberto duas das grandes dores de cabeça dos empresários a prospecção e comunicação com clientes. Todos,

Leia mais

EMPREENDIMENTO COMERCIAL: QUAL O MELHOR CAMINHO A SEGUIR EM SEUS MOMENTOS INICIAIS? RESUMO

EMPREENDIMENTO COMERCIAL: QUAL O MELHOR CAMINHO A SEGUIR EM SEUS MOMENTOS INICIAIS? RESUMO FÁBIO RODRIGO DE ARAÚJO VALOIS Discente do Curso de Ciências Contábeis - UFPA RESUMO Não é de uma hora pra outra que um comerciante abre as portas de seu empreendimento. Se fizer deste modo, com certeza

Leia mais

No mercado bancário a competitividade é crescente

No mercado bancário a competitividade é crescente 6 Fortalecendo a marca, gerando negócios Intenso, produtivo e criativo No mercado bancário a competitividade é crescente e a disputa pelos espaços é proporcional ao empenho das instituições em ampliar

Leia mais

MARKETING DE RELACIONAMENTO

MARKETING DE RELACIONAMENTO MARKETING DE RELACIONAMENTO 1 O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica

Leia mais

A medição do desempenho na cadeia de suprimentos JIT e compras

A medição do desempenho na cadeia de suprimentos JIT e compras A medição do desempenho na cadeia de suprimentos JIT e compras Medição do desempenho na cadeia de suprimentos Medição do desempenho Sob a perspectiva da gestão da produção, o desempenho pode ser definido

Leia mais

ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE. Por: Alexandre Maldonado

ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE. Por: Alexandre Maldonado ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE Por: Alexandre Maldonado Autor do site Marketing para E- commerce www.marketingparaecommerce.com.br TERMOS DE RESPONSABILIDADE

Leia mais

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas As cinco disciplinas por Peter Senge HSM Management julho - agosto 1998 O especialista Peter Senge diz em entrevista exclusiva que os programas de aprendizado podem ser a única fonte sustentável de vantagem

Leia mais

Como conversar com possíveis iniciadas

Como conversar com possíveis iniciadas Como conversar com possíveis iniciadas Convidar outras mulheres a tornarem-se consultoras é uma atividade chave para quem quer tornar-se diretora. Aprenda como fazer a entrevista de iniciação, ou seja:

Leia mais

Módulo 12. Estratégias para formação de preços

Módulo 12. Estratégias para formação de preços Módulo 12. Estratégias para formação de preços As decisões de preços estão sujeitas a um conjunto inacreditavelmente complexo de forças ambientais e competitivas. Não existe como uma empresa, simplesmente,

Leia mais

Vendas - Cursos. Curso Completo de Treinamento em Vendas com Eduardo Botelho - 15 DVDs

Vendas - Cursos. Curso Completo de Treinamento em Vendas com Eduardo Botelho - 15 DVDs Vendas - Cursos Curso Completo de Treinamento em Vendas com - 15 DVDs O DA VENDA Esta palestra mostra de maneira simples e direta como planejar o seu trabalho e, também, os seus objetivos pessoais. Através

Leia mais

MEDIA TRANNING. Giovana Cunha. Coordenadora de Rádio e TV - TST giovana.cunha@tst.jus.br

MEDIA TRANNING. Giovana Cunha. Coordenadora de Rádio e TV - TST giovana.cunha@tst.jus.br MEDIA TRANNING Giovana Cunha COMO AGIR DIANTE DA IMPRENSA É muito comum o entrevistado se queixar que o jornalista não reproduziu corretamente as informações fornecidas na entrevista. O jornalista normalmente

Leia mais