Assessoria Administrativa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Assessoria Administrativa"

Transcrição

1 Assessoria Administrativa A solidez de um Modelo de Gestão em sua empresa! A EQP 6 SIGMA, fundada em 2003, em Curitiba (PR), surgiu para compartilhar com seus clientes o conhecimento adquirido ao longo da vida profissional de seus sócios. Até 2014 a EQP 6 SIGMA já atuou em atividades de capacitação e consultoria nos mais variados ramos tais como educação (graduação, pós graduação, extensão, idiomas), gestão hospitalar, indústria e comércio. Destacamos entre os serviços oferecidos pela EQP 6 Sigma para empresas: O Diagnóstico acompanhado do plano de revitalização e gestão da qualidade; A implantação do escritório da qualidade; Assessoria e capacitação para o desenvolvimento de programas de qualidade e certificações; Empresas familiares capacitação e gestão profissional para os familiares e sócios; Plano de perpetuação e sucessão da empresa capacitação e aconselhamento para a diretoria e sócios da empresa; Implantação e treinamento em ferramentas e técnicas de gestão da qualidade, programa 5S, avaliação crítica de desempenho e planos de ação, sistemática completa de controle de indicadores, planejamento estratégico, tempos e métodos; planejamento financeiro; reuniões gerenciais eficazes; Plano de Recuperação Judicial para empresas; w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 1

2 Melhoria da produtividade e da qualidade em linhas de produção e prestação de serviços. As possibilidades de assessoria e consultoria em serviços da EQP podem ser personalizadas de acordo com as necessidades de cada cliente. Isso só é possível devido à metodologia própria de trabalho desenvolvida pela EQP e pelo alto nível de comprometimento de seus consultores. O diagnóstico e o acompanhamento das ações de curto, médio e longo prazo possibilitam aos gestores a solidez e a maturidade do modelo de gestão que maximiza resultados e engaja os colaboradores da empresa. Utilize o programa de leitura de QRCode do seu celular e descubra o que podemos fazer por você e pela sua empresa. w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 2

3 SOLUÇÕES 6 Sigma - Introdução ao 6 Sigma - 6 Sigma Operacional - 6 Sigma Estratégico - 6 Sigma Executivo Estratégia Empresarial - Desafios da Moderna Gestão - Gestão de Empresas Familiares - Gestão Estratégica da Qualidade Gestão de Empresas e Grupos Educacionais - Básico - Cronoanálise Tempos e métodos - MTM UAS e MTM1 Tempos e métodos - Gestão por Processos do básico ao avançado - Indicadores e análise crítica - Painel de controle - Metodologia Básica para Análise e Solução de Problemas - Rotina da Qualidade Gestão de Organizações da Saúde - Acreditação hospitalar ONA Manual Selo de Qualificação de Fornecedores ONA - Gestão e Análise de Riscos HFMEA e ISO31.000:2009 w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 3

4 Administrativo / Jurídico SOLUÇÕES - Assessoria e Consultoria Jurídica Extrajudicial e Contenciosa - Projeto de Intervenção para Recuperação Judicial Engenharia - Acessibilidade NBR Análise dos Modos de Falha e seus Efeitos FMEA - Estatística básica, intermediária e avançada Gestão de Projetos - Gestão de Projetos - Análise de Riscos NBR Qualidade Vendas - Implementação do Escritório da Qualidade - Princípios da Excelência da Fundação Nacional da Qualidade - Qualidade Estratégica - Gestão da Qualidade - Qualidade no Relacionamento com Clientes Internos e Externos - De Frente para o Cliente - Foco em Resultados direção de equipes de vendas w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 4

5 QUEM SOMOS Ricardo Augusto Blauth, MSc. Mestre em Administração UFPR Pós-Graduação em Administração FESP Engenharia Elétrica UFPR Técnico em Telecomunicações CEFET-PR Técnico em Eletrônica CEFET-PR Examinador do Prêmio Paranaense de Qualidade e Produtividade ciclos 2010 a Seis anos de experiência na indústria automobilística na área de Engenharia de Planejamento e Processos. Responsável pelo gerenciamento de pessoal da área de manufatura (3.600 funcionários diretos), controle da produtividade e metas de Business Plan, Balanced Scorecard, Sistema de Gestão por Indicadores. Vivência nas áreas de Planejamento Estratégico, Engenharia de Processo e Gestão da Qualidade Industrial. Sólidos conhecimentos de informática e telecomunicações, elaboração de relatórios de produtividade, controle de indicadores e sistemas, administração de projetos, montagem, configuração, manutenção e treinamento. Autor dos livros: Gestão da Qualidade em 2009 e 2014 e Efetividade do Modelo de Excelência em Gestão, Artigos submetidos a revistas científicas e congressos internacionais. Participação em congressos internacionais na área de Gestão Acadêmica. Ricardo Blauth (41) w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 5

6 QUEM SOMOS Flávia Santos Wiedmer, Esp. MBA em Gestão Hospitalar UNINTER MBA em Marketing e Logística Universidade Positivo Engenheira Eletricista UFPR Experiência desde 2004 em certificações NBR ISO/IEC e Acreditação Hospitalar ONA, níveis 1, 2 e 3 (manual versão 2014). Experiência em mapeamento de processos, treinamentos empresariais, auditorias internas, gerenciamento de processos fora de controle, coordenação do Escritório da Qualidade, definição de Políticas da Qualidade, criação de organograma, elaboração de fluxogramas, controle de indicadores, metodologia das ferramentas da qualidade. Flávia Santos Wiedmer (41) w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 6

7 QUEM SOMOS Regis Augusto Blauth, Esp. MBA Executivo em Marketing - Instituto Superior Pós- Graduação, Curitiba, Engenheiro Eletrônico - Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Consultor e coordenador técnico da EQP 6 Sigma Consultoria. Examinador do Prêmio Nacional em Gestão na Saúde, 2001 e do Prêmio Nacional da Qualidade. Professor de Pós-Graduação na Universidade Positivo. Gestor de Operações da Área de Educação do Grupo Positivo. Foi coordenador do Escritório da Qualidade da Área de Educação do Grupo Positivo. Foi diretor de novos negócios da Sercomtel. Foi diretor presidente da Adatel TV e Telecomunicações. Trabalhou na Companhia Paranaense de Energia Copel por mais de 30 anos. Autor do livro Gestão da Qualidade (2006, 2009 e 2014). Regis Blauth (41) w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 7

8 CLIENTES COMÉRCIO Divulgação autorizada pelos clientes. w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 8

9 CLIENTES SERVIÇOS w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 9

10 w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 10

11 CLIENTES - INDUSTRIAL w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 11

12 CLIENTES - SAÚDE Divulgação autorizada pelos clientes. w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 12

13 CASOS COMÉRCIO Euro Import Distribuidora de Veículos OBJETIVOS: Capacitar a equipe de vendas para o contato com o cliente observando o pacote de valor a oferecer e entender como o comportamento do cliente se manifesta. Curso de Gestão e Vendas Panificadora Pão e Arte OBJETIVOS: Assessorar a gestão da segurança e administração do negócio Executado o sistema de segurança e monitoramento com 10 câmeras para o controle da produtividade dos empregados. Em reunião com os gestores, diversos procedimentos foram aprimorados ou alterados para melhoria do desempenho. Hoje é a maior padaria da cidade da Lapa-PR. w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 13

14 Momentive OBJETIVOS: Capacitação dos gestores, líderes e gerentes de produção. Curso de Gestão de Processos Gerenciais JTEKT OBJETIVOS: Capacitação dos gestores, líderes e supervidores de produção em Cronoanálise, Tempos e métodos e Gestão da Qualidade. Capacitação em Gestão da Qualidade Capacitação em Gestão de Processos Capacitação em Tempos e Métodos Ponto Áudio OBJETIVOS: Orientação dos negócios da empresa, planejamento financeiro e estratégico. Assessoria ao Planejamento Estratégico Assessoria ao Plano de Negócios w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 14

15 Drago Race OBJETIVOS: Implantação da gestão de riscos e segurança patrimonial. Assessoria em segurança física e eletrônica para a loja. Foi executado um projeto para a instalação de um sistema de alarme monitorado com câmeras digitais e procedimentos de segurança para os funcionários em caso de furto e roubo. Também foi desenvolvido ideias para o planejamento financeiro e estratégico visando a sustentabilidade do negócio. w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 15

16 SERVIÇOS Prefeitura de Blumenau Capacitação em Gestão da Qualidade em Serviços Públicos OBJETIVO: Capacitação de pessoas da alta e média gerência da Prefeitura em Gestão da Qualidade. Por Escalão estratégico Vice Prefeito, e secretários municipais - 28 horas Por Escalão tático - Diretores da administração direta e Presidentes das autarquias e fundações municipais - 56 horas, 6 turmas Universidade Positivo Atuação Permanente OBJETIVO: implantação do Gerenciamento por Processos. Mapeamento de todos os processos (fluxogramas Procedimentos Operacionais) Ensino da metodologia Adequação das informações à Metodologia utilizada no programa MS Visio Estabelecimento de indicadores Criação do Painel de Controle w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 16

17 Criação do modelo de Análise Critica e Planos de Melhoria ESIC Business Marketing School OBJETIVOS: Professor da disciplina de Gestão da Qualidade em Processos, Gestão de Direção de Equipe de Vendas, Direção da Produção, Gestão da Produção e Gestão de Riscos. Professor dos cursos de MBA e EMBA FAE Business School OBJETIVOS: Professor do programa de Pós-graduação em disciplinas na área de Qualidade. Consultorias prestadas à FAE Training em ambiente empresarial Professores na área de Estatística, Gestão da Qualidade, 6 Sigma, Minitab IESDE OBJETIVOS: Capacitação em Gestão da Qualidade e criação e operação do Escritório da Qualidade. Criação do Escritório da Qualidade Treinamento de 150 empregados em Gestão da Qualidade w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 17

18 3G Soluções OBJETIVOS: Professor do programa de MBA nas disciplinas de Técnicas de Melhoria da Qualidade, PCP, Estratégias Empresariais e6 Sigma. Participação em banca examinadora de conclusão de curso Professor para o curso de MBA em Gestão Ambiental Copel programação desenvolvida em parceria com a Superintendência de Planejamento da Copel OBJETIVOS: Capacitação para o desenvolvimento do Planejamento Estratégico. Organizações para a excelência trilogia B o que importa na gestão? Jeito de ser Referencial Estratégico: missão, visão e valores Jeito de encantar engajamento e comprometimento com stakeholders Jeito de fazer painel de controle, análise crítica do desempenho, gestão de riscos, plano do Negócio instrumento de planejamento e gestão da estratégia. Apoio na estruturação do Plano de Negócio. w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 18

19 RIC Rede Independência de Comunicação OBJETIVOS: Capacitação em Gestão por Processos e controle destes processos por meio das 7Ferramentas da Qualidade. Foram feitos 12 encontros em Curitiba na sede da empresa, transmitidos via satélite em tempo real para as outras sedes da emissora no Paraná. As equipes da área de Manutenção, Produção, Jornalismo e Direção participaram das capacitações e o conteúdo versou sobre gestão por processos onde foram desenvolvidos trabalhos de fluxogramas de processos, escritas de procedimentos e controles com sistemática de indicadores de desempenho (Matriz de Objetivos). Foram feitos trabalhos em equipe visando a organização dos processos internos em cada área. A padronização de processos possibilitou aos gestores promover melhorias e otimizações nos recursos envolvidos. A criação de indicadores possibilitou a comparação do IBOPE com outras emissoras para o controle de conteúdo de transmissão ao vivo para sustentação de assuntos que estão sendo transmitidos. Na Radio Jovem Pan a criação de indicadores possibilitou que houvesse esforços para galgar posições no ranking do IBOBE por faixa etária e classe social, sendo hoje uma das rádios mais importantes do Paraná, fator importante para a sustentabilidade do negócio. w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 19

20 Flamma Comunicação OBJETIVOS: Implantar um sistema de indicadores e métricas de controle de produtividade Implantado o sistema de controle de indicadores por meio da Matriz de Objetivos qual pode ser utilizada para o controle de produtividade de serviços executados e planejamento do crescimento da empresa. Berneck OBJETIVOS: Ampliar a percepção da necessidade da Gestão de Risco. Curso sobre Estratégia e Risco. Tribunal de Justiça do Paraná OBJETIVOS: Mapeamento de processos. Assessoria para o Mapeamento por Processos para Juízes e Magistrados onde foi executado o mapeamento do Rito Processual Ordinário por meio de fluxograma estratificado. A participação dos envolvidos trouxe a reflexão de quanto se faz necessária uma padronização de procedimentos para a análise dos processos a serem julgados. O objetivo principal a ser alcançado foi a redução do lead time para as sentenças e a redução do circulante de processos nas varas cíveis. w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 20

21 Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia OBJETIVOS: Capacitar os inspetores na norma de acessibilidade NBR 9050 Foram capacitados 50 inspetores do CREA-PR na norma NBR 9050 de Acessibilidade. A capacitação contou com o curso teórico e prática de campo. Zanette Soluções em Transportes OBJETIVOS: Diagnóstico de situação de operação dos negócios da empresa. Foi executado o Diagnóstico Organizacional com a geração de um relatório que contemplou todos os negócios da empresa de forma a orientar e criar diretrizes de operação para os segmentos em que a empresa atua. Foram mapeados alguns processos de atendimento ao cliente com o fluxo e procedimentos. A conclusão do relatório resultou em Planos de Melhoria e uma Sistemática de Indicadores de desempenho baseada na Matriz de Objetivos, qual concatenada com o plano de negócios e o fluxo de caixa diário puderam orientar ações das vendas. w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 21

22 Fusan OBJETIVOS: Capacitação em Gestão da Qualidade. Curso sobre Pensamento Sistêmico. Prado Powerchips OBJETIVOS: Melhoria no sistema de monitoramento e segurança. Assessoria ao sistema de segurança digital Aquarius Gastronomia OBJETIVOS: Implementação da Gestão Estratégica da Qualidade. Análise de custos, formatação de preços e lucratividade Diagnóstico organizacional e plano de melhorias Gerenciamento da rotina Programa de Geração de Ideias Sistemática de controle de indicadores Sistemática de reuniões gerenciais Inspetoria Nossa Senhora Aparecida: (5 Escolas e 5 Obras Sociais das Irmãs Salesianas) w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 22

23 OBJETIVOS: Assessoria ao Planejamento Estratégico e operacional Criação do Painel de Controle (Matriz de Objetivos), análise crítica, planos de ação e mapeamento de processos Planejamento Estratégico das 5 escolas, 3 Obras Sociais Polícia Civil do Estado Paraná OBJETIVOS:Capacitação dos Investigadores, Escrivãos e Papiloscopistas. Análise do perfil criminológico com o uso da estatística na base da SESP Curso de Estatística para o Perfil Criminológico do Estado do Paraná Curso de Gestão da Qualidade w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 23

24 INDUSTRIAL Empresa Multinacional do Ramo Industrial Fornecedora de Máquinas para a Produção de Papelão A autorização para divulgação no nome da empresa está em processo de liberação na matriz na Alemanha OBJETIVOS: Entender o negócio e a análise do nível de organização em que a empresa se encontra comparando com os requisitos da estratégia 6 Sigma. Foi composto um relatório do cronograma contemplando o plano de capacitação, treinamento e desenvolvimento das habilidades faltantes visando a implementação da estratégia 6 Sigma respeitando as datas sugeridas e a disponibilidade da empresa contratante e contratada. Após a aprovação do relatório com o cronograma de acompanhamento iniciou-se as atividades de capacitação, treinamento e desenvolvimento da implantação da Estratégia 6 Sigma. Trèves do Brasil OBJETIVOS: melhorias e otimizações na linha de produção de revestimentos para a indústria automotiva. Curso de Cronoanálise executado para os líderes e gestores da produção. Otimização da linha de produção e w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 24

25 relatório de implemento de melhorias a serem executadas. GL Service Compressores OBJETIVOS: Preparação para o relatório de Recuperação Judicial, otimização dos processos internos, Planejamento Estratégico, Indicadores e Matriz de Objetivos. Assessoria a administração Criação do painel de controle com a Matriz de Objetivos, análise crítica e planos de ação Planejamento financeiro e Planejamento Estratégico Renegociação com fornecedores Filtros Mil OBJETIVOS: melhorar a produtividade da produção de filtros industriais. Assessoria para a composição de indicadores e análise crítica do desempenho global. Curso de Cronoanálise. Positivo Informática OBJETIVOS: Otimizar a linha de produção de computadores por meio da análise de tempos e métodos. w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 25

26 Curso de Cronoanálise executado para os Engenheiros Industriais. Linha de produção otimizada. Fama Beneficiamento Têxtil OBJETIVOS: Análise crítica do desempenho global Assessoria ao Planejamento Estratégico Implantação do programa de 5S Programa de Geração de Ideias Treinamento para 160 empregados em Gerenciamento da Rotina Souza Cruz OBJETIVOS: Capacitação de professores de Cooperativas Associadas. Capacitação em Ferramentas da Qualidade e Modelagem Estatística Aplicada w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 26

27 BectonDikinsonandCompany OBJETIVOS: Capacitar o setor da Qualidade para Análise e Solução de Problemas O Curso de Análise e Solução de Problemas abordou algumas ferramentas da qualidade e sua aplicação prática no dia a dia dos colaboradores, gerando relatórios e reuniões de aprimoramento da qualidade no sistema de gestão da empresa. Renault do Brasil OBJETIVOS: Capacitar 140 gestores em Lean Manufacturing e cadeia produtiva de suprimentos. Coordenação do jogo empresarial Beer Game em 20 equipes simultâneas com a geração posterior dos resultados e análise crítica com a presidência da empresa ao final do evento. w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 27

28 SAÚDE Hospital das Nações Atuação Permanente OBJETIVO: implantação de modelos eficazes de gestão pois o cenário do segmento tem panorama econômico reservado e há necessidade de lidar com a insatisfação dos clientes e usuários do sistema de saúde com a prestação de serviços, além da competitividade crescente entre as instituições. Diagnóstico Organizacional de acordo com o Manual Brasileiro de Acreditação Nível 1 e 2 Versão 2014 Educação em Serviço Implantação da Cultura da Qualidade Metodologia e Equipe para Auditorias Internas Padronização, Criação, Distribuição e Controle de Manuais de Procedimentos (reforçando processos relacionados à segurança, tais como: SESMT, SCIH, CIPA, Engenharia, Gestão de Pessoas, Comissões Legais) Utilização de Ferramentas da Qualidade Implantação do Comitê de Qualidade Cursos Modulares em Gestão da Qualidade e Gestão por Processos Análise do Profissional a ser Contratado w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 28

29 Hospital Pilar OBJETIVO: alcançar a Acreditação Hospitalar ONA Nível 1, fato que ocorreu em Diagnóstico Organizacional Educação em Serviço Implantação da Cultura da Qualidade, Auditorias Internas, Padronização, Criação, Distribuição e Controle de Manuais de Procedimentos Mapeamento de Processos (fluxogramas) Utilização de Ferramentas da Qualidade Implantação do Comitê (desenvolvimento de lideranças) Cursos Modulares em Gestão da Qualidade e Gestão por Processos UNIMED Apucarana OBJETIVOS: Capacitação em Planejamento Estratégico e Gestão da Qualidade. Palestra sobre Planejamento Estratégico. Palestra sobre 5S na área da saúde w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 29

30 Drogarias Nissei OBJETIVO: Capacitação em Gestão da Qualidade. Curso sobre Pensamento Sistêmico Clinipam OBJETIVO: Capacitação em Gestão da Qualidade. Análise crítica sobre o desempenho global Curso sobre Indicadores Ferramentas da qualidade Processos de melhoria contínua Amil OBJETIVO: Capacitação em Gestão da Qualidade. Curso de Gestão da Qualidade na Saúde Curso de Gestão de Processos na Saúde Hospital Nossa Senhora das Graças OBJETIVOS: Manutenção nível 1 da Acreditação Hospitalar e preparação para o nível 2 da Acreditação Hospitalar da ONA w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 30

31 Unimed Federação Assessoria técnica ao Escritório da Qualidade OBJETIVO: Assessoria ao Escritório da Qualidade, já implementado no cliente, para cumprir os requisitos técnicos da norma ISO 9001:2008 para sua recertificação e ajustes no planejamento estratégico da empresa. Capacitação avançada em Ferramentas da Qualidade. Tutoria das atividades do escritório da qualidade. Diagnóstico do Gerenciamento por Processos. Revitalização do Programa da Qualidade. Validação dos mapeamentos de processos existentes e novos mapeamentos. Revisão e operacionalização do Painel de Controle utilizando o software existente Strategic Advisor. w w w. e q p c o n s u l t o r i a. c o m. b r Página 31

BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos

BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos Este curso é ideal para quem está buscando sólidos conhecimentos em como desenvolver com sucesso um projeto de BPM. Maurício Affonso dos

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados.

15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados. 15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados. Agronegócio brasileiro. Aqui vive um país inteiro! CONSULTORIA EM USINAS SUCROALCOOLEIRAS APORTE - Análise de Potencial de mercado com

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 3. Gestão empresarial 3.1 Gestão empresarial Objetivo: prover

Leia mais

SIMPROS 2001. Experiência de implantação da norma ISO 9001:2000 a partir da utilização da ISO/IEC TR 15504 (SPICE) para Melhoria de Processos

SIMPROS 2001. Experiência de implantação da norma ISO 9001:2000 a partir da utilização da ISO/IEC TR 15504 (SPICE) para Melhoria de Processos Experiência de implantação da norma ISO 9001:2000 a partir da utilização da ISO/IEC TR 15504 (SPICE) para Melhoria de Processos Adilson Sérgio Nicoletti Blumenau, SC - setembro de 2001 Conteúdo Apresentação

Leia mais

Programa de Excelência Contábil Apresentação SESCON Rio de Janeiro

Programa de Excelência Contábil Apresentação SESCON Rio de Janeiro Apresentação SESCON Rio de Janeiro A Destra e o SESCON Rio de Janeiro apresentam o Programa de Excelência Contábil (PEC) com o objetivo de capacitar e certificar as empresas de contabilidade do Rio de

Leia mais

Juntos nos multiplicamos.

Juntos nos multiplicamos. Juntos nos multiplicamos. 1 + 1 = 11 Juntos nos multiplicamos. Quem somos Estamos aqui para transformar organizações em empresas de sucesso. Convergir conhecimento, visão sistêmica e resultado, buscando

Leia mais

APRESENTAÇÃO SUL CONSULTING Consultoria & Marketing. Copyright 2015 Sul Consulting. Todos os direitos reservados

APRESENTAÇÃO SUL CONSULTING Consultoria & Marketing. Copyright 2015 Sul Consulting. Todos os direitos reservados APRESENTAÇÃO SUL CONSULTING Consultoria & Marketing Índice Quem somos Resumo profissional do Consultor Organização e escopo do trabalho Metodologia Ferramentas e embasamento Metodologia Gestão de projetos

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

DOW BUSINESS SERVICES Diamond Value Chain Consulting

DOW BUSINESS SERVICES Diamond Value Chain Consulting DOW BUSINESS SERVICES Diamond Value Chain Consulting Soluções personalizadas para acelerar o crescimento do seu negócio Estratégia Operacional Projeto e Otimização de Redes Processos de Integração Eficácia

Leia mais

Nani de Castro. Sumário. Resumo de Qualificações... 2. Atuação no Mercado... 3. Formação Profissional... 5. Contatos... 6.

Nani de Castro. Sumário. Resumo de Qualificações... 2. Atuação no Mercado... 3. Formação Profissional... 5. Contatos... 6. Sumário Resumo de Qualificações... 2 Atuação no Mercado... 3 Formação Profissional... 5 Contatos... 6 Página 1 de 6 Resumo de Qualificações Consultora responsável pela organização e gestão da RHITSolution,

Leia mais

Fortus Consultoria Contábil Case Qualidade. Gestão de Resultados Solução Independente de Setor e Tamanho

Fortus Consultoria Contábil Case Qualidade. Gestão de Resultados Solução Independente de Setor e Tamanho Fortus Consultoria Contábil Case Qualidade Gestão de Resultados Solução Independente de Setor e Tamanho A Motivação da Busca de Programas de Qualidade 34 Experiência com manuais sobre qualidade em indústria

Leia mais

Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina IEL/SC

Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina IEL/SC Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina IEL/SC Uma estrutura de apoio à Inovação Eliza Coral, Dr. Eng., PMP Outubro, 2010 Diretrizes Organizacionais Missão Contribuir para o desenvolvimento sustentável

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

Certificações ISO 9001 por Setor Econômico no Brasil

Certificações ISO 9001 por Setor Econômico no Brasil Certificações ISO 9001 por Setor Econômico no Brasil 9000 8000 8690 7000 6000 5000 4000 3000 4709 3948 2000 1000 29 4 0 Indústria Comércio e Serviços Agropecuária Código Nace Inválido TOTAL Fonte: Comitê

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social Programa 0465 SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO - INTERNET II Objetivo Incrementar o grau de inserção do País na sociedade de informação e conhecimento globalizados. Público Alvo Empresas, usuários e comunidade

Leia mais

Valores diferenciados para associados/funcionários do Sinduscon/RS

Valores diferenciados para associados/funcionários do Sinduscon/RS MBA Contabilidade & Direito Tributário. Parceria: IPOG/Sinduscon-RS O IPOG em parceria com o CRC-RS, traz à Porto Alegre o MBA em Contabilidade & Direito Tributário, que já é sucesso, com mais de 20 turmas

Leia mais

O PREFEITO DO MUNICIPIO DE CONTAGEM, no uso de atribuições legais;

O PREFEITO DO MUNICIPIO DE CONTAGEM, no uso de atribuições legais; DECRETO nº 308, de 09 de abril de 2014. Altera o Decreto nº 1209, de 24 de agosto de 2009, que relaciona os serviços não compulsórios prestados pelo Poder Executivo Municipal, fixa os respectivos preços,

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

PROFILE RESUMIDO LIDERANÇA DAS EQUIPES

PROFILE RESUMIDO LIDERANÇA DAS EQUIPES PROFILE RESUMIDO LIDERANÇA DAS EQUIPES A Prima Consultoria A Prima Consultoria é uma empresa regional de consultoria em gestão, fundamentada no princípio de entregar produtos de valor para empresas, governo

Leia mais

Modelo de Gestão por Processos da Anatel

Modelo de Gestão por Processos da Anatel Modelo de Gestão por Processos da Anatel 1º Evento de Intercâmbio em Planejamento & Gestão das Agências Reguladoras 03 de abril de 2009 Superintendência de Administração-Geral - SAD Gerência-Geral de Talentos

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Projetos tem por fornecer conhecimento teórico instrumental que

Leia mais

CONSULTORIA MUDAR NEM SEMPRE É FÁCIL, MAS AS VEZES É NECESSÁRIO

CONSULTORIA MUDAR NEM SEMPRE É FÁCIL, MAS AS VEZES É NECESSÁRIO MUDAR NEM SEMPRE É FÁCIL, MAS AS VEZES É NECESSÁRIO CONTEÚDO 1 APRESENTAÇÃO 2 PÁGINA 4 3 4 PÁGINA 9 PÁGINA 5 PÁGINA 3 APRESENTAÇÃO 1 O cenário de inovação e incertezas do século 21 posiciona o trabalho

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultoria pessoa física para serviços de preparação

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO DO SISTEMA ELETROBRÁS. Sistema. Eletrobrás

POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO DO SISTEMA ELETROBRÁS. Sistema. Eletrobrás POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO DO SISTEMA ELETROBRÁS Sistema Eletrobrás Política de Logística de Suprimento do Sistema Eletrobrás POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO 4 POLÍTICA DE Logística de Suprimento

Leia mais

Portfólio de Treinamentos. Exo Excelência Operacional // 2014

Portfólio de Treinamentos. Exo Excelência Operacional // 2014 Portfólio de Treinamentos Exo Excelência Operacional // 2014 Treinamentos Exo Excelência Operacional A Exo Excelência Operacional traz para você e sua empresa treinamentos fundamentais para o desenvolvimento

Leia mais

Sustentabilidade no Grupo Boticário. Atuação com a Rede de Franquias

Sustentabilidade no Grupo Boticário. Atuação com a Rede de Franquias Sustentabilidade no Grupo Boticário Atuação com a Rede de Franquias Mais de 6.000 colaboradores. Sede (Fábrica e Escritórios) em São José dos Pinhais (PR) Escritórios em Curitiba (PR) e São Paulo (SP).

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 Reestrutura as unidades vinculadas à Secretaria de Tecnologia da Informação SETIN do Tribunal Superior do Trabalho.

Leia mais

Alinhamento entre Estratégia e Processos

Alinhamento entre Estratégia e Processos Fabíola Azevedo Grijó Superintendente Estratégia e Governança São Paulo, 05/06/13 Alinhamento entre Estratégia e Processos Agenda Seguros Unimed Modelo de Gestão Integrada Kaplan & Norton Sistema de Gestão

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

A Terceirização da Manutenção como Estratégia Competitiva nas Organizações

A Terceirização da Manutenção como Estratégia Competitiva nas Organizações A Terceirização da Manutenção como Estratégia Competitiva nas Organizações Alessandro Trombeta Supervisor de Manutenção Valdemar Roberto Cremoneis Gerente Industrial Cocamar Cooperativa Agroindustrial

Leia mais

Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide

Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide A Nova América na vida das pessoas 8 Cultural Empresarial Missão Do valor do campo ao campo de valor

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

Treinamentos profissionalizantes: Formação Fábrica Digital e PLM

Treinamentos profissionalizantes: Formação Fábrica Digital e PLM O DMS (Digital Manufatcturing and Simulation) é um grupo de pesquisas com foco em PLM (Product Lifecycle Management), Manufatura Digital e Simulação para sistemas de manufatura e produção. Faz parte do

Leia mais

Política de Logística de Suprimento

Política de Logística de Suprimento Política de Logística de Suprimento Política de Logística de Suprimento Política de Logística de Suprimento 5 1. Objetivo Aumentar a eficiência e competitividade das empresas Eletrobras, através da integração

Leia mais

Plano de Ação Política de Gestão de Pessoas

Plano de Ação Política de Gestão de Pessoas Plano de Ação Política de Gestão de Pessoas (Produto 1) TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DA BAHIA PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO DO SISTEMA DE CONTROLE EXTERNO DOS ESTADOS, DISTRITO FEDERAL E MUNICÍPIOS

Leia mais

Nós fazemos Gestão e sua Empresa faz Sucesso! Portfólio. Francisco & Francisco Sistemas de Gestão Ltda. 1. Quem Somos?

Nós fazemos Gestão e sua Empresa faz Sucesso! Portfólio. Francisco & Francisco Sistemas de Gestão Ltda. 1. Quem Somos? Portfólio 1. Quem Somos? Somos uma Equipe de Auditores, Consultores e Assessores Empresariais com diversas competências para melhorar o desempenho de qualquer negócio por meio de SISTEMAS DE GESTÃO DA

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 Rosely Vieira Consultora Organizacional Mestranda em Adm. Pública Presidente do FECJUS Educação

Leia mais

PARTE IV Consolidação do Profissional como Consultor. Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc.

PARTE IV Consolidação do Profissional como Consultor. Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc. FATERN Faculdade de Excelência Educacional do RN Coordenação Tecnológica de Redes e Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc.

Leia mais

Histórico. Missão. Visão

Histórico. Missão. Visão Histórico Fundada em 1996 na cidade de Mossoró/RN, a Índice Consultores Associados atua em serviços de consultoria empresarial para os mais diversos segmentos (Comércio, Industria e Serviço) sendo pioneira

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Formação Efetiva de Analistas de Processos

Formação Efetiva de Analistas de Processos Formação Efetiva de Analistas de Processos Este Curso visa dar subsídios para reduzir os impactos das constantes transformações organizacionais nas empresas, em face do aumento das demandas por mais competividade.

Leia mais

SUMÁRIO. Este procedimento define a estrutura e a sistemática para a condução da Análise Crítica do Sistema de Gestão de SMS da OGX.

SUMÁRIO. Este procedimento define a estrutura e a sistemática para a condução da Análise Crítica do Sistema de Gestão de SMS da OGX. Procedimento de Gestão OGX PG.SMS.017 Denominação: Análise Crítica SUMÁRIO Este procedimento define a estrutura e a sistemática para a condução da Análise Crítica do Sistema de Gestão de SMS da OGX. ÍNDICE

Leia mais

S e g u r a n ç a. d a. I n f o r m a ç ã o 2007

S e g u r a n ç a. d a. I n f o r m a ç ã o 2007 S e g u r a n ç a d a I n f o r m a ç ã o 2007 Uma corrente não é mais forte do que seu elo mais fraco. Tem medo de ataques? Tranque sua rede numa sala!. Só gerenciamos aquilo que medimos, só medimos aquilo

Leia mais

Gestão de Tecnologia da Informação e Comunicação

Gestão de Tecnologia da Informação e Comunicação Gestão de Tecnologia da Informação e Comunicação Curso autorizado pela Resolução nº 247-06/12/2010. Publicado:09/12/2010 SETEC/MEC Nota obtida na autorização: 4 Objetivos O Curso Superior de Tecnologia

Leia mais

Luiz Ildebrando PIERRY 28/4/2009

Luiz Ildebrando PIERRY 28/4/2009 Luiz Ildebrando PIERRY 28/4/2009 Estrutura da AQRS/PGQP 2009/2010 CONSELHO SUPERIOR CONSELHO FISCAL CTSA CTSA CONSELHO DIRETOR SECRETARIA EXECUTIVA Comitês Setoriais Comitês Regionais Org. com Termo de

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

Desenvolvendo líderes e transformando empresas para um mundo melhor

Desenvolvendo líderes e transformando empresas para um mundo melhor Desenvolvendo líderes e transformando empresas para um mundo melhor Quem Somos A Caput Consultoria chega aos seus quinze anos com muito a comemorar! Temos desenvolvido projetos relevantes em companhias

Leia mais

Treinamento Visão de Negócios (Zíper)

Treinamento Visão de Negócios (Zíper) Treinamento Visão de Negócios (Zíper) Identificando oportunidades de negócios 1. Objetivos: Evidenciar como as importantes mudanças econômicas, sociais e políticas que vêm ocorrendo no cenário mundial

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário.

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário. 1. Apresentação O Voluntariado Empresarial é um dos canais de relacionamento de uma empresa com a comunidade que, por meio da atitude solidária e proativa de empresários e colaboradores, gera benefícios

Leia mais

Liziane Castilhos de Oliveira Freitas Departamento de Planejamento, Orçamento e Gestão Escritório de Soluções em Comportamento Organizacional

Liziane Castilhos de Oliveira Freitas Departamento de Planejamento, Orçamento e Gestão Escritório de Soluções em Comportamento Organizacional CASO PRÁTICO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL E GESTÃO DE TALENTOS: COMO A GESTÃO DA CULTURA, DO CLIMA E DAS COMPETÊNCIAS CONTRIBUI PARA UM AMBIENTE PROPÍCIO À RETENÇÃO DE TALENTOS CASO PRÁTICO: COMPORTAMENTO

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE. Especialista em Vendas, Inovação e Liderança.

APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE. Especialista em Vendas, Inovação e Liderança. APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE Especialista em Vendas, Inovação e Liderança. Bacharel em Administração de Empresas pela Universidade Federal da Paraíba, com MBA em Marketing & Vendas pelo INPG Business

Leia mais

PORFOLIO DE SERVIÇOS. www.qualicall.com.br

PORFOLIO DE SERVIÇOS. www.qualicall.com.br PORFOLIO DE SERVIÇOS www.qualicall.com.br Visão O mercado industrial, de serviços e e-business reconhecerão a QUALICALL como uma empresa pequena, coesa e competitiva, porém muito grande na sua base de

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ LUÍS MÁRIO LUCHETTA DIRETOR PRESIDENTE GESTÃO 2005/2008 HISTÓRICO

Leia mais

PALESTRA: SEJA MAIS FELIZ!

PALESTRA: SEJA MAIS FELIZ! PALESTRA: SEJA MAIS FELIZ! CONTEÚDO O que é a felicidade? Onde tudo começa... Decisão e ação O que está por trás das decisões? Por que dar-se ao trabalho? Você está no controle! Conhece-te a ti mesmo...

Leia mais

Gestão por Processos 2013- IQPC

Gestão por Processos 2013- IQPC Gestão por Processos 2013- IQPC PEX WEEK BRAZIL 2013 Integração das Metodologias no Sistema de Gestão vinculadas à Cultura e à estratégia de Negócios da empresa Alberto Pezeiro Seta Desenvolvimento Gerencial

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO COM FOCO EM COMPETÊNCIAS:

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO COM FOCO EM COMPETÊNCIAS: AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO COM FOCO EM COMPETÊNCIAS: Implantação do sistema de Avaliação de Desempenho com Foco em Competências no Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região Belém PA 2013 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Leia mais

Frederico dos Santos Rezende

Frederico dos Santos Rezende Frederico dos Santos Rezende Process Analyst da empresa Algar Tech freddericosr@yahoo.com.br Resumo Profissional com experiência em gestão de processos, projetos e negócios, com foco na melhoria dos resultados.

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Sumário 1. A Empresa i. Nossas Crenças O Grupo Voitto i Método de Trabalho iv. Nossos Diferenciais v. Nossos Clientes vi. Equipe Societária 2. Mercado de Consultoria no Brasil

Leia mais

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Pesquisa de Maturidade do GERAES. Data de aplicação: 21/02/08

Pesquisa de Maturidade do GERAES. Data de aplicação: 21/02/08 Pesquisa de Maturidade do GERAES Data de aplicação: 21/02/08 Pesquisa de Maturidade Metodologia MPCM / Darci Prado Disponível em www.maturityresearch.com Metodologia da pesquisa 5 níveis e 6 dimensões

Leia mais

GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Realização:

GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Realização: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS Realização: Ademar Luccio Albertin Mais de 10 anos de experiência em Governança e Gestão de TI, atuando em projetos nacionais e internacionais

Leia mais

Certificação ISO/IEC 27001. SGSI - Sistema de Gestão de Segurança da Informação. A Experiência da DATAPREV

Certificação ISO/IEC 27001. SGSI - Sistema de Gestão de Segurança da Informação. A Experiência da DATAPREV Certificação ISO/IEC 27001 SGSI - Sistema de Gestão de Segurança da Informação A Experiência da DATAPREV DATAPREV Quem somos? Empresa pública vinculada ao Ministério da Previdência Social, com personalidade

Leia mais

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos.

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. Q A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. É uma alusão à essência e ao compromisso da Secretaria

Leia mais

Apresentação ao Grupo de Usuários PROCERGS

Apresentação ao Grupo de Usuários PROCERGS Apresentação ao Grupo de Usuários PROCERGS Ricardo Neves Pereira Subsecretário da RE Ivo Estevão Luft Júnior Assessor de Planejamento APLAN 22/03/2013 Introdução Apresentação pessoal A transferência do

Leia mais

Engajamento com Partes Interessadas

Engajamento com Partes Interessadas Instituto Votorantim Engajamento com Partes Interessadas Eixo temático Comunidade e Sociedade Principal objetivo da prática Apoiar o desenvolvimento de uma estratégia de relacionamento com as partes interessadas,

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico A decisão pela realização do Planejamento Estratégico no HC surgiu da Administração, que entendeu como urgente formalizar o planejamento institucional. Coordenado pela Superintendência

Leia mais

EIXO DE APRENDIZAGEM: CERTIFICAÇÃO E AUDITORIA Mês de Realização

EIXO DE APRENDIZAGEM: CERTIFICAÇÃO E AUDITORIA Mês de Realização S QUE VOCÊ ENCONTRA NO INAED Como instituição que se posiciona em seu mercado de atuação na condição de provedora de soluções em gestão empresarial, o INAED disponibiliza para o mercado cursos abertos,

Leia mais

CURSO: ADMINISTRAÇÃO DE EXCELÊNCIA EM ORGANIZAÇÕES DA ÁREA DA SAÚDE

CURSO: ADMINISTRAÇÃO DE EXCELÊNCIA EM ORGANIZAÇÕES DA ÁREA DA SAÚDE CURSO: ADMINISTRAÇÃO DE EXCELÊNCIA EM ORGANIZAÇÕES DA ÁREA DA SAÚDE A GILBERTI CONSULTORIA E TREINAMENTO Somos uma empresa bauruense e contamos com uma equipe de consultores com sólida formação acadêmica

Leia mais

Prepare-se para uma viagem em

Prepare-se para uma viagem em Prepare-se para uma viagem em que você poderá:. conhecer diversas culturas e perspectivas,. desenvolver novas competências,. participar de uma organização estadual,. obter uma rede de contatos diferenciada,

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS São Paulo Presença nacional, reconhecimento mundial. Conheça a Fundação Dom Cabral Uma das melhores escolas de negócios do mundo, pelo ranking de educação executiva

Leia mais

Segmento MANUFATURA TÊXTIL E VESTUÁRIO

Segmento MANUFATURA TÊXTIL E VESTUÁRIO Segmento MANUFATURA TÊXTIL E VESTUÁRIO No mercado têxtil e de vestuário, alta competitividade, sazonalidade e novas tecnologias de indústrias como a calçadista, de esportes e a própria moda são grandes

Leia mais

Gestão estratégica em finanças

Gestão estratégica em finanças Gestão estratégica em finanças Resulta Consultoria Empresarial Gestão de custos e maximização de resultados A nova realidade do mercado tem feito com que as empresas contratem serviços especializados pelo

Leia mais

Gestão. Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Qualidade. Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

Gestão. Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Qualidade. Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da Qualidade Gestão O tecnólogo em Gestão da Qualidade é o profissional que desenvolve avaliação sistemática dos procedimentos, práticas e rotinas internas e externas de uma entidade, conhecendo e aplicando

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v2 Livros ITIL v2 Cenário de TI nas organizações Aumento da dependência da TI para alcance

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec: Professor Mário Antônio Verza Código: 164 Município: Palmital Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Serviços Jurídicos

Leia mais

SLA Aplicado ao Negócio

SLA Aplicado ao Negócio SLA Aplicado ao Negócio Melhores Práticas para Gestão de Serviços Rildo Versão Santos 51 Rildo @rildosan Santos @rildosan rildo.santos@etecnologia.com.br www.etecnologia.com.br http://etecnologia.ning.com

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Março, 2012

CURRICULUM VITAE. Março, 2012 CURRICULUM VITAE Março, 2012 Serafim Jacques Filho Rua Otto Weber, 115 Bairro Erica 98280-000 Panambi-RS Brasileiro Fones: Res. (55) 3375-7680 Casado Celular: (55) 9981-9985 43 anos E-mail: jacquesserafim@gmail.com

Leia mais

Governança de TI UNICAMP 13/10/2014. Edson Roberto Gaseta

Governança de TI UNICAMP 13/10/2014. Edson Roberto Gaseta Governança de TI UNICAMP 13/10/2014 Edson Roberto Gaseta Fundação CPqD Instituição brasileira focada em inovação Experiência em projetos de TI e de negócios Desenvolvimento de tecnologia nacional Modelo

Leia mais

Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÁREA DO CONHECIMENTO: Engenharia. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Engenharia de Produção. PERFIL PROFISSIONAL: Este

Leia mais

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com Introdução Atualmente, é impossível imaginar uma empresa sem uma forte área de sistemas

Leia mais

Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro. Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014

Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro. Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014 Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014 INTRODUÇÃO Sobre o Relatório O relatório anual é uma avaliação do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo da FDC sobre as práticas

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Art. 1º - A Diretoria de Tecnologia de Informação e Comunicação DTIC da Universidade FEDERAL DO ESTADO DO RIO

Leia mais

Marcus Gregório Serrano

Marcus Gregório Serrano Marcus Gregório Serrano Presidente marcus.gregorio@pmies.org.br presidencia@pmies.org.br Consultor e professor. Graduado em Sistemas de Informação, é especialista em Gerenciamento de Projetos e certificado

Leia mais

GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS. Vanice Ferreira

GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS. Vanice Ferreira GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS Vanice Ferreira 12 de junho de 2012 GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS: conceitos iniciais DE QUE PROCESSOS ESTAMOS FALANDO? GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS: conceitos iniciais

Leia mais

Círculos de Diálogos no Município. Municipalização dos ODM - 2010

Círculos de Diálogos no Município. Municipalização dos ODM - 2010 Círculos de Diálogos no Município Municipalização dos ODM - 2010 Desde 2006, o Movimento Nós Podemos Paraná articula os Círculos de Diálogo que são encontros para incentivar o trabalho voluntário dos três

Leia mais

Sumário. Introdução... Diagnóstico... Objetivo: 100% de Aprovação... A Conquista...

Sumário. Introdução... Diagnóstico... Objetivo: 100% de Aprovação... A Conquista... Créditos Gilson Ribeiro Gomes Economista Jonatas Costa Monte Alto Administrador de Empresas Felipe Augusto da Silva Mendes - Psicólogo Bruna Albuquerque Graduanda em Administração de Empresas Sumário Introdução...

Leia mais

Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar

Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar MANUAL DO AVALIADOR Parte I 1.1 Liderança Profissional habilitado ou com capacitação compatível. Organograma formalizado, atualizado e disponível. Planejamento

Leia mais

CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA.

CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA. CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA. Raquel Engeroff Neusa Cristina Schnorenberger Novo Hamburgo RS Vídeo Institucional Estratégia Visão Missão Ser uma das 5 maiores empresas de software de gestão empresarial

Leia mais

VAGAS. Ger Supply Chain. Coord Adm Vendas / Gerente Jr

VAGAS. Ger Supply Chain. Coord Adm Vendas / Gerente Jr VAGAS Ger Supply Chain Coord Adm Vendas / Gerente Jr Superior Completo e MBA em Logística Experiência na posição de 5 anos mínimo Reporte: Diretor Industrial Inglês Fluente e desejável espanhol Reportando-se

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS 8 - Política de segurança da informação 8.1 Introdução A informação é um ativo que possui grande valor para a COOPERFEMSA, devendo ser adequadamente utilizada e protegida contra ameaças e riscos. A adoção

Leia mais

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais