News. Ano I Mai/Jun/Jul Parceria com Grupo Sinos beneficia clientes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "News. Ano I Mai/Jun/Jul 2002. Parceria com Grupo Sinos beneficia clientes"

Transcrição

1 Ano I Mai/Jun/Jul 2002 n Capacitação: a renovação do conhecimento Páginas centrais n COD Fronteira muda para Uruguaiana Página 7 Distribuição A tecnologia a serviço do cliente: a AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia inaugura a primeira linha de transmissão do Sul do Brasil com estruturas metálicas compactas. Pág. 6 Parceria com Grupo Sinos beneficia clientes A partir da segunda quinzena de maio, os assinantes de jornais do Grupo Sinos (NH, VS, Diário de Canoas e ABC Domingo) já podem optar por receber a cobrança de assinaturas através da sua conta de luz. Esse foi o resultado de um convênio assinado entre a AES Sul e o Grupo, no final de abril, e que tem como objetivo facilitar a vida dos clientes das duas instituições. A facilidade se extende a todos os 114 municípios da área de cobertura da AES Sul. Esse é um serviço pioneiro e o acordo é o primeiro entre empresas dessa natureza, informa o nosso diretor Roberto Zanardo. A adesão é viabilizada através do preenchimento e assinatura de um formulário publicado nos jornais. A aproximação das duas empresas trazem benefícios a todos principalmente aos clientes comuns que elas possuem e só foi possível graças à tecnologia avançada que ambas possuem. Além disso, ela configura um primeiro passo para futuros convênios do mesmo tipo, unificando interesses e trazendo vantagens ao consumidor.

2 2 Mai/Jun/Jul/2002 A nossa satisfação de bem servir EDITORIAL Esta edição do nosso AES Sul contempla a diversidade de atuação de nossa empresa. Nestas páginas estão toda a nossa disposição e empenho para fornecer aos nossos clientes energia elétrica limpa, confiável e de qualidade - o que transparece através das ações de nossas unidades. Nossa busca permanente por superar nossa própria atuação está presente na matéria sobre o Projeto Capacitação. Acreditamos firmemente que buscar o melhor, capacitar-se, superar-se, é o que faz com que sejamos vencedores, sempre com o foco e a atenção nos nossos clientes e na comunidade que servimos. Também nos traz muita satisfação apresentar nossos resultados financeiros, extremamente positivos em termos de gestão empresarial. Portanto, para a AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia, compartilhar estas boas notícias é motivo de muita alegria, significando também interação e respeito para com nossos públicos. Damian Obiglio Presidente Em 2001, nosso melhor desempenho N o ano de 2001, a AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia apresentou o melhor resultado econômico financeiro desde sua criação, no ano de A distribuidora, que atende 114 municípios, sendo parte da Região Metropolitana e Regiões Centro e Oeste do Estado, tem uma carteira de 948 mil clientes, entre industriais, comerciais, residenciais e rurais. O balanço da empresa, recentemente divulgado, mostra um resultado positivo de R$ MM, com crescimento de 132,47% em relação ao do ano 2000, que foi negativo em R$ (-) MM. A receita operacional líquida em 2001 foi de R$ MM, com crescimento de 69,06% em relação a 2000, que foi de R$ MM. Em 2001, a AES Sul investiu R$ 71,5 milhões em melhorias e ampliação do sistema, na estrutura de atendimento aos clientes, em programas de combate ao desperdício de energia e em projetos sociais. Os prin cipais in vestimentos da empresa, no ano passado, foram as subestações de Dois Irmãos, Uruguaiana 4 e Vale do Sol, além da ampliação da SE Canudos (NovoHamburgo), da reforma das SEs de Cachoeira do Sul, Lajeado 1, Jaguari e Caçapava do Sul, e da construção de 94 quilômetros de linhas de transmissão em 69kV. No que diz respeito à qualidade dos serviços, durante o ano de 2001, dois dos principais indicadores que medem esse desempenho, o DEC (tempo de interrupção no fornecimento de energia por cliente), e o FEC (freqüência equivalente de interrupção de energia por cliente), tiveram um resultado favorável, conforme mostram os quadros nesta página. No seu conjunto, estes indicadores ficaram, respectivamente, 17,77% e 8,69% abaixo da meta estabelecida pela ANEEL, situando-se entre os melhores índices observados no Brasil. Se excluídas as interrupções de transmissão, que não estão sob o controle da Companhia, os índices seriam, DEC 18,56 horas/ano e FEC 14,65 vezes/ano. AES Sul- Distribuidora Gaúcha de Energia Presidente: Damian Obiglio Líder de Comunicação e Marketing: Roberto S. Zanardo Rua Dona Laura, º andar. Porto Alegre (RS) - Fone ( 051 ) AES Sul Produção: Grapho's Comunicação Redação e edição: Leila Pinto (DRT 5.242), Humberto Andreatta (DRT 3.695) - Projeto Gráfico/Editoração: Cristina Pozzobon Impressão: Comunicação Impressa Tiragem: exemplares Duração equivalente por consumidor/dec Freqüência equivalente por consumidor/fec

3 Mai/Jun/Jul/ Um mercado inteligente precisa de informação especializada U m portal que trata só de questões relacionadas à energia - o Canal Energia - faz sucesso na Internet, com 272 mil consultas só no último mês de abril. AES Sul foi ouvir o seu Diretor de Operações, Rodrigo Ferreira, para conhecer de perto o que é esse canal, como surgiu e as razões de tanta demanda de informação no setor. Quando foi criado o Canal Energia? Ele surgiu em razão da crise brasileira nesse setor? O Portal CanalEnergia foi criado em agosto de 2000, tendo sido disponibilizado na Internet em novembro de Na realidade, o Portal iniciou sua operação antes de estourar efetivamente a crise de energia, e a idéia inicial de implementar um Portal na Internet com conteúdo exclusivo, ou seja, equipe própria de jornalistas no Rio, São Paulo e Brasília, e serviços focados para o mercado surgiu por uma razão bastante contrária à crise de energia: o crescimento do setor, o processo de abertura de mercado e as novas oportunidades do setor elétrico. Entendemos que um mercado forte, dinâmico e inteligente precisa de informação especializada e recursos de TI específicos, ferramentas estas cruciais para um mercado competitivo. Qual o número de acessos ao Canal? As consultas ao portal são feitas preferencialmente por profissionais do setor, por empresas, pelos consumidores? O número de acesso ao Portal vem crescendo significativamente desde seu lançamento, crescimento este justificado pela participação do Portal em eventos e feiras, e pela implementação de novos serviços e pela letter Diária. Nosso público é formado basicamente por profissionais do setor, sendo que 45% dos nosso usuários são de concessionárias estatais e privadas. Em abril de 2002, alcançamos 272 mil consultas, um crescimento de 23% em relação ao mês de março, ou seja, 30 dias. Cabe ressaltar que este crescimento foi recorde e devido a um trabalho de implementação do CanalEnergia em diversos sites e Intranets das empresas. Qual a sua avaliação do Canal Energia como empreendimento na área de comunicação? Quem são seus principais clientes? Qual a principal fonte de renda do portal? Hoje o Portal é mantido pela empresa Canal Energia Internet S/C Ltda, uma empresa de comunicação especializada no setor elétrico. Hoje operamos o Portal CanalEnergia; um catálogo de produtos e serviços específico para o setor elétrico; e uma empresa de desenvolvimento de sites, ZonaElétrica, especializada em desenvolver e manter sites para o setor de energia elétrica. Hoje a ZonaElétrica opera os sites da Abrate, Abrace, Abesco, CanalEnergia, Megalight, e estamos em fase avançada de desenvolvimento dos sites da Marte Engenharia, Bargoa e outros cinco projetos em fase final de negociação. Essas são efetivamente as fontes de receita da empresa, sendo que nestes quase dois anos de mercado, já tivemos negócios com 31 empresas do mercado, entre elas: Furnas, Eletronorte, Eletronuclear, Siemens, Duke Energy, Enertrade, Banco do Brasil, CPFL, Enron, Tractebel Energia, entre outras. Em junho estaremos lançando, em parceria com a IESP - Infraestrutura Serviços e Participações Ltda - o CndPCH -Centro Nacional de Desenvolvimento de Pequenas Centrais Hidrelétricas. O CndPCH terá um Portal centralizando serviços e informações para PCH e um braço de consultoria preparado para prestar serviços para empreendedores e projetos de pequenas centrais. Brevemente: como foi viabilizado, do ponto de vista editorial, um portal segmentado na área de energia? Quais os princípios de sua linha editorial? Basicamente, o Portal opera um serviço de informações em tempo real, o Plantão CanalEnergia, e uma revista O consumidor, na realidade, executa aquilo que lhe é passado. Nós, brasileiros, mostramos que estamos prontos para nos adaptarmos rápido a novas regras de consumo. digital dividida em 12 editorias, nas quais trabalhamos o assunto energia elétrica sob a ótica de Mercado Livre; Negócios; Consumidor; O&M; P&D; Meio Ambiente, entre outros canais. O Portal oferece ainda o conceito de navegação dinâmica, com a qual o usuário pode checar, enquanto busca notícias, íntegras de resoluções da Aneel, preços do MAE, evolução dos reservatórios; além de poder entrar diretamente nas principais seções dos sites dos principais agentes do mercado de energia elétrica, entre outros. O sr. acredita que a população brasileira, em geral, é mal informada sobre o uso racional de energia? Acredito que no Brasil esse assunto ainda não tenha sido bem trabalhado pelas empresas e pelo governo, pelo menos até o racionamento. Por este ponto de vista, a crise de energia trouxe consigo um lado positivo, permitindo que o consumidor pudesse entender o seu consumo, tendo acesso a mecanismos e ferramentas para racionalizar o uso da energia. Com a implantação dos consumidores livres em todos os segmentos de consumo, incluindo o residencial, essa mentalidade de buscar a melhor alternativa na compra de energia deve ganhar importância. Hoje, com um mercado passivo, é realmente difícil fazer o consumidor entender as opções e o valor da energia, já que ele não possui alternativas de economizar a não ser medidas por ele próprio implementadas. Que lições o Sr. acha que o Brasil realmente tirou da crise? Hoje o Brasil adaptou uma série de procedimentos do setor e vem tentando implementar outros tanto, que resultarão na criação de um mercado forte, dinâmico e competitivo. Pelo menos esse é o esforço do governo e dos agentes do setor. Qualquer processo de autoregulamentação e abertura de mercado é doloroso, a princípio, porém, bastante promissor num horizonte de médio e longo prazos. Pelo ponto de vista do consumidor, passamos a saber o que significa um KWh, como economizar, quanto gasta um aparelho eletrônico e como funciona o mercado de energia no Brasil. O Sr. defende a racionalização no uso da energia. Quem deve contribuir mais para isso: o consumidor, o governo ou as empresas do setor? O consumidor, na realidade, executa aquilo que lhe é passado. Nós, brasileiros, mostramos que estamos prontos para nos adaptarmos rápido a novas regras de consumo. O governo e as empresas precisam trabalhar melhor a comunicação com os consumidores, não apenas informando o que deve ser feito para economizar energia, mas também o porquê de se economizar e os resultados efetivos que a economia lhe trará. E, caso empresas e governo, no meu entender, queiram que haja um uso racional de energia, durante o processo educacional, o consumidor deve obter vantagens para que a cultura de utilizar racionalmente

4 4 Fev/Mar/Abr/2002 Mai/Jun/Jul/ A renovação do conhecimento n Qualidade e eficiência, uma marca da AES Sul A s pessoas e times da AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia estão topando o desafio da qualificação e do aperfeiçoamento profissional. Decidir, correr riscos e evoluir são ações que dependem fundamentalmente da contínua renovação do conhecimento, como forma de preparação para a obtenção de resultados nos negócios. Esta é a visão que norteia o Projeto Capacitação, que a empresa materializa através de eventos abertos à participação de todos os seus colaboradores, destinados à troca de experiências, e que utiliza, como ferramentas efetivas de crescimento pessoal e profissional entre os participantes, de instrumentos como jogos, debates e estudos de casos práticos. O objetivo maior está presente em todo o decorrer do Projeto: contribuir para o desenvolvimento profissional das pessoas e para o melhor aproveitamento do potencial de contribuição individual de cada um e dos times dos quais participam tendo sido comprovado, já, que é altamente positivo o produto da multiplicação de talentos, conhecimentos e motivação. Para atingir este resultado, além do fundamental interesse pelo auto-desenvolvimento e a contribuição dos participantes, os principais fatores têm sido a dedicação, a inteligência e a energia de aproximadamente 80 pessoas AES Sul que atuam como instrutores. O Projeto é impulsionado sob sua orientação. Torna-se fácil perceber, assim, que as pessoas são muito motivadas, também, através da saudável competição gerada pela Copa dos Campeões, através da qual elas buscam estar nas primeiras posições dos rankings individuais e dos times, numa movimentação muito interessante de participação. A Copa dos Campeões apenas começou. Ela ainda terá a duração de mais oito meses até a apuração final dos vencedores. Até março, já haviam sido ocupadas 15% das horas previstas para o total do projeto, restando cumprir ainda, até o seu final, 85%, ou seja, mais de h/h, conforme mostra o gráfico. A expectativa da AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia, com esse projeto, é de atingir a meta projetada para o ano, desenvolvendo eventos de capacitação técnica, gestão empresarial, visão de resultados, setor elétrico, liderança e comportamental. Curso para eletricistas (em cima); o Show Arrecadação (ao lado) e o time do Faturamento Como anda a Copa dos Campeões Os primeiros resultados parciais da Copa dos Campeões, apurados e divulgados ao final de março passado e cumpridos apenas 15% das metas previstas para o Projeto Capacitação já apontam alguns participantes com atuação que vêm obtendo destaque. Esse é o verdadeiro estímulo para que Projeto Capacitação - Indicadores - Março/2002 os demais, que ainda não aparecem nas listagens, redobrem os seus esforços, entrando a valer na competição. Nas tabelas abaixo, veja quais eram os principais indicadores do Projeto, em março, e quem vinha obtendo melhor desempenho. PROGRAMA HORAS-HOMEM EVENTOS Metas Realizadas % Realizadas n Capacitação Técnica (total) ,8% 7 n Setor Elétrico (total) ,2% 1 n Gestão empresarial (total) ,3% 2 n Visão de Resultados (total) ,8% 4 n Liderança (total) n Comportamento (total) n Call Center - Desenvolvimento (total) ,1% 2 n Call Center - Seleção (total) ,5% 4 n TOTAL GLOBAL ,7% 20 POSIÇÃO n 1ª n 2ª n 3ª Times - Processos Instrutores TIME / PROCESSO Contabilidade Call Center Gestão de Materiais POSIÇÃO NOME TIME / PROCESSO n 1º Ana Paula Metz de Souza Call Center n 2º Valdir Flores de Menezes Processos Comerciais n 3º Ana Paula Câmara Canoas n 4º Alessandra Kozlowski Canoas n 5º Sheila Flores da Silva Call Center n 6º Paulo Ricardo Araújo Montenegro n 7º Paulo Roberto Cichelero Call Center n 8º Renan Almeida Ribeiro Processos Comerciais n 9º Nara Duarte Soares Canoas n 10º Pedro Paulo Schmidt Diretoria n 10º Valmir Mattos Processos Comerciais Participantes POSIÇÃO NOME TIME / PROCESSO n 1º Carlos Alberto Santanna Canoas n 1º Fabio Calvo Silva Livramento n 1º Gilberto Batista Schleder São Leopoldo n 1º José Maria Barros Planej. de Exp. e Manutenção n 1º Júlio Augusto da Rocha Sapiranga n 1º Júlio César Baldasso Contabilidade n 1º Maria Beatriz Cardoso de Araújo Contabilidade n 1º Marisa Aldina Streck Santa Maria n 1º Valdones Gedevar Padilha dos Santos CME n 10º Wayner da Trindade Piegas Processos Comerciais

5 6 Mai/Jun/Jul/2002 EM FOCO Lâmpadas compactas já estão sendo distribuídas No dia cinco de abril, a AES Sul iniciou a distribuição de 110 mil lâmpadas fluorescentes compactas de 15 watts, para os cerca de 50 mil clientes da sua área de concessão classificados como "Baixa Renda" (consumo mensal de até 160 Kw/h e moradia de até 40 m2). Cada cliente contemplado no projeto receberá, instaladas na sua residência, duas lâmpadas. O projeto prevê que as novas lâmpadas substituam as lâmpadas incandescentes de 60 watts, proporcionando uma economia em torno de 85% no consumo de energia elétrica. Segundo o coordenador do Programa de Eficiência Energética da AES Sul, Antônio Saldanha Nunes, o projeto será realizado até o final de maio. A economia de energia esperada pela AES Sul é de aproximadamente 8.212,5 MW/h e uma demanda evitada de 2.790,0 KW. O investimento total da empresa é de R$ ,00. A primeira região contemplada da área de concessão da AES Sul foi a Fronteira-Oeste, entre os dias 05 a 20 de abril, seguida da região Centro, de 21 de abril a 10 de maio. Por último estão regiões dos Vales do Taquari e Rio Pardo, e Região Metropolitana. Alcance social O projeto, segundo Saldanha, tem um objetivo social, trazendo medidas de eficiência energética que beneficiem os clientes de baixa renda auxiliando, além disso, no processo de redução do desperdício de energia. Ele integra o Programa Anual de Combate ao Desperdício de Energia Elétrica da AES Sul. Em 2002, a empresa planeja investir em torno de R$ 4 milhões e 711 mil reais nesse programa. Equipe prepara avanços no sistema de gestão N o último dia 15 de abril teve início uma nova fase do Projeto Evolução da AES Sul, durante a qual será realizado o levantamento das necessidades e definição do modelo de processos da Companhia. O Projeto consiste na migração para uma nova versão do software R/3 da empresa SAP, sobre o qual se desenvolve o sistema de gestão da empresa, preparando-se, agora, a implementação de novos módulos como o de Manutenção (PM), Investimento (PS) e Venda de Serviços e Produtos (SD). Também estão sendo feitas uma revisão e melhorias de processos nos módulos já existentes - Financeiro (FI), Custos (CO) e Gestão de Materiais (MM). Na fase seguinte, que terá início no dia 3 de junho, este modelo será contemplado no R/3. O projeto tem como objetivos principais a adaptação do Plano de Contas ANEEL, melhoria dos processos atuais, evolução tecnológica, análise No início de abril, a AES Sul colocou em operação uma nova subestação, ampliando e melhorando seus serviços aos consumidores. Trata-se da SE- Venâncio Aires, com características de 69/13,8 KV e acréscimo de potência de 25 MVA. Ela foi desenvolvida para aliviar o carregamento da subestação existente, aumentando a disponibilidade de carga para a região em 40%. O investimento realizado, da ordem de R$ 2,03 milhões, proporcionará a melhoria dos níveis de qualidade e confiabilidade junto aos clientes beneficiados, cerca de 15 mil, nos municípios de Venâncio Aires, Mato Leitão e Sério. As novas estruturas metálicas compactas com isoladores poliméricos, utilizadas na linha n Equipe do Projeto Evolução: 20 pessoas AES Sul e 10 consultores de fluxo de caixa, gestão multiempresa (AES Sul, Infoenergy), disponibilizar uma ferramenta de gestão de negócios para a empresa e disseminar os conceitos dessa ferramenta a um maior número de pessoas AES, entre outros benefícios a serem gerados. A equipe do Projeto Evolução é composta por 30 pessoas, sendo 20 pessoas AES Sul e 10 consultores SAP com de transmissão de 3,7 km que alimenta a estação, representaram para a AES Sul uma economia aproximada de 15% nem relação às estruturas de dedicação de tempo integral, todos organizados por módulos em uma estrutura física única. As pessoas AES Sul receberam treinamentos do dia 28 de janeiro ao dia 1º de abril, alcançando uma ampla visão de todos os processos a serem desenvolvidos e validados para que, ao chegar no dia 1º de outubro, o projeto entre em produção, atendendo todas as necessidades da AES Sul. Uma nova subestação em Venâncio Aires n Nova estação beneficia 15 mil consumidores concreto normalmente usadas em perímetros urbanos. Esta é a primeira linha de transmissão no Sul do Brasil a usar este tipo de estrutura para 69 kv.

6 Mai/Jun/Jul/ COD Fronteira muda para Uruguaiana Uma operação complexa, mas que com o esforço das pessoas AES Sul acabou sendo bem sucedida e até mesmo superando as expectativas, foi a transferência do Centro de Operação e Distribuição Fronteira, de Alegrete para a vizinha Uruguaiana - o que ocorreu no início de março, exigindo, antes, uma boa planificação para ser executado. Em Alegrete, conforme lembra Elias Rocha Sanches, vinculado ao time de Livramento pela estrutura favo de mel (Operador do COD Fronteira) os problemas que vinham sendo enfrentados prejudicavam toda a intenção e os esforços para realização de um bom trabalho. Falhas de estabilidade no linck de comunicação, por exemplo, eram muito freqüentes, e sempre que aconteciam resultavam num verdadeiro entrave. Se o problema ocorria numa quintafeira, às vezes ficávamos até cinco dias trabalhando mal, porque abríamos um chamado e tínhamos que ficar muito tempo aguardando o atendimento, exemplifica Elias. O acesso discado que o time possui para emergências (backup) como essa não existe para ser usado com freqüência e por muito tempo, pois opera com lentidão, prejudicando o trabalho das equipes que exige rapidez e agilidade, devido à série de informações, manobras e outros itens necessários ao pronto atendimento. O fato do sistema não atender a esses requisitos, lembra Elias, trazia outras conseqüências, bastante graves, relativas à própria segurança e integridade dos colegas que partem para o atendimento de incidências nas redes, sem falar no estresse dos operadores e equipes durante o tempo em que ficavam à espera, sem poder entrar em ação. Muitas vezes, em situação de contingência, quando o normal seria trabalhar com quatro operadores, foi preciso utilizar todo o time oito operadores numa carga horária que por vezes chegava até 15 horas de trabalho. A deficiência nas respostas por parte das empresas da área de telecomunicações fez, então, com que se optasse pela mudança do COD para Uruguaiana. O que foi feito com ganhos em confiabilidade e atendimento (dispondo do serviço 24 horas da Embratel). Hoje, relata Elias, trabalhamos em Uruguaiana junto ao time de serviço (rua Domingos de Almeida, 2158), com certeza de que o resultado da mudança superou a expectativa. O número de problema é bem menor e quando eles ocorrem somos bem atendidos e temos respostas rápidas". Seguro: mais uma vantagem AES Sul A AES Sul está lançando mais uma novidade que, sem dúvida, vai ampliar o conforto de seus clientes. É um seguro que vai garantir ao consumidor residencial, em valores equivalentes aos de sua conta de luz, várias garantias - entre outras, quatro meses de conta paga em caso de desemprego involuntário, auxílio 24 horas para chaveiros e eletricistas em casos de emergência, auxílio em casos de ocorrência de temporal, incêndio e explosão, além de um sorteio mensal de valores entre R$ 2 mil e R$ 5 mil. n Com a mudança, a equipe procurou maior segurança e confiabilidade O projeto foi criado com o objetivo de proporcionar aos consumidores maior tranqüilidade e segurança, no caso de incidência de uma ou mais dessas situações. Com o apoio da Aon Affinity do Brasil, empresa que oferece assessoria a diversas corporações mundiais, especializada na elaboração, distribuição e administração de produtos e serviços de seguros massificados, a AES Sul está realizando um piloto do projeto em junho, na cidade de Santa Maria. No mesmo mês, o seguro passa a ser estendido para toda a área de concessão da empresa. A divulgação do projeto será feita através de mala direta enviada para a casa dos consumidores. O seguro poderá ser pago diretamente junto com a conta de energia elétrica. Caso o cliente perca a oportunidade de aderir ao seguro, ele ainda poderá fazê-lo através do serviço de teleatendimento, onde também serão proporcionados os esclarecimentos para aqueles que queiram informações adicionais antes de providenciar na sua adesão. Time de Montenegro recebe o Top Ibiá Pelo segundo ano consecutivo, a AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia recebe o prêmio TOP IBIÁ - Atendimento Serviços Essenciais, organizado pelo Jornal Ibiá, de Montenegro. Fomos eleitos como o Melhor Atendimento em Serviços Essenciais. Esta é a sexta edição da pesquisa, envolvendo a comunidade de Montenegro, com a aplicação de 400 entrevistas (0,73% da população analisada). O resultado colocou a AES Sul na ponta da preferência dos consumidores de serviços, obtendo um total de 34,8% dos votos. Seguiram-se: n Brigada Militar, com 19,3%. n CRT, com 10,3%. n Corsan, com 9,5%. n Bombeiros, com 8,5%. n Telefônica Celular, com 8,0%. n Claro Digital 6,5%. n Delegacia de Polícia, com 2,0%. Um percentual de 1,3% dos entrevistados não conferiu voto a nenhuma instituição. O evento de entrega dos prêmios ocorreu no dia 4 de maio, às 22 horas, no Clube Riograndense, em Montenegro, recebendo ampla divulgação em revista e numa edição especial do jornal. Para o time de Montenegro, essa premiação foi recebida com especial carinho, pois demonstra o reconhecimento dos clientes da região com o esforço empreendido diariamente por cada uma das pessoa que o compõe. EM FOCO

7 Mai/Jun/Jul/ Bem perto do cliente Daniel Porto, 24 anos, eletrotécnico formado pela Escola Parobé, em Porto Alegre, é um dos tantos jovens que, com entusiasmo, constróem o seu futuro atuando profissionalmente nos times da AES Sul. Recém-casado com Jacqueline (a cerimônia foi no último mês de fevereiro), ele atua no time de Canoas, na Região Metropolitana, onde trabalha na área de fiscalização. Suas tarefas diárias - ligadas principalmente a vistorias em medições de baixa tensão - o aproximam muito dos clientes, sejam eles residenciais ou pequenas empresas. E não é por outra razão que Daniel cumpre um papel importante: o de ser um verdadeiro representante da empresa junto aos consumidores. É comum, por exemplo, sua participação no Projeto Escola e a contribuição que presta às ações de capacitação no seu time. Com freqüência, está lá na frente da casa do consumidor dando "dicas" sobre o uso racional de energia, ou participando da programação das SIPATs nas empresas. Nesses contatos todos que estabelece em seu dia-adia, ele já sentiu que a crise de energia deixou algumas lições junto à população. "O pessoal sentiu que o uso racional de energia era uma boa alternativa econômica e mantiveram o hábito", garante ele, ao relatar que o uso das lâmpadas compactas, hoje, já está bastante difundido. Como técnico, ele informa que esse tipo de lâmpada é mais econômica, tem uma duração aproximada de horas, e "o cliente está adotando esta opção", pois uma incandescente vai "queimar" em um tempo bem mais reduzido de horas. Seu uso - incentivado pela AES Sul, que até tem projeto específico para distribuição gratuita das compactas (leia nesta edição) - tornou-se comum "até mesmo porque o preço de cada unidade baixou muito, do ano n Daniel: proximidade com os clientes e trabalho social passado para cá". Nas vistorias que as equipes realizam nos pontos de medição, é tarefa não apenas observar se existem irregularidades nas instalações, mas também se elas estão de acordo com as normas de segurança. A indicação de "consumo zero" através de select do banco de dados da empresa, informa ele, pode ser indício de irregularidades - que normalmente são de dois tipos: ou o desvio, quando a tomada da energia acontece antes do medidor (procedimento mais conhecido como "gato"), ou a fraude, mais sofisticada porque envolve uma alteração (rompimento de lacre e manipulação interna, por exemplo) no equipamento. Ambos são atos freqüentes, e acima de tudo ilegais e perigosos. A média de "gatos" em Canoas ainda é alta - em torno de 13% das cerca de 900 fiscalizações realizadas por mês -, mas é aí que entra, também, outro trabalho social que faz parte das atividades de Daniel: o de conscientização. Há, até mesmo, projetos específicos nessa área, como os de regularização desenvolvidos no bairro Guajuviras, em Canoas, em que através da participação de todo time, "conseguimos nos aproximar da comunidade levando educação, cultura e solidariedade. Já obtivemos resultado com a regularização da Vila Caic, com 140 famílias, onde atingimos uma adimplência de 99%". Na AES Sul, segundo Daniel, são registras todas as irregularidades constatadas, inclusive com levantamento fotográfico. E sempre há procura de soluções para elas, na tentativa, entre outros procedimentos, de recuperar o consumo de energia não registrado. "Mas o sentido final do nosso trabalho" - resume - "é entregar uma energia segura, limpa e confiável". Daniel Porto Canoas - RS Eletrotécnico do Time de Canoas 24 anos PERFIL Hobby: Atualmente estou parado, mas já começo a me organizar para voltar ao surf, que pratico desde quando tinha nove anos. Minha praia predileta é a Praia do Rosa, em Santa Catarina. Música: Reggae e surf music. Leituras: Atualmente, leio mais livros técnicos, além de jornais e revistas. Não tenho lido outras coisas, mas é algo que estou devendo a mim mesmo. Cinema: Filmes de ação, policiais, romances. Gostei muito de Cidade dos Anjos e de Seven - Os Sete Pecados Capitais. TV: Assisto muito pouco. Nada contra as emissoras, mas não perco uma tarde de domingo na frente da TV. Detesta: Críticas destrutivas. As construtivas são bemvindas. Adora: Viajar. Mas por incrível que pareça conheço mais os outros estados do que o meu. Quero conhecer mais o interior do Rio Grande do Sul. Um lugar: O Gasômetro, em Porto Alegre. É um lugar especial para mim e para minha esposa. Ali é muito bom para se conversar com os amigos e se avista um pôr-de-sol maravilhoso. Um sonho: Estou a caminho dele. Além daquilo que é normal continuar crescendo e criar uma estrutura familiar quero muito conhecer outros países.

Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa

Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa II Conferência RELOP Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa AES SUL - Concessionária de Distribuição de Energia Elétrica da Região Sul do Brasil Estratégias Empresariais:

Leia mais

Contribuição Eletropaulo Metropolitana S/A Expositor Antoninho Borghi

Contribuição Eletropaulo Metropolitana S/A Expositor Antoninho Borghi Audiência Pública ANEEL 027/2003 Estabelece as condições de atendimento por meio de Central de Teleatendimento (CTA) das concessionárias ou permissionárias, critérios de classificação de serviços e metas

Leia mais

Investimentos da AES Brasil crescem 32% e atingem R$ 641 milhões nos primeiros nove meses do ano

Investimentos da AES Brasil crescem 32% e atingem R$ 641 milhões nos primeiros nove meses do ano Investimentos da AES Brasil crescem 32% e atingem R$ 641 milhões nos primeiros nove meses do ano Valor faz parte de plano de investimentos crescentes focado em manutenção, modernização e expansão das operações

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO 1. APRESENTAÇÃO. alternativa de autoemprego e geração de renda para sobreviver.

REGULAMENTO CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO 1. APRESENTAÇÃO. alternativa de autoemprego e geração de renda para sobreviver. CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO PROJETO DE INCENTIVO AO PEQUENO NEGÓCIO 7ª EDIÇÃO, 2015 Realização: SEBRAE/SC e RICTV Record REGULAMENTO 1. APRESENTAÇÃO O concurso MEU SONHO MEU NEGÓCIO é um projeto realizado

Leia mais

Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica. Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com.

Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica. Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com. 21 a 25 de Agosto de 2006 Belo Horizonte - MG Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com.br RESUMO A tele-medição de

Leia mais

Estamos presentes em 20 estados

Estamos presentes em 20 estados http://goo.gl/7kuwo O IDEBRASIL é voltado para compartilhar conhecimento de gestão com o empreendedor do pequeno e micro negócio, de forma prática, objetiva e simplificada. A filosofia de capacitação é

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida Soluções inteligentes em energia Energia para a vida O Brasil e o mundo contam com a nossa energia. A Prátil é uma empresa de soluções inteligentes em energia, que atua nos segmentos de infraestrutura

Leia mais

Lacerda e Franze obtém economia significativa em custos de impressão com ECM/GED da SML Brasil

Lacerda e Franze obtém economia significativa em custos de impressão com ECM/GED da SML Brasil lacerda e franze Escritório de Advocacia Lacerda e Franze obtém economia significativa em custos de impressão com ECM/GED da SML Brasil CLIENTE Lacerda e Franze Advogados Associados V I S Ã O G E R A L

Leia mais

Divulgação do novo telefone da Central de Atendimento da Cemig: Análise da divulgação da Campanha

Divulgação do novo telefone da Central de Atendimento da Cemig: Análise da divulgação da Campanha XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Divulgação do novo telefone da Central de Atendimento da Cemig: Análise da divulgação

Leia mais

VII CIERTEC TÍTULO DO TRABALHO: COBRANÇA UTILIZANDO CÓDIGO DE BARRAS: CARTA E SMS TORPEDO

VII CIERTEC TÍTULO DO TRABALHO: COBRANÇA UTILIZANDO CÓDIGO DE BARRAS: CARTA E SMS TORPEDO TÍTULO DO TRABALHO: COBRANÇA UTILIZANDO CÓDIGO DE BARRAS: CARTA E SMS TORPEDO Tema: Gestão Comercial - Comunicação com clientes Autores: ADRIANO GONÇALVES DE SOUZA JÚNIOR LUIZ CLÁUDIO TEIXEIRA NUNES BRUNO

Leia mais

Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica

Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica Rogério Reis Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica CRESCIMENTO ECONÔMICO DA REGIÃO SUL IMPULSIONA MERCADO PARANAENSE POR ADRIANE DO VALE redacao@cipanet.com.br FOTOS

Leia mais

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00 FICHA DE ADESÃO Por esta Ficha de adesão, solicito meu ingresso como associado da ABRIMPE ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE INCENTIVO E MELHORIA EM PROJETOS EMPRESARIAIS, EMPREENDEDORISMO E EDUCACIONAL, comprometendo-me

Leia mais

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor Dados da empresa Razão Social: Visa do Brasil Empreendimentos Ltda. Nome Fantasia:

Leia mais

PLATAFORMA ELIPSE E3 TRAZ AGILIDADE E SEGURANÇA AO SISTEMA ELÉTRICO DO SERVIÇO DE TRENS URBANOS DO RIO DE JANEIRO OPERADO PELA SUPERVIA

PLATAFORMA ELIPSE E3 TRAZ AGILIDADE E SEGURANÇA AO SISTEMA ELÉTRICO DO SERVIÇO DE TRENS URBANOS DO RIO DE JANEIRO OPERADO PELA SUPERVIA PLATAFORMA ELIPSE E3 TRAZ AGILIDADE E SEGURANÇA AO SISTEMA ELÉTRICO DO SERVIÇO DE TRENS URBANOS DO RIO DE JANEIRO OPERADO PELA SUPERVIA Este case apresenta a aplicação da solução Elipse E3 para automatizar

Leia mais

Projetos em Implementação no PEE 2015

Projetos em Implementação no PEE 2015 Tipo: Poder público Nome do Projeto: Eficientização do Porto Digital O Projeto constituiu na substituição do sistema de refrigeração, composto por chillers, refrigerados, ar splits distribuídos por alguns

Leia mais

Investimentos da AES Brasil chegam a R$ 1,1 bi em 2010 e meta é R$ 1,2 bi para 2011

Investimentos da AES Brasil chegam a R$ 1,1 bi em 2010 e meta é R$ 1,2 bi para 2011 Investimentos da AES Brasil chegam a R$ 1,1 bi em 2010 e meta é R$ 1,2 bi para 2011 Grupo aumentou quadro de colaboradores próprios em 29%. Juntas, AES Eletropaulo e AES Sul distribuíram energia para mais

Leia mais

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos Terceirização de Processos Empresariais da Capgemini Um componente da área de Serviços Públicos da Capgemini As concessionárias de serviços

Leia mais

Olinda - Pernambuco - Brasil. Torpedo: Um Novo Canal de Relacionamento Uso de novas tecnologias no relacionamento com os clientes

Olinda - Pernambuco - Brasil. Torpedo: Um Novo Canal de Relacionamento Uso de novas tecnologias no relacionamento com os clientes XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Torpedo: Um Novo Canal de Relacionamento Uso de novas tecnologias no relacionamento

Leia mais

PROTEÇÃO ITAÚ MICROCRÉDITO

PROTEÇÃO ITAÚ MICROCRÉDITO PROTEÇÃO ITAÚ MICROCRÉDITO Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga Inovação em seguros edição 2012 CONTEÚDO 1 Introdução... 2 2 Objetivo... 3 3 Desenvolvimento do trabalho... 4 Parceria entre as duas áreas

Leia mais

Ministério de Minas e Energia Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Eletrobras ANEXO VI DESCRIÇÃO DO PROJETO ENERGIA+

Ministério de Minas e Energia Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Eletrobras ANEXO VI DESCRIÇÃO DO PROJETO ENERGIA+ Ministério de Minas e Energia Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Eletrobras ANEXO VI DESCRIÇÃO DO PROJETO ENERGIA+ CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ORGANIZAÇÃO DE CONGRESSOS, EXPOSIÇÕES,

Leia mais

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic CUSTOMER SUCCESS STORY Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic PERFIL DO CLIENTE Indústria: Serviços de TI Companhia: Globalweb Outsourcing Empregados: 600 EMPRESA A Globalweb

Leia mais

Consumo Consciente Energia Elétrica

Consumo Consciente Energia Elétrica Consumo Consciente Energia Elétrica Agosto 2010 Planeta SUSTENTABILIDADE NO CONSUMO Incentivo ao consumo responsável e consciente IMPORTÂNCIA DA ENERGIA PARA O GRUPO Compra energia elétrica de 23 concessionárias

Leia mais

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING 1 ÍNDICE 03 04 06 07 09 Introdução Menos custos e mais controle Operação customizada à necessidade da empresa Atendimento: o grande diferencial Conclusão Quando

Leia mais

Ingram Micro Brasil garante excelência de backup e contingência com CA ARCserve Backup

Ingram Micro Brasil garante excelência de backup e contingência com CA ARCserve Backup CUSTOMER SUCCESS STORY Ingram Micro Brasil garante excelência de backup e contingência com CA ARCserve Backup PERFIL DO CLIENTE Indústria: Distribuição de produtos de tecnologia Empresa: Ingram Micro Brasil

Leia mais

Editorial. Plano de Melhoria Contínua promete mudanças positivas na OnSet

Editorial. Plano de Melhoria Contínua promete mudanças positivas na OnSet Informativo 2013 Índice Editorial - Pág. 1 Novas Contratações - Pág. 2 Aniversariantes - Pág. 3 TI e Telecom na Mídia - Pág. 4 News OnSet - Pág. 5 Eu faço a OnSet - Pág. 7 Editorial Plano de Melhoria Contínua

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

TV por Assinatura. Telefonia Fixa. Banda Larga. Respeito

TV por Assinatura. Telefonia Fixa. Banda Larga. Respeito Banda Larga TV por Assinatura Telefonia Fixa Respeito APIMEC RIO Rio de Janeiro, 22 de Novembro de 2013 A GVT é uma empresa autorizada pela Anatel a prestar serviços em todo o país A GVT tem licença STFC

Leia mais

Faturamento personalizado (Customer Engaged Billing)

Faturamento personalizado (Customer Engaged Billing) Faturamento personalizado (Customer Engaged Billing) Transforme suas comunicações mais lidas em participações multicanais altamente direcionadas que reduzem custos, aumentam a satisfação do cliente e geram

Leia mais

A Feira do Empreendedor 2014 em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação.

A Feira do Empreendedor 2014 em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação. 1 A Feira do Empreendedor é um evento de sucesso promovido pelo SEBRAE-SP, com o objetivo de oferecer informação, conhecimento e oportunidade para empresários e futuros empreendedores. A Feira do Empreendedor

Leia mais

Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico

Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico RESUMO EXECUTIVO Objetivo Melhorar a vida dos moradores e ajudálos a serem bem-sucedidos na

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL GE Distributed Power Jose Renato Bruzadin Sales Manager Brazil T +55 11 2504-8829 M+55 11 99196-4809 Jose.bruzadini@ge.com São Paulo, 11 de Julho de 2014 NOME DA INSTITUIÇÃO: GE Distributed Power AGÊNCIA

Leia mais

de luz está mais transparente. Conheça as bandeiras tarifárias.

de luz está mais transparente. Conheça as bandeiras tarifárias. Agora, a sua conta de luz está mais transparente. Conheça as bandeiras tarifárias. Agora, em todo o país, as bandeiras tarifárias vêm impressas na conta de luz. E, para saber se o valor da sua conta irá

Leia mais

EMPRESA. Realizamos distribuição direta das melhores marcas de produtos no segmento industrial.

EMPRESA. Realizamos distribuição direta das melhores marcas de produtos no segmento industrial. APRESENTAÇÃO EMPRESA Somos uma empresa de distribuição, projetos e serviços técnicos e de engenharia, consultoria, planejamento, gerenciamento e fornecedora de soluções tecnológicas para empreendimentos

Leia mais

Gestão Colaborativa em Segurança Corporativa. Junho 12. Consultoria Trading Serviços. Copyright NSA Brasil

Gestão Colaborativa em Segurança Corporativa. Junho 12. Consultoria Trading Serviços. Copyright NSA Brasil Junho 12 Consultoria Trading Serviços S ã o P a u l o - B u e n o s A i r e s - M e x i c o C i t y - W a s h i n g t o n - U n i t e d K i n g d o m - C o t e D ' A z u r Research for the Future Gestão

Leia mais

SYSTIMAX Solutions. imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada.

SYSTIMAX Solutions. imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada. SYSTIMAX Solutions imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada. 1 Toda rede deve ser administrada. A questão é COMO? A visão: Conseguir o sucesso comercial a partir de uma melhor administração de

Leia mais

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias:

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias: REGULAMENTO 1. O PRÊMIO O PRÊMIO SMART, regido por este regulamento, tem como objetivo distinguir e reconhecer as melhores práticas de relacionamento com o cliente em Utilities e Telecom: Energia Elétrica,

Leia mais

5 Apresentação do método de avaliação de desempenho aplicado ao Programa TV Digital para as Áreas Rurais

5 Apresentação do método de avaliação de desempenho aplicado ao Programa TV Digital para as Áreas Rurais 5 Apresentação do método de avaliação de desempenho aplicado ao Programa TV Digital para as Áreas Rurais 5.1 A Rede Globo A Rede Globo é uma das maiores redes de televisão do mundo, com milhões de espectadores

Leia mais

No ano de 2010, tomei uma decisão. Ir para uma cidade menor, longe da agitada metrópole.

No ano de 2010, tomei uma decisão. Ir para uma cidade menor, longe da agitada metrópole. Faça parte da família IMOVELLOGIA. Olá, Inicialmente quero me apresentar para que possa oferecer a você, profissional do setor de imóveis, uma inovação tecnológica fundamental nos dias de hoje. Sou administrador

Leia mais

Mackenzie garante integridade e segurança de dados com solução CA ARCserve Backup

Mackenzie garante integridade e segurança de dados com solução CA ARCserve Backup CUSTOMER SUCCESS STORY Mackenzie garante integridade e segurança de dados com solução CA ARCserve Backup PERFIL DO CLIENTE Indústria: Educação Companhia: Universidade Presbiteriana Mackenzie Alunos: 40

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

Quem ainda não tem um, provavelmente já pensou ou está pensando em ter, seja para fins pessoais ou profissionais.

Quem ainda não tem um, provavelmente já pensou ou está pensando em ter, seja para fins pessoais ou profissionais. Você sabia que o Whatsapp está presente em quase 50% dos smartphones no Brasil? O aplicativo virou febre rapidamente, seguindo a tendência de crescimento anual das vendas de smartphones no país. Quem ainda

Leia mais

10 ANOS DO PROGRAMA COMUNITÁRIO PETROBRAS/REVAP.

10 ANOS DO PROGRAMA COMUNITÁRIO PETROBRAS/REVAP. POP: Prêmio Nacional de Relações Públicas Categoria: Relações Públicas e Responsabilidade Social Profissional: Aislan Ribeiro Greca Empresa: Petrobras 10 ANOS DO PROGRAMA COMUNITÁRIO PETROBRAS/REVAP. 2008

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA

DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA OBJETIVOS Desenvolvimento de metodologia e sistema de automação do monitoramento de riscos e controles organizacionais para: Minimização dos riscos regulatórios

Leia mais

Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br

Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br NO CAMPO: UMA FAMÍLIA DE SOLUÇÕES EDUCACIONAIS PARA PRODUTORES RURAIS. TODA MINHA FAMÍLIA VIVE DA PRODUÇÃO RURAL. E MAIS DE CINCO MILHÕES

Leia mais

A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação. O que significa para a TI e a linha de negócios (LOB)

A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação. O que significa para a TI e a linha de negócios (LOB) A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação Maio de 2014 O novo comprador de tecnologia e a mentalidade de aquisição Existe hoje um novo comprador de tecnologia da informação Esse comprador

Leia mais

//Sobre VISÃO MISSÃO. Honestidade, Responsabilidade. Respeito. Colaboração.

//Sobre VISÃO MISSÃO. Honestidade, Responsabilidade. Respeito. Colaboração. . Quem somos //Sobre A Oficina1 é uma consultoria direcionada à tecnologia da informação, com foco na implementação dos ERPs Protheus e OpenBravo, além do aplicativo de Service Desk SysAid, abrangendo

Leia mais

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 REALIZAÇÃO TABULAÇÃO Quem Somos A WBI BRASIL é uma empresa especializada em planejamento de marketing digital, que presta

Leia mais

TIM Brasil Padroniza Testes e Antecipa Erros em Aplicações com CA Service Virtualization

TIM Brasil Padroniza Testes e Antecipa Erros em Aplicações com CA Service Virtualization CUSTOMER SUCCESS STORY Junho 2014 TIM Brasil Padroniza Testes e Antecipa Erros em Aplicações com CA Service Virtualization PERFIL DO CLIENTE Indústria: Telecomunicações Empresa: TIM Brasil Colaboradores:

Leia mais

GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET

GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET 1 SEJA BEM-VINDO à net! Caro cliente, Este guia foi desenvolvido para você conhecer um pouco mais sobre os produtos e serviços NET que estão à sua disposição. Aproveite

Leia mais

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução Esta segunda sequência respeita a estrutura da sequência do Eben que analisamos.o template é adequado aos profissionais que podem (e querem) trabalhar com os três mosqueteiros, ou seja, apresentar uma

Leia mais

COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL COMITÊ NACIONAL BRASILEIRO

COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL COMITÊ NACIONAL BRASILEIRO COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL COMITÊ NACIONAL BRASILEIRO V CIERTEC - SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE GESTÃO DE PERDAS, EFICIENTIZAÇÃO ENERGÉTICA E PROTEÇÃO DA RECEITA NO SETOR ELÉTRICO Área

Leia mais

Conquistamos ao longo de nossa trajetória mais de 30.000 licenças em operação em 6.500 clientes ativos.

Conquistamos ao longo de nossa trajetória mais de 30.000 licenças em operação em 6.500 clientes ativos. Institucional Perfil A ARTSOFT SISTEMAS é uma empresa brasileira, fundada em 1986, especializada no desenvolvimento de soluções em sistemas integrados de gestão empresarial ERP, customizáveis de acordo

Leia mais

Programa de Eficiência Energética das Empresas de Distribuição de Energia Elétrica PEE

Programa de Eficiência Energética das Empresas de Distribuição de Energia Elétrica PEE Programa de Eficiência Energética das Empresas de Distribuição de Energia Elétrica PEE Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL Superintendência de Pesquisa e Desenvolvimento e Eficiência Energética

Leia mais

Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente. Uma experiência mais sincronizada, automatizada e rentável em cada fase da jornada do cliente.

Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente. Uma experiência mais sincronizada, automatizada e rentável em cada fase da jornada do cliente. Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente Uma experiência mais sincronizada, automatizada e rentável em cada fase da jornada do cliente. As interações com os clientes vão além de vários produtos, tecnologias

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO N o 615, DE 6 NOVEMBRO DE 2002 (*) Vide alterações e inclusões no final do texto. Aprova o modelo do Contrato de Prestação de Serviço Público de Energia

Leia mais

Adapte. Envolva. Capacite.

Adapte. Envolva. Capacite. Adapte. Envolva. Capacite. Ganhe produtividade em um Ambiente de trabalho digital #DigitalMeetsWork Os benefícios de um ambiente de trabalho digital têm impacto na competitividade do negócio. Empresas

Leia mais

Iluminação pública. Capítulo VIII. Iluminação pública e urbana. O mundo digital

Iluminação pública. Capítulo VIII. Iluminação pública e urbana. O mundo digital 32 Led pra cá, Led pra lá... muito boa essa discussão, no entanto, o que muitas vezes deixamos de lembrar que o Led sem a eletrônica não é nada. Desde a mais simples aplicação até a mais complexa, a eletrônica

Leia mais

Quer trilhar uma carreira de sucesso? Então esta é a oportunidade para dar o primeiro passo! PROGRAMA ALI AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO 2012-2014

Quer trilhar uma carreira de sucesso? Então esta é a oportunidade para dar o primeiro passo! PROGRAMA ALI AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO 2012-2014 Quer trilhar uma carreira de sucesso? Então esta é a oportunidade para dar o primeiro passo! PROGRAMA ALI AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO 2012-2014 O Programa O SEBRAE, em parceria com o CNPq, desenvolveu o

Leia mais

SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA

SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA Estado da arte Aplicações atuais Perspectivas Landulfo Mosqueira Alvarenga Consultor Técnico Diretoria de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação CEPEL 1 Seminário Internacional

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 1 CONHEÇA A PRODENT Nosso objetivo é garantir a plena satisfação dos nossos beneficiários, empresas clientes e parceiros, por meio da prestação de serviços altamente qualificados.

Leia mais

SOLUÇÕES DE RESILIÊNCIA E SEGURANÇA

SOLUÇÕES DE RESILIÊNCIA E SEGURANÇA SERVIÇO DE RESPOSTA A INCIDENTES D Solução de segurança que fornece orientações para o efetivo controle ou correção de ataques externos causados por vulnerabilidades encontradas no ambiente do cliente.

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE O Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE visa fortalecer a missão de desenvolver a nossa terra e nossa gente e contribuir para

Leia mais

Reportamo-nos à solicitação referente à interrupção no fornecimento de energia elétrica à sua unidade consumidora.

Reportamo-nos à solicitação referente à interrupção no fornecimento de energia elétrica à sua unidade consumidora. ----- Original Message ----- From: ssau@sp.gov.br To: adm@smcp.org.br Sent: Monday, January 16, 2012 3:34 PM Subject: Enc: Solicitação de Ouvidoria nº 3020832481166 Este E-Mail transcreve o conteúdo da

Leia mais

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO)

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO) EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 CONCESSÃO PARA AMPLIAÇÃO, MANUTENÇÃO E EXPLORAÇÃO DOS AEROPORTOS INTERNACIONAIS BRASÍLIA CAMPINAS GUARULHOS EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA

Leia mais

CONSELHO DE CLASSE. A visão dos professores sobre educação no Brasil

CONSELHO DE CLASSE. A visão dos professores sobre educação no Brasil CONSELHO DE CLASSE A visão dos professores sobre educação no Brasil INTRODUÇÃO Especificações Técnicas Data do Campo 19/06 a 14/10 de 2014 Metodologia Técnica de coleta de dados Abrangência geográfica

Leia mais

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso.

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. Cliocar Acessórios: A construção de um negócio A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. 2 Conteúdo Resumo executivo... 2 Conhecendo o mercado... 2 Loja

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS

NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS ÍNDICE 03 Capítulo 0 Introdução 04 Capítulo 1 O que é Nota Fiscal Eletrônica? 05 Capítulo 2 Quais são os tipos de Nota Fiscal Eletrônica? 07 14 15 Capítulo 3 Quais as

Leia mais

nota fiscal eletrônica para leigos

nota fiscal eletrônica para leigos nota fiscal eletrônica para leigos índice 03 Capítulo 0 Introdução 04 Capítulo 1 O que é Nota Fiscal Eletrônica? 05 Capítulo 2 Quais são os tipos de Nota Fiscal Eletrônica? 07 14 15 Capítulo 3 Quais as

Leia mais

Desafios e Oportunidades no Setor de Distribuição de Energia Hélio Viana Vice-Presidente de Distribuição

Desafios e Oportunidades no Setor de Distribuição de Energia Hélio Viana Vice-Presidente de Distribuição Desafios e Oportunidades no Setor de Distribuição de Energia Hélio Viana Vice-Presidente de Distribuição Agenda Crescimento da Distribuição Desafios Gestão Operacional Gestão da Receita Gestão dos Ativos

Leia mais

COMO ENFRENTAR A INADIMPLÊNCIA NO SEGMENTO EDUCACIONAL SEGUNDO ESPECIALISTAS DA ACERPLAN

COMO ENFRENTAR A INADIMPLÊNCIA NO SEGMENTO EDUCACIONAL SEGUNDO ESPECIALISTAS DA ACERPLAN COMO ENFRENTAR A INADIMPLÊNCIA NO SEGMENTO EDUCACIONAL SEGUNDO ESPECIALISTAS DA ACERPLAN - Treinar e capacitar os profissionais que cobram e atendem inadimplentes nas escolas; - Cadastrar os inadimplentes

Leia mais

Mobilidade Urbana Urbana

Mobilidade Urbana Urbana Mobilidade Urbana Urbana A Home Agent realizou uma pesquisa durante os meses de outubro e novembro, com moradores da Grande São Paulo sobre suas percepções e opiniões em relação à mobilidade na cidade

Leia mais

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os melhores resultados. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01

Leia mais

ENGENHARIA CONSULTIVA FOMENTAR O PARQUE CONSULTIVO NACIONAL

ENGENHARIA CONSULTIVA FOMENTAR O PARQUE CONSULTIVO NACIONAL ENGENHARIA CONSULTIVA FOMENTAR O PARQUE CONSULTIVO NACIONAL A Engenharia Consultiva Nacional e a Construção da Infraestrutura Um breve diagnóstico O setor de infraestrutura apresenta aspectos distintos

Leia mais

Categoria Franqueado

Categoria Franqueado PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2013 Dados da empresa FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado Razão Social: Natureza Comércio e Representações Ltda Nome Fantasia: O Boticário Data de fundação:

Leia mais

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Curso de Marketing Disciplina: Web Marketing Professor: Roberto Marcello Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Web Marketing Web Marketing é qualquer esforço promocional realizado

Leia mais

CHEGOU O BILHETE ÚNICO. O MELHOR JEITO DE CIRCULAR NA CIDADE.

CHEGOU O BILHETE ÚNICO. O MELHOR JEITO DE CIRCULAR NA CIDADE. CHEGOU O BILHETE ÚNICO. O MELHOR JEITO DE CIRCULAR NA CIDADE. CHEGOU O BILHETE ÚNICO. O MELHOR JEITO DE CIRCULAR EM JUNDIAÍ. Com a implantação do Bilhete Único, a prefeitura abriu caminho para uma grande

Leia mais

Augusto Ribeiro Mendes Filho Assessoria de Comunicação da Elipse Software

Augusto Ribeiro Mendes Filho Assessoria de Comunicação da Elipse Software APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO E DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA E ESGOTO DO DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTOS DE PORTO ALEGRE-RS (DMAE) Apresentamos neste case a implantação do

Leia mais

SISTEMA DE COMPENSAÇÃO DE ENERGIA REATIVA EM TEMPO REAL LIVRE DE TRANSIENTES - ELSPEC

SISTEMA DE COMPENSAÇÃO DE ENERGIA REATIVA EM TEMPO REAL LIVRE DE TRANSIENTES - ELSPEC SISTEMA DE COMPENSAÇÃO DE ENERGIA REATIVA EM TEMPO REAL LIVRE DE TRANSIENTES - ELSPEC Submetemos a vossa apreciação informações sobre o sistema de compensação de energia reativa em tempo real, livre de

Leia mais

SAC: Fale com quem resolve

SAC: Fale com quem resolve SAC: Fale com quem resolve A Febraban e a sociedade DECRETO 6523/08: UM NOVO CENÁRIO PARA OS SACs NOS BANCOS O setor bancário está cada vez mais consciente de seu papel na sociedade e deseja assumi-lo

Leia mais

Então resolvi listar e explicar os 10 principais erros mais comuns em projetos de CRM e como podemos evita-los.

Então resolvi listar e explicar os 10 principais erros mais comuns em projetos de CRM e como podemos evita-los. Ao longo de vários anos de trabalho com CRM e após a execução de dezenas de projetos, penso que conheci diversos tipos de empresas, culturas e apesar da grande maioria dos projetos darem certo, também

Leia mais

Com o objetivo de manter um alto nível de qualidade, nossos colaboradores são rigorosamente selecionados e treinados.

Com o objetivo de manter um alto nível de qualidade, nossos colaboradores são rigorosamente selecionados e treinados. A MBS SERVIÇOS possui o conhecimento necessário e indispensável para oferecer qualidade e agilidade nas realizações dos serviços prestados. Possuímos sede própria com toda infraestrutura necessária para

Leia mais

Mackenzie garante integridade e segurança de dados com solução arcserve Backup

Mackenzie garante integridade e segurança de dados com solução arcserve Backup CASO DE SUCESSO Julho 2014 Mackenzie garante integridade e segurança de dados com solução arcserve Backup PERFIL DO CLIENTE Indústria: Educação Companhia: Universidade Presbiteriana Mackenzie Alunos: 40

Leia mais

A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS

A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO Gestão e Tecnologia da Informação IFTI1402 T25 A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS Marcelo Eustáquio dos Santos

Leia mais

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos.

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. 2015 Manual de Parceiro de Educação Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. Prêmios Reais, a Partir de Agora Bem-vindo ao Intel Technology Provider O Intel Technology Provider é um programa

Leia mais

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com Nesse ebook você irá aprender como gerar uma renda mesmo que do zero rapidamente na internet, se você já tem um produto irá aprender como aumentar suas vendas agora mesmo de forma garantida. Crie um sistema

Leia mais

Pesquisa e Desenvolvimento que geram avanços

Pesquisa e Desenvolvimento que geram avanços P&D O compromisso das empresas com o desenvolvimento sustentável por meio da energia limpa e renovável será demonstrado nesta seção do relatório. Nela são disponibilizados dados sobre a Pesquisa, Desenvolvimento

Leia mais

GESTÃO DE CONTRATOS COM SLA. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

GESTÃO DE CONTRATOS COM SLA. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com GESTÃO DE CONTRATOS COM SLA Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com Introdução Cada vez mais as empresas estão contratando serviços baseados em níveis de serviços, conhecidos pela sua sigla

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO 11/2010

BOLETIM INFORMATIVO 11/2010 Sindicato das Secretárias e Secretários do Estado do Rio Grande do Sul SISERGS Unindo você a todos os Secretários do RS! SISERGS BOLETIM INFORMATIVO 11/2010 Dia 06 de novembro ocorreu o penúltimo treinamento

Leia mais

Programa de Eficiência Energética AUDIÊNCIA PÚBLICA

Programa de Eficiência Energética AUDIÊNCIA PÚBLICA Programa de Eficiência Energética AUDIÊNCIA PÚBLICA A EDP Bandeirante, em conformidade com seu Contrato de Concessão de Distribuição, n 202/98 - ANEEL, com a Resolução Normativa n 300, de 12 de fevereiro

Leia mais

BANCO CENTRAL DO BRASIL 2009/2010

BANCO CENTRAL DO BRASIL 2009/2010 BANCO CENTRAL DO BRASIL 2009/2010 CONTINUIDADE DE NEGÓCIOS E PLANOS DE CONTINGÊNCIA Professor: Hêlbert A Continuidade de Negócios tem como base a Segurança Organizacional e tem por objeto promover a proteção

Leia mais

11º Seminário de Tecnologia de Sistemas Prediais. 20 de maio

11º Seminário de Tecnologia de Sistemas Prediais. 20 de maio 11º Seminário de Tecnologia de Sistemas Prediais 20 de maio 1 Agenda O Grupo AES no Brasil Organograma As associações participantes e evolução no relacionamento Fluxo Ligação Nova Demanda por projetos

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO Nº 06/2014 ANO XI (20 de fevereiro de 2014)

BOLETIM INFORMATIVO Nº 06/2014 ANO XI (20 de fevereiro de 2014) BOLETIM INFORMATIVO Nº 06/2014 ANO XI (20 de fevereiro de 2014) 01. ONDA TECNOLÓGICA INVADE A CONTABILIDADE Divulgamos esta matéria que está circulando na internet, por tratar de assuntos muito importantes

Leia mais

EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER?

EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER? EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER? Anderson Katsumi Miyatake Emerson Oliveira de Almeida Rafaela Schauble Escobar Tellis Bruno Tardin Camila Braga INTRODUÇÃO O empreendedorismo é um tema bastante

Leia mais

Inteligência em. redes sociais. corporativas. Como usar as redes internas de forma estratégica

Inteligência em. redes sociais. corporativas. Como usar as redes internas de forma estratégica Inteligência em redes sociais corporativas Como usar as redes internas de forma estratégica Índice 1 Introdução 2 Por que uma rede social corporativa é um instrumento estratégico 3 Seis maneiras de usar

Leia mais

Índice. Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2

Índice. Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2 1 Índice Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2 A Empresa Informações sobre a empresa, farmacêuticas responsáveis, instalações, diferenciais

Leia mais

XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA POSTO DE ATENDIMENTO REMOTO UMA EXPERIÊNCIA DE TELETRABALHO

XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA POSTO DE ATENDIMENTO REMOTO UMA EXPERIÊNCIA DE TELETRABALHO XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA POSTO DE ATENDIMENTO REMOTO UMA EXPERIÊNCIA DE TELETRABALHO Autor: ANTONIO DIONISIO BAGLIOLI COPEL COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA Palavras-chave:

Leia mais