News. Ano I Mai/Jun/Jul Parceria com Grupo Sinos beneficia clientes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "News. Ano I Mai/Jun/Jul 2002. Parceria com Grupo Sinos beneficia clientes"

Transcrição

1 Ano I Mai/Jun/Jul 2002 n Capacitação: a renovação do conhecimento Páginas centrais n COD Fronteira muda para Uruguaiana Página 7 Distribuição A tecnologia a serviço do cliente: a AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia inaugura a primeira linha de transmissão do Sul do Brasil com estruturas metálicas compactas. Pág. 6 Parceria com Grupo Sinos beneficia clientes A partir da segunda quinzena de maio, os assinantes de jornais do Grupo Sinos (NH, VS, Diário de Canoas e ABC Domingo) já podem optar por receber a cobrança de assinaturas através da sua conta de luz. Esse foi o resultado de um convênio assinado entre a AES Sul e o Grupo, no final de abril, e que tem como objetivo facilitar a vida dos clientes das duas instituições. A facilidade se extende a todos os 114 municípios da área de cobertura da AES Sul. Esse é um serviço pioneiro e o acordo é o primeiro entre empresas dessa natureza, informa o nosso diretor Roberto Zanardo. A adesão é viabilizada através do preenchimento e assinatura de um formulário publicado nos jornais. A aproximação das duas empresas trazem benefícios a todos principalmente aos clientes comuns que elas possuem e só foi possível graças à tecnologia avançada que ambas possuem. Além disso, ela configura um primeiro passo para futuros convênios do mesmo tipo, unificando interesses e trazendo vantagens ao consumidor.

2 2 Mai/Jun/Jul/2002 A nossa satisfação de bem servir EDITORIAL Esta edição do nosso AES Sul contempla a diversidade de atuação de nossa empresa. Nestas páginas estão toda a nossa disposição e empenho para fornecer aos nossos clientes energia elétrica limpa, confiável e de qualidade - o que transparece através das ações de nossas unidades. Nossa busca permanente por superar nossa própria atuação está presente na matéria sobre o Projeto Capacitação. Acreditamos firmemente que buscar o melhor, capacitar-se, superar-se, é o que faz com que sejamos vencedores, sempre com o foco e a atenção nos nossos clientes e na comunidade que servimos. Também nos traz muita satisfação apresentar nossos resultados financeiros, extremamente positivos em termos de gestão empresarial. Portanto, para a AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia, compartilhar estas boas notícias é motivo de muita alegria, significando também interação e respeito para com nossos públicos. Damian Obiglio Presidente Em 2001, nosso melhor desempenho N o ano de 2001, a AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia apresentou o melhor resultado econômico financeiro desde sua criação, no ano de A distribuidora, que atende 114 municípios, sendo parte da Região Metropolitana e Regiões Centro e Oeste do Estado, tem uma carteira de 948 mil clientes, entre industriais, comerciais, residenciais e rurais. O balanço da empresa, recentemente divulgado, mostra um resultado positivo de R$ MM, com crescimento de 132,47% em relação ao do ano 2000, que foi negativo em R$ (-) MM. A receita operacional líquida em 2001 foi de R$ MM, com crescimento de 69,06% em relação a 2000, que foi de R$ MM. Em 2001, a AES Sul investiu R$ 71,5 milhões em melhorias e ampliação do sistema, na estrutura de atendimento aos clientes, em programas de combate ao desperdício de energia e em projetos sociais. Os prin cipais in vestimentos da empresa, no ano passado, foram as subestações de Dois Irmãos, Uruguaiana 4 e Vale do Sol, além da ampliação da SE Canudos (NovoHamburgo), da reforma das SEs de Cachoeira do Sul, Lajeado 1, Jaguari e Caçapava do Sul, e da construção de 94 quilômetros de linhas de transmissão em 69kV. No que diz respeito à qualidade dos serviços, durante o ano de 2001, dois dos principais indicadores que medem esse desempenho, o DEC (tempo de interrupção no fornecimento de energia por cliente), e o FEC (freqüência equivalente de interrupção de energia por cliente), tiveram um resultado favorável, conforme mostram os quadros nesta página. No seu conjunto, estes indicadores ficaram, respectivamente, 17,77% e 8,69% abaixo da meta estabelecida pela ANEEL, situando-se entre os melhores índices observados no Brasil. Se excluídas as interrupções de transmissão, que não estão sob o controle da Companhia, os índices seriam, DEC 18,56 horas/ano e FEC 14,65 vezes/ano. AES Sul- Distribuidora Gaúcha de Energia Presidente: Damian Obiglio Líder de Comunicação e Marketing: Roberto S. Zanardo Rua Dona Laura, º andar. Porto Alegre (RS) - Fone ( 051 ) AES Sul Produção: Grapho's Comunicação Redação e edição: Leila Pinto (DRT 5.242), Humberto Andreatta (DRT 3.695) - Projeto Gráfico/Editoração: Cristina Pozzobon Impressão: Comunicação Impressa Tiragem: exemplares Duração equivalente por consumidor/dec Freqüência equivalente por consumidor/fec

3 Mai/Jun/Jul/ Um mercado inteligente precisa de informação especializada U m portal que trata só de questões relacionadas à energia - o Canal Energia - faz sucesso na Internet, com 272 mil consultas só no último mês de abril. AES Sul foi ouvir o seu Diretor de Operações, Rodrigo Ferreira, para conhecer de perto o que é esse canal, como surgiu e as razões de tanta demanda de informação no setor. Quando foi criado o Canal Energia? Ele surgiu em razão da crise brasileira nesse setor? O Portal CanalEnergia foi criado em agosto de 2000, tendo sido disponibilizado na Internet em novembro de Na realidade, o Portal iniciou sua operação antes de estourar efetivamente a crise de energia, e a idéia inicial de implementar um Portal na Internet com conteúdo exclusivo, ou seja, equipe própria de jornalistas no Rio, São Paulo e Brasília, e serviços focados para o mercado surgiu por uma razão bastante contrária à crise de energia: o crescimento do setor, o processo de abertura de mercado e as novas oportunidades do setor elétrico. Entendemos que um mercado forte, dinâmico e inteligente precisa de informação especializada e recursos de TI específicos, ferramentas estas cruciais para um mercado competitivo. Qual o número de acessos ao Canal? As consultas ao portal são feitas preferencialmente por profissionais do setor, por empresas, pelos consumidores? O número de acesso ao Portal vem crescendo significativamente desde seu lançamento, crescimento este justificado pela participação do Portal em eventos e feiras, e pela implementação de novos serviços e pela letter Diária. Nosso público é formado basicamente por profissionais do setor, sendo que 45% dos nosso usuários são de concessionárias estatais e privadas. Em abril de 2002, alcançamos 272 mil consultas, um crescimento de 23% em relação ao mês de março, ou seja, 30 dias. Cabe ressaltar que este crescimento foi recorde e devido a um trabalho de implementação do CanalEnergia em diversos sites e Intranets das empresas. Qual a sua avaliação do Canal Energia como empreendimento na área de comunicação? Quem são seus principais clientes? Qual a principal fonte de renda do portal? Hoje o Portal é mantido pela empresa Canal Energia Internet S/C Ltda, uma empresa de comunicação especializada no setor elétrico. Hoje operamos o Portal CanalEnergia; um catálogo de produtos e serviços específico para o setor elétrico; e uma empresa de desenvolvimento de sites, ZonaElétrica, especializada em desenvolver e manter sites para o setor de energia elétrica. Hoje a ZonaElétrica opera os sites da Abrate, Abrace, Abesco, CanalEnergia, Megalight, e estamos em fase avançada de desenvolvimento dos sites da Marte Engenharia, Bargoa e outros cinco projetos em fase final de negociação. Essas são efetivamente as fontes de receita da empresa, sendo que nestes quase dois anos de mercado, já tivemos negócios com 31 empresas do mercado, entre elas: Furnas, Eletronorte, Eletronuclear, Siemens, Duke Energy, Enertrade, Banco do Brasil, CPFL, Enron, Tractebel Energia, entre outras. Em junho estaremos lançando, em parceria com a IESP - Infraestrutura Serviços e Participações Ltda - o CndPCH -Centro Nacional de Desenvolvimento de Pequenas Centrais Hidrelétricas. O CndPCH terá um Portal centralizando serviços e informações para PCH e um braço de consultoria preparado para prestar serviços para empreendedores e projetos de pequenas centrais. Brevemente: como foi viabilizado, do ponto de vista editorial, um portal segmentado na área de energia? Quais os princípios de sua linha editorial? Basicamente, o Portal opera um serviço de informações em tempo real, o Plantão CanalEnergia, e uma revista O consumidor, na realidade, executa aquilo que lhe é passado. Nós, brasileiros, mostramos que estamos prontos para nos adaptarmos rápido a novas regras de consumo. digital dividida em 12 editorias, nas quais trabalhamos o assunto energia elétrica sob a ótica de Mercado Livre; Negócios; Consumidor; O&M; P&D; Meio Ambiente, entre outros canais. O Portal oferece ainda o conceito de navegação dinâmica, com a qual o usuário pode checar, enquanto busca notícias, íntegras de resoluções da Aneel, preços do MAE, evolução dos reservatórios; além de poder entrar diretamente nas principais seções dos sites dos principais agentes do mercado de energia elétrica, entre outros. O sr. acredita que a população brasileira, em geral, é mal informada sobre o uso racional de energia? Acredito que no Brasil esse assunto ainda não tenha sido bem trabalhado pelas empresas e pelo governo, pelo menos até o racionamento. Por este ponto de vista, a crise de energia trouxe consigo um lado positivo, permitindo que o consumidor pudesse entender o seu consumo, tendo acesso a mecanismos e ferramentas para racionalizar o uso da energia. Com a implantação dos consumidores livres em todos os segmentos de consumo, incluindo o residencial, essa mentalidade de buscar a melhor alternativa na compra de energia deve ganhar importância. Hoje, com um mercado passivo, é realmente difícil fazer o consumidor entender as opções e o valor da energia, já que ele não possui alternativas de economizar a não ser medidas por ele próprio implementadas. Que lições o Sr. acha que o Brasil realmente tirou da crise? Hoje o Brasil adaptou uma série de procedimentos do setor e vem tentando implementar outros tanto, que resultarão na criação de um mercado forte, dinâmico e competitivo. Pelo menos esse é o esforço do governo e dos agentes do setor. Qualquer processo de autoregulamentação e abertura de mercado é doloroso, a princípio, porém, bastante promissor num horizonte de médio e longo prazos. Pelo ponto de vista do consumidor, passamos a saber o que significa um KWh, como economizar, quanto gasta um aparelho eletrônico e como funciona o mercado de energia no Brasil. O Sr. defende a racionalização no uso da energia. Quem deve contribuir mais para isso: o consumidor, o governo ou as empresas do setor? O consumidor, na realidade, executa aquilo que lhe é passado. Nós, brasileiros, mostramos que estamos prontos para nos adaptarmos rápido a novas regras de consumo. O governo e as empresas precisam trabalhar melhor a comunicação com os consumidores, não apenas informando o que deve ser feito para economizar energia, mas também o porquê de se economizar e os resultados efetivos que a economia lhe trará. E, caso empresas e governo, no meu entender, queiram que haja um uso racional de energia, durante o processo educacional, o consumidor deve obter vantagens para que a cultura de utilizar racionalmente

4 4 Fev/Mar/Abr/2002 Mai/Jun/Jul/ A renovação do conhecimento n Qualidade e eficiência, uma marca da AES Sul A s pessoas e times da AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia estão topando o desafio da qualificação e do aperfeiçoamento profissional. Decidir, correr riscos e evoluir são ações que dependem fundamentalmente da contínua renovação do conhecimento, como forma de preparação para a obtenção de resultados nos negócios. Esta é a visão que norteia o Projeto Capacitação, que a empresa materializa através de eventos abertos à participação de todos os seus colaboradores, destinados à troca de experiências, e que utiliza, como ferramentas efetivas de crescimento pessoal e profissional entre os participantes, de instrumentos como jogos, debates e estudos de casos práticos. O objetivo maior está presente em todo o decorrer do Projeto: contribuir para o desenvolvimento profissional das pessoas e para o melhor aproveitamento do potencial de contribuição individual de cada um e dos times dos quais participam tendo sido comprovado, já, que é altamente positivo o produto da multiplicação de talentos, conhecimentos e motivação. Para atingir este resultado, além do fundamental interesse pelo auto-desenvolvimento e a contribuição dos participantes, os principais fatores têm sido a dedicação, a inteligência e a energia de aproximadamente 80 pessoas AES Sul que atuam como instrutores. O Projeto é impulsionado sob sua orientação. Torna-se fácil perceber, assim, que as pessoas são muito motivadas, também, através da saudável competição gerada pela Copa dos Campeões, através da qual elas buscam estar nas primeiras posições dos rankings individuais e dos times, numa movimentação muito interessante de participação. A Copa dos Campeões apenas começou. Ela ainda terá a duração de mais oito meses até a apuração final dos vencedores. Até março, já haviam sido ocupadas 15% das horas previstas para o total do projeto, restando cumprir ainda, até o seu final, 85%, ou seja, mais de h/h, conforme mostra o gráfico. A expectativa da AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia, com esse projeto, é de atingir a meta projetada para o ano, desenvolvendo eventos de capacitação técnica, gestão empresarial, visão de resultados, setor elétrico, liderança e comportamental. Curso para eletricistas (em cima); o Show Arrecadação (ao lado) e o time do Faturamento Como anda a Copa dos Campeões Os primeiros resultados parciais da Copa dos Campeões, apurados e divulgados ao final de março passado e cumpridos apenas 15% das metas previstas para o Projeto Capacitação já apontam alguns participantes com atuação que vêm obtendo destaque. Esse é o verdadeiro estímulo para que Projeto Capacitação - Indicadores - Março/2002 os demais, que ainda não aparecem nas listagens, redobrem os seus esforços, entrando a valer na competição. Nas tabelas abaixo, veja quais eram os principais indicadores do Projeto, em março, e quem vinha obtendo melhor desempenho. PROGRAMA HORAS-HOMEM EVENTOS Metas Realizadas % Realizadas n Capacitação Técnica (total) ,8% 7 n Setor Elétrico (total) ,2% 1 n Gestão empresarial (total) ,3% 2 n Visão de Resultados (total) ,8% 4 n Liderança (total) n Comportamento (total) n Call Center - Desenvolvimento (total) ,1% 2 n Call Center - Seleção (total) ,5% 4 n TOTAL GLOBAL ,7% 20 POSIÇÃO n 1ª n 2ª n 3ª Times - Processos Instrutores TIME / PROCESSO Contabilidade Call Center Gestão de Materiais POSIÇÃO NOME TIME / PROCESSO n 1º Ana Paula Metz de Souza Call Center n 2º Valdir Flores de Menezes Processos Comerciais n 3º Ana Paula Câmara Canoas n 4º Alessandra Kozlowski Canoas n 5º Sheila Flores da Silva Call Center n 6º Paulo Ricardo Araújo Montenegro n 7º Paulo Roberto Cichelero Call Center n 8º Renan Almeida Ribeiro Processos Comerciais n 9º Nara Duarte Soares Canoas n 10º Pedro Paulo Schmidt Diretoria n 10º Valmir Mattos Processos Comerciais Participantes POSIÇÃO NOME TIME / PROCESSO n 1º Carlos Alberto Santanna Canoas n 1º Fabio Calvo Silva Livramento n 1º Gilberto Batista Schleder São Leopoldo n 1º José Maria Barros Planej. de Exp. e Manutenção n 1º Júlio Augusto da Rocha Sapiranga n 1º Júlio César Baldasso Contabilidade n 1º Maria Beatriz Cardoso de Araújo Contabilidade n 1º Marisa Aldina Streck Santa Maria n 1º Valdones Gedevar Padilha dos Santos CME n 10º Wayner da Trindade Piegas Processos Comerciais

5 6 Mai/Jun/Jul/2002 EM FOCO Lâmpadas compactas já estão sendo distribuídas No dia cinco de abril, a AES Sul iniciou a distribuição de 110 mil lâmpadas fluorescentes compactas de 15 watts, para os cerca de 50 mil clientes da sua área de concessão classificados como "Baixa Renda" (consumo mensal de até 160 Kw/h e moradia de até 40 m2). Cada cliente contemplado no projeto receberá, instaladas na sua residência, duas lâmpadas. O projeto prevê que as novas lâmpadas substituam as lâmpadas incandescentes de 60 watts, proporcionando uma economia em torno de 85% no consumo de energia elétrica. Segundo o coordenador do Programa de Eficiência Energética da AES Sul, Antônio Saldanha Nunes, o projeto será realizado até o final de maio. A economia de energia esperada pela AES Sul é de aproximadamente 8.212,5 MW/h e uma demanda evitada de 2.790,0 KW. O investimento total da empresa é de R$ ,00. A primeira região contemplada da área de concessão da AES Sul foi a Fronteira-Oeste, entre os dias 05 a 20 de abril, seguida da região Centro, de 21 de abril a 10 de maio. Por último estão regiões dos Vales do Taquari e Rio Pardo, e Região Metropolitana. Alcance social O projeto, segundo Saldanha, tem um objetivo social, trazendo medidas de eficiência energética que beneficiem os clientes de baixa renda auxiliando, além disso, no processo de redução do desperdício de energia. Ele integra o Programa Anual de Combate ao Desperdício de Energia Elétrica da AES Sul. Em 2002, a empresa planeja investir em torno de R$ 4 milhões e 711 mil reais nesse programa. Equipe prepara avanços no sistema de gestão N o último dia 15 de abril teve início uma nova fase do Projeto Evolução da AES Sul, durante a qual será realizado o levantamento das necessidades e definição do modelo de processos da Companhia. O Projeto consiste na migração para uma nova versão do software R/3 da empresa SAP, sobre o qual se desenvolve o sistema de gestão da empresa, preparando-se, agora, a implementação de novos módulos como o de Manutenção (PM), Investimento (PS) e Venda de Serviços e Produtos (SD). Também estão sendo feitas uma revisão e melhorias de processos nos módulos já existentes - Financeiro (FI), Custos (CO) e Gestão de Materiais (MM). Na fase seguinte, que terá início no dia 3 de junho, este modelo será contemplado no R/3. O projeto tem como objetivos principais a adaptação do Plano de Contas ANEEL, melhoria dos processos atuais, evolução tecnológica, análise No início de abril, a AES Sul colocou em operação uma nova subestação, ampliando e melhorando seus serviços aos consumidores. Trata-se da SE- Venâncio Aires, com características de 69/13,8 KV e acréscimo de potência de 25 MVA. Ela foi desenvolvida para aliviar o carregamento da subestação existente, aumentando a disponibilidade de carga para a região em 40%. O investimento realizado, da ordem de R$ 2,03 milhões, proporcionará a melhoria dos níveis de qualidade e confiabilidade junto aos clientes beneficiados, cerca de 15 mil, nos municípios de Venâncio Aires, Mato Leitão e Sério. As novas estruturas metálicas compactas com isoladores poliméricos, utilizadas na linha n Equipe do Projeto Evolução: 20 pessoas AES Sul e 10 consultores de fluxo de caixa, gestão multiempresa (AES Sul, Infoenergy), disponibilizar uma ferramenta de gestão de negócios para a empresa e disseminar os conceitos dessa ferramenta a um maior número de pessoas AES, entre outros benefícios a serem gerados. A equipe do Projeto Evolução é composta por 30 pessoas, sendo 20 pessoas AES Sul e 10 consultores SAP com de transmissão de 3,7 km que alimenta a estação, representaram para a AES Sul uma economia aproximada de 15% nem relação às estruturas de dedicação de tempo integral, todos organizados por módulos em uma estrutura física única. As pessoas AES Sul receberam treinamentos do dia 28 de janeiro ao dia 1º de abril, alcançando uma ampla visão de todos os processos a serem desenvolvidos e validados para que, ao chegar no dia 1º de outubro, o projeto entre em produção, atendendo todas as necessidades da AES Sul. Uma nova subestação em Venâncio Aires n Nova estação beneficia 15 mil consumidores concreto normalmente usadas em perímetros urbanos. Esta é a primeira linha de transmissão no Sul do Brasil a usar este tipo de estrutura para 69 kv.

6 Mai/Jun/Jul/ COD Fronteira muda para Uruguaiana Uma operação complexa, mas que com o esforço das pessoas AES Sul acabou sendo bem sucedida e até mesmo superando as expectativas, foi a transferência do Centro de Operação e Distribuição Fronteira, de Alegrete para a vizinha Uruguaiana - o que ocorreu no início de março, exigindo, antes, uma boa planificação para ser executado. Em Alegrete, conforme lembra Elias Rocha Sanches, vinculado ao time de Livramento pela estrutura favo de mel (Operador do COD Fronteira) os problemas que vinham sendo enfrentados prejudicavam toda a intenção e os esforços para realização de um bom trabalho. Falhas de estabilidade no linck de comunicação, por exemplo, eram muito freqüentes, e sempre que aconteciam resultavam num verdadeiro entrave. Se o problema ocorria numa quintafeira, às vezes ficávamos até cinco dias trabalhando mal, porque abríamos um chamado e tínhamos que ficar muito tempo aguardando o atendimento, exemplifica Elias. O acesso discado que o time possui para emergências (backup) como essa não existe para ser usado com freqüência e por muito tempo, pois opera com lentidão, prejudicando o trabalho das equipes que exige rapidez e agilidade, devido à série de informações, manobras e outros itens necessários ao pronto atendimento. O fato do sistema não atender a esses requisitos, lembra Elias, trazia outras conseqüências, bastante graves, relativas à própria segurança e integridade dos colegas que partem para o atendimento de incidências nas redes, sem falar no estresse dos operadores e equipes durante o tempo em que ficavam à espera, sem poder entrar em ação. Muitas vezes, em situação de contingência, quando o normal seria trabalhar com quatro operadores, foi preciso utilizar todo o time oito operadores numa carga horária que por vezes chegava até 15 horas de trabalho. A deficiência nas respostas por parte das empresas da área de telecomunicações fez, então, com que se optasse pela mudança do COD para Uruguaiana. O que foi feito com ganhos em confiabilidade e atendimento (dispondo do serviço 24 horas da Embratel). Hoje, relata Elias, trabalhamos em Uruguaiana junto ao time de serviço (rua Domingos de Almeida, 2158), com certeza de que o resultado da mudança superou a expectativa. O número de problema é bem menor e quando eles ocorrem somos bem atendidos e temos respostas rápidas". Seguro: mais uma vantagem AES Sul A AES Sul está lançando mais uma novidade que, sem dúvida, vai ampliar o conforto de seus clientes. É um seguro que vai garantir ao consumidor residencial, em valores equivalentes aos de sua conta de luz, várias garantias - entre outras, quatro meses de conta paga em caso de desemprego involuntário, auxílio 24 horas para chaveiros e eletricistas em casos de emergência, auxílio em casos de ocorrência de temporal, incêndio e explosão, além de um sorteio mensal de valores entre R$ 2 mil e R$ 5 mil. n Com a mudança, a equipe procurou maior segurança e confiabilidade O projeto foi criado com o objetivo de proporcionar aos consumidores maior tranqüilidade e segurança, no caso de incidência de uma ou mais dessas situações. Com o apoio da Aon Affinity do Brasil, empresa que oferece assessoria a diversas corporações mundiais, especializada na elaboração, distribuição e administração de produtos e serviços de seguros massificados, a AES Sul está realizando um piloto do projeto em junho, na cidade de Santa Maria. No mesmo mês, o seguro passa a ser estendido para toda a área de concessão da empresa. A divulgação do projeto será feita através de mala direta enviada para a casa dos consumidores. O seguro poderá ser pago diretamente junto com a conta de energia elétrica. Caso o cliente perca a oportunidade de aderir ao seguro, ele ainda poderá fazê-lo através do serviço de teleatendimento, onde também serão proporcionados os esclarecimentos para aqueles que queiram informações adicionais antes de providenciar na sua adesão. Time de Montenegro recebe o Top Ibiá Pelo segundo ano consecutivo, a AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia recebe o prêmio TOP IBIÁ - Atendimento Serviços Essenciais, organizado pelo Jornal Ibiá, de Montenegro. Fomos eleitos como o Melhor Atendimento em Serviços Essenciais. Esta é a sexta edição da pesquisa, envolvendo a comunidade de Montenegro, com a aplicação de 400 entrevistas (0,73% da população analisada). O resultado colocou a AES Sul na ponta da preferência dos consumidores de serviços, obtendo um total de 34,8% dos votos. Seguiram-se: n Brigada Militar, com 19,3%. n CRT, com 10,3%. n Corsan, com 9,5%. n Bombeiros, com 8,5%. n Telefônica Celular, com 8,0%. n Claro Digital 6,5%. n Delegacia de Polícia, com 2,0%. Um percentual de 1,3% dos entrevistados não conferiu voto a nenhuma instituição. O evento de entrega dos prêmios ocorreu no dia 4 de maio, às 22 horas, no Clube Riograndense, em Montenegro, recebendo ampla divulgação em revista e numa edição especial do jornal. Para o time de Montenegro, essa premiação foi recebida com especial carinho, pois demonstra o reconhecimento dos clientes da região com o esforço empreendido diariamente por cada uma das pessoa que o compõe. EM FOCO

7 Mai/Jun/Jul/ Bem perto do cliente Daniel Porto, 24 anos, eletrotécnico formado pela Escola Parobé, em Porto Alegre, é um dos tantos jovens que, com entusiasmo, constróem o seu futuro atuando profissionalmente nos times da AES Sul. Recém-casado com Jacqueline (a cerimônia foi no último mês de fevereiro), ele atua no time de Canoas, na Região Metropolitana, onde trabalha na área de fiscalização. Suas tarefas diárias - ligadas principalmente a vistorias em medições de baixa tensão - o aproximam muito dos clientes, sejam eles residenciais ou pequenas empresas. E não é por outra razão que Daniel cumpre um papel importante: o de ser um verdadeiro representante da empresa junto aos consumidores. É comum, por exemplo, sua participação no Projeto Escola e a contribuição que presta às ações de capacitação no seu time. Com freqüência, está lá na frente da casa do consumidor dando "dicas" sobre o uso racional de energia, ou participando da programação das SIPATs nas empresas. Nesses contatos todos que estabelece em seu dia-adia, ele já sentiu que a crise de energia deixou algumas lições junto à população. "O pessoal sentiu que o uso racional de energia era uma boa alternativa econômica e mantiveram o hábito", garante ele, ao relatar que o uso das lâmpadas compactas, hoje, já está bastante difundido. Como técnico, ele informa que esse tipo de lâmpada é mais econômica, tem uma duração aproximada de horas, e "o cliente está adotando esta opção", pois uma incandescente vai "queimar" em um tempo bem mais reduzido de horas. Seu uso - incentivado pela AES Sul, que até tem projeto específico para distribuição gratuita das compactas (leia nesta edição) - tornou-se comum "até mesmo porque o preço de cada unidade baixou muito, do ano n Daniel: proximidade com os clientes e trabalho social passado para cá". Nas vistorias que as equipes realizam nos pontos de medição, é tarefa não apenas observar se existem irregularidades nas instalações, mas também se elas estão de acordo com as normas de segurança. A indicação de "consumo zero" através de select do banco de dados da empresa, informa ele, pode ser indício de irregularidades - que normalmente são de dois tipos: ou o desvio, quando a tomada da energia acontece antes do medidor (procedimento mais conhecido como "gato"), ou a fraude, mais sofisticada porque envolve uma alteração (rompimento de lacre e manipulação interna, por exemplo) no equipamento. Ambos são atos freqüentes, e acima de tudo ilegais e perigosos. A média de "gatos" em Canoas ainda é alta - em torno de 13% das cerca de 900 fiscalizações realizadas por mês -, mas é aí que entra, também, outro trabalho social que faz parte das atividades de Daniel: o de conscientização. Há, até mesmo, projetos específicos nessa área, como os de regularização desenvolvidos no bairro Guajuviras, em Canoas, em que através da participação de todo time, "conseguimos nos aproximar da comunidade levando educação, cultura e solidariedade. Já obtivemos resultado com a regularização da Vila Caic, com 140 famílias, onde atingimos uma adimplência de 99%". Na AES Sul, segundo Daniel, são registras todas as irregularidades constatadas, inclusive com levantamento fotográfico. E sempre há procura de soluções para elas, na tentativa, entre outros procedimentos, de recuperar o consumo de energia não registrado. "Mas o sentido final do nosso trabalho" - resume - "é entregar uma energia segura, limpa e confiável". Daniel Porto Canoas - RS Eletrotécnico do Time de Canoas 24 anos PERFIL Hobby: Atualmente estou parado, mas já começo a me organizar para voltar ao surf, que pratico desde quando tinha nove anos. Minha praia predileta é a Praia do Rosa, em Santa Catarina. Música: Reggae e surf music. Leituras: Atualmente, leio mais livros técnicos, além de jornais e revistas. Não tenho lido outras coisas, mas é algo que estou devendo a mim mesmo. Cinema: Filmes de ação, policiais, romances. Gostei muito de Cidade dos Anjos e de Seven - Os Sete Pecados Capitais. TV: Assisto muito pouco. Nada contra as emissoras, mas não perco uma tarde de domingo na frente da TV. Detesta: Críticas destrutivas. As construtivas são bemvindas. Adora: Viajar. Mas por incrível que pareça conheço mais os outros estados do que o meu. Quero conhecer mais o interior do Rio Grande do Sul. Um lugar: O Gasômetro, em Porto Alegre. É um lugar especial para mim e para minha esposa. Ali é muito bom para se conversar com os amigos e se avista um pôr-de-sol maravilhoso. Um sonho: Estou a caminho dele. Além daquilo que é normal continuar crescendo e criar uma estrutura familiar quero muito conhecer outros países.

Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa

Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa II Conferência RELOP Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa AES SUL - Concessionária de Distribuição de Energia Elétrica da Região Sul do Brasil Estratégias Empresariais:

Leia mais

Investimentos da AES Brasil chegam a R$ 1,1 bi em 2010 e meta é R$ 1,2 bi para 2011

Investimentos da AES Brasil chegam a R$ 1,1 bi em 2010 e meta é R$ 1,2 bi para 2011 Investimentos da AES Brasil chegam a R$ 1,1 bi em 2010 e meta é R$ 1,2 bi para 2011 Grupo aumentou quadro de colaboradores próprios em 29%. Juntas, AES Eletropaulo e AES Sul distribuíram energia para mais

Leia mais

Ministério de Minas e Energia Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Eletrobras ANEXO VI DESCRIÇÃO DO PROJETO ENERGIA+

Ministério de Minas e Energia Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Eletrobras ANEXO VI DESCRIÇÃO DO PROJETO ENERGIA+ Ministério de Minas e Energia Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Eletrobras ANEXO VI DESCRIÇÃO DO PROJETO ENERGIA+ CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ORGANIZAÇÃO DE CONGRESSOS, EXPOSIÇÕES,

Leia mais

News. A melhor do País está no Sul. Um atendimento exclusivo para o setor industrial. ganha uma nova subestação Página 7

News. A melhor do País está no Sul. Um atendimento exclusivo para o setor industrial. ganha uma nova subestação Página 7 Ano II Ago/Set/Out 2002 n Santa Maria ganha uma nova subestação Página 7 n Investimentos e melhorias em Livramento Página 6 A melhor do País está no Sul Na avaliação feita pelos clientes, a AES Sul Distribuidora

Leia mais

Investimentos da AES Brasil crescem 32% e atingem R$ 641 milhões nos primeiros nove meses do ano

Investimentos da AES Brasil crescem 32% e atingem R$ 641 milhões nos primeiros nove meses do ano Investimentos da AES Brasil crescem 32% e atingem R$ 641 milhões nos primeiros nove meses do ano Valor faz parte de plano de investimentos crescentes focado em manutenção, modernização e expansão das operações

Leia mais

Programa de Eficiência Energética das Empresas de Distribuição de Energia Elétrica PEE

Programa de Eficiência Energética das Empresas de Distribuição de Energia Elétrica PEE Programa de Eficiência Energética das Empresas de Distribuição de Energia Elétrica PEE Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL Superintendência de Pesquisa e Desenvolvimento e Eficiência Energética

Leia mais

Contribuição Eletropaulo Metropolitana S/A Expositor Antoninho Borghi

Contribuição Eletropaulo Metropolitana S/A Expositor Antoninho Borghi Audiência Pública ANEEL 027/2003 Estabelece as condições de atendimento por meio de Central de Teleatendimento (CTA) das concessionárias ou permissionárias, critérios de classificação de serviços e metas

Leia mais

News. Uma gestão para todos. Conta premiada, a revolução. Iniciativa inédita no setor de energia. Fique por dentro da filosofia da AES mundial.

News. Uma gestão para todos. Conta premiada, a revolução. Iniciativa inédita no setor de energia. Fique por dentro da filosofia da AES mundial. Iniciativa inédita no setor de energia Ano I Maio/Jun/Jul2001 Uma gestão para todos Fique por dentro da filosofia da AES mundial. Com níveis hierárquicos reduzidos ao mínimo, a estrutura organizacional

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO 1. APRESENTAÇÃO. alternativa de autoemprego e geração de renda para sobreviver.

REGULAMENTO CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO 1. APRESENTAÇÃO. alternativa de autoemprego e geração de renda para sobreviver. CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO PROJETO DE INCENTIVO AO PEQUENO NEGÓCIO 7ª EDIÇÃO, 2015 Realização: SEBRAE/SC e RICTV Record REGULAMENTO 1. APRESENTAÇÃO O concurso MEU SONHO MEU NEGÓCIO é um projeto realizado

Leia mais

Projetos em Implementação no PEE 2015

Projetos em Implementação no PEE 2015 Tipo: Poder público Nome do Projeto: Eficientização do Porto Digital O Projeto constituiu na substituição do sistema de refrigeração, composto por chillers, refrigerados, ar splits distribuídos por alguns

Leia mais

Gerenciamento de Energia

Gerenciamento de Energia Gerenciamento de Energia Mapa do Cenário Brasileiro Capacidade total de quase 88.500MW; Geração de 82.000MW; Transmissão de 80.000Km maiores que 230kV; mais de 530 usinas e subestações; 47 milhões de consumidores.

Leia mais

Olinda - Pernambuco - Brasil. Torpedo: Um Novo Canal de Relacionamento Uso de novas tecnologias no relacionamento com os clientes

Olinda - Pernambuco - Brasil. Torpedo: Um Novo Canal de Relacionamento Uso de novas tecnologias no relacionamento com os clientes XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Torpedo: Um Novo Canal de Relacionamento Uso de novas tecnologias no relacionamento

Leia mais

Conquistamos ao longo de nossa trajetória mais de 30.000 licenças em operação em 6.500 clientes ativos.

Conquistamos ao longo de nossa trajetória mais de 30.000 licenças em operação em 6.500 clientes ativos. Institucional Perfil A ARTSOFT SISTEMAS é uma empresa brasileira, fundada em 1986, especializada no desenvolvimento de soluções em sistemas integrados de gestão empresarial ERP, customizáveis de acordo

Leia mais

COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL COMITÊ NACIONAL BRASILEIRO

COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL COMITÊ NACIONAL BRASILEIRO COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL COMITÊ NACIONAL BRASILEIRO V CIERTEC - SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE GESTÃO DE PERDAS, EFICIENTIZAÇÃO ENERGÉTICA E PROTEÇÃO DA RECEITA NO SETOR ELÉTRICO Área

Leia mais

Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa

Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa mais ágil, com menos papel e mais resultados. 2 ÍNDICE

Leia mais

Estamos presentes em 20 estados

Estamos presentes em 20 estados http://goo.gl/7kuwo O IDEBRASIL é voltado para compartilhar conhecimento de gestão com o empreendedor do pequeno e micro negócio, de forma prática, objetiva e simplificada. A filosofia de capacitação é

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010 Palestras informativas Promover ações educativas para a promoção do voluntariado transformador. Mobilizar voluntários. Toda a comunidade de Curitiba e Região Metropolitana

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO Nº 06/2014 ANO XI (20 de fevereiro de 2014)

BOLETIM INFORMATIVO Nº 06/2014 ANO XI (20 de fevereiro de 2014) BOLETIM INFORMATIVO Nº 06/2014 ANO XI (20 de fevereiro de 2014) 01. ONDA TECNOLÓGICA INVADE A CONTABILIDADE Divulgamos esta matéria que está circulando na internet, por tratar de assuntos muito importantes

Leia mais

Agradecemos seu interesse em juntar-se a nós através de nosso sistema de franquias Dr. Marido. TRANSPARÊNCIA EM FRANQUIAS TIRANDO SUAS DÚVIDAS

Agradecemos seu interesse em juntar-se a nós através de nosso sistema de franquias Dr. Marido. TRANSPARÊNCIA EM FRANQUIAS TIRANDO SUAS DÚVIDAS 1 CARO CANDIDATO (A). Agradecemos seu interesse em juntar-se a nós através de nosso sistema de franquias Dr. Marido. Estamos em fase de seleção para franqueados para as principais regiões e cidades do

Leia mais

o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica sumário >> Introdução... 3 >> Nota fiscal eletrônica: o começo de tudo... 6 >> Nota fiscal de consumidor eletrônica (NFC-e)... 10 >> Quais as vantagens

Leia mais

Consumo Consciente Energia Elétrica

Consumo Consciente Energia Elétrica Consumo Consciente Energia Elétrica Agosto 2010 Planeta SUSTENTABILIDADE NO CONSUMO Incentivo ao consumo responsável e consciente IMPORTÂNCIA DA ENERGIA PARA O GRUPO Compra energia elétrica de 23 concessionárias

Leia mais

DIREITOS E DEVERES DO CONSUMIDOR DE ENERGIA ELÉTRICA. de Ética RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 414 NOVA EDIÇÃO

DIREITOS E DEVERES DO CONSUMIDOR DE ENERGIA ELÉTRICA. de Ética RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 414 NOVA EDIÇÃO DIREITOS E DEVERES DO CONSUMIDOR DE ENERGIA ELÉTRICA Código de Ética NOVA EDIÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 414 CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA APRESENTAÇÃO A Agência Nacional de Energia

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

Importância da medição de energia para a eficiência energética

Importância da medição de energia para a eficiência energética 64 Importância da medição de energia para a eficiência energética Elaborado por César Lapa, Marco Antonio Saidel e Katia Gregio Di Santo INTRODUÇÃO A eficiência energética destaca-se cada vez mais no cenário

Leia mais

olh O combate à práticas ilegais deve ser intensificado no comércio brasileiro, a começar pelo consumidor, vítima primária dos riscos

olh O combate à práticas ilegais deve ser intensificado no comércio brasileiro, a começar pelo consumidor, vítima primária dos riscos olh O combate à práticas ilegais deve ser intensificado no comércio brasileiro, a começar pelo consumidor, vítima primária dos riscos E MAIS: CADERNO DE ILUMINAÇÃO Em Pauta: Conceitos de fotometria Estudo

Leia mais

HELP INTERATIVO: FERRAMENTA PARA FACILITAR A OPERAÇÃO DO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO PELOS COD S RAGONE, JC

HELP INTERATIVO: FERRAMENTA PARA FACILITAR A OPERAÇÃO DO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO PELOS COD S RAGONE, JC 06 a 10 de Outubro de 2008 Olinda - PE HELP INTERATIVO: FERRAMENTA PARA FACILITAR A OPERAÇÃO DO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO PELOS COD S RAGONE, JC CFLCL jragone@catleo.com.br Companhia Força e Luz Cataguazes-

Leia mais

COMO TRANSFORMAR UMA IDÉIA INOVADORA NUM PROGRAMA VITORIOSO: NOSSO CORRETOR ON-LINE.

COMO TRANSFORMAR UMA IDÉIA INOVADORA NUM PROGRAMA VITORIOSO: NOSSO CORRETOR ON-LINE. SINOPSE COMO TRANSFORMAR UMA IDÉIA INOVADORA NUM PROGRAMA VITORIOSO: NOSSO CORRETOR ON-LINE. O Problema - Uma idéia inovadora com dificuldades operacionais A Real Seguros atua junto a mais de 7,5 mil corretores

Leia mais

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor Dados da empresa Razão Social: Visa do Brasil Empreendimentos Ltda. Nome Fantasia:

Leia mais

Entenda a Indústria de Energia Elétrica

Entenda a Indústria de Energia Elétrica ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DISTRIBUIDORES DE ENERGIA ELÉTRICA Entenda a Indústria de Energia Elétrica Módulo 4 transmissão Entenda a Indústria de Energia Elétrica Módulo 4 5 O transporte da energia elétrica:

Leia mais

SOL Maior fonte de energia da Terra. A Cadeia de Valor para a Geração Fotovoltaica no Brasil Newton Duarte Vice Presidente Executivo da COGEN

SOL Maior fonte de energia da Terra. A Cadeia de Valor para a Geração Fotovoltaica no Brasil Newton Duarte Vice Presidente Executivo da COGEN termosolar fotovoltaica SOL Maior fonte de energia da Terra A Cadeia de Valor para a Geração Fotovoltaica no Brasil Newton Duarte Vice Presidente Executivo da COGEN 17/09/2014 Relatório GT COGEN SOLAR

Leia mais

SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA

SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA Estado da arte Aplicações atuais Perspectivas Landulfo Mosqueira Alvarenga Consultor Técnico Diretoria de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação CEPEL 1 Seminário Internacional

Leia mais

11º Seminário de Tecnologia de Sistemas Prediais. 20 de maio

11º Seminário de Tecnologia de Sistemas Prediais. 20 de maio 11º Seminário de Tecnologia de Sistemas Prediais 20 de maio 1 Agenda O Grupo AES no Brasil Organograma As associações participantes e evolução no relacionamento Fluxo Ligação Nova Demanda por projetos

Leia mais

SISTEMAS BRASILEIRO EM INFORMÁTICA CNPJ:

SISTEMAS BRASILEIRO EM INFORMÁTICA CNPJ: Dados da Empresa Dados da SYSTEMBRAS SISTEMAS BRASILEIRO EM INFORMÁTICA CNPJ: 00.000.000/0001-00 Rua Paramoti, 04 Vila Antonieta SP Cep: 03475-030 Contato: (11) 3569-2224 A Empresa A SYSTEMBRAS tem como

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL Audiência Pública nº47 Data: 27/08/2015 Concessão: Bandeirante Cidade: São José dos Campos/SP AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL PRINCIPAIS COMPETÊNCIAS SOMOS RESPONSÁVEIS PELA... Regulação Mediação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONOMICO E EMPREGO CENTRO DE INOVAÇÃO E ACELERAÇÃO DE EMPRESAS DE PALMAS - CIAP

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONOMICO E EMPREGO CENTRO DE INOVAÇÃO E ACELERAÇÃO DE EMPRESAS DE PALMAS - CIAP PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONOMICO E EMPREGO CENTRO DE INOVAÇÃO E ACELERAÇÃO DE EMPRESAS DE PALMAS - CIAP Palmas TO Ciap CENTRO DE INOVAÇÃO E ACELERAÇÃO DE EMPRESAS

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS

NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS ÍNDICE 03 Capítulo 0 Introdução 04 Capítulo 1 O que é Nota Fiscal Eletrônica? 05 Capítulo 2 Quais são os tipos de Nota Fiscal Eletrônica? 07 14 15 Capítulo 3 Quais as

Leia mais

nota fiscal eletrônica para leigos

nota fiscal eletrônica para leigos nota fiscal eletrônica para leigos índice 03 Capítulo 0 Introdução 04 Capítulo 1 O que é Nota Fiscal Eletrônica? 05 Capítulo 2 Quais são os tipos de Nota Fiscal Eletrônica? 07 14 15 Capítulo 3 Quais as

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO N o 615, DE 6 NOVEMBRO DE 2002 (*) Vide alterações e inclusões no final do texto. Aprova o modelo do Contrato de Prestação de Serviço Público de Energia

Leia mais

Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada

Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada XI SIMPÓSIO DE AUTOMAÇÃO DE SISTEMAS ELÉTRICOS 16 a 19 de Agosto de 2015 CAMPINAS - SP Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada Paulo Antunes Souza Wagner Hokama

Leia mais

Direitos e Deveres dos Consumidores Residenciais de Energia Elétrica

Direitos e Deveres dos Consumidores Residenciais de Energia Elétrica Encontro do Conselho de Consumidores da AES Eletropaulo (Conselpa) e Conselho Coordenador das Associações Amigos de Bairros, Vilas e Cidades de SP (Consabesp). Direitos e Deveres dos Consumidores Residenciais

Leia mais

PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA

PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA Prestação de Serviço de Configuração de Portal de Cidade VISÃO GERAL PESM Projeto Eu Sou de Minas tem a satisfação de enviar esta proposta de serviços

Leia mais

EMPRESA. Realizamos distribuição direta das melhores marcas de produtos no segmento industrial.

EMPRESA. Realizamos distribuição direta das melhores marcas de produtos no segmento industrial. APRESENTAÇÃO EMPRESA Somos uma empresa de distribuição, projetos e serviços técnicos e de engenharia, consultoria, planejamento, gerenciamento e fornecedora de soluções tecnológicas para empreendimentos

Leia mais

TV por Assinatura. Telefonia Fixa. Banda Larga. Respeito

TV por Assinatura. Telefonia Fixa. Banda Larga. Respeito Banda Larga TV por Assinatura Telefonia Fixa Respeito APIMEC RIO Rio de Janeiro, 22 de Novembro de 2013 A GVT é uma empresa autorizada pela Anatel a prestar serviços em todo o país A GVT tem licença STFC

Leia mais

CORSAN MODELO DE EXCELÊNCIA DE GESTÃO CRITÉRIO 3 CIDADÃOS. Superintendência de Relacionamento com o Cliente

CORSAN MODELO DE EXCELÊNCIA DE GESTÃO CRITÉRIO 3 CIDADÃOS. Superintendência de Relacionamento com o Cliente CORSAN MODELO DE EXCELÊNCIA DE GESTÃO CRITÉRIO 3 CIDADÃOS Superintendência de Relacionamento com o Cliente Aprendizagem & Crescimento Financeiro Clientes Processos Adesão à estratégia 1 2 3 Garantir a

Leia mais

PLATAFORMA ELIPSE E3 TRAZ AGILIDADE E SEGURANÇA AO SISTEMA ELÉTRICO DO SERVIÇO DE TRENS URBANOS DO RIO DE JANEIRO OPERADO PELA SUPERVIA

PLATAFORMA ELIPSE E3 TRAZ AGILIDADE E SEGURANÇA AO SISTEMA ELÉTRICO DO SERVIÇO DE TRENS URBANOS DO RIO DE JANEIRO OPERADO PELA SUPERVIA PLATAFORMA ELIPSE E3 TRAZ AGILIDADE E SEGURANÇA AO SISTEMA ELÉTRICO DO SERVIÇO DE TRENS URBANOS DO RIO DE JANEIRO OPERADO PELA SUPERVIA Este case apresenta a aplicação da solução Elipse E3 para automatizar

Leia mais

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida Soluções inteligentes em energia Energia para a vida O Brasil e o mundo contam com a nossa energia. A Prátil é uma empresa de soluções inteligentes em energia, que atua nos segmentos de infraestrutura

Leia mais

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br Soluções em Software para Medicina Diagnóstica www.digitalmed.com.br NOTA DE AGRADECIMENTO Primeiramente, agradecemos pela sua receptividade em conhecer as nossas soluções, afinal, é sempre uma imensa

Leia mais

2) Abrangência (município, bairro, número de unidades consumidoras)

2) Abrangência (município, bairro, número de unidades consumidoras) Tipo: Baixa Renda Nome do Projeto: Doação de geladeiras e lâmpadas para famílias inscritas em programas sociais do Governo Federal 2015. Situação: Em Implementação. O projeto tem como objetivo a substituição

Leia mais

Greenpeace/Otávio Almeida. Cartilha. Solar

Greenpeace/Otávio Almeida. Cartilha. Solar Greenpeace/Otávio Almeida Cartilha Solar E nergia elétrica é essencial para a vida moderna, e é preciso produzi-la em larga escala para atender toda a população de um país. Porém, o processo de produção

Leia mais

GUIA ATS INFORMÁTICA: TUDO SOBRE NOTA FISCAL ELETRÔNICA DO CONSUMIDOR

GUIA ATS INFORMÁTICA: TUDO SOBRE NOTA FISCAL ELETRÔNICA DO CONSUMIDOR GUIA ATS INFORMÁTICA: TUDO SOBRE NOTA FISCAL ELETRÔNICA DO CONSUMIDOR SUMÁRIO Introdução... 3 Requisitos para implementação da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica... 12 Vantagens da Nota Fiscal de Consumidor

Leia mais

Aqui você encontra dicas importantes para ajudá-lo na compreensão de todas as mudanças do Novo Kit de Cálculo Online.

Aqui você encontra dicas importantes para ajudá-lo na compreensão de todas as mudanças do Novo Kit de Cálculo Online. Prezado Corretor, Kit de Cálculo Online 0310K1 Este é o novo Kit de Cálculo Online 0310K1, com novidades e alterações para facilitar o seu dia-a-dia. Leia atentamente este Informe Técnico para entender

Leia mais

A 1ª Cidade Inteligente da América Latina

A 1ª Cidade Inteligente da América Latina A 1ª Cidade Inteligente da América Latina Imagine... gerar somente a energia que precisamos em nossas casas através de fontes renováveis... saber o consumo de energia de cada aparelho elétrico conectado

Leia mais

Para aa Fornecedores. Rede de Obras. Serviço de Informações Oportunidades d de obras para comercial, marketing e vendas

Para aa Fornecedores. Rede de Obras. Serviço de Informações Oportunidades d de obras para comercial, marketing e vendas Para aa Fornecedores Rede de Obras Serviço de Informações Oportunidades d de obras para comercial, marketing e vendas Informações de acordo com a sua necessidade Com o objetivo de atender a sua empresa

Leia mais

KM BRASIL GESTÃO DO CONHECIMENTO: NOVAS PERSPECTIVAS PARA A GESTÃO DOCUMENTAL POR: FLÁVIA CORREA DAISSON CLÁUDIA LOPES POCHO JULIANA APARECIDA PEREIRA

KM BRASIL GESTÃO DO CONHECIMENTO: NOVAS PERSPECTIVAS PARA A GESTÃO DOCUMENTAL POR: FLÁVIA CORREA DAISSON CLÁUDIA LOPES POCHO JULIANA APARECIDA PEREIRA KM BRASIL GESTÃO DO CONHECIMENTO: NOVAS PERSPECTIVAS PARA A GESTÃO DOCUMENTAL POR: FLÁVIA CORREA DAISSON CLÁUDIA LOPES POCHO JULIANA APARECIDA PEREIRA BRUNO PINTO CAVALCANTE RICARDO RÉGIS DE MACEDO PROJETO

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE O Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE visa fortalecer a missão de desenvolver a nossa terra e nossa gente e contribuir para

Leia mais

Reportamo-nos à solicitação referente à interrupção no fornecimento de energia elétrica à sua unidade consumidora.

Reportamo-nos à solicitação referente à interrupção no fornecimento de energia elétrica à sua unidade consumidora. ----- Original Message ----- From: ssau@sp.gov.br To: adm@smcp.org.br Sent: Monday, January 16, 2012 3:34 PM Subject: Enc: Solicitação de Ouvidoria nº 3020832481166 Este E-Mail transcreve o conteúdo da

Leia mais

Divulgação do novo telefone da Central de Atendimento da Cemig: Análise da divulgação da Campanha

Divulgação do novo telefone da Central de Atendimento da Cemig: Análise da divulgação da Campanha XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Divulgação do novo telefone da Central de Atendimento da Cemig: Análise da divulgação

Leia mais

GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET

GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET 1 SEJA BEM-VINDO à net! Caro cliente, Este guia foi desenvolvido para você conhecer um pouco mais sobre os produtos e serviços NET que estão à sua disposição. Aproveite

Leia mais

O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES

O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES KOWALCZUK, Lidiane Mendes Ferreira - PUCPR lidianemendesf@gmail.com VIEIRA, Alboni Marisa Dudeque Pianovski - PUCPR alboni@alboni.com Eixo Temático: Formação de Professores

Leia mais

PROTEÇÃO ITAÚ MICROCRÉDITO

PROTEÇÃO ITAÚ MICROCRÉDITO PROTEÇÃO ITAÚ MICROCRÉDITO Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga Inovação em seguros edição 2012 CONTEÚDO 1 Introdução... 2 2 Objetivo... 3 3 Desenvolvimento do trabalho... 4 Parceria entre as duas áreas

Leia mais

VARELLA, João. As cidades do futuro. Isto é Dinheiro. São Paulo, 15 de fevereiro de 2014.

VARELLA, João. As cidades do futuro. Isto é Dinheiro. São Paulo, 15 de fevereiro de 2014. As cidades do futuro VARELLA, João. As cidades do futuro. Isto é Dinheiro. São Paulo, 15 de fevereiro de 2014. O mundo passa por um processo de urbanização nunca visto na história. Metade da população

Leia mais

AGENDA. Propriedade exclusiva da Claro TV e Claro Fixo. Proibida reprodução sem prévia autorização.

AGENDA. Propriedade exclusiva da Claro TV e Claro Fixo. Proibida reprodução sem prévia autorização. COMBATE À PIRATARIA AGENDA CONCEITO OqueéPiratarianaTVporassinatura? É a apropriação e uso indevido dos sinais de TV por Assinatura sem a devida contratação junto a uma operadora, utilizando-se, também

Leia mais

Tipo: Aquecimento Solar Nome do Projeto: Instalação de Aquecedor Solar no Lar Maria Luiza. Situação: Concluído - Aprovado oficio nº688/2014 SPE ANEEL

Tipo: Aquecimento Solar Nome do Projeto: Instalação de Aquecedor Solar no Lar Maria Luiza. Situação: Concluído - Aprovado oficio nº688/2014 SPE ANEEL Tipo: Aquecimento Solar Nome do Projeto: Instalação de Aquecedor Solar no Lar Maria Luiza. Situação: Concluído - Aprovado oficio nº688/2014 SPE ANEEL 1) Objetivos do projeto Instalação de um sistema de

Leia mais

CENTRALIZAÇÃO, DESCENTRALIZAÇÃO, INTEGRAÇÃO DOS DESPACHOS DE EMERGÊNCIA E DO COMERCIAL: O DESAFIO DE CONFIGURAR UM CENTRO DE OPERAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO

CENTRALIZAÇÃO, DESCENTRALIZAÇÃO, INTEGRAÇÃO DOS DESPACHOS DE EMERGÊNCIA E DO COMERCIAL: O DESAFIO DE CONFIGURAR UM CENTRO DE OPERAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO 3ª Exposição e Fórum Internacional sobre Centros de Operação e Controle das Empresas de Energia Elétrica CENTRALIZAÇÃO, DESCENTRALIZAÇÃO, INTEGRAÇÃO DOS DESPACHOS DE EMERGÊNCIA E DO COMERCIAL: O DESAFIO

Leia mais

EDITAL DE PARTICIPAÇÃO LEAN START YOU UP - PROGRAMA DE EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA ABRIL/2015

EDITAL DE PARTICIPAÇÃO LEAN START YOU UP - PROGRAMA DE EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA ABRIL/2015 1. DADOS GERAIS EDITAL DE PARTICIPAÇÃO LEAN START YOU UP - PROGRAMA DE EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA ABRIL/2015 Carga Horária: 48h presenciais e 32h de atividades extras. Período de Realização: Dias 15 e 16;

Leia mais

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE CPA / PESQUISA Comissão avalia qualidade de ensino da FABE Avaliação positiva: A forma de abordagem dos objetivos gerais dos cursos também foi bem avaliada e a qualidade do corpo docente continua em alta.

Leia mais

Pesquisa e Desenvolvimento que geram avanços

Pesquisa e Desenvolvimento que geram avanços P&D O compromisso das empresas com o desenvolvimento sustentável por meio da energia limpa e renovável será demonstrado nesta seção do relatório. Nela são disponibilizados dados sobre a Pesquisa, Desenvolvimento

Leia mais

4 Fator de carga e fator de demanda: conceituação

4 Fator de carga e fator de demanda: conceituação 4 Fator de carga e fator de demanda: conceituação 4.1. Fator de carga (FC) Segundo a resolução a normativa nº 414 de 9 de setembro de 2010 da ANEEL, o fator de carga é definido como sendo a razão entre

Leia mais

O conceito de eficiência energética está ligado à minimização de perdas na conversão de energia primária em energia útil.

O conceito de eficiência energética está ligado à minimização de perdas na conversão de energia primária em energia útil. Eficiência Energética e a Nova Regulamentação do PEE ANEEL O conceito de eficiência energética está ligado à minimização de perdas na conversão de energia primária em energia útil. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

Leia mais

Técnicas passivas; Técnicas ativas.

Técnicas passivas; Técnicas ativas. Definição: a conservação de energia deve ser entendida como a utilização de uma menor quantidade de energia para a obtenção de um mesmo produto ou serviço através da eliminação do desperdício; Técnicas

Leia mais

Mobilidade Urbana Urbana

Mobilidade Urbana Urbana Mobilidade Urbana Urbana A Home Agent realizou uma pesquisa durante os meses de outubro e novembro, com moradores da Grande São Paulo sobre suas percepções e opiniões em relação à mobilidade na cidade

Leia mais

A Revista UP MAGAZINE

A Revista UP MAGAZINE A Revista MAGAZINE 6ª Edição (Novo Formato) Há um ano a revista Magazine vem mostrando que é comprometida com seus leitores, através de um conteúdo voltado para a informação, ideias e tendências feitos

Leia mais

Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica. Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com.

Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica. Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com. 21 a 25 de Agosto de 2006 Belo Horizonte - MG Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com.br RESUMO A tele-medição de

Leia mais

AUTORAS ROSANGELA SOUZA

AUTORAS ROSANGELA SOUZA AUTORAS ROSANGELA SOUZA Especialista em Gestão Empresarial com MBA pela FGV e Professora de Estratégia na Pós-Graduação da FGV. Desenvolveu projetos acadêmicos sobre segmento de idiomas, planejamento estratégico

Leia mais

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A.

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. Estudo de Caso Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes um novo serviço, que foi denominado de

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário Luiz Antônio Jaeger (21) 9702 9194 luizantonio@parme.com.br parme@parme.com.

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário Luiz Antônio Jaeger (21) 9702 9194 luizantonio@parme.com.br parme@parme.com. PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Pleno Dados da empresa Razão Social Franquipar Franqueadora e Licenciadora de Marcas Ltda. Nome fantasia Parmê

Leia mais

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003 Brasil Telecom Café da Manhã com Investidores Unibanco Fevereiro 2003 1 Estratégia 2 Mercado Metas Metas Garantir a liderança na Região II, focando nos clientes de alto valor. Garantir a liderança na Região

Leia mais

Casa de Cultura e Cidadania: Atitude e energia para transformar o mundo

Casa de Cultura e Cidadania: Atitude e energia para transformar o mundo Agosto-Setembro 2011 30 Espetáculo de Inauguração da Casa de Cultura e Cidadania de Novo Hamburgo. Casa de Cultura e Cidadania: Atitude e energia para transformar o mundo Editorial Responsabilidade Social

Leia mais

Rede de Sustentabilidade Ambiental

Rede de Sustentabilidade Ambiental Rede de Sustentabilidade Ambiental A. O que está acontecendo no planeta? B. Quais os efeitos? C. Quem pode mudar? D. O que é preciso fazer? O que está acontecendo no 1.Característica da população mundial

Leia mais

Tarifas de Fornecimento de Energia Elétrica

Tarifas de Fornecimento de Energia Elétrica Tarifas de Fornecimento de Energia Elétrica Conceitos Básicos: Os consumidores de energia elétrica pagam um valor correspondente à quantidade de energia elétrica consumida, no mês anterior, estabelecida

Leia mais

Competitividade e Resultados: conseqüência do alinhamento de estratégia, cultura e competências.

Competitividade e Resultados: conseqüência do alinhamento de estratégia, cultura e competências. 1 Programa Liderar O Grupo Solvi é um conglomerado de 30 empresas que atua nas áreas de saneamento, valorização energética e resíduos. Como alicerce primordial de seu crescimento encontrase o desenvolvimento

Leia mais

5 Apresentação do método de avaliação de desempenho aplicado ao Programa TV Digital para as Áreas Rurais

5 Apresentação do método de avaliação de desempenho aplicado ao Programa TV Digital para as Áreas Rurais 5 Apresentação do método de avaliação de desempenho aplicado ao Programa TV Digital para as Áreas Rurais 5.1 A Rede Globo A Rede Globo é uma das maiores redes de televisão do mundo, com milhões de espectadores

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 345, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2008

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 345, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2008 AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 345, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2008 (*) Vide alterações e inclusões no final do texto. Relatório Voto Módulos Acesso ao Texto Atualizado Aprova

Leia mais

RUMO CERTO. Investimento seguro. Boletim informativo da F A Oliva & Cia. Ltda. Nº 30 - Julho / Agosto / Setembro de 2015. ANOS construindo sonhos

RUMO CERTO. Investimento seguro. Boletim informativo da F A Oliva & Cia. Ltda. Nº 30 - Julho / Agosto / Setembro de 2015. ANOS construindo sonhos RUMO CERTO ANOS construindo sonhos Boletim informativo da F A Oliva & Cia. Ltda. Nº 30 - Julho / Agosto / Setembro de 2015 Investimento seguro imóveis da f a oliva são ótimas opções para aplicar seu dinheiro

Leia mais

Biblioteca Informa Novas Informações

Biblioteca Informa Novas Informações Biblioteca Informa Novas Informações Lista das informações incorporadas ao acervo da biblioteca adquiridas através de compra. Os vídeos estão disponíveis para consulta local. Administração Qualidade Nº

Leia mais

Histórico Trade Energy

Histórico Trade Energy Consumidor Livre Histórico Trade Energy Fundação da empresa com sede em Brasília Sócios: INEPAR ENERGIA, DESENVIX, ENERGÉTICA-TECH Autorização da ANEEL segunda Comercializadora no país Adesão pioneira

Leia mais

Apresentação CEI. Perspectivas no mercado de energia fotovoltaica

Apresentação CEI. Perspectivas no mercado de energia fotovoltaica Apresentação CEI Perspectivas no mercado de energia fotovoltaica A CEI é produtora independente de energia em MG, com 9 usinas em operação, 15 empreendimentos hidrelétricos em desenvolvimento (130MW) e

Leia mais

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita!

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Hum, essa não é uma novidade. As outras também eram de certa forma inéditas, uma vez que o layout era baseado na estrutura dos Gurus, mas vamos lá,

Leia mais

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br Soluções em Software para Medicina Diagnóstica www.digitalmed.com.br NOTA DE AGRADECIMENTO Primeiramente, agradecemos pela sua receptividade em conhecer as nossas soluções, afinal, é sempre uma imensa

Leia mais

Augusto Ribeiro Mendes Filho Assessoria de Comunicação da Elipse Software

Augusto Ribeiro Mendes Filho Assessoria de Comunicação da Elipse Software APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO E DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA E ESGOTO DO DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTOS DE PORTO ALEGRE-RS (DMAE) Apresentamos neste case a implantação do

Leia mais

MANUAL CLIENTE SERVIÇO DE GERÊNCIA VOZ

MANUAL CLIENTE SERVIÇO DE GERÊNCIA VOZ MANUAL CLIENTE SERVIÇO DE GERÊNCIA VOZ TODA A Qualidade GVT AOS OLHOS DOS CLIENTES. TODA A QUALIDADE GVT AOS SEUS OLHOS O Serviço de Gerência é uma ferramenta fundamental para garantir o melhor desempenho

Leia mais

PROPOSTA DE COVÊNIO JUNTO À ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE EMPRESAS DE TECNOLOGIA - ACATE -

PROPOSTA DE COVÊNIO JUNTO À ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE EMPRESAS DE TECNOLOGIA - ACATE - PROPOSTA DE COVÊNIO JUNTO À ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE EMPRESAS DE TECNOLOGIA - ACATE - Florianópolis, 27 de Agosto de 2014 Descrição do negócio: Empresa: Desterro Soluções Empresariais EIRELI EPP, CNPJ

Leia mais

Conviver Rural Jaíba. Para se ter eficiência energética é preciso ter inteligência. Grandes resultados para os pequenos produtores do Jaíba.

Conviver Rural Jaíba. Para se ter eficiência energética é preciso ter inteligência. Grandes resultados para os pequenos produtores do Jaíba. Para se ter eficiência energética é preciso ter inteligência Desde 1998, por lei, toda distribuidora de energia precisa investir em ações que reduzam o desperdício de energia elétrica. Uma determinação

Leia mais

AES ELETROPAULO. Workshop Smart Grid - FIESP 29/07/2015

AES ELETROPAULO. Workshop Smart Grid - FIESP 29/07/2015 AES ELETROPAULO Workshop Smart Grid - FIESP 29/07/2015 1 AES Eletropaulo AES Eletropaulo % Brasil Area Concessão 4,526 (km 2 ) 0,05% Brazil Consumidores 6,8 (milhões) 9% Brasil Energia 46 (TWh) 11% São

Leia mais

GUIA DO CLIENTE SEU CÓDIGO. Seja bem-vindo!

GUIA DO CLIENTE SEU CÓDIGO. Seja bem-vindo! GUIA DO CLIENTE Seja bem-vindo! É uma satisfação tê-lo como cliente. Aqui você encontrará informações importantes sobre os canais de atendimento, como usar a energia de forma adequada e segura, seus principais

Leia mais

Anexo 1 1/19. RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado. Classificação: Reservado

Anexo 1 1/19. RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado. Classificação: Reservado Anexo 1 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado Classificação: Reservado 1/19 Experiência CEMIG com a João José Magalhães Soares Engenheiro Eletricista e de Segurança do Trabalho Gerente de

Leia mais

Desperdício energético gera prejuízo de R$ 12,64 bilhões

Desperdício energético gera prejuízo de R$ 12,64 bilhões Cliente: Trade Energy Veículo: Jornal do Comércio (RS) Assunto: Desperdício energético gera prejuízo Data: 23/02/2015 Desperdício energético gera prejuízo de R$ 12,64 bilhões Mudanças no padrão de consumo

Leia mais

Universalização de acesso à internet de alto desempenho. Presidência da Anatel

Universalização de acesso à internet de alto desempenho. Presidência da Anatel Universalização de acesso à internet de alto desempenho Presidência da Anatel Brasília/DF Outubro/2012 Panorama Global CRESCIMENTO DA BANDA LARGA NO MUNDO - O Brasil foi o quinto país que mais ampliou

Leia mais