A+ A+ A+ AA+ Tel.: Tel.:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A+ A+ A+ AA+ Tel.: 55 11 3377 0708 Tel.: 55 11 3377 0703"

Transcrição

1 Condomínio: CAIXA FIDC CDC VEÍCULOS DO BANCO PANAMERICANO Aberto Administrador: Caixa Econômica Federal Prazo: Indeterminado Custodiante: Banco Itaú S.A. Data de Registro: 25/09/2003 Auditor: Ernest & Young Terco Auditores Independentes S/S Classes Sênior e Subordinada Originador: Banco Panamericano S.A. Política de Investimento: Concentração: Benchmark Subordinação Quantidade de Cotistas (12/2011) Rating Mínimo 50% em direitos creditórios originários de contratos de empréstimos para aquisição de veículos automotores leves e pesados (inclusive motocicletas), celebrados: (a) entre o Banco Panamericano e os Devedores; (b) a taxas de juros prefixadas; (c) com prazos de até 72 (setenta e dois) meses; (d) com valor mínimo de R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais), por contrato, independentemente do veículo financiado, e (e) com parcelas com vencimento mensal. Estes contratos devem ter lastro em alienação fiduciária do bem que originou a operação; devem ser relacionados a devedores que estejam adimplentes com todas as parcelas dos contratos de empréstimo cedidas para o fundo, no momento da cessão de tais direitos ao Fundo. Títulos de emissão do Tesouro Nacional; créditos securitizados pelo Tesouro Nacional; operações compromissadas. Máximo de 3% (três por cento) do seu patrimônio líquido (PL) na aquisição de contrato de empréstimo, considerados individualmente, podendo concentrar toda a sua carteira em direitos creditórios do Banco Panamericano. 108% do CDI. Relação PL do Fundo/Cotas Seniores no Mínimo de 130% (cento e trinta por cento), sendo a diferença representada por Cotas Subordinadas. 60 Seniores 1 Subordinado Classe / Série 1T/12 (Atual) 4T/11 3T/11 Set/03 (Inicial) Analistas Jorge Alves 0egulamento 07/04/2011 (data de registro na CVM) Luis Miguel Santacreu Sênior/Única A+ A+ A+ AA+ Tel.: Tel.: Validade do Rating: Estável Estável Negativa Estável 30/abr/2013 FUNDAMENTOS DO RATING O Comitê de Classificação de Risco da Austin Rating, em reunião realizada no dia 15 de maio de 2012, afirmou o rating A+ ( A mais ) das Cotas Seniores do Caixa Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios CDC Veículos do Banco Panamericano (Fundo). O presente relatório refere-se ao primeiro trimestre de 2012 (de 1º de janeiro a 31 de março de 2012). A perspectiva do rating permanece estável. O fundo obteve registro de funcionamento na Comissão de Valores Mobiliários CVM em 25/09/2003 sob a razão social de Autopan Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Originários de CDC Veículos. Em fevereiro de 2011, em decorrência da troca do controle societário do Banco Panamericano S.A. (originador dos créditos de lastro), o fundo passou à razão social atual e mudou a instituição administradora de Panamericano DTVM S.A. para Caixa Econômica Federal. A classificação das cotas seniores do fundo decorre dos critérios da metodologia para classificação de cotas de FIDCs da Austin Rating. O rating incorpora os fatores mitigantes de risco reproduzidos no regulamento do fundo, o perfil da carteira de ativos, a aderência da atividade diária do Fundo à estrutura determinada e o desempenho recorrente do FIDC. A classificação incorpora a percepção de risco da instituição originadora dos direitos creditórios, atualmente controlada pelo Banco BTG Pactual e CAIXAPAR, melhora das condições de funding e de liquidez do Banco Panamericano que exerce recompra de recebíveis do fundo. O Caixa FIDC CDC Veículos do Banco Panamericano mantém o mesmo objetivo desde que iniciou suas atividades, ou seja, a valorização das suas cotas por meio da aquisição de direitos creditórios originados em operações de financiamentos de veículos (automóveis, motocicletas e caminhões), realizadas pelo Banco Panamericano S.A. O banco cede e transfere ao fundo os direitos creditórios (parcelas dos contratos de financiamento), sem coobrigação formal em caso de inadimplência dos devedores. Dentre os aspectos estruturais favoráveis do Fundo, cumpre mencionar, principalmente: i) a presença de cotas subordinadas na estrutura do fundo, como forma de proteger as cotas seniores de eventuais perdas na carteira de direitos creditórios, em razão de inadimplências e/ou outros fatores, ao mesmo tempo em que reforça a possibilidade de que a rentabilidade foco das cotas seniores seja alcançada; ii) presença de critérios

2 objetivos para dispersão do risco de crédito, com limite de 3% (três por cento) do PL para a concentração por contrato. Este se materializa em um fator que reduz o risco da carteira, na medida em que obriga a pulverização dos créditos que compõem a carteira adquirida; iii) os direitos creditórios devem se referir a créditos performados, sendo que os bens financiados são alienados fiduciariamente em favor do fundo. Esta cláusula mitiga parcialmente riscos vinculados a contestações de pagamentos dos devedores e, do mesmo modo, o risco de crédito da carteira, uma vez que tem lastro de garantia em um bem real e a força jurídica da alienação fiduciária; e iv) os valores do PL do Fundo, não alocados em direitos creditórios, devem ser destinados a aplicações em ativos financeiros de baixo risco, como títulos do tesouro nacional, destacando-se, neste sentido, o perfil de baixo risco dos mesmos, com impacto positivo na classificação atribuída. Com relação às características estruturais dispostas no regulamento, destacam-se como fatores de risco: i) a ausência de mecanismo formal de coobrigação, por parte do cedente, de modo que o fundo assume o risco de crédito dos direitos creditórios. Embora o Banco Panamericano ainda mantenha a política de recompra periódica de direitos creditórios em atraso, cabe ao banco a decisão de retirar, ou não, os direitos creditórios vencidos no ambiente do fundo; e ii) o fundo foi estruturado sob a forma de condomínio aberto, permitindo o resgate de cotas a qualquer tempo, após o período de carência, o que se configura em risco de liquidez (vinculado a saques por parte de seus cotistas, sem um cronograma pré-definido). A análise da composição da carteira realizada pela Austin Rating, com base nas informações do administrador, confirma o enquadramento do fundo à política de investimento delineada em seu regulamento e legislação vigente. O Fundo apresentou, para as posições analisadas, volumes de direitos creditórios oriundos de financiamentos realizados pelo Banco Panamericano bem superiores ao mínimo exigido (ao menos 50%). Por todo o trimestre, a participação dos direitos creditórios esteve acima de 100% do PL do fundo. Quanto ao perfil da carteira de direitos creditórios, inicialmente, cumpre destacar que a parcela de vencidos e não pagos aumentou a representatividade ante o PL do Fundo no decorrer do período, tendo passado de 7,0% para 10,4% do PL do fundo entre janeiro e março de Apesar do aumento dos vencidos e não pagos, vale ressalvar que o originador mantém a política de recomprar os créditos problemáticos, ainda que não seja formalmente coobrigado. Segundo o administrador do fundo, nos meses de janeiro, fevereiro e março, o banco retirou da carteira do fundo o total de R$ 13,5 milhões em créditos, montante superior aos R$ 9,5 milhões do trimestre anterior. A retirada de créditos realizada em cada mês do primeiro trimestre teve percentual muito próximo, sendo que a média foi 2,2% do PL em recompras a cada mês. A prática de retirada dos créditos inadimplentes do ambiente do fundo é considerada muito favorável pela Austin Rating. Outro ponto que cabe menção é o nível de provisionamento do fundo. Nos períodos recentes, as provisões aumentaram sua representatividade, de modo que passaram a cobrir integralmente o total de créditos em atraso, chegando, inclusive, a representar mais de 2 vezes o total em atraso. O administrador do fundo não reportou informações pertinentes a pulverização, ticket e prazo médio da carteira de direitos creditórios. De todo modo, o regulamento do fundo contempla veto a aquisição de direitos creditórios de valor superior a R$ 50 mil (por contrato), prazo superior a 72 meses e, adicionalmente, um contrato individualmente, não pode dar origem a direitos creditórios que representem mais de 3% do PL do fundo, no momento da cessão. Cumpre observar, no entanto, que considerando o PL do fundo no último dia útil do trimestre, 3% representaria o expressivo montante de R$ 5,8 milhões, para um contrato de financiamento de veículos. O Custodiante do Fundo encaminhou relatório datado de 19/03/2012, apontando os resultados da auditoria substantiva dos documentos que representam os direitos creditórios, realizada entre 13 e 29/02/2012. Foram selecionados aleatoriamente 1000 contratos adquiridos, no total de R$ ,59. Com 99,8% da amostra solicitada entregue foram verificadas as seguintes ocorrências: Não foram apresentados 2 contratos; 2 contratos sem Notas Promissórias; 2 contratos sem assinatura nas Notas Promissórias; 6 contratos com assinatura das Notas Promissórias em campos errados; 8 contratos com gravame baixado no Sistema Nacional de Gravames; 3 contratos com gravame cancelado; 234 operações com total cedido de R$ ,66 apresentam parcelas vencidas há mais de 60 dias, no total de R$ ,93; e 14 operações apresentam divergência no nome do sacado entre o sistema D7; entre outras observações. O relatório não conclui se há riscos ao fundo relacionados às exceções apontadas. Entretanto, a Austin Rating considera Página 2 de 7

3 a quantidade de inconsistências elevada, mas que a possibilidade de perda para os cotistas seniores é reduzida, devido ao expressivo montante das cotas subordinadas. Outro ponto que cabe menção é a capacidade de conversão da carteira em liquidez, por conta dos pagamentos mensais por parte dos devedores dos contratos de financiamento, o que faz circular no ambiente do fundo, montantes de recursos líquidos por todo o mês. Os recursos do fundo, não aplicados em direitos creditórios, foram mantidos em títulos de emissão do Tesouro Nacional (LFTs), aplicação esta que combina baixíssimo risco de crédito e pronta liquidez, ainda que seu retorno médio seja igual à taxa Selic, distante, portanto da meta estabelecida para cotas seniores. No decorrer do período de análise, a participação dessas aplicações se manteve pouco representativa (apenas ao final do trimestre superou 3,0% do PL do Fundo). Assim como nos períodos recentes, o Fundo apresentou diminuição de cotas seniores, de modo que o PL dessas cotas se reduziu em mais R$ 3 milhões nos três meses. Ainda que a saída de cotistas seniores seja um evento negativo e que pode gerar de stress, principalmente de liquidez, (i) os resgates solicitados foram pontualmente pagos, segundo informado pelos administradores do fundo; e (ii) a redução da posição de cotas seniores fez com que a posição de cotas subordinadas permaneça elevadíssima, dando maior proteção às cotas seniores, aqui classificadas. Ao final do primeiro trimestre de 2012, a proteção era de mais de 80% do PL do fundo. Vale destacar ainda os expressivos índices de coberturas que as cotas subordinadas representavam no decorrer do período de análise, como demonstrado no quadro Cobertura das Cotas Subordinadas (vezes), cumprindo observar que, devido à elevada provisão os indicadores ficaram negativos por todo o trimestre, ou seja, apenas a provisão já cobre integralmente o total em atraso. No primeiro trimestre de 2012 o Caixa FIDC CDC Veículos do Banco Panamericano manteve desempenho condizente com o esperado, ao menos no tange o retorno das cotas seniores conforme a meta, níveis de atraso, recompras de créditos, dentre outros. Entretanto, vale ressalvar que o retorno das cotas seniores tem ocorrido em detrimento da desvalorização das cotas subordinadas. As desvalorizações das cotas subordinadas decorrem, dentre outros, pelo nível de atrasos dos créditos, elevada provisão e do próprio montante total dessas cotas que, de tão expressivo é difícil de ser rentabilizado. INFORMAÇÃO UTILIZADA Para este monitoramento, a Austin recebeu as seguintes informações encaminhadas pela administradora do fundo: relatórios do custodiante com as aberturas da carteira nas datas solicitadas; mapa de evolução de cotas; abertura da carteira de direitos creditórios; relatório de verificação de lastro por amostragem; montantes de recompras mensais dos títulos, relatório trimestral da administradora, dentre outros dados. Mesmo sem o envio do prazo médio da carteira de direitos creditórios (dado importante para avaliação da conversão dos recebíveis em recursos líquidos), as informações encaminhadas permitiram a análise das particularidades do fundo e carteira constituída, em linha com a metodologia empregada. A presente análise de monitoramento teve por base informações consideradas fidedignas, encaminhadas pelas partes responsáveis pelo fundo (Gestor, Administrador, Custodiante) e auditores contratados para a verificação por lastro. Desse modo, a Austin Rating não utiliza mecanismos para verificação das informações recebidas pelas partes citadas. A análise considera a premissa que a cessão dos direitos creditórios para o fundo é válida, definitiva e verificada pelos responsáveis e, portanto, os recebíveis não estão sujeitos a vícios que poderiam sujeitar o FIDC a riscos de fungibilidade/formalização do lastro. Cotas Subordinadas Enquadramento ao Regulamento Parâmetro Out/11 Nov/11 Dez/11 Jan/12 Fev/12 Mar/12 Mínimo 23% Enquadrado Enquadrado Enquadrado Enquadrado Enquadrado Enquadrado Dir. Creditórios Mínimo 50% Enquadrado Enquadrado Enquadrado Enquadrado Enquadrado Enquadrado Benchmark 108% CDI Alcançado Alcançado Alcançado Alcançado Alcançado Alcançado Página 3 de 7

4 Recompras de Direitos Creditórios Mês Out/11 Nov/11 Dez/11 Jan/12 Fev/12 Mar/12 Valor (R$) , ,12 0, , , ,91 Recompra / PL (%)* 1,69 2,13 0,00 2,15 2,19 2,19 Fonte: Caixa Econômica Federal. * Volume de créditos recomprados pelo Banco Panamericano no mês / PL final. Prazo Médio dos Direitos Creditórios (Dias) Data Out/11 Nov/11 Dez/11 Jan/12 Fev/12 Mar/12 Prazo Médio dos créditos n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. n.i. Fonte: Caixa Econômica Federal. Cobertura das Cotas Subordinadas (vezes) Indicador Out/11 Nov/11 Dez/11 Jan/12 Fev/12 Mar/12 Subordinadas / (VNP + Recompras PDD) -9,02-10,37-8,01-8,95-7,95-7,01 Com dados fornecidos por Caixa Econômica Federal. Posição da Carteira e % do PL Títulos/Datas 16/01/2012 % 31/01/2012 % 15/02/2012 % 29/02/2012 % 15/03/2012 % 30/03/2012 % Direitos Creditórios , , , , , ,4 Créditos vencidos , , , , , ,4 Total Dir. Creditórios , , , , , ,8 Títulos Públicos , , , , , ,7 Saldo Tesouraria , , , , , ,0 Total Geral da Carteira , , , , , ,5 PDD ( ) -17,9 ( ) -19,8 ( ) -20,4 ( ) -22,6 ( ) -23,2 ( ) -24,5 Composição da Carteira /01/ /01/ /02/ /02/ /03/ /03/2012 Direitos Creditórios Créditos vencidos Títulos Públicos Saldo Tesouraria Página 4 de 7

5 (R$) Valor do PL Relatório de Monitoramento Data Cota Sênior Posição do PL Cota Subordinada Quant. $ / Unid. $ Total Quant. $ / Unid. $ Total % do PL $ Total do PL 30/03/ , , , ,35 83,02% ,86 29/02/ , , , ,08 83,75% ,87 31/01/ , , , ,26 84,91% ,77 30/12/ , , , ,20 84,36% ,19 30/11/ , , , ,08 79,59% ,02 31/10/ , , , ,07 76,23% ,62 30/09/ , , , ,04 75,81% ,73 31/08/ , , , ,17 66,58% ,70 29/07/ , , , ,80 67,91% ,33 30/06/ , , , ,52 76,30% ,67 31/05/ , , , ,76 76,04% ,28 29/04/ , , , ,61 75,65% ,70 31/03/ , , , ,05 75,57% ,15 Evolução no Valor do PL Total abr/11 mai/11 jun/11 jul/11 ago/11 set/11 out/11 nov/11 dez/11 jan/12 fev/12 mar/12 Cota Sênior Cota Subordinada Rentabilidade Mensal da Cota Data CDI (%) Cota Sênior Cota Subordinada Rent. (%) % CDI Rent. (%) % CDI 30/03/2012 0,81 0,88 108,40 0,09 11,29 29/02/2012 0,74 0,80 108,05-0,90-120,97 31/01/2012 0,89 0,96 108,29-0,76-85,79 30/12/2011 0,90 0,98 108,26-0,21-23,71 30/11/2011 0,86 0,93 108,06 0,42 49,02 31/10/2011 0,88 0,95 108,25-2,59-293,70 30/09/2011 0,94 1,02 108,26-1,57-166,94 31/08/2011 1,07 1,16 108,05-0,23-21,75 29/07/2011 0,97 1,04 107,94-2,75-284,87 30/06/2011 0,95 1,03 107,92-1,11-116,93 31/05/2011 0,99 1,06 108,06-0,68-69,24 29/04/2011 0,84 0,91 107,92 0,42 50,18 Página 5 de 7

6 Rentabilidade Acumulada (%) Rentabilidade (%) Relatório de Monitoramento Rentabilidade 1,50 1,00 0,50 0,00-0,50-1,00-1,50-2,00-2,50-3,00 abr/11 mai/11 jun/11 jul/11 ago/11 set/11 out/11 nov/11 dez/11 jan/12 fev/12 mar/12 CDI (%) Rentabilidade Cota Sênior Rentabilidade Cota Subordinada Rentabilidade Acumulada 15,00 10,00 5,00 0,00-5,00 abr/11 mai/11 jun/11 jul/11 ago/11 set/11 out/11 nov/11 dez/11 jan/12 fev/12 mar/12-10,00-15,00 Rent. CDI Acum (%) Rent. Acum Sênior (%) Rent. Acum Subordinada (%) Página 6 de 7

7 Classificação da Austin Rating Investimento Prudente AAA AA A BBB As cotas do FIDC encontram-se suportadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência próxima a zero, a qual garante excepcional margem de cobertura para o pagamento do principal, acrescido do rendimento proposto. Adicionalmente, o fundo apresenta uma elevadíssima relação entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira. O risco é quase nulo. As cotas do FIDC encontram-se suportadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência baixíssima, a qual garante ótima margem de cobertura para o pagamento do principal, acrescido do rendimento proposto. Adicionalmente, o fundo apresenta uma relação muito elevada entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira. O risco é irrisório. As cotas do FIDC encontram-se suportadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência muito baixa, a qual garante margem de cobertura muito boa para o pagamento do principal, acrescido do rendimento proposto. Adicionalmente, o fundo apresenta uma relação elevada entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira. O risco é muito baixo. As cotas do FIDC encontram-se suportadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência baixa, a qual garante boa margem de cobertura para o pagamento do principal, acrescido do rendimento proposto. Adicionalmente, o fundo apresenta uma relação adequada entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira. O risco é baixo. Investimento Especulativo BB B CCC CC C As cotas do FIDC encontram-se lastreadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência em nível médio, podendo afetar a margem de cobertura para o pagamento do principal acrescido do rendimento proposto. O fundo apresenta uma relação apenas razoável entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira. O risco é moderado. As cotas do FIDC encontram-se lastreadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência em nível acima da média do segmento, a qual pode afetar fortemente a margem de cobertura para o pagamento do principal, acrescido do rendimento proposto. O fundo apresenta uma relação menos do que razoável entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira. O risco é médio. As cotas do FIDC encontram-se lastreadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência elevada, a qual afetou a margem de cobertura para o pagamento do principal acrescido do rendimento proposto. O fundo apresenta uma baixa relação entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira, condicionando a desvalorização de suas cotas. O risco é alto. As cotas do FIDC encontram-se lastreadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência muito elevada, a qual afetou fortemente a margem de cobertura para o pagamento do principal, acrescido do rendimento proposto. O fundo apresenta uma relação muito baixa entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira, condicionando forte desvalorização de suas cotas. O risco é muito alto. A elevadíssima inadimplência da carteira levou o FIDC à situação de default. Não mais existe qualquer tipo de proteção adicional. O risco é altíssimo. Sinais de (+) mais e (-) menos são utilizados para identificar uma melhor ou pior posição dentro de uma mesma escala de rating. Rating é uma classificação de risco, por nota ou símbolo. Esta expressa a capacidade do emitente de título de dívida negociável ou inegociável em honrar seus compromissos de juros e amortização do principal até o vencimento final. O rating pode ser do emitente, refletindo sua capacidade em honrar qualquer compromisso de uma maneira geral, ou de uma emissão específica, onde é considerada apenas a capacidade do emitente em honrar aquela obrigação financeira determinada. As informações obtidas pela Austin Rating foram consideradas como adequadas e confiáveis. As opiniões e simulações realizadas neste relatório constituem-se no julgamento da Austin Rating acerca do emitente, não se configurando, no entanto, em recomendação de investimento para todos os efeitos. Para conhecer nossas escalas de rating e metodologias, acesse: Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida ou transmitida de qualquer modo ou por outro meio, eletrônico ou mecânico, incluindo fotocópia, gravação ou qualquer outro tipo de sistema de armazenamento e transmissão de informação, sem prévia autorização, por escrito, da Austin Rating Serviços Financeiros Ltda. Página 7 de 7

MULTI RECEBÍVEIS II FIDC

MULTI RECEBÍVEIS II FIDC Relatório de Monitoramento 10/fev/2014 Condomínio: Fechado Administrador: Concórdia S.A. CVM e Commodities Prazo: Indeterminado Gestor: BER Capital S.A. Data de Registro: 07/11/2007 Custodiante: Deutsche

Leia mais

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO FIDC FORNECEDORES ODEBRECHT (CNPJ: 12.630.101/0001-25) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/09/2015.

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO FIDC FORNECEDORES ODEBRECHT (CNPJ: 12.630.101/0001-25) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/09/2015. São Paulo, 16 de novembro de 2015. À Comissão de es Mobiliários ( CVM ) Gerência de Acompanhamento de Fundos Estruturados - GIE Rua Sete de Setembro, 111 30º andar 20159-900 - Rio de Janeiro - RJ REF.:

Leia mais

FIDC NP PRECATÓRIOS FEDERAIS DB II

FIDC NP PRECATÓRIOS FEDERAIS DB II 23/nov /2012 FIDC NP PRECATÓRIOS FEDERAIS DB II Condomínio: Fechado Administrador: Oliveira Trust DTVM S.A. Prazo: Até 18 de março de 2020 Gestor: Oliveira Trust DTVM S.A. Data de Registro: 31/10/2008

Leia mais

FIDC EMPÍRICA GOAL ONE FIDC EMPÍRICA. Goal One

FIDC EMPÍRICA GOAL ONE FIDC EMPÍRICA. Goal One FIDC EMPÍRICA Goal One Relatório Mensal de Gestão - Dezembro/ 2015 Comentários do Gestor > No mês de dezembro observamos uma pequena variação na margem nos indicadores de liquidez e risco. Os indicadores

Leia mais

MOKA FUND I - FIDC MULTISSETORIAL

MOKA FUND I - FIDC MULTISSETORIAL MOKA FUND I - FIDC MULTISSETORIAL Condomínio: Fechado Administrador: SOCOPA Sociedade Corretora Paulista S/A Prazo: Indeterminado Gestor: Moka Gestora de Recursos de Terceiros Ltda. Data de Registro: 15/10/2010

Leia mais

Sumário executivo. Página 1 de 10. Seniores, Mezanino e Subordinadas O RATING

Sumário executivo. Página 1 de 10. Seniores, Mezanino e Subordinadas O RATING Página 1 de 10 F FE0001-2014 A(fe) de Longo Prazo Relatório de Rating (Monitoramento) 05, mai, 2014 Ações recentes 05, mai, 2014 - Confirmação do Rating 10, jan, 2014 - Atribuição do Rating A(fe) de Longo

Leia mais

VERAX RPW MICROFINANÇAS FIDC ABERTO. Rating. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FUNDAMENTOS DO RATING

VERAX RPW MICROFINANÇAS FIDC ABERTO. Rating. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FUNDAMENTOS DO RATING Relatório Analítico Rating A- As cotas do FIDC encontram-se suportadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência muito baixa, a qual garante margem de cobertura muito boa para o pagamento do principal,

Leia mais

relatório de monitoramento

relatório de monitoramento relatório de monitoramento FIDC Quatá Multisetorial Cotas de Fundo de Investimento em Direitos Creditórios 1ª série BBB+ SR Global braa equivalência br A obrigação permanecerá sob continuo monitoramento.

Leia mais

Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IRF - M Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.885/0001-45

Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IRF - M Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.885/0001-45 Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IRF - M Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ: 92.702.067/0001-96) e 2014 com Relatório

Leia mais

Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IMA Geral Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.894/0001-36

Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IMA Geral Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.894/0001-36 Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IMA Geral Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ: 92.702.067/0001-96) e 2014 com Relatório

Leia mais

RISCO DE CRÉDITO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS. Alexandre de Oliveira

RISCO DE CRÉDITO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS. Alexandre de Oliveira RISCO DE CRÉDITO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS Alexandre de Oliveira Agenda Introdução Regulação Mercado Riscos Qualitativos Quantitativos Introdução Comunhão de recursos que destina parcela mínima de 50%

Leia mais

FIDC LEME Multisetorial

FIDC LEME Multisetorial Monitoramento de rating de FIDC* FIDC LEME Multisetorial Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Nota global: BB- SR (oe) Data da ação de rating 29 de outubro de 2015 Equivalência br : bra- (oe)

Leia mais

MOKA FUND I - FIDC MULTISSETORIAL. Rating Preliminar. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FUNDAMENTOS DO RATING

MOKA FUND I - FIDC MULTISSETORIAL. Rating Preliminar. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FUNDAMENTOS DO RATING MOKA FUND I - FIDC MULTISSETORIAL Relatório Analítico Rating Preliminar A- As cotas do FIDC encontramse suportadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência muito baixa, a qual garante cobertura

Leia mais

Rating Preliminar BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO. Certificados de Recebíveis Imobiliários FUNDAMENTOS DO RATING

Rating Preliminar BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO. Certificados de Recebíveis Imobiliários FUNDAMENTOS DO RATING Relatório Analítico Rating Preliminar AA Obrigações protegidas por ótimas margens de cobertura para o pagamento de juros e principal. Obrigações suportadas por garantias sólidas. A capacidade de pagamento

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IMA Geral Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.894/0001-36 (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ: 92.702.067/0001-96)

Leia mais

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO MARTINS FIDC (CNPJ: 07.162.400/0001-42) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/06/2015.

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO MARTINS FIDC (CNPJ: 07.162.400/0001-42) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/06/2015. São Paulo, 13 de maio de 2016. À Comissão de es Mobiliários ( CVM ) Gerência de Acompanhamento de Fundos Estruturados - GIE Rua Sete de Setembro, 111 30º andar. 20159-900 - Rio de Janeiro - RJ REF.: RELATÓRIO

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Fundo de Aposentadoria Programada Individual Banrisul Conservador CNPJ 04.785.314/0001-06 (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ 92.702.067/0001-96)

Leia mais

JANEIRO de 2013. www.atuarialconsultoria.com.br

JANEIRO de 2013. www.atuarialconsultoria.com.br JANEIRO de 2013 1 ÍNDICE 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS 05 PÁG 2. INFORMAÇÕES CONTRATUAIS FUNDOS DE INVESTIMENTO 06 2.1. Fundos de Investimento do Banco do Brasil 06 2.1.1. BB Previdenciário Renda Fixa IMA

Leia mais

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO FIDC ANGÁ SABEMI CONSIGNADOS IV (CNPJ: 22.945.746/0001-00) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/09/2015.

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO FIDC ANGÁ SABEMI CONSIGNADOS IV (CNPJ: 22.945.746/0001-00) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/09/2015. São Paulo, 16 de novembro de 215. À Comissão de es Mobiliários ( CVM ) Gerência de Acompanhamento de Fundos Estruturados - GIE Rua Sete de Setembro, 111 3º andar 2159-9 - Rio de Janeiro - RJ REF.: RELATÓRIO

Leia mais

Exodus I Fundo de Investimento em Direitos Creditórios da Indústria CNPJ: 07.399.646/0001-32

Exodus I Fundo de Investimento em Direitos Creditórios da Indústria CNPJ: 07.399.646/0001-32 São Paulo, 10 de agosto de 2012. Exodus I Fundo de Investimento em Direitos Creditórios da Indústria CNPJ: 07.399.646/0001-32 Relatório Trimestral: 2º Trimestre de 2012 1) DADOS DO FUNDO Administrador:

Leia mais

B(fe) de Longo Prazo. Brasil Government Senior Debt FIDC NP. Sumário executivo. Página 1 de 8. Classe de Cotas. Cotas Classificadas Cotas Classe Única

B(fe) de Longo Prazo. Brasil Government Senior Debt FIDC NP. Sumário executivo. Página 1 de 8. Classe de Cotas. Cotas Classificadas Cotas Classe Única Página 1 de 8 FE0009-2011 B(fe) de Longo Prazo Relatório de Rating (monitoramento) 19, dez, 2012 Ações recentes 19, dez,2012 Confirmação Confirmação 31, out, 2011 Atribuição. B(fe) 05, out, 2011 News Release

Leia mais

Relatório de Monitoramento

Relatório de Monitoramento Relatório de Monitoramento............................................................................. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios da Companhia Pernambucana de Saneamento - Compesa Data

Leia mais

Finanças Estruturadas

Finanças Estruturadas ABS / CDC Veículos / Brasil Ourinvest FIDC Veículos II 3ª Série de Cotas Seniores Relatório de Pré-distribuição Neste Relatório Estrutura de Capital 1 Resumo da Transação 1 Principais Fundamentos do Rating

Leia mais

Perfin Long Short 15 FIC FIM

Perfin Long Short 15 FIC FIM Perfin Long Short 15 FIC FIM Relatório Mensal- Junho 2013 O Perfin LongShort 15 FICFIM tem como objetivo gerarretorno superior ao CDIno médio prazo. O fundo utiliza-se de análise fundamentalista eaestratégia

Leia mais

(**) Renegociação de divida representada por Acordo Judicial

(**) Renegociação de divida representada por Acordo Judicial São Paulo, 15 de maio de 2015. À Comissão de es Mobiliários ( CVM ) Gerência de Acompanhamento de Fundos Estruturados - GIE Rua Sete de Setembro, 111 30º andar 20159-900 - Rio de Janeiro - RJ REF.: RELATÓRIO

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 1/2015 13/04/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 1/2015 13/04/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO RELATÓRIO TRIMESTRAL - 1/2015 13/04/2015 Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO Prezado(a) Diretor(a) Executivo(a), Sr(a). Adélio Dalmolin; Atendendo a necessidade do

Leia mais

Relatório. Gestão de Riscos. Conglomerado Cruzeiro do Sul

Relatório. Gestão de Riscos. Conglomerado Cruzeiro do Sul Relatório de Gestão de Riscos Conglomerado Cruzeiro do Sul Data-Base 30/09/2011 Superintendência de Riscos Índice 1. Introdução 3 2. Perímetro 3 3. Estrutura de Gestão de Riscos 3 3.1 Risco de Crédito

Leia mais

Demonstrações contábeis em 30 de abril de 2011

Demonstrações contábeis em 30 de abril de 2011 PORTO FORTE FUNDO DE INVESTIMENTOS EM DIREITOS CREDITÓRIOS MULTISSETORIAL (CNPJ nº 09.584.892/0001-90) Demonstrações contábeis Demonstrações contábeis Em 30 de abril de 2011 Conteúdo Relatório dos auditores

Leia mais

CAIXA FIDC MASTER CDC VEÍCULOS DO BANCO PANAMERICANO

CAIXA FIDC MASTER CDC VEÍCULOS DO BANCO PANAMERICANO CAIXA FIDC MASTER CDC VEÍCULOS DO BANCO PANAMERICANO Condomínio: Aberto Administrador: Caixa Econômica Federal Prazo: Indeterminado Custodiante: Banco Itaú S.A. Data de Registro: 10/10/2003 Auditor: Ernest

Leia mais

PROPOSTA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS - 2010

PROPOSTA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS - 2010 Secretaria da Administração do Estado da Bahia Superintendência de Previdência Diretoria de Gestão Financeira Previdenciária e Investimentos PROPOSTA DE POLÍTICA DE INVESTIMENTOS - 2010 REGIME PRÓPRIO

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis BNB Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Investimento Renda Fixa Curto Prazo (Administrado pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A. - CNPJ: 07.237.373/0001-20) 31 de março de

Leia mais

Relatório Mensal - Novembro de 2013

Relatório Mensal - Novembro de 2013 Relatório Mensal - Relatório Mensal Carta do Gestor Depois de quatro meses consecutivos de alta, o Ibovespa terminou o mês de novembro com queda de 3,27%, aos 52.842 pontos. No cenário externo, os dados

Leia mais

Rating FIDC EXODUS INSTITUCIONAL. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FUNDAMENTOS DO RATING

Rating FIDC EXODUS INSTITUCIONAL. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FUNDAMENTOS DO RATING Relatório Analítico Rating brbbb(sf) As cotas do FIDC encontramse suportadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência baixa, a qual garante boa margem de cobertura para o pagamento do principal,

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O MB HORIZONTE FIC FIA

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O MB HORIZONTE FIC FIA LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ: Informações referentes a Janeiro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o As informações completas sobre esse fundo podem ser

Leia mais

Relatório de Monitoramento

Relatório de Monitoramento Relatório de Monitoramento............................................................................. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios da Indústria Exodus III - BRZ Data de Publicação: 2

Leia mais

Material Publicitário CONFIDENCIAL FINANÇAS ESTRUTURADAS ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS FINANÇAS CORPORATIVAS ASSESSORIA A PROJETOS IMOBILIÁRIOS

Material Publicitário CONFIDENCIAL FINANÇAS ESTRUTURADAS ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS FINANÇAS CORPORATIVAS ASSESSORIA A PROJETOS IMOBILIÁRIOS Material Publicitário CONFIDENCIAL FINANÇAS ESTRUTURADAS ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS FINANÇAS CORPORATIVAS ASSESSORIA A PROJETOS IMOBILIÁRIOS Junho 2010 A Policard Cedente dos Direitos Creditórios A Policard

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 23/07/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Alta Floresta - MT IPREAF

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 23/07/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Alta Floresta - MT IPREAF RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 23/07/2015 Regime Próprio de Previdência Social do município de Alta Floresta - MT IPREAF Prezado(a) Diretor(a) Executivo(a), Sr(a). Valmir Guedes Pereira; Atendendo a necessidade

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis Banco do Nordeste Fundo de Investimento Ações Petrobras (Administrado pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A. - CNPJ: 07.237.373/0001-20) 31 de março de 2014 com Relatório dos Auditores

Leia mais

FGC- 081223 São Paulo, 12 de dezembro de 2008. INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA PARA APLICAÇÃO DE RECURSOS

FGC- 081223 São Paulo, 12 de dezembro de 2008. INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA PARA APLICAÇÃO DE RECURSOS São Paulo, 12 de dezembro de 2008. INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA PARA APLICAÇÃO DE RECURSOS FORMA 1 - O FGC concederá um limite para as médias e pequenas instituições associadas, de capital nacional, com

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FIC DE FI REFERENCIADO DI CNPJ 19.312.112/0001-06 DEZEMBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FIC DE FI REFERENCIADO DI CNPJ 19.312.112/0001-06 DEZEMBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Spinelli FIC de FI Referenciado DI. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo, disponíveis

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54 FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54 ESTE FORMULÁRIO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO EMDIREITOS CREDITÓRIOS EMPÍRICA GOAL ONE CNPJ: 12.610.459/0001-96. Relatório Trimestral: 3º Trimestre de 2015

FUNDO DE INVESTIMENTO EMDIREITOS CREDITÓRIOS EMPÍRICA GOAL ONE CNPJ: 12.610.459/0001-96. Relatório Trimestral: 3º Trimestre de 2015 São Paulo, 10 de novembro de 2015. FUNDO DE INVESTIMENTO EMDIREITOS CREDITÓRIOS EMPÍRICA GOAL ONE CNPJ: 12.610.459/0001-96 Relatório Trimestral: 3º Trimestre de 2015 1) DADOS DO FUNDO Administrador: Gradual

Leia mais

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multisetorial Lego II

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multisetorial Lego II Data de Publicação: 2 de outubro de 2014 Relatório de Monitoramento Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multisetorial Lego II Perfil FIDC: Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multisetorial

Leia mais

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Lavoro II

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Lavoro II Data de Publicação: 15 de agosto de 2012 Relatório de Monitoramento Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Lavoro II Perfil Originadores dos direitos creditórios: diversas pequenas e médias empresas

Leia mais

CAIXA Fundo de Investimento em Direitos Creditórios CDC Veículos do Banco PanAmericano

CAIXA Fundo de Investimento em Direitos Creditórios CDC Veículos do Banco PanAmericano Prospecto do CAIXA Fundo de Investimento em Direitos Creditórios CDC Veículos do Banco PanAmericano CNPJ/MF: 05.630.130/0001-21 Administrado por: Cedente dos Direitos Creditórios: Classificação de risco

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis Banco do Nordeste Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento DI Institucional Longo Prazo (Administrado pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A. - CNPJ: 07.237.373/0001-20)

Leia mais

Crédito Direto ao Consumo e Securitização via FIDCs

Crédito Direto ao Consumo e Securitização via FIDCs Crédito Direto ao Consumo e Securitização via FIDCs Jayme Bartling Senior Director 19 de fevereiro de 2008 Agenda > O Processo de Análise da Fitch > Riscos Inerentes à Securitização > Quantificando Subordinação

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM Maio/2014 1. Extrato Sintético das Aplicações FUNDOS RENDA FIXA SALDO 30.04.14 APLICAÇÃO

Leia mais

HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Curto Prazo Over II - CNPJ nº 08.915.208/0001-42

HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Curto Prazo Over II - CNPJ nº 08.915.208/0001-42 HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Curto Prazo Over II - CNPJ nº 08.915.208/0001-42 (Administrado pelo HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo CNPJ nº 01.701.201/0001-89) Demonstrações

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010 Subordinada à Resolução CMN nº 3.792 de 24/09/09 1- INTRODUÇÃO Esta política tem como objetivo estabelecer as diretrizes a serem observadas na aplicação dos recursos

Leia mais

Relatório de Monitoramento

Relatório de Monitoramento Relatório de Monitoramento............................................................................. Brazilian Securities Companhia de Securitização 321ª e 322ª Séries da 1ª Emissão de Certificados

Leia mais

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO MARTINS FIDC (CNPJ: 07.162.400/0001-42) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/06/2014.

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO MARTINS FIDC (CNPJ: 07.162.400/0001-42) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/06/2014. São Paulo, 15 de agosto de 2014. À Comissão de es Mobiliários ( CVM ) Gerência de Acompanhamento de Fundos Estruturados - GIE Rua Sete de Setembro, 111 30º andar. 20159-900 - Rio de Janeiro - RJ REF.:

Leia mais

31 de março de 2015 e 2014 com Relatório dos Auditores Independentes sobre as demonstrações financeiras

31 de março de 2015 e 2014 com Relatório dos Auditores Independentes sobre as demonstrações financeiras Demonstrações Financeiras Banrisul Multi Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ: 92.702.067/0001-96) e 2014 com Relatório

Leia mais

CSHG Recebíveis Imobiliários FII

CSHG Recebíveis Imobiliários FII CSHG Recebíveis Imobiliários FII Junho de 2015 Objetivo do Fundo O CSHG Recebíveis Imobiliários FII tem como objetivo auferir ganhos pela aquisição de Certificados de Recebíveis Imobiliários, acessando

Leia mais

Finanças Estruturadas

Finanças Estruturadas ABS / Brasil Ourinvest FIDC Suppliercard 1ª e 2ª Distribuições Seniores Relatório Analítico Neste Relatório Estrutura de Capital 1 Resumo da Transação 1 Principais Fundamentos do Rating 1 Modelagem, Aplicação

Leia mais

Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras

Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras Aos Cotistas e à Administradora do BRB Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Investimento em Renda Fixa DI Longo Prazo 1 Milhão

Leia mais

LIVRE FIDC MULTISSETORIAL

LIVRE FIDC MULTISSETORIAL LIVRE FIDC MULTISSETORIAL Relatório de Monitoramento Condomínio: Fechado Administrador: SOCOPA, Sociedade Corretora Paulista S.A. Prazo: Indeterminado Gestor: J&M Investimentos Ltda. Data de Registro:

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - CONSERVADORA FIX

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - CONSERVADORA FIX BENCHMARK 100.00%CDI Relatório Gerencial Consolidado - Período de 01/04/2015 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 30/04/2015 pg. 1 Posição Sintética dos Ativos em 30/04/2015 Financeiro % PL FUNDOS

Leia mais

Deloitte Touche Tohmatsu Auditores Independentes

Deloitte Touche Tohmatsu Auditores Independentes Safra Petrobras - Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de (Administrado pelo Banco Safra de Investimento S.A.) Demonstrações Financeiras Referentes ao Exercício Findo em 30 de Junho de 2007 e ao Período

Leia mais

RNX FIDC MULTISSETORIAL LP

RNX FIDC MULTISSETORIAL LP RNX FIDC MULTISSETORIAL LP Relatório de Monitoramento Condomínio: Fechado Administrador: SOCOPA, Sociedade Corretora Paulista S.A. Prazo: Indeterminado Gestor: Ouro Preto Gestão de Recursos Ltda. Data

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS LONG AND SHORT FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS LONG AND SHORT FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ/MF: Informações referentes a Dezembro de 2014 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o BNP PARIBAS LONG AND SHORT FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Omni Veículos - VII

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Omni Veículos - VII Data de Publicação: 29 de novembro de 2013 Relatório de Monitoramento Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Omni Veículos - VII Perfil Ativos subjacentes: financiamentos de veículos novos ou usados

Leia mais

Lâmina de Informações Essenciais do. Título Fundo de Investimento Multimercado Longo Prazo (Título FIM-LP) CNPJ/MF: 02.269.

Lâmina de Informações Essenciais do. Título Fundo de Investimento Multimercado Longo Prazo (Título FIM-LP) CNPJ/MF: 02.269. Lâmina de Informações Essenciais do Informações referentes à Dezembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o TÍTULO FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO - LONGO PRAZO (Título

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - ARROJADA MIX 40

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - ARROJADA MIX 40 BENCHMARK RF:60.00% ( 100.00%CDI ) + RV:40.00% ( 100.00%IBRX 100 ) Relatório Gerencial Consolidado - Período de 03/11/2015 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 30/11/2015 pg. 1 Posição Sintética

Leia mais

Banco Cruzeiro do Sul. Apresentação Pública Investidores & Analistas

Banco Cruzeiro do Sul. Apresentação Pública Investidores & Analistas Banco Cruzeiro do Sul Apresentação Pública Investidores & Analistas Maio 2008 História Banco Cruzeiro do Sul O Banco foi adquirido pela família Indio da Costa em 1993. A família Indio da Costa já possuía

Leia mais

Mensagem da Administradora

Mensagem da Administradora Mensagem da Administradora Prezados Cotistas: Submetemos à apreciação de V.S.as. a demonstração da composição e diversificação das aplicações da CSN Invest Fundo de Investimento em Ações, em 31 de dezembro

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - MODERADA MIX 20

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - MODERADA MIX 20 BENCHMARK RF:80.00% ( 100.00%CDI ) + RV:20.00% ( 100.00%IBRX 100 ) Relatório Gerencial Consolidado - Período de 01/04/2015 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 30/04/2015 pg. 1 Posição Sintética

Leia mais

Sumário. Planos de Contribuição Variável

Sumário. Planos de Contribuição Variável Planos de Contribuição Variável Sumário Plano Sanasa Parecer atuarial sobre o balanço...2 Demonstrações patrimonial e de resultados de plano de benefícios de natureza previdencial...7 Demonstrativo de

Leia mais

NUCLEOS Instituto de Seguridade Social. Relatório de acompanhamento da Política de Investimento e resumo do Demonstrativo de Investimentos (DI)

NUCLEOS Instituto de Seguridade Social. Relatório de acompanhamento da Política de Investimento e resumo do Demonstrativo de Investimentos (DI) NUCLEOS Instituto de Seguridade Social Relatório de acompanhamento da Política de Investimento e resumo do Demonstrativo de Investimentos (DI) Maio, 2009 Índice Capítulo Página I Introdução...1 II Alocação

Leia mais

CAIXA RIO BRAVO FUNDO DE FII (CXRI11) Informativo Mensal Janeiro/2015

CAIXA RIO BRAVO FUNDO DE FII (CXRI11) Informativo Mensal Janeiro/2015 Objetivo e Política do Fundo O fundo CAIXA RIO BRAVO FUNDO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII tem como objetivo proporcionar retorno aos seus cotistas por meio de uma carteira diversificada de

Leia mais

BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03

BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03 BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03 PROSPECTO AVISOS IMPORTANTES I. A CONCESSÃO DE REGISTRO PARA A VENDA DAS COTAS DESTE FUNDO NÃO IMPLICA, POR PARTE DA

Leia mais

Banrisul Previdência Municipal Fundo de Investimento Renda Fixa de Longo Prazo

Banrisul Previdência Municipal Fundo de Investimento Renda Fixa de Longo Prazo Banrisul Previdência Municipal Fundo de Investimento Renda Fixa de Longo Prazo CNPJ 08.960.975/0001-73 (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ 92.702.067/0001-96) Demonstrações

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FIC FIA SUSTENTABILIDADE 07.535.827/0001-49 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FIC FIA SUSTENTABILIDADE 07.535.827/0001-49 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FICFI DE ACOES. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo, disponíveis no site

Leia mais

Relatório de Monitoramento

Relatório de Monitoramento Relatório de Monitoramento............................................................................. Sul Invest Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multissetorial Data de Publicação: 4 de

Leia mais

Relatório Mensal. Rio Bravo Crédito Imobiliário I - FII

Relatório Mensal. Rio Bravo Crédito Imobiliário I - FII Relatório Mensal Rio Bravo Crédito Imobiliário I - FII Março 2016 Rio Bravo Crédito Imobiliário I Fundo de Investimento Imobiliário FII O fundo Rio Bravo Crédito Imobiliário I FII iniciou suas atividades

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC ACOES DIVIDENDOS 02.138.442/0001-24 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC ACOES DIVIDENDOS 02.138.442/0001-24 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO ACOES. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo, disponíveis

Leia mais

1. Objetivo e Descrição do fundo

1. Objetivo e Descrição do fundo FATOR VERITÀ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ: 11.664.201/0001-00 Administrado pelo Banco Fator S.A. CNPJ: 33.644.196/0001-06 RELATÓRIO SEMESTRAL 1º. SEM. 2013 1. Objetivo e Descrição do fundo

Leia mais

Fundo de Investimento Imobiliário FII Edifício Galeria (EDGA11B)

Fundo de Investimento Imobiliário FII Edifício Galeria (EDGA11B) Informações Objeto e Perfil do Fundo Investimento em empreendimentos imobiliários, por meio da aquisição de até 100% do empreendimento comercial denominado Galeria, edifício corporativo classe A. O Fundo

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD CNPJ: 07.442.466/0001-96

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD CNPJ: 07.442.466/0001-96 Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD Informações referentes a novembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC ACOES VALE DO RIO DOCE 04.892.107/0001-42 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC ACOES VALE DO RIO DOCE 04.892.107/0001-42 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO EM ACOES VALE. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 22/07/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Vera - MT VERA - PREVI

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 22/07/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Vera - MT VERA - PREVI RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 22/07/2015 Regime Próprio de Previdência Social do município de Vera - MT VERA - PREVI Prezado(a) Diretor(a) Executivo(a), Sr(a). Clarice Scheit Calgaro; Atendendo a necessidade

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA BOND 03.894.320/0001-20. Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA BOND 03.894.320/0001-20. Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA BOND 03.894.320/0001-20 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

Relatório de Monitoramento

Relatório de Monitoramento Relatório de Monitoramento............................................................................. Sul Invest Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multissetorial Data de Publicação: 21 de

Leia mais

RNX FIDC MULTISSETORIAL LP

RNX FIDC MULTISSETORIAL LP RNX FIDC MULTISSETORIAL LP Relatório de Monitoramento Condomínio: Fechado Administrador: SOCOPA, Sociedade Corretora Paulista S.A. Prazo: Indeterminado Gestor: Ouro Preto Gestão de Recursos Ltda. Data

Leia mais

Gestão de Riscos Circular 3.477/2009

Gestão de Riscos Circular 3.477/2009 Gestão de Riscos Circular 3.477/2009 1 Trimestre de 2012 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 3 2 PERFIL DO BANCO... 3 3 RESUMO DA ESTRUTURA DE GESTÃO DE RISCOS... 3 4 RISCO DE CRÉDITO... 3 5 RISCO DE MERCADO... 8 6

Leia mais

RELATÓRIO DE INVESTIMENTOS. Março de 2016

RELATÓRIO DE INVESTIMENTOS. Março de 2016 RELATÓRIO DE INVESTIMENTOS Março de 2016 1 RESULTADOS DOS INVESTIMENTOS 1.1. Saldos Financeiros Saldos Segregados por Planos (em R$ mil) PGA CC DI/RF IRFM1 IMAB5 SUBTOTAL 31/dez/2013 26.103,99 26.103,99

Leia mais

PÉROLA FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS (CNPJ nº 19.388.423/0001-59) (ADMINISTRADO PELA SOCOPA SOCIEDADE CORRETORA PAULISTA S/A)

PÉROLA FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS (CNPJ nº 19.388.423/0001-59) (ADMINISTRADO PELA SOCOPA SOCIEDADE CORRETORA PAULISTA S/A) PÉROLA FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS (CNPJ nº 19.388.423/0001-59) (ADMINISTRADO PELA SOCOPA SOCIEDADE CORRETORA PAULISTA S/A) DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31 DE AGOSTO DE 2014 PÉROLA FUNDO

Leia mais

Ishares S&P 500 Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Índice - Investimento no Exterior CNPJ nº 19.909.560/0001-91

Ishares S&P 500 Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Índice - Investimento no Exterior CNPJ nº 19.909.560/0001-91 Ishares S&P 500 Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Índice - CNPJ nº 19.909.560/0001-91 (Administrado pela Citibank Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A.) (CNPJ nº 33.868.597/0001-40)

Leia mais

FIC FIDC SILVERADO TOTVM

FIC FIDC SILVERADO TOTVM FIC FIDC SILVERADO TOTVM Condomínio: Fechado Administrador: Citibank DTVM S.A. Prazo: Indeterminado Gestor: Silverado Gestão e Investimentos Ltda. Data de Registro: 14/04/2010 Custodiante: Citibank DTVM

Leia mais

Relatório dos Auditores Independentes sobre as demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2010 MUDAR SPE MASTER EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A.

Relatório dos Auditores Independentes sobre as demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2010 MUDAR SPE MASTER EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. Relatório dos Auditores Independentes sobre as demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2010 MUDAR SPE MASTER EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. ÍNDICE 1. Relatório dos Auditores Independentes 03

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS EQUITY HEDGE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS EQUITY HEDGE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ/MF: Informações referentes a Dezembro de 2014 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o BNP PARIBAS EQUITY HEDGE FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

BNY Mellon ARX Extra FIM. Julho, 2013

BNY Mellon ARX Extra FIM. Julho, 2013 BNY Mellon ARX Extra FIM Julho, 2013 Índice I. Filosofia de Investimento II. Modelo de Tomada de Decisão III. Processo de Investimento IV. Características do Fundo 2 I. Filosofia de Investimento Filosofia

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM Janeiro/2015 1. Extrato Sintético das Aplicações FUNDOS RENDA FIXA SALDO 31.12.14 APLICAÇÃO

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC DI TITULOS PUBLICOS 00.885.762/0001-12 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC DI TITULOS PUBLICOS 00.885.762/0001-12 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO DI LONGO PRAZO TITULOS. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI MASTER PLUS FI REF DI CREDITO PRIVADO LONGO PRAZO

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI MASTER PLUS FI REF DI CREDITO PRIVADO LONGO PRAZO Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI MASTER PLUS FI REF DI CREDITO PRIVADO LONGO PRAZO Informações referentes a novembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Spinelli Fundo de Investimento em Ações. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

FIDC para cadeia automotiva

FIDC para cadeia automotiva FIDC para cadeia automotiva Seminário BID e ABDE O Papel das Instituições Financeiras de Desenvolvimento no Desenvolvimento Regional e o Fomento ao Investimento Privado de Longo Prazo 5-6 de Junho 2013

Leia mais

XP Corporate Macaé - FII (XPCM11)

XP Corporate Macaé - FII (XPCM11) XP Corporate Macaé - FII (XPCM11) PERFIL DO FUNDO Os recursos do Fundo oriundos da 1ª Emissão de Cotas foram investidos na aquisição do Imóvel The Corporate em Macaé-RJ, de forma a proporcionar a seus

Leia mais

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Lavoro II

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Lavoro II Data de Publicação: 18 de novembro de 2013 Relatório de Monitoramento Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Lavoro II Perfil Originadores dos direitos creditórios: diversas pequenas e médias empresas

Leia mais

CNPJ 05.086.234/0001-17 PERIODICIDADE MÍNIMA PARA DIVULGAÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO

CNPJ 05.086.234/0001-17 PERIODICIDADE MÍNIMA PARA DIVULGAÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO BRB FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM RENDA FIXA DI LONGO PRAZO 500 FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES Competência: 19/01/2016 CNPJ 05.086.234/0001-17 PERIODICIDADE MÍNIMA

Leia mais