Demonstrações contábeis em 30 de abril de 2011

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Demonstrações contábeis em 30 de abril de 2011"

Transcrição

1 PORTO FORTE FUNDO DE INVESTIMENTOS EM DIREITOS CREDITÓRIOS MULTISSETORIAL (CNPJ nº / ) Demonstrações contábeis

2 Demonstrações contábeis Em 30 de abril de 2011 Conteúdo Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações contábeis 3-4 Demonstrativo da composição e diversificação da carteira 5 Demonstração das evoluções do patrimônio líquido 6 Notas explicativas às demonstrações contábeis

3 1 Contexto operacional O Porto Forte Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios Multissetorial iniciou suas atividades em 10 de fevereiro de 2009 e foi constituído sob a forma de condomínio aberto, com prazo de duração indeterminado. O fundo destina-se a investidores qualificados. O objetivo do Fundo é atuar nos segmentos mercantil, financeiro, comercial, industrial, imobiliário, de hipotecas, de arrendamento mercantil e de prestação de serviços, educacional, sendo esse último originado por instituições de ensino e outras empresas ligadas direta ou indiretamente ao setor de educação. De forma secundária possui objetivo em financiar capital de giro para as empresas por meio de aquisição de Cédulas de Crédito Bancário (CCB). O Fundo pode aplicar o remanescente de seu patrimônio líquido em: a. Títulos de emissão do Tesouro Nacional; b. Títulos de emissão do Banco Central do Brasil; c. Créditos securitizados pelo Tesouro Nacional; d. Títulos de emissão de estados e município; e. Certificados e recibos de depósito bancário; e f. Demais títulos, valores mobiliários e ativos financeiros de renda fixa, exceto cotas do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS). As aplicações realizadas no Fundo não contam com garantia das Cedentes, da Administradora, do Custodiante ou de suas partes relacionadas, nem do Fundo Garantidor de Créditos (FGC). 7

4 2 Elaboração e apresentação das demonstrações contábeis As demonstrações contábeis foram elaboradas e estão sendo apresentadas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, complementadas pelas normas previstas no Plano Contábil das Instituições do Sistema Financeiro Nacional (COSIF) e por demais orientações emanadas do Banco Central do Brasil (BACEN) e da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Na elaboração dessas demonstrações contábeis foram utilizadas premissas e estimativas para a contabilização e determinação dos valores dos ativos e instrumentos financeiros integrantes da carteira do Fundo. Dessa forma, quando da efetiva liquidação financeira desses ativos e instrumentos financeiros, os resultados auferidos poderão vir a ser diferentes dos estimados. 3 Descrição das principais práticas contábeis a. Aplicações interfinanceiras de liquidez - Operações compromissadas São operações com compromisso de recompra com vencimento em data futura, anterior ou igual à do vencimento dos títulos objeto da operação, valorizadas diariamente conforme a taxa de mercado da negociação da operação. b. Títulos públicos Os títulos públicos integrantes da carteira são contabilizados pelo custo de aquisição, acrescido diariamente dos rendimentos incorridos (curva) até a data do balanço, e ajustados ao valor de mercado, quando aplicável. c. Títulos e valores mobiliários Os títulos e valores mobiliários são classificados em duas categorias especificas de acordo com a intenção de negociação, atendendo aos seguintes critérios para contabilização: 8

5 i. Títulos para negociação Incluem os títulos e valores mobiliários adquiridos com o objetivo de serem negociados frequentemente e de forma ativa, sendo contabilizados pelo valor de mercado, em que as perdas e os ganhos realizados e não realizados sobre esses títulos são reconhecidos nos resultado; ii. Títulos até o vencimento Incluem os títulos e valores mobiliários, exceto ações não resgatáveis, para os quais haja a intenção e a capacidade financeira para mantê-los até o vencimento, sendo contabilizados ao custo de aquisição, acrescidos dos rendimentos intrínsecos. d. Direitos creditórios a vencer São avaliados pelo seu valor de aquisição, e acrescidos de juros calculados com base na taxa interna de retorno dos contratos, pelo critério pro rata temporis. A taxa interna de retorno foi calculada com base no valor de aquisição, valor de vencimento e prazo de recebimento dos direitos creditórios. e. Direitos creditórios vencidos Estão integralmente registrados pelo valor contratado, acrescido dos rendimentos até a data do seu vencimento. f. Provisão para créditos de liquidação duvidosa (PDD) Os direitos Creditórios são classificados de acordo com o julgamento da administração quanto ao nível de risco, levando em consideração a conjuntura econômica, a experiência passada e os riscos específicos em relação à operação, observando os parâmetros estabelecidos pela Resolução nº 2682/99 do Banco Central do Brasil, que requer a análise da carteira quanto ao atraso das operações. O Fundo considera como perda todos os direitos creditórios em atraso superior a 180 dias. Nesses casos, efetua a provisão da integralidade dos valores devidos e não pagos no fundo. 9

6 Caso os créditos inadimplentes sejam de alguma forma, recuperados após o registro da PDD, estes são destinados exclusivamente e integralmente ao Fundo sendo revertida a provisão anteriormente constituída. A provisão para devedores duvidosos feita pelo Fundo atinge ainda os demais direitos creditórios, do mesmo devedor inadimplente, ou seja, estabelece-se o maior risco de provisão, mesmo que ainda não conhecidas, por se referirem a direitos de crédito a vencer, mas comuns ao mesmo devedor, ocorrendo, assim, o chamado efeito vagão. 4 Direitos Creditórios a. Critério de elegibilidade Todo e qualquer direito creditório a ser adquirido pelo Fundo deverá atender, cumulativamente, na data da respectiva cessão, aos seguintes critérios de elegibilidade: Os Direitos Creditórios deverão ter sido previamente selecionados pela Empresa de Consultoria Especializada; A avaliação de crédito dos recebíveis obedece ao processo de identificação do cliente (cedente) e acompanhamento de sua atuação no mercado através de consulta a sistemas de informação cadastral como Serasa e SCI, análise do Cedente e Sacado e aprovação. As avaliações das aquisições dos créditos provenientes de duplicatas e cheques são submetidas a comitês de crédito que estão classificados na forma do Contrato de Consultoria, firmado entre o Fundo e a Consultoria Especializada de Crédito, os quais deliberam sobre temas diversos, tais como a definição de critérios para a avaliação de crédito, o acompanhamento de carteira de cedentes e sacados, o estabelecimento e revisão de limites de crédito, a criação de metas, dentre outras questões relevantes. 10

7 As Cédulas de Crédito Bancário (CCBs) deverão estar livres e desembaraçadas de quaisquer ônus ou gravames, bem como não poderão ter sido objeto de cessão ou promessa de cessão a terceiros. O somatório das Cédulas de Crédito Bancário (CCBs) integrantes da carteira do Fundo não deverá ser superior a 30% (trinta por cento) de seu patrimônio líquido, bem como não deverá ser superior a 5% (cinco por cento) de seu patrimônio líquido em relação às Cédulas de Crédito Bancário (CCBs) emitidos por um mesmo Devedor. As Cédulas de Crédito Bancário (CCBs) adquiridas pelo Fundo deverão ter os seguintes prazos: a) mínimo de 10 (dez) dias, b) máximo de 365 (trezentos e sessenta e cinco dias. O devedor respectivo das Cédulas de Crédito Bancário (CCBs) não poderá, no momento da cessão, apresentar índice de adimplência perante o Fundo, apurado pelo Custodiante, inferior a 75% (setenta e cinco por cento). O devedor respectivo das Cédulas de Crédito Bancário (CCBs) não pode ser sociedade direta ou indiretamente controlada, coligada ou controlada do Gestor. b. Composição da provisão para devedores duvidosos (PDD) Nível de risco A vencer Títulos Vencidos Valor Presente PDD % PDD Valor Até 14 dias 617, ,22 0,5 0,00 Entre 15 e 30 dias 10, ,81 1, ,49 Entre 31 e 60 dias 21, ,83 3, ,83 Entre 61 e 90 dias 6, ,26 10, ,47 Entre 91 e 120 dias 3, ,57 30, ,78 Entre 121 e 150 dias 3, ,24 50, ,61 Entre 151 e 180 dias 0, ,17 70, ,82 Superior a 180 dias 6, ,67 100, ,50 666, , ,50 11

8 c. Movimentação da provisão para devedores duvidosos (PDD) Saldo inicial em 31 de dezembro de Constituições durante o exercício 243 Saldo final em 31 de dezembro de R$ 5 Gerenciamento de riscos Não obstante a diligência da Administradora, da Gestora e da Consultoria Especializada em colocar em prática a política de investimento delineada, os investimentos do Fundo estão, por sua natureza, sujeitos as flutuações típicas do mercado, risco de crédito, risco sistêmico, condições adversas de liquidez e negociações atípicas do mercado de atuação e, apesar de a Administradora manter sistema de gerenciamento de riscos, não há garantia de completa eliminação da possibilidade de perdas para o Fundo e para o cotista. Riscos relacionados ao Fundo: a. Propriedade de Cotas e Propriedade de Direitos Creditórios - Apesar do Fundo ter sua carteira constituída, preferencialmente, pelos Direitos Creditórios, a propriedade das cotas não confere aos seus titulares propriedade direta sobre os Direitos Creditórios. Os direitos dos quotistas são exercidos sobre todos os ativos da carteira de modo não individualizado, proporcionalmente ao número de cotas possuídas. b. Resgate Condicionado - As principais fontes de recursos do Fundo para o resgate de suas cotas decorrem da liquidação: (i) dos direitos creditórios pelos devedores e (ii) dos outros ativos integrantes da carteira do Fundo pelas respectivas contrapartes. Após o recebimento destes recursos e, se for o caso, depois de esgotados todos os meios cabíveis para a cobrança judicial ou extrajudicial dos referidos ativos, o Fundo poderá não dispor de quaisquer outras verbas para efetuar o resgate de suas cotas. 12

9 c. Resgate de cotas seniores na Medida da Liquidação dos Ativos Integrantes da Carteira do Fundo e da Inexistência de Mercado Secundário para os Direitos Creditórios e outros Ativos do Fundo - O fundo está exposto a determinados riscos inerentes aos direitos creditórios, aos outros ativos integrantes de sua carteira e aos mercados em que os mesmos são negociados, incluindo a eventualidade da Administradora não conseguir alienar os respectivos ativos. Em decorrência do risco acima identificado e considerando-se que o Fundo somente procederá ao resgate das cotas na medida em que (i) os direitos creditórios ou os outros ativos integrantes da carteira do Fundo sejam devidamente liquidados pelas respectivas contrapartes e (ii) as verbas recebidas sejam depositadas na conta de depósito de titularidade do Fundo, tanto a Administradora quanto o Custodiante encontram-se impossibilitados de determinar o intervalo de tempo necessário para o resgate integral das cotas. O valor de resgate das cotas seniores continuará a ser atualizado até a data de seu pagamento, não sendo devido pelo Fundo ou por qualquer outra pessoa, todavia, qualquer multa ou penalidade de qualquer natureza, caso o resgate das cotas prolongue-se por prazo indeterminado. d. Da Inexistência de Rendimento Predeterminado - O preço de integralização das cotas seniores será atualizado diariamente de acordo com os critérios definidos neste Regulamento. Tal atualização tem como finalidade definir qual a parcela do patrimônio líquido do Fundo, devidamente ajustado, deve ser prioritariamente alocada aos titulares das cotas seniores na hipótese de resgate de suas respectivas cotas e não representa nem deverá ser considerada, sob nenhuma hipótese ou circunstância, como uma promessa ou obrigação, legal e contratual, da Administradora, Gestora ou do Custodiante e a de suas respectivas pessoas controladoras, das sociedades por estas direta ou indiretamente controladas, a estas coligadas ou outras sociedades sob controle comum, em assegurar tal remuneração aos referidos quotistas. 13

10 e. Descasamentos de Taxas e de Fluxo de Caixa do Fundo - Poderá ocorrer o descasamento entre os valores de atualização (i) dos direitos creditórios e dos outros ativos integrantes da carteira do Fundo e (ii) das cotas seniores. A Administradora, o Custodiante e quaisquer de suas respectivas pessoas controladas, sociedades por estas direta ou indiretamente controladas, a estas coligadas ou outras sociedades sob controle comum, não são responsáveis, em conjunto ou isoladamente, por eventuais danos ou prejuízos de qualquer natureza, sofridos pelos quotistas, inclusive pela eventual perda de valor de principal de suas aplicações, em razão de descasamentos, de qualquer ordem, sofridos pelo Fundo. f. Cobrança dos Direitos Creditórios - Os custos incorridos com os procedimentos judiciais ou extrajudiciais necessários à cobrança dos direitos creditórios e dos demais ativos integrantes da carteira do Fundo e à salvaguarda dos seus direitos e interesses deverão ser suportados até o limite total de seu patrimônio líquido, sempre observado o que seja deliberado pelos quotistas reunidos em Assembléia Geral. g. Prazo de Carência Inicial para Resgate das Cotas - Pelo fato do Fundo ter sido constituído sob a forma de condomínio fechado, o resgate antecipado de suas cotas não poderá ser solicitado sem aprovação da assembléia geral a esse respeito. h. Não Existência de Garantia de Eliminação de Riscos - A realização de investimentos no Fundo sujeita o investidor aos riscos aos quais o Fundo e a sua carteira estão sujeitos, que poderão acarretar perdas do capital investido pelos quotistas no Fundo. Embora a Administradora mantenha sistema de gerenciamento de riscos das aplicações do Fundo, não há qualquer garantia de completa eliminação da possibilidade de perdas para o Fundo e para os quotistas. O Fundo não conta com garantia da Administradora, de quaisquer terceiros, de qualquer mecanismo de seguro ou do Fundo Garantidor de Créditos - FGC, para redução ou eliminação dos riscos aos quais está sujeito, e conseqüentemente, os quotistas. Em condições adversas de mercado, referido sistema de gerenciamento de riscos poderá ter sua eficiência reduzida. 14

11 i. Inadimplência dos devedores e não existência de coobrigação ou garantia da Administradora pela solvência dos Direitos Creditórios - A Administradora é responsável somente pela aquisição e formalização dos direitos creditórios cedidos ao Fundo, não assumindo qualquer responsabilidade pelo seu pagamento ou pela solvência dos devedores e seus coobrigados. Dessa forma, na hipótese de inadimplência, total ou parcial, por parte dos Devedores no pagamento dos direitos creditórios, o Fundo sofrerá o impacto do não pagamento dos valores correspondentes aos referidos direitos creditórios, proporcionando prejuízo para o Fundo e, conseqüentemente, para seus Quotistas. j. Irregularidades na documentação comprobatória dos direitos creditórios - O administrador realizará a verificação da regularidade dos documentos comprobatórios dos direitos creditórios por meio de auditoria trimestral e por amostragem. Considerando que tal auditoria é realizada tão somente após a cessão dos direitos creditórios ao Fundo, a carteira do Fundo poderá conter direitos creditórios cuja documentação apresente irregularidades, o que poderá obstar o pleno exercício pelo Fundo das prerrogativas decorrentes da titularidade dos direitos creditórios. k. Demais riscos - O Fundo também poderá estar sujeito a outros riscos advindos de motivos alheios ou exógenos ao controle do Administrador, tais como moratória, inadimplemento de pagamentos, mudança nas regras aplicáveis aos ativos financeiros, mudanças impostas aos ativos financeiros integrantes da carteira, alteração na política monetária, aplicações ou resgates significativos. 6 Características e valorização das cotas As cotas do Fundo dividem-se em classes seniores e subordinadas: a. Cotas Seniores - São aquelas que não se subordinam às demais para efeito de amortização e resgate. A relação mínima entre o patrimônio líquido do Fundo e o valor das Cotas Seniores é de 142,82% (cento e quarenta e dois vírgula oitenta e dois por cento). Todo dia útil, desde que o patrimônio do Fundo assim permita, e após pagamento ou provisionamento das despesas e encargos do Fundo, será incorporado ao valor de cada Cota Sênior, o valor equivalente à taxa de 118% (cento e dezoito por cento) do CDI. 15

12 b. Cotas Subordinadas São aquelas que sofrem, integralmente, os efeitos dos resultados negativos da carteira do Fundo, até o limite de seu patrimônio e a sua relação mínima deverá ser igual ou maior do que 30% (trinta por cento) do PL total do fundo. 7 Emissões e resgates de cotas a. Emissão Na emissão de cotas, deve-se utilizar o valor de fechamento da cota de cada classe em vigor no dia da efetiva disponibilidade dos recursos confiados pelo investidor à Administradora, em sua sede ou dependências. Nas emissões de cotas de fundo fechado colocadas junto ao público, o preço de subscrição poderá contemplar ágio ou deságio sobre o valor previsto para amortização, desde que uniformemente aplicado para todos os subscritores e apurado através de procedimento de descoberta de preço em mercado organizado. As cotas seniores poderão ser divididas em séries com valores e prazos diferenciados para amortização, resgate e remuneração. Cada série de cotas terá as mesmas características e conferirá a seus titulares iguais direitos e obrigações. Na colocação pública de cotas do Fundo, a distribuição será precedida de registro específico na CVM e de anúncio de início de distribuição contendo todas as informações exigidas na regulamentação expedida pela CVM. b. Resgate O resgate de cotas somente ocorrerá no término do prazo de duração do Fundo ou de cada série ou classe de cotas ou ainda no caso de liquidação antecipada. c. Amortização As cotas subordinadas somente poderão ser amortizadas, total ou parcialmente, ou resgatadas após a amortização total ou parcial, conforme o caso, ou resgate de todas as cotas seniores. 16

13 8 Taxa de administração Pela prestação dos serviços de administração do Fundo, que incluem a gestão da carteira, o Fundo paga a taxa de 0,70% (zero vírgula sete por cento), calculada diariamente sobre o patrimônio líquido diário do fundo de até R$ ,00 (vinte milhões de reais) e 0,60% (zero vírgula seis por cento) sobre a parcela que exceder R$ ,00 (vinte milhões de reais). A taxa de administração é paga mensalmente, por períodos vencidos, no quinto dia útil do mês subseqüente, sendo que o valor mínimo mensal não poderá ser inferior a R$2.500,00 (dois mil e quinhentos reais) nos nove primeiros meses de operação e a R$ 3.000,00 (três mil reais) nos três últimos meses do primeiro ano de operação. A partir do segundo ano de operação, o valor mensal da taxa de administração não poderá ser inferior a R$5.000,00 (cinco mil reais). No exercício foi apropriada a importância de R$ ,00 (vinte e sete mil) a título de taxa de administração. Poderá ainda ocorrer taxa de desempenho ou performance, atreladas ao desempenho das cotas seniores. No período/exercício não houve cobrança de taxa de desempenho ou performance. 9 Custódia Os títulos representativos dos direitos creditórios são custodiados sob responsabilidade do Banco Paulista S.A. Os títulos públicos estão registrados no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (SELIC) do Banco Central do Brasil. O controle das cotas do Fundo está sob responsabilidade do Administrador e a guarda da documentação dos títulos dos direitos creditórios, em conformidade com o contrato de cessão está sob responsabilidade da Ceres Finanças Ltda. na condição de file depositário. 10 Operações do fundo com Administrador/Gestor e/ou empresas ligadas O Fundo não possui ativos emitidos por empresas ligadas. 17

14 11 Evolução do valor da cota e rentabilidade Data Valor da cota subordinada A Rentabilidade % 31/12/ , ,25 31/12/ , ,12 10/02/2009 (Início da Cota) 1.000,00000 Data Valor da cota Sênior Rentabilidade % 31/12/ , ,59 31/12/ , ,86 12/02/2009 (Início da Cota) ,00000 A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de resultados futuros. 12 Divulgação das informações As informações obrigatórias sobre o fundo ficam disponíveis na sede da Administradora. 13 Legislação tributária a. Imposto de renda Os rendimentos auferidos serão tributados pelas regras abaixo: Seguindo a expectativa da Administradora e do Gestor de manter a carteira do Fundo com prazo médio superior a trezentos e sessenta e cinco dias, calculado conforme metodologia regulamentada pela Secretaria da Receita Federal, os rendimentos auferidos estarão sujeitos ao imposto de renda retido na fonte às seguintes alíquotas, de acordo com o prazo de aplicação contado entre a data de aplicação e a data do resgate: 18

15 22,5% em aplicações com prazo de até 180 dias; 20% em aplicações com prazo de 181 a 360 dias; 17,5% em aplicações com prazo de 361 a 720 dias; e 15% em aplicações com prazo superior a 720 dias. A regra tributária acima descrita não se aplica aos cotistas sujeitos às regras de tributação específicas, na forma da legislação em vigor. b. Imposto sobre operações financeiras - IOF Incide IOF à alíquota de 1% ao dia, sobre o valor de resgate das cotas, limitado a um porcentual do rendimento da aplicação, decrescente em função do prazo, tendendo a 0% nos 30 dias seguintes à data de aplicação. 14 Política de distribuição dos resultados Os resultados auferidos são imediatamente reinvestidos no Fundo mediante a valorização das cotas. 15 Contrato de prestação de serviço A Administradora contratou o Banco Paulista S.A. para prestar serviços de tesouraria, custódia, escrituração de cotas e controle de ativos e passivos relativos a este Fundo, de acordo com as normas legais e regulamentares. 16 Prestação de outros serviços e política de independência do auditor Em atendimento à Instrução n 381/03 da Comissão de Valores Mobiliários, registre-se que a Administradora, no período, não contratou nem teve serviços prestados pela Confiance Auditores Independentes relacionados aos fundos de investimento por ele administrados. A política adotada atende aos princípios que preservam a independência do auditor, de acordo com os critérios internacionalmente aceitos, quais seja o auditor não deve auditar o seu próprio trabalho, nem exercer funções gerenciais no seu cliente ou promover os interesses deste. 19

16 17 Demandas judiciais Não há registro de demandas judiciais ou extrajudiciais, quer na defesa dos direitos dos cotistas, quer desses contra a administração do Fundo. 18 Informações adicionais Contador: Gerson Luiz Mendes de Brito CRC-1SP /O-0 Diretor responsável: Pedro Paulo Bartolomei da Silveira * * 20

17 7

Deloitte Touche Tohmatsu Auditores Independentes

Deloitte Touche Tohmatsu Auditores Independentes Safra Petrobras - Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de (Administrado pelo Banco Safra de Investimento S.A.) Demonstrações Financeiras Referentes ao Exercício Findo em 30 de Junho de 2007 e ao Período

Leia mais

PÉROLA FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS (CNPJ nº 19.388.423/0001-59) (ADMINISTRADO PELA SOCOPA SOCIEDADE CORRETORA PAULISTA S/A)

PÉROLA FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS (CNPJ nº 19.388.423/0001-59) (ADMINISTRADO PELA SOCOPA SOCIEDADE CORRETORA PAULISTA S/A) PÉROLA FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS (CNPJ nº 19.388.423/0001-59) (ADMINISTRADO PELA SOCOPA SOCIEDADE CORRETORA PAULISTA S/A) DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31 DE AGOSTO DE 2014 PÉROLA FUNDO

Leia mais

HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Curto Prazo Over II - CNPJ nº 08.915.208/0001-42

HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Curto Prazo Over II - CNPJ nº 08.915.208/0001-42 HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Curto Prazo Over II - CNPJ nº 08.915.208/0001-42 (Administrado pelo HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo CNPJ nº 01.701.201/0001-89) Demonstrações

Leia mais

Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IRF - M Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.885/0001-45

Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IRF - M Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.885/0001-45 Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IRF - M Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ: 92.702.067/0001-96) e 2014 com Relatório

Leia mais

31 de março de 2015 e 2014 com Relatório dos Auditores Independentes sobre as demonstrações financeiras

31 de março de 2015 e 2014 com Relatório dos Auditores Independentes sobre as demonstrações financeiras Demonstrações Financeiras Banrisul Multi Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ: 92.702.067/0001-96) e 2014 com Relatório

Leia mais

ITAÚ MAXI RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CNPJ 04.222.433/0001-42

ITAÚ MAXI RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CNPJ 04.222.433/0001-42 ITAÚ MAXI RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CNPJ 04.222.433/0001-42 MENSAGEM DO ADMINISTRADOR Prezado Cotista, Este FUNDO, constituído sob a forma de condomínio aberto,

Leia mais

Demonstrações financeiras em 31 de março de 2012 e 2011

Demonstrações financeiras em 31 de março de 2012 e 2011 CNPJ nᵒ 00.832.453/0001-84 (Nova denominação social do Credit Suisse DI Fundo de Investimento de Curto Prazo) (Administrado pela Credit Suisse Hedging-Griffo Corretora de Valores S.A.) (CNPJ nᵒ 61.809.182/0001-30)

Leia mais

Mensagem da Administradora

Mensagem da Administradora Mensagem da Administradora Prezados Cotistas: Submetemos à apreciação de V.S.as. a demonstração da composição e diversificação das aplicações da CSN Invest Fundo de Investimento em Ações, em 31 de dezembro

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IMA Geral Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.894/0001-36 (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ: 92.702.067/0001-96)

Leia mais

Demonstrativo da Composição e Diversificação da Carteira

Demonstrativo da Composição e Diversificação da Carteira Demonstrativo da Composição e Diversificação da Carteira Mês/Ano: 31 de março de 2016 Nome do Fundo: Alfa I - Fundo Mútuo de CNPJ: 03.919.892/0001-17 Administrador: Banco Alfa de Investimento S.A. CNPJ:

Leia mais

Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IMA Geral Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.894/0001-36

Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IMA Geral Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.894/0001-36 Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IMA Geral Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ: 92.702.067/0001-96) e 2014 com Relatório

Leia mais

ITAÚ PERSONNALITÉ RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO

ITAÚ PERSONNALITÉ RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO ITAÚ PERSONNALITÉ RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CNPJ 00.832.424/0001-12 MENSAGEM DO ADMINISTRADOR Prezado Cotista, Este FUNDO, constituído sob a forma de condomínio

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Fundo de Aposentadoria Programada Individual Banrisul Conservador CNPJ 04.785.314/0001-06 (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ 92.702.067/0001-96)

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis Banco do Nordeste Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento DI Institucional Longo Prazo (Administrado pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A. - CNPJ: 07.237.373/0001-20)

Leia mais

Demonstrações financeiras em 31 de julho de 2014 KPDS 96085

Demonstrações financeiras em 31 de julho de 2014 KPDS 96085 Brasil Plural BBDC Feeder Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento CNPJ nº 18.602.310/0001-41 (Administrado pela BEM Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda.) Demonstrações

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis BNB Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Investimento Renda Fixa Curto Prazo (Administrado pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A. - CNPJ: 07.237.373/0001-20) 31 de março de

Leia mais

BANRISUL ABSOLUTO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ/MF nº 21.743.480/0001-50 PROSPECTO

BANRISUL ABSOLUTO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ/MF nº 21.743.480/0001-50 PROSPECTO BANRISUL ABSOLUTO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ/MF nº 21.743.480/0001-50 PROSPECTO AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESSE PROSPECTO ESTÃO EM CONSONÂNCIA COM O REGULAMENTO DO FUNDO, PORÉM NÃO O SUBSTITUI.

Leia mais

Ishares S&P 500 Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Índice - Investimento no Exterior CNPJ nº 19.909.560/0001-91

Ishares S&P 500 Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Índice - Investimento no Exterior CNPJ nº 19.909.560/0001-91 Ishares S&P 500 Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Índice - CNPJ nº 19.909.560/0001-91 (Administrado pela Citibank Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A.) (CNPJ nº 33.868.597/0001-40)

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis Banco do Nordeste Fundo de Investimento Ações Petrobras (Administrado pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A. - CNPJ: 07.237.373/0001-20) 31 de março de 2014 com Relatório dos Auditores

Leia mais

BRESSER AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES

BRESSER AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES BRESSER AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES REGULAMENTO DO FUNDO O BRESSER AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES, regido pelas disposições do presente Regulamento, e regulado pelas Instruções CVM nº 302

Leia mais

BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03

BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03 BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03 PROSPECTO AVISOS IMPORTANTES I. A CONCESSÃO DE REGISTRO PARA A VENDA DAS COTAS DESTE FUNDO NÃO IMPLICA, POR PARTE DA

Leia mais

Banrisul Previdência Municipal Fundo de Investimento Renda Fixa de Longo Prazo

Banrisul Previdência Municipal Fundo de Investimento Renda Fixa de Longo Prazo Banrisul Previdência Municipal Fundo de Investimento Renda Fixa de Longo Prazo CNPJ 08.960.975/0001-73 (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ 92.702.067/0001-96) Demonstrações

Leia mais

Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Petrobrás (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 de

Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Petrobrás (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 de Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Petrobrás Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 de setembro de 2003 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes Aos

Leia mais

Demonstrações Contábeis Referentes ao Exercício Findo em 30 de Junho de 2012 e Relatório dos Auditores Independentes CNPJ 00.857.

Demonstrações Contábeis Referentes ao Exercício Findo em 30 de Junho de 2012 e Relatório dos Auditores Independentes CNPJ 00.857. Banpará Renda Fixa Tradicional Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento ongo Prazo (Administrado pela BB Gestão de Recursos Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. - BB DTVM)

Leia mais

ITAÚ FAPI RENDA FIXA - Fundo de Aposentadoria Programada Individual CNPJ - 02.177.812/0001-32 REGULAMENTO

ITAÚ FAPI RENDA FIXA - Fundo de Aposentadoria Programada Individual CNPJ - 02.177.812/0001-32 REGULAMENTO CAPÍTULO I - DO FUNDO 1 - O ITAÚ FAPI RENDA FIXA - FUNDO DE APOSENTADORIA PROGRAMADA INDIVIDUAL, designado FUNDO, constituído sob a forma de condomínio aberto, com prazo indeterminado de duração, é regido

Leia mais

FIEX HSBC PREMIER FUNDO DE INVESTIMENTO NO EXTERIOR HSBC PREMIER PROSPECTO. ADMINISTRAÇÃO e GESTÃO: HSBC BANK BRASIL S.A.

FIEX HSBC PREMIER FUNDO DE INVESTIMENTO NO EXTERIOR HSBC PREMIER PROSPECTO. ADMINISTRAÇÃO e GESTÃO: HSBC BANK BRASIL S.A. FIEX HSBC PREMIER FUNDO DE INVESTIMENTO NO EXTERIOR HSBC PREMIER PROSPECTO ADMINISTRAÇÃO e GESTÃO: HSBC BANK BRASIL S.A. BANCO MÚLTIPLO Atualizado em março de 2004 Fundo de Investimento no Exterior HSBC

Leia mais

FI BB Votorantim JHSF Cidade Jardim Continental Tower (Administrado pela Citibank Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A.

FI BB Votorantim JHSF Cidade Jardim Continental Tower (Administrado pela Citibank Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. FI BB Votorantim JHSF Cidade Jardim (Administrado pela Citibank Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A.) Balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2014 e 2013 Em milhares de reais ATIVO 2014

Leia mais

F.Q.S. DI - Fundo de Aplicação em Quotas de Fundos de Investimento Financeiro (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de

F.Q.S. DI - Fundo de Aplicação em Quotas de Fundos de Investimento Financeiro (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de F.Q.S. DI - Fundo de Aplicação em Quotas de Fundos de Investimento Financeiro Demonstrações financeiras em 31 de março de 2004 e de 2003 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS VIAINVEST

FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS VIAINVEST REGULAMENTO DO FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS VIAINVEST Datado de 23/06/2015 1 ÍNDICE CAPÍTULO I FORMA DE CONSTITUIÇÃO DO FUNDO 3 CAPÍTULO II OBJETIVO

Leia mais

PROSPECTO CAIXA FI SEBRAE RF LONGO PRAZO

PROSPECTO CAIXA FI SEBRAE RF LONGO PRAZO PROSPECTO CAIXA FI SEBRAE RF LONGO PRAZO CLASSIFICAÇÃO DO FUNDO ANBIMA RENDA FIXA ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS DISPOSIÇÕES DO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO

Leia mais

Exodus I Fundo de Investimento em Direitos Creditórios da Indústria CNPJ: 07.399.646/0001-32

Exodus I Fundo de Investimento em Direitos Creditórios da Indústria CNPJ: 07.399.646/0001-32 São Paulo, 10 de agosto de 2012. Exodus I Fundo de Investimento em Direitos Creditórios da Indústria CNPJ: 07.399.646/0001-32 Relatório Trimestral: 2º Trimestre de 2012 1) DADOS DO FUNDO Administrador:

Leia mais

Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras

Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras 2 Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras À Administradora e aos Cotistas CSHG Delphos Fundo de Investimento Multimercado - Crédito Privado Investimento no Exterior Examinamos

Leia mais

Deloitte Touche Tohmatsu Auditores Independentes

Deloitte Touche Tohmatsu Auditores Independentes CNPJ nº 16.975.644/0001-35 (Administrado pela Citibank Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A.) (CNPJ nº 33.868.597/0001-40) Demonstrações Financeiras Referentes ao Período de 08 de Julho de

Leia mais

FGP FUNDO GARANTIDOR DE PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS CNPJ: 07.676.825/0001-70 (Administrado pelo Banco do Brasil S.A.)

FGP FUNDO GARANTIDOR DE PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS CNPJ: 07.676.825/0001-70 (Administrado pelo Banco do Brasil S.A.) FGP FUNDO GARANTIDOR DE PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS CNPJ: 07.676.825/0001-70 (Administrado pelo Banco do Brasil S.A.) NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE AGOSTO DE 2006 (Em milhares de

Leia mais

Queluz Trader Fundo de Investimento Multimercado (CNPJ nº 09.052.643/0001-53) (Administrado pela BEM - Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários

Queluz Trader Fundo de Investimento Multimercado (CNPJ nº 09.052.643/0001-53) (Administrado pela BEM - Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Queluz Trader Fundo de Investimento Multimercado (CNPJ nº 09.052.643/0001-53) (Administrado pela BEM - Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda.) Relatório dos auditores independentes sobre

Leia mais

31 de dezembro de 2014 e 2013 com Relatório dos Auditores Independentes sobre as Demonstrações Financeiras

31 de dezembro de 2014 e 2013 com Relatório dos Auditores Independentes sobre as Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Geração Futuro Fundo de Investimento em Ações Meninas Iradas (CNPJ: 08.608.189/0001-01) (Administrado pela Geração Futuro Corretora de Valores S.A. CNPJ: 27.652.684/0001-62) 31

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CRÉDITO PRIVADO TRAVESSIA INVESTIMENTO NO EXTERIOR 23.352.

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CRÉDITO PRIVADO TRAVESSIA INVESTIMENTO NO EXTERIOR 23.352. FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CRÉDITO PRIVADO TRAVESSIA INVESTIMENTO NO EXTERIOR 23.352.186/0001-43 Mês de Referência: Novembro de 2015 CLASSIFICAÇÃO ANBIMA:

Leia mais

Sicredi Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Renda Fixa Prime Longo Prazo (CNPJ n 08.252.576/0001-58) (Administrado pelo Banco

Sicredi Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Renda Fixa Prime Longo Prazo (CNPJ n 08.252.576/0001-58) (Administrado pelo Banco Sicredi Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Renda Fixa Prime (CNPJ n 08.252.576/0001-58) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2014 e relatório dos auditores independentes

Leia mais

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO FIDC ANGÁ SABEMI CONSIGNADOS IV (CNPJ: 22.945.746/0001-00) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/09/2015.

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO FIDC ANGÁ SABEMI CONSIGNADOS IV (CNPJ: 22.945.746/0001-00) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/09/2015. São Paulo, 16 de novembro de 215. À Comissão de es Mobiliários ( CVM ) Gerência de Acompanhamento de Fundos Estruturados - GIE Rua Sete de Setembro, 111 3º andar 2159-9 - Rio de Janeiro - RJ REF.: RELATÓRIO

Leia mais

CNPJ 05.086.234/0001-17 PERIODICIDADE MÍNIMA PARA DIVULGAÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO

CNPJ 05.086.234/0001-17 PERIODICIDADE MÍNIMA PARA DIVULGAÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO BRB FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM RENDA FIXA DI LONGO PRAZO 500 FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES Competência: 19/01/2016 CNPJ 05.086.234/0001-17 PERIODICIDADE MÍNIMA

Leia mais

Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2007.

Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2007. ITAUVEST PERSONNALITÉ CURTO PRAZO FUNDO DE INVESTIMENTO EM Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2007. Mercado / % sobre Aplicações/Especificação Quantidade Realização

Leia mais

Demonstrações Financeiras Referentes ao Exercício findo em 30 de Setembro de 2015 e Relatório dos Auditores Independentes

Demonstrações Financeiras Referentes ao Exercício findo em 30 de Setembro de 2015 e Relatório dos Auditores Independentes MB Fundo de Investimento em Ações CNPJ nº 18.799.585/0001-17 (Administrado pela Mercantil do Brasil Distribuidora S.A. - TVM - CNPJ nº 17.364.795/0001-10) Demonstrações Financeiras Referentes ao Exercício

Leia mais

Demonstrações Contábeis acompanhadas do Relatório dos Auditores independentes

Demonstrações Contábeis acompanhadas do Relatório dos Auditores independentes Fundo de Investimento Imobiliário General Shopping Ativo e Renda FII (CNPJ nº 17.590.518/0001-25) (Administrado pela SOCOPA Sociedade Corretora Paulista S/A) (CNPJ nº 62.285.390/0001-40) Demonstrações

Leia mais

Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras

Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras Aos Cotistas e à Administradora do Lotus Fundo de Investimento em Renda Fixa Brasília - DF Examinamos as demonstrações financeiras

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54 FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54 ESTE FORMULÁRIO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO

Leia mais

ALFAPREV MIX 25 - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO PREVIDENCIÁRIO CNPJ/MF 03.469.407/0001-50 REGULAMENTO

ALFAPREV MIX 25 - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO PREVIDENCIÁRIO CNPJ/MF 03.469.407/0001-50 REGULAMENTO ALFAPREV MIX 25 - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ/MF 03.469.407/0001-50 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO 1.1 O ALFAPREV MIX 25 - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS

Leia mais

Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2008.

Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2008. Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2008. Mercado / % sobre Aplicações/Especificação Quantidade Realização Patrimônio R$ Mil Líquido 1.DISPONIBILIDADES 8 0,03 Depósitos

Leia mais

Fator Veritá Fundo de Investimento Imobiliário (Administrado pelo Banco Fator S.A.)

Fator Veritá Fundo de Investimento Imobiliário (Administrado pelo Banco Fator S.A.) Fator Veritá Fundo de Investimento Imobiliário Demonstrações Financeiras Referentes ao Exercício Findo em 31 de Dezembro de 2011 e Relatório dos Auditores Independentes CNPJ 11.664.201/0001-00 Deloitte

Leia mais

Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras

Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras CNPJ : 09.195.701/0001-06 Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras Aos Cotistas e à Administradora do Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Ações BRB

Leia mais

REGULAMENTO SUL INVEST FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS MULTISETORIAL. Datado de. 23 de abril de 2014

REGULAMENTO SUL INVEST FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS MULTISETORIAL. Datado de. 23 de abril de 2014 REGULAMENTO DO SUL INVEST FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS MULTISETORIAL Datado de 23 de abril de 2014 ÍNDICE: CAPÍTULO I - FUNDO... 3 CAPÍTULO II - PRAZO DE DURAÇÃO DO FUNDO... 3 CAPÍTULO

Leia mais

Artigo 5º - A relação completa dos prestadores de serviços pode ser consultada no Formulário de Informações Complementares do FUNDO.

Artigo 5º - A relação completa dos prestadores de serviços pode ser consultada no Formulário de Informações Complementares do FUNDO. FUNDO Artigo 1º - O Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento CAIXA Cambial Dólar, doravante designado, abreviadamente, FUNDO, é um Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento

Leia mais

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO FIDC FORNECEDORES ODEBRECHT (CNPJ: 12.630.101/0001-25) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/09/2015.

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO FIDC FORNECEDORES ODEBRECHT (CNPJ: 12.630.101/0001-25) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/09/2015. São Paulo, 16 de novembro de 2015. À Comissão de es Mobiliários ( CVM ) Gerência de Acompanhamento de Fundos Estruturados - GIE Rua Sete de Setembro, 111 30º andar 20159-900 - Rio de Janeiro - RJ REF.:

Leia mais

PROSPECTO DO ITAÚ EP CURTO PRAZO FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO 17/09/2010

PROSPECTO DO ITAÚ EP CURTO PRAZO FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO 17/09/2010 ESTE PROSPECTO OBSERVA O CÓDIGO Anbima de Regulação e Melhores Práticas Para os Fundos de Investimento (ANBIMA) E AS NORMAS DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS (CVM). O REGISTRO DE VENDA DE COTAS DESSE

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ESTRUTURADO BOLSA EUROPEIA 3 MULTIMERCADO 11.714.787/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ESTRUTURADO BOLSA EUROPEIA 3 MULTIMERCADO 11.714.787/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ESTRUTURADO BOLSA EUROPEIA 3 MULTIMERCADO 11.714.787/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

ILHABELA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES INVESTIDOR PROFISSIONAL. CNPJ/MF n 08.515.219/0001-35 FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DE 04.04.

ILHABELA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES INVESTIDOR PROFISSIONAL. CNPJ/MF n 08.515.219/0001-35 FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DE 04.04. ILHABELA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES INVESTIDOR PROFISSIONAL CNPJ/MF n 08.515.219/0001-35 FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DE 04.04.2016 1- PERIODICIDADE MÍNIMA PARA DIVULGAÇÃO DA CARTEIRA

Leia mais

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas)

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas) 1. Contexto operacional O CLUBE DE INVESTIMENTO PALO ALTO ( Clube ) constituído por número limitado de cotistas que tem por objetivo a aplicação de recursos financeiros próprios para a constituição, em

Leia mais

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas)

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas) 1. Contexto operacional O CLUBE DE INVESTIMENTO MULHER & NEGOCIOS ( Clube ) constituído por número limitado de cotistas que tem por objetivo a aplicação de recursos financeiros próprios para a constituição,

Leia mais

CAIXA Fundo de Investimento em Direitos Creditórios CDC Veículos do Banco PanAmericano

CAIXA Fundo de Investimento em Direitos Creditórios CDC Veículos do Banco PanAmericano Prospecto do CAIXA Fundo de Investimento em Direitos Creditórios CDC Veículos do Banco PanAmericano CNPJ/MF: 05.630.130/0001-21 Administrado por: Cedente dos Direitos Creditórios: Classificação de risco

Leia mais

Artigo 2º - O FUNDO destina-se a acolher investimentos de pessoas físicas e pessoas jurídicas privadas e públicas, doravante designados, Cotista.

Artigo 2º - O FUNDO destina-se a acolher investimentos de pessoas físicas e pessoas jurídicas privadas e públicas, doravante designados, Cotista. FUNDO Artigo 1º - O Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento CAIXA Premium Renda Fixa Referenciado DI Longo Prazo, doravante designado, abreviadamente, FUNDO, é um Fundo de Investimento

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO CAIXA BRASIL IDkA IPCA 2A TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA LONGO PRAZO

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO CAIXA BRASIL IDkA IPCA 2A TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA LONGO PRAZO FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO CAIXA BRASIL IDkA IPCA 2A TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA LONGO PRAZO Data de Competência: 07/06/2016 1. CNPJ 14.386.926/0001-71 2. PERIODICIDADE

Leia mais

CSHG MM4 Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Multimercado - Crédito Privado Investimento no Exterior

CSHG MM4 Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Multimercado - Crédito Privado Investimento no Exterior CSHG MM4 Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Multimercado - Crédito Privado Investimento no Exterior (Administrado pela Credit Suisse Hedging- Griffo Corretora de Valores S.A.) Demonstrações

Leia mais

SICREDI FUNDO DE INVESTIMENTO INSTITUCIONAL RENDA FIXA IRF-M LONGO PRAZO

SICREDI FUNDO DE INVESTIMENTO INSTITUCIONAL RENDA FIXA IRF-M LONGO PRAZO Porto Alegre, 21 de maio de 2013 SICREDI FUNDO DE INVESTIMENTO INSTITUCIONAL RENDA FIXA IRF-M LONGO PRAZO ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS DISPOSIÇÕES DO CÓDIGO

Leia mais

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO MARTINS FIDC (CNPJ: 07.162.400/0001-42) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/06/2015.

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO MARTINS FIDC (CNPJ: 07.162.400/0001-42) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/06/2015. São Paulo, 13 de maio de 2016. À Comissão de es Mobiliários ( CVM ) Gerência de Acompanhamento de Fundos Estruturados - GIE Rua Sete de Setembro, 111 30º andar. 20159-900 - Rio de Janeiro - RJ REF.: RELATÓRIO

Leia mais

Demonstrações Financeiras HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Curto Prazo II CNPJ: 04.823.561/0001-41

Demonstrações Financeiras HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Curto Prazo II CNPJ: 04.823.561/0001-41 Demonstrações Financeiras HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento (Administrado pelo HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo - 31 de março de 2011 e 2010 com relatório dos auditores

Leia mais

Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras

Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras Aos Cotistas e à Administradora do BRB Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Investimento em Renda Fixa DI Longo Prazo 1 Milhão

Leia mais

Demonstrações financeiras em 31 de outubro de 2013 e 2012

Demonstrações financeiras em 31 de outubro de 2013 e 2012 RP Fundo de Investimento Renda Fixa de Crédito Privado CNPJ nº 10.697.953/0001-04 (Administrado pela Oliveira Trust Servicer S.A.) (CNPJ nº 02.150.453/0001-20) KPDS 75272 Conteúdo Relatório dos auditores

Leia mais

Artigo 5º - A relação completa dos prestadores de serviços pode ser consultada no Formulário de Informações Complementares do FUNDO.

Artigo 5º - A relação completa dos prestadores de serviços pode ser consultada no Formulário de Informações Complementares do FUNDO. FUNDO Artigo 1º - O Fundo de Investimento em Ações CAIXA Brasil Ibovespa, doravante designado, abreviadamente, FUNDO, é um Fundo de Investimento constituído sob a forma de condomínio aberto, com prazo

Leia mais

FIDC EMPÍRICA GOAL ONE FIDC EMPÍRICA. Goal One

FIDC EMPÍRICA GOAL ONE FIDC EMPÍRICA. Goal One FIDC EMPÍRICA Goal One Relatório Mensal de Gestão - Dezembro/ 2015 Comentários do Gestor > No mês de dezembro observamos uma pequena variação na margem nos indicadores de liquidez e risco. Os indicadores

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES AUXILIAR I CNPJ nº 54.070.966/0001-24. Mês de Referência: Março de 2016

FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES AUXILIAR I CNPJ nº 54.070.966/0001-24. Mês de Referência: Março de 2016 FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES AUXILIAR I CNPJ nº 54.070.966/0001-24 Mês de Referência: Março de 2016 Formulário de Informações Complementares O formulário contém um resumo das informações complementares

Leia mais

MB DLM HEDGE CONSERVADOR FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ

MB DLM HEDGE CONSERVADOR FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ MB DLM HEDGE CONSERVADOR FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ 17.975.498/0001-00 DATA DO PROSPECTO 16/06/2014 CLASSIFICAÇÃO DO FUNDO: CVM = Multimercado; ANBIMA =

Leia mais

ALFA ORBIS DI FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO LONGO PRAZO. CNPJ nº 02.733.802/0001-36 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO

ALFA ORBIS DI FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO LONGO PRAZO. CNPJ nº 02.733.802/0001-36 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO CNPJ nº 02.733.802/0001-36 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO 1.1 O ALFA ORBIS DI FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO LONGO PRAZO ( FUNDO ), é um fundo de investimento constituído sob a forma de condomínio

Leia mais

HSBC Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo Tripla Vantagem CNPJ nº 09.522.596/0001-64

HSBC Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo Tripla Vantagem CNPJ nº 09.522.596/0001-64 HSBC Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo Tripla Vantagem CNPJ nº 09.522.596/0001-64 (Administrado pelo HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo CNPJ nº 01.701.201/0001-89) Demonstrações financeiras

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CAIXA VALE DO RIO DOCE Data de Competência: 27/01/2016 1. CNPJ 04.885.820/0001-69 2. PERIODICIDADE MÍNIMA PARA DIVULGAÇÃO DA COMPOSIÇÃO

Leia mais

A+ A+ A+ AA+ Tel.: 55 11 3377 0708 Tel.: 55 11 3377 0703

A+ A+ A+ AA+ Tel.: 55 11 3377 0708 Tel.: 55 11 3377 0703 Condomínio: CAIXA FIDC CDC VEÍCULOS DO BANCO PANAMERICANO Aberto Administrador: Caixa Econômica Federal Prazo: Indeterminado Custodiante: Banco Itaú S.A. Data de Registro: 25/09/2003 Auditor: Ernest &

Leia mais

CAPÍTULO III - DA COMPOSIÇÃO E DIVERSIFICAÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO

CAPÍTULO III - DA COMPOSIÇÃO E DIVERSIFICAÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO CAPÍTULO I - DO FUNDO Artigo 1º O CAIXA FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO FGTS PETROBRAS IV CAIXA FMP FGTS PETROBRAS IV, doravante designado, abreviadamente, FUNDO, é uma comunhão de recursos, constituído sob

Leia mais

BANPARÁ FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ 00.857.364/0001-92 PROSPECTO

BANPARÁ FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ 00.857.364/0001-92 PROSPECTO BANPARÁ FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ 00.857.364/0001-92 PROSPECTO AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESSE PROSPECTO ESTÃO EM CONSONÂNCIA COM O REGULAMENTO DO FUNDO, PORÉM

Leia mais

Banco Honda S/A Demonstrações financeiras do Conglomerado Prudencial das empresas Banco Honda, Honda Leasing, Administradora de Consórcio Nacional

Banco Honda S/A Demonstrações financeiras do Conglomerado Prudencial das empresas Banco Honda, Honda Leasing, Administradora de Consórcio Nacional Banco Honda S/A Demonstrações financeiras do Conglomerado Prudencial das empresas Banco Honda, Honda Leasing, Administradora de Consórcio Nacional Honda 1 Conteúdo Relatório dos auditores independentes

Leia mais

ESTE FUNDO PODE ESTAR EXPOSTO A SIGNIFICATIVA CONCENTRAÇÃO EM ATIVOS DE RENDA VARIÁVEL DE POUCOS EMISSORES, APRESENTANDO OS RISCOS DAÍ DECORRENTES.

ESTE FUNDO PODE ESTAR EXPOSTO A SIGNIFICATIVA CONCENTRAÇÃO EM ATIVOS DE RENDA VARIÁVEL DE POUCOS EMISSORES, APRESENTANDO OS RISCOS DAÍ DECORRENTES. ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS DISPOSIÇÕES DO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA OS FUNDOS DE INVESTIMENTO, BEM COMO ÀS NORMAS EMANADAS

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANPARA RENDA FIXA PLUS FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO LONGO PRAZO

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANPARA RENDA FIXA PLUS FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO LONGO PRAZO FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANPARA RENDA FIXA PLUS FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO LONGO PRAZO CNPJ: 00.857.368/0001-70 ESTE FORMULÁRIO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES

Leia mais

Notas Explicativas às Demonstrações Financeiras

Notas Explicativas às Demonstrações Financeiras EletrosSaúde Notas Explicativas às Demonstrações Financeiras Em 31 de dezembro de 2011 e de 2010 Em milhares de reais 1 Contexto Operacional A Fundação Eletrobrás de Seguridade Social ELETROS é uma entidade

Leia mais

REGULAMENTO DO DAYCOVAL MULTIFUNDS FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CAPÍTULO I - DO FUNDO

REGULAMENTO DO DAYCOVAL MULTIFUNDS FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CAPÍTULO I - DO FUNDO Este Regulamento integra a ata da Assembleia Geral Extraordinária do DAYCOVAL MULTIFUNDS FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO de 16 de janeiro de 2015. REGULAMENTO DO

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SOBERANO CURTO PRAZO 04.871.634/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SOBERANO CURTO PRAZO 04.871.634/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SOBERANO CURTO PRAZO 04.871.634/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

Demonstrações Financeiras Banrisul VIP Fundo de Investimento Renda Fixa de Longo Prazo CNPJ: 00.743.026/0001-20

Demonstrações Financeiras Banrisul VIP Fundo de Investimento Renda Fixa de Longo Prazo CNPJ: 00.743.026/0001-20 Demonstrações Financeiras Banrisul VIP Fundo de Investimento Renda Fixa de Longo Prazo (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ: 92.702.067/0001-96) e 2014 com Relatório dos

Leia mais

BICBANCO Stock Index Ações Fundo de Investimento em Títulos e Valores Mobiliários (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A.

BICBANCO Stock Index Ações Fundo de Investimento em Títulos e Valores Mobiliários (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A. BICBANCO Stock Index Ações Fundo de Investimento em Títulos e Valores Mobiliários (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A.) Demonstrações Financeiras Referentes ao Exercício Findo em 30 de

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS DA INDÚSTRIA EXODUS INSTITUCIONAL. 1 - Nome do Cotista 2 - Identificação do Cotista

FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS DA INDÚSTRIA EXODUS INSTITUCIONAL. 1 - Nome do Cotista 2 - Identificação do Cotista TERMO DE ADESÃO AO REGULAMENTO E CIÊNCIA DE RISCO FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS DA INDÚSTRIA EXODUS INSTITUCIONAL 1 - Nome do Cotista 2 - Identificação do Cotista 3 - Agência N 4 - Conta

Leia mais

Lâmina de Informações Essenciais do. Título Fundo de Investimento Multimercado Longo Prazo (Título FIM-LP) CNPJ/MF: 02.269.

Lâmina de Informações Essenciais do. Título Fundo de Investimento Multimercado Longo Prazo (Título FIM-LP) CNPJ/MF: 02.269. Lâmina de Informações Essenciais do Informações referentes à Dezembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o TÍTULO FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO - LONGO PRAZO (Título

Leia mais

Período de 01 de janeiro a 06 de outubro de 2011 (data de extinção do Fundo) com Relatório dos Auditores Independentes

Período de 01 de janeiro a 06 de outubro de 2011 (data de extinção do Fundo) com Relatório dos Auditores Independentes Demonstração da Evolução do Patrimônio Líquido CSHG Realty BC Fundo de Investimento em Participações (Administrado pela Credit Suisse Hedging-Griffo Corretora de Valores S/A) Período de 01 de janeiro a

Leia mais

PERIODICIDADE MÍNIMA PARA DIVULGAÇÃO DA COMPOSIÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO Mensal, até o dia 10 do mês subsequente ao de referência.

PERIODICIDADE MÍNIMA PARA DIVULGAÇÃO DA COMPOSIÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO Mensal, até o dia 10 do mês subsequente ao de referência. NORTHVIEW FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CRÉDITO PRIVADO 11.806.097/0001-40 Mês de Referência: Março de 2016 Formulário de Informações Complementares O formulário

Leia mais

REGULAMENTO DO BB CURTO PRAZO AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CNPJ: 00.071.477/0001-68 CAPÍTULO I DO FUNDO

REGULAMENTO DO BB CURTO PRAZO AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CNPJ: 00.071.477/0001-68 CAPÍTULO I DO FUNDO REGULAMENTO DO BB CURTO PRAZO AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CNPJ: 00.071.477/0001-68 CAPÍTULO I DO FUNDO Artigo 1º - O BB CURTO PRAZO AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

MINUTA REGULAMENTO DO BB REFERENCIADO DI 500 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CNPJ 03.308.312/0001-55 CAPÍTULO I - DO FUNDO

MINUTA REGULAMENTO DO BB REFERENCIADO DI 500 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CNPJ 03.308.312/0001-55 CAPÍTULO I - DO FUNDO MINUTA REGULAMENTO DO BB REFERENCIADO DI 500 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CNPJ 03.308.312/0001-55 CAPÍTULO I - DO FUNDO Artigo 1º - O BB REFERENCIADO DI 500 FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

PROSPECTO. Administrado por: Taquari Administradora de Carteira de Valores Mobiliários Ltda.

PROSPECTO. Administrado por: Taquari Administradora de Carteira de Valores Mobiliários Ltda. PROSPECTO CSN INVEST FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ Nº. 68.670.512/0001-07 Prospecto elaborado em 26 de agosto de 2013. Em vigor a partir de 02 de setembro de 2013. Administrado por: Taquari Administradora

Leia mais

SICREDI FAPI - FUNDO DE APOSENTADORIA PROGRAMADA INDIVIDUAL CNPJ 03.564.825/0001-27 CAPÍTULO I - DO FUNDO

SICREDI FAPI - FUNDO DE APOSENTADORIA PROGRAMADA INDIVIDUAL CNPJ 03.564.825/0001-27 CAPÍTULO I - DO FUNDO SICREDI FAPI - FUNDO DE APOSENTADORIA PROGRAMADA INDIVIDUAL CNPJ 03.564.825/0001-27 CAPÍTULO I - DO FUNDO 1. O SICREDI FAPI - FUNDO DE APOSENTADORIA PROGRAMADA INDIVIDUAL, doravante designado FUNDO, constituído

Leia mais

Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Vale do Rio Doce (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30

Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Vale do Rio Doce (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Vale do Rio Doce Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 de setembro de 2003 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes

Leia mais

BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS

BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A.) DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS REFERENTES AO EXERCÍCIO FINDO EM 30 DE SETEMBRO

Leia mais

LIFE FUNDO MÚTUO DE INVESTIMENTO EM EMPRESAS EMERGENTES (Administrado pela Oliveira Trust DTVM S/A.)

LIFE FUNDO MÚTUO DE INVESTIMENTO EM EMPRESAS EMERGENTES (Administrado pela Oliveira Trust DTVM S/A.) LIFE FUNDO MÚTUO DE INVESTIMENTO EM EMPRESAS EMERGENTES Demonstrações Contábeis em 31 de dezembro de 2013 Crowe Horwath Bendoraytes & Cia. Member of Crowe Horwath International Avenida das Américas, 4200

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO EMDIREITOS CREDITÓRIOS EMPÍRICA GOAL ONE CNPJ: 12.610.459/0001-96. Relatório Trimestral: 3º Trimestre de 2015

FUNDO DE INVESTIMENTO EMDIREITOS CREDITÓRIOS EMPÍRICA GOAL ONE CNPJ: 12.610.459/0001-96. Relatório Trimestral: 3º Trimestre de 2015 São Paulo, 10 de novembro de 2015. FUNDO DE INVESTIMENTO EMDIREITOS CREDITÓRIOS EMPÍRICA GOAL ONE CNPJ: 12.610.459/0001-96 Relatório Trimestral: 3º Trimestre de 2015 1) DADOS DO FUNDO Administrador: Gradual

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Banrisul Automático Fundo de Investimento Curto Prazo e 2013 com Relatório dos Auditores Independentes sobre as demonstrações financeiras Demonstrações financeiras e 2013 Índice

Leia mais

FUNDAÇÃO CELESC DE SEGURIDADE SOCIAL CELOS. NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009 (Em R$ MIL)

FUNDAÇÃO CELESC DE SEGURIDADE SOCIAL CELOS. NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009 (Em R$ MIL) NOTA 1 - CONTEXTO OPERACIONAL A Fundação Celesc de Seguridade Social CELOS, instituída pela Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. Celesc, nas Assembléias Gerais Extraordinárias AGE de acionistas realizadas

Leia mais

Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Vale do Rio Doce (C.N.P.J. nº 04.890.401/0001-15) (Administrado pelo Banco J. Safra S.A.

Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Vale do Rio Doce (C.N.P.J. nº 04.890.401/0001-15) (Administrado pelo Banco J. Safra S.A. Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Vale do Rio Doce (Administrado pelo Banco J. Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 30 de setembro de 2015 e relatório dos auditores independentes Relatório dos

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL (Valores em R$ mil) Notas

BALANÇO PATRIMONIAL (Valores em R$ mil) Notas BALANÇO PATRIMONIAL (Valores em R$ mil) Notas ATIVO Explicativas CIRCULANTE 63.224 47.422 Disponibilidades 423 429 Relações Interfinanceiras / Aplicações R.F. 4 31.991 23.380 Relações Interdependências

Leia mais