relatório de monitoramento

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "relatório de monitoramento"

Transcrição

1 relatório de monitoramento FIDC Quatá Multisetorial Cotas de Fundo de Investimento em Direitos Creditórios 1ª série BBB+ SR Global braa equivalência br A obrigação permanecerá sob continuo monitoramento. A SR Rating poderá alterar Nota e relatório nesse período, sem aviso prévio. Consulte o site da SR ( para atualizar informações. Lá também, o investidor poderá consultar definição e metodologia da nota global e da sua equivalência br". O horizonte das obrigações de longo prazo é de até cinco anos; nas de curto prazo, até um ano. outubro 2012 Vigência da classificação: até fevereiro de 2013 O Comitê Executivo de Classificação da SR Rating mantém a nota braa (duplo A simples), na escala brasileira desta Agência Classificadora, decorrente da nota global BBB+ SR (triplo B mais) também aqui mantida, denotando padrão forte de garantias apresentadas pela Emissão da 1ª série de quotas do Quatá Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios Multisetorial, no cotejo com outros riscos de crédito locais. Destacamos que a Quatá Investimentos, gestora do presente fundo, possui classificação do seu risco de gestão pela SR Rating, cuja nota atribuída foi braa (duplo AA simples) na escala brasileira, decorrente da nota global BBB+ BR (triplo B mais), denotando segurança boa e fatores de proteção adequados na gestão. Uma classificação SR Rating constitui opinião independente sobre a segurança da obrigação em análise, não representando, em qualquer hipótese, sugestão ou recomendação de compra ou venda. Todos os tipos de obrigação, mesmo quando classificados na categoria de investimento de baixo risco, envolvem um certo nível de exposição ao default. Decisões de compra e venda dependerão sempre do cotejo entre risco e retorno esperados pelo próprio investidor. A presente classificação buscou avaliar exclusivamente o risco de default da obrigação, segundo confiáveis fontes de informação disponíveis. A SR Rating não assume qualquer responsabilidade civil ou penal por eventuais erros de avaliação atuais ou mudanças supervenientes, ou ainda, por frustração do retorno financeiro esperado.

2 2 Elementos de Segurança Condições da carteira do Fundo, permanecendo com a qualidade semelhante à analisada historicamente; Gestão flexível e ativa, sobretudo pela manutenção de níveis de garantia mais elevados em momentos de maior incerteza; Restrição de prazos, considerando a limitação mínima de 35% da carteira em ativos com vencimento em até 90 dias; Nível mínimo de sobrecolateral de 5%, estabelecido através da cessão definitiva de ativos adicionais; A despeito do nível mínimo, a colaterização é definida através do volume de atrasos e de diluição, potencializadas por um fator de estresse, a fim de prover cobertura adequada quanto aos possíveis eventos de inadimplência, no atual momento está estabelecida em 5% do Patrimônio Líquido; Risco em observação Processo de decisão de investimento centralizado na figura do gestor, em virtude dos brandos limitadores de concentração e de qualidade dos ativos, bem como na determinação do colateral necessário; Manutenção do histórico da Quatá Investimentos, peça-mestra na gestão do Fundo, não obstante o desempenho apresentado nos períodos analisados; Níveis de colaterização sedimentados no excedente de ativos e de taxas, sem a presença de subordinação, atendendo isoladamente o risco dos créditos de cada cedente; Flexibilidade prevista na política de investimento e critérios de elegibilidade do Fundo, que, de um lado, permite a aplicação em oportunidades, e de outro, possibilita a aplicação em investimentos de qualidade mínima aquém do esperado, a despeito de uma mais conservadora política de concessão de crédito e rigor demonstrados pelo gestor. Presença de Reserva de Inadimplência, aplicada em ativos líquidos ou em colateral de recebíveis quando não opuser à manutenção da classificação de risco; Estrutura e procedimentos de gestão bem fundamentados; Presença de participantes conhecidos no mercado, incluindo processo de auditoria financeira, de processos e de carteira.

3 3 O Fundo data base: setembro 2012 forma constituição informações sobre as cotas condomínio aberto tipos valorização (acumulado inicio) benchmark data início data resgate patrimônio líquido única 86,64%(eq. 170,2% do CDI) superior ao ago 2008 carência máxima R$ 106,5 MM CDI de 45 dias mínimo de sobrecolateral de 5%, estabelecido através da cessão definitiva de ativos garantias: adicionais característica de riscos: Processo de decisão de investimento centralizado na figura do gestor, em virtude dos brandos limitadores de concentração e de qualidade dos ativos, bem como na determinação do colateral necessário O Quatá FIDC Multisetorial é um fundo de condomínio aberto, com emissão de apenas uma classe de cotas, cuja meta de rentabilidade, no médio e longo prazo, é a obtenção de retorno superior à da taxa dos Certificados de Depósitos Interfinanceiros ( CDI ). Estas cotas terão carência de resgate de, no máximo, 45 dias. Em sua estrutura, encontram-se, além da gestora Quatá Investimentos, o Citibank, como administrador e custodiante, a Ernst Young & Terco, como auditora financeira e de processos, a PricewaterhouseCoopers, como auditora dos recebíveis, e o escritório Freitas Leite Advogados, na assessoria jurídica. A Quatá Investimentos foi fundada por profissionais com significativa experiência em atividades relacionadas ao mercado de capitais, segmentados nas áreas comercial, de gestão, de back-office operacional e de controle e análise de riscos. O objetivo da empresa é disponibilizar aos tomadores de recursos uma ferramenta prática de financiamento e, concomitantemente, prover os investidores de aplicações rentáveis e sob uma gestão confiável. Neste sentido, a empresa conta com softwares desenvolvidos exclusivamente com a finalidade de gerar um sistema de informações prático e eficiente no que tange à verificação da evolução da carteira de recebíveis em seus fundos de investimento. A análise dos créditos que integram a carteira do FIDC Quatá Multisetorial envolve um procedimento detalhado de avaliação de variáveis segundo três linhas básicas: status corporativo, onde são considerados aspectos macroeconômicos, setoriais e de gestão da empresa; alocação, segundo a qual são avaliadas as características gerais do ativo em pauta, tais como tipo, prazo, spread e montante; e risco, onde são consideradas variáveis jurídicas, de liquidez, de perfil de crédito da empresa, da estrutura de garantias do ativo, do mercado de atuação da empresa, da performance da carteira que garante o ativo, quando for o caso, e operacionais.

4 set-08 dez-08 mar-09 jun-09 jun-10 set-10 dez-10 mar-11 jun-11 set-11 dez-11 mar-12 R$ Mil 4 Carteira de Recebíveis A carteira não apresenta qualquer estabilidade de comportamento, seja pelo processo de incremento da carteira nos primeiros meses de vida do Fundo, seja pela redução de prazos médios dos direitos adquiridos. A média diária de liquidação que seguia uma trajetória de crescimento gradativo apresentou forte declínio no início de julho de 2010 e, no trimestre ora analisado continua no mesmo patamar, encerrando com um volume de R$ 1.949,85 mil contra R$ 2.064,75 mil no trimestre anterior. Isso equivale, em condições estáveis a um giro médio no trimestre de aproximadamente, 33% do patrimônio líquido do Fundo. Concentração de Sacados e Cedentes Outros sacado A 93,6% 2,8% 0,9% 0,9% 0,9% 0,8% 18,51% 4,79% 4,24% 3,64% 3,54% 2,75% 1,82% cedente A cedente B cedente C cedente D sacado B 1,49% 1,41% 1,20% cedente E cedente F sacado C cedente G cedente H sacado D cedente I cedente G sacado E 56,61% outros (32)*

5 set-08 dez-08 mar-09 jun-09 jun-10 set-10 dez-10 mar-11 jun-11 set-11 dez-11 mar-12 5 A concentração de cedentes é pouco relevante diante da não significância sobre a coisa a performar, ou não pronta, sendo atualmente dividida entre 42 cedentes distintos, com maior representatividade em dez destes cedentes, porém sem apresentar maiores concentrações, sendo a maior delas de 13,5% em um único cedente e as demais abaixo de 5%. Quanto à concentração de sacados, o nível de pulverização é bem maior. À exceção da concentração elevada do crédito adquirido cujos devedores são apenas cinco que juntas acumulam um total de 6,4% do patrimônio do Fundo. Dessa forma, 93,6% dos direitos creditórios em carteira são devidos por companhias cuja representatividade ao patrimônio do Fundo é significativamente inferior a 0,8%. Atrasos Não são observados quaisquer eventos de perda, decorrente, em grande parte, pelo histórico ainda médio do Fundo. Quanto aos eventos de atraso, após o pico histórico, levemente superior a 2,5% do PL, o volume de atrasos acumulados na carteira, mantém-se abaixo dos 2% no trimestre atual, quando foi de 1,77% do PL. Percentual de Atrasos 3,0% 2,5% 2,0% 1,5% 1,0% 0,5% 0,0%

6 6 Prazos e valores médios O prazo curto associado aos recebíveis do Fundo é determinante para a redução de riscos do mesmo. Em relação a este fator, destaca-se que, ainda que o Regulamento limite os prazos, sendo o prazo médio em 180 dias e 35% da carteira de recebíveis em até 90 dias, a posição do Fundo, no final de setembro, era substancialmente mais rígida, portanto, com ambas as condições enquadradas. Em termos de valor médio dos recebíveis em carteira, a natureza do Fundo já indica a presença de valor reduzido. Em setembro de 2012, o valor médio foi de R$ 3,9 mil, apresentando-se inferior aos valores apresentados no trimestre anterior, porém sem afetação na característica do fundo tendo em vista seu histórico. jul-12 ago-12 jul-12 ago-12 Valor Médio 5.743, , ,16 Prazo Médio (dias) 25 28,9 25,6 enquadrado Valor Máximo , , ,80 Valor Mínimo 89,90 154,50 221,34 % Fundo até 90 dias 98,1% 97,1% 99,0% enquadrado Carteira Composição do Ativo jul/12 ago/12 set/12 caixa / tesouraria ,96 0,3% ,38 0,1% ,85 0,1% aplicação financeira ,12 44,7% ,00 50,7% ,84 42,0% CDB ,93 3,9% ,24 3,9% ,40 2,9% NPs ,22 1,7% ,94 1,6% ,93 1,7% tesouro ,64 10,1% ,27 10,0% ,61 10,0% debentures ,61 3,0% ,38 2,9% ,58 3,9% contas FUNDOS - 0,0% - 0,0% - 0,0% op. compromissadas ,72 25,9% ,17 32,4% ,32 23,6% direitos creditórios ,43 50,8% ,77 44,8% ,21 54,6% recebíveis ,91 55,2% ,56 49,4% ,71 58,5% colateral ,48 4,4% ,79 4,6% ,50 3,9% contas a receber / a pagar ( ,31) -0,2% ( ,92) -0,2% ( ,78) -0,5% ATIVO TOTAL ,68 95,6% ,02 95,4% ,62 96,1% O Fundo vem apresentando um volume de ativos crescentes, atingindo um total de R$ 106,51 milhões ao final de setembro de 2012, dos quais 54,6% eram direitos creditórios já descontados da formação de colateral. Não obstante,

7 ago-08 nov-08 fev-09 mai-09 jul-10 out-10 jan-11 abr-11 ago-11 nov-11 fev-12 ago-08 nov-08 fev-09 jun-09 jul-10 out-10 jan-11 mai-11 ago-11 nov-11 fev-12 R$ Milhões 7 o volume de aplicações financeiras é equivalente a 10% ou mais, fruto da política de manutenção de reservas e liquidez, encerrando o trimestre analisado com 42,0% do ativo. Patrimônio líquido e Quotas ,0% 90,0% 80,0% 70,0% 60,0% QUOTA ,0% 40,0% 30,0% 20,0% 10,0% 0,0% CDI O expressivo crescimento do patrimônio líquido do Fundo é função de sucessivas integralizações iniciais de quotas, uma vez que o Fundo possui histórico de 43 meses. Ao final de setembro de 2012, o fundo apresentava 57,06 milhões de quotas no valor de R$ 1,86. O FIDC Quatá Multisetorial, desde a sua data inicial, acumula rentabilidade de 86,64%, o que equivale a aproximadamente 170,21% da Taxa DI over acumulada no mesmo período. Em termos de taxas anuais, a rentabilidade equivale a 10,64% a.a., considerando 28 de setembro de 2012 como última data. contatos Sheila Sirota von O. Gaul (Diretora Executiva) - José Valter Martins de Almeida (Diretor Superintendente) - comitê executivo de classificação Paulo Rabello de Castro (Chairman) Sheila Sirota von O. Gaul José Valter Martins de Almeida Robson Makoto Sato

FIDC LEME Multisetorial

FIDC LEME Multisetorial Monitoramento de rating de FIDC* FIDC LEME Multisetorial Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Nota global: BB- SR (oe) Data da ação de rating 29 de outubro de 2015 Equivalência br : bra- (oe)

Leia mais

relatório de monitoramento

relatório de monitoramento relatório de monitoramento FIDC Quatá Multisetorial Cotas de Fundo de Investimento em Direitos Creditórios 1ª série BBB+ SR Global braa equivalência br A obrigação permanecerá sob continuo monitoramento.

Leia mais

PROPOSTA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS - 2010

PROPOSTA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS - 2010 Secretaria da Administração do Estado da Bahia Superintendência de Previdência Diretoria de Gestão Financeira Previdenciária e Investimentos PROPOSTA DE POLÍTICA DE INVESTIMENTOS - 2010 REGIME PRÓPRIO

Leia mais

relatório de monitoramento

relatório de monitoramento relatório de monitoramento Incentivo Multisetorial I FIDC Cotas de Fundo de Investimento em Direitos Creditórios 1ª série de cotas sênior BB- SR Global brbbb+ equivalência br A obrigação permanecerá sob

Leia mais

FIDC EMPÍRICA GOAL ONE FIDC EMPÍRICA. Goal One

FIDC EMPÍRICA GOAL ONE FIDC EMPÍRICA. Goal One FIDC EMPÍRICA Goal One Relatório Mensal de Gestão - Dezembro/ 2015 Comentários do Gestor > No mês de dezembro observamos uma pequena variação na margem nos indicadores de liquidez e risco. Os indicadores

Leia mais

Relatório de Monitoramento

Relatório de Monitoramento Relatório de Monitoramento............................................................................. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios da Companhia Pernambucana de Saneamento - Compesa Data

Leia mais

Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IRF - M Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.885/0001-45

Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IRF - M Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.885/0001-45 Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IRF - M Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ: 92.702.067/0001-96) e 2014 com Relatório

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O MB HORIZONTE FIC FIA

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O MB HORIZONTE FIC FIA LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ: Informações referentes a Janeiro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o As informações completas sobre esse fundo podem ser

Leia mais

Diretrizes para Universalização dos Serviços, Novas Metodologias de Revisão Tarifária e Modernização na Gestão das Empresas Concessionárias

Diretrizes para Universalização dos Serviços, Novas Metodologias de Revisão Tarifária e Modernização na Gestão das Empresas Concessionárias Diretrizes para Universalização dos Serviços, Novas Metodologias de Revisão Tarifária e Modernização na Gestão das Empresas Concessionárias 13, 14 e 15 de março de 2012 Hotel Paulista Plaza São Paulo /

Leia mais

Sumário executivo. Página 1 de 10. Seniores, Mezanino e Subordinadas O RATING

Sumário executivo. Página 1 de 10. Seniores, Mezanino e Subordinadas O RATING Página 1 de 10 F FE0001-2014 A(fe) de Longo Prazo Relatório de Rating (Monitoramento) 05, mai, 2014 Ações recentes 05, mai, 2014 - Confirmação do Rating 10, jan, 2014 - Atribuição do Rating A(fe) de Longo

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FIC DE FI REFERENCIADO DI CNPJ 19.312.112/0001-06 DEZEMBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FIC DE FI REFERENCIADO DI CNPJ 19.312.112/0001-06 DEZEMBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Spinelli FIC de FI Referenciado DI. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo, disponíveis

Leia mais

A+ A+ A+ AA+ Tel.: 55 11 3377 0708 Tel.: 55 11 3377 0703

A+ A+ A+ AA+ Tel.: 55 11 3377 0708 Tel.: 55 11 3377 0703 Condomínio: CAIXA FIDC CDC VEÍCULOS DO BANCO PANAMERICANO Aberto Administrador: Caixa Econômica Federal Prazo: Indeterminado Custodiante: Banco Itaú S.A. Data de Registro: 25/09/2003 Auditor: Ernest &

Leia mais

relatório de monitoramento

relatório de monitoramento relatório de monitoramento FIDC Leme Multisetorial IPCA Cotas de Fundo de Investimento em Direitos Creditórios 1ª série de cotas sênior BBB- SR Global bra+ equivalência br A obrigação permanecerá sob continuo

Leia mais

RISCO DE CRÉDITO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS. Alexandre de Oliveira

RISCO DE CRÉDITO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS. Alexandre de Oliveira RISCO DE CRÉDITO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS Alexandre de Oliveira Agenda Introdução Regulação Mercado Riscos Qualitativos Quantitativos Introdução Comunhão de recursos que destina parcela mínima de 50%

Leia mais

Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IMA Geral Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.894/0001-36

Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IMA Geral Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.894/0001-36 Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IMA Geral Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ: 92.702.067/0001-96) e 2014 com Relatório

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IMA Geral Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.894/0001-36 (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ: 92.702.067/0001-96)

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Fundo de Aposentadoria Programada Individual Banrisul Conservador CNPJ 04.785.314/0001-06 (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ 92.702.067/0001-96)

Leia mais

Kinea Renda Imobiliária FII. Relatório de Gestão

Kinea Renda Imobiliária FII. Relatório de Gestão Kinea Renda Imobiliária FII Relatório de Gestão Agosto de 2012 Palavra do Gestor Prezado investidor, Conforme informado preliminarmente no relatório de junho, no mês de julho concluímos a aquisição do

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54 FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54 ESTE FORMULÁRIO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO

Leia mais

FIDC Quatá Prass. Sênior BBB+ SR Op. Estruturada. Sênior braa. relatório monitoramento. Cotas de FIDC. vigência: abril 2014

FIDC Quatá Prass. Sênior BBB+ SR Op. Estruturada. Sênior braa. relatório monitoramento. Cotas de FIDC. vigência: abril 2014 www.srrating.com.br relatório monitoramento vigência: abril 2014 classificação inicial em 07/2010 última atualização: 10/2013 monitoramento :trimestral FIDC Quatá Prass. Cotas de FIDC decisão do comitê

Leia mais

Relatório de Monitoramento

Relatório de Monitoramento Relatório de Monitoramento............................................................................. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios da Indústria Exodus III - BRZ Data de Publicação: 2

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI MASTER PLUS FI REF DI CREDITO PRIVADO LONGO PRAZO

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI MASTER PLUS FI REF DI CREDITO PRIVADO LONGO PRAZO Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI MASTER PLUS FI REF DI CREDITO PRIVADO LONGO PRAZO Informações referentes a novembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO MARTINS FIDC (CNPJ: 07.162.400/0001-42) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/06/2015.

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO MARTINS FIDC (CNPJ: 07.162.400/0001-42) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/06/2015. São Paulo, 13 de maio de 2016. À Comissão de es Mobiliários ( CVM ) Gerência de Acompanhamento de Fundos Estruturados - GIE Rua Sete de Setembro, 111 30º andar. 20159-900 - Rio de Janeiro - RJ REF.: RELATÓRIO

Leia mais

VALORA GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA

VALORA GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA MANUAL DE GERENCIAMENTO DE LIQUIDEZ VALORA GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA Elaborado pelo Oficial de Compliance: Misak Pessoa Neto Data: 25/01/2016 Versão: 1.3 1 Sumário 1. Objetivo... 3 2. Princípios Gerais...

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC DI TITULOS PUBLICOS 00.885.762/0001-12 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC DI TITULOS PUBLICOS 00.885.762/0001-12 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO DI LONGO PRAZO TITULOS. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto

Leia mais

B(fe) de Longo Prazo. Brasil Government Senior Debt FIDC NP. Sumário executivo. Página 1 de 8. Classe de Cotas. Cotas Classificadas Cotas Classe Única

B(fe) de Longo Prazo. Brasil Government Senior Debt FIDC NP. Sumário executivo. Página 1 de 8. Classe de Cotas. Cotas Classificadas Cotas Classe Única Página 1 de 8 FE0009-2011 B(fe) de Longo Prazo Relatório de Rating (monitoramento) 19, dez, 2012 Ações recentes 19, dez,2012 Confirmação Confirmação 31, out, 2011 Atribuição. B(fe) 05, out, 2011 News Release

Leia mais

Deloitte Touche Tohmatsu Auditores Independentes

Deloitte Touche Tohmatsu Auditores Independentes Safra Petrobras - Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de (Administrado pelo Banco Safra de Investimento S.A.) Demonstrações Financeiras Referentes ao Exercício Findo em 30 de Junho de 2007 e ao Período

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 1/2015 13/04/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 1/2015 13/04/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO RELATÓRIO TRIMESTRAL - 1/2015 13/04/2015 Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO Prezado(a) Diretor(a) Executivo(a), Sr(a). Adélio Dalmolin; Atendendo a necessidade do

Leia mais

Perfin Long Short 15 FIC FIM

Perfin Long Short 15 FIC FIM Perfin Long Short 15 FIC FIM Relatório Mensal- Junho 2013 O Perfin LongShort 15 FICFIM tem como objetivo gerarretorno superior ao CDIno médio prazo. O fundo utiliza-se de análise fundamentalista eaestratégia

Leia mais

PÉROLA FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS (CNPJ nº 19.388.423/0001-59) (ADMINISTRADO PELA SOCOPA SOCIEDADE CORRETORA PAULISTA S/A)

PÉROLA FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS (CNPJ nº 19.388.423/0001-59) (ADMINISTRADO PELA SOCOPA SOCIEDADE CORRETORA PAULISTA S/A) PÉROLA FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS (CNPJ nº 19.388.423/0001-59) (ADMINISTRADO PELA SOCOPA SOCIEDADE CORRETORA PAULISTA S/A) DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31 DE AGOSTO DE 2014 PÉROLA FUNDO

Leia mais

Relatório. Gestão de Riscos. Conglomerado Cruzeiro do Sul

Relatório. Gestão de Riscos. Conglomerado Cruzeiro do Sul Relatório de Gestão de Riscos Conglomerado Cruzeiro do Sul Data-Base 30/09/2011 Superintendência de Riscos Índice 1. Introdução 3 2. Perímetro 3 3. Estrutura de Gestão de Riscos 3 3.1 Risco de Crédito

Leia mais

WM RB CAPITAL FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII

WM RB CAPITAL FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII WM RB CAPITAL FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII Características Gerais O WM RB CAPITAL FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII é constituído sob a forma de condomínio fechado, regido por seu regulamento

Leia mais

Relatório Inicial. Leme Investimentos Ltda.

Relatório Inicial. Leme Investimentos Ltda. Relatório Inicial Leme Investimentos Ltda. bra+ equivalência br risco de gestão BBB- SR Global SEGURANÇA BOA. FATORES DE PROTEÇÃO ADEQUADOS. RISCOS POR FATORES INTERNOS OU AMBIENTAIS, EM GERAL, BAIXOS.

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 23/07/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Alta Floresta - MT IPREAF

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 23/07/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Alta Floresta - MT IPREAF RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 23/07/2015 Regime Próprio de Previdência Social do município de Alta Floresta - MT IPREAF Prezado(a) Diretor(a) Executivo(a), Sr(a). Valmir Guedes Pereira; Atendendo a necessidade

Leia mais

31 de março de 2015 e 2014 com Relatório dos Auditores Independentes sobre as demonstrações financeiras

31 de março de 2015 e 2014 com Relatório dos Auditores Independentes sobre as demonstrações financeiras Demonstrações Financeiras Banrisul Multi Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ: 92.702.067/0001-96) e 2014 com Relatório

Leia mais

relatório de monitoramento

relatório de monitoramento relatório de monitoramento FIDC Caterpillar do Segmento Industrial II Cotas Seniores do Fundo de Investimento em Direitos Creditórios A+ SR braa+ Global equivalência br A obrigação permanecerá sob continuo

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - ARROJADA MIX 40

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - ARROJADA MIX 40 BENCHMARK RF:60.00% ( 100.00%CDI ) + RV:40.00% ( 100.00%IBRX 100 ) Relatório Gerencial Consolidado - Período de 03/11/2015 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 30/11/2015 pg. 1 Posição Sintética

Leia mais

Sparta Top Renda Fixa FIC FI CP LP. Outubro/2015 1

Sparta Top Renda Fixa FIC FI CP LP. Outubro/2015 1 Sparta Top Renda Fixa FIC FI CP LP Outubro/2015 1 Sparta Fundos de Investimento Gestora independente com foco na gestão de fundos abertos Tradição Focada na gestão de recursos há mais de 20 anos Excelência

Leia mais

FUNDOS DE INVESTIMENTO

FUNDOS DE INVESTIMENTO FUNDOS DE INVESTIMENTO O QUE É FUNDO DE INVESTIMENTO? O Fundo de Investimento é um mecanismo organizado e tem a finalidade de captar e investir recursos no mercado financeiro, transformando-se numa forma

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ESTRUTURADO BOLSA EUROPEIA 3 MULTIMERCADO 11.714.787/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ESTRUTURADO BOLSA EUROPEIA 3 MULTIMERCADO 11.714.787/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ESTRUTURADO BOLSA EUROPEIA 3 MULTIMERCADO 11.714.787/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

Tendências e oportunidades de negócios para os Fundos de Direitos Creditórios. Subcomitê de FIDCs da ANBIMA Coordenador: Ricardo Augusto Mizukawa

Tendências e oportunidades de negócios para os Fundos de Direitos Creditórios. Subcomitê de FIDCs da ANBIMA Coordenador: Ricardo Augusto Mizukawa Tendências e oportunidades de negócios para os Fundos de Direitos Creditórios Subcomitê de FIDCs da ANBIMA Coordenador: Ricardo Augusto Mizukawa Fundo de Investimento em Direitos Creditórios 4 Mercado

Leia mais

BNY Mellon ARX Extra FIM. Julho, 2013

BNY Mellon ARX Extra FIM. Julho, 2013 BNY Mellon ARX Extra FIM Julho, 2013 Índice I. Filosofia de Investimento II. Modelo de Tomada de Decisão III. Processo de Investimento IV. Características do Fundo 2 I. Filosofia de Investimento Filosofia

Leia mais

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Lavoro II

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Lavoro II Data de Publicação: 15 de agosto de 2012 Relatório de Monitoramento Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Lavoro II Perfil Originadores dos direitos creditórios: diversas pequenas e médias empresas

Leia mais

Relatório Mensal. Rio Bravo Crédito Imobiliário I - FII

Relatório Mensal. Rio Bravo Crédito Imobiliário I - FII Relatório Mensal Rio Bravo Crédito Imobiliário I - FII Março 2016 Rio Bravo Crédito Imobiliário I Fundo de Investimento Imobiliário FII O fundo Rio Bravo Crédito Imobiliário I FII iniciou suas atividades

Leia mais

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO FIDC FORNECEDORES ODEBRECHT (CNPJ: 12.630.101/0001-25) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/09/2015.

REF.: RELATÓRIO TRIMESTRAL DO FIDC FORNECEDORES ODEBRECHT (CNPJ: 12.630.101/0001-25) - PERÍODO ENCERRADO EM 30/09/2015. São Paulo, 16 de novembro de 2015. À Comissão de es Mobiliários ( CVM ) Gerência de Acompanhamento de Fundos Estruturados - GIE Rua Sete de Setembro, 111 30º andar 20159-900 - Rio de Janeiro - RJ REF.:

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SOBERANO CURTO PRAZO 04.871.634/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SOBERANO CURTO PRAZO 04.871.634/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SOBERANO CURTO PRAZO 04.871.634/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIA

POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIA POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIA 1. OBJETIVO O objetivo desta Política de Exercício de Direito de Voto é estabelecer regras no que diz respeito ao exercício do direito de voto em

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - CONSERVADORA FIX

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - CONSERVADORA FIX BENCHMARK 100.00%CDI Relatório Gerencial Consolidado - Período de 01/04/2015 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 30/04/2015 pg. 1 Posição Sintética dos Ativos em 30/04/2015 Financeiro % PL FUNDOS

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - MODERADA MIX 20

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - MODERADA MIX 20 BENCHMARK RF:80.00% ( 100.00%CDI ) + RV:20.00% ( 100.00%IBRX 100 ) Relatório Gerencial Consolidado - Período de 01/04/2015 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 30/04/2015 pg. 1 Posição Sintética

Leia mais

ITAÚ PERSONNALITÉ RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO

ITAÚ PERSONNALITÉ RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO ITAÚ PERSONNALITÉ RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CNPJ 00.832.424/0001-12 MENSAGEM DO ADMINISTRADOR Prezado Cotista, Este FUNDO, constituído sob a forma de condomínio

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI VALOR AÇÕES 15.323.164/0001-27 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI VALOR AÇÕES 15.323.164/0001-27 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI VALOR AÇÕES 15.323.164/0001-27 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FUNDO

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS. Av. Gabriel de Lara, 1307 Leblon Paranaguá PR Cep 83.203-550 - (041) 3425-6969 - CNPJ - 08.542.

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS. Av. Gabriel de Lara, 1307 Leblon Paranaguá PR Cep 83.203-550 - (041) 3425-6969 - CNPJ - 08.542. POLÍTICA DE INVESTIMENTOS 2008 ÍNDICE 1 Introdução 2 Objetivo 3 Estrutura Organizacional para Tomada de Decisões de Investimento 4 Diretrizes de Alocação dos Recursos 4.1. Segmentos de Aplicação 4.2. Objetivos

Leia mais

FIDC Caterpillar do Segmento Industrial II

FIDC Caterpillar do Segmento Industrial II www.srrating.com.br Relatório monitoramento Vigência: Janeiro 2015 Classificação inicial em 07/2005 última atualização: 10/2014 monitoramento:trimestral FIDC Caterpillar do Segmento Industrial II Cotas

Leia mais

FIDC para cadeia automotiva

FIDC para cadeia automotiva FIDC para cadeia automotiva Seminário BID e ABDE O Papel das Instituições Financeiras de Desenvolvimento no Desenvolvimento Regional e o Fomento ao Investimento Privado de Longo Prazo 5-6 de Junho 2013

Leia mais

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multisetorial Lego II

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multisetorial Lego II Data de Publicação: 2 de outubro de 2014 Relatório de Monitoramento Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multisetorial Lego II Perfil FIDC: Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multisetorial

Leia mais

POLÍTICA DE EXERCÍCICO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLÉIAS GERAIS (POLÍTICA DE PROXY VOTING)

POLÍTICA DE EXERCÍCICO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLÉIAS GERAIS (POLÍTICA DE PROXY VOTING) Documento: Política de Exercício de Direito de Voto em Assembléias Gerais (Política de Proxy Voting) POLÍTICA DE EXERCÍCICO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLÉIAS GERAIS (POLÍTICA DE PROXY VOTING) A, doravante

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC ACOES VALE DO RIO DOCE 04.892.107/0001-42 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC ACOES VALE DO RIO DOCE 04.892.107/0001-42 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO EM ACOES VALE. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

COMO CALCULAR A PERFORMANCE DOS FUNDOS DE INVESTIMENTOS - PARTE I

COMO CALCULAR A PERFORMANCE DOS FUNDOS DE INVESTIMENTOS - PARTE I COMO CALCULAR A PERFORMANCE DOS FUNDOS DE INVESTIMENTOS - PARTE I O que é o Índice de Sharpe? Como calcular o Índice de Sharpe? Revisão do conceito de risco. O desvio-padrão como medida de risco. Autor:

Leia mais

REGULAÇÃO MÍNIMA DO MERCADO DE CAPITAIS

REGULAÇÃO MÍNIMA DO MERCADO DE CAPITAIS MERCOSUL/CMC/DEC. N 8/93 REGULAÇÃO MÍNIMA DO MERCADO DE CAPITAIS TENDO EM VISTA: o Art. 1 do Tratado de Assunção, a Decisão N 4/91 do Conselho do Mercado Comum e a Recomendação N 7/93 do Subgrupo de Trabalho

Leia mais

Seminário sobre Recuperação de Empresas. 10 de Outubro de 2007

Seminário sobre Recuperação de Empresas. 10 de Outubro de 2007 Seminário sobre Recuperação de Empresas 10 de Outubro de 2007 1 Aviso Importante Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com

Leia mais

Relatório de Gerenciamento de Riscos

Relatório de Gerenciamento de Riscos Relatório de Gerenciamento de Riscos Estrutura de Gerenciamento de Capital Informações Adicionais e Dados Quantitativos Agosto/2013 1 Estrutura de Gerenciamento de Capital 1. Comitê de Gestão do Capital

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CAIXA VALE DO RIO DOCE Data de Competência: 27/01/2016 1. CNPJ 04.885.820/0001-69 2. PERIODICIDADE MÍNIMA PARA DIVULGAÇÃO DA COMPOSIÇÃO

Leia mais

NUCLEOS Instituto de Seguridade Social. Relatório de acompanhamento da Política de Investimento e resumo do Demonstrativo de Investimentos (DI)

NUCLEOS Instituto de Seguridade Social. Relatório de acompanhamento da Política de Investimento e resumo do Demonstrativo de Investimentos (DI) NUCLEOS Instituto de Seguridade Social Relatório de acompanhamento da Política de Investimento e resumo do Demonstrativo de Investimentos (DI) Maio, 2009 Índice Capítulo Página I Introdução...1 II Alocação

Leia mais

FIDC Quatá Prass. Sênior braa. Sênior BBB+ SR Op. Estruturada. relatório monitoramento. Quotas de FIDC. vigência: julho 2013

FIDC Quatá Prass. Sênior braa. Sênior BBB+ SR Op. Estruturada. relatório monitoramento. Quotas de FIDC. vigência: julho 2013 www.srrating.com.br relatório monitoramento vigência: julho 2013 classificação inicial em 09/2010 última atualização: 12/2012 monitoramento :trimestral FIDC Quatá Prass. Quotas de FIDC decisão do comitê

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VIDA FELIZ FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 07.660.310/0001-81 OUTUBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VIDA FELIZ FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 07.660.310/0001-81 OUTUBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Vida Feliz Fundo de Investimento em Ações. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Spinelli Fundo de Investimento em Ações. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FIC FIA SUSTENTABILIDADE 07.535.827/0001-49 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FIC FIA SUSTENTABILIDADE 07.535.827/0001-49 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FICFI DE ACOES. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo, disponíveis no site

Leia mais

Política de Exercício de Direito de Voto em Assembléias Gerais

Política de Exercício de Direito de Voto em Assembléias Gerais Política de Exercício de Direito de Voto em Assembléias Gerais Capítulo I: Aplicação e Objeto 1.1. Pelo presente documento, a ARBITRAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA. ( Gestora ) vem, nos termos do Código ANBIMA

Leia mais

BRB ANUNCIA RESULTADOS DE 2015

BRB ANUNCIA RESULTADOS DE 2015 BRB ANUNCIA RESULTADOS DE 2015 Brasília, 22 de março de 2016 O BRB - Banco de Brasília S.A., sociedade de economia mista, cujo acionista majoritário é o Governo de Brasília, anuncia seus resultados do

Leia mais

XP Corporate Macaé - FII (XPCM11)

XP Corporate Macaé - FII (XPCM11) XP Corporate Macaé - FII (XPCM11) PERFIL DO FUNDO Os recursos do Fundo oriundos da 1ª Emissão de Cotas foram investidos na aquisição do Imóvel The Corporate em Macaé-RJ, de forma a proporcionar a seus

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE LIQUIDEZ. 1 ) Introdução

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE LIQUIDEZ. 1 ) Introdução 1 ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE LIQUIDEZ 1 ) Introdução A Diretoria Executiva da Grazziotin Financeira, em atendimento à Resolução CMN 4.090 de maio/2012 implementou sua estrutura de Gerenciamento

Leia mais

Fundo de Investimento Imobiliário Hospital da Criança (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.)

Fundo de Investimento Imobiliário Hospital da Criança (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.) Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo 2008 2007 Passivo e patrimônio líquido 2008 2007 Circulante Circulante Bancos 3 15 Rendimentos a distribuir 412 366 Aplicações financeiras de renda fixa 28 8

Leia mais

Relatório de Gerenciamento de Riscos

Relatório de Gerenciamento de Riscos Relatório de Gerenciamento de Riscos Estrutura de Gerenciamento de Capital Informações Adicionais e Dados Quantitativos Banco Mizuho do Brasil SA. 29/05/2014 1 Estrutura de Gerenciamento de Capital 1.

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis Banco do Nordeste Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento DI Institucional Longo Prazo (Administrado pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A. - CNPJ: 07.237.373/0001-20)

Leia mais

III Assembleia de Cotistas FIP BB Votorantim Energia Sustentável I, II e III

III Assembleia de Cotistas FIP BB Votorantim Energia Sustentável I, II e III III Assembleia de Cotistas FIP BB Votorantim Energia Sustentável I, II e III Aprovação de contas - 2013 [PUBLICO] Agenda Aprovação de Contas Estrutura do Fundo Mercado de Energia (2012-2014) Status - FIP-IE

Leia mais

Notas explicativas às Informações Financeiras Trimestrais em 30 de setembro de 2002 Em milhares de reais

Notas explicativas às Informações Financeiras Trimestrais em 30 de setembro de 2002 Em milhares de reais 1 Apresentação das Informações Trimestrais - IFT Apresentadas conforme norma do Banco Central do Brasil BACEN. 2 Práticas contábeis As Informações Financeiras Trimestrais - IFT s são de responsabilidade

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010 Subordinada à Resolução CMN nº 3.792 de 24/09/09 1- INTRODUÇÃO Esta política tem como objetivo estabelecer as diretrizes a serem observadas na aplicação dos recursos

Leia mais

Relatório Gerencial do 3º Trimestre de 2014 CSHG Realty Development FIP. list.imobiliario@cshg.com.br

Relatório Gerencial do 3º Trimestre de 2014 CSHG Realty Development FIP. list.imobiliario@cshg.com.br CSHG Realty Development FIP list.imobiliario@cshg.com.br Com objetivo de participar do investimento em projetos de desenvolvimento imobiliário nos segmentos de shopping centers, edifícios corporativos

Leia mais

2. OBJETIVOS DO FUNDO: OBTER RENTABILIDADE QUE SUPERE A VARIAÇÃO VERIFICADA PELO CERTIFICADO DE DEPÓSITO INTERBANCÁRIO (CDI).

2. OBJETIVOS DO FUNDO: OBTER RENTABILIDADE QUE SUPERE A VARIAÇÃO VERIFICADA PELO CERTIFICADO DE DEPÓSITO INTERBANCÁRIO (CDI). Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO LONGO PRAZO. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD CNPJ: 07.442.466/0001-96

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD CNPJ: 07.442.466/0001-96 Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD Informações referentes a novembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

1. PÚBLICO-ALVO: O fundo é destinado a investidores em geral que pretendam buscar investimentos que acompanhem a variação do CDI.

1. PÚBLICO-ALVO: O fundo é destinado a investidores em geral que pretendam buscar investimentos que acompanhem a variação do CDI. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS SOVEREIGN DI FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO REFERENCIADO CNPJ/MF: Informações referentes a Dezembro de 2014 Esta lâmina contém

Leia mais

FIDC NP PRECATÓRIOS FEDERAIS DB II

FIDC NP PRECATÓRIOS FEDERAIS DB II 23/nov /2012 FIDC NP PRECATÓRIOS FEDERAIS DB II Condomínio: Fechado Administrador: Oliveira Trust DTVM S.A. Prazo: Até 18 de março de 2020 Gestor: Oliveira Trust DTVM S.A. Data de Registro: 31/10/2008

Leia mais

Consulta Pública de Lâmina de Fundo

Consulta Pública de Lâmina de Fundo Page 1 of 7 Consulta Pública de Lâmina de Fundo Atenção: Estas informações tem por base os documentos enviados à CVM pelas Instituições Administradoras dos Fundos de Investimento e são de exclusiva responsabilidade

Leia mais

Política de Investimentos 2015 a 2019 Plano DE GESTÃO AdministrativA

Política de Investimentos 2015 a 2019 Plano DE GESTÃO AdministrativA Sociedade Previdenciária DuPont do Brasil Política de Investimentos 2015 a 2019 Plano DE GESTÃO AdministrativA 1 Sociedade Previdenciária DuPont do Brasil 2 Regulamento do Plano Administrativo Duprev ÍNDICE

Leia mais

POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIAS POLÍTICA DE VOTO DTVM

POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIAS POLÍTICA DE VOTO DTVM Página 1/6 TÍTULO: CLASSIFICAÇÃO: FINALIDADE: ELABORADOR: POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIAS NORMA ESTRATÉGICA Promover as orientações para o exercício do direito de voto em assembleias

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO CAIXA BRASIL IDkA IPCA 2A TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA LONGO PRAZO

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO CAIXA BRASIL IDkA IPCA 2A TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA LONGO PRAZO FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO CAIXA BRASIL IDkA IPCA 2A TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA LONGO PRAZO Data de Competência: 07/06/2016 1. CNPJ 14.386.926/0001-71 2. PERIODICIDADE

Leia mais

FIDC QT IPCA Juros Real

FIDC QT IPCA Juros Real www.srrating.com.br relatório monitoramento vigência: abril 2014 classificação inicial em 10/2009 última atualização: 10/2013 monitoramento :trimestral FIDC QT IPCA Juros Real Cotas de FIDC decisão do

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T15

Divulgação de Resultados 3T15 São Paulo - SP, 4 de Novembro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

FIDC Caterpillar do Segmento Industrial II

FIDC Caterpillar do Segmento Industrial II www.srrating.com.br Relatório monitoramento Vigência: Julho 2014 classificação inicial em 07/2005 última atualização: 01/2014 monitoramento: trimestral FIDC Caterpillar do Segmento Industrial II Cotas

Leia mais

Relatório de Monitoramento

Relatório de Monitoramento Relatório de Monitoramento............................................................................. Sul Invest Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multissetorial Data de Publicação: 4 de

Leia mais

Simulado CPA 20 Gratis

Simulado CPA 20 Gratis 1 Simulado CPA 20 Gratis Question 1. O risco de crédito está associado a capacidade do emissor de um título em não honrar os pagamentos: ( ) Somente dos Juros ( ) Dos juros e do principal da dívida ( )

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO FATOR MAX CORPORATIVO DE RENDA FIXA

FUNDO DE INVESTIMENTO FATOR MAX CORPORATIVO DE RENDA FIXA LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O FUNDO FUNDO DE INVESTIMENTO FATOR MAX CORPORATIVO DE RENDA FIXA CNPJ: 00.828.035/0001-13 Informações referentes a Novembro/2015 Esta lâmina contém um resumo das

Leia mais