Integração TOTVS Educacional x BackOffice Protheus

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Integração TOTVS Educacional x BackOffice Protheus"

Transcrição

1 Integração TOTVS Educacional x BackOffice Protheus Novembro/2014

2 Sumário Título do documento Sumário Contexto de negócio (Introdução) Sistemas Envolvidos Integração Escopo Pré-requisitos instalação/implantação/utilização Protheus RM Instalação/Atualização Protheus RM Controle de Versão Suporte Transações/Entidades/Mensagens únicas Tabelas De-Para Mensagem AccountAntAccount (Plano de Contas) Mensagem CostCenter (Centro de Custo) Mensagem AccountingEntry (Lançamento Contábil) Mensagem AccountingCalendar (Período Contábil) Mensagem AccountAntDefaultHistory (Histórico Contábil) Fluxo das Informações Cadastros Cadastros Especiais Empresa e Filial Cadastros comuns <Plano de Contas> <Centro de custo> <Histórico Padrão> <Período Contábil> <Lançamentos Contábeis> Fluxo das Informações Como fazer (opcional) Situações comuns (opcional) Checklist de suporte da aplicação Anexos Versão 4.0

3 1. Contexto de negócio (Introdução) TOTVS Educacional O TOTVS Educacional, permite a instituição de ensino iniciar seus trabalhos depois da captação de alunos, sendo montado uma estrutura curricular, para serem ofertadas aos alunos e professores. Cadastram-se cursos, disciplinas, matrizes curriculares para depois ofertá-las aos alunos nos períodos letivos, turmas etc. Depois da estrutura curricular montada e ofertada, a instituição de ensino poderá realizar a matrícula de seus alunos e dar permissão aos seus professores para registrarem as notas e faltas dos alunos. Iniciado o período letivo de uma instituição de ensino, algumas rotinas são realizadas com frequência, tais como: Transferência de alunos, atividades extra-curriculares, avaliação institucional, emissão de certificados/diplomas, solicitação de recursos/instalações, alocação de salas e etc. Para essas rotinas relacionadas a estrutura acadêmica, damos o nome de movimentação acadêmica. Outro ponto de movimentação na instituição de ensino, são os processos que acontecem na tesouraria e/ou financeiro. Nessa etapa, são cadastrados os planos de pagamentos, parcelas, bolsas, geração de lançamentos, boletos de pagamentos e etc. Faz parte do fluxo processual do TOTVS Educacional as integrações com outros sistemas/módulos como Gestão de Relacionamento com Clientes, Folha de pagamento, Gestão Bibliotecária, Gestão Financeira entre outros. BackOffice Protheus (Contabilidade Gerencial) Entre os diversos instrumentos utilizados pela administração, é importante destacar o papel da Contabilidade como meio especialmente concebido para captar, registrar, acumular, resumir, medir e interpretar os fenômenos que afetam a situação patrimonial, financeira e econômica de qualquer empresa, seja qual for seu ramo de atividade ou sua forma jurídica. A Contabilidade, assim como qualquer outra atividade, tem um elenco de regras e princípios que orienta e disciplina a atividade contábil. Baseado nestes princípios, o ambiente Contabilidade Gerencial (SIGACTB) proporciona automação completa no controle dos lançamentos contábeis, tendo total integração com os demais ambientes que compõem o sistema Protheus. TOTVS Educacional x BackOffice Protheus Este documento tem por objetivo reunir as informações relevantes sobre a Integração do Totvs Educacional RM com BackOffice Protheus (Contabilidade Gerencial). Esta integração está de acordo com as boas práticas recomendadas pelo Comitê de Integração TOTVS e utiliza a arquitetura Mensagem Única e comunicação via WebService. 2. Sistemas Envolvidos TOTVS Educacional Módulo Educacional que gerencia escolas e faculdades (ensino básico e superior), por meio de ferramentas que permitem maior agilidade nos processos que envolvem os alunos, responsáveis, professores e os funcionários. BackOffice Protheus (Contabilidade Gerencial) Versão

4 3. Integração Título do documento O objetivo principal é Integrar a contabilização por competência do TOTVS Educacional com o BackOffice Protheus (Contabilidade Gerencial): Envio de Centro de Custo do BackOffice Protheus, módulo Contabilidade Gerencial, para o RM Classis. Envio de Plano de Contas do BackOffice Protheus, módulo Contabilidade Gerencial, para o RM Classis. Envio de Período Contábil do BackOffice Protheus, módulo Contabilidade Gerencial, para o RM Classis. Envio de Moeda Contábil do BackOffice Protheus, módulo Contabilidade Gerencial, para o RM Classis. Envio de Classe de Valor do BackOffice Protheus, módulo Contabilidade Gerencial, para o RM Classis. Envio de Item Contábil do BackOffice Protheus, módulo Contabilidade Gerencial, para o RM Classis. Envio de Lançamentos Contábeis do RM Labore para o BackOffice Protheus, módulo Contabilidade Gerencial. Definição de Mensagem Única TotvsMessage Durante o processo de consolidação de marcas, iniciado pela TOTVS, várias empresas diferentes forma adquiridas e com elas vários produtos passaram a compor o portfólio de ofertas disponível aos clientes. Esta expansão de ofertas permitiu que clientes de uma marca, antes limitados pelas opções com aquela etiqueta, pudessem agora compor o seu ambiente de TI, utilizando produtos de origens diferentes (Ex.: TOTVS Educacional + BackOffice PROTHEUS). Esta mesma iniciativa já era uma prática comum nos clientes, porém todo custo envolvido na integração entre estes aplicativos era visto pelo cliente como parte da escolha de utilizar-se de produtos de diferentes fornecedores. Uma vez que estes produtos passam a fazer parte de uma mesma oferta, os clientes TOTVS passam a demandar que estes produtos sejam naturalmente integrados. Isto significa que se antes o cliente arcava com o custo e o risco envolvido em uma integração, ele agora entende que a TOTVS deve prover soluções já integradas, independente da origem dos produtos oferecidos. Com o objetivo de padronizar as integrações com os produtos TOTVS, foi definido uma nova diretriz para os projetos de integração: A de que todos os produtos TOTVS devam trabalhar com uma mensagem XML única, evitando desta forma, o processo de transformação de mensagens. Neste cenário, teríamos o seguinte quadro: Neste cernário, qualquer produto TOTVS trabalhará com o mesmo XML para uma mesma entidade, ou seja, supondo que tenhamos um XML correspondente à mensagem de clientes, ela poderá ser enviada para qualquer um dos produtos que suporte o recebimento desta entidade. 4 Versão 4.0

5 Uma vez que os vários produtos TOTVS terão um idioma comum (o XML único), as integrações entre estes produtos não exigirão mais que as mensagens sejam transformadas de um formato para outro. Com isso, será possível conectar diretamente dosi produtos, como no diagrama abaixo: Além de questões referentes ao formato das mensagens, a mensagem única também torna uniforme o tratamento destas mensagens XML pelos aplicativos, principalmente no que diz respeito à capacidade de rastreamento. Todos os processos devem respeitar o fluxo normal de troca de mensagens no padrão de Mensagem Única TOTVS. Este fluxo poderá ocorrer nos seguintes sentidos: RM (Educacional, Processo Seletivo, Biblioteca, Financeiro) PROTHEUS: Os dados serão trafegados pelo fluxo normal até a fila de integração TBC, onde o mesmo irá consumir o WebService do EAI do PROTHEUS para envio da(s) mensagem(s). Após a resposta do PROTHEUS o RM atualizará o registro, com o status de processamento e demais dados, no monitor da fila de Mensagem Única. PROTHEUS RM (Educacional, Processo Seletivo, Biblioteca, Financeiro): O PROTHEUS irá consumir o WebService da linha RM para recebimento de mensagens únicas. O mesmo também será responsável por encaminhar as mensagens para o EAI RM, que processará a mesma e encaminhará o retorno de acordo com o tipo de comunicação definida (síncrona ou assíncrona). Assim como definido no protocolo de comunicação de mensagens únicas, a comunicação pode ser efetuada de duas formas: Síncrona: O sistema de origem gera uma mensagem de integração na sua fila e envia ao WebService de destino. O processo na origem aguarda o processamento da mensagem no destino e ao receber o retorno, atualiza o status do processamento na fila de integração. Assíncrona: O sistema de origem gera uma mensagem de integração em sua fila, envia ao WebService de destino e aguarda somente a confirmação de recebimento da mensagem. O processo na origem não fica parado aguardando o processamento da mensagem de destino. Ao término do processamento da mensagem por parte do sistema de destino, o mesmo envia outra mensagem de retorno ao sistema de origem com status do processamento. Lembrando que as mensagens assíncronas podem ser processadas (status pendente) ou reprocessadas (status erro) manualmente através do monitor da fila de integração. Nota Cada linha de produto poderá programar a fila de integração de uma maneira, mas sempre irá respeitar o protocolo definido para mensagem padrão e armazenado o log de processamento de todas mensagens recebidas e/ou enviadas. Versão

6 4. Escopo Título do documento Essa integração visa a utilização do BackOffice Protheus para fazer a contabilização e o RM Classis para os lançamentos contábeis da gestão educacional. Para tal fim, os seguintes itens fazem parte do escopo: Envio de inclusão, alteração e exclusão de Centro de Custo do BackOffice Protheus, módulo Contabilidade Gerencial, para o RM Classis. Envio de inclusão, alteração e exclusão de Plano de Contas do BackOffice Protheus, módulo Contabilidade Gerencial, para o RM Classis. Envio de inclusão, alteração e exclusão de Período Contábil do BackOffice Protheus, módulo Contabilidade Gerencial, para o RM Classis. Envio de inclusão, alteração e exclusão de Classe de Valor do BackOffice Protheus, módulo Contabilidade Gerencial, para o RM Classis. Envio de inclusão, alteração e exclusão de Item Contábil do BackOffice Protheus, módulo Contabilidade Gerencial, para o RM Classis. Envio de inclusão, alteração e exclusão de Moeda Contábil do BackOffice Protheus, módulo Contabilidade Gerencial, para o RM Classis. Envio de inclusão, alteração e exclusão de Lançamento Contábil do RM Classis para o BackOffice Protheus, módulo Contabilidade Gerencial. Os seguintes itens NÃO fazem parte do escopo dessa integração: Envio de Moeda Contábil do RM Classis para o BackOffice Protheus. Envio de Centro de Custo do RM Classis para o BackOffice Protheus. Envio de Plano de Contas do RM Classis para o BackOffice Protheus. Envio de Período Contábil do RM Classis para o BackOffice Protheus. Envio de Classe de Valor do RM Classis para o BackOffice Protheus. Envio de Item Contábil do RM Classis para o BackOffice Protheus. Envio de Lançamento Contábil do Protheus para o RM Classis. 5. Pré-requisitos instalação/implantação/utilização Atenção: Não é escopo desse documento descrever a instalação do ERP RM e nem sua configuração. 6 Versão 4.0

7 Para instalar qualquer módulo da linha RM, o primeiro passo é realizar a instalação da Biblioteca RM, pacote que contém a maioria dos arquivos necessários para o funcionamento de todos os módulos, inclusive do TBC. (Veja mais detalhes em: COMO FAZER TBC Instalar BibliotecaRM.pdf). Os WebServices do TBC necessários para esta integração, se encontram no diretório de instalação da Biblioteca RM. Se for utilizar o Webservice do EAI pelo RM.Host, sem utilizar o IIS, pode-se utilizar o endereço DA MÁQUINA COM RM.HOST>:8051/EAIService/, onde <NOME DA MÁQUINA COM RM.HOST> será o nome da máquina que está instalado o RM.Host.Service.exe ou RM.Host.exe (Aplicativo responsável por realizar a comunicação entre os diversos aplicativos da linha RM). A porta padrão é 8051, mas poderá ser alterada para outra conforme a necessidade do cliente. Para isso, basta mudar/adicionar uma tag no arquivo RM.Host.Service.exe.config, conforme mostra imagem abaixo (<add key= HTTPPort value= 8051 />): Senão, deve seguir a instalação e configuração do Webservice, pelo documento do TBS, para instalação pelo IIS. Exemplo: Nota Para verificar se o WebServices está no ar (pronto para receber requisições), basta digitar o endereço no seu navegador preferido (lembrando de alterar o nome da máquina e porta, se for o caso), conforme mostra figura abaixo: Versão

8 Título do documento Se for utilizar o RM.Host.Service.exe será necessário a execução do comando, abaixo, para liberação da porta configurada na tag HttpPort, via prompt de comando: Adicionar netsh http add urlacl url=http://+:8051/ user=networkservice Apagar Exibir netsh http delete urlacl url=http://+:8051/ netsh http show urlacl A sintaxe do link do webservice do EAI que será utilizado pelo Protheus vai depender se está sendo utilizado o IIS ou RM.Host como base. Se utilizar o TBC como base e configurar o webservice no EAI, será utilizado, como exemplo, o link: Se utilizar o RM.Host como base para utilizar o webservice do EAI, será utilizado, como exemplo, o link: localhost:8051/eaiservice/iconwseaiservice Caso o serviço do Host (RM.Host.Service.exe ou RM.Host.exe) não esteja rodando e/ou a porta não esteja correta, a mensagem abaixo poderá ser exibida: 8 Versão 4.0

9 Para que a integração possa funcionar corretamente, deve-se verificar se existe a tag de qual base padrão do RM para integração no arquivo de configuração do Host (RM.Host.Service.exe.config ou RM.Host.exe.config): <add key= DefaultDB value= <ALIAS_DO_BANCO_RM>, onde a variável <ALIAS_DO_BANCO_RM> será o nome do alias cadastrado para acesso ao banco de dados da linha RM. Exemplo: Importante: Para o correto funcionamento da integração, somente um servidor (Host), deve estar configurado para ler a fila de mensagens únicas. Esse requisito deve ser atendido para que as mensagens do tipo assíncronas possam ser processadas em sequência. A linha RM possui software específico para a integração com demais linhas de produtos TOTVS. Este produto é parte integrante do conjunto de ferramentas denominada TBC TOTVS Business Connect, acessada a partir do módulo Integração. Nota Versão

10 Título do documento Os parâmetros necessários para estabelecer a comunicação com o Protheus devem ser realizadas no módulo de integração. Observação: Para mais informações sobre este módulo e demais produtos RM, acesse o endereço: Protheus Versão minima do Protheus: Possuir um licenciamento (License Server) adequado do sistema Protheus. Necessário o uso da ferramenta EAI. Necessária configuração de um WebService. Módulos necessários: Contabilidade Gerencial (SigaCTB). Programa CTBA060 cuja data mínima seja 24/10/2014. Programa CTBA180 cuja data mínima seja 24/10/2014. Programa CTBI020 cuja data mínima seja 24/10/2014. Programa CTBI030 cuja data mínima seja 24/10/2014. Programa CTBI040 cuja data mínima seja 10/11/2014. Programa CTBI060 cuja data mínima seja 10/11/2014. Programa CTBI140 cuja data mínima seja 24/10/ RM Utilizar a versão ou superior. 6. Instalação/Atualização Atualização de sistema não necessariamente quer dizer atualização de versão de mensagem. Cada integração tem suas versões de mensagens já definidas. Uma alteração na versão da mensagem pode impactar em toda a integração, pois é desenvolvida uma lógica para cada versão. Quando houver uma atualização, do TOTVS Educacional, para correções relacionadas à integração, será necessário a exclusão da integração, referente, e a sua reinstalação pelo Configurador. É importante verificar antes das exclusão as informações dos parâmetros de integração e as configurações do webservice de destino, pois seus valores, também, serão apagados Protheus Acessar SigaCFG > Ambiente > Cadastros > Parâmetros e configurar o parâmetro MV_EAIURL2 com o endereço do serviço de EAI do ambiente ao qual o Protheus será integrado. Exemplo: 10 Versão 4.0

11 Acessar SigaCFG > Ambiente > Cadastros > Parâmetros e configurar o parâmetro MV_EAIWS com o nome do cliente WebService do EAI para envio a outro EAI. (WSEAISERVICE). Caso o servidor necessite de autenticação, acessar SigaCFG > Ambiente > Cadastros > Parâmetros e configurar o parâmetro MV_ EAIUSER com o nome de usuário. Caso o servidor necessite de autenticação, acessar SigaCFG > Ambiente > Cadastros > Parâmetros e configurar o parâmetro MV_ EAIPASS com a senha de usuário. Acessar SigaCFG > Ambiente > Schedule > Adapter E.A.I. e realizar o cadastro das rotinas de integração, conforme segue: Mensagem Única Rotina Mensagem Envia Recebe Método Operação Canal Alias Sim CTBA010 ACCOUNTINGCALENDAR Sim Não Assíncrono Todas EAI CTG Sim CTBA020 ACCOUNTANTACCOUNT Sim Não Assíncrono Todas EAI CT1 Sim CTBA030 COSTCENTER Sim Não Assíncrono Todas EAI CTT Sim CTBA040 DEPARTAMENT Sim Não Assíncrono Todas EAI CTD Sim CTBA060 CLASSVALUE Sim Não Assíncrono Todas EAI CTH Sim CTBA102 ACCOUNTINGENTRY Não Sim Assíncrono Todas EAI CT2 Sim CTBA140 CURRENCY Sim Não Assíncrono Todas EAI CTO Caso alguma mensagem esteja configurada com o método Assíncrono, acessar SigaCFG > Ambiente > Schedule > Schedule e configurar um agente e um agendamento, conforme segue abaixo: Cadastrar agente. Clicar no símbolo destacado no canto superior direito da tela, para o cadastro automático dos agentes: Cadastrar agendamento. Clicar no símbolo destacado na parte inferior para adicionar um novo agendamento: Versão

12 Título do documento Preencher o campo Rotina com a rotina FWEAI e informar as empresas para as quais o agendamento será válido: Definir a data e horário para a execução do agendamento e definir a recorrência (clicando no símbolo destacado na parte superior), conforme as necessidades existentes: 12 Versão 4.0

13 Confirmar a inclusão do agendamento: Iniciar os serviços de agendamento: Versão

14 Iniciar os agentes: Título do documento 6.2. RM Para a configuração e instalação da integração do TOTVS Educacional x SIGACTB Protheus, siga os passos abaixo. 1º Passo: Carregar o Assistente de Configuração do TBC (Módulo Integração -> Ferramentas -> Configurar); Neste passo, deve-se informar o usuário e senha do banco de dados com permissão para executar os scripts de configuração da integração. 2º Passo: ([v]) Marcar a integração do TOTVS Educacional x SIGACTB Protheus através do processo; 3º Passo: Executar o processo para realizar a instalação da integração; 4º Passo: Depois de executar a instalação, deve-se configurar o endereço do WebService do EAI do TOTVS Protheus para a integração TOTVS Educacional x SIGACTB Protheus, disponível em Módulo TBC (Integração) -> Mensagem Única -> Integrações ; 5º Passo: Ativar integração TOTVS Educacional x SIGACTB Protheus, disponível em Módulo TBC (Integração) -> Mensagem Única -> Integrações ; Informar os campos, abaixo, para configuração da integração: URL WEB SERVICE: Informe o endereço do WebService Protheus para envio de mensagens. Utilize o formato Para verificar se o WS Protheus está disponível digite o endereço do mesmo no seu navegador (no formato na página apresentada procure pelo texto EAISERVICE) USUÁRIO AUTENTICAÇÃO: Informe o nome do usuário para autenticação pelo WebService. SENHA AUTENTICAÇÃO: Informe a senha para autenticação pelo WebService. 14 Versão 4.0

15 7. Controle de Versão O grupo TOTVS representado por suas marcas irá administrar as demandas de evolução dos layouts e demais ajustes, acordando junto aos solicitantes o prazo de liberação de release. Todas as evoluções programadas deverão ser discutidas e aprovadas pelas marcas antes do início do desenvolvimento e somente serão desenvolvidas em caso de concordância das marcas e alinhamento com as diretivas definidas pelo Comitê de Integração TOTVS. 8. Suporte O suporte aos recursos da Integração será de responsabilidade de todas as linhas, sendo assim as equipes de suporte dos produtos TOTVS Conector e Backoffice Protheus estarão aptas a fazer a primeira análise e, quando necessário, repassar para a equipe mais adequada em cada caso. Observação: Este modelo de suporte está sendo revisado pela TOTVS. 9. Transações/Entidades/Mensagens únicas Método ID Descrição Origem Destino XSD (versões podem variar) Cadastros 01 Centro de Custo Protheus RM CostCenter_2_000.xsd 02 Classe de Valor Protheus RM ClassValue_1_000.xsd 03 Item Contábil Protheus RM Departament_1_000.xsd 04 Plano de Contas Protheus RM AccountantAccount_2_000.xsd 05 Moeda Contábil Protheus RM Currency_2_001.xsd 06 Período Contábil Protheus RM AccountingCalendar_1_000.xsd 07 Lançamento Contábil RM Protheus AccountingEntry_2_000.xsd 9.1. Tabelas De-Para Todas as movimentações de mensagens, com algumas exceções, tanto para envio quanto para recebimento, resultarão em um registro na tabela De-Para para relacionamento entre os códigos dos sistema que estão trocando informações. Considerando as mensagens envolvidas nessas integração, seguem os registros De-Para que serão registrados ao enviar ou receber uma mesagem, como exemplo: Versão

16 Título do documento Mensagem AccountAntAccount (Plano de Contas) Tabela RM Chave Primária RM Valor Chave Primária RM Sistema Integrado Valor Chave Integração CConta CODCOLIGADA CODCONTA 2 01 PROTHEUS 01 01AM 01 CConta CODCOLIGADA CODCONTA PROTHEUS 01 01AM Mensagem CostCenter (Centro de Custo) Tabela RM Chave Primária RM Valor Chave Primária RM Sistema Integrado Valor Chave Integração GCCusto CODCOLIGADA CODCCUSTO PROTHEUS 01 01AM GCCusto CODCOLIGADA CODCCUSTO PROTHEUS 01 01AM Mensagem AccountingEntry (Lançamento Contábil) Tabela RM Chave Primária RM Valor Chave Primária RM Sistema Integrado Valor Chave Integração CLancamento CODCOLIGADA IDLANCAMENTO PROTHEUS 01 01AM CLancamento CODCOLIGADA IDLANCAMENTO PROTHEUS 01 01AM Mensagem AccountingCalendar (Período Contábil) Não haverá registro na tabela De-Para para essa mensagem Mensagem AccountAntDefaultHistory (Histórico Contábil) Essa mensagem não está utilizada para essa integração. 10. Fluxo das Informações Mensagens Únicas relacionadas a esta integração: Método ID Descrição Origem Destino Mensagem Versão 16 Versão 4.0

17 Cadastros 01 Plano de contas 02 Período Contábil 03 Histórico contábil 04 Centro de Custo 05 Lançament os contábeis 06 Item Contábil 07 Classe de Valor 08 Moeda Contábil PROTHEUS RM AccountantAcco unt PROTHEUS RM AccountingCale ndar PROTHEUS RM AccountAntDefa ulthistory PROTHEUS RM CostCenter RM PROTHEUS AccountingEntr y PROTHEUS RM Departament PROTHEUS RM ClassValue PROTHEUS RM Currency ***Importante: A mensagem de histórico, apesar de mapeada para a integração, ainda, não está sendo utilizada Cadastros Cadastros Especiais Será necessário primeiro fazer o cadastro manualmente no Protheus e no RM e depois configurar o de/para de integração correspondente (RM e Protheus possuem interfaces específicas para este fim). RM: RM.exe Segmento Integrações Aba Integração Mensagem Única De-Para Empresa e Filial O primeiro cadastro que deve ser realizado para operação dos sistemas é o de Empresa (Coligada) e suas Filiais. No RM estas entidades são cadastros comuns, mas no Protheus a Empresa e as Filias são definidas em arquivos de configuração de ambientes sendo parte da implantação do Protheus padrão. Versão

18 Título do documento Ex: A maioria das mensagens de integração fará referências ao cadastro de Empresa/Coligada. De-para RM (Filial) Tabela RM GFILIAL Chave Primária RM CODCOLIGADA CODFILIAL Valor Chave Primária RM 1 2 Sistema Integrado PROTHEUS Valor Chave Integração Obs: Nas integrações com o Protheus, será necessário cadastrar manualmente na tabela de De/Para um mapeamento da coligada para ela mesma (conforme exemplo abaixo). Esse cadastro é necessário para o correto funcionamento dos códigos de extensions criados nas integrações. De-para RM (Empresa) Tabela RM GCOLIGADA Chave Primária RM CODCOLIGADA Valor Chave Primária RM 1 Sistema Integrado PROTHEUS Valor Chave Integração 1 Nota Nesse projeto não está sendo contemplado o sincronismo automático de empresas e filiais. Obs: Em integração específicas com o Protheus, no cadastro de de/para o campo Tabela RM deve ser preenchido com a tabela GFilial para buscar a coligada, conforme exemplo acima Cadastros comuns <Plano de Contas> Identificador da Mensagem: AccountAntAccount Versão: Módulo Gestão Contábil: RM Módulo Protheus: Protheus Tipo de Envio: 18 Versão 4.0

19 Mensagem Padrão RM PROTHEUS Tabela Campo Tabela Campo CompanyId CCONTA CODCOLIGADA - Variável do Sistema CompanyInternalId CCONTA CODCOLIGADA - Variável do Sistema Code CCONTA CODCONTA CT1 CT1_CONTA InternalId CCONTA CODCOLIGADA CODCONTA CT1 CT1_FILIAL CT1_CONTA ShortCode CCONTA REDUZIDO CT1 CT1_RES Description CCONTA DESCRIÇÃO CT1 CT1_DESC01 PostingNature CCONTA NATUREZA CT1 CT1_NORMAL AnalyticalOrSynthetic CCONTA ANALITICA CT1 CT1_CLASSE ActiveOrInactive CCONTA INATIVA CT1 CT1_BLOQ Informações importantes sobre o Plano de Contas: Caminho para acesso ao cadastro do Plano de contas, no sistema: Acesse: BackOffice Contabilidade Gerencial Cadastros Contábil Está disponível no RM um campo chamado NATSPED conforme print abaixo. Esse campo informa para o SPED a natureza da conta (se é uma conta de ativo, passivo, patrimônio líquido, contas de resultado, contas de compensação). Esse campo não será transferido na mensagem pois o mesmo deve estar somente no backoffice. Porém, esse campo é obrigatório para inclusão da conta contábil no RM. Sendo assim, iremos gravar o valor de valor 01 Não informado somente para permitir a geração. A máscara parametrizada da conta contábil no TOTVS Contabilidade Gerencial será validada no processo de inclusão da conta contábil. Portanto, o parâmetro de máscara contábil deve ser cadastrado de acordo com o formato do código da conta a ser enviado pelo Protheus. Caso o Protheus não envie máscara no seu código de conta (ex: ), então o parâmetro Não utiliza máscara nas contas deve ser marcado. Caso contrário, ocorrerá um erro no processo de inclusão da conta. Caminho para acesso ao parâmetro para não utilizar máscar: Acesse: BackOffice Contabilidade Gerencial Ambiente Parâmetros Plano de Contas Plano de Contas contábil Plano de Contas Contábil Não utilizar máscara nas contas No cenário onde o Protheus possuir um compartilhamento por Empresa e por Filial para o Plano de Contas, o TOTVS Contabilidade Gerencial deve ser parametrizado para utilizar contas globais por padrão: Caminho para acesso ao parâmetro para utilizar conta global: Acesse: BackOffice Contabilidade Gerencial Ambiente Parâmetros Versão

20 Título do documento Plano de Contas Plano de Contas contábil Plano Contas Acessa conta globais Plano de Contas Plano de Contas contábil Plano Contas Cadastrar como global por padrão Importate: A configuração para utilização da conta Global será realizada somente se o Protheus tiver um compartilhamento por Empresa <Centro de custo> Identificador da Mensagem: CostCenter Versão: Módulo Gestão Financeira: RM Módulo Protheus: Protheus Tipo de Envio: Mensagem Padrão RM PROTHEUS Tabela Campo Tabela Campo CompanyId GCCUSTO CODCOLIGADA - Variável do Sistema CompanyInternalId - Variável do Sistema BranchId CTT CTT_FILIAL InternalId GCCUSTO CODCOLIGADA CODCCUSTO CTT CTT_FILIAL CTT_CUSTO Code GCCUSTO CODCCUSTO CTT CTT_CUSTO Name GCCUSTO NOME CTT CTT_DESC01 RegisterSituation GCCUSTO ATIVO CTT CTT_BLOQ ShortCode GCCUSTO CODREDUZIDO CTT CTT_RES Sped GCCUSTO ENVIASPED - - Class GCCUSTO CTT CTT_CLASSE Informações importantes sobre a mensagem de Centro de Custo: O código do centro de custo no TOTVS Gestão Financeira poderá ser criado de forma sequencial ou através de máscara. Essa definição poderá ser feita através do parâmetro EDUCTBCCUSTOAUTOINC criado nos parâmetros de integração. Se o parâmetro estiver com valor True (marcado) o código enviado será ignorado e um código de auto incremento será gerado. Se o parâmetro estiver com valor False (desmarcado) será utilizado o código enviado pelo sistema de origem de acordo com a máscara utilizada. 20 Versão 4.0

21 Acesse: Módulo Integração Integração Mensagem Única Integrações Anexo Parãmetros de Integração A máscara de centro de custo deverá ser removida para que o sistema financeiro TOTVS Gestão Financeira aceite os código enviado pelo PROTHEUS, na integração. No sistema, o parâmetro pode ser acessado através do caminho: Acesse: Módulo BackOffice Gestão Financeira Ambiente Parâmetros TOTVS Gestão Financeira Contas a receber Manutenção de Lançamentos Lançamento Centro de Custo Máscara do Centro de Custo Caminho para acesso ao cadastro do Centro de Custo, no sistema: Acesse: BackOffice Gestão Financeira Cadastros Centro de Custo <Histórico Padrão> Identificador da Mensagem: AccountAntDefaultHistory Versão: Módulo Educacional: RM Módulo Protheus: Protheus Tipo de Envio: Mensagem Padrão RM PROTHEUS Tabela Campo Tabela Campo CompanyId CHISTP CODCOLIGADA DefaultHistoryCode CHISTP CODHISTP InternalId CHISTP CODCOLIGADA CODHISTP Description CHISTP DESCRICAO DefaultHistoryCode CHISTP CODCOLIGADA Nota Apesar da mensagem de histórico padrão pertencer a integração, ainda, não será utilizada <Período Contábil> Identificador da Mensagem: AccountingCalendar Versão

22 Versão: Módulo Educacional: RM Módulo Protheus: Protheus Tipo de Envio: Título do documento Mensagem Padrão RM PROTHEUS Tabela Campo Tabela Campo CompanyId CPARAM CODCOLIGADA - Variável do Sistema CompanyInternalId CPARAM CODCOLIGADA - Variável do Sistema CalendarCode CPARAM CODCOLIGADA CTG CTG_CALEND InternalId CPARAM CODCOLIGADA CTG CTG_FILIAL CTG_CALEND CTG_EXERC InitialDate CPARAM CODCOLIGADA 24 CTG CTG_DTINI FinalDate CPARAM CODCOLIGADA 25 CTG CTG_DTFIM Nota ID = 24 (corresponde a linha da parametrização da datainicio do período contábil) ID = 25 (corresponde a linha da parametrização da datafim do período contábil) No processo de integração, o RM atualizará as datas de período contábil sempre de acordo com a menor data inicial e a maior data final enviada pelo Protheus. No Protheus, essas informações são armazenadas em um cadastro, e no RM essas informações são armazenadas nos parâmetros, sendo assim, teremos espaço para armazenar somente uma dataincial e uma datafinal. Caminhos para a parametrização do período contábil: Acesse: BackOffice Contabilidade Gerencial Ambiente Parâmetros TOTVS Contabilidade Gerencial Fechamento Fechamento Mensal <Lançamentos Contábeis> Identificador da Mensagem: AccountingEntry Versão: Módulo Gestão de Estoque, Compras e Faturamento: RM Módulo Protheus: Protheus Tipo de Envio: 22 Versão 4.0

23 Mensagem Padrão RM PROTHEUS Tabela Campo Tabela Campo CompanyId CLANCAMENTO CODCOLIGADA BranchId CLANCAMENTO CODFILIAL CompanyInternalId CLANCAMENTO CODCOLIGADA - Variável do Sistema - Variável do Sistema - Variável do Sistema PeriodStartDate CLANCAMENTO DATAINICIAL - - PeriodoEndDate CLANCAMENTO DATAFINAL - - BatchNumber CLANCAMENTO CODLOTE CT2 CT2_LOTE Document CLANCAMENTO CODLOTE CT2 CT2_DOC InternalId CLANCAMENTO CODCOLIGADA CODLOTE CT2 CT2_FILIAL CT2_DATA CT2_LOTE CT2_SBLOTE CT2_DOC Entries/Entry/item CT2 CT2_LINHA Entries/Entry/ItemType CT2 CT2_DC Entries/Entry/EntryNumber CPARTIDA CODCOLIGADA IDPARTIDA - - Entries/Entry/MovementDate CPARTIDA DATA CT2 CT2_DATA Entries/Entry/DebitAccountCode CPARTIDA DEBITO CT2 CT2_DEBITO Entries/Entry/DebitAccountInternalId CPARTIDA CODCOLDEBITO DEBITO CT1 CT1_FILIAL CT1_CONTA Entries/Entry/CreditAccountCode CPARTIDA CREDITO CT2 CT2_CREDIT Entries/Entry/CreditAccountInternalId CPARTIDA CODCOLCREDITO CREDITO CT1 CT1_FILIAL CT1_CONTA Entries /EntryValue CPARTIDA VALOR CT2 Ct2_VALOR Entries/Entry/HistoryCode CT2 CT2_HP Entries/Entry/ComplementaryHistory CPARTIDA COMPLEMENTO CT2 Ct2_HIST Entries/Entry/CostCenterCode CPARTIDA CODCCUSTO CT2 CT2_CCD Entries/Entry/CostCenterDebitInternalI d CPARTIDA CompanyId CPARTIDA CODCCUSTO CODCOLIGADA CODCCUSTO BranchId CPARTIDA CODCOLIGADA CODCCUSTO CompanyInternalId CLANCAMENTO CODCOLIGADA CTT CTT_FILIAL CTT_CUSTO - Variável do Sistema - Variável do Sistema - Variável do Sistema PeriodStartDate CLANCAMENTO CODFILIAL - - PeriodoEndDate CLANCAMENTO CODCOLIGADA - - BatchNumber CLANCAMENTO DATAINICIAL CT2 CT2_LOTE Document CLANCAMENTO DATAFINAL CT2 CT2_DOC InternalId CLANCAMENTO CODLOTE CT2 CT2_FILIAL CT2_DATA CT2_LOTE CT2_SBLOTE CT2_DOC Entries/Entry/item CLANCAMENTO CODLOTE CT2 CT2_LINHA Entries/Entry/ItemType CLANCAMENTO CODCOLIGADA CODLOTE CT2 CT2_DC Entries/Entry/EntryNumber - - Entries/Entry/MovementDate CT2 CT2_DATA Entries/Entry/DebitAccountCode CPARTIDA CODCOLIGADA IDPARTIDA CT2 CT2_DEBITO Entries/Entry/DebitAccountInternalId CPARTIDA DATA CT1 CT1_FILIAL CT1_CONTA Entries/Entry/CreditAccountCode CPARTIDA DEBITO CT2 CT2_CREDIT Versão

24 Título do documento Entries/Entry/CreditAccountInternalId CPARTIDA CODCOLDEBITO DEBITO CT1 CT1_FILIAL CT1_CONTA Entries /EntryValue CPARTIDA CREDITO CT2 Ct2_VALOR Entries/Entry/HistoryCode CPARTIDA CODCOLCREDITO CREDITO CT2 CT2_HP Entries/Entry/ComplementaryHistory CPARTIDA VALOR CT2 Ct2_HIST Entries/Entry/CostCenterCode CT2 CT2_CCD Entries/Entry/CostCenterDebitInternalI d CPARTIDA COMPLEMENTO CompanyId CPARTIDA CODCCUSTO BranchId CPARTIDA CODCOLIGADA CODCCUSTO CompanyInternalId CPARTIDA CODCCUSTO CTT CTT_FILIAL CTT_CUSTO - Variável do Sistema - Variável do Sistema - Variável do Sistema PeriodStartDate CPARTIDA CODCOLIGADA CODCCUSTO - - PeriodoEndDate CLANCAMENTO CODCOLIGADA - - BatchNumber CLANCAMENTO CODFILIAL CT2 CT2_LOTE Document CLANCAMENTO CODCOLIGADA CT2 CT2_DOC InternalId CLANCAMENTO DATAINICIAL CT2 CT2_FILIAL CT2_DATA CT2_LOTE CT2_SBLOTE CT2_DOC Entries/Entry/item CLANCAMENTO DATAFINAL CT2 CT2_LINHA Entries/Entry/ItemType CLANCAMENTO CODLOTE CT2 CT2_DC Entries/Entry/EntryNumber CLANCAMENTO CODLOTE - - Entries/Entry/MovementDate CLANCAMENTO CODCOLIGADA CODLOTE CT2 CT2_DATA Entries/Entry/DebitAccountCode CT2 CT2_DEBITO CT1 CT1_FILIAL Entries/Entry/DebitAccountInternalId CT1_CONTA Entries/Entry/CreditAccountCode CODCOLIGADA IDPARTIDA CT2 CT2_CREDIT Informações importantes sobre a geração de lançamentos contábeis: A informação do Código do Lote [BatchNumber] será utilizada como identificador do lote contábil enviado para o Protheus. Durante a geração de contabilização por competência do Educacional (Aba Financeiro / Contabilidade > Processo de Contabilidade), será enviado uma mensagem com todos os lançamentos contábeis processados para o Protheus. Caso seja executado o processo de estorno (Aba Financeiro / Contabilidade > Processo de Contabilidade), deverá ser enviado uma mensagem com os lançamentos contábeis do tipo delete. Caminhos para acesso a geração da contabilização: Acesse: Educacional Educacional Financeiro / Contábil Contabilidade Educacional Educacional Financeiro / Contábil Contratos 24 Versão 4.0

25 Processos Gerar contabilização Não se aplica. Não se aplica. 11. Fluxo das Informações 12. Como fazer (opcional) 13. Situações comuns (opcional) Algumas situações de erro e/ou validações podem ocorrer durante o processamento de mensagens da integração. Nas duas situações, as mensagens que foram processadas podem ser verificadas no módulo Integração, menu Integração -> Mensagem Única -> Fila de mensagens únicas. Ao abrir o cadastro de Fila de mensagem, podemos perceber a fila de mensagem processada e no anexo Informação de execução de mensagem, temos as informações do processamento da mensagem. Caso ocorra algum erro ou validação durante uma integração que utilize uma mensagem síncrona, o texto do erro ou validação aparecerá também no momento da operação. As integrações que utilizam mensagens assíncronas poderão processar ou agendar o processamento através da tela de Fila de mensagens, no menu Processos -> Execução manual de mensagens únicas. Casos de erros onde a mensagem informada refere-se ao WebService do EAI, conforme mostra a figura abaixo: Poderá ser resolvido verificando as configurações do sistema de destino, analisando o funcionamento do servidor utilizado para esta comunicação e a habilitação do endereço do WebService. Versão

26 Título do documento 14. Checklist de suporte da aplicação Itens para conferência no TOTVS Educacional 1º Instalação da Biblioteca RM versão º Instalação do pacote TOTVS Business Connect. 3º Integração TOTVS Educacional x SIGACTB Protheus" carregada no TBC. 4º Configuração do endereço do webservice do EAI do Protheus. 5º Integração TOTVS Educacional x SIGACTB Protheus" ativa. Itens para conferência no Protheus 1º Configuração do endereço do webservice do TBC. 2º Parametrizações da integração. 3º Equalização dos tamanhos dos campos chave das tabelas do Backoffice e TOTVS Educacional. 4º Amarração das moedas contábeis com os calendários contábeis cadastrados na integração. 15. Anexos 26 Versão 4.0

Integração Sigajuri x RM

Integração Sigajuri x RM Integração Sigajuri x RM Abril/2015 Sumário 1. Contexto de negócio (Introdução)... 3 2. Sistemas Envolvidos... 3 3. Integração... 3 4. Escopo... 6 5. Pré-requisitos instalação/implantação/utilização...

Leia mais

Integração Backoffice Originação de Grãos x umovme

Integração Backoffice Originação de Grãos x umovme Agosto/2014 Sumário Título do documento 1. Contexto de Negócio (Introdução)... 3 2. Sistemas Envolvidos... 3 3. Integração... 3 4. Escopo... 4 5. Pré-requisitos Instalação/Implantação/Utilização... 4 5.1.

Leia mais

Integração Backoffice Saldos Contábeis x Datasul/Contabilidade

Integração Backoffice Saldos Contábeis x Datasul/Contabilidade Integração Backoffice Saldos Contábeis x Datasul/Contabilidade Abril/2014 Sumário Sumário... 1 1. Contexto de negócio (Introdução)... 3 2. Sistemas nvolvidos... 3 3. Integração... 3 4. scopo... 4 5. Pré-requisitos

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Produtos: Saúde Pró Faturamento Saúde Pró Upload. Versão: 20130408-01

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Produtos: Saúde Pró Faturamento Saúde Pró Upload. Versão: 20130408-01 Produtos: Saúde Pró Upload Versão: 20130408-01 Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 LOGIN... 4 3 VALIDADOR TISS... 7 4 CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... 10 4.1 DADOS CADASTRAIS MATRIZ E FILIAL... 11 4.2 CADASTRO DE

Leia mais

Integração Totvs Folha x Consignado Tools

Integração Totvs Folha x Consignado Tools Integração Totvs Folha x Consignado Tools Data da revisão Responsável Descrição da revisão 13/05/2011 Lucas Peixoto Sepe Versão inicial Conteúdo 1 Introdução... 4 1.1 Premissas... 4 1.2 Controle de Versão...

Leia mais

Wordpress - Designtec. Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia

Wordpress - Designtec. Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia Wordpress - Designtec Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia 1 Índice Acessando o painel administrativo... 3 Gerenciamento de edições... 3 Gerenciamento de artigos... 3 Publicando mídias...

Leia mais

FAQ: Parametrização para Contabilização

FAQ: Parametrização para Contabilização TDN > Softwares de Gestão > RM > Recursos Humanos > Administração de Pessoal > FAQ FAQ: Parametrização para Contabilização Produto: Ambiente: RM Unspecified Versão: 11.0 Avaliação A principal finalidade

Leia mais

Upgrade RH Logix X Protheus Integração CON/FIN

Upgrade RH Logix X Protheus Integração CON/FIN Inovação Logix - Janeiro/2014 Conteúdo 1 Pré-requisitos de Implantação e Utilização... 3 2 Instalação/Atualização... 3 3 Contexto de Negócio... 6 4 Escopo e Finalidade... 6 5 Limitações/Restrições... 6

Leia mais

Problemas básicos nos. Serviços Gladius MP

Problemas básicos nos. Serviços Gladius MP Problemas básicos nos Serviços Gladius MP I. Quando um funcionário não consegue marcar ponto a) Problemas de Nível Operacional b) Um ponto de ajuda c) Identificando em que fase o problema está d) Problemas

Leia mais

Agendador de Rotinas

Agendador de Rotinas Agendador de Rotinas Agendamento para Importação de Notas Fiscais É possível parametrizar o agendamento para importação de notas fiscais de entrada, saída e conhecimento de transporte, para todas as empresas

Leia mais

Especificação de Requisitos

Especificação de Requisitos Projeto/Versão: Versão 11.80 Melhoria Requisito/Módulo: 000552 / Conector Sub-Requisito/Função: Multas Tarefa/Chamado: 01.08.01 País: Brasil Data Especificação: 13/05/13 Rotinas Envolvidas Rotina Tipo

Leia mais

Manual do Instar Mail v2.0

Manual do Instar Mail v2.0 Manual do Instar Mail v2.0 Sumário Conteúdo Menu Principal... 2 Menu Cliente... 3 Pagina Categorias do Instar-Mail... 4 Importação... 4 Campanhas... 8 Cadastramento de campanhas do Instar-Mail... 9 Ações

Leia mais

Manual do Usuário Publicador

Manual do Usuário Publicador Manual do Usuário Publicador Portal STN SERPRO Superintendência de Desenvolvimento SUPDE Setor de Desenvolvimento de Sítios e Portais DEDS2 Versão 1.1 Fevereiro 2014 Sumário Sobre o Manual... 3 Objetivo...

Leia mais

Manual do Fornecedor/cedente (MPE) Balcão Financeiro

Manual do Fornecedor/cedente (MPE) Balcão Financeiro Manual do Fornecedor/cedente (MPE) Balcão Financeiro Painel de recebíveis e Painel de linhas de crédito Versão 1.0 1 As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

Cálculo Automático do Frete

Cálculo Automático do Frete 14/12/2013 Sumário Sumário... 2 1 Contexto de negócio (Introdução)... 3 2 Sistemas Envolvidos... 3 3 Integração... 4 4 Escopo... 4 5 Pré-requisitos instalação/implantação/utilização... 9 5.1 Datasul...

Leia mais

AGENDAMENTO PARA IMPORTAÇÃO DE NOTAS FISCAIS 1. PARÂMETROS DO ESTABELECIMENTO... 2 2. CONFIGURAÇÃO DO AGENDADOR... 3

AGENDAMENTO PARA IMPORTAÇÃO DE NOTAS FISCAIS 1. PARÂMETROS DO ESTABELECIMENTO... 2 2. CONFIGURAÇÃO DO AGENDADOR... 3 AGENDAMENTO PARA IMPORTAÇÃO DE NOTAS FISCAIS SUMÁRIO 1. PARÂMETROS DO ESTABELECIMENTO... 2 2. CONFIGURAÇÃO DO AGENDADOR... 3 3. CONFIGURAÇÕES PARA IMPORTAÇÃO DE NOTAS PARA USUÁRIOS NET... 7 4. PROCEDIMENTOS

Leia mais

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário Manual do Usuário Produto: EmiteNF-e Versão: 1.2 Índice 1. Introdução... 2 2. Acesso ao EmiteNF-e... 2 3. Configurações Gerais... 4 3.1 Gerenciamento de Usuários... 4 3.2 Verificação de Disponibilidade

Leia mais

Integração Gestão de Pessoal Protheus x TOP Mobile Versão 11.80

Integração Gestão de Pessoal Protheus x TOP Mobile Versão 11.80 Integração Gestão de Pessoal Protheus x TOP Mobile Versão 11.80 Dezembro / 2014 Sumário Sumário 2 1. Contexto de negócio (Introdução) 3 2. Sistemas Envolvidos 3 3. Integração 3 4. Escopo 3 5. Pré-requisitos

Leia mais

Para os demais formatos, o relatório será gerado mas virá com configurações incorretas.

Para os demais formatos, o relatório será gerado mas virá com configurações incorretas. Balancete Orçamentário Produto : TOTVS Gestão Patrimonial - 12.1.6 Processo : Relatórios Subprocesso : Balancete Orçamentário Data publicação da : 17/06/2015 O Balancete é um relatório contábil oficial

Leia mais

Software Planejamento Tributário

Software Planejamento Tributário Software Planejamento Tributário Bem vindo ao segundo manual de instalação do software de Planejamento Tributário, este irá lhe mostrar os passos para o término da instalação e configuração do software

Leia mais

BI Citsmart Fornece orientações necessárias para instalação, configuração e utilização do BI Citsmart.

BI Citsmart Fornece orientações necessárias para instalação, configuração e utilização do BI Citsmart. 16/08/2013 BI Citsmart Fornece orientações necessárias para instalação, configuração e utilização do BI Citsmart. Versão 1.0 19/12/2014 Visão Resumida Data Criação 19/12/2014 Versão Documento 1.0 Projeto

Leia mais

Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas

Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas Maio/2014 Sumário Título do documento 1. Contexto de Negócio (Introdução)... 3 2. Sistemas Envolvidos... 5 3. Integração... 5 4. Escopo... 5 5. Pré-requisitos

Leia mais

TUTORIAL PMS CARD. Acesse o site: www.pmscard.com.br

TUTORIAL PMS CARD. Acesse o site: www.pmscard.com.br TUTORIAL PMS CARD Acesse o site: www.pmscard.com.br FAÇA O LOGIN Para fazer o login digite o seu e-mail e senha e clique em entrar. SELECIONE A EMPRESA Selecione a empresa na qual deseja utilizar clicando

Leia mais

FCONT 2013 - Correção dos erros apresentados na validação

FCONT 2013 - Correção dos erros apresentados na validação FCONT 2013 - Correção dos erros apresentados na validação Produto: Totvs Gestão Contábil Versão: 11.52 Processo do Sistema: SPED FCONT Sub-processo: Listagem e correção dos erros apresentados na validação

Leia mais

Manual do Usuário. Protocolo

Manual do Usuário. Protocolo Manual do Usuário Protocolo Índice de capítulos Parte I - Processos............................... 01 1 - Buscar................................ 01 2 - Listar................................ 02 3 - Abertura..............................

Leia mais

Auditoria Financeira

Auditoria Financeira Auditoria Financeira Processo de Uso da Auditoria Financeira CADASTRO DE EMPRESA PARÂMETROS No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria

Leia mais

Boletim Técnico. A construção do relatório dentro do RM, acessando os dados do Protheus está descrita no documento fornecido pela RM.

Boletim Técnico. A construção do relatório dentro do RM, acessando os dados do Protheus está descrita no documento fornecido pela RM. Integração Protheus TOTVS Reports Produto : Microsiga Protheus Configurador Chamado : TEPVU3 Data da publicação : 13/09/12 País(es) : Todos Banco(s) de Dados : Todos Disponibilizado o processo de integração

Leia mais

Documento para Integrações. Integração Datasul x TOTVS Colaboração NFS-e

Documento para Integrações. Integração Datasul x TOTVS Colaboração NFS-e Documento para Integrações Integração Datasul x TOTVS Colaboração NFS-e Este documento modelo relaciona algumas informações que não podem faltar na documentação de uma integração. Porém, ninguém melhor

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária (SIS 1.0)

Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária (SIS 1.0) Parte:Manual Atualização: OriginalPágina 1 Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária () Instalação Se houver alguma versão do FireBird Instalada na máquina desinstale antes de

Leia mais

Manual de Integração E-Commerce CiaShop x SIGALOJA

Manual de Integração E-Commerce CiaShop x SIGALOJA Manual de Integração E-Commerce CiaShop x SIGALOJA Janeiro/2015 Sumário Título do documento 1. Contexto de negócio (Introdução)... 3 2. Sistemas Envolvidos... 3 3. Integração... 3 4. Escopo... 4 5. Pré-requisitos

Leia mais

UnionWeb Condominium

UnionWeb Condominium UnionWeb Condominium Esse manual contém explicações técnicas de configuração e manutenção administrativa. Não deve ser repassado para moradores, é para utilização da Administradora ou responsável para

Leia mais

Gerenciador de Multi-Projetos. Manual do Usuário. 2000 GMP Corporation

Gerenciador de Multi-Projetos. Manual do Usuário. 2000 GMP Corporation GMP Corporation Gerenciador de Multi-Projetos Manual do Usuário 2000 GMP Corporation Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 24/08/2004 1.0 Versão inicial do documento Bárbara Siqueira Equipe

Leia mais

C C P SUPORTE TÉCNICO EBS

C C P SUPORTE TÉCNICO EBS C C P SUPORTE TÉCNICO EBS Horário de atendimento: Das 08h30min às 18h, de Segunda a Sexta-feira. Formas de atendimento: E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. Suporte On-Line

Leia mais

Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos (Parte 1)

Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos (Parte 1) Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos () Março - 2014 Índice Título do documento 1. Auditoria de Movimentos (ECM) Introdução:... 3 2. Grupos de Usuário (ECM):... 3 3. Colaboradores... 4 4. Configuração

Leia mais

Manual de Instalação SIM/SINASC

Manual de Instalação SIM/SINASC Manual de Instalação SIM/SINASC Agosto/2009 Versão 2.2 Índice CAPÍTULO 01 INTRODUÇÃO... 4 CAPÍTULO 02 - PERFIL DO HARDWARE... 5 CAPÍTULO 03 INSTALADOR SIM SINASC 2.2... 6 CAPÍTULO 04 - MODO DE INSTALAÇÃO...

Leia mais

Prefeitura Municipal de Sete Lagoas Secretaria de Planejamento Orçamento e Tecnologia Subsecretaria de Tecnologia da Informação

Prefeitura Municipal de Sete Lagoas Secretaria de Planejamento Orçamento e Tecnologia Subsecretaria de Tecnologia da Informação Tutorial para abertura de chamado Este sistema foi personalizado, instalado e configurado pela equipe da. O objetivo desta implantação é informatizar os registros de atendimento de suporte técnico para

Leia mais

TOTVS Série 1 Varejo (Simples) - Módulo e-commerce

TOTVS Série 1 Varejo (Simples) - Módulo e-commerce Novo Módulo disponível no TOTVS S1 Varejo: permissão de utilização através de licença específica. Mesmo não adquirindo a licença de uso do módulo ele continuará presente na tela do usuário. 1 Na opção

Leia mais

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier isupplier Revisão 01 Setembro 2011 Sumário 1 Acesso ao portal isupplier... 03 2 Home Funções da Tela Inicial... 05 3 Ordens de Compra Consultar Ordens de Compra... 07 4 Entregas Consultar Entregas... 13

Leia mais

Sistema Integrado de Atendimento

Sistema Integrado de Atendimento Sistema Integrado de Atendimento Sistema Integrado de Atendimento. Um sistema moderno, completo e abrangente que modifica a realidade do atendimento de sua empresa, proporcionando maior segurança na tomada

Leia mais

Gestão inteligente de documentos eletrônicos

Gestão inteligente de documentos eletrônicos Gestão inteligente de documentos eletrônicos MANUAL DE UTILIZAÇÃO VISÃO DE EMPRESAS VISÃO EMPRESAS - USUÁRIOS (OVERVIEW) No ELDOC, o perfil de EMPRESA refere-se aos usuários com papel operacional. São

Leia mais

Manual de Administração

Manual de Administração Manual de Administração Produto: NDDigital n-access Versão: 4.2 Versão do Doc.: 1.1 Autor: Lucas Santini Data: 27/04/2011 Aplica-se à: NDDigital n-billing Detalhamento de Alteração do Documento Alterado

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

Release 3.83. Resumo das alterações. Gerais. Contabilidade. Estoque. ERP-7113 Lançamentos Erros ao alterar lançamentos contábeis.

Release 3.83. Resumo das alterações. Gerais. Contabilidade. Estoque. ERP-7113 Lançamentos Erros ao alterar lançamentos contábeis. Release 3.83 Resumo das alterações Gerais Contabilidade ERP-7113 Lançamentos Erros ao alterar lançamentos contábeis. 1. Corrigido processo de alteração do lançamento contábil em lotes manuais, nos casos

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo

Universidade Federal do Espírito Santo Universidade Federal do Espírito Santo Núcleo de Tecnologia da Informação Gerenciamento do Conteúdo de Sítios Institucionais Versão 1.4 Atualizado em: 8/10/2015 Sumário Sumário................................................

Leia mais

Integração de livros fiscais com o Microsoft Dynamics AX 2009

Integração de livros fiscais com o Microsoft Dynamics AX 2009 Microsoft Dynamics AX Integração de livros fiscais com o Microsoft Dynamics AX 2009 White paper Este white paper descreve como configurar e usar a integração de livros fiscais entre o Microsoft Dynamics

Leia mais

Manual de Comunidades RIPALC

Manual de Comunidades RIPALC Manual de Comunidades RIPALC Última atualização 13 de março de 2012 1 Sumário 1. Como se autenticar no site?...3 2. Como funcionam as comunidades?...4 3. Como participar de um Fórum (Painel de Discussão)?...6

Leia mais

0079 - Relatórios Protheus

0079 - Relatórios Protheus Relatórios Todos os direitos autorais reservados pela TOTVS S.A. Proibida a reprodução total ou parcial, bem como a armazenagem em sistema de recuperação e a transmissão, de qualquer modo ou por qualquer

Leia mais

Curso em Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) - Tutorial Editores/Editores de Seção

Curso em Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) - Tutorial Editores/Editores de Seção Curso em Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) - Tutorial Editores/Editores de Seção AGOSTO 2015 Curso em Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) Agosto 2015 Editor / Editor de

Leia mais

ÍNDICE 1 CADASTRO DO PRODUTO... 4 2 INCLUIR E CONFIGURAR VITRINE... 5 3 CONFIGURANDO A VITRINE DE PRODUTOS... 7

ÍNDICE 1 CADASTRO DO PRODUTO... 4 2 INCLUIR E CONFIGURAR VITRINE... 5 3 CONFIGURANDO A VITRINE DE PRODUTOS... 7 1 ÍNDICE 1 CADASTRO DO PRODUTO... 4 2 INCLUIR E CONFIGURAR VITRINE.... 5 3 CONFIGURANDO A VITRINE DE PRODUTOS... 7 4 - INFORMANDO UMA CLASSIFICAÇÃO NA VITRINE DE PRODUTOS... 8 5 INCLUINDO PRODUTOS EM UMA

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Documento para Integrações. Integração Datasul x TOTVS Colaboração CT-e

Documento para Integrações. Integração Datasul x TOTVS Colaboração CT-e Documento para Integrações Integração Datasul x TOTVS Colaboração CT-e Este documento modelo relaciona algumas informações que não podem faltar na documentação de uma integração. Porém, ninguém melhor

Leia mais

Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NFS-e - Datasul

Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NFS-e - Datasul Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NFS-e - Datasul Setembro/2014 Sumário 1. Contexto de negócio (Introdução)... 3 2. Objetivos do projeto TOTVS Colaboração 2.0... 3 3. Sistemas Envolvidos... 3 4.

Leia mais

APRESENTAÇÃO. questões que constantemente chegam ao Suporte de Informática do Órgão Central.

APRESENTAÇÃO. questões que constantemente chegam ao Suporte de Informática do Órgão Central. APRESENTAÇÃO O presente documento Aplicativos de E-mail / Webmail Nível Básico Perguntas e Respostas tem como principal objetivo disponibilizar aos servidores das Escolas Estaduais do Estado de Minas Gerais

Leia mais

SIGA Manual -1ª - Edição

SIGA Manual -1ª - Edição SIGA Manual -1ª - Edição ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. MÓDULO DE PROCESSOS 4 3. ACESSO AO SISTEMA 4 3.1 Acessando o Sistema 4 3.2 Primeiro Acesso 5 3.3 Login do Fornecedor 5 o Teclado Virtual 5 o Máquina Virtual

Leia mais

Cotação OnLine. Manual do Usuário

Cotação OnLine. Manual do Usuário Cotação OnLine Manual do Usuário Última Revisão 10-10-2010 Histórico de Revisões Data Descrição Versão 01-12-2010 Primeira versão do manual 1.0.0 Delf Tecnologia 2 ÍNDICE 1. Introdução... 4 1.1 O que é

Leia mais

Instruções para Construção dos Sites das Escolas Públicas Estaduais do Paraná

Instruções para Construção dos Sites das Escolas Públicas Estaduais do Paraná Instruções para Construção dos Sites das Escolas Públicas Estaduais do Paraná CRIAÇÃO: crteldna@gmail.com (43) 3371-1336 (43) 3371-1337 APOIO: ldagabrielmartins@seed.pr.gov.br (43) 3327-4141 Janeiro/2008

Leia mais

C o t a ç ã o E l e t r ô n i c a V i l l a r e s M e t a l s

C o t a ç ã o E l e t r ô n i c a V i l l a r e s M e t a l s C o t a ç ã o E l e t r ô n i c a V i l l a r e s M e t a l s M a n u a l d o F o r n e c e d o r Portal de Compras Página 1 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Informações importantes... 3 3. Acessando o portal...

Leia mais

Manual do Sistema HDI Online / Worksite (Circulação: Corretoras parceiras da HDI Seguros )

Manual do Sistema HDI Online / Worksite (Circulação: Corretoras parceiras da HDI Seguros ) Manual do (Circulação: Corretoras parceiras da HDI Seguros ) HDI Seguros Departamento de Produto Automóvel Produto Auto Magda Dioclecio Martins 01 1/47 1. Introdução 1.1. Objetivo Aplicabilidades múltiplas

Leia mais

Integração Data de Saída GFE x Datasul 11

Integração Data de Saída GFE x Datasul 11 14/11/2013 Sumário Sumário... 2 1 Contexto de negócio (Introdução)... 3 2 Sistemas Envolvidos... 4 3 Integração... 4 4 Escopo... 4 5 Pré-requisitos instalação/implantação/utilização... 6 5.1 Datasul...

Leia mais

EAI Manual do Administrador

EAI Manual do Administrador EAI Manual do Administrador 1 Definição de Host Application O que é um Host Application? Significa Aplicativo Hospedeiro, é o nome dado ao ambiente EAI que estará executando no seu computador ou em um

Leia mais

DIRETO. Manual do Usuário. PROCERGS Divisão 7

DIRETO. Manual do Usuário. PROCERGS Divisão 7 DIRETO Manual do Usuário PROCERGS Divisão 7 Este documento foi produzido pela PROCERGS Praça dos Açorianos, s/n - CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (051) 210-3100 http:\\www.procergs.com.br Sumário Sobre

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA REALIZAR UPGRADE DE VERSÃO

PROCEDIMENTOS PARA REALIZAR UPGRADE DE VERSÃO PROCEDIMENTOS PARA REALIZAR UPGRADE DE VERSÃO Todos os direitos reservados. PC Sistemas V.2.0 - Data: 17/08/2012 Página 1 de 27 A PC Sistemas norteia neste documento que a atualização das rotinas deve

Leia mais

Carrera Pessoal 2015. Guia de uso

Carrera Pessoal 2015. Guia de uso Carrera Pessoal 2015 Guia de uso Bem vindo ao Carrera Pessoal 2015, o gerenciador financeiro ideal. Utilizando o Carrera Pessoal você poderá administrar com facilidade as suas finanças e/ou da sua família.

Leia mais

Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes do Banco do Nordeste Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB

Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes do Banco do Nordeste Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB Pág. 1 Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB Pág. 2 Instalação o o o o Baixar o Setup v3.5.38.exe disponível no site do BNB Executando o aplicativo aparecerá a imagem abaixo Clique

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DO SICC

PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DO SICC PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DO SICC Para ter acesso ao sistema, e realizar a abertura de chamados, o usuário deve efetuar o auto cadastramento, clicando no link Clique aqui! disponível na página inicial

Leia mais

O QUE É A CENTRAL DE JOGOS?

O QUE É A CENTRAL DE JOGOS? O QUE É A CENTRAL? A Central de Jogos consiste de duas partes: Um site na Internet e um programa de computador (Central) que deve ser instalado em sua máquina. No site www.centraldejogos.com.br, você pode

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Configurando o Módulo... 3 Contas... 3 Conta Caixa... 5 Aba Geral... 5 Aba Empresas... 8 Conta Banco... 9 Aba Geral... 9 Aba Conta Banco... 10 Aba Empresas... 12 Tipos de

Leia mais

Manual - Versão 1.2 Atualizado em 20/07/2015 1

Manual - Versão 1.2 Atualizado em 20/07/2015 1 Manual - Versão 1.2 Atualizado em 20/07/2015 1 2 Requisitos para emissão da Nota Fiscal de Consumidor eletrônica - Sistema Gerenciador Gestor Prime - Sistema Transmissor - Uninfe Instalado automaticamente

Leia mais

PORTAL WISSEN OPERADORA 2011 GUIA PRÁTICO OPERACIONAL. Portal Wissen

PORTAL WISSEN OPERADORA 2011 GUIA PRÁTICO OPERACIONAL. Portal Wissen PORTAL WISSEN OPERADORA 2011 GUIA PRÁTICO OPERACIONAL Portal Wissen Onde encontro? INTRODUÇÃO...3 Acessando o Sistema...4 Pagina Inicial do sistema...5 FUNCIONAMENTO DO SISTEMA...6 Iniciando um File (Compra

Leia mais

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac Abril de 2015 Inicialização rápida O Novell Filr permite que você acesse facilmente todos os seus arquivos e pastas do desktop, browser

Leia mais

POLIEDUC - SOLUÇÕES PARA EDUCAÇÃO CAU - GUIA DO ATENDENTE AMBIENTE ESCOLA PERFIL SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO - SMEC ELABORADO: CRISTIANE MOTA

POLIEDUC - SOLUÇÕES PARA EDUCAÇÃO CAU - GUIA DO ATENDENTE AMBIENTE ESCOLA PERFIL SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO - SMEC ELABORADO: CRISTIANE MOTA POLIEDUC - SOLUÇÕES PARA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE PROJETOS DE INTEGRAÇÃO CAU - GUIA DO ATENDENTE AMBIENTE ESCOLA PERFIL SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO - SMEC ELABORADO: CRISTIANE MOTA Brasília - 2011 Ambiente

Leia mais

PANDION MANUAL DO USUÁRIO (versão 1.0)

PANDION MANUAL DO USUÁRIO (versão 1.0) Secretaria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Suporte Técnico aos Usuários PANDION MANUAL DO USUÁRIO (versão 1.0) SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CADASTRAMENTO NECESSÁRIO PARA UTILIZAR O PANDION...

Leia mais

MANUAL SICCL SQL SRTVS 701 Bloco O Ed. MultiEmpresarial Sala 804 Brasília/DF CEP 70340-000 Fone/Fax: (061) 3212-6700 E-mail: implanta@conselhos.com.

MANUAL SICCL SQL SRTVS 701 Bloco O Ed. MultiEmpresarial Sala 804 Brasília/DF CEP 70340-000 Fone/Fax: (061) 3212-6700 E-mail: implanta@conselhos.com. MANUAL SICCL SQL ÍNDICE ACESSANDO O SISTEMA SG - COMPRAS E CONTRATOS... 3 ATENDENDO SOLICITAÇÕES DE ITENS E SERVIÇOS... 5 VERIFICANDO A DISPONIBILIDADE DE RECURSOS... 7 ATENDER SOLICITAÇÕES COM PROCESSO

Leia mais

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual do Usuário QWCFP. Versão 1.2.0.1

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual do Usuário QWCFP. Versão 1.2.0.1 Padrão ix Q-Ware Cloud File Publisher Manual do Usuário QWCFP Versão 1.2.0.1 Copyright 2000-2014 Padrão ix Sistemas Abertos Ltda. Todos os direitos reservados. As informações contidas neste manual estão

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

Boletim Técnico. Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 10 Data da publicação : 21/06/13. País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos

Boletim Técnico. Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 10 Data da publicação : 21/06/13. País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Arquivo Magnético FCI Ficha de Conteúdo Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 10 Data da publicação : 21/06/13 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Chamado : TGKCCZ/THDEN7/THEIPI/THLAYD

Leia mais

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos. Versão 1.0.1.0

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos. Versão 1.0.1.0 Padrão ix Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos Versão 1.0.1.0 Copyright 2000-2013 Padrão ix Sistemas Abertos Ltda. Todos os direitos reservados. As informações contidas

Leia mais

Tutorial Report Express. Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença.

Tutorial Report Express. Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença. Tutorial Report Express Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença. Índice Apresentação Pág. 3 Passo 1 Pág. 4 Instalação do MasterDirect Integrações Passo 2 Pág. 8 Exportar clientes Linha Contábil

Leia mais

MANUAL PARA USO DO SISTEMA

MANUAL PARA USO DO SISTEMA Clínicas Odontológicas MANUAL PARA USO DO SISTEMA (GCO) GERENCIADOR CLÍNICO ODONTOLÓGICO SmilePrev Versão 1.0 SmilePrev Clínicas Odontológicas www.smilepev.com 2008 REQUISITOS BÁSICOS DO SISTEMA HARDWARE

Leia mais

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia LGTi Tecnologia Soluções Inteligentes Manual - Outlook Web App Siner Engenharia Sumário Acessando o Outlook Web App (Webmail)... 3 Email no Outlook Web App... 5 Criar uma nova mensagem... 6 Trabalhando

Leia mais

Novidades da Versão 3.0.0.30

Novidades da Versão 3.0.0.30 Novidades da Versão 3.0.0.30 Alteração Equipamento Unidade Instalação Inserida informação Telemetria na Tela de Alteração de Equipamento Unidade de Instalação (326). A informação Roaming Internacional

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR ACESSANDO O PORTAL DO PROFESSOR Para acessar o portal do professor, acesse o endereço que você recebeu através da instituição de ensino ou acesse diretamente o endereço:

Leia mais

Manual de Utilização do PDV Klavix

Manual de Utilização do PDV Klavix Manual de Utilização do PDV Klavix Página 1/20 Instalando a partir do CD Se você recebeu um CD de instalação, rode o programa Instalador que se encontra no raiz do seu CD. Ele vai criar a pasta c:\loureiro

Leia mais

Integração da Digitação de Eventos

Integração da Digitação de Eventos Integração da Digitação de Eventos Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 1.1. Primeiro Acesso... 1 1.2. Conhecendo a Plataforma... 3 1.2.1. Seleção da Empresa... 3 1.2.2. Sair do sistema/minhas Configurações...

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP/CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS SAU - SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP/CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS SAU - SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP/CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS SAU - SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO Perfil Self-Service Gestão Livre de Parque de Informática

Leia mais

Figura 1: Interface 3G Identech

Figura 1: Interface 3G Identech Sumário 1 INTRODUÇÃO...3 2 INSTALAÇÃO NO WINDOWS XP...5 3 INSTALAÇÃO NO WINDOWS VISTA...12 4 INSTALAÇÃO NO WINDOWS 7...18 5 CADASTRANDO OPERADORA...25 6 CONECTANDO NA INTERNET...27 7 SERVIÇO DE SMS...29

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Central de Materiais Esterilizados. Versão 1.0

Ajuda On-line - Sistema de Central de Materiais Esterilizados. Versão 1.0 Ajuda On-line - Sistema de Central de Materiais Esterilizados Versão 1.0 Sumário Central de Materiais Esterilizados 3 1 Manual... de Processos - Central de Materiais Esterilizados 4 Fluxos do... Processo

Leia mais

Fox Gerenciador de Sistemas

Fox Gerenciador de Sistemas Fox Gerenciador de Sistemas Índice 1. FOX GERENCIADOR DE SISTEMAS... 4 2. ACESSO AO SISTEMA... 5 3. TELA PRINCIPAL... 6 4. MENU SISTEMAS... 7 5. MENU SERVIÇOS... 8 5.1. Ativação Fox... 8 5.2. Atualização

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO VERSÃO 2014 Junho de 2014 SIGFIS-Sistema Integrado

Leia mais

Bem-vindo ao tópico Múltiplas filiais.

Bem-vindo ao tópico Múltiplas filiais. Bem-vindo ao tópico Múltiplas filiais. 1 Ao final deste tópico, você estará apto a: Explicar as opções disponibilizadas com o recurso Múltiplas filiais. Definir as configurações necessárias para trabalhar

Leia mais

Ter o controle das pastas (Prontuários) armazenadas no "SAME", utilizando-se do recurso do "Volume".

Ter o controle das pastas (Prontuários) armazenadas no SAME, utilizando-se do recurso do Volume. Page 1 of 31 184771 Módulo: AMAP - SAME PDA 184771: Controle do Arquivamento de Pastas do SAME. SOLICITAÇÃO DO CLIENTE Ter o controle das pastas (Prontuários) armazenadas no "SAME", utilizando-se do recurso

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line Declaração On Line Manual de Apoio à Utilização do Sistema Manual do Usuário Versão 1.0 INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICANDO-SE NO SISTEMA... 4 EM CASO DE ESQUECIMENTO DA SENHA... 5 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO

Leia mais

Módulo e-rede VirtueMart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede VirtueMart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede VirtueMart v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Permissões 4 4.2 Instalação

Leia mais

Desenvolvimento de uma Etapa

Desenvolvimento de uma Etapa Desenvolvimento de uma Etapa A Fase Evolutiva do desenvolvimento de um sistema compreende uma sucessão de etapas de trabalho. Cada etapa configura-se na forma de um mini-ciclo que abrange as atividades

Leia mais

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML Observação: O arquivo XML da nota fiscal deve estar salvo em seu computador. Se o seu fornecedor não enviou o arquivo por e-mail, você pode obter o arquivo pela internet,

Leia mais

UltraCard Manual de integração via WebService Página 1/13. UltraCard. Manual de integração via WebService. Versão 2.5

UltraCard Manual de integração via WebService Página 1/13. UltraCard. Manual de integração via WebService. Versão 2.5 UltraCard Manual de integração via WebService Página 1/13 UltraCard Manual de integração via WebService Versão 2.5 UltraCard Manual de integração via WebService Página 2/13 Índice O que é WebService?...

Leia mais