TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Movimentações de Estoque. 11.8x. março de Versão: 5.0

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Movimentações de Estoque. 11.8x. março de 2015. Versão: 5.0"

Transcrição

1 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Movimentações de Estoque 11.8x março de 2015 Versão: 5.0

2 1

3 Sumário 1 Introdução Objetivos Movimentações de Estoque Parâmetros Cadastros Cadastrando Classificação Terapêutica Cadastrando Classificação de Medicamentos Controlados Cadastrando Classificação DBC Cadastro de Laboratórios BRASÍNDICE Cadastro de Apresentações BRASÍNDICE Cadastro de Itens BRASÍNDICE Cadastro de Itens do SIMPRO Cadastrando Unidades de Medida Cadastrando Produtos Incluindo Movimentação de Estoque Montagem de Kits Mat/Med Mapa de Dispensação Gerar Mapa por Requisição Gerando Mapa por Requisição

4 1 Introdução As farmácias, principalmente as hospitalares, dependem de uma logística bastante complexa quanto ao abastecimento e distribuição de medicamentos, uma vez que cabe a elas prestar serviços destinados a saúde, é necessário que tenham em estoque todos os medicamentos prescritos para o bom andamento da instituição de saúde. 2 Objetivos Neste manual apresentaremos: A parametrização necessária para utilização do estoque. Os cadastros relacionados ao estoque. Os tipos de Movimentação de Estoque. Processamento de requisições. Montagem e desmontagem de Kits MatMed. Utilização do Mapa de Dispensação. 3 Movimentações de Estoque Os processos de Movimentações de Estoque são basicamente dois: os de entrada e os de saída de um produto, material e ou medicamento (MatMed), porém, podemos ter vários tipos de movimentos de Entrada e de Saída. Em ambos os casos quando as requisições são processadas, duas ações poderão ser realizadas pelo sistema conforme cada situação: 1. Aumento/diminuição física dos Itens da Movimentação listados. 2. Lançamento automático na conta do paciente dos Itens Listados. Este processo se subdivide e se completam em duas etapas: Cabeçalho da Requisição e Itens da Movimentação. Ao finalizar qualquer tipo de movimentação, os usuários autorizados deverão Processar a requisição, que efetivamente irá realizar a movimentação solicitada, ora aumentando ora diminuindo no estoque as quantidades de Mat. /Meds informados. Conheça os principais pontos desse processo: Cabeçalho da Requisição São informados os dados básicos do paciente tais como: Nome, Leito, Acomodação, Local de Uso, Centro de Custo e Quantidade Total de Medicamentos solicitados. 3

5 Itens da Movimentação Compreendem os dados de todos os itens de Mat. /Med que farão parte da movimentação. Os campos item (código e descrição), quantidade, unidade de faturamento do item, fabricante do item, validade e lote se for o caso, deverão ser informados. Os Tipos de Movimentação de Entrada de um Mat. /Med no TOTVS Gestão Hospitalar são: Devolução/Paciente: são registradas as devoluções de Mat. /Meds que não foram utilizados/aplicados/ministrados no paciente. Independente do motivo pelo o qual o paciente não utilize mais o Mat. /Med que foi dispensado para ele, este deverá ser devolvido ao seu local/almoxarifado de origem. Há um aumento no estoque do almoxarifado e o item é devolvido da conta do paciente quando a requisição for processada. Devolução de Centro de Custos: são registradas as devoluções de Mat. /Meds dos Centro de Custos da Instituição, que são previamente cadastrados. Caso algum MatMed não for utilizado por algum Centro de Custo, ele poderá ser devolvido ao seu local/almoxarifado de origem. Os Tipos de Movimentação de Saída de um MatMed no TOTVS Gestão Hospitalar são: Requisição/Paciente: são registradas as saídas de Mat. /Meds direto para o paciente. Há uma diminuição no estoque do almoxarifado e o item é lançado na conta do paciente. Prescrição Médica: são registradas as saídas de MatMeds direto para o paciente. Há uma diminuição no estoque do almoxarifado e o item é lançado na conta do paciente. A diferença deste Tipo de Movimento para a requisição, é que este é realizado pelo Médico e contém detalhes para administração do medicamento tais como: aplicação (endovenosa, oral, etc.), Dose, Frequência (de 4 em 4 horas, de 8 em 8 horas, 1 vez ao dia, etc.), Diluição (se o medicamento será diluído em alguma solução), a partir de qual horário (horário padrão, agora, ou a partir da hora x, etc.), e a quantidade solicitada, que é calculada em função dos parâmetros acima. Esta prescrição é feita pelo médico utilizando o PEP, ou poderá ser transcrita pela equipe da farmácia e/ou enfermagem utilizando o processo de movimentação de estoque. Transferência entre Almoxarifados: tipo de movimentação que há a transferência de itens de Mat. /Med de um local de estoque para outro. Nestes casos a responsabilidade de quem irá dar a saída do MatMed será do almoxarifado de destino, que fará um dos Tipo de Movimentação citados acima. Folha de Sala: são registrados o consumo de Mat. /Med de uma cirurgia. Geralmente, após o término da cirurgia, os itens que não foram utilizados são retirados da requisição. Após processamento da requisição, os itens são baixados do estoque e lançados automaticamente na conta do paciente. Requisição para Centro de Custos: são registradas as saídas de Mat. /Meds para os Centro de Custos da Empresa, que são previamente cadastrados. Servirá para a apuração dos custos de cada setor, posteriormente. 4

6 Monta/ Desfaz Kit Mat. /Med Processo utilizado para a montagem de Kits cirúrgicos. Cada cirurgia exige itens específicos para aquele fim, portanto, a necessidade de montar um Kit para aquele tipo de intervenção. Uma vez montados os Kits, o sistema reserva a quantidade pré-estabelecida, a fim de evitar que um pedido maior de algum item seja liberado em outra solicitação. Para criar o Kit deve fazê-lo como item de estoque e informar quais itens pertencerão a ele. Informe ao sistema quantos Kits deverão ser montados. Ele efetuará a reserva automaticamente. Mapa de Dispensação O Mapa de Dispensação é a consolidação de TODOS os horários e de TODOS os pacientes que deverão ter medicamentos administrados no Hospital/Clínica. Dessa forma, para que haja um maior controle de distribuição dos Mat./Meds, a instituição de saúde poderá utilizar este recurso para realizar a separação e distribuição, por horários, das medicações que deverão ser encaminhadas para os postos de enfermagem e demais setores, para posterior administração para os pacientes. 4 Parâmetros 1. Para utilizar as rotinas pertencentes ao menu Estoques, é necessário parametrizar o sistema. Acesse a guia Opções/Parâmetros/ Parâmetros Gerais. Na guia Perfis o parâmetro relacionado à estoque é Perfil Estoques. 5

7 2. Na guia Perfil de Visualização de Estoque devem constar todos os usuários que utilizam o menu Estoques, os parâmetros são: Usuário. Perfil. 6

8 3. Na guia Estoques os parâmetros são: Tabela base MAT/MED. Farmacêutico. Imprimir linha "Prescrito por". Imprimir descrição específica do Convênio. Ordenar por descrição do item. Imprimir descrição do almoxarifado. Permitida Inclusão de prescrições para o próximo dia após às (horas). Número de requisição Automático. Utiliza lançamento somente cobrança na movimentação de estoque. Permitir devolução de itens da Folha de Sala. 7

9 Exibe produtos Inativos na Pesquisa de MAT/MED. Permitir somente requisição de medicamentos prescritos. Apresentar Saldo de Itens "Em movimentação". Nome do Usuário. Local de estoque (Filial). Usuário Confirma Requisição. Local de Impressão de Requisições. 4. Na guia Estoques II os parâmetros são: Relatório de Impressão de Etiquetas de Código de Barras. Mapa, Etiqueta. Pesquisa de MATMED. Atualização de Preço Nucleus. Utiliza código de barras padrão EAN128. Status Inicial do Lote. Obrigatoriedade da substituição do item sem saldo de estoque pelo similar. Permite exclusão de item na movimentação de estoque oriundo de prescrição. 8

10 Busca local de estoque apartir do centro de centro do leito (paciente interno). Confirmar automaticamento itens que não baixa estoque na requisição. Não permitir a exclusão de movimentação de estoque por outro usuário. Confirmar itens um a um no mapa de dispensação. Obriga o preenchimento do lote ao gravar um item controlado por lote. Pesquisar parte do nome (inicio meio e fim) ao pesquisar um produto. Medicamentos Tributados. Verificar quantidade no momento da requisição Utiliza leitos óptico na Farmácia Permite processamento parcial de requisição. Busca Automatica (lote/validade) pelo método PEPS na requisição de MAT/ MED. Utilizar o controle de baixa/ não baixa estoque do Kit ou Produto. Permite digitar o código do produto incompleto para preencher com zeros à esquerda. Atualiza preço na Entrada de NF para valor a menor. Mostrar campo de código de barras automaticamente na aba itens da prescrição. Obrigatório informar o número da requisição na devolução Mat/Med. Retira quantidade inteira, nos lotes, de itens marcados como 'Arredonda quantidade Fracionada na movimentação de estoque'. 9

11 5. Na guia Med. Controlados é possível incluir livros de medicamentos controlados, que são destinado à anotação, em ordem cronológica, de estoques, de entradas (por aquisição ou produção), de saídas (por venda, processamento, uso) e de perdas de medicamentos sujeitos ao controle especial. 6. Clique em Incluir. 7. Preencha a descrição do livro e informe qual o farmacêutico responsável. 8. Clique em Grava. 10

12 9. Na guia Itens do livro selecione a classificação de medicamento controlado (cadastradas em Cadastros/Estoques/Classificação de Medicamentos Controlados). 10. Clique em Grava. 11. Na guia Configurações marque a caixa caso o livro cadastrado utilizar numeração prévia da quantidade de páginas do livro. 12. Informe a quantidade de itens por página, a quantidade de itens ocupados pela quebra por centro de custo e a quantidade de itens ocupados pelo cabeçalho e clique em Grava. 11

13 Parâmetros por Estação de Trabalho 1. No TOTVS Gestão Hospitalar acesse a guia Opções/Parâmetros/ Parâmetros por Estação de Trabalho. 2. Selecione ou inclua uma estação de trabalho. 3. Os parâmetros relacionados a Estoque são: Centro de custo default para MAT/MED. Exibir preço unitário e total das movimentações. Local de Estoque. 12

14 Integração RM Nucleus 1. Acesse Opções/Parâmetros/Integração com RM Nucleus para configurar a integração entre os módulos, parametrizando os tipos de movimentos e as informações necessárias. 2. Na tela inicial acesse a guia Tipos de Mov. Estoque. 3. Clique em Novo. 13

15 4. Será exibida a tela para inclusão de tipo de movimento de estoque. 5. Informe a descrição e selecione o tipo de movimentação. 6. Configure as opções de integração do RM Nucleus e clique em OK. 14

16 5 Cadastros 5.1 Cadastrando Classificação Terapêutica 1. No TOTVS Gestão Hospitalar acesse Cadastros/Estoques. 2. Clique em Classificação Terapêutica. 3. Será exibida a tela de cadastro de Classificação Terapêutica, clique em Incluir (página em branco). 4. Preencha o código e o nome e clique em OK. 15

17 5.2 Cadastrando Classificação de Medicamentos Controlados 1. No TOTVS Gestão Hospitalar acesse Cadastros/Estoques. 2. Clique em Classificação de Medicamentos Controlados. 3. Será exibida a tela de cadastro de Classificação de Medicamentos Controlados, clique em Incluir (página em branco). 4. Preencha o código e a descrição e clique em OK. 16

18 5.3 Cadastrando Classificação DBC DBC (Diagnosis Treatment Combination) consiste no mapeamento das atividades do hospital de acordo com as necessidades de um paciente. Todas as etapas estão listadas, desde a primeira visita ao médico até o último check-up. Procedimento 1. No TOTVS Gestão Hospitalar acesse Cadastros/Estoques. 2. Clique em Classificação DBC. 3. Será exibida a tela de cadastro de Classificação DBC, clique em Incluir (página em branco). 4. Preencha o código e a descrição e clique em OK. 17

19 5.4 Cadastro de Laboratórios BRASÍNDICE 1. No TOTVS Gestão Hospitalar acesse Cadastros/Estoques. 2. Clique em Laboratórios BRASÍNDICE. 3. Será exibida a tela de cadastro de Laboratórios BRASÍNDICE. 5.5 Cadastro de Apresentações BRASÍNDICE 1. No TOTVS Gestão Hospitalar acesse Cadastros/Estoques. 2. Clique em Apresentações BRASÍNDICE. 3. Será exibida a tela de cadastro de Apresentações BRASÍNDICE. 18

20 5.6 Cadastro de Itens BRASÍNDICE 1. No TOTVS Gestão Hospitalar acesse Cadastros/Estoques. 2. Clique em Itens BRASÍNDICE. 3. Será exibida a tela de cadastro de Itens BRASÍNDICE. 4. Selecione o laboratório, informe o nome do item e clique em Pesquisa (raio). 5.7 Cadastro de Itens do SIMPRO 1. No TOTVS Gestão Hospitalar acesse Cadastros/Estoques. 2. Clique em Itens do SIMPRO. 3. Será exibida a tela para utilização de filtros. 4. Selecione o filtro e clique em OK. 19

21 5. Em seguida é exibida a tela com a lista dos itens correspondentes ao filtro aplicado. 20

22 6. Dê duplo clique sobre o item que deseja acessar. 7. Será exibida a tela de cadastro do item. Importação SIMPRO 8. Na tela de listagem dos itens, clique em Importa SIMPRO. 9. Será exibida a tela de Importação/Atualização SIMPRO, nela é exibida a data da última atualização SIMPRO. 10. Para atualizar o preço dos produtos, selecione a tabela MATMED e clique em Atualiza preços dos produtos. 11. Será exibida tela para confirmação da atualização, clique em Sim. 21

23 5.8 Cadastrando Unidades de Medida 1. No TOTVS Gestão Hospitalar acesse Cadastros/Estoques. 2. Clique em Unidades de Medida. 3. Será exibida a tela de cadastro de unidades de medida. 4. Clique em Incluir (página em branco). 5. Informe o código e a descrição da unidade de medida e selecione o código da unidade base. 6. Clique em OK. 22

24 5.9 Cadastrando Produtos Nesta opção é realizado o cadastro de produtos hospitalares, que podem ser Materiais, Medicamentos, OPME's e Materiais passíveis de esterilização. O cadastro de produtos contempla sua a identificação, valores, apresentação, controle de estoque, entre outros dados. Algumas informações referentes ao TOTVS Gestão Hospitalar são necessárias tais como: Tipo de Item se material, medicamento, órtese, prótese, outro. Se item controlado ou não. Se item padronizado ou não na instituição. Se item faz parte de item pré-montado ou não. Procedimento 1. No TOTVS Gestão Hospitalar acesse Cadastros/Estoques. 2. Clique em Produto. 3. Será exibida a tela de filtro. 4. Para editar um produto cadastrado informe o nome do produto e clique em OK. 5. Para incluir um produto clique em OK. 6. Na tela inicial do cadastro de produtos clique em Incluir (página em branco). 23

25 7. Na guia Identificação marque se o cadastro é de um Produto ou Serviço. 8. Caso o produto seja Inativo ou Pesável marque a caixa correspondente. 9. Informe o código e o nome fantasia. 10. Selecione o código dos fabricantes e o nome do produto no fabricante. 11. Na guia Detalhes/Descrição é possível incluir descrição e descrição auxiliar ao produto. 12. Na guia Detalhes/Classificação é possível selecionar o grupo de itens de estoque e a classificação. 13. Na guia Detalhes/Observação é possível incluir observações ao produto. 14. Na guia Detalhes/Outros dados é possível adicionar descontos, comissões, condições de pagamento, grupo de faturamento, margem bruta de lucro e tributação do cupom fiscal do produto. 24

26 15. Na guia Preço é cadastrado o preço unitário do produto. 25

27 16. Na guia Controle Estoque é realizado a relação de unidades responsáveis pelo controle, compra e venda do produto. 17. Caso o produto utilize número de série marque a caixa e informe a máscara do número de série. 18. Caso o produto seja controlado por lote, marque a caixa correspondente e informe o número mínimo de dias de validade. 19. Na guia Custos é possível incluir o custo médio do produto, o custo unitário e custos de reposição relacionados a data específica. 26

28 20. Na guia Integração, nas informações de contrato, selecione o tipo de faturamento (não periódico, periódico, por medição) e o tipo de produto para faturamento. 21. É possível incluir também a conta gerencial default e, nas informações de patrimônio, o grupo de contas, e o grupo de bens do produto. 27

29 22. Na guia Código de Barras preencha o código de barras e selecione a unidade de medida. 23. Na guia Informações por Filial informe o código da filial. 24. Caso o produto seja estocável, na filial marque a caixa correspondente. 25. Caso o produto seja consignado marque a caixa e selecione a prioridade. 26. Clique em OK. 28

30 6 Incluindo Movimentação de Estoque 1. No TOTVS Gestão Hospitalar acesse Estoques/Movimentação de Estoque. 2. Selecione uma das opções de filtro ou crie um novo filtro clicando em Novo. 3. Clique em OK. 4. Clique em Incluir Movimentação de estoque. 5. Na guia Identificação selecione o Tipo de Movimento. 6. Selecione o paciente, o Local de Estoque e o Centro de Custo. 29

31 7. Na guia Itens da Movimentação clique em Inclui. 8. Selecione os itens da movimentação clicando sobre a lista e realize a pesquisa. 30

32 9. Clique em Incluir, no campo de Pesquisa, informe nome do Material e/ou Medicamento desejado. 10. Clique no item de checagem para confirmar a quantidade que será dispensada para cada produto. 11. Clique em OK. 12. Clique em Visualiza, para impressão da requisição/prescrição feita e coleta da assinatura do destinatário da medicação. 13. Clique em Processa, caso usuário tenha acesso nessa função. O botão Processa realiza duas ações: baixa as quantidades listadas em estoque e cobra na conta do paciente os itens baixados. 31

33 7 Montagem de Kits Mat/Med 1. No TOTVS Gestão Hospitalar acesse Estoques/Monta/Desfaz Kits de MatMed. 2. Selecione o Local de Estoque a ser gerado no novo Kit. 3. Selecione o Kit Pré-Montado que será gerado (o Kit Pré-Montado é definido no cadastro do Produto). 4. Defina o procedimento a ser realizado (montar ou desfazer) e informe a quantidade a ser montada ou desfeita. 5. Clique em Processa. 6. Será exibida tela para confirmação, clique em Sim. 32

34 8 Mapa de Dispensação 1. No TOTVS Gestão Hospitalar acesse Estoque/Mapa de Dispensação. 2. Realize o filtro desejado. 3. Selecione os itens que serão ministrados ao paciente, para selecionar mais de um item utilize o botão Ctrl ou clique em Selecionar Todos os Itens para selecionar todos os itens da grid. 4. Clique em Gera Mapa. 5. Será exibida mensagem de confirmação. 33

35 6. Dê duplo clique sobre o item, será exibida tela para confirmação dos itens do mapa, nela deve ser confirmado item por item. 7. Selecione o item e clique em no botão de confirmação. 8. Após confirmar todos os itens, clique em Fecha. 9. Selecione um item do mapa e clique em Processa Mapa. 10. Será exibida mensagem de confirmação, clique em Sim. 34

36 11. O processamento será realizado, neste momento, o sistema irá fazer a baixa parcial dos itens constantes da requisição do paciente, lançando o respectivo item na conta do paciente para cobrança. 9 Gerar Mapa por Requisição É possível gerar o mapa por requisição, ao final do processo, será emitida uma etiqueta com o código de barras referente ao mapa. Cada pacote terá seu identificador, facilitando o processo de conferência pela equipe de enfermagem. 1. Acesse Opções/Parâmetros/Parâmetro Gerais, aba Estoque II e selecione os parâmetros conforme a imagem. a. O paramento Utiliza dispensação horária por requisição, ativa a nova funcionalidade. b. O parâmetro Confirmar itens um a um no Mapa de dispensação deve ficar marcado para efetivar a confirmação de cada item por código de barras. c. A etiqueta será impressa ao final do processamento dos itens. 2. Atente para o parâmetro Não utiliza complementação de prescrição (Parâmetros Gerais / Prontuário / Prescrição). 35

37 a. O parâmetro marcado, indica que, uma vez que o médico confirmar a prescrição, ela será impressa diretamente na farmácia. Em outras palavras, a enfermagem não poderá alterar os aprazamentos do médico e/ou incluir itens. b. Com o parâmetro desmarcado, a requisição associada ainda ficará disponível para a enfermagem complementá-la. Com isso, a requisição ficará disponível para a nova funcionalidade somente quando a enfermagem complementar a requisição e clicar em Imprime (indicando que a requisição vá para a farmácia). O usuário de enfermagem não deve ter permissão de processar requisição. Importante: O usuário deve ter perfil de estoque e poder processar requisições. 9.1 Gerando Mapa por Requisição 1. Elabore uma prescrição. 2. Conclua a prescrição. Se estiver parametrizado que Complementa a prescrição, acesse a requisição gerada e clique em Imprimir, para encaminhá-la para a farmácia. 3. Após isso Acesse Estoque/Mapa de Dispensação (acesse com o usuário que tenha permissão de processar requisição no local de estoque selecionado). 4. Confirme os itens com código de barras. Para mudar de requisição sem sair da tela, basta clicar nas setas em destaque. 36

38 Importante Todos os itens de um agrupamento devem estar confirmados, e a quantidade total da dose deve ser confirmada. 5. Medicamentos com controle de número de série: com um duplo clique é possível ver os números de série confirmados 6. Caso seja necessário alterar o número de série, de um duplo clique na linha e realize a alteração. 7. Uma vez que os itens forem confirmados, clique em Processar. A requisição será processada e a etiqueta será emitida 8. Itens Se necessário e A critério médico : na página Prescrições Concluídas, selecione uma prescrição. 9. Selecione os itens do tipo Se necessário e A critério médico. 10. Clique em Requisição Avulsa. Uma nova requisição é gerada com os itens selecionados. 37

39 11. Com a requisição aberta, a enfermagem deverá alterar o tipo de horário para Especial e informar um novo horário para início. 38

40 39

Movimentações de Estoque Versão de Sistema: 11.8.0.0 Setembro 2014 Versão do documento: 4.0

Movimentações de Estoque Versão de Sistema: 11.8.0.0 Setembro 2014 Versão do documento: 4.0 Movimentações de Estoque Versão de Sistema: 11.8.0.0 Setembro 2014 Versão do documento: 4.0 Índice Título do documento 1. Introdução... 3 2. Objetivos... 3 3. Movimentações de Estoque... 3 4. Parâmetros...

Leia mais

Manual Ilustrado Estoque Processos Gerais

Manual Ilustrado Estoque Processos Gerais Dezembro - 2014 Índice Título do documento 1. Objetivos... 3 2. Introdução... 3 3. Etiquetas de Estoque... 4 3.1 Configurando Parâmetros de Impressão... 4 3.2 Imprimindo Etiquetas de Estoque... 4 4. Etiquetas

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Estoque Processos Gerais. 11.8x. março de 2015. Versão: 2.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Estoque Processos Gerais. 11.8x. março de 2015. Versão: 2.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Estoque Processos Gerais 11.8x março de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Objetivos... 3 2 Introdução... 3 3 Etiquetas de Estoque... 4 3.1 Configurando Parâmetros de

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Principais Aletas. 11.8x. março de 2015. Versão: 3.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Principais Aletas. 11.8x. março de 2015. Versão: 3.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Principais Aletas 11.8x março de 2015 Versão: 3.0 1 Sumário 1 Objetivos... 4 2 Introdução... 4 3 Aleta Identificação... 5 3.1 Utilizando a Aleta Identificação...

Leia mais

Manual Ilustrado Repasse de Honorários Médicos

Manual Ilustrado Repasse de Honorários Médicos Junho - 2014 Índice Título do documento 1. Objetivos... 3 2. Introdução... 3 3. Cadastros... 4 3.1. Cadastro de Desconto em Repasse... 4 3.2. Cadastro de Critério Geral de Repasse... 4 3.3. Cadastro de

Leia mais

Versão 2.0.9. Comissão Sobre Produtos... 2. Atualização Automática nas estações de Trabalho... 6

Versão 2.0.9. Comissão Sobre Produtos... 2. Atualização Automática nas estações de Trabalho... 6 FORMULÁRIO DE ATUALIZAÇÕES PARA PRÓXIMA VERSÃO Versão 2.0.9 Conteúdo Alterações realizadas no Software Comissão Sobre Produtos... 2 Atualização Automática nas estações de Trabalho... 6 Atualização de Valores

Leia mais

Prontuário Eletrônico do Paciente Principais Aletas Versão de Sistema: 11.8.0.0

Prontuário Eletrônico do Paciente Principais Aletas Versão de Sistema: 11.8.0.0 Prontuário Eletrônico do Paciente Principais Aletas Versão de Sistema: 11.8.0.0 Novembro 2014 Versão do documento: 4.0 Índice Título do documento 1. Objetivos... 4 2. Introdução... 4 3. Aleta Identificação...

Leia mais

1 DOCUMENTOS FATURÁVEIS

1 DOCUMENTOS FATURÁVEIS 1 DOCUMENTOS FATURÁVEIS O faturamento do posto deve ser ágil e exato, para tanto as funcionalidades básicas que devem ser focadas são as de conferência de documentos e de configuração e validação das informações

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO/UTILIZAÇÃO DO PEDIDO ELETRÔNICO

MANUAL DE INSTALAÇÃO/UTILIZAÇÃO DO PEDIDO ELETRÔNICO MANUAL DE INSTALAÇÃO/UTILIZAÇÃO DO PEDIDO ELETRÔNICO 1. INSTALAÇÃO: Antes de iniciar a instalação do pedido eletrônico, entre em contato com o suporte da distribuidora e solicite a criação do código de

Leia mais

VERSÃO 5.12.0 VERSÃO 5.0.0 FINANCEIRO NEFRODATA ESTOQUE FINALIZAÇÃO: 10 JUN.

VERSÃO 5.12.0 VERSÃO 5.0.0 FINANCEIRO NEFRODATA ESTOQUE FINALIZAÇÃO: 10 JUN. VERSÃO 5.12.0 VERSÃO 5.0.0 FINANCEIRO NEFRODATA ESTOQUE ACD2016 FINALIZAÇÃO: 10 JUN. 13 04 NOV.2014 FEV. 201313 JUN. 2016 PUBLICAÇÃO: Prezado Cliente, Neste documento estão descritas todas as novidades

Leia mais

Manual sistema Laundry 4.0

Manual sistema Laundry 4.0 Manual sistema Laundry 4.0 Sistema para serviços de Lavanderia Comércios Empresa responsável Novacorp informática Fone (41) 3013-1006 E-mail marcio@novacorp.com.br WWW.novacorp.com.br Sumario 1 Este manual

Leia mais

Freedom Software. Sistema de Representação. Freedom Software Sistema de Representação Página 1

Freedom Software. Sistema de Representação. Freedom Software Sistema de Representação Página 1 Freedom Software Sistema de Representação Freedom Software Sistema de Representação Página 1 FREEVENDMOBILE (Sistema de Vendas Mó vel) Sumário INSTALAÇÃO:... 3 O SISTEMA... 7 MENU E BARRAS DO SISTEMA...

Leia mais

Manual Operacional Vendedores

Manual Operacional Vendedores Manual Operacional Vendedores Versão 1.0 Abril/2015 1. ACESSO AO SISTEMA SSE a) Localize em seu Desktop ou menu de acesso o ícone do sistema conforme abaixo. b) Após localizar, clique 2 vezes para acessar

Leia mais

Versão: 2.2.1014 Índice Área: APOIO Área: ASSISTENCIAL Área: ATENDIMENTO Área: CONTROLADORIA Área: FATURAMENTO Área: FINANCEIRO Área: HOTELARIA

Versão: 2.2.1014 Índice Área: APOIO Área: ASSISTENCIAL Área: ATENDIMENTO Área: CONTROLADORIA Área: FATURAMENTO Área: FINANCEIRO Área: HOTELARIA 1 Versão: 2.2.1014 Índice Área: APOIO 2 Área: ASSISTENCIAL 4 Área: ATENDIMENTO 6 Área: CONTROLADORIA 8 Área: FATURAMENTO 8 Área: FINANCEIRO 11 Área: HOTELARIA 11 Área: PLANO DE SAÚDE 12 Área: SADT 12 Área:

Leia mais

Informativo de Versão 18.09cb

Informativo de Versão 18.09cb Informativo de Versão 18.09cb Índice Resulth Business... 3 Movimento Cobrança Eletrônica / Remessa (Chamado 23025)... 3 Movimento Digitação e Emissão NF-e (Chamado 23538)... 4 Cadastro de Produtos (Chamado

Leia mais

Esse produto é um produto composto e tem subprodutos

Esse produto é um produto composto e tem subprodutos Indústria - Cadastro de produtos O módulo indústria permite controlar a produção dos produtos fabricados pela empresa. É possível criar um produto final e definir as matérias-primas que fazem parte de

Leia mais

Manual Espelho de NF para Materiais

Manual Espelho de NF para Materiais Manual Espelho de NF para Materiais Índice 1 Objetivo... 3 2 O Projeto e-suprir... 3 3 Introdução... 3 4 Informações Básicas... 4 4.1 Painel de Controle Vendas... 4 5 Acessando o Pedido... 5 5.1 Lista

Leia mais

SSPlus (8.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 8.0 1

SSPlus (8.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 8.0 1 REA SSPlus 8.0 1 REA Relatório Explicativo de Alterações SSPlus (8.0) Autor : Alana Trindade Criado em 30/09/2015 Impresso Arquivo REA Relatório Explicativo de Alterações Versão 8.0.125a REA SSPlus 8.0

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Prescrição Médica. 12.1.x. julho de 2015. Versão: 4.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Prescrição Médica. 12.1.x. julho de 2015. Versão: 4.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Prescrição Médica 12.1.x julho de 2015 Versão: 4.0 1 Sumário 1 Objetivo... 3 2 Prontuário Eletrônico do Paciente... 3 3 Prescrição Médica... 4 3.1 Nova Prescrição

Leia mais

Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos (Parte 1)

Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos (Parte 1) Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos () Março - 2014 Índice Título do documento 1. Auditoria de Movimentos (ECM) Introdução:... 3 2. Grupos de Usuário (ECM):... 3 3. Colaboradores... 4 4. Configuração

Leia mais

CDV. GID Desmanches. Manual do Usuário. Praça dos Açorianos, s/n - CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (051) 3210-3100 http:\\www.procergs.com.

CDV. GID Desmanches. Manual do Usuário. Praça dos Açorianos, s/n - CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (051) 3210-3100 http:\\www.procergs.com. CDV GID Desmanches Manual do Usuário Praça dos Açorianos, s/n - CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (051) 3210-3100 http:\\www.procergs.com.br Sumário Administração... 1 Favoritos... 12 Fornecedor... 21 Cadastro...

Leia mais

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Processos de Compras Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar 1 Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Controle de Compras... 4 Parametrização... 4 Funcionamento... 4 Processo de Controle...

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br PARÂMETROS DE LANÇAMENTOS PARAMETRIZAÅÇO PARA O MÉDULO LANÅAMENTOS NO SISTEMA ARQUIVO > LANÅAMENTOS > PARÑMETROS E CONFIGURAÅÖES PREENCHIMENTO DAS GUIAS: 1. GUIA IMPOSTOS: a) Contas relacionadas à apuração

Leia mais

Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes do Banco do Nordeste Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB

Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes do Banco do Nordeste Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB Pág. 1 Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB Pág. 2 Instalação o o o o Baixar o Setup v3.5.38.exe disponível no site do BNB Executando o aplicativo aparecerá a imagem abaixo Clique

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Central de Materiais Esterilizados. Versão 1.0

Ajuda On-line - Sistema de Central de Materiais Esterilizados. Versão 1.0 Ajuda On-line - Sistema de Central de Materiais Esterilizados Versão 1.0 Sumário Central de Materiais Esterilizados 3 1 Manual... de Processos - Central de Materiais Esterilizados 4 Fluxos do... Processo

Leia mais

Manual Ilustrado Módulo At. Clínico Agenda, ASOs, Impressos

Manual Ilustrado Módulo At. Clínico Agenda, ASOs, Impressos Manual Ilustrado Módulo At. Clínico Agenda, ASOs, Impressos Março 2014 Indíce Título do documento 1. Objetivo... 3 2. Como utilizar esse material em seus estudos de Atendimento Clínico... 3 3. Introdução...

Leia mais

Manual Ilustrado Gestão de Glosas

Manual Ilustrado Gestão de Glosas Março - 2014 Indíce Título do documento 1. Introdução... 3 2. Objetivos... 3 3. Fluxo do Processo... 4 4. Encerramento de Conta... 4 4.1 Realizando o Encerramento de uma Conta... 4 4.2 Liberando Conta

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Central de Material Esterilizado. 11.8x. março de 2015 Versão: 3.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Central de Material Esterilizado. 11.8x. março de 2015 Versão: 3.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Central de Material Esterilizado 11.8x março de 2015 Versão: 3.0 1 Sumário 1 Objetivos... 4 2 Introdução... 4 3 Cadastros... 5 3.1 Cadastros de Unidades de CME...

Leia mais

Solicitação de Reposição? FS71.1

Solicitação de Reposição? FS71.1 Como Trabalhar com Solicitação de Reposição? FS71.1 Sistema: Futura Server Caminho: Estoque>Reposição>Reposição Referência: FS71.1 Versão: 2015.9.18 Como Funciona: Esta tela é utilizada para solicitar

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Gestão de Contratos. 11.8x. março de 2015. Versão: 2.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Gestão de Contratos. 11.8x. março de 2015. Versão: 2.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Gestão de Contratos 11.8x março de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Objetivos... 3 2 Introdução... 3 3 Cadastro de Condições Contratuais com Convênios... 3 3.1 Guias

Leia mais

1. Funcionalidades da opção SAC 1

1. Funcionalidades da opção SAC 1 PÓS VENDA 1. Funcionalidades da opção SAC 1 1.1 Avarias 2 1.1.1 Dano no produto em transporte 2 1.1.2 Defeito no produto 2 1.2 Devoluções 4 1.2.1 Devolução Desistência 4 1.2.2 Devolução Não fez o pedido

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Configurando o Módulo... 3 Contas... 3 Conta Caixa... 5 Aba Geral... 5 Aba Empresas... 8 Conta Banco... 9 Aba Geral... 9 Aba Conta Banco... 10 Aba Empresas... 12 Tipos de

Leia mais

Para os demais formatos, o relatório será gerado mas virá com configurações incorretas.

Para os demais formatos, o relatório será gerado mas virá com configurações incorretas. Balancete Orçamentário Produto : TOTVS Gestão Patrimonial - 12.1.6 Processo : Relatórios Subprocesso : Balancete Orçamentário Data publicação da : 17/06/2015 O Balancete é um relatório contábil oficial

Leia mais

Manual Ilustrado Gestão de Contratos

Manual Ilustrado Gestão de Contratos Manual Ilustrado Gestão de Contratos Setembro - 2014 Manual Ilustrado - Gestão de Contratos Índice Título do documento 1. Objetivos... 3 2. Introdução... 3 3. Cadastro de Condições Contratuais com Convênios...

Leia mais

Módulo Faturamento INDICE

Módulo Faturamento INDICE Módulo Faturamento INDICE Como faturar contas... 3 Editando os dados de uma conta... 5 Como gerar o arquivo TISS... 7 Como cadastrar médicos... 10 Como cadastrar um convênio... 15 Como cadastrar um layout...

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br PEDIDO ARQUIVO > VENDAS > PEDIDO REALIZAÇÃO E IMPRESSÃO PEDIDOS SOLICITADOS POR CLIENTES. 1. S PRINCIPAIS: a) SAIR: Sai da tela; b) LIMPAR TELA: Limpa a tela para realizar um novo pedido; c) SALVAR: Salva

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Cad. do Menu Cuidados com o Pac. e Campos Complementares. 11.8x. março de 2015. Versão: 2.

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Cad. do Menu Cuidados com o Pac. e Campos Complementares. 11.8x. março de 2015. Versão: 2. TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Cad. do Menu Cuidados com o Pac. e Campos Complementares 11.8x março de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Objetivos... 5 2 Introdução... 5 3 Cadastros Cuidados com o

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO Acesse o site www.teubilhete.com.br, selecione a opção Teu Online, e clique no botão, preencha o formulário com os dados de sua empresa. Reúna duas vias impressas do Contrato

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

SISDEX SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS EXPEDIDOS

SISDEX SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS EXPEDIDOS - MDA - SPOA - CGMI SISDEX SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS EXPEDIDOS MANUAL DO USUÁRIO Administrador do Sistema BRASÍLIA, AGOSTO DE 2007 Versão 1.0 SISDEX SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS EXPEDIDOS

Leia mais

Themis Serviços On Line - Publicações

Themis Serviços On Line - Publicações Nome do documento Guia do Usuário Themis Serviços On Line - Publicações Sumário Introdução:... 3 1 - Cadastro dos Usuários do Themis Serviços On Line:... 3 2 - Acesso ao Sistema Themis Serviços On Line:...

Leia mais

* COMO ACESSAR O SISTEMA?

* COMO ACESSAR O SISTEMA? * OBJETIVO: Possibilitar que os usuários autorizados da SEDUC PA, cadastrem processos e/ou documentos acompanhando o andamento dos mesmos até a sua finalização ou cancelamento. Através deste módulo haverá

Leia mais

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches -

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches - Curso de Capacitação ao Sistema CDV - GID Desmanches - Coordenadoria de Gestão de Desmanches Divisão de Desmanches Conteúdo Módulo 1 Como utilizar o Moodle... 4 Módulo 2 - Acessando o GID CDV... 4 Aula

Leia mais

Passo a Passo do Cadastro Produtos no SIGLA Digital

Passo a Passo do Cadastro Produtos no SIGLA Digital Página 1 de 15 Passo a Passo do Cadastro Produtos no SIGLA Digital O cadastro de produtos permite organizar as informações relativas a produtos e serviços, como grupo, marca, peso, unidades e outros, que

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Relatórios...3 Mix de Compra...3 Peças >> Relatórios >> Mix de Compra Peças...3 Mix de Vendas...4 Peças >> Relatórios >> Mix de Venda Peças...4 Tabela de Preços...6 Peças

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

Informativo de Versão 18.12

Informativo de Versão 18.12 Informativo de Versão 18.12 Índice ERP Posto... 2 Cadastro Contrato de Abastecimento (Chamado 21982)... 2 Resulth Business... 3 Entrada de Produtos (Chamado 24400)... 3 ERP Faturamento... 4 Consulta Preço

Leia mais

Ordem de Serviços. Abaixo será informado o procedimento passo a passo para emissão da ordem de serviço no CIAF.

Ordem de Serviços. Abaixo será informado o procedimento passo a passo para emissão da ordem de serviço no CIAF. Ordem de Serviços. Abaixo será informado o procedimento passo a passo para emissão da ordem de serviço no CIAF. 1 -Abertura da Ordem de Serviços: 1.1 Entre em Serviços + Ordem de Serviço + Abertura de

Leia mais

1223o TUTORIAL PRÉ-VENDA. Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO

1223o TUTORIAL PRÉ-VENDA. Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO 1223o TUTORIAL PRÉ-VENDA Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO TUTORIAL PRÉ-VENDA NO SYSPDV Casa Magalhães Comércio e Representações Ltda O objetivo deste tutorial é apresentar

Leia mais

Passo a Passo dos Relatórios de Venda no Sigla Digital

Passo a Passo dos Relatórios de Venda no Sigla Digital Passo a Passo dos Relatórios de Venda no Sigla Digital Relatório de Vendas Página 1 de 7 Este é um dos principais módulos do Sigla Digital. Utilizado para gerar relatórios das vendas realizadas pelo Orçamento

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line Declaração On Line Manual de Apoio à Utilização do Sistema Manual do Usuário Versão 1.0 INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICANDO-SE NO SISTEMA... 4 EM CASO DE ESQUECIMENTO DA SENHA... 5 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO

Leia mais

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE. Versão 2.2.15

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE. Versão 2.2.15 MANUAL Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE Versão 2.2.15 Sumário 1. Inicializando no sistema... 4 2. Perfil de Emissores do Sistema... 4 3. Analisando os certificados emitidos... 5 3.1. Certificados

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa AMG Manual de Operação Conteúdo 1. Sumário 3 2. Programa

Leia mais

Chamada Pública Procedimentos para utilização da Chamada Pública no sistema SMARam Versão 1.0

Chamada Pública Procedimentos para utilização da Chamada Pública no sistema SMARam Versão 1.0 Chamada Pública Procedimentos para utilização da Chamada Pública no sistema SMARam Marcio Tomazelli Coordenador de Sistemas Gustavo Cezarino Programador Pleno Versão 1.0 Índice Índice...2 Índice de Figuras...2

Leia mais

O AR_AUTOMAÇÃO ou AR_RETAGUARDA, é um programa feito principalmente para o gerenciamento da empresa, neste módulo encontram-se todos os relatórios,

O AR_AUTOMAÇÃO ou AR_RETAGUARDA, é um programa feito principalmente para o gerenciamento da empresa, neste módulo encontram-se todos os relatórios, O AR_AUTOMAÇÃO ou AR_RETAGUARDA, é um programa feito principalmente para o gerenciamento da empresa, neste módulo encontram-se todos os relatórios, parte financeira, entrada de mercadorias entre outros.

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

Aquisição. Manual APC

Aquisição. Manual APC Sumário 1. ORÇAMENTO... 1 1.1 CADASTRO DAS VERBAS...3 1.2 UNIDADE ORGANIZACIONAL...4 1.1.1 Orçamento...6 2. SUGESTÕES DE COMPRA... 1 1.3 ITENS...3 2.1.1 VISUALIZAÇÃO...7 1.4 CONSULTA GERAL E GERAÇÃO DE

Leia mais

GERA GESTÃO E CONTROLE DE TÍTULOS: parte I

GERA GESTÃO E CONTROLE DE TÍTULOS: parte I Olá! Você verá a seguir um importante treinamento que vai facilitar suas atividades diárias! Ao acessá-lo pela primeira vez, procure assistir até o final. Caso não consiga, você poderá reiniciar de onde

Leia mais

Índice 1. INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 6 2. MENU ARQUIVO... 8 3. PRINCIPAIS CADASTROS DO SAGE GESTÃO EMPRESARIAL... 22 1.1.

Índice 1. INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 6 2. MENU ARQUIVO... 8 3. PRINCIPAIS CADASTROS DO SAGE GESTÃO EMPRESARIAL... 22 1.1. Índice 1. INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 6 1.1. Organização do Sage Gestão Empresarial... 7 2. MENU ARQUIVO... 8 2.1. Ajuda e Backup... 8 2.2. Backup Sage Gestão Empresarial... 8 2.2.1. Backup Rede (todas

Leia mais

SIGA Manual -1ª - Edição

SIGA Manual -1ª - Edição SIGA Manual -1ª - Edição ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. MÓDULO DE PROCESSOS 4 3. ACESSO AO SISTEMA 4 3.1 Acessando o Sistema 4 3.2 Primeiro Acesso 5 3.3 Login do Fornecedor 5 o Teclado Virtual 5 o Máquina Virtual

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR ACESSANDO O PORTAL DO PROFESSOR Para acessar o portal do professor, acesse o endereço que você recebeu através da instituição de ensino ou acesse diretamente o endereço:

Leia mais

Parametrização Itens para Movimentação

Parametrização Itens para Movimentação Parametrização Itens para Movimentação Sumário Manutenção Itens... 4 Filtro... 5 Movimentações de Entrada... 8 Movimentações de Saída... 10 Configurações de Inventário de Item... 11 Código de Barras e

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1

2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Grupo Traz todos os produtos pertencentes a determinado Grupo. Utilize [F1] para pesquisar determinado grupo ou informe seu código aqui.

Grupo Traz todos os produtos pertencentes a determinado Grupo. Utilize [F1] para pesquisar determinado grupo ou informe seu código aqui. PEDIDOS/TABELA DE PREÇOS (1.5.6- Definição Dinâmica de Preços Alteração Dinâmica de Preços e outras informações sobre produtos. Esta rotina é uma poderosa ferramenta de gerenciamento de produtos. Filtros

Leia mais

Instalação - Primeiros Passos

Instalação - Primeiros Passos O CIAF Hotelaria, é um sistema que permite ao administrador, gerenciar completamente sua empresa que presta serviço de hospedagem como hotéis e pousadas por exemplo. Facilmente você poderá cadastrar suas

Leia mais

CALEDÁRIO ESCOLAR. Página 1 de 24

CALEDÁRIO ESCOLAR. Página 1 de 24 Página 1 de 24 SISTEMA DE CALENDÁRIO ESCOLAR O Sistema de Calendário Escolar é a primeira etapa de uma grande evolução que ocorrerá nos sistemas de informatização da Secretaria de Estado da Educação. As

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8. março de 2015. Versão: 2.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8. março de 2015. Versão: 2.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8 março de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Objetivos... 4 2 Introdução... 4 3 Cadastros... 5 3.1 Cadastro de Departamentos do Laboratório...

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 4 FUNCIONALIDADE... 4 4.1 Registrar Nota de Entrada... 4 4.1.1 Manual (Entrada das informações manualmente)...

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Recurso de Glosas Eletrônico RGE

Recurso de Glosas Eletrônico RGE Recurso de Glosas Eletrônico RGE Conhecendo o Sistema 2 Acessando o Sistema 3 Para acessar nosso sistema, você deve seguir os seguintes passos : Acesse nosso website : www.sulamerica.com.br Clique na aba

Leia mais

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço Passo a Passo Gestor de Compras Como acessar Como Acessar O acesso ao Sistema se faz através da página da SEPLAG Clicando no Link destacado Como Acessar

Leia mais

Tutorial para emissão de NF-e

Tutorial para emissão de NF-e Tutorial para emissão de NF-e Conteúdo 1.Configuração do Módulo de NF-e... 2 1.1.Códigos Fiscais... 3 1.2.Contas Contábeis... 4 1.3.Conta corrente... 6 2.Emissão de NF-e... 8 2.1.Gerar NF-e... 9 2.2.NF-e

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO DE SOLICITAÇÃO DE FORMULÁRIOS (SASF) USUÁRIOS MUNICIPAIS VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

1º Passo. Página para acessar o FacWeb

1º Passo. Página para acessar o FacWeb Página para acessar o FacWeb 1º Passo O usuário deverá digitar no campo usuário/senha - o CPF e/ou CNPJ / no campo Acesso deve ser preenchido conforme tipo da Clínica, Laboratório e ou médico/ Logo em

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO SISTEMA DE CONTROLE DE BENS MÓVEIS SISPRO VERSAO 4.1 WEB

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO SISTEMA DE CONTROLE DE BENS MÓVEIS SISPRO VERSAO 4.1 WEB PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO SISTEMA DE CONTROLE DE BENS MÓVEIS SISPRO VERSAO 4.1 WEB 11-1 -111 Manual Operacional - WEB 1 DEFINIÇÕES DOS SÍMBOLOS E ÍCONES USADOS

Leia mais

GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS

GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS Sumário 1. Introdução... 2 2. Início Portal Coordenador... 2 2.1. Novos Pedidos... 2 2.2. Pendências... 3 2.3. Menu... 4 2.4. Sair... 4 3. Saldo de Projetos... 5 4. Extrato

Leia mais

P71 Padronização dos distribuidores Ford

P71 Padronização dos distribuidores Ford P71 Padronização dos distribuidores Ford Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Introdução... 3 Avaliação de Seminovos... 3 Anexo de Documento

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br CURVA ABC RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo. Este documento

Leia mais

Ter o controle das pastas (Prontuários) armazenadas no "SAME", utilizando-se do recurso do "Volume".

Ter o controle das pastas (Prontuários) armazenadas no SAME, utilizando-se do recurso do Volume. Page 1 of 31 184771 Módulo: AMAP - SAME PDA 184771: Controle do Arquivamento de Pastas do SAME. SOLICITAÇÃO DO CLIENTE Ter o controle das pastas (Prontuários) armazenadas no "SAME", utilizando-se do recurso

Leia mais

Monitor de Comercialização Ofertante. Última Atualização 12/11/2015

Monitor de Comercialização Ofertante. Última Atualização 12/11/2015 Monitor de Comercialização Ofertante MT 43-1-00015-0 Última Atualização 12/11/2015 Índice I Como acessar um Leilão II Informações básicas III Anexos IV Como inserir subitens V Emissão de Relatórios VI

Leia mais

SUPRIMENTOS. Detalhamento de Processos. Entrada de Nota Fiscal. Menu Movimento/Entrada via/nota Fiscal

SUPRIMENTOS. Detalhamento de Processos. Entrada de Nota Fiscal. Menu Movimento/Entrada via/nota Fiscal SUPRIMENTOS Detalhamento de Processos Entrada de Nota Fiscal Menu Movimento/Entrada via/nota Fiscal Para realizar a Entrada via Nota Fiscal: - Informar número e série da nota fiscal - Selecionar através

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Novo Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador no atendimento aos beneficiários

Leia mais

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Sumário 1. Ambiente Group Shopping... 3 2. Alteração na Tela de Contratos e Controle de Edições... 7 3. Propagação de Contratos... 10 4. Configuração de Impressora

Leia mais

1. Release 10.2/11-06 - 2015... 7 1.1 Instalação/ Logix Update 10.2/11-06 - 2015... 7 1.2 Inovação 10.2/11-06 - 2015... 9 1.2.

1. Release 10.2/11-06 - 2015... 7 1.1 Instalação/ Logix Update 10.2/11-06 - 2015... 7 1.2 Inovação 10.2/11-06 - 2015... 9 1.2. TOTVS 1. Release 10.2/11-06 - 2015.................................................................................... 7 1.1 Instalação/ Update 10.2/11-06 - 2015...................................................................

Leia mais

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 MANUAL DE USO DO SISTEMA GOVERNO DIGITAL ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 2.0. SOLICITAÇÕES DE AIDF E AUTORIZAÇÃO DE EMISSÃO DE NOTA

Leia mais

Apresentação... 1. 1. Procedimentos iniciais... 1. 2. Novo Pagamento... 4. 3. Manutenção... 5. 4. Assinatura... 6

Apresentação... 1. 1. Procedimentos iniciais... 1. 2. Novo Pagamento... 4. 3. Manutenção... 5. 4. Assinatura... 6 Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 1 2. Novo Pagamento... 4 3. Manutenção... 5 4. Assinatura... 6 5. Baixar pagamentos de borderôs/ cheques... 7 6. Imprimir... 7 7. Estornar... 8 Apresentação

Leia mais

MANUAL DEVOLUÇÃO INTEGRADA

MANUAL DEVOLUÇÃO INTEGRADA MANUAL DEVOLUÇÃO INTEGRADA Atualizado em Janeiro/2016 1 INTRODUÇÃO As devoluções de mercadorias ocorrem de DUAS formas: A) Caixa Aberta. Significa devolução de um ou mais itens de um determinado pedido.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Ao iniciar o Finanças 2000, você será solicitado a modificar ou confirmar a Data e Hora do sistema, quando aparecer a tela abaixo.

MANUAL DO USUÁRIO. Ao iniciar o Finanças 2000, você será solicitado a modificar ou confirmar a Data e Hora do sistema, quando aparecer a tela abaixo. MANUAL DO USUÁRIO Ao iniciar o Finanças 2000, você será solicitado a modificar ou confirmar a Data e Hora do sistema, quando aparecer a tela abaixo. 1. Modifique a data e hora e lique em Confirmar, ou

Leia mais

Identificação da Empresa

Identificação da Empresa Identificação da Empresa MT-611-00001-13 Última Atualização 04/03/2015 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Preencher em Identificação os dados básicos, itens e as localidades

Leia mais

MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE

MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE C o n t r o l e E m p r e s a r i a l MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE s i s t e m a s SUMÁRIO INTRODUÇÃO CONCEITOS... 3 ENTRADA DIRETA DE PRODUTOS... 3 INCLUSÃO DE FORNECEDORES E CLIENTES...

Leia mais

ALTERAÇÃO ICMS MEDICAMENTOS GENÉRICOS NO ESTADO DE SÃO PAULO

ALTERAÇÃO ICMS MEDICAMENTOS GENÉRICOS NO ESTADO DE SÃO PAULO ALTERAÇÃO ICMS MEDICAMENTOS GENÉRICOS NO ESTADO DE SÃO PAULO Lei nº 6.005/2015 Versão (1.0) Histórico de Revisões DATA VERSÃO 19/02/2016 1.0 DESCRIÇÃO (PROJETO) Desenvolvimento do documento. AUTOR Estéfano

Leia mais

1º No módulo de Gestão Contábil é possível acessar o relatório através do menu Relatórios Razão.

1º No módulo de Gestão Contábil é possível acessar o relatório através do menu Relatórios Razão. Impairment Produto : TOTVS Gestão Contábil 12.1.1 Processo : Relatórios Subprocesso : Razão Data publicação da : 12/11/2014 O relatório razão tem a finalidade de demonstrar a movimentação analítica das

Leia mais

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site.

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Atenção: Os dados que aparecem nas imagens abaixo, são meramente ilustrativos, naturalmente os dados que devem ser visualizados,

Leia mais

Manual do Módulo. MerchNotas

Manual do Módulo. MerchNotas Manual do Módulo MerchNotas Bento Gonçalves (RS), Agosto de 2010 Índice 1. Introdução... 4 2. Menu Entrada de Notas... 5 2.1. Entrada de Notas (F11)... 5 2.2. Entrada de Notas NFe (F12)... 8 2.3. Apuração

Leia mais

Processo: Vendas. Acesso. Motivação. Parâmetros. Nome do Processo: Faturamento de Serviço (licenciado) - emissão NF Eletrônica Serviço

Processo: Vendas. Acesso. Motivação. Parâmetros. Nome do Processo: Faturamento de Serviço (licenciado) - emissão NF Eletrônica Serviço Desenvolvimento 26700 Versão 2006 Release 96 Autor Francisca Cruz Processo: Vendas Nome do Processo: Faturamento de Serviço (licenciado) - emissão NF Eletrônica Serviço Acesso Vendas Movimentações Motivação

Leia mais