MARCO CIVIL DA INTERNET

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MARCO CIVIL DA INTERNET"

Transcrição

1 Maio/2014 Ano 37 - nº 335 CONHECIMENTO Negócios em família Como as empresas familiares devem tratar a sucessão ESTILO Gentileza Corporativa Bom relacionamento pode ser ótimo para os negócios MARCO CIVIL DA INTERNET Saiba como a nova lei que estabelece direitos e deveres na rede afeta usuários e empresas

2 SEJA O PROFISSIONAL REQUISITADO PELAS ORGANIZAÇÕES O Sistema CFA/CRAs abre um novo caminho para o aprimoramento e a valorização dos Administradores e Tecnólogos. Com a Certificação Profissional em Recursos Humanos, seu currículo ganha um novo referencial de qualidade profissional que vai facilitar o desenvolvimento da sua carreira e as suas conquistas no mercado de trabalho. COMPETÊNCIA COMPROVADA, ADMINISTRAÇÃO VALORIZADA. CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL SISTEMA CFA/CRAs Recursos Humanos Visite o site certificacao.cfa.org.br e saiba mais sobre o Programa que coloca em evidência os melhores profissionais.

3 Editorial O uso consciente da Internet Nos últimos meses, no vasto elenco de acontecimentos, um tema se destaca: o debate sobre a regulamentação da internet no Brasil tomou conta do noticiário. Desde que o chamado Marco Civil da Internet foi aprovado, a discussão tem se ampliado na sociedade. Vozes contra e a favor da lei surgem diariamente. Afinal o cortejo de novidades que traz para o internauta não é pequeno. Sem dúvida, é importante estabelecer direitos e deveres para a rede, acessada por 105 milhões de brasileiros, segundo dados do IBOPE de Porém, tão importante quanto a própria lei, é informar as pessoas sobre o uso consciente da internet. Qual o significado e o propósito? Os impasses e as vantagens? Discutir e explicar o Marco Civil da Internet e como ele afeta usuários e empresas de forma geral foi o objetivo desta edição de nossa revista. Existem razões para uma visão positiva à primeira vista. Entre os pontos mais relevantes da lei estão a garantia do direito à privacidade dos usuários, com a inviolabilidade e sigilo de suas comunicações pela Internet; o não-fornecimento de informações de acesso dos usuários à terceiros, por parte dos provedores, a menos que haja consentimento do internauta; e o armazenamento dos registros de sites de buscas, s e outros dados, por apenas seis meses. Antes, eram três anos. É um assunto relativamente novo e se trata apenas de um começo que exige um aprofundamento técnico. Qualquer julgamento definitivo pode ser precipitado. Precisamos lembrar que estamos falando sobre um ambiente volátil e que sofre constantes mudanças. É papel da sociedade como um todo, e também do administrador, acompanhar essa evolução para tornar a internet um espaço cada vez mais confiável, o que nos dá algumas razões para uma visão positiva da lei. É um assunto relativamente novo e se trata apenas de um começo que exige um aprofundamento técnico. Qualquer julgamento definitivo pode ser precipitado Outro ponto delicado, e não totalmente definido, já que a lei ainda passará por uma regulamentação, é a questão da fiscalização. O modo como ela irá funcionar ainda será determinado, para garantir que as empresas estão armazenando os dados em ambientes seguros e que a pessoa que teve seus dados coletados esteja sendo informada corretamente sobre o que está sendo feito com eles, e isso nunca é demais lembrar. As punições, por sua vez, já estão previstas: desde uma simples advertência, até a suspensão das atividades Será preciso ver como a lei caminhará e de que modo usuários, empresas e instituições irão se adaptar a ela. Somente então poderemos saber até que ponto se trata de um benefício do qual toda a sociedade poderá usufruir. MARCELO MARQUES Adm. Walter Sígollo Presidente do Conselho Regional de Administração de São Paulo - CRA-SP 3

4 facebook.com/ oficial.crasp twitter.com/ cra_sp Presidente Administrador Walter Sigollo Diretoria Adm. José Alfredo Machado de Assis Vice-presidente Administrativo Adm. Milton Luiz Milioni Vice-presidente de Relações Externas Adm. Alberto Emmanuel de Carvalho Whitaker Vice-presidente de Planejamento Adm. Hamilton Luiz Corrêa Vice-presidente para Assuntos Acadêmicos Adm. Teresinha Covas Lisboa 1ª Secretária Adm. Roberto Carvalho Cardoso 2ª Secretário Adm. Antonio Geraldo Wolff 1º Tesoureiro Adm. Álvaro Augusto Araújo Mello 2º Tesoureiro Conselheiros Arlindo Vicente Junior, Carlos Antonio Monteiro, Edgar Kanemoto, Luiz Carlos Marques Ricardo, Luiz Carlos Vendramini, Marco Antônio Sampaio de Jesus, Nelson Reinaldo Pratti, Rogério Góes, e Silvio Pires de Paula (representante do CRA-SP no CFA) Conselho Editorial Coordenador: José Alfredo Machado de Assis. Integrantes: Hamilton Luiz Corrêa, Luiz Carlos Marques Ricardo, Luiz Carlos Vendramini, Milton Luiz Milioni, Roberto Carvalho Cardoso, Teresinha Covas Lisboa e Maria Cecilia Stroka Redação Editora-chefe Maria Cecilia Stroka (Mtb ) Editor Mauricio Duarte Repórter Marcos Yamamoto Estagiários Wanessa Santos Alex Dias Publicidade Publicidade Nominal Representações Diagramação e arte Propagare Comercial Ltda. Impressão Plural Editora e Gráfica Ltda. Tiragem exemplares A RAP é uma publicação mensal do Conselho Regional de Administração de São Paulo (CRA-SP), órgão regulamentador da profissão de administrador, sob a responsabilidade do seu Conselho Editorial. As reportagens não refletem necessariamente a opinião do CRA-SP. Rua Estados Unidos, 889 Jd. América SP Tel.: (11) SÃO JOSÉ DO RIO PRETO PRESIDENTE PRUDENTE BAURU SOROCABA RIBEIRÃO PRETO CAMPINAS SANTOS GRANDE SÃO PAULO SÃO JOSÉ DOS CAMPOS Seccionais CRA-SP Seccional de Bauru Delegado: Adm. William Lisboa Simas Coordenador Regional: Adm. Carlos Eduardo Sperança Rua Rio Branco, 15-15, sala 31, Centro Bauru - SP Tel.: (14) Seccional de Campinas Coord. Regional: Adm. Elcio Eidi Itida Rua Maria Monteiro, 830, cj. 53, Cambuí Campinas SP Tel.: (19) Seccional de Presidente Prudente Analista: Adm. Manoel Barreto de Souza Assistente: Mônica Costa Rodrigues de Oliveira Av. Cel. José Soares Marcondes, 871, sala 132, Bosque Presidente Prudente - SP Tel.: (18) Seccional de Ribeirão Preto Delegado: Adm. Marcos Silveira Aguiar Coordenadora Regional: Adm. Fátima Angélica R. Moura Av. Braz Oláia Acosta, 727, cj Jardim Califórnia Ribeirão Preto - SP Tel.: (16) Seccional de Santos (Baixada Santista e Vale do Ribeira) Coordenadora Regional: Adm. Renata Farias Pizarro Busch Av. Ana Costa, 296, sala 14, Campo Grande Santos - SP Tel.: (13) Seccional de São José do Rio Preto Coordenador Regional: Adm. Eduardo Gomes de Azevedo Junior Rua Imperial, 59, salas 1 e 2, Vila Imperial São José do Rio Preto - SP Tel.: (17) Seccional de São José dos Campos (Vale do Paraíba e Litoral Norte) Coordenador Regional: Adm. Dejair Dutra de Souza Rua Euclides Miragaia, 700, sala 25, Centro São José dos Campos - SP Tel.: (12) Seccional de Sorocaba Coordenadora Regional: Aida Rodrigues Avenida Antônio Carlos Comitre, 510, sala 86, Parque Campolim Sorocaba - SP Tel.: (15)

5 Especialistas falam sobre os diversos aspectos da arriscada sucessão em empresas familiares e dão dicas de como proceder em Conhecimento GETTY IMAGES Sumário 3 Editorial 6 Perfil Deborah Vieitas, primeira mulher na presidência da ABBI GETTY IMAGES Gentileza também cabe nas relações entre clientes e empresas e mesmo dentro das organizações em Estilo 10 Capa Marco Civil da Internet Saiba como a nova lei irá afetar no cotidiano de usuários, empresas e instituições 16 Conhecimento Passando o Bastão Os melhores caminhos para a sucessão em empresas familiares Marco Civil da Internet estabelece direitos e deveres para a web no Brasil. Entenda o que diz a lei e como se aplica a usuários e empresas em Capa getty images 20 Na Prática Tecnólogos Cursos superiores ganham força como opção rápida 24 Estilo Gentileza Corporativa Saiba qual é o papel do Administrador no encantamento do público-alvo 28 Notícias Encontro de estudantes no CRA- SP, premiação, Copa do Mundo e tecnologia 34 Opinião Adm. Edmir Kuazaqui

6 Perfil por Mauricio Duarte Mulher de fibra Deborah Vieitas, homenageada pelo CRA-SP, fala nesta entrevista sobre os desafios da carreira no mercado financeiro e do papel da mulher como executiva Homenageada com a distinção Administrador Destaque, concedida pelo CRA-SP, Deborah Vieitas é uma desbravadora. Em entrevista à RAP, ela conta sobre o desafio de ser a primeira mulher na presidência da ABBI (Associação Brasileira de Bancos Internacionais) e como implementou do zero no Brasil a subsidiária da Caixa Geral de Depósitos, maior banco português, controlado pelo Governo de Portugal. Formada em Administração Pública pela EASP da Fundação Getúlio Vargas e em Jornalismo pela Universidade de São Paulo, na década de 80 concluiu seu curso de Mestrado em Economia Internacional na FGV e, em seguida, mudou- -se para a França onde obteve seu doctorar de 6

7 3eme cycle na prestigiosa ENA École Nationale d'administration em Paris. Sua experiência com outras culturas foi determinante em sua trajetória, que conta também com passagens pela área pública. Na carreira, não foi por acaso que nos últimos 25 anos trabalhei em instituições financeiras estrangeiras. A capacidade de entender diferenças culturais e com elas conviver e integrar à cultura brasileira foram determinantes, diz. No final dos anos 80, por sua formação franco- -brasileira, Deborah foi recrutada pelo CCF Credit Commercial de France no Brasil, onde iniciou sua carreira como Gerente de Trade Finance e da Captação Externa. Após 12 anos, era Diretora Vice-Presidente encarregada de diversas áreas, entre elas Corporate Banking, Trade Finance e Câmbio e Debt Capital Markets. Durante esse período, atuou de forma destacada contribuindo para o crescimento significativo dos ativos no mercado brasileiro da subsidiária do banco francês até o final da década de Graças a seu prestígio junto ao Credit Commercial de France e, como reconhecimento à sua participação no desenvolvimento das relações econômicas franco-brasileiras, Deborah Vieitas recebeu do Governo francês a cidadania francesa, assim como seus filhos. Em 2000, Deborah Vieitas foi recrutada pelo BNP Paribas, um dos dez maiores bancos do mundo, como Diretora Vice Presidente de subsidiária brasileira, encarregada das áreas Corporate Banking, Financiamentos Estruturados e Atendimento a Instituições Financeiras. Na entrevista, Deborah analisa também o cada vez mais importante papel da mulher em um mercado de trabalho tão competitivo e frequentemente dominado por homens. Acho que o espaço da mulher no mercado financeiro só tem crescido, porque as mulheres tem se preparado seriamente para isso, analisa. Para Deborah, a formação em administração permite atuar em diversas áreas de maneira competente, o que foi uma vantagem em sua carreira. Ela comenta ainda sobre as expectativas de crescimento do país e o cenário no mercado financeiro dentro e fora do Brasil. RAP: Fale um pouco do desafio de começar do zero toda a estrutura do Banco Caixa Geral- -Brasil no país. Deborah Vieitas: Acho que é o mesmo desafio Deborah Vieitas, primeira presidente mulher da ABBI, foi homenageada pelo CRA-SP 7

8 Perfil que enfrenta qualquer empreendedor ao montar uma start up, fazer um pouco de tudo ao mesmo tempo-enquanto resolve questões de ordem prática tem que iniciar a implantação da estratégia de negócios e de relacionamentos necessárias para o sucesso do negócio, além da estrutura de produção. Uma das grandes diferenças é que, além de atender às expectativas dos acionistas em termos de desenvolvimento e resultados, temos uma autoridade de regulação, o Banco Central do Brasil, que é muito exigente e que acompanha com muita proximidade a evolução do negócio, sempre focado na manutenção da solidez do sistema financeiro. RAP: Você teve passagens importantes pela área pública. Qual sua avaliação sobre esse período? Qual o maior entrave da administração na área pública? Deborah Vieitas: Ter trabalhado na área pública sempre foi para mim prazeroso por representar uma contribuição para o aprimoramento do Estado e, portanto, parte do meu papel social como cidadã. No entanto, a dinâmica do setor público é muito influenciada pelos ciclos de cada governo eleito, fazendo com que o tema da continuidade de projetos com longa maturação, independentemente da sua qualidade, sejam difíceis de serem conquistados. Exemplo: transposição do Rio São Francisco. Além disso, na administração direta, cada novo governo entende como essencial se diferenciar do anterior e ou começa passando a borracha, ou quando muito passando a tesoura. RAP: Você tem formação acadêmica e profissional também fora do país, especialmente na França. Sua vivência internacional ajudou de que forma em sua carreira? Deborah Vieitas: Ela foi fundamental na minha vida pessoal por ter ampliado meus horizontes dramaticamente. Na carreira, não foi por acaso que nos últimos 25 anos trabalhei em instituições financeiras estrangeiras. RAP: Como primeira mulher a assumir a presidência da ABBI (Associação Brasileira de Bancos Internacionais), como você enxerga o No encontro com o Conselho de Administração, Deborah falou sobre os desafios de atuar no mercado financeiro 8

9 papel da mulher no mercado financeiro? Nesse mercado, é importante uma formação como a sua, em administração? Deborah Vieitas: Acho que o espaço da mulher no mercado financeiro só tem crescido, porque as mulheres tem se preparado seriamente para isso. A formação em administração tem um viés muito interessante, que é o de permitir atuar em diversas áreas de uma empresa, seja ela financeira ou não. RAP: Você acredita que o número de mulheres que ocupam papéis de liderança na sociedade e na economia está aumentando de uma forma geral? Isso se deve a que? Deborah Vieitas: Tenho convicção de que o número de mulheres ocupando papéis de liderança está aumentando por razões econômicas, pela melhora da autoestima das mulheres adquirida através do trabalho e, talvez, porque as mulheres estejam finalmente absorvendo que no mundo atual, os papéis clássicos de homem e mulher estão em evolução. O homem não tem que ser o único "provedor" da família, nem o maior. Com muita fibra e muita garra, as mulheres estão dando adeus à Cinderela e indo à luta. RAP: O mercado financeiro assusta as pessoas? É um campo difícil de ser bem sucedido? Deborah Vieitas: O mercado financeiro tem, de fato, alguns segmentos de atividades onde o ambiente de trabalho é muito competitivo e, frequentemente, muito agressivo. É necessário uma boa dose de autoconhecimento para saber se você conviverá bem nesse tipo de ambiente. Ser bem sucedido, para mim, deve ser algo visto numa perspectiva mais holística. O aspecto profissional é apenas um dos que compõem a nossa vida. Uma boa carreira profissional é função de aspectos muito clássicos: boa formação, muita determinação e dedicação, maturidade, e estar no lugar certo na hora certa. RAP: Você diz que se considera uma pessoa competitiva, obviamente sempre respeitando os limites do próximo. Competitividade é uma característica essencial para o mercado? Quais as características mais relevantes na sua opinião. E para o administrador? Deborah Vieitas: Ser competitivo é o que nos tira da zona de conforto, é acreditar que dá para fazer mais e melhor. Acho que é uma característica positiva se bem administrada, em qualquer atividade. RAP: Sua trajetória demonstra que você é uma profissional com habilidades diversas, para atuar em diferentes áreas. Esse caráter multifacetado é uma exigência dos tempos modernos? Você diria que a formação do administrador contribui para isso? Deborah Vieitas: Acho que o mundo se tornou mais complexo e que pessoas com formação ou experiência diversificada respondem bem a essa situação. Acho que a formação de administrador responde muito bem aos tempos modernos. RAP: De acordo com dados do Banco Central (BC), as instituições estrangeiras terminaram 2013 responsáveis por 15,5% das operações de crédito no Brasil. A tendência é aumentar em 2014? Deborah Vieitas: A tendência é aumentar, mas não acredito em um crescimento muito grande, na medida em que essa não é a expectativa que temos hoje para o crescimento do país em RAP: A entrada das instituições estrangeiras no mercado brasileiro está mais fácil? Por quê? Deborah Vieitas: Não houve alteração substancial na regulamentação que autoriza a entrada de instituições estrangeiras, o que está havendo é um interesse crescente em estar nesse grande mercado, com instituições estáveis e democráticas e onde os investidores estrangeiros encontram remuneração adequada. RAP: Como você vê a economia brasileira atualmente e que projeção faz para o futuro? Deborah Vieitas: No longo prazo, as perspectivas continuam sendo positivas, pois temos todos os fatores a favor. Meu receio é o de que percamos a vantagem do bônus demográfico, e a esperança de um crescimento maior e uma sociedade mais igualitária se desvaneça nas nossas tradicionais mazelas. No curto prazo, ou seja, nos próximos 18 meses, nosso ritmo de crescimento me parece bem comprometido ao patamar de 2%. 9

10 Conhecimento Capa por Gilberto Mauricio Amendola Duarte GETTY IMAGE GETTY IMAGE 10

11 Marco Civil da Internet muda relação de usuários e empresas com a rede Saiba como a nova lei que estabelece direitos e deveres na rede irá afetar o cotidiano de usuários, empresas e instituições Desde o final de abril, quando foi aprovada a lei do Marco Civil da Internet, muito se tem discutido sobre os efeitos que ela produzirá na sociedade brasileira. Assunto ainda restrito mais a especialistas do que ao grande público, a segurança na rede mundial de computadores começa a ser debatida de forma mais ampla. O desafio, daqui em diante, é entender o que significa essa nova lei, como ela irá afetar usuários e empresas e o que é preciso fazer para se adequar a ela. O texto, que começou a ser estruturado em outubro de 2009, visa a regulamentar a Internet no Brasil, ambiente que, com aproximadamente 18 anos no país, ainda não possuía regu- lamentações. O Marco Civil da Internet equivale a uma "Constituição", com direitos, deveres e garantias dos internautas e empresas ligadas à web. Em 2013, após denúncias sobre espionagem nos EUA, o governo federal enviou pedido à Câmara para que o projeto tramitasse em regime de urgência constitucional. O texto foi aprovado no último dia 25 de março pela Câmara dos Deputados e está focado em três pilares: privacidade, liberdade de expressão e a neutralidade da rede. Entre os pontos mais relevantes da proposta estão a garantia do direito à privacidade dos usuários, que envolve a inviolabilidade e sigilo de suas comunicações pela Internet; o não-fornecimento de 11

12 Capa Adm. Alberto Luiz Albertin, Coordenador do Centro de Tecnologia e Informação Aplicada (GVCIA) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP) DIVULGAÇÃO informações de acesso dos usuários à terceiros, por parte dos provedores, a menos que haja consentimento do internauta; e o armazenamento dos registros de sites de buscas, s e outros dados, por apenas seis meses. Antes, eram três anos. A RAP fez uma pesquisa para saber o que os administradores pensam sobre o tema, propondo a seguinte questão: você acha que o usuário está mais protegido com a nova lei? A enquete recebeu 399 respostas, sendo que 37% dos participantes acre- ditam que a segurança aumentará, enquanto 34% acreditam que não. Os 29% restantes ainda não tem uma opinião formada sobre o assunto. O primeiro ponto que o usuário vai sentir, no aspecto mais prático, já nos próximos meses, vai ser uma simplificação dos termos de uso. Aqueles contratos que todo mundo dá ok sem ler, normalmente são bem complexos, chatos. Isso será feito de uma forma mais fácil e clara. O segundo ponto é que o usuário vai receber mais informações do que está sendo feito com os dados que vem sendo coletados nas operações de uso da internet no dia a dia, explica o Doutor Renato Opice Blum, advogado especializado em direito eletrônico. Outro princípio importante do projeto é a garantia da chamada neutralidade da rede, que prevê que o tráfego de qualquer dado deve ser feito com a mesma qualidade e velocidade, sem discriminação, sejam dados, vídeos, etc. Se essa neutralidade não fosse garantida, a internet poderia funcionar como uma TV a cabo: os cidadãos pagariam determinado valor para acessar redes sociais e outro para acessar vídeos, por exemplo. Afetando a todos Com a nova lei, todo o ambiente da internet foi afetado. Isso inclui empresas, especialmente os provedores de conteúdo e também quem trabalha com comércio virtual. Basicamente, todo e qualquer tipo de interação na rede estará sob o manto da nova regulamentação. Para o professor Administrador Alberto Luiz Albertin, Coordenador do Centro de Tecnologia e Informação Aplicada (GVCIA) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP), as empresas, principalmente as grandes e médias, não irão sofrer um impacto significativo em termos de reestruturação de tecnologia, ou mesmo de investimento. Potencialmente, eu não vejo a curto prazo um efeito específico direto para as empresas. É o ambiente que começa a ficar um pouco mais regulável ou confiável. Isso indiretamente vai afetar Ricardo Opice Blum, especialista em direito eletrônico DIVULGAÇÃO 12

13 Atualmente, 105 milhões de pessoas acessam a internet no Brasil, segundo dados do IBOPE de Segundo a Anatel, em 2014 os acessos móveis de banda larga, feitos a partir de celulares, smartphones e tablets, chegaram a 106 milhões. as empresas, mas acho que mais como contexto do que como o ato específico. Ao deixar mais clara a responsabilidade do que pode ser penalizado ou não, o que é devido ou não, o ambiente tende a se tornar mais confiável para ambos os lados. Seja para o indivíduo consumidor, seja para quem está na rede social, seja para as empresas que vendem, que expõem sua marca a todos, conta. Ricardo Vieira da Silva, analista programador de e-commerce da Ultrafarma, que atua fortemente na venda de medicamentos pela internet e é líder em seu segmento no país, acha que a lei afeta positivamente os negócios da empresa, por tornar mais claros os papéis e as responsabilidades de cada parte. O impacto disto nos negócios é o fortalecimento de nossa compreensão de que o e-commerce no Brasil atinge um novo grau de amadurecimento, possibilitando o aumento da importância desse segmento dentro dos negócios da empresa, opina. Ainda segundo ele, a segurança da rede diminui a desconfiança do consumidor, resultando em melhores oportunidades de negócio. Inclusive, já prevendo esse cenário, a empresa se preparou para a nova lei. Nos preparamos para incluir em todos os projetos as melhores práticas em nível mundial de governança, segurança e atendimento, de maneira que hoje temos os frutos e a tranquilidade de estarmos alinhados com o que se estabeleceu com o Marco, diz. Basicamente, a principal mudança para as empresas será a de ter a obrigação de armazenar dados amparada por uma lei, que ainda irá prever sanções para quem descumpri-la. Isso implica em uma organização mais permanente de informações coletadas. Portanto, será necessário, no mínimo, estar mais atento à governança de TI e orientar quem trabalha diretamente com tecnologia sobre as novas diretrizes. As empresas terão que atualizar e mudar a redação de seus contratos de termos de uso de internet. Empresas que interagem na rede, coletam dados, terão uma readequação. E tem o ponto da guarda dos registros das pessoas que acessam esses sites. Eles vão ter que guardar isso por seis meses (já tinham que guardar por três anos, embora muitos não fizessem), mas agora está claro e específico na lei, diz Renato. Essa tecnologia de armazenar dados é bem difundida. As que não estão habituadas irão precisar de esforço. Mais esforço do que investimento. Vai de a empresa se preparar, mudar seu processo interno. Um pouco mais de dúvida é se eu tiver que tirar a informação, se tiver que mostrar para uma auditoria, para a justiça, as empresas vão ter que se ajustar. Do ponto de vista da tecnologia, isso não é Ricardo Vieira da Silva, analista programador de e-commerce da Ultrafarma DIVULGAÇÃO 13

14 Capa DIVULGAÇÃO Carol Conway, diretora de assuntos regulatórios do UOL (Universo Online) um grande problema. Ter um banco de dados, demonstrar que está lá, não é um grande problema. É uma questão de boa vontade, de obrigação de fazer, corrobora Alberto. De acordo com a Doutora Carol Conway, diretora de assuntos regulatórios do UOL (Universo Online), maior empresa brasileira de conteúdo e serviços de internet, a nova lei trata de manter a rede como está, mas sob a tutela de uma regulamentação. O Marco Civil da Internet se preocupa em garantir que a rede permaneça como nasceu. Neste sentido, confere maior segurança jurídica e afeta positivamente os negócios do UOL. E como o UOL trabalha em consonância com os princípios estabelecidos na lei, os impactos não são significativos, afirma. O Administrador Raphael Pereira, gerente dos Centros de Operações de Segurança da Arcon e especialista em segurança da informação, reitera que as empresas irão precisar de um controle maior das informações, com fiscalização permanente. Principalmente as que trabalham com e-commerce, que gerem dados de clientes. O ideal seria que toda empresa se antecipasse aos cenários e trabalhasse de forma proativa, principalmente quando se fala em proteção e privacidade de dados. Porém, as que não o fizeram ainda, devem agir e direcionar investimentos para se adequar à nova realidade, diz. Fernando de la Riva, diretor- -executivo da Concrete Solutions, consultoria de TI global especializada em desenvolver negócios digitais, é uma voz dissidente sobre o tema. Segundo ele, o Brasil não precisava de um marco regulatório. Antes, seria necessário atualizar o Código Civil, o Código de Defesa do Consumidor e o Código da Criança e do Adolescente. Temos um excesso de leis, redundantes e mal compreendidas em uma tendência regulatória que ajuda a aumentar o custo Brasil, relata, alertando para custos adicionais para empresas. Caso você seja um provedor de serviço ou de conexão para internet, deverá implementar políticas de guarda de manutenção de dados de acesso e conexão, o que gera custos e responsabilidades adicionais. De acordo com Fernando, a neutralidade da rede é um bom conceito, mas deveria ser tratada com livre concorrência, dada a dificuldade de implementação. O Marco Civil ignora que existe uma quantidade limitada de banda disponível e que usuários e serviços diferentes deveriam ter um tratamento diferente por um mesmo provedor. Isso porque, sem essa diferenciação, estaríamos garantindo, devido à escassez, que todos os usuários tivessem uma experiência de uso ruim, o que obviamente não é a intenção dos reguladores, mas é um efeito real da dificuldade de regulação do conceito, opina. A lei ainda passará por um processo de regulamentação, em que pontos serão afinados. Além disso, será determinado Adm. Raphael Pereira, gerente dos Centros de Operações de Segurança da Arcon DIVULGAÇÃO 14

15 PRINCIPAIS PONTOS DO MARCO CIVIL 1 Operadoras podem somente vender pacotes que limitem a quantidade de dados e velocidade da conexão. Não é permitido discriminar por conteúdo específico, como vídeo, imagem ou texto. 2 O registro dos serviços prestados deve ser armazenado por operadoras e sites de maneira segura por seis meses. As informações têm que ser sigilosas e podem ser disponibilizadas somente mediante pedido da Justiça. 3 Um site não é responsável sobre o que for publicado por seus usuários (redes sociais, por exemplo), mas é obrigado a retirar o conteúdo desde que isso seja determinado pela Justiça. Caso não cumpra a determinação, pode ser punido. de que modo a fiscalização irá funcionar para garantir que as empresas estão armazenando os dados em ambientes seguros e que a pessoa que teve seus dados coletados esteja sendo informada corretamente sobre o que está sendo feito com eles. As punições, inclusive, já estão previstas: começa com uma advertência, depois passa para a multa que pode ser de 10% do faturamento, até a supressão das atividades. DIVULGAÇÃO Fernando de la Riva, diretor-executivo da Concrete Solutions, consultoria de TI global Previne ou remedia? Uma confusão que existe em torno do Marco Civil é se ele é uma lei que mais previne ou remedia situações de risco na web. A lei melhora a questão da proteção de dados de forma bem superficial, previne com relação à neutralidade e retrocede com relação à investigação, diz Renato. Isso porque a vítima de um crime virtual vai ter que agir com muito mais agilidade, pois o prazo de guarda dos registros que podem identificar infratores é de seis meses. As empresas também terão que se agilizar. No caso de um usuário pedir a remoção de seus dados de determinado site ou rede social, o responsável pela administração de TI terá que estar preparado. O desafio é e sempre vai ser conhecer, além da tecnologia, o ambiente de negócios, incluindo sua legislação, para saber o que está sendo exigido de tecnologia ou não. Como ele não é formado nessa área jurídica tem um desafio para entender o que isso significa para a empresa em que trabalha ou atende, afirma Alberto. De maneira geral, Carol acredita que a segurança ficou mais evidente para todos. Como exemplo, ela cita a neutralidade das redes, que é a possibilidade de o usuário acessar qualquer conteúdo, à sua livre escolha, e dos provedores colocarem à disposição do usuário tais conteúdos sem que exista cobrança diferenciada por tipo de serviço. Isso protege a liberdade de informação do usuário e, da mesma forma, a concorrência entre as empresas pela atenção do cliente. Outro ponto importante é a preservação da competência do Poder Judiciário para remover conteúdos das plataformas de internet, quando existam dúvidas sobre sua ilegalidade ou autoria. Isso garante que as plataformas preservem sua natureza de não interferência sobre as atividades dos usuários, explica. 15

16 Conhecimento por Mauricio Duarte GETTY IMAGE Passando o bastão Fórum realizado em São Paulo trouxe alguns dos maiores especialistas do mundo para falar sobre os melhores caminhos para a sucessão em uma empresa familiar Em empresas familiares, a questão da sucessão é sempre polêmica. A diferença geracional pode causar atritos e, muitas vezes, colocar tudo a perder tanto a família quanto a empresa. Justamente com foco neste tema, no início de maio a HSM promoveu o fórum Family Business, trazendo alguns dos maiores especialistas sobre o assunto para palestrar durante dois dias. John Davis, considerado a maior autoridade mundial em gestão de empresas familiares, abriu as conversas. Autor de diversos livros e professor da 16

17 John Davis falou sobre construir pontes entre diferentes gerações para ter uma sucessão tranquila Lola studio Harvard Business School, onde lidera um programa de educação executiva sobre sucessão geracional em empresas, ele delineou as principais diferenças entre as gerações e o modo como elas podem coexistir pacificamente. Segundo ele, as pessoas são moldadas de acordo com o tempo em que vivem. Por isso, é importante a família manter a lealdade e a proximidade, para que o diálogo seja ininterrupto e a sucessão não se torne um trauma. Além disso, é recomendável preparar sempre mais de um membro da família para liderar o negócio. Antigamente, as empresas não gostavam de ser chamadas de familiares. Mas isso mudou. Hoje elas perceberam que isso pode ser uma qualidade, uma vantagem competitiva, de solidez. Os clientes confiam mais, explica. No entanto, nem sempre esse diálogo ocorre em um ambiente de calmaria. Ter conversas espinhosas com colegas é ruim, mas pode ser ainda mais delicado quando se trata de família. Douglas Stone, que leciona Negociação e Gestão de Conflitos na Harvard Law School, esteve no fórum e deu valiosas dicas para um melhor entendimento nesse tipo de situação. A lacuna entre o que dizemos e o que pensamos precisa ser diminuída. As boas relações em uma empresa não são necessariamente definidas pela falta de conflito, e sim pelo modo como eles são resolvidos, diz. Para ele, se você quiser entender o retorno de uma conversa, precisa ir além do que as pessoas dizem e ouvir o que elas realmente pensam e sentem. Antes de tentar convencer alguém de que seu ponto de vista está certo, pergunte e entenda por que há uma discordância, ensina. Por 16 anos diretor do Arthur Rock Center for Entrepreneurship da Harvard Business School e também tendo ocupado cargos do setor privado, Michael Roberts comentou sobre o papel do empreendedorismo em famílias empresárias. Ele alertou para o fato de que a relação entre crescimento da família e crescimento do lucro dificilmente é a mesma. Geralmente, a primeira cresce mais. Acaba faltando espaço para a liderança, existe uma disputa. Por isso o empreendedorismo é essencial, analisa, lembrando que os riscos oferecidos pelo empreendedorismo familiar são os mesmos de uma empresa não familiar. Apenas 3% dos negócios familiares chegam até a terceira geração. Por isso, é importante Douglas Stone palestrou sobre como manter conversas difíceis em empresas familiares Lola studio Antigamente, as empresas não gostavam de ser chamadas de familiares. Mas isso mudou. Hoje elas perceberam que isso pode ser uma qualidade, uma vantagem competitiva, de solidez. Os clientes confiam mais" John Davis 17

18 Conhecimento As boas relações em uma empresa não são necessariamente definidas pela falta de conflito, e sim pelo modo como eles são resolvidos" Douglas Stone Lola studio Michael Roberts discursou acerca do empreendedorismo nas famílias empresárias estar atento às mudanças cada vez mais rápidas do mercado e buscar uma inovação constante. O consenso entre os especialistas é o de que é crucial planejar a sucessão e definir a identidade da empresa. Quanto mais claro o propósito da organização estiver para os familiares, mas fácil será identificar e atrair novas lideranças que compartilhem da visão do fundador e tenham a paixão necessária para incrementá-la e seguir adiante. TENHA UM PROPÓSITO NA ORGANIZAÇÃO lina tem faturamento anual superior a 1,261 bilhão de euros, 543 lojas ao redor do mundo e é líder mundial em seu setor. Para Zegna, que também falou no fórum HSM Family Business, o segredo para manter uma empresa familiar em alta mesmo após tantas sucessões é não perder de vista o exemplo a ser seguido. Ter um modelo para onde olhar e se inspirar. Neste caso, seu avô, um alfaiate que começou um negócio na pequena região piemontesa de Tri- O exemplo Se há alguém que pode personificar o significado de uma empresa familiar, este alguém é o italiano Gildo Zegna, CEO do Ermenegildo Zegna Group, empresa fundada por seu avô, em Formado em Economia pela University of London e tendo estudado na Harvard Business School, o executivo faz parte da terceira geração da família, cuja empresa de alta-costura mascu- SEJA CLARO E MANTENHA O TRANSPARENTE SOBRE OS NEGÓCIOS 5 DICAS PARA PLANEJAR UMA SUCESSÃO SEM TRAUMAS EMPREENDEDORISMO VIVO CRIE FUNÇÕES TRANSMITA DIVERSIFICADAS PAIXÃO AOS PARA A FAMÍLIA MAIS NOVOS 18

19 Lola studio Gildo Zegna falou sobre sua experiência de sucesso de três gerações nos negócios familiares Não tentem imitar seus antecessores. Pensem em como contribuir com mais um andar no edifício." Ermenegildo Zegna vero que resistiu a duas guerras mundiais que quase aniquilaram a Europa e se transformou em um império da moda. Temos que liderar guiados por um exemplo, algo em que possamos nos mirar. Respeitar os familiares e ter orgulho de seu território, sua bandeira, diz o empresário, justificando o fato de a sede da organização ser até hoje em Trivero, cuja história já se confunde com a marca criada por seu avô. A empresa de Zegna é uma organização vertical, com controle sobre todo o processo de produção, e tem seu crescimento baseado em um portfólio cada vez mais amplo e variado de produtos. De acordo com ele, a questão geracional deve ser vista com cuidado entre os membros da família. Por isso, a transparência é fundamental, assim como a meritocracia. Somente ser da família não garante um lugar de destaque na organização. Temos um pacto familiar, regras que assumimos para que a família continue no controle. Somos claros quanto a isso. Quando um membro da família faz 18 anos, ele sabe as oportunidades que tem e o que precisa fazer para ser admitido na empresa. Ele passa por uma seleção. Cada um deles precisa saber que estamos gerindo um ativo precioso, tanto por quem veio antes quanto pelos acionistas. Jamais fazemos nepotismo. O que conta é a meritocracia, explica, acrescentando que tudo isso está em contrato, por escrito e com aval dos familiares. Zegna diz ainda que a empresa incentiva talentos de fora da família, para que eles floresçam e ajudem a organização em posições de destaque. Dentro da empresa, há um conselho administrativo que atua juntamente com a área da Recursos Humanos, para selecionar os mais aptos a determinadas funções mesmo dentre os familiares. Um jovem da família Zegna só será admitido caso seja mais capacitado que o de fora. Essa é a principal regra de nossa sucessão, conta. Com cerca de 20 membros da família trabalhando na organização atualmente sob seu comando, Zegna diz que é fundamental que cada um encontre seu papel. Seja na parte filantrópica da empresa, seja na parte de negócios. A intenção é manter a família unida e manter o legado e os valores do fundador. Porém, cada novo líder deve deixar algo de único, que acrescente para quem assumir posteriormente. Não tentem imitar seus antecessores. Pensem em como contribuir com mais um andar no edifício. Mantenha os valores, a identidade, mas crie algo novo. Lembrem da história, mas vivam intensamente o presente, com um olho no futuro, aconselha. 19

20 Na Prática por Marcos Yamamoto GETTY IMAGE Tecnólogos: direto ao ponto Cursos superiores de tecnologia ganham força como uma opção rápida Os cursos superiores de tecnologia estão se consolidando como alternativas rápidas de inserção ao mercado de trabalho. Apesar de não oferecerem a mesma gama de informações e conhecimentos das faculdades tradicionais de bacharelado, a rapidez e a objetividade dos cursos seduzem os futuros profissionais. Basicamente, a diferença principal entre os bacharelados e os Cursos Superiores de Tecnologia (CST) é o foco da graduação em área 20

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a

Leia mais

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra:

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra: MBA Pós - Graduação QUEM SOMOS Para pessoas que têm como objetivo de vida atuar local e globalmente, ser empreendedoras, conectadas e bem posicionadas no mercado, proporcionamos uma formação de excelência,

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Teste sua empregabilidade

Teste sua empregabilidade Teste sua empregabilidade 1) Você tem noção absoluta do seu diferencial de competência para facilitar sua contratação por uma empresa? a) Não, definitivamente me vejo como um título de cargo (contador,

Leia mais

O RH dos sonhos dos CEOs

O RH dos sonhos dos CEOs O RH dos sonhos dos CEOs Expectativas e estratégias da liderança para os Recursos Humanos Presidentes de empresas de todos os portes falaram sobre a importância dos Recursos Humanos para as suas empresas

Leia mais

FACULDADE REDENTOR ITAPERUNA RJ

FACULDADE REDENTOR ITAPERUNA RJ RESULTADOS DA PESQUISA DE PERCEPÇÃO E SATISFAÇÃO DOS CURSOS DE: MBA - GESTÃO ESTRATÉGICA DOS NEGÓCIOS MBA - GESTÃO ESTRATÉGICA COM PESSOAS FACULDADE REDENTOR 2012 ITAPERUNA RJ MODELO DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO

Leia mais

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso.

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. Cliocar Acessórios: A construção de um negócio A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. 2 Conteúdo Resumo executivo... 2 Conhecendo o mercado... 2 Loja

Leia mais

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS www.empreende.com.br emp@empreende.com.br FAZENDO ACONTECER Programa de ensino de empreendedorismo inovador em nível mundial, desenvolvido

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

SAC: Fale com quem resolve

SAC: Fale com quem resolve SAC: Fale com quem resolve A Febraban e a sociedade DECRETO 6523/08: UM NOVO CENÁRIO PARA OS SACs NOS BANCOS O setor bancário está cada vez mais consciente de seu papel na sociedade e deseja assumi-lo

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

Marketing não Sobrevive sem Endomarketing

Marketing não Sobrevive sem Endomarketing Marketing não Sobrevive sem Endomarketing Um ótimo serviço pode se tornar ruim se os funcionários não confiam em si mesmos. Uma endoentrevista sobre endomarketing. Troquemos de lugar! O título é, sem dúvida,

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil

High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil P e s q u i s a d a F u n d a ç ã o G e t u l i o V a r g a s I n s t i t u t o d e D e s e n v o l v i m e n t o E d u c a c i o n a l Conteúdo 1. Propósito

Leia mais

A RELAÇÃO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A ROTATIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS EM UMA EMPRESA

A RELAÇÃO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A ROTATIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS EM UMA EMPRESA A RELAÇÃO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A ROTATIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS EM UMA EMPRESA Elaine Schweitzer Graduanda do Curso de Hotelaria Faculdades Integradas ASSESC RESUMO Em tempos de globalização, a troca de informações

Leia mais

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ÍNDICE em ordem alfabética: Artigo 1 - ENDOMARKETING: UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA DESENVOLVER O COMPROMETIMENTO... pág. 2 Artigo 2 - MOTIVANDO-SE... pág. 4 Artigo 3 - RECURSOS

Leia mais

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013 Isabella Assunção Cerqueira Procópio Janeiro de 2013 1 Sumário 1. Dados Básicos de Identificação...3 2. Histórico

Leia mais

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com Nesse ebook você irá aprender como gerar uma renda mesmo que do zero rapidamente na internet, se você já tem um produto irá aprender como aumentar suas vendas agora mesmo de forma garantida. Crie um sistema

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Precisamos fortalecer cada vez mais nossa profissão. Através dos conselhos e de uma nova regulamentação!

Precisamos fortalecer cada vez mais nossa profissão. Através dos conselhos e de uma nova regulamentação! Resultado da pesquisa feita no dia 10/03/2014, através do Site do Conselho Regional de Relações Públicas 4ª Região, a respeito da Lei 6601/13. Foi disponibilizado uma enquete, com a seguinte pergunta:

Leia mais

Você é comprometido?

Você é comprometido? Você é comprometido? Não, isso não é uma cantada. O que o seu chefe quer saber é se você veste a camisa da organização. Você adora seu trabalho e desempenha suas funções com eficiência, mas não aposta

Leia mais

DICAS PARA SEU PROCESSO SELETIVO

DICAS PARA SEU PROCESSO SELETIVO DICAS PARA SEU PROCESSO SELETIVO Você tem um real interesse em mudar de emprego? O headhunter entende que quando o candidato toma a decisão de avaliar o mercado, ele está à procura de uma oportunidade

Leia mais

Inteligência em. redes sociais. corporativas. Como usar as redes internas de forma estratégica

Inteligência em. redes sociais. corporativas. Como usar as redes internas de forma estratégica Inteligência em redes sociais corporativas Como usar as redes internas de forma estratégica Índice 1 Introdução 2 Por que uma rede social corporativa é um instrumento estratégico 3 Seis maneiras de usar

Leia mais

Futuro do trabalho O futuro do trabalho Destaques O futuro do trabalho: Impactos e desafios para as empresas no Brasil

Futuro do trabalho O futuro do trabalho Destaques O futuro do trabalho: Impactos e desafios para as empresas no Brasil 10Minutos Futuro do trabalho Pesquisa sobre impactos e desafios das mudanças no mundo do trabalho para as organizações no B O futuro do trabalho Destaques Escassez de profissionais, novos valores e expectativas

Leia mais

Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos

Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos Já passou a época em que o pedagogo ocupava-se somente da educação infantil. A pedagogia hoje dispõe de uma vasta

Leia mais

Conheça a trajetória da empresa no Brasil através desta entrevista com o Vice- Presidente, Li Xiaotao.

Conheça a trajetória da empresa no Brasil através desta entrevista com o Vice- Presidente, Li Xiaotao. QUEM É A HUAWEI A Huawei atua no Brasil, desde 1999, através de parcerias estabelecidas com as principais operadoras de telefonia móvel e fixa no país e é líder no mercado de banda larga fixa e móvel.

Leia mais

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS:

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: EDIÇÃO 12 ANO IV (11) 3648-4700 / (21) 3161-8600 www.pacer.com.br Informativo Julho/ Agosto/ Setembro 2015 PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: 10 ANOS PACER:

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio.

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Plano de negócios estruturado ajuda na hora de conseguir financiamento. Veja dicas de especialistas e saiba itens que precisam constar

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

like a Boss mandic Um GUIA para você escolher bem, e se tornar uma Autoridade em Serviços de Compartilhamento de Arquivos na Nuvem.

like a Boss mandic Um GUIA para você escolher bem, e se tornar uma Autoridade em Serviços de Compartilhamento de Arquivos na Nuvem. BOX like a Boss Um GUIA para você escolher bem, e se tornar uma Autoridade em Serviços de Compartilhamento de Arquivos na Nuvem. mandic CLOUD SOLUTIONS Mais e mais empresas buscam soluções para dar suporte

Leia mais

Rumo a novos patamares

Rumo a novos patamares 10Minutos Auditoria Estudo sobre a Situação da Profissão de Auditoria Interna Rumo a novos patamares Destaques Os stakeholders estão menos satisfeitos com a contribuição da auditoria interna em áreas de

Leia mais

PROGRAMA COMPLIANCE VC

PROGRAMA COMPLIANCE VC Seguir as leis e regulamentos é ótimo para você e para todos. Caro Colega, É com satisfação que compartilho esta cartilha do Programa Compliance VC. Elaborado com base no nosso Código de Conduta, Valores

Leia mais

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade As empresas têm passado por grandes transformações, com isso, o RH também precisa inovar para suportar os negócios

Leia mais

Gean Roriz. Arthur Campos. A Move Empresas foi a construção de um sonho. E hoje fazemos outras pessoas tirarem do papel a marca dos seus sonhos.

Gean Roriz. Arthur Campos. A Move Empresas foi a construção de um sonho. E hoje fazemos outras pessoas tirarem do papel a marca dos seus sonhos. A Move Empresas foi a construção de um sonho. E hoje fazemos outras pessoas tirarem do papel a marca dos seus sonhos. Gean Roriz Sócio/Co-fundador Diretor de Estratégia e Inovação Move Empresas Arthur

Leia mais

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Brasília, 02 de janeiro de 2015. Ministra Miriam Belchior, demais autoridades, parentes e amigos aqui presentes.

Leia mais

OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS

OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS EDITORIAL Bem vindos à nossa pesquisa. No Brasil desde 2000, a Michael Page foi a primeira consultoria internacional de recrutamento

Leia mais

O papel do CRM no sucesso comercial

O papel do CRM no sucesso comercial O papel do CRM no sucesso comercial Escrito por Gustavo Paulillo Você sabia que o relacionamento com clientes pode ajudar sua empresa a ter mais sucesso nas vendas? Ter uma equipe de vendas eficaz é o

Leia mais

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial remuneração para ADVOGADOS Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados advocobrasil Não ter uma política de remuneração é péssimo, ter uma "mais ou menos" é pior ainda. Uma das

Leia mais

Maximizando o Ciclo de Vida do Lean

Maximizando o Ciclo de Vida do Lean Maximizando o Ciclo de Vida do Lean Nos últimos anos, muitas empresas tiveram contato com o Lean e se impressionaram com os ganhos que poderiam obter. Tratava-se de uma nova abordagem de negócios, e que

Leia mais

1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade.

1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade. 1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade. Todos nós da AGI Soluções trabalhamos durante anos

Leia mais

Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com. Manual do Professor

Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com. Manual do Professor Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com Manual do Professor Manual do professor Este manual deve ser usado em conjunto com o vídeo do autor disponível no site da editora: www.campus.com.br Maiores

Leia mais

Um Guia para Usar Ferramentas de Assessment em Treinamento e Coaching MAIO DE 2014. Você está preparado PARA DISPUTAR COM OS MELHORES?

Um Guia para Usar Ferramentas de Assessment em Treinamento e Coaching MAIO DE 2014. Você está preparado PARA DISPUTAR COM OS MELHORES? Você está preparado PARA DISPUTAR COM OS MELHORES? Um Guia para Usar Ferramentas de Assessment em Treinamento e Coaching PREPARADO PELA TTI SUCCESS INSIGHTS PARA PROFISSIONAIS DE TREINAMENTO E COACHING

Leia mais

CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY

CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY Instrumental e modular, o Ferramentas de Gestão é uma oportunidade de aperfeiçoamento para quem busca conteúdo de qualidade ao gerenciar ações sociais de empresas

Leia mais

Os desafios do Bradesco nas redes sociais

Os desafios do Bradesco nas redes sociais Os desafios do Bradesco nas redes sociais Atual gerente de redes sociais do Bradesco, Marcelo Salgado, de 31 anos, começou sua carreira no banco como operador de telemarketing em 2000. Ele foi um dos responsáveis

Leia mais

PROGRAMAs de. estudantil

PROGRAMAs de. estudantil PROGRAMAs de empreendedorismo e protagonismo estudantil Ciclo de Palestras MAGNUM Vale do Silício App Store Contatos Calendário Fotos Safari Cumprindo sua missão de oferecer uma educação inovadora e de

Leia mais

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Seção: Entrevista Pág.: www.catho.com.br SABIN: A MELHOR EMPRESA DO BRASIL PARA MULHERES Viviane Macedo Uma empresa feita sob medida para mulheres. Assim

Leia mais

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR?

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? Descubra os benefícios que podem ser encontrados ao se adaptar as novas tendências de mercado ebook GRÁTIS Como o investimento em TI pode

Leia mais

Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa.

Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa. Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa. A Fran Press está de cara nova, mantendo a sua reconhecida identidade estratégica. Nos tempos atuais

Leia mais

Capacitando Profissionais

Capacitando Profissionais Capacitando Profissionais 2014 Setup Treinamentos & Soluções em TI www.setuptreinamentos.com APRE SENTA ÇÃ O A atual realidade do mercado de trabalho, que cada dia intensifica a busca por mão-de-obra qualificada,

Leia mais

TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO

TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES): EBERSON EVANDRO DA SILVA GUNDIN, PAULO

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma

MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você

Leia mais

O varejo e a era da disrupção

O varejo e a era da disrupção 10Minutos Varejo Total Retail 2015 - Pesquisa anual da PwC com os consumidores O varejo e a era da disrupção Destaques Os consumidores estão definindo sua própria abordagem de relacionamento com o varejo,

Leia mais

Editorial. Plano de Melhoria Contínua promete mudanças positivas na OnSet

Editorial. Plano de Melhoria Contínua promete mudanças positivas na OnSet Informativo 2013 Índice Editorial - Pág. 1 Novas Contratações - Pág. 2 Aniversariantes - Pág. 3 TI e Telecom na Mídia - Pág. 4 News OnSet - Pág. 5 Eu faço a OnSet - Pág. 7 Editorial Plano de Melhoria Contínua

Leia mais

Questionário de entrevista com o Franqueador

Questionário de entrevista com o Franqueador Questionário de entrevista com o Franqueador O objetivo deste questionário é ajudar o empreendedor a elucidar questões sobre o Franqueador, seus planos de crescimento e as diretrizes para uma parceria

Leia mais

MANUAL DO ALUNO PÓS-GRADUAÇÃO

MANUAL DO ALUNO PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DO ALUNO PÓS-GRADUAÇÃO CARO ALUNO, Seja Bem-Vindo às Escolas e Faculdades QI! Desejamos a você uma excelente jornada de estudos e evolução, tanto no campo profissional, como pessoal. Recomendamos

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

Política de SI uma introdução ao tema. Política de SI uma introdução ao tema ARTIGO. Artigo Política, Conformidade, Normativo.

Política de SI uma introdução ao tema. Política de SI uma introdução ao tema ARTIGO. Artigo Política, Conformidade, Normativo. ARTIGO Política de SI uma introdução ao tema Artigo Política, Conformidade, Normativo Artigo 1 POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO UMA INTRODUÇÃO AO TEMA Nas organizações mais estruturadas, é comum que

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS E PRODUTIVIDADE

GESTÃO DE PESSOAS E PRODUTIVIDADE GESTÃO DE PESSOAS E PRODUTIVIDADE 2 Download da Apresentação www.gptw.com.br publicações e eventos palestras Great Place to Work - Missão 3 Construindo um Excelente Ambiente de Trabalho 4 1 2 3 4 O que

Leia mais

Características. Carga horária 36 horas presenciais.

Características. Carga horária 36 horas presenciais. 1 Características Sobre o curso A indústria de Private Equity e Venture Capital está em pleno desenvolvimento no Brasil, no ano de 2013 os investimentos foram de R$ 17,6 bilhões representando 0,37% do

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL

RESPONSABILIDADE SOCIAL RESPONSABILIDADE SOCIAL Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Profa. Lillian Alvares TODO COMPORTAMENTO TEM SUAS RAZÕES. A ÉTICA É SIMPLESMENTE A RAZÃO MAIOR DAVID HUME DEFINIÇÕES

Leia mais

Antes de tudo... Obrigado!

Antes de tudo... Obrigado! Antes de tudo... Obrigado! Eu, Luiz Felipe S. Cristofari, agradeço por ter baixado esse PDF. Criei esse material para ajudar você a ter mais sucesso com suas ideias na internet e fico muito feliz quando

Leia mais

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Adm.Walter Lerner 1.Gestão,Competência e Liderança 1.1.Competências de Gestão Competências Humanas e Empresariais são Essenciais Todas as pessoas estão, indistintamente,

Leia mais

Mensagem do presidente

Mensagem do presidente Mensagem do presidente A giroflex-forma está em um novo momento. Renovada, focada em resultados e nas pessoas, ágil e mais competitiva no mercado de assentos e de mobiliário corporativo. Representando

Leia mais

TÍTULO: A DIMENSÃO TÉCNICO-OPERATIVO DO TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL: RELEITURA DOS INSTRUMENTOS E TÉCNICAS UTILIZADOS NA PROFISSÃO

TÍTULO: A DIMENSÃO TÉCNICO-OPERATIVO DO TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL: RELEITURA DOS INSTRUMENTOS E TÉCNICAS UTILIZADOS NA PROFISSÃO TÍTULO: A DIMENSÃO TÉCNICO-OPERATIVO DO TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL: RELEITURA DOS INSTRUMENTOS E TÉCNICAS UTILIZADOS NA PROFISSÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: SERVIÇO

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

DO PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA

DO PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA GUIA PARA A ESCOLHA DO PERFIL DE INVESTIMENTO DO PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA Caro Participante: Preparamos para você um guia contendo conceitos básicos sobre investimentos, feito para ajudá-lo a escolher

Leia mais

endereço eletrônico) OPCIONAL: http://www.coacavo.com.br/gestao_pdf/avaliacao_desempenho_360grau s.pdf

endereço eletrônico) OPCIONAL: http://www.coacavo.com.br/gestao_pdf/avaliacao_desempenho_360grau s.pdf AV1 Estudo Dirigido da Disciplina CURSO: Gestão de Recursos Humanos DISCIPLINA: Ferramentas de Gestão de Recursos Humanos ALUNO(A):Aline de Souza MATRÍCULA:51811 Ribeiro da Rocha NÚCLEO REGIONAL: DATA:

Leia mais

CompuStream Plano de Negócios COMPUSTREAM CONSULTORIA LTDA.

CompuStream Plano de Negócios COMPUSTREAM CONSULTORIA LTDA. CompuStream Plano de Negócios COMPUSTREAM CONSULTORIA LTDA. A CompuStream, empresa especializada em desenvolvimento de negócios, atua em projetos de investimento em empresas brasileiras que tenham um alto

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

coleção Conversas #22 - maio 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #22 - maio 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #22 - maio 2015 - assistente social. agora? Sou E Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo

Leia mais

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING 1 ÍNDICE 03 04 06 07 09 Introdução Menos custos e mais controle Operação customizada à necessidade da empresa Atendimento: o grande diferencial Conclusão Quando

Leia mais

Seja meu parceiro. Eu tenho um produto de ótima qualidade, mas sem o seu trabalho, ele não existe.

Seja meu parceiro. Eu tenho um produto de ótima qualidade, mas sem o seu trabalho, ele não existe. Seja meu parceiro Eu tenho um produto de ótima qualidade, mas sem o seu trabalho, ele não existe. Olá vendedor, Te faço um convite para ser meu parceiro na venda do meu produto, entendo que sem o vendedor,

Leia mais

No ano de 2010, tomei uma decisão. Ir para uma cidade menor, longe da agitada metrópole.

No ano de 2010, tomei uma decisão. Ir para uma cidade menor, longe da agitada metrópole. Faça parte da família IMOVELLOGIA. Olá, Inicialmente quero me apresentar para que possa oferecer a você, profissional do setor de imóveis, uma inovação tecnológica fundamental nos dias de hoje. Sou administrador

Leia mais

MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA ORIENTAÇÕES PARA OS ESTUDOS EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Caro (a) Acadêmico (a), Seja bem-vindo (a) às disciplinas ofertadas na modalidade a distância.

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE Viva Vida Produtos de Lazer Ltda. Manual da Qualidade - MQ V. 1 Sistema de Gestão da Qualidade Viva Vida - SGQVV

MANUAL DA QUALIDADE Viva Vida Produtos de Lazer Ltda. Manual da Qualidade - MQ V. 1 Sistema de Gestão da Qualidade Viva Vida - SGQVV MANUAL DA QUALIDADE Manual da Qualidade - MQ Página 1 de 15 ÍNDICE MANUAL DA QUALIDADE 1 INTRODUÇÃO...3 1.1 EMPRESA...3 1.2 HISTÓRICO...3 1.3 MISSÃO...4 1.4 VISÃO...4 1.5 FILOSOFIA...4 1.6 VALORES...5

Leia mais

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 REALIZAÇÃO TABULAÇÃO Quem Somos A WBI BRASIL é uma empresa especializada em planejamento de marketing digital, que presta

Leia mais

Prepare-se para uma viagem em

Prepare-se para uma viagem em Prepare-se para uma viagem em que você poderá:. conhecer diversas culturas e perspectivas,. desenvolver novas competências,. participar de uma organização estadual,. obter uma rede de contatos diferenciada,

Leia mais

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Justificativa: As transformações ocorridas nos últimos anos têm obrigado as organizações a se modificarem constantemente e de forma

Leia mais

Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios. Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia

Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios. Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia Filomena Garcia Sócia-Diretora do Grupo Cherto: Comercial, Expansão de Franquias e Rede de Negócios

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO.

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Workshop para empreendedores e empresários do Paranoá DF. SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Dias 06 e 13 de Dezembro Hotel Bela Vista Paranoá Das 08:00 às 18:00 horas Finanças: Aprenda a controlar

Leia mais

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas Perfil... Atuando há 20 anos em vendas Jean Oliveira já viveu na pele cada experiência que essa profissão promove, é especialista com MBA em Estratégias de Negócios e graduado em Tecnologia de Processamento

Leia mais

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado)

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado) PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado) Propõe que a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle com o auxílio do Tribunal de Contas da União e do Ministério Público

Leia mais

Amigo varejista, Boa leitura e aproveite para promover melhorias em sua loja! Conheça o Instituto Redecard:

Amigo varejista, Boa leitura e aproveite para promover melhorias em sua loja! Conheça o Instituto Redecard: Mercearia Amigo varejista, A partir deste mês outubro - o Tribanco traz novidades no Projeto Capitão Varejo, pois conta agora com a parceria do Instituto Redecard. Juntos, irão levar até você mais informação

Leia mais

44% 56% 67.896 respostas no Brasil. 111.432 respostas na América Latina. 0,5% Margem de erro. Metodologia e Perfil. homens.

44% 56% 67.896 respostas no Brasil. 111.432 respostas na América Latina. 0,5% Margem de erro. Metodologia e Perfil. homens. Brasil A pesquisa em 2015 Metodologia e Perfil 111.432 respostas na América Latina 44% homens 67.896 respostas no Brasil 0,5% Margem de erro 56% mulheres * A pesquisa no Uruguai ainda está em fase de coleta

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

Pesquisa Profissionais de Ecommerce

Pesquisa Profissionais de Ecommerce Pesquisa Profissionais de Ecommerce Agosto de 2011 http://www.ecommerceschool.com.br Introdução O crescimento do comércio eletrônico brasileiro é feito com tecnologia e pessoas. Por trás desse crescimento

Leia mais

Fornecedores. Apresentação. www.grupoquantica.com. Nosso desafio é o seu sucesso!

Fornecedores. Apresentação. www.grupoquantica.com. Nosso desafio é o seu sucesso! Fornecedores www.grupoquantica.com Apresentação 2010 A idéia Fundado e idealizado por Cleber Ferreira, Consultor de Marketing e Vendas, autor do livro Desperte o Vendedor Interior com Técnicas de Vendas

Leia mais

Código de Ética. PARTE I Relação com o cliente de Consultoria

Código de Ética. PARTE I Relação com o cliente de Consultoria Código de Ética PARTE I Relação com o cliente de Consultoria 1. É essencial que o Consultor estabeleça de inicio com o cliente, de forma clara, os objetivos do trabalho previsto, dos meios a serem utilizados,

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL Aldemar Dias de Almeida Filho Discente do 4º ano do Curso de Ciências Contábeis Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS Élica Cristina da

Leia mais

A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras

A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras Por Marcelo Bandeira Leite Santos 13/07/2009 Resumo: Este artigo tem como tema o Customer Relationship Management (CRM) e sua importância como

Leia mais

ABCEducatio entrevista Sílvio Bock

ABCEducatio entrevista Sílvio Bock ABCEducatio entrevista Sílvio Bock Escolher uma profissão é fazer um projeto de futuro A entrada do segundo semestre sempre é marcada por uma grande preocupação para todos os alunos que estão terminando

Leia mais

Pesquisa Semesp. A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho

Pesquisa Semesp. A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho Pesquisa Semesp A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho 2008 Ensino superior é um forte alavancador da carreira profissional A terceira Pesquisa Semesp sobre a formação acadêmica dos profissionais

Leia mais