Manual de Orientação para Acesso e Uso do SARA Versão ERA s

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de Orientação para Acesso e Uso do SARA Versão ERA s"

Transcrição

1 Manual de Orientação para Acesso e Uso do SARA Versão ERA s 1. Introdução O SARA foi elaborado visando facilitar o dia a dia do produtor, foi desenvolvido em Delphi, utilizando banco de dados Firebird, é um software indispensável para a gestão da Rastreabilidade SISBOV na Propriedade, e foi denominado SARA, veja abaixo suas funções: Impressão de todos os documentos necessários no layout autorizado pelo MAPA, garantindo um perfeito preenchimento dos documentos; Controle do estoque e evolução do rebanho; Controle de entrada, saída, morte e abate de animais; Totalmente integrado ao SISBOV, basta importar o extrato de animais vivos da propriedade, para que o SARA rode perfeitamente; Possibilidade de controle de várias fazendas, bastando, para tanto, efetuar o cadastro correto de cada uma; Total controle na hora da coleta dos números a campo, acabando com os erros de leitura, e problemas com abate (desclassificação de animais). Você fica sabendo a real situação do animal no momento da coleta, verificando se ele se encontra vivo, morto, abatido ou transferido para outra propriedade; Substituição do DIA pela Planilha de Animais Eletrônico, aceita pelo MAPA e Frigoríficos, que é gerada diretamente no SARA. NOTA: Todo cadastro realizado no SARA, é gerado um código interno desse cadastro, esse código será necessário para futuras consultas, e futuros relatórios. Mas não se preocupe, sempre que necessitar você pode obte-lo através do menu consultas descrito nesse documento. 2. Acesso Primeiros Passos

2 Ao executar o SARA pela primeira vez, será solicitado ao usuário o Código de Liberação do SARA, entre em contato pelo telefone (64) , ou pelo número (64) , ou ainda se preferir, pelo informando o Número de série, para que seja gerado a chave de liberação do seu SARA, conforme mostra figura 2.1 abaixo. Figura 2.1 Controle da Aplicação Após obter o código de liberação do SARA, pressione o botão OK para dar acesso ao SARA, a partir da liberação do SARA, não será necessário mais digitar a Chave de Liberação até que se vença o período de licença do software. abaixo. 3. Cadastros Iniciais Ao iniciar o SARA, será exibido a tela Inicial (Figura 3.1) do SARA, conforme

3 Figura 3.1 Formulário Principal A partir desse formulário você terá acesso a todas a funções disponíveis no SARA, como cadastros, consultas, relatórios, rotinas e ajuda, abaixo está descrito cada uma delas: 3.1 Cadastro de Produtores O Primeiro passo para que o SARA funcione corretamente, será necessário cadastrar o (s) produtor(es) que fará(ão) parte. Para isso vá no menu Cadastro, opção Produtor, ou segure a tecla Ctrl e pressione a tecla P, realizado esse processo, obtemos a seguinte tela, conforme mostra figura 3.1.

4 Figura 3.1 Cadastro de Produtores Para inserirmos um novo Produtor, selecione a Opção Novo, para que o formulário seja aberto para inserção dos dados, conforme mostra figura 3.2. Figura 3.2 Inserção de novo Produtor

5 A partir de agora, basta você selecionar o Tipo de Pessoa desejada, Física ou Jurídica, e prosseguir com o cadastro, informando os dados que se pede no formulário, como CPF/CNPJ, Inscrição Estadual, Nome/Razão Social, endereço, bairro, CEP, UF, Município, telefone, Celular e . Para selecionar o município, primeiramente selecione o estado de origem desse município para posteriormente selecioná-lo no campo Município. Após o preenchimento de todos os campos obrigatórios, você pode gravar as informações em seu banco de dados, bastando clicar no botão gravar. Se quiser cancelar a operação, basta clicar no botão Cancelar. Se quiser sair do formulário, basta clicar no botão Fechar para voltar ao formulário Principal. 3.2 Cadastro de Propriedades Para inserir uma nova Propriedade em seu banco de Dados, vá no menu principal, cadastro, opção Propriedade, ou segure a tecla Ctrl e pressione a tecla R, após isso obtemos como resultado a seguinte tela, conforme mostra a figura 3.3.

6 Figura 3.3 Cadastro de Propriedades Para inserirmos uma nova Propriedade, selecione a Opção Novo, para que o formulário seja aberto para inserção dos dados, conforme mostra figura 3.4.

7 Figura 3.4 Cadastro de Propriedades A partir de agora, basta você informar os dados que se pede no formulário, como ID SISBOV, Razão Social, Logradouro, UF, Município, NIRF/INCRA, área total, telefone, entre outros. Para selecionar o município, primeiramente selecione o estado de origem desse município para posteriormente selecioná-lo no campo Município. Após o preenchimento de todos os campos obrigatórios, você pode gravar as informações em seu banco de dados, bastando clicar no botão gravar. Se quiser cancelar a operação, basta clicar no botão Cancelar. Se quiser sair do formulário, basta clicar no botão Fechar para voltar ao formulário Principal. 3.3 Cadastro de Frigoríficos

8 Para inserir um novo Frigorífico em seu banco de Dados, vá no menu principal, cadastro, opção Frigorífico, ou segure a tecla Ctrl e pressione a tecla F, após isso obtemos como resultado a seguinte tela, conforme mostra a figura 3.5. Figura 3.5 Cadastro de Frigoríficos Para inserirmos um novo Frigorífico, selecione a Opção Novo, para que o formulário seja aberto para inserção dos dados, conforme mostra figura 3.6. Figura 3.6 Cadastro de Frigoríficos

9 A partir de agora, basta você informar os dados que se pede no formulário, como Razão Social, CPF/CNPJ, SIF, Inscrição Estadual, Endereço, Bairro, CEP, UF, Município,, telefone, e . Para selecionar o município, primeiramente selecione o estado de origem desse município para posteriormente selecioná-lo no campo Município. Após o preenchimento de todos os campos obrigatórios, você pode gravar as informações em seu banco de dados, bastando clicar no botão gravar. Se quiser cancelar a operação, basta clicar no botão Cancelar. Se quiser sair do formulário, basta clicar no botão Fechar para voltar ao formulário Principal. 4. Consulta de Dados Cadastrados Ao acessar o Menu Principal, opção Consultas, você poderá consultar os seguintes itens: Animais Consulta os animais cadastrados no SARA; Coleta de Números Consulta as coletas de números já realizadas; Comunicado de Saída Consulta os comunicados de saída cadastrados no SARA; Comunicado de Entrada Consulta os comunicados de entrada cadastrados no SARA; Comunicado de Morte Consulta os comunicados de morte cadastrados no SARA; Produtores Consulta os produtores cadastrados no SARA; Propriedades Consultas as propriedades cadastradas no SARA; Frigoríficos Consulta os frigoríficos cadastrados no SARA; Após acessar uma das funções disponíveis do Menu, basta seguir o que se pede em cada formulário e clicar no botão executar para buscar os dados solicitados. 5. Gerar Comunicados

10 Ao acessar o Menu Principal, Opção Comunicados, o SARA te da a opção de gerar os seguintes comunicados: Saída Gera o comunicado de saída dos animais coletados, baixando os animais no SARA; Entrada Gera o comunicado de entrada dos animais coletados, salvando os animais no SARA; Morte Gera o comunicado de morte dos animais coletados, baixando os animais no SARA; Dia Eletrônico Emite os DIA s eletrônicos existentes a partir de uma coleta realizada. COMUNICADO DE SAÍDA Para Gerar o comunicado de saída, selecionamos então a opção Comunicado de Saída, ou se preferir, segure a tecla Ctrl e pressione a tecla S, feito isso obtemos com resultado a figura 5.1, conforme abaixo. Figura 5.1 Comunicado de Saída

11 Para inserirmos um novo Comunicado de Saída, selecione a Opção Novo, para que o formulário seja aberto para inserção dos dados, conforme mostra figura 5.2. Figura 5.2 Inserir Novo Comunicado de Saída Após realizar esse passo, basta preencher os campos solicitados, os quais estão descritos abaixo: Para selecionar o Produtor de Origem, clique no botão ao lado do campo, para selecionar o Produtor, conforme mostra figura 5.3 abaixo.

12 Figura 5.3 Selecionar Produtor de Origem Após clicar no botão citado, será mostrado a relação de todos os produtores gravados no SARA, para selecionar o desejado, como mostra a figura 5.4 abaixo. Figura 5.4 Selecionar Produtor Para selecionar o Produtor, basta clicar no botão selecionar.

13 Depois de selecionado o Produtor de Origem, vamos agora selecionar a Propriedade de Origem, para isso clique no botão ao lado da Propriedade, como mostra a Figura 5.5 abaixo. Figura 5.5 Selecionar Propriedade de Origem Após clicar no botão citado, será mostrado a relação de todas as propriedades gravadas no SARA, para selecionar a desejada, como mostra a figura 5.6 abaixo. Figura 5.6 Selecionar Propriedade Para selecionar a Propriedade basta clicar no botão selecionar.

14 Após isso, o próximo passo é digitar os dados de destino dos animais, que são: Produtor de Destino Digite o nome do produtor de destino dos animais; CPF/CNPJ do Produtor Digite o CPF/CNPJ do produtor de destino dos animais; Propriedade de destino Digite o nome da propriedade de destino dos animais; NIRF /INCRA Digite o NIRF ou INCRA da Propriedade de Destino dos animais; UF Selecione o estado de destino dos animais para que seja carregado os municípios correspondentes; Municipio Selecione o município de destino dos animais. Em seguida e hora de selecionarmos as Guias de Transito dos Animais (GTA s), para isso clique no botão ao lado da GTA, para que seja aberto o formulário para cadastramento de GTA s, conforme mostra a figura 5.7. Figura 5.7 Selecionar GTA

15 Após clicar no botão citado, o formulário para cadastramento de GTA s será mostrado, conforme figura 5.8. Figura 5.8 Cadastramento de GTA s Conforme já vimos anteriormente, para cadastramos um novo item, basta selecionar o botão Novo para que possamos inserir os dados necessários, na ocasião, os dados são: Estado da GTA Digite o estado da GTA; Séria da GTA Digite a série da GTA; Número da GTA Digite o número da GTA; Quantidade de Animais Digite a quantidade de animais existentes na GTA; Após digitar todos os dados citados, clique no botão gravar para que os dados sejam salvos em seu banco de dados. Para excluir uma gta gravada, selecione a gta e pressione no botão excluir GTA para que a GTA seja excluída de seu banco. Depois de seguidos todos os passos acima, feche o formulário de GTA s para que as GTA s salvas sejam vinculadas ao Comunicado que está sendo gerado. Em seguida é hora de digitarmos a data de saída do animal, e após selecionar enfim, os animais que farão parte do Comunicado, a seleção poderá ser feita de duas formas:

16 Primeira Você pode vincular o Comunicado a uma coleta já realizada anteriormente, ou então, gerar uma nova coleta e posteriormente vinculá-la ao comunicado, para isso clique no botão ao lado da Quantidade de Animais para que possamos então decidir qual maneira iremos vincular os animais, como mostra a figura 5.9. Figura 5.9 Vincular Animais Se a opção escolhida for Sim, você deverá informar o código da coleta salvo anteriormente e vinculá-lo ao comunicado, como mostra figura 5.10.

17 Figura 5.10 Vincular Coleta já salva Portanto, basta agora digitar o código da coleta salva para que o SARA vincule a coleta ao comunicado. Feito isso clique no botão fechar para que a coleta seja vinculada ao comunicado, e o campo quantidade de animais seja preenchido corretamente. Segunda Vincular o comunicado a uma nova coleta, para isso basta selecionar a opção Não, para que o formulário de coleta seja aberto, e então, coletado os animais a serem vinculados ao comunicado. Vale lembrar que depois de gravar a nova coleta, você tem que selecionar a primeira parte descrita nesse documento, informando então o código obtido na nova coleta realizada. Após seguir todos os passos descritos acima, é hora de Gravar o Comunicado de Saída, clicando no botão Gravar. Depois de salvo o Comunicado, os animais vinculados a esse comunicado será baixados do SARA. Se quiser gerá-lo agora, ou futuramente, como verá depois nesse documento. Para gerar agora, clique no botão Gerar Comunicado para que o Comunicado seja gerado, conforme mostra figura 5.11.

18 Figura 5.11 Comunicado de Saída Impresso Após sua geração, você pode optar por salvar em diferentes formatos, como pdf, Excel, ou até mesmo em imagem. COMUNICADO DE ENTRADA Para Gerar o comunicado de entrada, selecionamos então a opção Comunicado de Entrada, ou se preferir, segure a tecla Ctrl e pressione a tecla E, feito isso obtemos com resultado a figura 5.12, conforme abaixo.

19 Figura 5.12 Comunicado de Entrada Para inserirmos um novo Comunicado de Entrada, selecione a Opção Novo, para que o formulário seja aberto para inserção dos dados, conforme mostra figura Figura 5.13 Inserir Novo Comunicado de Entrada

20 Após realizar esse passo, basta preencher os campos solicitados, os quais estão descritos abaixo: Produtor de Origem Digite o nome do produtor de Origem dos animais; CPF/CNPJ do Produtor Digite o CPF/CNPJ do produtor de Origem dos animais; Propriedade de destino Digite o nome da propriedade de Origem dos animais; NIRF /INCRA Digite o NIRF ou INCRA da Propriedade de Origem dos animais; UF Selecione o estado de Origem dos animais para que seja carregado os municípios correspondentes; Municipio Selecione o município de Origem dos animais. Feito isso é hora de selecionarmos o Produtor e Propriedade de Destino, seguindo os mesmo passos descritos para Selecionar produtor e Propriedade de Origem do Comunicado de saída, visto anteriormente. Em seguida e hora de selecionarmos as Guias de Transito dos Animais (GTA s), para isso clique no botão ao lado da GTA, para que seja aberto o formulário para cadastramento de GTA s, conforme já foi mostrado no Comunicado de Saída. Após clicar no botão citado, o formulário para cadastramento de GTA s será mostrado, conforme figura Figura 5.14 Cadastramento de GTA s

21 Conforme já vimos anteriormente, para cadastramos um novo item, basta selecionar o botão Novo para que possamos inserir os dados necessários, na ocasião, os dados são: Estado da GTA Digite o estado da GTA; Séria da GTA Digite a série da GTA; Número da GTA Digite o número da GTA; Quantidade de Animais Digite a quantidade de animais existentes na GTA; Após digitar todos os dados citados, clique no botão gravar para que os dados sejam salvos em seu banco de dados. Para excluir uma gta gravada, selecione a gta e pressione no botão excluir GTA para que a GTA seja excluída de seu banco. Depois de seguidos todos os passos acima, feche o formulário de GTA s para que as GTA s salvas sejam vinculadas ao Comunicado que está sendo gerado. Em seguida é hora de digitarmos a data de entrada do animal, e após selecionar enfim, os animais que farão parte do Comunicado, a seleção poderá ser feita de duas formas: Primeira Você pode vincular o Comunicado a uma coleta já realizada anteriormente, ou então, gerar uma nova coleta e posteriormente vinculá-la ao comunicado, para isso clique no botão ao lado da Quantidade de Animais para que possamos então decidir qual maneira iremos vincular os animais. Se a opção escolhida for Sim, você deverá informar o código da coleta salvo anteriormente e vinculá-lo ao comunicado. Portanto, basta agora digitar o código da coleta salva para que o SARA vincule a coleta ao comunicado. Feito isso clique no botão fechar para que a coleta seja vinculada ao comunicado, e o campo quantidade de animais seja preenchido corretamente. Segunda Vincular o comunicado a uma nova coleta, para isso basta selecionar a opção Não, para que o formulário de coleta seja aberto, e então, coletado os animais a serem vinculados ao comunicado. Vale lembrar que depois de gravar a nova coleta, você tem que selecionar a primeira parte descrita nesse documento, informando então o código obtido na nova coleta realizada.

22 Após seguir todos os passos descritos acima, é hora de Gravar o Comunicado de Saída, clicando no botão Gravar. Depois de salvo o Comunicado você poderá gerar o Comunicado agora, ou futuramente, como verá depois nesse documento. Para gerar agora, clique no botão Gerar Comunicado para que o Comunicado seja gerado. DIA ELETRONICO Para gerar os DIA s eletrônicos, você deverá estar com o código da Coleta já realizada anteriormente, de posse dela selecione o Menu Comunicados, a opção Gerar DIA s Eletrônicos, ou se preferir pressione a tecla F2 para que o formulário seja aberto conforme mostra a figura Figura 5.15 Gerar DIA Eletrônico Para gerá-lo informe o Código da Coleta já salva, para que seja emitido os DIA s Eletrônicos correspondentes, conforme Anexo XI da Instrução Normativa 17 do SISBOV.

23 Só serão gerados os DIA s eletrônicos dos animais coletados que se encontrarem com o Status VIVO na Propriedade. Após digitar o Cód. Da Coleta clique no botão Gerar DIA s, que irá gerar os DIA s conforme mostra figura 5.16 abaixo. Figura 5.16 DIA s Eletrônicos 6. Relatórios Através desse Menu você terá a opção de gerar os Relatórios de todos os comunicados salvos no SARA, todas as coletas realizadas, além de: Extrato de Animais Vivos Emite o extrato de animais vivos de uma determinada propriedade e produtor; Inventário de Animais Emite o inventario de animais de determinada propriedade e produtor nos moldes da Instrução Normativa 17, por diferenciação de ERA e sexo.

24 Extrato de Animais Abatidos Emite o extrato de animais abatidos de uma determinada Propriedade e Produtor; Extrato de Animais Mortos Emite o extrato de animais mortos de uma determinada propriedade e Produtor. 7. Rotinas Através desse menu iremos fazer o principal papel do SARA, importar a base de dados vinda direto de sua Certificadora/SISBOV, e efetuar as coletas dos animais utilizando um leitor ótico que acompanha o SARA, ou informando os animais manualmente. Vamos começar pela importação de Dados, para isso vá no menu Rotinas, opção Importar Base de Dados, ou segure a tecla Ctrl e pressione a tecla F5, para ter acesso ao formulário conforme mostra figura 7.1. Figura 7.1 Importar Base de Dados

25 Para importar a base de dados basta selecionar o arquivo desejado, clicando no botão que se encontra ao lado do arquivo, ressaltando que o arquivo a ser selecionado tem que estar em formato de texto (txt) e nos moldes de que o SARA aceita, para converter seu arquivo pdf no formato aceito pelo SARA, instale o aplicativo PDF Text Reader disponível no CD de instalação desse SARA. Após sua instalação, execute-o através do Menu Iniciar do Windows, opção Todos os Programas, PDF Text Reader e selecione a opção PDF Text Reader novamente, feito isso o SARA irá executar como mostra a figura 7.2. Figura 7.2 Software PDF Text Reader Com o PDF Text Reader aberto selecione o Menu File, depois a opção Open, e selecione o arquivo pdf salvo em seu computador, e clique no botão Abrir, como mostra a figura 7.3.

26 Figura 7.3 Selecionar arquivo PDF Depois de clicar no botão abrir, o PDF Text Reader trará o arquivo para sua tela, como mostra a figura 7.4.

27 Figura 7.4 Arquivo PDF já visualizado Assim que obtido essa tela, vá no menu file, na opção Save All PAges Text File, ou segure a tecla Ctrl e pressione a tecla S, para que seja salvo o arquivo agora em formato texto aceito pelo SARA. Daí é só escolher o lugar em que deseja salvar o arquivo, e clicar no botão salvar, que o arquivo já estará salvo em seu computador no lugar em que determinou. Já com o arquivo convertido em txt, você já pode agora selecioná-lo no SARA clicando no botão que se encontra ao lado do arquivo, feito isso teremos como resultado a figura 7.5.

28 Figura 7.5 Selecionar Arquivo TXT Selecione o arquivo no local onde ele se encontra e clique no botão abrir, para que o arquivo seja carregado para o SARA. Após carregado o arquivo para o SARA, digite o código do produtor, o código da propriedade e em seguida o cód. da propriedade dos animais que serão importados. Nota: Para obter o código do produtor e propriedade, vá no menu consultas 8. Conferência de Identificação Coleta de Números Para fazer uma nova Coleta de Números, vá no meu Rotinas, opção Conferencia de Identificação, ou pressione a tecla F4, para que o formulário seja carregado, como resultado temos a figura 8.1.

29 Figura 8.1 Coleta de Números Como já sabemos para iniciarmos uma nova coleta, basta clicarmos no botão novo para que o formulário seja aberto para inserção dos dados. Ao clicar no botão Novo, será exibido uma tela com todas as Propriedades cadastradas, para então, você selecionar a qual fazenda pertencerá essa coleta, como mostra a figura 8.2.

30 Figura 8.2 Selecionar Fazenda A partir de então, selecione a Fazenda desejada, e clique no botão selecionar para que a fazenda seja vinculada a coleta que está sendo realizada no momento. Depois de selecionada você irá observar que o formulário para coleta já se encontra com a Fazenda Selecionada, descrita na Opção ERAS SELECIONADO, e que o CÒDIGO GERADO, já esta com o código da coleta correspondente neste momento, como mostra figura 8.3.

31 Figura 8.3 ERA s Selecionado e Código Gerado A partir de agora você já está pronto para coletar os números, para isso posicione o cursor no campo Numero SISBOV, se já não estiver posicionado. Se estiver usando o leitor ótico de barras, basta fazer a leitura para que o SARA procure o animal e te o resultado se ele foi primeiramente encontrado em sua base ou não, e posteriormente se encontrado, se está vivo, morto, vendido ou inativo. Se quiser fazer a leitura manual basta digitar o número de manejo lido e pressionar a tecla enter para o sistema fazer a busca do animal. Ao fazer a coleta e se o número for encontrado ele será inserido na Relação de Animais Encontrados como mostra a figura 8.4, caso o número encontrado não esteja vivo

32 no SARA, ele ficará em destaque na Relação de Animais Encontrados, sendo na cor vermelha, como mostra a Figura 8.5. Figura 8.4 Número Encontrado esta Vivo

33 Figura 8.5 Número Encontrado Não Está Vivo Toda vez que um número é coletado, o campo Ultimo Número Lido, é preenchido com o ultimo lido, se o campo estiver em vermelho significa que tem algum problema como o animal, se estiver em azul, está tudo certo, como observamos nas duas figuras acima. A partir do momento que um número coletado foi encontrado, não importando se ele esta vivo ou não, o contador Total de Col. Encontrados é aumentado, assim como o totalizador Total Coletado é incrementado a cada número coletado. Se o número coletado for não encontrado, o mesmo é inserido na Relação de Números Não Encontrados, e ele ficará em vermelho na opção Ultimo Número Lido, como mostra a figura 8.6.

34 Figura 8.6 Número Não Encontrado A partir do momento que um número coletado não foi encontrado, o contador Total de Col. Não Encontrados é aumentado, assim como o totalizador Total Coletado é incrementado a cada número coletado. Você pode coletar quantos números que quiser, se por acaso quiser excluir algum número que por ventura foi coletado errado, selecione o número e clique na opção Excluir Número Encontrado ou Excluir Número Não Encontrado, basta saber de qual relação o número se encontra. Para salvar a coleta, clique no botão salvar. Após a coleta salva você poderá gerar o relatório dos números coletados, clicando em Gerar Relatório, ou através do Menu Relatórios, Coleta de Números. O Relatório será como mostra a figura 8.7.

35 Figura 8.7 Relatório da Coleta 9. Conclusão O SARA foi elaborado visando facilitar o dia a dia do produtor e supervisor, utilizando os mais altos conceitos de TI. Se ainda restar alguma duvida, sobre o funcionamento do SARA, entre em contato diretamente conosco, que termos o maior prazer em atende-lo. Nosso telefone é (64) , ou ainda se preferir envie para que será respondido o mais breve possível. O Software PDF Text Reader apresentado aqui nesse documento é indispensável para o funcionamento desse SARA, ele é totalmente gratuito, e está incluso no CD de instalação que acompanha o nosso SARA. Recomendamos o uso de leitor Symbol LS O SARA foi testado em aproximadamente 12 fazendas, com diferentes marcas de brincos, sendo que os brincos que apresentaram melhor leitura, foram dos fabricantes melhores do mercado, com impressão a laser, e não muito sujo, o leitor consegue ler com até 15 cm de distância do brinco. Aceitamos sugestões e criticas. Obrigado por escolher nosso sistema.

Manual do Usuário. Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural. dezembro de 13

Manual do Usuário. Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural. dezembro de 13 Manual do Usuário Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural dezembro de 13 Este documento foi produzido por Praça dos Açorianos, s/n CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (51) 3210-3100

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS CAIXA ECONÔMICA FEDERAL NO FINANCE Finance V10 New 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pela Caixa Econômica... 3 Como efetuar a Conciliação por Extrato

Leia mais

Tutorial Report Express. Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença.

Tutorial Report Express. Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença. Tutorial Report Express Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença. Índice Apresentação Pág. 3 Passo 1 Pág. 4 Instalação do MasterDirect Integrações Passo 2 Pág. 8 Exportar clientes Linha Contábil

Leia mais

Manual de Utilização do PDV Klavix

Manual de Utilização do PDV Klavix Manual de Utilização do PDV Klavix Página 1/20 Instalando a partir do CD Se você recebeu um CD de instalação, rode o programa Instalador que se encontra no raiz do seu CD. Ele vai criar a pasta c:\loureiro

Leia mais

Captura de Processos Programa Captura. Programa Captura Orientações

Captura de Processos Programa Captura. Programa Captura Orientações Programa Captura Orientações Elaborado por: Julio Cesar Cavalheiro PÁG. 1/10 Índice 1. Objetivo... 3 2. Parametrização... 3 3. Andamentos Capturados... 6 4. Tela de Leitura e Status da Captura... 8 5.

Leia mais

Prestador de Serviços

Prestador de Serviços Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Serviços...3 Os Recibos... 5 Como imprimir?... 6 As Listagens...7 Clientes... 9 Consulta...9 Inclusão... 11 Alteração... 12 Exclusão... 13 Serviços...

Leia mais

Rotina para utilização do PALM (coletor de dados) no inventário. Biblioteca... Registros:... Estante:...1... + 1 + 10. Prateleira:...1...

Rotina para utilização do PALM (coletor de dados) no inventário. Biblioteca... Registros:... Estante:...1... + 1 + 10. Prateleira:...1... Rotina para utilização do PALM (coletor de dados) no inventário Leitura de Registros utilizando o Palm Ligue o Palm e aparecerá o Menu Principal. 1. Clique no ícone do SiCol para abrir o programa onde

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

PROCEDIMENTO DO CLIENTE

PROCEDIMENTO DO CLIENTE PROCEDIMENTO DO CLIENTE Título: Plug-in Guia de Empresas Objetivo: Aprender a utilizar a ferramenta. Onde: Empresa Quem: Cliente Quando: Início A ferramenta de Guia de Empresas é uma ferramenta desenvolvida

Leia mais

Versão 8.2C-08. Domínio Atendimento

Versão 8.2C-08. Domínio Atendimento Versão 8.2C-08 Domínio Atendimento Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso,

Leia mais

U3 Sistemas Análise e Desenvolvimento de Softwares ===== Manual [Primeiros Passos e Conhecendo o Sistema] =====

U3 Sistemas Análise e Desenvolvimento de Softwares ===== Manual [Primeiros Passos e Conhecendo o Sistema] ===== 1 Manual Primeiros Passos e Conhecendo o Sistema 01 PRIMEIROS PASSOS E CONHECENDO O SISTEMA 2 01.01 Após a instalação do sistema vamos dar os primeiros passos para podermos utilizar o U3 Marmoraria Plus.

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME APRESENTAÇÃO Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE WORD 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha. Programador:

Leia mais

Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação.

Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação. Incluir um Inventário Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação. ) e preencha Clique na aba Itens e depois no botão Carregar Produtos

Leia mais

Manual do Usuário - Cliente Externo

Manual do Usuário - Cliente Externo Versão 3.0 SGCL - Sistema de Gestão de Conteúdo Local SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Referências... 4 2. COMO ESTÁ ORGANIZADO O MANUAL... 4 3. FUNCIONALIDADES GERAIS DO SISTEMA... 5 3.1. Acessar a Central

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

PEDIDO Manual OPERACIONAL

PEDIDO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br PEDIDO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 34 ÍNDICE Pedido... 4 Como Acessar... 4 Como Localizar Pedido...

Leia mais

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I.

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. MILI S.A. - D.T.I. Índice 1 ACESSANDO O PORTAL IPEDIDOS... 3 1.1 Login...5 1.2 Tela Principal, Mensagens e Atendimento On-line...6 2 CADASTRAR... 10 2.1 Pedido...10

Leia mais

AGHOS - GESTÃO E REGULAÇÃO ASSISTENCIAL E FINANCEIRA DE SAÚDE MÓDULO DE REGULAÇÃO AMBULATORIAL DE CONSULTAS ESPECIALIZADAS

AGHOS - GESTÃO E REGULAÇÃO ASSISTENCIAL E FINANCEIRA DE SAÚDE MÓDULO DE REGULAÇÃO AMBULATORIAL DE CONSULTAS ESPECIALIZADAS Manual de Regulação Ambulatorial de Consultas Especializadas SISTEMA AGHOS Versão 01.2011 ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 1. O SISTEMA...4 1.1 Acesso ao Sistema AGHOS:...4 1.2 Teclas de funções do Sistema:...5 1.3

Leia mais

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa P OW ERPOI NT 1 INTRODUÇÃO... 3 1. Iniciando o PowerPoint... 3 2. Assistente de AutoConteúdo... 4 3. Modelo... 5 4. Iniciar uma apresentação em branco... 6 5. Modo de Exibição... 6 6. Slide Mestre... 7

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Configurando o Módulo... 3 Contas... 3 Conta Caixa... 5 Aba Geral... 5 Aba Empresas... 8 Conta Banco... 9 Aba Geral... 9 Aba Conta Banco... 10 Aba Empresas... 12 Tipos de

Leia mais

Procedimentos para obter planilhas

Procedimentos para obter planilhas Página 1 Procedimentos para obter planilhas Acesse o site www.herdom.com.br/oxxen >>digite seu usuário e senha Aparecerá a seguinte opção: 1 Passo Clicar no símbolo do excell. Será encaminhado para a opção

Leia mais

TRABALHANDO COM O ORÇAMENTO NO GERENCIAL

TRABALHANDO COM O ORÇAMENTO NO GERENCIAL Execute o ícone na área de trabalho: TRABALHANDO COM O ORÇAMENTO NO GERENCIAL Aguarde um instante, irá aparecer à seguinte tela: Clique no botão EXECUTAR e aguarde um momento. Após ter clicado em EXECUTAR

Leia mais

NOTA FISCAL COMPLEMENTAR. Serão emitidas notas fiscais complementares nos casos abaixo:

NOTA FISCAL COMPLEMENTAR. Serão emitidas notas fiscais complementares nos casos abaixo: NOTA FISCAL COMPLEMENTAR Serão emitidas notas fiscais complementares nos casos abaixo: a) no reajustamento de preço em razão de contrato escrito ou de qualquer outra circunstância que implique aumento

Leia mais

Freedom Software. Sistema de Representação. Freedom Software Sistema de Representação Página 1

Freedom Software. Sistema de Representação. Freedom Software Sistema de Representação Página 1 Freedom Software Sistema de Representação Freedom Software Sistema de Representação Página 1 FREEVENDMOBILE (Sistema de Vendas Mó vel) Sumário INSTALAÇÃO:... 3 O SISTEMA... 7 MENU E BARRAS DO SISTEMA...

Leia mais

DPAlmox - Windows MANUAL DO USUÁRIO

DPAlmox - Windows MANUAL DO USUÁRIO - Windows MANUAL DO USUÁRIO DPSISTEMAS www.dpsistemas.com.br 1. Registrando o programa... 3 2. Entrando no programa Login... 5 3. Tela Principal do Sistema... 6 4. Utilizando os botões de navegação...

Leia mais

Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária (SIS 1.0)

Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária (SIS 1.0) Parte:Manual Atualização: OriginalPágina 1 Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária () Instalação Se houver alguma versão do FireBird Instalada na máquina desinstale antes de

Leia mais

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SANTA MARIA FATECIENS 2008 Este manual tem por finalidade apresentar as especificações detalhadas da aplicação de Cadastro de Funcionários,

Leia mais

Perfil Chefe de Transporte

Perfil Chefe de Transporte Manual do Usuário Perfil Chefe de Transporte APRESENTAÇÃO Bem vindos ao manual do usuário do Sistema de Gestão de Frotas. Este Manual proporcionará aos seus usuários, descobrir todas as funcionalidades

Leia mais

AR PDV SOLUÇÕES AR CONSULTORIA EM INFORMÁTICA

AR PDV SOLUÇÕES AR CONSULTORIA EM INFORMÁTICA 1 Sumário: 1. AR PDV...02 2. Registro / Login...03 3. Configuração...03 4. Abertura de Caixa...03 5. Registro de Vendas...04 a. Passos para Emissão do Cupom Fiscal...05 b. Inserindo Produtos...06 c. Formas

Leia mais

Manual de uso do Borderô Credix

Manual de uso do Borderô Credix Manual de uso do Borderô Credix Após efetuar o download do aplicativo siga os passos para a instalação do sistema, ao final será criado um atalho na área de trabalho, como ilustra a figura 1. Figura 1

Leia mais

Manual Operacional do Plenoweb

Manual Operacional do Plenoweb Manual Operacional do Plenoweb 1 Sumário 1. Introdução...3 2. Primeiro Acesso...4 2.1. Requisitos Mínimos...4 2.2. Tela inicial...4 2.3. Menus...5 3. Cadastro de Pessoa...7 4. Cadastro de Cotas...9 5.

Leia mais

Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque.

Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque. 5. ALTERAÇÃO DO ESTOQUE ATUAL Não é possível alterar o estoque de um produto na tela Cadastro de Produto. Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque. 5.1. Cadastro

Leia mais

Atendimento WEB IAMSPE CEAMA v20120524.docx. Manual de Atendimento

Atendimento WEB IAMSPE CEAMA v20120524.docx. Manual de Atendimento Manual de Atendimento ÍNDICE INCLUIR PEDIDO (SOLICITAÇÃO DE SENHA)... 3 ACOMPANHAMENTO DE PEDIDO... 8 2 INCLUIR PEDIDO (SOLICITAÇÃO DE SENHA) Utilizado para solicitação de senha para procedimentos pré-autorizados.

Leia mais

Índice IMPLEMENTAÇÕES EFETUADAS NO MULTBOVINOS ESTOQUE DE ANIMAIS...2 MÓDULO DE CURRAL...6 MÓDULO SISBOV...10

Índice IMPLEMENTAÇÕES EFETUADAS NO MULTBOVINOS ESTOQUE DE ANIMAIS...2 MÓDULO DE CURRAL...6 MÓDULO SISBOV...10 Goiânia, Novembro de 2009. Prezado Cliente, É com grande satisfação que apresentamos uma lista contendo as implementações realizadas no MULTBOVINOS referentes aos meses de Junho a Novembro de 2009. Índice

Leia mais

Acessando o SVN. Soluções em Vendas Ninfa 2

Acessando o SVN. Soluções em Vendas Ninfa 2 Acessando o SVN Para acessar o SVN é necessário um código de usuário e senha, o código de usuário do SVN é o código de cadastro da sua representação na Ninfa, a senha no primeiro acesso é o mesmo código,

Leia mais

Manual Operacional do Assessor Jurídico

Manual Operacional do Assessor Jurídico Manual Operacional do Assessor Jurídico SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E SERVIÇOS - MÓDULO COMPRAS - EMISSÃO DE PARECER JURÍDICO PARA PROCESSOS DE COMPRA COM EDITAL OU DE DISPENSA DE LICITAÇÃO

Leia mais

Figura 1: Interface 3G Identech

Figura 1: Interface 3G Identech Sumário 1 INTRODUÇÃO...3 2 INSTALAÇÃO NO WINDOWS XP...5 3 INSTALAÇÃO NO WINDOWS VISTA...12 4 INSTALAÇÃO NO WINDOWS 7...18 5 CADASTRANDO OPERADORA...25 6 CONECTANDO NA INTERNET...27 7 SERVIÇO DE SMS...29

Leia mais

Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia

Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia 1 Acessar o endereço: http://facgtounafisco.facilinformatica.com.br 1.2 - Será exibida a página abaixo, selecionar o Tipo de acesso (Clínica (CNPJ) e/ou

Leia mais

Software Planejamento Tributário

Software Planejamento Tributário Software Planejamento Tributário Bem vindo ao segundo manual de instalação do software de Planejamento Tributário, este irá lhe mostrar os passos para o término da instalação e configuração do software

Leia mais

Menu Notas Fiscais Entradas. Sugestão de Compras: 1º passo: selecionar os critérios de pesquisa e filtros:

Menu Notas Fiscais Entradas. Sugestão de Compras: 1º passo: selecionar os critérios de pesquisa e filtros: Menu Notas Fiscais Entradas (não é um manual) Sugestão de Compras: 1º passo: selecionar os critérios de pesquisa e filtros: Loja desejada. Fornecedor desejado (com marcas homologadas). Filtro para ignorar

Leia mais

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2 Tutorial UltraPDV - GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL ULT-027-GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA.... 2 1.1 - GERAR UMA

Leia mais

GLOSSÁRIO. 1. Introdução... 02. 2. Objetivo... 02. 3. Clonagem do Sistema... 03. 4. Configuração dos Campos... 06

GLOSSÁRIO. 1. Introdução... 02. 2. Objetivo... 02. 3. Clonagem do Sistema... 03. 4. Configuração dos Campos... 06 GLOSSÁRIO 1. Introdução... 02 2. Objetivo... 02 3. Clonagem do Sistema... 03 4. Configuração dos Campos... 06 5. Realização de Testes na Versão 3.10... 07 6. Realização de Testes em ambiente de Produção...

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

Manual / Apostila Sistemas Prosol. Pro Guias / Arquivo e Pro Gerenciador

Manual / Apostila Sistemas Prosol. Pro Guias / Arquivo e Pro Gerenciador Manual / Apostila Sistemas Prosol Pro Guias / Arquivo e Pro Gerenciador 20/11/2008 Palestrante/Facilitador: Paulo Sérgio de Almeida Gonçalves Currículo resumido: Contador, Consultor, Administrador formado

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACERTO DE ESTOQUE...

Leia mais

PROCEDIMENTO DO CLIENTE

PROCEDIMENTO DO CLIENTE PROCEDIMENTO DO CLIENTE Título: Manual da Loja Virtual. Objetivo: Como anunciar produtos e acompanhar as vendas. Onde: Empresa Quem: Cliente Quando: Início Através deste manual, veremos como anunciar e

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1 Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente Versão 1.1 Sumário Sistema de Relacionamento com Cliente 3 1 Introdução... ao Ambiente do Sistema 4 Acessando... o Sistema 4 Sobre a Tela... do Sistema

Leia mais

Manual sistema Laundry 4.0

Manual sistema Laundry 4.0 Manual sistema Laundry 4.0 Sistema para serviços de Lavanderia Comércios Empresa responsável Novacorp informática Fone (41) 3013-1006 E-mail marcio@novacorp.com.br WWW.novacorp.com.br Sumario 1 Este manual

Leia mais

Acesse pela Internet usando o endereço eletrônico: www.dspconvenio.com.br

Acesse pela Internet usando o endereço eletrônico: www.dspconvenio.com.br Manual do Site 1 Acesse pela Internet usando o endereço eletrônico: www.dspconvenio.com.br 2 Tela Inicial do Front End 3 Marque o campo Pessoa Jurídica 4 Digite o CNPJ de sua Empresa (corrido,sem traço,

Leia mais

Como Gerar documento em PDF com várias Imagens

Como Gerar documento em PDF com várias Imagens Como Gerar documento em PDF com várias Imagens Para Gerar documento em PDF com várias Imagens, temos que seguir dois passos: 1. Inserir Imagens no Word 2. Gerar PDF a partir de documento do Word 1- Inserir

Leia mais

DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR

DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR Fortaleza - CE Introdução ao ambiente de desenvolvimento delphi e preparação da interface basíca O ambiente delphi foi criado pela Borland Software

Leia mais

Configurações dos Sistemas

Configurações dos Sistemas Configurações dos Sistemas Sumário configurações dos sistemas Este manual do Configurações dos Sistemas tem por objetivo explicar as informações referentes a configuração do ambiente, como por exemplo,

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa AMG Manual de Operação Conteúdo 1. Sumário 3 2. Programa

Leia mais

GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - MILLENNIUM

GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - MILLENNIUM GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - MILLENNIUM ÍNDICE ITEM Página 1. Objetivo... 3 2. Requisitos... 3 3. Diretório do Millennium... 3 4. Procedimento para Transferência de Servidor... 3 4.1 Compartilhamento

Leia mais

Cartão Usuário ISSEM

Cartão Usuário ISSEM Cartão Usuário ISSEM Objetivo: O sistema é on-line e oferece ao segurado do Instituto, facilidade e rapidez nos atendimentos junto aos nossos credenciados. Com o uso de um cartão, o segurado pode dirigir-se

Leia mais

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 Manual Ciaf NFC-e Gratuito Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 1 Cadastro de Clientes Nesta opção iremos armazenar no sistema

Leia mais

Curso em Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) - Tutorial Editores/Editores de Seção

Curso em Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) - Tutorial Editores/Editores de Seção Curso em Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) - Tutorial Editores/Editores de Seção AGOSTO 2015 Curso em Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) Agosto 2015 Editor / Editor de

Leia mais

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site.

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Atenção: Os dados que aparecem nas imagens abaixo, são meramente ilustrativos, naturalmente os dados que devem ser visualizados,

Leia mais

Vigilantos. Manual do Usuário Laboratório

Vigilantos. Manual do Usuário Laboratório Vigilantos. Manual do Usuário Laboratório Copyright 2006 http://vigilantos.dive.sc.gov.br Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste documento pode ser reproduzida, distribuída ou utilizada sem

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

O AR_AUTOMAÇÃO ou AR_RETAGUARDA, é um programa feito principalmente para o gerenciamento da empresa, neste módulo encontram-se todos os relatórios,

O AR_AUTOMAÇÃO ou AR_RETAGUARDA, é um programa feito principalmente para o gerenciamento da empresa, neste módulo encontram-se todos os relatórios, O AR_AUTOMAÇÃO ou AR_RETAGUARDA, é um programa feito principalmente para o gerenciamento da empresa, neste módulo encontram-se todos os relatórios, parte financeira, entrada de mercadorias entre outros.

Leia mais

Chamada Pública Procedimentos para utilização da Chamada Pública no sistema SMARam Versão 1.0

Chamada Pública Procedimentos para utilização da Chamada Pública no sistema SMARam Versão 1.0 Chamada Pública Procedimentos para utilização da Chamada Pública no sistema SMARam Marcio Tomazelli Coordenador de Sistemas Gustavo Cezarino Programador Pleno Versão 1.0 Índice Índice...2 Índice de Figuras...2

Leia mais

INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA

INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA Núcleo de Educação a Distância UniEvangélica 2 ÍNDICE 1 Introdução à Informática... 3 1. O Computador... 3 Teclado... 3 Mouse... 5 Monitor...

Leia mais

Solicitação da emissão da GTA em qualquer computador

Solicitação da emissão da GTA em qualquer computador Manual de Emissão de GTA- Produtor Orientações iniciais: Para a emissão da GTA em casa o produtor deverá possuir: senha do produtor emitida em um escritório do Idaf, um computador, uma impressora e acesso

Leia mais

MALOTE DIGITAL. Autores Conselho Nacional de Justiça TRE-MG

MALOTE DIGITAL. Autores Conselho Nacional de Justiça TRE-MG MALOTE DIGITAL Este Manual foi adaptado pela Coordenadoria da Escola dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso e DAPI Departamento de Aprimoramento da 1ª Instância Autores Conselho

Leia mais

Carrera Pessoal 2015. Guia de uso

Carrera Pessoal 2015. Guia de uso Carrera Pessoal 2015 Guia de uso Bem vindo ao Carrera Pessoal 2015, o gerenciador financeiro ideal. Utilizando o Carrera Pessoal você poderá administrar com facilidade as suas finanças e/ou da sua família.

Leia mais

MAIS CONTROLE SOFTWARE Controle Financeiro / Fluxo de Caixa (MCS Versão 2.01.99) Índice

MAIS CONTROLE SOFTWARE Controle Financeiro / Fluxo de Caixa (MCS Versão 2.01.99) Índice Item MAIS CONTROLE SOFTWARE Controle Financeiro / Fluxo de Caixa (MCS Versão 2.01.99) Índice Página 1.Apresentação... 4 2.Funcionamento Básico... 4 3.Instalando o MCS... 4, 5, 6 4.Utilizando o MCS Identificando

Leia mais

Treinamento de. Linx Pos

Treinamento de. Linx Pos Treinamento de caixa Linx Pos Será instalados no terminal da loja, o ícone, conforme imagem abaixo: Linx POS ÍNDICE Abertura de caixa e leitura X Lançamentos Cancelamento de itens Consulta preços no ato

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

Sua mais nova e completa ferramenta

Sua mais nova e completa ferramenta TUTORIAL PORTAL CLIENTE LUCIOS Sua mais nova e completa ferramenta SOLICITE SEU ACESSO PRÉ-REQUISITO NAVEGADOR IE MICROSOFT O Navegador IE - Internet Explore, vem instalado como padrão em qualquer distribuição

Leia mais

Sistema Ativo de Segurança Automotiva

Sistema Ativo de Segurança Automotiva Sistema Ativo de Segurança Automotiva Manual de Utilização Conteúdo HOME Página inicial 3 Última posição 3 Rastrear 5 Relatórios 6 Histórico de Posições 6 Localização 7 Faturamento 7 Monitoramento 9 Alerta

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS CONTATO COMERCIAL ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando

Leia mais

Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital

Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital Inventários Página 1 de 6 Utilizado para fazer o inventário de todos os produtos cadastrados no sistema SIGLA Digital 1 Começando o Cadastro 11

Leia mais

procedimentos para vendas no Gestão orçamento

procedimentos para vendas no Gestão orçamento GESTÃO ORÇAMENTO LOJA procedimentos para vendas no Gestão orçamento 1 ÍNDICE Pag 1 - Gravação De Orçamento Em DINHEIRO 3 1.1 - Desconto De Verba 4 1.2 - Semaforo De Lucratividade 6 2 - Gravação De Orçamento

Leia mais

Índice. 1. Introdução... 02. 2. Objetivo... 02. 3. Clonagem do Sistema... 03. 4. Configuração dos Campos... 06

Índice. 1. Introdução... 02. 2. Objetivo... 02. 3. Clonagem do Sistema... 03. 4. Configuração dos Campos... 06 Índice 1. Introdução... 02 2. Objetivo... 02 3. Clonagem do Sistema... 03 4. Configuração dos Campos... 06 5. Realização de Testes na Versão 2.0... 07 6. Realização de Testes em ambiente de Produção...

Leia mais

FAQ. Erros, e dúvidas frequentes

FAQ. Erros, e dúvidas frequentes FAQ Erros, e dúvidas frequentes Sumário ERROS CONHECIDOS... 2 1. Botões da tela principal desabilitados... 2 2. Erro de cadastro... 3 3. Região Nordeste não encontrada no cadastro de obras;... 3 4. Célula

Leia mais

..:Restaurantes:.. Manual completo do sistema de vendas Restaurantes. Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br

..:Restaurantes:.. Manual completo do sistema de vendas Restaurantes. Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br ..:Restaurantes:.. Manual completo do sistema de vendas Restaurantes Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br E-mail..: suporte@giovaneinformatica.com.br :.. Índice ndice..: 1-) CADASTRANDO DE PRODUTOS

Leia mais

Professor Paulo Lorini Najar

Professor Paulo Lorini Najar Microsoft PowerPoint O Microsoft PowerPoint é uma ferramenta ou gerador de apresentações, palestras, workshops, campanhas publicitárias, utilizados por vários profissionais, entre eles executivos, publicitários,

Leia mais

PANDION MANUAL DO USUÁRIO (versão 1.0)

PANDION MANUAL DO USUÁRIO (versão 1.0) Secretaria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Suporte Técnico aos Usuários PANDION MANUAL DO USUÁRIO (versão 1.0) SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CADASTRAMENTO NECESSÁRIO PARA UTILIZAR O PANDION...

Leia mais

Início Rápido para Fotos e Histórias do FamilySearch

Início Rápido para Fotos e Histórias do FamilySearch Início Rápido para Fotos e Histórias do FamilySearch Você pode adicionar fotos e histórias da família aos registros dos seus antepassados na Árvore Familiar. Com o novo recurso Adicionar Fotos e Histórias,

Leia mais

APOSTILA DE INFORMÁTICA MICROSOFT WORD 2012

APOSTILA DE INFORMÁTICA MICROSOFT WORD 2012 APOSTILA DE INFORMÁTICA MICROSOFT WORD 2012 Profa Responsável Fabiana P. Masson Caravieri SUMÁRIO 1. MICROSOFT WORD 2010.... 3 1.1 INICIANDO O WORD 2010.... 3 2. Pagina Inicial.... 6 2.1 Aba arquivo...

Leia mais

Apostila do estagiário MÓDULO I

Apostila do estagiário MÓDULO I Apostila do estagiário MÓDULO I Manual do Gerenciador da Sala de Internet BlueControl Programa Acessa Escola Apresentação O Programa Acessa Escola é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo,

Leia mais

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas Microsoft Power Point 2003 No Microsoft PowerPoint 2003, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo, ele contém tudo o que você precisa uma estrutura para sua apresentação, os slides, o material

Leia mais

Tutorial WEB Soluço es Click.

Tutorial WEB Soluço es Click. Tutorial WEB Soluço es Click. Sumário Sumário... 1 1. Acesso ao site:... 2 2. Login:... 3 3. Página Principal:... 4 4. Navegando sobre o menu:... 4 5. Opção Chamado:... 5 5.1 Tela de Chamados:... 6 5.1.1

Leia mais

1. Introdução a Microsoft Excel

1. Introdução a Microsoft Excel Introdução a Microsoft Excel 1. Introdução a Microsoft Excel 1.1. O que é Microsoft Excel Microsoft Excel é um software de planilha eletrônica produzido pela Microsoft Corporation, para o sistema operacional

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Manual do Sistema

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Manual do Sistema 1 Índice Apresentação... 3 Entrada no sistema... 4 Manual da NFe de Serviços Módulo Tomador... 5 Consultar RPS Recibo Provisório de Serviços... 6 Verificar a Autenticidade de Nota Fiscal... 7 Geração de

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema

Manual de Utilização do Sistema Manual de Utilização do Sistema 2013 Nota Control Nota Cuiabana Índice Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento Parte II Apresentação 1 Menu Home 2 Menu Cadastro 3 Menu Já sou cadastrado 4 Menu

Leia mais

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Versão 1.0.7 Manual do Usuário

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Versão 1.0.7 Manual do Usuário Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS DATASUS Gerenciador de Ambiente Laboratorial GAL Versão 1.0.7 Página 1 de 70 Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Usuário

Leia mais

* COMO ACESSAR O SISTEMA?

* COMO ACESSAR O SISTEMA? * OBJETIVO: Possibilitar que os usuários autorizados da SEDUC PA, cadastrem processos e/ou documentos acompanhando o andamento dos mesmos até a sua finalização ou cancelamento. Através deste módulo haverá

Leia mais

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML Observação: O arquivo XML da nota fiscal deve estar salvo em seu computador. Se o seu fornecedor não enviou o arquivo por e-mail, você pode obter o arquivo pela internet,

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Sumário: Tópico: Página: 2 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento

Leia mais

Max Fatura Sistema de Gestão

Max Fatura Sistema de Gestão Sumário 1 Tela Inicial... 2 2 Tela de Pesquisa... 3 3 Tela de Vendas... 4 5 Aproveitamento de Icms... 5 6 Salvar... 5 9 Para emissão da nota fiscal... 7 10 Impressão de relatórios... 10 11 Contas a Pagar

Leia mais

Themis Serviços On Line - Publicações

Themis Serviços On Line - Publicações Nome do documento Guia do Usuário Themis Serviços On Line - Publicações Sumário Introdução:... 3 1 - Cadastro dos Usuários do Themis Serviços On Line:... 3 2 - Acesso ao Sistema Themis Serviços On Line:...

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

Módulo de Funil e Proposta

Módulo de Funil e Proposta Módulo de Funil e Proposta Sumário I. Acesso ao sistema CRMTEL... 4 II. Preenchimento da Proposta/Funil... 5 III. Organização da Proposta... 8 IV. Dados da Concorrência... 9 V. Aba Observações - Trade-In

Leia mais

FORMULÁRIO ADAWEB MÓDULO EXTERNO ATO DECLARATÓRIO AMBIENTAL ADA IBAMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS

FORMULÁRIO ADAWEB MÓDULO EXTERNO ATO DECLARATÓRIO AMBIENTAL ADA IBAMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS MANUAL DE PREENCHIMENTO DO ADA FORMULÁRIO ADAWEB (MANUAL DO SISTEMA) MÓDULO EXTERNO ATO DECLARATÓRIO AMBIENTAL ADA IBAMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS Brasília

Leia mais

Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI. Secretaria Nacional de Missões

Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI. Secretaria Nacional de Missões Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI Secretaria Nacional de Missões Manual do Usuário Apresentamos a seguir um guia básico contendo informações gerais para utilização do Sistema de Gerenciamento

Leia mais

Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual

Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual Diário On-line Apresentação ----------------------------------------------------------------------------------------- 5 Requisitos Básicos

Leia mais