Sistema de Cancelamento Eletrônico Manual do Usuário

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistema de Cancelamento Eletrônico Manual do Usuário"

Transcrição

1 Sistema de Cancelamento Eletrônico Manual do Usuário IEPTB-MG Belo Horizonte, 2014

2 Índice Sumário I. Uso do sistema pelo credor Acesso ao sistema Uso da assinatura digital Criação de uma nova declaração de anuência Controle de declarações de anuência Acompanhar status Ações possíveis Busca rápida Procuração Criar uma procuração Controle de procurações de credores II. Cancelamento do protesto no cartório IEPTB-MG - Manual do Usuário Sistema de Cancelamento Eletrônico 2

3 O objetivo deste manual é promover auxílio à operação do Sistema de Cancelamento Eletrônico e explicar o seu comportamento, de acordo com as suas particularidades. IEPTB-MG - Manual do Usuário Sistema de Cancelamento Eletrônico 3

4 I. Uso do sistema pelo credor O sistema permite que a pessoa interessada em gerar uma declaração de anuência o faça por meio eletrônico, bastando, para isso, possuir um certificado digital. Quem vai criar a declaração de anuência deve figurar como credor no registro de protesto cujo cancelamento se deseja autorizar. O certificado digital a ser utilizado deve ter como titular a mesma pessoa que figurou no registro do protesto como credora. É possível, no entanto, fazer procurações para que uma terceira pessoa, nomeada como procuradora, assine as declarações de anuência com seu certificado digital. Se o credor é uma empresa (pessoa jurídica), não será preciso sempre usar o certificado digital da própria empresa. Bastará usá-lo uma vez para criar uma procuração e, depois disso, as anuências que tiverem a empresa como credora poderão ser assinadas com o certificado digital da pessoa que foi nomeada procuradora. Será descrito a seguir todo o sistema acessível aos credores, ou seja, àqueles que estão legitimados a emitir uma declaração de anuência para cancelar um protesto e assiná-la. IEPTB-MG - Manual do Usuário Sistema de Cancelamento Eletrônico 4

5 1. Acesso ao sistema O acesso ao sistema se dá pelo endereço eletrônico Na página de apresentação, haverá uma figura como esta: Clicando na figura, você será direcionado para a página que descreve como cancelar um protesto. Nessa página, bastará clicar na figura como a mostrada abaixo. Você será direcionado para o Sistema de Cancelamento Eletrônico. 1.1 Uso da assinatura digital Para acessar o sistema é necessário utilizar um certificado digital do tipo e-cpf ou e-cnpj válido. IMPORTANTE: o usuário deverá estar com seu certificado digital instalado no computador ou, caso o certificado esteja em uma mídia móvel (como um token ou um cartão magnético), a mídia deverá estar conectada, por meio de um dispositivo de interface (como uma porta USB ou um leitor de cartão), com seu respectivo driver instalado. Este manual não contém explicações sobre instalação e uso de certificados digitais. Para essa finalidade, consulte as informações prestadas pelo fornecedor do certificado digital. No primeiro acesso que for feito ao sistema, deverá ocorrer o carregamento do aplicativo em Java responsável pela leitura dos certificados digitais. Se o seu sistema operacional perguntar se você deseja executar o aplicativo, responda que sim e aguarde a instalação. O sistema de cancelamento eletrônico será carregado e a janela contendo os certificados digitais que existem na máquina que o acessou será exibida. A tela será como a figura a seguir: IEPTB-MG - Manual do Usuário Sistema de Cancelamento Eletrônico 5

6 CREDOR DO TÍTULO PROTESTADO OUTRO CERTIFICADO DIGITAL Escolha o certificado que deseja usar e, em seguida, clique no botão Executar. No primeiro acesso deve ser digitado o código PIN. Tome cuidado para não digitar esse código equivocadamente pois, caso contrário, seu acesso poderá ser bloqueado. CREDOR DO TÍTULO PROTESTADO Ressalte-se que, conforme já mencionado, o leitor de certificado digital e a respectiva mídia devem estar acoplados ao computador. Caso se escolha um certificado que não corresponde àquele vinculado ao computador, uma mensagem semelhante à exibida abaixo aparecerá. IEPTB-MG - Manual do Usuário Sistema de Cancelamento Eletrônico 6

7 Caso o quadro contendo a lista de certificados não seja carregado, verifique se seu computador possui bloqueador de pop-ups e/ou não contém o software JAVA instalado. Para instalar o JAVA em seu computador, clique no link a seguir ou copie o endereço, caso este manual esteja impresso: 2. Criação de uma nova declaração de anuência No seu primeiro acesso, após o procedimento de autenticação descrito no item anterior, você verá uma tela como esta: CREDOR DO TÍTULO PROTESTADO Se você desejar preencher uma procuração para que outra pessoa crie anuências para cancelar protestos dos quais você seja credor, leia as instruções no item 4. Se você mesmo irá criar a nova declaração de anuência para enviar ao cartório, clique no botão +Criar anuência. Ao clicar nesse botão, você verá a tela a seguir: IEPTB-MG - Manual do Usuário Sistema de Cancelamento Eletrônico 7

8 Essa tela é intuitiva, ou seja, basta que você preencha os dados solicitados. Se você não possui os dados, é aconselhável que obtenha uma certidão junto ao cartório no qual o protesto foi lavrado. IMPORTANTE: sempre que possível, preencha os campos do devedor e Telefone do devedor. O primeiro campo permitirá que, depois que a anuência for gerada, o devedor receba uma mensagem de cientificando-o de que você gerou a anuência. O campo referente ao telefone facilitará que, se necessário, o cartório entre em contato com o devedor. Depois que tudo estiver preenchido, clique no botão Salvar declaração de anuência. Ao fazer isso, você verá uma tela como esta: Fernando Pessoa Comarca Caso você desista de enviar a declaração de anuência, clique em Remover. Se quiser fazer outras declarações de anuência para o mesmo cartório e em favor do mesmo devedor, basta clicar em Copiar que os dados respectivos serão repetidos em uma nova declaração e você terá que preencher apenas os dados referentes ao título protestado. IEPTB-MG - Manual do Usuário Sistema de Cancelamento Eletrônico 8

9 Se já estiver pronto para assinar a(s) declaração(ões) criada(s), selecione as que desejar assinar e clique no botão Assinar e Enviar. Isso fará com que a ferramenta de assinatura digital seja acionada. Quando aparecer a janela perguntando se deseja executar o Assinador, responda que sim e aguarde. Será pedido o código PIN do seu certificado digital. Depois que você preencher corretamente o PIN e clicar em OK, a(s) anuência(s) será(ão) gerada(s) e receberá(ão) um número. ATENÇÃO: depois que você assinar a anuência e enviá-la ao cartório, o sistema não permitirá que você retire a anuência. Isso significa que, caso a anuência esteja correta, qualquer interessado poderá comparecer ao cartório e, pagando as despesas devidas, efetuar o cancelamento do protesto. Por isso, seja muito cauteloso antes de clicar em Assinar e Enviar. Todas as anuências geradas por você poderão ser acompanhadas na tela de controle. É disso que trataremos a seguir. 3. Controle de declarações de anuência 3.1 Acompanhar status Você pode acompanhar todas as declarações de anuência ao cancelamento de protesto criadas. Basta clicar em Acompanhe as anuências que você será direcionado para uma tela como a que aparece a seguir Comarca Na coluna Ações, ao posicionar o ponteiro do mouse sobre os botões, será exibida uma breve descrição da sua função. As guias de controle permitem que você visualize as anuências geradas por você separadamente, de acordo com o status de cada uma. Confira abaixo a descrição do conteúdo de dada guia, cujo nome se refere ao status das anuências. IEPTB-MG - Manual do Usuário Sistema de Cancelamento Eletrônico 9

10 Novo: anuências que foram preenchidas, mas ainda não assinadas e enviadas. Enviado: anuências que foram preenchidas, assinadas e enviadas, mas ainda não examinadas pelo cartório. Recebido: anuências que foram enviadas e já visualizadas pelo cartório, mas sem que este tenha verificado ainda se os dados estão corretos. Aceito: anuências que foram recebidas pelo cartório, conferidas por ele e consideradas corretas, prontas para que o cancelamento seja feito. O cancelamento, nesse caso, dependerá do comparecimento do interessado para pagar as despesas de cartório respectivas. Rejeitado: anuências que foram recebidas pelo cartório mas que, após examinadas, apresentaram alguma irregularidade. Nesse caso, você deverá visualizar a anuência para verificar qual foi a irregularidade apontada. Será preciso gerar uma nova anuência, pois o sistema, por uma questão de segurança, não permite que você altere uma anuência já assinada. Todos: todas as anuências geradas e não enviadas. Lixeira: anuências que você excluiu. Em algum momento, você pode desejar não mais visualizar determinadas anuências na lista. Para isso, bastará excluí-las, enviando-as para a lixeira. ATENÇÃO: a exclusão não significa que você eliminou uma anuência e que ela não poderá ser usada; significa apenas que você a apagou da lista correspondente às guias descritas acima. Depois que o cartório recebeu uma anuência, você não poderá retirá-la do cartório, por isso, seja cauteloso antes de clicar em Assinar e Enviar. 3.2 Ações possíveis Na tela de controle, você pode adotar algumas ações. A figura abaixo mostra uma declaração de anuência que foi assinada e enviada ao cartório, sendo que este a aceitou Comarca Na coluna Ações, você poderá adotar alguma das seguintes: IEPTB-MG - Manual do Usuário Sistema de Cancelamento Eletrônico 10

11 Permite que você visualize os dados da declaração de anuência. Permite que você baixe um arquivo assinado digitalmente, contendo a declaração de anuência. Permite que você envie a declaração de anuência para a lixeira. ATENÇÃO: ao enviar para a lixeira, isso não significa que você eliminou uma anuência e que ela não poderá ser usada; significa apenas que você a apagou da lista correspondente ao status. Depois que o cartório recebeu uma anuência, você não poderá retirá-la do cartório, por isso, seja cauteloso antes de clicar em Assinar e Enviar. 3.3 Busca rápida Clique na lupa, no canto direito da tela de controle, para buscar rapidamente determinada anuência. Informe os dados que deseja filtrar. Os filtros que podem ser usados são diversos, como você pode verificar na figura a seguir. IEPTB-MG - Manual do Usuário Sistema de Cancelamento Eletrônico 11

12 4. Procuração Conforme já mencionado, o credor pode outorgar uma procuração a outra pessoa, de forma que essa outra pessoa, denominada procurador, possa gerar declarações de anuência em nome do credor. Para saber como fazer, leia os itens a seguir. 4.1 Criar uma procuração Acesse o sistema usando o certificado digital da pessoa credora que concederá o acesso a seu(s) procurador(es). Clique no menu Procurações, no canto superior direito da tela, conforme mostrado a seguir. CREDOR DO TÍTULO PROTESTADO Clique no botão Criar procuração. Será aberta uma outra na janela, contendo uma área como esta: Clique no IEPTB-MG - Manual do Usuário Sistema de Cancelamento Eletrônico 12

13 botão + Criar procuração e será aberta a seguinte área na tela: A criação da procuração é extremamente simples. Você precisará informar apenas o nome e o CPF do procurador. ATENÇÃO: os dois dados informados, nome e CPF, devem corresponder exatamente àqueles que constam do certificado digital do procurador. Isso porque, quando o procurador acessar o sistema, terá que fazê-lo com o certificado digital dele e os dados contidos na procuração serão conferidos com os dados informados no certificado digital. Qualquer incongruência fará com que o tabelião recuse a anuência. Após o preenchimento dos dados, basta clicar em Salvar procuração. O sistema irá acionar o aplicativo Assinador e você deverá executá-lo. Em seguida, será pedido o código PIN do certificado digital do credor (que está outorgando a procuração). Uma vez informado o código, clique em OK e a procuração será assinada digitalmente. 4.2 Controle de procurações de credores O credor pode controlar todas as procurações que tiver gerado no sistema. A tela de controle é como esta a seguir: CREDOR DO TÍTULO PROTESTADO Álvaro de Campos IEPTB-MG - Manual do Usuário Sistema de Cancelamento Eletrônico 13

14 Entre as ações possíveis nessa tela, o credor pode baixar a procuração em arquivo p7s e visualizar seu conteúdo, desde que possua, em seu computador, um programa capaz de ler tal extensão de arquivo. Poderá, ainda, enviar a procuração para a lixeira. ATENÇÃO: ao enviar uma procuração para a lixeira, o procurador não poderá mais assinar anuências em nome do credor. As anuências até então assinadas por ele, no entanto, permanecerão válidas. II. Cancelamento do protesto no cartório Todos os procedimentos descritos acima objetivam gerar uma declaração de anuência de forma rápida, simples e sem burocracia. Uma vez que o cartório receba a declaração de anuência eletrônica e retorne a informação de que ela foi aceita, isso significa que a declaração de anuência se encontra no sistema e o cancelamento poderá ser feito por qualquer interessado. Não significa, portanto, que o cancelamento foi efetivado. Para que o cancelamento seja feito, o interessado deverá comparecer em cartório e, recolhendo as despesas correspondentes, solicitar que o protesto seja cancelado. Ressalte-se que a responsabilidade por providenciar o cancelamento, conforme expressa previsão em lei, é de qualquer interessado (art. 26 da Lei 9.492/97), o que significa que, após receber o pagamento de uma dívida, o credor deve fornecer ao devedor um documento hábil ao cancelamento do protesto, mas não é responsável, o próprio credor, por cancelá-lo. O Sistema de Cancelamento Eletrônico visa a facilitar a geração da declaração de anuência. Ao utilizar o sistema, o credor produz o documento que permite que o protesto seja cancelado, mas o protesto continuará existindo até que qualquer interessado compareça em cartório e o cancele. IEPTB-MG - Manual do Usuário Sistema de Cancelamento Eletrônico 14

Sistema de Cancelamento Eletrônico. Manual de utilização do sistema pelo cartório

Sistema de Cancelamento Eletrônico. Manual de utilização do sistema pelo cartório Sistema de Cancelamento Eletrônico Manual de utilização do sistema pelo cartório IEPTB-MG Belo Horizonte, 2015 Índice 1. Introdução... 4 2. Acesso ao sistema... 5 3. Visualização das declarações de anuência...

Leia mais

Manual de orientações para a instalação do Java e envio da declaração utilizando a Certificação Digital

Manual de orientações para a instalação do Java e envio da declaração utilizando a Certificação Digital Manual de orientações para a instalação do Java e envio da declaração utilizando a Certificação Digital Pré - requisitos Utilizar como navegador padrão o Mozilla Firefox (Atualizado); O driver do Certificado

Leia mais

Manual do Assistente do Certificado Digital

Manual do Assistente do Certificado Digital Manual do Assistente do Certificado Digital Índice Bem-vindo ao Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 Iniciando o Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 4 Renovação de Certificado

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Apresentação Este sistema faz parte do Portal NFS Digital e tem o intuito de ser utilizado por emissores de Nota Fiscal de Serviços

Leia mais

CERTIFICADO DIGITAL CONECTIVIDADE DIGITAL ICP GUIA PLANCON DE INSTRUÇÕES PARA A PROCURAÇÃO ELETRÔNICA

CERTIFICADO DIGITAL CONECTIVIDADE DIGITAL ICP GUIA PLANCON DE INSTRUÇÕES PARA A PROCURAÇÃO ELETRÔNICA CERTIFICADO DIGITAL CONECTIVIDADE DIGITAL ICP GUIA PLANCON DE INSTRUÇÕES PARA A PROCURAÇÃO ELETRÔNICA Esta é a segunda parte do nosso guia para a Conectividade Digital ICP. Na primeira parte, vimos instruções

Leia mais

NOVO COMPONENTE ASSINADOR ESEC

NOVO COMPONENTE ASSINADOR ESEC NOTAS FISCAIS DE SERVIÇO ELETRÔNICAS PREFEITURA DE JUIZ DE FORA COMPLEMENTO AO SUPORTE A ATENDIMENTO NÍVEL 1 1.0 Autor: Juiz de Fora, Fevereiro 2015. PÁGINA 1 DE 38 SUMÁRIO 1REQUISITOS MÍNIMOS CONFIGURAÇÕES

Leia mais

Renovação Online de Certificados Digitais A3 (Com Boleto Bancário)

Renovação Online de Certificados Digitais A3 (Com Boleto Bancário) Renovação Online de Certificados Digitais A3 (Com Boleto Bancário) Guia de Orientação Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. 2013 Página 1 de 47 Índice PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO...

Leia mais

SEI-SS Sistema Extrajudicial Integrado Módulo Site dos Serviços

SEI-SS Sistema Extrajudicial Integrado Módulo Site dos Serviços TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MANUAL DO USUÁRIO SEI-SS Sistema Extrajudicial Integrado Módulo Site dos Serviços TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2/24 ÍNDICE Instruções

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Página1 e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é MDF-e?... 03 2. Safeweb e-nota MDF-e... 04 3. Acesso e-nota

Leia mais

Renovação Online de Certificados Digitais A1

Renovação Online de Certificados Digitais A1 Renovação Online de Certificados Digitais A1 Guia de Orientação Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. 2014 Página 1 de 33 Índice PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3 INICIANDO A

Leia mais

Conhecimento de Transporte

Conhecimento de Transporte Página1 Conhecimento de Transporte No menu de navegação, este item é a opção para emissão e administração dos Conhecimentos de Transporte do sistema. Para acessar, posicione o mouse no local correspondente

Leia mais

Renovação Online de Certificados Digitais A3

Renovação Online de Certificados Digitais A3 Renovação Online de Certificados Digitais A3 Guia de Orientação Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. 2014 Página 1 de 45 Índice PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3 VERIFICANDO

Leia mais

Manual para Envio de Petição Inicial

Manual para Envio de Petição Inicial Manual para Envio de Petição Inicial 1. Após abrir a página do PROJUDI, digite seu usuário e senha 1.1. Para advogados o usuário é o cpf.adv (ex: 12345678900.adv) 1.2. Após digitar os dados (login e senha),

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO GCD GERENCIADOR DE CERTIFICADOS DIGITAIS

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO GCD GERENCIADOR DE CERTIFICADOS DIGITAIS MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO GCD GERENCIADOR DE Versão 2 Atualizado em 03/05/2012 Página 1 de 77 ÍNDICE 1 - O QUE É O GCD... 3 2 - COMO EXECUTAR O GCD GERENCIADOR DE... 4 2.3 - COMO CONFIGURAR O PROXY DO GCD...

Leia mais

Sumário CONFIGURAÇÃO DO CERTIFICADO... 2 COMO ASSINAR... 7 PROBLEMAS COM TOKEN SAFENET... 8 CONFIGURAÇÃO JAVA... 11

Sumário CONFIGURAÇÃO DO CERTIFICADO... 2 COMO ASSINAR... 7 PROBLEMAS COM TOKEN SAFENET... 8 CONFIGURAÇÃO JAVA... 11 Sumário CONFIGURAÇÃO DO CERTIFICADO... 2 COMO ASSINAR... 7 PROBLEMAS COM TOKEN SAFENET... 8 CONFIGURAÇÃO JAVA... 11 CONFIGURAÇÃO DO CERTIFICADO REQUISITOS MÍNIMOS CONFIGURAÇÕES INICIAIS Versão mais atual

Leia mais

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Página1 e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é Nota Fiscal de Serviço eletrônica

Leia mais

1.4.6 PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO JUSTIÇA DO TRABALHO. Assistente de Advogado Primeiro Grau ANÁLISE DE REQUISITOS. Versão. 10-dez-12.

1.4.6 PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO JUSTIÇA DO TRABALHO. Assistente de Advogado Primeiro Grau ANÁLISE DE REQUISITOS. Versão. 10-dez-12. PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO JUSTIÇA DO TRABALHO Assistente de Advogado Primeiro Grau ANÁLISE DE REQUISITOS Versão 1.4.6 10-dez-12 1 - Objetivo: Este documento tem como objetivo demonstrar: a) o cadastro

Leia mais

Manual Sistema de Autorização Online GW

Manual Sistema de Autorização Online GW Sistema de Autorização Online GW Sumário Introdução...3 Acesso ao sistema...4 Logar no sistema...4 Autorizando uma nova consulta...5 Autorizando exames e/ou procedimentos...9 Cancelamento de guias autorizadas...15

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos O objetivo deste Manual é permitir a reunião de informações dispostas de forma sistematizada, criteriosa e segmentada

Leia mais

Renovação Online de Certificados Digitais A1 (Com cartão de Crédito)

Renovação Online de Certificados Digitais A1 (Com cartão de Crédito) Renovação Online de Certificados Digitais A1 (Com cartão de Crédito) Guia de Orientação Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. 2013 Página 1 de 40 Índice PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO...

Leia mais

Proibida a reprodução total ou parcial. Todos os direitos reservados 1 www.certificadodigital.com.br

Proibida a reprodução total ou parcial. Todos os direitos reservados 1 www.certificadodigital.com.br Proibida a reprodução total ou parcial. Todos os direitos reservados 1 Sumário 1. Instalação do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian... 3 2. Instalando o Certificado Digital A3... 4 3. Teste

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

GUIA RÁPIDO SISTEMA ANTIFURTO THEFT DETERRENT

GUIA RÁPIDO SISTEMA ANTIFURTO THEFT DETERRENT GUIA RÁPIDO SISTEMA ANTIFURTO THEFT DETERRENT SUMÁRIO Prefácio... 1 A quem se destina... 1 Nomenclatura utilizada neste documento... 1 Tela de login... 2 Tela Inicial... 4 Gestão de Dispositivo Acompanhar

Leia mais

cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP e CESDI) e servir como apoio nas ações diárias.

cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP e CESDI) e servir como apoio nas ações diárias. MANUAL DO USUÁRIO - CARTÓRIOS VERSÃO 1.0 Objetivo: Este documento tem como objetivo apresentar aos usuários dos cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP

Leia mais

MANUAL DE SOLICITAÇÃO DE RENOVAÇÃO DE E-CPF A3 ONLINE

MANUAL DE SOLICITAÇÃO DE RENOVAÇÃO DE E-CPF A3 ONLINE MANUAL DE SOLICITAÇÃO DE RENOVAÇÃO DE E-CPF A3 ONLINE A renovação online do certificado somente poderá ser feita uma única vez em sistema operacional Windows XP utilizando navegador Internet Explorer,

Leia mais

Manual de Apoio à Assinatura Eletrônica DISO

Manual de Apoio à Assinatura Eletrônica DISO Manual de Apoio à Assinatura Eletrônica DISO Índice Hyperlinks Descanse o mouse na frase, aperte sem largar o botão Ctrl do seu teclado e click com o botão esquerdo do mouse para confirmar. Introdução

Leia mais

Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora

Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora Brasília, março de 2012 Versão 1.0 SUMÁRIO 1. CONFIGURAÇÕES RECOMENDADAS... 3 2. ACESSO AO SISTEMA... 4 3. ADESÃO AO FIES... 5

Leia mais

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Instalação da Aplicação Java...2 Instalação do Emissor...5 Instalação do Framework...7 Instalação das DLL s URL, SCHEMAS, CADEIA DE CERTIFICADO

Leia mais

http://www.certificado.caixa.gov.br

http://www.certificado.caixa.gov.br Exmo. Sr. Magistrado e, Sr. Servidor, Para obter a Identidade Digital através da Autoridade Certificadora CAIXA é necessário: Entrar no Site: http://www.certificado.caixa.gov.br e em Serviços on-line para

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

Módulo NF-e. Manual de Utilização

Módulo NF-e. Manual de Utilização Módulo NF-e Manual de Utilização 1 Conteúdo Passo-a-passo para emissão de NF-e... 3 1. Obtendo seu Certificado Digital... 3 2. Registrando-se na Secretaria da Fazenda para Homologação (testes)... 4 3.

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CERTIFICAÇÃO DIGITAL MANUAL PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DIGITAL P.J.

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CERTIFICAÇÃO DIGITAL MANUAL PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DIGITAL P.J. CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CERTIFICAÇÃO DIGITAL MANUAL PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DIGITAL P.J. Solicitação Emissão Download da cadeia de certificação CAIXA Instalação do gerenciador Maio/2009 ÍNDICE 1 Solicitação...

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO A marca do melhor atendimento. Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3.

Leia mais

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 A partir da versão 9.0 (BETA 3) do Software HCS 2010 é possível monitorar e gerenciar as biometrias

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (INTERNET EXPLORER)

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (INTERNET EXPLORER) MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (INTERNET EXPLORER) VERSÃO 10 Atualizado em 30/12/2015 Página 1 de 21 A renovação online do certificado somente poderá ser feita uma única vez (e-cpf)

Leia mais

Sistema de Informações ao Judiciário. InfoJud. Manual do Usuário

Sistema de Informações ao Judiciário. InfoJud. Manual do Usuário Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação Coordenação de Sistemas de Informação Divisão de Sistemas Corporativos Tributários Sistema de Informações ao Judiciário InfoJud Manual do Usuário Página 1

Leia mais

Introdução. Vantagens. Utilização

Introdução. Vantagens. Utilização Introdução O Sistema de Transferência de Propriedade online permite ao Proprietário transferir a Propriedade de um animal de forma alienada ou não, sem a necessidade de encaminhamento da Guia de Transferência

Leia mais

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL.

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL. DÚVIDAS MAIS FREQUENTES - DO CLIENTE 1. Qual o procedimento para se cadastrar na Guia Eletrônica? - Rolar a página e procure pelo item Novo Cliente? - Escolher o perfil: Próprio Interessado: Pessoa Física

Leia mais

e-nota C Consulta de Nota Fiscal eletrônica

e-nota C Consulta de Nota Fiscal eletrônica Página1 e-nota C Consulta de Nota Fiscal eletrônica Manual do Usuário Produzido por Informática Educativa Página2 Índice Nota Fiscal eletrônica... 03 Safeweb e-nota C... 04 Documentos eletrônicos... 08

Leia mais

Eletron-DS Pedido Eletrônico 1

Eletron-DS Pedido Eletrônico 1 1 2 Eletron-DS Julho / 2010 3 Índice Sistema... 4 Menu Digitar Pedido... 6 Menu Consultar Pedidos... 9 Menu Conexão Fornecedor... 10 4 Sistema Pré-requesitos: - Windows Vista ou Superior; - Acesso a Internet.

Leia mais

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento Manual de PRODUÇÃO ONLINE 2 APRESENTAÇÃO A Unimed-Rio desenvolveu seu sistema de Produção Online, criado para facilitar a rotina de atendimento de seus médicos cooperados. Este sistema é composto por dois

Leia mais

SERVIÇOS REQUERIMENTO

SERVIÇOS REQUERIMENTO 1 / 15 todos os direitos reservados. ÍNDICE Introdução... 3 Acesso Restrito... 4 Cadastro... 4 Serviços Requerimento... 6 Certidão Web... 7 Certidão Simplificada... 8 Certidão Específica... 10 Certidão

Leia mais

Menu Notas Fiscais Entradas. Sugestão de Compras: 1º passo: selecionar os critérios de pesquisa e filtros:

Menu Notas Fiscais Entradas. Sugestão de Compras: 1º passo: selecionar os critérios de pesquisa e filtros: Menu Notas Fiscais Entradas (não é um manual) Sugestão de Compras: 1º passo: selecionar os critérios de pesquisa e filtros: Loja desejada. Fornecedor desejado (com marcas homologadas). Filtro para ignorar

Leia mais

Procedimentos de Solicitação

Procedimentos de Solicitação Passo a Passo para obter Certificado Digital (CD) pela Caixa Econômica Federal Procedimentos de Solicitação Acesse o site da www.caixa.gov.br Clique em VOCÊ e no título Certificado Digital Clique em SOLICITE

Leia mais

MANUAL CERTIDÃO ELETRÔNICA: REGISTROCIVIL.ORG / INTRANET

MANUAL CERTIDÃO ELETRÔNICA: REGISTROCIVIL.ORG / INTRANET MANUAL CERTIDÃO ELETRÔNICA: REGISTROCIVIL.ORG / INTRANET Informações Usuário O que é uma Certidão Eletrônica? A Certidão Eletrônica é uma certidão gravada em um meio eletrônico (Pen Drive, Disco Rígido,

Leia mais

Manual do usuário. Softcall Java. versão 1.0.5

Manual do usuário. Softcall Java. versão 1.0.5 Manual do usuário Softcall Java versão 1.0.5 Sumário Iniciando SoftCall...3 Tela Principal...3 Configurando o SoftCall...4 Agenda...5 Incluindo um contato...5 Procurando um contato...6 Apagando um contato...6

Leia mais

Cadastro de entes públicos

Cadastro de entes públicos Cadastro de entes públicos Primeiro passo É necessário que ente público (com ou sem certificação digital) se cadastre na Secretaria de Órgãos Julgadores (SOJ). Podem solicitar o cadastramento no sistema

Leia mais

TREINAMENTO. Novo processo de emissão de certificados via applet.

TREINAMENTO. Novo processo de emissão de certificados via applet. TREINAMENTO Novo processo de emissão de certificados via applet. Introdução SUMÁRIO Objetivo A quem se destina Autoridades Certificadoras Impactadas Produtos Impactados Pré-requisitos para utilização da

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

Copyright 2004/2015 - VLC

Copyright 2004/2015 - VLC Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Perguntas Frequentes Versão 8.1 Atualizado em 26/08/2015 Copyright 2004/2015 - VLC As informações contidas neste caderno de Perguntas e Respostas são de propriedade da

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos

Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos Manual de Utilização Financeiras Versão 1.2 Manual de utilização do software para os usuários do Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos, com

Leia mais

Cotação de Compras on line

Cotação de Compras on line Cotação de Compras on line www.criciuma.unimedsc.com.br/compras Elaborado por: Glória Firmino Felisberto (Setor de Tecnologia da Informação) Osvaldo Cardoso do Canto () 1 MANUAL DO SISTEMA DE COTAÇÃO DE

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

Manual do Usuário Certificado Digital AC PRODERJ

Manual do Usuário Certificado Digital AC PRODERJ Manual do Usuário Certificado Digital AC PRODERJ Guia CD-18 Público Índice 1. Emissão dos Certificados Digitais PRODERJ... 3 2. Documentos Necessários para Emissão dos Certificados... 3 3. Responsabilidades...

Leia mais

Guia Rápido do Usuário

Guia Rápido do Usuário CERTIDÕES UNIFICADAS Guia Rápido do Usuário CERTUNI Versão 1.0.0 CASA DA MOEDA DO BRASIL Conteúdo Acessando o Sistema... 3 Alterando Senhas... 3 Encerrando sua Sessão... 4 Gerando Pedido... 4 Alterando

Leia mais

JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DOWNLOAD

JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DOWNLOAD DOWNLOAD Após finalizar o seu pedido, todas as solicitações de qualquer tipo de certidão são listadas nesta página. Se o status da certidão requerida estiver como 'efetuar download', clique na certidão

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

SIM Sistema de Informação Monitorada Ltda. Vise Boletos

SIM Sistema de Informação Monitorada Ltda. Vise Boletos Vise Boletos O Vise Boletos é um aplicativo que gera o arquivo de remessa e lê o arquivo de retorno de títulos que foram enviados e retornados pelo Banco. Esses processos são todos vinculados ao sistema

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME)

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME) MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME) VERSÃO 10 Atualizado em 30/12/2015 Página 1 de 30 A renovação online do certificado somente poderá ser feita uma única vez (e-cpf)

Leia mais

Sistema de Prestação de Contas Siprec

Sistema de Prestação de Contas Siprec Sistema de Prestação de Contas Siprec Manual de Utilização Perfil Beneficiário Versão 1.3.4 Agosto de 2013 1 SUMÁRIO Manual do Usuário... 3 1. Objetivo do manual... 3 2. Sobre o sistema... 3 3. Quem deve

Leia mais

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO Diretoria de Vigilância Epidemiológica/SES/SC 2006 1 Módulo 04 - Exportação e Importação de Dados Manual do SINASC Módulo Exportador Importador Introdução O Sistema SINASC

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização WebEDI - Tumelero Manual de Utilização Pedidos de Compra Notas Fiscais Relação de Produtos 1. INTRODUÇÃO Esse documento descreve o novo processo de comunicação e troca de arquivos entre a TUMELERO e seus

Leia mais

Colégio Notarial do Brasil - Seção São Paulo

Colégio Notarial do Brasil - Seção São Paulo 1) O que é assinatura digital? A assinatura digital é uma modalidade de assinatura eletrônica, resultado de uma operação matemática que utiliza criptografia e permite aferir, com segurança, a origem e

Leia mais

Sistema Projudi - Manual do Projudi Cadastro de Nova Ação

Sistema Projudi - Manual do Projudi Cadastro de Nova Ação Para o cadastro de uma nova ação no PROJUDI, primeiramente acessamos a tela inicial através do endereço, https://portal.tjpr.jus.br/projudi/, onde para entrarmos no sistema utilizamos o usuário e senha

Leia mais

PASSO A PASSO ORIENTAÇÕES AOS CARTÓRIOS SOBRE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GERID: MÓDULOS GID E GPA

PASSO A PASSO ORIENTAÇÕES AOS CARTÓRIOS SOBRE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GERID: MÓDULOS GID E GPA PASSO A PASSO ORIENTAÇÕES AOS CARTÓRIOS SOBRE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GERID: MÓDULOS GID E GPA 28/07/2015 COORDENAÇÃO-GERAL DE ADMINISTRAÇÃO DE INFORMAÇÕES DE SEGURADOS - CGAIS Divisão de Integração de Cadastros

Leia mais

Projeto SAT-CF-e Guia de Procedimentos para uso do SGR-SAT por Software Houses (Desenvolvedor)

Projeto SAT-CF-e Guia de Procedimentos para uso do SGR-SAT por Software Houses (Desenvolvedor) 1 Projeto SAT-CF-e Guia de Procedimentos para uso do SGR-SAT por Software Houses (Desenvolvedor) Índice 1. Introdução... 01 2. Uso do SGR-SAT... 01 2.1 Cadastramento da empresa junto à Sefaz... 02 2.2

Leia mais

Procedimento para correção de erro da ultima versão do Java

Procedimento para correção de erro da ultima versão do Java Procedimento para correção de erro da ultima versão do Java 1. O primeiro passo é desinstalar as versões antigas do Java do computador: Clique no botão ; Em seguida clique em ;

Leia mais

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município Após receber a confirmação de aceite do Credenciamento via e-mail já é possível efetuar o login no sistema

Leia mais

Guia Rápido do Usuário - Assinatura Digital

Guia Rápido do Usuário - Assinatura Digital Guia Rápido do Usuário - Assinatura Digital Objetivo O objetivo deste documento é orientar como o usuário deve usar a nova versão do Sistema de Assinatura Digital que permite a assinatura individual e/ou

Leia mais

CERTIFICADO DIGITAL CONECTIVIDADE DIGITAL ICP GUIA PLANCON DE INSTRUÇÕES PARA INSTALAR SEU TOKEN, PENDRIVE OU LEITOR DE CARTÕES

CERTIFICADO DIGITAL CONECTIVIDADE DIGITAL ICP GUIA PLANCON DE INSTRUÇÕES PARA INSTALAR SEU TOKEN, PENDRIVE OU LEITOR DE CARTÕES CERTIFICADO DIGITAL CONECTIVIDADE DIGITAL ICP GUIA PLANCON DE INSTRUÇÕES PARA INSTALAR SEU TOKEN, PENDRIVE OU LEITOR DE CARTÕES Se você já adquiriu seu Certificado Digital e ainda não o instalou, este

Leia mais

1 - Assinatura Eletrônica de Documentos. 1.1 - O que é assinatura eletrônica. 1.1.2 - Instalando o PEA Assinador Digital

1 - Assinatura Eletrônica de Documentos. 1.1 - O que é assinatura eletrônica. 1.1.2 - Instalando o PEA Assinador Digital 1 - Assinatura Eletrônica de Documentos 1.1 - O que é assinatura eletrônica Assinatura eletrônica, ou firma digital, é um método de autenticação de informação digital tipicamente tratada como análoga à

Leia mais

Manifestação de Documentos com Certificado A3

Manifestação de Documentos com Certificado A3 1 Manifestação de Documentos com Certificado A3 A nova versão TGCBox ganhou nova possibilidade de busca das Notas Fiscais Eletrônicas emitidas para um determinando CNPJ, diretamente no portal da Receita

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro UNIFAP MACAPÁ-AP 2013 S U M Á R I O 1 Tela de Login...2 2 Acessando ao submenu cadastro de avaliação

Leia mais

Quinta Lista de Exercícios -

Quinta Lista de Exercícios - INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO COORDENADORIA DE INFORMÁTICA LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO Quinta Lista de Exercícios - INSTRUÇÕES: 1) Nesta lista de exercícios, vamos nos preocupar em implementar o comportamento

Leia mais

Universidade Federal de Mato Grosso. Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação. SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL

Universidade Federal de Mato Grosso. Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação. SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL Universidade Federal de Mato Grosso Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL Versão 2.1 2013 Cuiabá MT Sumário Usuários do SISCOFRE... 3 Fases

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA AGENDA

Leia mais

Vincular Equipamento SAT

Vincular Equipamento SAT P á g i n a 1 Bem vindo ao Passo a Passo do Sistema de Gestão e Retaguarda do SAT-CF-e de SP para Vincular Equipamento SAT Atualizado em: 27/11/2014 Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais

Leia mais

Serviços Ibama Certificação Digital

Serviços Ibama Certificação Digital Guia da nos 1. Informações Gerais Objetivando garantir mais segurança ao acesso dos usuários dos Serviços do Ibama, foi estabelecido desde o dia 1º de janeiro de 2014, o acesso por meio de certificação

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ MANUAL DO USUÁRIO ACESSO AO SISTEMA

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ MANUAL DO USUÁRIO ACESSO AO SISTEMA O ISS-e é um sistema completo de gestão do ISS do Município de Maringá, composto pelos módulos de: - NFS-e (Nota Fiscal de Serviços Eletrônica) - DMS-e (Declaração Mensal de Serviços Eletrônica) - AIDF-e

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota EBM ASSESSORIA E CONSULTORIA EM INFORMÁTICA LTDA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota PRESTADOR / CONTADOR Versão 2.0 Índice 1. Acessar o sistema 2. Notas Eletrônicas 2.1. Emitir

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Certificado Digital A1 Geração Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. - 2012 Página 1 de 41 Pré-requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo

Leia mais

1. Objetivos do curso 2. 2 Comunicação Interna (CI) 13 3 Ofício 18 4 DEFINIÇÕES GERAIS 23 5 CONCLUSÃO 27

1. Objetivos do curso 2. 2 Comunicação Interna (CI) 13 3 Ofício 18 4 DEFINIÇÕES GERAIS 23 5 CONCLUSÃO 27 1. Objetivos do curso 2 Introdução 2 Funções do Sistema: 2 Da Comunicação Interna: 3 o Enviadas: 3 o Recebidas: 3 o Com Cópia Pessoal: 3 Ofícios 4 o Enviados: 4 o Recebidas com Cópia: 5 Contatos Externos:

Leia mais

Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos

Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Este tutorial visa preparar o computador com os softwares necessários para a utilização dos sistemas de visualização

Leia mais

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria da Agricultura Familiar Departamento de Financiamento e Proteção da Produção Seguro da Agricultura Familiar Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares

Leia mais

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.1. ExpressoMG

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.1. ExpressoMG Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge Manual do Usuário Versão 1.1 ExpressoMG 14/10/2015 Sumário 1. Apresentação... 4 1.1 Objetivos do Manual... 4 1.2 Público Alvo...

Leia mais

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE.

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. GERAÇÃO DO ARQUIVO SEGURO DESEMPREGO NO SGRH: Depois de calcular a rescisão, acesse o menu Relatórios > Demissionais > Requerimento SD, selecione o empregado que será gerado

Leia mais

Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC. Treinamento Básico do Correio Eletrônico

Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC. Treinamento Básico do Correio Eletrônico Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC Treinamento Básico do Correio Eletrônico Brasília Março de 2012 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 1.1 Como acessar

Leia mais