Guia Rápido ORION SNGPC - Versão 2.0

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guia Rápido ORION SNGPC - Versão 2.0"

Transcrição

1 Guia Rápido ORION SNGPC - Versão Introdução Acessando o programa Parâmetros de Configuração do Sistema Aprendendo como Utilizar o Sistema Cadastro de Médicos/Veterinários Cadastro de Medicamentos Cadastro de Fornecedores Cadastro de Clientes/Pacientes Cadastro de Inventários Lançamento de Entrada de Medicamentos Lançamento de Saída de Medicamentos Lançamento de Perdas de Medicamentos Geração de XML Relatórios...24 Produzido por: Oriontec Automação Comercial Rua Dr. Milton Bandeira, 380 sala 310 Centro Viçosa-MG (31)

2 1. Introdução Esse guia rápido tem como principal objetivo, transmitir de forma clara como utilizar a Versão 2.0 do sistema ORION SNGPC. 2. Acessando o programa Localizar o ícone na sua área de trabalho para acessar o sistema com um duplo clique; Logo, apresentamos a interface principal do sistema. De modo geral o sistema permite que sejam inseridas e controladas as seguintes operações: o Cadastro de Médicos e Veterinários; o Cadastro de Medicamentos; o Cadastro de Fornecedores; o Cadastro de Clientes e Pacientes; o Cadastro de Inventário; o Entradas de Notas Fiscais para Medicamentos Sujeitos ao Controle Especial e Antimicrobianos. o Saídas de Medicamentos - Cadastro de Receitas. o Cadastro de Perdas de Mercadorias; o Geração de Arquivos XML compatível com versão 2.0; o Relatório - Relação Mensal de Notificações de Receita "A" (RMNRA); o Relatório - Relação Mensal de Notificações de Receita "B2" (RMNRB2); o Relatório - Balanço de Medicamentos Psicoativo e outros (BMPO) 3. Parâmetros de Configuração do Sistema Para acessar a interface de Configuração do Sistema, é necessário acessar Parâmetros conforme imagem abaixo: 2

3 Ao selecionar parâmetros Aba Empresa, o sistema apresenta a interface de cadastro das informações da Empresa proprietária do sistema conforme imagem a seguir: Ao selecionar parâmetros Aba Responsável, o sistema apresenta a interface de cadastro das informações do Farmacêutico responsável conforme imagem abaixo: 3

4 Ao selecionar parâmetros Aba Sistema, o sistema apresenta a interface de configuração geral do Sistema conforme imagem abaixo: Entendendo como Funciona cada Campo: o URL para Envio automático de arquivos XML: Campo utilizado no momento de Gerar e Enviar os arquivos XML de Forma automática para a Anvisa. Somente deve ser alterado caso a Anvisa mude o endereço padrão da URL de envio de arquivos. o O que Fazer quando for Digitado um lote inexistente no sistema? Bloquear o movimento do Medicamento: Caso esse parâmetro esteja marcado, o sistema irá checar e bloquear uma venda de Medicamento onde o Lote de Saída não coincida com o lote de Entrada. Alertar quando não for localizado o lote no sistema: Caso esse parâmetro esteja marcado, o sistema irá checar e Alertar uma venda de Medicamento onde o Lote de Saída não coincida com o lote de Entrada. Ignorar: Caso esse parâmetro esteja marcado, o sistema não fará nenhum tipo de comparação entre os lotes de entrada com os lotes de saída. (Recomendado). o O que Fazer ao CONFIRMAR o inventário? Atualizar o estoque inicial do produto informado no inventário: Ao confirmar o inventário, o sistema irá copiar o estoque de cada medicamento inserido no mesmo para o campo estoque inicial de cada medicamento. 4

5 Atualizar o estoque inicial do produto informado no inventário e zerar os nãos informados: Ao confirmar o inventário, o sistema irá copiar o estoque de cada medicamento inserido no mesmo para o campo estoque inicial de cada medicamento e zerar os que não foram informados no inventário. (Recomendado). Ignorar: Qualquer procedimento feito no inventário não será alterado o estoque do medicamento no cadastro. o Senha do Sistema: Ao clicar em Altera senha, o sistema exibirá a seguinte interface: Caso esteja cadastrando a sua primeira senha, não é necessário preencher o campo Senha Atual. Preencha somente o campo Nova Senha e Confirma a nova Senha Ok. Caso deseja alterar a senha atual, será necessário informar no campo senha atual a mesma. o Gerar XML Compactado (ZIP): Esse parâmetro deverá ficar sempre marcado. A partir da versão 2.0, os arquivos XML s gerados tanto de movimentações, quanto de inventário, devem estar compactados obrigatoriamente. 4. Aprendendo como Utilizar o Sistema Para padronizar o nosso aprendizado, detalhamos algumas funcionalidades que serão encontradas em qualquer interface do sistema: Como inserir um novo Registro: Clicar na opção em destaque ou utilzar tecla de atalho Alt + I 5

6 Como Editar um Registro em foco: Clicar na opção em destaque, utilizar tecla de atalho Alt + A ou ainda dar um duplo clique no registro que deseja alterar. Como Deletar um Registro em foco: Clicar na opção em destaque ou utilizar tecla de atalho Alt + E. Como ordenar os dados de uma interface: Vamos usar como exemplo a interface de Cadastro de Médicos/Veterinários. Para realizar a ordenação, é necessário que seja selecionada qual coluna desejamos ordenar. No Exemplo abaixo estamos ordenando a coluna Nome conforme marcação. Para ordenar podemos clicar em Ordenar -> Crescente, ou tecla de atalho F7. Logo podemos ordenar em ordem decrescente clicando em Ordenar -> Decrescente, ou tecla de atalho Alt +F7. Para limpar qualquer ordenação clicando em Odernar -> Limpar Ordenação, ou tecla de atalho Shift + F7. Outra opção de ordenação é dar duplo click na descrição da coluna onde se quer ordenar (Código, Nome, etc...). Como filtrar dados de uma interface: Vamos continuar usando a interface de Cadastro de Médicos/Veterinários. Para realizar um filtro, é necessário que seja selecionada a coluna que desejamos filtrar conforme abaixo e clicar em selecionar Filtrar, ou tecla de atalho F6. 6

7 No exemplo abaixo estamos filtrando a coluna Nome conforme marcação. Após esse processo será exibida a tela abaixo: Após aplicado o filtro, clicando em OK, a interface mostrará apenas o registro MEDICO EXEMPLO 01 conforme imagem abaixo: A Seta ao lado da interface mostra a imagem de um filtro que fica Piscando. Esse filtro só aparece quando tem algum dado filtrado na interface. 7

8 Para limpar o filtro, acessamos Selecionar -> Limpar filtros, ou tecla de atalho CTRL + F6. Como efetuar buscas na interface: Para efetuar uma busca podemos clicar em Buscar, no binóculo conforme imagem destacada, ou pela tecla de atalho F9. Após clicar em Buscar o sistema apresenta a interface para que as informações que desejamos buscar fiquem disponíveis. Após digitar o que desejamos buscar, necessitamos clicar na opção localizar, conforme destacado abaixo: o Detalhes de Opções de Busca: Total o conteúdo do campo deve ser igual: Se este parâmetro estiver marcado, significa que temos que digitar a opção a ser buscada exatamente da forma que foi cadastrada. Parcial no início do conteúdo do campo: Se este parâmetro estiver marcado, significa que não preciso digitar totalmente o texto da forma que está cadastrado. (Opção mais utilizada) 8

9 Parcial em qualquer ponto do conteúdo do campo: Se este parâmetro estiver marcado, significa que vamos fazer busca em algo cadastrada onde qualquer palavra que for digitada será procurada no início, meio e fim de qualquer cadastro. Agora que já aprendemos como utilizar as funções básicas para operação do sistema que é inserir cadastros, alterar, deletar, fazer filtros, e ordenações, vamos passar em cada interface inserindo dados e explicando como funciona cada campo. 5. Cadastro de Médicos/Veterinários Para cadastrar um Médico/Veterinário é necessário acessar Cadastros Médicos/Veterinários Alt +I O sistema apresentará a interface de cadastro: Entendendo como funciona cada campo: Código: É gerado automaticamente pelo sistema em ordem crescente para cada registro inserido; Nome: Utilizado para informar o nome do Médico/Veterinário; Conselho Profissional: o Documento: Utilizado para inserir o número do conselho do Médico/Veterinário o Órgão: Utilizado para escolher se é CRM Conselho Regional de Medicina, CRMV Conselho Regional de Medicina Veterinária, CRO Conselho Regional de Odontologia e COREN Conselho Regional de Enfermagem. o UF: Utilizado para definir qual a Unidade Federativa da carteira do Médico/Veterinário. 9

10 6. Cadastro de Medicamentos Para cadastrar um Medicamento é necessário acessar Cadastros Medicamentos Alt +I O sistema apresentará a interface de Cadastro: Entendendo como funciona cada campo: Código: É gerado automaticamente pelo sistema em ordem crescente para cada registro inserido; Nome: Utilizado para inserir o nome do Medicamento; Registro no Min. Saúde: Utilizado para inserir o número de registro do Medicamento. Campo formatado para aceitar somente 13 caracteres. Código de Barras: Utilizado para inserir o código de barras do Medicamento; Código D. C. B: Utilizado para inserir o código D.C.B de cada Medicamento. Descrição D. C. B: Utilizado para inserir a descrição D. C. B. Os campos Códigos e descrições D. C. B. não são de preenchimento obrigatório. Apresentação: Utilizado para inserir detalhes relacionados ao medicamento cadastrado. Estoque Inicial: Utilizado para inserir o estoque inicial da Mercadoria. Ao cadastrar um novo medicamento o campo deverá permanecer com o estoque zerado, pois o mesmo será alterado quando for feito o inventário. Uma vez atualizado esse campo com a quantidade inserida no inventário, mesmo fazendo as movimentações de compra e venda de medicamento o estoque não é mais alterado nesse campo. Como chamamos o campo de estoque inicial, significa que é um ponto de partida do sistema para cálculo de estoque. 10

11 Unidade: Utilizado para informar se um medicamento é Caixa ou Frasco. Classe Terapêutica: Utilizado para informar se a classe do medicamento no qual está sendo cadastrado é Sujeito a Controle Especial ou Antimicrobiano. 7. Cadastro de Fornecedores Para cadastrar um Fornecedor é necessário acessar Cadastros Fornecedores Alt + I O sistema apresentará a interface de Cadastro: Entendendo como funciona cada campo: Código: É gerado automaticamente pelo sistema em ordem crescente para cada registro inserido; Nome: Utilizado para inserir a Razão Social do Fornecedor; CNPJ: Utilizado para inserir o CNPJ do Fornecedor; 11

12 8. Cadastro de Clientes/Pacientes Para cadastrar um Cliente/Paciente é necessário acessar Cadastros Clientes/Pacientes Alt + I O sistema apresentará a interface de Cadastro: Entendendo como funciona cada campo: Código: É gerado automaticamente pelo sistema em ordem crescente para cada registro inserido; Nome: Utilizado para inserir o nome do Cliente ou Paciente; Data de Nascimento: Utilizado para inserir a data de nascimento do paciente. Não é obrigatório inserir data de nascimento quando for cadastrado como cliente; Sexo: Utilizado para informar o Sexo do Paciente. Não é obrigatório inserir sexo quando for cadastrado como cliente; Paciente: O Check Box deve ser marcado somente quando for cadastrar um paciente. Nesse caso, a data de nascimento e o sexo são de preenchimento obrigatório. Carteira de Identidade: Utilizado para inserir o número da carteira de Identidade do Cliente, órgão emissor e Unidade Federativa. Obs.: Caso o Check Box Paciente estiver marcado e todos os campos estiverem preenchidos, estamos dizendo ao sistema que o cadastro é referente a um cliente e paciente ao mesmo tempo. 12

13 9. Cadastro de Inventários Para cadastrar um Inventário é necessário acessar Cadastros Inventários Alt + I O sistema apresentará a interface de Cadastro: Data do Inventário: Nessa tela temos que definir qual será a data do Inventário. Descrição: No campo descrição posso inserir qualquer informação para facilitar uma identificação ou localização futura. Essa descrição não constará no XML. Ao clicar em OK o sistema apresenta a interface com o inventário já criado, porém ainda vazio, conforme imagem abaixo: Para acessar os registros inseridos ou os registros a inserir é necessário clicar na opção em destaque da imagem acima. Assim iremos acessar a interface de inserção dos dados conforme imagem abaixo: 13

14 Ao inserir o primeiro registro através da tecla de atalho Alt + I o sistema apresenta a interface conforme imagem abaixo: O Inventário já busca no cadastro de Medicamento todos os detalhes do mesmo, sendo necessário inserir apenas a quantidade de cada medicamente com seu lote. Caso exista um medicamento com mais de uma quantidade más com lotes diferentes, o sistema permite inserir um novo registro do mesmo medicamento, porém como o seu respectivo lote. Entendendo como funciona cada campo: Código: No Caso do inventário, o código é preenchido de acordo com o código interno do Medicamento que foi gerado quando o mesmo foi cadastrado; Descrição: No caso do inventário, o campo descrição é preenchido de acordo com a descrição do Medicamento que foi inserida quando o mesmo foi cadastrado; Registro MS: Exibe o Registro do Medicamento que foi inserido quando o mesmo foi cadastrado; Unidade: Exibe a unidade do medicamento que foi inserida quando o mesmo foi cadastrado; Quantidade: Campo deve ser preenchido com a quantidade do Medicamento disponível no seu estabelecimento; Lote: Campo deve ser preenchido com o lote do Medicamento disponível no seu estabelecimento; Após o processo de inserção de todos os produtos no inventário, temos que voltar na interface de cadastro, conforme imagem abaixo acessar o menu Utilitários Gerar Arquivo XML ou 14

15 tecla de atalho F10. Essa opção fará com que o arquivo XML do inventário seja gerado para enviar a ANVISA. Para salvar, basta escolher qual o diretório e logo depois efetuar o envio para o site da Anvisa. Após a aceitação do Inventário pela Anvisa, é necessário clicar duas vezes no inventário e selecionar a opção Confirmado conforme destaque abaixo. Ao confirmar o inventário, o sistema irá alterar as quantidades no estoque para as quantidades que foram informadas no inventário. Obs.(1): Antes de Marcar o inventário como fechado, deve-se verificar se o parâmetro selecionado abaixo está marcado. Caso não esteja, marque-o antes de fechá-lo. Obs.(2): Já com o parâmetro acima marcado, agora sim podemos marcar o inventário como CONFIRMADO. 15

16 Obs.(3): Todos os medicamentos que não estiverem no inventário, ficarão com seu estoque zerado após selecioná-lo como confirmado. 16

17 10. Lançamento de Entrada de Medicamentos Para acessar a interface de Compras de Medicamentos, é necessário acessar Entradas Compras. Assim, iremos acessar a interface de inserção dos dados conforme imagem abaixo: Ao inserir o primeiro registro através da tecla de atalho Alt + I o sistema apresenta a interface conforme imagem abaixo: 17

18 Obs.: Para que os botões Inserir/Editar/Deletar fiquem ativos, é necessário clicar no botão aplicar. Entendendo como funciona cada campo: Data de Movimento: É a data do lançamento da Nota Fiscal no Sistema. Fornecedor: Inserir qual fornecedor está na Nota Fiscal. Número da Nota Fiscal: Inserir o número da Nota Fiscal. Data: Inserir a data de Emissão da Nota Fiscal. Ao inserir os Medicamentos: o Código do Produto: É o código interno do produto que é gerado automaticamente no cadastro. o Nome: É a descrição do Medicamento. o Lote: É o Lote do Medicamento. Campo aceita tanto letras quanto números (Alfanumérico). o Quantidade: É utilizado para inserir a quantidade adquirida do medicamento conforme descrito na nota fiscal. 18

19 11. Lançamento de Saída de Medicamentos Para acessar a interface de Saídas de Medicamentos, é necessário acessar Saídas Vendas ao Consumidor ou Perdas. Vamos aprender como lançar uma Venda ao Consumidor (Cadastro das Receitas) Ao inserir o primeiro registro através da tecla de atalho Alt + I o sistema apresenta a interface conforme imagem abaixo: 19

20 Entendendo como funciona cada campo: Data da Venda: É a data que foi dispensado o medicamento. Tipo de Uso do Medicamento: Utilizado para informar se o medicamento está sendo dispensado para uso Humano ou Veterinário. Data da Prescrição da Receita: Utilizado para informar qual a data da prescrição da Receita. Tipo: Utilizado para informar qual o tipo de receita está sendo utilizado Número da Notificação: Utilizado para informar qual o número da Notificação. Campo é de preenchimento obrigatório quando o tipo da receita selecionada for: Notificação Azul B1, Notificação Azul B2, Notificação Branca e Notificação Amarela. Prescritor: Utilizado para informar qual é o prescritor do Medicamento. Campo de preenchimento obrigatório para qualquer tipo de receita. Cliente: Utilizado para informar quem está comprando o medicamento. Deve ser preenchido obrigatoriamente quando a receita for dos tipos: Receita Branca, Notificação Azul B1, Notificação Azul B2, Notificação Branca e Notificação Amarela. Paciente: Utilizado para informar o paciente no qual está utilizando o medicamento. Deve ser preenchido obrigatoriamente quando o tipo de receitar for: Receita Antimicrobiana em duas vias. Obs.: No caso de vendas de medicamentos para uso veterinário, quando for selecionada a receita Antimicrobiano, não é necessário o preenchimento do paciente. Sexo: Utilizado para informar o Sexo do Paciente. Ao inserir os Medicamentos: o Código do Produto: É o código interno do produto que é gerado automaticamente no cadastro. o Nome: É a descrição do Medicamento. o Lote: É o Lote do Medicamento. Campo aceita tanto letras quanto números (Alfanumérico). o Quantidade: É utilizado para inserir a quantidade dispensada do medicamento conforme descrito na Receita. 20

21 12. Lançamento de Perdas de Medicamentos Para acessar a interface de Saídas de Medicamentos, é necessário acessar Saídas Vendas ao Consumidor ou Perdas. Ao inserir o primeiro registro através da tecla de atalho Alt + I o sistema apresenta a interface conforme imagem abaixo: Entendendo como funciona cada campo: Data da Perda: Utilizado para informar a data da perda. Motivo da Perda: Utilizado para selecionar o motivo da perda. Para registrar uma perda, podemos escolher as opções: Furto, Avaria, Vencimento, Recolhimento pela Visa, Perda no Processo, Coleta para Controle de Qualidade, Perda de Exclusão da Portaria 344, Por desvio de qualidade ou Recolhimento do Fabricante. Ao inserir os Medicamentos: o Código do Produto: É o código interno do produto que é gerado automaticamente no cadastro. o Nome: É a descrição do Medicamento. o Lote: É o Lote do Medicamento. Campo aceita tanto letras quanto números (Alfanumérico). o Quantidade: É utilizado para informar a quantidade do medicamento que foi perdida. 21

22 13. Geração de XML Para acessar a interface de Geração de Arquivos XML, é necessário acessar Arquivos XML. Ao inserir o primeiro registro através da tecla de atalho Alt + I o sistema apresenta a interface conforme imagem abaixo: Entendendo como funciona cada campo: Data Inicial: Data de início da abrangência do período do Arquivo XML a ser Gerado. Data Final: Data final da abrangência do período do Arquivo XML a ser gerado Observação: Campo aberto para o usuário inserir a informação que desejar. Obs.: Caso o período selecionado entre a data inicial e final for superior a 7 dias, o sistema apresentará uma mensagem conforme abaixo: Após a definição do período, temos que gerar e posteriormente enviar esse arquivo para a Anvisa. 22

23 O sistema conta com duas Funcionalidades de Geração que são elas: Geração e envio Manual: Para gerar o Arquivo, basta selecionar o período desejado, acessar o menu Utilitários -> Gerar Arquivo XML. Ou selecionar a tecla de atalho F10. Exemplo: Logo, você terá que definir um local para salvar esse arquivo XML que será gerado. Geração e Envio Automático: Para gerar o Arquivo, basta selecionar o período desejado, acessar o menu Utilitários -> Gerar e Enviar Arquivo XML. Ou selecionar a tecla de atalho F11. Exemplo: Ao selecionar a opção F11, o sistema apresenta a seguinte mensagem: 23

24 Ao clicar em sim, o sistema novamente apresenta a interface para digitação do e senha da Anvisa. Ao clicar em OK, o XML será enviado automaticamente para a Anvisa. 14. Relatórios Para acessar a interface de Geração de Relatórios, é necessário acessar Relatórios conforme imagem abaixo: O Sistema Conta com três relatórios que são exigidos pela Anvisa/Vigilância Sanitária Local. São eles: Relação Mensal de Notificações de Receita A (RMNRA): Esse relatório exibirá toda a dispensação de medicamentos cuja Receita selecionada foi Notificação Amarela. As informações são exibidas por mês e ano. Relação Mensal de Notificações de Receita B2 (RMNRB2): Esse relatório exibirá toda a dispensação de medicamentos cuja Receita foi Notificação AZUL- B2. As informações são exibidas por mês e ano. Balanço de Medicamentos Psicoativos e Outros (BMPO): Esse Relatório Exibirá toda a movimentação de todos os medicamentos dentro de um período. O Relatório BMPO é dividido em duas partes que são: o Balanço completo de Medicamentos: Exibirá o estoque inicial + entradas saídas perdas = Estoque Final. O Campo estoque inicial no relatório, trás o estoque que foi informado no inventário com a data mais recente e que está marcado como fechado. o Balanço de Aquisição de Medicamentos: Exibirá todos os medicamentos que foram adquiridos dentro do período selecionado. 24

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

Manual de uso do Borderô Credix

Manual de uso do Borderô Credix Manual de uso do Borderô Credix Após efetuar o download do aplicativo siga os passos para a instalação do sistema, ao final será criado um atalho na área de trabalho, como ilustra a figura 1. Figura 1

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

Para problemas e dúvidas freqüentes, consulte: http://ajuda.vsm.com.br. Como criar inventário no Sistema e Enviar para a Anvisa?

Para problemas e dúvidas freqüentes, consulte: http://ajuda.vsm.com.br. Como criar inventário no Sistema e Enviar para a Anvisa? Para problemas e dúvidas freqüentes, consulte: http://ajuda.vsm.com.br Como criar inventário no Sistema e Enviar para a Anvisa? Os procedimentos para efetuar o inventário no sistema são: 1º) Para este

Leia mais

MANUAL do SNGPC Software CADASTRO

MANUAL do SNGPC Software CADASTRO MANUAL do SNGPC Software CADASTRO Entre no site www.sngpc.com.br, Clique em Cadastre-se para fazer o seu cadastro. Feito isso, informe o seu CNPJ e o código de segurança e clique em ENTRAR. Insira todas

Leia mais

Freedom Software. Sistema de Representação. Freedom Software Sistema de Representação Página 1

Freedom Software. Sistema de Representação. Freedom Software Sistema de Representação Página 1 Freedom Software Sistema de Representação Freedom Software Sistema de Representação Página 1 FREEVENDMOBILE (Sistema de Vendas Mó vel) Sumário INSTALAÇÃO:... 3 O SISTEMA... 7 MENU E BARRAS DO SISTEMA...

Leia mais

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SANTA MARIA FATECIENS 2008 Este manual tem por finalidade apresentar as especificações detalhadas da aplicação de Cadastro de Funcionários,

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO Acesse o site www.teubilhete.com.br, selecione a opção Teu Online, e clique no botão, preencha o formulário com os dados de sua empresa. Reúna duas vias impressas do Contrato

Leia mais

Acessando o SVN. Soluções em Vendas Ninfa 2

Acessando o SVN. Soluções em Vendas Ninfa 2 Acessando o SVN Para acessar o SVN é necessário um código de usuário e senha, o código de usuário do SVN é o código de cadastro da sua representação na Ninfa, a senha no primeiro acesso é o mesmo código,

Leia mais

Treinamento Sistema Imobilis Módulo I

Treinamento Sistema Imobilis Módulo I Imobilis Módulo I CADASTROS Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla F2

Leia mais

MANUAL DO PEP ATUALIZADO EM 13-08-2014 PROPOSTA ELETRÔNICA DE PREÇOS REFERENTE A VERSÃO DO PEP: 2.0.0.25

MANUAL DO PEP ATUALIZADO EM 13-08-2014 PROPOSTA ELETRÔNICA DE PREÇOS REFERENTE A VERSÃO DO PEP: 2.0.0.25 MANUAL DO PEP ATUALIZADO EM 13-08-2014 PROPOSTA ELETRÔNICA DE PREÇOS REFERENTE A VERSÃO DO PEP: 2.0.0.25 1 Sumário 1.Objetivo...03 2.Suporte...03 3.Como instalar...03 4.Usando o PEP...09 2 1. Objetivo:

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Themis Serviços On Line - Publicações

Themis Serviços On Line - Publicações Nome do documento Guia do Usuário Themis Serviços On Line - Publicações Sumário Introdução:... 3 1 - Cadastro dos Usuários do Themis Serviços On Line:... 3 2 - Acesso ao Sistema Themis Serviços On Line:...

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML Observação: O arquivo XML da nota fiscal deve estar salvo em seu computador. Se o seu fornecedor não enviou o arquivo por e-mail, você pode obter o arquivo pela internet,

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line Declaração On Line Manual de Apoio à Utilização do Sistema Manual do Usuário Versão 1.0 INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICANDO-SE NO SISTEMA... 4 EM CASO DE ESQUECIMENTO DA SENHA... 5 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO

Leia mais

Modulonet Web. 7.1 - Menu Despesas... 8. 7.2 - Menu Usuário... 9. 7.3 - Atalhos... 10. 7.4 - Informações pessoais... 11

Modulonet Web. 7.1 - Menu Despesas... 8. 7.2 - Menu Usuário... 9. 7.3 - Atalhos... 10. 7.4 - Informações pessoais... 11 Modulonet Web 1 - Modulonet, o que é?... 1 2 - Cadastro... 2 3 - Mensagens e emails... 3 4 - Recuperação da senha... 4 5 - Idiomas... 5 6 - Acesso... 6 7 - Painel... 7 7.1 - Menu Despesas... 8 7.2 - Menu

Leia mais

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier isupplier Revisão 01 Setembro 2011 Sumário 1 Acesso ao portal isupplier... 03 2 Home Funções da Tela Inicial... 05 3 Ordens de Compra Consultar Ordens de Compra... 07 4 Entregas Consultar Entregas... 13

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA. Manual do Moodle- Sala virtual

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA. Manual do Moodle- Sala virtual UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Manual do Moodle- Sala virtual UNIFAP MACAPÁ-AP 2012 S U M Á R I O 1 Tela de Login...3 2 Tela Meus

Leia mais

- Nota Fiscal Eletrônica -

- Nota Fiscal Eletrônica - Manual Portal de Clientes e Transportadores - Nota Fiscal Eletrônica - ÍNDICE. INTRODUÇÃO 3. OBJETIVO 3.2 ABRANGÊNCIA 3 2. FUNCIONALIDADES 3 2. CADASTRO DE CLIENTES NO PORTAL 3 2.2 CONSULTA NOTAS FISCAIS

Leia mais

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 -

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 - Guia do Usuário idocs Content Server v.2.0-1 - 2013 BBPaper_Ds - 2 - Sumário Introdução... 4 Inicializando a aplicação... 6 Ambiente... 7 Alterando o ambiente... 8 Senhas... 10 Alterando senhas... 10 Elementos

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Versão 3.10 Sumário 1 Funções do Emissor... 3 1.1 Aba Inicial... 4 1.2 Aba Sistema... 5 1.2.1 Mensagem Sistema... 5 1.2.2 Extras... 6 1.2.3 Contingência... 6 1.2.4 Execução... 7 1.3

Leia mais

Esse produto é um produto composto e tem subprodutos

Esse produto é um produto composto e tem subprodutos Indústria - Cadastro de produtos O módulo indústria permite controlar a produção dos produtos fabricados pela empresa. É possível criar um produto final e definir as matérias-primas que fazem parte de

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Utilização Envio de arquivos RPS. Versão 2.1

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Utilização Envio de arquivos RPS. Versão 2.1 NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Utilização Envio de arquivos RPS Versão 2.1 SUMÁRIO SUMÁRIO... 2 1. INTRODUÇÃO... 3 2. LAYOUT DO ARQUIVO... 4 3. TRANSMITINDO O ARQUIVO... 5 4. CONSULTANDO

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa AMG Manual de Operação Conteúdo 1. Sumário 3 2. Programa

Leia mais

Notas de versão. Versão 3.16.1.0

Notas de versão. Versão 3.16.1.0 Notas de versão Sistema Gescor Versão 3.16.1.0 Lançamento Abril/2016 Interface - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 3 1. Nova interface e usabilidade do sistema.

Leia mais

Portaria Express 2.0

Portaria Express 2.0 Portaria Express 2.0 A portaria do seu condomínio mais segura e eficiente. Com a preocupação cada vez mais necessária de segurança nos condomínio e empresas, investe-se muito em segurança. Câmeras, cercas,

Leia mais

GLOSSÁRIO. 1. Introdução... 02. 2. Objetivo... 02. 3. Clonagem do Sistema... 03. 4. Configuração dos Campos... 06

GLOSSÁRIO. 1. Introdução... 02. 2. Objetivo... 02. 3. Clonagem do Sistema... 03. 4. Configuração dos Campos... 06 GLOSSÁRIO 1. Introdução... 02 2. Objetivo... 02 3. Clonagem do Sistema... 03 4. Configuração dos Campos... 06 5. Realização de Testes na Versão 3.10... 07 6. Realização de Testes em ambiente de Produção...

Leia mais

Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009

Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009 Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009 GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DA ESCOLA PASSO A PASSO DA UTILIZAÇÃO DO SIGE ESCOLA 2009 1. PARA ACESSAR O

Leia mais

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Atendimento WEB IAMSPE CEAMA v20120524.docx. Manual de Atendimento

Atendimento WEB IAMSPE CEAMA v20120524.docx. Manual de Atendimento Manual de Atendimento ÍNDICE INCLUIR PEDIDO (SOLICITAÇÃO DE SENHA)... 3 ACOMPANHAMENTO DE PEDIDO... 8 2 INCLUIR PEDIDO (SOLICITAÇÃO DE SENHA) Utilizado para solicitação de senha para procedimentos pré-autorizados.

Leia mais

ALTERAÇÃO ICMS MEDICAMENTOS GENÉRICOS NO ESTADO DE SÃO PAULO

ALTERAÇÃO ICMS MEDICAMENTOS GENÉRICOS NO ESTADO DE SÃO PAULO ALTERAÇÃO ICMS MEDICAMENTOS GENÉRICOS NO ESTADO DE SÃO PAULO Lei nº 6.005/2015 Versão (1.0) Histórico de Revisões DATA VERSÃO 19/02/2016 1.0 DESCRIÇÃO (PROJETO) Desenvolvimento do documento. AUTOR Estéfano

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo:

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: GUIA DE ORIENTAÇÃO 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: 1.1 - ACESSAR O SITE DA PREFEITURA: 1.2 - CLICAR NA OPÇÃO: SERVIÇOS >> NOTA FISCAAL ELETRÔNICA 1.3 - Aguarde carregar

Leia mais

VERSÃO 5.12.0 VERSÃO 5.0.0 FINANCEIRO NEFRODATA ESTOQUE FINALIZAÇÃO: 10 JUN.

VERSÃO 5.12.0 VERSÃO 5.0.0 FINANCEIRO NEFRODATA ESTOQUE FINALIZAÇÃO: 10 JUN. VERSÃO 5.12.0 VERSÃO 5.0.0 FINANCEIRO NEFRODATA ESTOQUE ACD2016 FINALIZAÇÃO: 10 JUN. 13 04 NOV.2014 FEV. 201313 JUN. 2016 PUBLICAÇÃO: Prezado Cliente, Neste documento estão descritas todas as novidades

Leia mais

Manual de Conciliação Bancária

Manual de Conciliação Bancária Manual de Conciliação Bancária Índice Conciliação Bancária... 2 O módulo de Conciliação Bancária no SIGEF... 3 Conciliação Bancária Extrato Bancário... 5 Fazendo a Conciliação Bancária Extrato Bancário...

Leia mais

F O R T A L E Z A MANUAL DO GUIA ON-LINE

F O R T A L E Z A MANUAL DO GUIA ON-LINE MANUAL DO GUIA ON-LINE Bem vindo ao Manual do Guia On-Line, aqui você irá aprender a utilizar esta eficiente ferramenta desenvolvida para facilitar e agilizar o atendimento odontológico. Tela inicial Na

Leia mais

AGHOS - GESTÃO E REGULAÇÃO ASSISTENCIAL E FINANCEIRA DE SAÚDE MÓDULO DE REGULAÇÃO AMBULATORIAL DE CONSULTAS ESPECIALIZADAS

AGHOS - GESTÃO E REGULAÇÃO ASSISTENCIAL E FINANCEIRA DE SAÚDE MÓDULO DE REGULAÇÃO AMBULATORIAL DE CONSULTAS ESPECIALIZADAS Manual de Regulação Ambulatorial de Consultas Especializadas SISTEMA AGHOS Versão 01.2011 ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 1. O SISTEMA...4 1.1 Acesso ao Sistema AGHOS:...4 1.2 Teclas de funções do Sistema:...5 1.3

Leia mais

Max Fatura Sistema de Gestão

Max Fatura Sistema de Gestão Sumário 1 Tela Inicial... 2 2 Tela de Pesquisa... 3 3 Tela de Vendas... 4 5 Aproveitamento de Icms... 5 6 Salvar... 5 9 Para emissão da nota fiscal... 7 10 Impressão de relatórios... 10 11 Contas a Pagar

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1

2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR ACESSANDO O PORTAL DO PROFESSOR Para acessar o portal do professor, acesse o endereço que você recebeu através da instituição de ensino ou acesse diretamente o endereço:

Leia mais

procedimentos para vendas no Gestão orçamento

procedimentos para vendas no Gestão orçamento GESTÃO ORÇAMENTO LOJA procedimentos para vendas no Gestão orçamento 1 ÍNDICE Pag 1 - Gravação De Orçamento Em DINHEIRO 3 1.1 - Desconto De Verba 4 1.2 - Semaforo De Lucratividade 6 2 - Gravação De Orçamento

Leia mais

Módulo Faturamento INDICE

Módulo Faturamento INDICE Módulo Faturamento INDICE Como faturar contas... 3 Editando os dados de uma conta... 5 Como gerar o arquivo TISS... 7 Como cadastrar médicos... 10 Como cadastrar um convênio... 15 Como cadastrar um layout...

Leia mais

VI. Alterar a Data do Pedido...21. VII. Alterar o Usuário de INPUT do Pedido...22. VIII. Relatório de Movimentação Administrativa...

VI. Alterar a Data do Pedido...21. VII. Alterar o Usuário de INPUT do Pedido...22. VIII. Relatório de Movimentação Administrativa... Módulo Pedidos 2 Sumário I. Acesso ao sistema CRMTEL... 4 II. Cadastrando um Cliente... 5 III. Preenchimento do Pedido/SMP... 0 IV. Alterando Status Manualmente em Massa... 20 V. Alterar Usuário/Filial

Leia mais

Versão para atualização do Gerpos Retaguarda

Versão para atualização do Gerpos Retaguarda Versão para atualização do Gerpos Retaguarda A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível.

Leia mais

MANUAL SISTEMA NFS-e

MANUAL SISTEMA NFS-e MANUAL SISTEMA NFS-e SUMARIO Tela Inicial NFe 03 Efetuar Login 1º Acesso Caso não possua Usuário e/ou Senha 03 Efetuar Login 1º Acesso Possuindo o Usuário e Senha 04 Primeira Tela 05 Menu de Opções 05

Leia mais

Manual Operacional RIGNER. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

Manual Operacional RIGNER. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] Komunik [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] RIGNER Manual Operacional Gensys Genius System Manual Komunik- Versão 1.0 E-mail: documentacao@geniusnt.com -Telefone:

Leia mais

Orientações para o uso do webmail da CODEVASF

Orientações para o uso do webmail da CODEVASF Orientações para o uso do webmail da CODEVASF Índice: Página Inicial 2 Correio 2 Enviando uma mensagem Catálogo de endereços 2 3 Configurando o catálogo de endereços 3 Adicionando um contato 4 Enviando

Leia mais

Manual das planilhas de Obras v2.5

Manual das planilhas de Obras v2.5 Manual das planilhas de Obras v2.5 Detalhamento dos principais tópicos para uso das planilhas de obra Elaborado pela Equipe Planilhas de Obra.com Conteúdo 1. Gerando previsão de custos da obra (Módulo

Leia mais

Solicitação de Reposição? FS71.1

Solicitação de Reposição? FS71.1 Como Trabalhar com Solicitação de Reposição? FS71.1 Sistema: Futura Server Caminho: Estoque>Reposição>Reposição Referência: FS71.1 Versão: 2015.9.18 Como Funciona: Esta tela é utilizada para solicitar

Leia mais

Com Pedido de Compra Sem Pedido de Compra ou Entrada Manual Importando XML enviado do Fornecedor

Com Pedido de Compra Sem Pedido de Compra ou Entrada Manual Importando XML enviado do Fornecedor Movimentos - Entrada de Nota Fiscal Para realizar a entrada de nota fiscal no sistema, verifica-se primeiro as opções, existem vários meios para dar entrada em uma Nota Fiscal: Com Pedido de Compra é quando

Leia mais

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA SISTEMA ISS WEB Sil Tecnologia LTDA Sumário INTRODUÇÃO 3 1. ACESSO AO SISTEMA 4 2. AUTORIZAR USUÁRIO 5 3. TELA PRINCIPAL 6 4. ALTERAR SENHA 7 5. TOMADORES DE SERVIÇO 7 5.1 Lista de Declarações de Serviços

Leia mais

LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO

LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO 2015 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 REQUISITOS DO SISTEMA... 3 3 INSTALAÇÃO... 3 4 O QUE MUDOU... 3 5 COMO COMEÇAR... 4 6 FORMULÁRIOS DE CADASTRO... 5 7 CADASTRO DE

Leia mais

MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE

MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE C o n t r o l e E m p r e s a r i a l MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE s i s t e m a s SUMÁRIO INTRODUÇÃO CONCEITOS... 3 ENTRADA DIRETA DE PRODUTOS... 3 INCLUSÃO DE FORNECEDORES E CLIENTES...

Leia mais

Manual do Usuário. Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural. dezembro de 13

Manual do Usuário. Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural. dezembro de 13 Manual do Usuário Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural dezembro de 13 Este documento foi produzido por Praça dos Açorianos, s/n CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (51) 3210-3100

Leia mais

Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0

Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0 Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0 1 - Introdução O Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional, CGCO, criou, em março de 2008, uma equipe para atender à demanda de criação de novos

Leia mais

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X.

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Para iniciar o sistema dê um duplo clique no ícone, que se encontra na área de trabalho. 1 Login do sistema. Esta é a tela de login

Leia mais

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário Manual do Usuário Produto: EmiteNF-e Versão: 1.2 Índice 1. Introdução... 2 2. Acesso ao EmiteNF-e... 2 3. Configurações Gerais... 4 3.1 Gerenciamento de Usuários... 4 3.2 Verificação de Disponibilidade

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME)

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME) MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME) VERSÃO 10 Atualizado em 30/12/2015 Página 1 de 30 A renovação online do certificado somente poderá ser feita uma única vez (e-cpf)

Leia mais

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo Manual de Orientação de Cadastramento On-Line Sistema Segundo Tempo - Convênios Cadastro de Núcleo O Cadastro de Núcleo só poderá ser efetuado mediante a senha de Coordenador-Geral. Acesso ao Sistema:

Leia mais

TUTORIAL PMS CARD. Acesse o site: www.pmscard.com.br

TUTORIAL PMS CARD. Acesse o site: www.pmscard.com.br TUTORIAL PMS CARD Acesse o site: www.pmscard.com.br FAÇA O LOGIN Para fazer o login digite o seu e-mail e senha e clique em entrar. SELECIONE A EMPRESA Selecione a empresa na qual deseja utilizar clicando

Leia mais

Implantação do sistema Condominium

Implantação do sistema Condominium Implantação do sistema Condominium Nesse manual iremos acompanhar o passo a passo para a implantação do sistema, portanto iremos pular algumas telas do cadastro, que deverão ser preenchidas após a implantação

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (INTERNET EXPLORER)

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (INTERNET EXPLORER) MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (INTERNET EXPLORER) VERSÃO 10 Atualizado em 30/12/2015 Página 1 de 21 A renovação online do certificado somente poderá ser feita uma única vez (e-cpf)

Leia mais

Manual do Sistema Cadastro ABES

Manual do Sistema Cadastro ABES Manual do Sistema Cadastro ABES Desenvolvido por ÍNDICE Acesso à área administrativa... 3 Associados... 4 Cadastro de Associados e Assinantes... 4 Visualizando/Editando um Associado... 5 Gerando carteirinha

Leia mais

Obrigado por escolher o CheckoutG3

Obrigado por escolher o CheckoutG3 Obrigado por escolher o CheckoutG3 Aqui iremos mostrar os primeiros passos para a primeira utilização do nosso sistema. São con gurações e cadastros bem simples porém essenciais para a emissão de CFe-SAT,

Leia mais

Com a implantação do Módulo de Vacina, a população soteropolitana receberá vários benefícios que facilitarão a VIDA de todos nós.

Com a implantação do Módulo de Vacina, a população soteropolitana receberá vários benefícios que facilitarão a VIDA de todos nós. O Módulo de Vacina será um divisor de águas dentro da SMS do Salvador. Com a implantação do módulo, as salas de vacinas serão informatizadas, como também alguns de seus processos serão automatizados. Permitirá

Leia mais

Manual de Utilização do PDV Klavix

Manual de Utilização do PDV Klavix Manual de Utilização do PDV Klavix Página 1/20 Instalando a partir do CD Se você recebeu um CD de instalação, rode o programa Instalador que se encontra no raiz do seu CD. Ele vai criar a pasta c:\loureiro

Leia mais

Portal de Compras. São José do Rio Preto

Portal de Compras. São José do Rio Preto Portal de Compras São José do Rio Preto Sumário DÚVIDAS GERAIS...2 PREGÃO ELETRÔNICO... 4 EMPRO Empresa Municipal de Processamento de Dados 1 DÚVIDAS GERAIS 1.O que é o Fluxograma das Etapas? Resposta:

Leia mais

Nota Legal Rondoniense

Nota Legal Rondoniense Nota Legal Rondoniense Manual do Consumidor Versão 1.0 01/12/2011 Nota Legal Rondoniense Manual do Consumidor Versão 1.0 1 Índice Analítico 1. Considerações Gerais... 3 1.1. Definição... 3 1.2. Documentos

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO DION (DIÁRIO ONLINE FURB) - PROFESSORES 1. ACESSANDO O SISTEMA O sistema DION está disponível no endereço www.furb.br/dion.

Leia mais

Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6

Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6 Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6 Instalação, configuração e primeiros passos para uso das planilhas de obra Elaborado pela Equipe Planilhas de Obra.com Conteúdo 1. Preparar inicialização das

Leia mais

MANUAL DIPAM A Versão de 10/05/2012

MANUAL DIPAM A Versão de 10/05/2012 MANUAL DA DIPAM A Versão de 10/05/2012 1 Índice Geral... 3 Configuração Mínima... 3 Instalação... 4 Procedimento pós-instalação para sistemas com Vista ou Windows 7... 8 Uso do Programa DIPAM-A... 10 DIPAM

Leia mais

PORTAL ACADÊMICO ALUNO

PORTAL ACADÊMICO ALUNO PORTAL ACADÊMICO ALUNO Sumário 1. LOGIN... 3 2. DADOS PESSOAIS... 6 3. OCORRÊNCIAS... 6 4. ACESSO AOS BOLETINS... 7 5. DESBLOQUEIO DE POP UP... 7 6. DOWNLOAD DE MATERIAIS DAS DISCIPLINAS... 9 7. CADASTROS

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia

Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia 1 Acessar o endereço: http://facgtounafisco.facilinformatica.com.br 1.2 - Será exibida a página abaixo, selecionar o Tipo de acesso (Clínica (CNPJ) e/ou

Leia mais

CSPUWEB - Cadastro de Sistemas. e Permissões de Usuários

CSPUWEB - Cadastro de Sistemas. e Permissões de Usuários CSPUWEB - Cadastro de Sistemas e Permissões de Usuários - Manual do Usuário - Novembro/2009 Versão 2.0 21 de novembro de 2009 [CSPUWEB MANUAL DO USUÁRIO] SUMÁRIO Capitulo 1 Cadastro de Sistemas e Permissões

Leia mais

NOVA VERSÃO DO SNGPC

NOVA VERSÃO DO SNGPC NOVA VERSÃO DO SNGPC DIGITAÇÃO NO SNGPC -Entrada de Inventário -Confirmação do Inventário Inicial Base de Dados Do SNGPC Computador da Farmácia (Sistema Operacional) Gerar Arquivo XML do Estoque (Controlados

Leia mais

Situação 1 - sua farmácia possui um estoque no ambiente do sngpc da ANVISA ; ,Situação 2 sua farmácia esta fazendo o primeiro lançamento sngpc ;

Situação 1 - sua farmácia possui um estoque no ambiente do sngpc da ANVISA ; ,Situação 2 sua farmácia esta fazendo o primeiro lançamento sngpc ; Perguntas frequentes sobre o SNGPC ideal 2.0 Versão: 23/04/2013 23:51 hs P1) É necessário finalizar o inventário da ANVISA no SNGPC ideal? É necessário reinserir / inserir dados como nota fiscal/ data/

Leia mais

Sistemas - Kz_AcessoNv Manual do Usuário www.tsse.com.br. Manual do usuário XPVisitante

Sistemas - Kz_AcessoNv Manual do Usuário www.tsse.com.br. Manual do usuário XPVisitante Manual do usuário XPVisitante 1 1. Botões padrão Todas as telas de cadastro seguem o mesmo padrão de botões: Incluir Ativa opção para inclusão de novos registros no cadastro Alterar Prepara o registro

Leia mais

Tutorial. O Trade e o SNGPC

Tutorial. O Trade e o SNGPC Tutorial O Trade e o SNGPC Este tutorial explica como realizar no Trade Solution as principais atividades relacionadas ao SNGPC - Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados 1. Introdução

Leia mais

PLANO DE SAÚDE SÃO CRISTOVÃO SITE - TISS DIGITAÇÃO E ENTREGA DE FATURAMENTO MANUAL DO USUÁRIO (PRESTADOR)

PLANO DE SAÚDE SÃO CRISTOVÃO SITE - TISS DIGITAÇÃO E ENTREGA DE FATURAMENTO MANUAL DO USUÁRIO (PRESTADOR) PLANO DE SAÚDE SÃO CRISTOVÃO SITE - TISS DIGITAÇÃO E ENTREGA DE FATURAMENTO MANUAL DO USUÁRIO (PRESTADOR) Página 1 de 23 Sumário Tela de Login... 03 Menu Principal... 04 Home...05 Alterar meus dados...06

Leia mais

Wordpress - Designtec. Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia

Wordpress - Designtec. Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia Wordpress - Designtec Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia 1 Índice Acessando o painel administrativo... 3 Gerenciamento de edições... 3 Gerenciamento de artigos... 3 Publicando mídias...

Leia mais

2 PASSO: Depois de acessado um dos endereços acima, clicar em Serviços Eletrônicos.

2 PASSO: Depois de acessado um dos endereços acima, clicar em Serviços Eletrônicos. GUIA PARA PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO TRANSMISSÃO POR DOAÇÃO 1 PASSO: Acesse o sistema ITCMD: 1) Clique no link ITCMD existente no Posto Fiscal Eletrônico, cujo endereço eletrônico é http://pfe.fazenda.sp.gov.br/

Leia mais

MANUAL DE NOTÍCIAS NO PORTAL DA PBH

MANUAL DE NOTÍCIAS NO PORTAL DA PBH MANUAL PUBLICAÇÃO DE NOTÍCIAS NO PORTAL DA PBH Instruções para publicação de notícias no Portal PBH 1 Efetuando o acesso Para efetuar o login, acessar o endereço: www.pbh.gov.br/comunicacao/login ou https://ecp.pbh.gov.br/ecp

Leia mais

F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página 1 Sumário DÚVIDAS GERAIS... 3 PREGÃO ELETRÔNICO... 6 Página 2 DÚVIDAS GERAIS 1. O que é o Fluxograma das Etapas? Resposta: O fluxograma representa

Leia mais

PROCEDIMENTO DO CLIENTE

PROCEDIMENTO DO CLIENTE PROCEDIMENTO DO CLIENTE Título: Plug-in Guia de Empresas Objetivo: Aprender a utilizar a ferramenta. Onde: Empresa Quem: Cliente Quando: Início A ferramenta de Guia de Empresas é uma ferramenta desenvolvida

Leia mais

Rotinas úteis e diárias para facilitar o uso do sistema Winsati pelo usuário.

Rotinas úteis e diárias para facilitar o uso do sistema Winsati pelo usuário. Rotinas úteis e diárias para facilitar o uso do sistema Winsati pelo usuário. Rotina para quando clicar no ícone do Winsati e ele não inicializar Podem acontecer dois casos: 1. Caso 1: No caso de clicar

Leia mais

Manual Espelho de NF para Materiais

Manual Espelho de NF para Materiais Manual Espelho de NF para Materiais Índice 1 Objetivo... 3 2 O Projeto e-suprir... 3 3 Introdução... 3 4 Informações Básicas... 4 4.1 Painel de Controle Vendas... 4 5 Acessando o Pedido... 5 5.1 Lista

Leia mais

Agendador de Rotinas

Agendador de Rotinas Agendador de Rotinas Agendamento para Importação de Notas Fiscais É possível parametrizar o agendamento para importação de notas fiscais de entrada, saída e conhecimento de transporte, para todas as empresas

Leia mais

Cartão Usuário ISSEM

Cartão Usuário ISSEM Cartão Usuário ISSEM Objetivo: O sistema é on-line e oferece ao segurado do Instituto, facilidade e rapidez nos atendimentos junto aos nossos credenciados. Com o uso de um cartão, o segurado pode dirigir-se

Leia mais

CADASTRO DE OBRAS E PROJETOS DE ENGENHARIA

CADASTRO DE OBRAS E PROJETOS DE ENGENHARIA CADASTRO DE OBRAS E PROJETOS DE ENGENHARIA SET 2014 2 INTRODUÇÃO Este manual objetiva orientar os servidores no processo do cadastro de projetos no Sistema Channel para viabilizar o acompanhamento físico-financeiro

Leia mais

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE. Versão 2.2.15

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE. Versão 2.2.15 MANUAL Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE Versão 2.2.15 Sumário 1. Inicializando no sistema... 4 2. Perfil de Emissores do Sistema... 4 3. Analisando os certificados emitidos... 5 3.1. Certificados

Leia mais

Neo Solutions Manual do usuário Net Contábil. Índice

Neo Solutions Manual do usuário Net Contábil. Índice Manual Neo Fatura 2 Índice 1. Introdução... 3 2. Configurando o software para importar dados de clientes... 3 3. Importando o cadastro de clientes... 4 4. Cadastro de Bancos... 5 5. Cadastro de Conta Correntes...

Leia mais

Gerencial Software MANUAL DO USUÁRIO 1

Gerencial Software MANUAL DO USUÁRIO 1 MANUAL DO USUÁRIO 1 SUMÁRIO Tela de Login... 3 Telas de Atualização e Informação... 3 Cadastro de Clientes... 7 Cadastro de Grupos... 7 Cadastro de Subgrupos... 8 Cadastro de Fornecedores... 8 Cadastro

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 6.2.1.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado.

Leia mais

Espaço do Coordenador

Espaço do Coordenador Espaço do Coordenador Guia de utilização Versão 2.5 PARTE 6: Pedidos de pessoal 2 SUMÁRIO 8.4 PEDIDOS DE PESSOAL... 6 8.4.1 CLT... 7 8.4.2 ESTAGIÁRIO... 17 8.4.3 AUTÔNOMO... 26 8.4.4 VALE ALIMENTAÇÃO/REFEIÇÃO...

Leia mais