Com a implantação do Módulo de Vacina, a população soteropolitana receberá vários benefícios que facilitarão a VIDA de todos nós.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Com a implantação do Módulo de Vacina, a população soteropolitana receberá vários benefícios que facilitarão a VIDA de todos nós."

Transcrição

1 O Módulo de Vacina será um divisor de águas dentro da SMS do Salvador. Com a implantação do módulo, as salas de vacinas serão informatizadas, como também alguns de seus processos serão automatizados. Permitirá o acompanhamento on line das vacinas, estoques e perdas. A partir do registro da aplicação da vacina, a SMS poderá monitorar todas as informações do calendário de vacinas do usuário, inclusive alertando sobre a não vacinação do mesmo, favorecendo assim o início de uma busca ativa. Além destas, o VIDA permitirá o registro de reações adversas, emissão de SMS (torpedo) via celular informando sobre a necessidade de vacinação, campanhas de vacinação, dentre outros. 1

2 Objetivo Com a implantação do Módulo de Vacina, a população soteropolitana receberá vários benefícios que facilitarão a VIDA de todos nós. Dentre os quais: Agilidade no atendimento ao usuário; Pesquisa de usuário cadastrado no Sistema VIDA; Visualização, atualização e emissão do Cartão de Vacina; Acompanhamento on-line das vacinas, estoques e perdas Registro de forma on-line de todo o processo de dispensação de vacina (abertura de ampola, aplicação por dose) para conhecimento, gerenciamento e controle da VIEP e Ministério da Saúde; Consultar o Histórico de Vacinação do usuário; Contato com os usuários através de e torpedo SMS. O Sistema é baseado em tecnologia WEB e pode ser acessado através do seu navegador, pelo endereço: TELA INICIAL DO SISTEMA VIDA: 2

3 ACESSO AO SISTEMA Para acessar o sistema preencha os seguintes campos: Cartão SUS (apenas números) e clica no botão de pesquisa subseqüentes; Senha Clique no botão ENTRAR para habilitar os campos Obs.: Caso o usuário não lembrar do número do cartão SUS, clique em ESQUECI MEU CARTÃO, preencha os campos: - Nome e Sobrenome - Data de Nascimento Em seguida, clique em Pesquisar 3

4 Após realizar o login será aberta a TELA PRINCIPAL como mostra a figura abaixo: OBS: O usuário terá acesso somente às funções que o seu perfil permite acessar, de acordo com que os administradores e o que próprio sistema determinar. 4

5 Vacina Exibirá a TELA INICIAL do Módulo de Vacina Segurança - Exibirá a TELA INICIAL do Módulo de Segurança Fale Conosco - Exibirá a TELA PARA CONTATO com o NTI 5

6 Sair Fazer Logoff, ou seja, sair do Sistema. 1. VACINA A Tela principal do Módulo de Vacina apresentará o Menu Principal do Módulo, onde serão disponibilizados itens e subitens que permitem a execução das principais funções do perfil de operador. 1. MOVIMENTO 1.1 Cartão de Vacina 1.2 Dispensação - Pesquisa - Vacinação 1.3 Consultar Estoque 1.4 Inventário 1.5 Movimentação de - Nova Imunobiológicos - Pesquisar - Remanejamento - Receber 1.6 SI-PNI - Exportar 6

7 1.1 Cartão de Vacina Este item permitirá a: Exibição, Atualização e Emissão do Cartão de Vacina do usuário. 1º Passo: Clique no menu MOVIMENTO e em seguida no item Cartão de Vacina. Será apresentada a tela para pesquisa do usuário cadastrado no Sistema VIDA: Formulário de Pesquisa de Pacientes. 7

8 1º passo: Preencha os seguintes campos: Nome Completo (sem abreviações) Nome da mãe ou Data de Nascimento Clique no Botão de Pesquisa (lupa) 8

9 OBS: Deverão ser preenchido no mínimo 2 (dois) campos para pesquisa, sendo que o campo Nome Completo é obrigatório. A pesquisa poderá ser feita também pelo Número do Cartão SUS. 1 Número do Cartão SUS - Preencha os seguintes campos: Número do Cartão SUS Clique no Botão de Pesquisa (lupa) 9

10 tela seguinte apresentará uma lista contendo todos os pacientes cadastrados com os dados informados. 2º Passo: Clique no ícone selecionar ao lado esquerdo do nome do usuário. - Será exibida uma tela com DADOS DO PACIENTE. 10

11 3º Passo: Clique no botão CARTÃO DE VACINA 11

12 Será apresentada a tela FOMULÁRIO DE ATUALIZAÇÃO DE CARTÃO DE VACINA que dá acesso a 4 (quatro) abas: Vacinas da Criança, Vacinas do Adolescente, Vacinas do Adulto e Histórico de Vacinação. As três primeiras abas exibem o calendário de vacinação de rotina da Criança, do Adolescente, e dos Adultos e idosos respectivamente. Este calendário apresenta as VACINAS, as DOSES e as respectivas DATAS que o usuário foi imunizado em cada fase da sua vida. Ainda nestas três primeiras abas, é possível realizar a Atualização do Cartão de Vacina, obter Informações sobre o Imunobiológico e inserir Novo Registro de imunos já aplicados. a) Atualização do Cartão de Vacina 1º passo: Clique no ícone de atualização 12

13 Será exibida a janela: Atualização do Cartão de Vacina. 2º passo: Preencha os seguintes campos: Imunobiológico (seleção através da seta ao lado do campo) Dose (seleção através da seta ao lado do campo) Data de Aplicação (seleção através do calendário que será exibido após clicar no campo) Lote Validade Lote Local Motivo Clique no botão 13

14 1. Como consultar Informações sobre o imunobiológico. Clique no ícone de informações ; Clique no botão para sair da tela. 14

15 A quarta e última aba, como o nome já diz, informa todo HISTÓRICO DE VACINACÃO do usuário: Vacina, Dose, Data da Aplicação, Próxima Dose, Lote, Validade, Unidade/Local e Informações sobre o Imunobiológico e Exclusão de registro de vacinação. 15

16 Clicando nesse botão, você retornará a tela inicial: Formulário de Pesquisa de Pacientes. 2. Inserir Novo Registro de imunos já aplicados. 1º passo: Clique no botão Será exibida a janela: Atualização do Cartão de Vacina. 16

17 2º passo: Preencha os seguintes campos: Imunobiológico (seleção através da seta ao lado do campo) Dose (seleção através da seta ao lado do campo) Data de Aplicação (seleção através do calendário que será exibido após clicar no campo) Lote Validade Lote Local Motivo Clique no botão, se todos os dados estiverem corretos. Caso necessite interromper a operação, clique no botão. 17

18 1.2 Dispensação Essa funcionalidade permite o cadastro do imunobiológico dispensado ao Cidadão. A dispensação será realizada por: Vacinação - quando dispensado imunos já predefinidos para cada fase da vida do usuário (da infância a fase adulta). Esses imunos são dispensados com freqüência e a prazo longo ou indeterminado. 18

19 1.2.1 Vacinação 1º passo: Preencha os seguintes campos: Ou, Nome Completo (sem abreviações) Nome da mãe; Clique no Botão de Pesquisa (lupa) Nome Completo (sem abreviações) Data de nascimento; Clique no Botão de Pesquisa (lupa) OBS: A pesquisa poderá ser feita também pelo Número do Cartão SUS. A tela seguinte apresentará uma lista contendo todos os pacientes cadastrados com os dados informados. 19

20 Selecionar 2º Passo: Clique no ícone selecionar ao lado esquerdo do nome do usuário. 3º Passo: Clique no botão Será exibida a tela Formulário de Dispensação 4º Passo: Selecione a informação desejada nos campos: 20

21 Zona Grupo de Atendimento Estratégias Imunobiológico Dose Fabricante Lote/Validade/Aplicação Clique no botão 21

22 No final da página serão exibidas as informações cadastradas. Confira as informações Caso haja alguma informação incorreta, clique no ícone de exclusão e repita o 4º Passo. E somente quando todas as informações estiverem corretas: Clique no botão. Será exibida uma nova janela com a Mensagem perguntando se Todos os dados da dispensação estão corretos Clique no botão Será exibida uma nova janela com a Mensagem da página da web, informando que os Dados foram Salvos com Sucesso. 22

23 Clique no botão Será exibido comprovante da Dispensação da Vacina. Neste comprovante constará: Dados do Paciente, Dados da Vacina, Site de acesso ao Cartão de Vacina. OBS: Uma vez fechada essa janela, não é possível visualizar novamente este comprovante. Imprima-o. 23

24 Para Imunobiológicos cujo frasco ou Ampola possui mais de uma aplicação, e esse frasco já foi aberto para dispensação, quando o usuário do sistema for fazer à próxima dispensação de mesmo imuno, o sistema irá mostrar a ampola que já está aberta, nesse caso o usuário do sistema poderá utilizar a ampola que já está aberta ou se preferir, poderá abrir uma nova ampola. Para dispensação de ampola que já está aberta: Selecione a informação desejada nos campos: Zona Grupo de Atendimento Estratégias Imunobiológico Dose Quando o usuário informa o nome do imunobiológico, se já existir ampola aberta para esse imuno, o sistema já traz a informação da ampola aberta, informando o lote, a quantidade de aplicação na ampola e quantas doses tem na ampola no momento. Clica em para selecionar o item 24

25 Clique no botão Clique no botão. Para dispensação de Imunobiológico que já existe ampola aberta, porém o usuário do sistema quer abrir uma nova ampola. Selecione a informação desejada nos campos: Zona Grupo de Atendimento Estratégias Imunobiológico Dose Clique em Fabricante Lote\Validade\Aplicação 25

26 Clique no botão No final da página irá aparecer o item adicionado Confira as informações Caso haja alguma informação incorreta, clique no ícone de exclusão. E somente quando todas as informações estiverem corretas: Clique no botão. Para Recém-Nascido que não tiver certidão de nascimento, e que tenha no máximo, 60 dias de nascido, a dispensação do imunobiológico, deverá ser feita com o cartão SUS da mãe. 1º passo: Preencha os seguintes campos: Ou, Nome Completo da mãe do Recém-Nascido (sem abreviações) Nome da mãe; Clique no Botão de Pesquisa (lupa) 26

27 Nome Completo da mãe do Recém-Nascido (sem abreviações) Data de nascimento; Clique no Botão de Pesquisa (lupa) OBS: A pesquisa poderá ser feita também pelo Número do Cartão SUS. Clique no ícone selecionar ao lado esquerdo do nome do usuário. 27

28 Clique em 28

29 Preencha os seguintes campos: Nome do Recém-Nascido (campo obrigatório) Nome da Mãe (já vem preenchido) Nome do pai (campo obrigatório) Data de Nascimento (campo obrigatório) Sexo (campo obrigatório) Raça/Cor (campo obrigatório) UF de Nascimento (campo obrigatório) Município de Nascimento (campo obrigatório) Possui deficiência (campo obrigatório) Nome do cartório (Não é obrigatório) Certidão do modelo novo (Não é obrigatório) Clique em 29

30 O sistema gera o número do cartão SUS do Recém-Nascido. Agora é só efetuar a dispensação do Imunobiológico, conforme foi explicado anteriormente. O endereço do Recém-Nascido será preenchido automaticamente, conforme o endereço informado no cadastro do cartão SUS da mãe. 30

31 Alguns campos específicos irão constar na dispensação de alguns imunobiológicos, devido a integração do sistema vida+ módulo vacina, com o SI-PNI (Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações). Segue abaixo: uma pessoa do sexo feminino. - Esse campo será disponibilizado no momento em que for registrada - Esse campo será disponibilizado após a escolha da vacina BCG. Deve-se informar se o ato de vacinar naquele momento se dá por ser o vacinado, um comunicante de Hanseníase; - Motivo de indicação correspondente às vacinas do grupo Especial: campo aberto somente quando a estratégia escolhida for ESPECIAL. Para cada produto o combo específico com as indicações será apresentado pelo sistema. - Campo específico para o registro no caso de selecionar a estratégia Especial. O objetivo é conhecer os serviços de saúde que encaminham a clientela para o uso de vacinas especiais Pesquisar Dispensação Esta funcionalidade permite a pesquisa de uma dispensação de Imunobiológico feita na sala de vacina que foi aplicado em um paciente. 31

32 1º passo: Preencha os seguintes campos: Ou, Nome Completo (sem abreviações) Nome da mãe; Clique no Botão de Pesquisa (lupa) Nome Completo (sem abreviações) Data de nascimento; Clique no Botão de Pesquisa (lupa) OBS: A pesquisa poderá ser feita também pelo Número do Cartão SUS. A tela seguinte apresentará uma lista contendo todos os pacientes cadastrados com os dados informados. Selecionar 2º Passo: Clique no ícone selecionar ao lado esquerdo do nome do usuário. 32

33 3º Passo: Clique no botão Ver dispensações. 4º Passo: Clique na aba Dispensações, o sistema irá mostrar a sala de vacina e a data da dispensação. 33

34 5º Passo: Clique no ícone para o sistema mostrar todas as vacinas que foram aplicadas no paciente nesta sala de vacina. 6º Passo: o sistema mostra todas as vacinas que foram aplicadas no paciente nesta sala de vacina. E dá as seguintes opções: Inadivertido: o usuário do sistema deverá marcar essa lacuna, para situações em que a vacina foi aplicada inadivertidamente no paciente. Excluir: o usuário do sistema deverá marcar essa lacuna, para situações em que a dispensação da 34

35 vacina foi registrada no sistema, mas não foi aplicada no paciente vacina foi aplicado inadivertidamente no paciente. 7º Passo: Caso o usuário escolha uma das opções acima, clique no ícone,caso não escolha nenhuma das opções acima, clique no ícone. 1.3 Consultar Estoque Essa funcionalidade permite a consulta do Estoque de imunobiológico da sala de vacina. 35

36 Ao clicar em Consultar Estoque o sistema apresentará tela acima, onde o usuário só terá acesso a Sala de vacina que ele está vinculado. O usuário pode preencher só a sala de vacina e clicar em, ou poderá filtrar as informações, escolhendo o fabricante, imunobiológico ou Qtd Aplicação. 36

37 1.4 Inventário Essa funcionalidade permite registrar o inventário de imunobiológicos da Sala de Vacina 1º Passo: Após clicar na aba Inventário, o sistema apresentará tela acima,onde o usuário só terá acesso a sala de vacina onde ele está vinculado, e informar a data da abertura do inventário e clique no botão 37

38 2º Passo:O sistema abrirá uma mensagem perguntando se tem certeza que deseja abrir o inventário, se tiver certeza clique em. 3º Passo: O sistema mostrará todos os inventários que foram feitos na sala de vacina, o usuário deverá clicar na data do inventário que estiver aberto. 38

39 4º Passo: Clique na aba 5º Passo: O usuário do sistema deverá preencher um dos seguintes campos: Imunobiológico Fabricante Nº Aplicações Lote Data de Validade Após preencher um dos campos acima, clique em. Ps.: Se o usuário optar em clicar em, nesse caso não precisará preencher os campos acima, e o sistema mostrará todos os lotes dos imunos cadastrados no sistema. 39

40 6º Passo: No caso acima, optei pelo campo de imunobiológico e cliquei em, o sistema me mostrou todos os lotes de BCG, cadastrado no sistema. 7º Passo: Clique no ícone 40

41 8º Passo: No campo quantidade contada, colocar a quantidade de frascos/ampolas que foi contada do lote escolhido e depois clique em 9º Passo: O sistema mostra uma mensagem perguntando se tem certeza que deseja incluir este lote no inventário, clique em. 10º Passo: Caso queira alterar a quantidade contada, clique no ícone, altere a quantidade e clique em 11º Passo: Após incluir todos os imunobiológicos que constam na sua sala de vacina, clique no botão 41

42 12º Passo: Coloque a data do fechamento do inventário e clique em Obs.:- O usuário do sistema, poderá salvar o inventário, sem fechá-lo e poderá entrar de novo no mesmo inventario para incluir ou fazer alterações. - Enquanto o inventário estiver aberto, o usuário do sistema não conseguirá fazer outros procedimentos no sistema, como dispensação, movimentações. - Após o fechamento do inventário o usuário do sistema não poderá mais acessar o inventario para alterações e inclusão, só para consulta. - Após o fechamento do inventário, consultar estoque no sistema para ver se está tudo certo. 42

43 1.5 Movimentação de Imunobiológicos Essa funcionalidade permite registrar as movimentações de remanejamento e perda de imunobiológicos e o recebimento nas salas de vacina dos imunos remanejados Movimentação de Imunobiológicos/Nova 43

44 O sistema apresentará tela acima,onde o usuário só terá acesso a sala de vacina onde ele está vinculado. Para o campo Tipo de Movimentação,existem dois itens: Perda Para informar as perdas de Imunobiológicos na Sala de Vacina. Remanejamento Para transferir imunobiológicos de uma Sala de Vacina para outra. Movimentação por Remanejamento 1º Passo: No campo Tipo de Movimentação, escolha o item Remanejamento e clique em. 44

45 2º Passo: Na aba Dados Gerais, preencher os seguintes campos: Sala de Destino Para onde vão ser remanejados os imunobiológicos Responsável pelo envio Quem está enviando os imunobiológicos Data do envio Data que está remanejando os imunobiológicos Responsável pelo Recebimento Quem está recebendo os imunobiológicos Data do Recebimento Data que a sala de vacina está recebendo os imunobiológicos Observação Campo para acrescentar mais alguma informação 45

46 3º Passo: Na aba Imunobiológicos, O usuário do sistema deverá preencher um ou mais dos seguintes campos: Imunobiológico Fabricante Nº Aplicações Lote Data de Validade Após preencher um dos campos acima, clique em. Ps.: Se o usuário optar em clicar em, nesse caso não precisará preencher os campos acima, e o sistema mostrará todos os imunobiológicos que constam no estoque da sala de vacina que está enviando as vacinas. 46

47 4º Passo: No caso acima, optei pelo campo de imunobiológico e cliquei em, o sistema me mostrou todos os lotes de BCG, que consta no estoque da sala de vacina que está enviando os imunos. 47

48 5º Passo: Clique no ícone 6º Passo: No campo quantidade, colocar a quantidade de frascos/ampolas que vai ser remanejado e depois clique em 7º Passo: Caso queira alterar a quantidade, clique no ícone, altere a quantidade e clique em, caso queira excluir o imunobiológico que foi adicionado, clique em 48

49 8º Passo: Após adicionar todos os imunobiológicos que serão remanejados, clique em. 9º Passo: O sistema irá mostrar uma mensagem, perguntando se Todos os dados da movimentação estão corretos, clique em. 10º Passo: O sistema gera uma mensagem, informando que o movimento foi salvo com sucesso e informa o numero da movimentação. 49

50 11º Passo: Clique em para gerar o vale carga com as informações do Remanejamento. 50

51 Movimentação por Perda 1º Passo: No campo Tipo de Movimentação, escolha o item Perda e clique em. 2º Passo: Na aba Dados Gerais, o usuário do sistema deve informar o motivo da perda do imunobiológico, conforme tela acima. Nesse caso a Sala de Vacina será UBS NOVO MAROTINHO e o motivo da Perda será quebra de frascos. OBs.: Para o motivo Outros motivos, o campo Observações, é obrigatório. 51

52 3º Passo: Na aba Imunobiológicos, O usuário do sistema deverá preencher um ou mais dos seguintes campos: Imunobiológico Fabricante Nº Aplicações Lote Data de Validade Após preencher um dos campos acima, clique em. Ps.: Se o usuário optar em clicar em, nesse caso não precisará preencher os campos acima, e o sistema mostrará todos os imunobiológicos que constam no estoque da sala de vacina que está enviando as vacinas. 52

53 4º Passo: O sistema lista todos os lotes de BCG que constam no estoque da Sala de vacina. O usuário do sistema poderá informar a perda de ampolas fechadas e abertas também. 53

54 5º Passo: Ampolas Fechadas, clique no ícone, para informar a quantidade de ampolas do lote que houve a perda e clique em. 6º Passo: Caso queira alterar a quantidade, clique no ícone, altere a quantidade e clique em, caso queira excluir o imunobiológico que foi adicionado, clique em 7º Passo: Após adicionar todos os imunobiológicos que foram perdidos, clique em. 8º Passo: Ampolas Abertas, clique no ícone 54

55 . 9º Passo: Caso queira alterar a quantidade, clique no ícone, altere a quantidade e clique em, caso queira excluir o imunobiológico que foi adicionado, clique em 10º Passo: Após adicionar todos os imunobiológicos que foram perdidos, clique em Movimentação de Imunobiológicos/Pesquisar 55

56 1º Passo: Para pesquisar um remanejamento, O usuário do sistema deverá preencher um dos seguintes campos: Número da Movimentação Sala de vacina que fez o Remanejamento (campo obrigatório) Tipo de Movimentação (campo obrigatório) Sala de Destino Data de Início Data Final Após preencher um dos campos acima, clique em. 56

57 2º Passo: Na situação acima, foi feito a pesquisa só pelos campos, Sala de vacina de envio e tipo de movimentação Remanejamento, o sistema mostra todas as movimentações de remanejamento feito pela sala de vacina UBS BARBALHO. Clique em caso queira alterar a quantidade do imunobiológico que foi remanejado (esse ícone informa que não é possível alterar a movimentação, porque já foi dado o recebimento na sala de vacina de Destino). Esse ícone é para a reimpressão do Relatório de Movimentação. 57

58 1.5.3 Movimentação de Imunobiológicos/Pesquisar 1º Passo: O sistema mostra todas as movimentações que foram remanejadas para sua sala de vacina, nesse caso UBS BARBALHO, clique na data para abrir a movimentação para dar o recebimento no seu estoque. 58

59 2º Passo: Na aba Informações Gerais, o sistema mostra as informações sobre a movimentação 3º Passo: Clicando na aba o sistema mostra todos os imunobiológicos que foram remanejados para sua sala de vacina. Clique no ícone para confirmar o recebimento dos imunobiológicos. 59

60 4º Passo: Em quantidade confirmada, coloque a quantidade recebida e clique em para confirma o recebimento. 1.6 SI-PNI/Exportar Essa funcionalidade permite exportar o arquivo com todas as informações necessárias ( Programa Nacional de Imunização), para o Ministério da Saúde. 60

61 1º Passo: No campo sala, informe a sala de vacina que o usuário do sistema está vinculado. No campo Competência, informe o mês e ano do arquivo que deseja exportar. Clique em. 2º Passo: O sistema ira perguntar onde o usuário do sistema quer que salve o arquivo. Clique em Salvar. 61

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line Declaração On Line Manual de Apoio à Utilização do Sistema Manual do Usuário Versão 1.0 INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICANDO-SE NO SISTEMA... 4 EM CASO DE ESQUECIMENTO DA SENHA... 5 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Sistema Integrado de Atendimento

Sistema Integrado de Atendimento Sistema Integrado de Atendimento Sistema Integrado de Atendimento. Um sistema moderno, completo e abrangente que modifica a realidade do atendimento de sua empresa, proporcionando maior segurança na tomada

Leia mais

Procedimentos para Realização de Avaliação de Desempenho Etapa 1: Organizar Estrutura

Procedimentos para Realização de Avaliação de Desempenho Etapa 1: Organizar Estrutura Procedimentos para Realização de Avaliação de Desempenho Etapa 1: Organizar Estrutura Versão: V0_0_3 Data: 11 de abril de 2014 Diretoria Geral de Recursos Humanos - DGRH Site: http://www.dgrh.unicamp.br

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOMINIO ATENDIMENTO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOMINIO ATENDIMENTO Rua Afonso Arrechea, 240, Santo Ant. do Sudoeste - PR Tel 46 3563-1518 Fax 46 3563-3780 contato@diferencialcontabil.cnt.br www.diferencialcontabil.cnt.br MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOMINIO ATENDIMENTO VERSÃO

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR ACESSANDO O PORTAL DO PROFESSOR Para acessar o portal do professor, acesse o endereço que você recebeu através da instituição de ensino ou acesse diretamente o endereço:

Leia mais

1223o TUTORIAL INVENTÁRIO. Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO

1223o TUTORIAL INVENTÁRIO. Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO 1223o TUTORIAL INVENTÁRIO Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO TUTORIAL INVENTÁRIO O inventário é um procedimento operacional/contábil que deve ser feito sempre que solicitado

Leia mais

Manual. Gerenciamento de Acesso. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008.

Manual. Gerenciamento de Acesso. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. Manual Gerenciamento de Acesso Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. SUMÁRIO 1 GERENCIAMENTO

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa AMG Manual de Operação Conteúdo 1. Sumário 3 2. Programa

Leia mais

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O MÉDICO RELATÓRIO DE PRIMEIRAS IMPRESSÕES PROVAB 2014

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O MÉDICO RELATÓRIO DE PRIMEIRAS IMPRESSÕES PROVAB 2014 PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O MÉDICO RELATÓRIO DE PRIMEIRAS IMPRESSÕES PROVAB 2014 Brasília/DF, 6 de outubro de 2014. 1 APRESENTAÇÃO RELATÓRIO DE PRIMEIRAS IMPRESSÕES

Leia mais

Novas formas de trabalhar estão se desenvolvendo a partir do uso das. Lotacional, com o propósito de facilitar o controle mediante a

Novas formas de trabalhar estão se desenvolvendo a partir do uso das. Lotacional, com o propósito de facilitar o controle mediante a Apresentação Novas formas de trabalhar estão se desenvolvendo a partir do uso das tecnologias de comunicação. A Diretoria de Material e Patrimônio vem disponibilizar o Manual de Gestão Patrimonial para

Leia mais

Tutorial WEB Soluço es Click.

Tutorial WEB Soluço es Click. Tutorial WEB Soluço es Click. Sumário Sumário... 1 1. Acesso ao site:... 2 2. Login:... 3 3. Página Principal:... 4 4. Navegando sobre o menu:... 4 5. Opção Chamado:... 5 5.1 Tela de Chamados:... 6 5.1.1

Leia mais

Manual do SeCI. Sistema Eletrônico de Prevenção de Conflitos de Interesses. Guia do Administrador

Manual do SeCI. Sistema Eletrônico de Prevenção de Conflitos de Interesses. Guia do Administrador Manual do SeCI Sistema Eletrônico de Prevenção de Conflitos de Interesses Guia do Administrador CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO CGU SAS, Quadra 01, Bloco A, Edifício Darcy Ribeiro 70070-905 Brasília-DF cgu@cgu.gov.br

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Primeiramente deve-se digitar o login e senha de acesso para acessar o Jurídico 2000.

MANUAL DO USUÁRIO. Primeiramente deve-se digitar o login e senha de acesso para acessar o Jurídico 2000. MANUAL DO USUÁRIO Primeiramente deve-se digitar o login e senha de acesso para acessar o Jurídico 2000. O Jurídico 2000 exibe o cadastro de Processos assim que é inicializado. A partir dessa tela você

Leia mais

1. REGISTRO DE PROJETOS

1. REGISTRO DE PROJETOS 1. REGISTRO DE PROJETOS Nesta aplicação será feito o registro dos projetos/ ações de extensão, informando os dados iniciais do projeto, as classificações cabíveis, os participantes, a definição da região

Leia mais

Tutorial Agenda. Conteúdo. Tutorial Agenda

Tutorial Agenda. Conteúdo. Tutorial Agenda Tutorial Agenda Conteúdo 1 Criar Grupos de Agenda... 1 2 Como Visualizar Eventos Cadastrados... 3 3 Incluir Tarefas... 6 4 Incluir Funcionário Novo em uma Agenda Existente... 8 A agenda do sistema funcionará

Leia mais

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SANTA MARIA FATECIENS 2008 Este manual tem por finalidade apresentar as especificações detalhadas da aplicação de Cadastro de Funcionários,

Leia mais

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML Observação: O arquivo XML da nota fiscal deve estar salvo em seu computador. Se o seu fornecedor não enviou o arquivo por e-mail, você pode obter o arquivo pela internet,

Leia mais

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC)

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC) Golden Fone (SAC) 0800-728-2001 (Capitais e Interior) Central Técnica 4004-2001 (Regiões Metropolitanas do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília e São Luís) 0800-729-2001

Leia mais

Manual Operacional do Assessor Jurídico

Manual Operacional do Assessor Jurídico Manual Operacional do Assessor Jurídico SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E SERVIÇOS - MÓDULO COMPRAS - EMISSÃO DE PARECER JURÍDICO PARA PROCESSOS DE COMPRA COM EDITAL OU DE DISPENSA DE LICITAÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS DIVULGAÇÃO DE COMPRAS DISPENSA / INEXIGIBILIDADE MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema Estadual de Informações Ambientais e de Recursos Hídricos VERSÃO 2.0

Manual do Usuário. Sistema Estadual de Informações Ambientais e de Recursos Hídricos VERSÃO 2.0 Manual do Usuário Sistema Estadual de Informações Ambientais e de Recursos Hídricos VERSÃO 2.0 1 Apresentação O SEIA Sistema Estadual de Informações Ambientais e de Recursos Hídricos é uma ferramenta fundamentada

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS

ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCISCO BELTRÃO SECRETARIA DE FINANÇAS / DEPARTAMENTO DE FISCALIZAÇÃO ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS Olá Tomadores de Serviço, a Prefeitura Municipal

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO (Sistema NFSE) Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br

GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO (Sistema NFSE) Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO () Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br Sumário Configurações iniciais... 3 Acessando o sistema... 3 Alterando a senha de acesso... 3 Cadastrando clientes... 4 Cadastrando

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS Manual do Usuário: SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS Em 2013 foi adquirido o Sistema de Gerenciamento de Bibliotecas Pergamum para todas Bibliotecas do IFRS. A implantação está sendo feita de acordo com as

Leia mais

F O R T A L E Z A MANUAL DO GUIA ON-LINE

F O R T A L E Z A MANUAL DO GUIA ON-LINE MANUAL DO GUIA ON-LINE Bem vindo ao Manual do Guia On-Line, aqui você irá aprender a utilizar esta eficiente ferramenta desenvolvida para facilitar e agilizar o atendimento odontológico. Tela inicial Na

Leia mais

Manual do usuário Sistema de Ordem de Serviço HMV/OS 5.0

Manual do usuário Sistema de Ordem de Serviço HMV/OS 5.0 Manual do usuário Sistema de Ordem de Serviço HMV/OS 5.0 DESENVOLVEDOR JORGE ALDRUEI FUNARI ALVES 1 Sistema de ordem de serviço HMV Apresentação HMV/OS 4.0 O sistema HMV/OS foi desenvolvido por Comtrate

Leia mais

ACESSANDO COM USUÁRIO DE PROFESSOR

ACESSANDO COM USUÁRIO DE PROFESSOR ACESSANDO COM USUÁRIO DE PROFESSOR 1º passo: Acesse a página através do link existente no site de Newton laboratório e audiovisual: 2º passo: Na tela inicial do sistema digite seu usuário e sua senha nos

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Maio -2013 Conteúdo Sumário... 2 PPD -IPD... 3 Adicionar Paciente... 4 Laudo Médico... 6 Avaliação do Enfermeiro... 11 Visita Domiciliar... 14 Dados do Paciente no Programa... 16 Histórico do

Leia mais

Manual. Cadastro de Usuários. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008.

Manual. Cadastro de Usuários. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária Manual Cadastro de Usuários Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília, 27

Leia mais

MÓDULO 3 Cadastros básicos

MÓDULO 3 Cadastros básicos MÓDULO 3 Cadastros básicos Agora que você já conhece o SCAWEB, demonstraremos como realizar os cadastros básicos do HÓRUS. Inicialmente, você precisará acessar o HÓRUS com o email e senha cadastrados no

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

FALE CONOSCO TUTORIAL

FALE CONOSCO TUTORIAL FLE CONOSCO TUTORIL Índice 1. Como acessar a ferramenta... 2 Figura 1 Link de acesso para a ferramenta Fale Conosco... 2 Figura 2 cesso ao Fale Conosco... 3 Figura 4 Esqueci minha senha... 4 Figura 5 Tela

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

CSPUWEB - Cadastro de Sistemas. e Permissões de Usuários

CSPUWEB - Cadastro de Sistemas. e Permissões de Usuários CSPUWEB - Cadastro de Sistemas e Permissões de Usuários - Manual do Usuário - Novembro/2009 Versão 2.0 21 de novembro de 2009 [CSPUWEB MANUAL DO USUÁRIO] SUMÁRIO Capitulo 1 Cadastro de Sistemas e Permissões

Leia mais

E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes

E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes 1. É possível excluir um processo que já foi enviado? Só será possível excluir o processo se o mesmo ainda não tiver sido recebido.

Leia mais

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL COTAÇAO WEB [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais Autor: Equipe

Leia mais

Manual do Usuário. (Perfil Subseção) Sistema de Solicitação de Indicação

Manual do Usuário. (Perfil Subseção) Sistema de Solicitação de Indicação Manual do Usuário (Perfil Subseção) Sistema de Solicitação de Indicação Sumário 1. Principal... 4 1.1 Campos Obrigatórios... 4 2. Sistema de Solicitação de Indicação (SSI)... 5 2.1 Opções do Usuário...

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC FEVEREIRO / 2010 GUIA SISTEC INTRODUÇÃO...03 PRÉ-CADASTRO

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS. Manual do Usuário

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS. Manual do Usuário SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS Manual do Usuário Acesso Rápido Apresentação 2 Consulta ao Catálogo do SiBIFRS 3 Pesquisa geral 5 Opções de consulta 7 Detalhamento da obra 8 Detalhamento da obra Guia Exemplares

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA HERMES

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA HERMES MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA HERMES 1. Introdução Esse documento tem por objetivo descrever o funcionamento e formas de utilização do módulo de Requisição de Materiais do Sistema de Controle Patrimonial

Leia mais

Manual CENAD - Central Notarial de Autenticação Digital

Manual CENAD - Central Notarial de Autenticação Digital Manual CENAD - Central Notarial de Autenticação Digital Desenvolvido por: Gustavo da Silva Betete Versão: 1.0 Revisado por:renan LuisGonçalves Soares Equipe responsável: Setor de Tecnologia da Informação

Leia mais

ACESSANDO A PÁGINA DO CADASTRO DE DEPÓSITOS

ACESSANDO A PÁGINA DO CADASTRO DE DEPÓSITOS ACESSANDO A PÁGINA DO CADASTRO DE DEPÓSITOS Localize o processo no sistema. Na capa do processo em INFORMAÇÕES ADICIONAIS clique na opção DEPÓSITO JUDICIAL. 1. CADASTRANDO CONTAS JUDICIAIS 1.1- Na tela

Leia mais

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier isupplier Revisão 01 Setembro 2011 Sumário 1 Acesso ao portal isupplier... 03 2 Home Funções da Tela Inicial... 05 3 Ordens de Compra Consultar Ordens de Compra... 07 4 Entregas Consultar Entregas... 13

Leia mais

MANUAL DO SERIE ALIMENTAÇÃO

MANUAL DO SERIE ALIMENTAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO SECRETÁRIO ADJUNTO DIRETORIA DE APOIO AO ESTUDANTE ASSESSORIA DE ANÁLISE E ESTATÍSTICA GERÊNCIA DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 3 SUMÁRIO 1. ACESSO... 05 1.1 Alterar

Leia mais

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I.

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. MILI S.A. - D.T.I. Índice 1 ACESSANDO O PORTAL IPEDIDOS... 3 1.1 Login...5 1.2 Tela Principal, Mensagens e Atendimento On-line...6 2 CADASTRAR... 10 2.1 Pedido...10

Leia mais

DIVISÃO DE QUALIDADE DE VIDA

DIVISÃO DE QUALIDADE DE VIDA DIVISÃO DE QUALIDADE DE VIDA Seleção de projetos culturais Orientações gerais para uso do sistema online MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE CAPTAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS ONLINE DO SESI-SP O SESI-SP na área

Leia mais

Prestação de Contas Eletrônica

Prestação de Contas Eletrônica TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MANUAL DO USUÁRIO Prestação de Contas Eletrônica TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2/17 Sumário 1- ACESSO... 3 2- TELA DE INÍCIO... 4 3- CADASTRAMENTO...

Leia mais

Instruções para Emissão de boleto de anuidade:

Instruções para Emissão de boleto de anuidade: 1 Instruções para Emissão de boleto de anuidade: Este roteiro tem por finalidade orientar os inscritos na emissão de boletos de anuidades. Está estruturado da seguinte forma: A) Acesso ao sistema; B) Gerar

Leia mais

Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009

Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009 Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009 GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DA ESCOLA PASSO A PASSO DA UTILIZAÇÃO DO SIGE ESCOLA 2009 1. PARA ACESSAR O

Leia mais

Manual do Sistema de Trâmite de Processos da UFMT

Manual do Sistema de Trâmite de Processos da UFMT Manual do Sistema de Trâmite de Processos da UFMT Sumário OBJETIVO...2 INFORMAÇÕES...3 GRUPOS...4 OPERAÇÃO COM PROCESSOS E OFICIOS...5 USUÁRIOS...6 ACESSO...7 1º ACESSO...8 TELA INICIAL DO ACESSO...9 MENU:

Leia mais

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos. Versão 1.0.1.0

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos. Versão 1.0.1.0 Padrão ix Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos Versão 1.0.1.0 Copyright 2000-2013 Padrão ix Sistemas Abertos Ltda. Todos os direitos reservados. As informações contidas

Leia mais

AR PDV SOLUÇÕES AR CONSULTORIA EM INFORMÁTICA

AR PDV SOLUÇÕES AR CONSULTORIA EM INFORMÁTICA 1 Sumário: 1. AR PDV...02 2. Registro / Login...03 3. Configuração...03 4. Abertura de Caixa...03 5. Registro de Vendas...04 a. Passos para Emissão do Cupom Fiscal...05 b. Inserindo Produtos...06 c. Formas

Leia mais

Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital

Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital Funcionários Página 1 de 12 O cadastro de funcionários permite cadastrar o usuário que vai utilizar o SIGLA Digital e também seus dados pessoais.

Leia mais

UnionWeb Condominium

UnionWeb Condominium UnionWeb Condominium Esse manual contém explicações técnicas de configuração e manutenção administrativa. Não deve ser repassado para moradores, é para utilização da Administradora ou responsável para

Leia mais

Monitor de Comercialização Ofertante. Última Atualização 12/11/2015

Monitor de Comercialização Ofertante. Última Atualização 12/11/2015 Monitor de Comercialização Ofertante MT 43-1-00015-0 Última Atualização 12/11/2015 Índice I Como acessar um Leilão II Informações básicas III Anexos IV Como inserir subitens V Emissão de Relatórios VI

Leia mais

Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia

Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia 1 Acessar o endereço: http://facgtounafisco.facilinformatica.com.br 1.2 - Será exibida a página abaixo, selecionar o Tipo de acesso (Clínica (CNPJ) e/ou

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Sumário: Tópico: Página: 2 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo:

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: GUIA DE ORIENTAÇÃO 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: 1.1 - ACESSAR O SITE DA PREFEITURA: 1.2 - CLICAR NA OPÇÃO: SERVIÇOS >> NOTA FISCAAL ELETRÔNICA 1.3 - Aguarde carregar

Leia mais

Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno

Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno Índice 1 Acessando o Portal... 2 1.1 Verificação do Browser... 2 1.2 Entre em contato... 3 1.3 Portal Autenticado... 5 2 Meus Cursos... 6 2.1 Matriculando-se em

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Novo Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador no atendimento aos beneficiários

Leia mais

- Nota Fiscal Eletrônica -

- Nota Fiscal Eletrônica - Manual Portal de Clientes e Transportadores - Nota Fiscal Eletrônica - ÍNDICE. INTRODUÇÃO 3. OBJETIVO 3.2 ABRANGÊNCIA 3 2. FUNCIONALIDADES 3 2. CADASTRO DE CLIENTES NO PORTAL 3 2.2 CONSULTA NOTAS FISCAIS

Leia mais

PASSO A PASSO PARA INSCRIÇÃO NO EDITAL PROIC 2015/2016

PASSO A PASSO PARA INSCRIÇÃO NO EDITAL PROIC 2015/2016 PASSO A PASSO PARA INSCRIÇÃO NO EDITAL PROIC 2015/2016 1. Acessar o sistema por meio do link, preferencialmente pelo navegador Internet Explorer ou Google Chrome: https://www.sibolweb.unb.br/sibolweb/fronteira/formlogin.aspx.

Leia mais

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo Manual de Orientação de Cadastramento On-Line Sistema Segundo Tempo - Convênios Cadastro de Núcleo O Cadastro de Núcleo só poderá ser efetuado mediante a senha de Coordenador-Geral. Acesso ao Sistema:

Leia mais

Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI

Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI Documentação de Sistemas Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI Módulo de Protocolo Versão 1.17.0 Última revisão: 26/11/2015 2015 REITORA Ulrika Arns VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DO ESPORTE E DO TURISMO JOGOS OFICIAIS DO PARANÁ / 2015.

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DO ESPORTE E DO TURISMO JOGOS OFICIAIS DO PARANÁ / 2015. JOGOS OFICIAIS DO PARANÁ / 2015. MANUAL DE ORIENTAÇÕES MÓDULO DE CADASTRAMENTO DE ATLETAS 1º PASSO DOWNLOAD DO MÓDULO DE CADASTRAMENTO 1. Entrar no Site Oficial dos Jogos Escolares do Paraná, na aba INSCRIÇÕES

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS BÁSICOS DO USUÁRIO VITORIA/ES 2013. Página 1 de 18

MANUAL DE PROCEDIMENTOS BÁSICOS DO USUÁRIO VITORIA/ES 2013. Página 1 de 18 MANUAL DE PROCEDIMENTOS BÁSICOS DO USUÁRIO VITORIA/ES 2013 Página 1 de 18 Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL DEFINIÇÃO O Gal é um sistema informatizado desenvolvido para os laboratórios de Saúde

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Julho -2012 Conteúdo Sumário... 2... 3 Consultar Registros... 4 Realizar Atendimento... 9 Adicionar Procedimento... 11 Não Atendimento... 15 Novo Atendimento... 16 Relatórios Dados Estatísticos...

Leia mais

Juiz de Fora, Maio de 2015

Juiz de Fora, Maio de 2015 GUIA DE INSCRIÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Juiz de Fora, Maio de 2015 Apoio: SHA ACN 00031/11 Para iniciar a inscrição do projeto, o usuário deverá acessar o link: inovare.ifsudestemg.edu.br e clicar em

Leia mais

Themis Serviços On Line - Publicações

Themis Serviços On Line - Publicações Nome do documento Guia do Usuário Themis Serviços On Line - Publicações Sumário Introdução:... 3 1 - Cadastro dos Usuários do Themis Serviços On Line:... 3 2 - Acesso ao Sistema Themis Serviços On Line:...

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Manual Cartão SUS Manual de Operação Julho/2011 Conteúdo Sumário...

Leia mais

1.2.1. Legislação referente ao Patrimônio Cultural Brasileiro

1.2.1. Legislação referente ao Patrimônio Cultural Brasileiro O CNART Bem vindo(a) ao CNART! Este sistema foi desenvolvido pelo IPHAN para registrar os negociantes e agentes de leilão que comercializam objetos com valor histórico e artístico no país. Apresentamos,

Leia mais

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Ambiente de Comunidades - Manual para Administradores do Sistema - Atualizado em 04/04/2011 LISTA DE FIGURAS FIGURA 1 PÁGINA DE ACESSO AO SIGRA... 7 FIGURA

Leia mais

Passo-a-passo Oi Torpedo Empresa

Passo-a-passo Oi Torpedo Empresa Passo-a-passo Oi Torpedo Empresa Índice Logando no Oi Torpedo Empresa...2 Termo de Adesão ao Serviço...5 Página de Entrada no Oi Torpedo Empresa...6 Cadastramento de Usuário (Funcionalidade Somente Disponível

Leia mais

O QUE É A CENTRAL DE JOGOS?

O QUE É A CENTRAL DE JOGOS? O QUE É A CENTRAL? A Central de Jogos consiste de duas partes: Um site na Internet e um programa de computador (Central) que deve ser instalado em sua máquina. No site www.centraldejogos.com.br, você pode

Leia mais

MANUAL PARA REALIZAÇÃO DE PRÉ- MATRICULA ATRAVÉS DE CHAMADA PÚBLICA

MANUAL PARA REALIZAÇÃO DE PRÉ- MATRICULA ATRAVÉS DE CHAMADA PÚBLICA Este é um manual, com breves instruções no intuito de auxiliar os pais e/ou responsáveis durante o processo de pré-matricula realizado através do procedimento de Chamada Pública, via internet. 1. Início

Leia mais

1. Inclusão de usuário a. Acesse o link http://186.202.71.188 b. Cadastrar novo usuário

1. Inclusão de usuário a. Acesse o link http://186.202.71.188 b. Cadastrar novo usuário 1. Inclusão de usuário a. Acesse o link http://186.202.71.188 b. Cadastrar novo usuário c. Preencha os dados i. Usuário: coloque qualquer usuário que queira, porém prefira dados sem acentos ou espaços;

Leia mais

Manual de Treinamento Serviços de Manutenção Ticket Car. Operações via POS/TEF

Manual de Treinamento Serviços de Manutenção Ticket Car. Operações via POS/TEF Manual de Treinamento Serviços de Manutenção Ticket Car Operações via POS/TEF Cartão Ticket Car CIU - Cartão de Identificação do Usuário ÍNDICE Operações com o Cartão Ticket Car... 04 POS Ticket Car :

Leia mais

Guia Rápido. Sistema de Cobrança - Beneficiário

Guia Rápido. Sistema de Cobrança - Beneficiário GuiaRápido SistemadeCobrança-Beneficiário GR SistemadeCobrança Beneficiário Índice 1 Introdução... 4 2 Público Alvo... 4 3 Pré-Requisitos... 4 4 Acessando o Sistema de Cobrança... 5 5 Cadastro... 6 5.1

Leia mais

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas 2013 Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas Cris Podologia 1 Conteúdo 1) Cadastro... 3 2) Agendamento... 8 3) Atualização e Complemento do Cadastro... 13 a) Perfil... 15 b) Endereço... 15 4) Recuperação

Leia mais

As pessoas jurídicas deverão promover a solicitação de mais de um cadastramento. O qual deverá ser realizado em duas etapas:

As pessoas jurídicas deverão promover a solicitação de mais de um cadastramento. O qual deverá ser realizado em duas etapas: CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Versão 1.0 Atualizado em 16/01/2012 APRESENTAÇÃO Este manual apresenta a estrutura e a forma de utilização do módulo Cadastro eletrônico de Contribuintes CeC, o

Leia mais

Prefeitura Municipal de Sete Lagoas Secretaria de Planejamento Orçamento e Tecnologia Subsecretaria de Tecnologia da Informação

Prefeitura Municipal de Sete Lagoas Secretaria de Planejamento Orçamento e Tecnologia Subsecretaria de Tecnologia da Informação Tutorial para abertura de chamado Este sistema foi personalizado, instalado e configurado pela equipe da. O objetivo desta implantação é informatizar os registros de atendimento de suporte técnico para

Leia mais

procedimentos para vendas no Gestão orçamento

procedimentos para vendas no Gestão orçamento GESTÃO ORÇAMENTO LOJA procedimentos para vendas no Gestão orçamento 1 ÍNDICE Pag 1 - Gravação De Orçamento Em DINHEIRO 3 1.1 - Desconto De Verba 4 1.2 - Semaforo De Lucratividade 6 2 - Gravação De Orçamento

Leia mais

PROCEDIMENTO DO CLIENTE

PROCEDIMENTO DO CLIENTE PROCEDIMENTO DO CLIENTE Título: Manual da Loja Virtual. Objetivo: Como anunciar produtos e acompanhar as vendas. Onde: Empresa Quem: Cliente Quando: Início Através deste manual, veremos como anunciar e

Leia mais

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR PLANO DE TRABALHO PROVAB

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR PLANO DE TRABALHO PROVAB PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR PLANO DE TRABALHO PROVAB Brasília/DF, 14 março de 2016. 1 APRESENTAÇÃO Prezado(a) Coordenador(a) participante do PROVAB:

Leia mais

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 -

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 - Guia do Usuário idocs Content Server v.2.0-1 - 2013 BBPaper_Ds - 2 - Sumário Introdução... 4 Inicializando a aplicação... 6 Ambiente... 7 Alterando o ambiente... 8 Senhas... 10 Alterando senhas... 10 Elementos

Leia mais

MANUAL SISTEMA NFS-e

MANUAL SISTEMA NFS-e MANUAL SISTEMA NFS-e SUMARIO Tela Inicial NFe 03 Efetuar Login 1º Acesso Caso não possua Usuário e/ou Senha 03 Efetuar Login 1º Acesso Possuindo o Usuário e Senha 04 Primeira Tela 05 Menu de Opções 05

Leia mais

BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO

BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO BAURU 2015 2 BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO Manual do usuário apresentado para auxiliar no uso do sistema SisPon. BAURU 2015 3 SUMÁRIO 1 Instalação... 5 1.1 Sispon...

Leia mais

MANUAL WEBDRIVE. webdrive.whirlpool.com.br

MANUAL WEBDRIVE. webdrive.whirlpool.com.br MANUAL WEBDRIVE webdrive.whirlpool.com.br 1 Sumário 1. O Webdrive p. 04 2. Acessando o sistema p. 04 2.1 Esqueci minha senha 2.2 Página principal 2.3 Efetuar logoff 2.4 Criar e alterar Usuários 2.5 Criar

Leia mais

Futura Mobile (Lixeira)? MOB05

Futura Mobile (Lixeira)? MOB05 Como Excluir Pedidos do Futura Mobile (Lixeira)? MOB05 Sistema: Futura Mobile Menu: Lixeira Referência: MOB05 Como Funciona: Este botão é utilizado para excluir pedidos, lista de impressão e reposições

Leia mais

Baixa Boletos de Locação - Sami ERP++

Baixa Boletos de Locação - Sami ERP++ Baixa Boletos de Locação - Sami ERP++ 1. Baixa Manual de Boletos 1.1. Recebimentos Doc s - Caixa Acesse o módulo TERMINAL DE CAIXA/ CAIXA/ ABERTURA DE CAIXA/ LOCAÇÃO LANÇAMENTOS AUTOMÁTICO/ RECEBIMENTOS

Leia mais

DIVISÃO DE PATRIMÔNIO

DIVISÃO DE PATRIMÔNIO DIVISÃO DE PATRIMÔNIO 1.0 Como Acessar: Primeiramente você deve acessar a intranet UFPR : www.intranet.ufpr.br. Nessa Tela você deve clicar em entrar Então será redirecionado a tela de Login, entre com

Leia mais

Portal de Compras. São José do Rio Preto

Portal de Compras. São José do Rio Preto Portal de Compras São José do Rio Preto Sumário DÚVIDAS GERAIS...2 PREGÃO ELETRÔNICO... 4 EMPRO Empresa Municipal de Processamento de Dados 1 DÚVIDAS GERAIS 1.O que é o Fluxograma das Etapas? Resposta:

Leia mais

1 - Acessando o sistema de preenchimento

1 - Acessando o sistema de preenchimento Manual simplificado para preenchimento da ART Online Res. 1.025/2009 do Confea. 1 - Acessando o sistema de preenchimento Acesse o site www.crea-go.org.br no centro da página inicial, na identificação ART

Leia mais

RESERVAR MANUAL SISTEMA DE RESERVAS DE SALAS INFORMATIZADAS

RESERVAR MANUAL SISTEMA DE RESERVAS DE SALAS INFORMATIZADAS RESERVAR MANUAL SISTEMA DE RESERVAS DE SALAS INFORMATIZADAS Faculdades Integradas do Brasil www.unibrasil.com.br 1 Sumário 1 INTRODUÇÃO...3 2 ÁREA DE ACESSO PÚBLICO...4 2.1 VISUALIZAÇÃO E NAVEGAÇÃO POR

Leia mais