MBA GESTÃO DE NEGÓCIOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MBA GESTÃO DE NEGÓCIOS"

Transcrição

1 José Eustáquio de Faria Junior MBA GESTÃO DE NEGÓCIOS INFOCAR Belo Horizonte, 1 semestre 2011 RUA TOMÉ DE SOUZA, Sobre Loja - Savassi - CEP BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS FONE (31) FAX (31) Internet -

2 José Eustáquio de Faria Junior INFOCAR Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de MBA Gestão de Negócios do Instituto de Educação Tecnológica (IETEC), como requisito parcial à obtenção do título de especialista em Gestão de Negócios. Orientador: Wilson Luiz Martins Leal Abril /

3 Sumário 1 - INTRODUÇÃO VISÃO GERAL DA EMPRESA Caracterização Visão e Objetivo Estratégico Descrição do Negócio Produtos e Serviços Perspectivas Futuras e Problemas Estrutura e Pessoal Tipo de sociedade Localização Tipos de registros mantidos Serviços terceirizados (informática, pessoal, comercial, cobrança) A ANÁLISE SWOT Avaliação do Negócio e da Concorrência PLANO DE MARKETING Mercado-alvo Métodos de distribuição Promoção Preço Posicionamento PESSOAL Política de Pessoas Recrutamento e seleção Acompanhamento e movimentação Administração de salários e benefícios Avaliação de desempenho: Treinamento e desenvolvimento: Segurança no trabalho SUPRIMENTOS PRODUÇÃO CUSTOS ANÁLISE FINANCEIRA Finanças BIBLIOGRAFIA ANEXO 01 - Capa do Plano de Negócios... Erro! Indicador não definido. ANEXO 02 - Autorização de Divulgação do Plano de Negócios

4 1 - INTRODUÇÃO Plano de negócio é um documento com o objetivo de estruturar as principais idéias e opções que o empreendedor analisará para decidir quanto à viabilidade da empresa a ser criada. Um projeto ou empreendimento pessoal ou corporativo pode ser estruturado e administrado de diversas maneiras, mas para se conseguir buscar capital ou recursos com investidores, bancos ou outros órgãos de fomento, ou até mesmo convencer outros parceiros a investir na sua idéia, colocar na ponta do lápis o plano de negócios passa é fundamental. Um Plano de Negócios é basicamente um instrumento de planejamento, no qual as principais variáveis envolvidas em um empreendimento são apresentadas de forma organizada. O Plano de Negócios faz parte de nosso cotidiano empresarial, e quando se fala em um novo empreendimento, para que o mesmo tenha maiores chances de sucesso, o Plano de Negócios é o primeiro passo a ser dado. Atualmente o nível de tecnologia disponível para veículos é muito baixa. No mercado atual, existem GPS, sistemas de som que podem ser integrados ao celular e computadores de bordo, e diversos aparelhos separados e sem integração. A Infocar propõe uma solução para isto, ou seja, a criação de um produto, o CARPC, que é literalmente levar um computador pessoal para dentro de seu veículo, a baixo custo, e acessível à grande parte da população. O produto a ser oferecido terá uma interface amigável, sendo este item prioridade na elaboração do produto, e contará com todo o controle do carro (informações da central eletrônica do carro), sistema de navegação por GPS, sistema de som integrado com celular, além de capacidade de armazenamento de músicas, fotos, filmes, etc... Com a visão acima, e visto que o mercado não dispõe de produtos similares, surge à proposta para a criação deste produto. 4

5 2 - VISÃO GERAL DA EMPRESA Caracterização Nome Comercial da Empresa: Infocar Razão Social: Infocar Comércio e Serviços Ltda. Ramo de atividade: Comércio e indústria de produtos eletrônicos e serviços de informática Endereço e CEP: Rua João Calvino, 385 S. João Batista BH CEP: Telefone, Fax, (31) Nome, qualificação e cargo dos principais diretores da empresa: Nome Função Descrição José Eustáquio de Faria Junior Sebastião Gomes da Silva Junior Patricia Abreu Falcão de Faria Diretor de Operações Responsável pela empresa. Gerente Comercial Responsável pela parte comercial e de vendas, acompanhamento da satisfação e qualidade dos produtos. Gerente de Relacionamento Responsável pelo atendimento a clientes e resposta a solicitações por . Controlará departamento de RH e Finanças em conjunto com Diretor de Operações. Período coberto pelo plano: 5 (cinco) anos até a venda a uma grande montadora de automóveis (2012,2013,2014,2015 e 2016) 5

6 2.2 - Visão e Objetivo Estratégico VISÃO Oferecer entretenimento e controle de seu veículo através de equipamento de informática de alta tecnologia. MISSÃO Disponibilizar alta tecnologia a baixo custo, com uma interface amigável, visando oferecer ao cliente um maior controle sobre seu veículo, além de entretenimento com internet, som e imagem integrados OBJETIVO ESTRATÉGICO Tornar-se referência no mercado para equipamento de informática para carros, e em um prazo de cinco anos, vender o negócio para uma grande montadora, para que a mesma inclua o equipamento CarPC nos carros que saem da linha de montagem. OBJETIVO GERAL Fortalecer o produto tecnologicamente, segmentar o mercado para melhor conhecimento das necessidades dos clientes e estabelecer estratégias de crescimento com foco específico de ampliar a divulgação do produto, até a sua venda a uma montadora. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Área Financeiro Comercial Industrial Marketing Pessoal Objetivos Trazer retorno financeiro ao acionista Aumentar as vendas de produtos e divulgar o mesmo para que o mesmo gere interesse em montadoras em um prazo de até 5 (cinco) anos. Manter-se atualizado tecnologicamente e manter os custos reduzidos para ser competitivo. Divulgar em lojas de acessórios e conseguir uma venda por indicação forte. Manter equipe que seja recompensada por metas cumpridas, e que esteja disposta no prazo de 5 (cinco) anos iniciar um novo projeto, em um ambiente moderno e descontraído. 6

7 Figura 1- Processo de planejamento estratégico Descrição do Negócio A Infocar nasceu de uma idéia resultante do baixo nível de tecnologia disponível para veículos. Os carros atuais contam apenas com sistemas de painel de bordo com informações simples, como tempo de viagem, distância percorrida e consumo de combustível, mas muito aquém das realidades tecnológicas atuais. Temos a impressão de que os carros do mercado nacional brasileiro estão a anos luz de distância de modelos similares na Europa e Estados Unidos, fato que se deve principalmente a falta de iniciativa das montadoras para este segmento, que tem grande potencial de crescimento. Hoje é difícil imaginarmos nossa vida sem um computador, e se voce puder ter esta comodidade em seu veículo, seria um grande diferencial. Com este pensamento, a Infocar propõe uma solução para isto, ou seja, a criação de um produto, o CARPC, que é literalmente levar um computador pessoal para dentro de seu veículo. O computador seria importado/comprado desmontado, e a montagem e instalação de software seria realizada pela Infocar. Além disto, está sendo estudada a viabilidade de se também oferecer produtos exclusivos, como por exemplo, um GPS 7

8 integrado que informa a situação do tráfego nas capitais no exato momento. Ou seja, ao ligar seu carro, o sistema é inicializado e em alguns minutos voce tem a situação das principais avenidas da cidade, tendo este serviço uma pequena taxa mensal. Desta forma esperamos aumentar a motivação de compra dos clientes, oferecendo um produto mais acessível (preço mais baixo) e com melhores características (mais benefícios), eliminando barreiras de aquisição, não tendo custos de adoção elevados, troca ou adaptação (facilidade de uso), e prioritariamente deve ser fácil de encontrar (facilidade de aquisição). Localização A fábrica será localizada no bairro São João Batista, em Belo Horizonte, que é um bairro da região de Venda Nova de Belo Horizonte. O bairro pode ser dividido em duas partes: parte alta (acima da Avenida João Samaha e parte baixa, onde se localiza a vila São João Batista. Tem uma extensão compreendida entre o Parque Lagoa do Nado até as proximidades da Auto Escola Verona pelo lado esquerdo, do bairro Santa Monica até a UPA Venda Nova; paralelamente do começo da Rua Padre Pedro Pinto até a estação BHBUS Venda Nova; da Estação Venda Nova até os limites dos bairros Rio Branco e Santa Monica. Principais vias de acesso Avenida Pedro 1º Avenida Vilarinho Avenida João Samanha Avenida Érico Veríssimo Avenida Dr. Álvaro de Camargo (antiga Av. 12 de outubro) Principais vias de acesso O bairro possui uma das maiores mansões da região de Venda Nova, a Bela Casa. Também conta com um Supermercado EPA, lojas, postos de gasolina, escolas municipais, estaduais e particulares. Serviços de Ônibus São João Batista / Centro 2210A - Rio Branco / Centro 2210B - Jd. Leblon / Centro 2210C - Piratininga / Centro S63 e S64 - Circulares Venda Nova 8

9 S65 - São Bernardo/ Minas Caixa S60 - Circular/ Ceu Anil Serra Verde / Santa Monica e várias outras que atendem a Avenida Dom Pedro I. Figura 02- Foto aérea do local da empresa Produtos e Serviços Indústria de montagem de computadores para carro (CarPC) e desenvolvimento da interface gráfica (software). Serviços de venda de sistema de informação de produto, com prestação de serviços negociados em contrato. 9

10 2.4.1 Processo de produção Início Compra do material Prazo de entrega 48hs Substituição mercadoria e feedback fornecedor Conferição e separação dos materiais Não Produto ok? Até 36hs Sim Montagem CarPC Prazo de montagem 1hs Análise de falha e lição aprendida Instalação Software CarPC Prazo de instalação 1hs Não Teste produto Prazo de teste 1hs Sim Embalagem e envio para o cliente Até 48hs Figura 03- Processo de produção 10

11 Detalhamento do processo de produção O processo de produção das duas versões do CarPC é bastante simples. Os produtos têm características diferentes em termos de qualidade e especificação dos itens a serem utilizados, devido principalmente a diferença de preço. Abaixo segue tabela de componente das duas versões e preços estimados: Item R$ CarPC Top R$ Car PC Xtreme Gabinete Mini ITX com Placa Mãe e processador ATOM, a placa tem som 5.1 canais, ou seja, dá pra fazer o Surround do carro muito fácil, ligando direto no módulo. R$ 290,00 R$ 100,00 Fonte: Aqui encontramos um problema. É quase mais cara que o Gabinete com placa e processador Monitor Retrátil: Dependendo do carro, não haverá muito espaço no painel para colocar um monitor, além disso, seria necessário quebrar metade do painel, e refaze-lo inteiro para instalar o som, sem perder os controles do ar condicionado, faróis de neblina e outros. Por isso, foi selecionado monitor retrátil HD e Memória: HD de 2TB são suficientes para armazenar toda sua discoteca no carro, isso mais filmes, jogos. Para nossa realidade, a buraqueira das ruas exige um SSD que é um pouco mais caro. R$ 250,00 R$ 890,00 R$ 350,00 R$ 150,00 R$ 249,00 R$ 150,00 Cabos: Cabos IDE, Cabos RCA e Cabos de alimentação. R$ 50,00 R$ 50,00 OPCIONAIS: Chicotes USB : portas USB disponíveis caso queira adicionar mais músicas no seu Carpc. R$ 40,00 R$ 40,00 Webcams: As Webcams servem como visão noturna para o carro (útil em dias de neblina) e como câmeras de ré (útil para mulheres). R$ 150,00 R$ 35,00 Adaptador Wifi: Para sincronizar com outros aparelhos dentro do carro. R$ 45,00 11

12 Modem 3G: Para baixar mapas da Internet e receber tweets. Cliente Cliente Adaptadores ODB. Esses adaptadores servem para levar informações do carro até o painel do computador. São úteis para quem conhece um pouco de mecânica e quer saber exatamente o que acontece com o carro. R$ 65,00 R$ 65,00 Mini Teclado Para instalar dentro do porta luvas R$ 35,00 R$ 35,00 Mini Mouse Para fazer as configurações e usar em caso de pane. R$ 15,00 R$ 15,00 Receptor GPS: padrão R$ 125,00 R$ 75,00 TOTAL GERAL R$ 2.305,00 R$ 964,00 Nota-se que os materiais base dos produtos são idênticos, mas com características de qualidade e preço diferentes. Desta forma o ponto chave é um bom controle e separação na inspeção de recebimento dos materiais. Desta forma será dada grande importância no recebimento e armazenamento da matéria prima. Fornecedores A escolha dos fornecedores será criteriosa. Como trabalharemos com a política de estoque zero, é fundamental ter todos os recursos otimizados e com a cadeia produtiva nos atendendo perfeitamente. Os fornecedores de produtos e serviços serão selecionados, monitorados e melhorados por meio de requisitos especificados, envolvendo qualidade, entrega, assistência técnica e custo. Os fornecedores são selecionados com base nos seguintes critérios: histórico, controle do processo, auditoria do local, auto-avaliação,inspeção e ensaio do produto, histórico de desempenho, confiabilidade, maneabilidade e outros que se fizerem pertinentes. Será mantido um registro do desempenho dos fornecedores. 12

13 Recepção, inspeção e armazenamento matéria prima As matérias primas serão inspecionadas no recebimento, para se verificar avarias ou transporte inadequado. Os materiais de produção serão identificados existindo, portanto, uma trilha de auditoria desde o material que entra na empresa até a entrega ao cliente ou até a destinação final. Como esperamos ter a média nos cinco anos 200 aparelhos por mês, com uma média diária de 7 unidades por dia, será de fácil controle e rastreabilidade dos mesmos. Serão desenvolvidos procedimentos para o manuseio, para o armazenamento, para a embalagem e para a entrega dos materiais. Será importante assegurar que os materiais não sejam danificados durante o ciclo de produção. Se houver necessidade poderemos criar padrões que detalhem requisitos especiais de manuseio. As matérias primas estocadas deverão ser armazenadas de forma correta, e o pessoal será treinado sobre a manutenção de condições ambientais adequadas, principalmente por se tratar de equipamentos de informática, muito sensíveis a impactos ou outros tipos de esforços mecânicos. Na expedição, serão definidos caixas e proteções que permitam que o produto chegue sem avarias ao destino final. A embalagem leva em conta o uso incorreto ou abuso de forma que os materiais continuem com suas características principais. Rastreabilidade Os produtos terão controle do lote da matéria primas utilizados, registrados em documento apropriado, para verificação e análise de problemas futuros. Serão estabelecidos e mantidos procedimentos para identificar e documentar materiais e produtos durante todo o desenvolvimento e ciclo de vida do produto. A rastreabilidade estende-se também à entrega e à instalação. 13

14 Fig. 4 Controle informatizado do processo de produção Não esperamos gargalo de produção, visto que a equipe está sub-dimensionada para a produção máxima esperada, mas este processo foi calculado com coeficiente de segurança alto já com um propósito, que é o de permitir que haja mais tempos para que os funcionários possam pensar e desenvolver novos projetos. Etapa: Produtos e serviços Descrição: Serão criados dois produtos, o CarPC Top e Xtreme, sendo que os dois visam públicos diferentes, sendo o primeiro para classe média alta e o segundo para classe média baixa. A diferenciação dos produtos está nas capacidades técnicas e na qualidade das matérias primas. Este fato é comum no mercado de computadores portáteis. Tempo requerido p/ o ciclo Picos e eventuais gargalos A produção de cada peça é estimado em 3 horas, mas este tempo pode ser reduzido com o correto Just in time das matérias primas, do correto armazenamento e nas condições de trabalho. Não consideramos neste prazo a embalagem e envio ao cliente, pois como metodologia poderão ser criados alternativas de embalagem, como por exemplo fornecer os produtos fora da caixa já acomodados em uma caixa retornável por exemplo. Os possíveis gargalos se referem ao fornecimento da matéria prima e ao aumento inesperado de vendas. Com os fornecedores serão criados fornecedores de emergência, caso algum fornecedor não atenda algum pedido, que terá menos burocracia na aquisição. Já na questão de aumento de vendas, o processo foi pensado de forma a deixar tempo livre para a criação de novos projetos. Esta é uma válvula de escape em caso de emergências produtivas, que estimamos em 30%. Além disto 14

15 Facilidades e dificuldades relacionadas a fornecedores Instalações físicas e equipamentos existe a possibilidade de aumentar a jornada de trabalho, aumentando em 20% a capacidade produtiva. Os fornecedores serão criteriosamente selecionados, e será criado um sistema de contingência em caso de problemas, que é um fornecedor que nos atenda em prazo de 24hs com menos burocracia. Como o mercado de informática é bastante amplo, foi verificado junto ao Sebrae um sistema de parceria de compra compartilhada, onde poderemos comprar diretamente da China produtos a preços mais acessíveis, com vantagens fiscais. Área de 120m², que servirá de escritório e para a montagem do produto. Como o espaço é reduzido, será trabalhado otimização de espaços e 5S constantemente. Não são necessárias máquinas especiais, e sim computadores modernos e internet de alta velocidade Perspectivas Futuras e Problemas Uma crescente corrente de pensamento encontra com freqüência argumentos que tendem a destacar o estágio atual de transição do modelo taylorista-fordista para novas formas de organização da produção e de gestão da mão-de-obra, a partir das transformações da estrutura produtiva e no padrão de concorrência inter-capitalista nas economias avançadas. Atualmente a globalização tem unido mercados e criados novos nichos, abertos a todos. De certo modo essa de transição seria produto da constituição de um novo formato de organização, que operaria cada vez mais em rede, adaptada as crescentes pressões do mercado e voltada para a diferenciação dos produtos, num ambiente de acirrada e desregulada concorrência. Desta forma, o Brasil como um mercado emergente, abre grandes portas no que se trata de mercado automobilísticos. Estamos tendo cada vez mais recordes de vendas de automóveis, mesmo que nossas estradas não permitam, e isso deve continuar por longo tempo, visto a política de distribuição adotada pelo governo nos últimos anos. Citamos a redução do IPI que aumentou em 30% médios as vendas de carros. Como a Infocar está associada a este ramo de mercado, podemos dizer que as perspectivas futuras são ótimas. Acreditamos que poderemos implantar nosso produto com sucesso, aumentar as vendas e criar novos mercados futuramente. O mundo hoje não é capaz de prover sua subsistência sem o aparato tecnológico, e a cada dia nos tornamos mais escravos deste pensamento. 15

16 Como empreendedores, sabemos da existência de problemas externos e internos, atuais e potenciais, que afetam a nossa atividade, sendo que devemos avaliá-los e propor uma perspectivas de ação frente aos mesmos. Externamente, podemos citar a concorrência de produtos estrangeiros e mesmo nacionais similares, pois no mundo da informática existe um jargão, nada se cria, tudo se copia. Desta forma devemos ter em mente que nosso produto não pode ficar parado no tempo, tem que evoluir o software, principalmente a interface com o usuário, para oferecer mais recursos e vantagens frente a novos concorrentes. Outro fator que pode interferir é o aumento de preços dos insumos, que pode vir a prejudicar as vendas devido ao aumento dos preços. Existem fontes e possibilidades de aquisição de matéria prima de outros fornecedores em diversos países, de forma a estabilizar o preço dos insumos. Se o caso for de alta seriedade, pode haver a mudança de foco para um produto para o público da classe A e B. Internamente, podemos ter os problemas principalmente na incapacidade de produzir novos projetos e ficarmos paralisados com o produto atual. Este fato foi amplamente discutido e considerado na linha de montagem, para que todos os funcionários possam ter tempo para pensar e desenvolver novos projetos. Em caso de incapacidade criativa, podemos contratar terceirizados, mas como última conseqüência para se evitar a morte do empreendimento. 16

17 2.6 - Estrutura e Pessoal Quadro de Funcionários Quantidade Função Descrição 1 Diretor de Responsável pela empresa. Operações 1 Gerente Comercial Responsável pela parte comercial e de vendas, acompanhamento da satisfação e qualidade dos produtos. 1 Secretária Responsável pelo atendimento a clientes e resposta a solicitações por . 3 Analista de Suporte Responsáveis pela montagem e instalação de programas no produto. 2 Analista de TI Responsáveis pela elaboração de novos softwares e modernização do produto. Áreas - chave N o de pessoal com respectiva qualificação Produção, Venda e Atendimento Nível Superior: 4 Nível Técnico: 3 Nível Médio: Tipo de sociedade A empresa terá dois sócios proprietários, José Eustáquio de Faria Junior, PMP, Engenheiro Civil, Pós Graduado em Engenharia de Produção Mineral, 30 anos, Casado. Possui grande experiência em planejamento e conta com uma certificação do PMI nas melhores práticas no gerenciamento de projetos. Ele será o Diretor de Operações. O segundo sócio proprietário é sua esposa, Patricia Abreu Falcão de Faria, Auxiliar de Enfermagem e que atuará como secretária. Cada um dos sócios terá 50% de participação. Um cargo importante será o Gerente Comercial, que será o Sr. Sebastião Gomes Junior, que tem larga experiência em vendas tendo atuado no setor de energia, vestuário e construção civil, sendo que atualmente reside em São Paulo. Devido a sua grande experiência e por conhecer bem processos de venda, o mesmo terá grande responsabilidade estratégica. O mesmo é tio do Sr. José Eustáquio A composição societária A composição societária da empresa não sofreu nenhuma alteração. Futuramente poderá ocorrer alguma alteração para ampliação do negócio, caso seja de interesse da empresa. 17

18 2.9 - Localização Características: Fluxo de pessoas, visibilidade, condições de acesso Descrição: Por se tratar de uma fábrica (não haverá contato com o público final), ele será vendido para casas de acessórios para carro e pela Internet. Tipos de vizinhanças A fábrica será em um local bastante calmo, residencial, que permite o tráfego de pequenos veículos para a distribuição (uma fiorino). Outros (infra-estrutura, possibilidades de expansão etc) A fábrica necessita de pequeno espaço, pois o produto será apenas montado no local. Nas lojas de acessórios, não há necessidade de expansão para aplicação do produto. Caso seja necessário, podem ser negociadas casas ao lado, para ampliação da empresa Tipos de registros mantidos Possui contabilidade gerencial, sendo a parte contábil terceirizada. Prevemos um controle de estoque informatizado juntamente com o fornecedor de matéria prima principal. Os controles gerenciais e de apoio à contabilidade são realizados pelo Diretor de Operações Serviços terceirizados Será utilizado software de controle criado internamente chamado Xiri, que engloba a parte de produção, controle de anormalidades, controle de estoques, gestão de entrega, além de fornecer relatórios gerencias semanais. Como as vendas são na maior parte à prazo, geralmente a grandes redes especializadas, as mesmas realizam pagamento mensal através de boleto bancário, não necessitando da existência de uma área de cobrança especifica. Poderá haver apoio de empresa de cobrança terceirizada no caso de necessidade. 18

19 3 - A ANÁLISE SWOT Ambiente Externo - Oportunidades e Ameaças Oportunidade Oportunidades identificadas e analisadas conforme quadrante quanto ao grau de atratividade e probabilidade de sucesso. A empresa pode lucrar ao atender às necessidades dos consumidores de determinado segmento. OPORTUNIDADE AVALIAÇÃO Aumento no volume de vendas de veículos. Mercado em 1 crescimento. Maior procura por acessórios de veículos 1 Ausência de produtos concorrentes 1 Continuidade da política econômica, aumentando as fontes de 3 financiamento. Aumento no número de casas de acessórios 3 No quadrante (1) verificamos que a oportunidade tem alta atratividade e alta probabilidade de sucesso. A empresa deve se empenhar para aproveitá-las. Já no quadrante (2), existe uma alta atratividade, porém uma baixa probabilidade de sucesso; No quadrante (3), existe uma baixa atratividade para a empresa, porém há uma alta probabilidade de sucesso. Neste caso, convém a empresa analisar o risco e decidir se 19

20 aproveita ou não a oportunidade apresentada nesses quadrantes. Já no quadrante (4), não há muita atratividade e probabilidade de sucesso. Isto configura uma oportunidade que não é muito interessante para a empresa Ameaça Desafio imposto por uma tendência ou desenvolvimento desfavorável que pode levar à deterioração das vendas ou lucros. AMEAÇA AVALIAÇÃO 1 Baixa divulgação do produto Aumento das restrições de trânsito 2 Entrada de produtos similares no mercado 1 No quadrante (1), a ameaça é gravíssima, e a probabilidade de ocorrência também é alta. Convém que a empresa trabalhe de forma a neutralizá-la. Já nos quadrantes (2) e (3), os riscos das ameaças devem ser estudados a fim de se decidir se haverá uma ação no sentido de neutralizá-la ou não. No quadrante (4), a ameaça é pouca, isto é, baixa gravidade ou probabilidade de ocorrência. Pode-se ignorá-la. 20

21 3.1 - Avaliação do Negócio e da Concorrência Por se tratar de um produto único, que ainda não existe no mercado, citarei os concorrentes diretos mais próximos, ou seja, produtos de menor valor com menos funções. Concorrente A: Shopping Oiapoque Aspecto analisado: Nome do concorrente Shopping Oiapoque Descrição: Localização Produtos e serviços oferecidos Métodos de Distribuição Imagem Estratégia de comunicação adotada Qualidade dos produtos e dos serviços Estratégia de preços Rua Oiapoque, Nº 156, Centro GPS 5599 Midi c/ TV Digital ( Tela 5" ) GPS 5599 Midi c/ TV Digital ( Tela 5" ) GPS TV Digital Bluetooth (Sistema Viva Voz para celulares) Transmissor de Áudio via FM CPU:468MHZ RAM:64MB(DDR2) 5.0" 16,9 TFT DISPLAY TOUCH SCREEN BATERIA LITHION RECARREGAVEL MP3 (Músicas) e MP4 (Vídeos) 2 GB de memória Interna Visualizador de Imagens e Sistema Porta Retrato Digital Suporte Veicular e Base para Mesa Cabo para alimentação Veicular e Residencial Cabo USB para alimentação e atualização Venda direta ao varejo no laço. Comparada a 25 de Março em São Paulo, preço baixo e risco alto. Gritos e indicações Sem garantia ou garantia mínima. Produtos importados China. Péssima qualidade geralmente. Menor preço 21

22 Histórico e desempenho empresarial Altos e baixos, variando com a cotação do dólar Participação de mercado (número, tipo e localização dos clientes) Forças Fraquezas Alto para classes C e D. Preço e localização. Qualidade questionável, sem garantia e não fazem instalação. Concorrente B: Mercado Livre Aspecto analisado: Descrição: Nome do concorrente Mercado livre Localização Produtos e serviços oferecidos Métodos de Distribuição Imagem Estratégia de comunicação adotada Qualidade dos produtos e dos serviços Estratégia de preços Histórico e desempenho empresarial Participação de mercado (número, tipo e localização dos clientes) Carputer Computador No Carro. Gabinete importado especial automotivo (menor que um módulo de som). Placa mãe com processador integrado de alta performance dual core. Fonte com controle Inteligente de desligamento, suporta ruídos e interferências. Memória 2gb. Hd 500gb. Venda através da internet e entrega via correio, ou seja, sem instalação. Maior site de venda da América Latina Divulgação no site através de pesquisa do usuário Garantia mínima e com os riscos inerentes a não entrega pelo fornecedor, perda nos Correios, demora na entrega, etc... Preços altos Altos e baixos, variando com a cotação do dólar, visto que o produto é importado. Alto, para classes A e B. 22

23 Forças Fraquezas Preço, facilidade na aquisição e baixo custo do vendedor, pois geralmente é só um atravessador. Garantia é mínima, riscos na compra via internet, demoras na entrega, não fornece instalação. Concorrente C: Lojas de Acessórios Diversas (em exemplo loja Equipar Acessórios) Aspecto analisado: Descrição: Nome do concorrente Equipar Accessories Localização Produtos e serviços oferecidos Métodos de Distribuição Imagem Av. Bias Fortes, 1187, Lourdes - Belo Horizonte, MG Central Multimídia Caska. DVD Player, Navegador GPS IGO8 3D c/ 1369 cidades mapeadas / 311 auditadas, Menus e orientação por Voz em português Brasileiro, Reproduz DVD/DVD- R/DVD-RW/VCD/CD/CD-R/MP3/MP4/Divx/Jpeg/Gigamp3(DVDmp3, Função Dual zone - Você pode ouvir musica, ou assitir DVD enquanto navega no GPS ou vice-versa, Tela touch screen 7 widescreen TFT cores (alta definição de imagem), Entradas USB (pendrive,mp3) e 2slots SD Card (cartao de memória) Fornecimento pela loja de acessório, com instalação. As lojas de acessório são os principais fornecedores de novos produtos para carros, e são o principal canal junto ao cliente final. Estratégia de comunicação adotada Indicação de vendedores e de pessoas de confiança. Qualidade dos produtos e dos serviços Estratégia de preços Histórico e desempenho empresarial Existe garantia do produto de 1 ano, e como a instalação é feita na loja o serviço também é garantido. Preços altos para produtos mais completos, mesmo GPS mais simples podem ter preços altos dependendo da localização da loja. São os principais fornecedores de acessórios para veículos. Concentram 95% das vendas de acessórios, pois a instalação é fator fundamental nas vendas. 23

24 Participação de mercado (número, tipo e localização dos clientes) Forças Alto, para classes A, B e C. Atendimento, instalação, garantias, olho no olho com o cliente, confiança. Fraquezas Concorrência entre as lojas, possibilidade de não atendimento correto ao cliente, não oferecimento correto de produtos aos clientes. Avaliação da Concorrência Itens Avaliados: INFOCAR: Concorrente A Shopping Oiapoque Concorrente B Mercado Livre Concorrente C Lojas de Acessórios Crescimento de vendas ( 3 ) ( 4 ) ( 3 ) ( 3 ) Participação de mercado ( 3 ) ( 4 ) ( 2 ) ( 5 ) Distribuição ( 4 ) ( 3 ) ( 2 ) ( 4 ) Tamanho da equipe de vendas ( 4 ) ( 5 ) ( 5 ) ( 3 ) Efetividade da equipe de ( 4 ) ( 3 ) ( 4 ) ( 3 ) vendas Preço ( 5 ) ( 5 ) ( 3 ) ( 5 ) Propaganda ( 3 ) ( 1 ) ( 5 ) ( 2 ) Sortimento de produtos ( 2 ) ( 3 ) ( 5 ) ( 4 ) 4 - PLANO DE MARKETING Mercado-alvo Pessoas jovens, que querem produtos de informática para melhorar o seu dia a dia, este é o mercado alvo da Infocar. O mercado alvo compõe-se de consumidores de todas as classes sociais, que possuam veículos automotores e que querem mais conforto e praticidade em seu dia a dia. O mercado já dispõe de diversos produtos, mas nenhum que tenha todos os recursos de um autêntico computador pessoal. Estes produtos têm valor mais baixo, e é importante ressaltar, que a entrada em um mercado, já de certa forma ocupado por concorrentes com preços mais baixos, mesmo sendo produtos distintos, vai requerer estratégias bem definidas, e principalmente, demonstrar sua qualidade e benefícios em relação aos concorrentes. 24

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1 BUSINESS GAME UGB Eduardo de Oliveira Ormond Especialista em Gestão Empresarial Flávio Pires Especialista em Gerencia Avançada de Projetos Luís Cláudio Duarte Especialista em Estratégias de Gestão Marcelo

Leia mais

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS 1. Sumário Executivo Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso 2. Sumário da Empresa 2.1 Composição da Sociedade Perfil Individual dos sócios, experiência, formação, responsabilidades

Leia mais

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS BUSINESS GAME UGB VERSÃO 2 Luís Cláudio Duarte Graduação em Administração de Empresas APRESENTAÇÃO (DADOS DE IDENTIFICAÇÃO) O Business Game do Centro Universitário Geraldo Di Biase (BG_UGB) é um jogo virtual

Leia mais

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Toda empresa privada deseja gerar lucro e para que chegue com sucesso ao final do mês ela precisa vender, sejam seus serviços

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

MIZUNO, TOPPER, RAINHA, HAVAIANAS, TIMBERLAND, DUPÉ E SETE LÉGUAS.

MIZUNO, TOPPER, RAINHA, HAVAIANAS, TIMBERLAND, DUPÉ E SETE LÉGUAS. SOBRE A ALPARGATAS Quem nunca usou um Bamba? Ou uma calça US Top, um tênis Rainha, uma sandália Havaianas, ou jogou com uma bola Topper? A Alpargatas e suas marcas estiveram e estarão sempre presentes

Leia mais

Perfil do Franqueado. Procuramos empreendedores com o seguinte perfil: Experiência em varejo ou rede de negócio.

Perfil do Franqueado. Procuramos empreendedores com o seguinte perfil: Experiência em varejo ou rede de negócio. F R A N Q U I A Benefícios do Modelo Uma das marcas mais fortes e reconhecidas do país. A marca faz parte de um conglomerado que se consolida como um dos maiores do país (Alpargatas - Grupo Camargo Corrêa).

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

Proposta Comercial. Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing. Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao»

Proposta Comercial. Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing. Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao» Proposta Comercial Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao» Data 14 de setembro de 2012 Preparado para: «Nome» «Sobrenome» 1. Objetivo

Leia mais

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING 1 ÍNDICE 03 04 06 07 09 Introdução Menos custos e mais controle Operação customizada à necessidade da empresa Atendimento: o grande diferencial Conclusão Quando

Leia mais

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING CONSULTOR CARLOS MARTINS CRIA - AÇAO EM MARKETING SUA EMPRESA Copyright Consultor Carlos Martins - Todos os direitos reservados wwwcarlosmartinscombr - consultor@carlosmartinscombr Como conquistar Clientes

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Autor: Jeferson Correia dos Santos ARTIGO TÉCNICO INOVAÇÃO NA GESTÃO DE PÓS-VENDAS: SETOR AUTOMOTIVO RESUMO A palavra inovação tem sido atualmente umas das mais mencionadas

Leia mais

Diagnóstico Empresarial. Porque a saúde da sua empresa é muito importante.

Diagnóstico Empresarial. Porque a saúde da sua empresa é muito importante. Diagnóstico Empresarial Porque a saúde da sua empresa é muito importante. Introdução Nos últimos anos as empresas têm focado pesadamente em gestão por resultados, proporcionando a seus gestores e equipes

Leia mais

Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo

Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo Estudo de viabilidade As perguntas seguintes terão que ser respondidas durante a apresentação dos resultados do estudo de viabilidade e da pesquisa de campo FOFA.

Leia mais

P á g i n a 3 INTRODUÇÃO

P á g i n a 3 INTRODUÇÃO P á g i n a 3 INTRODUÇÃO A Administração de Materiais compreende as decisões e o controle sobre o planejamento, programação, compra, armazenamento e distribuição dos materiais indispensáveis à produção

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA Flash Lan House: FOCO NO ALINHAMENTO ENTRE CAPITAL HUMANO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins BALANCED SCORECARD FACULDADE BELO HORIZONTE

Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins BALANCED SCORECARD FACULDADE BELO HORIZONTE Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins BALANCED SCORECARD FACULDADE BELO HORIZONTE Belo Horizonte 2011 Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins BALANCED SCORECARD FACULDADE BELO HORIZONTE

Leia mais

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso.

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. Cliocar Acessórios: A construção de um negócio A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. 2 Conteúdo Resumo executivo... 2 Conhecendo o mercado... 2 Loja

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA 1 OBJETIVOS 1. Quais são as principais aplicações de sistemas na empresa? Que papel eles desempenham? 2. Como os sistemas de informação apóiam as principais funções empresariais:

Leia mais

Otimização de abastecimento de pedidos

Otimização de abastecimento de pedidos Otimização de abastecimento de pedidos Quando passar da separação com papel para zero papel automação 1 Otimização que de traz abastecimento resultados de pedidos Otimização de abastecimento de pedidos

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA

PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA Belo Horizonte 2011 Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins PLANO DE NEGÓCIOS

Leia mais

Fornecedores. Apresentação. www.grupoquantica.com. Nosso desafio é o seu sucesso!

Fornecedores. Apresentação. www.grupoquantica.com. Nosso desafio é o seu sucesso! Fornecedores www.grupoquantica.com Apresentação 2010 A idéia Fundado e idealizado por Cleber Ferreira, Consultor de Marketing e Vendas, autor do livro Desperte o Vendedor Interior com Técnicas de Vendas

Leia mais

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES N REQUISITOS OBSERVAÇÕES 01 02 03 04 05 06 07 A - MANUTENÇÃO E SUPORTE A empresa fornece produto de software com Verificar se a empresa fornece manual do produto (instalação), documentação de suporte ao

Leia mais

CompuStream Plano de Negócios COMPUSTREAM CONSULTORIA LTDA.

CompuStream Plano de Negócios COMPUSTREAM CONSULTORIA LTDA. CompuStream Plano de Negócios COMPUSTREAM CONSULTORIA LTDA. A CompuStream, empresa especializada em desenvolvimento de negócios, atua em projetos de investimento em empresas brasileiras que tenham um alto

Leia mais

2 DESENVOLVIMENTO DO PLANO 2.1 MISSÃO:

2 DESENVOLVIMENTO DO PLANO 2.1 MISSÃO: RESUMO O presente trabalho constitui em uma elaboração de um Plano de Marketing para a empresa Ateliê Delivery da Cerveja com o objetivo de facilitar a compra de bebidas para os consumidores trazendo conforto

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro

PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro Anexo 3 PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro 1. Capa 2. Sumário 3. Sumário executivo 4. Descrição da empresa 5. Planejamento Estratégico do negócio 6. Produtos e Serviços 7. Análise de Mercado 8. Plano de Marketing

Leia mais

INNOVA. Soluções de software que capacitam os processadores de aves a...

INNOVA. Soluções de software que capacitam os processadores de aves a... INNOVA Soluções de software que capacitam os processadores de aves a... Maximizar o rendimento e a produtividade Estar em conformidade com os padrões de qualidade e garantir a segurança dos alimentos Obter

Leia mais

Gestão estratégica em processos de mudanças

Gestão estratégica em processos de mudanças Gestão estratégica em processos de mudanças REVISÃO DOS MACRO PONTOS DO PROJETO 1a. ETAPA: BASE PARA IMPLANTAÇÃO DE UM MODELO DE GESTÃO DE PERFORMANCE PROFISSIONAL, que compreenderá o processo de Análise

Leia mais

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios UNIMEP MBA em Gestão e Negócios Módulo: Sistemas de Informações Gerenciais Aula 4 TI com foco nos Negócios: Áreas envolvidas (Parte II) Flávio I. Callegari www.flaviocallegari.pro.br O perfil do profissional

Leia mais

A Terceirização da Manutenção como Estratégia Competitiva nas Organizações

A Terceirização da Manutenção como Estratégia Competitiva nas Organizações A Terceirização da Manutenção como Estratégia Competitiva nas Organizações Alessandro Trombeta Supervisor de Manutenção Valdemar Roberto Cremoneis Gerente Industrial Cocamar Cooperativa Agroindustrial

Leia mais

ERP. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning -Sistema de Gestão Empresarial -Surgimento por volta dos anos 90 -Existência de uma base de dados

Leia mais

DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2. MBA Gestão de TI. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com

DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2. MBA Gestão de TI. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2 MBA Gestão de TI Luciano Roberto Rocha www.lrocha.com 2 3 Um otimista vê uma oportunidade em cada calamidade; um pessimista vê uma calamidade em

Leia mais

ERP SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL. Guia Prático de Compra O QUE SABER E COMO FAZER PARA ADQUIRIR CERTO. Edição de julho.2014

ERP SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL. Guia Prático de Compra O QUE SABER E COMO FAZER PARA ADQUIRIR CERTO. Edição de julho.2014 ERP SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL Guia Prático de Compra Edição de julho.2014 O QUE SABER E COMO FAZER PARA ADQUIRIR CERTO Í n d i c e 6 perguntas antes de adquirir um sistema 4 6 dúvidas de quem vai adquirir

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Usando o SI como vantagem competitiva Vimos

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1. COLABORAÇÃO NAS EMPRESAS Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar a colaborar, comunicando idéias, compartilhando

Leia mais

LMA, Solução em Sistemas

LMA, Solução em Sistemas LMA, Solução em Sistemas Ao longo dos anos os sistemas para gestão empresarial se tornaram fundamentais, e por meio dessa ferramenta as empresas aperfeiçoam os processos e os integram para uma gestão mais

Leia mais

COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS.

COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS. COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS. A Rio Quality existe com o objetivo de proporcionar a total satisfação dos clientes e contribuir para o sucesso de todos. Essa integração se dá através do investimento

Leia mais

9 Plano de Marketing 9.1 Estratégias de Produto

9 Plano de Marketing 9.1 Estratégias de Produto 1 Sumário Executivo (O que é o plano de negócios) 2 Agradecimentos 3 Dedicatória 4 Sumário ( tópicos e suas respectivas páginas) 5 Administrativo - Introdução (O que foi feito no módulo administrativo)

Leia mais

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning Curso e- Learning Planejamento Estratégico através do Balanced Scorecard Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade III DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade III DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade III DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Canais de distribuição Canal vertical: Antigamente, os canais de distribuição eram estruturas mercadológicas verticais, em que a responsabilidade

Leia mais

Sistemas de Produtividade

Sistemas de Produtividade Sistemas de Produtividade Os Sistemas de Produtividade que apresentaremos em seguida são soluções completas e podem funcionar interligadas ou não no. Elas recebem dados dos aplicativos de produtividade,

Leia mais

INVOCK SERVIÇOS DE PORTARIA LTDA-ME.

INVOCK SERVIÇOS DE PORTARIA LTDA-ME. INVOCK SERVIÇOS DE PORTARIA LTDA-ME. CARTA DE APRESENTAÇÃO Estamos encaminhando nosso portfólio na intenção de apresentar nossa empresa. Após estudo e análise do mercado no segmento de Segurança, Segurança

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

Engª de Produção Prof.: Jesiel Brito. Sistemas Integrados de Produção ERP. Enterprise Resources Planning

Engª de Produção Prof.: Jesiel Brito. Sistemas Integrados de Produção ERP. Enterprise Resources Planning ERP Enterprise Resources Planning A Era da Informação - TI GRI Information Resource Management -Informação Modo organizado do conhecimento para ser usado na gestão das empresas. - Sistemas de informação

Leia mais

A CRESCER RH dispõe de vagas em diversas áreas Interessando enviar currículo para. Endereço: Avenida Getulio Dorneles Vargas; 540 N 2ª andar - Centro.

A CRESCER RH dispõe de vagas em diversas áreas Interessando enviar currículo para. Endereço: Avenida Getulio Dorneles Vargas; 540 N 2ª andar - Centro. A CRESCER RH dispõe de vagas em diversas áreas Interessando enviar currículo para crescerh@crescerh.com.br e/ou realizar cadastro no site Endereço: Avenida Getulio Dorneles Vargas; 540 N 2ª andar - Centro.

Leia mais

Estudo de Viabilidade

Estudo de Viabilidade Estudo de Viabilidade PGE: Plastic Gestor Empresarial Especificação de Requisitos e Validação de Sistemas Recife, janeiro de 2013 Sumário 1. Motivação... 1 2. Introdução: O Problema Indentificado... 2

Leia mais

emarket Digital Sales é uma empresa de varejo online, especializada na análise, implantação, gestão e operação de lojas virtuais.

emarket Digital Sales é uma empresa de varejo online, especializada na análise, implantação, gestão e operação de lojas virtuais. Nós amamos e-commerce! f emarket Digital Sales é uma empresa de varejo online, especializada na análise, implantação, gestão e operação de lojas virtuais. Além do e-commerce full service, na emarket você

Leia mais

Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide

Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide A Nova América na vida das pessoas 8 Cultural Empresarial Missão Do valor do campo ao campo de valor

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL (SIG) Conjunto integrado de pessoas, procedimentos, banco de dados e dispositivos que suprem os gerentes e os tomadores

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

1. Objetivo do Projeto

1. Objetivo do Projeto PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS VISNET - INTERNET E COMUNICAÇÃO Desenvolvimento de Site para CDL 1. Objetivo do Projeto O CDL Online é o mais novo sistema interativo especialmente projetado para criar

Leia mais

Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611

Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611 Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611 CNPJ: 61.460.077/0001-39 / INSCR: 105.657.106.110 Gestão

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA 2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA OBJETIVOS Quais são as principais aplicações de sistemas na empresa? Que papel eles desempenham? Como os sistemas de informação apóiam as principais funções empresariais:

Leia mais

Vantagens e Benefícios das parcerias internacionais

Vantagens e Benefícios das parcerias internacionais Vantagens e Benefícios das parcerias internacionais Nicola Minervini Santa Catarina, 02-05/12/2014 Sumario Desafios da empresa Ferramentas para a competitividade O porque das alianças Formas de alianças

Leia mais

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os melhores resultados. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01

Leia mais

Importância do GED. Implantação de um Sistema de GED

Importância do GED. Implantação de um Sistema de GED Implantação de um Sistema de GED Gerenciamento Eletrônico de Documentos Importância do GED O GED tem uma importante contribuição na tarefa da gestão eficiente da informação; É a chave para a melhoria da

Leia mais

BENEFÍCIOS COM A SMALL

BENEFÍCIOS COM A SMALL BENEFÍCIOS COM A SMALL 2012. Small Consultoria Avenida Engenheiro Caetano Álvares, 530 Casa Verde, São Paulo S.P. Tel. 11 2869.9699 / 11 2638.5372 Todos os direitos reservados. A IDEIA Dentre os exemplos

Leia mais

Apresentação da Concessão

Apresentação da Concessão MEDICINA E ENGENHARIA DO TRABALHO Apresentação da Concessão Cuidar da Saúde e Segurança do Trabalhador é a nossa Especialidade! APRESENTAÇÃO TENHA SEU PRÓPRIO NEGÓCIO COM RETORNO GARANTIDO O mercado de

Leia mais

Como fazer marketing de relacionamento

Como fazer marketing de relacionamento Como fazer marketing de relacionamento O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma

Leia mais

MODELO PLANO DE NEGÓCIO

MODELO PLANO DE NEGÓCIO MODELO PLANO DE NEGÓCIO Resumo dos Tópicos 1 EMPREENDEDOR... 3 1.1. O EMPREENDIMENTO... 3 1.2. OS EMPREENDEDORES... 3 2 GESTÃO... 4 2.1. DESCRIÇÃO DO NEGÓCIO... 4 2.3. PLANO DE OPERAÇÕES... 4 2.4. NECESSIDADE

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Trade Marketing é confundido por algumas empresas como um conjunto de ferramentas voltadas para a promoção e a comunicação dos produtos. O

Leia mais

Circular de Oferta 5102/ sto Ago

Circular de Oferta 5102/ sto Ago Circular de Oferta Agosto / 2015 Índice Introdução 03 Quem Somos 04 Como funciona o negócio 05 Vantagens de ser constituir uma agência 06 Produtos e serviços 07 Ferramentas de apoio 08 Atividades desempenhadas

Leia mais

GESTÃO DO NÍVEL DE SERVIÇO E SEGMENTAÇÃO DE MERCADO PARA DIFERENCIAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RH. PROFa. EVELISE CZEREPUSZKO

GESTÃO DO NÍVEL DE SERVIÇO E SEGMENTAÇÃO DE MERCADO PARA DIFERENCIAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RH. PROFa. EVELISE CZEREPUSZKO GESTÃO DO NÍVEL DE SERVIÇO E SEGMENTAÇÃO DE MERCADO PARA DIFERENCIAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RH PROFa. EVELISE CZEREPUSZKO O QUE É NÍVEL DE SERVIÇO LOGÍSTICO? É a qualidade com que o fluxo de bens e serviços

Leia mais

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES):

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais Byte Software POLÍTICA COMERCIAL Parceiros Comerciais 2013 1. Apresentação Este guia descreve o Programa de Parceria Byte Software através de uma estrutura básica, incluindo como participar e, ainda, uma

Leia mais

Apresentação do Serviço de Outsourcing de Impressão IMPRIMA COM ECONOMIA E SUSTENTABILIDADE!

Apresentação do Serviço de Outsourcing de Impressão IMPRIMA COM ECONOMIA E SUSTENTABILIDADE! Apresentação do Serviço de Outsourcing de Impressão IMPRIMA COM ECONOMIA E SUSTENTABILIDADE! A EMPRESA A Fast Solution é uma empresa especializada em desenvolver soluções integradas em sistemas de impressão,

Leia mais

GUIA DE ELABORAÇÃO DE PLANO DE NEGÓCIOS

GUIA DE ELABORAÇÃO DE PLANO DE NEGÓCIOS GUIA DE ELABORAÇÃO DE PLANO DE NEGÓCIOS Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 2 2. PLANO DE NEGÓCIOS:... 2 2.1 RESUMO EXECUTIVO... 3 2.2 O PRODUTO/SERVIÇO... 3 2.3 O MERCADO... 3 2.4 CAPACIDADE EMPRESARIAL... 4 2.5

Leia mais

Sistema Gestão de Gente

Sistema Gestão de Gente Sistema Gestão de Gente Uma organização moderna requer ferramentas de gestão modernas, que incorpore as melhores práticas de mercado em gestão de recursos humanos, que seja fácil de usar e que permita

Leia mais

Apresentação. A Martins Guerra Consultoria é formada por gente jovem, engajada e de atitude. É feita de um trabalho dedicado e muito profissionalismo.

Apresentação. A Martins Guerra Consultoria é formada por gente jovem, engajada e de atitude. É feita de um trabalho dedicado e muito profissionalismo. Apresentação A Martins Guerra Consultoria é formada por gente jovem, engajada e de atitude. É feita de um trabalho dedicado e muito profissionalismo. Nossa missão é promover o encontro entre pessoas e

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 1. Comercial e Marketing 1.1 Neurovendas Objetivo: Entender

Leia mais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais/CVB s

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais/CVB s Byte Software POLÍTICA COMERCIAL Parceiros Comerciais/CVB s 2013 1. Apresentação Este guia descreve o Programa de Parceria Byte Software através de uma estrutura básica, incluindo como participar e, ainda,

Leia mais

MODELO 1 PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS

MODELO 1 PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS ANEXO 1 MODELO 1 PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Este documento serve como base orientadora para a apresentação de propostas de Arranjos Produtivos Locais para enquadramento no

Leia mais

CONCEITOS DE INOVAÇÃO. Título da Apresentação

CONCEITOS DE INOVAÇÃO. Título da Apresentação CONCEITOS DE INOVAÇÃO Título da Apresentação Novo Marco Legal para Fomento à P,D&I Lei de Inovação. Nº 10.973 (02.12.04) Apresenta um conjunto de medidas de incentivos à inovação científica e tecnológica,

Leia mais

E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS

E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS Central de Cases E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS www.espm.br/centraldecases Central de Cases E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS Preparado pelo Prof. Vicente Martin Mastrocola, da ESPM SP. Disciplinas

Leia mais

Faça mais, com menos: Como crescer em um mercado de trabalho desafiador

Faça mais, com menos: Como crescer em um mercado de trabalho desafiador Faça mais, com menos: Como crescer em um mercado de trabalho desafiador Investir em pessoal com um programa de gestão de desempenho permite que uma operação de abastecimento não só sobreviva, mas cresça

Leia mais

Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK

Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK Residência em Arquitetura de Software Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Gerência de Desenvolvimento 2008.2 Faculdade de Computação

Leia mais

Estratégia Competitiva 16/08/2015. Módulo II Cadeia de Valor e a Logistica. CADEIA DE VALOR E A LOGISTICA A Logistica para as Empresas Cadeia de Valor

Estratégia Competitiva 16/08/2015. Módulo II Cadeia de Valor e a Logistica. CADEIA DE VALOR E A LOGISTICA A Logistica para as Empresas Cadeia de Valor Módulo II Cadeia de Valor e a Logistica Danillo Tourinho S. da Silva, M.Sc. CADEIA DE VALOR E A LOGISTICA A Logistica para as Empresas Cadeia de Valor Estratégia Competitiva é o conjunto de planos, políticas,

Leia mais

1- O que é um Plano de Marketing?

1- O que é um Plano de Marketing? 1- O que é um Plano de Marketing? 2.1-1ª etapa: Planejamento Um Plano de Marketing é um documento que detalha as ações necessárias para atingir um ou mais objetivos de marketing, adaptando-se a mudanças

Leia mais

www.jrsantiago.com.br

www.jrsantiago.com.br www.jrsantiago.com.br Gestão do Conhecimento em Projetos José Renato Santiago Cenário Corporativo Muitas empresas gastam parte significativa de seu tempo no planejamento e desenvolvimento de atividades,

Leia mais

Visão Geral dos Sistemas de Informação

Visão Geral dos Sistemas de Informação Visão Geral dos Sistemas de Informação Existem muitos tipos de sistemas de informação no mundo real. Todos eles utilizam recursos de hardware, software, rede e pessoas para transformar os recursos de dados

Leia mais

OS 14 PONTOS DA FILOSOFIA DE DEMING

OS 14 PONTOS DA FILOSOFIA DE DEMING OS 14 PONTOS DA FILOSOFIA DE DEMING 1. Estabelecer a constância de propósitos para a melhoria dos bens e serviços A alta administração deve demonstrar constantemente seu comprometimento com os objetivos

Leia mais

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença para sua empresa. xp+

Leia mais

Título: Pensando estrategicamente em inovação tecnológica de impacto social Categoria: Projeto Externo Temática: Segundo Setor

Título: Pensando estrategicamente em inovação tecnológica de impacto social Categoria: Projeto Externo Temática: Segundo Setor Título: Pensando estrategicamente em inovação tecnológica de impacto social Categoria: Projeto Externo Temática: Segundo Setor Resumo: A finalidade desse documento é apresentar o projeto de planejamento

Leia mais

Plano de Marketing e Vendas e a Análise Estratégica do Negócio Fabiano Marques

Plano de Marketing e Vendas e a Análise Estratégica do Negócio Fabiano Marques Plano de Marketing e Vendas e a Análise Estratégica do Negócio Fabiano Marques Nada é mais perigoso do que uma idéia, quando ela é a única que temos. (Alain Emile Chartier) Neste módulo, faremos, a partir

Leia mais

LOGÍSTICA Prof. Edwin B. Mitacc Meza

LOGÍSTICA Prof. Edwin B. Mitacc Meza LOGÍSTICA Prof. Edwin B. Mitacc Meza Prova 1 09 de Maio de 2013 Nome: 1ª QUESTÃO (1,0) Segundo os dados divulgados pela ood and Agriculture Organization (AO, 2011) sobre as exportações brasileiras, em

Leia mais

Apps de Produtividade

Apps de Produtividade Apps de Produtividade Os App s de Produtividade oferecem controle, organização e recursos para profissionalização das áreas internas e externas da empresa, proporcionando: Produtividade Controle Integração

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005

SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005 SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005 ÍNDICE Introdução...3 A Necessidade do Gerenciamento e Controle das Informações...3 Benefícios de um Sistema de Gestão da Albi Informática...4 A Ferramenta...5

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 16º Seminário Nacional de Gestão de Projetos APRESENTAÇÃO

Pesquisa realizada com os participantes do 16º Seminário Nacional de Gestão de Projetos APRESENTAÇÃO Pesquisa realizada com os participantes do de APRESENTAÇÃO O perfil do profissional de projetos Pesquisa realizada durante o 16 Seminário Nacional de, ocorrido em Belo Horizonte em Junho de, apresenta

Leia mais

Fundamentos de Gestão de TI

Fundamentos de Gestão de TI Fundamentos de Gestão de TI Tópico V Transição de Serviço (ITIL V3) José Teixeira de Carvalho Neto transição de serviço transição de serviço Objetivo: orientar e coordenar o desenvolvimento e a implantação

Leia mais

MRP / MRP II / ERP (capítulos 11 e 12)

MRP / MRP II / ERP (capítulos 11 e 12) MRP / MRP II / ERP (capítulos 11 e 12) As siglas MRP, MRP II e ERP são bastante difundidas e significam: MRP Materials Requirements Planning Planejamento das Necessidades de Materiais; MRP II Resource

Leia mais

Tecnologia Web Focada em Negócios

Tecnologia Web Focada em Negócios Tecnologia Web Focada em Negócios Palestra: Otimização e Transparência no processo de compras. Marcos Carrara Outplan Empresa Catarinense com 13 anos de mercado. Produtos: Futebolcard Moke OutBuyCenter

Leia mais

Sem que haja um sistema informatizado (ERP), com o cadastro de todos os dados vai ser impraticável o cumprimento das novas obrigações.

Sem que haja um sistema informatizado (ERP), com o cadastro de todos os dados vai ser impraticável o cumprimento das novas obrigações. Diadema (SP), 17 de outubro de 2011. CIRCULAR Nº. 12/2011 Referente: SPED Caro(s) Diretor(es), Gerente(s) e Supervisor(es), Saudações! Como é de seu conhecimento os órgãos da administração federal e estadual

Leia mais