ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISCIPLINAR: 500 Matemática Aplicada às Ciências Sociais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISCIPLINAR: 500 Matemática Aplicada às Ciências Sociais"

Transcrição

1 ANO: 11º ANO LECTIVO : 008/009 p.1/7 CONTEÚDOS MODELOS MATEMÁTICOS COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER - Compreender a importância dos modelos matemáticos na resolução de problemas de problemas concretos. Nº. AULAS ESTRATÉGIAS* RECURSOS* AVALIAÇÃO* (1º PERIODO) Modelação Modelos de grafos Modelos Populacionais Actividades - Explorar algumas situações concretas. - Desenvolver competências que permitam definir esquemas definitivos de uma situação concreta. - Tomar conhecimento de métodos matemáticos com vista a resolução de problemas. - Formular estratégias de resolução. - Descobrir leis gerais que descrevem as situações em análise - Estudar modelos discretos e contínuos. - Comparar diversos tipos de crescimento. - Analisar comportamentos relacionados com a evolução de populações - Estudar modelos discretos e contínuos de crescimento populacional. - Comparar diversos tipos de crescimento populacional (a) - Apresentação de alguns conteúdos pelo o professor, apelando à participação dos alunos, orientando-os de forma a descobrirem conceitos e procurarem estabelecer relações entre eles. - Propor aos alunos actividades seleccionadas de modo a permitir-lhe trabalhar a modelação matemática, fazendo-lhes sentir a sua importância no mundo actual. - Seleccionar actividades que permitam aos alunos organizar e consolidar o seu pensamento matemático contribuindo para uma melhor comunicação matemática. - Explorar as potencialidades da calculadora gráfica. - Propor aos alunos organizados individualmente e/ou em grupo e/ou em pares a resolução de fichas de trabalho e a realização de trabalhos de pesquisa e/ou projecto. - Quadro. - Livros para consulta e manual escolar. - Material de desenho. - Calculadoras gráficas - Textos de apoio - Recortes de jornais e revistas - Meios audiovisuais (retroprojector, transparências, viewscreen. Data show ) - Computadores - Internet - Formativa - Sumativa - Trabalhos de grupo - Avaliação diária do desempenho na aula - Trabalhos de pesquisa - Trabalhos de projecto - Analisar comportamentos relacionados com a evolução de populações.

2 ANO: 11º ANO LECTIVO : 008/009 p./7 MODELOS DE PROBABILIDADES Noção e Conceito Probabilidades de Acontecimentos Probabilidade Condicionada - Estabelecer a diferença entre fenómenos determinísticos e fenómenos aleatórios. - Definir probabilidade. -Realizar experiências, anotar resultados e tirar conclusões. - Definir e classificar acontecimentos. - Compreender a noção de probabilidade condicionada. - Utilizar árvores de probabilidades como instrumento de organização da informação. 1

3 ANO: 11º ANO LECTIVO : 008/009 p./7 MODELOS DE PROBABILIDADES (º Periodo) Modelos de probabilidade em espaços finitos. Variáveis quantitativas. Função massa (modelos discretos e contínuos) - Aplicar a regra de Bayes a casos concretos. 5 Teorema da probabilidade total Regra de Bayes Valor médio e variância populacional Distribuição de Probabilidades

4 ANO: 11º ANO LECTIVO : 008/009 p.4/7 Espaços de resultados infinitos (modelos discretos e contínuos) Actividades (a)

5 ANO: 11º ANO LECTIVO : 008/009 p.5/7 INTRODUÇÃO À INFERÊNCIA ESTATISTICA - Perceber a importância da inferência estatística. (º período) - Construir uma distribuição de amostragem. Parâmetro e Estatística. Estimativa pontual - Identificar os métodos de obtenção de amostras. Distribuição de Amostragem de uma Estatística. Estimação do valor médio - Distinguir os tipos de inferência estatística. - Identificar os métodos de composição da amostra. 4 Teorema do Limite Central

6 ANO: 11º ANO LECTIVO : 008/009 p.6/7 Intervalos de confiança para o valor médio de uma variável. - Calcular a estimativa pontual através do método dos momentos. - Calcular a estimativa pontual através do método da máxima verosimilhança. Estimativa Pontual da Proporção Construção de Intervalos de Confiança para a Proporção - Identificar as propriedades dos estimadores por pontos. Interpretação do conceito de Intervalo de Confiança. - Classificar os estimadores.

7 ANO: 11º ANO LECTIVO : 008/009 p.7/7 Actividades (a) * Estes itens são comuns a todos os conteúdos. (a) Estas aulas poderão ser repartidas ao longo do capítulo, sempre que o professor considere oportuna uma aula total ou parcialmente, dedicada à resolução de actividades/exercícios.

PLANIFICAÇÃO ANUAL. MACS Matemática Aplicada às Ciências Sociais. Curso de Línguas e Humanidades 2º ANO (11º ANO)

PLANIFICAÇÃO ANUAL. MACS Matemática Aplicada às Ciências Sociais. Curso de Línguas e Humanidades 2º ANO (11º ANO) PLANIFICAÇÃO ANUAL MACS Matemática Aplicada às Ciências Sociais Curso de Línguas e Humanidades º ANO (º ANO) Ano Lectivo 0/05 Planificação º Ano - MACS º Período Número de Aulas Previstas 0 Apresentação

Leia mais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA Matemática Aplicada às Ciências Sociais Ensino Regular Curso Geral de Ciências Sociais e Humanas 10º Ano Planificação 2014/2015 Índice Finalidades... 2 Objectivos e competências

Leia mais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais Prova de Exame Nacional de Matemática Aplicada às Ciências Sociais Prova 835 2011 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Para: Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento

Leia mais

Inferência Estatística-Macs11ºano

Inferência Estatística-Macs11ºano INFERÊNCIA ESTATÍSTICA Inferência Estatística-Macs11ºano Estatística Descritiva: conjunto de métodos para sintetizar e representar de forma compreensível a informação contida num conjunto de dados. Usam-se,

Leia mais

Universidade Federal de Pernambuco Mestrado em Estatística

Universidade Federal de Pernambuco Mestrado em Estatística Universidade Federal de Pernambuco Mestrado em Estatística Lista 4 de Exercícios de Amostragem Prof. Cristiano Ferraz 1. Em relação ao plano amostral de Bernoulli: a) Explique como retirar uma amostra

Leia mais

O que é a estatística?

O que é a estatística? Elementos de Estatística Prof. Dr. Clécio da Silva Ferreira Departamento de Estatística - UFJF O que é a estatística? Para muitos, a estatística não passa de conjuntos de tabelas de dados numéricos. Os

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Arquitetura e Urbanismo DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL ESTIMAÇÃO AUT 516 Estatística Aplicada a Arquitetura e Urbanismo 2 DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL Na aula anterior analisamos

Leia mais

Aula 1 Estatística e Probabilidade

Aula 1 Estatística e Probabilidade Aula 1 Estatística e Probabilidade Anamaria Teodora Coelho Rios da Silva O QUE É ESTATÍSTICA? No nosso cotidiano, precisamos tomar decisões, muitas vezes decisões rápidas. A Estatística fornece métodos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE MATEMÁTICA 4 a LISTA DE EXERCÍCIOS GBQ12 Professor: Ednaldo Carvalho Guimarães AMOSTRAGEM

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE MATEMÁTICA 4 a LISTA DE EXERCÍCIOS GBQ12 Professor: Ednaldo Carvalho Guimarães AMOSTRAGEM 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE MATEMÁTICA 4 a LISTA DE EXERCÍCIOS GBQ12 Professor: Ednaldo Carvalho Guimarães AMOSTRAGEM 1) Um pesquisador está interessado em saber o tempo médio que

Leia mais

AEP FISCAL CURSO DE ESTATÍSTICA

AEP FISCAL CURSO DE ESTATÍSTICA AEP FISCAL CURSO DE ESTATÍSTICA Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil, Analista Tributário da Receita Federal do Brasil e Auditor Fiscal do Trabalho. Prof. Weber Campos webercampos@gmail.com AUDITOR-FISCAL

Leia mais

Probabilidades e Estatística

Probabilidades e Estatística Departamento de Matemática - IST(TP) Secção de Estatística e Aplicações Probabilidades e Estatística 1 o Exame/1 o Teste/2 o Teste 2 o Semestre/1 a Época 2008/09 Duração: 3 horas/1 hora e 30 minutos 16/01/09

Leia mais

Cláudio Tadeu Cristino 1. Julho, 2014

Cláudio Tadeu Cristino 1. Julho, 2014 Inferência Estatística Estimação Cláudio Tadeu Cristino 1 1 Universidade Federal de Pernambuco, Recife, Brasil Mestrado em Nutrição, Atividade Física e Plasticidade Fenotípica Julho, 2014 C.T.Cristino

Leia mais

Trabalhando com Pequenas Amostras: Distribuição t de Student

Trabalhando com Pequenas Amostras: Distribuição t de Student Probabilidade e Estatística Trabalhando com Pequenas Amostras: Distribuição t de Student Pequenas amostras x Grandes amostras Nos exemplos tratados até agora: amostras grandes (n>30) qualquer tipo de distribuição

Leia mais

Estatística: Conceitos e Organização de Dados. Introdução Conceitos Método Estatístico Dados Estatísticos Tabulação de Dados Gráficos

Estatística: Conceitos e Organização de Dados. Introdução Conceitos Método Estatístico Dados Estatísticos Tabulação de Dados Gráficos Estatística: Conceitos e Organização de Dados Introdução Conceitos Método Estatístico Dados Estatísticos Tabulação de Dados Gráficos Introdução O que é Estatística? É a parte da matemática aplicada que

Leia mais

Métodos de Monte Carlo

Métodos de Monte Carlo Departamento de Estatística - UFJF Outubro e Novembro de 2014 são métodos de simulação São utilizados quando não temos uma forma fechada para resolver o problema Muito populares em Estatística, Matemática,

Leia mais

INFORMAÇÃO-EXAME FINAL NACIONAL MATEMÁTICA APLICADA ÀS CIÊNCIAS SOCIAIS Janeiro de 2015

INFORMAÇÃO-EXAME FINAL NACIONAL MATEMÁTICA APLICADA ÀS CIÊNCIAS SOCIAIS Janeiro de 2015 INFORMAÇÃO-EXAME FINAL NACIONAL MATEMÁTICA APLICADA ÀS CIÊNCIAS SOCIAIS Janeiro de 2015 Prova 835 2015 11.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) O presente documento divulga informação

Leia mais

(b) Qual a probabilidade de ter sido transmitido um zero, sabendo que foi recebido um (1.0) zero?

(b) Qual a probabilidade de ter sido transmitido um zero, sabendo que foi recebido um (1.0) zero? Grupo I 5.0 valores 1. Um sistema de comunicação binária transmite zeros e uns com probabilidade 0.5 em qualquer dos casos. Devido ao ruído existente no canal de comunicação há erros na recepção: transmitido

Leia mais

Mestrado em Gestão Econômica do Meio Ambiente

Mestrado em Gestão Econômica do Meio Ambiente Mestrado em Gestão Econômica do Meio Ambiente Programa de Pós-graduação em Economia Sub-Programa Mestrado Profissional CEEMA/ECO/UnB Disciplina: ECO 333051 Métodos Estatísticos e Econométricos Instrutores:

Leia mais

Plano Curricular de Matemática 9º ano - 2014 /2015-3º Ciclo

Plano Curricular de Matemática 9º ano - 2014 /2015-3º Ciclo Plano Curricular de Matemática 9º ano - 2014 /2015-3º Ciclo Tema/Subtema Conteúdos Metas Nº de Aulas Previstas Org.Trat.Dados / Planeamento Estatístico Especificação do problema Recolha de dados População

Leia mais

Reflexões sobre Probabilidade, Estatística e Modelamento Matemático

Reflexões sobre Probabilidade, Estatística e Modelamento Matemático Reflexões sobre Probabilidade, Estatística e Modelamento Matemático Por: Armando Z. Milioni Instituto Tecnológico de Aeronáutica MPEP - BSB Agosto 2013 1 Resumo do que fizemos Um Jogador lançou 30 dados

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRECÇÃO-GERAL DE INOVAÇÃO E DE DESENVOLVIMENTO CURRICULAR ENSINO RECORRENTE DE NÍVEL SECUNDÁRIO MATEMÁTICA APLICADA ÀS CIÊNCIAS SOCIAIS 10º e 11º anos Curso de Línguas e Humanidades

Leia mais

Estatística Aplicada às Ciências Sociais e Ambientais. Organização da Disciplina. Conteúdo da Aula. Contextualização. Farmácia Industrial UFPR

Estatística Aplicada às Ciências Sociais e Ambientais. Organização da Disciplina. Conteúdo da Aula. Contextualização. Farmácia Industrial UFPR Estatística Aplicada às Ciências Sociais e Ambientais Apresentação Aula 1 Prof. Daniel de Christo Farmácia Industrial UFPR Mestrado em Genética UFPR Lecionando no Ensino Superior desde 2003 Organização

Leia mais

AULAS 13, 14 E 15 Correlação e Regressão

AULAS 13, 14 E 15 Correlação e Regressão 1 AULAS 13, 14 E 15 Correlação e Regressão Ernesto F. L. Amaral 23, 28 e 30 de setembro de 2010 Metodologia de Pesquisa (DCP 854B) Fonte: Triola, Mario F. 2008. Introdução à estatística. 10 ª ed. Rio de

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 D. AFONSO III. Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015

ESCOLA E.B. 2,3 D. AFONSO III. Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015 COMPETÊNCIAS OBJECTIVOS CONCEITOS METEDOLOGIAS /SITUAÇÕES DE APREDIZAGEM AULAS PREVISTAS Módulo 11

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA

PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA 5º ano 2012/2013 UNIDADE: Números e Operações 1 - NÚMEROS NATURAIS OBJECTIVOS GERAIS: - Compreender e ser capaz de usar propriedades dos números inteiros

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISCIPLINAR GEOGRAFIA PLANIFICAÇÃO ANO: 9º ANO LECTIVO: 2008/2009 p.

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISCIPLINAR GEOGRAFIA PLANIFICAÇÃO ANO: 9º ANO LECTIVO: 2008/2009 p. ANO: 9º ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/3 Tema 5: Contrastes de desenvolvimento 1.Diferentes níveis de desenvolvimento - Repartição da riqueza: a nível mundial e em cada país - Factores de desigualdade - Factores

Leia mais

Universidade Federal do Paraná Departamento de Informática. Reconhecimento de Padrões. Revisão de Probabilidade e Estatística

Universidade Federal do Paraná Departamento de Informática. Reconhecimento de Padrões. Revisão de Probabilidade e Estatística Universidade Federal do Paraná Departamento de Informática Reconhecimento de Padrões Revisão de Probabilidade e Estatística Luiz Eduardo S. Oliveira, Ph.D. http://lesoliveira.net Conceitos Básicos Estamos

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso Engenharia Informática Ano letivo 2012/13 Unidade Curricular Probabilidade e Estatística ECTS 5,5 Regime Obrigatório ou opcional Ano 2º Semestre 1º sem Horas de trabalho globais Docente (s) Paulo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DO ENSINO SECUNDÁRIO PROGRAMA DE MATEMÁTICA APLICADA ÀS CIÊNCIAS SOCIAIS 10º e 11º ou 11º e 12º Anos Curso Científico-Humanístico de Ciências Sociais e Humanas 10º,

Leia mais

A MATEMÁTICA NO ENSINO SUPERIOR POLICIAL 1

A MATEMÁTICA NO ENSINO SUPERIOR POLICIAL 1 A MATEMÁTICA NO ENSINO SUPERIOR POLICIAL 1 A IMPORTÂNCIA DA MATEMÁTICA O desenvolvimento das sociedades tem sido também materializado por um progresso acentuado no plano científico e nos diversos domínios

Leia mais

Probabilidade. Renata Souza. Introdução. Tabelas Estatísticas. População, Amostra e Variáveis. Gráficos e Distribuição de Freqüências

Probabilidade. Renata Souza. Introdução. Tabelas Estatísticas. População, Amostra e Variáveis. Gráficos e Distribuição de Freqüências Probabilidade Introdução Tabelas Estatísticas População, Amostra e Variáveis Gráficos e Distribuição de Freqüências Renata Souza Conceitos Antigos de Estatística stica a) Simples contagem aritmética Ex.:

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA C/3º CEB DE MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM

ESCOLA SECUNDÁRIA C/3º CEB DE MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM Módulo 1 - As empresas Turísticas Tipologia 1. Tipologia e classificação quanto ao segmento de mercado em que se enquadram 2. Tipologia dos Serviços prestados 2.1.Operadores turísticos 2.2.Transportadoras

Leia mais

MODELAGEM E SIMULAÇÃO

MODELAGEM E SIMULAÇÃO MODELAGEM E SIMULAÇÃO Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza edwin@engenharia-puro.com.br www.engenharia-puro.com.br/edwin Como Funciona a Simulação Introdução Assim como qualquer programa de computador,

Leia mais

1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3.

1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3. 1 1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3. Modelo de Resultados Potenciais e Aleatorização (Cap. 2 e 3

Leia mais

Simulação Transiente

Simulação Transiente Tópicos Avançados em Avaliação de Desempenho de Sistemas Professores: Paulo Maciel Ricardo Massa Alunos: Jackson Nunes Marco Eugênio Araújo Dezembro de 2014 1 Sumário O que é Simulação? Áreas de Aplicação

Leia mais

Escola Secundária Gabriel Pereira Évora Matemática A 10º ano. Planificação da Unidade Geometria

Escola Secundária Gabriel Pereira Évora Matemática A 10º ano. Planificação da Unidade Geometria Escola Secundária Gabriel Pereira Évora Matemática A 10º ano Planificação da Unidade Geometria 1. Generalidades Objecto da estatística e breve nota histórica sobre a evolução desta ciência; utilidade na

Leia mais

Estatística I Aula 1. Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc.

Estatística I Aula 1. Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc. Estatística I Aula 1 Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc. Estatística Estatística

Leia mais

Biometria Roberval Monteiro Bezerra de Lima (roberval.lima@embrapa.br) Sumaia Vasconcelos (sumaia.vasconcelos@inpa.gov.br)

Biometria Roberval Monteiro Bezerra de Lima (roberval.lima@embrapa.br) Sumaia Vasconcelos (sumaia.vasconcelos@inpa.gov.br) PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DE FLORESTAS TROPICAIS-PG-CFT INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS DA AMAZÔNIA-INPA Biometria Roberval Monteiro Bezerra de Lima (roberval.lima@embrapa.br) Sumaia Vasconcelos (sumaia.vasconcelos@inpa.gov.br)

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRANDELA Escola Secundária/3 de Mirandela

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRANDELA Escola Secundária/3 de Mirandela AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRANDELA Plano a médio prazo 204/205 27 horas----------32 s Temas/Conteúdos Estatística. Generalidades - População e amostra. Unidade estatística. - Censo e Sondagem. Técnica

Leia mais

Introdução à Inferência Estatística

Introdução à Inferência Estatística Introdução à Inferência Estatística 1. População: conjunto de indivíduos, ou itens, com pelo menos uma característica em comum. Também será denotada por população objetivo, que é sobre a qual desejamos

Leia mais

Teorema Central do Limite e Intervalo de Confiança

Teorema Central do Limite e Intervalo de Confiança Probabilidade e Estatística Teorema Central do Limite e Intervalo de Confiança Teorema Central do Limite Teorema Central do Limite Um variável aleatória pode ter uma distribuição qualquer (normal, uniforme,...),

Leia mais

Universidade Federal Fluminense

Universidade Federal Fluminense Universidade Federal Fluminense INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA ESTATÍSTICA V Lista 9: Intervalo de Confiança. 1. Um pesquisador está estudando a resistência de um determinado

Leia mais

APLICAÇÃO DE TÉCNICAS ESTATÍSTICAS UTILIZANDO O SISVAR

APLICAÇÃO DE TÉCNICAS ESTATÍSTICAS UTILIZANDO O SISVAR APLICAÇÃO DE TÉCNICAS ESTATÍSTICAS UTILIZANDO O SISVAR Nádia Giaretta Biase 1 Universidade Federal de Uberlândia nadia@pontal.ufu.br Jéssica Paula Silva Costa 2 Universidade Federal de Uberlândia jessicapaula@mat.pontal.ufu.br

Leia mais

Introdução à análise de dados discretos

Introdução à análise de dados discretos Exemplo 1: comparação de métodos de detecção de cárie Suponha que um pesquisador lhe apresente a seguinte tabela de contingência, resumindo os dados coletados por ele, oriundos de um determinado experimento:

Leia mais

DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALENTEJO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FRONTEIRA PLANIFICAÇÃO ANUAL

DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALENTEJO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FRONTEIRA PLANIFICAÇÃO ANUAL DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALENTEJO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FRONTEIRA PLANIFICAÇÃO ANUAL Professor: Pedro Miguel Bezerra Disciplina: Matemática Ano: 6 Turma: A Ano lectivo: 2011/2012 Objectivos

Leia mais

Estatística Aplicada

Estatística Aplicada INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA Estatística Aplicada Ano Lectivo 2006/2007 Ficha n.º1 1. O director comercial de uma cadeia de lojas pretende comparar duas técnicas

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec:PAULINO BOTELHO Código: 091.01 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de TÉCNICO

Leia mais

MOQ-13 Probabilidade e Estatística

MOQ-13 Probabilidade e Estatística Instituto Tecnológico de Aeronáutica Divisão de Engenharia Mecânica-Aeronáutica MOQ-13 Probabilidade e Estatística Profa. Denise Beatriz Ferrari www.mec.ita.br/ denise denise@ita.br Motivação Idéias Básicas

Leia mais

Métodos Quantitativos. aula 3

Métodos Quantitativos. aula 3 Métodos Quantitativos aula 3 Prof. Dr. Marco Antonio Insper Ibmec São Paulo Simulação Empresarial Auxílio na tomada de decisão. Criação de cenários otimistas e pessimistas. Poder de previsão baseada em

Leia mais

CAPÍTULO 9 Exercícios Resolvidos

CAPÍTULO 9 Exercícios Resolvidos CAPÍTULO 9 Exercícios Resolvidos R9.1) Diâmetro de esferas de rolamento Os dados a seguir correspondem ao diâmetro, em mm, de 30 esferas de rolamento produzidas por uma máquina. 137 154 159 155 167 159

Leia mais

Apresentação... 19 Prefácio da primeira edição... 21 Prefácio da segunda edição... 27 Introdução... 33

Apresentação... 19 Prefácio da primeira edição... 21 Prefácio da segunda edição... 27 Introdução... 33 Sumário Apresentação... 19 Prefácio da primeira edição... 21 Prefácio da segunda edição... 27 Introdução... 33 Capítulo I CIÊNCIA, CONHECIMENTOS E PESQUISA CIENTÍFICA... 37 1. Conceito de ciência e tipos

Leia mais

Escola Básica e Secundária de Alfandega da Fé

Escola Básica e Secundária de Alfandega da Fé Escola Básica e Secundária de Alfandega da Fé Prova de Avaliação MACS - 11.º B Em todas as respostas, indique todos os cálculos e todas as justificações necessárias. Atenção: quando, para um resultado,

Leia mais

Estatística Descritiva I

Estatística Descritiva I Estatística Descritiva I Bacharelado em Economia - FEA - Noturno 1 o Semestre 2016 Profs. Fábio P. Machado e Gilberto A. Paula MAE0219 (Economia-FEA-Noturno) Estatística Descritiva I 1 o Semestre 2016

Leia mais

Departamento de Matemática e Informática. Grupo de Recrutamento 550 - Informática. Critérios de Avaliação

Departamento de Matemática e Informática. Grupo de Recrutamento 550 - Informática. Critérios de Avaliação Grupo de Recrutamento 550 - Informática Critérios de Avaliação Ano Lectivo 2014/2015 Os critérios de avaliação definidos para as disciplinas de Tecnologias de Informação e Comunicação do 3º ciclo do Ensino

Leia mais

CÁLCULO DO TAMANHO DA AMOSTRA PARA UMA PESQUISA ELEITORAL. Raquel Oliveira dos Santos, Luis Felipe Dias Lopes

CÁLCULO DO TAMANHO DA AMOSTRA PARA UMA PESQUISA ELEITORAL. Raquel Oliveira dos Santos, Luis Felipe Dias Lopes CÁLCULO DO TAMANHO DA AMOSTRA PARA UMA PESQUISA ELEITORAL Raquel Oliveira dos Santos, Luis Felipe Dias Lopes Programa de Pós-Graduação em Estatística e Modelagem Quantitativa CCNE UFSM, Santa Maria RS

Leia mais

Disciplinas: Cálculo das Probabilidades e Estatística I

Disciplinas: Cálculo das Probabilidades e Estatística I Introdução a Inferência Disciplinas: Cálculo das Probabilidades e Estatística I Universidade Federal da Paraíba Prof a. Izabel Alcantara Departamento de Estatística (UFPB) Introdução a Inferência Prof

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE AMORA

ESCOLA SECUNDÁRIA DE AMORA ESCOLA SECUNDÁRIA DE AMORA PLANIFICAÇÃO ANUAL 2013/2014 ECONOMIA A (10º ANO) Página 1 de 10 Finalidades da disciplina de Economia A, no conjunto dos dois anos da sua leccionação: Perspectivar a Economia

Leia mais

Não sei em que mês nasci!

Não sei em que mês nasci! Não sei em que mês nasci! Cristina Martins, Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Bragança Paula Maria Barros, Escola Superior do Instituto Politécnico de Educação de Bragança Introdução

Leia mais

XVI CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 22 a 26 de outubro de 2007 ADEQUAÇÃO DO RACIOCÍNIO ESTATÍSTICO PARA TRABALHOS INTERDISCIPLINARES

XVI CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 22 a 26 de outubro de 2007 ADEQUAÇÃO DO RACIOCÍNIO ESTATÍSTICO PARA TRABALHOS INTERDISCIPLINARES ADEQUAÇÃO DO RACIOCÍNIO ESTATÍSTICO PARA TRABALHOS INTERDISCIPLINARES VERÔNICA YUMI KATAOKA 1 ; ANDERSON CASTRO SOARES DE OLIVEIRA 2 ; ADEMÁRIA APARECIDA DE SOUZA 3 ; ADRIANO RODRIGUES 4 ; MARCELO SILVA

Leia mais

BRINCANDO COM GRÁFICOS E MEDINDO A SORTE

BRINCANDO COM GRÁFICOS E MEDINDO A SORTE BRINCANDO COM GRÁFICOS E MEDINDO A SORTE Elizabeth Pastor Garnier SEE/RJ Pedro Carlos Pereira - FAETEC Projeto Fundão IM/UFRJ Os Parâmetros Curriculares Nacionais propõem a introdução do tópico Tratamento

Leia mais

Aula 04 Método de Monte Carlo aplicado a análise de incertezas. Aula 04 Prof. Valner Brusamarello

Aula 04 Método de Monte Carlo aplicado a análise de incertezas. Aula 04 Prof. Valner Brusamarello Aula 04 Método de Monte Carlo aplicado a análise de incertezas Aula 04 Prof. Valner Brusamarello Incerteza - GUM O Guia para a Expressão da Incerteza de Medição (GUM) estabelece regras gerais para avaliar

Leia mais

Estatística Básica. Parte II ESTATÍSTICA BÁSICA

Estatística Básica. Parte II ESTATÍSTICA BÁSICA 21 Parte II ESTATÍSTICA BÁSICA 23 Lição 1 Conceito, Origem e Objetivos da Estatística Após concluir o estudo desta lição, esperamos que você possa: identifi car o conceito de Estatística; identifi car

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA Departamento Matemática Curso Engenharia do Ambiente º Semestre 1º Folha Nº4: Intervalos de confiança Probabilidades e Estatística 1.a) Determine o intervalo de confiança a 90% para a média de uma população

Leia mais

AULAS 08, 09 E 10 Metodologia da avaliação

AULAS 08, 09 E 10 Metodologia da avaliação 1 AULAS 08, 09 E 10 Metodologia da avaliação Ernesto F. L. Amaral 06, 08 e 13 de setembro de 2011 Avaliação de Políticas Públicas (DCP 046) Fonte: Cohen, Ernesto, e Rolando Franco. 2000. Avaliação de Projetos

Leia mais

Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais

Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais 10.º/11.º Anos ou 11.º/12.º Anos de Escolaridade Prova 835/1.ª Fase

Leia mais

Universidade Federal da Paraíba Departamento de Estatística 1 a. Lista de Exercícios de Estatística III 2005.2

Universidade Federal da Paraíba Departamento de Estatística 1 a. Lista de Exercícios de Estatística III 2005.2 1) Defina com as suas palavras: Universidade Federal da Paraíba Departamento de Estatística 1 a. Lista de Exercícios de Estatística III 2005.2 a) Estatística b) População c) Amostra d) Parâmetro e) Estimador

Leia mais

Valor Prático da Distribuição Amostral de

Valor Prático da Distribuição Amostral de DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL DA MÉDIA DA AMOSTRA OU DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL DE Antes de falarmos como calcular a margem de erro de uma pesquisa, vamos conhecer alguns resultados importantes da inferência estatística.

Leia mais

Avaliação de Desempenho

Avaliação de Desempenho Avaliação de Desempenho Aulas passadas Modelagem de sistemas via cadeias de Markov Aula de hoje Introdução à simulação Gerando números pseudo-aleatórios 1 O Ciclo de Modelagem Sistema real Criação do Modelo

Leia mais

Bioestatística Aula 3

Bioestatística Aula 3 Aula 3 Castro Soares de Oliveira Probabilidade Probabilidade é o ramo da matemática que estuda fenômenos aleatórios. Probabilidade é uma medida que quantifica a sua incerteza frente a um possível acontecimento

Leia mais

ESTRATÉGIA PARA AVALIAÇÃO DA EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL SEGUNDO A

ESTRATÉGIA PARA AVALIAÇÃO DA EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL SEGUNDO A ESTRATÉGIA PARA AVALIAÇÃO DA EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL SEGUNDO A AIHA (AMERICAN INDUSTRIAL HYGIENE ASSOCIATION) O problema básico na avaliação da exposição ocupacional é reconhecer todas as exposições, avaliar

Leia mais

Teorema do Limite Central e Intervalo de Confiança

Teorema do Limite Central e Intervalo de Confiança Probabilidade e Estatística Teorema do Limite Central e Intervalo de Confiança Teorema do Limite Central Teorema do Limite Central Um variável aleatória pode ter uma distribuição qualquer (normal, uniforme,...),

Leia mais

ESTATÍSTICA. Professor: Ricardo Vojta

ESTATÍSTICA. Professor: Ricardo Vojta ESTATÍSTICA Ciências Contábeis Professor: Ricardo Vojta RAMOS DA ESTATÍSTICA A estatística dedutiva (também conhecida como Estatística Descritiva) se encarrega de descrever o conjunto de dado desde a elaboração

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE NA LINGUAGEM R PARA CÁLCULO DE TAMANHOS DE AMOSTRAS NA ÁREA DE SAÚDE

DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE NA LINGUAGEM R PARA CÁLCULO DE TAMANHOS DE AMOSTRAS NA ÁREA DE SAÚDE DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE NA LINGUAGEM R PARA CÁLCULO DE TAMANHOS DE AMOSTRAS NA ÁREA DE SAÚDE Mariane Alves Gomes da Silva Eliana Zandonade 1. INTRODUÇÃO Um aspecto fundamental de um levantamento

Leia mais

Preparação para a Certificação de Engenheiro da Qualidade 1

Preparação para a Certificação de Engenheiro da Qualidade 1 Preparação para a Certificação de Engenheiro da Qualidade 1 OBJETIVOS DO CURSO Apresentar aos participantes os conteúdos do Corpo de Conhecimento necessários à certificação, possibilitando que aprimorem

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO EDITAL COMPLENTAR N 001 AO EDITAL N 003/2012 UNAT A, no uso de suas atribuições legais e em cumprimento das normas previstas no artigo 37, inciso IX, da Constituição Federal, de 5 de outubro de 1988, Decreto

Leia mais

Universidade Federal de Alfenas Programa de Pós-graduação em Estatística Aplicada e Biometria Prova de Conhecimentos Específicos

Universidade Federal de Alfenas Programa de Pós-graduação em Estatística Aplicada e Biometria Prova de Conhecimentos Específicos Dados que podem ser necessários a algumas questões de Estatística: P (t > t α ) = α ν 0,05 0,025 15 1,753 2,131 16 1,746 2,120 28 1,791 2,048 30 1,697 2,042 (Valor: 1,4) Questão 1. Considere o seguinte

Leia mais

Após essa disciplina você vai ficar convencido que a estatística tem enorme aplicação em diversas áreas.

Após essa disciplina você vai ficar convencido que a estatística tem enorme aplicação em diversas áreas. UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA INTRODUÇÃO Departamento de Estatística Luiz Medeiros http://www.de.ufpb.br/~luiz/ CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE ESTATÍSTICA O que a Estatística significa para você? Pesquisas

Leia mais

AULAS 04 E 05 Estatísticas Descritivas

AULAS 04 E 05 Estatísticas Descritivas 1 AULAS 04 E 05 Estatísticas Descritivas Ernesto F. L. Amaral 19 e 28 de agosto de 2010 Metodologia de Pesquisa (DCP 854B) Fonte: Triola, Mario F. 2008. Introdução à estatística. 10 ª ed. Rio de Janeiro:

Leia mais

Estatística Aplicada para Engenharia Inferência para Duas Populações

Estatística Aplicada para Engenharia Inferência para Duas Populações Universidade Federal Fluminense Instituto de Matemática e Estatística Estatística Aplicada para Engenharia Inferência para Duas Populações Ana Maria Lima de Farias Departamento de Estatística Conteúdo

Leia mais

ESTATÍSTICA - CURSO 1

ESTATÍSTICA - CURSO 1 MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS ESPACIAIS ESTATÍSTICA - CURSO 1 Dra. Corina da Costa Freitas MSc. Camilo Daleles Rennó MSc. Manoel Araújo Sousa Júnior Material de referência

Leia mais

Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Análise de Dados e Data Mining

Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em Análise de Dados e Data Mining Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Análise de Dados e Data Mining Inscrições Abertas Início das Aulas: 24/03/2015 Dias e horários das aulas: Terça-Feira 19h00 às 22h45 Semanal Quinta-Feira 19h00

Leia mais

ESTATÍSTICA. Prof. Ari Antonio, Me. Ciências Econômicas. Unemat Sinop 2012

ESTATÍSTICA. Prof. Ari Antonio, Me. Ciências Econômicas. Unemat Sinop 2012 ESTATÍSTICA Prof. Ari Antonio, Me Ciências Econômicas Unemat Sinop 2012 1. Introdução Concepções de Estatística: 1. Estatísticas qualquer coleção consistente de dados numéricos reunidos a fim de fornecer

Leia mais

ESTATÍSTICA. aula 1. Insper Ibmec São Paulo. Prof. Dr. Marco Antonio Leonel Caetano

ESTATÍSTICA. aula 1. Insper Ibmec São Paulo. Prof. Dr. Marco Antonio Leonel Caetano ESTATÍSTICA aula 1 Prof. Dr. Marco Antonio Leonel Caetano Insper Ibmec São Paulo ESTATÍSTICA COISAS DO ESTADO ESTATÍSTICA: - Apresentação e Análise de dados - Tomadas de Decisões baseadas em análises -

Leia mais

MOQ-23 ESTATÍSTICA. Professor: Rodrigo A. Scarpel rodrigo@ita.br www.mec.ita.br/~rodrigo

MOQ-23 ESTATÍSTICA. Professor: Rodrigo A. Scarpel rodrigo@ita.br www.mec.ita.br/~rodrigo MOQ-3 ESTATÍSTICA Proessor: Rodrigo A. Scarpel rodrigo@ita.br www.mec.ita.br/~rodrigo Probabilidade e Estatística: The Science o collecting and analyzing data or the purpose o drawing conclusions and making

Leia mais

Estatística Aplicada ao Serviço Social

Estatística Aplicada ao Serviço Social Estatística Aplicada ao Serviço Social Prof a. Juliana Freitas Pires Departamento de Estatística Universidade Federal da Paraíba - UFPB juliana@de.ufpb.br Introdução O que é Estatística? Coleção de métodos

Leia mais

Estatística. 5 (tempo total de trabalho: 28h *5 = 140 horas) 70 = 15 Teóricas (T) + 45 Teórico-práticas (TP) + 10 Orientação tutorial (OT) Luís Faísca

Estatística. 5 (tempo total de trabalho: 28h *5 = 140 horas) 70 = 15 Teóricas (T) + 45 Teórico-práticas (TP) + 10 Orientação tutorial (OT) Luís Faísca 1 Estatística II 1. Resumo descritivo 1.1. Elementos básicos Curso Unidade Curricular Área Científica Ano / Semestre ECTS Horas de Contacto Professor responsável Docentes 1.2. Síntese descritiva Psicologia

Leia mais

Contabilidade e Fiscalidade 2º Ano

Contabilidade e Fiscalidade 2º Ano GRUPO DE ECONOMIA E CONTABILIDADE Curso Profissional de Técnico de Gestão Ano Lectivo 2014/2015 PLANIFICAÇÃO ANUAL Contabilidade e Fiscalidade 2º Ano Curso Profissional de Técnico de Gestão 2º TG (2014-2015)

Leia mais

Métodos Quantitativos. PROF. DR. Renato Vicente

Métodos Quantitativos. PROF. DR. Renato Vicente Métodos Quantitativos PROF. DR. Renato Vicente Método Estatístico Amostra População Estatística Descritiva Inferência Estatística Teoria de Probabilidades Aula 4A Inferência Estatística: Um pouco de História

Leia mais

Pesquisa Aplicada à Estatística

Pesquisa Aplicada à Estatística Pesquisa Aplicada à Estatística Tatiene Correia de Souza / UFPB tatiene@de.ufpb.br September 14, 2014 Souza () Pesquisa Aplicada à Estatística September 14, 2014 1 / 23 Estatística: ideias gerais O que

Leia mais

Áurea Sousa /Deptº. Matemática U.A. Áurea Sousa /Deptº. Matemática U.A.

Áurea Sousa /Deptº. Matemática U.A. Áurea Sousa /Deptº. Matemática U.A. Métodos Estatísticos Mestrado em Gestão (MBA) Objectivos O que é a estatística? Como pode a estatística ajudar? Compreender o método de análise estatística; Reconhecer problemas que podem ser resolvidos

Leia mais

CURSO DE ESTATÍSTICA APLICADA

CURSO DE ESTATÍSTICA APLICADA CURSO DE ESTATÍSTICA APLICADA Prof. Henrique Dantas Neder Instituto de Economia Universidade Federal de Uberlândia. SUMÁRIO 1. Introdução... 4. Estatística Descritiva... 8.1 Tipos de Variáveis... 8. Tabelas

Leia mais

REDES BAYESIANAS. Palavras-chave: Redes bayesianas, Grafo, Estrutura de Dados, Inteligência artificial.

REDES BAYESIANAS. Palavras-chave: Redes bayesianas, Grafo, Estrutura de Dados, Inteligência artificial. REDES BAYESIANAS Gabriel Rigo da Cruz Jacobsen gabrielrigoj@gmail.com Prof. Leonardo Sommariva, Estrutura de Dados RESUMO: Uma rede bayesiana é uma forma de representar o conhecimento de um domínio onde

Leia mais

PLANIFICAÇÃO OPERACIONAL DA PESQUISA

PLANIFICAÇÃO OPERACIONAL DA PESQUISA Laboratório de Psicologia Experimental Departamento de Psicologia UFSJ Disciplina: Método de Pesquisa Quantitativa TEXTO 8: PLANIFICAÇÃO OPERACIONAL DA PESQUISA Autora: Prof. Marina Bandeira,Ph.D. 1. POPULAÇÃO-

Leia mais

TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO NO ENSINO FUNDAMENTAL: PROPOSTAS CURRICULARES E LIVROS DIDÁTICOS

TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO NO ENSINO FUNDAMENTAL: PROPOSTAS CURRICULARES E LIVROS DIDÁTICOS TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO NO ENSINO FUNDAMENTAL: PROPOSTAS CURRICULARES E LIVROS DIDÁTICOS Luciana Boemer Cesar 1 Mary Ângela Teixeira Brandalise 2 Palavras-chave: formação de professores, ensino de estatística,

Leia mais

A calculadora se vamos utilizar na proposta de resolução deste exame nacional é a fx-cg20

A calculadora se vamos utilizar na proposta de resolução deste exame nacional é a fx-cg20 A calculadora se vamos utilizar na proposta de resolução deste exame nacional é a fx-cg20 2. Na actualidade, há uma crescente preocupação com a preservação da natureza, nomeadamente, quanto à necessidade

Leia mais

1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3.

1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3. 1 1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3. Modelo de Resultados Potenciais e Aleatorização (Cap. 2 e 3

Leia mais

COMENTÁRIO AFRM/RS 2012 ESTATÍSTICA Prof. Sérgio Altenfelder

COMENTÁRIO AFRM/RS 2012 ESTATÍSTICA Prof. Sérgio Altenfelder Comentário Geral: Prova muito difícil, muito fora dos padrões das provas do TCE administração e Economia, praticamente só caiu teoria. Existem três questões (4, 45 e 47) que devem ser anuladas, por tratarem

Leia mais

Intervalos Estatísticos para uma Única Amostra

Intervalos Estatísticos para uma Única Amostra Roteiro Intervalos Estatísticos para uma Única Amostra 1. Introdução 2. Intervalo de Confiança para Média i. População normal com variância conhecida ii. População normal com variância desconhecida 3.

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Mestrado em Matemática - Área de Concentração em Estatística

PLANO DE ENSINO. Mestrado em Matemática - Área de Concentração em Estatística 1. IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO Disciplina: Estatística Multivariada Código: PGMAT568 Pré-Requisito: No. de Créditos: 4 Número de Aulas Teóricas: 60 Práticas: Semestre: 1º Ano: 2015 Turma(s): 01 Professor(a):

Leia mais

Introdução. Métodos de inferência são usados para tirar conclusões sobre a população usando informações obtidas a partir de uma amostra.

Introdução. Métodos de inferência são usados para tirar conclusões sobre a população usando informações obtidas a partir de uma amostra. Métodos Monte Carlo Introdução Métodos de inferência são usados para tirar conclusões sobre a população usando informações obtidas a partir de uma amostra. Estimativas pontuais e intervalares para os parâmetros;

Leia mais