ANEXO II. (Ato da Mesa nº 98, de 2001) ÁREA I

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO II. (Ato da Mesa nº 98, de 2001) ÁREA I"

Transcrição

1 NXO II (to da Mesa nº 98, de 2001) ÁR I IRITO ONSTITUIONL. PRINÍPIOS ONSTITUIONIS UNMNTIS, GRIS STORIIS. IRITOS GRNTIS UNMNTIS. STO IRITO STO IRITO MORÁTIO. POR ONSTITUINT: ORIGINÁRIO, RIVO ORRNT. MN, RORM RVISÃO ONSTITUIONL. LIMITÇÕS ORMIS, TMPORIS, IRUNSTNIIS MTRIIS O POR RORMOR. LÁUSULS PÉTRS. VIGÊNI, VLI IÁI S NORMS ONSTITUIONIS INRONSTITUIONIS O RGIM ONSTITUIONL NTRIOR. RPÇÃO, RPRISTINÇÃO, SONSTITUIONLIZÇÃO. ONLITO LIS NO TMPO. IRITO MINISTRTIVO. RGIM JURÍIO MINISTRÇÃO, OS SRVIÇOS, UNÇÃO OS NS PÚLIOS. ORGNIZÇÃO MINISTRTIV RL. IRITO LITORL PRTIÁRIO. IRITOS POLÍTIOS. PRTIOS POLÍTIOS. SISTMS LITORIS. JUSTIÇ LITORL. RIMS LITORIS. MUNIIPLISMO. IRITO MUNIIPL. RIÇÃO, ORGNIZÇÃO XTINÇÃO OS MUNIÍPIOS. UTONOMI ORGNIZÇÃO MUNIIPL. POR LGISLTIVO. PROSSO LGISLTIVO. RGIMNTO INTRNO. G H

2 POR JUIIÁRIO. MGISTRTUR. MINISTÉRIO PÚLIO. VOI GRL UNIÃO. NSORI PÚLI. ÁR II IRITO IVIL: ORIGÇÕS, ONTRTOS, RSPONSILI IVIL. IRITO UTOR. IRITO MÍLI. IRITO RINÇ O OLSNT. JUSTIÇ INÂNI JUVNTU. RGISTROS PÚLIOS TIVI NOTRIL. IRITO INTRNIONL PRIVO. TRIUNIS INTRNIONIS RITRGM INTRNIONL. IRITO PROSSUL IVIL. IRITO PNL: IRITO PNL MILITR, IRITO PNL ONÔMIO, IRITO PNL INNIRO TRIUTÁRIO. LITOS TRÂNSITO. RIMINLI URN RURL. IMUNI PRLMNTR. NISTI. IRITO XUÇÃO PNL. SISTM RGIM PNITNIÁRIO. IRITO PROSSUL PNL. IRITO PROSSUL PNL MILITR. RGIMNTO INTRNO IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. G H ÁR III

3 IRITO TRIUTÁRIO. SISTM TRIUTÁRIO NIONL. TRIUTOS RIS, STUIS MUNIIPIS. RPRTIÇÃO RITS TRIUTÁRIS. OROS INTRNIONIS M MTÉRI TRIUTÇÃO. INNTIVOS ISIS. ISNÇÕS, IMUNIS NÃO INIÊNI. ONTRIUIÇÕS SOIIS, INTRVNÇÃO NO OMÍNIO ONÔMIO INTRSS TGORIS PROISSIONIS OU ONÔMIS. MPRÉSTIMOS OMPULSÓRIOS. MINISTRÇÃO ISL. PROSSO MINISTRTIVO ISL. UNMNTOS IRITO MINISTRTIVO, IVIL, OMRIL PNL. UNMNTOS ONOMI ONTILI. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. ÁR IV INNÇS PÚLIS. POLÍTIS PÚLIS SUS INSTRUMNTOS. PLNJMNTO GOVRNMNTL. SISTMS PROSSOS ORÇMNTÁRIOS. PLNO PLURINUL, LI IRTRIZS ORÇMNTÁRIS LI ORÇMNTÁRI NUL. PLNOS NIONIS, RGIONIS STORIIS. TRIUTÇÃO. SISTM TRIUTÁRIO NIONL. MINISTRÇÃO TRIUTÁRI. ÍVI PÚLI. ÉIIT PÚLIO. NSSIS INNIMNTO O STOR PÚLIO. RPRTIÇÃO RITS. XUÇÃO ORÇMNTÁRI INNIR O STOR PÚLIO. ONTILI GRL, PÚLI, OMRIL NÁRI. SRITURÇÃO ONTÁIL MONSTRÇÕS INNIRS. LNÇOS ORÇMNTÁRIO, INNIRO PTRIMONIL. NÁLIS ONTÁIL.

4 ISLIZÇÃO ONTÁIL, ORÇMNTÁRI, INNIR, PTRIMONIL OPRIONL. SISTMS ONTROL INTRNO XTRNO. UITORI: PRINÍPIOS, NORMS PROIMNTOS. PRSTÇÃO TOM ONTS. UNÇÃO ISLIZOR O POR LGISLTIVO: PRRROGTIVS, STRUTURS PROSSOS. TRIUNIS ONTS. UNMNTOS IRITO MINISTRTIVO, OMRIL PNL. UNMNTOS MINISTRÇÃO, ONOMI MTMÁTI INNIR. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. G H ÁR V HISTÓRI O IRITO O TRLHO. IRITO INIVIUL O TRLHO. IRITO OLTIVO O TRLHO. RLÇÃO PITL-TRLHO. ONTRTO TRLHO. ONTRTO TRLHO OM MINISTRÇÃO PÚLI IRT INIRT. LXIILIZÇÃO O IRITO O TRLHO. TRIRIZÇÃO. OOPRTIV TRLHO. SINILISMO. ORGNIZÇÃO SINIL, IRITO SINIL. SGURNÇ MIIN O TRLHO. INSPÇÃO ISLIZÇÃO O TRLHO. ORMÇÃO MÃO--OR TRINMNTO PROISSIONL. PRNIZGM. PROMOÇÃO SOIL O TRLHOR. XRÍIO PROISSIONL RÁTR LIRL OU TÉNIO SU RGULMNTÇÃO. IRITO PROSSUL O TRLHO. JUSTIÇ O TRLHO. MINISTÉRIO PÚLIO O TRLHO. IRITO INTRNIONL O TRLHO. TRTOS INTRNIONIS ORGNIZÇÕS INTRNIONIS.

5 TORIS ONÔMIS TRMINÇÃO OS NÍVIS MPRGO SLÁRIO. TORI LÁSSI TORI KYNSIN. SGMNTÇÃO O MRO TRLHO. IMPTOS GLOLIZÇÃO NOS MROS TRLHO. POLÍTIS TIVS PSSIVS PR O MRO TRLHO. MTOOLOGIS MNSURÇÃO ORT MN POR TRLHO: OIT, IG, S/IS. VOLUÇÃO O MRO TRLHO RSILIRO PRTIR É NOVNT. SLÁRIO MÍNIMO NO RSIL. SLÁRIO MÍNIMO QUSTÃO ISL: PRVIÊNI SOIL INNÇS STUIS MUNIIPIS. UNO GRNTI O TMPO SRVIÇO - GTS UNO MPRO O TRLHOR - T: ONTS USOS, VOLUÇÃO RNT O TIVO O PSSIVO. IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. G ÁR VI IRITO GRÁRIO. POLÍTI GRÁRI, POLÍTI GRÍOL POLÍTI UNIÁRI. IRITO PROPRI UNÇÃO SOIL PROPRI. LIS GRÁRIS. STTUTO TRR. TIVI GRÁRI GRRI. TIVI XTRTIV. PROUÇÃO GRÁRI PROTÇÃO MINTL. LSSIIÇÃO OS IMÓVIS RURIS. MÓULO RURL MÓULO ISL. RORM GRÁRI. OLONIZÇÃO. TRIUTÇÃO GRÁRI ITR. TRRS VOLUTS TRRS PÚLIS. ÇÃO ISRIMINTÓRI. USUPIÃO. POSS GRÁRI. ÇÕS POSSSSÓRIS. ONTRTOS GRÁRIOS. PRLMNTO LOTMNTO RURL. RGISTROS PÚLIOS. SPROPRIÇÃO. SPÉIS SPROPRIÇÃO. SS SPROPRIÇÃO. INNIZÇÃO. TÍTULOS ÍVI GRÁRI. JUSTIÇ GRÁRI. ONLITOS GRÁRIOS. TRLHO RURL. NQURMNTO SINIL. PRVIÊNI RURL. IRITOS INÍGNS. POLÍTI QUSTÕS INIGNISTS. RGIM JURÍIO S TRRS TRIIONLMNT OUPS PLOS ÍNIOS. MRÇÃO. ÁRS RSRVS. ÁRS RMNSNTS QUILOMOS.

6 IRITO MINTL. ONSRVÇÃO PRSRVÇÃO O MIO MINT. UNMNTOS OLOGI. SISTM NIONL MIO MINT SUS INSTRUMNTOS. SNVOLVIMNTO SUSTNTÁVL. PROTÇÃO OS RURSOS NTURIS RNOVÁVIS. RGIM JURÍIO S LORSTS. ÁRS SPILMNT PROTGIS. RSRV LGL. POLÍTI GRÍOL. ORGNIZÇÃO VI RURL. SSOITIVISMO OOPRTIVISMO. GRIULTUR MILIR. PROTÇÃO O PQUNO PROUTOR RURL. RSPONSILI IVIL, MINISTRTIV PNL M MTÉRI MINTL. TOMMNTO. UNMNTOS IRITO IVIL, PROSSUL IVIL, MINISTRTIVO PNL. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. ÁR VII INNÇS. SISTM INNIRO NIONL. RGULMNTÇÃO ISLIZÇÃO. RGIMS SPIIS INTRVNÇÃO. RIMS ONTR O SISTM INNIRO. POLÍTI MONTÁRI MIL: MO, JUROS ÂMIO. RGIM JURÍIO O PITL STRNGIRO. ORMS PTÇÃO POUPNÇ. INNIMNTO MPRSS O STOR PÚLIO. INNIMNTO HITIONL: INNIMNTO GRÍOL. ONTRTOS RÉITO. LSING. ÍVI PÚLI INTRN XTRN. RGULMNTÇÃO ONTROL. ONSÓRIOS NS. RGULMNTÇÃO ISLIZÇÃO. MRO PITIS. RGULMNTÇÃO ISLIZÇÃO. NGOIÇÃO TÍTULOS IRITOS. SGUROS PRIVOS, PITLIZÇÃO PRVIÊNI PRIV. RGULMNTÇÃO ISLIZÇÃO.

7 LOTRIS ONURSOS PROGNÓSTIOS. SORTIOS. INGOS. JOGOS SSINOS-XPRIÊNI INTRNIONL. IRITO OMRIL. IRITO SOITÁRIO. SOIS NÔNIMS. MIRO PQUNS MPRSS. IRITO LIMNTR. RIMS LIMNTRS. ONTRTOS MRNTIS. RRNMNTO MRNTIL. OMNTO MRNTIL (TORING). ONTRTOS RNQUI. OMÉRIO TRÁGO MRÍTIMO. RÉITO NVL. MRINH MRNT. IRITO PROPRI INUSTRIL. PTNTS RGISTROS. ORM ONÔMI. IRITO ONÔMIO IRITO PNL ONÔMIO. INTRVNÇÕS NO OMÍNIO ONÔMIO. S ONORRÊNI. PROTÇÃO S O ONSUMIOR. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. G ÁR VIII IRITO MINISTRTIVO. TOS ONTRTOS MINISTRTIVOS SU ONTROL. LIITÇÕS. RGIM JURÍIO MINISTRÇÃO, OS SRVIÇOS, UNÇÃO OS NS PÚLIOS. RSPONSILI NO MPO MINISTRTIVO. O PROSSO O ONTNIOSO MINISTRTIVO. INTRVNÇÃO N PROPRI PRIV NO OMÍNIO ONÔMIO. SPROPRIÇÃO. SRVIÇOS PÚLIOS: OMPTÊNI, SNTRLIZÇÃO SONNTRÇÃO. XUÇÃO IRT INIRT. ONSSÃO, PRMISSÃO UTORIZÇÃO. PSSO JURÍI IRITO PÚLIO PSSO JURÍI IRITO PRIVO VINUL À MINISTRÇÃO PÚLI. UTRQUIS, UNÇÕS, GÊNIS RGULORS, ORGNIZÇÕS SOIIS. MPRSS PÚLIS, SOIS ONOMI MIST. ONTRTO GSTÃO. GSTÃO ISL. IMPROI MINISTRTIV.

8 GNTS PÚLIOS. RGIMS JURÍIOS OS SRVIORS PÚLIOS IVIS. SGURI SOIL O SRVIOR. LSSIIÇÃO RGOS. RRIRS. PITÇÃO PSSOL. RGIM JURÍIO OS MILITRS OS X- OMTNTS. STTUTO OS MILITRS. TORIS ORGNIZIONIS. NOQU SISTÊMIO ORGNIZÇÃO. RNGNHRI. QULI TOTL. MINISTRÇÃO RURSOS HUMNOS MTRIL. ONTROLS INTRNO XTRNO. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. ÁR IX HISTÓRI O PNSMNTO ONÔMIO. ORMÇÃO ONÔMI O RSIL ONOMI RSILIR ONTMPORÂN. TORI O ONSUMIOR. TORI PROUÇÃO STRUTURS MRO. TORI O QUILÍRIO GRL. TORI OS JOGOS. NÁLIS ONÔMIO- INNIR. ONOMTRI. NÁLIS INNIR INVSTIMNTOS. ORT MN GRGS. ONTILI NIONL. LNÇO PGMNTOS. ONOMI MONTÁRI. POLÍTIS MONTÁRI ISL. TORI S INNÇS PÚLIS. TORI TRIUTÇÃO. SISTM TRIUTÁRIO NIONL. ORÇMNTOS PÚLIOS. ONOMI INTRNIONL - TORI O OMÉRIO INTRNIONL. ORGNIZÇÕS RGRS O OMÉRIO INTRNIONL, LOOS ONÔMIOS. GLOLIZÇÃO. ORPORÇÕS TRNSNIONIS. OMÉRIO XTRIOR RSILIRO SU INNIMNTO. LUXO PITIS. SISTM INNIRO INTRNIONL. ONOMI RSILIR - POLÍTIS PLNOS SNVOLVIMNTO NIONL, RGIONIS STORIIS. MONOPÓLIOS UNIÃO.

9 SSTTIZÇÃO. ONSSÃO SRVIÇOS PÚLIOS. RGULÇÃO ISLIZÇÃO TIVI ONÔMI. S ONORRÊNI. SISTM INNIRO NIONL. MRO PITIS, MIRO PQUNS MPRSS. TURISMO. ONOMI INORML. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. ÁR X GRIULTUR, ONOMI SNVOLVIMNTO RURL. GRIULTUR SGURNÇ LIMNTR. GRNTI STILI RN N GRIULTUR. POLÍTI GRÍOL. GSTOS PÚLIOS N GRIULTUR. SUSÍIOS GRÍOLS. INNTIVOS ISIS. RÉITO RURL. PRÇOS MÍNIMOS. SNVOLVIMNTO TNOLÓGIO. PSQUIS XPRIMNTÇÃO GROPUÁRI. SSISTÊNI TÉNI XTNSÃO RURL. RURSOS GNÉTIOS, PROTÇÃO ULTIVRS. RGISTROS GNLÓGIOS. OMRILIZÇÃO, STIMNTO STOQU. OLSS MRORIS. S SNITÁRI VGTL NIML. GROTÓXIOS. PRONIZÇÃO, LSSIIÇÃO INSPÇÃO. INRSTRUTUR: TRNSPORTS, RMZNGM, NRGIZÇÃO LTRIIÇÃO, IRRIGÇÃO RNGM, MNIZÇÃO RURL, SGURO GRÍOL. SNVOLVIMNTO LORSTL, SNVOLVIMNTO PSQUIRO GRIULTUR. IOTNOLOGI. GROINÚSTRI. INTR NTR GRIULTUR MROONOMI. MROS XTRNOS PROUTOS GRÍOLS. OROS OMRIIS SOR S TIVIS RURIS. MROS INTRNOS PROUTOS INSUMOS. MÁQUINS, QUIPMNTOS INSUMOS GRÍOLS. ORMÇÃO PRÇOS OS PROUTOS GRÍOLS.

10 ORGNIZÇÃO SOIL PROUÇÃO N GRIULTUR. TRLHO N GRIULTUR. SSOITIVISMO OOPRTIVISMO RURIS. GRIULTUR MIO MINT. GRIULTUR SUSTNTÁVL. Ç, PS, XTRTIVISMO VGTL MIO MINT. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. G H ÁR XI UNMNTOS GOGRI GRL. GOGRI ÍSI, HUMN, ONÔMI, URN, GRÁRI RGIONL O RSIL. O RSIL NTÁRTI. SISTMS NIONIS INORMÇÕS STTÍSTIS, GOGRÁIS RTOGRÁIS. STUOS POPULIONIS. LIMITS TRRITORIIS RSILIROS. ORGNIZÇÃO TRRITORIL RSILIR. SNVOLVIMNTO RGIONL. POLÍTI SNVOLVIMNTO RGIONL. ORGNISMOS RGIONIS SNVOLVIMNTO. UNOS ONSTITUIONIS SNVOLVIMNTO. UNOS INVSTIMNTOS RGIONIS. MIO MINT IRITO MINTL. OLOGI GRL. ONSRVÇÃO, MNJO USO OS RURSOS NTURIS RNOVÁVIS. IVRSI IOLÓGI. ÁRS NTURIS PROTGIS. IOMS RSILIROS. IOSSGURNÇ. GRÇÃO POLUIÇÃO MINTL. RSPONSILI POR NO O MIO MINT. MNJO TRTMNTO RSÍUOS. MUNÇS LIMÁTIS. SRTIIÇÃO. SNVOLVIMNTO SUSTNTÁVL. POLÍTI SISTM NIONL MIO MINT. INSTRUMNTOS POLÍTI MINTL. GSTÃO USO OS RURSOS HÍRIOS. IMPTOS MINTIS S POLÍTIS PÚLIS. IRITO MINTL RSILIRO. TRTOS, OROS OUTROS TOS INTRNIONIS RLTIVOS MIO MINT. SNVOLVIMNTO URNO. POLÍTI SNVOLVIMNTO URNO. INSTRUMNTOS ONTROL URNÍSTIO. PLNOS IRTORS IS.

11 PRLMNTO, USO OUPÇÃO O SOLO URNO. INR-STRUTUR SRVIÇOS URNOS. R URN NIONL. RGIÕS MTROPOLITNS, GLOMRÇÕS URNS MIRORRGIÕS. QUSTÃO HITIONL RSILIR. POLÍTI HITIONL. SSUNTOS RLTIVOS RQUITTUR ONSTRUÇÃO IVIL. IRITO URNÍSTIO. SNMNTO ÁSIO MINTL. STIMNTO ÁGU. SGOTOS SNITÁRIOS. RSÍUOS SÓLIOS. RNGM URN. POLÍTI SNMNTO ÁSIO MINTL. SISTM NIONL S IVIL. POLÍTI OMT ÀS LMIS. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. G ÁR XII HISTÓRI O STOR MINRL RSILIRO. STRUTUR INSTITUIONL. GNTS O STOR MINRL NO RSIL. NOÇÕS GOLOGI GRL O RSIL. XPLORÇÃO PROVITMNTO OS RURSOS MINRIS. STOR MINRL SUS RLÇÕS OM ONOMI, O SNVOLVIMNTO SOIL, TNOLOGI O MIO MINT. MINRÇÃO INUSTRIL GRIMPO. MINRÇÃO M TRRS INÍGNS. POLÍTI MINRL. RURSOS O MR. PROUÇÃO, OMRILIZÇÃO, INUSTRILIZÇÃO UTILIZÇÃO OS NS MINRIS. RGIM JURÍIO OS NS MINRIS. HISTÓRI O STOR NRGÉTIO RSILIRO. STRUTUR INSTITUIONL. MPRSS STTIS. INIITIV PRIV. PRTIIPÇÃO O PITL STRNGIRO. STOR NRGÉTIO SUS RLÇÕS OM ONOMI, O SNVOLVIMNTO SOIL, TNOLOGI O MIO MINT. ISPONIILI PROVITMNTO RURSOS NRGÉTIOS O PÍS. RSRVS NIONIS ONTS NRGÉTIS. LNÇO NRGÉTIO NIONL. POLÍTI NRGÉTI. MTRIZ NRGÉTI NIONL. PRÇOS TRIS NRGÉTIOS. NRGI LÉTRI. PTRÓLO, GÁS NTURL, XISTO. NRGI NULR. RVÃO MINRL. ÁLOOL RURNT. ONTS LTRNTIVS NRGI. RGIM JURÍIO OS RURSOS NRGÉTIOS.

12 ÁGUS SUPRÍI SUTRRÂNS. ILO HIROLÓGIO. IS HIROGRÁIS RSILIRS. GSTÃO RURSOS HÍRIOS. PLNJMNTO, ISLIZÇÃO GSTÃO S ÁGUS. RGIM JURÍIO S ÁGUS. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. ÁR XIII TORI, VOLUÇÃO PRSPTIVS O STOR TRNSPORT. MOLIS TRNSPORT: ROOVIÁRIO, RROVIÁRIO, QUVIÁRIO, ÉRO, UTOVIÁRIO URNO. SPTOS ÍSIOS, OPRIONIS, ONÔMIOS, INSTITUIONIS TNOLÓGIOS O STOR TRNSPORT. MULTIMOLI. POLÍTI NIONL TRNSPORTS. RGULÇÃO O STOR TRNSPORT. INTR O STOR TRNSPORT OM OUTROS STORS. TRNSPORTS INTGRÇÃO RGIONL. SISTM NIONL TRÂNSITO. SGURNÇ TRÂNSITO. VÍULOS UTOMOTORS. MTÉRIS TRTS NO ÓIGO TRÂNSITO RSILIRO. TRÁGO ÉRO. TRÁGO QUVIÁRIO. TRTOS, OROS OUTROS TOS INTRNIONIS RLTIVOS TRÂNSITO, TRÁGO ÉRO TRÁGO QUVIÁRIO. SNVOLVIMNTO URNO. POLÍTI SNVOLVIMNTO URNO. INSTRUMNTOS ONTROL URNÍSTIO. PLNOS IRTORS IS. PRLMNTO, USO OUPÇÃO O SOLO URNO. INR-STRUTUR SRVIÇOS URNOS. R URN NIONL. RGIÕS MTROPOLITNS, GLOMRÇÕS URNS MIRORRGIÕS. QUSTÃO HITIONL RSILIR. POLÍTI HITIONL. SSUNTOS RLTIVOS RQUITTUR ONSTRUÇÃO IVIL. IRITO URNÍSTIO. SNMNTO ÁSIO MINTL. STIMNTO ÁGU. SGOTOS SNITÁRIOS. RNGM URN. RSÍUOS SÓLIOS. POLÍTI SNMNTO ÁSIO MINTL.

13 SISTM NIONL S IVIL. POLÍTI OMT ÀS LMIS. MUNIÍPIOS: QUSTÕS TRRITORIIS, SOIOULTURIS, ONÔMIS, POLÍTIS MINISTRTIVS. RIÇÃO, ORGNIZÇÃO XTINÇÃO MUNIÍPIOS. UTONOMI SNVOLVIMNTO MUNIIPL. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. G ÁR XIV IRITO OMUNIÇÃO. MNISTÇÃO O PNSMNTO INORMÇÃO. HISTÓRI OS MIOS OMUNIÇÃO. PROPRI MPRS JORNLÍSTI RIOIUSÃO. RGULMNTÇÃO XRÍIO PROISSÃO JORNLIST. OMUNIÇÃO MSS. OPINIÃO PÚLI. PROPGN. PROPGN IS LOÓLIS, TO MIMNTOS. HISTÓRI S TLOMUNIÇÕS NO RSIL. ORGNIZÇÃO INSTITUIONL O STOR. POLÍTI TLOMUNIÇÕS. RGULÇÃO. PRIVTIZÇÃO. RGIM XPLORÇÃO OUTORG SRVIÇOS. ISLIZÇÃO. RGIM TRIÁRIO. QULI UNIVRSLIZÇÃO OS SRVIÇOS TLOMUNIÇÕS. TLOMUNIÇÕS MUNIIS ORGNISMOS INTRNIONIS. IRITO TLOMUNIÇÕS. NORMS OS SRVIÇOS TLOMUNIÇÕS XPLOROS M RGIM PÚLIO. POLÍTIS INUSTRIL PSQUIS SNVOLVIMNTO O STOR. HISTÓRIO RIOIUSÃO. SRVIÇOS RIOIUSÃO. PROGRMÇÃO S MISSORS RÁIO TLVISÃO. LSSIIÇÃO INITIV RSTRIÇÕS HORÁRIO ONTÚO. RIOIUSÃO UTIV. RIOIUSÃO OMUNITÁRI. POLÍTI RGIM JURÍIO RIOIUSÃO.

14 SRVIÇOS POSTIS TLGRMS. POLÍTI XPLORÇÃO OS SRVIÇOS. ORGNISMOS POSTIS INTRNIONIS. RGIM JURÍIO OS SRVIÇOS POSTIS TLGRÁIOS. POLÍTI INORMÁTI. HISTÓRIO INORMÁTI NO RSIL. INÚSTRI INORMÁTI. RGIM JURÍIO PROGRMS OMPUTOR. RS INORMÁTI. OMÉRIO LTRÔNIO. RIMS INORMÁTI. IÊNI TNOLOGI. PSQUIS ÁSI PLI. SISTM NIONL SNVOLVIMNTO INTÍIO TNOLÓGIO. PROGRMS ÇÕS GOVRNMNTIS M IÊNI TNOLOGI. UNOS STORIIS. INNTIVOS ISIS. UÇÃO RVOLUÇÃO TNOLÓGI. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. G ÁR XV UNMNTOS ILOSÓIOS HISTÓRIOS, NTROPOLÓGIOS, SOIOLÓGIOS IOPSIOLÓGIOS UÇÃO. UÇÃO, IÊNI ÉTI. UÇÃO INI. PSQUIS UIONL. PLNJMNTO UIONL, PLNOS UÇÃO. POLÍTIS UIONIS. UÇÃO IVRSI RGIONL ULTURL. UÇÃO TNIS. UÇÃO GÊNRO. STRUTUR UNIONMNTO UÇÃO NO RSIL. S GRNS RORMS O NSINO. NSINO PÚLIO NSINO PRIVO. SISTMS NSINO. ONSLHOS UÇÃO. UÇÃO ÁSI: INNTIL, UNMNTL MÉI. UÇÃO SUPRIOR. UNIVRSI INSTITUTOS PSQUIS: UTONOMI, PROUÇÃO IÊNI, ULTUR RT. NSINO XTNSÃO. MGISTÉRIO: ORMÇÃO, TULIZÇÃO, RRIR, RMUNRÇÃO. VLIÇÃO INSTITUIONL, PROGRMS NSINO. INNIMNTO UÇÃO. SLÁRIO-UÇÃO. RN MÍNIM SSOI À UÇÃO.

15 UÇÃO PROISSIONL. NSINO TÉNIO. UÇÃO JOVNS ULTOS. UÇÃO PORTORS NSSIS SPIIS. UÇÃO INÍGN. UÇÃO MINTL. UÇÃO INTÍI. UÇÃO RTÍSTI. UÇÃO ISTÂNI. UÇÃO ÍSI. SPORTO. SISTM SPORTIVO NIONL SU ORGNIZÇÃO. RLÇÕS TRLHO NO SPORTO PROISSIONL RSILIRO. JUSTIÇ IRITO SPORTIVOS. PTRIMÔNIO ULTURL. PTRIMÔNIO HISTÓRIO, PISGÍSTIO, RTÍSTIO, PLONTOLÓGIO, OLÓGIO INTÍIO. IVRSI RGIONL. PLURLI ÉTNI. INI ULTURL. POLÍTI ULTURL RSILIR. PTRIMÔNIO RQUIVÍSTIO NIONL. PROUÇÃO INTLTUL SU PROTÇÃO. TS OMMORTIVS, HOMNGNS ÍVIS. IÊNI TNOLOGI. PRINÍPIOS UNMNTOS POLÍTI INTÍI. PSQUIS ÁSI PLI. SISTM NIONL SNVOLVIMNTO INTÍIO TNOLÓGIO. POLÍTI INTÍI SNVOLVIMNTO SÓIO-ONÔMIO. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. G ÁR XVI ORGNIZÇÃO INSTITUIONL SÚ NO RSIL. SGURI SOIL: OJTIVOS, IRTRIZS INNIMNTO. VOLUÇÃO OS MOLOS TNÇÃO À SÚ NO RSIL. SISTM ÚNIO SÚ: ONPÇÃO, UNIVRSLI, ONTROL SOIL, INNIMNTO, SNTRLIZÇÃO. SÚ M NÍVL INTRNIONL. PLNJMNTO M SÚ. RURSOS HUMNOS M SÚ. OROS ONVNÇÕS INTRNIONIS. PROSSO SÚ-ONÇ. NÍVIS TNÇÃO À SÚ: PROMOÇÃO, PRVNÇÃO, TRTMNTO RILITÇÃO. IOSTTÍSTI. PRINIPIS USS MORTLI MORI NO RSIL. INÇÃO HOSPITLR. VIGILÂNI PIMIOLÓGI. SÚ MULHR RINÇ. GRNS

16 NMIS ONÇS INTO-ONTGIOSS. ONÇS RÔNIO- GNRTIVS. INTS VIOLÊNIS. SÚ NO TRLHO. ONÇS OUPIONIS. INTS TRLHO. SÚ INÍGN. NUTRIÇÃO. UÇÃO M SÚ. MIO MINT: SNMNTO ÁSIO, LIXO. VIGILÂNI SNITÁRI. SSISTÊNI RMÊUTI. INÚSTRI RMÊUTI. IMUNOIOLÓGIOS. SNGU HMORIVOS. RSÍUOS PRIGOSOS, PTNTS, RGULMNTO SNITÁRIO INTRNIONL. TOXIOLOGI LIMNTOS. ORGNIZÇÃO OS SRVIÇOS SSISTÊNI À SÚ: STOR PÚLIO, STOR PRIVO ILNTRÓPIO. NTIS SSISTNIIS. UTILI PÚLI. PLNOS SGUROS SÚ. SSISTÊNI GRUPOS SPÍIOS. SÚ MNTL. TGISMO. LOOLISMO. TOXIOMNIS RMOPNÊNI. PSIOTRÓPIOS NTORPNTS. ÉTI PROISSIONL. IOÉTI: PSQUISS, UGNI, ORTO, TRNSPLNTS. RGULMNTÇÃO XRÍIO S PROISSÕS RLIONS À SÚ. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. ÁR XVII SGURNÇ S INTRN. MIS S O STO S INSTITUIÇÕS MORÁTIS. SGURNÇ PÚLI SUS ÓRGÃOS INSTITUIONIS. POLÍI RL, MRÍTIM, ÉR RONTIRS, ROOVIÁRI, RROVIÁRI PORTUÁRI. RGIM JURÍIO OS SRVIORS POLIIIS IVIS. POLÍI IVIL, POLÍI MILITR ORPO OMIROS MILITR O ISTRITO RL OS TRRITÓRIOS. GURS MUNIIPIS. OROS INTRNIONIS SOR SGURNÇ PÚLI. SGURNÇ S XTRN. S TRRITORIL, ROSPIL MRÍTIM. SSUNTOS RRNTS ÀS ORÇS RMS UXILIRS: SPTOS INSTITUIONIS, ORGNIZIONIS UNIONIS. JUSTIÇ MILITR. MINISTÉRIO PÚLIO MILITR. NSINO MILITR. RGIM JURÍIO O MILITR OS X-OMTNTS. TIVOS. MTRIL ÉLIO. ONVOÇÃO MOILIZÇÃO S POLÍIS MILITRS OS ORPOS OMIROS

17 MILITRS. SRVIÇO MILITR PRSTÇÃO IVIL LTRNTIV. INTLIGÊNI ONTR-INTLIGÊNI. NROTRÁIO SU OMT. POLMOLOGI. TRRORISMO GURRILH. ONLITOS RGIONIS IX INTNSI. IRITO GURR NUTRLI. NVIO TROPS RSILIRS PR O XTRIOR. PRSNÇ TROPS STRNGIRS NO TRRITÓRIO NIONL. IXS RONTIR ÁRS INISPNSÁVIS À S NIONL. PSQUIS SNVOLVIMNTO. PROUÇÃO OMRILIZÇÃO MTRIL ÉLIO. OROS ORGNISMOS INTRNIONIS M SSUNTOS MILITRS. IRITO MRÍTIMO, RONÁUTIO SPIL. VIOLÊNI RIMINLI. ORGNIZÇÕS RIMINOSS. NROTRÁIO SU OMT. MÍLI LINQÜÊNI. SISTMS LGL, JUIIÁRIO POLIIL. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. ÁR XVIII IRITO INTRNIONL PÚLIO. HISTÓRI ONTS IRITO OS TRTOS. ORIGÇÕS OMPROMISSOS INTRNIONIS. OSTUM INTRNIONL. NTS IRITO INTRNIONL. STOS. ORGNIZÇÕS INTRNIONIS. PRSONLI INTRNIONL. IRITO O MR. IRITO INTRNIONL NVGÇÃO MRÍTIM NVGÇÃO ÉR. IRITO INTRNIONL MINTL. PROTÇÃO INTRNIONL OS IRITOS HUMNOS. IRITO INTRNIONL O TRLHO. IRITO ONÔMIO INTRNIONL. IRITO INTGRÇÃO. IRITO O MROSUL. IRITO OMUNITÁRIO. ORNMNTO JURÍIO INTRNIONL. IRITOS TRRITORIIS JURISIÇÃO. SNÇÕS NO IRITO INTRNIONL PÚLIO. ONLITOS INTRNIONIS. SGURNÇ OLTIV MNUTNÇÃO PZ. IRITO GURR NUTRLI. SRVIÇO IPLOMÁTIO ONSULR. NIONLI, NTURLIZÇÃO. RGIM JURÍIO O STRNGIRO. TORI S RLÇÕS INTRNIONIS. RLÇÕS INTRNIONIS ONTMPORÂNS. ORGNIZÇÕS NÃO-GOVRNMNTIS. INTGRÇÃO

18 RGIONL. GLOLIZÇÃO. LOOS ONÔMIOS. POLÍTI XTRN RSILIR. GOPOLÍTI MUNIL. ONOMI INTRNIONL. TORIS O SNVOLVIMNTO. RLÇÕS ONÔMIS INTRNIONIS. LNÇO PGMNTOS. OMÉRIO INTRNIONL. TORI S VNTGNS OMPRTIVS. ORGNIZÇÃO MUNIL OMÉRIO. MOVIMNTOS INTRNIONIS PITIS. ORPORÇÕS TRNSNIONIS. ORGNISMOS INTRNIONIS NTURZ ONÔMI. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. ÁR XIX IÊNI POLÍTI. TORI POLÍTI. TORI MORI. RGIMS POLÍTIOS. SISTMS ORMS GOVRNO. RPRSNTÇÃO POLÍTI. PORS RLÇÕS NTR PORS: XUTIVO, LGISLTIVO JUIIÁRIO. SISTMS LITORIS. TORI OS PRTIOS POLÍTIOS. SISTMS PRTIÁRIOS. LGISLÇÃO LITORL PRTIÁRI. IOLOGI. TORI S RLÇÕS INTRNIONIS. RLÇÕS INTRNIONIS ONTMPORÂNS. INTGRÇÃO RGIONL. LOOS ONÔMIOS. POLÍTI XTRN. GOPOLÍTI MUNIL. SOI ÇÃO OLTIV. PRÕS ONLITO NGOIÇÃO INTRSSS. ORM SOIL. SOI STO. POLÍTIS PÚLIS, URORI LINTLS. MOILI SOIL, PROSSO MIGRTÓRIO, UÇÃO, MRO TRLHO. ULTUR MSS, INTIS MINORITÁRIS. POLÍTIS IRMTIVS, RÇ GÊNRO. ORGNIZÇÃO INTRSSS MINORITÁRIOS RPRSNTTIVI. VIOLÊNI, RIMINLI, ORGNIZÇÕS RIMINOSS, MÍLI LINQÜÊNI. SISTMS LGL, JUIIÁRIO POLIIL O ONTROL SOIL. SIGUL: IMNSÕS SOIIS, SPIIS POLÍTIS ONNTRÇÃO RN. PORZ INI.

19 UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. ÁR XX RÇÃO PRLMNTR. ISURSO PRLMNTR. OMUNIÇÃO XPRSSÃO M LÍNGU PORTUGUS. GRMÁTI: ONÉTI, MOROLOGI SINTX. STILÍSTI. UNMNTOS LINGÜÍSTI. UNMNTOS RTÓRI. INTRPRTÇÃO RSUMO TXTOS. ONVNÇÕS INTRNIONIS LGISLÇÃO SOR S SS ORTOGRÁIS LÍNGU PORTUGUS. ONHIMNTOS GRIS RLIONOS À VI SOIL, ONÔMI POLÍTI O RSIL. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO. ÁR XXI SGURI SOIL. VOLUÇÃO ORGNIZÇÃO INSTITUIONL PRVIÊNI SOIL. PRVIÊNI SOIL URN RURL. RGIM GRL PRVIÊNI SOIL. PLNOS USTIO NÍIOS PRVIÊNI SOIL. RGIMS SPIIS. ONVNÇÕS INTRNIONIS. PROSSO MINISTRTIVO PRVINIÁRIO. SGURI SOIL O SRVIOR PÚLIO. PRVIÊNI ONGRSSUL. IRITO INTÁRIO. INT O TRLHO.

20 PRVIÊNI PRIV. UNOS PNSÃO. SSISTÊNI SOIL. NÍIOS SRVIÇOS. NTIS ILNTRÓPIS. LRÇÃO UTILI PÚLI. STTUTO RINÇ O OLSNT. POLÍTI O IOSO. POIO ÀS PSSOS PORTORS NSSIS SPIIS. UNMNTOS IRITO ONSTITUIONL POSITIVO RSILIRO.

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M -FUL IPIRNG OS XTRÍOS M //0 08:: Turma PLPN Semestre 0 ONSTRUÇÃO INST. VLIÇÃO PRNIZGM-60H T 9. ONST INST. VL PRNIZGM T 9. ONST INST. VL PRNIZGM T 9. ONST INST. VL PRNIZGM T 9. ONST INST.

Leia mais

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M -FUL IPIRNG OS XTRÍOS M //0 08:: Turma LGN 0 Semestre 0 IÊNI TNOLOGI MIO MINT QULI VI-60H IÊNI TN MIO M QULI VI IÊNI TN MIO M QULI VI IÊNI TN MIO M QULI VI IÊNI TN MIO M QULI VI IÊNI TN

Leia mais

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M -FUL IPIRNG OS XTRÍOS M //0 :9:7 Turma LN 0 Semestre 0 URRÍULO SOLR IVRSI ULTURL T. URRIULO SOLR IVRSI ULTURL URRIULO SOLR IVRSI ULTURL URRIULO SOLR IVRSI ULTURL URRIULO SOLR IVRSI ULTURL

Leia mais

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M FULS INTGRS IPIRNG OS XTRÍOS M //0 6:9:0 Turma TLGN Semestre 0 MINISTRO SISTMS INFORMO- 60 MINISTRO SISTMS INFORMO MINISTRO SISTMS INFORMO T 7. MINISTRO SISTMS INFORMO MINISTRO SISTMS INFORMO

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS 1º SEMESTRE DE 2015. 1.º PERÍODO TURMAS A e C: SALA 1401 TURMAS B e D: SALA 1402

HORÁRIO DE AULAS 1º SEMESTRE DE 2015. 1.º PERÍODO TURMAS A e C: SALA 1401 TURMAS B e D: SALA 1402 HORÁRIO E ULS 1º SEMESTRE E 2015 1.º PERÍOO TURMS e : SL 1401 TURMS e : SL 1402 ISIPLIN INTROUÇÃO À IÊNI O IREITO IT 038 HISTÓRI O IREITO IT 039 NTROPOLOGI JURÍI IT 040 TEORI O ESTO I IP 039 EONOMI I EN

Leia mais

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M FULS INTGRS IPIRNG OS XTRÍOS M /06/0 7:6: Turma MKN0 Semestre 0 MINISTRO SISTMS INFORMO - 60H MINISTRçãO SISTM INFORMçãO MINISTRçãO SISTM INFORMçãO MINISTRçãO SISTM INFORMçãO MINISTRçãO

Leia mais

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M -FUL IPIRNG OS XTRÍOS M //0 0::0 Turma JORN 09 Semestre 0 ONOMI POLITI II ONOMI POLITI II ONOMI POLITI II T 7. ONOMI POLITI II ONOMI POLITI II ONOMI POLITI II SOIOLOGI PLI À OMUNIÇÃO SOIOLOGI

Leia mais

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M -FUL IPIRNG OS XTRÍOS M 9/06/0 0:0:0 Turma TURN 08 Semestre 0 MINISTRÇÃO PLI O TURISMO T.6 MINISTRÇÃO PLI O TURISMO T.6 MINISTRÇÃO PLI O TURISMO T.6 MINISTRÇÃO PLI O TURISMO T.6 MINISTRÇÃO

Leia mais

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M -FUL IPIRNG OS XTRÍOS M //0 08:: Turma PLPN 6 Semestre 0 RINÇ, RT O LÚIO-80H T. RINÇ RT O LÚIO T. RINÇ RT O LÚIO T. RINÇ RT O LÚIO T. RINÇ RT O LÚIO T. RINÇ RT O LÚIO GSTÃO SOLR PRÁTI PGÓGI

Leia mais

HORÁRIO AVF ENFERMAGEM. TURMA: E MANHÃ (1º Semestre)

HORÁRIO AVF ENFERMAGEM. TURMA: E MANHÃ (1º Semestre) VF TURM: 113-1 114-1 MNHÃ (1º Semestre) QURT 01/01/2015 QUINT SXT 07:30 08:20 IOQUÍMI MRIOLOGI IOFÍSI SGUN INFORMÁTI 08:20 09:10 IOQUÍMI MRIOLOGI 09:10 10:00 IOFÍSI INFORMÁTI 10:15 11:05 11:05 11:55 F

Leia mais

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M FULS INTGRS IPIRNG OS XTRÍOS M //0 6:9:0 Turma SPN Semestre 0 MINISTRO RURSOS HUMNOS M SGURN-80 MINISTRO RUR HUMN M SGURNÇ MINISTRO RUR HUMN M SGURNÇ MINISTRO RUR HUMN M SGURNÇ T 7. MINISTRO

Leia mais

HORÁRIO 2ª CHAMADA ENFERMAGEM. TURMA: E MANHÃ (2º Semestre)

HORÁRIO 2ª CHAMADA ENFERMAGEM. TURMA: E MANHÃ (2º Semestre) 2ª HM TURM: 113-2 114-2 MNHÃ (2º Semestre) QURT QUINT SXT 07:30 08:20 08:20 09:10 PROUÇÃO INTRPRTÇÃO TXTUL PROUÇÃO INTRPRTÇÃO TXTUL IMUNOLOGI IMUNOLOGI URGÊNI M SÚ (T) URGÊNI M SÚ (T) 09:10 10:00 MIROIOLOGI

Leia mais

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M -FUL IPIRNG OS XTRÍOS M /06/0 ::8 Turma LMN 0 Semestre 0 FUNMNTOS MNIOS TÉRMIOS ONULTÓRIOS-60H T 0. FUNMNTOS MN TRM ONULTóRIOS FUNMNTOS MN TRM ONULTóRIOS FUNMNTOS MN TRM ONULTóRIOS T 0.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, ATUÁRIA, CONTABILIDADE E SECRETARIADO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, ATUÁRIA, CONTABILIDADE E SECRETARIADO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, ATUÁRIA, CONTABILIDADE E SECRETARIADO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Orçmnto Emprsri Copyrit Prir, F. I. Pro. Isiro MINI CASE # 12

Leia mais

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M FULS INTGRS IPIRNG OS XTRÍOS M /06/0 6:8:8 Turma SN Semestre 0 SNVOLVIMNTO W-0H SNVOLVIMNTO W SNVOLVIMNTO W SNVOLVIMNTO W SNVOLVIMNTO W SNVOLVIMNTO W SISTMS POIO TOM ISO SISTMS POIO TOM

Leia mais

COMPASSO Consultoria Multidisciplinar em Políticas Sociais CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2009 - MODALIDADE - EMPREGO PÚBLICO

COMPASSO Consultoria Multidisciplinar em Políticas Sociais CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2009 - MODALIDADE - EMPREGO PÚBLICO CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2009 - MODALIDADE - EMPREGO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE GASPAR-SC Srtri Muniipl Sú PROVA Crgo: AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS LIMPEZA PROCESSO DE SELEÇÃO PÚBLICA PARA AUXILIAR

Leia mais

V CONGRESSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO VALE DO SÃO FRANCISCO - CEFIVASF

V CONGRESSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO VALE DO SÃO FRANCISCO - CEFIVASF 1 V ONGRSSO UÇÃO ÍSI O VL O SÃO RNISO - IVS Relação geral de trabalhos aprovados no V IVS 2015 1º UTOR TÍTULO O TRLHO ormato ata/horário LOL lison lves de morim lison Oliveira da na arolina Mariano Rocha

Leia mais

http://www.comprasnet.gov.br/legislacao/legislacaodetalhe.asp?ctdcod=411

http://www.comprasnet.gov.br/legislacao/legislacaodetalhe.asp?ctdcod=411 OMPRSNT - LGISLÇÃO http://www.comprasnet.gov.br/legislacao/legislacaoetalhe.asp?ctdod=411 Page 1 of 9 PORTRIS PORTRI Nº 7, 9 MRÇO 2011. ltera o anexo III da Instrução Normativa nº 02/2008, de 30 de abril

Leia mais

Calendário de Treinamentos 2014 Academia Grundfos. Bem-vindos a Academia Grundfos

Calendário de Treinamentos 2014 Academia Grundfos. Bem-vindos a Academia Grundfos Clnário Trinmntos 24 Acmi Grunfos Bm-vinos Acmi Grunfos Grunfos Brsil Acmi Grunfos Clnário 24 1 2008 2006 7 200 i m c A s r o t u r t s n I p i Equ 2004 Ds 2004 Acmi Grunfos nftiz importânci qu tribuimos

Leia mais

PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS. Discriminação dos Serviços (dados referentes à contratação)

PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS. Discriminação dos Serviços (dados referentes à contratação) Nº O ITM LIITÇÃO INR - ONORRÊNI Nº 01/2008 NOM O NÚLO OPRIONL PLNILH USTOS ORMÇÃO PRÇOS iscriminação dos Serviços (dados referentes à contratação) Tipo Serviço Unidade Medida Nº de amílias Quantidade (total)

Leia mais

XIX CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 27 de setembro a 01 de outubro de 2010

XIX CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 27 de setembro a 01 de outubro de 2010 27 stmro 01 outuro 2010 ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS DA ÁGUA CONSUMIDA PELA POPULAÇÃO DA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO VERMELHO-MG GABRIELA LÚCIA PINHEIRO 1, CELSO RICARDO CARVALHO 2 ; LÍVIA BOTELHO

Leia mais

NESS-A TOUCH SCREEN 7" C/ MODEM

NESS-A TOUCH SCREEN 7 C/ MODEM 6 7 8 9 0 QUIPMNTOS ONTROLOS OMPRSSOR LTRNTIVO // LTRÇÃO LYOUT-IM MUTI PR SOPOST OTÃO MRÊNI LLN9 0 07/0/ LTRÇÃO O MOM O LYOUT LOUV 7 0 06// INLUSÃO O ORINTTIVO O LÇO OMUNIÇÃO IO V. 00 8/0/ INIIL TOS R.

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Propost Plno Crrir pr os Srviors o Por Juiiário União ANATA Assoição Nionl os Anlists, Ténios Auxilirs o Por Juiiário Ministério Púlio União Li nº, 0 Institui o Plno Crrir os srviors o Por Juiiário União

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA HORÁRIO AV2 2015.1 1ª SEMANA 1 SEMESTRE SALA 01 TURMA: EDF315-1 ANATOMIA HUMANA P PRÁTICA/LABORATÓRIO P PRÁTICA/LABORATÓRIO

EDUCAÇÃO FÍSICA HORÁRIO AV2 2015.1 1ª SEMANA 1 SEMESTRE SALA 01 TURMA: EDF315-1 ANATOMIA HUMANA P PRÁTICA/LABORATÓRIO P PRÁTICA/LABORATÓRIO 1ª SMN 1 SMSTR SL 01 TURM: F315-1 SGUN 08/06 NTOMI UMN T TORI TRÇ 09/06 10/06 NTOMI UMN P PRÁTI/LORTÓRIO 11/06 PSIOLOGI 12/06 SPORT LZR SOI 13/06 NTOMI UMN T TORI NTOMI UMN P PRÁTI/LORTÓRIO PSIOLOGI SPORT

Leia mais

Funções do Corpo. 1 Funções da Pele e Estruturas Relacionadas. a b c d e f g h i j

Funções do Corpo. 1 Funções da Pele e Estruturas Relacionadas. a b c d e f g h i j Funçõs o Corpo Pr itos risto os proutos poio n BDR/SAPA, o CRTIC Guimrãs soliit qu iniqu qul unção o orpo m qu o luno prsnt mior inpi/limitção. Assinl pns mis prominnt iniqu o rsptivo quntiior. 1 Funçõs

Leia mais

ADESIVO PARAFUSO TRANSPORTE 2 7

ADESIVO PARAFUSO TRANSPORTE 2 7 9 0 Nº O ITM Nº PÇ QT. 0.00. - STRUTUR RVISÃO 0 0 N.. LOLIZÇÃO SRIÇÃO - RTIR O ONJUNTO MORTOR RONTL 0 T SOLIITO POR MOIIO POR 9/0/0 GUILHRM RNNO - SI 0.00.(x) / NTR 0.00.(x) 09/0/0 RNNO RNNO 0.00. - RLO

Leia mais

DIAGRAMA DE INTERLIGAÇÃO DE AUTOMAÇÃO EXXA -SL

DIAGRAMA DE INTERLIGAÇÃO DE AUTOMAÇÃO EXXA -SL 3 4 7 8 9 0 QUIPMNTOS ONTROLOS XX SL (L44) - RJ4- /SNSORS - IM SOPOR 30.400.83.7 XX SL (L44) - RJ4- /SNSORS - IM MUTIR 30.400.84. IRM INTRLIÇÃO UTOMÇÃO XX -SL 3 0// INTIIÇÃO OS SNSORS UMI PRSSÃO /03/4

Leia mais

XXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXX. GRAMADO 6 Área:7.56 m². GRAMADO 5 Área:7.56 m². GRAMADO 3 Área:15.59 m². GRAMADO 4 Área:30.35 m²

XXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXX. GRAMADO 6 Área:7.56 m². GRAMADO 5 Área:7.56 m². GRAMADO 3 Área:15.59 m². GRAMADO 4 Área:30.35 m² muro h:,m entral de gás entral de gás xp5kg xp5kg 65 h:,m h:,m 65 muro h:,m muro h:,m +55 m + m +55 m GRMO 5 Área: m² +55 m + m muro h:,m + m +55 m GRMO 6 Área: m² muro h:,m XX XX proj térreosuperior proj

Leia mais

ÍNDICE PREFÁCIO 9 O GREGO 9 FONÉTICA 11 MORFOLOGIA 23 PARTE PARTE CAPÍTULO I 25 ARTIGO CAPÍTULO II 26 SUBSTANTIVOS. QUADRO GERAL DAS DESINÊNCIAS

ÍNDICE PREFÁCIO 9 O GREGO 9 FONÉTICA 11 MORFOLOGIA 23 PARTE PARTE CAPÍTULO I 25 ARTIGO CAPÍTULO II 26 SUBSTANTIVOS. QUADRO GERAL DAS DESINÊNCIAS ÍNI 1 PRT 2 PRT PRÁIO 9 O GRGO 9 ONÉTI 11 LTO GRGO PRONÚNI TRIIONL... 12 SONS LÍNGU GRG... 13 ONSONTS QU POM INLIZR PLVRS... 13 MOIIÇÕS ONÉTIS... 14 1. SÍLS... 15 2. ONTRÇÃO... 16 3. RS... 16 4. LISÃO...

Leia mais

Biologia Filosofia Física Geografia História Língua Portuguesa Literatura Brasileira Matemática Química. Prova Seletiva.

Biologia Filosofia Física Geografia História Língua Portuguesa Literatura Brasileira Matemática Química. Prova Seletiva. 3 Biologi Filosofi Físi Gogrfi Históri Língu Portugus Litrtur Brsilir Mtmáti Quími Prov Sltiv Insrição nº: Qustão 01 No omço o séulo XX, os Estos Unios Améri stnrm su ár influêni pr s Améris Cntrl o Sul,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO ANEXO IV PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO ANEXO IV PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS SRVIÇO PÚLIO RL MINISTÉRIO O MIO MINT SRVIÇO LORSTL RSILIRO NXO IV PLNILH USTOS ORMÇÃO PRÇOS Processo nº: 02209.007906/2011-13 Objeto: ontratação de pessoa jurídica especializada em: Item 01 apacitação

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BARRETOS Secretaria Municipal de Educação Processo Seletivo - Edital 002/2014 - GABARITO OFICIAL (27/01/2015)

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BARRETOS Secretaria Municipal de Educação Processo Seletivo - Edital 002/2014 - GABARITO OFICIAL (27/01/2015) PRFITUR O MUNIÍPIO RRTOS Secretaria Municipal de ducação Processo Seletivo - dital 0/24 - GRITO OFIIL (//25) F39 RIL F8 F5 onhecimentos IÊNIS/L. IÊNIS onhecimentos UOR INFNTIL OLSNT onhecimentos Pagina:

Leia mais

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M FULS INTGRS IPIRNG OS XTRÍOS M //0 :0: Turma GN Semestre 0 STTI OMUNIO-60 STTI OMUNIÇÃO STTI OMUNIÇÃO T. STTI OMUNIÇÃO STTI OMUNIÇÃO STTI OMUNIÇÃO PROSSO PROUÇÃO GRFI PROSSO PROUÇÃO GRFI

Leia mais

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante INTRODUÇÃO II - DO OBJETO E DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS III - DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA IV - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO V - DO RECEBIMENTO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOST VI - ABERTURA DOS ENVELOPES VII - DA DOCUMENTAÇÃO

Leia mais

Plugues e Tomadas Industriais

Plugues e Tomadas Industriais Plugues e Toms Inustriis Linh Inustril Instlções mis onfiáveis e segurs. CARACTERÍSTICAS GERAIS A Linh e Plugs e Toms Inustriis Soprno é ini pr onexão e iversos equipmentos, em mientes sujeitos pó, águ,

Leia mais

Anexo IV Estrutura societária. Estrutura societária vigente

Anexo IV Estrutura societária. Estrutura societária vigente tdt ntrg o Anxo: (Pr uso o BNA) Bno Nionl Angol Prtiipçõs Anxo IV Estrutur soitári Estrutur soitári vignt D orm rir o umprimnto os rquisitos lgis stlios n Li s Instituiçõs Finnirs, nos trmos o Aviso nº

Leia mais

Biologia Filosofia. Física Geografia História Língua Portuguesa. Literatura Brasileira Matemática Química

Biologia Filosofia. Física Geografia História Língua Portuguesa. Literatura Brasileira Matemática Química 3 Biologi Filosofi Físi Gogrfi Históri Língu Portugus Litrtur Brsilir Mtmáti Quími Insrição nº: Pr rsponr às qustõs 01 02, li o txto sguir. Um rvolução m ino minutos 1 5 10 15 20 25 Usr tnologi pr onstruir

Leia mais

8/8 6/8 5/8 4/8 3/8 2/8 1/8 LAY-OUT DO QUADRO FOLHA 2 LAY-OUT DO QUADRO FOLHA 1 MOTIVO ÉRITON S. VER.

8/8 6/8 5/8 4/8 3/8 2/8 1/8 LAY-OUT DO QUADRO FOLHA 2 LAY-OUT DO QUADRO FOLHA 1 MOTIVO ÉRITON S. VER. 3 4 6 7 8 9 ÁR S MÁQUIN QUIPMNTOS ONTROLOS STÁIOS À 8/8 NOTS, LN OS NOMNLTURS 7/8 LIST PRIÉRIOS 3 7/04/ LTRÇÃO OS USÍVIS, NOTS, LNS OS LIST MTRIIS TOS 77 6/8 /8 4/8 LIST MTRIIS IRM INTRLIÇÕS O MÓULO M-0.

Leia mais

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M -FUL IPIRNG OS XTRÍOS M 9/06/0 0:0:0 Turma TNG 08 Semestre 0 MINISTRÇÃO SISTMS INFORMÇÃO MINISTRçãO SISTMS INFORMçãO T.6 MINISTRçãO SISTMS INFORMçãO MINISTRçãO SISTMS INFORMçãO MINISTRçãO

Leia mais

TOTAL PONTOS Nome: Data: / Hora: h m às h m Resolva os problemas e assinale a alternativa correspondente:

TOTAL PONTOS Nome: Data: / Hora: h m às h m Resolva os problemas e assinale a alternativa correspondente: TEMPO TOTAL APLICADO: h m TOTAL PONTOS TURMA Nom: Dt: / Hor: h m às h m Toos os iritos rsrvos. Proii rproução totl ou pril sts págins sm utorizção CTA Eltrôni Rsolv os prolms ssinl ltrntiv orrsponnt: 01)

Leia mais

Treino de Liderança Saúde Quatro Disciplinas Essenciais Perguntas de Avaliação

Treino de Liderança Saúde Quatro Disciplinas Essenciais Perguntas de Avaliação Trino Lirnç Sú Qutro Disiplins Essniis Prgunts Avlição Romnmos qu voê srv sus rsposts m um pço ppl pr qu voê poss pssr sus olgs trlho migos st urso. MÓDULO 1: INTRODUÇÃO 1. Qul os sguints são ojtivos prinipis

Leia mais

ANEXO VI AO TERMO DE REFERÊNCIA PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS - ANALÍTICA

ANEXO VI AO TERMO DE REFERÊNCIA PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS - ANALÍTICA NXO VI O TRMO RRÊNI PLNILH USTOS ORMÇÃO PRÇOS - NLÍTI NXO VI - PLNILH USTOS ORMÇÃO PRÇOS (NLÍTI - MÃO OR) MÃO--OR VINUL À XUÇÃO ONTRTUL Nº do processo: Licitação nº: Regime de Tributação: SIMPLS ( ) PRSUMIO

Leia mais

PRÊMIO ARQUITETO DO AMANHÃ IAB RJ / 2008

PRÊMIO ARQUITETO DO AMANHÃ IAB RJ / 2008 PRÊMIO ARQUITETO DO AMANHÃ IAB RJ / 2008 EDITAL INTRODUÇÃO A prtir 2009, o IAB RJ pssrá onsirr o onito Dsnvolvimnto Sustntili, omo orgm romnávl n proução o rquitto, o urnist o stunt sts árs, ontmplno s

Leia mais

TABELA DE CLASSIFICAÇÃO DOS RISCOS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE RONDÔNIA - CBMRO.

TABELA DE CLASSIFICAÇÃO DOS RISCOS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE RONDÔNIA - CBMRO. ESTDO DE RONDÔNI SERETRI D SEGURNÇ, DEFES E IDDNI ORPO DE OMEIROS MILITR DIRETORI DE SERVIÇOS TÉNIOS TEL DE LSSIFIÇÃO DOS RISOS DO ORPO DE OMEIROS MILITR DO ESTDO DE RONDÔNI - MRO. PR SE HEGR O RISO DE

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA HORÁRIO SEMESTRE SALA 01 TURMA: EDF SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA SÁB ANATOMIA HUMANA PRÁTICA ANATOMIA HUMANA

EDUCAÇÃO FÍSICA HORÁRIO SEMESTRE SALA 01 TURMA: EDF SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA SÁB ANATOMIA HUMANA PRÁTICA ANATOMIA HUMANA 1 SMSTR SL 01 TURM: F 318-1 H SGUN TRÇ QURT QUINT SXT SÁ NTOMI HUMN TORI NTOMI HUMN TORI NTOMI HUMN TORI SPÉ. HIST. SOIIS UÇÃO SPÉ. HIST. SOIIS UÇÃO SPÉ. HIST. SOIIS UÇÃO NTOMI HUMN NTOMI HUMN PSIOLOGI

Leia mais

TABELA DE PREÇOS E OPÇÕES - ANEXO 1

TABELA DE PREÇOS E OPÇÕES - ANEXO 1 ONTRTO PRSTÇÃO SRVÇOS PN Pendências inanceiras UN TL PRÇOS OPÇÕS NXO 1 ste anexo é parte integrante do contrato assinado entre a ONTRT e a ONTRTNT, referente à prestação de serviço do PN e será de uso

Leia mais

Art. 2º - Constituem grupos da Matriz de Classificação, de que trata o caput deste artigo:

Art. 2º - Constituem grupos da Matriz de Classificação, de que trata o caput deste artigo: DECRETO DISTRITAL Nº 063/2012 Dispõ sobr clssificção ds hospdris domicilirs do Distrito Estdul d Frnndo d Noronh dá outrs providêncis. O Administrdor Grl do Distrito Estdul d Frnndo d Noronh, no uso ds

Leia mais

Projeto de extensão Judô Escolar certifica alunos da Escola de Ensino Básico Professor Mota Pires

Projeto de extensão Judô Escolar certifica alunos da Escola de Ensino Básico Professor Mota Pires Projto xtnsão Judô Escolr crtific lunos d Escol Ensino Básico Profssor Mot Pirs No di 7 julho 2015 form crtificdos os lunos d Escol Ensino Básico Profssor Mot Pirs, Arrnguá, qu prticiprm do curso Judô

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: CE000313/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 07/03/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR011016/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46205.003892/2013-28

Leia mais

IMPACTO DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO P PARA OS PROFISSIONAIS E OS SISTEMAS CONTÁBEIS NBC TSP 16 de 01 a 10

IMPACTO DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO P PARA OS PROFISSIONAIS E OS SISTEMAS CONTÁBEIS NBC TSP 16 de 01 a 10 IMPACTO DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO P PARA OS PROFISSIONAIS E OS SISTEMAS CONTÁBEIS NBC TSP 16 d 01 10 PALESTRANTE: Domingos Poubl d Cstro Rio d Jniro, 28 d gosto

Leia mais

ALTERAÇÃO Nº 8 tudo até 31 de Agosto de 2007. Diplomas alterados

ALTERAÇÃO Nº 8 tudo até 31 de Agosto de 2007. Diplomas alterados ALTERAÇÃO Nº 8 tudo até 31 d Agosto d 2007 Diplomas altrados CAPÍTULO I Disposiçõs grais Administração local autárquica (A) Municípios Frgusias Dcrto-Li n.º 17/2007, d 22 d Janiro, qu criou o rgim xcpcional

Leia mais

Fontes Bibliográficas. Estruturas de Dados Aula 15: Árvores. Introdução. Definição Recursiva de Árvore

Fontes Bibliográficas. Estruturas de Dados Aula 15: Árvores. Introdução. Definição Recursiva de Árvore Fonts Biliográis Estruturs Dos Aul 15: Árvors 24/05/2009 Livros: Introução Estruturs Dos (Cls, Crquir Rngl): Cpítulo 13; Projto Algoritmos (Nivio Zivini): Cpítulo 5; Estruturs Dos sus Algoritmos (Szwritr,

Leia mais

PLANO DE CARREIRAS E CARGOS DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, PRODUÇÃO E INOVAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA DA FIOCRUZ TABELAS DE VENCIMENTO BÁSICO

PLANO DE CARREIRAS E CARGOS DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, PRODUÇÃO E INOVAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA DA FIOCRUZ TABELAS DE VENCIMENTO BÁSICO NEXO XLI (nexo IX- à Lei n o 11.355, de 19 de outubro de 2006) PLNO DE RREIRS E RGOS DE IÊNI, TENOLOGI, PRODUÇÃO E INOVÇÃO EM SÚDE PÚLI D FIORUZ TELS DE VENIMENTO ÁSIO a) Vencimento ásico do cargo de Pesquisador

Leia mais

CATÁLOGO DE PEÇAS COLHEDORA DE CAPIM. Rev /01

CATÁLOGO DE PEÇAS COLHEDORA DE CAPIM. Rev /01 TÁLOO PÇS Rev. 0.0/0 OLOR PIM N 00 Implementos Netz Ltda. one: () -7 / -00 ndereço: RS, KM, - ao lado da O do rasil Santa Rosa - RS ÍNI N00 (VISÃO RL OLOR PIM) 0 N00 (LIST PÇS OLOR PIM) 0 N0 (J MT I) 0

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS 2º SEMESTRE DE 2016 1.º PERÍODO 2016/1 2º PERÍODO

HORÁRIO DE AULAS 2º SEMESTRE DE 2016 1.º PERÍODO 2016/1 2º PERÍODO HORÁRIO E ULS 2º SEMESTRE E 2016 1.º PERÍOO ISIPLIN INTROUÇÃO À IÊNI O IREITO IT 038 HISTÓRI O IREITO IT 039 NTROPOLOGI JURÍI IT 040 TEORI O ESTO I IP 039 EONOMI I EN 101 INTROUÇÃO À FILOSOFI: ÉTI FIL

Leia mais

E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L

E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L H I N O O F I C I A L J a y m e d e A l t a v i l a I A o r e m o! Po i s n o s s o n o r t e D e g l ó r i a s t r a ç a d o e s t á. F a ç

Leia mais

IFC Câmpus Santa Rosa do Sul capacita 18 profissionais locais para elaboração do Cadastro Ambiental Rural CAR

IFC Câmpus Santa Rosa do Sul capacita 18 profissionais locais para elaboração do Cadastro Ambiental Rural CAR IFC Câmpus Snt Ros do Sul cpcit 18 profissionis locis pr lborção do Cstro Ambintl Rurl CAR No di 10 bril 2015, no Cntro Trinmnto Arrnguá (CETRAR), foi rlizdo um curso cpcitção profissionis rgião pr lborção

Leia mais

TOTAL PONTOS Nome: Data: / Hora: h m às h m Resolva os problemas e assinale a alternativa correspondente:

TOTAL PONTOS Nome: Data: / Hora: h m às h m Resolva os problemas e assinale a alternativa correspondente: TEMPO TOTAL APLICADO: h m www.tltroni.om.r TOTAL PONTOS TURMA Nom: Dt: / Hor: h m às h m Toos os iritos rsrvos. Proii rproução totl ou pril sts págins sm utorizção CTA Eltrôni Rsolv os prolms ssinl ltrntiv

Leia mais

K

K G U R I L U X G U R I L U X GURILUX tm por ojtivo prouzir o mlor sistm iluminção, om o máximo rnimnto luminoténio, mínimo onsumo nri létri, sin morno onorto visul. trvés onstnts psquiss, nniros ténios

Leia mais

1ª eliminatória 2012. Ex.: A B C D E

1ª eliminatória 2012. Ex.: A B C D E 1ª limintóri 2012 Est tst é onstituío por 30 qustõs qu orm ivrss tmátis Biologi. Li s qustõs tntmnt slion opção orrt unimnt n Folh Rsposts, mrno- om um X no quro rsptivo. O tst tm urção máxim 90 minutos.

Leia mais

Prova objetiva do processo seletivo 2015 do Programa de Pós-Graduação em Qualidade Ambiental Mestrado Acadêmico em Meio Ambiente e Qualidade Ambiental

Prova objetiva do processo seletivo 2015 do Programa de Pós-Graduação em Qualidade Ambiental Mestrado Acadêmico em Meio Ambiente e Qualidade Ambiental Uivrsi Frl Urlâi Istituto Ciêis Agráris Progrm Pós-Grução m Quli Amitl Mstro m Mio Amit Quli Amitl Prov ojtiv o prosso sltivo 2015 o Progrm Pós-Grução m Quli Amitl Mstro Aêmio m Mio Amit Quli Amitl Prov

Leia mais

Cobertura Questões Chaves

Cobertura Questões Chaves www.fgv.br/p/trtbril1 Sítio n Intrnt www.fgv.br/p/trtbril2 www.fgv.br/p/trtbril5 http://www.fgv.br/p/trtbril4/ www.fgv.br/p/trtbril3 www.fgv.br/p/trtbril4 Cobrtur Qutõ Chv O Bril tá umprino mt o Milênio

Leia mais

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M FULS INTGRS IPIRNG OS XTRÍOS M /06/0 0:6:8 Turma RN09 Semestre 0 T. MMOGRFI MMOGRFI MMOGRFI MMOGRFI T. MMOGRFI MMOGRFI - 60 T. RIOTRPI RIOTRPI RIOTRPI RIOTRPI T. RIOTRPI RSSONNI MGNTI -

Leia mais

TOTAL PONTOS Nome: Data: / Hora: h m às h m Resolva os problemas e assinale a alternativa correspondente:

TOTAL PONTOS Nome: Data: / Hora: h m às h m Resolva os problemas e assinale a alternativa correspondente: ELETRÔNICA TEMPO TOTAL APLICADO: h m www.tltroni.om.r TOTAL PONTOS TURMA Nom: Dt: / Hor: h m às h m Rsolv os prolms ssinl ltrntiv orrsponnt: Toos os iritos rsrvos. Proii rproução totl ou pril sts págins

Leia mais

DIRETORIA DE PESQUISAS - DPE COORDENAÇÃO DE CONTAS NACIONAIS CONAC. Sistema de Contas Nacionais - Brasil Referência 2000. Nota Metodológica nº 13

DIRETORIA DE PESQUISAS - DPE COORDENAÇÃO DE CONTAS NACIONAIS CONAC. Sistema de Contas Nacionais - Brasil Referência 2000. Nota Metodológica nº 13 DIRETORIA DE PESQUISAS - DPE COORDENAÇÃO DE CONTAS NACIONAIS CONAC Sistma Contas Nacionais - Brasil Rfrência 2000 Nota Mtoológica nº 13 Ativia Financira (vrsão para informação comntários) Vrsão 1 Introução

Leia mais

QUESTIONÁRIO DO DIRETOR. Senhor(a) Diretor(a),

QUESTIONÁRIO DO DIRETOR. Senhor(a) Diretor(a), 2013 QUSTONÁRO O RTOR Senhor(a) iretor(a), s avaliações do Sistema Nacional de valiação da ducação ásica (S) são compostas por dois tipos de instrumentos de avaliação: as provas aplicadas aos estudantes

Leia mais

Guia de referência rápida

Guia de referência rápida Guia de referência rápida Gestão de Projetos Um sistema para administrar a sua empresa. esde os contatos da sua agenda até o financeiro, passando pelos projetos e tarefas. tudo isso via internet, sem precisar

Leia mais

DIAGRAMA DE INTERLIGAÇÃO DE AUTOMAÇÃO NESS P2 COM SENSORES NESS P2 SEM SENSORES

DIAGRAMA DE INTERLIGAÇÃO DE AUTOMAÇÃO NESS P2 COM SENSORES NESS P2 SEM SENSORES 0 QUIPMTOS OTROLOS OMPRSSOR PRUSO IRM ITRLIÇÃO UTOMÇÃO 0.0.. SS P OM SSORS 0.0..0 SS P SM SSORS /0/ ILUSÃO O MOLO SM SSORS 0/0/ LTRÇÃO MR O TRSUTOR ORRT URO URO /0/ RVISÃO S IMSÕS O LYOUT /0/ LTRÇÃO O

Leia mais

TOTAL PONTOS Nome: Data: / Hora: h m às h m Resolva os problemas e assinale a alternativa correspondente:

TOTAL PONTOS Nome: Data: / Hora: h m às h m Resolva os problemas e assinale a alternativa correspondente: ELETRÔNICA TEMPO TOTAL APLICADO: h m www.tltroni.om.r TOTAL PONTOS TURMA Nom: Dt: / Hor: h m às h m Rsolv os prolms ssinl ltrntiv orrsponnt: Toos os iritos rsrvos. Proii rproução totl ou pril sts págins

Leia mais

LICENCIATURA EDUCAÇÃO FÍSICA

LICENCIATURA EDUCAÇÃO FÍSICA LINITUR http://leaosampaio.edu.br/extensao/formulariosextensao/pag/5 2 SMSTR SL 02 TURM: LINITUR F321-2 H SGUN TRÇ QURT QUINT SXT SÁ RS. SNV. MOTOR RS. SNV. MOTOR I I FISIOLOGI FISIOLOGI O VOLIOL I O VOLIOL

Leia mais

CD CORAÇÃO DA NOIVA - 1. O SENHOR É BOM INTR:E D A/C# C7+ B E D A/C# O SENHOR É BOM C7+ B E SEU AMOR DURA PARA SEMPRE ELE É BOM...

CD CORAÇÃO DA NOIVA - 1. O SENHOR É BOM INTR:E D A/C# C7+ B E D A/C# O SENHOR É BOM C7+ B E SEU AMOR DURA PARA SEMPRE ELE É BOM... C CORÇÃO NOIV - 1. O SNHOR É OM INTR: /C# C7+ /C# O SNHOR É OM C7+ SU MOR UR PR SMPR L É OM... Letra e Música: avi Silva C CORÇÃO NOIV - 2. SNTO É O TU NOM M TO TRR S OUVIRÁ UM NOVO SOM UM CNÇÃO MOR PRCORRRÁ

Leia mais

BOLETIM DE QUESTÕES PROVA TIPO 2 3ª ETAPA

BOLETIM DE QUESTÕES PROVA TIPO 2 3ª ETAPA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ BOLETIM DE QUESTÕES PROVA TIPO 2 3ª ETAPA LEIA, COM ATENÇÃO, AS SEGUINTES INSTRUÇÕES 1. Est oltim qustõs é onstituío : - Rção - 54 qustõs ojtivs. 2. Confir s, lém ss oltim

Leia mais

O guia da Splunk para inteligência operacional

O guia da Splunk para inteligência operacional O ui Splunk pr intliêni oprionl Us o Splunk os os su máquin pr orr novos nívis visiili prpção pr TI os nóios O qu é o Splunk Entrpris TM? O Splunk é o mnismo pr os os ros por máquin. El olt, lssii provit

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA ESCOLA SECUNDÁRIA/3 RAINHA SANTA ISABEL 402643 ESTREMOZ PLANIFICAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA ESCOLA SECUNDÁRIA/3 RAINHA SANTA ISABEL 402643 ESTREMOZ PLANIFICAÇÃO PLANIFICAÇÃO ANO LETIVO 2015/2016 Ano 12º Ano DISCIPLINA: Docnt HISTÓRIA A Carlos Eduardo da Cruz Luna Contúdos Comptências Espcíficas Estratégias RECURSOS Módulo 7 Criss, Embats Iológicos Mutaçõs Culturais

Leia mais

Rev /00. Metalúrgica Netz Ltda. Fone/FAX: (55) Endereço: RS 344, KM 43,5 - ao lado da AGCO do Brasil. Santa Rosa - RS.

Rev /00. Metalúrgica Netz Ltda. Fone/FAX: (55) Endereço: RS 344, KM 43,5 - ao lado da AGCO do Brasil. Santa Rosa - RS. TÁLOO PÇS Rev. 05.2013/00 ROÇIR Metalúrgica Netz Ltda. one/x: (55) 3511-1500 ndereço: RS 344, KM 43,5 - ao lado da O do rasil. Santa Rosa - RS. ÍNI R 1,3 (VISÃO RL ROIR RIOL 1300) 01 R 1,3 (LIST PÇS ROIR

Leia mais

PLANO de ESTUDO 6.º ANO - ANUAL

PLANO de ESTUDO 6.º ANO - ANUAL PLANO d ESTUDO 6.º ANO - ANUAL Contúdos 1. Trocas nutricionais ntr o organismo o mio nos animais. 1.1. Os alimntos como vículo d nutrints. 1.2.Sistma digstivo do sr d outros animais. 1.2.1. Órgãos do sistma

Leia mais

CASA DE DAVI CD VOLTARÁ PARA REINAR 1. DEUS, TU ÉS MEU DEUS. E B C#m A DEUS, TU ÉS MEU DEUS E SENHOR DA TERRA

CASA DE DAVI CD VOLTARÁ PARA REINAR 1. DEUS, TU ÉS MEU DEUS. E B C#m A DEUS, TU ÉS MEU DEUS E SENHOR DA TERRA S VI VOLTRÁ PR RINR 1. US, TU ÉS MU US #m US, TU ÉS MU US SNHOR TRR ÉUS MR U T LOUVRI #m SM TI NÃO POSSO VIVR M HGO TI OM LGRI MOR NST NOV NÇÃO #m #m OH...OH...OH LVNTO MINH VOZ #m LVNTO MINHS MÃOS #m

Leia mais

AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DA QUALIDADE DE SERVIÇOS UTILIZANDO UMA ABORDAGEM MULTICRITÉRIO

AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DA QUALIDADE DE SERVIÇOS UTILIZANDO UMA ABORDAGEM MULTICRITÉRIO AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DA QUALIDADE DE SERVIÇOS UTILIZANDO UMA ABORDAGEM MULTICRITÉRIO Anré Luís Polini Frits Esol Téni Frl Cmpos UNED Mé RJ mil: polini@unf.r v.5, n.3, p. 272-283, z. 1998 Hlr Goms

Leia mais

TOTAL PONTOS Nome: Data: / Hora: h m às h m Resolva os problemas e assinale a alternativa correspondente:

TOTAL PONTOS Nome: Data: / Hora: h m às h m Resolva os problemas e assinale a alternativa correspondente: ELETRÔNICA TEMPO TOTAL APLICADO: h m www.tltroni.om.r TOTAL PONTOS TURMA Nom: Dt: / Hor: h m às h m Toos os iritos rsrvos. Proii rproução totl ou pril sts págins sm utorizção CTA Eltrôni Rsolv os prolms

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO PIAUÍ, Faço saber que o Poder Legislativo decreta e eu sanciono a seguinte lei: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

O GOVERNADOR DO ESTADO DO PIAUÍ, Faço saber que o Poder Legislativo decreta e eu sanciono a seguinte lei: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ...:- 90, - LI N" G. 55-b 2014 PUL ICJJ.. O. Oficia! n- 0 lozs ata O j- I o ':i t_fj ispõe sobre o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos dos servidores da Secretaria do Meio mbiente e Recursos Hídricos

Leia mais

Dúvida: Como estimar os pontos da avaliação curricular para o Título de Especialista em Nutrição?

Dúvida: Como estimar os pontos da avaliação curricular para o Título de Especialista em Nutrição? úvida: omo estimar os pontos da avaliação curricular para o Título de Especialista em Nutrição? Resposta: nota da avaliação curricular varia de 0 a pontos e será calculada em uma planilha eletrônica preparada

Leia mais

Fabiano Gontijo. fgontijo@hotmail.com. Graduada em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

Fabiano Gontijo. fgontijo@hotmail.com. Graduada em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro UZIEL, Ann Pul. Rio Homossxulid Jniro: Grmond, ção. 2007. Fbino Gontijo Doutor m Antropologi m pl Scincs Écol s Socils Huts Frnç. Étus Profssor Adjunto Bolsist Antropologi Produtivid d m Univrsid Psquis

Leia mais

TITÂNIO 25 MESES DE GARANTIA

TITÂNIO 25 MESES DE GARANTIA PAQUÍMETROS UNIVERSAIS Pquímtros Univrsis om Guis Titânio TITÂNIO 25 MESES DE GARANTIA T I T Â N I O TITÂNIO Cóigo Cpi Grução Guis rvstis om titânio Qurimnsionis Cursor monoloo Esl ursor om mnto romo oso

Leia mais

Confira a oferta de bolsas de estudos do Prouni para cursos a distância no Distrito Federal

Confira a oferta de bolsas de estudos do Prouni para cursos a distância no Distrito Federal Confir ofrt d bolss d studos do Prouni pr cursos distânci no Distrito Fdrl Administrção Cntro Univrsitário Clrtino Cuclr Curso Gru Turno Mnslidd Administrção (89302) Bchrld o Distânci 435 1 Cntro Univrsitário

Leia mais

Ministério Semeadores da Palavra. Curso de Teologia

Ministério Semeadores da Palavra. Curso de Teologia www.smorsplvr.om.r Curso Tologi Mtril ompilo por José Joquim Gonçlvs Fri Assssori Milton Vill Doutrin Cristã D Dus DE DE Ministério Smors Plvr PG. = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =DOUTRINA

Leia mais

VAGA VIVA 3 ESTRATÉGIA. GARAGEM (1º e 2ºpav) LUCAS PICCOLI WEINMANN. parking loft em Porto Alegre. Avenida Mauá. Rua General Câmara 02.

VAGA VIVA 3 ESTRATÉGIA. GARAGEM (1º e 2ºpav) LUCAS PICCOLI WEINMANN. parking loft em Porto Alegre. Avenida Mauá. Rua General Câmara 02. Trss rso Loro Tr R rl âmr R sso o Nsmto R Sqr mpos 1:250 STUÇÃO TUL 20m PLNTÇÃO prk lot m Porto lr LOLZÇÃO 1 LUS POL WNNN Urs rl o Ro r o Sl Trlho olsão rso 2014.1 Ortor rt Pxoto Púlo pês Sls rm Lojs r

Leia mais

ELETROPNEUMÁTICA E SEGURANÇA DAS MÁQUINAS NOVA DIRETIVA 2006/42/CE NORMAS NF EN/CEI 62061 - EN ISO 13849-1

ELETROPNEUMÁTICA E SEGURANÇA DAS MÁQUINAS NOVA DIRETIVA 2006/42/CE NORMAS NF EN/CEI 62061 - EN ISO 13849-1 ELETRONEUMÁTICA E SEGURANÇA DAS MÁQUINAS NOVA DIRETIVA 2006/42/CE NORMAS NF EN/CEI 62061 - EN ISO 13849-1 SEGURANÇA DAS MÁQUINAS rincípio d sgurnç ds máquins: Grntir sgurnç súd ds pssos xposts durnt instlção,

Leia mais

Geografia. História. Matemática. Língua Portuguesa

Geografia. História. Matemática. Língua Portuguesa Gogrfi Históri Mtmáti Língu Portugus Insrição nº: Gogrfi A squêni orrt é 2 3 1. 1 3 2. 1 3 2 1. 2 1 3. Rlion s informçõs n olun à squr om 1 2 3. os príoos rvolução inustril n olun irit. 2 1 A xpnsão omril

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO (UCB) 3.1.1.1. Organização Didático-Pedagógica

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO (UCB) 3.1.1.1. Organização Didático-Pedagógica UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO (UCB) 3.1.1.1. Organização Didático-Pgógica (4) (5) Mtas Rorganizar a distribuição dos discnts. Elaborar uma Política d contratação gstão d pssoal Rvisar o Projto Pgógico. Rstruturar

Leia mais

BOLETIM DE QUESTÕES PROVA TIPO 2

BOLETIM DE QUESTÕES PROVA TIPO 2 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ BOLETIM DE QUESTÕES PROVA TIPO 2 LEIA, COM ATENÇÃO, AS SEGUINTES INSTRUÇÕES 1. CARTÃO-RESPOSTA stino à mrção s rsposts s 56 qustõs ojtivs. 2. Confir su nom, númro insrição

Leia mais

Grafos. Luís Antunes. Grafos dirigidos. Grafos não dirigidos. Definição: Um grafo em que os ramos não são direccionados.

Grafos. Luís Antunes. Grafos dirigidos. Grafos não dirigidos. Definição: Um grafo em que os ramos não são direccionados. Luís Antuns Grfos Grfo: G=(V,E): onjunto vértis/nós V um onjunto rmos/ros E VxV. Rprsntção visul: Grfos não irigios Dfinição: Um grfo m qu os rmos não são irionos. Grfos irigios Dfinição: Um grfo m qu

Leia mais

ANEXO III PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS PREENCHIDA

ANEXO III PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS PREENCHIDA SRVIÇO VIGILÂNI Regime de Tributação: Lucro Real c/onta Vinculada NXO III PLNILH USTOS FORMÇÃO PRÇOS PRNHI Nº Pregão: 02/2015 Nº do processo: 23365.000028.2015-06 OS ÁSIOS ata de apresentação da proposta

Leia mais

Guia para instalação e utilização

Guia para instalação e utilização Gui pr instlção utilizção Aprlho r oniiono om sistm VRV IV RYYQ8T7Y1B RYYQ10T7Y1B RYYQ12T7Y1B RYYQ14T7Y1B RYYQ16T7Y1B RYYQ18T7Y1B RYYQ20T7Y1B RYMQ8T7Y1B RYMQ10T7Y1B RYMQ12T7Y1B RYMQ14T7Y1B RYMQ16T7Y1B

Leia mais

MESTRADO INTEGRADO EM ENGENHARIA INFORMÁTICA E COMPUTAÇÃO EIC0011 MATEMÁTICA DISCRETA

MESTRADO INTEGRADO EM ENGENHARIA INFORMÁTICA E COMPUTAÇÃO EIC0011 MATEMÁTICA DISCRETA 1. Tm 40 livros irnts qu vi gurr m 4 ixs ors irnts, olono 10 livros m ix.. Qunts possiilis tm istriuir os livros pls ixs irnts? Justiiqu.. Suponh gor qu tinh 60 livros. Qunts possiilis pr os olor ns 4

Leia mais

Germinação de Sementes

Germinação de Sementes Grminção Smnts Monootilôns Euiotilôns rminção pí rminção hipó Smnts nospémis Smnts não nospémis rof. Mrlo F. omplli Dr. m Fisioloi Vtl Fisioloi Vtl BO248 turm L1 hsolus vulris L. Z mys L. Grminção smnt:

Leia mais

Ementas por Currículos

Ementas por Currículos Universidade Federal Fluminense GCL00064 GCL00065 LINGUISTICA I Unknown function : LINGUISTICA II GCL00066 LINGUISTICA III GCL00067 LINGUISTICA IV GCL00068 LINGUISTICA V GCL00069 LINGUISTICA VI GCL00070

Leia mais

CAPÍTULO 9 COORDENADAS POLARES

CAPÍTULO 9 COORDENADAS POLARES Luiz Frncisco d Cruz Drtmnto d Mtmátic Uns/Buru CAPÍTULO 9 COORDENADAS POLARES O lno, tmbém chmdo d R, ond R RR {(,)/, R}, ou sj, o roduto crtsino d R or R, é o conjunto d todos os rs ordndos (,), R El

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 46.172, DE 30 DE JANEIRO DE 2009. (publicado no DOE nº 022, de 03 de fevereiro de 2009) Abre créditos suplementares

Leia mais

BRIEFING DE PESQUISA DE MERCADO CARNE SUÍNA POTENCIAL DO MERCADO

BRIEFING DE PESQUISA DE MERCADO CARNE SUÍNA POTENCIAL DO MERCADO BRIEFING DE PESQUISA DE MERCADO CARNE SUÍNA POTENCIAL DO MERCADO I. HISTÓRICO O projto surgiu m 2006, por dmnd d FAP - Fdrção d Agriultur Puári do DF do Sindisuinos. Os rsultdos lnçdos no primiro momnto

Leia mais

Teoria dos Grafos Aula 11

Teoria dos Grafos Aula 11 Tori dos Gros Aul Aul pssd Gros om psos Dijkstr Implmntção Fil d prioridds Hp Aul d hoj MST Algoritmos d Prim Kruskl Propridds d MST Dijkstr (o próprio) Projtndo um Rd $ $ $ $ $ Conjunto d lolidds (x.

Leia mais