Plugues e Tomadas Industriais

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Plugues e Tomadas Industriais"

Transcrição

1 Plugues e Toms Inustriis Linh Inustril

2 Instlções mis onfiáveis e segurs. CARACTERÍSTICAS GERAIS A Linh e Plugs e Toms Inustriis Soprno é ini pr onexão e iversos equipmentos, em mientes sujeitos pó, águ, umie, intempéries, respingos quentes, gentes químios, imptos e virções. Reomeno pr utilizção nos segmentos gríol, inustril, onstrução ivil, resturntes, instlções portuáris e eroportuáris, trnsporte e rgs refrigers, máquins e instlções omeriis. A linh é form por plugues, oplores, toms e emutir e e sorepor. Seus omponentes são e lt qulie, possuem ótimo mento e enixe, grntino um vi útil elev e instlções segurs Tmp: em tos s onexões entre plugues e toms ou plugues e oplores, tmp grnte o ínie e proteção espeífio. Além isso, possui um trv meâni que impee su esonexão por virções. 02. Prens o: possiilit entr e os e iâmetros iversos, onforme inição no próprio orpo (justo trvés e orte no iâmetro orreto). Tmém grnte o ínie e proteção espeífio. 03. Corpo: frio em mteril termoplástio uto-extinguível e lto impto, ontr orrosão e rsão. 04. Núleo: o núleo port ontto grnte perfeit isolção elétri, lém e suportr esforços meânios e térmios. 05. Bse isolnte os pinos: evit onttos ientis, protege o operor ontr ros elétrios e impee o úmulo e sujeir sore os onttos. 06. Buhs e ontto: são utoentrntes por serem flutuntes entro o núleo, permitino um perfeit inserção e extrção os pinos onutores tom. 07. Flnge e fixção os os: possui lt resistêni meâni evitno esonexão os onutores por puxões, sem nifir su isolção. 08. Pinos onutores: prouzios em ltão ( e A) e e ltão niquelo (A e A), proporionno um exelente onutiilie elétri e grne urilie. Toos os pinos onutores são roeos por um ro isolnte que evit esrgs isruptivs entre fses. 09. Contto e terr: tos s toms, plugues e oplores possuem o ontto terr que proporion máxim segurnç o usuário e à instlção. A seção o ontto terr é mior que os onttos e fse pr onuzir om filie orrente e flt, em so e um urto iruito. 10. Bornes e onexão os onutores: os ornes reforços e ltão permitem fixção perfeit os onutores, resultno em um exelente onexão elétri. 2

3 CARACTERÍSTICAS GERAIS Mtéris prims: - Prtes plástis termoplástio e engenhri uto-extinguível (nylon 6.6) GW Test 650 / 850 C; - Prtes onutors: ltão / ltão niquelo (A e A); - Tempertur e operção: -20 C 120 C; - Construção: onforme norm NBR IEC e NBR IEC Tensão nominl e operção: - 220/240 V or zul ; - 380/440 V or vermelho ; s nominis: A, A, A e A; Número e pólos: 3, 4 e 5 pólos (2P+T, 3P+T e 3P+T+N); Frequêni: 50 / 60Hz. Conexões e o: - A: min. 2,5mm² e máx. 4,0mm²; - A: min. 4,0mm² e máx. 6,0mm²; - A: min. 10,0mm² e máx.,0mm²; - A: min. 35,0mm² e máx. 70,0mm². Gráfio e inição e tensão, pólos e posição o pino terr (6 ou 9 hors). CONTATO PILOTO De oro om norm IEC /4, toos os moelos e A e A evem ter um ontto suplementr enomino ontto piloto, que impee onexão ou esonexão so rg. O ontto piloto, trvés e um tensão uxilir, omn um interruptor prinipl o qul está oneto tom / oplor e plugue. R SCP T A onexão entre eles, por su posição físi, se onetm por ultimo quno onexão e se esonetm primeiro, quno esonexão. Isto evit que se fç ms operções om tensão nos onttos prinipis (ver igrm o lo). TENSÃO AUXILIAR DE ALIMENTAÇÃO DE CONSUMO BOBINA AUXILIAR INTERRUPTOR PRINCIPAL ÍNDICE DE PROTEÇÃO O ínie e proteção Linh e Plugues e Toms Soprno é IP44 pr os moelos e A e A e IP67 pr os moelos e A e A. Aixo, tel om o etlhmento os ínies e proteção: 1 Número o IP: Grus e proteção ontr penetrção e ojetos sólios estrnhos 2 Número o IP: Grus e proteção ontr penetrção e águ Numerl Desrição resumi o gru e proteção Numerl Desrição resumi o gru e proteção 0 Não protegio 0 Não protegio 1 Protegio ontr ojetos sólios e Ø 50 mm e mior 1 Protegio ontr gots águ ino vertilmente 2 Protegio ontr ojetos sólios e Ø 12 mm e mior 2 Protegio ontr que e gots águ ino vertilmente om invóluro inlino té 15 3 Protegio ontr ojetos sólios e Ø 2,5 mm e mior 3 Protegio ontr spersão águ 4 Protegio ontr ojetos sólios e Ø 1,0 mm e mior 4 Protegio ontr projeção águ 5 Protegio ontr poeir 5 Protegio ontr jtos águ 6 Totlmente protegio ontr poeir 6 Protegio ontr jtos potentes águ 7 Protegio ontr efeitos e imersão temporári em águ 8 Protegio ontr efeitos e imersão ontínu em águ 3

4 PLUGUES Moelos Posição Referêni Cóigo 220V 2P+T (6h) PLS P+T (9h) PLS P+T+N (9h) PLS P+T (6h) PLS P+T (9h) PLS P+T+N (9h) PLS P+T (9h) PLP P+T+N (9h) PLP P+T (6h) PLP P+T (9h) PLP P+T+N (9h) * So onsult * So onsult 380V 2P+T (9h) PLS P+T (6h) PLS P+T+N (6h) PLS P+T (9h) PLS P+T (6h) PLS P+T+N (6h) PLS P+T (6h) PLP P+T+N (6h) PLP P+T (6h) PLP P+T+N (6h) PLP Ínie e proteção: IP44 pr os moelos e A e A e IP67 pr os moelos e A e A. DIMENSIONAL PLUGUES A B C Ø 2P+T P+T P+T+N O 2P+T P+T P+T+N A B C Ø 3P+T 231, P+T+N 231, P+T P+T P+T+N O 4

5 ACOPLADORES Moelos Posição Referêni Cóigo 220V 2P+T (6h) ACS P+T (9h) ACS P+T+N (9h) ACS P+T (6h) ACS P+T (9h) ACS P+T+N (9h) ACS P+T (9h) ACP P+T+N (9h) ACP P+T (6h) ACP P+T (9h) ACP P+T+N (9h) * So onsult * So onsult 380V 2P+T (9h) ACS P+T (6h) ACS P+T+N (6h) ACS P+T (9h) ACS P+T (6h) ACS P+T+N (6h) ACS P+T (6h) ACP P+T+N (6h) ACP P+T (6h) ACP P+T+N (6h) ACP Ínie e proteção: IP44 pr os moelos e A e A e IP67 pr os moelos e A e A. DIMENSIONAL ACOPLADORES A B C Ø 2P+T ,5 7-3P+T P+T+N O 2P+T P+T P+T+N A B C Ø 3P+T P+T+N P+T P+T P+T+N O 5

6 TOMADAS DE EMBUTIR Moelos Posição Referêni Cóigo 220V 2P+T (6h) TES P+T (9h) TES P+T+N (9h) TES P+T (6h) TES P+T (9h) TES P+T+N (9h) TES P+T (9h) TEP P+T+N (9h) TEP P+T (6h) TEP P+T (9h) TEP P+T+N (9h) * So onsult * So onsult 380V 2P+T (9h) TES P+T (6h) TES P+T+N (6h) TES P+T (9h) TES P+T (6h) TES P+T+N (6h) TES P+T (6h) TEP P+T+N (6h) TEP P+T (6h) TEP P+T+N (6h) TEP Ínie e proteção: IP44 pr os moelos e A e A e IP67 pr os moelos e A e A. DIMENSIONAL TOMADAS DE EMBUTIR e f A B C D E F G H I J 2P+T P+T P+T+N P+T P+T P+T+N g A B C D E F G H I J 3P+T º 3P+T+N º 2P+T º 3P+T º 3P+T+N º O i h g e j f 6

7 PLUGUES E TOMADAS INDUSTRIAIS TOMADAS DE SOBREPOR Moelos Posição Referêni Cóigo 220V 2P+T (6h) TSS P+T (9h) TSS P+T+N (9h) TSS P+T (6h) TSS P+T (9h) TSS P+T+N (9h) TSS P+T (9h) TSP P+T+N (9h) TSP P+T (6h) TSP P+T (9h) TSP P+T+N (9h) * So onsult * So onsult 380V 2P+T (9h) TSS P+T (6h) TSS P+T+N (6h) TSS P+T (9h) TSS P+T (6h) TSS P+T+N (6h) TSS P+T (6h) TSP P+T+N (6h) TSP P+T (6h) TSP P+T+N (6h) TSP DIMENSIONAL TOMADAS DE SOBREPOR DIMENSIONAL TOMADAS DE SOBREPOR O O A B C D E F G Ø 2P+T P+T P+T+N P+T P+T , P+T+N , e e f g A B C D E F G Ø 3P+T P+T+N P+T ,2-3P+T ,2-3P+T+N ,2 - f e O g f g f e O g Ínie e proteção: IP44 pr os moelos e A e A e IP67 pr os moelos e A e A. 7

8 A Soprno é um empres om mis e 50 nos e experiêni. Inovor em seus proutos e tmém n form e tução, esenvolve sus ções fo ns neessies e liente. Isso se truz em um mix e proutos mior e mis orgnizo, qulie em proessos e em proutos. A empres ont om 4 Divisões e Negóios: Divisão Mteriis Fone: (54) Fx: (54) Elétrios, Divisão Construção Civil, Divisão Equipmentos Emil: Hiráulios e Divisão Utilies. A lt tenologi é presenç mrnte n proução e um vri linh e proutos. Com mis e 1,5 mil olorores, Soprno tem omo vlores funmentis éti, o trlho e inovção. Alinho isso, está su políti e responsilie soil que tem omo foo eução. Confiilie é o triuto mis pontuo por 8 nos onseutivos em pesquis e stisfção reliz juntos os nossos lientes. Divisão Mteriis Elétrios Es - PE Mtriz AministrtivFrroupilh - RS Divisão Construção Civil Frroupilh - RS Proução e Centro e Distriuição Cmpo Grne - MS Divisão Utilies Frroupilh - RS Divisão Hiráuli Cxis o Sul - RS Imgens mermente ilustrtivs. Mrço NOSSAS DIVISÕES CONHEÇA NOSSA LINHA COMPLETA DE MATERIAIS ELÉTRICOS: CAIXAS DE CONTATORES CHAVES DE DISJUNTORES ABERTOS PARTIDA INSTALAÇÃO E RELÉS 8 DISJUNTORES DISJUNTORES DISJUNTORES MOTOR INDUSTRIAIS RESIDENCIAIS DPS DR EXTENSÕES, FITAS INTERFONIA QUADROS DE QUADROS PLUGS E SENSORES DE PLUGUES E ISOLANTES E SEGURAÇA DISTRIBUIÇÃO VDI TOMADAS PRESENÇA ADAPTADORES

Plugues e Tomadas Industriais

Plugues e Tomadas Industriais Plugues e Tomadas Industriais A Linha de Soprano é indiada para onexão de diversos equipamentos, em amientes sujeitos a pó, água, umidade, intempéries, respingos quentes, agentes químios, impatos e virações.

Leia mais

Plugues e Tomadas Industriais

Plugues e Tomadas Industriais Plugues e Tomadas Industriais A Linha de Soprano é indiada para onexão de diversos equipamentos, em amientes sujeitos a pó, água, umidade, intempéries, respingos quentes, agentes químios, impatos e virações.

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Plugues e Tomadas Industriais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Plugues e Tomadas Industriais Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Plugues e Tomadas Industriais Plugues e Tomadas Industriais A linha de Plugues e Tomadas Industriais WEG conta com uma gama completa

Leia mais

Linha: Plugs e Tomadas Blindadas Brasikon

Linha: Plugs e Tomadas Blindadas Brasikon Linha: Plugs e Tomadas lindadas rasikon aracterísticas Gerais Obs.: imensões e esenhos no final da linha Matérias Primas: Partes plásticas: Termo-plástico auto-extinguível (.S... nº e UL H-Mil spec 0).

Leia mais

TELHAS METÁLICAS. Catálogo Técnico

TELHAS METÁLICAS. Catálogo Técnico TELHAS METÁLICAS Ctálogo Ténio TELHAS METÁLICAS Visno ofereer informções e orientções pr o melhor proveitmento os proutos Linh Metáli, Eternit elorou este tálogo ténio. Nele voê enontrrá orientções pr

Leia mais

CECOMETAL. Distribuidora Ltda. CECOMETAL Distribuidora Ltda. A entrega mais rápida e confiável de Campinas

CECOMETAL. Distribuidora Ltda. CECOMETAL Distribuidora Ltda. A entrega mais rápida e confiável de Campinas Distriuidor Ltd A entreg mis rápid e onfiável de Cmpins Ru José Gonçlves Mhdo, 132, Vil Elz Cmpins-SP - CEP: 141-5 Fone/Fx: (1) 3232-7 VIVO: (1) 1-546 ID:7* E-mil: eometl@eometl.om.r CECOMETAL Distriuidor

Leia mais

Materiais Elétricos. Linha Industrial 2016/01

Materiais Elétricos. Linha Industrial 2016/01 Materiais Elétricos Linha Industrial 2016/01 Segurança. Proteção. Pessoas. Patrimônio. A Soprano se renova a cada dia para atender ao que as pessoas mais precisam em materiais elétricos: proteção, segurança,

Leia mais

Sobrepor. Segurança, Tecnologia e Qualidade.

Sobrepor. Segurança, Tecnologia e Qualidade. , Tecnologia e Qualidade. Quando suas instalações necessitam de plugues, cigarras, interruptores e tomadas de sobrepor, é aí que a qualidade FAME aparece, pois a Série Sobrepor é uma linha completa que

Leia mais

Catálogo Técnico 2013

Catálogo Técnico 2013 Catálogo Técnico 03 Segurança, Tecnologia e Qualidade Interruptor Simples - 0A/50V~ Interruptor Simples: Bornes para conexão elétrica. RETORNO Permite comandar uma ou mais lâmpadas exclusivamente de um

Leia mais

Register your product and get support at CEM3000. Guia de instalação PT-BR

Register your product and get support at CEM3000. Guia de instalação PT-BR Register your prout n get support t CEM3000 PT-BR Gui e instlção A B C D E F e g f h G H m 5m mm 53mm 183 I J m 5m K L m 5m M N Gui e instlção Ests instruções se estinm um instlção típi. No entnto, se

Leia mais

COMPENSAÇÃO ANGULAR E REMOÇÃO DA COMPONENTE DE SEQÜÊNCIA ZERO NA PROTEÇÃO DIFERENCIAL

COMPENSAÇÃO ANGULAR E REMOÇÃO DA COMPONENTE DE SEQÜÊNCIA ZERO NA PROTEÇÃO DIFERENCIAL SHWETZER ENGNEERNG LORTORES, OMERL LTD OMPENSÇÃO NGULR E REMOÇÃO D OMPONENTE DE SEQÜÊN ZERO N PROTEÇÃO DFERENL RFEL RDOSO ntrodução O prinípio d proteção diferenil é de que som ds orrentes que entrm n

Leia mais

T E L H A S M E T Á L I C A S. Catálogo Técnico

T E L H A S M E T Á L I C A S. Catálogo Técnico T E L H A S M E T Á L I C A S Ctálogo Ténio T E L H A S M E T Á L I C A S Visndo ofereer informções e orientções pr o melhor proveitmento dos produtos d Linh Metáli, Eternit elorou este tálogo ténio. Nele

Leia mais

Desde 1986 fabricando materiais elétricos, industriais e prediais, a STRAHL tem se destacado pela qualidade e excelência dos seus produtos.

Desde 1986 fabricando materiais elétricos, industriais e prediais, a STRAHL tem se destacado pela qualidade e excelência dos seus produtos. Desde 1986 fabricando materiais elétricos, industriais e prediais, a STRAHL tem se destacado pela qualidade e excelência dos seus produtos. Fabricante de mais de 40 linhas de produtos para o segmento eletroeletrônico,

Leia mais

Shhhhhhhhhhh! Aqui se faz silêncio.

Shhhhhhhhhhh! Aqui se faz silêncio. GM T SILNT Shhhhhhhhhhh! qui se faz silêncio. Nova gama T Silent. Os ventiladores mais silenciosos do mundo na sua categoria. quipamentos de Ventilação Gama T Silent: Um salto no tempo S&P, líder mundial

Leia mais

Tec. Prime. Plugues e tomadas para instalações residenciais, comerciais e de informática. Atributos e Benefícios

Tec. Prime. Plugues e tomadas para instalações residenciais, comerciais e de informática. Atributos e Benefícios Plugues e tomadas para instalações residenciais, comerciais e de informática. Atributos e Benefícios Plugues com pinos maciços, que não deformam com o uso. Suas extremidades perfeitamente esféricas (pinos

Leia mais

1.1) Dividindo segmentos em partes iguais com mediatrizes sucessivas.

1.1) Dividindo segmentos em partes iguais com mediatrizes sucessivas. COLÉGIO PEDRO II U. E. ENGENHO NOVO II Divisão Gráfi de segmentos e Determinção gráfi de epressões lgéris (qurt e tereir proporionl e médi geométri). Prof. Sory Izr Coord. Prof. Jorge Mrelo TURM: luno:

Leia mais

Micrómetros de Exteriores

Micrómetros de Exteriores Mirómetros de Exteriores Grdução: 0,01 Tmor e veio rdudo romdo-foso, Ø 15 Fuso de medição: Ø 6,35 Psso 0,5 om loquedor Aço forjdo,, romdo-foso Forneido om estojo, hve Tmor e veio rdudo romdo-foso, Ø 18

Leia mais

Materiais Elétricos Lançamentos/2016

Materiais Elétricos Lançamentos/2016 WWW.SOPRANO.COM.BR Materiais Elétricos Lançamentos/2016 Botoeiras e Sinalizadores A linha de botoeiras e sinalizadores foi projetada para o mercado de automação de máquinas, acionamentos e comandos comerciais

Leia mais

ANEXO VII - ESPECIFICAÇÕES

ANEXO VII - ESPECIFICAÇÕES ANEXO VII - ESPECIFICAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 007/2011 PROCESSO Nº 2011.0273 Página: 2 / 2 CIA. DOCAS DO CEARÁ RELAÇÃO DE MATERIAIS PAINEIS / ILUMINAÇÃO / TOMADAS DA PLATAFORMA

Leia mais

TC17 LARGA Ondulada. ESPESSURA (mm) 0,35 0,43 0,50 0,65 08,0 3,36 4,13 4,80 6,24 7,68 3,43 4,21 4,89 6,37 7,84. L - DISTÂNCIA ENTRE APOIOS (mm)

TC17 LARGA Ondulada. ESPESSURA (mm) 0,35 0,43 0,50 0,65 08,0 3,36 4,13 4,80 6,24 7,68 3,43 4,21 4,89 6,37 7,84. L - DISTÂNCIA ENTRE APOIOS (mm) TC17 ARGA Onduld Telhs metális em ço, om inompráveis vntgens às onvenionis, presentndo-se omo um solução rquitetôni segur. Isto signifi eonomi de tempo n onstrução e minimizção dos ustos glois ns opções

Leia mais

WWW.escoladoeletrotecnico.com.br

WWW.escoladoeletrotecnico.com.br USOPE USO PEPAATÓIO PAA ONUSOS EM ELETOTÉNIA PE ELETIIDADE (Ligções SÉI E E PAALELA. EDE DELTA E ESTELA) AULA Prof.: Jen WWW.esoldoeletrotenio.om.r 0 de Setemro de 007 LIGAÇÕES SÉIES E PAALELAS USOPE.

Leia mais

Rua Guishi Yoshioka, 305 - Itaquera - São Paulo/SP Tel. (011) 6525-9555

Rua Guishi Yoshioka, 305 - Itaquera - São Paulo/SP Tel. (011) 6525-9555 PAULISTEEL Ru Guishi Yoshiok, 0 Itquer São Pulo/SP Tel. (0) 9 0 nos Perfil U pdrão merino Perfil I pdrão merino Perfil H pdrão merino Perfil T Cntoneir s iguis Cntoneir s desiguis Trilhos Perfís As Prlels

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA USO DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS

ORIENTAÇÃO PARA USO DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS ORIENTAÇÃO PARA USO DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS Anexo 3 do PRO-3209-74-24-03 Pág.: 1 de 5 RECOMENDAÇÕES GERAIS: - Não serão permitidos eletricistas da contratada intervirem nas instalações da contratante,

Leia mais

Plugs e Tomadas Blindadas Brasikon

Plugs e Tomadas Blindadas Brasikon Plug IP: 44 e IP: 54* Tomada de Sobrepor IP: 44 e IP: 54* Tomada de Embutir IP: 44 e IP: 54* Plug Tomada de Sobrepor 16 3 S-3074 S-3076 S-3079 16 4 S-4074 S-4079 S-4076 16 5 S-5074 S-5079 S-5076 32 3 S-3274

Leia mais

FICHA TÉCNICA FONTE NOBREAK FONTE NOBREAK - Compacta e fácil de instalar - Carregador de baterias de 3 estágios - Microprocessador Inteligente Rev_01

FICHA TÉCNICA FONTE NOBREAK FONTE NOBREAK - Compacta e fácil de instalar - Carregador de baterias de 3 estágios - Microprocessador Inteligente Rev_01 FICHA TÉCNICA FTE NOBREAK FTE NOBREAK - Compt e fáil de instlr - Crregdor de teris de 3 estágios - Miroproessdor Inteligente Rev_01 APLICAÇÃO Pensndo em tender os merdos mis exigentes, linh de Fontes Norek

Leia mais

Plugs e Tomadas Blindadas Brasikon

Plugs e Tomadas Blindadas Brasikon CMERCIAL ELÉTRICA PJ LTDA. Plugs e Tomadas Blindadas Brasikon Plug IP: 44 e IP:54* 16 3 S-3074 S-3076 S-3079 16 4 S-4074 S-4079 S-4076 16 5 S-5074 S-5079 S-5076 32 3 S-3274 S-3276 S-3279 32 4 S-4274 S-4279

Leia mais

Plugs e Tomadas Blindadas Brasikon

Plugs e Tomadas Blindadas Brasikon Plugs e Tomadas Blindadas Brasikon Plug IP: e IP: 5* Tomada de Sobrepor IP: e IP: 5* Tomada de Embutir IP: e IP: 5* Plug Tomada de Sobrepor 56 6 S-07 S-076 S-079 6 S-07 S-079 S-076 6 5 S-507 S-5079 S-5076

Leia mais

PRINCÍPIO DAS PRENSAS VULCANIZADORAS SHAW-ALMEX

PRINCÍPIO DAS PRENSAS VULCANIZADORAS SHAW-ALMEX PRINÍPIO S PRNSS VULNIZORS SHW-LMX. RRS TRNSVRSIS Liga de alumínio de alta resistência. Menor peso devido à ausência de cilindros hidráulicos ou parafusos de torque. s dimensões dependem da largura da

Leia mais

Discreto, inteligente e moderno

Discreto, inteligente e moderno Produtos e sistemas [ SISTEMA X ] Discreto, inteligente e moderno Solução segura e econômica, que evita o quebra-quebra de paredes, o Sistema X é um organizador de ambientes que possibilita compor a instalação

Leia mais

8-Pregão Eletrônico n 134/2014 Fios e cabos validade da Ata 17/08/2015. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00134/2014 (SRP)

8-Pregão Eletrônico n 134/2014 Fios e cabos validade da Ata 17/08/2015. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00134/2014 (SRP) 8-Pregão Eletrônico n 134/2014 Fios e cabos validade da Ata 17/08/2015 Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00134/2014 (SRP) Às 09:30 horas do dia 30 de junho de 2014, reuniram-se o Pregoeiro Oficial

Leia mais

Filiais Lorenzetti 1. Belo Horizonte 2. Curitiba 3. Porto Alegre 4. Nordeste 5. Ribeirão Preto 6. Rio de Janeiro 7. Centro Oeste e Norte

Filiais Lorenzetti 1. Belo Horizonte 2. Curitiba 3. Porto Alegre 4. Nordeste 5. Ribeirão Preto 6. Rio de Janeiro 7. Centro Oeste e Norte 010 CATÁLOGO 011 Uma marca do grupo Produtos [ PROTeção ] Qualidade e tradição na proteção das instalações Uma linha integrada e prática, que garante uma instalação segura, eficiente e completa. Os produtos

Leia mais

CILINDRO COMPACTO STOPPER Ø 20, Ø 32, Ø50, Ø 80

CILINDRO COMPACTO STOPPER Ø 20, Ø 32, Ø50, Ø 80 ILIRO OMPTO STOPPER Ø 20, Ø, Ø, Ø 0 Os cilindros compactos stopper são projetados para parar componentes em movimento. onfiguração magnética ou não magnética Simples ação - haste do atuador reforçada e

Leia mais

Distribuição Industrial. - Protecção contra defeitos à terra. D62Plus

Distribuição Industrial. - Protecção contra defeitos à terra. D62Plus istribuição ndustrial - Protecção contra defeitos à terra. 62Plus istribuição industrial.2 nterruptores de corte em carga.6 nterruptores de corte em carga - ilos.24 nterruptores de corte em carga para

Leia mais

Depósitos acumuladores de aço inoxidável

Depósitos acumuladores de aço inoxidável Depósitos aumulaores e aço inoxiável 0 I, 00 I, 0 I, 00 I, 00 I, 00 I, 800 I, 000 I 0, 00, 0, 00, 00, 00, 800 e 000 Depósitos aumulaores para a instalação e queiemento entral até ar ( ar em epósitos e

Leia mais

ÍNdice. Nossos produtos são fabricados com a mais moderna tecnologia e um rigoroso padrão de qualidade

ÍNdice. Nossos produtos são fabricados com a mais moderna tecnologia e um rigoroso padrão de qualidade Ctálogo DE produtos especilizd em soluções pr refrigerção Nossos produtos são fbricdos com mis modern tecnologi e um rigoroso pdrão de qulidde A TRINEVA estbelecid desde 1966, cont com mis de 40 nos de

Leia mais

Bombas simples (aquecimento, ar condicionado, refrigeração, abastecimento de água e indústria)

Bombas simples (aquecimento, ar condicionado, refrigeração, abastecimento de água e indústria) Descrição da sériewilo-crononorm-nl - Hz Materiais Corpo da bomba - Espiral de ferro fundido com alhetas antirrotação. - Com peça de aspiração alinhada axialmente e bocais de recalque radiais, bem como

Leia mais

Quadros de distribuição de energia elétrica

Quadros de distribuição de energia elétrica Catálogo Técnico Quadros de distribuição de energia elétrica de embutir de sobrepor 206-01/2009-0 Quadros de distribuição de energia elétrica Linha Luxury ÍNDICE Características técnicas...2 Acessórios...4

Leia mais

COMPENSAÇÃO ANGULAR E REMOÇÃO DA COMPONENTE DE SEQÜÊNCIA ZERO NA PROTEÇÃO DIFERENCIAL DE TRANSFORMADORES

COMPENSAÇÃO ANGULAR E REMOÇÃO DA COMPONENTE DE SEQÜÊNCIA ZERO NA PROTEÇÃO DIFERENCIAL DE TRANSFORMADORES SHWETZER ENGNEERNG LORTORES, OMERL LTD OMPENSÇÃO NGULR E REMOÇÃO D OMPONENTE DE SEQÜÊN ZERO N PROTEÇÃO DFERENL DE TRNSFORMDORES Por Rfel rdoso. NTRODUÇÃO O prinípio d proteção diferenil é de que som ds

Leia mais

DIMENSÕES Prof. 720mm 720mm CALDEIRA. Prod. de Vapor Kg/h (20 Cº) Quadro de comando. Resistências

DIMENSÕES Prof. 720mm 720mm CALDEIRA. Prod. de Vapor Kg/h (20 Cº) Quadro de comando. Resistências Geradores de Vapor aldeira Elétrica O gerador de vapor foi desenvolvido para saunas de maiores dimensões (clubes, hotéis, condomínios, etc.). caldeira gerador de vapor é fabricada em tubo mecânico de aço,

Leia mais

A entrada de energia elétrica será executada através de:

A entrada de energia elétrica será executada através de: Florianópolis, 25 de março de 2013. 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS O presente memorial tem como principal objetivo complementar as instalações apresentadas nos desenhos/plantas, descrevendo-os nas suas partes

Leia mais

4. APLICAÇÃO DA PROTEÇÃO DIFERENCIAL À PROTEÇÃO DE TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA

4. APLICAÇÃO DA PROTEÇÃO DIFERENCIAL À PROTEÇÃO DE TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA lever Pereir 4. PLÇÃO D PROTEÇÃO DFEREL À PROTEÇÃO DE TRSFORMDORES DE POTÊ 4.. Prinípio ásio s orrentes primáris e seundáris de um trfo de potêni gurdm entre si um relção onheid em ondições de operção

Leia mais

Faculdade de saúde Pública. Universidade de São Paulo HEP-5705. Epidemiologia I. Estimando Risco e Associação

Faculdade de saúde Pública. Universidade de São Paulo HEP-5705. Epidemiologia I. Estimando Risco e Associação 1 Fuldde de súde Públi Universidde de São Pulo HEP-5705 Epidemiologi I Estimndo Riso e Assoição 1. De 2.872 indivíduos que reeberm rdioterpi n infâni em deorrêni de presentrem o timo umentdo, 24 desenvolverm

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO 01/2005 PORTUGAL

CATÁLOGO TÉCNICO 01/2005 PORTUGAL TÁLOGO TÉNIO 0/2005 PORTUGL MOLS ÉRES PR PORTS OXER (MOL OULT) RÇO GUI NORML E OM RETENÇÃO 9972 FORÇ 2/4 20 0 99735 FORÇ 3/6 20 0.5 MOL OXER OULT PR PORTS DE TENTE E VI-VÉM MOL (ORPO) GUI G 9537 - RÇO/GUI

Leia mais

SISTEMA X SOLUÇÃO SEGURA

SISTEMA X SOLUÇÃO SEGURA SISTEMA X SOLUÇÃO SEGURA E ECONÔMICA ESPECIALISTA MUNDIAL EM SISTEMAS ELÉTRICOS E DIGITAIS PARA INFRAESTRUTURA PREDIAL VERSÕES DE CANALETAS LEGRAND 1) ADESIVA ) FIXAÇÃO COM PARAFUSOS Sistema X - canaletas

Leia mais

Interruptores 16A. Tomadas 10A 20A. A beleza do seu ambiente em evidência

Interruptores 16A. Tomadas 10A 20A. A beleza do seu ambiente em evidência Interruptores 16A Tomadas ou 10A 20A A beleza do seu ambiente em evidência A beleza do seu ambiente em evidência Beleza e Praticidade 02 A beleza do seu ambiente em evidência A Evidence possui acabamento

Leia mais

NESS-A TOUCH SCREEN 7" C/ MODEM

NESS-A TOUCH SCREEN 7 C/ MODEM 6 7 8 9 0 QUIPMNTOS ONTROLOS OMPRSSOR LTRNTIVO // LTRÇÃO LYOUT-IM MUTI PR SOPOST OTÃO MRÊNI LLN9 0 07/0/ LTRÇÃO O MOM O LYOUT LOUV 7 0 06// INLUSÃO O ORINTTIVO O LÇO OMUNIÇÃO IO V. 00 8/0/ INIIL TOS R.

Leia mais

Painel Setorial do Padrão Brasileiro de Plugues e Tomadas

Painel Setorial do Padrão Brasileiro de Plugues e Tomadas do Padrão Brasileiro de Plugues e Tomadas Módulo I: O impacto do padrão brasileiro de plugues e tomadas na segurança do cidadão. Palestra 2: As normas NBR 6147 e NBR 14136 e os aspectos de segurança associados.

Leia mais

CATÁLOGOTELHAS TELHAS METÁLICAS TELHAS TERMOACÚSTICAS TELHAS FORRO TELHA CALANDRADA TELHA MULTIDOBRA TELHA PÓS-PINTADA ACESSÓRIOS PARA COBERTURA

CATÁLOGOTELHAS TELHAS METÁLICAS TELHAS TERMOACÚSTICAS TELHAS FORRO TELHA CALANDRADA TELHA MULTIDOBRA TELHA PÓS-PINTADA ACESSÓRIOS PARA COBERTURA CATÁLOGOTELHAS TELHAS METÁLICAS TELHAS FORRO TELHA CALANDRADA TELHA MULTIDOBRA TELHA PÓSPINTADA ACESSÓRIOS PARA COBERTURA nnmetis.com.r O ço trnsformou o muno. Nós trnsformmos o ço. Em quse us écs e existênci,

Leia mais

Linha Best Connection

Linha Best Connection Tabela de s Linha est onnection Material Elétrico Industrial Índices de Proteção () º lgarismo Proteção contra penetração de corpos sólidos º lgarismo Proteção contra penetração de líquidos º lgarismo

Leia mais

Sistemas de Fixação. Fixadores para Flat Cable PFC 39 FCC25 39 TY8-H1S 39

Sistemas de Fixação. Fixadores para Flat Cable PFC 39 FCC25 39 TY8-H1S 39 Sistemas e Fixação Página Fixaores e lips utoaesivos Fixaores utoaesivos 36 lips utoaesivo R 36 Fixaores utoaesivo SF 38 Fixaores para Flat able PF 39 F25 39 TY8H1S 39 Fixaores NX/NXR e lips para fixação

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA UNICAMP-FASE 2. 2014 RESOLUÇÃO: PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA UNICAMP-FASE 2. 2014 RESOLUÇÃO: PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA RESOLUÇÃO D PROV DE MTEMÁTIC UNICMP-FSE. PROF. MRI NTÔNI C. GOUVEI. é, sem úv, o lmento refero e mutos ulsts. Estm-se que o onsumo áro no Brsl sej e, mlhão e s, seno o Esto e São Pulo resonsável or % esse

Leia mais

Linha Best Connection

Linha Best Connection nov/2008 Tabela de Preços Linha est onnection Material Elétrico Industrial Índices de Proteção (IP) 1º lgarismo Proteção contra penetração de corpos sólidos IP testes 2º lgarismo Proteção contra penetração

Leia mais

Qualidade Sinônimo da marca MOPA. Inovação Sempre desenvolvendo produtos inovadores e soluções completas.

Qualidade Sinônimo da marca MOPA. Inovação Sempre desenvolvendo produtos inovadores e soluções completas. P 1 onheça as vantagens em adquirir produtos MOP Qualidade Sinônimo da marca MOP. Inovação Sempre desenvolvendo produtos inovadores e soluções completas. onfiabilidade Reputação formada ao longo de seus

Leia mais

Disjuntor. Interruptor Diferencial. A energia é como uma bola. Só quem é craque controla com perfeição. Benefícios pole. We keep power under control.

Disjuntor. Interruptor Diferencial. A energia é como uma bola. Só quem é craque controla com perfeição. Benefícios pole. We keep power under control. Disjuntor Interruptor Diferencial A energia é como uma bola. Só quem é craque controla com perfeição. Benefícios pole s coloridas Exclusivo! fácil identificação das faixas de corrente Solução completa

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$ ANEXO 2 Planilha Orçamentária Estimativa de Quantitativos e Preços Máximos Global e Unitários LOTE ÚNICO ESPECIFICAÇÃO DO ITEM Qtde. Unitário R$ Total R$ 01 02 03 04 05 CHAVE NIVEL TIPO BOIA,ATUACAO: ALARME

Leia mais

DISPOSITIVO DE PROTEÇÃO E COMANDO

DISPOSITIVO DE PROTEÇÃO E COMANDO Página: 1/24 Elaborado por: Laercio Santos Rodrigo Omori Verificado por: Nelson Coelho Karen Martins Douglas Ferreira Aprovado por: Arnaldo Barbulio Data Aprovação: 23\08\2013 1 OBJETIVO Este documento

Leia mais

Manual de Operação e Instalação

Manual de Operação e Instalação Mnul de Operção e Instlção Clh Prshll MEDIDOR DE VAZÃO EM CANAIS ABERTOS Cód: 073AA-025-122M Rev. B Novembro / 2008 S/A. Ru João Serrno, 250 Birro do Limão São Pulo SP CEP 02551-060 Fone: (11) 3488-8999

Leia mais

REDUTORES E MOTOREDUTORES. redutores de coroa e rosca sem fim de simples e duplo estágio redutores helicoidais. EDIÇÃO 1 ano 2012

REDUTORES E MOTOREDUTORES. redutores de coroa e rosca sem fim de simples e duplo estágio redutores helicoidais. EDIÇÃO 1 ano 2012 REDUTORES E MOTOREDUTORES redutores de coroa e rosca sem fim de simples e duplo estágio redutores helicoidais 1 EDIÇÃO 1 ano 2012 Rebralto tem como objetivo produzir com excelência, assegurando a plena

Leia mais

BANCO DE CAPACITORES AUTOMÁTICO HISTÓRIA GERAL. Aplicações. Caracteristicas

BANCO DE CAPACITORES AUTOMÁTICO HISTÓRIA GERAL. Aplicações. Caracteristicas HISTÓRI BNCO DE CPCITORES UTOMÁTICO Onda Positiva iniciou suas atividades em janeiro de 1999, atuando na área de montagem e manutenção preventiva em subestações de energia elétrica de baixa e média tensão,

Leia mais

Materiais Elétricos. Linha Residencial 2017/01

Materiais Elétricos. Linha Residencial 2017/01 Materiais Elétricos Linha Residencial 2017/01 A Soprano se renova a cada dia para atender ao que as pessoas mais precisam em materiais elétricos: proteção, segurança, qualidade e uma boa relação custo

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS ESPECIFICAÇÃO E MEMORIAL DE CÁLCULO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS OBRA: C.M.E.I TIA JOVITA LOCAL: RUA PARACATU C/ RUA 4 C/ AVENIDA CRUZEIRO DO SUL - VILA PEDROSO. GOIÂNIA / GO. 1 1.0 - MEMORIAL DESCRITIVO.

Leia mais

ENGINSTREL ENGEMATIC. ANUNCIADOR DE ALARME Série 84: Microprocessado CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

ENGINSTREL ENGEMATIC. ANUNCIADOR DE ALARME Série 84: Microprocessado CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ENGINSTREL ENGEMTI NUNIOR E LRME Série : Microprocessado ESRIÇÃO O nunciador de larme é um conjunto centralizado que possibi!ita uma supervisão das condições de seu processo industrial. Estas condições

Leia mais

Materiais Elétricos. Linha Residencial 2017/02

Materiais Elétricos. Linha Residencial 2017/02 Materiais Elétricos Linha Residencial 2017/02 A Soprano se renova a cada dia para atender ao que as pessoas mais precisam em materiais elétricos: proteção, segurança, qualidade e uma boa relação custo

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS 2º SEMESTRE DE 2016 1.º PERÍODO 2016/1 2º PERÍODO

HORÁRIO DE AULAS 2º SEMESTRE DE 2016 1.º PERÍODO 2016/1 2º PERÍODO HORÁRIO E ULS 2º SEMESTRE E 2016 1.º PERÍOO ISIPLIN INTROUÇÃO À IÊNI O IREITO IT 038 HISTÓRI O IREITO IT 039 NTROPOLOGI JURÍI IT 040 TEORI O ESTO I IP 039 EONOMI I EN 101 INTROUÇÃO À FILOSOFI: ÉTI FIL

Leia mais

Aprimorando os Conhecimentos de Eletricidade Lista 1 Processos de Eletrização I e II Prof.: Célio Normando

Aprimorando os Conhecimentos de Eletricidade Lista 1 Processos de Eletrização I e II Prof.: Célio Normando primorando os onhecimentos de Eletricidade Lista 1 Processos de Eletrização I e II Prof.: élio Normando 1) (U.F. Lavras-MG) No modelo atômico atual, o nêutron tem a composição (u, d, d), no qual (u) representa

Leia mais

Valoração de Grafos. Fluxo em Grafos. Notas. Teoria dos Grafos - BCC 204, Fluxo em Grafos. Notas. Exemplos. Fluxo em Grafos. Notas.

Valoração de Grafos. Fluxo em Grafos. Notas. Teoria dos Grafos - BCC 204, Fluxo em Grafos. Notas. Exemplos. Fluxo em Grafos. Notas. Teori o Grfo - BCC 204 Fluxo em Grfo Hrolo Gmini Sno Univerie Feerl e Ouro Preo - UFOP 19 e ril e 2011 1 / 19 Vlorção e Grfo Exemplo vlore eáio: iâni roovi que lig ie e ie é e 70 kilômero vlore inâmio:

Leia mais

DIN 3122, ISO 3315 2090 A 013.435 2090 A-2 1/4 6,35 2 55 30 013.436 2090 A-4 1/4 6,35 4 100 50 013.437 2090 A-12 1/4 6,35 12 305 125 2090 KR

DIN 3122, ISO 3315 2090 A 013.435 2090 A-2 1/4 6,35 2 55 30 013.436 2090 A-4 1/4 6,35 4 100 50 013.437 2090 A-12 1/4 6,35 12 305 125 2090 KR Extensão - Cao T 2087 Cao T 1/4 013.200 2087 1/4 6,35 115 40 2087 A Cao T espeial 1/4 om engate e segurança Aço Geore-Vanaium. Niquelao e romao. Para traalhos om soquetes manuais om enaixe a 6,35 mm (1/4

Leia mais

Na Placa de Comando estão montados os circuitos para partida direta, partida direta com reversão e partida estrelatriângulo;

Na Placa de Comando estão montados os circuitos para partida direta, partida direta com reversão e partida estrelatriângulo; 1) BANCADA PRINCIPAL MODELO POL-110 Fabricada em estrutura de alumínio, constituída por dois postos de trabalho que servirão de base para utilização de qualquer um dos kits didáticos a serem adquiridos.

Leia mais

Manual de instalação. Aquecedor de reserva de monobloco de baixa temperatura Daikin Altherma EKMBUHCA3V3 EKMBUHCA9W1. Manual de instalação

Manual de instalação. Aquecedor de reserva de monobloco de baixa temperatura Daikin Altherma EKMBUHCA3V3 EKMBUHCA9W1. Manual de instalação Aquecedor de reserv de monoloco de ix tempertur Dikin EKMBUHCAV EKMBUHCA9W Portugues Índice Índice Acerc d documentção. Acerc deste documento... Acerc d cix. Aquecedor de reserv..... Pr retirr os cessórios

Leia mais

A primeira gama de rolamentos para uso extremo disponível como padrão. SNR - Industry

A primeira gama de rolamentos para uso extremo disponível como padrão. SNR - Industry A primeira gama e rolamentos para uso extremo isponível como parão. SNR - Inustry I N U S T R Y TN21Ra:TN21Fc 2/04/08 16:04 Page 2 Uma gama aaptaa para as aplicações mais exigentes. Uma gama técnica testaa

Leia mais

Sistema X. Sistema DLP. Canaleta Rodapé. 80 x 20. 120 x 20

Sistema X. Sistema DLP. Canaleta Rodapé. 80 x 20. 120 x 20 Sistema X 6750 00 6750 60 6750 62 Sistema de instalação elétrica aparente composto por canaletas, interruptores, tomadas e acessórios de acabamento - Design discreto; - Quatro opções de canaletas para

Leia mais

QUESTIONÁRIO DO DIRETOR. Senhor(a) Diretor(a),

QUESTIONÁRIO DO DIRETOR. Senhor(a) Diretor(a), 2013 QUSTONÁRO O RTOR Senhor(a) iretor(a), s avaliações do Sistema Nacional de valiação da ducação ásica (S) são compostas por dois tipos de instrumentos de avaliação: as provas aplicadas aos estudantes

Leia mais

Início. Guia de Configuração Rápida MFC-9460CDN. o aparelho e verifique os componentes AVISO CUIDADO

Início. Guia de Configuração Rápida MFC-9460CDN. o aparelho e verifique os componentes AVISO CUIDADO Gui e Configurção Rápi Iníio MFC-9460CDN Antes e usr este prelho pel primeir vez, lei este Gui e Configurção Rápi pr onfigurá-lo e instlá-lo. Pr visulizr o Gui e Configurção Rápi em outros iioms, visite

Leia mais

Motores Automação Energia Tintas. Automação Soluções WEG para Construção Civil

Motores Automação Energia Tintas. Automação Soluções WEG para Construção Civil Motores Automação Energia Tintas Automação Minidisjuntores - MDW Os Minidisjuntores termomagnéticos MDW foram desenvolvidos para proteção de instalações elétricas contra sobrecargas e curto-circuitos.

Leia mais

Uma Contribuição para a Detecção de Faltas Fase-Terra de Alta Impedância

Uma Contribuição para a Detecção de Faltas Fase-Terra de Alta Impedância 1 Um Contriuição pr Deteção de lts se-terr de Alt Impedâni Dniel O. rin, B.S, UU(*), José C. Oliveir Ph.D, UU; José W. Resende, PhD, UU (*): UU: Universidde ederl de Uerlândi Resumo ste trlho trt d proteção

Leia mais

Rua Guajajaras, 40 sala 306 Centro CEP 30180-100 Belo Horizonte MG Telefones: 55 31 3232-0400 Fax: 55 31 3232-0401 comercial@utili.com.

Rua Guajajaras, 40 sala 306 Centro CEP 30180-100 Belo Horizonte MG Telefones: 55 31 3232-0400 Fax: 55 31 3232-0401 comercial@utili.com. DESCRIÇÃO O PME-500-TR representa um grande avanço em sistemas para teste de disjuntores, devido ao seu avançado método de controle, acessórios disponíveis e simplicidade de uso. O equipamento economiza

Leia mais

Eletrotécnica. Módulo III Parte I Motores CC. Prof. Sidelmo M. Silva, Dr. Sidelmo M. Silva, Dr.

Eletrotécnica. Módulo III Parte I Motores CC. Prof. Sidelmo M. Silva, Dr. Sidelmo M. Silva, Dr. 1 Eletrotécnic Módulo III Prte I Motores CC Prof. 2 3 Máquin CC Crcterístics Básics Muito versáteis (bos crcterístics conjugdo X velocidde) Elevdos conjugdos de prtid Aplicções em sistems de lto desempenho

Leia mais

Expulsor pneumático. Informações Técnicas

Expulsor pneumático. Informações Técnicas Expulsor pneumático Conexão: 1/4 BSP ou NPT. Pressão máxima de trabalho: 10.5 kgf/cm². Freqüência máxima de trabalho: 870 ciclos por minuto. Funcionamento: o ar comprimido abastece o reservatório através

Leia mais

A DESATIVAÇÃO OU REMOÇÃO DA CHAVE SIGNIFICA A ELIMINAÇÃO DA MEDIDA PROTETORA CONTRA CHOQUES ELÉTRICOS E RISCO DE VIDA PARA OS USUÁRIOS DA INSTALAÇÃO.

A DESATIVAÇÃO OU REMOÇÃO DA CHAVE SIGNIFICA A ELIMINAÇÃO DA MEDIDA PROTETORA CONTRA CHOQUES ELÉTRICOS E RISCO DE VIDA PARA OS USUÁRIOS DA INSTALAÇÃO. Fornecimento de Energia Elétrica Nos banheiros deverão ser instalados um disjuntor bifásico no quadro de energia existente de cada quadrante conforme projeto. Deste quadro sairá a alimentação para os banheiros.

Leia mais

Série M3 Produto. Grau de Proteção IP40 (M3X: IP62 quando montado em painel) (IEC 61058-1)

Série M3 Produto. Grau de Proteção IP40 (M3X: IP62 quando montado em painel) (IEC 61058-1) Produto Circuito inversor com capacidade de 16A Mecanismo de ação rápida dos contatos com longa vida Efeito autolimpante dos contatos Grande variedade de atuadores Terminais de parafuso, parafuso frontal

Leia mais

Iluminação Industrial

Iluminação Industrial Iluminção Industril 4012 > Luminári om orpo em hp de ço trtd om mento em pintur eletrostáti n or rn. Refletor em lumínio nodizdo de lto rilho (reflexão totl de 86%). Alojmento do retor no próprio orpo

Leia mais

ÍNDICE GERAL 2. SKY (25)... 3. POLO (33)... 5. STUDIO (46)... 6. DISCO (DSC)... 7. IZY PLUS (24)... 8. IZY (37)... 111

ÍNDICE GERAL 2. SKY (25)... 3. POLO (33)... 5. STUDIO (46)... 6. DISCO (DSC)... 7. IZY PLUS (24)... 8. IZY (37)... 111 METL MÉDIO ÍNDIE GERL. TUE (TU)............................................................................................. SKY ()................................................................................................

Leia mais

Manual de Montagem MATERIAL PARA MONTAGEM: OPÇÕES DE CHAMINÉ: KIT S EM CONCRETO REFRATÁRIO PARA LAREIRA-LD 550/700 850/1000

Manual de Montagem MATERIAL PARA MONTAGEM: OPÇÕES DE CHAMINÉ: KIT S EM CONCRETO REFRATÁRIO PARA LAREIRA-LD 550/700 850/1000 R Manual de Montagem KIT S EM ONRETO REFRTÁRIO PR LREIR-L 550/00 50/1000 MTERIL PR MONTGEM: O kit é composto das seguintes peças: 1- locos 2- oifa 3- ümper (Regulador de Tiragem - metálico) 4- poio para

Leia mais

SIMBOX XF. Design Segurança Fácil instalação. Quadros de distribuição de energia. A melhor opção em quadros de distribuição de energia.

SIMBOX XF. Design Segurança Fácil instalação. Quadros de distribuição de energia. A melhor opção em quadros de distribuição de energia. Fabricado no Brasil SIMBOX XF Quadros de distribuição de energia A melhor opção em quadros de distribuição de energia. Design Segurança Fácil instalação www.siemens.com.br/simboxxf SIMBOX XF Por fora muito

Leia mais

Depósitos acumuladores de aço inoxidável

Depósitos acumuladores de aço inoxidável epósitos umulores e ço inoxiável 60 I, 00 I, 0 I, 00 I, 00 I, 00 I, 800 I, 000 I 60 I/PC, 00 I/PC, 0 I/PC, 00 I/PC, 00 I/PC, 00 I/PC, 800 I/PC e 000 I/PC epósitos umulores pr instlção e queiemento entrl

Leia mais

Memorial de Projeto: Instalações Elétricas. BRB Banco de Brasília. Novas Instalações. Código do Projeto: 1720-11. nº do Contrato: 053/2011

Memorial de Projeto: Instalações Elétricas. BRB Banco de Brasília. Novas Instalações. Código do Projeto: 1720-11. nº do Contrato: 053/2011 Pág. 1 Memorial de Projeto: Instalações Elétricas Cliente: Unidade: Assunto: BRB Banco de Brasília PAB Buriti Novas Instalações Código do Projeto: 1720-11 nº do Contrato: 053/2011 Pág. 2 Índice A. Memorial

Leia mais

Início. Guia de Instalação Rápida HL-4570CDW HL-4570CDWT. o aparelho e verifique os componentes ADVERTÊNCIA AVISO. Nota

Início. Guia de Instalação Rápida HL-4570CDW HL-4570CDWT. o aparelho e verifique os componentes ADVERTÊNCIA AVISO. Nota Gui e Instlção Rápi Iníio (pens UE) HL-4570CDW HL-4570CDWT Antes e utilizr este prelho pel primeir vez, lei este Gui e Instlção Rápi pr o onfigurr e instlr. Pr ver o Gui e Instlção Rápi noutros iioms,

Leia mais

WASTE TO ENERGY: UMA ALTERNATIVA VIÁVEL PARA O BRASIL? 01/10/2015 FIESP São Paulo/SP

WASTE TO ENERGY: UMA ALTERNATIVA VIÁVEL PARA O BRASIL? 01/10/2015 FIESP São Paulo/SP WASTE TO ENERGY: UMA ALTERNATIVA VIÁVEL PARA O BRASIL? 01/10/2015 FIESP São Pulo/SP PNRS E O WASTE-TO-ENERGY Definições do Artigo 3º - A nov ordenção básic dos processos Ordem de prioriddes do Artigo 9º

Leia mais

Pressurização. Descrição das séries Wilo-Helix V 2/4/6/10/16. Bombas simples

Pressurização. Descrição das séries Wilo-Helix V 2/4/6/10/16. Bombas simples Descrição das séries Wilo-Helix V 2/4/6/1/16 Versão Bomba centrífuga de alta pressão multiestágio de alta eficiência não autoaspirante em versão vertical, feita completamente em aço inoxidável, com conexões

Leia mais

Memorial de Projeto: Instalações Elétricas. BRB Banco de Brasília Agência Hospital Paranoá Novas Instalações ANEXO II. Código do Projeto: 1089-11

Memorial de Projeto: Instalações Elétricas. BRB Banco de Brasília Agência Hospital Paranoá Novas Instalações ANEXO II. Código do Projeto: 1089-11 Pág. 1 Memorial de Projeto: Instalações Elétricas Cliente: Unidade: Assunto: BRB Banco de Brasília Agência Hospital Paranoá Novas Instalações Código do Projeto: 1089-11 nº do Contrato: 034/2011 Pág. 2

Leia mais

TOMADAS INCLINADAS DE EMBUTIR E TOMADA DE EMBUTIR COM TAMPA

TOMADAS INCLINADAS DE EMBUTIR E TOMADA DE EMBUTIR COM TAMPA TOMADAS INCLINADAS DE EMBUTIR E TOMADA DE EMBUTIR COM TAMPA As tomadas QUASAR inclinadas de embutir podem ser montadas sobre placas funcionais ou diretamente no quadro. conforme a norma IEC 62262: IK08

Leia mais

100% electricity. Correção automática do fator de potência

100% electricity. Correção automática do fator de potência 100% electricity Correção automática do fator de potência Correção Automática do Fator de Potência Controladores automáticos do fator de potência DCRK DCRJ Programação digital Configuração com 5 ou 7 estágios,

Leia mais

ESTABILIZADORES DE TENSÃO PROFISSIONAIS

ESTABILIZADORES DE TENSÃO PROFISSIONAIS ESTABILIZADORES DE TENSÃO PROFISSIONAIS linhas MC e MCI Microprocessados Totalmente Estáticos Controlados por TRIACs Capacidades de 1 a 7,5 kva Cores disponíveis : Grafite (padrão) ou gelo.outras sob consulta

Leia mais

PRODUTO: SEL-SV--1-O40-K7 FOLHA TÉCNICA 1/5 SAC 55 11 3019-1616

PRODUTO: SEL-SV--1-O40-K7 FOLHA TÉCNICA 1/5 SAC 55 11 3019-1616 PRODUTO: SEL-SV--1-O40-K7 FOLHA TÉCNICA 1/5 APLICAÇÃO Sensor-transmissor de sinal de presença de chama à prova de explosão, certificado pelo TÜV, IPT e pelo CENPRA do MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA,

Leia mais

Escola Secundária com 3º Ciclo de Madeira Torres. Ficha de Avaliação Diagnóstica de Física e Química A 2013/2014 Aluno: nº Data: Professor

Escola Secundária com 3º Ciclo de Madeira Torres. Ficha de Avaliação Diagnóstica de Física e Química A 2013/2014 Aluno: nº Data: Professor Esola Seundária om 3º Cilo de Madeira Torres. Fiha de Avaliação Diagnóstia de Físia e Químia A 203/204 Aluno: nº Data: Professor Grupo I. A figura mostra um esquema do iruito de Indianápolis, onde se realizam

Leia mais

LFS - Canaletas de PVC UFS - Caixas de Tomada para Piso

LFS - Canaletas de PVC UFS - Caixas de Tomada para Piso Ctálogo LFS - UFS LFS - Cnlets de PVC UFS - Cixs de Tomd pr Piso fique conectdo. pense oo. Linh LFS Cnlets de PVC Com lto pdrão estético, s cnlets OBO vlorizm o miente, lém de oferecerem possiilidde de

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO DOS GUINCHOS HIDRÁULICOS

MANUAL DE INSTRUÇÃO DOS GUINCHOS HIDRÁULICOS TERMOS E GRNTI I - PRZO E GRNTI 1. Marcon Indústria Metalúrgica Ltda. dispõe de garantia do produto pelo prazo de 06 (seis) meses (já inclusa a garantia legal referente aos primeiros noventa dias), contados

Leia mais

------------------------------- -----------------------------Henflex. Henflex------------------------------ Índice

------------------------------- -----------------------------Henflex. Henflex------------------------------ Índice Índice 1.Características Gerais... 2 2.Seleção do Tamanho do Acoplamento... 2 2.1- Dimensionamento dos acoplamentos Henflex HXP para regime de funcionamento contínuo... 2 2.2 Seleção do Acoplamento...

Leia mais

CERTIFICADO DE GARANTIA GFV 72/ 84 / 100 / 120 GNV 72 / 84/ 100 / 120 / 150 GBD 72 / 84 / 92 / 106

CERTIFICADO DE GARANTIA GFV 72/ 84 / 100 / 120 GNV 72 / 84/ 100 / 120 / 150 GBD 72 / 84 / 92 / 106 ERTIFIO E GRNTI Gaia Indústria e omercio Ltda concede para seus produtos uma garantia de 90 (noventa) dias, conforme determina a legislação vigente, com acréscimo de um período de 09 (nove) meses, concedido

Leia mais

Aplicação de Condutores de Alumínio em Medição de Consumidor em BT

Aplicação de Condutores de Alumínio em Medição de Consumidor em BT Aplicação de Condutores de Alumínio em Medição de Consumidor em BT 1 Escopo Esta ITA Ampla, tem por objetivo estabelecer os procedimentos a serem adotados para aplicação de condutores de alumínio em substituição

Leia mais