MOBILIDADE EM SALVADOR: PARA ONDE VAMOS?

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MOBILIDADE EM SALVADOR: PARA ONDE VAMOS?"

Transcrição

1 MOBILIDADE EM SALVADOR: PARA ONDE VAMOS?

2 UM PLANO DE MOBILIDADE URBANA DEVE PARTIR DA FORMULAÇÃO DE UM DESEJO: UM DESEJO DE CIDADE.

3 QUAL A SALVADOR QUE DESEJAMOS

4 UMA METRÓPOLE COMPETITIVA, SAUDÁVEL, EQUILIBRADA, RESPONSÁVEL E CIDADÃ? NÃO MOTORIZADOS E TRANSPORTE PÚBLICO OU UMA CIDADE DESIGUAL, CONGESTIONADA E POLUÍDA? CARROS E MOTOS

5 DE QUAL CIDADE DO SALVADOR ESTAMOS FALANDO?

6 SALVADOR: DUAS CIDADES SALVADOR A SALVADOR B SUBÚRBIO FERROVIÁRIO, limitado pela Br-324 e orla da baía de Todos os Santos, constitui-se numa das áreas mais carentes e problemáticas da cidade, marcada pela pobreza, precariedade habitacional, infra-estrutura deficiente, onde se localizam diversos loteamentos populares sem controle urbanístico e inúmeras invasões. MIOLO, centro geográfico do município, área compreendida entre a Av. Paralela e a BR-324, onde se implantaram conjuntos habitacionais de classe média baixa, e expansão continuada por loteamentos populares e inúmeras invasões.

7 SALVADOR: MOBILIDADE X NÍVEIS DE RENDA 2,0 1,4 Indice de Mobilidade Viagens/hab Mobilidade Motorizada Viagens Motorizadas/hab A MOBILIDADE E ACESSIBILIDADE ESTÃO ASSOCIADAS AOS NÍVEIS DE RENDA DA POPULAÇÃO, NAS GRANDES METRÓPOLES BRASILEIRAS, OS SEGMENTOS DE RENDA MAIS ELEVADA TENDEM A APRESENTAR MELHORES CONDIÇÕES DE ACESSIBILIDADE DO QUE OS DE MAIS BAIXA RENDA, EM SALVADOR ISSO É CONSTATADO NA DISPARIDADE ENTRE OS INDICADORES DE MOBILIDADE ENTRE AS DUAS MACRO ÁREAS DA CIDADE. A ÁREA CENTRO-ORLA, É A CIDADE DE MAIOR MOBILIDADE, RAPIDEZ E DA MAIOR ACESSIBILIDADE, 1,5 0,8 ÁREA MIOLO-SUBÚRBIO, É A CIDADE DOS QUE DEPENDEM DE MODOS MAIS LENTOS OU NÃO- MOTORIZADOS, A CIDADE DA LENTIDÃO, OU MESMO, DA IMOBILIDADE

8 Multicentralidade; Predominância do terciário; Maior diversificação e diferenciação das atividades; Aumento de 94% da frota de automóveis em dez anos; MUDANÇAS QUANTITATIVAS E QUALITATIVAS NO PADRÃO DE MOBILIDADE: SALVADOR SEC. XXI: Mudanças no perfil da mobilidade CARACTERIZAÇÃO DA SITUAÇÃO ATUAL PRINCIPAIS LINHAS DE DESEJO MATRIZ TRANSPORTE DE VIAGENS COLETIVO TRANSPORTE PICO DA COLETIVO MANHÃ LINHAS DE DESEJO Redução das viagens pendulares e aumento das viagens em cadeia Maior dispersão espacial e temporal dos fluxos de viagens Diluição dos horários de pico Instabilidade no padrão espacial das viagens para trabalho (aumento do mercado informal ) 52% 27% 20% 11% 15% 7% 11% 1975 (OD) 1995 (OD) 2006 (Exp. OD-95)

9 DUAS PEQUENAS PALAVRAS PARA DAR SUPORTE ÀS PROPOSTAS DE MOBILIDADE

10 PROPOSTAS PARA A MOBILIDADE 1. IMPLANTAR O TRANSPORTE PÚBLICO ACESSÍVEL, MULTIMODAL E INTEGRADO E BUSCAR MELHORAR SUA QUALIDADE A CADA DIA; 2. MANTER A UMA BOA VELOCIDADE DOS DESLOCAMENTOS E MELHORAR A VELOCIDADE DO TRANSPORTE PÚBLICO; 3. AUMENTAR A SUPERFÍCIE E A QUALIDADE DA REDE VIÁRIA DEDICADA AOS PEDESTRES; 4. POTENCIALIZAR AS ÁREAS PARA ESTACIONAMENTO E MELHORAR SUA QUALIDADE; 5. MELHORAR A INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO AOS USUÁRIOS DA VIA PÚBLICA; 6. ELABORAR UMA REGULAMENTAÇÃO ADEQUADA À MOBILIDADE URBANA; 7. AUMENTAR A SEGURANÇA VIÁRIA E O RESPEITO ENTRE OS USUÁRIOS DOS DIFERENTES MODOS DE TRANSPORTES; 8. PROMOVER O USO DE COMBUSTÍVEIS MENOS POLUENTES E O CONTROLE DA POLUIÇÃO (INCLUSIVE SONORA) CAUSADA PELO TRÁFEGO; 9. INCENTIVAR O USO HABITUAL DA BICICLETA; 10. PROMOVER UMA DISTRIBUIÇÃO ÁGIL E ORDENADA DO TRANSPORTE DE CARGAS.

11 SALVADOR/RMS: PROJETOS ESTRUTURANTES PROPOSTAS REDUÇÃO DE DISTÂNCIAS SOCIALMENTE INCLUSIVA ECOLOGICAMENTE SUSTENTÁVEL ACESSIBILIDADE AMPLA E DEMOCRÁTICA AO ESPAÇO URBANO PRIORIDADE PARA OS MODOS NÃO MOTORIZADOS E COLETIVOS DE TRANSPORTES PROJETO DE OBRAS VIÁRIAS Implantação de 40 km de novas vias Duplicação de 38 km de vias atuais Solução de 12 principais pontos críticos de tráfego Articulação com Sistema Viário RMS PROVIA MOBILIDADE SALVADOR PDDU RIT REDE REDE INTEGRADA INTEGRADA E MULTIMODAL E MULTIMODAL DE TRANSPORTES DE TRANSPORTE SSA/RMS METRO LINHAS 01 E 02 Metrô Lapa Cajazeiras TREM DE SUBÚRBIO Modernização do Trem MODERNIZADO de Subúrbio CORREDORES ESTRUTURANTES SISTEMA BRT DE Reestruturação ALTA do atual CAPACIDADE STCO STCO Articulação E STEC com Sistema REESTRUTURADOS de ARTICULAÇÃO Transporte RMS TRANSPORTE RMS DIRETRIZES DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO, TRANSPORTES E SISTEMA VIÁRIO

12 REDE INTEGRADA DE TRANSPORTES DE SALVADOR 68,3 KM DE CORREDORES ESTRUTURANTES DE TRANSPORTE DE ALTA CAPACIDADE (OPÇÃO INICIAL BRT) CORREDORES PRINCIPAIS (38,8 KM): Corredor A ARTICULAÇÃO (2,1km) Trecho A2 Av. Antonio Carlos Magalhães (2,1 km). CORREDORES TRANSVERSAIS (29,5 KM) Corredor 29 de Março / Orlando Gomes Corredor Gal Costa / Pinto de Aguiar Corredor Jorge Amado / Edgard Santos Corredor Dorival Caymmi Corredor B AV. PARALELA (19,3 Km ) Obs. Mudança de BRT para Modal Metroviário Corredor C BARROS REIS (7,9 km) Trecho C1 DETRAN / Av. Barros Reis (3,3 km); Trecho C2 Av. L. E. Magalhães / Av. San Martin / Av. Suburbana (4,6 km). Corredor D VASCO DA GAMA (9,5 km) Trecho D1 Av. ACM / Av. Juracy Magalhães Jr. / Av. Vasco da Gama (7,7 km); Trecho D2 Av. ACM, em Itaigara e Pituba (1,8 km).

13 PROJETOS DE OBRAS VIÁRIAS E INTERCONEXÕES DE TRÁFEGO

14 GESTÃO INTEGRADA METROPOLITANA

15 CONVÊNIO CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO INTRAFEDERATIVO 01/2012 CELEBRADO EM 20/01/2012 ENTRE O ESTADO DA BAHIA E OS MUNICÍPIOS DE SALVADOR E LAURO DE FREITAS. OBJETIVO: PLANEJAMENTO CONJUNTO DA CONSTRUÇÃO, IMPLANTAÇÃO E OPERAÇÃO DO SISTEMA INTEGRADO DE TRANSPORTE PÚBLICO INTERMUNICIPAL DE CARÁTER URBANO ENVOLVENDO A INTEGRAÇÃO DO SERVIÇO PÚBLICO DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE PASSAGEIROS.

16 COMISSÃO DE MOBILIDADE INSTITUÍDA PELO CONVÊNIO INTRAFEDERATIVO (Cláusula Quarta) COMPOSIÇÃO: 10 (DEZ) MEMBROS, SENDO 5 CINCO) DO ESTADO; 3 (TRES) DA PREFEITURA DE SALVADOR E 2 (DOIS) DA PREFEITURA DE LAURO DE FREITAS FUNÇÃO:OPERACIONALIZAR O OBJETIVO DO CONVÊNIO

17 PROCESSO LICITATÓRIO DO SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO POR ÔNIBUS DE SALVADOR

18 PORQUE LICITAR? A PREFEITURA RECONHECE QUE O ATUAL SISTEMA DE TRANSPORTES É PRECÁRIO E NECESSITA DE REFORMAS PROFUNDAS NAS REDES DE SERVIÇOS, NA ORGANIZAÇÃO INSTITUCIONAL/GERENCIAL E NO MODELO DE GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA. POR OUTRO LADO, ENTENDE QUE A IMPLANTAÇÃO DA FUTURA REDE INTEGRADA E MULTIMODAL DE TRANSPORTES EXIGIRÁ AJUSTES AO LONGO DO CONTRATO QUE NÃO DEVEM, PORÉM, RETARDAR A REALIZAÇÃO DO CERTAME LICITATÓRIO DO SISTEMA DE ÔNIBUS.

19 PRINCIPAIS OBJETIVOS ELEVAÇÃO DO NÍVEL DE QUALIDADE DOS SERVIÇOS DE TRANSPORTE COLETIVO POR ÔNIBUS ESTABELECIMENTO DE NOVAS RELAÇÕES CONTRATUAIS ENTRE PODER PÚBLICO E OPERADORES QUE ASSEGUREM A CONTÍNUA PROGRESSÃO DE MELHORIAS DO SISTEMA. SERVIR DE INSTRUMENTO FUNDAMENTAL E NECESSÁRIO DE REGULAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO E SER AGENTE DE MUDANÇAS DO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO DE SALVADOR, VISANDO O BENEFÍCIO DOS SEUS USUÁRIOS, DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DOS OPERADORES.

20 OBJETO DA LICITAÇÃO O OBJETO DA LICITAÇÃO SERÁ A REDE DE TRANSPORTES E SERVIÇOS DE TRANSPORTE POR ÔNIBUS, TENDO POR BASE AS LINHAS EXISTENTES, PARAMETRIZADA COM INDICADORES DE QUALIDADE DO SERVIÇO (EX. TAXA DE OCUPAÇÃO, INTERVALOS DAS VIAGENS, DISTÂNCIA A PÉ DOS PONTOS DE EMBARQUE E ACESSIBILIDADE) E CONSIDERANDO, AINDA, AS MUDANÇAS QUE SERÃO INTRODUZIDAS AO LONGO DO PERÍODO DO CONTRATO, TAIS COMO: A CONSTRUÇÃO DAS LINHAS DE METRÔ 01 (LAPA-CAJAZEIRAS) E 02 (AV.PARALELA), A MODERNIZAÇÃO DO TREM DO SUBÚRBIO E AS MELHORIAS PROPOSTAS PELA RIT- REDE INTEGRADA DE TRANSPORTES DE SALVADOR.

21 PLANO DE MOBILIDADE COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013 COPA DO MUNDO 2014

22 PLANO DE MOBILIDADE COPA 2014 Sub-Sede Salvador MOBILIDADE URBANA Projetos e ações estratégicas nas áreas de planejamento, gestão, operação, circulação e infraestrutura viária e de transportes que se pretende implantar até junho/2014, as quais, direta ou indiretamente, contribuirão decisivamente para a melhoria das condições de mobilidade na cidade, tanto de forma a atender às demandas específicas da FIFA, como também se constituindo num importante legado para a população soteropolitana e metropolitana, hoje carente de um transporte de qualidade e com sérios problemas de locomoção urbana. ACESSIBILIDADE À NOVA ARENA FONTE NOVA Soluções de tráfego e transporte para atender às premissas da FIFA, no período da realização dos jogos da Copa das Confederações em 2013 (FCC 2013) e da Copa do Mundo em 2014 (FWC 2014), como também, para ajustar o sistema de transporte e tráfego existente à concepção da nova Arena e seu entorno, que sofrerá um significativo impacto em termos de mudança de uso do solo.

23 PONTOS DE ATRAÇÃO - Arena Fonte Nova - Aeroporto Camaçari - Porto - Shoppings Centers - Pontos Turísticos - FIFA Fan Fest Baía de Todos os Santos - Public View - COT - CTS (Em definição) - Rede hoteleira Acess o Norte Pirajá Cajazeira s

24 CONTEXTO Aeroporto de Salvador CARACTERÍSTICAS Área ,90 m 2 Pista de Pouso Dimensões: 3.005x45m e 1.520x45m Terminal de Passageiros Capacidade / Ano: Estacionamento Veículos Vagas de Avião 24 posições

25 CONTEXTO Porto de Salvador CARACTERÍSTICAS Área m 2 Capacidade 7 transatlânticos simultaneamente Fluxo de Passageiros / Ano Navios 134 por semestre

26 CONTEXTO Arena Fonte Nova - Características Capacidade: pessoas Camarotes: pessoas Business Center: 2.040m 2 Quiosques: 39 Estacionamento: vagas Realização: Fonte Nova Negócios e Participações (OAS/ODEBRECHT) Parceiro na operação: Amsterdam Arena Projeto arquitetônico: Setepla Tecnometal / Schulitz

27 CONTEXTO Arena Fonte Nova - Localização

28 MOBILIDADE URBANA Rotas de Pedestres

29 MOBILIDADE URBANA Rotas de Pedestres Implantação de acessos ao estacionamento da Arena; Adaptações ao sistema viário local; Requalificação das vias de articulação dos estacionamentos do entorno,do Porto e das estações do Metrô à Arena; Distam até 1,5 Km da Arena Fonte Nova.

30 MUITO OBRIGADO!!! Arq. Francisco Ulisses Santos Rocha 12/04/2012

Salvador na Copa das Confederações e Copa do Mundo FIFA 2014

Salvador na Copa das Confederações e Copa do Mundo FIFA 2014 Salvador na Copa das Confederações e Copa do Mundo FIFA 2014 18/05/2012 Ana Cláudia Nascimento e Sousa Diretora de Mobilidade Urbana e Interurbana ACESSIBILIDADE À ARENA FONTE NOVA LEGADO PARA A CIDADE

Leia mais

PROGRAMA SALVADOR 500

PROGRAMA SALVADOR 500 PROGRAMA SALVADOR 500 SALVADOR E SUA REGIÃO METROPOLITANA DESAFIOS DA MOBILIDADE URBANA GRACE GOMES MARÇO 2015 REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR A RMS possui a condição

Leia mais

Mobilidade Urbana. Linhas gerais, resultados e desafios selecionados

Mobilidade Urbana. Linhas gerais, resultados e desafios selecionados Mobilidade Urbana Linhas gerais, resultados e desafios selecionados Apresentação A política de desenvolvimento urbano é estratégica para a promoção de igualdade de oportunidades, para a desconcentração

Leia mais

JORNADAS TÉCNICAS BRASIL COPA 2014

JORNADAS TÉCNICAS BRASIL COPA 2014 JORNADAS TÉCNICAS BRASIL COPA 2014 Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia Tem como principal tarefa formular e executar a política estadual de desenvolvimento urbano, contemplando os setores

Leia mais

UGP COPA Unidade Gestora do Projeto da Copa

UGP COPA Unidade Gestora do Projeto da Copa Organização da Copa 2014 PORTFÓLIOS UGPCOPA ARENA E ENTORNO INFRAESTRUTURA TURÍSTICA FAN PARKS LOC COPA DESPORTIVA EVENTOS DA FIFA GERENCIAMENTO DE PROJETOS OBRIGAÇÕES GOVERNAMENTAIS SUPRIMENTOS COPA TURÍSTICA

Leia mais

PROGRAMA DE MOBILIDADE NÃO MOTORIZADA PARA O ESTADO DA BAHIA

PROGRAMA DE MOBILIDADE NÃO MOTORIZADA PARA O ESTADO DA BAHIA PROGRAMA DE MOBILIDADE NÃO MOTORIZADA PARA O ESTADO DA BAHIA DIURB - Diretoria de Equipamentos e Qualificação Urbanística SUDEN - Superintendência de Desenvolvimento Urbanístico COISP - Coordenação de

Leia mais

Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014

Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 Infraestrutura Planos, Projetos e Obras Mapa Geral PAC Mobilidade Curitiba CONTÔRNO SUL BR-277 BRT OESTE CÂNDIDO DE ABREU BRT SUL LINHA VERDE A IMPLANTAR ESTÁDIO TERMINAL

Leia mais

PROGRAMA DE INVESTIMENTO EM MOBILIDADE NA RMS COM VISTAS À COPA 2014

PROGRAMA DE INVESTIMENTO EM MOBILIDADE NA RMS COM VISTAS À COPA 2014 PROGRAMA DE INVESTIMENTO EM MOBILIDADE NA RMS COM VISTAS À COPA 2014 Proposta de estruturação com investimentos nos grandes corredores de transporte na Região Metropolitana de Salvador RMS A Fonte Nova

Leia mais

Mobilidade Caminhos para o Futuro

Mobilidade Caminhos para o Futuro EVENTO DIÁLOGOS CAPITAIS: METRÓPOLES BRASILEIRAS O FUTURO PLANEJADO Mobilidade Caminhos para o Futuro Ricardo Young PPS Vereador Município de SP ricardoyoungvereador http://www.ricardoyoung.com.br/ 21/JULHO/2014

Leia mais

Unidade Gestora do Projeto da Copa. Unidade d Gestora do Projeto da Copa MOBILIDADE URBANA

Unidade Gestora do Projeto da Copa. Unidade d Gestora do Projeto da Copa MOBILIDADE URBANA Unidade d Gestora do Projeto da Copa MOBILIDADE URBANA PLANO DE GOVERNANÇA POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO DE MANAUS 1.802.014 Hab População/ bairros de Manaus DISTRIBUIÇÃO DA FROTA DE VEÍCULOS EM MANAUS Automóveis

Leia mais

MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL. sexta-feira, 29 de junho de 12

MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL. sexta-feira, 29 de junho de 12 MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL O QUE É MOBILIDADE URBANA? É um atributo das cidades e se refere ao deslocamentos de pessoas e bens no espaço urbano. Pensar a mobilidade urbana é pensar sobre como se organizam

Leia mais

RELAÇÃO DE LOCAIS NOBRES

RELAÇÃO DE LOCAIS NOBRES RELAÇÃO DE LOCAIS NOBRES AV. GARIBALDI/PRÓXIMO AO LARGO 4001 Próximo supermercado Hiper Bompreço AV. GARIBALDI / SINALEIRA 4102 4003 4004 Monumento Clériston Andrade IDA AV. GARIBALDI / COLÉGIO (Tabuleta

Leia mais

29 de julho de 2014. 1ª Reunião do Observatório da Mobilidade Urbana de Belo Horizonte

29 de julho de 2014. 1ª Reunião do Observatório da Mobilidade Urbana de Belo Horizonte 1ª Reunião do Observatório da Mobilidade Urbana de Belo Horizonte Mesa 1: Acessibilidade e qualidade do transporte coletivo e das calçadas de Belo Horizonte Em que medida o PlanMob-BH considerou e avançou

Leia mais

PROGRAMA COMPROMISSO META INICIATIVA

PROGRAMA COMPROMISSO META INICIATIVA Secretaria de 1 Produtivo 1. Ampliar a oferta de infraestrutura adequada para promover a segurança no consumo de gêneros alimentícios em mercados municipais 1. Oferecer espaços adequados para comercialização

Leia mais

Órgão/Sigla: SISTEMA INTEGRADO DE TRANSPORTE COLETIVO - SITC SECRETARIA MUNICIPAL DOS TRANSPORTES E INFRA- ESTRUTURA - SETIN

Órgão/Sigla: SISTEMA INTEGRADO DE TRANSPORTE COLETIVO - SITC SECRETARIA MUNICIPAL DOS TRANSPORTES E INFRA- ESTRUTURA - SETIN Órgão/Sigla: SISTEMA INTEGRADO DE TRANSPORTE COLETIVO - SITC Natureza Jurídica: Gestão: Finalidade: SISTEMA SECRETARIA MUNICIPAL DOS TRANSPORTES E INFRA- ESTRUTURA - SETIN Elaborar e implementar o Plano

Leia mais

O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte. Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba

O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte. Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba Curitiba SÃO PAULO População: 1.828.092 hab. Taxa de crescimento pop. 2000-2009: 1,71% 2008-2009:

Leia mais

Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte

Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte Seminário de Mobilidade Urbana Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte Celio Bouzada 23 de Setembro de 2015 Belo Horizonte População de Belo Horizonte: 2,4 milhões de habitantes População da

Leia mais

REGIÕES METROPOLITANAS

REGIÕES METROPOLITANAS REGIÕES METROPOLITANAS MOBILIDADE URBANA NAS REGIÕES METROPOLITANAS NOVEMBRO/2003- Rj SISTEMA INTEGRADO MULTIMODAL DE TRANSPORTE DA REGIÃO METROPOLITANA DA CIDADE DO SALVADOR REGIÃ0 METROPOLITANA DE SALVADOR

Leia mais

Manual Prêmio Mobilidade

Manual Prêmio Mobilidade Manual Prêmio Mobilidade 1. Qual o objetivo do Prêmio Mobilidade? O Prêmio Cidades Sustentáveis, categoria "Mobilidade", pretende reconhecer políticas públicas sustentáveis e bem sucedidas de melhoria

Leia mais

MOBILIDADE URBANA. André Abe Patricia Stelzer

MOBILIDADE URBANA. André Abe Patricia Stelzer MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL André Abe Patricia Stelzer Atualmente, a mobilidade urbana é parte da política de desenvolvimento urbano sustentável. Trata do deslocamento de bens e pessoas e do atendimento

Leia mais

Apoio à Elaboração de Projetos de Sistemas Integrados de Transporte Coletivo Urbano

Apoio à Elaboração de Projetos de Sistemas Integrados de Transporte Coletivo Urbano Programa 9989 Mobilidade Urbana Ações Orçamentárias Número de Ações 19 10SR0000 Apoio à Elaboração de Projetos de Sistemas Integrados de Transporte Coletivo Urbano Produto: Projeto elaborado Unidade de

Leia mais

Como transformar o direito à mobilidade em indicadores de políticas públicas?

Como transformar o direito à mobilidade em indicadores de políticas públicas? Como transformar o direito à mobilidade em indicadores de políticas públicas? Uma contribuição - INCT Observatório das Metrópoles - Projeto: Metropolização e Mega-eventos: os impactos da Copa do Mundo/2014

Leia mais

Consulta Pública PROPOSTAS

Consulta Pública PROPOSTAS Consulta Pública POLÍTICA DE LOGÍSTICA URBANA DE BELO HORIZONTE - 2015 PBH BHTRANS / outubro 2015 PROPOSTAS 1. Causas básicas do caos urbano 1. Desequilíbrio entre a oferta e a demanda do uso da estrutura

Leia mais

A cidadedo futuro. Marcus Quintella marcus.quintella@fgv.br

A cidadedo futuro. Marcus Quintella marcus.quintella@fgv.br A cidadedo futuro Marcus Quintella marcus.quintella@fgv.br O transporte público multimodal é chave para cidades eficientes e sustentáveis Integraçãoé a base da multimodalidade Fonte: Capima (capima.com.br)

Leia mais

Unidade: Política Habitacional e o Direito à Moradia Digna.

Unidade: Política Habitacional e o Direito à Moradia Digna. OBSERVATÓRIO DAS METRÓPOLES, AÇÃO URBANA E FUNDAÇÃO BENTO RUBIÃO PROGRAMA DE FORMAÇÃO: POLÍTICAS PÚBLICAS E O DIREITO À CIDADE Unidade: Política Habitacional e o Direito à Moradia Digna. Módulo III - A

Leia mais

A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE MOBILIDADE URBANA

A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE MOBILIDADE URBANA Seminário Internacional sobre Cidades Inteligentes, Cidades do Futuro Comissão de Desenvolvimento Urbano CDU Câmara dos Deputados A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE MOBILIDADE URBANA RENATO BOARETO Brasília 06

Leia mais

PROPOSTAS MOBILIDADE PROPOSTAS DE MÉDIO E LONGO PRAZO

PROPOSTAS MOBILIDADE PROPOSTAS DE MÉDIO E LONGO PRAZO PROPOSTAS MOBILIDADE PROPOSTAS DE MÉDIO E LONGO PRAZO AGENDA DO DEBATE: Pedestres Bicicleta Transporte público: ônibus e trilhos Circulação viária carros, motos e caminhões Acessibilidade Educação e trânsito

Leia mais

Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014. Salvador 04/11/10

Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014. Salvador 04/11/10 Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014 Salvador 04/11/10 É a vez do Brasil! Linha do Tempo Eventos Esportivos Copa das Confederações 2013 Copa do Mundo FIFA 2014 Olimpíadas e Paraolimpíadas

Leia mais

Investimento Global (R$ mi) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2 -

Investimento Global (R$ mi) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2 - Anexo A - Mobilidade Urbana Empreendimento (obra, projeto e desapropriação) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2-2 Belo Horizonte Corredor Pedro II e Obras Complementares nos

Leia mais

SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007

SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007 SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007 Frota antiga e tecnologia obsoleta; Serviço irregular de vans operando em todo o DF 850 veículos; Ausência de integração entre os modos e serviços; Dispersão das linhas;

Leia mais

7º Encontro de Logística e Transportes

7º Encontro de Logística e Transportes 7º Encontro de Logística e Transportes Transportes Metropolitanos na RMSP Roberto Arantes Filho Coordenador de Relações Institucionais da STM Fiesp-SP,21/05/2012 Módulo 1 Contexto de Atuação Regiões metropolitanas

Leia mais

Superintendência de Planejamento e Gestão Territorial (SGT)

Superintendência de Planejamento e Gestão Territorial (SGT) Superintendência de Planejamento e Gestão Territorial (SGT) SEMINÁRIO CONFEA/CREA-BA: ACOMPANHAMENTO OBRAS DA COPA 12/04/2011 OBRAS A CARGO DA SEDUR Corredor Estruturante Aeroporto-Acesso Norte, do Sistema

Leia mais

METRÔ 2020. Arquiteto e Urbanista Alberto Epifani Gerente de Planejamento e Integração de Transportes Metropolitanos do Metrô de São Paulo

METRÔ 2020. Arquiteto e Urbanista Alberto Epifani Gerente de Planejamento e Integração de Transportes Metropolitanos do Metrô de São Paulo METRÔ 2020 Expansão Metrô 2020, Novas Linhas já programadas, Linhas em estudo, Aspecto multimodal - Integração com outros meios de transporte Arquiteto e Urbanista Alberto Epifani Gerente de Planejamento

Leia mais

ANÁLISE DA VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE REDE SEMIPÚBLICA DE TRANSPORTE COLETIVO EM UBERLÂNDIA, MG

ANÁLISE DA VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE REDE SEMIPÚBLICA DE TRANSPORTE COLETIVO EM UBERLÂNDIA, MG ANÁLISE DA VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE REDE SEMIPÚBLICA DE TRANSPORTE COLETIVO EM UBERLÂNDIA, MG Luciano Nogueira José Aparecido Sorratini ANÁLISE DA VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE REDE SEMIPÚBLICA DE

Leia mais

Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014. Mobilidade Urbana e a Copa 2014

Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014. Mobilidade Urbana e a Copa 2014 Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014 Mobilidade Urbana e a Copa 2014 Novembro de 2009 Participação do Gov. Fed. na Copa de 2014 Setor hoteleiro Estádio Aeroporto Investimentos Federais Porto Mobilidade

Leia mais

PlanMob-BH: Plano de mobilidade sustentável de Belo Horizonte. Ramon Victor Cesar BHTRANS, Prefeitura de Belo Horizonte

PlanMob-BH: Plano de mobilidade sustentável de Belo Horizonte. Ramon Victor Cesar BHTRANS, Prefeitura de Belo Horizonte PlanMob-BH: Plano de mobilidade sustentável de Belo Horizonte Ramon Victor Cesar BHTRANS, Prefeitura de Belo Horizonte Sumário 1. Contexto do PlanMob-BH Fases de desenvolvimento Objetivos estratégicos

Leia mais

COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014 Cidade-sede Natal RN

COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014 Cidade-sede Natal RN GT - INFRAESTRUTURA GT - INFRAESTRUTURA Grupo de Trabalho INFRAESTRUTURA Responsável pela proposição de projetos e operações de infraestrutura, além do acompanhamento na execução destes, necessários à

Leia mais

Plano de Mobilidade Urbana de Salvador. Secretaria Municipal de Mobilidade

Plano de Mobilidade Urbana de Salvador. Secretaria Municipal de Mobilidade Plano de Mobilidade Urbana de Salvador Secretaria Municipal de Mobilidade Lei Federal nº 12.587/12 (Lei de Mobilidade) Os objetivos da Política Nacional de Mobilidade Urbana são a integração entre os modos

Leia mais

RELAÇÃO DE LOCAIS. Número Localidade Ponto de Referência. Salvador, 27 de janeiro de 2010.

RELAÇÃO DE LOCAIS. Número Localidade Ponto de Referência. Salvador, 27 de janeiro de 2010. Pag.01 6153 Av. Tancredo Neves Nobre Em Frente ao Suarez Trade Iluminada 6154 Nobre Em Frente ao Suarez Trade Iluminada 6155 Nobre Em Frente ao Salvador Trade Iluminada 6156 Nobre Em Frente ao Salvador

Leia mais

TRANSPORTE COLETIVO SISTEMAS INTEGRADOS DE TRANSPORTE URBANO

TRANSPORTE COLETIVO SISTEMAS INTEGRADOS DE TRANSPORTE URBANO SISTEMAS INTEGRADOS DE TRANSPORTE URBANO TRANSPORTE COLETIVO M. Eng. André Cademartori Jacobsen Especialista em Benchmarking Associação Latino-americana de Sistemas Integrados e BRT (SIBRT) 28/Nov/2012

Leia mais

IV Conferência de Política Urbana. Eixo de Mobilidade: 29 de março de 2014

IV Conferência de Política Urbana. Eixo de Mobilidade: 29 de março de 2014 IV Conferência de Política Urbana Eixo de Mobilidade: Redução dos deslocamentos, melhoria da acessibilidade e estímulo ao transporte coletivo e não motorizado. 29 de março de 2014 Roteiro 2 1) Contexto

Leia mais

DESAFIOS PARA A MOBILIDADE URBANA JOÃO BRAGA

DESAFIOS PARA A MOBILIDADE URBANA JOÃO BRAGA DESAFIOS PARA A MOBILIDADE URBANA JOÃO BRAGA Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano Recife Caso você fosse o gestor, quais seriam suas principais intervenções no trânsito do Recife? SE A SITUAÇÃO

Leia mais

Desafios do Rio de Janeiro para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016: transporte

Desafios do Rio de Janeiro para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016: transporte Nº 1 de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016: transporte A escolha do Rio de Janeiro para ser a sede dos Jogos Olímpicos coroou o bom momento vivido pela cidade e pelo estado, que irá receber investimentos

Leia mais

METRÔ CURITIBANO. LINHA AZUL Santa Cândida / CIC Sul. Engº Cléver Ubiratan Teixeira de Almeida Presidente do IPPUC

METRÔ CURITIBANO. LINHA AZUL Santa Cândida / CIC Sul. Engº Cléver Ubiratan Teixeira de Almeida Presidente do IPPUC METRÔ CURITIBANO LINHA AZUL Santa Cândida / CIC Sul Engº Cléver Ubiratan Teixeira de Almeida Presidente do IPPUC PLANO DIRETOR LEI 11.266/2004 Diretrizes de Mobilidade Urbana e Transporte Capítulo II Da

Leia mais

Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ

Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ 1 1 Introdução Sustentabilidade Mudança nos atuais modelos de produção e consumo Alternativas

Leia mais

Painel 4 - Mobilidade Urbana: Transporte e Soluções. Marcio Lacerda Prefeito de Belo Horizonte

Painel 4 - Mobilidade Urbana: Transporte e Soluções. Marcio Lacerda Prefeito de Belo Horizonte Painel 4 - Mobilidade Urbana: Transporte e Soluções Marcio Lacerda Prefeito de Belo Horizonte Sumário A. Desenvolvimento urbano e os desafios da mobilidade em BH B. Iniciativas da PBH em prol da mobilidade

Leia mais

Transporte e Planejamento Urbano

Transporte e Planejamento Urbano Transporte e Planejamento Urbano para o Desenvolvimento da RMRJ Julho/2014 Cidades a maior invenção humana As cidades induzem a produção conjunta de conhecimentos que é a criação mais importante da raça

Leia mais

Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social?

Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social? Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social? Panorama das ações e projetos e hipóteses gerais da pesquisa Juciano Martins Rodrigues Aumento no tempo de deslocamento Crescimento do número

Leia mais

ESTUDO DE ACESSIBILIDADE ÀS ESTAÇÕES DO METRÔ DE SALVADOR

ESTUDO DE ACESSIBILIDADE ÀS ESTAÇÕES DO METRÔ DE SALVADOR ESTUDO DE ACESSIBILIDADE ÀS ESTAÇÕES DO METRÔ DE SALVADOR RESUMO Priscila da Mota Moraes 1 Taís Fonseca de Medeiros 2 O presente trabalho trata do estudo da acessibilidade relativa às estações do Sistema

Leia mais

ESPELHO DE EMENDAS DE INCLUSÃO DE META

ESPELHO DE EMENDAS DE INCLUSÃO DE META S AO PLN 0002 / 2007 - LDO Página: 2133 de 2393 ESPELHO DE S DE INCLUSÃO DE META AUTOR DA 34560001 1216 Atenção Especializada em Saúde 8535 Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde Unidade

Leia mais

Panorama do Plamus Julho de 2015

Panorama do Plamus Julho de 2015 Panorama do Plamus Julho de 2015 O PLAMUS foi elaborado por consórcio de três empresas LogitEngenharia, Strategy& e Machado Meyer Advogados, com cinco parceiros Consórcio Empresa brasileira, fundada há

Leia mais

Evolução do congestionamento

Evolução do congestionamento Evolução do congestionamento Crescimento populacional estável Taxa de motorização crescente 2025 2005 Surgimento de novos pólos de atração de viagens Deslocamentos na cidade Rede de transporte para 2016

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE MOBILIDADE URBANA

COMISSÃO ESPECIAL DE MOBILIDADE URBANA COMISSÃO ESPECIAL DE MOBILIDADE URBANA AUDIÊNCIA PÚBLICA A LEI DE MOBILIDADE URBANA NO BRASIL CONSTATAÇÕES E DESAFIOS AGOSTO 2013 Dr. Emilio Merino INDICE 1. Antecedentes 2. Cenários urbanos 3. A Lei 12.587/2012

Leia mais

Balanço 2012 - Copa do Mundo Cidade-sede Curitiba Brasília, Abril de 2012

Balanço 2012 - Copa do Mundo Cidade-sede Curitiba Brasília, Abril de 2012 CodeP0 Balanço 2012 Copa do Mundo Cidadesede Curitiba Brasília, CodeP1 Valores Consolidados R$ mi, abr/12 Total Empreendimentos Investimento Total Financiamento Federal Local Federal Privado Estádio 1

Leia mais

Modernos conceitos de acessibilidade (estacionamento, assentos, banheiros, rampas e elevadores para o Portadores de Necessidades Especiais);

Modernos conceitos de acessibilidade (estacionamento, assentos, banheiros, rampas e elevadores para o Portadores de Necessidades Especiais); ARENA DAS DUNAS ARENA DAS DUNAS Descrição da Obra Construção de ARENA MULTIUSO para utilização na Copa 2014; PPP (Participação Público Privada) entre Governo do Estado do Rio Grande do Norte e a Arena

Leia mais

Sistema Integrado de Transporte e o Metrô de Porto Alegre Março de 2008

Sistema Integrado de Transporte e o Metrô de Porto Alegre Março de 2008 Sistema Integrado de Transporte e o Metrô de Porto Alegre Março de 2008 Estudo de Planejamento Estratégico de Integração do Transporte Público Coletivo da RMPA Plano Integrado de Transporte e Mobilidade

Leia mais

Plano Diretor de Trânsito e Transporte

Plano Diretor de Trânsito e Transporte Região Sudeste Rio de Janeiro servicospublicos@niteroi.rj.gov.br Baía de Guanabara Niterói Veículos = maior mobilidade, crescimento das cidades Aumento da frota = congestionamento menor mobilidade. Maiores

Leia mais

MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA-PB SUPERINTENDÊNCIA

MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA-PB SUPERINTENDÊNCIA MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA-PB SUPERINTENDÊNCIA DE TRANSPORTE E TRANSITO DE JOÃO PESSOA STTRANS EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 001/2011 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2010/047142 ANEXO IV DIRETRIZES PARA A REESTRUTURAÇÃO

Leia mais

3ª Conferência de Logística Brasil - Alemanha

3ª Conferência de Logística Brasil - Alemanha 3ª Conferência de Logística Brasil - Alemanha Henrique Futuro Assessor Agência Metropolitana de Transportes Urbanos Rio Setembro de 2011 Panorama Location: southeast of Brazil (57% of the GNP); Area: 43.910

Leia mais

Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro

Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro Waldir Peres Superintendente Agência Metropolitana de Transportes Urbanos São Paulo Setembro de 2011 Plano Geral Rio

Leia mais

2014 Saneamento na Rede

2014 Saneamento na Rede 2014 Saneamento na Rede A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO E DO PROJETO PARA O DESENVOLVIMENTO DE EMPREENDIMENTOS DE INFRAESTRUTURA João Alberto Viol, presidente nacional do Sinaenco Copa 2014 e Olimpíadas

Leia mais

Guião Orientador sobre a metodologia de abordagem dos transportes nos PMOT

Guião Orientador sobre a metodologia de abordagem dos transportes nos PMOT Guião Orientador sobre a metodologia de abordagem dos transportes nos PMOT Luís Jorge Bruno Soares António Perez Babo Robert Stussi Maria Rosário Partidário Bruno Lamas brunosoares@brunosoaresarquitectos.pt

Leia mais

MOBILIDADE URBANA: OS MODAIS DE TRANSPORTE

MOBILIDADE URBANA: OS MODAIS DE TRANSPORTE Engº Emiliano Affonso Neto 20 de Setembro de 2013 Realização: ASPECTOS A SEREM ABORDADOS 1. A Escolha do Modo de Transporte 2. Modos de Transporte 3. Recomendações ASPECTOS A SEREM ABORDADOS 1. A Escolha

Leia mais

Redução dos tempos de viagens e custos operacionais com a implantação da Linha Direta Ligeirão Boqueirão na cidade de Curitiba.

Redução dos tempos de viagens e custos operacionais com a implantação da Linha Direta Ligeirão Boqueirão na cidade de Curitiba. Redução dos tempos de viagens e custos operacionais com a implantação da Linha Direta Ligeirão Boqueirão na cidade de Curitiba. Astrid Cristianne Dilger Sanches¹; Olga Mara Prestes² 1 Engenheira Civil

Leia mais

Copa do Mundo de 2014: Impactos e legado (Região. Prof. Dr. Gerardo Silva, UFABC, 03-12-2012

Copa do Mundo de 2014: Impactos e legado (Região. Prof. Dr. Gerardo Silva, UFABC, 03-12-2012 Copa do Mundo de 2014: Impactos e legado (Região Sudeste) Prof. Dr. Gerardo Silva, UFABC, 03-12-2012 Questões gerais A Copa do Mundo do Futebol já está ai e é muito pouco o que pode ser mudado A questão

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DOS TRANSPORTES

A IMPORTÂNCIA DOS TRANSPORTES MODOS DE TRANSPORTE A IMPORTÂNCIA DOS TRANSPORTES Os transportes evoluíram com o processo de desenvolvimento económico. A sua utilização é fundamental para a economia mundial, para o desenvolvimento das

Leia mais

A cada dia, há mais gente nas cidades...

A cada dia, há mais gente nas cidades... 05/12/2012 A cada dia, há mais gente nas cidades... População urbana e rural no mundo: 1950-2050 urbana rural Cidades com mais de 1 milhão de habitantes no mundo: Em 1950: 86 cidades Em 2008: 400 cidades

Leia mais

39 aeroportos envolvidos, localizados nas cidades-sede ou a até 200 km delas

39 aeroportos envolvidos, localizados nas cidades-sede ou a até 200 km delas GRANDES NÚMEROS 39 aeroportos envolvidos, localizados nas cidades-sede ou a até 200 km delas mais de 1 milhão de atletas, delegações e turistas circulando pelos principais aeroportos do evento. 4 mil são

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES

MINISTÉRIO DAS CIDADES MINISTÉRIO DAS CIDADES Mobilidade Urbana Sustentável Seminário Infraestrutura turística, megaeventos e promoção da imagem do Brasil no exterior 16 e 17 de agosto de 2011 MINISTÉRIO DAS CIDADES MISSÃO Combate

Leia mais

OBSERVATÓRIO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013. São Paulo, 04 de Julho de 2013.

OBSERVATÓRIO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013. São Paulo, 04 de Julho de 2013. OBSERVATÓRIO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013 São Paulo, 04 de Julho de 2013. Estrutura da apresentação Objetivos; Fases do projeto; Execução; Resultados preliminares; e Conclusões preliminares; Objetivos

Leia mais

País predominantemente urbano: cerca de 80% da população brasileira mora em cidades.

País predominantemente urbano: cerca de 80% da população brasileira mora em cidades. A Política de Mobilidade Urbana no desenvolvimento das cidades! AS CIDADES País predominantemente urbano: cerca de 80% da população brasileira mora em cidades. Processo de urbanização caracterizado pelo

Leia mais

GRUPO DE TRABALHO DE INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE URBANA

GRUPO DE TRABALHO DE INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE URBANA DESENVOLVIMENTO DE LAY-OUT DE PROPOSTA ALTERNATIVA PARA O SISTEMA G DE TRANSPORTE PÚBLICO MULTIMODAL PARA A REGIÃO METROPOLITANA DA GRANDE VITÓRIA GRUPO DE TRABALHO DE INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE URBANA

Leia mais

Depto. Engenharia Industrial Estudo sobre a Mobilidade Sustentável Diretrizes para o Município do Dr. Madiagne Diallo, Prof. Coordenador do Laboratório de Apoio à Decisão Coordenador de Assessoria Técnica

Leia mais

SESSÃO ESPECIAL PARA DISCUTIR O SISTEMA DE TRANSPORTE DA CIDADE DO SALVADOR REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE SALVADOR NO DIA 05 DE MAIO DE 2010

SESSÃO ESPECIAL PARA DISCUTIR O SISTEMA DE TRANSPORTE DA CIDADE DO SALVADOR REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE SALVADOR NO DIA 05 DE MAIO DE 2010 SESSÃO ESPECIAL PARA DISCUTIR O SISTEMA DE TRANSPORTE DA CIDADE DO SALVADOR REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE SALVADOR NO DIA 05 DE MAIO DE 2010 SR. PRESIDENTE VEREADOR JORGE JAMBEIRO: - Boa tarde a todos

Leia mais

MOBILIDADE URBANA Marta Monteiro da Costa Cruz Fábio Romero Gesiane Silveira

MOBILIDADE URBANA Marta Monteiro da Costa Cruz Fábio Romero Gesiane Silveira Marta Monteiro da Costa Cruz Fábio Romero Gesiane Silveira Mobilidade Urbana Palestrantes: Marta Cruz Engenheira Civil Universidade Federal do Espírito Santo Gesiane Silveira Engenheira Civil Universidade

Leia mais

Visão de futuro e cenários do desenvolvimento urbano com integração entre mobilidade e uso do solo

Visão de futuro e cenários do desenvolvimento urbano com integração entre mobilidade e uso do solo Visão de futuro e cenários do desenvolvimento urbano com integração entre mobilidade e uso do solo Parauapebas, 12 de novembro de 2014 Apoio: Realização: Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade

Leia mais

PLANOS DE MOBILIDADE URBANA

PLANOS DE MOBILIDADE URBANA IMPLANTAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA: PLANOS DE MOBILIDADE URBANA RENATO BOARETO Brasília, 28 de novembro de 2012 Organização Não Governamental fundada em 2006 com a missão de apoiar a

Leia mais

[ ARQUITETURA ] [ TEXTO VERENA PARANHOS ] 1 5 2 L E T S G O B A H I A DIVULGAÇÃO

[ ARQUITETURA ] [ TEXTO VERENA PARANHOS ] 1 5 2 L E T S G O B A H I A DIVULGAÇÃO [ ARQUITETURA ] [ TEXTO VERENA PARANHOS ] DIVULGAÇÃO COMPLEXO DE VIADUTOS DO IMBUÍ Projeção apresenta como será o complexo de viadutos que vai desafogar o trânsito na Avenida Paralela. As obras foram autorizadas

Leia mais

Políticas de integração para mobilidade urbana em cidades coordenadas por diferente modais Wagner Colombini Martins 20/09/2013

Políticas de integração para mobilidade urbana em cidades coordenadas por diferente modais Wagner Colombini Martins 20/09/2013 Políticas de integração para mobilidade urbana em cidades coordenadas por diferente modais Wagner Colombini Martins 20/09/2013 A gestão pública brasileira é marcada pela atuação setorial, com graves dificuldades

Leia mais

Política Nacional de Mobilidade Urbana e Construção do Plano de Mobilidade

Política Nacional de Mobilidade Urbana e Construção do Plano de Mobilidade Ministério das Cidades SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Política Nacional de Mobilidade Urbana e Construção do Plano de Mobilidade Porto Alegre RS Abril de 2015 Política

Leia mais

Belo Horizonte: desafios, expectativas e oportunidades para aprimoramento da política e gestão de estacionamento

Belo Horizonte: desafios, expectativas e oportunidades para aprimoramento da política e gestão de estacionamento Belo Horizonte: desafios, expectativas e oportunidades para aprimoramento da política e gestão de estacionamento Ramon Victor Cesar Presidente da BHTRANS Sumário Geral Sumário 1. PlanMob-BH Plano Diretor

Leia mais

Pontapé inicial: Planejamento Integrado Governo de Minas e PBH. escolha das cidades-sede. Copa

Pontapé inicial: Planejamento Integrado Governo de Minas e PBH. escolha das cidades-sede. Copa Minas Gerais na Copa do Mundo de 2014 Copa em Minas já começou Pontapé inicial: Planejamento Integrado Governo de Minas e PBH 31 de maio de 2011 dois anos de escolha das cidades-sede 2014 BH/MG modelo

Leia mais

Plano de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte - PlanMob-BH. Marcelo Cintra do Amaral. 20 de novembro de 2012

Plano de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte - PlanMob-BH. Marcelo Cintra do Amaral. 20 de novembro de 2012 Plano de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte - PlanMob-BH Marcelo Cintra do Amaral 20 de novembro de 2012 Roteiro da apresentação: Contexto do PlanMob-BH: prognóstico, caráter de plano diretor, etapas

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Curitiba. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Curitiba. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Curitiba Setembro/2013 Curitiba: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre. Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus do Município de Porto Alegre

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre. Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus do Município de Porto Alegre Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus do Município de Porto Alegre Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte

Leia mais

Natal - RN Os impactos, processos e dinâmicas na Cidade do Natal

Natal - RN Os impactos, processos e dinâmicas na Cidade do Natal Natal - RN Os impactos, processos e dinâmicas na Cidade do Natal Metropolização e Megaeventos Seminário Nacional Rio de Janeiro, 11 de dezembro de 2013 Equipe do Projeto Núcleo RMNatal Prof. Alexsandro

Leia mais

BNDES e a Copa 2014. Rodolfo Torres. Novembro de 2011. Área de Infraestrutura Social

BNDES e a Copa 2014. Rodolfo Torres. Novembro de 2011. Área de Infraestrutura Social BNDES e a Copa 2014 Novembro de 2011 Rodolfo Torres Área de Infraestrutura Social Agenda Introdução: Eventos Esportivos no Brasil Participação do BNDES Agenda Introdução: Eventos Esportivos no Brasil Participação

Leia mais

Oportunidades criadas pelo Plano Diretor Estratégico

Oportunidades criadas pelo Plano Diretor Estratégico A CRIAÇÃO DE TERRITÓRIOS DE OPORTUNIDADE JUNTO AO SISTEMA METRO-FERROVIÁRIO: EM PROL DE UMA PARCERIA MAIS EFETIVA NOS PROCESSOS DE TRANSFORMAÇÃO URBANA NO ENTORNO DAS ESTAÇÕES. ABSTRACT Ao longo dos trinta

Leia mais

Princípios da nova visão de Mobilidade Urbana Mobilidade Sustentável

Princípios da nova visão de Mobilidade Urbana Mobilidade Sustentável Princípios da nova visão de Mobilidade Urbana Mobilidade Sustentável Diminuir a necessidade de viagens motorizadas: Posicionando melhor os equipamentos sociais, descentralizando os serviços públicos, ocupando

Leia mais

Mobilidade no Campus Faixa Exclusiva de Ônibus e Ciclofaixa na CUASO

Mobilidade no Campus Faixa Exclusiva de Ônibus e Ciclofaixa na CUASO Mobilidade no Campus Faixa Exclusiva de Ônibus e Ciclofaixa na CUASO A Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira (CUASO), no Butantã, tem uma média de circulação de 40 mil veículos por dia. Inserida

Leia mais

Aula 24. Polos Geradores de Tráfego: Exercício. Aula produzida pelo Prof. Paulo Bacaltchuck

Aula 24. Polos Geradores de Tráfego: Exercício. Aula produzida pelo Prof. Paulo Bacaltchuck Universidade Presbiteriana Mackenzie Escola de Engenharia Depto. de Engenharia Civil 2 0 semestre de 2015 Aula 24 Polos Geradores de Tráfego: Exercício Aula produzida pelo Prof. Paulo Bacaltchuck 24.1.

Leia mais

A Curitiba de 2024. Entenda

A Curitiba de 2024. Entenda Emendas ao Plano Direitor propõem a paulistinização do trânsito em Curitiba Gazeta do Povo - Curitiba/PR - HOME - 04/10/2015-21:49:00 Modelo em gestão de mobilidade urbana para o restante do país nas décadas

Leia mais

O TCU e a Copa de 2014

O TCU e a Copa de 2014 O TCU e a Copa de 2014 Presidente: Benjamin Zymler Ministro Relator: Valmir Campelo Copa 2014: Objetos de Fiscalização do TCU Gestão da Copa pelo Min. Esporte Atuação dos demais Ministérios Aplicação de

Leia mais

Belo Horizonte: em direção à

Belo Horizonte: em direção à Belo Horizonte: em direção à mobilidade d sustentável tá INDICADORES DA MOBILIDADE URBANA EM BELO HORIZONTE 3,8 milhões de viagens/dia, 44% pelo transporte coletivo 6,3 milhões viagens/dia na RMBH 1,6

Leia mais

CORREDOR LESTE-OESTE: LIGAÇÃO ENTRE A ÁREA CENTRAL DO RECIFE E A CIDADE DA COPA EM SÃO LOURENÇO DA MATA 1

CORREDOR LESTE-OESTE: LIGAÇÃO ENTRE A ÁREA CENTRAL DO RECIFE E A CIDADE DA COPA EM SÃO LOURENÇO DA MATA 1 Andresa Maria Mendes da Silva¹ Ana Regina Marinho Dantas Barboza da Rocha Serafim² ¹ Graduanda do Curso de Licenciatura em Geografia do Campus Mata Norte da Universidade de Pernambuco. Bolsista PFA/UPE.

Leia mais

PLANO DE MOBILIDADE COPA DO MUNDO PERNAMBUCO - MAIO - 2014

PLANO DE MOBILIDADE COPA DO MUNDO PERNAMBUCO - MAIO - 2014 PLANO DE MOBILIDADE COPA DO MUNDO PERNAMBUCO - MAIO - 2014 SUMÁRIO 1. Tabela dos jogos na Arena Pernambuco 2. Premissas do Plano de Mobilidade 3. Como chegar à Arena Pernambuco (Metrô, BRT e Estacionamentos

Leia mais

APRESENTAÇÃO SMT Copa 2014 - São Paulo

APRESENTAÇÃO SMT Copa 2014 - São Paulo APRESENTAÇÃO SMT Copa 2014 - São Paulo A cidade de São Paulo em números 11 milhões de habitantes 6ª maior cidade do mundo 145 milhões de m² de área verde 1 Feira/Exposição a cada 3 dias (US$ 1,2 bilhão

Leia mais

Investimentos em Mobilidade Urbana para a Copa das Confederações 2013 e Copa do Mundo FIFA Brasil 2014

Investimentos em Mobilidade Urbana para a Copa das Confederações 2013 e Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 Investimentos em Mobilidade Urbana para a Copa das Confederações 2013 e Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 Implantação de Corredores de BRT Modernização do Centro de Controle Operacional Desenvolvimento do

Leia mais

Alternativas para as propostas da Copa em Belo Horizonte

Alternativas para as propostas da Copa em Belo Horizonte 8ª BIENAL INTERNACIONAL DA ARQUITETURA Workshop para Qualificação Urbana em Cidades-Sede da COPA 2014 Belo Horizonte Alternativas para as propostas da Copa em Belo Horizonte 24 a 27 de novembro de 2009

Leia mais

Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB

Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB ARAÇOIABA 15.108 90 IGARASSU 82.277 323 ITAPISSUMA 20.116 74 ITAMARACÁ 15.858 65 PRAIA DE MARIA FARINHA A REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE Municípios: 14 População:

Leia mais