Plano de Mobilidade Urbana de Salvador. Secretaria Municipal de Mobilidade

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Plano de Mobilidade Urbana de Salvador. Secretaria Municipal de Mobilidade"

Transcrição

1 Plano de Mobilidade Urbana de Salvador Secretaria Municipal de Mobilidade

2 Lei Federal nº /12 (Lei de Mobilidade) Os objetivos da Política Nacional de Mobilidade Urbana são a integração entre os modos de transporte e a melhoria da acessibilidade e da mobilidade das pessoas e cargas no município. (Art. 1º). Art. 6º - A Política Nacional de Mobilidade Urbana é orientada pelas seguintes diretrizes: I Integração com a política de desenvolvimento urbano e respectivas políticas setoriais de habitação, saneamento básico, planejamento e gestão do uso do solo no âmbito dos entes federativos; [...]

3 Lei Federal nº /12 (Lei de Mobilidade) Art. 24. O Plano de Mobilidade Urbana é o instrumento de efetivação da Política Nacional de Mobilidade e deverá contemplar os princípios, os objetivos e as diretrizes desta lei, bem como: [...] 1º Em Municípios acima de (vinte mil) habitantes e em todos os demais obrigados, na forma da lei, à elaboração do plano diretor, deverá ser elaborado o Plano de Mobilidade Urbana, integrado e compatível com os respectivos planos diretores ou neles inseridos.

4 Necessidade do PlanMob Salvador A elaboração do PlanMob Salvador é fundamental, em especial, por duas razões: 1ª - Salvador tem uma das situações mais desafiantes de mobilidade do país e com tendência de agravamento. O tempo de deslocamento casa-trabalho de 40 (quarenta) minutos¹, em média, é o terceiro mais alto do país (somente inferior aos tempos de Rio de Janeiro e São Paulo). A frota de veículos individuais cresceu 7,4% ao ano entre 2007 e 2013 e, no cenário inercial, deve continuar crescendo em função da relativamente baixa penetração de veículos por habitante em Salvador quando comparada a outras capitais brasileiras conforme mostra a figura 1. ¹ IBGE Censo demográfico e pesquisa mensal de emprego.

5 Figura 1 Indicadores de penetração e densidade veicular em capitais brasileiras selecionadas.

6 Necessidade do PlanMob Salvador 2ª - Salvador passará na próxima década por uma das maiores transformações de mobilidade que uma Cidade Brasileira já passou. Grandes obras e mudanças nos sistemas de transporte estão em curso ou planejadas. São exemplos: I. Metrô; II. Novo Sistema de Ônibus; III. Projeto Ponte Salvador-Ilha de Itaparica; IV. Corredores transversais (Gal Costa e 29 de Março); V. BRT; VI. VLT; VII. Política de Estacionamentos públicos.

7 PlanMob Salvador Os principais objetivos do Plano de Mobilidade Urbana de Salvador são: - Estabelecer o planejamento da Mobilidade Urbana de Salvador em consonância com a RMS para o curto, médio e longo prazo até o horizonte de 2049, considerando que a Lei de Mobilidade determina a revisão e atualização em intervalos de 10 anos; - Estimular o desenvolvimento urbano integrado e sustentável do município em articulação com o futuro PDDU e com o Plano Salvador 500; - Promover a integração e a complementariedade entre as intervenções viárias em curso e/ou já planejadas, bem como em relação aos modais de transporte existentes e os que serão implantados; - Induzir o crescimento ordenado da cidade; - Promover a acessibilidade universal; - Melhorar a qualidade de vida urbana; - Favorecer a inclusão social, democratizando o uso dos espaços públicos.

8 PlanMob Salvador Em síntese: O PlanMob Salvador deve estruturar a mobilidade, incluindo o sistema de transporte que queremos. Além de promover a integração entre os modais, a acessibilidade universal, redução das desigualdades sócio-espaciais e a sustentabilidade (social, econômica e ambiental).

9 Licitação do PlanMob Salvador Modalidade: Concorrência Pública; Critério de julgamento: Técnica e Preço; Objeto: Contratação de serviços técnicos especializados para a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana de Salvador; Prazo de elaboração: 8 meses a contar da assinatura do contrato; Inclui a realização de, no mínimo, 3 Audiências Públicas, além de Pesquisas de Campo.

10 Atividades do PlanMob Salvador:

11 Cronograma: Início: Edital de Licitação foi publicado no DOM de 05 de maio de 2015; Abertura das Propostas Técnicas: 19 de junho de 2015; Resultado das Propostas Técnicas: até 04 de set./15; Abertura e Julgamento das Propostas Comerciais: até 14 de set./15; Habilitação e assinatura do contrato: até 28 de set./15; Início do PlanMob Salvador: outubro/15; Conclusão do PlanMob Salvador: junho/16.

12 Obrigado!

Políticas de integração para mobilidade urbana em cidades coordenadas por diferente modais Wagner Colombini Martins 20/09/2013

Políticas de integração para mobilidade urbana em cidades coordenadas por diferente modais Wagner Colombini Martins 20/09/2013 Políticas de integração para mobilidade urbana em cidades coordenadas por diferente modais Wagner Colombini Martins 20/09/2013 A gestão pública brasileira é marcada pela atuação setorial, com graves dificuldades

Leia mais

Flávio Ahmed CAU-RJ 15.05.2014

Flávio Ahmed CAU-RJ 15.05.2014 Flávio Ahmed CAU-RJ 15.05.2014 O espaço urbano como bem ambiental. Aspectos ambientais do Estatuto da cidade garantia da qualidade de vida. Meio ambiente natural; Meio ambiente cultural; Meio ambiente

Leia mais

Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte

Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte Seminário de Mobilidade Urbana Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte Celio Bouzada 23 de Setembro de 2015 Belo Horizonte População de Belo Horizonte: 2,4 milhões de habitantes População da

Leia mais

A SECRETARIA NACIONAL DE TRANSPORTE E DA MOBILIDADE URBANA (SEMOB)

A SECRETARIA NACIONAL DE TRANSPORTE E DA MOBILIDADE URBANA (SEMOB) A SECRETARIA NACIONAL DE TRANSPORTE E DA MOBILIDADE URBANA (SEMOB) ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO 1. SEMOB 2. POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA 3. PPA DA UNIÃO 2012-2015 4. PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO

Leia mais

57º Fórum Mineiro de Gerenciadores de Transporte e Trânsito 07 e 08 de Março de 2013

57º Fórum Mineiro de Gerenciadores de Transporte e Trânsito 07 e 08 de Março de 2013 Araxá, 08/03/13 57º Fórum Mineiro de Gerenciadores de Transporte e Trânsito 07 e 08 de Março de 2013 O Futuro do Transporte Urbano nas Cidades de Pequeno e Médio Porte Compete à União: XX instituir diretrizes

Leia mais

Política Nacional de Mobilidade Urbana - LEI nº 12.587/2012

Política Nacional de Mobilidade Urbana - LEI nº 12.587/2012 Política Nacional de Mobilidade Urbana - LEI nº 12.587/2012 Natal/RN, 18 de março de 2013 Ministério das Cidades - MCidades Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana SeMob Departamento de Cidadania e Inclusão

Leia mais

Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal

Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal Audiências Públicas Investimento e Gestão: Desatando o Nó Logístico do Pais 2º Ciclo Financiamento e Gestão da Infraestrutura de Transportes no

Leia mais

PlanMob-BH: Plano de mobilidade sustentável de Belo Horizonte. Ramon Victor Cesar BHTRANS, Prefeitura de Belo Horizonte

PlanMob-BH: Plano de mobilidade sustentável de Belo Horizonte. Ramon Victor Cesar BHTRANS, Prefeitura de Belo Horizonte PlanMob-BH: Plano de mobilidade sustentável de Belo Horizonte Ramon Victor Cesar BHTRANS, Prefeitura de Belo Horizonte Sumário 1. Contexto do PlanMob-BH Fases de desenvolvimento Objetivos estratégicos

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO outubro 2013 Plano de Mobilidade Urbana de São Paulo Em atendimento à Lei Federal 12.587 Institui a Política Nacional de Mobilidade Urbana

Leia mais

Mobilidade Urbana por Bicicletas

Mobilidade Urbana por Bicicletas Ministério das Cidades SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Mobilidade Urbana por Bicicletas Brasília - DF 19 de Novembro de 2013 Ações em prol da Mobilidade por Bicicletas

Leia mais

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB O QUE É O Plano Diretor de Transporte e da Mobilidade é um instrumento da política de desenvolvimento urbano, integrado ao Plano Diretor do município,

Leia mais

Painel 4 - Mobilidade Urbana: Transporte e Soluções. Marcio Lacerda Prefeito de Belo Horizonte

Painel 4 - Mobilidade Urbana: Transporte e Soluções. Marcio Lacerda Prefeito de Belo Horizonte Painel 4 - Mobilidade Urbana: Transporte e Soluções Marcio Lacerda Prefeito de Belo Horizonte Sumário A. Desenvolvimento urbano e os desafios da mobilidade em BH B. Iniciativas da PBH em prol da mobilidade

Leia mais

TRANSPORTE COLETIVO SISTEMAS INTEGRADOS DE TRANSPORTE URBANO

TRANSPORTE COLETIVO SISTEMAS INTEGRADOS DE TRANSPORTE URBANO SISTEMAS INTEGRADOS DE TRANSPORTE URBANO TRANSPORTE COLETIVO M. Eng. André Cademartori Jacobsen Especialista em Benchmarking Associação Latino-americana de Sistemas Integrados e BRT (SIBRT) 28/Nov/2012

Leia mais

Mobilidade Urbana. Linhas gerais, resultados e desafios selecionados

Mobilidade Urbana. Linhas gerais, resultados e desafios selecionados Mobilidade Urbana Linhas gerais, resultados e desafios selecionados Apresentação A política de desenvolvimento urbano é estratégica para a promoção de igualdade de oportunidades, para a desconcentração

Leia mais

DRAFT. PROJETO DE MOBILIDADE URBANA DE MANAUS 6 de outubro de 2009

DRAFT. PROJETO DE MOBILIDADE URBANA DE MANAUS 6 de outubro de 2009 PROJETO DE MOBILIDADE URBANA DE MANAUS 6 de outubro de 2009 Agenda Crescimento de Manaus Solução de mobilidade urbana Resumo do projeto do monotrilho Resumo do projeto do BRT Quadro 2 Agenda Crescimento

Leia mais

Boas práticas para Mobilidade Urbana

Boas práticas para Mobilidade Urbana Boas práticas para Mobilidade Urbana PAC para Mobilidade - EMBARQ Otávio Vieira Cunha, Presidente da Diretoria Executiva Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos NTU Brasília, 28 de Novembro

Leia mais

Plano de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte - PlanMob-BH. Marcelo Cintra do Amaral. 20 de novembro de 2012

Plano de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte - PlanMob-BH. Marcelo Cintra do Amaral. 20 de novembro de 2012 Plano de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte - PlanMob-BH Marcelo Cintra do Amaral 20 de novembro de 2012 Roteiro da apresentação: Contexto do PlanMob-BH: prognóstico, caráter de plano diretor, etapas

Leia mais

Política Nacional de Mobilidade Urbana

Política Nacional de Mobilidade Urbana Ministério das Cidades SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Política Nacional de Mobilidade Urbana SIMT - Seminário Internacional Mobilidade e Transportes Agosto 2013 Estrutura

Leia mais

Fundação Institut o de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville, Instituto de Trânsito e Transporte e

Fundação Institut o de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville, Instituto de Trânsito e Transporte e Fundação Instituto de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville, Instituto de Trânsito e Transporte e Secretaria de Infraestrutura UMA UNIDADE DE MOBILIDADE E ACESSIBILIDADE

Leia mais

PLANOS DE MOBILIDADE URBANA

PLANOS DE MOBILIDADE URBANA IMPLANTAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA: PLANOS DE MOBILIDADE URBANA RENATO BOARETO Brasília, 28 de novembro de 2012 Organização Não Governamental fundada em 2006 com a missão de apoiar a

Leia mais

SEMINÁRIO MOBILIDADE URBANA NO PLANO

SEMINÁRIO MOBILIDADE URBANA NO PLANO SEMINÁRIO MOBILIDADE URBANA NO PLANO ESTRATÉGICO- SP2040 Tema: Política de Estacionamento dos automóveis 09 DE FEVEREIRO DE 2011- AUDITÓRIO DO SEESP-SP PROGRAMAÇÃO Realização: SEESP-SP Quadro geral da

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 70/2011. A CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA aprova:

PROJETO DE LEI Nº 70/2011. A CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA aprova: PROJETO DE LEI Nº 70/2011. Institui a Política Municipal de Mobilidade Urbana. A CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA aprova: Mobilidade Urbana. Art. 1º Fica instituída, no Município de Ipatinga, a Política Municipal

Leia mais

MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL. sexta-feira, 29 de junho de 12

MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL. sexta-feira, 29 de junho de 12 MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL O QUE É MOBILIDADE URBANA? É um atributo das cidades e se refere ao deslocamentos de pessoas e bens no espaço urbano. Pensar a mobilidade urbana é pensar sobre como se organizam

Leia mais

DIRETORIA DE TRANSPORTES

DIRETORIA DE TRANSPORTES O que é concessão? É o instrumento previsto em Lei que possibilita a transferência da execução de determinado serviço público a particulares, através da celebração de um contrato, por prazo certo e determinado,

Leia mais

Plano de Mobilidade Urbana de BH

Plano de Mobilidade Urbana de BH 4 a 7 de junho de 2013 Hotel Ouro Minas Plano de Mobilidade Urbana de BH Ramon Victor Cesar Presidente de BHTRANS Contexto do PlanMob-BH: Cenários, diagnóstico e prognósticos Desafio 1: como articular

Leia mais

Ministério das Cidades. SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana

Ministério das Cidades. SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Ministério das Cidades SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Política Nacional de Mobilidade Urbana A Presidência da República sancionou a Lei nº 12.587, em 3 de janeiro de

Leia mais

Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana. Porto Alegre - 2008

Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana. Porto Alegre - 2008 Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana Porto Alegre - 2008 PROGRAMA PRÓ-TRANSPORTES MISSÃO DA SEMOB Promover a Mobilidade Urbana, de forma segura, socialmente inclusiva e com equidade

Leia mais

Transporte e Planejamento Urbano

Transporte e Planejamento Urbano Transporte e Planejamento Urbano para o Desenvolvimento da RMRJ Julho/2014 Cidades a maior invenção humana As cidades induzem a produção conjunta de conhecimentos que é a criação mais importante da raça

Leia mais

Seminário Gaúcho de Acessibilidade na Mobilidade Urbana. Andrea Mallmann Couto Juliana Baum Vivian

Seminário Gaúcho de Acessibilidade na Mobilidade Urbana. Andrea Mallmann Couto Juliana Baum Vivian Planos Municipais de Mobilidade Urbana e Acessibilidade e o papel do TCE-RS na sua implementação Seminário Gaúcho de Acessibilidade na Mobilidade Urbana Andrea Mallmann Couto Juliana Baum Vivian SUPORTE

Leia mais

Dados de Porto Alegre. População: 1.409.351 habitantes. Área: 496,682 km2

Dados de Porto Alegre. População: 1.409.351 habitantes. Área: 496,682 km2 AUDIÊNCIA PÚBLICA Dados de Porto Alegre População: 1.409.351 habitantes Área: 496,682 km2 Figura 1. Localização do Município de Porto Alegre e dos demais municípios integrantes da RMPA. Legislação Aplicável:

Leia mais

Agenda da Mobilidade Urbana - ABDIB

Agenda da Mobilidade Urbana - ABDIB ESTUDOS E PESQUISAS Nº 639 Agenda da Mobilidade Urbana - ABDIB Ricardo A. M. Castanheira * Fórum Nacional (Sessão Especial) O Brasil que Queremos Nova Grande Concepção: Sair da Crise e Enfrentar os Desafios

Leia mais

Como transformar o direito à mobilidade em indicadores de políticas públicas?

Como transformar o direito à mobilidade em indicadores de políticas públicas? Como transformar o direito à mobilidade em indicadores de políticas públicas? Uma contribuição - INCT Observatório das Metrópoles - Projeto: Metropolização e Mega-eventos: os impactos da Copa do Mundo/2014

Leia mais

MOBILIDADE EM SALVADOR: PARA ONDE VAMOS?

MOBILIDADE EM SALVADOR: PARA ONDE VAMOS? MOBILIDADE EM SALVADOR: PARA ONDE VAMOS? UM PLANO DE MOBILIDADE URBANA DEVE PARTIR DA FORMULAÇÃO DE UM DESEJO: UM DESEJO DE CIDADE. QUAL A SALVADOR QUE DESEJAMOS UMA METRÓPOLE COMPETITIVA, SAUDÁVEL, EQUILIBRADA,

Leia mais

Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ

Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ 1 1 Introdução Sustentabilidade Mudança nos atuais modelos de produção e consumo Alternativas

Leia mais

Políticas de Transporte Urbano para Cidades Sustentáveis. Orlando Strambi Escola Politécnica da Universidade de São Paulo

Políticas de Transporte Urbano para Cidades Sustentáveis. Orlando Strambi Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Políticas de Transporte Urbano para Cidades Sustentáveis Orlando Strambi Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Fuja da cidade sem sair dela... Propaganda de veículo utilitário esportivo Reverter

Leia mais

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS Lúcia Maria Mendonça Santos Marcos Daniel Souza dos Santos Paula Coelho da Nóbrega Departamento de Mobilidade Urbana Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana

Leia mais

CONCORRÊNCIA EMTU/SP Nº 014/2013

CONCORRÊNCIA EMTU/SP Nº 014/2013 CONCORRÊNCIA EMTU/SP Nº 014/2013 ANEXO 01 DETALHAMENTO DO OBJETO, DO SISTEMA E DAS CONDIÇÕES DA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS ANEXO 01 1 DETALHAMENTO DO OBJETO 1. O OBJETO da PERMISSÃO compreende os serviços

Leia mais

Painel OBRAS PÚBLICAS: NOVO PATAMAR DE QUALIDADE PLANEJAMENTO E PROJETO

Painel OBRAS PÚBLICAS: NOVO PATAMAR DE QUALIDADE PLANEJAMENTO E PROJETO Painel OBRAS PÚBLICAS: NOVO PATAMAR DE QUALIDADE PLANEJAMENTO E PROJETO 83º ENIC Encontro Nacional da Indústria da Construção SP, 11 de agosto de 2011 CAMINHOS PARA O DESENVOLVIMENTO URBANO De 1986 a 2003,

Leia mais

CRITÉRIOS TÉCNICOS PARA AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE MOBILIDADE URBANA. Lúcia Maria Mendonça Santos Ministério das Cidades

CRITÉRIOS TÉCNICOS PARA AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE MOBILIDADE URBANA. Lúcia Maria Mendonça Santos Ministério das Cidades CRITÉRIOS TÉCNICOS PARA AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE MOBILIDADE URBANA Lúcia Maria Mendonça Santos S e m i n á r i o M o b i l i d a d e U r b a n a S u s t e n t á v e l : P r á t i c a s e T e n d ê n c

Leia mais

MODELO DE CARTA-CONSULTA PAC 2 MOBILIDADE MÉDIAS CIDADES IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE

MODELO DE CARTA-CONSULTA PAC 2 MOBILIDADE MÉDIAS CIDADES IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE MODELO DE CARTA-CONSULTA PAC 2 MOBILIDADE MÉDIAS CIDADES IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE Proponente: Município Beneficiado: Estado: Nome Entidade: CNPJ: Endereço da Sede: CEP: Tel/Fax: Representante Legal:

Leia mais

Transporte e Infraestrutura: Perspectivas para o Transporte Público Urbano

Transporte e Infraestrutura: Perspectivas para o Transporte Público Urbano Transporte e Infraestrutura: Perspectivas para o Transporte Público Urbano Otávio Vieira da Cunha Filho Presidente da Diretoria Executiva NTU Rio de Janeiro, 17/08/2012 1 Estrutura 1. Contexto; 2. O que

Leia mais

O Lugar do Planejamento

O Lugar do Planejamento Seminário de Política Urbana Pensar a Cidade Painel 2 Planejamento e Mobilidade O Lugar do Planejamento Paulo Cesar Marques da Silva UnB Universidade de Brasília 7 de outubro de 2015 Antecedentes (1) Até

Leia mais

OBSERVATÓRIO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013. São Paulo, 04 de Julho de 2013.

OBSERVATÓRIO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013. São Paulo, 04 de Julho de 2013. OBSERVATÓRIO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013 São Paulo, 04 de Julho de 2013. Estrutura da apresentação Objetivos; Fases do projeto; Execução; Resultados preliminares; e Conclusões preliminares; Objetivos

Leia mais

Boa Noite! Mobilidade Urbana Sustentável e As Lições do Modelo Japonês

Boa Noite! Mobilidade Urbana Sustentável e As Lições do Modelo Japonês Boa Noite! Mobilidade Urbana Sustentável e As Lições do Modelo Japonês Geraldo Freire Garcia Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana Ministério das Cidades Maio de 2015 Contextualização

Leia mais

País predominantemente urbano: cerca de 80% da população brasileira mora em cidades.

País predominantemente urbano: cerca de 80% da população brasileira mora em cidades. A Política de Mobilidade Urbana no desenvolvimento das cidades! AS CIDADES País predominantemente urbano: cerca de 80% da população brasileira mora em cidades. Processo de urbanização caracterizado pelo

Leia mais

O sistema de transporte em veículos leves permite maior acessibilidade, trazendo soluções inteligentes para o problema de transporte público

O sistema de transporte em veículos leves permite maior acessibilidade, trazendo soluções inteligentes para o problema de transporte público COMPANHIA CEARENSE DE TRANSPORTES METROPOLITANOS METROFOR Projetos baseados em veículo leve sobre trilhos em operação e implantação PROJETOS VLT Definição de VLT Um forma de transporte público sobre trilhos,

Leia mais

UMA MOBILIDADE URBANA OU UMA PSEUDOMOBILIDADE URBANA ESTÁ SENDO CONSTRUÍDA NAS CIDADES?

UMA MOBILIDADE URBANA OU UMA PSEUDOMOBILIDADE URBANA ESTÁ SENDO CONSTRUÍDA NAS CIDADES? UMA MOBILIDADE URBANA OU UMA PSEUDOMOBILIDADE URBANA ESTÁ SENDO CONSTRUÍDA NAS CIDADES? BUENO, Maria Helena Berardo Graduanda em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Estadual de Goiás - UnUCET ( Unidade

Leia mais

Municípios Sustentáveis: resíduos sólidos, mobilidade e planejamento urbano

Municípios Sustentáveis: resíduos sólidos, mobilidade e planejamento urbano Municípios Sustentáveis: resíduos sólidos, mobilidade e planejamento urbano Desafios da Política Nacional de Resíduos Sólidos Foi instituída pela Lei 12.305/10 e regulamentada pelo Decreto 7.404/10 A PNRS

Leia mais

DIÁLOGOS SOBRE A QUESTÃO METROPOLITANA NO BRASIL BRASÍLIA - 12 DE JUNHO DE 2015

DIÁLOGOS SOBRE A QUESTÃO METROPOLITANA NO BRASIL BRASÍLIA - 12 DE JUNHO DE 2015 DIÁLOGOS SOBRE A QUESTÃO METROPOLITANA NO BRASIL BRASÍLIA - 12 DE JUNHO DE 2015 PREMISSAS LEGAIS: CONSTITUIÇÃO FEDERAL ESTATUTO DA METRÓPOLE (LEI Nº 13.089, DE 12 DE JANEIRO DE 2015) AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE

Leia mais

PLANO OPERATIVO DA POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRAL DA POPULAÇÃO DO CAMPO E DA FLORESTA

PLANO OPERATIVO DA POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRAL DA POPULAÇÃO DO CAMPO E DA FLORESTA PLANO OPERATIVO DA POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRAL DA POPULAÇÃO DO CAMPO E DA FLORESTA Departamento de Apoio à Gestão Participativa /DAGEP Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa /SGEP Ministério

Leia mais

REALINHAMENTO DO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE BOM JESUS DO ITABAPOANA AO PNE E AO PEE ABRIL/2015

REALINHAMENTO DO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE BOM JESUS DO ITABAPOANA AO PNE E AO PEE ABRIL/2015 1 ª R E U N I Ã O C O M A C O M I S S Ã O T É C N I C A T E M P O R Á R I A M U N I C I P A L REALINHAMENTO DO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE BOM JESUS DO ITABAPOANA AO PNE E AO PEE ABRIL/2015 HISTORIANDO

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES

MINISTÉRIO DAS CIDADES MINISTÉRIO DAS CIDADES MINISTÉRIO DAS CIDADES Programa Brasil Acessível Arq. Augusto Valiengo Valeri FÓRUM NACIONAL DE TRAVESSIA ACESSÍVEL CET / CPA - SP 06 de novembro de 2007 São Paulo - SP Estrutura

Leia mais

Apoio à Elaboração de Projetos de Sistemas Integrados de Transporte Coletivo Urbano

Apoio à Elaboração de Projetos de Sistemas Integrados de Transporte Coletivo Urbano Programa 9989 Mobilidade Urbana Ações Orçamentárias Número de Ações 19 10SR0000 Apoio à Elaboração de Projetos de Sistemas Integrados de Transporte Coletivo Urbano Produto: Projeto elaborado Unidade de

Leia mais

Sistema Metro-Ferroviário e a Integração Metropolitana do Transporte na RMPA

Sistema Metro-Ferroviário e a Integração Metropolitana do Transporte na RMPA MOBILIDADE URBANA EM REGIÕES METROPOLITANAS Sistema Metro-Ferroviário e a Integração Metropolitana do Transporte na RMPA Marco Aurélio Spall Maia Diretor Presidente TRENSURB-Porto Alegre Região Metropolitana

Leia mais

Diretrizes do Programa Vilmar Faria em Análise Quantitativa e Políticas Públicas PVF CAPES e Universidade do Texas, Austin. Edital CGCI n.

Diretrizes do Programa Vilmar Faria em Análise Quantitativa e Políticas Públicas PVF CAPES e Universidade do Texas, Austin. Edital CGCI n. Diretrizes do Programa Vilmar Faria em Análise Quantitativa e Políticas Públicas PVF CAPES e Universidade do Texas, Austin Edital CGCI n. 017 /2005 1. Do Programa 1.1 O Programa Vilmar Faria em Análise

Leia mais

2014 Saneamento na Rede

2014 Saneamento na Rede 2014 Saneamento na Rede A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO E DO PROJETO PARA O DESENVOLVIMENTO DE EMPREENDIMENTOS DE INFRAESTRUTURA João Alberto Viol, presidente nacional do Sinaenco Copa 2014 e Olimpíadas

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES

MINISTÉRIO DAS CIDADES MINISTÉRIO DAS CIDADES Mobilidade Urbana Sustentável Seminário Infraestrutura turística, megaeventos e promoção da imagem do Brasil no exterior 16 e 17 de agosto de 2011 MINISTÉRIO DAS CIDADES MISSÃO Combate

Leia mais

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS DO PROGRAMA PAC 2 PAVIMENTAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE VIAS URBANAS

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS DO PROGRAMA PAC 2 PAVIMENTAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE VIAS URBANAS MINISTÉRIO DAS CIDADES SECRETARIA NACIONAL DE TRANSPORTE E DA MOBILIDADE URBANA ANEXO I MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS DO PROGRAMA PAC 2 PAVIMENTAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE VIAS URBANAS Seleção PAC 2

Leia mais

CIDADES MODERNAS. transporte e ecologia em movimento

CIDADES MODERNAS. transporte e ecologia em movimento CIDADES MODERNAS Quando o trem chegou em Juiz de Fora em 1875 a cidade era um vibrante centro industrial, com população maior do que São Paulo nos censos de 1872 e de 1890; mais industrializada de Minas;

Leia mais

Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014. Mobilidade Urbana e a Copa 2014

Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014. Mobilidade Urbana e a Copa 2014 Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014 Mobilidade Urbana e a Copa 2014 Novembro de 2009 Participação do Gov. Fed. na Copa de 2014 Setor hoteleiro Estádio Aeroporto Investimentos Federais Porto Mobilidade

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2606 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2606 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº Impresso por: RODRIGO DIAS Data da impressão: 13/09/2013-17:59:14 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2606 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL

Leia mais

Mecanismos de Financiamento

Mecanismos de Financiamento Mecanismos de Financiamento Parauapebas, 14 de novembro de 2014. Apoio: Realização: Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana Ministério das Cidades Mecanismos de Financiamento PAC: principal

Leia mais

CONSELHOS MUNICIPAIS DE CIDADES E PLANOS DIRETORES NO ESTADO DA BAHIA: SITUAÇÃO ATUAL E DESAFIOS

CONSELHOS MUNICIPAIS DE CIDADES E PLANOS DIRETORES NO ESTADO DA BAHIA: SITUAÇÃO ATUAL E DESAFIOS Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia Superintendência de Planejamento e Gestão Territorial SGT Diretoria de Planejamento Territorial - DPLANT Câmara Técnica de Planejamento e Gestão

Leia mais

Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/2014

Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/2014 Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/2014 Classificação: Documento Reservado Restrição de Acesso: Empresas do Sistema BNDES - Uso no Âmbito Interno Unidade Gestora: AS/DEURB AS/DEURB -

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA. LEI 12.587 3 de janeiro de 2012

POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA. LEI 12.587 3 de janeiro de 2012 LEI 12.587 3 de janeiro de 2012 A POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA, INSTITUDA PELA LEI 12.587, É INSTRUMENTO DA POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO URBANO, OBJETIVANDO A INTEGRAÇÃO ENTRE OS DIFERENTES MODOS

Leia mais

A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE MOBILIDADE URBANA

A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE MOBILIDADE URBANA Seminário Internacional sobre Cidades Inteligentes, Cidades do Futuro Comissão de Desenvolvimento Urbano CDU Câmara dos Deputados A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE MOBILIDADE URBANA RENATO BOARETO Brasília 06

Leia mais

DOS RESULTADOS DAS OFICINAS REALIZADAS EM MAIO DE 2014 COM ESTE PÚBLICO-ALVO

DOS RESULTADOS DAS OFICINAS REALIZADAS EM MAIO DE 2014 COM ESTE PÚBLICO-ALVO SEMINÁRIOS: representes sociedade civil de SÃO JOSÉ e corpo técnico municipal EXPOSIÇÃO DOS RESULTADOS DAS OFICINAS REALIZADAS EM MAIO DE 2014 COM ESTE PÚBLICO-ALVO 3de Dezembro de 2014 Outubro 2014 OFICINA

Leia mais

SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007

SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007 SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007 Frota antiga e tecnologia obsoleta; Serviço irregular de vans operando em todo o DF 850 veículos; Ausência de integração entre os modos e serviços; Dispersão das linhas;

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS Aula 12. Prof. a Dr. a Maria das Graças Rua

POLÍTICAS PÚBLICAS Aula 12. Prof. a Dr. a Maria das Graças Rua POLÍTICAS PÚBLICAS Aula 12 Prof. a Dr. a Maria das Graças Rua Deveria ter sido aprovado um PNE para o período 2011-2020, mas não o foi. O último PNE ( Lei nº 10.172, de 2001) criou metas para a educação

Leia mais

Conferência do Desenvolvimento Rio de Janeiro

Conferência do Desenvolvimento Rio de Janeiro Conferência do Desenvolvimento Rio de Janeiro DIÁLOGO FEDERATIVO, GOVERNANÇA E PARTICIPAÇÃO SOCIAL Bernardo Abreu de Medeiros Contribuições: Constantino Mendes, Acir Almeida, Joana Alencar, Ronaldo Garcia,

Leia mais

GRUPO DE TRABALHO DE INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE URBANA

GRUPO DE TRABALHO DE INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE URBANA DESENVOLVIMENTO DE LAY-OUT DE PROPOSTA ALTERNATIVA PARA O SISTEMA G DE TRANSPORTE PÚBLICO MULTIMODAL PARA A REGIÃO METROPOLITANA DA GRANDE VITÓRIA GRUPO DE TRABALHO DE INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE URBANA

Leia mais

AVALIAÇÃO DO PLANO DIRETOR 2011-2016 POLÍTICA SETORIAL DE TRANSPORTES CAP V-SEÇÃO III-ART 215-AÇÕES ESTRUTURANTES

AVALIAÇÃO DO PLANO DIRETOR 2011-2016 POLÍTICA SETORIAL DE TRANSPORTES CAP V-SEÇÃO III-ART 215-AÇÕES ESTRUTURANTES AVALIAÇÃO DO PLANO DIRETOR 2011-2016 POLÍTICA SETORIAL DE TRANSPORTES CAP V-SEÇÃO III-ART 215-AÇÕES ESTRUTURANTES A SMTR segundo ações estruturantes do Plano Diretor PLANEJAMENTO URBANO FUNÇÃO SOCIAL DA

Leia mais

Plano Municipal de Ações Articuladas para as pessoas com deficiência da Cidade de São Paulo

Plano Municipal de Ações Articuladas para as pessoas com deficiência da Cidade de São Paulo Plano Municipal de Ações Articuladas para as pessoas com deficiência da Cidade de São Paulo DIREITOS HUMANOS DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS CONVENÇÃO SOBRE

Leia mais

Plano Diretor: breve histórico

Plano Diretor: breve histórico Plano Diretor: breve histórico 1988 Constituição Federal e 1990 Lei Orgânica Municipal: instituição do Plano Diretor como instrumento básico da política urbana 1992 Plano Diretor Decenal Meio ambiente

Leia mais

O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte. Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba

O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte. Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba Curitiba SÃO PAULO População: 1.828.092 hab. Taxa de crescimento pop. 2000-2009: 1,71% 2008-2009:

Leia mais

Desafios para a efetividade da legislac a o sobre mobilidade urbana: o exemplo de Goia nia

Desafios para a efetividade da legislac a o sobre mobilidade urbana: o exemplo de Goia nia Desafios para a efetividade da legislac a o sobre mobilidade urbana: o exemplo de Goia nia Prof. Dra. Erika Cristine Kneib Universidade Federal de Goiás Programa de Pós Graduação Projeto e Cidade 1 MOBILIDADE

Leia mais

Mobilidade Caminhos para o Futuro

Mobilidade Caminhos para o Futuro EVENTO DIÁLOGOS CAPITAIS: METRÓPOLES BRASILEIRAS O FUTURO PLANEJADO Mobilidade Caminhos para o Futuro Ricardo Young PPS Vereador Município de SP ricardoyoungvereador http://www.ricardoyoung.com.br/ 21/JULHO/2014

Leia mais

O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR

O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR INTERIOR DE SÃO PAULO Flavio Amary Vice-presidente do Interior do Secovi-SP e Diretor Regional em Sorocaba e Região PARTICIPAÇÃO % DO

Leia mais

SEMINÁRIO COPA DO MUNDO 2014 PROJETOS, RUMOS E PERPECTIVAS

SEMINÁRIO COPA DO MUNDO 2014 PROJETOS, RUMOS E PERPECTIVAS SEMINÁRIO COPA DO MUNDO 2014 PROJETOS, RUMOS E PERPECTIVAS MOBILIDADE URBANA PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE TRANSPORTES REDE ESTRUTURAL DE TRANSPORTES DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

LICITAÇÃO Transporte Coletivo Natal

LICITAÇÃO Transporte Coletivo Natal LICITAÇÃO Transporte Coletivo Natal Aspectos Gerais do Serviço Atual Transporte Coletivo Convencional: 06 Empresas 80 linhas 622 veículos operacionais 4.461 viagens DU 4.029.918 Km operacional Transporte

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 12/2013, DE 13 DE MAIO DE 2013.

1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 12/2013, DE 13 DE MAIO DE 2013. CÂMPUS JUIZ DE 1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 12/2013, DE 13 DE MAIO DE 2013. PROCESSO DE SELEÇÃO PROGRAMA DE ATENDIMENTO AOS ESTUDANTES EM BAIXA CONDIÇÃO SOCIOECONÔMICA EM CONSONÂNCIA COM AS DIRETRIZES DA

Leia mais

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO SERVIÇO O DE TRANSPORTE DE TÁXIS NO RIO DE JANEIRO Secretaria Municipal de Transportes Eduardo Frederico Cabral de Oliveira Subsecretário rio de Fiscalização PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DE USO E OCUPAÇÃO DO CÂMPUS ITAJAÍ

PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DE USO E OCUPAÇÃO DO CÂMPUS ITAJAÍ PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DE USO E OCUPAÇÃO DO CÂMPUS ITAJAÍ Agosto/2014 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

BRT em Belo Horizonte Melhoria da Mobilidade para a Copa 2014

BRT em Belo Horizonte Melhoria da Mobilidade para a Copa 2014 BRT em Belo Horizonte Melhoria da Mobilidade para a Copa 2014 Situação Atual População de Belo Horizonte: 2,4 milhões de habitantes População da RMBH: 4,5 milhões de habitantes 3,8 milhões de viagens/dia

Leia mais

OPERAÇÕES URBANAS CONSORCIADAS Instrumentos de viabilização de projetos urbanos integrados

OPERAÇÕES URBANAS CONSORCIADAS Instrumentos de viabilização de projetos urbanos integrados OPERAÇÕES URBANAS CONSORCIADAS Instrumentos de viabilização de projetos urbanos integrados DEAP/SNAPU/MCIDADES Maio/2015 Contexto brasileiro Necessidade de obras públicas para requalificação e reabilitação

Leia mais

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre. Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus do Município de Porto Alegre

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre. Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus do Município de Porto Alegre Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus do Município de Porto Alegre Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº,de 2012 (Dos Sr. José de Filippi Júnior e Carlos Zarattini)

PROJETO DE LEI Nº,de 2012 (Dos Sr. José de Filippi Júnior e Carlos Zarattini) PROJETO DE LEI Nº,de 2012 (Dos Sr. José de Filippi Júnior e Carlos Zarattini) Institui as diretrizes da Política Metropolitana de Mobilidade Urbana (PMMU), cria o Pacto Metropolitano da Mobilidade Urbana

Leia mais

Manual Prêmio Mobilidade

Manual Prêmio Mobilidade Manual Prêmio Mobilidade 1. Qual o objetivo do Prêmio Mobilidade? O Prêmio Cidades Sustentáveis, categoria "Mobilidade", pretende reconhecer políticas públicas sustentáveis e bem sucedidas de melhoria

Leia mais

PROJETO OUVIDORIA VAI À ESCOLA

PROJETO OUVIDORIA VAI À ESCOLA PROJETO OUVIDORIA VAI À ESCOLA SALVADOR 2012 GOVERNADOR Jaques Wagner VICE-GOVERNADOR Otto Alencar SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO Osvaldo Barreto Filho SUB-SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO Aderbal de Castro Meira Filho

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Belo Horizonte. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Belo Horizonte. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Belo Horizonte Setembro/2013 Belo Horizonte: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos

Leia mais

AS/DEURB. 2 Seminário de Trólebus. Instituto de Engenharia SP. 14 de maio de 2013

AS/DEURB. 2 Seminário de Trólebus. Instituto de Engenharia SP. 14 de maio de 2013 AS/DEURB 2 Seminário de Trólebus Instituto de Engenharia SP 14 de maio de 2013 Carlos Malburg Gerente Setorial de Mobilidade Urbana cmalburg@bndes.gov.br Transporte (recentes) Principais Contratações Metro

Leia mais

Estudo, Análise e Proposta de Soluções Para Melhoria da Mobilidade Urbana na Região Metropolitana de Florianópolis

Estudo, Análise e Proposta de Soluções Para Melhoria da Mobilidade Urbana na Região Metropolitana de Florianópolis Documento confidencial para uso e informação do cliente Estudo, Análise e Proposta de Soluções Para Melhoria da Mobilidade Urbana na Região Metropolitana de Florianópolis Apresentação Florianópolis Dezembro

Leia mais

Banco Interamericano de Desenvolvimento. Instrução Operacional CAMPANHAS DE CONSCIENTIZAÇÃO

Banco Interamericano de Desenvolvimento. Instrução Operacional CAMPANHAS DE CONSCIENTIZAÇÃO Instrução Operacional CAMPANHAS DE CONSCIENTIZAÇÃO CAMPANHAS DE CONSCIENTIZAÇÃO SUMÁRIO Página INTRODUÇÃO 3 1. ÁREA DE ATUAÇÃO 4 2. DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS AO BNB 4 3. RECOMENDAÇÕES TÉCNICAS 5

Leia mais

Desafios na Implementação do Plano Nacional de Resíduos Sólidos. Ricardo S. Coutinho Eng. Sanitarista e Ambiental Técnico Pericial Ambiental do MP-GO

Desafios na Implementação do Plano Nacional de Resíduos Sólidos. Ricardo S. Coutinho Eng. Sanitarista e Ambiental Técnico Pericial Ambiental do MP-GO Desafios na Implementação do Plano Nacional de Resíduos Sólidos Ricardo S. Coutinho Eng. Sanitarista e Ambiental Técnico Pericial Ambiental do MP-GO Introdução O Plano Nacional de Resíduos Sólidos é um

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 262, DE 2013

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 262, DE 2013 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 262, DE 2013 Altera a Lei nº 12.587, de 3 de janeiro de 2012, que institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana e dá outras providências, para fortalecer

Leia mais

78ª Reunião do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Transporte Urbano e Trânsito

78ª Reunião do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Transporte Urbano e Trânsito 78ª Reunião do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Transporte Urbano e Trânsito Acessibilidade Viviane Fernandes Lima Manaus, 28 de junho de 2012. 1. DADOS E CONCEITOS 2. INCLUSÃO SOCIAL

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES. Brasília, 25 de Abril de 2012

MINISTÉRIO DAS CIDADES. Brasília, 25 de Abril de 2012 MINISTÉRIO DAS CIDADES Brasília, 25 de Abril de 2012 1 ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO 1. ELABORAÇÃO DE PLANO EM ATENDIMENTO À LEI 12.187/2009 POLÍTICA NACIONAL SOBRE MUDANÇA DO CLIMA 2. GRUPO TÉCNICO - CLIMA

Leia mais

Paulo Ferreira Secretário Nacional de Saneamento Ambiental

Paulo Ferreira Secretário Nacional de Saneamento Ambiental XXXIII Encontro Econômico Brasil Alemanha 2015 Cooperação para Superar Desafios FORO IV Desafios Enfrentados Pelas Cidades MCidades - Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental Paulo Ferreira Secretário

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 138, DE 24 DE JUNHO DE 2009

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 138, DE 24 DE JUNHO DE 2009 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 138, DE 24 DE JUNHO DE 2009 O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Leia mais

JORNADAS TÉCNICAS BRASIL COPA 2014

JORNADAS TÉCNICAS BRASIL COPA 2014 JORNADAS TÉCNICAS BRASIL COPA 2014 Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia Tem como principal tarefa formular e executar a política estadual de desenvolvimento urbano, contemplando os setores

Leia mais