ensino fundamental I 1º ao 5º ano

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ensino fundamental I 1º ao 5º ano"

Transcrição

1 ensino fundamental I 1º ao 5º ano

2 PNLD 2013 Ensino Fundamental I 1º ao 5º ano Edições SM: aprovação completa no PNLD 2013! Professor, escolha as coleções de Edições SM que promovem a Educação em valores e já conquistaram professores protagonistas como você! Coleção Aprender Juntos Letramento e alfabetização Coleção Aprender Juntos Língua portuguesa 25243COL COL01 Coleção Aprender Juntos Alfabetização matemática Coleção Aprender Juntos Matemática 25239COL COL02

3 Todas as coleções didáticas de Edições SM possuem uma organização fixa composta por seções que possuem função didática clara, o que facilita o planejamento e o desenvolvimento das aulas e a adequação à realidade de cada turma. Além disso, todas as nossas coleções didáticas contemplam: Unidade e coerência metodológica. Possibilidade de interdisciplinaridade. Uma Educação apoiada em valores e comprometida com a formação para a cidadania. Coleção Aprender Juntos Ciências 25240COL04 Coleção Aprender Juntos História 25242COL06 Coleção Mundo Amigo Geografia 25357COL05 1

4 PNLD 2013 Ensino Fundamental I 1º ao 5º ano Professor, conheça todas as coleções de Edições SM Coleções Aprender Juntos Letramento e alfabetização Língua portuguesa 25243COL COL01 Alfabetização matemática Matemática 25239COL COL02 Ciências 25240COL04 História 25242COL06 2

5 para o PNLD 2013 Coleções Mundo Amigo Letramento e alfabetização 25359COL38 Ciências 25356COL04 História 25358COL06 Geografia 25357COL05 Coleção Mundo para Todos História 25362COL06 3

6 PNLD 2013 Ensino Fundamental I 1º ao 5º ano Conheça os PILARES PEDAGÓGICOS Aprender Juntos Comprometido com uma Educação integral, as coleções Aprender Juntos contribuem para formar pessoas com atitudes positivas diante da vida, que saibam se relacionar e que tenham autonomia e capacidade para tomar decisões adequadas, superando dificuldades e conflitos. Aprender Juntos tem como eixos norteadores: CONTEÚDOS Garante os conteúdos programáticos fundamentais e específicos de cada disciplina, complementados por conteúdos relacionados a procedimentos e atitudes. VALORES COMPETÊNCIAS Valores universais como liberdade, solidariedade e responsabilidade fundamentam a obra como um todo e influenciam diretamente a escolha dos temas, textos e imagens em todas as disciplinas. O desenvolvimento da capacidade de aplicar os conhecimentos adquiridos em situações do dia a dia. O trabalho com valores acontece ao longo de todo o livro, em todos os volumes das coleções, norteando a escolha de textos, imagens e atividades. Além disso, momentos específicos, indicados pelo selo Saber Ser, oferecem oportunidades para a reflexão e a discussão de temas transversais. Aprender Juntos Letramento e alfabetização 3º ano trecho da página 39 4

7 das coleções de Edições SM Mundo Amigo Visando uma Educação focada não somente em conteúdos, mas no desenvolvimento de competências e habilidades e na Educação para cidadania, as coleções Mundo Amigo são o resultado de um projeto muito bem estruturado através de textos e atividades que se intercalam de modo equilibrado, o que confere objetividade e praticidade ao material. Mundo Amigo tem como focos de trabalho: Conteúdos sugeridos pelos PCNs apresentados de forma clara, objetiva e dinâmica, possibilitando a construção gradativa do conhecimento. Habilidades e competências desenvolvidas ao longo de toda a obra preparam o aluno para se tornar um indivíduo independente e autônomo no meio social. Educação para a cidadania aborda assuntos socialmente relevantes, relacionados à civilidade, à ética e ao respeito pelo outro, contribuindo para a formação de um cidadão crítico e participativo. Com a finalidade de formar cidadãos responsáveis e atuantes na sociedade, o boxe Cidadania, presente em todos os capítulos das coleções Mundo Amigo, estabelece relações entre o conteúdo trabalhado e importantes questões sociais. Mundo Amigo História 3º ano trecho da página 61 5

8 PNLD 2013 Ensino Fundamental I 1º ao 5º ano Conheça a organização das coleções Aprender Juntos Os livros das coleções Aprender Juntos possuem uma organização fixa. Suas seções foram pensadas para subsidiar o professor nos diferentes momentos do processo de aprendizagem do aluno. Todos os livros das coleções Aprender Juntos são compostos por 4 unidades e cada unidade está subdividida em 3 capítulos. Unidade Abertura de unidade Identificação dos conhecimentos prévios. Abertura de capítulo Contextualização dos conteúdos. Capítulo Desenvolvimento do capítulo Textos acompanhados de atividades apresentam os conteúdos de forma processual. Nas coleções de Letramento e alfabetização e Língua portuguesa, as seções Língua viva, Usos do dicionário e Mundo da escrita retomam e ampliam os conteúdos do capítulo através de propostas variadas. Fechamento de capítulo Nas coleções de Alfabetização matemática, Matemática, História, Geografia e Ciências, a seção Agora já sei promove a retomada, revisão, ampliação e aplicação dos conteúdos do capítulo. Fechamento de unidade Revisão e avaliação A seção O que aprendi? apresenta atividades de revisão, ampliação e avaliação dos principais conteúdos trabalhados na unidade. Técnicas e procedimentos A seção Vamos fazer! propõe atividades procedimentais específicas da área a partir de um assunto da unidade. 6

9 de Edições SM Mundo Amigo Os livros das coleções Mundo Amigo são apresentados de forma sistemática e objetiva, facilitando o trabalho do professor no planejamento e desenvolvimento das atividades, a fim de favorecer a aprendizagem. Cada volume é composto por 8 capítulos. Cada capítulo é subdividido em lições. Capítulo Abertura de capítulo Apresenta o conteúdo de forma interativa e desenvolve habilidades de leitura e a oralidade. Desenvolvimento do capítulo Os capítulos estão organizados a partir de lições, que trabalham o conteúdo passo a passo. No fechamento de capítulo, ferramentas permitem a verificação do cumprimento dos objetivos do capítulo. Fechamento de capítulo Competências sociais Em todos os capítulos, a seção Aprender mais com e o boxe Cidadania têm o principal objetivo de desenvolver habilidades cognitivas e sociais. Revisão geral No final dos capítulos, a seção Antes de continuar traz atividades de revisão do conteúdo do capítulo. Seções especiais a cada dois capítulos cumprem a função de retomar, aplicar e articular os conteúdos trabalhados. A cada dois capítulos Seções procedimentais Fazer e aprender e Rever e aprender. 7

10 PNLD 2013 Ensino Fundamental I 1º ao 5º ano Conheça as coleções de Edições LETRAMENTO E alfabetização Coleção Aprender Juntos Letramento e alfabetização COL38 8

11 SM para e LÍNGUA PORTUGUESA Coleção Aprender Juntos Língua portuguesa COL01 Coleção Mundo Amigo Letramento e alfabetização COL38 9

12 Coleção Aprender Juntos Letramento e alfabetização Trabalha de maneira articulada e simultânea a alfabetização e o letramento. Apresenta textos de diferentes gêneros, atividades variadas e temas de relevância social. A Abertura de unidade traz imagens que contextualizam o tema que será trabalhado ao longo da unidade. Temas como inclusão social e diversidade são abordados e explorados nos textos e imagens da coleção. Aprender Juntos Letramento e alfabetização 3º ano páginas 202 e 203 As atividades propostas trabalham a leitura da imagem e mobilizam os conhecimentos prévios do aluno. O trabalho com valores está presente em toda a coleção e é sistematizado no momento em que surge o selo Saber Ser, oferecendo discussão e reflexão de valores relacionados ao tema. Todas as imagens possuem função didática específica e permitem que o aluno crie hipóteses em relação aos conteúdos que serão trabalhados. 10

13 Coleção Aprender Juntos Língua portuguesa Conheça mais sobre estas e todas as coleções de Edições SM para o PNLD 2013 no site Prepara o aluno para o uso da língua e da linguagem em diferentes situações sociais. Os temas possibilitam uma abordagem interdisciplinar e dão ênfase à Educação em valores. A proposta de Produção de texto está relacionada ao gênero ou ao tema trabalhado ao longo do capítulo. A produção é orientada passo a passo, direcionando as ações do aluno para que ele se aproprie da formalização escrita. Aprender Juntos Língua portuguesa 5º ano páginas 156 e 157 Além de propiciar uma exploração prévia do gênero a ser produzido, a seção trabalha a compreensão leitora, dando suporte para o desenvolvimento da produção. As produções textuais são utilizadas em atividades futuras, dando continuidade ao trabalho realizado. Após a elaboração da proposta, o aluno é convidado a avaliar sua produção e reescrevê-- la quando necessário COL COL01 11

14 Coleção Mundo Amigo Letramento e alfabetização Estimula o exercício da cidadania por meio do acesso aos saberes linguísticos. A Abertura de capítulo sempre apresenta um texto ilustrado relacionado ao gênero que será abordado. Mundo Amigo Letramento e alfabetização 1º ano páginas 122 e 123 Todos os textos, quando necessário, trazem o boxe glossário, que esclarece eventuais dúvidas quanto ao significado das palavras. 12

15 Fornece as condições necessárias à plena participação da criança nas práticas de leitura, nas reflexões linguísticas e na compreensão e produção de gêneros orais e escritos. Conheça mais sobre esta e todas as coleções de Edições SM para o PNLD 2013 no site Ícones orientam quando a atividade deve ser desenvolvida oralmente, em duplas ou em grupos. Todos os textos são acompanhados de questões que ativam os conhecimentos prévios do aluno acerca dos conteúdos estudados COL38 13

16 Conteúdos programáticos Coleção Aprender Juntos Letramento e alfabetização 1 º, 2 º e 3 º anos 1 º Ano 2 º Ano 3 º Ano Leituras Gênero textual História em quadrinhos, texto narrativo, poema, quadrinha, verbete, texto instrucional, cantiga, paródia de conto infantil, bilhete, piada, lista, parlenda, acróstico, adivinha, trava-língua, anúncio, canção, texto expositivo, conto acumulativo, diário Gramática Linguagem não verbal Alfabeto Vogais e consoantes Letras maiúsculas e minúsculas Sílaba Formação de palavras Organização das palavras em um texto Acentuação e pontuação Ortografia Reconhecendo letras e números Diferença de sentido a partir da mudança de uma letra Posição das letras nas palavras Letras t, d / p, b Letras c, g / f, v Letras r, l A letra h Emprego de c, ç Produção textual Crachá de identificação, lista, poema, paródia de conto infantil, acróstico, ficha de brinquedo, conto acumulativo, diário Estudo da língua Contando a história do próprio nome, brincadeira de telefone sem fio, linguagem não verbal (mímica), roda de histórias, jogos orais (adivinha, travalíngua e parlenda), ensinando uma brincadeira, sentidos diferentes de uma mesma palavra, palavras de gentileza (com licença, obrigado, etc.) Leituras Gênero textual Anúncio publicitário, texto narrativo, poema, poema visual, história em quadrinhos, diário, tira, texto informativo, carta, bilhete, verbete de dicionário, , artigo de revista, verbete ilustrado, parlenda, cantiga, trava-língua, sumário, adivinha, conto de fadas, depoimento, ficha técnica de livro, resenha, paródia de conto de fadas, ficha sobre festa popular, chula de palhaço, biografia, cronologia Gramática Alfabeto Ordem alfabética Letras maiúsculas e minúsculas Sílaba Separação de sílabas Masculino e feminino Singular e plural Diminutivo e aumentativo Sinais de pontuação Sinônimos e antônimos Acentuação gráfica Ortografia Diferentes sons representados pelas letras A letra h Uso do c, ç As letras g, j A letra g A letra r A letra x Som nasal Uso de mb, mp Uso da letra l Uso de c, qu A letra s Produção textual Lista temática em ordem alfabética, diário, bilhete, parlenda, trava-língua, texto narrativo, verbete ilustrado, conto de fadas, depoimento sobre uma história inesquecível, ficha técnica de livro, resenha de livro, paródia de um conto infantil, ficha informativa sobre festa popular, cartaz sobre artista de circo, chula de palhaço, cronologia Dicionário Alguns usos do dicionário, verbete, a ordem dos verbetes no dicionário, a página do dicionário Estudo da língua Onomatopeias, expressões idiomáticas, o sentido das palavras, variedades linguísticas, formação de palavras Leituras Gênero textual História em quadrinhos, tira, verbete de dicionário, resumo de livro, parlenda, texto narrativo, enquete, gráfico, poema, texto expositivo, depoimento, bilhete, conto, texto informativo, convite, trava-língua, cartão-postal, memórias, entrevista, peça de teatro, sumário, quadrinha, lista, reportagem, debate, cartaz, carta pessoal, , biografia, texto de opinião Gramática Ordem alfabética Sílaba Encontros vocálicos Encontro consonantal e dígrafo Substantivo Substantivo: próprio, comum e coletivo Singular e plural Masculino e feminino Diminutivo e aumentativo Adjetivo Pronome pessoal Verbo Ortografia Letra e som A letra h Uso de x, ch Uso de g, j Uso de r, rr Uso de s, ss, c, ç s representando som de z Sons nasais Emprego de mb e mp Acentuação Pontuação e expressividade Pontuação e produção de sentido Produção textual História em quadrinhos, enquete, gráfico, depoimento, sumário, convite, registro de depoimento, memórias, entrevista, verbete ilustrado, peça de teatro, cartão, construção de personagem em uma narrativa, debate, carta pessoal, , exposição de ideias, cartaz, biografia, texto de opinião Dicionário O dicionário (usos e características), verbete e acepção, a ordem dos verbetes no dicionário, as informações presentes na página de um dicionário Estudo da língua Origem da língua portuguesa, algumas diferenças entre o português do Brasil e o português de Portugal, linguagem formal e informal, sistema braille e linguagem de sinais (Libras), regionalismos 36

17 Coleção Aprender Juntos Língua portuguesa 4 º e 5 º anos Conheça os conteúdos programáticos de todas as coleções de Edições SM para o PNLD 2013 no site 4 º AnO 5 º AnO Leituras Gênero textual Fábula, tira, história em quadrinhos, paródia de conto de fadas, peça teatral, piada, sinopse de livro, capa de livro, conto de fadas, narrativa mitológica, poema, poema narrativo, poema visual, quadrinha, letra de música, caligrama, lista, texto informativo, , reportagem, receita culinária, anúncio, bilhete, conto, conto popular, texto narrativo, instrução de montagem, gráfico, verbete de dicionário Gramática Classes de palavras Substantivos comuns e próprios Substantivo coletivo Adjetivo Palavras derivadas Palavras simples e compostas Artigo Numeral Pronomes pessoais Verbo Tempos verbais Verbo e construção de sentidos Ortografia Mesma grafia, sentidos diferentes (homônimos perfeitos) Mesma pronúncia, sentidos diferentes (homônimos homófonos) Letras que fazem a diferença (parônimos) Palavras terminadas em -isar, -izar Palavras terminadas em -oso, -osa Palavras terminadas em -ês, -esa, -ez, -eza A letra x Pontuação Uso do hífen Tonicidade Acentuação gráfica Palavras terminadas em -am, -ão Produção textual Fábula moderna, peça teatral (reconto), sinopse e catálogo de livros, poema, quadrinha, caligrama, ficha sobre invento, , texto informativo a partir de pesquisa na internet, debate regrado, conto popular (reconto), conto dialogado, texto instrucional, gráfico Leituras Gênero textual Texto informativo, infográfico, diário de bordo, bilhete, relato de viagem, reportagem, história em quadrinhos, entrevista, sinopse de livro, capa de livro, tira, episódio de ficção científica, poema, letra de música, texto narrativo, anúncio, cartaz, cantiga popular, lenda, quadrinha, estatuto, crônica, texto de opinião, panfleto informativo, adivinha, parlenda, diário pessoal, carta do leitor, tabela, verbete de dicionário Gramática Variação do substantivo: gênero e número Variação do substantivo: grau Variação do adjetivo: gênero e número Variação do adjetivo: grau Pronomes pessoais e de tratamento Pronomes possessivos e demonstrativos Verbos Verbo e construção de sentidos Advérbio Numeral Preposição Interjeição Ortografia Mau, mal; mas, mais Onde, aonde As palavras obrigado, mesmo, próprio As palavras a, há Para eu ou para mim As palavras seção, sessão Houve, ouve; haja, aja Uso do porquê Expressões formadas por duas palavras (em cima, em frente, por isso, de repente) As palavras meio, meia Pontuação Acentuação e produção de sentido Produção textual Relato de viagem, diário de bordo, episódio de ficção científica, texto para publicação em jornal, cartaz, lenda (reconto), estatuto, texto de opinião, panfleto informativo, tira, entrevista, diário pessoal, carta do leitor Dicionário A página do dicionário, localizando verbetes, consultando um dicionário, detalhamento dos verbetes Estudo da língua Diferenças entre o português falado no Brasil e o falado em Portugal, contribuições de outros idiomas ao português, marcas da oralidade no texto escrito, variedades linguísticas Dicionário Alguns usos do dicionário, verbete, explorando um verbete, explorando a página do dicionário Estudo da língua Contribuições indígenas, contribuições africanas, contribuições da língua inglesa, palavras de antigamente 25243COL COL01 37

18 Conteúdos programáticos Coleção Mundo Amigo Letramento e alfabetização 1 º, 2 º e 3 º anos 1 º Ano Organizando o dia a dia Características do gênero lista. As linguagens. Produção de listas. Letras, números e desenhos. Como ler imagens. Cidadania: Importância das brincadeiras. Pedidos e avisos Características do gênero bilhete. Vogais e consoantes. Produção de bilhetes. Ordem alfabética. Como criar marcas de identificação. Cidadania: Nome como identificação, apelido como demonstração de carinho. Projeto: Confecção e exposição da lista de aniversariantes da classe. Palavras para cantar e dançar Características do gênero cantiga de roda. Letras e sons. Produção de cantigas de roda. As letras p, b, t, d, f, v. Como recitar um trava-línguas. Cidadania: Trabalho em grupo. Adivinhe e rime... se puder! Características dos gêneros adivinha e parlenda. Letra de imprensa e letra cursiva. Produção de parlendas. As letras c, g, j, l, m, n. Como reconhecer sons e rimas em poemas. Cidadania: Regras e acordos nas brincadeiras em grupo. Projeto: Festival de cantigas de roda e de parlendas. Hoje é dia de festa! Características do gênero convite. Sílabas. Produção de convites. As letras r, s, x, z. Como reconhecer diferentes textos do cotidiano. Cidadania: Encontros para fazer amigos, aprender, se divertir. Descobrindo como jogar e brincar Características do gênero regra de jogo e de brincadeira. Espaço entre as palavras. Produção de regras de brincadeiras. Sílabas gue, gui, que, qui. Como localizar informações em um cartaz. Cidadania: Brincadeiras com pessoas de diferentes idades. Projeto: Encontro de brincadeiras. Palavras que se acumulam Características do gênero conto cumulativo. A organização das palavras. Produção de contos cumulativos. Letra h inicial, lh, ch e nh. Como reconhecer personagens. Cidadania: A importância da família e dos amigos. Histórias de fadas e princesas Características do gênero conto de fadas. Os diferentes tipos e tamanhos de letras. Produção de contos de fadas. Encontros consonantais. Como recontar oralmente um conto. Cidadania: Ajudar e receber ajuda. Projeto: Livro ilustrado de contos. 2 º Ano Tem cor, sabor e alimenta! Características do gênero receita. A ordem alfabética. Produção de receitas. As letras p e b, t e d, f e v. Como consultar o dicionário. Cidadania: Cuidados com a alimentação. Passo a passo para montar Características do gênero instruções de montagem. Letra, sílaba e palavra. Produção de instruções de montagem. Espaço entre as palavras. Como encontrar palavras no dicionário. Cidadania: Cuidados com o material escolar. Projeto: Preparação de pratos a partir de receitas e montagem de objetos. Perguntas e respostas curiosas Características do gênero texto de divulgação científica (do tipo Você sabia que...? ). Frase e pontuação. Produção de texto de divulgação científica (do tipo Você sabia que...? ). Uso de r e rr. Como ler um sumário. Cidadania: Consumo responsável da água. Informação por toda parte Características do gênero texto expositivo de divulgação científica. Masculino e feminino. Produção de texto expositivo de divulgação científica. Uso de s e ss. Como escrever uma legenda. Cidadania: Respeito e cuidado com os animais. Projeto: Exposição de curiosidades. 38

19 Conheça os conteúdos programáticos de todas as coleções de Edições SM para o PNLD 2013 no site Palavras para encantar e rimar Características do gênero poema. Singular e plural. Produção de poemas. Uso de c e ç. Como ler um poema em voz alta. Cidadania: Brincadeiras: aprendizado e diversão. Sustos e suspense no ar Características do gênero história de assustar. Pontuação. Produção de contos de assustar. Uso de m antes das letras p e b. Como fazer registros para contar histórias. Cidadania: Aprendendo a lidar com os medos. Projeto: Livro coletivo de poemas e contos de assustar. Histórias de todos os tempos Características do gênero conto tradicional. Pontuação de diálogo. Produção de contos tradicionais. Sons nasais. Como escrever diálogos em tiras de quadrinhos. Cidadania: Ajudar e atrapalhar os colegas e o professor. Aprendendo com os animais Características do gênero fábula. Acentuação. Produção de fábulas. Encontros consonantais. Como fazer uma ficha de leitura. Cidadania: Ensinar os colegas e aprender com eles. Projeto: Roda de histórias. 3 º AnO As pessoas se comunicam Características do gênero cartão--postal. Substantivo. Produção de cartões-postais. Divisão silábica. Como fazer uma legenda. Cidadania: O respeito entre os povos. Das cartas ao Características do gênero carta pessoal. Substantivo: grau e número. Produção de cartas pessoais. Uso de c e qu, g e gu. Como escrever um . Cidadania: Quem defende nossos interesses? Projeto: Roda de conversa sobre lugares e atividades dos quais se gosta. Histórias de hoje e de sempre Características do gênero conto popular. Adjetivo. Produção de contos populares. As letras g e j. Como identificar palavras de diferentes regiões. Cidadania: Diferentes costumes. As histórias da memória Características do gênero relato de memórias. Flexão dos adjetivos. Produção de relatos de memórias. As letras s e z. Como descrever lugares. Cidadania: A história é feita por todos. Projeto: Exposição com monitoria. Quem pergunta quer saber Características do gênero verbete de enciclopédia. Artigo e numeral. Produção de verbetes de enciclopédia. Palavras terminadas em e/i, o/u. Como consultar um verbete no dicionário. Cidadania: Acesso ao conhecimento. Descobrir o mundo Características do gênero texto expositivo. Pronomes pessoais. Produção de textos expositivos. As letras x e ch. Como fazer uma ficha de apoio para uma exposição oral. Cidadania: A proibição do trabalho infantil. Projeto: Exposição oral. Histórias com cor e humor Características do gênero história em quadrinhos. Verbo. Produção de histórias em quadrinhos. Separação de sílabas. Como descrever personagens. Cidadania: Posse responsável de animais. viajar com palavras Características do gênero poema. Concordância. Produção de poemas. Posição da sílaba tônica. Como reconhecer as formas do poema. Cidadania: A natureza ao nosso redor. Projeto: Sarau COL38 39

20 PNLD 2013 Ensino Fundamental I 1º ao 5º ano Serviços educacionais Manual do professor O Manual do professor foi desenvolvido para apoiar o educador no dia a dia. Traz todas as respostas das atividades propostas do Livro do aluno, oferece comentários, sugestões, atividades variadas, além de recursos que aprofundam e ampliam as possibilidades de trabalho em sala de aula, de modo que cada educador possa adaptá-las à sua turma e realidade. Coleções Aprender Juntos Letramento e alfabetização Língua portuguesa 25243COL COL01 Alfabetização matemática Matemática 25239COL COL02 Ciências 25240COL04 História 25242COL06 54

21 Coleções Mundo Amigo Letramento e alfabetização 25359COL38 Valorizando ainda mais o trabalho do educador, diferenciamos as cores do Manual do professor das coleções Mundo Amigo em relação ao Livro do aluno. Lembre-se disso na hora da sua escolha! Ciências 25356COL04 História 25358COL06 Geografia 25357COL05 Coleção Mundo para Todos História 25362COL06 55

22 PNLD 2013 Ensino Fundamental I 1º ao 5º ano Serviços educacionais Manual do professor Recursos ao professor O Manual do professor apresenta: Objetivos da disciplina e da coleção. Apresentação da proposta pedagógica. Quadro de conteúdos da coleção. Avaliação da aprendizagem. Respostas para todas as atividades propostas no livro do aluno. Comentários sobre as atividades do livro. Sugestões de atividades prévias e complementares. Leituras complementares para o aluno e para o professor. Bibliografia. Aprender Juntos História - Manual do professor 5º ano - página 45 suplemento Aprender Juntos Alfabetização matemática Manual do professor 3º ano página 5 suplemento 56

23 Mundo Amigo Geografia Manual do professor 3º ano página 14 suplemento Mundo Amigo Letramento e alfabetização Manual do professor 3º ano página 35 suplemento 57

24 PNLD 2013 Ensino Fundamental I 1º ao 5º ano Serviços educacionais Manual do professor Recursos para avaliação O Manual do professor traz sugestões de instrumentos de avaliação que contemplam os critérios necessários para informar sobre o grau de realização dos objetivos previstos e o grau de aprendizagem adquirido em cada conteúdo (conceitual, procedimental e atitudinal). O Manual do professor oferece propostas de atividades avaliativas. Mundo Amigo Letramento e alfabetização Manual do professor 2º ano páginas 10 e 11 suplemento 58

25 Aprender Juntos Letramento e alfabetização Manual do professor 1º ano página 27 suplemento 59

26 PNLD 2013 Ensino Fundamental I 1º ao 5º ano Serviços educacionais Site A utilização dos recursos digitais de aprendizagem propicia ao professor ampliar, enriquecer as aulas e contribuir com a sua prática pedagógica, incentivando o espírito crítico e motivando a participação do aluno. Recursos disponíveis no Canal do Professor: Atividades complementares. Atividades experimentais. Sugestões de atividades para avaliação. Projetos interdisciplinares. Recursos multimídia. Sumário dos livros. Capítulo em PDF. Apresentação dos conteúdos, metodologia e diferenciais das disciplinas. Orientação pedagógica e incentivo à formação continuada Com o objetivo de apoiar os educadores que trabalham com os materiais e recursos de Edições SM, disponibilizamos a APEC Assessoria Pedagógica Continuada: LIVRO ou Disponibilizamos a série Gestor Escolar fundamentos. Oferecemos assessoria pedagógica presencial. Organizamos fóruns e seminários com profissionais conceituados da área de Educação. Estimulamos a valorização de professores por meio de iniciativas como: Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos, Prêmio Professores do Brasil e Prêmio Barco a Vapor. 60

27 Recursos digitais Conheça alguns dos recursos digitais disponíveis no Canal do Professor: Edições SM oferece aos professores que trabalham com nossas coleções estes e muitos outros recursos! Aulas digitais Atividades complementares Projetos interdisciplinares Sugestões para avaliação 61

28 PNLD 2013 Ensino Fundamental I 1º ao 5º ano Conheça Edições SM Grupo SM Com uma trajetória de mais de 70 anos de trabalho, o Grupo SM é referência em Educação no Brasil e em todos os países onde está presente: Argentina, Chile, Colômbia, Espanha, México, Peru, Porto Rico e República Dominicana. Liderado pela Fundação SM, o grupo possui como principais objetivos o estímulo à formação continuada e à valorização de professores, o incentivo à reflexão sobre Educação, o apoio a projetos socioculturais de diversas instituições e o fomento à leitura e à produção literária. Nosso projeto educativo O projeto educativo SM é composto pela união do trabalho social realizado pela Fundação SM e o trabalho editorial das empresas do grupo, que publicam livros didáticos e de literatura voltados para a formação integral do aluno. Os livros de Edições SM têm como principal diferencial sua proposta filosófica, que promove através da escolha de temas, textos, imagens e atividades a formação de valores que fundamentam a prática da cidadania. Valores como responsabilidade social, inovação e proximidade com a escola pautam o trabalho de Edições SM, que acredita na Educação como principal fator de transformação social. 62

29 Educação em valores Sabemos que valores universais como liberdade, solidariedade, responsabilidade, respeito e justiça constituem a base da cidadania. Tais valores são fonte de inspiração e elemento de coesão na elaboração de todos os materiais didáticos de Edições SM. Influenciam diretamente a escolha dos temas, textos e imagens utilizados para o estudo das diversas disciplinas. O tratamento abrangente dado ao trabalho com valores, incluindo tanto questões pessoais como sociais e ambientais, está em concordância com a LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), que incorpora nas finalidades da Educação básica princípios e valores fundamentais que dão um tratamento novo e transversal ao currículo escolar. A escola que educa em valores A escola comprometida com a Educação em valores é aquela que não abdica do seu papel e da sua importância, aquela que ocupa o seu lugar como espaço de reflexão sobre as questões da vida em que temas como justiça, generosidade, tolerância, respeito, entre outros estão na base do seu projeto pedagógico. Tal escola participa de maneira responsável e com legitimidade na construção de pessoas que serão responsáveis pela formação de uma sociedade digna e compromissada com o futuro. Um dos objetivos de Edições SM é estabelecer parceria com escolas que educam pautadas em valores, apoiando suas ações e fornecendo-lhes materiais didáticos de qualidade. Para mais informações

30 PNLD 2013 Ensino Fundamental I 1º ao 5º ano Educação em valores Mapa de iniciativas Nosso projeto educativo é reconhecido por promover uma Educação integral e por ser pautado em valores humanísticos, tais como respeito às diferenças, responsabilidade social, cooperação, consciência global e solidariedade. A seguir apresentamos um mapa de iniciativas que reforça a Educação em valores e, assim, esperamos enriquecer ainda mais seu trabalho como educador e contribuir com sua reflexão a respeito desse tema. DIÁRIO DE UM PROFESSOR Disponível em nosso site no Canal do Professor, no menu Formação e reflexão, este diário traz atividades práticas pensadas para a promoção da Educação em valores em sala de aula. Este rico material se caracteriza por apresentar o passo a passo para a realização de cada iniciativa proposta e pelo incentivo à reflexão sobre o tema. BLOG EDUCAÇÃO EM VALORES Espaço privilegiado para discussões e disseminações da prática da Educação em valores, o blog conta com a participação de renomados especialistas como José Pacheco, mestre em Educação da Criança, ex-diretor da Escola da Ponte e autor de diversos livros e artigos sobre Educação, com experiência educacional reconhecida internacionalmente, e Ulysses Araújo, pesquisador nas áreas de Educação e de Psicologia, doutor em Pscicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano e consultor do Ministério da Educação, entre outros. O objetivo é trazer reflexões e sugestões práticas de como trabalhar com o tema em sala de aula. Professor, dê a sua contribuição! educacaoemvalores.wordpress.com 64

31 CURIOSIDADES Elaborar um Fanzine (revista) com as sínteses das pesquisas feitas e dos dados coletados, para ser distribuído na escola e na comunidade do entorno. Desenvolver campanha você sabia que..., usando a temática água como foco. Criação de cartazes criativos para serem colocados nos banheiros, refeitórios, salas de aula, corredores e pátios. Pode-se se optar pelo formato de informativo. Análise de fanzines e identificação dos principais recursos visuais. Criar estilo visual da revista. Propor um concurso para o nome da revista na escola. Diagramar os conteúdos de forma a convidar o leitor para leitura e consequentemente ampliação de repertório. Fonte: Para Viver Juntos Ciências 6 página 90 Fonte: Mundo Para Todos ciências 2 página 19 Se a opção for organizar o informativo, fazer a adaptação da proposta de artes para análise de diferentes informativos. Analisar as formas de uso da água e as necessidades de alteração do uso (aumento da população, formas de obtenção de água, racionalização...). Pesquisar o uso da água na higiene pessoal, como ela se dava e suas transformações (mitos e verdades). Identificar a relação da água como principal causa de doenças e possibilidade de cura. Identificar os principais componentes das águas medicinais e suas indicações. Fonte: Para Viver Juntos Ciências 6 página 90 Pesquisar as reservas de água no solo brasileiro (subterrâneas e de superfície). Analisar os principais reservatórios com o desenvolvimento humano em seu entorno. Identificar as reservas de águas medicinais no território brasileiro. Identificar o consumo pessoal de água da residência de cada aluno. Agrupar o consumo residencial e criar relações com volume de água usado. Desenvolver propostas de racionalização de uso de água. Criar metas de racionalização de uso de água na escola. Elaborar uma linha do tempo colocando como marco a chegada dos portugueses ao território brasileiro. Pesquisar a relação com a água que portugueses e indígenas tinham (uso como: banho, consumo...) Retratar a relação da água nos diferentes momentos históricos (econômico e socio-ambiental) A revista e/ou o informativo que será compartilhada(o) tanto com a comunidade escolar como com a comunidade do entorno. Envio da publicação para os órgãos públicos do município (secretaria de educação, câmara dos vereadores, prefeito) com uma carta contendo as reflexões sobre a temática estudada. DICAS DE LEITURA Os segredos da água Associação francesa Les Petits Débrouillards Tradução Eric Roland e René Heneault Ilustrações Zaü Formato 14 x 18,5 cm 80 páginas ISBN Se olharmos ao redor, vamos perceber que a água faz parte do nosso cotidiano de uma forma que nem sequer nos damos conta. Ela está no ar, na comida, no encanamento das casas, nos rios, no mar... e até nos seres humanos, que, em cada 70 quilos, possuem em média 45 litros de água. Neste livro, o leitor vai descobrir por que a água é tão importante para a vida e até inventar um modo de criar um arco-íris num copo. 100 números para sonhar um mundo diferente Elen Riot (França) Tradução Marcus Bagno Ilustrações Zaü Formato cm 48 páginas ISBN Temas Desafios do 3º Milênio Meio ambiente Direitos humanos Em meio a um turbilhão de informações, números e acontecimentos, não é fácil se situar e entender o mundo. Este livro traz 100 números-chave, escolhidos para fazer pensar, refletir e alimentar discussões a respeito de situações que nos cercam, como os grandes desafios do século XXI. Alguns dados e recortes oferecem argumentos e razões que possibilitam ver o futuro com otimismo. Fonte: Para entender o Mundo Edições SM página 103 Reúna-se com seus colegas e conversem sobre o que está acontecendo nas ilustrações ao lado. Façam um desenho mostrando que atitude vocês tomam para não desperdiçar água. LITERATURA INFANTIL O respeito à diversidade cultural e às diferenças individuais são a essência do nosso catálogo. Os diversos livros abordam temáticas que potencializam o trabalho de Educação em valores dentro e fora da escola. Conheça nossos livros no site e acesse os guias de leitura no Canal do Professor! Livros adquiridos pelo Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE 2012). INCLUSÃO A Educação em valores é, em sua natureza, uma Educação inclusiva. Por termos esta convicção, disponibilizamos como material de apoio às nossas coleções didáticas sugestões de atividades para o trabalho com crianças que possuam necessidades especiais como: dislexia, discalculia, disortografia, deficiência visual, déficit de atenção, disgrafia, paralisia cerebral, surdez, autismo, entre outras. Todos esses recursos estão disponíveis no Canal do Professor! CAMPANHAS A sugestão de propostas para a sala de aula centradas na Educação em valores e a possibilidade que os educadores têm de mostrar suas ações como inspiração para outros têm sido uma prática constante e um caminho para a construção da cidadania. A campanha da biodiversidade, disponível no Canal do Professor, no menu Campanhas temáticas, permite um trabalho interdisciplinar a partir de três temas. Confira! Português Artes Visuais Sugestão Ciências Sugestão Distribuição da água na Terra CAMPANHA DA BIODIVERSIDADE Pesquisas sobre o tema Água Sugestões de estudos de caracterização, conservação e aproveitamento racional da água Água Água e homem: Percurso de uma história Geografia Matemática Produto final História Qual é a sua atitude FÓRUNS E SEMINÁRIOS A promoção anual de encontros dedicados à formação continuada dos professores permite que tenhamos momentos de reflexão a respeito do fazer pedagógico. Conheça e inscreva- -se para os próximos.

32 Professor, no PNLD 2013 escolha os livros que promovem a Educação em valores. Coleções Aprender Juntos Coleções Mundo Amigo Coleção Mundo para Todos História

DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA

DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA OBJETIVOS: 1 ano Levar o estudante a realizar a escrita do próprio nome e outros nomes. Promover a escrita das letras do alfabeto. Utilizar a linguagem oral para conversar,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE LÍNGUA PORTUGUESA UNIDADE

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE LÍNGUA PORTUGUESA UNIDADE PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE LÍNGUA PORTUGUESA 1. ano - 1. volume UNIDADE 1 Símbolos Letras do alfabeto UNIDADE 2 Alfabeto (vogais e consoantes) Crachá Letras do próprio nome, do nome do professor e dos colegas

Leia mais

Educação infantil EdiçõEs sm Projeto Educativo sm Educativo Ensino Fundamental i 1º ao 5º ano vida es da América Eir Sabor ação é Eix

Educação infantil EdiçõEs sm Projeto Educativo sm Educativo Ensino Fundamental i 1º ao 5º ano vida es da América Eir Sabor ação é Eix PROjEtO Educativo sm A FunDAçãO SM e o Projeto Educativo sm ilustração do livro Sabores da América ArG MEx CoL dom Pri PEr CHL BrA EsP Países onde a Fundação sm e a sm atuam: Argentina, Brasil, Chile,

Leia mais

Animais em extinção - Formação de palavras (jogo de sílabas) - Letra O - Letra P - Formação de palavras (jogo de sílabas e jogo de letras)

Animais em extinção - Formação de palavras (jogo de sílabas) - Letra O - Letra P - Formação de palavras (jogo de sílabas e jogo de letras) ABEU COLÉGIOS Disciplina: Língua Portuguesa Série: 1 ano / Fundamental I 1 Caderno 1 Seleção de módulos do Sistema de Ensino Ser 2014 Símbolos e Mensagens - Diferenciação de letra, palavra e número - Placas

Leia mais

Leitura e Literatura

Leitura e Literatura MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICAB Diretoria de Políticas de Formação, Materiais Didáticos e de Tecnologias para Educação BásicaB Leitura e Literatura Dia e Semana Nacional da Leitura

Leia mais

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PORTUGUESA DE LÍNGUA. Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) MARÇO

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PORTUGUESA DE LÍNGUA. Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) MARÇO EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA MARÇO 2013 Expectativas de Aprendizagem de Língua Portuguesa dos anos iniciais do Ensino Fundamental 1º ao 5º ano Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º

Leia mais

ensino fundamental I 1º ao 5º ano

ensino fundamental I 1º ao 5º ano ensino fundamental I 1º ao 5º ano PNLD 2013 Ensino Fundamental I 1º ao 5º ano Edições SM: aprovação completa no PNLD 2013! Professor, escolha as coleções de Edições SM que promovem a Educação em valores

Leia mais

Conheça também! As demais disciplinas desta coleção nas páginas 4, 8, 32, 36, 72 e 90.

Conheça também! As demais disciplinas desta coleção nas páginas 4, 8, 32, 36, 72 e 90. porta aberta Nova edição Geografia 2º ao 5º ano O estudo das categorias lugar, paisagem e espaço tem prioridade nesta obra. 25383COL05 Conheça também! As demais disciplinas desta coleção nas páginas 4,

Leia mais

ensino fundamental I 1º ao 5º ano

ensino fundamental I 1º ao 5º ano ensino fundamental I 1º ao 5º ano PNLD 2013 Ensino Fundamental I 1º ao 5º ano Edições SM: aprovação completa no PNLD 2013! Professor, escolha as coleções de Edições SM que promovem a Educação em valores

Leia mais

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez.

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. PROJETO DE LEITURA E ESCRITA Era uma vez... E conte outra vez. CARACTERIZAÇÃO DO PROJETO TEMA; PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. INSTITUIÇÃO Escola Estadual Lino Villachá

Leia mais

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Prof. Juliana Pinto Viecheneski

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Prof. Juliana Pinto Viecheneski Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa Prof. Juliana Pinto Viecheneski LIVRO DIDÁTICO ONTEM E HOJE A escola tem um papel fundamental para garantir o contato com livros desde a primeira infância:

Leia mais

PLANO DE CURSO REFERENCIAL LÍNGUA PORTUGUESA/GESTAR 6ª SÉRIE (7º ANO)

PLANO DE CURSO REFERENCIAL LÍNGUA PORTUGUESA/GESTAR 6ª SÉRIE (7º ANO) PLANO DE CURSO REFERENCIAL LÍNGUA PORTUGUESA/GESTAR 6ª SÉRIE (7º ANO) Processo Avaliativo Unidade Didática PRIMEIRA UNIDADE Competências e Habilidades Aperfeiçoar a escuta de textos orais - Reconhecer

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA: Sequência Didática Poesia: O Pato.

RELATO DE EXPERIÊNCIA: Sequência Didática Poesia: O Pato. PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA RELATO DE EXPERIÊNCIA: Sequência Didática Poesia: O Pato. Professoras: Maria Cristina Santos de Campos e Silvana Bento de Melo Couto. Escola: E. M. José

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV DISCIPLINA : LÍNGUA PORTUGUESA OBJETIVOS GERAIS Ampliar gradativamente suas possibilidades de comunicação e

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III EDUCAÇÃO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III DISCIPLINA : LÍNGUA PORTUGUESA OBJETIVOS GERAIS Ampliar gradativamente suas possibilidades de comunicação e expressão, interessando-se por conhecer

Leia mais

Marcos de Aprendizagem de Língua Inglesa

Marcos de Aprendizagem de Língua Inglesa PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC Coordenação de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP Marcos de Aprendizagem de Língua Inglesa Ciclo de Aprendizagem I e II MARCOS

Leia mais

PNBE Programa Nacional Biblioteca da Escola: análise descritiva e crítica de uma política de formação de leitores

PNBE Programa Nacional Biblioteca da Escola: análise descritiva e crítica de uma política de formação de leitores PNBE Programa Nacional Biblioteca da Escola: análise descritiva e crítica de uma política de formação de leitores EMENTA Apresentação e discussão do processo de avaliação e seleção de obras de literatura

Leia mais

Disciplina: Português Período: 1º. Equipe - 3 ano - turmas: 31, 32 e 33.

Disciplina: Português Período: 1º. Equipe - 3 ano - turmas: 31, 32 e 33. Disciplina: Português Período: 1º Unidade 1 Eu me comunico Linguagem : formal e informal Variação regional de vocabulário Usando diferentes linguagens Ortografia: L e U,A/AI; E/I; O/OU; Usando diferentes

Leia mais

Colégio Monteiro Lobato

Colégio Monteiro Lobato Colégio Monteiro Lobato Disciplina: Anual 2013 Redação Professor (a): Barbara Venturoso Série: 6º ano Turma: A PLANEJAMENTO ANUAL 2013 Plano de curso Conteúdos Procedimentos Objetivos Avaliações 1º Trimestre

Leia mais

Portal de conteúdos Linha Direta

Portal de conteúdos Linha Direta Portal de conteúdos Linha Direta Tecnologias Educacionais PROMOVEM SÃO Ferramentas Recursos USADAS EM SALA DE AULA PARA APRENDIZADO SÃO: Facilitadoras Incentivadoras SERVEM Necessárias Pesquisa Facilitar

Leia mais

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ENSINO MÉDIO

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ENSINO MÉDIO ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ENSINO MÉDIO I PORTUGUÊS: Compreensão e interpretação de texto. Ortografia: divisão silábica, pontuação, hífen, sinônimo, acentuação gráfica, crase. Morfologia: classes de

Leia mais

Prova Nacional de Concurso para o Ingresso na Carreira Docente

Prova Nacional de Concurso para o Ingresso na Carreira Docente Prova Nacional de Concurso para o Ingresso na Carreira Docente A Prova Docente: Breve Histórico Prova Nacional de Concurso para o Ingresso na Carreira Docente Instituída pela Portaria Normativa nº 3, de

Leia mais

Padrões de Competências para o Cargo de Professor Alfabetizador

Padrões de Competências para o Cargo de Professor Alfabetizador Padrões de Competências para o Cargo de Professor Alfabetizador Alfabetização de Crianças O Professor Alfabetizador é o profissional responsável por planejar e implementar ações pedagógicas que propiciem,

Leia mais

GUIA DE IMPLEMENTAÇÃO DO CURRICULO ANO 2 - APROFUNDAMENTO

GUIA DE IMPLEMENTAÇÃO DO CURRICULO ANO 2 - APROFUNDAMENTO ESTRUTURA GERAL DOS ROTEIROS DE ESTUDOS QUINZENAL Os roteiros de estudos, cujo foco está destacado nas palavras chaves, estão organizados em três momentos distintos: 1º MOMENTO - FUNDAMENTOS TEÓRICOS -

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA. Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha

RELATO DE EXPERIÊNCIA. Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ EVARISTO COSTA RELATO DE EXPERIÊNCIA Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha Professoras: Maria Cristina Santos de Campos. Silvana Bento de Melo Couto. Público Alvo: 3ª Fase

Leia mais

Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados

Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados elaboração: PROF. DR. JOSÉ NICOLAU GREGORIN FILHO Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados escrito por Vários autores Os Projetos de Leitura: concepção Buscando o oferecimento de subsídios práticos

Leia mais

2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO UNIDADE

2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO UNIDADE Escolas João de Araújo Correia EB 2.3PESO DA RÉGUA Disciplina de Português 6º Ano Ano Letivo 2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO UNIDADE 0 Ponto de partida Reportagem televisiva

Leia mais

A coleção supera as expectativas a cada ano. E isso é só o começo.

A coleção supera as expectativas a cada ano. E isso é só o começo. porta aberta Nova edição Letramento e Alfabetização 1º ao 3º ano A coleção supera as expectativas a cada ano. E isso é só o começo. 25385COL38 Os 3 volumes iniciais são voltados para a aquisição do sistema

Leia mais

O TRABALHO COM GÊNEROS TEXTUAIS NA SALA DE AULA UNIDADE 5 ANO 2

O TRABALHO COM GÊNEROS TEXTUAIS NA SALA DE AULA UNIDADE 5 ANO 2 O TRABALHO COM GÊNEROS TEXTUAIS NA SALA DE AULA UNIDADE 5 ANO 2 O TRABALHO COM GÊNEROS TEXTUAIS NA SALA DE AULA INICIANDO A CONVERSA APROFUNDANDO O TEMA Por que ensinar gêneros textuais na escola? Registro

Leia mais

Possibilidades e desafios do Coordenador Pedagógico e a interface das práticas educativas

Possibilidades e desafios do Coordenador Pedagógico e a interface das práticas educativas Possibilidades e desafios do Coordenador Pedagógico e a interface das práticas educativas Encontro 2 Coordenadores Pedagógicos CEFOR 05 de Junho 2013 Pauta Acolhimento Leitura deleite Apresentação / entrevista

Leia mais

Áfricas no Brasil: aprendendo sobre os sons, as cores, as imagens e os sabores

Áfricas no Brasil: aprendendo sobre os sons, as cores, as imagens e os sabores Áfricas no Brasil: aprendendo sobre os sons, as cores, as imagens e os sabores Rosália Diogo 1 Consideramos que os estudos relacionados a processos identitários e ensino, que serão abordados nesse Seminário,

Leia mais

PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA. Ensino Fundamental (séries finais)

PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA. Ensino Fundamental (séries finais) PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA Ensino Fundamental (séries finais) O Clickideia é um portal educacional (www.clickideia.com.br), desenvolvido com o apoio do CNPq e da UNICAMP, que apresenta conteúdos didáticos

Leia mais

Núcleo de Educação Infantil Solarium

Núcleo de Educação Infantil Solarium 0 APRESENTAÇÃO A escola Solarium propõe um projeto de Educação Infantil diferenciado que não abre mão do espaço livre para a brincadeira onde a criança pode ser criança, em ambiente saudável e afetivo

Leia mais

A abertura de unidade propõe atividades que estimulam os alunos a resolver situações cotidianas utilizando e valorizando os conhecimentos matemáticos

A abertura de unidade propõe atividades que estimulam os alunos a resolver situações cotidianas utilizando e valorizando os conhecimentos matemáticos A abertura de unidade propõe atividades que estimulam os alunos a resolver situações cotidianas utilizando e valorizando os conhecimentos matemáticos como ferramentas necessárias. Abertura de unidade Aprender

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA Connie, a Vaquinha 2. EPISÓDIO(S) TRABALHADO(S): A Ponte 3. SINOPSE DO(S) EPISÓDIO(S) ESPECÍFICO(S) O episódio A Ponte faz parte da série Connie,

Leia mais

Letramento: Um ano de histórias

Letramento: Um ano de histórias 1 Letramento: Um ano de histórias Joyce Morais Pianchão 1 RESUMO Ensinar a ler e escrever é a meta principal da escola. E para que todos exerçam seus direitos, exercendo com dignidade a sua cidadania na

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As Histórias do Senhor Urso 2. EPISÓDIO(S) TRABALHADO(S): O piado da coruja 3. SINOPSE DO(S) EPISÓDIO(S) ESPECÍFICO(S) O episódio O piado da Coruja

Leia mais

As 11 dúvidas mais frequentes

As 11 dúvidas mais frequentes As 11 dúvidas mais frequentes Deyse Campos Assessora de Educação Infantil dcampos@positivo.com.br Frequentemente recebemos solicitações de professores de escolas que estão utilizando o Sistema Positivo

Leia mais

PROJETO ARARIBÁ. Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico.

PROJETO ARARIBÁ. Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico. PROJETO ARARIBÁ Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico. ARARIBÁ HISTÓRIA O livro tem oito unidades, divididas

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 5 º Ano

Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 5 º Ano Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 5 º Ano Dias de aulas previstos Período 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª 6.ª 1.º período 13 13 13 12 13 2.º período 9 9 9 11 11 3.º período 9 11 10 10 11 (As Aulas previstas

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

ALFABETIZAÇÃO DE ESTUDANTES SURDOS: UMA ANÁLISE DE ATIVIDADES DO ENSINO REGULAR

ALFABETIZAÇÃO DE ESTUDANTES SURDOS: UMA ANÁLISE DE ATIVIDADES DO ENSINO REGULAR ALFABETIZAÇÃO DE ESTUDANTES SURDOS: UMA ANÁLISE DE ATIVIDADES DO ENSINO REGULAR INTRODUÇÃO Raquel de Oliveira Nascimento Susana Gakyia Caliatto Universidade do Vale do Sapucaí (UNIVÁS). E-mail: raquel.libras@hotmail.com

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1 TÍTULO DO PROGRAMA As letrinhas mágicas. 2 EPISÓDIO TRABALHADO Uma visita ao zoológico. 3 SINOPSE DO EPISÓDIO ESPECÍFICO As Vogais vão ao zoológico e têm contato com

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS MISSÃO DO CURSO O Curso de Licenciatura em Artes Visuais busca formar profissionais habilitados para a produção, a pesquisa

Leia mais

Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental

Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental Resumo Este projeto propõe a discussão da Década de Ações para a Segurança no Trânsito e a relação dessa com o cotidiano dos alunos, considerando como a prática

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA CLAINES KREMER GENISELE OLIVEIRA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: POR UMA PERSPECTIVA DE RELAÇÕES ENTRE

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INVESTIGAÇÃO DA PRÁTICA DOCENTE I... 4 02 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO... 4 03 PROFISSIONALIDADE DOCENTE... 4 04 RESPONSABILIDADE

Leia mais

Todas as atividades que seu(sua) filho(a) realiza na escola, em todas as áreas de conhecimento, estão relacionadas aos objetivos de aprendizagem.

Todas as atividades que seu(sua) filho(a) realiza na escola, em todas as áreas de conhecimento, estão relacionadas aos objetivos de aprendizagem. Brasília, 24 de fevereiro de 2014. Senhores Pais e/ou Responsáveis, Neste documento, listamos os conteúdos e objetivos referentes às aprendizagens pretendidas para os alunos do Maternal II, durante o 1º

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA Diretoria de Políticas de Formação, Materiais Didáticos e Tecnologias para a Educação Básica Coordenação Geral de Materiais Didáticos PARA NÃO ESQUECER:

Leia mais

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves TEMA : BRINCANDO E APRENDENDO NA ESCOLA Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves Autora: Prof a Cássia de Fátima da S. Souza PÚBLICO ALVO Alunos de 04 anos TEMA: BRINCANDO E

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL LÍNGUA INGLESA ESCOLA: PROFESSOR: /DISCILPLINA: LÍNGUA INGLESA CICLO DE APRENDIZAGEM: / ANO: PERÍODO

PLANEJAMENTO ANUAL LÍNGUA INGLESA ESCOLA: PROFESSOR: /DISCILPLINA: LÍNGUA INGLESA CICLO DE APRENDIZAGEM: / ANO: PERÍODO PLANEJAMENTO ANUAL LÍNGUA INGLESA ESCOLA: PROFESSOR: /DISCILPLINA: LÍNGUA INGLESA CICLO DE APRENDIZAGEM: / ANO: PERÍODO HABILIDADES CONTEÚDOS ORIENTAÇÂO DIDÁTICA Listening RECURSO AVALIAÇÃO Ouve e entende

Leia mais

INSTITUTO SINGULARIDADES CURSO PEDAGOGIA MATRIZ CURRICULAR POR ANO E SEMESTRE DE CURSO

INSTITUTO SINGULARIDADES CURSO PEDAGOGIA MATRIZ CURRICULAR POR ANO E SEMESTRE DE CURSO INSTITUTO SINGULARIDADES CURSO PEDAGOGIA MATRIZ CURRICULAR POR ANO E SEMESTRE DE CURSO 1º N1 1. Espaços e Práticas Culturais 40h N1 2. Oficina de Artes Visuais 80h N1 3. Prática de Leitura e escrita 80h

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas:

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas: EDUCAÇÃO INFANTIL A Educação Infantil, enquanto segmento de ensino que propicia um maior contato formal da criança com o mundo que a cerca, deve favorecer a socialização da criança, permitir a interação

Leia mais

LEITURA EM LÍNGUA ESPANHOLA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: COMPREENSÃO E EXPRESSÃO CRIATIVA

LEITURA EM LÍNGUA ESPANHOLA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: COMPREENSÃO E EXPRESSÃO CRIATIVA LEITURA EM LÍNGUA ESPANHOLA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: COMPREENSÃO E EXPRESSÃO Instituto Federal Farroupilha Câmpus Santa Rosa ledomanski@gmail.com Introdução Ler no contexto mundial globalizado

Leia mais

inglês MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DE EDIÇÕES SM Comparativos Curriculares SM língua estrangeira moderna ensino médio

inglês MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DE EDIÇÕES SM Comparativos Curriculares SM língua estrangeira moderna ensino médio MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DE EDIÇÕES SM língua estrangeira moderna Comparativos Curriculares SM inglês ensino médio A coleção Alive High Língua Estrangeira Moderna Inglês e o currículo do Estado de Goiás

Leia mais

JUSTIFICATIVA DA INCLUSÃO DA DISCIPLINA NA CONSTITUIÇÃO DO CURRICULO

JUSTIFICATIVA DA INCLUSÃO DA DISCIPLINA NA CONSTITUIÇÃO DO CURRICULO FATEA Faculdades Integradas Teresa D Ávila Curso: Pedagogia Carga Horária: 36h Ano: 2011 Professor: José Paulo de Assis Rocha Plano de Ensino Disciplina: Arte e Educação Período: 1º ano Turno: noturno

Leia mais

CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO 1

CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO 1 . PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR Secretaria Municipal de Educação e Cultura SMEC Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E

Leia mais

PNAIC. CEAD-UFOP: Coordenadora Geral: Profa. Dra. Gláucia Jorge Coordenador Adjunto: Prof. Dr. Hércules Corrêa

PNAIC. CEAD-UFOP: Coordenadora Geral: Profa. Dra. Gláucia Jorge Coordenador Adjunto: Prof. Dr. Hércules Corrêa PNAIC POLO DE POÇOS OS DE CALDAS Equipe do PNAIC-CEAD CEAD-UFOP: Coordenadora Geral: Profa. Dra. Gláucia Jorge Coordenador Adjunto: Prof. Dr. Hércules Corrêa Supervisão de avaliação ão: Profa. Dra. Carla

Leia mais

ASSESSORIA PEDAGÓGICA PORTFÓLIO DE PALESTRAS E OFICINAS

ASSESSORIA PEDAGÓGICA PORTFÓLIO DE PALESTRAS E OFICINAS Dificuldades de Palestra EF e EM Todas Conscientizar sobre as dificuldades de aprendizagem aprendizagem que podem ser manifestadas pelos alunos numa sala de aula e sugerir ações de encaminhamento, conforme

Leia mais

Curso: Pedagogia ( 1 ª Licenciatura) I Bloco. Fundamentos Epistemológicos de Pedagogia 60 horas

Curso: Pedagogia ( 1 ª Licenciatura) I Bloco. Fundamentos Epistemológicos de Pedagogia 60 horas Curso: Pedagogia ( 1 ª Licenciatura) I Bloco Fundamentos Epistemológicos de Pedagogia 60 horas Metodologia Científica 60 horas História da Educação 60 horas Sociologia da Educação I 60 horas Filosofia

Leia mais

Objetivos Específicos. Estratégias em Língua Portuguesa. Leitura de histórias em quadrinhos. Desenhos próprios. Gibisão data show.

Objetivos Específicos. Estratégias em Língua Portuguesa. Leitura de histórias em quadrinhos. Desenhos próprios. Gibisão data show. PLANEJAMENTO Folclore Professor (a): Vanessa da Rosa Competências Leitura; Oralidade; Produção textual, Ortografia, Ritmo e Memória. Avançar em seus conhecimentos sobre a escrita, ao escrever segundo suas

Leia mais

3 a 5. 6 a 10. 11 a 14. Faixa Etária Prevista. Etapa de Ensino. Duração. Educação Infantil. anos. Ensino Fundamental: Anos Iniciais. 5 anos.

3 a 5. 6 a 10. 11 a 14. Faixa Etária Prevista. Etapa de Ensino. Duração. Educação Infantil. anos. Ensino Fundamental: Anos Iniciais. 5 anos. Etapa de Ensino Faixa Etária Prevista Duração Educação Infantil 3 a 5 anos Ensino Fundamental: Anos Iniciais 6 a 10 anos 5 anos Ensino Fundamental: Anos Finais 11 a 14 anos 4 anos EDUCAÇÃO INFANTIL EDUCAÇÃO

Leia mais

Plano de Trabalho com Projetos - Professor

Plano de Trabalho com Projetos - Professor PREFEITURA DE JARAGUÁ DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL Plano de Trabalho com Projetos - Professor 1. Identificação Escola Municipal de Ensino Fundamental Anna Töwe

Leia mais

NOME DO PROJETO PROJETO MERGULHANDO NA LEITURA 2013 PÚBLICO ALVO Educação Infantil e Ensino Fundamental I

NOME DO PROJETO PROJETO MERGULHANDO NA LEITURA 2013 PÚBLICO ALVO Educação Infantil e Ensino Fundamental I NOME DO PROJETO PROJETO MERGULHANDO NA LEITURA 2013 PÚBLICO ALVO Educação Infantil e Ensino Fundamental I OBJETIVOS GERAIS: Promover o hábito da leitura entre os alunos; Proporcionar ao aluno o prazer

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Prática: 15 h/a Carga Horária: 60 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA LOGOTIPO MACMILLAN BRASIL Utilização colorido; preto/branco e negativo Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que

Leia mais

QUEM É O PROFESSOR QUE ALFABETIZA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE BELO HORIZONTE? Maria do Socorro Macedo (FAE/UFMG)

QUEM É O PROFESSOR QUE ALFABETIZA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE BELO HORIZONTE? Maria do Socorro Macedo (FAE/UFMG) 1 QUEM É O PROFESSOR QUE ALFABETIZA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE BELO HORIZONTE? Maria do Socorro Macedo (FAE/UFMG) Este trabalho tem por objetivo traçar um perfil dos professores alfabetizadores da rede

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Carga Horária: 30 h/a Prática: 30 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

AULA 05. Profª Matilde Flório EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL PMSP-DOT- 2008

AULA 05. Profª Matilde Flório EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL PMSP-DOT- 2008 AULA 05 Profª Matilde Flório EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL PMSP-DOT- 2008 FÁBRICA DE IDÉIAS PEDAGÓGICAS CONCURSO PMSP FUND II 2011 (em parceria com a APROFEM e o Jornal dos Concursos)

Leia mais

Objetivos Domínios/ Conteúdos Atividades

Objetivos Domínios/ Conteúdos Atividades AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N.º 1 DE GONDOMAR EB 2/3 de Jovim e Foz do Sousa PLANIFICAÇÃO ANUAL DE PORTUGUÊS 1º Período 5º Ano ANO LETIVO 2014/2015 Objetivos Domínios/ Conteúdos Atividades Conhecer o alfabeto.

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL. De acordo a LDB 9394/96 o Ensino Fundamental, juntamente com a Educação Infantil e o Ensino Médio, compõe a Educação básica.

ENSINO FUNDAMENTAL. De acordo a LDB 9394/96 o Ensino Fundamental, juntamente com a Educação Infantil e o Ensino Médio, compõe a Educação básica. ENSINO FUNDAMENTAL De acordo a LDB 9394/96 o Ensino Fundamental, juntamente com a Educação Infantil e o Ensino Médio, compõe a Educação básica. Art. 32 "o Ensino Fundamental, com duração mínima de oito

Leia mais

Sistema Maxi no Ensino Fundamental I

Sistema Maxi no Ensino Fundamental I Sistema Maxi no Ensino Fundamental I Características do segmento Ensino Fundamental: Anos Iniciais compreende do 1º ao 5º ano a criança ingressa no 1º ano aos 6 anos de idade Fonte: shutterstock.com Material

Leia mais

Projeto - A afrodescendência brasileira: desmistificando a história

Projeto - A afrodescendência brasileira: desmistificando a história Projeto - A afrodescendência brasileira: desmistificando a história Tema: Consciência Negra Público-alvo: O projeto é destinado a alunos do Ensino Fundamental - Anos Finais Duração: Um mês Justificativa:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: PEDAGOGIA LICENCIATURA FORMAÇÃO PARA O MAGISTÉRIO EM EDUCAÇÃO INFANTIL SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização:

Leia mais

Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido.

Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido. Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido. Criar novos mecanismos de intercâmbio e fortalecer os programas de intercâmbio já existentes,

Leia mais

UMA BREVE REFLEXÃO SOBRE AS SITUAÇÕES DE ESCRITA EM CONTEXTOS COMUNICATIVOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO INICIAL

UMA BREVE REFLEXÃO SOBRE AS SITUAÇÕES DE ESCRITA EM CONTEXTOS COMUNICATIVOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO INICIAL Título do artigo: UMA BREVE REFLEXÃO SOBRE AS SITUAÇÕES DE ESCRITA EM CONTEXTOS COMUNICATIVOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO INICIAL Disciplina: Alfabetização Selecionadora: Beatriz Gouveia 16ª Edição do

Leia mais

Sumário. I. Apresentação do Manual. II. A Prevenção de Acidentes com Crianças. III. Programa CRIANÇA SEGURA Pedestre

Sumário. I. Apresentação do Manual. II. A Prevenção de Acidentes com Crianças. III. Programa CRIANÇA SEGURA Pedestre Sumário I. Apresentação do Manual II. A Prevenção de Acidentes com Crianças III. Programa CRIANÇA SEGURA Pedestre IV. Como a Educação pode contribuir para a Prevenção de Acidentes no Trânsito V. Dados

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1 TÍTULO DO PROGRAMA Balinha e Dentinho. 2 EPISÓDIO TRABALHADO Um punhado de sementes mágicas. 3 SINOPSE DO EPISÓDIO ESPECÍFICO O episódio Um punhado de sementes mágicas

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL... 4 02 INVESTIGAÇÃO PEDAGÓGICA: DIVERSIDADE CULTURAL NA APRENDIZAGEM... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA...

Leia mais

OBJETIVO RICO- PRÁTICA DO PROFESSOR ALFABETIZADOR DIANTE DA NOVA APRENDIZAGEM

OBJETIVO RICO- PRÁTICA DO PROFESSOR ALFABETIZADOR DIANTE DA NOVA APRENDIZAGEM A FORMAÇÃO TEÓRICO RICO- PRÁTICA DO PROFESSOR ALFABETIZADOR DIANTE DA NOVA NOVA CONCEPÇÃO DE ENSINO- APRENDIZAGEM PROFª.. MS. MARIA INÊS MIQUELETO CASADO 28/05/2009 OBJETIVO - Contribuir para a reflexão

Leia mais

Como resultado da preparação desse I Workshop foram formalizadas orientações básicas para formatação de um projeto cultural que seguem abaixo.

Como resultado da preparação desse I Workshop foram formalizadas orientações básicas para formatação de um projeto cultural que seguem abaixo. ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO CULTURAIS A Fundação Cultural do Estado da Bahia tem como missão fomentar o desenvolvimento das Artes Visuais, Dança, Música, Teatro, Circo, Audiovisual, Culturas

Leia mais

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES Introdução ao tema A importância da mitologia grega para a civilização ocidental é tão grande que, mesmo depois de séculos, ela continua presente no nosso imaginário. Muitas

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO 1

PROJETO PEDAGÓGICO 1 PROJETO PEDAGÓGICO 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Título: Maricota ri e chora Autor: Mariza Lima Gonçalves Ilustrações: Andréia Resende Formato: 20,5 cm x 22 cm Número de páginas: 32

Leia mais

Nada melhor do que colocar em prática os conhecimentos obtidos em nossas aulas, confeccionando um incrível álbum de vegetais.

Nada melhor do que colocar em prática os conhecimentos obtidos em nossas aulas, confeccionando um incrível álbum de vegetais. Nome: Nº: 2º ano Trabalho Interdisciplinar de Ciências e Informática 3º Bimestre Data: Durante este bimestre aprendemos que as plantas, também chamadas de vegetais, são seres vivos, já que nascem, crescem

Leia mais

Projeto Quem sou eu? Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas

Projeto Quem sou eu? Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas Projeto Quem sou eu? Image URI: http://mrg.bz/q6vqo3 Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas Justificativa: Tendo em vista a

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Conteúdos e Metodologia de Alfabetização Carga Horária Semestral: 80 horas Semestre do Curso: 5º 1 - Ementa (sumário, resumo) História

Leia mais

Educação Infantil, que espaço é este?

Educação Infantil, que espaço é este? Educação Infantil, que espaço é este? O material do sistema de ensino Aprende Brasil de Educação Infantil foi elaborado a fim de oferecer subsídios para reflexões, informações e sugestões que auxiliem

Leia mais

JUSTIFICATIVA OBJETIVOS GERAIS DO CURSO

JUSTIFICATIVA OBJETIVOS GERAIS DO CURSO FATEA Faculdades Integradas Teresa D Ávila Plano de Ensino Curso: Pedagogia Disciplina: Fundamentos Teoricos Metodologicos para o Ensino de Arte Carga Horária: 36h Período: 2º ano Ano: 2011 Turno: noturno

Leia mais

Filme: O Lobisomem e o Coronel

Filme: O Lobisomem e o Coronel Filme: O Lobisomem e o Coronel Gênero: Animação Diretor: Elvis K. Figueiredo, Ítalo Cajueiro Ano: 2002 Duração: 10 min Cor: Colorido Bitola: 35mm País: Brasil Disponível no Porta Curtas: www.portacurtas.com.br/curtanaescola/filme.asp?cod=1518

Leia mais

Entusiasmo diante da vida Uma história de fé e dedicação aos jovens

Entusiasmo diante da vida Uma história de fé e dedicação aos jovens Entusiasmo diante da vida Uma história de fé e dedicação aos jovens A obra salesiana teve início em Turim, na Itália, onde Dom Bosco colocou em prática seus ideais de educação associados ao desenvolvimento

Leia mais

Índice remissivo - 2011 Assunto

Índice remissivo - 2011 Assunto Índice remissivo - 2011 Assunto Conheça as seções da revista AMAE Educando e as matérias publicadas em cada uma. ALFABETIZAÇÃO INTERAGINDO COM AS PALAVRAS. n. 380. p. 18/22. ARTE ARTE SEM AMARRAS. n. 384.

Leia mais

ANEXO VIII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 001/15 COTAÇÃO ESTIMADA

ANEXO VIII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 001/15 COTAÇÃO ESTIMADA ANEXO VIII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 001/15 COTAÇÃO ESTIMADA 1. DO OBJETO Constitui-se como objeto da Ata de Registro de Preço a aquisição de materiais didáticos e paradidáticos em tecnologia educacional para

Leia mais

O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL 0 O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL 1 O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Renato da Guia Oliveira 2 FICHA CATALOGRÁFICA OLIVEIRA. Renato da Guia. O Papel da Contação

Leia mais

P L A N O D E E N S I N O. DISCIPLINA: Psicologia da Educação II. CARGA HORÁRIA TOTAL : 72h TEORIA: 72 PRÁTICA:

P L A N O D E E N S I N O. DISCIPLINA: Psicologia da Educação II. CARGA HORÁRIA TOTAL : 72h TEORIA: 72 PRÁTICA: P L A N O D E E N S I N O DEPARTAMENTO: Departamento de Matemática DISCIPLINA: Psicologia da Educação II SIGLA: PSE II CARGA HORÁRIA TOTAL : 72h TEORIA: 72 PRÁTICA: CURSO(S): Licenciatura em Matemática

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL CURRÍCULO DE LINGUAGEM

EDUCAÇÃO INFANTIL CURRÍCULO DE LINGUAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL CURRÍCULO DE LINGUAGEM COMUNICAÇÃO FASE I FASE II ORALIDADE Transmitir recados simples. Formar frases com seqüência. Argumentar para resolver conflitos. Verbalizar suas necessidades e

Leia mais

CETEB. A adolescência e o ensino da língua inglesa 60. A aprendizagem criativa e o prazer de aprender 45. A comunicação em sala de aula 300

CETEB. A adolescência e o ensino da língua inglesa 60. A aprendizagem criativa e o prazer de aprender 45. A comunicação em sala de aula 300 Governo do Distrito Federal Secretaria de Estado de Educação Subsecretaria de Gestão dos Profissionais da Educação Coordenação de Administração de Pessoas Instituição CETEB A adolescência e o ensino da

Leia mais

MINHA HISTÓRIA, MINHA VIDA

MINHA HISTÓRIA, MINHA VIDA ESCOLA ESTADUAL ALMIRANTE TOYODA-2014 PROJETO IDENTIDADE MINHA HISTÓRIA, MINHA VIDA TURMA: 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL (AZALÉIA E ACÁCIA) PROFESSORAS: GENISMEYRE E LUCILEILA Projeto Identidade Público

Leia mais

Como escrever um bom Relato de Experiência em Implantação de Sistema de Informações de Custos no setor público. Profa. Msc. Leila Márcia Elias

Como escrever um bom Relato de Experiência em Implantação de Sistema de Informações de Custos no setor público. Profa. Msc. Leila Márcia Elias Como escrever um bom Relato de Experiência em Implantação de Sistema de Informações de Custos no setor público O que é Relato de Experiência? Faz parte dos gêneros pertencentes ao domínio social da memorização

Leia mais

Caro(a) aluno(a), Estaremos juntos nesta caminhada. Coordenação NEO

Caro(a) aluno(a), Estaremos juntos nesta caminhada. Coordenação NEO Caro(a) aluno(a), seja bem-vindo às Disciplinas Online da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Bom Despacho e Faculdade de Educação de Bom Despacho. Em pleno século 21, na era digital, não poderíamos

Leia mais