EXECUTIVE BRIEFING GUIA EXECUTIVO PARA DECISÕES ESTRATÉGICAS A SEGUNDA ONDA DO CRM

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EXECUTIVE BRIEFING GUIA EXECUTIVO PARA DECISÕES ESTRATÉGICAS A SEGUNDA ONDA DO CRM"

Transcrição

1 EXECUTIVE BRIEFING GUIA EXECUTIVO PARA DECISÕES ESTRATÉGICAS A SEGUNDA ONDA DO CRM CAPÍTULO 1 PROBLEMAS COM A PRIMEIRA ONDA DO CRM CAPÍTULO 2 DADOS SOBRE A PRIMEIRA ONDA DO CRM CAPÍTULO 3 CHEGOU O MOMENTO PARA UM NOVO CRM CAPÍTULO 4 A COMBINAÇÃO DE CRM COM BI Neste Executive Briefing, preparado pelos editores do COMPUTERWORLD, você encontra uma análise detalhada sobre as ferramentas de gestão de relacionamento com clientes nas empresas. É possível compreender alguns dos problemas sérios da primeira onda de investimentos em CRM, com os dados quantificando estes enganos e citando os entraves mais comuns. Com isso, os gestores podem partir para a adoção da tecnologia com muito mais garantia de sucesso. O EB analisa, também, tendências novas que começam a ganhar adoção agora no Brasil como a combinação de ferramentas de CRM com BI ou, até, a utilização de CRM com a interface sendo feita pela internet VISÕES E ANÁLISES DOS EDITORES DO COMPUTERWORLD

2 CAPÍTULO 1 Problemas com a primeira onda do CRM 2 Um dos grandes desafios que as empresas tiveram depois dos altos investimentos para a compra de um primeiro CRM e os custos relacionados com customização para tornar as outras soluções rodem com interoperabilidade estava relacionado com gerar valor a partir dos usuários. O desafio incluía definir o valor desse usuário perante a real importância dele ou do grupo ao qual ele faz parte vendo o que esse consumidor fornece na prática para a companhia. Vale ressaltar que a relação entre cliente e empresa tem dois lados e os dois querem lucrar para apostar em uma parceria. Por mais que isso pareça óbvio, muitas implementações de CRM pensaram apenas no lado da empresa, com o raciocínio ingênuo de que o cliente estaria disposto a participar da parceria reformatada sem ganhar nada com isso. Esta aposta não foi exatamente vencedora. Entre o valor gerado pelo cliente e o valor recebido por ele, as primeiras implementações de CRM tenderam demais para o primeiro lado. Isso ajuda a entender por que os resultados foram menos expressivos do que o esperado. Outro problema foi a questão cultural. Muitas companhias tinham uma relação próxima a uma guerra com os seus clientes, considerando seu público mais como uma dor de cabeça do que a alma do negócio. É difícil imaginar qualquer ferramenta tecnológica que tenha a capacidade de alterar vários anos em que o conceito médio sobre o cliente foi ruim. Da mesma forma, não é possível imaginar uma ferramenta que altere o comportamento dos funcionários nos vários pontos de contatos da empresa com o cliente desde o encontro direto até os grandes call centers. A informação base da atuação do CRM muitas vezes não tinha a consistência necessária para realizar análises profundas ou, simplesmente, não era confiável. Vale destacar que o CRM é uma ferramenta tecnológica instalada no departamento de tecnologia. A aquisição da solução não garante que toda a empresa, o time executivo em especial, tenha a mesma visão do cliente e da relação com ele. O sucesso do CRM depende de uma visão comum sobre a importância do cliente por toda a empresa e o apoio dos diversos diretores é importante para que a necessária mudança cultural aconteça e seja adotada como paradigma para a atuação no futuro. Os objetivos também precisam ser estabelecidos com razão e ser claros. Este ponto foi especialmente delicado nas primeiras implementações de CRM. Tendo em vista a quantidade e a profundidade das mudanças na empresa, não havia como prometer grandes realizações em pouco tempo. A falta de uma gestão de expectativas, muitas vezes por um gestor de tecnologia ansioso para aprovar seu projeto, prejudicou sensivelmente as primeiras implementações das ferramentas de gestão da relação com o cliente. De acordo com o Gartner, as empresas que apostarem em CRM precisam ter os seguintes objetivos em mente tanto de negócios quanto de relacionamento com seus clientes: melhorar a satisfação do cliente; aumentar receitas de vendas; garantir a fidelidade; aumentar a retenção de clientes; reduzir o custo dos serviços; garantir a conquista de mais clientes; aumentar receita por usuários e ampliar margem de lucro. Na prática, enquanto os objetivos de negócios mantiveramse na ponta da caneta das companhias, especialmente no que diz respeito a aumentar os lucros, a parte que envolvia ceder para agradar aos clientes foi tímida. Para o Gartner, empresas devem apostar no CRM para aumentar a receita, mas não podem esquecer em melhorar a satisfação do cliente No entanto, essa história começou a mudar. O desenvolvimento de métricas como o CLV (valor do cliente durante o seu ciclo de vida) está ajudando a mudar a mentalidade, indicando que o real valor do

3 CAPÍTULO 1 cliente pode ser definido perante os seus custos atuais subtraídos da futura entrada de recursos que ele vai gerar para a empresa. Mais do que isso, a atenção das companhias passou a ver outro lado do cliente além da sua carteira a sua importância como formador de opinião. Boa parte deste novo raciocínio pode ser creditado às novidades e ao maior poder dado ao usuário pela internet e, especialmente, a Web 2.0. Mais do que os seus recursos financeiros, as empresas entenderam, é importante ter a recomendação do usuário, a sua participação em portais e iniciativas corporativas. Tudo isso está justificando novos investimentos e a chegada da segunda onda do CRM. 3

4 CAPÍTULO 2 Dados sobre a primeira onda do CRM E studo do Gartner garante que mais da metade dos projetos pioneiros de CRM não atendeu as necessidades das companhias. Já a consultoria Bain & Company coloca o CRM como uma das 25 ferramentas de gestão mais populares que possuem os níveis mais baixos de satisfação. Diversos dados permitem afirmar que as empresas clientes estão encontrando diversos problemas com as ferramentas de gestão do relacionamento com os clientes (CRM). De acordo com pesquisa da Rapp Collins, o maior problema do CRM está na demanda por mudanças estruturais na companhia, citado por 26,6% dos 2,89 mil profissionais de mais de 1,63 mil organizações usuárias da tecnologia entrevistados. Em seguida, aparece a falta de entendimento sobre a solução (16,7%), políticas internas e inércia da empresa (13,4%), falta de planejamento (11%), problemas orçamentários (9,4%), falta de habilidade de conduzir o programa (8,7%), problemas com fornecedores (4,2%) entre outras razões (9,6%). A pesquisa, realizada entre os meses de agosto e setembro de 2006, aponta que apesar das grandes corporações terem partido para a adoção dessas aplicações já na década de 90, as demais companhias passaram a investir nestas estratégias nos últimos anos e de forma agressiva. O documento produzido pela Rapp Collins também mostra que independentemente do tamanho das organizações, os problemas em relação ao uso e adoção do CRM são bastante semelhantes. A necessidade de mudança organizacional (apontada entre 25% e 28% das companhias) e a falta de entendimento sobre o CRM (entre 17% e 18%) foram os itens mais citados por todos os segmentos. O CRM continua se mantendo no centro das estratégias de negócios e nos planos de investimento, mas os problemas encontrados durante a implementação e uso da solução ainda são significativos. Atualmente, alerta a pesquisa, 47,6% das empresas entrevistadas define o seu grau de satisfação com a ferramenta como ótimo ou bom. Ao ver estes números, a conclusão é preocupante de que menos da metade dos clientes está satisfeito com a ferramenta. O mercado clientes e fornecedores já entendeu: o CRM precisa mudar. Em teleconferência no início do ano passado, o Gartner previu que durante o ano de 2008 outro problema. O instituto aponta que 25% dos projetos de CRM serão adiados ou cancelados por problemas de falta de profissionais capacitados entre consultores e integradores de sistemas. Essa tendência [de falta de profissionais capacitados em CRM] nasceu em 2006 e está se tornando cada vez pior, disse Ed Thompson, vice-presidente de análises do Gartner. A FALTA DE PROFISSIONAIS O instituto alerta que, com a competição mais forte entre fornecedores e consultores, haverá grande dificuldade em conseguir profissionais para CRM. Para minimizar esses problemas, o Gartner aconselha as empresas clientes a analisar a experiência do consultor, apostar em contratos de longo prazo e, além disso, os clientes devem tomar cuidado para que os seus profissionais com habilidade de lidar com CRM sejam roubados pela concorrência ou consultores. Outra tendência forte, destacou vice-presidente de análises do Gartner, está na combinação do CRM com terceirização. Até 2009, defende, 80% dos projetos de CRM avaliados em mais de 1 milhão de dólares na América do Norte ou Europa vai utilizar recursos em offshore ou nearshore. Esse montante é sensivelmente maior do que o registrado em 2006, quando ficou em 50%. 4

5 CAPÍTULO 3 Chegou o momento para um novo CRM 5 M esmo com todos os problemas dos investimentos na primeira geração do CRM, o interesse das empresas no tema continua igual, se não maior. Levantamento do Gartner incida alta de 14% no mercado de software de CRM durante o ano de 2007, ano em que o setor movimentou 7,4 bilhões de dólares. De acordo com as análises do instituto, esses números vão chegar a 11,4 bilhões de dólares até Os investimentos em CRM começaram a cerca de uma década. Poucos mediram esforços para implantar a ferramenta, até pouco tempo atrás vendida como remédio para todos os problemas relacionados ao consumidor. Somando essa necessidade com a consciência de que o CRM em sua forma operacional não traz respostas aos problemas a respeito dos clientes e nem revela o segredo para retê-los, abrem-se dois caminhos para as empresas: àquelas que já possuem a infra-estrutura do CRM operacional e aquelas que vão começar a se estruturar. Para as primeiras, o diferencial está em aproveitar os enormes bancos de dados e data warehouse de maneira produtiva, superando as grandes dificuldades de extrair informações deles que gerem maior lucratividade. Apostar, neste momento, em ferramentas de CRM dotadas de inteligência é importante. Vale lembrar que isso não significa, no entanto, que os pesados investimentos em CRM operacional foram em vão. Ao contrário, esta solução é a primeira fase de um processo de implementação mais amplo que tem como objetivo final não só conquistar novos clientes, mas, principalmente, reter os já existentes. Sem os dados básicos não adianta comprar soluções analíticas, afirma Fernando Pierry, sócio do Peppers & Rogers Group na América Latina. A questão não está em investimentos mal feitos, mas no fato de só agora as empresas terem conseguido colocar a cozinha mais ou menos em ordem para desenvolver estratégias de relacionamento com o cliente, explica. Para as empresas que ainda não têm definida uma estrutura de gestão de relacionamento com os clientes, o melhor caminho está em planejar cuidadosamente os passos para a adoção, buscando com os fornecedores o melhor pacote completo que estiver disponível garantindo em troca um preço mais interessante. Em suma, nestes dois tipos de companhias, os sistemas de CRM forneceram aos departamentos de marketing e vendas informações completas sobre seus consumidores. Agora, deve dar às companhias os artifícios necessários para fundamentar decisões que os retenham e, consequentemente, aumentem seus resultados. Tudo indica que as organizações mais antenadas começam a tentar entender como as novas soluções de CRM, hoje enriquecidas com recursos de análise preditiva, podem trazer ganhos a seus negócios. No levantamento Modelos e ferramentas para a otimização de relacionamento com clientes, o pesquisador Wagner Kamakura, professor de marketing global na Universidade de Duke (EUA), apresentou a necessidade de conhecer temas como ciclo de vida do cliente, valor de sua retenção, cadeia de rentabilidade de serviços e gestão de carteira. É preciso otimizar os gastos, justifica Kamakura. A primeira fase focou dados específicos. Agora, a gestão adequada das informações é o ponto-chave, afirma. De olho em todos esses elementos, a conclusão é óbvia: o mercado de TI entrou na segunda era do CRM. Isto significa que tanto as soluções quanto seus usuários apresentam um nível bem superior de maturidade para trabalhar informações de clientes. O software cede espaço para análises criteriosas e inteligentes das possibilidades oferecidas pelos dados, e não há sinais de desaceleração desse mercado. Ter a visão completa do cliente não significa saber tirar lucro de seus dados. O CRM precisa ser usado de maneira analítica e menos empírica,

6 CAPÍTULO 3 6 alerta o pesquisador Nakamura. Pierry, do Peppers & Rogers, ressalta que o mercado vive a retomada do CRM. Ele destaca que no fim da década de 90 surgiu uma grande variedade de ferramentas e as empresas não conseguiram digerir todas de uma só vez. O consultor lembra que, naquele momento, começava um movimento grande no mercado de call center, o que justifica a adoção de ferramentas de CRM do ponto de vista operacional. Por outro lado, diz, muitas empresas que ainda não aderiram ao CRM não sabem por onde começar. Pierry afirma que são diversas as portas de entrada para o mundo da gestão de clientes e esta variedade de opções é a principal causa da dificuldade de implantar uma solução. Têm empresas tentando entrar à sua própria maneira. Elas correm o risco de comprar um avião sem ter piloto. Ou pior, sem sequer saber para onde o levarão, compara. A bola da vez para as consultorias e fornecedores estaria, de acordo Pierry, exatamente em ajudar as companhias a desenhar seus processos e identificar os próximos passos. As empresas precisam de ajuda para entender o que fazer do ponto de vista estratégico, para então identificar o melhor uso das ferramentas. O analista da Peppers & Rogers sugere que a oferta do processo pelo modelo de outsourcing é uma saída para começar a entender seu funcionamento e confirmar se as ferramentas analíticas são de fato proveitosas. Os interessados em aderir a um projeto de CRM analítico podem contratar alguém para fazer uma primeira extração de dados. Isso é fundamental para entender em que estágio a empresa está pode valer a pena dar um passo atrás para depois dar diversos outros à frente, defende. CRM SOB DEMANDA Uma outra tendência que tem alterado sensivelmente o mercado de CRM está na combinação deste tipo de soluções com as vantagens da internet e o conceito de venda de software como serviço (SaaS). A Salesforce tornou-se uma empresa milionária ao oferecer CRM para as pequenas e médias empresas por uma taxa mensal por um preço agressivo, sem a exigir da empresa cliente que tenha uma infraestrutura de tecnologia com servidores poderosos ou mão-deobra especializada. A parceria da empresa com o Google gerou reações no mercado e respostas dos concorrentes. Em 2007, o segmento de CRM A Microsoft respondeu com o lançamento de uma solução de CRM movimentou 7,4 bilhões de dólares sob demanda, em meados do ano no mundo inteiro, passado, com muitas funcionalidades similares as da ferramenta da alta de 15,3% Salesforce e também oferta com preços agressivos. A Oracle, por sua vez, possui também uma solução de CRM sob demanda adquirida com a compra da gigante de CRM Siebel por 5,85 bilhões de dólares em 2006 que também tem como exigência de infra-estrutura de tecnologia apenas um navegador, acesso a internet banda larga e uma estação de trabalho para criar iniciativas de gestão do relacionamento ao cliente. A SAP também possui uma oferta de CRM sob demanda que busca, prioritariamente, o mesmo setor. Uma estratégia comum para quase todas as empresas do setor está em liberar o uso da ferramenta, gratuitamente, por 30 dias. Da mesma maneira como as pequenas e médias empresas representam a revolução do setor de ERP (e garantia de bons resultados para as companhias fornecedoras), o segmento de CRM está ganhando bastante ao se aproximar do setor. Buscando atender as características específicas do SMB, os fornecedores de TI estão abrindo espaço para atuar em um nicho que era pouco explorado e que tem impressionantes possibilidades de crescimento. Ao se analisar os países subdesenvolvidos, o setor tem ainda mais importância. No Brasil, por exemplo, pouco mais de 90% das empresas nacionais entram na categoria de small and medium busi-

7 CAPÍTULO 3 ness. Esse tipo de informação dá para ter uma idéia da importância do setor para os fornecedores de tecnologia. O Gartner aponta que a consolidação do modelo de comercialização de software como serviço (Saas), na sua faceta de CRM sob demanda, é um dos motivos para o mercado ter crescido em O instituto garante que a participação deste modelo na receita total gerada com CRM saltou, em um ano, de 12% para 14% em Esse montante, que atualmente equivale a 1 bilhão de dólares, pode crescer com ainda mais força no futuro. Estes fornecedores estão começando a trabalhar para criar uma base de dados de seus clientes para abrir possibilidades de negócios entre eles. Isso significa que os clientes de CRM sob demanda de alguns fornecedores terão um portal com serviços de vendas ou de simples troca de informações. Na prática, está nascendo o portal de negócios baseado em CRM dos fornecedores de CRM sob demanda. 7

8 CAPÍTULO 4 A combinação de CRM com BI 8 Uma das melhores parcerias entre soluções tecnológicas para garantir os resultados previstos de uma melhor relação com o cliente está em combinar as ferramentas de inteligência de negócios (BI) com CRM. As plataformas de business intelligence (BI), quando exploradas em ambientes integrados, se mostram cada vez mais como um reforço para as estratégias de gestão de relacionamento com clientes (CRM). Aliás, a combinação de CRM com BI está sendo um dos motivos para a ressurreição das iniciativas dos projetos de gestão do relacionamento com os clientes. Algumas corporações estão usando o BI como o passo seguinte ao CRM. Ao usar as soluções de Business Intelligence combinadas com ferramentas de ETL (extraction, transformation and load, ou importação, transformação e carregamento dos dados) sobre as bases de dados e fazer um cruzamento interdepartamental destas informações, o resultado é muito mais abranjente do que o produzido pelo CRM tradicional, que tem um alcance mais limitado. Atualmente, as empresas dos setores de telecomunicações e finanças são as que mais apostam nessa dobradinha para gerar melhores resultados. Apostar na integração entre os diversos sistemas está sendo apontado por alguns especialistas como a evolução do BI. Com o aumento da complexidade no ambiente global, impactado por fusões e mudanças constantes no direcionamento dos negócios, cada vez mais as corporações buscam alternativas ao BI com profundo nível de detalhe, usando-as em combinação com ferramentas como BPM (business process management). A integração das funcionalidades do BI com os aplicativos de trabalho é, segundo o Gartner, um dos estágios mais avançados onde uma empresa pode estar. Mais bem-estruturada internamente, uma corporação passa a realmente levar em conta o histórico dos eventos que caracterizam sua relação com o cliente, tornando possível não só monitorar informações a respeito deles como antevê-las, levando a atitudes mais pró-ativas e assertivas. Os potenciais benefícios a partir daí são vários: redução de custos e de tempo, diminuição de erros e de retrabalho, maior produtividade e entendimento do negócio. Um exemplo prático. Uma rede varejista compreende através da sua solução de BI que, anualmente, a procura por roupas de verão cresce sensivelmente durante o mês de novembro. Aproveitando esse conhecimento gerado pelo efeito sazonal, esta mesma rede varejista pode equilibrar seu fluxo de caixa ao criar promoções especiais para os melhores clientes, definidos pelas ferramentas de CRM, oferecendo as roupas de verão em outubro por preços mais baixos. Assim, as ferramentas de BI e CRM auxiliam a empresa a ter mais controle sobre as suas finanças, evitando acidentes financeiros ao quase poder prever o futuro. Esta situação ideal é possível a partir do BI analítico ou CRM analítico, quando o foco é o relacionamento com o cliente e a intenção é encantá-lo e surpreendê-lo. Com o CRM analítico, a empresa tem claro quais são os clientes mais lucrativos e redobrar a atenção com eles, tornando possível conhecer quais clientes não são interessantes para, a partir daí, criar estratégias para acabar com o relacionamento com esse cliente ou melhorar a relação. Vale lembrar que não há acordo entre os fornecedores sobre a sigla da ferramenta de gestão que faz analises preditivas BI Preditivo ou CRM Analítico. Alguns profissionais as classificam como soluções de CRM enriquecidas com recursos de BI; já outros garantem tratar-se de capacidades de data mining aliadas a técnicas de estatística, sem nenhuma relação com as ferramentas tradicionais de business intelligence. A tendência é que o mercado de BI, a julgar pela já citada preferência dos CIOs por esse tipo de plataforma como principal suporte para a tomada de decisão, cresça significativamente. Segundo o Gartner, além do maior conhecimento do cliente, outro fator que impulsiona a demanda é a necessidade de atender a requerimentos governamentais, para os quais é preciso contar com agilidade, transparência e precisão no acesso às informações. Ao combinar essa ferramenta o CRM fundamental para melhorar a relação com aquele que está sempre correto as empresas direcionam-se para o futuro com mais chances de sucesso.

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos.

Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos. Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos. Fundada em 1989, a MicroStrategy é fornecedora líder Mundial de plataformas de software empresarial. A missão é fornecer as plataformas mais

Leia mais

A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras

A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras Por Marcelo Bandeira Leite Santos 13/07/2009 Resumo: Este artigo tem como tema o Customer Relationship Management (CRM) e sua importância como

Leia mais

EXECUTIVE. A Web 2.0. pode salvar o BI?

EXECUTIVE. A Web 2.0. pode salvar o BI? EXECUTIVE briefing guia executivo para decisões estratégicas A Web 2.0 pode salvar o BI? A usabilidade e a intuitividade das tecnologias Web 2.0 revolucionam o complexo mercado de Business Intelligence.

Leia mais

CRM. Customer Relationship Management

CRM. Customer Relationship Management CRM Customer Relationship Management CRM Uma estratégia de negócio para gerenciar e otimizar o relacionamento com o cliente a longo prazo Mercado CRM Uma ferramenta de CRM é um conjunto de processos e

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic CUSTOMER SUCCESS STORY Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic PERFIL DO CLIENTE Indústria: Serviços de TI Companhia: Globalweb Outsourcing Empregados: 600 EMPRESA A Globalweb

Leia mais

Transformação do call center. Crie interações com o cliente mais lucrativas e agregue valor adicionando insights e eficiência em todas as chamadas.

Transformação do call center. Crie interações com o cliente mais lucrativas e agregue valor adicionando insights e eficiência em todas as chamadas. Transformação do call center Crie interações com o cliente mais lucrativas e agregue valor adicionando insights e eficiência em todas as chamadas. Lucre com a atenção exclusiva de seus clientes. Agora,

Leia mais

Faturamento personalizado (Customer Engaged Billing)

Faturamento personalizado (Customer Engaged Billing) Faturamento personalizado (Customer Engaged Billing) Transforme suas comunicações mais lidas em participações multicanais altamente direcionadas que reduzem custos, aumentam a satisfação do cliente e geram

Leia mais

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Project & Portfolio Management SaaS

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Project & Portfolio Management SaaS CUSTOMER SUCCESS STORY Junho 2014 Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Project & Portfolio Management SaaS PERFIL DO CLIENTE Empresa: Renova Energia Indústria: Energia Funcionários:

Leia mais

Roteiro para planejamento de cenários na gestão financeira

Roteiro para planejamento de cenários na gestão financeira Roteiro para planejamento de cenários na gestão financeira Planejamento Performance Dashboard Plano de ação Relatórios Indicadores A sua empresa sabe como se preparar para as incertezas do futuro? Conheça

Leia mais

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes Mais que implantação, o desafio é mudar a cultura da empresa para documentar todas as interações com o cliente e transformar essas informações em

Leia mais

Apresentação da Empresa

Apresentação da Empresa Apresentação da Empresa Somos uma empresa especializada em desenvolver e implementar soluções de alto impacto na gestão e competitividade empresarial. Nossa missão é agregar valor aos negócios de nossos

Leia mais

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Janeiro 2011 Exclusivamente para empresas de médio porte Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Relatório para o Brasil Panorama global: Pesquisa com 2.112 líderes do mercado de

Leia mais

Como cultivar leads do Comitê de TI

Como cultivar leads do Comitê de TI BRASIL Como cultivar leads do Comitê de TI O marketing está ajudando ou atrapalhando? Confiança + Credibilidade devem ser CONQUISTADAS O profissional de marketing moderno conhece a importância de cultivar

Leia mais

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Comercial. CRM e AFV

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Comercial. CRM e AFV Bloco Comercial CRM e AFV Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre os Módulos CRM e AFV, que fazem parte do Bloco Comercial. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas

Leia mais

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Parceiros de serviços em nuvem gerenciada Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Implemente a versão mais recente do software da SAP de classe mundial,

Leia mais

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa Como implementar Social Media na empresa 1 As razões: Empresas ainda desconhecem benefícios do uso de redes sociais Das 2,1 mil empresas ouvidas em estudo do SAS Institute e da Harvard Business Review,

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os melhores resultados. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01

Leia mais

2Avalie novos modelos de investimento. Otimize a estrutura de tecnologia disponível

2Avalie novos modelos de investimento. Otimize a estrutura de tecnologia disponível Crise? Como sua empresa lida com os desafios? Essa é a questão que está no ar em função das mudanças no cenário econômico mundial. A resposta a essa pergunta pode determinar quais serão as companhias mais

Leia mais

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Para competir com eficácia, as empresas da atualidade precisam se adaptar a um ambiente tecnológico que sofre rápidas mudanças.

Leia mais

A técnica a serviço da aproximação com os doadores: Marketing de relacionamento nos Doutores da Alegria

A técnica a serviço da aproximação com os doadores: Marketing de relacionamento nos Doutores da Alegria Agentes Financiadores Notícias e atualidades sobre Agentes Financiadores nacionais e internacionais página inicial A técnica a serviço da aproximação com os doadores: Marketing de relacionamento nos Doutores

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Autor: Jeferson Correia dos Santos ARTIGO TÉCNICO INOVAÇÃO NA GESTÃO DE PÓS-VENDAS: SETOR AUTOMOTIVO RESUMO A palavra inovação tem sido atualmente umas das mais mencionadas

Leia mais

Professor: Disciplina:

Professor: Disciplina: Professor: Curso: Esp. Marcos Morais de Sousa marcosmoraisdesousa@gmail.com Sistemas de informação Disciplina: Introdução a SI Noções de sistemas de informação Turma: 01º semestre Prof. Esp. Marcos Morais

Leia mais

NOKIA. Em destaque LEE FEINBERG

NOKIA. Em destaque LEE FEINBERG Em destaque NOKIA LEE FEINBERG A Nokia é líder mundial no fornecimento de telefones celulares, redes de telecomunicações e serviços relacionados para clientes. Como Gerente Sênior de Planejamento de Decisões

Leia mais

Sicredi Aprimora Monitoramento de Data Center Com o CA DCIM

Sicredi Aprimora Monitoramento de Data Center Com o CA DCIM CUSTOMER SUCCESS STORY SETEMBRO 2013 Sicredi Aprimora Monitoramento de Data Center Com o CA DCIM CUSTOMER LOGO HERE EMPRESA O Sicredi é um dos maiores sistemas de crédito cooperativo do Brasil. Presente

Leia mais

Sicredi aprimora monitoramento de data center com o CA Data Center Infrastructure Management

Sicredi aprimora monitoramento de data center com o CA Data Center Infrastructure Management CUSTOMER SUCCESS STORY Sicredi aprimora monitoramento de data center com o CA Data Center Infrastructure Management PERFIL DO CLIENTE Indústria: Serviços Financeiros Empresa: Sicredi Funcionários: 12.000+

Leia mais

EMPRESA COM CONHECIMENTO EM TI

EMPRESA COM CONHECIMENTO EM TI EMPRESA COM CONHECIMENTO EM TI Referência Conhecimento em TI : O que executivos precisam saber para conduzirem com sucesso TI em suas empresas. Peter Weill & Jeanne W. Ross Tradução M.Books, 2010. 2 O

Leia mais

CONCEITOS RELACIONADOS ÀS ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS NOS EPISÓDIOS 1, 2 E 3.

CONCEITOS RELACIONADOS ÀS ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS NOS EPISÓDIOS 1, 2 E 3. CONCEITOS RELACIONADOS ÀS ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS NOS EPISÓDIOS 1, 2 E 3. PROBLEMA: É UM OBSTÁCULO QUE ESTÁ ENTRE O LOCAL ONDE SE ESTÁ E O LOCAL EM QUE SE GOSTARIA DE ESTAR. ALÉM DISSO, UM PROBLEMA

Leia mais

FEMSA Gerencia mais de 80 mil Tickets Mensais de TI, Finanças e RH com CA Service Desk Manager

FEMSA Gerencia mais de 80 mil Tickets Mensais de TI, Finanças e RH com CA Service Desk Manager CUSTOMER SUCCESS STORY Julho 2013 FEMSA Gerencia mais de 80 mil Tickets Mensais de TI, Finanças e RH com CA Service Desk Manager PERFIL DO CLIENTE Indústria: Bebidas Companhia: FEMSA Funcionários: +177

Leia mais

As Novas Profissões em Computação. Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara

As Novas Profissões em Computação. Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara As Novas Profissões em Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara Tópicos Contextualização Novas Profissões Impacto Conclusões Referências Contextualização (Histórico

Leia mais

Sistemas de Gerenciamento do Relacionamento com o Cliente (Customer Relationship Management CRM)

Sistemas de Gerenciamento do Relacionamento com o Cliente (Customer Relationship Management CRM) CRM Definição De um modo muito resumido, pode definir-se CRM como sendo uma estratégia de negócio que visa identificar, fazer crescer, e manter um relacionamento lucrativo e de longo prazo com os clientes.

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (AULA 04)

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (AULA 04) Prof. Breno Leonardo Gomes de Menezes Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (AULA 04) 1 CRM Sistema de Relacionamento com clientes, também

Leia mais

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 a computação na nuvem está presente em todos os lugares e está crescendo 72% das empresas

Leia mais

Business Intelligence para todos

Business Intelligence para todos Business Intelligence para todos CCFB - Rio de Janeiro DeciLogic - 2008 Eric Sarzana Diretor eric.sarzana@decilogic.com Agenda DeciLogic O que é o Business Intelligence? Porquê o Business Intelligence?

Leia mais

LMA, Solução em Sistemas

LMA, Solução em Sistemas LMA, Solução em Sistemas Ao longo dos anos os sistemas para gestão empresarial se tornaram fundamentais, e por meio dessa ferramenta as empresas aperfeiçoam os processos e os integram para uma gestão mais

Leia mais

Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente. Uma experiência mais sincronizada, automatizada e rentável em cada fase da jornada do cliente.

Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente. Uma experiência mais sincronizada, automatizada e rentável em cada fase da jornada do cliente. Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente Uma experiência mais sincronizada, automatizada e rentável em cada fase da jornada do cliente. As interações com os clientes vão além de vários produtos, tecnologias

Leia mais

Engª de Produção Prof.: Jesiel Brito. Sistemas Integrados de Produção ERP. Enterprise Resources Planning

Engª de Produção Prof.: Jesiel Brito. Sistemas Integrados de Produção ERP. Enterprise Resources Planning ERP Enterprise Resources Planning A Era da Informação - TI GRI Information Resource Management -Informação Modo organizado do conhecimento para ser usado na gestão das empresas. - Sistemas de informação

Leia mais

Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento. Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto

Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento. Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto CURRÍCULO DO PROFESSOR Administradora com mestrado e doutorado em engenharia de produção

Leia mais

FMC: Alinhando Tradição com Inovação através da Integração de Pessoas e Processos com Soluções de TI

FMC: Alinhando Tradição com Inovação através da Integração de Pessoas e Processos com Soluções de TI FMC: Alinhando Tradição com Inovação através da Integração de Pessoas e Processos com Soluções de TI Com o crescimento acelerado, uma das mais tradicionais empresas do Brasil em produtos agrícolas precisava

Leia mais

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Clarity PPM

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Clarity PPM CUSTOMER SUCCESS STORY Maio 2014 Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Clarity PPM PERFIL DO CLIENTE Empresa: Renova Energia Indústria: Energia Funcionários: 182 (2012) Faturamento:

Leia mais

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING 1 ÍNDICE 03 04 06 07 09 Introdução Menos custos e mais controle Operação customizada à necessidade da empresa Atendimento: o grande diferencial Conclusão Quando

Leia mais

E-BOOK GESTÃO FINANCEIRA PARA EMPREENDEDORES. Excellence Software (19) 2512-1411 Campinas-SP

E-BOOK GESTÃO FINANCEIRA PARA EMPREENDEDORES. Excellence Software (19) 2512-1411 Campinas-SP E-BOOK GESTÃO FINANCEIRA PARA EMPREENDEDORES Excellence Software (19) 2512-1411 Campinas-SP ÍNDICE Introdução Planejamento Financeiro Gestão do Fluxo de Caixa Gestão por Centros de Custo Otimizando o seu

Leia mais

Ourofino: gestão integrada de treinamentos e atendimento de auditorias com SuccessFactors

Ourofino: gestão integrada de treinamentos e atendimento de auditorias com SuccessFactors SAP Business Transformation Study Saúde animal Ourofino Saúde Animal Ourofino: gestão integrada de treinamentos e atendimento de auditorias com SuccessFactors A Ourofino prevê o crescimento dos seus negócios

Leia mais

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas edição 04 Guia do inbound marketing Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Há um tempo atrás o departamento de marketing era conhecido

Leia mais

CONTACT CENTER. Serviços Especializados e Profissionalização do Mercado no Brasil

CONTACT CENTER. Serviços Especializados e Profissionalização do Mercado no Brasil CONTACT CENTER Serviços Especializados e Profissionalização do Mercado no Brasil Cenário Nos últimos dez anos, o desenvolvimento das tecnologias de informação permitiu um forte crescimento do setor de

Leia mais

Suporte de alto nível, equipe atualizada e a qualidade dos equipamentos HP.

Suporte de alto nível, equipe atualizada e a qualidade dos equipamentos HP. Suporte de alto nível, equipe atualizada e a qualidade dos equipamentos HP. Av. Paulo VI, 1.922 Perdizes São Paulo - SP Tel.: (11) 3875.1000 www.mpesolucoes.com.br POR QUE CONTRATAR OS SERVIÇOS DA MPE

Leia mais

Impacto do ERP na Gestão das Empresas PME. Data Apresentação 13/10/2014

Impacto do ERP na Gestão das Empresas PME. Data Apresentação 13/10/2014 Impacto do ERP na Gestão das Empresas PME. Data Apresentação 13/10/2014 Sobre o Palestrante Nome: Osvaldo L Aoki Bacharel em Ciências da Computação pela Unicamp Pos MBA em Gestão Empresarial pela FGV Trabalhou

Leia mais

AGORA ORACLE AO SEU ALCANCE

AGORA ORACLE AO SEU ALCANCE A performance que você necessita no preço que você quer! Agora, produtos de infra-estrutura tecnológica ao seu alcance. Existem alternativas que proporcionam às pequenas e médias empresa permanecerem no

Leia mais

Conhecimentos em Comércio Eletrônico Capítulo 4 CAPÍTULO 4 VISÃO GERAL DO COMÉRCIO

Conhecimentos em Comércio Eletrônico Capítulo 4 CAPÍTULO 4 VISÃO GERAL DO COMÉRCIO CAPÍTULO 4 VISÃO GERAL DO COMÉRCIO PLANEJAMENTO E MODELOS DE E-COMMERCE Uma das principais características do CE é permitir a criação de novos modelos de negócio. Um modelo de negócio é um método que permite

Leia mais

Intranets e Capital Intelectual

Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual As mídias sociais ultrapassaram os limites da vida privada. Os profissionais são 2.0 antes, durante e depois do expediente. É possível estabelecer

Leia mais

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV DATA CENTER VIRTUAL - DCV Em entrevista, Pietro Delai, Gerente de Pesquisa e Consultoria da IDC Brasil relata os principais avanços

Leia mais

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação O Valor da TI Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação 2010 Bridge Consulting

Leia mais

SAP Customer Success Story Turismo Hotel Urbano. Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One

SAP Customer Success Story Turismo Hotel Urbano. Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One Geral Executiva Nome da Hotel Urbano Indústria Turismo Produtos e Serviços Comercialização online de pacotes

Leia mais

O papel do CRM no sucesso comercial

O papel do CRM no sucesso comercial O papel do CRM no sucesso comercial Escrito por Gustavo Paulillo Você sabia que o relacionamento com clientes pode ajudar sua empresa a ter mais sucesso nas vendas? Ter uma equipe de vendas eficaz é o

Leia mais

ERP. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning -Sistema de Gestão Empresarial -Surgimento por volta dos anos 90 -Existência de uma base de dados

Leia mais

Anderson L. S. Moreira

Anderson L. S. Moreira Tecnologia da Informação Aula 10 Fato Real A batalha pelos dados Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@ifpe.edu.br Instituto Federal de Pernambuco Recife PE Esta apresentação está sob licença Creative

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani Planejamento Estratégico de TI Prof.: Fernando Ascani BI Business Intelligence A inteligência Empresarial, ou Business Intelligence, é um termo do Gartner Group. O conceito surgiu na década de 80 e descreve

Leia mais

REVIE Rede de Melhores Práticas para MKT e Vendas

REVIE Rede de Melhores Práticas para MKT e Vendas REVIE Rede de Melhores Práticas para MKT e Vendas Este artigo foi publicado originalmente em abril de 2009 por Daniela Ramos Teixeira no portal Meta Análise. Este é o 1º dos artigos da série que Daniela

Leia mais

CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT

CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT O resultado prático para as empresas que adotam esse conceito de software, baseado no uso da tecnologia é conseguir tirar proveito dos dados de que dispõem para conquistar

Leia mais

Cinco práticas recomendadas de business intelligence para dispositivos móveis

Cinco práticas recomendadas de business intelligence para dispositivos móveis Cinco práticas recomendadas de business intelligence para dispositivos móveis Autor: Ellie Fields, Diretora de marketing de produto da Tableau Software Junho de 2011 p2 Cinco práticas recomendadas de business

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

Formas de Aumentar a Lucratividade da Sua Empresa com o Big Data

Formas de Aumentar a Lucratividade da Sua Empresa com o Big Data 9 Formas de Aumentar a Lucratividade da Sua Empresa com o Big Data Planejamento Performance Dashboard Plano de ação Relatórios Indicadores Sua empresa sabe interpretar os dados que coleta? Para aumentar

Leia mais

PromonLogicalis: mais de 10 mil equipamentos gerenciados com CA Nimsoft Monitor

PromonLogicalis: mais de 10 mil equipamentos gerenciados com CA Nimsoft Monitor CUSTOMER SUCCESS STORY PromonLogicalis: mais de 10 mil equipamentos gerenciados com CA Nimsoft Monitor CUSTOMER PROFILE Empresa: PromonLogicalis Indústria: Tecnologia da Informação e Comunicações Funcionários:

Leia mais

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos.

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. 2015 Manual de Parceiro de Educação Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. Prêmios Reais, a Partir de Agora Bem-vindo ao Intel Technology Provider O Intel Technology Provider é um programa

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO PROVA DE CONHECIMENTO SOBRE O MR-MPS-SV 10/12/2012 4 HORAS DE DURAÇÃO IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO

IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO PROVA DE CONHECIMENTO SOBRE O MR-MPS-SV 10/12/2012 4 HORAS DE DURAÇÃO IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO PROVA DE CONHECIMENTO SOBRE O MR-MPS-SV 10/12/2012 4 HORAS DE DURAÇÃO EMAIL: (DEIXAR EM BRANCO) RESULTADO Q1 (0,5) Q2 (0,5) Q3 (1,0) Q4 (1,0) Q5 (1,0) TOTAL (10,0) Q6 (1,0) Q7 (2,0) Q8 (1,0) Q9 (1,0) Q10

Leia mais

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Janeiro de 2011 p2 Usuários comerciais e organizações precisam

Leia mais

Inteligência Organizacional, Inteligência Empresarial, Inteligência Competitiva, Infra-estrutura de BI mas qual é a diferença?

Inteligência Organizacional, Inteligência Empresarial, Inteligência Competitiva, Infra-estrutura de BI mas qual é a diferença? Inteligência Organizacional, Inteligência Empresarial, Inteligência Competitiva, Infra-estrutura de BI mas qual é a diferença? * Daniela Ramos Teixeira A Inteligência vem ganhando seguidores cada vez mais

Leia mais

Permanecendo competitivo

Permanecendo competitivo Permanecendo competitivo Você consegue sobreviver sem o BIM? AFINAL, É UM MUNDO EM 3D Na virada do século 21, a indústria de edificações e construção passou por uma transição do método 2D para projetos

Leia mais

Otimismo desenvolvedoras de softwares

Otimismo desenvolvedoras de softwares Otimismo nas nuvens Ambiente favorável alavanca negócios das empresas desenvolvedoras de softwares, que investem em soluções criativas de mobilidade e computação em nuvem para agilizar e agregar flexibilidade

Leia mais

.Desenvolvimento de Sistemas

.Desenvolvimento de Sistemas .Quem Somos A BS é uma empresa brasileira e referência em soluções inovadoras, flexíveis e customizadas em tecnologia da informação, consultoria e outsourcing. A BS oferece soluções inteligentes proporcionando

Leia mais

Marketing Visão 360º. O nosso objetivo é ter uma visão ampla dos temas de Marketing, abordando os seguintes tópicos.

Marketing Visão 360º. O nosso objetivo é ter uma visão ampla dos temas de Marketing, abordando os seguintes tópicos. Marketing Visão 360º O Mundo do Marketing em parceria com a TNS Research International está realizando pesquisas mensais com profissionais da área de marketing para investigar temas relacionados ao dia-a-dia

Leia mais

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Esta seção apresenta alguns dos problemas da gestão da cadeia de suprimentos discutidos em mais detalhes nos próximos capítulos. Estes problemas

Leia mais

TOTVS COLABORAÇÃO 2.0 FISCAL powered by NeoGrid

TOTVS COLABORAÇÃO 2.0 FISCAL powered by NeoGrid TOTVS COLABORAÇÃO 2.0 FISCAL powered by NeoGrid Recebimento de NF-e e CT-e Emissão de NF-e, CT-e, MDF-e e NFS-e Integração nativa com o seu ERP Exija a solução que é o melhor investimento para a gestão

Leia mais

ÍNDICE. Eficiência no atendimento em clínicas e hospitais -EBOOK- 3 - Introdução. 4 - O que os clientes esperam de um bom atendimento

ÍNDICE. Eficiência no atendimento em clínicas e hospitais -EBOOK- 3 - Introdução. 4 - O que os clientes esperam de um bom atendimento Eficiência no em clínicas e hospitais ÍNDICE 3 - Introdução 4 - O que os clientes esperam de um bom 6-5 dicas para gerar eficiência no -EBOOK- Produzido por CM Tecnologia 11 - Conclusão 12 - Sobre a CM

Leia mais

Nos últimos anos, o setor de seguros brasileiro vem sofrendo uma. série de transformações. Algumas delas podem ser visualizadas na

Nos últimos anos, o setor de seguros brasileiro vem sofrendo uma. série de transformações. Algumas delas podem ser visualizadas na Visão das Seguradoras: Uma análise da distribuição de seguros no Brasil Francisco Galiza Mestre em Economia (FGV), membro do Conselho Editorial da FUNENSEG, catedrático pela ANSP e sócio da empresa "Rating

Leia mais

Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio?

Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio? Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio? Comparativo prático para escolher a ferramenta perfeita para a sua empresa Faça nosso Quiz e veja as opções que combinam com o seu perfil ÍNDICE

Leia mais

No mundo atual, globalizado e competitivo, as organizações têm buscado cada vez mais, meios de se destacar no mercado. Uma estratégia para o

No mundo atual, globalizado e competitivo, as organizações têm buscado cada vez mais, meios de se destacar no mercado. Uma estratégia para o DATABASE MARKETING No mundo atual, globalizado e competitivo, as organizações têm buscado cada vez mais, meios de se destacar no mercado. Uma estratégia para o empresário obter sucesso em seu negócio é

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação UNIDADE XI Sistema De Apoio à Gestão Empresarial Professor : Hiarly Alves www.har-ti.com Fortaleza - 2014 Tópicos Conceitos de software de gestão administrativas Principais softwares de gestão do mercado

Leia mais

ArcelorMittal Brasil: Preparando o cenário para Transformação de Negócios com uma Força de Vendas Integrada

ArcelorMittal Brasil: Preparando o cenário para Transformação de Negócios com uma Força de Vendas Integrada SAP Business Transformation Study Produtos de Usina ArcelorMittal Brasil ArcelorMittal Brasil: Preparando o cenário para Transformação de Negócios com uma Força de Vendas Integrada A ArcelorMittal Brasil

Leia mais

S E M A N A D O COACHING

S E M A N A D O COACHING Para que você perceba todas as possibilidades que o mercado oferece, precisa conhecer as 3 leis fundamentais para o sucesso no mercado de coaching: 1 É muito mais fácil vender para empresas do que pra

Leia mais

O que significa esta sigla?

O que significa esta sigla? CRM Para refletir... Só há duas fontes de vantagem competitiva. A capacidade de aprender mais sobre nossos clientes, mais rápido que o nosso concorrente e a capacidade de transformar este conhecimento

Leia mais

Comércio Eletrônico em Números

Comércio Eletrônico em Números Comércio Eletrônico em Números Evolução do E-commerce no Brasil 23 milhões é um grande número. 78 milhões 23 milhões Enorme potencial de crescimento no Brasil Mas fica pequeno se comprarmos com o número

Leia mais

ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO*

ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO* ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO* RESUMO Marilia Costa Machado - UEMG - Unidade Carangola Graciano Leal dos Santos

Leia mais

Inspire Inove Faça Diferente

Inspire Inove Faça Diferente Inspire Inove Faça Diferente Inspire Inove Faça Diferente Se eu tivesse um único dolar investiria em propaganda. - Henry Ford (Fundador da Motor Ford) As companhias prestam muita atenção ao custo de fazer

Leia mais

Processos Técnicos - Aulas 1 a 3

Processos Técnicos - Aulas 1 a 3 Gerenciamento de Serviços de TI Processos Técnicos - Aulas 1 a 3 A Informática, ou Tecnologia da Informação, antigamente era vista como apenas mais um departamento, como um apoio à empresa. Hoje, qualquer

Leia mais

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1 Governança de TI ITIL v.2&3 parte 1 Prof. Luís Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL 1 1 ITIL Gerenciamento de Serviços 2 2 Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços 3 3 Gerenciamento de Serviços

Leia mais

Copel s experience with the implementation of CRM / A Experiência da Copel na Implantação do CRM Leny Iara Vasem Medeiros

Copel s experience with the implementation of CRM / A Experiência da Copel na Implantação do CRM Leny Iara Vasem Medeiros Copel s experience with the implementation of CRM / A Experiência da Copel na Implantação do CRM Leny Iara Vasem Medeiros A experiência da Copel na implantação do CRM Leny Iara Vasem Medeiros COPEL Projeto

Leia mais

TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO

TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES): EBERSON EVANDRO DA SILVA GUNDIN, PAULO

Leia mais

O desafio da liderança: Avaliação, Desenvolvimento e Sucessão

O desafio da liderança: Avaliação, Desenvolvimento e Sucessão O desafio da liderança: Avaliação, Desenvolvimento e Sucessão Esse artigo tem como objetivo apresentar estratégias para assegurar uma equipe eficiente em cargos de liderança, mantendo um ciclo virtuoso

Leia mais

7dicas para obter sucesso em BYOD Guia prático com pontos importantes sobre a implantação de BYOD nas empresas.

7dicas para obter sucesso em BYOD Guia prático com pontos importantes sobre a implantação de BYOD nas empresas. 7dicas para obter sucesso em BYOD Guia prático com pontos importantes sobre a implantação de BYOD nas empresas. Neste Guia, vamos mostrar algumas dicas para que a implantação da tendência BYOD nas empresas

Leia mais

10 Dicas para uma implantação

10 Dicas para uma implantação 10 Dicas para uma implantação de Cloud Computing bem-sucedida. Um guia simples para quem está avaliando mudar para A Computação em Nuvem. Confira 10 dicas de como adotar a Cloud Computing com sucesso.

Leia mais

Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Sistemas de ERP Enterprise Resource Planning Pacote de ferramentas que integram toda a empresa, a grande vantagem é que os dados

Leia mais

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 Universo TOTVS Fundada em 1983 6ª maior empresa de software (ERP) do mundo Líder em Software no Brasil e

Leia mais

Autoatendimento Digital. Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas.

Autoatendimento Digital. Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas. Autoatendimento Digital Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas. Oferece aos clientes as repostas que buscam, e a você,

Leia mais

Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros

Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros Uma evolução nos sistemas de controle gerencial e de planejamento estratégico Francisco Galiza Roteiro Básico 1 SUMÁRIO:

Leia mais

CASE PRÊMIO ANSP 2005

CASE PRÊMIO ANSP 2005 CASE PRÊMIO ANSP 2005 1 BVP HAND: Mobilidade para fazer cotações através de dispositivos portáteis. Índice...2 Resumo Executivo...3 Clientes no Brasil...4 1. Sinopse...5 2. Problema...6 3. Solução...7

Leia mais