SPEKX DATA SHEET. Visão Serviços. Release 4.5

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SPEKX DATA SHEET. Visão Serviços. Release 4.5"

Transcrição

1 SPEKX DATA SHEET Visão Serviços Release 4.5 Versão 2.0

2 ÍNDICE ANALÍTICO 1. Introdução Solução Única 3 2. Visão Resumida Diagrama de Etapas de Projetos / Serviços Resumo Descritivo Etapas 5 3. Visão Detalhada Solução Flexível Planejamento de projetos / serviços Execução de projetos / serviços Controle de Execução de Serviços Gestão de Execução de Serviços 11

3 1. Introdução 1.1. Solução Única SPEKX Platform A solução única para resolver os desafios de orçamento, atendimento de prazos e utilização de melhores práticas e competências para projetos e serviços em geral. O SPEKX Platform é uma aplicação integrada WEB, com o objetivo de promover a automação de cadeias de projetos / serviços envolvendo áreas de negócio, tecnologia e fornecedores através da estruturação e automação de modelos operacionais, baseados em processos e conseqüente práticas de gestão de prazos, investimentos, custos, despesas, qualidade, mudanças e demais práticas gerenciais integralmente sustentadas por estratégias de utilização das melhores competências existentes. O SPEKX Platform permite a sedimentação de uma única plataforma de colaboração e otimização de recursos internos e externos, o que possibilita estabelecer padrões operacionais e de gestão de todos os serviços, sejam eles relacionados a projetos de tecnologia, pesquisa e desenvolvimento, identificação de oportunidades, entre outros serviços que podem ser administrados dentro de um mesmo HUB OPERACIONAL, passível de crescentes níveis de reutilização de recursos, melhores práticas e, conseqüente obtenção de redução de prazos e custos envolvidos. Utilizando o SPEKX Platform, clientes podem usufruir rapidamente de redução de prazos, custos e aumentos significativos de produtividade e qualidade, em decorrência de times virtuais e implementação das seguintes práticas de controle e gestão: Gestão centralizada de todos os tipos de demanda de serviços; Unificação e gestão de conteúdo de formulários eletrônicos; Gestão de requisitos; Gestão de capacidade produtiva de profissionais internos e/ou externos; Gestão de competências internas e/ou disponíveis; Gestão de projetos e demais serviços com base em posições estimadas e realizadas de prazos, custos e demais alocações contábeis financeiras; Gestão de produtos gerados e incorporação como elementos de repositórios reutilizáveis; Gestão de qualidade com base registro de defeitos e demais avaliações de qualidade estabelecidos por checkpoints; Gestão de mudanças, problemas e riscos; Gestão com base em alertas condicionais e/ou temporais em decorrência de configurações definidas como parte de encadeamentos operacionais de atividades; Gestão por painéis de indicadores e relatórios associados que possibilitam apresentar informações em dimensões sintéticas e analíticas de contratos, fornecedores, solicitações de serviços, produtos gerados, recursos humanos, solicitantes, áreas de negócio entre outros;

4 Gestão por notificações em decorrência de regras disparadas mediante valores atingidos em indicadores estabelecidos; 2. Visão Resumida 2.1 Diagrama de Etapas de Projetos / Serviços Negócio / TI TI / Negócio TI / Fornecedores Negócio / TI GESTÃO CONTROLE EXECUÇÃO Status Report PLANEJAMENTO Painéis Gerenciais Disponibilidade Prioridade Indicadores consolidados (Período / Até a data) Detalhamento Gerencial / Operacional - Gerador de Relatórios / Gráficos - Consultas Direcionadas (Problemas) Notificações com base em regras gerenciais Visualização de solicitação de serviços Visão sintética / detalhada de cronogramas - Perfis / Recursos - Tipo de Horas (Normais, Retrabalho,...) - Produtos / Componentes (Especificações, Manuais Posições consolidadas / Detalhadas de Solicitações (Apontamentos, Despesas, Defeitos,...) Dashboard com histórico profissional Integração com MS-PROJECT Encadeamento de atividades (Predecessoras / Bloqueadas) Complementação de solicitações de serviços (versões) Registro de eventos (Mudanças, Problemas, Riscos...) To-do lists (Micro- cronogramas) Notificações temporais / condicionais Acesso a repositórios de produtos Incorporação de produtos resultado Avaliações / checkpoints de qualidade (Sign-offs) Registro de defeitos (Origem / Responsável) Apontamento de esforço (Integração com KM) Alocação de despesas Estornos de apontamento / alocações financeiras Contabilização s manual de orçamentos Dimensionamento de esforço / custos / prazos (Plano de capacidade / Perfis de conhecimento) Replanejamentos de esforços / custos / prazos (Versões) Orçamento de despesas (Financeiro / Contábil) Aprovação de esforço / valores / prazos Contabilização manual de apontamento Contratos Contratos Fornecedores Fornecedores Processos Processos Solicitações Solicitações Categoria Categoria Objetos Objetos Atividades Atividades Produtos Produtos Componentes Componentes RH RH Infra-estrutura Infra-estrutura Clientes Clientes Prazos Prazos Receitas Receitas (*) (*) Custos Custos Despesas Despesas Investimentos Investimentos Requisitos Requisitos Mudança Mudança Problemas Problemas Configurações Configurações Riscos Riscos Qualidade Qualidade Inventário Inventário Negócio Negócio Negócio DEMANDA Criação / atualização de solicitações de serviços (Versões) - Formulários configuráveis Incorporação / avaliação de requisitos Aprovação de requisitos

5 2.2. Resumo Descritivo Etapas Etapa Resumo Descritivo Demanda Compreende atividades de preenchimento e complementação de formulários eletrônicos, do tipo solicitação de serviços para fins de explicitação da demanda, além de incorporação de documentos, contendo requisitos funcionais detalhados, com o objetivo de sustentar atividades de aprovação e posterior encaminhamento à etapa de planejamento. Planejamento Compreende atividades de dimensionamento de esforços, prazos e custos, através de elaboração de estimativas e orçamentos contáveis de despesas,e demais valores pertinentes, como por exemplo investimentos em infra-estrutura. Execução Compreende inúmeros tipos de atividades, tais como: Geração de documentos (produtos), avaliações de qualidade, registro de defeitos, abertura e fechamentos de eventos de mudanças, apontamentos de horas e custos, e registros contábeis de despesas Controle Compreende a condução de atividades de controle de desvios, de posições planejadas versus realizadas no tocante a prazos, custos, despesas, qualidade, mudanças e demais atividades de controle, do tipo: Avaliações de profissionais, quanto às competências exigidas; Gestão Compreende atividades de gestão de processos, através de avaliações de indicadores incorporados a cockpits gerenciais, com flexibilidade de análise detalhadas, via relatórios e gráficos integralmente configuráveis, além de recebimento de notificações / alertas em decorrência de regras de inferência definidas, com base em encadeamentos de indicadores;

6 3. Visão Detalhada 3.1. Solução Flexível SPEKX Platform - Uma solução flexível para uma economia de serviços igualmente flexível. O SPEKX Platform é constituído por uma série de funcionalidades que podem ser incorporadas ao longo de processos ou workflows, que constituem um ou mais serviços. Estas funcionalidades podem ser configuradas a fim de atender as necessidades operacionais e gerenciais de qualquer processo / serviço. Para tal, o SPEKX Platform é modularizado como base nas principais etapas que caracterizam uma cadeia de serviços / projetos, conforme apresentados abaixo: Registro de demanda de projetos / serviços : Criação e atualização de solicitação de serviços O SPEKX Platform permite que sejam criados os mais variados tipos de formulários eletrônicos, a fim que sejam registradas demandas iniciais. Durante o decorrer do processo, fragmentos adicionais do tipo complementos informativos, diários de bordo de execução e aprovações, podem ser adicionados - o que permite obter um histórico de todo processo / serviço, mediante uma simples consulta de solicitações de serviços, ou de qualquer outro formulário eletrônico configurado. Alterações em formulários eletrônicos, são passíveis de controles de versões, para fins de gestão de configuração e rastreabilidade. Incorporação de requisitos - O SPEKX Platform permite que qualquer formato de documento seja atribuído como parte integrante da solicitação de serviço, a fim de fornecer maiores detalhes de requisitos. Estes anexos podem ser definidos como mandatários, de acordo com o modelo de gestão de requisitos definido. Todo e qualquer anexo pode ser gerado através de padrões, o que permite a adoção de melhores práticas além de uma base de sustentação de gestão de escopo, ao longo do projeto / serviço; Avaliação de requisitos - O SPEKX Platform permite que sejam conduzidas avaliações sistemáticas de conformidade de requisitos, através de registro de respostas em questionários específicos, cujos resultados estabelecem níveis de conformidade apropriados para fins de continuidade do projeto / serviço. Adicionalmente, o SPEKX Platform permite que defeitos sejam registrados, como resultado de avaliação de requisitos o que fornece maiores insumos, quanto à decisões de reformulação, ou encaminhamento para aprovação;

7 Aprovação de requisitos - O SPEKX Platform permite que atividades de aprovações de requisitos, sejam registradas em fragmentos específicos de formulários eletrônicos, juntamente com assinaturas digitais dos respectivos aprovadores Planejamento de projetos / serviços Dimensionamento de esforços, custos e prazos - O SPEKX Platform permite o cadastramento de estimativas por perfil operacional ou profissional especifico. Em ambas as modalidades, o SPEKX leva em consideração a capacidade de horas disponíveis, e perfis de conhecimentos ou competências apropriadas, para fins de execução das atividades que estão sendo planejadas. Estimativas anteriores ou padrões previamente catalogados, podem servir de base para elaboração de planejamentos através de recuperação de históricos de sucesso, e/ou calibragens efetuadas. Adicionalmente, valores calculados de mão de obra, podem ser automaticamente base de lançamentos contábeis financeiros, em contas de orçamento de custos de mão de obra do projeto / serviço; Replanejamento de esforços, custos e prazos - O SPEKX Platform permite quantas vezes necessárias, sejam feitas revisões de estimativas, inclusive permitindo que sejam alteradas a modalidade base, ou seja, de perfil operacional para recurso humano ou vice-versa. Mesmo quando apontamentos já tiverem sido efetuados, estimativas podem ser revistas, ainda que não sejam permitidas excluir atividades com alocações de horas já realizadas. O SPEKX Platform mantém todas as versões de estimativas para fins de gestão de configuração e rastreabilidade. Orçamentos de despesas (Financeiro / Contábil) - O SPEKX Platform permite o orçamento de despesas, e demais categorias contábeis financeiras em um determinado projeto / serviço. Saldos em contas de orçamentos globais, podem servir de limitadores financeiros de orçamentos operacionais, envolvendo um ou mais projetos / serviços; Aprovação de estimativas e orçamentos - O SPEKX Platform permite que atividades de aprovações de estimativas e orçamentos, sejam registradas em fragmentos específicos de formulários eletrônicos, juntamente com assinaturas digitais dos respectivos aprovadores; Contabilização manual de estimativas - O SPEKX Platform permite que lançamentos contábeis de e em contas de orçamentos advindos de estimativas de esforço, sejam postergados e lançados através de uma interface visual de conferência e autorização

8 Execução de projetos / serviços Encadeamento de atividades (Predecessoras / Bloqueadas) - O SPEKX Platform permite que sejam estabelecidas inter-relacionamentos de atividades durante etapas do projeto / serviço. Atividades podem ser definidas como predecessoras, de uma ou mais atividade, devem ser concluídas de forma que atividades dependentes possam ser habilitadas e conseqüentemente passíveis de execução. Atividades bloqueadas consistem em atividades que são desabilitadas, após o encerramento de uma atividade em específico; Complementação de solicitações de serviços - O SPEKX Platform permite que novos fragmentos de formulários eletrônicos, sejam incorporados ao longo de etapas do projeto / serviço. Desta forma é possível registrar diários de bordos de execução, e qualquer outro tipo de informação que transpareça o máximo possível o desenrolar de atividades de execução e de outras etapas; Registro de eventos - O SPEKX Platform permite que sejam abertos os mais diferenciados registros de eventos, e acompanhados por diferente status desde da abertura até o fechamento. Desta forma, o SPEKX Platform permite que registrar eventos de mudanças, problemas, riscos e demais eventos pertinentes de controle. Esta flexibilidade possibilita que sejam desempenhadas inúmeras práticas de gestão, aplicáveis a projetos / serviços Checklists - O SPEKX Platform permite que sejam abertos através de checklists uma relação de to-do lists, que basicamente compreendem listas de verificações, e até mesmo mini-cronogramas de trabalho, que constituem detalhamentos de uma ou mais atividades de estimativas; Notificações temporais / condicionais - O SPEKX Platform permite que sejam estabelecidos faixas de tempo de alerta / notificações, via para fins de encerramento de uma determinada atividade. Desta forma, são estabelecidos tempos pré-limites (tempo anterior ao tempo limite de envio de alerta), tempo-limite (tempo para envio de alerta de conclusão da atividade, antes que caracterize em atraso), e tempo pós-limite (tempo de envio de alertas subseqüente caracterizando atraso). Acesso a repositórios de conhecimentos - O SPEKX Platform permite que documentos ou qualquer outro tipo de fonte de informação sejam acessados com base em atributos de pesquisa ou como parte de templates padrões, definidos para os produtos resultados a serem gerados;

9 Incorporação de produtos resultados - O SPEKX Platform permite que qualquer formato de documento seja anexado como parte integrante da solicitação de serviços, durante principalmente a etapa de execução de serviços. Estes anexos podem ser definidos como mandatários, de acordo com o modelo de gestão de produtos estabelecidos. Todo e qualquer anexo pode ser gerado, através de padrões o que permitirá a adoção de melhores práticas, além de uma base de sustentação de gestão de entregáveis, ao longo do projeto / serviço; Avaliações / Checkpoints de qualidade - O SPEKX Platform permite que ao longo de etapas de execução de serviços sejam registrados avaliações de qualidade, com base em questionários específicos, cujo resultado pode ser considerado como um fator impeditivo de continuidade do fluxo operacional. Estas avaliações caracterizam em situações de peer reviews, checkpoints ou qualquer outra prática de certificação de conformidade de serviços estabelecidos; Registro de defeitos - O SPEKX Platform permite que ao longo de etapas de execução de serviços, sejam registrados defeitos procedentes de testes e/ou qualquer outro tipo de avaliação de produtos gerados. Para cada defeito registrado, são registrados graus de severidade, área que detectou o defeito, e o recurso responsável pelo defeito, quando aplicável. Todos os defeitos registrados são incorporados ao histórico de profissional de recursos. Adicionalmente, o SPEKX permite registros de remoção de defeitos; Apontamento de esforço - O SPEKX Platform permite o registro de dois tipos de apontamento de horas e custos de mão de obra. O primeiro, denominado de apontamento vinculado, caracteriza-se por lançamentos associados a última versão de estimativa existente. Apontamentos desta natureza podem ser realizados, por perfil operacional e na grande maioria das vezes, são realizados através de alocações de recursos humanos que desempenharam atividades previstas ou mesmo, não previstas. Situações de apontamento vinculado, também podem ser configurados a fim de validarem os perfis de conhecimentos, ou competências exigidas. Automaticamente são atualizados as horas de capacidade disponível como também são gerados lançamentos contábeis de custo de mão de obra, os quais por sua vez atualizam orçamentos gerados durante ações de elaboração, e replanejamento de estimativas. Apontamento vinculados também permitem informar o tipo de hora. Restrições de apontamento, podem ser estabelecidas pelo tipo de hora, de forma que somente níveis de supervisão e gerência possam, por exemplo, apontar horas de retrabalho; Além de alocação de atividades e tarefas, o SPEKX Platform permite que sejam informados produtos resultado, como parâmetro adicional de apontamento. Isto permite análise posteriores de horas, e custos alocados em produtos. Todas as informações registradas como base de apontamento são incorporadas ao histórico profissional de recursos, para posterior análises com base em curvas de aprendizado;

10 O segundo tipo de apontamento, caracteriza-se por apontamentos não vinculados, ou seja, registram-se esforço e custo de mão de obra, sem qualquer vinculação com a estimativa existente; Alocação de despesas - O SPEKX Platform permite o registro de dois tipos de despesas associadas a projetos / serviços. A primeira denominada de despesa vinculada, caracterizase por lançamentos associados a orçamentos contábeis existentes. O registro de despesa não só atualiza as contas de orçamento do projeto / serviço, como também atualiza orçamentos globais e, por conseguinte, saldos contábeis ainda disponíveis para fins de orçamento de outros projetos / serviços. Percentuais de atingimento, de valores realizados versus estimados são base de geração de alertas. O segundo tipo de alocação contábil / financeira, caracteriza-se por registros de despesas não vinculados a qualquer tipo de orçamento. Estes tipos de despesas são objetos de controles acirrados e geração de alertas. Estornos de apontamento / registros contábeis - O SPEKX Platform permite o estorno de todo e qualquer apontamento de esforço e registros contábeis. Todos os lançamentos de estorno são registrados para fins de rastreabilidade. O SPEKX Platform não permite a exclusão pura e simplesmente de apontamentos, ou qualquer outro registro transacional; Contabilização manuais de apontamentos - O SPEKX Platform permite que lançamentos contábeis de apontamento de esforço, sejam postergados e lançados através de uma interface visual de conferência e autorização; **** As atividades acima descritas como parte integrante da execução de serviços podem ser utilizadas também como atividades de homologação, implantação e encerramento de projetos / serviços Controle de Execução de Serviços Geração de status report de projetos / serviços - O SPEKX Platform permite gerações de posições detalhadas de projetos / serviços com nas seguintes funcionalidades: Visualização de todos os registros efetuados em solicitações de serviços ao longo de cada uma das etapas do fluxo operacional definido. O SPEKX Platform permite que fragmentos de formulários eletrônicos, sejam configurados com células de informações proveniente de toda a base de dados existente. Desta forma, podem ser criados fragmentos de formulários eletrônicos, voltados a fornecer posições de custos, prazos, qualidade entre outras inúmeras informações de controle; Posições previstas e realizadas com base em escolhas de períodos operacionais ou acumulados até a data. Dentre as inúmeras posições existentes, podemos citar, como exemplo: o Prazos o Horas o Custos

11 o Despesas Posições detalhadas de cronogramas o Tipo de hora (Normais, Extras, Administrativas, Retrabalho, etc) o Produtos gerados o Recursos humanos Posições detalhadas de projetos / serviços o Acompanhamento de versões de solicitação de serviços (Formulários); o Apontamentos registrados com ou sem estimativas; o Alocação de despesas com ou sem orçamentos; o Visualização de anexos (documentos de apoio) incorporados junto às solicitações de serviços. o Visualização de defeitos registrados por origem e responsabilidade bem como respectivas datas de remoção; o Visualização de questionários que serviram como instrumentos de avaliação ao longo de diferentes etapas do fluxo operacional; o Acompanhamento de to-do lists, utilizados como instrumentos de qualidade ou minicronogramas de apoio, no decorrer de uma etapa do fluxo operacional; Histórico profissional de recursos (Dashboard) o Posição por período operacional ou acumulado até a data, de tipos de horas trabalhadas (Ex: Acumulados de horas normais, extras, retrabalho, etc); o Histórico de produtos gerados, como base de avaliação de escolha de profissionais por curva de aprendizado. (Ex: Profissional com maior volume de horas em um determinado programa de software, de alta relevância para o negócio); o Histórico de defeitos estabelecidos como responsabilidade do profissional, com o objetivo de promover realinhamentos profissionais, via treinamentos e conseqüente aumento de conhecimento aplicável; o Histórico de evolução de conhecimento profissional, com base em medições por período operacional, como também acumulados até a data; Gestão de Execução de Serviços Painéis gerenciais - O SPEKX Platform permite a criação de um número ilimitado de cockpits de gestão, através da incorporação de indicadores configuráveis, além de relatórios e gráficos para fins de detalhamentos (drill down), como resultado de ferramentas de geração de relatórios e respectivos gráficos de apoio; Notificações e alertas O SPEKX Platform permite que todo e qualquer indicador criado, possa ser vinculado como parte de um encadeamento de uma ou mais regras de notificação. A título de exemplo, poderíamos criar uma simples regra, onde o custo total realizado até a data ao chegar a 70% do orçamento global anual disparasse uma notificação específica, para a diretoria financeira; Visões de CUBO O SPEKX Platform permite a criação de diferentes visões gerenciais, envolvendo toda e qualquer informação da base de dados SPEKX Platform, e

12 informações provenientes de outras aplicações. Desta forma informações podem ser estruturadas em inúmeras dimensões, que permitem uma análise combinatória tendendo ao infinito. A título de exemplo poderíamos configurar o CUBO SPEKX Platform com as seguintes dimensões, e posteriormente extrairmos uma gama extraordinária l de posições, indicadores, relatórios e gráficos: Contratos Fornecedores Processos Solicitações Categorias Objetos manipulados (Ex: Sistemas) Atividades / Tarefas Produtos Componentes Recursos Humanos Infra-estrutura Clientes Contas Centros de absorção Prazos Receitas Investimentos; Requisitos Mudanças Problemas Configurações Riscos Qualidade Inventário Informações de Negócio Integrações com demais aplicações O SPEKX Platform permite a integração com demais aplicações através de facilidades de export / import integralmente configuráveis, e integrações diretas via API em ferramentas OFFICE, como por exemplo MS PROJECT, EXCEL, etc...

SPEKX Platform DATA SHEET. Visão Resumida da Plataforma. Release 3.3. Versão 1.0

SPEKX Platform DATA SHEET. Visão Resumida da Plataforma. Release 3.3. Versão 1.0 SPEKX Platform DATA SHEET Visão Resumida da Plataforma Release 3.3 Versão 1.0 ÍNDICE ANALÍTICO Introdução... 3 Funcionalidade Modular... 4 de s SPEKX Platform...5 Funcionalidades Adicionais...7 Introdução

Leia mais

SPEKX Platform Service Process Engineering and Knowledge exchange. Visão Inicial. Release 01

SPEKX Platform Service Process Engineering and Knowledge exchange. Visão Inicial. Release 01 SPEKX Platform Service Process Engineering and Knowledge exchange Visão Inicial Release 01 ÍNDICE ANALITÍCO 1. O que é?...3 2. Que tipo de aplicações WEB podem ser geradas pelo SPEKX Platform?...4 3. Que

Leia mais

Declaração de Escopo

Declaração de Escopo 1/9 Elaborado por: Adriano Marra, Bruno Mota, Bruno Leite, Janaina Versão: 1.4 Lima, Joao Augusto, Paulo Takagi, Ricardo Reis. Aprovado por: Porfírio Carlos Roberto Junior 24/08/2010 Time da Equipe de

Leia mais

Sistema para Gestão de Empreendimentos SGE. Módulo de Gestão de Custos -1-

Sistema para Gestão de Empreendimentos SGE. Módulo de Gestão de Custos -1- Módulo de Gestão de Custos -1- A crescente necessidade das empresas, em melhorar o desempenho dos seus projetos, leva automaticamente a uma melhor gestão dos processos de Controle de Custo. O vem para

Leia mais

Cláudia Araújo Coordenadora Diego Macêdo Programador Marcelo Rodrigues Suporte

Cláudia Araújo Coordenadora Diego Macêdo Programador Marcelo Rodrigues Suporte BCON Sistema de Controle de Vendas e Estoque Declaração de escopo Versão 1.0 Histórico de Revisão Elaborado por: Filipe de Almeida do Amaral Versão 1.0 Aprovado por: Marcelo Persegona 22/03/2011 Time da

Leia mais

TEMPLATES DE REFERÊNCIA PARA PLANEJAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIMENTO

TEMPLATES DE REFERÊNCIA PARA PLANEJAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIMENTO TEMPLATES DE REFERÊNCIA PARA PLANEJAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIMENTO Estratégia & Desempenho Empresarial Gerência de Análise e Acompanhamento de Projetos de Investimento Março 2010 SUMÁRIO 1. Introdução...

Leia mais

Política Organizacional para Desenvolvimento de Software no CTIC

Política Organizacional para Desenvolvimento de Software no CTIC Política Organizacional para Desenvolvimento de Software no CTIC O CTIC/UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação da Universidade Federal do Pará define neste documento sua Política Organizacional

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI 1. PI06 TI 1.1. Processos a serem Atendidos pelos APLICATIVOS DESENVOLVIDOS Os seguintes processos do MACROPROCESSO

Leia mais

A Disciplina Gerência de Projetos

A Disciplina Gerência de Projetos A Disciplina Gerência de Projetos Atividades, Artefatos e Responsabilidades hermano@cin.ufpe.br Objetivos Apresentar atividades da disciplina Gerência de Projetos Discutir os artefatos e responsáveis envolvidos

Leia mais

FUNCIONALIDADES DO TRACEGP VERSÃO 9. Funcionalidades do TraceGP Versão 9 www.tracegp.com.br

FUNCIONALIDADES DO TRACEGP VERSÃO 9. Funcionalidades do TraceGP Versão 9 www.tracegp.com.br FUNCIONALIDADES DO TRACEGP VERSÃO 9 Funcionalidades do TraceGP Versão 9 FUNCIONALIDADES DO TRACEGP DASHBOARDS Possibilidade de criar dashboards de visualização de gráficos e listagem de informações de

Leia mais

Controle de Qualidade de Laboratório

Controle de Qualidade de Laboratório Controle de Qualidade de Laboratório de Ensaio Aliado à Tecnologia Paulo Henrique Muller Sary Diretor Técnico SaaS Ambiental Porto Alegre, 25 de julho de 2014. Garantia da Qualidade O programa de garantia

Leia mais

Apresentação Comercial

Apresentação Comercial Apresentação Comercial Quem Somos O HANT é uma vertical da empresa NDDigital, com foco em desenvolver soluções através de software e serviços direcionados a atender a cadeia de compra das empresas, desde

Leia mais

Planejar Soluções em TI e Serviços para Agronegócio. Software de Gestão Rural ADM Rural 4G

Planejar Soluções em TI e Serviços para Agronegócio. Software de Gestão Rural ADM Rural 4G Planejar Soluções em TI e Serviços para Agronegócio Software de Gestão Rural ADM Rural 4G 2011 ADM Rural 4G Agenda de Apresentação E Empresa Planejar O Software ADM Rural 4G Diferenciais Benefícios em

Leia mais

invgate Service Desk

invgate Service Desk invgate Service Desk 02 Informação Geral. 03 Funcionalidades. 06 Beneficiação. Índice. 02 Informação Geral. Revolucione seu departamento de IT Administrar seu departamento de IT é fácil Atualmente, os

Leia mais

F.1 Gerenciamento da integração do projeto

F.1 Gerenciamento da integração do projeto Transcrição do Anexo F do PMBOK 4ª Edição Resumo das Áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos F.1 Gerenciamento da integração do projeto O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos

Leia mais

IV PLANO DE GERENCIAMENTO DE TEMPO

IV PLANO DE GERENCIAMENTO DE TEMPO IV PLANO DE GERENCIAMENTO DE TEMPO 1 - Descrição do Plano de Gerenciamento detempo (PMBOK) O gerenciamento de tempo do projeto inclui os processos necessários para realizar o término do projeto no prazo.

Leia mais

Implantação dos Processos Gerência de Projeto e Medição com Auxílio de Ferramenta Baseada em Planilhas Carlos Simões Claudia Lasmar Gleison Santos

Implantação dos Processos Gerência de Projeto e Medição com Auxílio de Ferramenta Baseada em Planilhas Carlos Simões Claudia Lasmar Gleison Santos Implantação dos Processos Gerência de Projeto e Medição com Auxílio de Ferramenta Baseada em Planilhas Carlos Simões Claudia Lasmar Gleison Santos Agenda: Carlos Simões cs@synapsisbrasil.com.br carlossimoes@cos.ufrj.br

Leia mais

Service Desk. IT Management Software. Certified Partner

Service Desk. IT Management Software. Certified Partner Certified Partner Você não está precisando melhorar a qualidade do suporte técnico de sua empresa, reduzir radicalmente o tempo de resposta e gerir com as melhores práticas os processos de serviço? Atualmente,

Leia mais

Software. Gerenciamento de Manutenção

Software. Gerenciamento de Manutenção Software Gerenciamento de Manutenção Importância de um Software de Manutenção Atualmente o departamento de manutenção das empresas, como todos outros departamentos, necessita prestar contas de sua atuação

Leia mais

Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos

Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO GERÊNCIA DO ESCOPO GERÊNCIA DO TEMPO GERÊNCIA DE CUSTO GERÊNCIA DA QUALIDADE Desenvolvimento do Plano

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO ANALISTA DE SISTEMA ÊNFASE GOVERNANÇA DE TI ANALISTA DE GESTÃO RESPOSTAS ESPERADAS PRELIMINARES

CONCURSO PÚBLICO ANALISTA DE SISTEMA ÊNFASE GOVERNANÇA DE TI ANALISTA DE GESTÃO RESPOSTAS ESPERADAS PRELIMINARES CELG DISTRIBUIÇÃO S.A EDITAL N. 1/2014 CONCURSO PÚBLICO ANALISTA DE GESTÃO ANALISTA DE SISTEMA ÊNFASE GOVERNANÇA DE TI RESPOSTAS ESPERADAS PRELIMINARES O Centro de Seleção da Universidade Federal de Goiás

Leia mais

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 Rational Quality Manager Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 1 Informações Gerais Informações Gerais sobre o RQM http://www-01.ibm.com/software/awdtools/rqm/ Link para o RQM https://rqmtreina.mvrec.local:9443/jazz/web/console

Leia mais

Descrição do Projeto de Integração Grupo Totvs Microsiga Protheus Versão 11

Descrição do Projeto de Integração Grupo Totvs Microsiga Protheus Versão 11 Template: Lei 12.619 Regulamentação e Disciplina da Jornada de Trabalho e Tempo de Direção dos Motoristas Profissionais Descrição do Projeto de Integração Grupo Totvs Microsiga Protheus Versão 11 Índice

Leia mais

COMPETÊNCIA, CONSCIENTIZAÇÃO E TREINAMENTO

COMPETÊNCIA, CONSCIENTIZAÇÃO E TREINAMENTO COMPETÊNCIA, CONSCIENTIZAÇÃO E TREINAMENTO OBJETIVO DA SEÇÃO Esta seção apresenta a Competência, Conscientização e do Sistema da Qualidade da TELEDATA que atende ao item 6.2.2 Norma ISO 9001:2008. DIRETRIZES

Leia mais

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Plano de Desenvolvimento de Software Versão <1.

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Plano de Desenvolvimento de Software Versão <1. ARCO - Associação Recreativa dos Correios Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Versão Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor Página

Leia mais

Artigo 1º - Aprovar revisão da Política de Segurança da PRODEB, que com esta se publica.

Artigo 1º - Aprovar revisão da Política de Segurança da PRODEB, que com esta se publica. Classificação: RESOLUÇÃO Código: RP.2007.077 Data de Emissão: 01/08/2007 O DIRETOR PRESIDENTE da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia - PRODEB, no uso de suas atribuições e considerando

Leia mais

Atualização do Sistema T-Car-Win Versão 1.15.5

Atualização do Sistema T-Car-Win Versão 1.15.5 Atualização do Sistema T-Car-Win Versão 1.15.5 O sistema T-Car-Win está sendo atualizado para a versão 1.15.5. Esta versão tem o objetivo de agregar as seguintes funcionalidades ao sistema: Possibilidade

Leia mais

Em 2012, a Prosoft planejou o lançamento da Versão 5 dos seus produtos.

Em 2012, a Prosoft planejou o lançamento da Versão 5 dos seus produtos. VERSÃO 5 Outubro/2012 Release Notes Não deixe de atualizar o seu sistema Planejamos a entrega ao longo do exercício de 2012 com mais de 140 melhorias. Mais segurança, agilidade e facilidade de uso, atendendo

Leia mais

Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504

Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504 Especialização em Gerência de Projetos de Software Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504 Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br Qualidade de Software 2009 Instituto

Leia mais

TRILHA DE CAPACITAÇÃO CONTRATOS E MEDIÇÕES

TRILHA DE CAPACITAÇÃO CONTRATOS E MEDIÇÕES Objetivo: introdução à gestão de contratos e medições, visão geral do SMO e suas principais funcionalidades. não há. TRILHA I (Básico) TRILHA II (Intermediário) TRILHA III (Avançado) Objetivo: adquirir

Leia mais

Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation.

Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation. Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation. O SoftExpert PPM Suite é a solução mais robusta, funcional e fácil para priorizar, planejar, gerenciar e executar projetos, portfólios

Leia mais

Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA. Levantamento da Gestão de TIC

Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA. Levantamento da Gestão de TIC Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA Levantamento da Gestão de TIC Cotação: 23424/09 Cliente: PRODABEL Contato: Carlos Bizzoto E-mail: cbizz@pbh.gov.br Endereço: Avenida Presidente Carlos

Leia mais

Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Tecnológicas CCT Engenharia de Produção e Sistemas Sistemas de Informação (SIN)

Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Tecnológicas CCT Engenharia de Produção e Sistemas Sistemas de Informação (SIN) Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Tecnológicas CCT Engenharia de Produção e Sistemas Sistemas de Informação (SIN) SISTEMAS COM ERP Profº Adalberto J. Tavares Vieira ERP

Leia mais

Ano III - Número 16. Versão 4.6.4

Ano III - Número 16. Versão 4.6.4 Versão 4.6.4 Sexta-feira, 08 de fevereiro de 2008 ÍNDICE 3 4 EDITORIAL NOVAS FUNCIONALIDADES 4 12 13 14 15 16 Novo Cronograma 4 5 5 6 7 8 8 9 9 10 10 Edição Rápida do Cronograma Recurso de Arrastar e Soltar

Leia mais

Quando se fala em ponto eletrônico, a primeira coisa que vem à sua cabeça ainda é dor?

Quando se fala em ponto eletrônico, a primeira coisa que vem à sua cabeça ainda é dor? Quando se fala em ponto eletrônico, a primeira coisa que vem à sua cabeça ainda é dor? Interagir com sistemas que ainda dependem de agendamentos manuais e de coletas presenciais em vários equipamentos

Leia mais

SUMÁRIO. Elaborado por: Revisado por: Aprovado por: Coordenação de Qualidade e Meio Ambiente. Gerência Suprimentos e Logística

SUMÁRIO. Elaborado por: Revisado por: Aprovado por: Coordenação de Qualidade e Meio Ambiente. Gerência Suprimentos e Logística Suprimentos e Logística Pág. 1 de 14 SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 2 2 ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO... 2 3 SIGLAS UTILIZADAS... 2 4 GLOSSÁRIO / CONCEITOS... 2 5 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA... 3 6 CONTEÚDO...

Leia mais

Modernização e Evolução do Acervo de Software. Gustavo Robichez de Carvalho guga@les.inf.puc-rio.br

Modernização e Evolução do Acervo de Software. Gustavo Robichez de Carvalho guga@les.inf.puc-rio.br Modernização e Evolução do Acervo de Software Gustavo Robichez de Carvalho guga@les.inf.puc-rio.br Tópicos 1. Estudo Amplo sobre Modernização 2. Visão IBM Enterprise Modernization 3. Discussão - Aplicação

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação REGIONALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TI MAPEAMENTO DE PROVIDÊNCIAS INICIAIS Março/2014 V 1.1 REGIONALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TI MAPEAMENTO

Leia mais

Relacionamento Clientes

Relacionamento Clientes FENÍCIA CRM & SRM O Fenícia CRM (Customer Relationship Management - Sistema de Gerenciamento do Relacionamento com os Clientes) é uma ferramenta de gestão com foco no cliente, essencial para angariar e

Leia mais

Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A

Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A Esperança_TI S.A S/A Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A 25/11/2014 Gerador do documento: Gerente de Negociação: Marcos Alves de Oliveira Marcos Antônio de Morais Aprovação

Leia mais

Dataprev Aumenta a Eficiência na Entrega de Projetos em 40% com CA Clarity on Premise

Dataprev Aumenta a Eficiência na Entrega de Projetos em 40% com CA Clarity on Premise CUSTOMER SUCCESS STORY Dezembro 2013 Dataprev Aumenta a Eficiência na Entrega de Projetos em 40% com CA Clarity on Premise PERFIL DO CLIENTE Indústria: Setor público Companhia: Dataprev Empregados: 3.000+

Leia mais

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A.

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. Estudo de Caso Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes um novo serviço, que foi denominado de

Leia mais

Especificação de Requisitos

Especificação de Requisitos Projeto/Versão: Versão 11.80 Melhoria Requisito/Módulo: 000552 / Conector Sub-Requisito/Função: Multas Tarefa/Chamado: 01.08.01 País: Brasil Data Especificação: 13/05/13 Rotinas Envolvidas Rotina Tipo

Leia mais

Disciplina: Administração de Departamento de TI. Professor: Aldo Rocha. Aula I - 11/08/2011

Disciplina: Administração de Departamento de TI. Professor: Aldo Rocha. Aula I - 11/08/2011 Disciplina: Administração de Departamento de TI Professor: Aldo Rocha Aula I - 11/08/2011 Gerenciamento de Serviços TI 1.Introdução; 2. Panorama Atual; 3. Necessidade do alinhamento de TI a estratégia

Leia mais

Elaboração dos documentos

Elaboração dos documentos Estudo de Caso Área de conhecimento Gerência de Escopo Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes

Leia mais

MODALIDADE Business Service Provider - BSP

MODALIDADE Business Service Provider - BSP MODALIDADE Business Service Provider - BSP Na solução BSP a empresa delega à ABGT SISTEMAS a execução da folha de pagamento e sub-processos, além da hospedagem e do gerenciamento da infra-estrutura e tecnologia

Leia mais

MDMS-ANAC. Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC. Superintendência de Tecnologia da Informação - STI

MDMS-ANAC. Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC. Superintendência de Tecnologia da Informação - STI MDMS-ANAC Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Histórico de Alterações Versão Data Responsável Descrição 1.0 23/08/2010 Rodrigo

Leia mais

Sistema GDC (RDV) Gestão de Despesas Corporativas

Sistema GDC (RDV) Gestão de Despesas Corporativas Sistema GDC (RDV) Gestão de Despesas Corporativas * Relatório de Despesas e Viagens (RDV) * Cartões de Crédito/Débito Corporativos * Despesas Avulsas * Adiantamentos de Verba * Prestação de Contas 2014

Leia mais

Curso Básico Sistema EMBI

Curso Básico Sistema EMBI Curso Básico Sistema EMBI Módulo Atendentes e Administradores Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste trabalho pode ser reproduzida em qualquer forma por qualquer meio gráfico, eletrônico ou

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Desenvolvendo o Plano de Gerenciamento do Projeto. Coletando Requisitos. Declarando

Leia mais

COMERCIAL) 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. E-

COMERCIAL) 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. E- 2014 ÍNDICE 1. Cadastros básicos 2. Módulos básicos (Incluso em todas as versões) CMC BASE 3. Agenda 4. Arquivos 5. Empresas ou Cadastros de empresas 6. Pessoas ou cadastro de pessoas 7. Módulos que compõem

Leia mais

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM MBA GERENCIAMENTO DE PROJETOS

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM MBA GERENCIAMENTO DE PROJETOS FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM MBA GERENCIAMENTO DE PROJETOS BRUNO ROBERTO DA SILVA CESAR HENRIQUE MACIEL RIBEIRO GUSTAVO HENRIQUE PINHEIRO RICARDO SALLUM DE SOUZA VITOR

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA LOTE ITEM UN DESCRIÇÃO QUANTIDADE ENVIO DE MENSAGENS SHORT MESSAGE. no N

TERMO DE REFERÊNCIA LOTE ITEM UN DESCRIÇÃO QUANTIDADE ENVIO DE MENSAGENS SHORT MESSAGE. no N TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO: PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ENVIO DE MENSAGENS SMS SHORT MESSAGE SERVICE PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS Responsável: Superintendência Central de Governança Eletrônica Objeto LOTE ITEM

Leia mais

RESPOSTA AO QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME.

RESPOSTA AO QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME. RESPOSTA AO QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME. Brasília, 10 de fevereiro de 2010. Pregão n 062/2009 Lote 1: Lote 2: Operação, Gerenciamento de Redes, Servidores, Storage & Archive,

Leia mais

A visão do modelo MPS.BR para Gerência de Projeto - Nível G. por Adriana Silveira de Souza

A visão do modelo MPS.BR para Gerência de Projeto - Nível G. por Adriana Silveira de Souza A visão do modelo MPS.BR para Gerência de Projeto - Nível G por Adriana Silveira de Souza Agenda Visão Geral do MPS.BR Processos e Capacidade de Processo Níveis de Maturidade Atributos de Processo Processo

Leia mais

METODOLOGIA HSM Centrada nos participantes com professores com experiência executiva, materiais especialmente desenvolvidos e infraestrutura tecnológica privilegiada. O conteúdo exclusivo dos especialistas

Leia mais

Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr.

Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr. Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr. Novatec Sumário Agradecimentos... 17 Sobre o autor... 18 Prefácio... 19 Capítulo 1 Desenvolvimento de software para o valor de negócios... 20 1.1 Qualidade

Leia mais

Políticas de Qualidade em TI

Políticas de Qualidade em TI Políticas de Qualidade em TI Prof. www.edilms.eti.br edilms@yahoo.com Aula 03 CMMI Capability Maturity Model Integration Parte II Agenda sumária dos Processos em suas categorias e níveis de maturidade

Leia mais

Software para distribuidoras de medicamentos SIMPLICIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO DAS DISTRIBUIDORAS DE MEDICAMENTOS.

Software para distribuidoras de medicamentos SIMPLICIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO DAS DISTRIBUIDORAS DE MEDICAMENTOS. Software para distribuidoras de medicamentos SIMPLICIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO DAS DISTRIBUIDORAS DE MEDICAMENTOS. Sobre o MedOne GESTÃO SIMPLIFICADA, EFICIÊNCIA GARANTIDA. Gestão simplificada, segurança

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

Fundamentos de Teste de Software

Fundamentos de Teste de Software Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas Fundamentos de Teste de Software Módulo 3 Planejamento e Aula 8 do Projeto Aula 08 do Projeto SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 ACOMPANHAMENTO DO PROJETO... 3 1. do Progresso...

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

ANEXO II - Especificações Técnicas

ANEXO II - Especificações Técnicas ANEXO II - Especificações Técnicas Índice 1 CONTEXTUALIZAÇÃO DO ESCOPO... 24 1.1 OBJETIVO DESTE DOCUMENTO... 24 1.2 CARACTERÍSTICAS DAS SOLUÇÕES SAGER E SAAT... 24 1.3 COMPONENTES DO PROJETO PARA O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Sistema de Automação Comercial de Pedidos- Versão 1.1

Sistema de Automação Comercial de Pedidos- Versão 1.1 Termo de Abertura Sistema de Automação Comercial de Pedidos- Versão 1.1 Iteração 1.0- Release 1.0 Versão do Documento: 1.1 Histórico de Revisão Data Versão do Documento Descrição Autor 18/03/2011 1.0 Versão

Leia mais

Proposta e Objetivos do Treinamento de Profissionalização na Ferramenta MSproject

Proposta e Objetivos do Treinamento de Profissionalização na Ferramenta MSproject Proposta e Objetivos do Treinamento de Profissionalização na Ferramenta MSproject Índice CAPÍTULO 1 INICIAÇÃO DE PROJETOS... 4 CAPÍTULO 2 PLANEJAMENTO DE PROJETOS... 5 CAPÍTULO 3 CONTROLE DE PROJETOS...

Leia mais

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS. Descrição dos processos de gerenciamento da qualidade

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS. Descrição dos processos de gerenciamento da qualidade PROJETO NOVAS FRONTEIRAS PLANO DE GERENCIAMENTO DA QUALIDADE QUALITY MANAGEMENT PLAN Preparado por Mara Lúcia Menezes Membro do Time Versão 3 Aprovado por Rodrigo Mendes Lemos Gerente do Projeto 15/11/2010

Leia mais

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR Todos os direitos reservados. PC Sistemas 1.0 - Data: 28/08/2012 Página 1 de 47 Sumário Apresentação... 4 1. PROCEDIMENTOS INICIAIS... 5 1.1. Realizar Atualizações...

Leia mais

Gerenciamento de Projeto

Gerenciamento de Projeto UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS, LETRAS E CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E ESTATÍSTICA Gerenciamento de Projeto Engenharia de Software 2o. Semestre/ 2005

Leia mais

Fundamentos de Gestão de TI

Fundamentos de Gestão de TI Fundamentos de Gestão de TI Tópico V Transição de Serviço (ITIL V3) José Teixeira de Carvalho Neto transição de serviço transição de serviço Objetivo: orientar e coordenar o desenvolvimento e a implantação

Leia mais

Gerência de Projetos Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo

Gerência de Projetos Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Gerência de Projetos Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Laboratório de Tecnologia de Software LTS www.ufpa.br/lts Rede Paraense de Pesquisa em Tecnologias de Informação

Leia mais

PLANEJAMENTO E PROJETOS. Lílian Simão Oliveira

PLANEJAMENTO E PROJETOS. Lílian Simão Oliveira PLANEJAMENTO E GERENCIAMENTO DE PROJETOS Lílian Simão Oliveira Contexto Gerentes lutam com projetos assustadores e com prazos finais difíceis de serem cumpridos Sistemas não satisfazem aos usuários Gastos

Leia mais

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço Módulo Básico Versão 4.0 Pedidos de Vendas Manual do Usuário 1 As informações contidas neste documento, incluindo links, telas e funcionamento

Leia mais

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro SUMÁRIO 1. FINANCEIRO... 5 1.1. ED - SECRETARIA... 5 1.2. ED - ESCOLA... 5 1.3. USUÁRIOS POR ENTIDADE NO ED SECRETARIA E ESCOLA... 6 2. FINANCEIRO - SECRETARIA... 7 2.1.

Leia mais

Plano de Gerenciamento das Comunicações

Plano de Gerenciamento das Comunicações Projeto: Simul-e Plano de Gerenciamento das Comunicações Versão 1.0 Página 1 de 9 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 01/11/2015 1.0 Criação do Documento Hugo Pazolline Página 2 de 9 Índice

Leia mais

Boletim Técnico. O sistema é atualizado logo após a aplicação do pacote de atualizações (Patch) deste boletim.

Boletim Técnico. O sistema é atualizado logo após a aplicação do pacote de atualizações (Patch) deste boletim. Boletim Técnico Produto : EMS2 / Datasul 11 Chamado : Data da criação : 09/05/2013 Data da revisão : 09/05/2013 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos A Nota Técnica 2012/002 foi publicada em março

Leia mais

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento Aumente a eficiência de seu negócio O Versa é um poderoso software de gestão de negócios para editoras, distribuidoras e livrarias. Acessível e amigável, o sistema foi desenvolvido especificamente para

Leia mais

QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME

QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME Pregão n 062/2009 Lote 1: Lote 2: Operação, Gerenciamento de Redes, Servidores, Storage & Archive, Directory Services. Administração de Banco

Leia mais

Jonas de Souza H2W SYSTEMS

Jonas de Souza H2W SYSTEMS Jonas de Souza H2W SYSTEMS 1 Tecnólogo em Informática Fatec Jundiaí MBA em Gerenciamento de Projetos FGV Project Management Professional PMI Mestrando em Tecnologia UNICAMP Metodologia de apoio à aquisição

Leia mais

CADASTROS E CONCEITOS DAS BASES DE DADOS

CADASTROS E CONCEITOS DAS BASES DE DADOS CADASTROS E CONCEITOS DAS BASES DE DADOS INSUMOS DOS PROCESSO 1. PESSOAS 1. PLANO DE ITENS 3. OPERACIONAIS 4. CENTROS DE RESULTADO 1.1 Clientes 2.1 Unidades 3.1 Endereços 4.1 Plano de Contas 1.2 Fornecedores

Leia mais

Casos de Sucesso. Cliente. Deloitte Touche Tohmatsu Consultores LTDA

Casos de Sucesso. Cliente. Deloitte Touche Tohmatsu Consultores LTDA Casos de Sucesso Cliente Deloitte Touche Tohmatsu Consultores LTDA Deloitte Touche Tohmatsu Consultores LTDA Perfil da empresa A Deloitte é uma das maiores empresas do mundo na prestação de serviços profissionais

Leia mais

CRManager. CRManager. TACTIUM CRManager. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades. www.softium.com.

CRManager. CRManager. TACTIUM CRManager. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades. www.softium.com. Tactium Tactium CRManager CRManager TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades 1 O TACTIUM CRManager é a base para implementar a estratégia de CRM de sua empresa. Oferece todo o suporte para personalização

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v2 Livros ITIL v2 Cenário de TI nas organizações Aumento da dependência da TI para alcance

Leia mais

Project Builder: uma Ferramenta de Apoio a Implementação do Processo Gerência de Projetos do MPS.BR

Project Builder: uma Ferramenta de Apoio a Implementação do Processo Gerência de Projetos do MPS.BR Project Builder: uma Ferramenta de Apoio a Implementação do Processo Gerência de Projetos do MPS.BR Bernardo Grassano, Eduardo Carvalho, Analia I.F. Ferreira, Mariano Montoni bernardo.grassano@projectbuilder.com.br,

Leia mais

IBM Managed Security Services for Agent Redeployment and Reactivation

IBM Managed Security Services for Agent Redeployment and Reactivation Descrição de Serviços IBM Managed Security Services for Agent Redeployment and Reactivation EM ADIÇÃO AOS TERMOS E CONDIÇÕES ESPECIFICADOS ABAIXO, ESSA DESCRIÇÃO DE SERVIÇOS INCLUI AS IBM MANAGED SECURITY

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

Referências internas são os artefatos usados para ajudar na elaboração do PT tais como:

Referências internas são os artefatos usados para ajudar na elaboração do PT tais como: Plano de Teste (resumo do documento) I Introdução Identificador do Plano de Teste Esse campo deve especificar um identificador único para reconhecimento do Plano de Teste. Pode ser inclusive um código

Leia mais

Conta Centralizadora das Bandeiras Tarifárias. Título: PO CCB-01 Operacionalização da Conta Bandeiras. Tipo do documento: Procedimento.

Conta Centralizadora das Bandeiras Tarifárias. Título: PO CCB-01 Operacionalização da Conta Bandeiras. Tipo do documento: Procedimento. Conta Centralizadora das Bandeiras Tarifárias Título: PO CCB-01 Operacionalização da Conta Bandeiras Tipo do documento: Procedimento Número: 01 Versão: 01 Classificação do documento: Público Vigência:

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Introdução à Melhoria de Processos de Software baseado no MPS.BR Prof. Maxwell Anderson www.maxwellanderson.com.br Agenda Introdução MPS.BR MR-MPS Detalhando o MPS.BR nível G Introdução

Leia mais

Prova de Conhecimento para Consultores de Implementação MPS.BR INSTRUÇÕES

Prova de Conhecimento para Consultores de Implementação MPS.BR INSTRUÇÕES Implementação MPS.BR 26 de maio de 2008 4 horas de duração e-mail: (DEIXAR EM BRANCO) RESULTADO: Q1 Q2 Q3 Q4 Q5 Q6 Q7 Q8 Q9 Q10 Nota INSTRUÇÕES Para a maioria das questões você tem mais de uma opção e

Leia mais

A solução ideal para a gestão do comércio varejista

A solução ideal para a gestão do comércio varejista A solução ideal para a gestão do comércio varejista Principais Segmentos Auto Peças Material Elétrico / Construção Material Cirúrgico e Hospitalar Papelaria Informática Brinquedo Vestuários em Geral Cosméticos

Leia mais

APRESENTAÇÃO TMS FROTA

APRESENTAÇÃO TMS FROTA TMS FROTA QUATRO DIFERENCIAIS EXCLUSIVOS DESTAQUES OPERAÇÃO DE HUB MULTI TRECHO, INTEGRADO À CONFERÊNCIA DE FRETES DASHBOARD DINÂMICO E PLANILHA DINÂMICA COM VISÃO EM CUBO NATIVOS NA VERSÃO STANDARD TOTALMENTE

Leia mais

MODALIDADE Business Process Outsourcing - BPO

MODALIDADE Business Process Outsourcing - BPO MODALIDADE Business Process Outsourcing - BPO Na solução BPO a ABGT SISTEMAS assume operação e execução da folha de pagamento, e rotinas da administração de pessoal, além de fazer a hospedagem e o gerenciamento

Leia mais

Produção Animal ( Corte e Leite) Gestão econômico-financeira. Controle de estoque. Registro de atividades

Produção Animal ( Corte e Leite) Gestão econômico-financeira. Controle de estoque. Registro de atividades Cadastro de animais completo com controle integrado de genealogia Controle de cadastro de lotes e suas movimentações Produção Animal ( Corte e Leite) Gestão econômico-financeira Avaliação patrimonial;

Leia mais

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Manual do Usuário Página1 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 4 2 Objetivos... 4 3 Acesso ao Sistema... 5 3.1. Acessar 6 3.2. Primeiro

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DO M3

MANUAL DO USUÁRIO DO M3 MANUAL DO USUÁRIO DO M3 1 CADASTROS 1.1 Clientes Abre uma tela de busca na qual o usuário poderá localizar o cadastro dos clientes da empresa. Preencha o campo de busca com o nome, ou parte do nome, e

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO INTEGRADA DO MINISTÉRIO DA FAZENDA - PMIMF MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA ATORES DA REDE DE INOVAÇÃO 2 O MODELO CONTEMPLA: Premissas e diretrizes de implementação Modelo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE II. Primeiro Trabalho

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE II. Primeiro Trabalho UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE II Primeiro Trabalho Descrição do trabalho: Escrever um Documento de Visão. Projeto: Automatização do sistema que

Leia mais

GUIA DE USUÁRIO - GU-

GUIA DE USUÁRIO - GU- 1/22 Revisão 00 de 20//12 1. OBJETIVO Orientar o usuário para a pesquisa e visualização detalhada de todas as ordens de compra emitidas, emitir confirmações de aceite, submeter solicitação de alteração,

Leia mais

Universidade Paulista

Universidade Paulista Universidade Paulista Ciência da Computação Sistemas de Informação Gestão da Qualidade Principais pontos da NBR ISO/IEC 12207 - Tecnologia da Informação Processos de ciclo de vida de software Sergio Petersen

Leia mais