Determinar a massa de um corpo ("pesá-lo") é comparar sua massa com um padrão de massa conveniente e previamente escolhido

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Determinar a massa de um corpo ("pesá-lo") é comparar sua massa com um padrão de massa conveniente e previamente escolhido"

Transcrição

1 Relações de massa

2 Determinar a massa de um corpo ("pesá-lo") é comparar sua massa com um padrão de massa conveniente e previamente escolhido Quando pesamos um pacote de arroz e dizemos o quanto ele pesa estamos comparando a massa do pacote com certa massa-padrão 5 kg lb Padrões diferentes

3 UNIDADE DE MASSA ATÔMICA (U) Como átomos ou moléculas são entidades muito pequenas para serem pesadas isoladamente, foi estabelecido um padrão para comparar suas massas. Atualmente, a escala de massas atômicas é baseada no isótopo mais comum do carbono, com número de massa igual a 12 ( 12 C), ao qual foi atribuída exatamente a massa de 12 unidades de massa atômica (u) 1 u = 1, g.

4 MASSA ATÔMICA

5 A massa atômica indica quantas vezes o átomo considerado é mais pesado que 1/12 do isótopo C 12.

6 MASSA ATÔMICA DE UM ELEMENTO A massa atômica de um elemento é a média ponderada das massas atômicas de seus isótopos.

7 MASSA MOLECULAR

8 CONVERSÃO UNIDADE DE MASSA ATÔMICA(u) E A UNIDADE GRAMA(g) E NÚMERO DE AVOGADRO Padrões 5 kg diferentes lb Podem ser convertidos pois apresentam um fator de conversão 1kg = lb A massa em de um átomo de carbono ( 12 C) foi determinada por espectrometria de massas como sendo 1,99265 x g 12 u ,99265 x g 1 u x 1 g = 6,0221 x u

9 Avogadro Exemplo 1: Ideia de que uma amostra de um elemento, com massa em gramas numericamente igual à sua massa atômica (MA), apresenta sempre o mesmo número de átomos (N) 1 átomo de 12 C u ,99265 x g n átomos de 12 C g N átomos 12 C = 6,022 x Exemplo 2: 1 átomo de 16 O u x g 6,0221 x u g 1 átomo de 16 O = 2,6568 x g 1 átomo de 16 O u ,6568 x g n átomos de 16 O g N átomos 16 O = 6,022 x 10 23

10 Número de Avogadro (Constante de Avogadro)

11 CONCEITO DE MOL No nosso cotidiano, compramos, vendemos e contamos coisas indicando sua massa (1Kg de açúcar) ou seu volume (1L de leite) ou ainda seu número de unidades dúzia de ovos ou de bananas resma de papel (pacote com 500 folhas)

12 O átomo é tão pequeno que é impossível trabalhar, pesar etc. um único átomo. Os químicos procuraram então uma quantidade de átomos que pudesse ser pesada em balanças comuns A escolha mais lógica foi considerar uma quantidade de átomos que, pesada, fornecesse em gramas, o mesmo valor da massa atômica

13 MASSA MOLAR

14 1 mol átomos 12 C ,022 x átomos de C g 1 mol átomos 56 Fe ,022 x átomos de Fe g

15

16 DETERMINAÇÃO DA QUANTIDADE DE SUBSTÂNCIA (NÚMERO DE MOL) É a relação entre a massa (m) de uma amostra de substância e sua massa molar (M). Conhecendo o número de mol, podemos estabelecer uma relação entre a massa (g) e o número de partículas

17 Exercícios 1) O elemento químico neônio apresenta-se na natureza com a seguinte composição isotópica: 90,00% de Ne 20 0,27% de Ne 21 9,73% de Ne 22 Considerando as massas atômicas dos isótopos praticamente iguais aos seus números de massa, calcule calcular a massa atômica do elemento neônio. 20,19 u 2) Existem dois isótopos do rubídio que ocorrem na natureza: 85 Rb, que tem massa igual a 84,91, e 87 Rb, cuja massa é 86,92. A massa atômica do rubídio é 85,47. Qual é a porcentagem do 87 Rb na natureza? 27,9% 3) A balança mais precisa pode detectar uma variação de aproximadamente 10-8 g. Quantos átomos de ouro existiriam em uma amostra desse peso? 3,0 x átomos de Au 4) O carbonato de sódio, Na 2 CO 3, é um produto industrial muito importante e usado na manufatura do vidro. Quantos mols de Na 2 CO 3 existem em 132 g de carbonato de sódio? 1,25 mol de Na 2 CO 3

18 5) Para tomar um cafezinho, é comum a adição de açúcar. Suponha que, para adoçar uma xícara de café, tenham sido colocadas 2 colheres de açúcar, contendo, por colher, 3,5 g. Sabendo-se que a massa molar do açúcar (C 12 H 22 C 11 ) é 342 g/mol, qual a quantidade em mol de açúcar nesse cafezinho? 1,02 mol de açúcar 6) Em 100 g de leite em pó infantil, existem 500 mg de cálcio. Qual é a quantidade de matéria, em mols de cálcio existem numa lata de 400 g de leite em pó? 0,05 mol de Ca 7) Submetida a um tratamento médico, uma pessoa ingeriu um comprimido contendo 45 mg de ácido acetilsalicílico (C 9 H 8 O 4 ). Considerando a massa molar do C 9 H 8 O 4 180g/mol, qual o número de moléculas da substância ingerida pelo paciente? 1,5 x moléculas 8) A adição de pequenas quantidades de selênio durante a fabricação de vidro permite a obtenção de vidro colorido em diversas tonalidades de vermelho. Uma taça de vidro de 79 g foi manufaturada a partir de vidro contendo 1% em massa de selênio. A quantidade de matéria (número de mol) de selênio contida na taça? 0,01 mol de Se

19 9) Um liga que contém 75% de ouro; 12,5% de prata e 12,5% de cobre (% em massa) pode ser chamada de ouro 18 K. Pergunta-se: a) Em 1,00 g dessa liga qual é a massa real de ouro? b) Nessa liga, existem mais átomos de prata ou de cobre a) 0,75g b) Cu 10) Se um dentista usou em seu trabalho 30 mg de amálgama de prata, cujo teor de prata é 72 % (em massa), qual o número de átomos de prata que seu cliente recebeu em sua arcada dentária? 1,2 x átomos de Ag 11) A impressão desta página consumiu cerca de 8 mg de tinta. Calcule a massa e o número de átomos de carbono utilizados para imprimir esta página, supondo que 90% da massa da tinta seja constituída pelo elemento carbono 3,6 x átomos de C 12) O ferro é um elemento essencial na alimentação humana para formação de hemoglobina. Apenas 10 % do ferro do feijão são absorvidos pelo organismo humano. Supondo que em 100 g de feijão encontremos 0,2 % de ferro e que cada átomo de ferro formará uma molécula de hemoglobina, quantas moléculas de hemoglobina serão formadas? 2 x moléculas de hemoglobina

Prof. Msc. João Neto

Prof. Msc. João Neto Prof. Msc. João Neto Massa atômica Prof. Msc. João Neto 2 1u = 1,66x -24 g Prof. Msc. João Neto 3 Prof. Msc. João Neto 4 Massa atômica: massa de um átomo Prof. Msc. João Neto 5 Isótopos: átomos de mesmo

Leia mais

Química 3. Prof. Msc. João Neto

Química 3. Prof. Msc. João Neto Química 3 Apostila 1 Prof. Msc. João Neto Massa atômica Prof. Msc. João Neto 2 1u = 1,66x10-24 g Prof. Msc. João Neto 3 Prof. Msc. João Neto 4 Massa atômica: massa de um átomo Prof. Msc. João Neto 5 Isótopos:

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q13 Massa molar e mol

Química. Resolução das atividades complementares. Q13 Massa molar e mol Resolução das atividades complementares 1 Química Q13 Massa molar e mol p. 75 1 (Univali-SC) A urina apresenta 5% de água e 5% de substâncias orgânicas e inorgânicas dissolvidas. Em um litro de urina,

Leia mais

QUÍMICA 1 1º ANO RELAÇÕES DE MASSA

QUÍMICA 1 1º ANO RELAÇÕES DE MASSA QUÍMICA 1 1º ANO RELAÇÕES DE MASSA PROFª ELAINE CRISTINA 1. UNIDADE DE MASSA ATÔMICA A escala de massas atômicas está baseada no isótopo do carbono com número de massa igual a 12, ao qual foi atribuída

Leia mais

PROFESSORA: Núbia de Andrade. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

PROFESSORA: Núbia de Andrade. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSORA: Núbia de Andrade DISCIPLINA:Química SÉRIE:1º ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

GRANDEZAS QUÍMICAS MÓDULO 2 REPRESENTAÇÃO DAS TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS

GRANDEZAS QUÍMICAS MÓDULO 2 REPRESENTAÇÃO DAS TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS GRANDEZAS QUÍMICAS MÓDULO 2 REPRESENTAÇÃO DAS TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS GRANDEZAS QUÍMICAS Meça tudo o que for mensurável. O que não for, torne mensurável. Galileu Galilei (1564-1642) CARBONO: Atualmente,

Leia mais

LISTA 02 - TEORIA ATÔMICA MOLECULAR

LISTA 02 - TEORIA ATÔMICA MOLECULAR LISTA 02 - TEORIA ATÔMICA MOLECULAR 1º ano QUÍMICA PROF. PEDRO 2º Bimestre Questão 01) A massa de uma molécula de ácido acético, CH 3 COOH, é: a) 1,0. 10-21 g b) 1,0. 10-22 g c) 1,0. 10-23 g d) 1,0. 10-24

Leia mais

numérico é: a) H 2 CO 3 b) H 4 P 2 O 7 c) C 6 H 12 O 6 d) Al 2 (SO 4 ) 3 e) Fe 2 (CO 3 ) 3 f) Ca 3 (PO 4 ) 2 g) (NH 4 ) 2 S

numérico é: a) H 2 CO 3 b) H 4 P 2 O 7 c) C 6 H 12 O 6 d) Al 2 (SO 4 ) 3 e) Fe 2 (CO 3 ) 3 f) Ca 3 (PO 4 ) 2 g) (NH 4 ) 2 S Constante de Avogadro (antigamente chamada número de Avogadro é o número de átomos de 1 C contidos em 0,01 kg de 1 C. Seu valor numérico é: Cálculos Químicos Massa atômica, massa molecular e mol átomo

Leia mais

QUÍMICA MÓDULO 18 RELAÇÕES NUMÉRICAS. Professor Edson Cruz

QUÍMICA MÓDULO 18 RELAÇÕES NUMÉRICAS. Professor Edson Cruz QUÍMICA Professor Edson Cruz MÓDULO 18 RELAÇÕES NUMÉRICAS INTRODUÇÃO Precisamos compreender que houve uma necessidade de se definir uma nova unidade de massa para átomos e moléculas. É importante que você

Leia mais

Relações de massa. Situando-se ao assunto...

Relações de massa. Situando-se ao assunto... Situando-se ao assunto... Relações de massa Prof. : Drielle Caroline Conceito de mol A unidade fundamental do pensamento químico é o átomo ou a molécula; por isso, não surpreende que seja da maior importância

Leia mais

Mostrar elementos isótopos ao relacionar quantitativamente o Número de Avogadro com partículas atômicas.

Mostrar elementos isótopos ao relacionar quantitativamente o Número de Avogadro com partículas atômicas. RELAÇÕES DE MASSA NOS ÁTOMOS DOS ELEMENTOS QUÍMICOS META Mostrar elementos isótopos ao relacionar quantitativamente o Número de Avogadro com partículas atômicas. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno

Leia mais

Aula 15 Relações de Massa

Aula 15 Relações de Massa Aula 15 Relações de Massa Na Química, é muito importante, saber antecipadamente as quantidades de reagentes que devemos usar para obter as quantidades de produtos desejadas. Entretanto, essas previsões

Leia mais

Meça tudo o que for mensurável. O que não for, torne mensurável Galileu Galilei ( )

Meça tudo o que for mensurável. O que não for, torne mensurável Galileu Galilei ( ) Meça tudo o que for mensurável. O que não for, torne mensurável Galileu Galilei (1564-1642) Mas o que pode ser mensurável? felicidade beleza Amor Quantos vamos comprar esses produtos, pedimos como? 50

Leia mais

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Victor Pontes)

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Victor Pontes) Semana 8 Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Victor Pontes) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Vimos na aula passada massa atômica e massa molecular. Finalizaremos esta unidade estudando massa molar.

Vimos na aula passada massa atômica e massa molecular. Finalizaremos esta unidade estudando massa molar. Aula: 10. Temática: Quantidade de matéria MOL. Vimos na aula passada massa atômica e massa molecular. Finalizaremos esta unidade estudando massa molar. A unidade fundamental do pensamento químico é o átomo

Leia mais

O que você deve saber sobre

O que você deve saber sobre O que você deve saber sobre Podemos conhecer as grandezas que regem a quantificação dos fenômenos químicos identificando o comportamento da massa, do número de partículas e do volume de diferentes substâncias.

Leia mais

MASSA ATÔMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - UFAC CURSO: ENGENHARIA AGRONÖMICA PET - AGRONOMIA. TUTOR: Prof.Dr. José de Ribamar Silva

MASSA ATÔMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - UFAC CURSO: ENGENHARIA AGRONÖMICA PET - AGRONOMIA. TUTOR: Prof.Dr. José de Ribamar Silva UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - UFAC CURSO: ENGENHARIA AGRONÖMICA PET - AGRONOMIA MASSA ATÔMICA TUTOR: Prof.Dr. José de Ribamar Silva BOLSISTA: Renan Suaiden Parmejiani Yldison Felipe Nobre MASSA ATÔMICA.

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 21 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 1

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 21 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 1 QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 21 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 1 Unidade de massa atômica (u) Como pode cair no enem (CESGRANRIO) Um elemento X tem massa atômica 63,5 e apresenta os isótopos 63 X

Leia mais

Cálculos Químicos. Mol, massa molar, Constante de Avogadro

Cálculos Químicos. Mol, massa molar, Constante de Avogadro Cálculos Químicos Mol, massa molar, Constante de Avogadro Medidas massa (Kg SI) 1 Kg 1000 g Grama 1 g Massa átomo? Unidade? Massa atômica Unidade de massa atômica 1 u massa de 1/12 do átomo de carbono

Leia mais

Professora Talita Marcília Lista de Exercícios

Professora Talita Marcília Lista de Exercícios assa Atômica 1. (Unimontes 2014) O cloro presente no PVC tem dois isótopos estáveis. O cloro-35, com massa 34,97u, constitui 75,77% do cloro encontrado na natureza. O outro isótopo é o cloro-37, de massa

Leia mais

Massa atômica, molecular e molar mol

Massa atômica, molecular e molar mol Segmento: Pré-vestibular Resoluções Coleção: Alfa, Beta e Gama. Disciplina: Química Volume: 1 Série: 7 Massa atômica, molecular e molar mol 1. D I. Verdadeira II. Verdadeira 12 6C (6 prótons + 6 nêutrons).

Leia mais

AULA 05: Isso significa que 1 átomo de hidrogênio pesa 1/12 da massa do carbono-12.

AULA 05: Isso significa que 1 átomo de hidrogênio pesa 1/12 da massa do carbono-12. SETOR 2306 Turma de Maio/Manhã Aulas 05 e 06 Resolução dos eercícios de sala AULA 05: EXERCÍCIO 1) (discutido em sala) Hidrogênio (MA = 1,0 u). Isso significa que 1 átomo de hidrogênio pesa 1/12 da massa

Leia mais

RELAÇÕES DE MASSA E MOL

RELAÇÕES DE MASSA E MOL RELAÇÃO DE MASSA E MOL A relação entre massa e quantidade Em uma gota de água de 0,05 ml há 1,67 sextilhão (1,67 x 10 21 ) de moléculas de água. A relação entre massa e quantidade A unidade de massa atômica

Leia mais

1.3 Quantidade em química

1.3 Quantidade em química Os balões têm uma enorme quantidade de átomos de hélio (He) no seu interior. Devido ao elevado número de átomos e ao seu reduzido tamanho, torna-se impossível contá-los um a um. O copo tem uma enorme quantidade

Leia mais

Cálculos Químicos. Mol, massa molar, Constante de Avogadro

Cálculos Químicos. Mol, massa molar, Constante de Avogadro Cálculos Químicos Mol, massa molar, Constante de Avogadro Massa atômica Medidas massa (Kg SI) 1 Kg 1000 g Grama 1 g Massa átomo? Unidade? Unidade de massa atômica 1 u massa de 1/12 do átomo de carbono

Leia mais

Relações Mássicas em Reacções Químicas

Relações Mássicas em Reacções Químicas Capítulo 3 Relações Mássicas em Reacções Químicas Massa Atómica N.º de Avogadro e Massa Molar Massa Molecular Espectrómetro de Massa Composição Percentual dos Compostos Determinação Experimental de Fórmulas

Leia mais

MOL. Número de Avogadro

MOL. Número de Avogadro MOL 1 mol de moléculas = 6,0. 10 23 moléculas 1 mol de átomos = 6,0. 10 23 átomos 1 mol de elétrons = 6,0. 10 23 elétrons 1 mol de íons = 6,0. 10 23 íons 1 mol de... 6,02214. 10 23 mol -1 6,02. 10 23 mol

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS DE QUÍMICA Data: / / 2017 Profa: Danusa Cassiano Nome: 2º ano EM: nº: LISTA DE EXERCÍCIOS (1) - 1º TRIMESTRE

LISTA DE EXERCÍCIOS DE QUÍMICA Data: / / 2017 Profa: Danusa Cassiano Nome: 2º ano EM: nº: LISTA DE EXERCÍCIOS (1) - 1º TRIMESTRE LISTA DE EXERCÍCIOS DE QUÍMICA Data: / / 2017 Profa: Danusa Cassiano Nome: 2º ano EM: nº: LISTA DE EXERCÍCIOS (1) - 1º TRIMESTRE Conteúdo: Massa atômica, massa molecular, mol e cálculo estequiométrico

Leia mais

Compostos iônicos e moleculares

Compostos iônicos e moleculares LCE0143 Química Geral Compostos iônicos e moleculares Wanessa Melchert Mattos wanemelc@usp.br Moléculas - Menores unidades identificáveis - Moléculas são reuniões de dois ou mais átomos ligados entre si

Leia mais

PRÉ-ENEM- LISTA DE EXERCÍCIOS PROF. LUCÃO - QUÍMICA (Ciências da Natureza e suas Tecnologias)

PRÉ-ENEM- LISTA DE EXERCÍCIOS PROF. LUCÃO - QUÍMICA (Ciências da Natureza e suas Tecnologias) PRÉ-ENEM- LISTA DE EXERCÍCIOS PROF. LUCÃO - QUÍMICA (Ciências da Natureza e suas Tecnologias) CÁLCULOS QUÍMICOS: MASSA ATÔMICA, MOLECULAR, CONSTANTE DE AVOGADRO E QUANTIDADE DE MATÉRIA (MOL) COMPETENCIA

Leia mais

química química na abordagem do cotidiano

química química na abordagem do cotidiano Capítulo 3 Mol e massa molar na na abordagem Respostas dos exercícios essenciais a) uma dúzia b) quatro dúzias c) cinco dúzias 2 a) um mol b) quatro mols c) cinco mols 3 a) N 2 H 4 b) c) Em 32 g de hidrazina

Leia mais

Química Analítica I Tratamento dos dados analíticos Soluções analíticas

Química Analítica I Tratamento dos dados analíticos Soluções analíticas Química Analítica I Tratamento dos dados analíticos Soluções analíticas Profª Simone Noremberg Kunz 2 Mol Medidas em química analítica É a quantidade de uma espécie química que contém 6,02x10 23 partículas

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA (Conceitos básicos) QUÍMICA A 1415 ESTEQUIOMETRIA

ESTEQUIOMETRIA (Conceitos básicos) QUÍMICA A 1415 ESTEQUIOMETRIA ESTEQUIOMETRIA Estequiometria é a parte da Química que estuda as proporções dos elementos que se combinam ou que reagem. MASSA ATÓMICA (u) É a massa do átomo medida em unidades de massa atómica (u). A

Leia mais

Faculdade Maurício de Nassau

Faculdade Maurício de Nassau Faculdade Maurício de Nassau LEIS PONDERAIS Lei de Lavoisier(Antonie Laurent Lavoisier) Lei da conservação das massas ou Lei da conservação da matéria Caracterização: sistema fechado utilizando balanças

Leia mais

Massa Atômica (M.A.) é a massa de um átomo, expressa em u.

Massa Atômica (M.A.) é a massa de um átomo, expressa em u. Química Profª Simone AULA 9 QUANTIDADE DE MATÉRIA (MOL) A química é essa ciência que deseja compreender os mistérios da matéria, e nesse estudo serão abordados aspectos quantitativos e qualitativos. Nessa

Leia mais

Exercícios Sobre Massa atômica e molecular

Exercícios Sobre Massa atômica e molecular Exercícios Sobre Massa atômica e molecular Dado: 01. As massas moleculares do álcool etílico (C 2H 5OH) e do ácido acético (C 2H 4O 2) são respectivamente: a) 60 u e 46 u b) 66 u e 40 u c) 46 u e 66 u

Leia mais

Química. 01. Quantos prótons há na espécie química (A) 2 (D) 32 (B) 28 (E) 60 (C) 30

Química. 01. Quantos prótons há na espécie química (A) 2 (D) 32 (B) 28 (E) 60 (C) 30 Química 01. Quantos prótons há na espécie química (A) 2 (D) 32 (B) 28 (E) 60 (C) 30 02. Para que um átomo de número atômico 55 e número de massa 137 seja eletricamente neutro, ele deverá ter, necessariamente:

Leia mais

Relações numéricas. 25 abr. u.m.a, massa atômica, número de massa, massa molecular, massa molar, número de avogadro, volume molar,

Relações numéricas. 25 abr. u.m.a, massa atômica, número de massa, massa molecular, massa molar, número de avogadro, volume molar, Relações numéricas 25 abr u.m.a, massa atômica, número de massa, massa molecular, massa molar, número de avogadro, volume molar, CNTP 01. Resumo 02. Exercício de Aula 03. Exercício de Casa 04. Questão

Leia mais

Estequiometria. Índice. Por Victor Costa

Estequiometria. Índice. Por Victor Costa Estequiometria Por Victor Costa Índice 1. Massa atômica 2. Mol 3. Massa molar 4. Massa molecular 5. Composição percentual 6. Reação química 7. Balanceamento 8. Reagente limitante 9. Rendimento Essa aula

Leia mais

RELAÇÕES NUMÉRICAS E CALCULOS QUIMICOS I

RELAÇÕES NUMÉRICAS E CALCULOS QUIMICOS I Prof. Edson Cruz RELAÇÕES NUMÉRICAS E CALCULOS QUIMICOS I Podemos conhecer as grandezas que regem a quantificação dos fenômenos químicos identificando o comportamento da massa, do número de partículas

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA II

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA II INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA II ESTRUTURA DA MATÉRIA O termo matéria refere-se a todos os materiais

Leia mais

Tabela Periódica dos Elementos

Tabela Periódica dos Elementos 1º EM Química B Priscila Av. Trimestral 21/10/15 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta

Leia mais

3º Trimestre Sala de Estudo - Química Data: 29/09/17 Ensino Médio 1º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº

3º Trimestre Sala de Estudo - Química Data: 29/09/17 Ensino Médio 1º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº 3º Trimestre Sala de Estudo - Química Data: 29/09/17 Ensino Médio 1º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº Conteúdo: Mol Questão 01 - (PUC Camp SP/2016) O consumo excessivo de sal pode acarretar o aumento

Leia mais

E-books PCNA. Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 4 ESTEQUIOMETRIA

E-books PCNA. Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 4 ESTEQUIOMETRIA E-books PCNA Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 4 ESTEQUIOMETRIA 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 4 SUMÁRIO Apresentação -------------------------------------------- 2 Capítulo 4 ------------------------------------------------

Leia mais

Professor Marcus Ennes. -Estequiometria

Professor Marcus Ennes. -Estequiometria Professor Marcus Ennes -Estequiometria - RELAÇÕES FUNDAMENTAIS RAZÃO E PROPORÇÃO 1) Um formigueiro é composto por 2.000 formigas. Cada formiga consome por dia, 1.500 moléculas de glicose (C 6 H 12 O 6

Leia mais

Estequiometria Folha 04 Prof.: João Roberto Mazzei

Estequiometria Folha 04 Prof.: João Roberto Mazzei 01- (UFRRJ 2005) Observe a figura e leia o texto. No balão A, são adicionados carbonato de sódio e ácido clorídrico em quantidades suficientes para a produção de 11,2 litros de um gás, nas CNTP, sendo

Leia mais

QUÍMICA. A Ciência Central 9ª Edição. Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas. Prof. Kleber Bergamaski.

QUÍMICA. A Ciência Central 9ª Edição. Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas. Prof. Kleber Bergamaski. QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas Prof. Kleber Bergamaski Equações químicas 1789, lei da conservação da massa A massa total de uma

Leia mais

química química na abordagem do cotidiano

química química na abordagem do cotidiano Capítulo 29 A grandeza quantidade Respostas dos eercícios essenciais a) Grandezas: Massa de bolinhas 5 g bolinha 6? 0 23 bolinhas 5 3? 0 24 g 3. 000. 000. 000. 000. 000. 000. 000. 000 g setilhão quatrilhão

Leia mais

1º trimestre Sala de Estudo Data: 16/03/17 Ensino Médio 3º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº

1º trimestre Sala de Estudo Data: 16/03/17 Ensino Médio 3º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº 1º trimestre Sala de Estudo Data: 16/03/17 Ensino Médio 3º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº Conteúdo: Fundamentos da química e Compostos Inorgânicos Questão 01 - (UEM PR/2016) Tendo em vista a tabela

Leia mais

Disciplina: Química (Turmas T e R); Data: 10/06/16 Aula: Relações de massa Professora Ana RELAÇÕES DE MASSA

Disciplina: Química (Turmas T e R); Data: 10/06/16 Aula: Relações de massa Professora Ana RELAÇÕES DE MASSA Disciplina: Química (Turmas T e R); Data: 10/06/16 Aula: Relações de massa Professora Ana (anaflaviasuzana@yahoo.com.br) RELAÇÕES DE MASSA A química possibilitou a humanidade uma melhora substancial em

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL ESTRUTURA DA MATÉRIA O termo matéria refere-se a todos os

Leia mais

QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM

QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM 3 QUANTIDADADES E MEDIDAS Gás Nobre para catalisar sua reação, vamos disponibilizar alguns exercícios com gabarito ao final de cada capítulo de estudo. Eles não fazem parte

Leia mais

Mistura: material formado por duas ou mais substâncias, sendo cada uma destas denominada componente.

Mistura: material formado por duas ou mais substâncias, sendo cada uma destas denominada componente. SOLUÇÕES Mistura: material formado por duas ou mais substâncias, sendo cada uma destas denominada componente. Fase: numa mistura, é cada uma das porções que apresenta aspecto homogéneo ou uniforme. CLASSIFICAÇÃO

Leia mais

01- (UFRRJ 2004) Os sais de cobre são conhecidos por apresentarem coloração azul, inclusive

01- (UFRRJ 2004) Os sais de cobre são conhecidos por apresentarem coloração azul, inclusive 01- (UFRRJ 2004) Os sais de cobre são conhecidos por apresentarem coloração azul, inclusive sendo utilizados em misturas destinadas a tratamento de água em piscinas. O sulfato cúprico penta-hidratado apresenta

Leia mais

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO 2005-2007 QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 21. A hemoglobina das células vermelhas do sangue contém o complexo de ferro com uma porfirina. Sabendo que um indivíduo

Leia mais

01- (FGV 2000) Em um recipiente contendo 200g de água (H O) foram dissolvidos 15g de

01- (FGV 2000) Em um recipiente contendo 200g de água (H O) foram dissolvidos 15g de 01- (FGV 2000) Em um recipiente contendo 200g de água (H O) foram dissolvidos 15g de sacarose (C 1 H O 11 ). Considerando as massas molares do carbono=12g.mol, hidrogênio=1g.mol e oxigênio=16g.mol, os

Leia mais

Física e Química A 10.º ano

Física e Química A 10.º ano Massa e tamanho dos átomos 1. Seleciona a opção que completa corretamente a frase. O ião Y 2+ formou-se por a) perda de dois protões. b) ganho de dois eletrões. c) ganho de dois protões. d) perda de dois

Leia mais

QUÍMICA. Questão 01. Questão 02

QUÍMICA. Questão 01. Questão 02 Questão 01 QUÍMICA A fenil-etil-amina é considerada um componente responsável pela sensação do bem-estar decorrente da ingestão do chocolate, que contém, também, substâncias inorgânicas. Na tabela a seguir

Leia mais

Química B Intensivo V. 1

Química B Intensivo V. 1 1 Química B Intensivo V. 1 Exercícios 01) B 02) B a) Falsa. O leite in natura é uma mistura heterogênea e não apresenta as mesmas propriedades em toda a extensão da amostra. b) Verdadeira. A gelatina é

Leia mais

INSTITUTO GEREMARIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARCIAL 2016

INSTITUTO GEREMARIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARCIAL 2016 INSTITUTO GEREMARIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 1º Ano: C11 Nº Professora: Lúcia Nascimento COMPONENTE CURRICULAR:

Leia mais

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 17 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 17 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 17 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS (U) Como pode cair no enem Certas ligas estanho-chumbo com composição específica formam um eutético simples, o que significa que uma liga com

Leia mais

NOX EXERCÍCIOS QUÍMICA PROF- LEONARDO. 01)Quais são os números de oxidação do iodo nas substâncias l 2, Nal, NalO 4 e Al I 3?

NOX EXERCÍCIOS QUÍMICA PROF- LEONARDO. 01)Quais são os números de oxidação do iodo nas substâncias l 2, Nal, NalO 4 e Al I 3? NOX EXERCÍCIOS QUÍMICA PROF- LEONARDO 01)Quais são os números de oxidação do iodo nas substâncias l 2, Nal, NalO 4 e Al I 3? 02. O número de oxidação do manganês no permanganato de potássio (KMnO4) é:

Leia mais

O aluno deverá elaborar resumos teóricos dos textos do livro e de outras fontes sobre os tópicos do conteúdo.

O aluno deverá elaborar resumos teóricos dos textos do livro e de outras fontes sobre os tópicos do conteúdo. Disciplina QUÍMICA Curso ENSINO MÉDIO Professor GUILHERME Série 1ª SÉRIE ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO 1º SEMESTRE / 2012 Aluno (a): Número: 1 - Conteúdo: Ácidos e bases propriedades, conceito

Leia mais

MATERIAL DE MONITORIA- 2015/1

MATERIAL DE MONITORIA- 2015/1 Segunda monitoria 2015/1. Assuntos: PROPRIEDADES DOS MATERIAIS/ INTRODUÇÃO À ESTEQUIOMETRIA/ MODELOS ATÔMICOS/ CONFIGURAÇÕES ELETRÔNICAS/ PERIODICIDADE QUÍMICA/ LIGACÕES QUÍMICAS. QUESTÕES: 01- (Ufac)

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 25 ESTEQUIOMETRIA: TIPOS DE FÓRMULA

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 25 ESTEQUIOMETRIA: TIPOS DE FÓRMULA QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 25 ESTEQUIOMETRIA: TIPOS DE FÓRMULA Fixação 1) (PUC) A água oxigenada é uma solução de peróxido de hidrogênio (H 2 O 2 ) fortemente antis éptica por liberar O 2. Os percentuais,

Leia mais

Qui. Allan Rodrigues Xandão (Renan Micha) (Gabriel Pereira)

Qui. Allan Rodrigues Xandão (Renan Micha) (Gabriel Pereira) Semana 12 Allan Rodrigues Xandão (Renan Micha) (Gabriel Pereira) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

3ª Série / Vestibular _ TD 08 _ 19 de abril

3ª Série / Vestibular _ TD 08 _ 19 de abril 3ª Série / Vestibular _ TD 08 _ 19 de abril 01. A corrosão de um metal é a sua destruição ou deterioração, devida à reação com o meio ambiente. O enferrujamento é o nome dado à corrosão do ferro: Fe(s)

Leia mais

QUÍMICA 2 PROF EMANUELE CASOS PARTICULARES DE CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO

QUÍMICA 2 PROF EMANUELE CASOS PARTICULARES DE CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO QUÍMICA 2 PROF EMANUELE 4.2.2 - CASOS PARTICULARES DE CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO A) QUANDO APARECEM REAÇÕES CONSECUTIVAS Consideremos, como exemplo, a fabricação industrial do ácido sulfúrico a partir do

Leia mais

Solvente: partículas responsáveis pela dissolução do soluto;

Solvente: partículas responsáveis pela dissolução do soluto; Aula 18 20/ago Marcelo 2º Semestre Estudo das Soluções: Soluções: sinônimo de mistura homogênea. Componentes de uma solução: Soluto: partículas que são dissolvidas; Solvente: partículas responsáveis pela

Leia mais

Moléculas e Compostos

Moléculas e Compostos Moléculas e Compostos Moléculas e Fórmulas Químicas As moléculas são espécies químicas eletricamente neutras constituídas por pelo menos dois átomos. A fórmula química indica: quais átomos são encontrados

Leia mais

Reações Químicas. Profª Dra Cristiane de Abreu Dias

Reações Químicas. Profª Dra Cristiane de Abreu Dias Reações Químicas Profª Dra Cristiane de Abreu Dias O que são Reações Químicas? São as transformações de uma ou várias substâncias em relação a seu estado inicial (reagentes), dando origem a substâncias

Leia mais

QUÍMICA. Processo Seletivo/UNIFAL - julho ª Prova Comum TIPO 1 QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA. Processo Seletivo/UNIFAL - julho ª Prova Comum TIPO 1 QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 QUÍMICA QUESTÃO 41 A substância, representada pela fórmula estrutural abaixo, é bastante utilizada como analgésico (aspirina). Com base nessas informações, marque a alternativa correta. A) Uma massa de

Leia mais

Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Materiais 1º semestre de Informações e instruções para a resolução da prova

Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Materiais 1º semestre de Informações e instruções para a resolução da prova Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Materiais 1º semestre de 2014 Informações e instruções para a resolução da prova 1. A prova deve ser realizada sem consulta; 2. A duração da prova é

Leia mais

LEI DA CONSERVAÇÃO DAS MASSAS

LEI DA CONSERVAÇÃO DAS MASSAS LEIS QUÍMICAS LEI DA CONSERVAÇÃO DAS MASSAS Antoine Lavoisier (1743-1794) demonstrou, através de cuidadosas medidas, que, se uma reação é conduzida em um recipiente fechado, de tal modo que nenhum produto

Leia mais

Qui. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira)

Qui. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Semana 15 Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. 23

Leia mais

(a) Calcule a percentagem de urânio na carnotita. (b) Que massa de urânio pode ser obtida a partir de 1350 g de carnotita.

(a) Calcule a percentagem de urânio na carnotita. (b) Que massa de urânio pode ser obtida a partir de 1350 g de carnotita. Cálculos com fórmulas e equações químicas 3. 3.1 A análise de uma pequena amostra de Pb 3 (PO 4 ) 2 apresentou a quantidade de 0,100 g de chumbo. Responda os itens abaixo usando estes dados e as massas

Leia mais

QUÍMICA - 2 o ANO MÓDULO 06 SOLUÇÕES: MISTURAS - PARTE 2

QUÍMICA - 2 o ANO MÓDULO 06 SOLUÇÕES: MISTURAS - PARTE 2 QUÍMICA - 2 o ANO MÓDULO 06 SOLUÇÕES: MISTURAS - PARTE 2 Fixação 1) 60 ml de uma solução 0,75 mol/l de NaOH neutralizam 30 ml de uma solução de ácido sulfúrico. A molaridade do ácido é: m a) 0,65 d) 0,75

Leia mais

Pergunta I II III IV V Total. Nota: Apresente todos os cálculos que efetuar. I Elementos Químicos Tabela Periódica

Pergunta I II III IV V Total. Nota: Apresente todos os cálculos que efetuar. I Elementos Químicos Tabela Periódica Aveiro 2013 9 de março 2013 (Semifinal) Pergunta I II III IV V Total Classificação Escola:. Nome:. Nome:. Nome:. Nota: Apresente todos os cálculos que efetuar Dados: Constante de Avogadro: N A = 6,022

Leia mais

Cálculos com Mol.

Cálculos com Mol. Cálculos com Mol www.aulasdequimica.com.br Página 02 Página 03 Talvez a grandeza mais conhecida pelos químicos seja o mol. No entanto, quando ensinamos isso aos alunos, parece que estamos falando em algo

Leia mais

Química C Extensivo V. 1

Química C Extensivo V. 1 GABARIT Química C Extensivo V. 1 Exercícios 01) C 10 H 14 5 NSP C: 12. 10 = 120 H: 1. 14 = 14 :. 5 = 80 N: 14. 1 = 14 S: 32. 1 = 32 P: 31. 1 = 31 291 u 02) C 9 H 13 3 N C: 12. 9 = 108 H: 1. 13 = 13 :.

Leia mais

QUÍMICA 2 Prof Emanuele

QUÍMICA 2 Prof Emanuele QUÍMICA 2 Prof Emanuele LISTA DE EXERCÍCIOS 1 RELAÇÕES DE MASSA E ESTUDO DOS GASES 1) Se um dentista usou em seu trabalho 30 mg de amálgama de prata, cujo teor em prata é de 72% (em massa), o número de

Leia mais

Física e Química A 10º ANO FICHA DE APOIO N.º 3

Física e Química A 10º ANO FICHA DE APOIO N.º 3 Física e Química A º ANO FICHA DE APOIO N.º 3 TEMA: MOLE, MASSA MOLAR E VOLUME MOLAR I A mole Quando estamos a estudar uma porção de matéria, seja ela no estado sólido, líquido ou gasoso, eiste um número

Leia mais

INSTITUTO GEREMARIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA EXERCÍCIOS EXTRAS 2º TRIMESTRE 2016

INSTITUTO GEREMARIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA EXERCÍCIOS EXTRAS 2º TRIMESTRE 2016 INSTITUTO GEREMARIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 1º Ano: C11 Nº Professor: Lúcia Nascimento COMPONENTE CURRICULAR:

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 2º EM Química A Priscila Av. Dissertativa 30/03/16 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA Folha 01 João Roberto Mazzei

ESTEQUIOMETRIA Folha 01 João Roberto Mazzei 01. (UFC 2009) O principal componente da cal, importante produto industrial fabricado no Ceará, é o óxido de cálcio (CaO). A produção de CaO se processa de acordo com a seguinte reação química: CaCO 3(s)

Leia mais

Atividade complementar de Química. Substância pura e mistura de substâncias

Atividade complementar de Química. Substância pura e mistura de substâncias Atividade complementar de Química Substância pura e mistura de substâncias Educação de Jovens e Adultos Sobre as substâncias químicas, é importante que esteja claro, que todas as substâncias são constituídas

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Conteúdo: Cálculos químicos Estudo dos gases Recuperação do 4 Bimestre disciplina Química 1ºano Lista de exercícios 1-1,0 mol de glicose (C 6 H 12 O 6 ) corresponde

Leia mais

Cálculo Estequiométrico

Cálculo Estequiométrico Cálculo Estequiométrico 1. (UFPE-PE) Um pedaço de ferro pesando 5,60 gramas sofreu corrosão quando exposto ao ar úmido por um período prolongado. A camada de ferrugem formada foi removida e pesada, tendo

Leia mais

substância. químico (Q). c) Atração de uma agulha por um ímã. ( ) 2. Escrever uma equação química para a reação

substância. químico (Q). c) Atração de uma agulha por um ímã. ( ) 2. Escrever uma equação química para a reação MOGI MIRIM Trabalho de Recuperação Final de Química Profº: Wardê Nome: 1ª Série EM Valor: 1º Trimestre 2011 Pré-vestibular Ensino Médio Ensino Fundamental Educação Infantil Nº: 1 1. Dado o sistema esquematizado

Leia mais

Estequiometria. Priscila Milani

Estequiometria. Priscila Milani Estequiometria Priscila Milani Cálculo de massa para amostras impuras: Reagentes impuros, principalmente em reações industriais, ou porque eles são mais baratos ou porque eles já são encontrados na Natureza

Leia mais

Lista de Exercícios - Professor facebook.com/profrodrigoartuso. Grandezas Químicas e Estequiometria

Lista de Exercícios - Professor facebook.com/profrodrigoartuso. Grandezas Químicas e Estequiometria Grandezas Químicas e Estequiometria Criando base 1 - Em 100 gramas de alumínio, quantos átomos deste elemento estão presentes? Dados: M(Al) = 27 g/mol 1 mol = 6,02 x 10 23 átomos a) 3,7 x 10 23 b) 27 x

Leia mais

Misturas, soluções e unidades de concentração

Misturas, soluções e unidades de concentração QFL 0137 QUÍMICA GERAL FARMÁCIA BIOQUÍMICA 1 o Semestre - 2017 Misturas, soluções e unidades de concentração Denise F. S. Petri (dfsp@iq.usp.br) Bloco 3 térreo, sala 307 Instituto de Química Matéria Substâncias

Leia mais

Massa molar (g.mol -1 )

Massa molar (g.mol -1 ) 01.DETERMINAÇÃO DE FÓRMULAS MOLECULARES 01. A clorofila a, que é o pigmento responsável pela cor verde da maioria das plantas, tem fórmula molecular C 55 H 72 MgN 4 O 5. Calcule a composição percentual

Leia mais

CPV O cursinho que mais aprova na fgv

CPV O cursinho que mais aprova na fgv CPV O cursinho que mais aprova na fgv FGV economia 1 a Fase 05/dezembro/2010 QUÍMICA 106. Uma das etapas da decomposição térmica do bicarbonato de sódio ocorre de acordo com a equação: 2 NaCO 3 (s) Na

Leia mais

Dependendo do diâmetro (Ø) das partículas que constituem o disperso, as dispersões podem ser:

Dependendo do diâmetro (Ø) das partículas que constituem o disperso, as dispersões podem ser: Soluções Químicas A mistura de dois ou mais materiais podem ser uma perfeita dissolução denominada mistura homogênea ou uma separação total das partes constituintes do sistema a qual chamamos mistura heterogênea.

Leia mais

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO IX Olimpíada Capixaba de Química 2011 Prova do Grupo I 1 a série do ensino médio Fase 02 Aluno: Idade: Instituição de Ensino: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS

Leia mais

Lista de Exercícios 1 Química Geral I Licenciatura em Química Prof. Udo Sinks

Lista de Exercícios 1 Química Geral I Licenciatura em Química Prof. Udo Sinks 1. Qual parte da descrição de um composto ou de uma substância elementar se refere às suas propriedades físicas e qual se refere às suas propriedades químicas? (a) O líquido incolor etanol queima no ar.

Leia mais

IX OSEQUIM - Olimpíada Sergipana de Química 2ª Etapa - Modalidade B

IX OSEQUIM - Olimpíada Sergipana de Química 2ª Etapa - Modalidade B Bom dia aluno! Está é a prova da segunda etapa da IX OSEQUIM, Olimpíada Sergipana de Química, modalidade B, para alunos que se encontram cursando o 2º. Ano do ensino médio em 2015. Confira se a sua prova

Leia mais

3ªHumanas e Master - Química Prof os João Lins e Alexandre Estevão

3ªHumanas e Master - Química Prof os João Lins e Alexandre Estevão 3ªHumanas e Master - Química Prof os João Lins e Alexandre Estevão 1) Um sistema heterogêneo, S, é constituído por uma solução colorida e um sólido branco. O sistema foi submetido ao seguinte esquema de

Leia mais

Material 4: Estequiometria EQUAÇÕES QUÍMICAS REAGENTES PRODUTOS. Sódio + Água hidróxido de sódio + Hidrogênio

Material 4: Estequiometria EQUAÇÕES QUÍMICAS REAGENTES PRODUTOS. Sódio + Água hidróxido de sódio + Hidrogênio EQUAÇÕES QUÍMICAS REAÇÃO QUÍMICA: É o processo de uma mudança química (Átkins). Este processo é representado por meio de uma EQUAÇÃO QUÌMICA. As EQUAÇÕES QUÍMICAS são representadas por: REAGENTES PRODUTOS

Leia mais